One Piece RPG
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O Regresso do Anjo Torto
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor DanJo Hoje à(s) 15:18

» Meu nome é Mike Brigss
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:38

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 14:05

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:46

» Xeque - Mate - Parte 1
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 13:31

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Furry Hoje à(s) 11:20

» [M.E.P] Joe Blow
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:56

» [Mini-Aventura] Joe Blow
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:55

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 09:54

» [M.E.P] Veruir
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45

» Sidney Thompson
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Zed Hoje à(s) 01:19

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:49

» Seasons: Road to New World
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 00:26

» Hello darkness my old friend...
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Zed Hoje à(s) 00:09

» Phantom Blood
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Emptypor Licia Ontem à(s) 23:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11
AutorMensagem
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyTer 02 Jun 2020, 13:12

Relembrando a primeira mensagem :

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) revolucionários Azura V. Pendragon, Duncan Dellumiere, Garfield Henryford e Naomi Yumi. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 03/08/2012

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptySab 10 Out 2020, 18:19



Wiley ficava legitimamente confuso com a nossa atitude, o que me fazia sorrir internamente. Ele parecia um rapaz inteligente e, se o havíamos enganado, grande chance de que Mai também o fosse. Após nos afastarmos, ouvia as dúvidas dele e dava um sorriso travesso, respondendo:



— Exatamente! Como você mesmo disse, navios são raros por aqui. E posso apostar que rumores espalham-se rapidamente. A briga de Azura já deve estar sendo contada por aí e não duvido que Mai já saiba da nossa força. Assim, se os fortes do grupo saem, a melhor hora pra nos roubar torna-se essa. Eu detesto deixar meus amigos de isca, mas é melhor do que sairmos correndo feito baratas tontas atrás dele, não acha?



Enquanto procurava por um bom lugar para ficarmos de tocaia, M-4 expressava seus pensamentos e, por sua voz, podíamos perceber o quão cansada ela estava. Não podia culpá-la, mas agora precisávamos de tomar nossa decisão. Olhava para Duncan, buscando por sua decisão. Ali eram meus superiores e, por mais que minhas ideias fossem consideradas, a palavra final era deles.



— Sei que precisamos descansar, mas de toda forma Mai é uma ameaça muito séria... e não sei se consigo relaxar sabendo o mal que esse homem causa. Confesso que ainda não consegui me decidir sobre o que fazer... Mas deixa pra lá, estou divagando... Talvez Mai também tenha informações sobre a Azura? Quem sabe...



Eu também estava cansada e precisava me forçar a não cochilar. Procuraria pelo melhor local para nos posicionarmos, mesmo que não fosse tão bom quanto gostaria. Esperaria, entretanto, pela decisão dos superiores e acataria. Se seguíssemos de tocaia, faria conforme o planejado. Eu estava cansada, já não tinha muita certeza de mais nada. Mas precisávamos agir.


Objetivos:
 

Citação :

Contagem

Posts: 21
Ganhos: Perícia primeiros socorros?
Perdas: -
Relações: M-4: em construção
Morgana: em construção
Azura: em construção
Duncan: em construção
Garfield: em construção
Wiley: em construção
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyTer 13 Out 2020, 05:57


Narração
Sensação térmica: Frio
Localização: Farol
Começo da manhã


Faust
Após responder alguns comentários e não receber resposta do grandão mumificado, o objetivo do palhaço acabou se focando em algo mais simples, porém muito importante. Uma bebidinha aqui ou ali sempre seriam bons. Entrando no navio não demorava muito para achar a cozinha no navio. Era basicamente o único cômodo vazio. Pois todos os outros possuíam inúmeras pessoas ou armas espalhadas por todos os cantos. Chegou a passar pelo cômodo que M-3 e M-2 estavam, mas elas dormiam, e não fora muito difícil para o palhaço achar a cozinha.

Para a felicidade do palhaço havia álcool lá, para a sua tristeza, havia meramente o suficiente para ele deliciar um gole e acabar. Pela pequena quantidade da bebida, não sobrou muito para Faust além de saboreá-la como podia. Para a sorte do palhaço então, M-3 aparecia bocejando na cozinha. Ela estava bem apesar de claramente ter um pequeno machucado em seu braço. Pela primeira vez em sabe-se lá quanto tempo, Georg acabava perguntando para a pequena num tom mais sóbrio e sério sobre a situação apesar de ter acabado com o que havia de álcool naquele navio. – Estamos bem... Diria que só precisamos descansar. Os últimos dias foram difíceis. – Falava ela num tom cansado. Difícil de determinar se era por causa do fato de ter acabado de acordar, ou de mesmo após acordar ainda precisar descansar mais.

Independente da razão, o palhaço acabava comentando que ela precisava sorrir mais. – Mas eu já sou a mais sorridente de todas. – Comentou ela sorrindo para ele em resposta. Realmente, em comparação com M-2 e M-4, a número ímpar acabava por sorrir de forma muito mais frequente, apesar de no momento não ser o caso. – Não sei responder. – Falou ela séria para o palhaço. – A minha vida e de minhas irmãs foram interrompidas após o sequestro e desde então estávamos simplesmente sobrevivendo. – Comentou ela lembrando-se da história que Faust ouvira no outro dia. – Mesmo após fugir dele, acabamos nos focando em libertar outras pessoas, e eu quero fazer isso do fundo do meu coração. Mas não consigo dizer o que seria de mim e de minhas irmãs se nada houvesse ocorrido. Seríamos boas pessoas? Quais seriam os nossos sonhos? – Perguntava ela para o palhaço, mas claramente não esperava que ele respondesse. – Eu não sei quão grande é o que eu busco. Se algum dia eu vou superar isso ou cansar disso e só tentar viver uma vida normal. – Comentava ela ficando um pouco mais triste.

Ela parava de falar e assim o palhaço podia então dar o seu próprio discurso quanto a situação. Ele falava sobre olhar para dentro de si mesmo, se conhecer melhor. Isso fazia muito sentido com o que a pequena havia acabado de falar. assim espero, são 6 da manhã e to escrevendo isso aqui Após acabar o seu pequeno discurso o jovem Faust saía sorrindo e começava a andar de novo por aí, foi quando ao sair do navio acabou por ver que todos do lado de fora da embarcação pareciam interessados no fato de um grande barco estar se aproximando do farol.


Duncan e Yumi
Uma ameaça e pronto, Handsome estava caladinho. No entanto Yumi possui outros planos e começava a falar o ponto de vista dela. – Tudo bem ser fria o suficiente para usar seus amigos de isca dessa forma. Mas ele pode pensar de outra forma também. Como falei mais cedo, para ele é melhor lutar contra menos pessoas, pois consegue focar mais a sua “doença” em cada um. – Comentou o homem. – Ele pode muito bem dar conta de meros quatros de nós com facilidade e partir para o navio de vocês depois de um descanso já que não poderão sair de qualquer forma sem um log pose. – Comentou ele pensando em outra rota que Mai poderia tomar.

Além desse primeiro problema apontado, havia outros. Pois apesar de Duncan querer resolver logo o problema, sua comandante parecia querer dormir. Isso logo trazia fantasmas do passado para o homem. A última vez que dormira, acabara acordando com seus amigos sequestrados. A confusão após aquele ato era simplesmente bizarra. Yumi também concordava que dormir era algo importante, mas não havia como fazer aquilo no momento.

Dellumiere então realizou uma pergunta simples, ouviu uma resposta simples, porém até muito boa para a situação. – Diria que nada impedia eles de matarem eu e Hugo quando vocês estavam fora e levarem o barco enquanto você e os outros não houvessem chegado, principalmente se a história de ter um log pose for verdade. – Com o comentário ela olhava para trás. – Tudo bem que ele aparentemente só terminou o barco agora. Mas isso era fácil dele cuidar depois de ter nos matado. – Falou ela. – Nem que fosse só pegando a madeira para levá-la para outro local. – Apesar das falas, a pequena comandante ajeitava um pouco o seu corpo. – Bom, não tem por que pensarmos tanto nisso, já que ambos parecem querer acabar com o tal homem doença antes de dormi... – Ela parou de falar enquanto olhava para uma embarcação que surgia do horizonte. Ela parecia ser guiada pelo farol, havia algumas peculiaridades que chamavam a atenção. O primeiro era o fato dela estar intacta. O segundo é que o navio não vinha da reverse mountain e sim da grand line em si. O terceiro era a bandeira pirata que estava hasteada.

– Se não me engano... eu já vi essa bandeira no jornal. – Comentou Wiley enquanto olhava. O sol que estava nascendo aos poucos já iluminava mais do que o suficiente para ele chegar a uma conclusão enquanto o navio se aproximava mais e mais do farol. – Tenho quase certeza que é a bandeira do Big Bang Kid. – Comentou ele meio nervoso, pensando em como iam se safar dessa, mas depois lembrando da ligação. – Deve ser o aliado dele chegando... – M-4 só respirava fundo. – Bom... agora dormir não é mais uma opção. Porém acho melhor voltarmos e pensarmos num plano para o possível ataque massivo. – Falou ela já indo em direção ao barco. – O Mai pode se unir a eles para partir? – Perguntou ela para Wiley e ele deu de ombros enquanto falava. – Se o aceitarem sim.

Ferimentos escreveu:
Garfield – Está com toda a região do pescoço até a cintura com a resistência comprometida, onde se machucará igual alguém com 11 de resistência. Isso vai durar por dois~três dias ingame, não vai ser quantidade de posts não Sagashi, boa sorte

Lenora – Apagada e com a garganta tratada. Apesar de estar estável, qualquer coisa que ocorrer poderá acabar por matar ela.

Katie – Teve o olho tratado, mas não sabe se vai voltar a enxergar com ele de novo. Além disso está bem, precisando basicamente de um pouco de descanso.

M-3 – É a que está melhor de todos esses, o braço dela está machucado, mas em pouco tempo irá melhorar

M-2 – Está profundamente machucada, precisou ser tratada e não se sabe se vai acordar em poucas horas ou mais de dia.

Outros 23 revos no navio machucados – Todos precisam de descanso para ficarem bons.


Ganhos Não divididos:
 

Legenda:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wesker
Major
Major
Wesker

Créditos : 14
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Masculino Data de inscrição : 29/04/2012
Idade : 22

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptySex 16 Out 2020, 18:28


O Eclipse

We are Revolution!






A situação com Mai não parecia ter uma resolução que fosse possível de encontrar naquele momento. Por mais que a conversa avançasse o máximo que eu conseguia perceber era que a verdadeira questão era se deveríamos ou não ir dormir. Assim como eu, Yumi dizia que não conseguiria dormir sabendo da ameaça de um inimigo como o homem doença. Nossos argumentos pareciam alcançar M-4 que começava a concordar conosco, até que um evento inesperado chamou sua atenção.

Da própria Grand Line, surgia um navio pirata. A embarcação era grande e imponente, bem maior que a nossa. Quase nem era preciso que Handsome identificasse a bandeira para que meu senso de urgência começasse a fazer a adrenalina circular novamente em meu corpo ““Droga...” Pensava apertando os punhos com raiva, enquanto ouvia a preocupação de M-4 sobre uma possível aliança entre nossos inimigos. Era aí que me surgia uma ideia:

- E se jogarmos uns contra os outros, antes que eles possam se unir? - Questionava confiante - Se nossos inimigos acabarem uns com os outros, não precisamos nos arriscar e nem aos feridos - A adrenalina repentina havia me ajudado a pensar rápido mais uma vez - Yumi, Handsome! - Chamava com certa urgência - Vocês dois podem pensar em uma defesa para o caso de o meu plano dar errado? - Questionava - M-4. Você vem comigo? Posso assumir o comando da missão? Precisamos falar com Melissa para que o Mai possa ouvir

Dito isso, apenas esperaria pela aprovação da pequena e caso a tivesse andaria com passos rápidos em direção ao navio mantendo velocidade o suficiente para que a pequena me acompanhasse. Sem pensar duas vezes, iria direto até Melissa enquanto diria que Yumi explicaria a situação caso alguém perguntasse o por quê da pressa. Ao chegar na loira, seria o momento de falar.

- Melissa, desde quando você está doente? Quando foi que chegou ao Farol? - Questionaria a mulher. Esperava que a resposta dela confirmasse minha teoria de que estava marcada, agora precisava ter certeza disso mais do que nunca - Perfeito - Diria caso a resposta confirmasse minha teoria - Mai, sei que está me ouvindo. Você viu o navio gigantesco que veio da Grand Line, não é? Talvez até reconheça a bandeira - Dizia olhando diretamente nos olhos da loira, imaginando que o homem talvez estivesse vendo através deles - Quero propor uma aliança - Dizia a ele fazendo uma pequena pausa para que pudesse processar a informação.

- Aqueles homens são mercadores de escravos, a maior escória dos mares. É claro que você pode tentar se aliar a eles para conseguir sair daqui, mas acredite quando eu digo, um usuário de akuma no mi tem um preço enorme no mercado negro. Faça isso por sua conta e risco. Também tenho certeza que vão atrás de você assim que souberem que alguém com seus poderes está aqui. A ganância dessas pessoas sempre fala mais alto - Dizia sem um tom ameaçador, mas demonstrando que não estava mentindo - A questão é: se nos aliarmos, podemos acabar com eles. E nesse caso, podemos negociar nossas saídas daqui. Você tem o nosso logpose e pode até ficar com ele se quiser, aqueles homens com certeza tem mais um, então sabemos que temos um para cada grupo - Dizia - Se estiver interessado em negociar, venha para o nosso navio.. Eu sairei dele para ficarmos em terreno neutro e te esperarei do lado de fora para conversarmos. No fim do dia, todos poderemos sair desse buraco.

Após dizer isso, eu realmente me levantaria pronto para sair. Não sabia se ele realmente viria, mas eu o esperaria do lado de fora de qualquer forma. Antes de tudo isso, entretanto, diria a M-4 - Por favor, cuide para que ninguém ataque o Mai se ele aparecer para negociar. Distraia a todos se achar que vai ser preciso - Dizia a comandante mostrando sinceridade em minha voz. Depois disso começaria a sair do navio, mas não antes de procurar pelo palhaço e dizer - Comece a se esticar, você vai ter outra oportunidade de chutar uns escravistas!

Lá fora, aguardava a aparição do homem. Quando ele se aproximasse, conversaríamos mais uma vez - Que bom que veio Mai. Posso deduzir que aceitou conversar sobre minha proposta? Devo dizer, muitos dos piratas aqui no Farol talvez queiram se juntar a você quando souberem que demos uma surra em um grupo como aquele. Eu mesmo consegui três novos recrutas só de bater em um grupo mais fraco de escravistas - Tentava demonstrar um tom mais descontraído. Por fim, estenderia a mão direita em sua direção, esperando que apertasse - O que me diz? Derrotamos aqueles caras e conseguimos navios e log poses para todo mundo. De quebra, ainda conseguimos algum saque e você ganha fama o suficiente para conseguir uma tripulação. - Esperava a resposta enquanto prestava atenção no navio aportando. Logo teríamos uma nova batalha pela frente.



Post: XX ~ Rename: O Eclipse ~ Location: Calm Belt

Notes: •Ganhos:

•Perdas:

Legenda: Falas
"Pensamentos"

Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Historico (Geral):
 

OFF PRO AVALIADOR:
 

____________________________________________________

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 >

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Em homenagem aos que se foram::
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyTer 20 Out 2020, 19:56



A fala de Wiley realmente era preocupante. Talvez fosse o cansaço, ou talvez fosse simplesmente pelo homem ter um raciocínio diferente, mas eu não havia pensado nisso. Tentava focar, sentindo o cansaço batendo cada vez mais forte.



— Ele é realmente tão forte assim? Não achei que lidar com 4 de nós fosse algo tão simples para ele...



Nosso plano, porém, era rapidamente destroçado não pelas ações de Mai, mas pela aparição de um terceiro elemento. Mostrava uma evidente confusão por um momento, afinal, quem era Big Bang Kid e por que ele nos atacaria? O nome não parecia ser de um marinheiro, e a bandeira mostrava que era um pirata. Éramos inimigos por algum motivo?



— Quem é esse cara? E por que ele nos atacaria? Fica um pouco difícil de montar um plano de contingência sem saber mais sobre quem nos ataca...



Iria andando de volta para o navio, seguindo o resto do grupo, enquanto matutava, refletindo sobre o que poderíamos fazer. Não tínhamos elementos suficientes para criarmos armadilhas e nem tempo para que eu criasse projéteis específicos praquela situação. Se o plano de Duncan não funcionasse e, sinceramente, não tinha ideia de como ele faria pra executá-lo, provavelmente teríamos mais feridos em breve para cuidar. E esse pensamento engatilhava uma ideia para mim.



— Wiley-kun, sei que é pedir muito, mas se importaria em lidar com as nossas defesas? Lenora e Katie-san estão incapazes de cuidar de alguém agora e o médico que sobrou é o último que pode fazer isso. Se ele for ferido, estaremos condenados... Quero tentar aproveitar o tempo que temos para tentar obter mais algum conhecimento que possa nos ajudar, caso seja necessário!



Explicava rapidamente a minha ideia para ele. A mudança de tratamento para Wiley, com uma intimidade maior e mostrando confiança a ele era minha forma nesse momento de pedir desculpas pelo teatrinho de mais cedo, fingindo suspeitar de sua boa vontade para conosco. Se ele concordasse, iria até o médico e pediria para que me ensinasse algo que pudesse ser útil nos próximos momentos. O tic-tac se mantinha, anunciando o prelúdio de uma batalha que eu não gostaria de travar. Mas seria necessária. Ou talvez não?



Objetivos:
 

Citação :

Contagem

Posts: 22
Ganhos: Perícia primeiros socorros?
Perdas: -
Relações: M-4: em construção
Morgana: em construção
Azura: em construção
Duncan: em construção
Garfield: em construção
Wiley: em construção

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyQui 22 Out 2020, 07:50


Narração
Sensação térmica: Frio
Localização: Farol
Começo da manhã


Duncan e Yumi
A situação não era das melhores, porém a ação estava para chegar. Cada um deles parecia pensar em uma opção do que poderia ocorrer. O Eclipse indagava sobre poder ter o controle da situação e M-4 liberava por ele conhecer mais do tal pirata que ela.

Enquanto isso Naomi ainda estava meio perdida pensando em quão forte o Mai poderia ser e quem era Big Bang Kid, o que fazia Wiley olhar para a pequena se perguntando se era uma piada. – O pirata que Duncan ameaçou pelo den den mushi? Que eu falei que era um supernova? – Perguntou ele de forma meio irônica por não estar acreditando muito que a menina realmente já se esquecera da situação. Claro que ela esteve ocupada durante a conversa em si dos revolucionários com o pirata, mas não na explicação de Handsome em si.

Enquanto se aproximavam do navio deles, acabavam percebendo que os piratas aliados de Morgana estavam encarando o grande barco que estava chegando no farol. Dellumiere e M-4 entraram na embarcação deles para procurar por Melissa.

A pequena Yumi pedia para Wiley cuidar das defesas, mas ele levantava os braços fingindo desistir e falou em seguida. – Ok... mas eu não conheço nem vocês revolucionários e a força de vocês, e nem esses outros... – Falou ele olhando para os aliados de Morgana ali. – Se a baixinha quiser contar o que está acontecendo eu posso ajudar. – Naomi ouviu o capitão do grupo pirata falando de cima do convés, ele falou aquilo sem sequer olhar para Yumi.

Já dentro do navio não fora realmente difícil de encontrar Melissa. Quando a encontrou, sem dó e nem piedade o maligno Duncan acabava por acordar a jovem que simplesmente não podia descansar em paz. – Chegamos no farol... após vocês atacarem... os Vermillyon. – Falava ela entre pausas de sono. – E foi logo após chegar. – Mencionava ela em relação a doença. – Mas não acho que tenha relação com Mai. – Falava David Puerta que estava logo ao lado de Melissa.

Apesar de ouvir isso, aquele era o único plano de Duncan para a situação. Ele fez todo um discurso falando para o ninguém ali. Era algo estranho para dizer o mínimo. Quando acabou de falar, deu uma ordem para a comandante que aceitou sem problemas já que havia dito que ele podia ficar em comando naquele momento. Ao passar por Faust acabou por fazer um comentário, mas o palhaço parecia viver em seu próprio mundo como sempre.

Ao sair do navio, não havia sinal de Mai ainda, até porque ele com certeza não se teleportava. E independente disso, o navio pirata parava na costa, a pelo menos um bom quilômetro de distância deles. Estavam bem mais próximos do farol. O navio chamava a atenção de basicamente todos os piratas que estavam acordados na Red Line, não que fossem muitos, mas não era sempre que um barco parava ali. Iriam esperar pelo homem doença aparecer? Iriam atacar?

Ferimentos escreveu:
Garfield – Está com toda a região do pescoço até a cintura com a resistência comprometida, onde se machucará igual alguém com 11 de resistência. Isso vai durar por dois~três dias ingame, não vai ser quantidade de posts não Sagashi, boa sorte

Lenora – Apagada e com a garganta tratada. Apesar de estar estável, qualquer coisa que ocorrer poderá acabar por matar ela.

Katie – Teve o olho tratado, mas não sabe se vai voltar a enxergar com ele de novo. Além disso está bem, precisando basicamente de um pouco de descanso.

M-3 – É a que está melhor de todos esses, o braço dela está machucado, mas em pouco tempo irá melhorar

M-2 – Está profundamente machucada, precisou ser tratada e não se sabe se vai acordar em poucas horas ou mais de dia.

Outros 23 revos no navio machucados – Todos precisam de descanso para ficarem bons.


Ganhos Não divididos:
 

Legenda:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wesker
Major
Major
Wesker

Créditos : 14
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Masculino Data de inscrição : 29/04/2012
Idade : 22

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyDom 25 Out 2020, 03:53


O Eclipse

We are Revolution!






A sensação agonizante de só poder esperar me tomava no momento em que eu finalmente saía do navio. Havia feito minha aposta. Mesmo contra a fala do médico, insistia no palpite de que Melissa estava marcada por Mai e usava a mulher como um meio de me comunicar com o pirata. Agora, por fim, estava do lado de fora. Sozinho, esperando por alguém que pode ou não aparecer.

Por mais que eu soubesse que deveria ser paciente, minha mente me impedia de fazer isso aquela altura. Para proteger meus amigos, eu continuava a pensar tentando bolar uma maneira de ajudar a todos e lidar com aquela situação que logo ficaria bem caótica. Olhava em volta, procurando por Mai, mas tentava não demonstrar muita aflição em minha busca. Para evitar de ser avistado por alguém no navio inimigo, talvez alguém com um telescópio, eu aproveitava esse meio tempo para colocar minha peruca e minhas lentes novamente.

Enquanto aguardava Mai, eu continuava a pensar e avaliar as possibilidades. Estava preso em um lugar do qual não poderia sair sem um logue pose. Com nada mais que piratas desistentes e aliados feridos. Os escravistas provavelmente sabiam que eu havia dado cabo de seus comparsas no Farol, e vinham atrás de mim. Conforme avaliava a situação, algumas possibilidades me vinham à mente. Os inimigos ainda não haviam começado a agir, mas ainda assim eu precisava ser rápido.

Olhando em volta uma última vez, em busca de Mai, daria de costas em caso de não encontrá-lo e voltaria até o navio, indo diretamente até M-4 - Eu vou fazer algo arriscado - Dizia para a pequena - Preciso que fique de olho e converse com aquele homem se ele aparecer - Depois dessas palavras, daria minhas duas lanças para a pequena para que a guardasse e, se possível, quebraria a cabeça de uma das setas de Yumi e a guardaria com cuidado em meu bolso. Nesse momento, diria a garota o meu plano B.

- Você se lembra daquelas pessoas nas cavernas? Talvez possa convencê-las a lutar. Os escravistas vieram em um navio muito grande, duvido que queiram levar só 5 prisioneiros ali. Devem estar planejando algo maior. Deixe com que saibam disso! - Depois de terminar de falar com Yumi e ter designado uma função a M-4, só me restava uma escolha para a última função - Handsome, pode explicar a situação aos nossos amigos? Em último caso, vocês são nossa linha de defesa. Você já viu o quanto o Garfield aguenta e o palhaço e as baixinhas também são muito bons. Não se engane. O coelho e o tonatta você já viu em ação - Após dizer isso, eu finalmente saía do navio.

Me moveria primeiro na direção oposta, para que pudesse finalmente me dirigir ao navio inimigo sem indicar que vinha da outra embarcação aportada. Manteria uma expressão apressada em meu rosto logo de cara, olhando para trás em diversos momentos como se tivesse medo de ser atacado pelas costas por algum inimigo. Me manteria atento para movimentar-me para os lados e me esquivar de algum possível disparo. Quando finalmente chegasse no alcance da minha voz, gritaria de forma que misturasse alívio e pressa.

- Graças a deus! Finalmente! - Diria ao me aproximar da embarcação. Antes de falar mais alguma coisa eu esperaria que as atenções se virassem para mim e pararia de andar para a frente caso percebesse hostilidade - Sou David Puerta. Um dos negociantes que vocês vieram encontrar - Dizia apostando mais uma vez. Duvidava que Puerta fosse mais que um membro de nível baixo do grupo de sequestradores e por isso mesmo duvidava que soubessem sua aparência. Caso alguém já tivesse ouvido o nome, entretanto, isso poderia me dar mais credibilidade.

- Houveram problemas durante a noite! Permitam que eu entre para explicar! - Pediria e subiria no navio caso me fosse permitido. Caso contrário, apenas continuaria do lado de fora - Foi durante a noite. Aquela escrava, Melissa, começou a se sentir muito doente.. Do nada. Ela foi só a primeira. Logo metade dos homens estavam muito doentes mesmo que estivessem saudáveis um pouco mais cedo quando recolhemos a última mercadoria - Fazia uma pausa para que pudessem processar a história - O capitão então ordenou que eu fosse atrás de remédios, foi quando eu saí. Quando eu voltei vi tudo da entrada, o Elipse já havia dado cabo de todos se aproveitando da fraqueza do grupo, duvido que conseguisse vencer tantos de nós sozinhos se estivéssemos saudáveis. Corri para que pudesse alertá-los do perigo. Eu acho que ele fez um acordo com Mai Kanaka, o Homem Doença. É quase uma lenda urbana aqui do Farol. Um pirata que comeu a Akuma no mi da doença, um poder assustador. Por causa dele, os remédios são bem escassos aqui no Farol. Provavelmente se juntou ao Eclipse em troca de uma carona para fora desse buraco!

Ao fim de minha explicação, eu demonstraria um pouco de raiva. Esperava que comprassem minha história.Com isso, o próximo passo já estava claro - Para recuperarmos a mercadoria precisamos primeiro derrotar o desgraçado da doença. Além disso, alguém com um poder como o dele deve ter muito valor no mercado - Tentava parecer o tipo de pessoa covarde que se torna subitamente um corajoso quando está com um grupo achando que é intocável - Ele é bom de se esconder, por isso ninguém nunca o viu muito bem. Mas se vocês aportaram aqui, ele com certeza deve estar observando. Esperando por uma chance para atacar como sempre faz - Agora, restava esperar pela reação daqueles homens.



Post: XX ~ Rename: O Eclipse ~ Location: Calm Belt

Notes: •Ganhos:

•Perdas:

Legenda: Falas
"Pensamentos"

Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Historico (Geral):
 

____________________________________________________

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 >

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Em homenagem aos que se foram::
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyDom 25 Out 2020, 12:34



O tom ácido da fala de Wiley me magoava um pouco, mas compreendia sua incredulidade. Eu me sentia distraída, cansada e inútil naquele momento, sem muitas ideias de como poderia ajudar o grupo.



— Gomen, gomen, estou cansada. Sinto que não estou concentrando tanto quanto deveria.



O capitão de Morgana mostrava, mais uma vez, seu jeito arrogante enquanto nos oferecia ajuda. Naquele instante, entretanto, não poderíamos deixar de explicar o que estava rolando. Respirando fundo, tanto para me controlar quanto para pensar em como dizer a situação de forma mais resumida possível, ia formulando minha explicação.



— Parece que arrumamos briga com um tal de Big Bang Kid. Esse navio que chegou aqui ao farol é de um aliado dele. Acho que querem capturar a todos nós aqui do farol como escravos...



Eu não tinha tanta certeza assim dessa última parte, mas na minha cabeça fazia sentido, dado o tamanho daquele navio e quantos éramos aqui. Dava alguns tapinhas em minhas bochechas, procurando estimular a circulação e manter-me focada naquela conversa.



— Senhor-san, vocês lutarão a nosso lado? Acho que o problema da falta de espaço ou do log pose se resolve se pararmos esses caras.



O meu plano inicial era tentar aprender algo mais para que pudesse ser útil, mas começava a notar que não daria tempo. O navio pirata aproximava-se com velocidade alarmante e não haveria tempo hábil para que eu aprendesse de fato. Mas logo Duncan chegava com uma nova ideia. Precisávamos de mais aliados e poderíamos talvez achá-los nos outros piratas das cavernas. Com uma forma de ajudar em mente, simplesmente começava a correr, usando o máximo de minha velocidade e de minhas habilidades para chegar ao local o mais rápido possível. Uma vez que lá chegasse, procuraria preferencialmente pela moça que flertara com Duncan mais cedo. Se não a encontrasse, entretanto, tentaria falar com quem me parecesse o líder no local.



— Big Bang Kid enviou um aliado para cá no farol. Quer escravizar a todos para nos vender no mercado negro... Estamos organizando para derrotá-lo. Sem escravos. Vão lutar conosco? Se não, fujam... Não pouparão ninguém...



Odiava a maneira como minha oratória não estava das melhores, mas aquilo seria o melhor que conseguiria fazer, dado principalmente o cansaço que ficaria após correr todo o caminho. Aguardaria pelo agrupamento dos que resolvessem lutar conosco e retornaria guiando-os para o local de batalha. Mesmo que fosse somente um homem a mais, qualquer reforço nessa hora contava.


Objetivos:
 

Citação :

Contagem

Posts: 23
Ganhos: Perícia primeiros socorros?
Perdas: -
Relações: M-4: em construção
Morgana: em construção
Azura: em construção
Duncan: em construção
Garfield: em construção
Wiley: em construção

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 EmptyOntem à(s) 06:04


Narração
Sensação térmica: Frio
Localização: Farol
Amanheceu


Duncan e Yumi
Os dois planejaram algo rápido. Duncan tinha um plano para lá de ousado e comentou com M-4 sobre uma possibilidade de ação enquanto já se preparava para partir na direção do navio.

Naomi ao mesmo tempo explicava para o capitão de Morgana a situação. O homem sorria com a ideia. – Puxar briga com um supernova e ainda conseguir finalmente nosso ticket para sair daqui. Parece ótimo para mim. – Falava ele sem nem ter ouvido a informação sobre supernova, ou seja, o homem conhecia o nome do pirata. – Claro que vamos lutar ao lado de vocês, só espero que vocês revolucionários não se importem se acabarmos matando todos eles. – Falou o homem com um sorriso meio sinistro para Yumi.

Com o apoio desse capitão, eles eram facilmente uns quinze homens prontos para a luta, mais os revolucionários seus números já chegariam a vinte. O poderio deles era bom, mas talvez não o suficiente.

A pequena provavelmente poderia pensar um pouco na resposta, mas não teria tempo, pois Dellumiere acabou aparecendo e comentando sobre possíveis aliados nas cavernas. Naomi partia em direção as cavernas enquanto Duncan comentava com Wiley sobre ele ser o comandante de defesa. – Pode deixar isso comigo isso também Duncan, ainda sou a comandante de todos aqui e conheço mais a força de todos do que o pirata. – Falou M-4 se intrometendo. – Afinal, não tenho nada para fazer aqui além de esperar o tal homem doença. – Comentava a comandante. Assim o Eclipse pôde partir sabendo que a situação estava minimamente controlada.


Duncan
O caminho que Duncan precisava percorrer até o navio dos piratas era menor do que o de Naomi e por isso ele acabou chegando primeiro. O seu plano era meio maluco, e talvez até precipitado, pois ao se aproximar bem da embarcação acabou ouvindo a primeira fala algo como: “que sorte a nossa”. Os piratas pareciam estar relaxando após uma tensa viagem.

Ao falar com eles se apresentando como David Puerta, Duncan viu um grupo de piratas bem grandinho saindo do navio. Eram pelo menos mais de quarenta piratas saindo do barco, mas ficava claro que havia bem mais piratas dentro da embarcação, o barulho lá dele era constante ainda, e tão perto dele ficava impossível para Dellumiere visualizar o convés e determinar quantos havia lá ainda.

Entre os homens que desceram, era fácil determinar quem era o capitão ali, o homem era até um pouco parecido com Duncan, talvez sua pose, o fato de usar lanças, o fato de ser Lancer de outro Fate, ou alguma outra coisa. O importante é que ele encarou Dellumiere por um tempo, ouvindo bem o que o Eclipse o contava e então após a fala dele acabou comentando. – Interessante... eu já vim aqui uma vez pelo menos, mas não lembro de você David Puerta. – Comentou ele olhando meio sério para Duncan querendo retirar alguma micro expressão do revolucionário. – Poderia me explicar o motivo disso? – Perguntou o homem com um sorriso bem cínico em seu rosto.

Após a possível resposta, o homem retirou a lança e apontou para um lugar. – Mas sobre esse maldito da doença. – Falou o homem olhando sério para a direção que a lança dele estava apontada. – Seria aquele cara ali? – E quando Dellumiere olhasse, veria um homem desconhecido simplesmente parado olhando para ele e todos os outros piratas no navio. Com a luz da manhã já mais firme no céu, ficava claro que na verdade a atenção dele era muito maior para a embarcação do que para todos eles. Seria ele Mai Kanaka? Ou um mero inocente ali?


Yumi
Após correr desesperada na direção das cavernas, a jovem chegou e gritou sobre os piratas que queriam escravizar a todos. Alguns piratas que lá estavam e já acordados começaram a rir, enquanto outros foram meramente acordados pelos gritos da baixinha. A maioria simplesmente descartava a fala dela.

Todos conheciam os piratas escravagistas mais cedo, provavelmente sabiam que isso que ela havia contado era uma simples mentira. A menina poderia desistir, mas foi quando ela viu uma imagem conhecida se aproximando. Era a moça que estava paquerando com Duncan mais cedo. – Não vou fingir que caí nesse seu papinho. Mas a situação parece interessante. – Falava ela. – Se ajudarmos vocês revolucionários a derrubarem eles, podemos ficar com o navio? – Perguntava ela se aproximando de Yumi com um sorriso no rosto. O grupo dela estava vindo logo atrás, era difícil estimar quantos eram, mas pelo menos mais uns quinze estavam ali.

Ferimentos escreveu:
Garfield – Está com toda a região do pescoço até a cintura com a resistência comprometida, onde se machucará igual alguém com 11 de resistência. Isso vai durar por dois~três dias ingame, não vai ser quantidade de posts não Sagashi, boa sorte

Lenora – Apagada e com a garganta tratada. Apesar de estar estável, qualquer coisa que ocorrer poderá acabar por matar ela.

Katie – Teve o olho tratado, mas não sabe se vai voltar a enxergar com ele de novo. Além disso está bem, precisando basicamente de um pouco de descanso.

M-3 – É a que está melhor de todos esses, o braço dela está machucado, mas em pouco tempo irá melhorar

M-2 – Está profundamente machucada, precisou ser tratada e não se sabe se vai acordar em poucas horas ou mais de dia.

Outros 23 revos no navio machucados – Todos precisam de descanso para ficarem bons.


Ganhos Não divididos:
 

Legenda:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante   Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante - Página 11 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Voltar ao Topo 
Página 11 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Farol-
Ir para: