One Piece RPG
Faíscas da Revolução - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Kamui Arashi
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor MDarak Hoje à(s) 00:54

» The Lost Boy
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Madrinck Dale Hoje à(s) 00:52

» Hisoka Kurayami
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 00:48

» Kizumonogatari
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor yaTTo Hoje à(s) 00:29

» Vincent Kjellberg
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 00:28

» [MINI-*fxgabriell*] *Em busca de justiça*
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor fxgabriell Hoje à(s) 00:14

» Apresentação 4 ~ Falência Articulada
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 23:36

» Supernova
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Shroud Ontem à(s) 21:48

» Do ferro ao aço
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Vincent Ontem à(s) 21:03

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Muffatu Ontem à(s) 20:53

» Cap. 2 - The Enemy Within
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor King Ontem à(s) 20:39

» As mil espadas - As mil aranhas
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 20:06

» Unidos por um propósito menor
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 19:49

» [MINI-Ballu] Um momento desesperador
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Shroud Ontem à(s) 18:16

» Green Alert! O imortal Renasce! Ressurreição dos Skull Moneys(Parte.1)
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Noah Ontem à(s) 18:14

» [MEP - Haqim]
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Haqim Ontem à(s) 17:36

» [Mini-Radamanto] One Piece - MEP
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Radamanto Ontem à(s) 17:28

» [Mini-Radamanto] One Piece
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Radamanto Ontem à(s) 17:19

» [Mini-Haqim] Maelstrom
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor Shroud Ontem à(s) 17:07

» Enuma Elish
Faíscas da Revolução - Página 2 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 17:04



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Faíscas da Revolução

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptyQua 20 Maio 2020, 15:20

Relembrando a primeira mensagem :

Faíscas da Revolução

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Spark. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
ArcenioStorm
Civil
Civil


Data de inscrição : 18/04/2014

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptyQui 28 Maio 2020, 00:02

Conomi Island
Shirotown

A presença da marinha naquela cidade parecia dar aquelas pessoas a mesma sensação que eu tinha enquanto fugia com Aiko do governo mudial: impotência. Enquanto eu e ela fugiamos apenas com a espectativa deles esquecerem nossa presença o povo daquela cidade parecia suportar a espera de alguém fosse fazer algo. Aquela situação me deixava irritado, por tanto tempo eu havia aguentando as situações por fraqueza, mas agora eu tinha uma ideia e para isso eu precisava ficar forte.

Aquele meu desejo de ficar forte e conseguir me vingar do governo era o que atiçava tanto minha curiosidade sobre como aquele povo iria contra-atacar. Informação e experiência eram formas de me fortaceler, e observar como uma cidade lutaria contra a injustiça seria perfeito para começar a criar ideias. Minha cauda começava a tremer, eu estava ficando ansioso para ver o desenrolar daquela história.

A caminhada até o bar era simples e até um pouco tortuosa, era difícil conseguir andar naquela cidade sem ser afetado pelo delicioso cheiro das laranjas que parecia impregnar o local. A minha para já se enfiava na sacola da feira e puxava uma das laranjas, eu apreciava a sua beleza enquanto caminhava.

Em pouco tempo eu logo chegava meu minah próxima parada: O bar Kahanas. Ele possuia uma aparência bem tropical e logo já era possível escutar a melodia que estava sendo tocada lá dentro. — Parece ser um lugar animado Sem hesitar eu me aproximava do local, adentrando-o.

A primeira coisa que eu faria ao entrar naquele bar seria dar uma observada enorme em todo o espaço, olhando que estava lá, quem trabalhava lá e também o espaço em sim. E iria procurar algum lugar para sentar, de preferência um que parecia ter mais fluxo de empregados e clientes, onde eu poderia conversar melhor. Logo após sentar eu iria começar a descascar a laranja com minhas unhas e me preparar para me deliciar.


Histórico:
 

Objetivo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptyQui 28 Maio 2020, 01:30




Faíscas da Revolução!

Shirotown (Conomi Island) - 10:24 - 30º



O bar Kahanas era um típico ponto turístico ao estilo tropical. Sua decoração referente a praias paradisíacas e a pôr do sol davam muito o que pensar, além de um delicioso e aconchegante ambiente para relaxar e curtir com os amigos. E era o que alguns ali demonstravam estar fazendo. Spark, com um longo e investigativo olhar, percebia várias coisas que lhe davam opções sobre como encontrar e adquirir informação.

Ao longo das mesas, que eram muito bem distribuídas pelo local, ele notava que o bar não estava cheio, provavelmente pelo horário. Percebia que haviam oito mesas, duas delas com três pessoas e mais duas com duas pessoas. Dentre as outras quatro, vazias, duas delas estavam com alguns copos e jarros espalhados sobre a mesma. Uma lindíssima garçonete caminhava entre as mesas para limpar uma delas, com uma grande e brilhante bandeija prateada na mão junto de um pano branco. Sua vestimenta era bem chamativa, além de bem... sensual, por assim dizer. Uma curta blusa de alça preta que expunha a barriga e uma saia curta, até a metade das coxas, também preta, destacando a voluptuosidade daquele corpo moreno e bronzeado. Seu cabelo, preto e cacheado, descia até os ombros. Ela tinha duas pintas no rosto, uma sob o olho esquerdo e a outra sob a bochecha direita. Lábios vermelhos de batom e vários anéis e pulseiras, todas douradas e brilhantes. – Oi, docinho, vai querer alguma mesa? – Disse com uma voz sensual e um olhar bem sugestivo.

Spark também notava um grande balcão com quatro bancos vazios, porém com duas ou três jarras também sobre o mesmo. Ele percebia também várias prateleiras repletas de bebidas atrás do balcão. Garrafas e garrafas de bebidas todas dispostas demonstrando a variedade de drinks que o bar poderia oferecer. Não era nada menos esperado do bar mais conhecido da cidade. Ao lado do balcão uma porta, “escondida” por uma cortina de miçangas. Um musculoso rapaz entrava no mesmo, com uma blusa preta bem apertada, que com dificuldade tentava guardar tantos músculos.

O fluxo de pessoas até então parecia baixo. O palco de atrações estava vazio, além de que a música estava bem mais baixa do que o costumeiro, pelo menos para um bar daquele calibre. Talvez o jovem mink fosse inexperiente quanto a locais assim, ou talvez ele já conhecesse muito bem como extrair informações de pedras. Das duas mesas com três pessoas uma delas, com três jovens, estava sendo a mais movimentada do salão. Dois deles já pareciam bem variados, com sorrisos bobos e gargalhadas alegres. O outro apenas conversava. Na outra mesa não se notava nada curioso, apenas um trio de rapazes conversando. As outras duas eram bem diferentes, duas garotas tomando drinks e dois rapazes que não paravam de olhá-las.

Para os objetivos do felino aquele local não parecia ser promissor, mas nada que uma boa disposição e curiosidade não fosse de grande ajuda.

HISTÓRICO:
 
NARRAÇÃO - V

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
ArcenioStorm
Civil
Civil
ArcenioStorm

Créditos : Zero
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 4010
Data de inscrição : 18/04/2014

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptySab 30 Maio 2020, 11:22

Conomi Island
Shirotown

O bar Kahanas parecia estar com um movimento baixo, provalvemente por conta do horário em que estávamos, era bem mais provavel que eu conseguisse mais informações de noite onde aquele bar provavelmente teria um movimento maior. Porém eu ainda poderia trabalhar com aquilo muito bem.

Logo após a minha entrada no estabelecimento uma atendente vinha em minha direção para me oferecer uma mesa. Suas vestes e aparência remetiam outra coisa ela estava sexy demais para um bar, aquilo me incomodava um pouco, porém eu respeitava a temática do local. — Acho que vou ficar no balcão. Eu acabei de chegar na cidade.. Pode se dizer que eu estou numa viagem turística, me falaram muito bem desde Bar. Eu começava elogiar o ambiente, ele realmente era interessante e a música bastante agradável.

Além da garconete eu também notava a presença de algumas poucas pessoas em grupos. Eu não conhecia muito bem a cidade e não sabia como eles tratavam viajantes e desconhecidos, mas por hora não era bom me intrometer nas conversas dos outros, eu seria paciente. Porém algumas situações já chamavam a atenção, como aquele cortina de miçangas.

Não demorava a me dirigir até o local desejado: O balcão. Ali eu provavelmente veria melhor o movimento e teria um melhor alcance da minha primeira fonte de informação: os trabalhadores daquele bar, ou no caso a garconete que era a única que parecia estar ativa naquele momento. Eu esperaria algum momento em que ela passasse por mim descoupada para puxar ela para uma conversa despretenciossa.— Me diga, quais são os melhores pontos turísticos dessa ilha? Vejo que esse é bem promissor para umas boas noitadas, mas o que me recomenda a fazer de dia? Eu realmente precisava de informações sobre o lugar, pelo menos aumentar minhas opções para explorar.

Além disso aqueles dois grupos que estavam nas mesas poderiam ter informações também, porém eu não me sentia a vontade de ir conversar com eles sem uma boa desculpa, por isso eu usaria uma estratégia mais sorrateira, porém mais eficiente. Meus ouvidos era ótimos para conseguir escutar conversas que não tinham a intenção de me incluir. Com minha audição aguçada eu ficaria atento as conversas paralelas que poderiam surgir pelo bar e também sons que pudessem ser produzidos por de trás daquela cortina de miçangas.

Além disso, eu aproveitaria o momento mais calmo para começar a descascar uma das laranjas que eu havia comprado. Fazendo minhas garras retrateis sairem eu começaria a, lentamente, passar uma de minhas unhas pela casca da laranja em forma de espiral, utilizando minhas facas naturais para descacar o fruto para que eu pudesse consumir logo em seguida.

Histórico:
 

Objetivo:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptySeg 01 Jun 2020, 12:30




Faíscas da Revolução!

Shirotown (Conomi Island) - 10:26 - 30º



Ainda que a movimentação estivesse bem baixa, o bar não era nada desanimado. A música fazia sua parte, animava bastante os que o frequentavam, além de criar um ambiente bem mais vivo do que o escuro e solitário, que demonstrava. Alguns dos que ali estavam cantarolavam músicas que tocava, outros simplesmente continuavam bebendo sem se preocupar. Era fato de que eles nem mesmo notaram a chegada do felino. A garçonete o guiava para o balcão, deixando a bandeja prateada sobre o mesmo. – Vou chamar alguém para lhe servir, só um minuto, docinho. – Sua voz era muito encantadora, sensual e agradável.

Não demorou para que a parede de músculos aparecesse a sua frente, ele trazia consigo duas caixas fechadas e as colocava sob o balcão. Em seguida ele se virava para as prateleiras, movia algumas garrafas, deixando um grande espaço aberto, e logo voltava sua atenção a Spark. – Diga, chefe. O que manda? – Perguntou com um sorriso simpático.

O bar começava a receber alguns outros clientes neste momento. Um casal de garotos, bem mais jovens do que os outros, adentrava, trocava algumas palavras com a garçonete que cumprimentou Spark, e em seguida se sentavam em uma mesa próxima ao palco. Eles eram bem sérios e nada amigáveis. Olhavam de canto de olho para o felino, como se o vendo pela primeira vez naquele local, o que de fato não deixava de ser verdade, e em seguida conversavam entre si. A garçonete saía do salão e ia para a parte de trás, permitida apenas aos funcionários, do bar.

O grupo de rapazes, que tentava cantar as garotas de uma mesa próxima, conversava algumas coisas interessantes, pelo menos para quem estava em busca de informações como o guepardo estava. – Você viu o que aconteceu no laranjal ontem a noite? – Perguntou um. – Eu vi, foi doido demais! Eu não quero nem ver o que vai acontecer com aqueles... – A frase era interrompida pelo musculoso barman, que respondia a pergunta de Spark com o mesmo sorriso simpático no rosto. – Olha... os principais pontos turísticos da cidade são o laranjal e o incrível bar Kahanas. – Disse sorrindo ao falar o nome do bar. – Mas eu gosto de visitar a praia, de vez em quando vejo algumas coisas interessantes por lá, se é que me entende. Heheh. – Continuou, porém, diminuindo o volume da voz ao fim da frase e olhando ao redor para ver se havia alguém próximo.

A garçonete voltava pela porta com miçangas, entregava um pacote fechado a dupla de jovens e saía de perto deles, com uma expressão de pena. Eles acenavam com a cabeça e logo saíam. De relance Spark poderia notar algo interessante na mão de ambos os rapazes, a mesma tatuagem que ele viu com outros dois rapazes na praça, poucos minutos mais cedo. Era idêntica!

O bar continuava como estava, a música animada, porém em um baixo volume e as pessoas se divertindo aos montes enquanto bebiam.

HISTÓRICO:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - VI

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
ArcenioStorm
Civil
Civil
ArcenioStorm

Créditos : Zero
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 4010
Data de inscrição : 18/04/2014

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptySex 05 Jun 2020, 08:54

Conomi Island
Shirotown

O bar, apesar de não parecer um local próspero para obter informação por conta do horário e do clima mais descontraido havia me revelado algumas potênciais fontes de informação, apesar de não ter conseguido obter nenhuma informação completa. Eu estava completamente interessado em descobrir o que estava acontecendo, porém já tinha algumas ideias...

"Deve ter acontecido algo nos laranjais de noite provavelmente envolvendo aqueles dois marinheiros e os homens acorrentados que aparentemente eram trabalhadores do laranjal. A cidade parece estar se mobilizando para enfrentar essa situação e eu sei que o prefeito dará um jeito, ou apenas diz que vai dar, talvez seja só estratégia política. Agora esses homens da tatuagem devem ser parceiros dos acorrentados e estão planejando algo, porém eu queria descobrir se eles estavam trabalhando em conjunto com o prefeito ou eram independentes. Porém o mais importante era descobrir a atual situação do exercíto revolucionário, qual era o papel deles naquela cidade."


Mas antes de buscar saciar minha curiosidade enorme eu precisava saciar minha fome, eu já não estava aguentando mais e minha boca estava seca só de lembrar das laranjas que eu tinha guardado. Eu já iria logo comer uma, eu precisava logo daquele açúcar no meu corpo para ficar mais animado para continuar a minha investigação que estava começando a ficar cada vez mais instigante. Mas antes de terminar de descascar a laranja eu me despedia do taverneiro, ele não havia dado nenhuma informação útil, mas isso não tiraria minha educação. — As praias daqui deve ser bem interessantes mesmo... Acho que vou ir visitar uma delas, obrigado pela indicação... a noite eu passo novamente por aqui para experimentar umas bebidas. Até mais. E me levantaria do balcão, me dirigindo a saida com a laranja na boca e passando pela porta da qual eu entrei. Porém, era obvio que eu não iria dar uma turistada na praia, eu queria saber o que aqueles homens estavam indo fazer. Minha ideia era simples, talvez até um tanto quanto arriscada, mas meus calculos indicavam que poderia dar certo.

Eu logo tentaria encontrar os dois rapazes e descobrir para onde eles estavam se dirigindo. Eu não era nenhum mestre espião para saber ficar furtivo ou segui-los de forma discreta. Eles já tinham reparado em mim e sabiam que eu era estranho, ficaria até obvio que algo estava errado. Porém eu continuaria de peito aberto andando na mesma direção deles se eu fosse capaz de encontrar, terminando de consumir minha laranja.

Histórico:
 

Observações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Membro
Membro
K1NG

Créditos : 8
Warn : Faíscas da Revolução - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 EmptySab 06 Jun 2020, 03:18




Faíscas da Revolução!

Shirotown (Conomi Island) - 10:29 - 30º



A rua que levava ao Kahanas permanecia com o mesmo movimento, assim como o interior do próprio bar. Era interessante como várias características da aparência daquela parte do bairro turístico davam suporte a fama do bar, era inclusive algo que trazia orgulho aos moradores. Não era difícil ouvir um sussurro de conversa paralela sobre alguém contando de uma noitada que teve no bar se divertindo com os amigos. Isso trazia um certo orgulho por conta de que a cidade era pequena, mas ainda assim não era abandonada.

Caminhando naquele calor que aumentava a cada minuto, Spark poderia coletar mais informações com o passo que explorava a cidade. Ele poderia seguir a dica do rapaz que lhe disse sobre a praia. Quem sabe ele realmente não encontra algo interessante lá? Poderia também seguir os dois rapazes misteriosos que entraram no bar anteriormente, o que de fato era o que o felino faria, além de que conseguiria também informações bem sugestivas no laranjal. O laranjal com certeza teria muita informação privilegiada por ser o centro das atenções e ações do que ocorreu aos três rapazes e também a ímpar postura dos marinheiros ao cuidar daquele misterioso caso de “roubo de laranjas”.

Seguindo os rapazes, que não estavam tão longe assim do mink, ele percebia que o caminho que eles tomavam era bem diferente do anteriormente visto. Eram ruas ainda mais estreitas, porém bem mais vazias. As casas, algumas abandonadas, demonstravam um certo descaso para com aquela parte da cidade. Ainda era possível ouvir o barulho do bairro turístico, o que levantava a ideia de que ele estava próximo a praia. Além disso ele também percebia que haviam muito mais cartazes de procurado pelas paredes das casas, e a maioria deles estavam ou manchados ou rasgados. Muito estranho! As ruas se dispunham em padrões bem desconexos e complexos, além de serem bem irregulares, com pequenos morros, escadarias e também inclinações praticamente impossíveis de caminhar tranquilamente. Os dois rapazes curvavam um beco, bem mais escuro duas ruas a frente do felino.

O cheiro de laranja era bem mais forte ali, talvez por ser ainda mais próximo do laranjal, que pelos becos sem casas nos fundos das ruas, era possível vê-lo. E isso era o gatilho perfeito para despertar um desejo compulsório em Spark de saciar seu vício. Sua boca e língua começavam a salivar. Mesmo que em um estágio onde o rapaz conseguisse controlar isso poderia ser um grande problema caso continuasse. Era um desejo bem normal para ele, porém fora dos padrões em que ele conseguia manter. Talvez, entre tantas pensamentos e devaneios que passavam pela mente do garoto, uma palavra poderia se destacar acima das outras: Doces!

As ruas estavam praticamente vazias, duas ou três pessoas caminhavam com caixas em direção ao porto, além do cheiro de peixe vindo das mesmas. Era visível também que em alguns becos crianças brincavam e corriam, além de outros que conversavam enquanto bebiam alguma bebida alcóolica ou fumavam um cigarro. Era visível também que haviam alguns pequenos pontos comerciais, porém bem escassos e com poucas mercadorias. As bancas destes pontos comerciais estavam praticamente vazias, mas algumas frutas de qualidade duvidosa eram dispostas. Caso o mink olhasse ao céu perceberia uma nuvem carregada se aproximando da direção da praia.

HISTÓRICO:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - VII

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
POORS ARE THOSE WHO HAVE EYES BUT CANNOT SEE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Faíscas da Revolução - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Faíscas da Revolução   Faíscas da Revolução - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Faíscas da Revolução
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Islands-
Ir para: