One Piece RPG
Stairway to Heaven - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Mao di Lut Ima
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Alek Hoje à(s) 04:24

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor K1NG Hoje à(s) 04:18

» [Mini] Albafica Mino
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Albafica Mino Hoje à(s) 03:42

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Dante Hoje à(s) 02:53

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 00:30

» One Piece RPG Awards 2020
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00

» Vol 1 - The Soul's Desires
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:55

» VIII - The Unforgiven
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:31

» BOOH!
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:56

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:33

» O Samurai
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:28

» Cap.1 Deuses entre nós
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Adrian/Vampiro Ontem à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
Stairway to Heaven - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Stairway to Heaven

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyDom 03 Maio 2020, 15:06

Relembrando a primeira mensagem :

Stairway to Heaven

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) revolucionários Tidus Belmont, Frisk Dreemurr e Helves. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Volker
Frozen
Frozen


Data de inscrição : 23/03/2013

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyTer 23 Jun 2020, 17:41





- Stairway To Heaven -

~ Queen of Thorns ~



Retornar para meus companheiros havia sido uma percepção ímpar, um desejo associado ao sentimento de que ainda não havia cumprido com meu dever como revolucionária e se aquilo já não fosse razão suficiente para retornar os fatos que se seguiram a respeito de Frisk era o ímpeto que faltava para buscar estar outra vez ao lado deles. O reencontro com o rapaz não era nem um pouco tranquilo, em conformidade às situações anteriores, estávamos novamente eu e o rapaz em meio ao conflito e talvez por isso tivesse contido o desejo de abraçá-lo. - Já estou sabendo de tudo. - aquelas palavras bastavam para que o rapaz soubesse que não estava em Stanford completamente alheia às informações. Um olhar mais preciso da rapaz poderia notar meu olhar e minha feição, um sorriso singelo de felicidade em vê-lo bem uma aura acolhedora e carinhosa. - Que bom que Chara está pensando em picolés, tive receio de que escolhessem outro caminho. - não havia razão para disfarçar minha preocupação do rapaz querer matar, com razão, Horace. O cientista parecia também não muito disposto a nos deixar tão confortáveis na situação e usava de artifícios para ganhar tempo. - Luz e fumaça… parece que ele está sem grandes opções. - comentava sutilmente, enquanto erguia uma parede de gelo a fim de me prevenir-me de eventuais explosões. Frisk no entanto não perdia tempo e o grito de Horace era prova de que o rapaz havia o alcançado. - Parece que não estamos sozinhos… - sentia através de meu Haki uma nova presença, aproximando-se de onde estávamos.

O olhar seguia o caminho percebido pelo mantra, chegando em um homem que não gastava tempo em abordagens dramáticas, um golpe rápido rasgava o ar em um estalido poderoso, obrigando-me a realizar uma rápida esquiva a fim de evitar o golpe. Seu som, tornava fácil identificar o que era, mas o calor e as chamas davam o tom especial. - Um chicote… - o som e a vista da arma reavivam memórias do passado, mas as chamas eram um fator novo. - … de fogo. Porque não estou surpresa? - ria de maneira irônica, levantando-me para observar melhor o semblante daquele homem. - Que tipo de mordomo precisa de um chicote flamejante? - comentei com olhar fixo e haki plenamente atento naquela figura inesperada. O segundo golpe estava pronto para vir em minha direção quando novamente algo ocorria, uma agitação inesperada que parecia fazer Horace praguejar. - Isso não me parece nada bom. - pensei, observando o lado externo e notando que a ilha parecia estar em queda livre. A percepção somente ganhava certeza ao sentir Missu e os demais, compreendendo que de alguma forma eles haviam entrado em meu alcance. - Chara. - chamava pelo rapaz, ainda em meio a fumaça. - Pegue Horace e desça, Missu está com meus homens, você precisa tirá-los do local antes que a ilha os atinja. - era firme na voz e direta nas palavras. Sentia a aura do homem que enfrentava Tidus, as coisas estavam ficando cada vez mais perigosas. - Você parece ter me reconhecido de imediato. - voltaria a falar com o mordomo. - Quem é você? - um sorriso no canto dos lábios surgia, a medida que o olhar se tornava frio e agudo.

Permaneceria atenta ao homem, medindo nossa distância e suas ações, se ele falasse o responderia embora pudesse sentir que talvez o conflito fosse inevitável. - Alguma possibilidade de resolvermos isso na conversa? - estaria relaxa, gesticulando com uma das mãos, disfarçando minhas intenções. - Odeio lidar com oponentes que usam chicotes. - o pensamento corria junto a um falso sorriso. Se o homem voltasse a atacar usaria meu gelo como principal método de defesa para primeiro testar suas força. Do chão faria surgir uma coluna de gelo firme, posicionando-o entre mim e o seu golpe de chicote, mas estaria atenta às imprevisibilidades daquela arma, observando seus gestos a fim de me antecipar as mudanças repentinas que o mesmo poderia executar com o chicote, projetando novos constructos de gelo ou eventualmente usando o Soru para abrir distância, evadindo-me de seu alcance ou me permitindo ganhar tempo para uma esquiva mais acrobática. Se ainda houvesse muita fumaça pelo local usaria o poder de minha akuma para congelar a mesma, reduzindo a temperatura do local antes de projetar delas estacas de gelo, as quais usaria para atacar toda a região em que ele estivesse. - Esse chicote… está com um dial? Ou ele é mais do que aparenta? - comentaria após o fim do possível ataque, permanecendo atenta a sua movimentação mediante o Haki para que pudesse em conjunto do Soru e de minhas acrobacias, evadir-me de maneira efetiva. Ainda era muito cedo para deduzir qualquer coisa sobre o homem, e tomaria partido da melhor abordagem, após aqueles primeiros golpes, caso ocorressem. No entanto, se Frisk sugerisse uma fuga através da Doa Doa, não daria empecilhos para seguir com ele. - Lamento...quem sabe em outro momento? - diria ao mordomo caso vislumbrasse a entrada da Doa Doa, movendo meus minhas mãos de encontro ao solo a fim de formar uma massiva barreira de gelo entre nós e o homem, não apenas para facilitar a fuga, mas para inibir qualquer chegada rápida do mesmo através de sua arma flamejante. Se conseguisse, entraria rapidamente na Doa Doa, conduzindo Frisk até a parte de baixo, onde Missu e os demais estavam.





Tópicos Auxiliares escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Histórico:
 






Última edição por Volker em Sex 26 Jun 2020, 14:41, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyQua 24 Jun 2020, 01:11


Stairway to Heaven

Um grande poder nas mãos de uma criança, o resultado? Arrogância, imprudência e imaturidade. - “Um pirralho irritante ainda por cima.” - Vitórias consecutivas subiam a cabeça de qualquer um, principalmente o de uma criança, só percebi o quão ínfimo era minha força após minha primeira derrota em Alabasta, após aquilo percebi a existência de um mundo bem maior, talvez fosse exatamente disso que aquele pivete estivesse precisando, um pulso firme para lhe ensinar respeito, mas infelizmente eu não era exatamente a melhor figura paterna que alguém poderia ter. - Isso é algum tipo de entrevista de emprego? Se for, só estou disponível pela manhã, não trabalho aos sábados, domingos e nem feriados.  - Todo aquele bla bla bla sobre minhas habilidades e promoção parecia até que estavam lendo meu currículo.

Entrevista ou não, a surpresa do momento foi a capacidade do garoto de… Transformar um dial em outra coisa? Não qualquer coisa, mas algo com a capacidade de atrair minhas lâminas com uma força superior a minha. - “Ehn? Isso é algum tipo de dial diferente ou… ?” - Não entendia bem o que estava acontecendo ali, o dial parecia igual a do guarda de mais cedo, mas por algum motivo havia despertado um poder descomunal. - “Uma criança e seus brinquedos, que conveniente.” - Ainda era cedo para tirar qualquer conclusão, mas era bom estar atento a essa possibilidade.

Um vice-almirante era realmente um adversário complicado como o esperado, talvez igualmente ao agente CP9 de Chaos, mas minha missão ali não era derrotá-lo, ganhar tempo para Frisk era tudo o que precisava fazer, ao menos foi o que pensei antes de ouvir uma frase peculiar. - Você… - A expressão de indiferença em meu rosto desaparecia dando lugar a um olhar ameaçador, o poder do demônio em meu interior se agitava fazendo as vestes e fios de cabelo dançarem no ar. - … É exatamente o tipo de pessoa que mancha o nome da marinha. - Sacrificar inocentes sem nem pestanejar, isso era o que um marinheiro deveria fazer? É claro que não, vindo de uma família de marinheiros e conhecendo muitos outros pelo caminho eu sabia muito bem como um marinheiro era de verdade, mesmo tendo seus defeitos - assim como nós, revolucionários - estes ainda prezam pelo bem da população (da sua maneira). - Eu me enganei a seu respeito, não é um marinheiro ou sequer um adversário que mereça atenção, você não passa de um pirralho mimado.

Aquilo tinha sido a gota d'água, não havia mais motivos para perder tempo ali, aquele garoto era um psicopata que apenas traria destruição e morte para os habilidades da ilha, assim como Asmodeus em Pindorama. Relaxei os músculos e guardei a espada na bainha novamente. - Você não vale meu tempo. - Meu corpo permanecia imóvel com a espada ao lado da cintura,  aguardando a aproximação do dito marinheiro, sua aura era ameaçadora, mas a calmaria era sempre mais aterrorizante. - Duke's Draw. - Uma técnica simples e silenciosa, aguardando o avanço feroz do adversário com a guarda supostamente aberta, onde no último instante meu corpo saia de repouso em máxima velocidade, inclinando-me para evitar seu ataque e contra-atacando com um saque rápido e limpo.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Após o uso da técnica meu corpo ia em queda livre o mais rápido que podia em direção a ilhota onde a mansão estava, ao mesmo tempo em que as espadas flutuantes caiam como chuva  cortando o ar ao meu redor para o caso do sujeito tentar me seguir. - Salvar pessoas inocentes é o seu trabalho, marinheiro, lembre-se disso no seu relatório de promoção. - Se conseguisse chegar ao chão as espadas entrariam novamente para a espada composta ao mesmo tempo em que puxava sua alça e sumia no ar em meio a um zunido, avançando em direção a mansão com Soru, em minha mão livre estaria a espada negra pronta para cortar qualquer coisa que ficasse em meu caminho para o interior da mansão.

Querendo ou não impedir a quada daquela ilha infelizmente ia além das minhas capacidades, no fim eu também podia derruba-la com facilidade, mas mante-la no ar sob controle... - "Faça seu trabalho marinheiro que eu faço o meu." - Escolhas difíceis estavam se tornando cada vez mais fáceis, sangue e cinzas, era sempre sangue e cinzas. De qualquer forma, se conseguisse chegar na mansão meu objetivo seria encontrar Frisk o mais rápido possível, traçando o caminho mais curto até onde o garoto estivesse destruindo com minha lamina o que estivesse na frente.. - Ei! Frisk, estamos de saída! - Comentaria com o garoto esperando que o mesmo entendesse e usasse sua habilidade. Se o cientista maluco que havia pego seu sangue mais cedo ainda estivesse por perto continuaria correndo em sua direção com o Soru e efetuaria um golpe horizontal visando suas costelas com a parte sem corte da espada, apenas para jogá-lo na direção em que o Anjo Caído abrisse a porta, nossa missão era simplesmente capturá-lo vivo ou morto, para qualquer outro assunto existia um marinheiro para resolver, certo?

Me manteria atento a possível insistência do projeto de marinheiro, meu objetivo seria escapar da mansão o mais rápido possivel, com isso em mente utilizaria os poderes da minha akuma no mi para ganhar tempo, destruindo e reconstruindo o cenário com o poder da leveza, criando barreiras, espinhos e colunas para atrapalhar o sujeito mesmo que por segundos, tentaria evitar seus golpes guinaod-me pelo haki e os outros sentidos, me inclinando ou flutuando para o lado mais aberto, na sequencia contra-atacaria fazendo com que constructos com o material ao redor lhe atacassem de cima pra baixo ou de baixo para cima, visando fechar seu caminho ou perfura-lo com estacas.


Histórico:
 

Duke's Draw:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyQui 25 Jun 2020, 22:44



STAIRWAY TO HEAVEN

A chegada de Elsa-san era muito bem vinda, mas infelizmente parecia que eu não conseguiria tirar mais nada de Horace. Fora isso, porém, as coisas até que não estavam indo mal: mas essa paz momentânea acabou assim que ouvimos o estalar de um chicote em chamas, cortesia do mais novo inimigo a entrar em cena. – E eu jurando que o Seizaki ia ser a única dor de cabeça... – a figura do mordomo logo se revelava, mas ainda não era a última de nossas preocupações. Horace praguejava alto conforme a ilha flutuante em que estávamos começava a cair, deixando a nossa situação ainda mais caótica do que eu imaginava ser possível.

Mesmo assim, não era hora de ficar parado nem amedrontado. Ouvindo as palavras de Elsa-san, eu imediatamente trataria de terminar o que já pretendia fazer: desacordar Horace. Honestamente, parte de mim queria ter certeza de que ele morreria bem ali, mas àquela altura, seria como chutar um cachorro morto. – E vê se cala a boca. – Chara diria, antes de dar um golpe rápido e preciso na nuca do cientista pra que ele apagasse por um tempinho. Assim que o tivesse em mãos, ainda tomando cuidado com o mordomo que tinha aparecido no meio da confusão, eu o jogaria dentro da dimensão de bolso, adentrando logo em seguida.

Se essa parte desse certo, o resto não era muito complicado. Eu só precisava chegar perto de Elsa-san - e depois de Tidus-san - e abrir uma porta para que eles também pudessem entrar, de preferência esperando um momento propício, pra não acabar atrapalhando a luta de cada um. Pra descer, então, o jeito seria contar com o Duque Azul - precisávamos chegar lá embaixo o mais rápido possível, afinal, e nada melhor pra isso que as habilidades dele. Lá embaixo, eu abriria a maior Air Door que pudesse, sem economizar forças. – Todo mundo pra dentro, aqui é seguro! Se acharem civis por perto, tragam eles também! – acho que eu não precisava explicar o motivo, com a imensa ilha flutuante vindo em nossa direção.

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Gracias Sr. Volker pelo Tutorial

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 64
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptySab 27 Jun 2020, 14:14

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Heaven Season

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





~ Tidus, Elsa & Frisk ~

O Combate de Seizaki contra Tidus parecia chegar a um desfecho, um garoto que tinha no fundo um complexo de superioridade, e que as vidas dos revolucionários nada valia além da poeira, por isso, colocava a ilha flutuante contra o chão, enquanto avançava. Tidus, em resposta, via que suas ações deveriam ir além do sangue do combate, um traço de maturidade por parte do sub-general. Assim, a Kokutou era embainhada, e em um instante o Belmont usava as técnicas de sua família para conteurar o golpe da adaga Arashi. A sombra daquela criança, com uma aura tão amedrontadora quanto um leão na floresta, surgia na frente do Duque, e no instante certo ele usava seu golpe, fazendo com que a Kokutou atingisse a Arashi, as lâminas sofriam um rebote um para cada lado e o som de um trovão cortava o ar de Stanford, o encontro dos golpes movia toda uma gigantesca massa de ar pela pressão deles.

Aproveitando esse instante, o Duque começava a cair em direção ao chão. Seizaki, por sua vez, parecia desgostoso do que via, entretanto, ao invés de avançar, ele jogava mais uma pedra para baixo, permitindo que ela virasse uma vassoura(tipo as de bruxa). Subia nela, olhava para baixo e notava o que ocorria, enquanto ele tocava sobre sua roupa e aos poucos sua aparência ia se camuflando com o ambiente. - A bruxa vai ficar brava comigo, com certeza. Dizia ele enquanto sumia.

Enquanto isso, dentro da Mansão Ford, Elsa resolvia tentar entender aquele novo inimigo, enquanto Chara fazia o que era certo ali, rapidamente dava um golpe na nuca de Horace, o desmaiando. O Mordomo, ao ver a situação, parecia descontente, mas entendia que a ilha estava indo para o chão. - Vocês estão tomando a decisão errada, revolucionários. Dizia ele com certa tensão no rosto. Então, Tidus chegava na casa, alertando o pessoal, a partir dali as ações começavam rápido. A Air Door era aperta, Elsa, Tidus e Frisk, junto do Horace desacordado, caiam para dentro dela e graças aos poderes do Belmont, conseguiam chegar mais rápido do que a ilha, abrindo uma Doa Door no chão, na qual sem muitas explicações todos entravam lá dentro.

A ilha então avançava contra o solo, e a visão disso, para o grupo, poderia ser até um pouco traumatizante, eles viam um gigantesco sólido, com um fundo metálico, avançar sobre o chão e colidir, o chão estremia, parecia gritar pedindo socorro, todas as estruturas vibravam, casas próximas rangiam e depois desabaram por não aguentar a vibração, uma gigantesca nuvem de poeira subia, interrompendo a visão de todos e tampando o sol, trazendo a escuridão para aqueles revolucionários.

Alguns segundos depois a poeira começava a abaixar, e a visão era de uma cidade, que já era pobre, agora destruída. Haviam destroços por várias partes, misturados entre do que eram as casas ao redor, do que era a Mansão Ford e aquela ilha flutuante, não era possível ver se haviam feridos ou não, afinal havia somente escombros para todos os lados. Não haviam sinais da filha de Andrew Ford, Seizaki, ou do Mordomo misterioso, só havia destruição.

Nenhum dos membros da Falange, ou Missu falavam algo, só olhavam para aquele cenário de desolação e entendiam a causa pela qual lutavam. Após isso, o den den mushi dos membros da Seasons começavam a tocar, e quando atendiam poderiam ouvir a voz já conhecida. - A vigilante Helves confirmou a missão, retirem-se de Stanford e avancem rumo a Sabaody, o sub-general Garp os encontrará lá.


~ Helves & Aya ~


Depois do estranho evento do "acordar", Helves estava ainda um pouco confusa do que tinha visto, um sonho? Uma sensação? Uma nova magia? Tudo parecia ainda meio estranho, entretanto, era graças a isso que ela conseguia saber que haviam pessoas se aproximando. - O que? O-ok. Falava Aya, tão desnorteada quanto, procurando saber como que ela havia pressentido aquelas energias ao redor, seria mais um poder da fruta do demônio dela?

Então, com Aya segurando-a, Helves liberava seus pequenos fantasminhas, que vagavam ao redor para procurar o que era aquilo que sentira, para sua felicidade, encontrava já amizades que a lembravam dos bons tempos, as "coisas" que tinham sentido, na verdade era Angel, Mindy e Ás, mas em posições diametralmente opostas, e andavam em direção da embarcação da Seasons. O que poderia ser um bom alivio, mas em compensação também era sinal que Elsa estava ali.

Enfim, as garotas chegavam ao navio, Ás ficava feliz por ver Helves, mas antes que as garotas pudessem se cumprimentar, ouviam um estrondo muito forte, como um trovão, vindo da região que deveria ser a ilha flutuante. - A ilha..está caindo. Falava Mindy tentando compreender o que acontecia por lá. Angel também olhava um pouco confusa, mas depois sua atenção ia para uma figura desconhecida, uma sirena, isso fazia a mão ir imediatamente em direção a arma. - Helves, quem é ela? Perguntava um pouco desconfiada.



Legenda:
 

Legenda Falange:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptySab 27 Jun 2020, 22:20






- Stairway To Heaven -

~ Queen of Thorns ~



Lamento desapontá-lo… - um semblante de seriedade era instaurado naquelas palavras frias como as noites de Karakui, a tensão no rosto daquele homem não era intimidatória, talvez em um passado distante pudesse temer sua presença, mas naquele momento nada havia nele que me deixasse plenamente abalada, se dizia aquilo em tom de ameaça então havia me deixado apenas aborrecida. - … mas não é você quem decide isso. - o encarava uma última vez antes de colocar a parede de gelo entre nós, sentindo a aproximação de Tidus em ritmo veloz e as ações de desenrolando no que figurava uma indiscutível fuga. Horace era a prioridade, permanecer em combates sem sentido não traria qualquer bom retorno e se isso já não fosse razão suficiente, o fato da ilha está em queda livre na direção de meus companheiros era o complemento para tornar a entrada na Doa Doa algo de extrema prioridade. - Seria essa a primeira vez que os vejo usar a cabeça? - dizia em tom jocoso aos rapazes, especialmente pelo fato de quase sempre resolver questões como essa com lutas das quais éramos impedidos de evitar. - Eu quase me iludi achando que vocês iriam conseguir ficar numa boa. - diria como se fosse uma bronca, mas logo iria suavizar o tom, criando uma plataforma de gelo para que o Belmont pudesse usar como transporte. - Bom estar de volta. - junto de Tidus e Frisk, apontei a direção onde havia orientado Missu a seguir com meus homens e por lá, recolhemos todos no interior da dimensão de bolso.

Seguros pela habilidade Frisk e Tidus observamos a queda da ilha, de mãos atadas para a situação aquilo era o máximo que podíamos fazer na ocasião, o silêncio de todos era compreensível e as percepções daquele ocorrido eram previsíveis e só eram explicitadas por mim no instante em que a poeira começava a se dissipar, sem mostrar quaisquer rastros de vida no local. - Sabem que isso vai para o nossa conta outra vez né. - comentava, observando o cenário de desolação, mas logo observando Horace. - Mas antes saímos feridos demais para contestar a responsabilidade… - olharia para Tidus e Frisk. - … se agirmos corretamente, ainda podemos bagunçar o tabuleiro. Uma imagem arranhada é difícil de reparar, ainda mais se for por algo verdadeiro. - poderia não dizer de forma objetiva, mas eles eram espertos o suficiente para entender que falava do cientista e do que ele fazia na ilha. - Frisk, abra um portinhola, preciso entrar em contato com alguém. - dizia ao rapaz, esperando ele abrir uma porta e conectar as realidades para usar meu Den Den Mushi, enquanto os demais ouviam a respeito de Helves. - Então ela está bem. - comentaria a respeito da espiã. - Parece que nosso destino é bem óbvio agora. - usaria então meu Den Den Mushi e entraria em contato com Angel.

Angel, como está sua situação? - procuraria saber seu estado e ouviria a mulher com atenção, antes de prosseguir. - Precisamos de um Eternal Pose, para Sabaody. Estamos indo ao encontro de vocês. - prontamente desligaria e questionaria o Duque a respeito de nossa fuga. - Diga que pelo menos arranjaram um navio antes dessa confusão toda. - faria uma expressão de dúvida e sorriria ao saber do homem que havia um navio, só então após tudo estar normalizado iria até Frisk e o abraçaria com força. - Quando soube do que fizeram com você. Tudo o que eu queria era lhe dar esse abraço. - suspiraria mantendo o aperto por um certo tempo. - O que pretendem fazer com ele? - diria a respeito de Horace, enquanto aguardava nossa chegada ao navio, onde me encontraria outra vez com Mindy, Às, Helves, Angel, Dailong e o restante da falange.







Tópicos Auxiliares escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Histórico:
 






____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyDom 28 Jun 2020, 09:30

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Estranhamente a celestial acabava por encontrar pessoas se aproximando, como se não tivesse sido um sonho aquela visão. "É algo novo... Vou precisar perguntar pra alguém experiente sobre mais tarde." Todos ali eram conhecidos, talvez Angel fosse a que Helves menos teve contato, mas também estava longe de ser um problema a ter por perto. "Elsa está aqui também?" Faria sentido já que todas que acompanhavam ela estavam ali, só que era óbvio o destino de alguém tão forte. "Nah, ela precisa lutar com os outros." Ao menos assim a garota sentia que teriam chance de ao menos segurar os avanços da marinha e resolver de uma vez por todas tudo que buscavam em Stanford. Voltando ao seu corpo e já acalmando Aya, Helves apenas aguardou a chegada das garotas, conseguindo mostrar um pouco mais de tranquilidade agora que alguns deles já haviam retornado. Só podia significar que estavam chegando ao fim daquele inferno.

Helves recebia todas elas com um sorriso no rosto, observando a situação delas, assim como o som bem esquisito que surgia para interromper qualquer palavra de ser dito ali, podendo apenas observar e escutar Mindy comentar sobre a queda da ilha. – E vamos deixar ela nesse estado... Não sei se gosto muito disso, pois a culpa sempre vai cair em nós. – comentava já sem o sorriso em seu rosto, desviando o olhar da ilha. As garotas ali eram mais importantes do que uma ilha caindo tão longe, algo que nem os afetaria naquele momento. Angel era tão nova no grupo como Aya, talvez por isso não se conhecia muito bem, era natural ter esse tipo de problema e felizmente a celestial estava por perto para não acontecer nada mais do que uma simples conversa. – Essa aqui é Aya, minha companheira de tudo tempo... – dizia enquanto se aproximava um pouco de Angel, pousando ambas as mãos nos ombros da garota. – E provavelmente a pessoa mais importante na minha vida... Não precisa se preocupar, está tudo bem. – falava um pouco mais baixo, até mesmo corando um pouco ao dizer aquelas coisas. Um sorriso brotava no rosto da celestial e ela apenas esperava que a outra revolucionária estivesse um pouco mais tranquila depois disso.

Assim que a primeira situação estivesse resolvida, Helves estaria pronta para escutar melhor a razão delas terem retornado ao barco sem os outros. – Qual é a situação na ilha? Estive ocupada com algumas coisas, não pude acompanhar os outros... Estamos recuando? – parecia o único motivo fora a segurança delas, já que a ilha estava para cair, era melhor que ninguém estivesse no local da queda. De qualquer modo tudo estava pronto, o barco não tinha sido afetado por nada e poderia apenas se controlado por Tidus quando o mesmo estivesse de volta. "Abandonar essa ilha depois de tudo que fiz é bem errado, devo retornar quando arrumar tempo." Karakui era o local para onde deviam ir, mesmo que não fosse seguro para os outros, Helves ainda tinha questões a serem tratadas naquela ilha e também em Stanford. – Assim que eles chegarem poderemos descer, deixem tudo preparado. – com isto dito a celestial iria se aproximando de Ás com um sorriso no rosto, abraçando a pequena suavemente. – Faz algum tempo que não vejo vocês, senti saudades. Os garotos causam muitos problemas, é complicado andar com eles. – lentamente ela se afastaria, dando uma breve e suave mordida no nariz da garotinha e assim bagunçaria o cabelo dela. Os olhos dela então pousariam sobre Mindy, mostrando um sorriso para a companheira enquanto brincava com a filha dela.

Era bom ter todas ali, ao menos por algum tempo Helves queria aproveitar a presença de todos enquanto tinha tempo. Depois da separação tudo ficaria mais solitário, tendo apenas Aya ao seu lado por um bom tempo. "Uma hora vou voltar para eles, mas agora não é o momento correto. Preciso ficar forte, seguir meu caminho e alcançar meus objetivos. Até lá terei tempo de arrumar pessoas em quem posso confiar, igual isso aqui se tornou." E mesmo que isto fosse um pouco complicado, ainda restaria Aya de qualquer jeito. Helves precisava caçar os antigos companheiros para reunir o grupo mais uma vez, mas no fim ela não sabia se eles realmente estavam vivos e gostariam de continuar a pirataria como sempre. Ainda que não fosse o desejo deles, ela estava ali para carregar a vontade que o bando uma vez teve e essa seria a melhor forma de cumprir seu trabalho na revolução. – Tudo vai terminar bem, só preciso conseguir a confiança deles. – murmurava, respirando fundo e então caminhando até uma dos cantos da embarcação, sentando-se na borda para observar a situação da ilha enquanto os companheiros não chegavam para partirem.


Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyDom 28 Jun 2020, 21:37


Stairway to Heaven

O garoto podia ser um poço de confiança e arrogância, mas suas habilidades eram legítimas, como poderia culpá-lo por isso? A arrogância era um direito dos fortes. Sua aura era esmagadora, talvez a mais intensa que já havia sentido até hoje e tudo isso vindo de uma mera criança, mesmo assim meu corpo não estremeceu ou hesitou, contudo por algum motivo não sentia que fosse perder. O choque entre nossas armas rasgava os céus em meio a um estrondo ensurdecedor, mas nenhum dos lados sedia um centímetro sequer, isso claro até que decidisse sair de cena, não era hora nem lugar para uma batalha dessa magnitude. - “Nos encontraremos de novo, garoto.” - Fechei os punhos com firmeza, mesmo que quisesse derrotá-lo ali e agora, existia muito mais em jogo do que uma competição de poder.

Sem mais contratempos finalmente alcançava Frisk, o que não esperava é que Elsa também estivesse envolvida. - "Sempre no lugar errado." - Esbocei um leve sorriso sem motivo aparente. - Um elogio logo de cara? Por essa eu não esperava. - Comentava em um tom irônico. - Dessa vez juro que tentei. - Dei de ombros pouco antes de tocar na plataforma feita por Volkerball. - É bom te ter de volta. - O poder da leveza sem mais delongas nos levava para fora daquela bomba relógio que o vice-almirante havia criado.

Uma vez mais o resultado de nossas ações era de tirar o fôlego, um rastro de destruição e morte… Por mais que dissesse a mim mesmo incontáveis vezes que já havia me acostumado, a verdade é que você nunca se acostuma, todo aquele sangue estava novamente em nossas mãos. - "Sinto muito." - Fechei os olhos e respirei fundo, o peso havia acabado de ficar ainda maior, novas vidas tinham sido adicionadas. - "Você vai pagar por isso, Seizaki, lhe arrancarei dessa vida de faz de conta e o farei sentir a dor da realidade." - O garoto podia ter tirado todas aquelas vidas, mas ainda era minha culpa não ter sido capaz de impedi-lo quando tive a chance, uma vitória? Uma derrota? Sinceramente isso não fazia diferença, não mais. - Então, Horace? - Tentava mudar o foco e não pensar muito naquilo. - Estivemos na defensiva por tempo demais, mas hoje ganhamos uma peça importante para o contra-ataque. - Puxei um filtro de cigarro do bolso do casaco e o acendi com o isqueiro, dando uma longa e profunda tragada no tabaco.

A plataforma de gelo avançava pelo céu esverdeado em direção ao navio que utilizamos outrora para chegar a Stanford. - Não se preocupe, o exército revolucionário nos deixou um presente. - Comentava em resposta ao questionamento envolvendo a embarcação. - Na verdade parando pra pensar tudo começou a dar errado quando ele nos deu isso. - Suspirei deixando um pouco de fumaça escapar entre os lábios. - Me pergunto se ele sempre soubesse que terminaria assim. - De qualquer forma tínhamos um novo destino: o arquipélago de Sabaody, um verdadeiro divisor de águas, pouco sabia sobre a região além de boatos, mas todos sabiam o que existia além daquele ponto. - "A segunda metade da Grand Line..." - O mar dos grandes, onde os verdadeiros monstros habitam. - Acho que nossas férias estão oficialmente encerradas.

Continuaria guiando a plataforma até finalmente descer no navio onde poderia reagrupar antes de partir novamente. - Huuum… Quase me esqueci de perguntas mas... - Nesse momento me lembrava de algo importante que estava ignorando por hora. - Mas quem é toda essa gente? - Um questionamento simples, afinal de contas Elsa tinha trazido consigo um novo grupo de rostos nada familiares. Enquanto a Frisk, o garoto podia ser forte mas ainda era uma criança como Seizaki, até mesmo para nós era difícil lidar com situações como aquela. - Não posso dizer que sei como se sente, mas saiba que estamos aqui para o que precisar. - Comentava repousando minha mão sua sobre cabeça por um breve momento. - Quanto a Horace… Ele é uma peça importante, talvez Fameri precise saber disso, afinal de contas isso pode mudar tudo daqui pra frente.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptySeg 29 Jun 2020, 18:50



STAIRWAY TO HEAVEN

"Eu acho que agora...acabou?" – parando pra pensar agora, tinha sido uma aventura e tanto. Primeiro com aquela invasão repentina ao laboratório de Karakui, onde eu tinha descoberto coisas sobre o meu passado que eu nem podia começar a imaginar. O encontro com Ivnya, ter ouvido meu antigo nome, e até mesmo ter encaixado um soco perfeito bem no meio da cara do desgraçado do Horace. Tinha sido tudo muito confuso, e tudo muito corrido...mas eu acho que finalmente podia dizer que estava livre das correntes do meu passado.

Sem dar ouvidos às palavras do mordomo com o chicote de fogo, eu e Elsa-san nos juntamos com Tidus-san pra dar o fora da ilha que já estava em queda livre, sem esquecer de levar Horace conosco. Fazia um tempinho, mas nós finalmente estávamos juntos de novo. – Acho que a confusão segue onde quer que a gente vá. – acho que a essa altura, eu já estava até acostumado. Mesmo nessa vinda pra Karakui, onde nós supostamente devíamos ter passado umas férias, o resultado não era lá muito diferente. Com a queda da ilha artificial, só o que restou foi a destruição: uma marca, pra nos lembrar do que significava toda aquela luta.

Quer dizer, eles sempre fazem isso. Não é como se eu esperasse algo diferente dessa vez. – comentei meio aborrecido ao ouvir Elsa-san, sabendo que tudo aquilo ia mesmo acabar sobrando pra gente. Pro mundo, os revolucionários eram os vilões, afinal, e o Governo teria certeza de que cada jornal deixasse isso bem claro. Mas o que ela disse em seguida era verdade também: por mais que as coisas tivessem sido meio bagunçadas, nós tínhamos conseguido capturar o Horace, e com a ajuda da Doa Doa, não seria muito difícil mantê-lo com a gente enquanto precisássemos. – Aqui. – eu abriria uma pequena porta ao lado de Elsa-san, apenas o suficiente pra ligar as duas dimensões. Enquanto esperava, eu apenas me mantive sentado, observando Stanford - ou o que tinha sobrado dela - em silêncio. Por um instante, imaginei o quão diferente aquele lugar era antes de todo o acordo de Ford com o Governo, e como teriam sido meus dias naquela época. Mas o passado não importava agora. Eu tinha uma família ali, no presente, e com eles, eu não precisava de mais nada.

Depois disso, eu me despediria silenciosamente do lugar - e de Ivnya, já que provavelmente não ia vê-la de novo - antes de todos seguirmos de volta pro navio. Lá, fomos recebidos por...um monte de gente? Muita mesmo, bem mais do que eu esperava. Eu acenei de longe pra Missu, mas acabei recebendo um abraço inesperado de Elsa-san, que me pegou de surpresa. Eu o aceitei de bom grado, no entanto - por mais que eu já tivesse dito a mim mesmo várias vezes pra superar tudo aquilo, acho que ainda precisava de um desses no fim das contas. – Obrigado. – disse, tanto pra ela quanto pra Tidus-san. – Mas eu já tô bem. Eu ouvi o que precisava saber do Horace, e dar um soco bem dado nele me tirou bastante peso dos ombros. Agora que ele tá com a gente, as coisas devem começar a mudar um pouco. – eu disse, certo de que a Fameri ou mesmo a divisão de inteligência do Exército iam ficar bem felizes em saber que estávamos com um Cientista importante da Marinha em mãos.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Gracias Sr. Volker pelo Tutorial

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 64
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyQua 01 Jul 2020, 14:25

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Heaven Season

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





~ Tidus, Elsa & Frisk ~

A batalha de Stanford tinha encerrado, o resultado era não tão favorável aos revolucionários, uma parte da Cidade Baixa estava destruída, o incêndio, ainda que agora controlado, na parte alta da Cidade resultara na perda de alguns lugares, entre eles a Casa de Mármore.

Apesar disso, a causa revolucionária não poderia parar, haviam pedras no caminho, e sempre haverão mais delas, era uma ideia de simplesmente aceitar e prosseguir, por mais que o mundo fosse contra sua existência. Por fim, os rapazes sabiam como seguir adiante, o Novo Mundo, sendo que Sabaody era o começo dele. Dali para frente vários desafios aguardariam o grupo, Marshall e Seizaki eram os primeiros deles, entretanto com certeza nesse desconhecido haveriam maiores desafios.

Assim sendo, a Volkerball dava o primeiro passo, entrava em contato com Angel, pedindo para que ela fizesse os preparativos para a ida do grupo até Sabaody. Horace, ainda desacordado, encontrava-se em cativeiro com eles. Destarte, a Falange, junto do Seasons, começava a partir rumo ao navio.


~ Helves & Aya ~


A tensão tinha ficado um pouco maior naquele instante, Angel parecia preocupada com aquele novo elemento, já que poderia muito bem ser a ponta solta do plano, todavia, após a fala da celestial, Angel e Mindy se olhavam com uma cara de malícia misturada com algo cômico.- Aaah..agora entendemos. Dizia a primeira enquanto guardava a arma e dava uma leve risada, se aproximando da pequena Ás. Mindy, por sua vez se aproximava de Helves e dava um pequeno toque no ombro dela. - E pensar que você joga nesse time também..

Angel cumprimentava Aya, e Mindy dava atenção para sua filha, até que o telefone de uma das duas começava a tocar. Pedindo licença, a moça entrava em um dos cômodos do Navio para atender o telefonema. - Certo, entendi, vou providenciar isso. Enquanto isso, Aya olhava para Helves e dava uma pequena risada. - Parece que a Seasons se tornou bem mais animada desde a última vez que nos vemos não? Dizia ela pensando a respeito do último encontro antes de Karakui e Stanford. - Por falar nisso, aquele anjinho é a filha de quem ?

Angel terminava os telefonemas e saia da comodo, indo em direção ao grupo. - Mindy, Helves, Aya, parece que o trabalho deles acabou também, eles também receberam ordens de seguirem para Sabaody, falei com o QG e eles irão nos enviar o eternal pose em Karakui. Aya ao ouvir a palavra parecia um pouco aflita, pelo motivo de a missão de Helves ser diferente e também por conhecer aquele nome. - Sabaody.. isso é.. Ela olhava para a companheira com uma certa cara de pensar a respeito dos perigos de lá, o "pit-stop" antes da ilha dos tritões , o lugar de origem de Aya e de muitos sirenos.

~ Todos ~

Após uma curta procissão caminhada, todos da Seasons e da Falange estavam novamente reunidos no navio, Mindy chegava mais próxima de Elsa perguntando como havia sido lá, Aya cumprimentava a todos os outros membros, Dailong reencontrava Angel, que parecia ficar bem mais tímida frente a isso. De todo modo, o grupo estava mais uma vez unido, mas agora era hora de terminarem os por menores e que envolviam, inclusive, uma despedida. - Elsa, falei com o QG, eles liberaram o Eternal Pose para Sabaody, falaram que vai estar no nosso esconderijo assim que chegarmos. Provavelmente devem ter algum ajudante nessa questão lá embaixo.

- Será que agora é hora de contar para eles? Sussurrava Aya para Helves, vendo o que a celestial faria a seguir.



Legenda:
 

Legenda Falange:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyQui 02 Jul 2020, 12:56






- Stairway To Heaven -

~ Queen of Thorns ~



A resposta de Tidus provocou-me uma rápida crise de riso, parecíamos mesmo estar destinados a não gozar de uma sorte plena e absoluta, a percepção do homem em associar o presente ao início de toda aquela confusão não apenas soava como algo rotineiro, embora repetitivo, mas também já engraçado. Uma amostra talvez de que estivessemos não apenas nos habituado a essa rotina, como já não nos abalamos como antigamente. - Ah sim… - cruzava os braços, observando o Duque com um sorriso confiante na face. - … diferente de vocês que acabaram sendo pegos em uma confusão, eu decidi me preparar para esse retorno e visto que quase sempre nossas lutas ganham proporções um pouco irreais, eu convoquei revolucionários para se juntarem a nós. - virei-me na direção dos homens que estavam conosco, apresentando-os formalmente. - Sub-General Belmont, lhe apresento a minha Falange de Inverno, ou pelo menos a metade dela, visto que devemos encontrar os demais no navio, junto de Helves. - brincava com os cabelos de Frisk, enquanto continuava a falar. - Com a derrota da revolução em Mawakun, eu reuni todos aqueles que conseguiram escapar e os integrei a nossa causa. Todos eles são Zanshis, guerreiros de elite da ilha, treinados em pelo menos três tipos de armas e capazes de utilizar pelo menos um dos Hakis. - daria uma breve apresentação do potencial daqueles revolucionários, mas logo observaria meus companheiros pelo canto dos olhos, dando em ombros. - O que foi? Ainda que parte disso seja de conhecimento de histórias que ouvia de meu pai, boa parte delas ainda estão nos jornais. Nem só de vacas gigantes vivem os periódicos. - sorria, dando um tapinha no ombro do Duque.

Não levou muito tempo até que chegássemos ao navio. - É um belo navio, diga-se de passagem. - dava alguns passos a frente, comentando com grata surpresa ao vislumbrar a embarcação. - Estão nos esperando. - comentei, percebendo que os demais já estavam por lá. Assim que chegássemos ao navio, caminharia em direção a Mindy e Às, abraçando-as carinhosamente. - O de sempre… - responderia Mindy com um certo pesar no olhar. - … destruição sem sentido e uma culpa que irá cair em nossas cabeças. No entanto… - olharia para trás, na direção de Horace. - … dessa vez podemos ter a chance de reagir. O que implica que talvez as consequências sejam além de páginas de jornais e acusações. - suspirava, logo retomando um sorriso mais confiante antes se sutilmente me mover, com Às presa em meus braços em direção a Dailong e Angel, cumprimentando-os com cortesia e sutileza. - Não houve grandes conflitos, mas gostei de como nos portamos hoje. Todos estão bem Dailong? - questionava o Coronel, ouvindo seu relato com atenção e agradecendo prontamente antes de ouvir Angel. - Espere um momento. - diria, gesticulando para que Tidus, Frisk e Helves e os demais se aproximassem para ouvir a respeito do Log Pose. - Entendo. Então teremos de ser rápidos quando descermos. - observaria Tidus. - Assim que estivermos próximos de tocar em terra firme você poderia voar até a casa e pegar o Eternal, terá menos obstáculos no céu do que em terra para chegar até lá. - diria ao Duque, antes de agradecer a espiã. - Obrigada Angel. - diria com um largo sorriso.

Não sabemos se haverá inimigos lá embaixo nos esperando, muito menos podemos dar tempo para os que estão aqui desçam em nosso encalço, vamos precisar aproveitar todo o tempo da descida para preparar o navio e deixá-lo pronto para o zarpar. Felizmente temos homens o suficiente para tal. - olharia para Helves e a sereia que a acompanhava, fazia um bom tempo que não via uma e acabava por relembrar de Seydóux ao observar Aya. - É um prazer conhecê-la. - diria com simpatia, abraçando-a se a mesma me permitisse. - Que bom que você está bem Helves. - diria a espiã, antes de abraçá-la também. - Antes de descer. Alguém gostaria de falar alguma coisa? Alguém tem alguma coisa a resolver em Stanford? - questionaria, ouvindo caso alguém quisesse falar, antes de seguirmos com a descida rumo a Karakui.







Tópicos Auxiliares escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Stairway to Heaven - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 EmptyQui 02 Jul 2020, 19:50

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


A conversa com todas as garotas se desenrolava bem, Helves aproveitava aquele momento, sorria com todas e procurava preparar a embarcação para partir assim que necessário. – Em que time? – perguntava-se após ouvir as palavras de Mindy, isso só fazia a celestial se perder em pensamentos do motivo da mulher ter dito aquilo. Infelizmente ou felizmente ela era inocente demais para esse tipo de coisa. Helves até poderia amar Aya daquela forma, mas não conseguiria pensar nisso da forma como outros viam de fora. "O mesmo time de quem ama alguém? É isso? Só pode ser, acho que faz sentido." Ria, focando em sua amada por algum tempo, escutando-a e também brincando um pouco com as madeixas da sirena. – Sim, se tornou um grupo bem diferente... Ganhou mais vida, parece uma verdadeira família. – dizia sorrindo ao olhar para as outras garotas no barco. – No início eu nunca me imaginei aqui perto de todos. O primeiro encontro que tive com eles foi esquisito, não fazia sentido me enfiar no meio deles e mesmo assim acabei fazendo isso. – por um instante ela se lembrou da forma como Axell a olhou, sua aparência naquela ocasião provavelmente não passava algo muito bom, tanto que acabou recebeu aquela alcunha bizarra depois de tudo. Isso tudo ficou meio de lado, assim como o cavalo, que foi deixado para trás após não mostrar reação alguma no meio da luta. "Nosso último encontro foi normal, fiquei feliz de o ver bem depois de tudo aquilo." Lembrar dessas coisas era sempre bom, dava um pouco de paz ao coração perturbado da celestial.

Ahn... Ela é filha da Elsa e Mindy. É realmente um anjo, esse grupo tem muitos deles. – voltava seu olhar para Ás ao comentar sobre ela na conversa com Aya, rindo um pouco só de pensar novamente na questão de montar uma família daquele tipo. "Ando pensando bastante nisso de arrumar uma criança, não sei bem como funciona, mas acho que ainda é perigoso. Como já tinha pensado, sei que não é tão possível para alguém que faz o tipo de serviço que eu... Corro muito perigo, deixar Aya no meio disso já é mais do que consigo aguentar." Era uma questão muito complicada para pensar agora, ainda que fosse lindo ver crianças brincando, Helves não queria a pôr em perigo de forma alguma e isso finalizava com o pensamento de qualquer modo. – Certo, é o melhor momento para partir mesmo. – a próxima missão da Seasons era diferente, estavam sendo enviados para outra ilha como a garota imaginava e isso não a preocupava muito. Era óbvio que pessoas com aquela força não poderiam ficar daquele lado do mundo, era melhor serem enviados para algum lugar mais complicado. – Aya? – Helves dizia assim que escutava falar sobre Sabaody, levando a sua mão até o rosto da sirena para o segurar e a fazer focar o olhar nos olhos dela. Independentemente do que fosse, seria resolvido assim que elas pudessem conversar a sós, tendo um tempo fora da vista de todos onde poderiam discutir como seguiriam a vida daquele ponto em diante.

Todos finalmente chegavam e no meio disso restava apenas uma coisa a ser feita ali. Helves não era muito de despedidas, só que parecia o certo naquele momento. Descer agora não fazia muito sentido para ela, assim como só deixaria mais problemático retornar até Stanford quando fosse preciso. – Eu sei... – respondia ao sussurro da sirena, segurando sua mão enquanto o grupo inteiro ia se organizando na embarcação. Sem se preocupar muito ela acabou focando em apenas escutar e acompanhar os superiores, imaginando que aquele tipo de informação serviria para ela no futuro quando fosse fazer o mesmo caminho. Antes mesmo que Helves pudesse falar algo sobre seu pequeno problema com a missão, Elsa acabava por tomar a frente, abraçando Aya e ela no reencontro que tinham. – Fico feliz de ver todos bem, foram dias complicados até aqui... – dizia assim que retribuía o abraço em Elsa, mostrando um sorriso antes de começar a falar sobre a tal despedida. – Bem... Não sei dizer se ainda tenho algo para resolver, só não acho que seguiremos o mesmo caminho que todos vocês. – assim que dizia isto ela aproximava-se da sirena, segurando sua mão antes de voltar a falar. – Depois da última missão fui informada que não devo mais seguir neste grupo, aparentemente os Generais possuem outros planos para nós duas... Então acho que nos despedimos aqui. – assim ela iria atrás de pegar todos os seus pertences restantes na embarcação, além de abraçar um por vez no navio antes de partir. – Espero voltar a ver todos vocês no futuro, foi muito bom os acompanhar até esse ponto... Fiquem bem. – finalizaria em um sorriso tristonho, tendo dificuldades para esconder seus sentimentos naquele momento. Quando sentisse que era uma boa hora, saltaria para a nuvem fofa onde poderia fazer seu caminho de volta até a ilha agora que todos provavelmente desceriam e seguiriam em frente. Helves realmente esperava que não tivesse feito nada de errado até ali, era triste deixar para trás pessoas que ela gostava, mas sabia que seu caminho a faria abandonar muita gente contra sua vontade.

Após deixar o barco partir, Helves retornaria até a ilha com cuidado. A embarcação tinha sido usada apenas como ponto seguro enquanto os outros não fossem descer, agora era hora de arrumar um local seguro por si só. "Meu próprio caminho... Preciso arrumar um jeito de resolver todos os problemas que causei aqui e colocar o plano pirata em prática." Por hora os olhos dela procuravam apenas algum local onde pudesse pagar hospedagem, ter um quarto para passar a noite era o jeito assim que tudo ali estivesse complicado. – Ninguém espera que ainda estejamos aqui, vamos aproveitar isso. – diria para Aya, usando capuz e andando furtivamente pela cidade sem chamar muita atenção. Vestiria a sirena também se fosse necessário para se manterem disfarçadas e assim arrumar um local tranquilo para passarem o tempo. – Um quarto para alguns dias. – diria para o atendente ao achar uma hospedagem qualquer, pagando se necessário, pegando um quarto na média local sem gastar muito para não chamar atenção. Subiria ao quarto tranquilamente, trancaria a porta e então relaxaria em algum canto depois de checar o local inteiro, além de observar pelas frestas da janela se houvesse uma. Helves faria questão de tomar cuidado o tempo inteiro e a qualquer sinal de problema ela pegaria Aya em seus braços, carregando-a para longe em uma corrida rápida pelos becos da cidade onde usaria seu próprio corpo para protegera sirena se necessário caso esquivar não fosse uma opção.


Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Stairway to Heaven - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Stairway to Heaven   Stairway to Heaven - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Stairway to Heaven
Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Karakui :: StanFord-
Ir para: