One Piece RPG
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 11:06

» Evento Natalino - Amigo Secreto
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 10:32

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Oni Hoje à(s) 10:01

» The Hero Rises!
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:57

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Furry Hoje à(s) 09:40

» VIII - The Unforgiven
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 08:52

» Onde terra e mar se encontram, o início da jornada!
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 22:19

» A inconsistência do Mágico
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 22:14

» Meu nome é Mike Brigss
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:36

» [MINI-*Kan Kin*] *Uma vida de merda*
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Shideras Ontem à(s) 21:10

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Pippos Ontem à(s) 20:27

» Que tal um truque de mágica?
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 20:02

» Vol 1 - The Soul's Desires
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 20:01

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor K1NG Ontem à(s) 18:57

» Livro Um: Graduação
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 18:41

» [FICHA] Sonny Delahunt
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Shogo Ontem à(s) 18:15

» 10º Capítulo - Parabellum!
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor OverLord Ontem à(s) 18:10

» The One Above All - Ato 2
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 18:00

» Phantom Blood
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor Johnny Bear Ontem à(s) 16:50

» II - Growing Bonds
O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Emptypor War Ontem à(s) 15:59



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 O Regresso do Anjo Torto

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 68
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyDom 03 Maio 2020, 15:06

Relembrando a primeira mensagem :

O Regresso do Anjo Torto

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Daniel Joseph. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
DanJo
Membro
Membro


Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQui 23 Jul 2020, 03:48

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A escuridão, uma criatura cruel em sua simplicidade e criativa em suas possibilidades. Para muitas crianças é o motivo pelo qual molham a cama, uma caixa de pandora que espalha sua névoa de breu infestada de assombros. Os adultos aprendem a superar esse medo com o ceticismo e seu medo se torna mais real, seu medo toma a forma da violência, uma possibilidade real em que a anonimidade das sombras cria, a possibilidade de ter seus crimes abraçados pelas sombras e aquela mesma caixa de pandora o abrigar como um de seus segredos. Nunca tive medo do escuro, ou do silêncio, ou do que há nele, apenas detesto estar na caixa, ao contrário dos outros posso ver as criaturas que aqui habitam. Talvez tenha perdido alguns minutos observando os demônios a fornicar lascivamente, ferindo a carne uns dos outros com garras e dentes enquanto penetram uns aos outros extraindo gritos e gemidos guturais. A orgia era servida de humanos, fatiados e picados, para alguns vivos a gritar e espernear enquanto os fornicadores devoravam partes de seus corpos para repor as energias. Algo pegajoso e longo sobe do meu pescoço até a orelha e penetra meu ouvido, com o canto dos olhos vejo uma demônia com prováveis dois metros no mínimo, vestindo a face de minha esposa e expondo seus dentes pontiagudos em um sorriso de orelha a orelha, os olhos amarelos me fitam de cima a baixo e se demoram em meu sexo, seu corpo desnudo com tons cinza exala um odor acre e sexual, e me vejo tentado a copular com a mesma, um desejo que dilacere minha carne e me sufoque enquanto usa de sua longa língua para extrair de mim o máximo do prazer. Ela apanha meu rosto entre suas mãos e me beija, meu corpo estremece e enfraquece com seu toque, ela olha no fundo dos meus olhos e diz - Ainda não está pronto, ainda és uma criança, tu deveras tomar  da carne e retornar a vil criatura que um dia fostes, mas dessa vez ira mais longe dessa vez poderá brincar e banquetear conosco. Alegre-a-si pois tem um lugar entre nós, nunca viste este lugar e agora vês o paraíso do poder e da luxúria, vá minha criança e se corrompa para festejar conosco, quando ouvir o som da fechadura e o sino das igrejas, saberá que és bem vindo a nossa orgia- a escuridão começa a se condensar e escapar adentrando em uma porta vermelha de madeira com uma fechadura grande e velha, quando a última gota de luxúria é sugada pela porta ela se fecha e desaparece, novamente estou só.

Ouço sussurros vindo das entranhas da instalação, os gritos dentro da minha pele, o medo da morte e ao mesmo tempo um anseio por ela. Estou de volta e mais a frente meu eu desmiolado me aguarda sentado sobre uma mesa com computadores que logo tento obter algum tipo de informação útil a operação, tanto dos computadores quanto dos papéis encontrados. Depois investigaria os quartos tentando fazer a menor quantidade possível de barulho em todas as minhas ações. Procuraria pela presença humana e analisaria seus traços deixados para trás, caso houvesse apenas uma pessoa presente desatenta, aproveitaria a oportunidade para silenciá-la com a mão e pressionando minha lâmina contra sua garganta o suficiente para gerar um pouco de dor e fazer sangrar, sussurrando eu diria- Permaneça quieto apenas balance a cabeça para sim e não, ok? Há quantas pessoas no prédio?Menos de cinco? Mais? Mais de dez? Armamento leve? pesado? Algum lugar especial trancado? Possui a chave? Está aqui? - o interrogatório seria simples com a lâmina como meu companheiro violento e intimidador, estaria com meus joelhos em seus braços sentado sobre seu peito se estivesse deitado, se estivesse em pé o apanharia por trás. Caso sentisse que estava mentindo faria um talho em sua orelha até três em cada depois partiria para o nariz. Assim que minhas perguntas fossem respondidas tentaria afundar minha lâmina em sua garganta o mais fundo possível, caso não conseguisse apunhalaria o abdômen e olhos.

Se ninguém estivesse presente em nenhum dos quartos além do torturado seria para lá que eu iria, para onde o desmiolado me aguarda fumando um cigarro, apoiado com o pé na parede, cada passo em direção ao local fazia as paredes se aproximarem e o ar ficar mais rarefeito, procuraria por uma pedra, pequena menor que meu dedo, então acharia um lugar não muito distante onde pudesse me esconder e ter visão da porta, esperaria um intervalo na tortura e arremessaria a pedra na porta. Ao ver o torturador analisaria sua altura de acordo com a porta, porte físico, vestimenta, maneira de se movimentar e tempo, então assim que retornasse para dentro aguardaria por dois minutos e escondido ao lado da porta jogaria a pedra novamente se ela ainda estivesse lá e a porta fechada esperando sua aproximação para no momento e ângulo certo, acertar sua garganta com  Rakshasa Kam , se não fosse o suficiente para derrubá-lo iria tentar seus olhos também com apunhaladas, se ele desviasse de meu primeiro golpe ou até segurasse meu punho usaria minha outra adaga na área do abdômen e virilha, tentando desviar de todo ataque e contra atacando com chute nas partes íntimas para encaixar golpes na cabeça ou fintas para logo em seguida cortar os pulsos. Com o inimigo caído fecharia a porta e entraria para terminar interrogatório  do mal afortunado.

-Bom dia, também tenho questões sem respostas .



Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 
Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptySex 24 Jul 2020, 04:17

O Regresso Do Anjo Torto


Uma rápida despedida



Em meio a escuridão, Daniel tinha pensamentos obscuros, conseguir ver coisas que trariam angustia e medo a qualquer outro homem, sentindo e vendo, aquilo tudo se parecia tão real como qualquer outra coisa.

Ouvindo os sussurros, ele se perdia em sensações e sentimentos que aquilo o provocava, se recompondo, agora procura pelos computadores e anotações, algo que fosse útil, achava algumas anotações que le chamavam atenção, a primeira delas fala sobre um ataque terrorista contra a prefeita da cidade, a segunda informação seria sobre um carro? Não entendia bem essa segunda, mas por algum motivo, chamava atenção de seus olhos.

Investigando os quartos, achava em uma dispensa, resquícios de pólvora e no chão percebia riscos, como se algo pesado por ali tivesse passado.

Procurando por pessoas que poderiam estar por ali, encontrava um que estava na cozinha, chegando por trás e o segurando, o homem agora demonstrava surpresa e medo, afinal, das sombras e escuridão Daniel havia surgido, sem deixar rastros.

Entendendo o comando, ele com a cabeça, afirmava ter menos de cinco, o suor escorria de seu rosto que naquele semi-breu, não era possível ver, ele então não respondia mais perguntas, o medo era possível ser sentido no ar, de fato aquele homem não queria morrer mas responder tudo também seria suicídio.

Sem piedade, o agente, afundava a lâmina na garganta do homem, que se debruçava-se enquanto agoniava de dor e morria.

Se projetando ao local onde estava o torturador e o torturado, ele agora sentia a pressão nos ombros, ele conseguia ouvir as paredes falarem com ele, as mesmas que falavam: —MORRA! MORRA! MORRA! – Repetidas vezes enquanto ele seguia por ali.

Achando uma pedrinha e chamando a atenção do torturador, ele via que o homem tinha uma altura entre 1,80 a 185, vestimentas pretas com um símbolo não muito visível em suas costas, se movimentava com uma base dos pés mais aberta.

O homem que ao ouvir pela segunda ia mais atento, falava em voz alta: —Jacob! É você? – Com a base aberta e joelhos semi-flexionados, ele se locomovia de forma lenta.

Chegando perto sem ser visto, Joseph acertava seu ataque especial, dilacerando o pescoço do homem, o mesmo que como um ultimo ataque, acertava o abdômen de Daniel, tal forma que não foi muito profunda.

Morrendo agora nos braços de Joseph, o jovem agora entrava na sala de interrogatório e falava com o interrogado, ao olhar bem para o rosto dele, percebia então que era ninguém menos que Thomas, o que havia mais cedo conhecido.

Numa condição de quase morte, com dedos decepados e naquele momento já incapaz de abrir os olhos, que já estavam inchados, o mesmo dizia ao ouvir a voz de Daniel:   — Parece que o novato chegou kkk, não tenho já muito tempo, dai talvez não de pra ver mas fui cortado no abdômen, então logo irei morrer, eu consegui a seguinte informação, parece que hoje à noite, terá um jantar para os influentes da cidade e lá eles iram fazer um atentado, o jantar será na casa da prefeita. Cumpra seu proposito e acabe com essa atitude corrompida! – Dizia diminuindo a voz, era possível perceber a sua vida indo embora conforme as palavras eram ditas.

Morria ali Thomas.

O homem de mais cedo, visto da janela, agora entrava no local, dizia: —Jacob, Alex, esta tudo bem?  - Ouvia ele então descendo as escadas.
 

Consideração:
 
off:
 
Informações:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptySab 25 Jul 2020, 20:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A lâmina tingida de vermelho vibra ao absorver o sangue, a as almas se arrastavam até a ponta de meus dedos escapando por entre as unhas, fazendo minha carne queimar de dor. A unha de meu mindinho esquerdo cai e a carne exposta arde- Isso nunca aconteceu, vocês estão destruindo meu corpo, malditos!- praguejo, da passagem em meu dedo um líquido pegajoso e carmim se espalha pelo piso e logo toma a forma de uma criança sem características específicas ou de certa forma características demais para se compreender. Ela arranca do peito do homem sua forma espectral e começa a devorar a carne do desconhecido que se debate e implora. Da criatura carmim agachada, uma boca surge em sua nuca e olhos brotam por todo o seus corpo, cada olho focando em algo diferente- Obrigado, continue o bom serviço estamos com muita fome ainda – com um coro de vozes diz a criatura. Uma repulsa cresce e desvio os olhos me afastando dos sons de mordida e da cena grotesca. Parte de mim esta decepcionada com a fraqueza e não compreendi a repulsa, porque olhar para aquilo que não o agrada quando sequer foi convidado, eu tenho uma missão diretamente relacionada a Nila não há espaço para diálogo, essas almas serão levadas.

Com uma pequena pedra arremessada tenho tudo que preciso para ter outra alma com execução perfeita, exceto a habilidade para performar-la sem danos sofridos. O corte me fere mais do que a carne, um frio sobe minha espinha até o suor que brota de minha face e mãos, meu coração palpita tão alto que posso ouvi-lo, não me movo segurando o cadáver, apenas o deixo escorrer e atingir o chão, passos pegajosos ecoam atrás de mim e meus pelos se arrepiam com sua aproximação- Sabe, seu sangue tem um cheiro doce, delicioso para ser sincero!- ele alisa suas mãos pelas minhas coxas até meu abdômen ferido, enfiando os dedos e limpando parte do sangue com a língua da boca que surge em sua palma, sua outra mão guia minha lamina até meu pescoço-  Porque não abrimos você e nos banqueteamos em sua saborosa carne?-ele gargalha com dezenas de vozes e se agacha para devorar o torturador- Continue conseguindo almas. Agora ande termine oque tem a fazer por aqui.
Com o passo incerto e ainda arrepiado, entro na sala e me deparo como jovem Thomas, pobre Thomas, puído, decrépito, face a face com a morte. Se sobreviver não se recuperará com facilidade, serão meses até que o medo passe e os pesadelos não sejam tão recorrentes. Me pergunto como foi parar aqui e apesar de parte minha sentir pena do rapaz, outra apenas quer saber se algo de útil viria de sua patética pessoa. Enquanto falava, a criatura já havia terminado e aguardava ao meu lado, com um sentimento de tristeza se apossando , me aproximo sussurrando- Não Thomas não, calma não desista! Eu vou te tirar daqui, vou conseguir aju...-  vejo o corte recente no pescoço de Thomas e meu braço esticado para o lado com a adaga em mãos e me viro para a criatura- Por que fez isso? Ele ainda tinha esperança- as dezenas gargalham novamente e se aproximam- Não sou eu que estou com a lâmina em mãos, foi você, que com medo de ser devorado se aproveitou do infeliz para me alimentar. Reconheça sua fraqueza, seu medo, seu narcisismo, sua natureza vil!

As dezenas de vozes persistem em minha mente e o quarto começa a encolher, a pulsação alta, o frio, o enjoo , meus dedos a arder. Era muito, demais para mim, eu devia estar em casa, devia estar com minha esposa aproveitando a paz de nossas vidas, não aqui com todas essas criaturas, todos esses sussurros, todos esses insultos, essas mortes. Caído de joelhos com minhas mãos cobrindo minha face sinto dedos frios acariciando minha orelha e um aconchegante cheiro de pólvora e carne queimada, olhando para mim com carinho, Nila, beija minha testa e me diz- Se comporte bem, mais tarde deixarei que veja sua esposa mas preciso que mantenha a calma e termine oque veio aqui fazer, alguém está vindo e você ainda tem questões sem respostas- ela sorri- Juro que não verá nada disso mais tarde, mas você precisa se acalmar - tudo se atenua e ao fundo um chiado começa aumentar, olho a  minha volta e Nila não está mais comigo, apenas desmiolado parado ao lado da porta indicando alguém lá fora e me chamando para se esconder com ele ao lado da porta.

Aguardarei ao lado da porta esperando o novo inimigo entrar na sala, tentarão derrubá-lo pisando em seu joelho em seguida segurando em seu pescoço para acertar uma joelhada em seu abdômen e acertando sua cabeça no batente da porta ou parede, ao cair no chão tentaria acertar uma joelhada em sua face e encravar minha lâmina em seu joelho. Se não conseguisse derruba-lo manteria uma distância segura, tentando cortar seus braços e pernas como defesa. Se tentasse fugir correria ao seu alcance para tentar cravar minha lâmina em sua perna e derrubá-lo com um chute- Boa noite, eu tenho algumas dúvidas sobre sua operação-  tentaria desmaia-lo com um chute no queixo para poder coloca-lo no lugar de Thomas. Aproveitando o tempo que permanece inconsciente para fazer uma busca minuciosa por todo bunker e pela casa.



Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyTer 28 Jul 2020, 05:25

O Regresso Do Anjo Torto


Uma rápida despedida



Com o sangue em sua lâmina, Daniel se perdia em meio a suas loucuras, via suas unhas caírem, bem como uma criança ali, uma criança toda desfigurada, o que era difícil de se entender.


Se recompondo e agora voltando para o seu corpo, Joseph, continuava seu plano, sofrendo um ataque direto em seu abdômen, o que lhe trazia calafrios, soltava o corpo e agora com todo aquele sangue e dor, ele novamente entrava em suas loucuras, vozes que o motivavam a matar e matar, cada vez mais, a sede de sangue quente e novo, era visível naquelas almas.


Encontrando Thomas e tendo certos conflitos mentais sobre o que de fato seria o certo, deixa-lo vivo e com sequelas pra sempre e se de algo teria sido útil a situação que ele agora se encontrava, sem ao menos perceber, desferia um corte na garganta de Thomas.


O mesmo que ao perceber o rápido golpe que havia recebido e sem conseguir falar, apenas se engasgava em seu próprio sangue, chorando e olhando para Daniel, como se visse um demônio, ele morria ali sentado.


Sua vida era levada e o profundo vazio em seus olhos mostravam que mais uma vida havia sido levada, perturbado e no chão, sentia as leves mãos de Nila o encostarem, com aquilo que havia ouvido e percebendo que não havia ninguém ali, além de Thomas morto.


Preparado para a situação que se chegava, Daniel se escondia ao lado da porto, com o confronto inicializado, ele agora tentava pisar no joelho do homem, o mesmo que desviou, indo para trás, acertando um soco no rosto de Joseph, ele agora ficava desnorteado, mesmo assim se mantinha de pé.


Usando sua lâmina, ele cortava o homem acertando golpes em seus braços e mãos, o mesmo que revidava, em um dos ataques de Daniel, o homem puxava sua mão, fazendo uma torção no mesmo e agora desarmando-o, já desarmado de uma mão, agora continuando, ele quebrava o mindinho e dedo anelar do garoto.


Mesmo com esse ataque, o homem já havia sofrido muitos ataques e com a visão de seus amigos por ali mortos, ele dizia: —VOCÊ NÃO TIRARA NADA DE MIM! SEU VERME! O GOVERNO VAI CAIR!! – falava agora pegando a lâmina que havia tirado de Daniel e enfiando em sua própria garganta, morrendo lentamente.


Vasculhando por ali, ele não encontraria mais nada que fosse útil, apenas algumas bandagens que poderiam o ajudar no momento.
 

Consideração:
 
off:
 
Informações:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQua 12 Ago 2020, 03:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Erros foram cometidos, e danos foram recebidos. Uma lástima dolorosa, incrivelmente dolorosa, ao ponto de lacrimejar meus olhos mas já era um bom ponto inicial em minha pesquisa pela anatomia da dor, as pontadas iniciais e a latejação que permaneceu já me dá algumas ideias. No entanto, uma lacuna de conhecimento está faltando em minha mente e não consigo um boa idéia de como replicar em outras partes do corpo.

Dois dedos inutilizados por descuido meu, talvez estejam perdidos para sempre- Se livre do peso morto!- talvez realmente seria boa idéia cortá-los fora e me adaptar a minha nova mão- Não seja um fraco patético vamos! Apoie os dedos no chão- sentindo o solo na palma de minha mão posiciono minha faca sobre os dedos, formulando a melhor postura para pisar sobre a lâmina e retirá-los com menos esforço e maior qualidade, apoiado sobre meus ombros uma massa disforme crescente de vozes me motivam- Corte! Corte! Será rápido! Você se sentiram bem! Corte o sinal de fraqueza, logo se espalhará por seu corpo! Retire a putridão! Vamos, corte! Vamos! CORTA LOGO ESSA MERDA! ARRANCA ESSES DEDOS!- minhas mãos vão a cabeça, os gritos cada vez mais altos, a lâmina treme em minha mão, tudo ficará em silêncio quando eu arrancar eles fora será tão rápido e simples. Rápido e simples. Um urro de desespero emerge de minha garganta e me vejo trucidando o cadáver mais próximo o apunhalando de dilacerando, gargalhando durante todo o processo.

Busco pelo local algo que possa me ajudar mas apenas algumas bandagens são encontradas, oque já era mais que o suficiente para prender os três dedos juntos, não ver os dedos atenuam a necessidade imediata de me mutilar, mas a dor faz lembrar que ela não desapareceu assim como meus dedos quebrados não desapareceram entre as bandagens.  Girando a faca de um lado para outro, tento avaliar os danos. E é claro, o'quão bem consigo segurar a faca e apunhalar- Nada mal- resmungaria, me contraindo com a dor dos dedos prensados, mas saboreando a sensação.

Procuraria por Angelo, para informá-lo sobre o plano de ataque a festividades noturnas de hoje vendo desmiolado acenar em despedida quando saio do porão- Há três corpos de revolucionários la dentro e um de marinheiro, o rapaz estava sendo torturado mas conseguiu extrair algumas informações, hoje no jantar na casa da prefeita um atentado ocorrera. Então parece que temos apenas algumas horas para resolver o problema e salvar o pescoço da prefeita e seus convidados.
 


Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQui 13 Ago 2020, 20:37

O Regresso Do Anjo Torto


Uma rápida despedida


Daniel em meio a suas loucuras, ficava a poucos momentos de decepar dois dedos de sua mão, aquele erro para ele não era aceitável e cogitava sobre de fato fazer isso, o problema era que tudo aquilo não passava de mais uma de suas loucuras, mais um de seus delírios.

Agora no chão ele tinha gritos de desespero, a insanidade o consumia, mal percebia e na verdade estava trucidando um corpo, com longas e melancólicas risadas, já não conseguia mais se controlar.

Atava os dedos juntos e agora olhava para si, qual era sua situação? Além dos dedos quebrados, ainda tinha o corte em seu abdômen, da onde saia muito sangue, a dor naquele momento era grande e o homem ficava numa situação em que gostava da dor em muitos momentos, assim como sentir genuinamente a dor em seu corpo.

Saindo do porão, ele passava pelo corredor de antes, todo manchado de sangue, com as paredes ensanguentadas, aquele lugar tinha virado um campo de guerra, sai então e logo na saída, Angelo o esperava, dizia ao ver as condições de Daniel: — Meu deus... não quero nem imaginar o que aconteceu lá dentro... sua missão era entrar e sair, o que você fez ?

Agora ouvindo as palavras de Daniel, dizia enquanto com um kit de sutura, fechava o corte que tinha no abdômen de Joseph, — Hm entendo agora a situação... é mais grave do que eu imaginava, bom para uma primeira missão, parece que você no final teve bons resultados, enfim não temos tempo, consegue andar? Devemos voltar para o QG, se preparar e impedir esses malditos, vamos! – Ajudava Daniel a se levantar.

Durante o caminho de volta, seguiam pela cidade que que já se encontrava ao fim do dia, quantas horas ele ficou lá dentro? Não consegui nem perceber a passagem de tempo, via uma loja de armas a sua esquerda e a direita, lojas de conveniência e roupa.

Chegando ao quartel, Angelo dizia: — Certo, tem 3 horas e partiremos, são 18 horas e lá começa as 22, vamos chegar trinta minutos antes para averiguar, vá tomar um banho e fazer o que você precisar, não se esqueça de cuidar desses dedos...nós encontramos na saída do Quartel! – Assim sai com o passo rápido do local.
 

Consideração:
 
off:
 
Informações:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Última edição por Jean Fraga em Sex 04 Set 2020, 19:00, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQui 03 Set 2020, 00:31

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Com a congratulação de  ngelo um alívio percorreu meu corpo, finalmente aquele inferno havia acabado mas não demora muito para que tudo retorne novamente mas agora o que importa é a paz. O corte em meu abdômen e fechado e sinto um formigar em minhas pernas mas consigo andar e acompanhar o agente até o quartel, onde recebo informações de quando o inferno retornará e me vejo com pouco tempo em mãos para aproveitar.

O silêncio me incomoda e quando encaro minhas tatuagens sequer ouço um gemido, o silêncio prometido por Nila foi feito mas minha cabeça estava habituada ao caos e mesmo que parte minha só queria retornar para casa e nunca mais sair de lá, parte minha ansiava pela agonia, medo, adrenalina e loucura, novamente. Mas a loucura havia se esvaído por enquanto e no vazio minha parte mais comum tomou seu espaço para sentir saudade do casamento, da alegria de viver a dois, das noites que aconchegava a cabeça contra o peito de sua companheira e sentia ‘’segurança’’ uma estranha sensação. E para lá que tentava ir, atravessando as ruas de Toroa de volta para o lugar onde um dia chamei de lar, para os braços dela. Caminharia com pressa pois em sua cabeça o prazo de tempo martelava.

Caso chegasse lá e a encontrasse em casa diria- Olá, desculpe por… eu precisava, alguma coisa, MUITAS COISAS na verdade não paravam de falar. E a s visões, aquelas malditas visões tão reais- olharia para suas mãos- Eu não sei oque fazer, é tudo tão real, tão sombrio, tão assustador… e é quase impossível não seguir as vozes por que tem uma criancinha e ela é tão doce, quando ela fala é como se o mundo resplandecesse em beleza e alegria. Desculpe por ir, eu não queria que fizessem nada com você, eu te … uma parte importante de mim te ama.  - Permaneceria com ela o máximo possível, obedecendo suas ordens e retornando para o quartel com tempo de antecedência para evitar atrasos. Caso não desse tempo para chegar a casa, passaria pela loja de armas para comprar botas de combate, retornando para o quartel logo em seguida para ler na biblioteca sobre anatomia.
 




Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptySex 04 Set 2020, 19:15

O Regresso Do Anjo Torto


Preparações


Com pouco tempo para si antes de tudo começar de novo, ele não conseguia decidir bem o que fazer e o que era certo para o mesmo.

No entanto, sua parte mais humana falava mais alta, sua saudade de cotidianos antigos, de sentimentos antigos, corria de volta para os braços de sua amada.

Saindo do Quartel e seguindo até sua casa, seu estado era visualmente deplorável, sangue por todas suas vestimentas e um rasgo em sua camisa, faziam com que habitantes o temessem e se afastassem.

Chegava a frente da sua casa, mas a vida que antes la sentia, já não era mais sentida, o clima frio e a noite chegava, a casa em si, com luzes apagadas e cortinas fechadas, por lá não via nada muito chamativo.

Seguia então para a loja de armas na sua volta, comprando as bostas que custavam 30 mil, ele voltava pro quartel.

Chegando a biblioteca, agora teria um tempo para o livro anteriormente pego.
 

Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQui 29 Out 2020, 15:18

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Estava cansado, a adrenalina já se fora e o cansaço escondido pelas mortes, desespero, invasões, batalhas, ferimentos, tensões e toda a loucura inundavam minha mente sã e meu corpo. Com os braços pendurados e a coluna curvada eu caminhava pelas ruas sentindo em minha pele a brisa noturna, um toque desliza por meu rosto e la ela estava deitada ao meu lado no gramado, as estrela brilhavam no céu iluminando nosso piquenique. Mais novo eu sentia em meu coração vazio um calor se espalhar, tomando minha face e me fazendo gaguejar, depois de meses saindo e me encontrando com ela a noite finalmente me pareceu possível pedir sua mão,  rolei por cima e a tomei em meus braços, tomei seu gosto em meu lábio e olhando no fundo de seus olhos escapou de meus lábios o primeiro ‘’ Eu te amo’’. Sua risada era tão gostosa e ela correspondeu o beijo e a declaração, coloquei uma mecha de seu cabelo atras de sua orelha e um frio percorreu minha espinha, por onde minhas mãos passaram um rastro de sangue seguia, seus olhos perderam a vida e sua face se desfigurava a cada toque meu, meus dedos como navalha abriam cortes após cortes. Recuei de pé observando seu corpo destroçado, ofegante, em seguida olhando para a casa com suas luzes apagadas e cortinas fechadas. Ali não era mais o meu lugar, e a única dama que poderá me amar agora é a morte.

Minha mente se esvaziava novamente e como um autômato segui para uma loja e comprei botas de combate, sequer notando por quem passei ou o quanto paguei. Cheguei a biblioteca e direcionei minha mente as informações que futuramente me seriam úteis.

Estudo de anatomia

A anatomia do corpo humano é uma área de estudo vasta e complexa, a tantos detalhes, tantas divisões, tanto para se aprofundar que de certo é mais fácil começar  por partes, começando pela Anatomia regional, observando a posição anatômica e a maneira correta de indicar as área a ser estudada. Por exemplo anteriormente já havia observado que um corte bem feito na região frontal distal do braço, enfraquece os dedos e incapacitar um indivíduo talvez para sempre, na filtragem anual de crianças na casa de Nila descobri esse detalhe com um colega que nunca mais vi após o embate. Observando bem o corte no pescoço possui uma margem de sucesso bem alta devido a quantidade de grandes artérias presentes, um corte mesmo pequeno pode ocasionar morte com o tempo correto sem tratamento, além da possibilidade de danificar as cordas vocais, minha fixação com o local se devia a facilidade e sanguinolência. Cada órgão tem sua função e importância, principalmente quando se trata de tortura e há muito a ser estudado nessa área, o livro descreve analiticamente cada centimetro do ser e sua função, mas não suas reações a lacerações, contusões, incinerações, congelamentos e perfurações, há muito a ser estudado além do que aqui há, mas toda informação aqui é de suma importancia, oque tenho em mãos é a base, mas minha mente não se satisfaz e me sinto obrigado a aprofundar meu estudo. Na história da Anatomia é citado como a dissecação é importante para o estudo, e a cada membros visto me recordo de algum corte já feito mas não me atenho a o resultado. Minha mente espirala em um estudo de memórias em conjunto as informações obtidas do livro. Posso conhecer os ossos do corpo, e sua cartilagens, e seus tendões, mas como partir cada um, como deslocar para produzir a dor mantendo o corpo inteiro, são muitos nomes para decorar  mas isso é simples uma simples releitura já basta. Não sei quantas vezes lerei esse livro de novo e de novo, mas o manterei comigo para adicionar minhas anotações.


Encerrando minha leitura, procurarei por Angelo para saber quais as próximas ordens, o seguirei para onde for preparado para mais uma missão e aplicar meu estudo na pratica.





Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQua 04 Nov 2020, 17:40

O Regresso Do Anjo Torto


Preparações


Havia acontecido muitas coisas em pouco tempo, era complicado para Joseph absorver tudo isso.

Com lapsos de pensamentos, ele comprava o que precisava e seguia ao Qg, com seu livro e na biblioteca, o bibliotecário dizia a Daniel antes dele começar a ler: — Quem sabe seria bom tomar um banho senhor, pode ler por aqui, mas em pé, não quero nada sujo de sangue.

Com o aviso do homem, o agente agora começava a ler seu livro de anatomia, seguindo a regra de ficar de pé.

Poucos instantes após concluir seu livro, ouvia da entrada da biblioteca, — Mas que porr..., Daniel? – Dizia Angelo, — Bom..., Dexei um terno limpo pra você no quinto box do banheiro, vê se agiliza e toma um banho, estarei na entrada do QG.

Mexendo a cabeça lentamente com um pouco de vergonha, Angelo, se retirava, —Bem que eu te avisei! – Dizia o Bibliotecário pegando o livro, — Parece que já acabou de ler, que rápido hein!

— Melhor você correr né menino? O Angelo não costuma ter uma paciência muito boa então...

Quando via novamente seu superior na porta, ele dizia: — O que você fez no seu tempo útil? Passou na enfermaria pra arrumar esses seus machucados?..., Parece que não, está no mundo da lua? Passa lá também Daniel... - Novamente se retirava.
 

Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 3 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 EmptyQui 05 Nov 2020, 17:05

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Os sentimentos que lutavam por seu espaço em meu eu haviam recuado, a loucura os fez recuar, e a mesma avançava novamente, a paz que Nila me presenteou não durou muito e novamente o chiado retornava. Distante e incômodo.

As palavras do bibliotecário não haviam me alcançado, o pouco que consegui entender foi para me manter de pé e não interferia em meu estudo então de pé permaneci. O grito de Angelo mudou a frequência do chiado o tornando mais alto e agudo, a aparência demoníaca do Agente ainda me dava arrepios e lacraias pareciam correr pela minha pele- Desculpe, não considerei a limpeza de minhas roupas muito importante, tive um momento de fraqueza- Sorrio mecanicamente o vendo partir. Entrego o livro ao bibliotecário que resmunga mas dessa vez nada me alcança. Encontro novamente a Besta me lembrando de meus ferimentos e ordenando uma visita ao centro médico emergencial.

De certa maneira  ngelo estava certo, roupas sujas chamam atenção e provavelmente atrapalharia o sucesso da missão no jantar. No box a agua corrente desce por meu corpo enquanto observo minhas tatuagens, em meu ombro esquerdo um ferida recente estava quase cicatrizando, cinco rasgos de atrito até o bíceps. Quando as tatuagens surgiram semanas atrás e os pecadores começaram a sussurrar, meu eu fraco tentou remover com uma esponja e sabão  mas quando notou que as pinturas eram permanentes e vivas tentou remover a carne mas a dama ***** que nos amou não permitiu tal automutilação.  O banho relaxa meu corpo e a dor dos dedos quebrados retorna, engatilhando um leve prazer, eu brinco a fratura me deleitando na sensação, imaginando os danos nas falanges mediais e proximais, pelo controle que ainda tinha do movimento restrito apenas pela dor intensa é provável que não tenha rasgado os músculos ou tendão. Me vesti aproveitando a sensação de formigamento dos dedos roçando no algodão das roupas e seguirei para o Centro médico tentando receber um atendimento rápido e efetivo para poder me apresentar logo para  ngelo.

-Qual o plano de ação Angelo?

O jantar me trazia um incômodo pior que o chiado, provavelmente haveriam muitas pessoas, pessoas demais.



Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Regresso do Anjo Torto
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Toroa Island-
Ir para: