One Piece RPG
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 XwqZD3u
One Piece RPG
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato I - Antes da tempestade
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Dante Hoje à(s) 19:52

» All we had to do, was cross The Damn Line, Elise!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor King Hoje à(s) 19:23

» Vou te comer
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Scale Hoje à(s) 19:19

» Drake Fateburn
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 17:06

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Hammurabi Hoje à(s) 16:01

» A HORSE WITH NO NAME
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 14:40

» Pandemonium - 9 Brave New World
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 14:32

» Vol 2 - The beginning of a pirate
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 13:58

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:09

» Steps For a New Chapter
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Achiles Hoje à(s) 10:14

» Um novo recruta: o nome dele é Jack!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Arrepiado Hoje à(s) 08:30

» Em Busca do Crédito Perdido
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 23:55

» A Ascensão da Justiça!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:28

» II - Growing Bonds
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Subaé Ontem à(s) 23:05

» O som das ondas é o meu chamado... Adeus, meu filho!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:04

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor maximo12 Ontem à(s) 22:20

» Ep 1: O médico e o marinheiro
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor TerryBogard Ontem à(s) 22:18

» Viagem
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Rangi Ontem à(s) 20:11

» I did not fall from the sky, I leapt
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Moonchild Ontem à(s) 19:46

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 18:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 O Regresso do Anjo Torto

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyDom 03 Maio 2020, 15:06

Relembrando a primeira mensagem :

O Regresso do Anjo Torto

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Daniel Joseph. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
DanJo
Membro
Membro


Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyQui 04 Jun 2020, 08:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


  O Cascudo me faz ajoelhar e um uppercut entre os olhos abre minha cabeça, sinto meus olhos espremidos para fora das órbitas e meu cérebro colidindo com o fundo do meu crânio- Patético- Por um segundo o vazio da morte toma meu corpo e com um piscar a realidade retorna. Um chiado cresce em minha mente como uma forte chuva sem aviso tomando todo o silêncio no entanto me permitindo ouvir apenas as palavras do pugilista, enquanto ele fala vejo se esgueirar para parte interna do ringue meu cadáver com a face esmagada, o agente me propõe uma oportunidade improvável.

Eu não estou enferrujado, meu corpo se move exatamente como quero e ainda sim não foi o suficiente. Algo estava faltando, um clique em meu raciocínio para trabalhar com a criatividade e instinto, a capacidade de prever golpes e saber onde ferir. Uma ansiedade me inunda me enforcando com suas mãos invisíveis me fazendo sorrir com a ironia de minha própria morte, assim como eu meu cadáver do outro lado do ringue sorri porém ele levanta o punho e com um polegar levantado  desenha um corte no próprio pescoço.

Levanto avançando contra o Agente, não havia tempo para parar e imaginar as possibilidades apenas tentar usar todos recursos a minha disposição, estudar o tempo de seus golpes e  usar o ringue para reduzir suas opções de fuga. Coloco uma adaga entre os dentes e tento apunhalar seu rosto ainda avançando reduzindo a distância entre nós para mantê-lo o mais próximo possível onde posso fatiá lo e cortar a potência de seus golpes, assim que errar a punhalada usarei a agilidade de minhas mãos para girar a adaga e tentar cravar-la em seu ombro ou peito, desviando para o lado oposto a possíveis golpes laterais caso venham e puxando a adaga para dilacerar. Estremecendo de prazer ao sentir a lâmina cortar.Tentarei manter a distância de um palmo entre nós, desviando para o lado e tentando apunhalar suas costelas enquanto não consigo segurar seu pulso, caso consiga apanhar o mesmo e evite o outro punho tentarei torcer seu braço e cortar seu pulso. Talvez não consiga alcançá-lo então tentarei ler seus ombros e pés para deduzir como virá o punho e tentar cortar seus dedos, punho e antebraço, aparando os golpes. Caso seja atingido novamente com o cascudo tentarei reduzir o dano me abaixando e cravando a adaga em seu pé e retirando a outra da boca para apunhalar sua coxa em seguida tentar abraçar-lo para morder seu pescoço e perfurar suas costas abaixo das costelas quantas vezes eu conseguir antes que consiga se desvencilhar.

- Estou começando a relembrar o prazer- direi independente do resultado- espero que o governo tenha muitos inimigos para aniquilar- escapa de meus lábios, arregalando os olhos eu riria.

Quanto mais o acerto mais sorrio, não mais conseguindo esconder a loucura.






Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Viktor II
Membro
Membro
Viktor II

Créditos : Zero
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 07/03/2020

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptySab 06 Jun 2020, 00:42


NARRAÇÃO



As coisas pareciam esquentar no pequeno QG portuário da marinha de Toroa. E iriam. O agente superior instigava os instintos assassinos de Daniel, que sorria sem motivos aos olhos do agente. Ele estranhou, mas associou aquela atitude estranha do celestial a mesma sensação que sentia ao entrar em um combate. Então ele também sorriu. O aspirante a agente não contou conversa, investiu contra o pugilista analisando seu tempo de reação. Daniel, novamente, ataca o rosto do boxeador com uma estocada. O agente já esperava e esquiva do golpe. Mas Daniel também já esperava a esquiva presunçosa vinda do agente, e em um movimento rápido e inesperado, ele gira sua arma e tenta encrava-la sobre os ombros do mesmo. Não teve jeito, o golpe perfurava a região do trapézio do agente, e consequentemente o sangue encharcava o belo traje. Daniel não se conteve, e puxou sua arma para aumentar os danos, e conseguiu. Mas em resposta, recebeu um gancho vindo em sua costela. Mal deu tempo de aproveitar a boa sensação do seu golpe. - Filho da puta! - Retrucou o agente de forma súbita.

No mesmo instante. Todos da roda se viravam para o lado sul do QG, e em um único som, todos ficaram em sentido. - Já chega Brand. Passe o novato pro Lucca… Sua transferência chegou. - Quem pronunciava era nada mais nada menos do que o Capitão do QG, Vickon Tolfard. - Tem muita papelada, então venha logo... Voltem ao trabalho! - A voz do capitão diminuía ao mesmo tempo que saía da sala de treinamento. Todos os marinheiros se dissiparam ficando ali, apenas os que tomavam conta dos equipamentos de treino. - Parece que te subestimei… - Dizia o agente com uma das mãos segurando a ferida. - Mas saiba que foi sorte. Você nem me fez tirar o paletó… - O homem sorria, parecia satisfeito com o trabalho do celestial. Logo ele estala os dedos e o mesmo marinheiro da última vez aparece. - Devolva suas armas. Você será admitido, mas ainda faltam algumas papeladas… - Em meio a caras e bocas o agente mantinha sua postura rígida. - Thomas, na minha mesa tem alguns formulários de admissão. Cuide dessa parte pra mim! Eu vou a enfermaria… Ah, não esqueça do uniforme dele. - Brand se virava e segue rumo a enfermaria que não era tão distante dali.

Thomas era um rapaz esforçado. Não parecia uma ameaça a ninguém com seu corpo magro, mas era um bom marinheiro. - Boa luta. Você parece não ter medo de nada… - Disse ele pegando de Dan as adagas. - Não se preocupe, essas são para treinamento. As suas vão chegar em breve. - Então as guardava. - Queria ter coragem assim… Mas eu sempre travo quando tenho que lutar… Talvez eu seja pra sempre um recruta hehe - Ele ria de forma tímida coçando a cabeça desajeitadamente. - Enfim, vamos. - O menino tomava a frente do celestial. Eles seguiam o mesmo trajeto de volta a sala do agente. - Espere aqui. - Ele abria a porta e entrava na sala. Em poucos segundos, ele volta com uma sacola preta cheia e alguns papéis. - Vamos. - Diz ele.

Os dois seguiram até o alojamento do QG. Estava sem ninguém, o horário de treino já haviam terminado e os outros marinheiros já estavam trabalhando em seus devidos postos. - O banheiro fica lá no fundo. Não é cinco estrelas, mas é bem simpático… - Ele arria a sacola no chão em frente ao armário. - Aqui tem seu uniforme e uma toalha. Se você precisar de mais alguma coisa você terá que comprar… - Ele então saca a prancheta com os papéis e bota em cima da sacola. - O formulário de admissão é só burocracia. Preencha com seus dados e responda a pergunta clichê que todo mundo precisa responder. Depois é só levar pro Senhor Lucca e ele vai assumir de lá. - O menino encara Joseph esperando alguma pergunta. - Tenho que ir, preciso limpar a sala de treinamento. Até mais. - O menino se despedia. Daniel ainda não fazia parte da organização. Praticamente sim, mas teoricamente não. Não até que entregasse a papelada.
Ficha de admissão:
 

____________________________________________________

- Fala - ; "Pensamento" ; Ação/Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptySab 06 Jun 2020, 18:43

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


 
Uma sensação de frenesi veio branda e selvagem me fazendo desejar mais sangue, mais dor, mais adrenalina. E subitamente parou, eu estava pronto para desferir o próximo golpe mas me seguro com toda força, solto as lâminas para meu próprio bem cerrando os punhos até os dedos ficarem brancos, imerso na luta esquecendo meu lugar eu encaro o motivo com ódio mas caio sentado estupefato. O brilho emitido daquele ser era resplandecente demais e um peso maior que o medo da morte se fez em meu corpo, por pouco eu não havia sido expurgado.

Meu corpo tremia enquanto Brand falava, a únicas palavras que consegui externalizar antes de sua partida foram- Boa Sorte Agente Brand- a dor em minhas costelas se fizeram notar quando levantei e me contorci com oque provavelmente viria a inchar e doer até o final do dia, meu cadáver se fora com Brand afinal aquela vida pertence a ele agora que não a tomou por causa de seus deveres para com o povo e, por sorte, ainda sou um civil até terminar a papelada.

Em meio ao chiado agora ensurdecedor a latejar em minha cabeça, surgiu Thomas, normalmente não teria visto seu rosto mas me sentia baixo e o rapaz franzino era como via a mim mesmo no presente.Vislumbrei seu semblante antes de desviar os olhos. Uma parte minha que ainda queria voltar para casa tomava posse falando com o rapaz- Permaneça como recruta o tempo que achar necessário, não vale a pena se apressar ao campo em morrer em batalha- direi neutro- Saiba que sinto medo, do início ao fim de uma batalha, são aterrorizantes com a morte espreitando a cada golpe, a cada ferida, a cada movimento, a cada hesitação. O truque é destruir aquilo que te amedronta antes que fique mais forte e se torne real- mostro a ele minhas mãos tremendo. O segui calado durante o resto do trajeto.

Apanhando a sacola com meu uniforme e a prancheta do chão leio rápido seu conteúdo e olho para o peito do rapaz- Esse quartel possui biblioteca? Onde?- mexendo na sacola observando meu uniforme novo prossigo- Onde está o oficial Lucca? É aqui que dormirei a partir de agora?- Assim que respondesse a minhas perguntas eu o daria as costas seguindo ao banheiro para me trocar- boa sorte!- direi assim que virar. O uniforme não era muito prático ao meu ver, parecia limitar os movimentos do corpo e chamar atenção em meio a multidão por parecer tão formal. No entanto eu sentia o poder dele ao vestir a última peça, uma confiança, a sensação de avançar em direção ao meu objetivo e um mar de possibilidades. Ao sair do banheiro me deparo com Nila, ela sorri e me puxa pela gravata para que me ajoelhe e beija minha testa dando tapinhas em minha cabeça - Muito bom, finalmente deu o primeiro passo, agora se aprimore e tenha certeza que não me envergonhará novamente- ela desaparece me deixando só com os sussurros das criaturas.

NOME: Daniel Fried Hans Von Joseph
IDADE: 18
SEXO: Masculino
RAÇA: Celestial

PERGUNTA SELETIVA: O que motivou você a servir ao Governo Mundial?

O dever de proteger o interesse dos tenryuubito e sua justiça. Acabar com a vilania.


CURSOS COM MATRÍCULA ABERTA. MARQUE X PARA SE CANDIDATAR:

Dissimulação militar [furtividade] - [X]


Então procuraria Lucca para entregar-lhe a ficha - Aqui está, preenchido conforme solicitado- aguardo por ordens a respeito de minhas próximas ações ouvindo com atenção os mínimos detalhes, no entanto se me disponibilizado um tempo livre antes de alguma missão, procurarei pelo treinamento de furtividade e depois uma máscara ou bandana indo comprar na cidade. Solicitando, escolhendo a de cor mais escura, pagando e me retirando assim que possível.

Talvez até procurasse por minha esposa no caminho, talvez tivesse sorte de vê la andando pela cidade com seus cabelos bem presos em rabo de cavalo e aquele caminhar confiante que eu adorava. Diversas vezes eu a seguia até o trabalho só para ver aquele caminhar, e saia mais cedo para vê-la de novo e garantir sua segurança em seu caminho ansioso para algum transeunte assaltar-la e poder trazer meus demônios a tona. Atacar pelas costas para reduzir a possibilidade de resistência depois torturá-los com a faca de cozinha que trazia com si, por ousarem tentar a vida de minha amada, por simplesmente estarem lá, por oferecerem uma oportunidade que não poderia deixar passar. Se a encontrar me esconderei, uma parte minha ainda sofre por sumir de sua vida, uma parte minha que deveria desaparecer, uma parte inútil que insiste, infelizmente insiste em amar a moça.





Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Viktor II
Membro
Membro
Viktor II

Créditos : Zero
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 07/03/2020

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptySeg 08 Jun 2020, 21:40


NARRAÇÃO



As palavras de Daniel inspiravam Thomas. De certa forma. Ele deixava a prancheta com o formulário e corria ao seus afazeres ao mesmo tempo que apontava. - Fica ali! - Referia-se a biblioteca, apontando para frente, em direção de onde estava indo. - Passando da sala de treinamento. - Thomas seguia sem responder a localização de Lucca. Ele estava apressado. Estava agora por conta de Joseph encontrar seu responsável. Aliás, novato algum voa pelo quartel! Não é mesmo?

As horas voaram. Isso era um fato. Joseph saia do banheiro e se surpreendia com Nila. O que não sabia, era que havia outro ali, prestes a se apresentar, mas manteve o sigilo ao ver a cena de Joseph que, para ele, era algo insano. - Vejo que você tem suas peculiaridades, meu amigo... - Uma voz podia ser ouvida por Joseph ao lado de fora do alojamento. Era nítido a ironia. O homem surgia pela porta ao se descolar da parede ao lado de fora. Seu sorriso debochado enfatizava seu comentário. - Não me leve a mal… Eu gostei. - Ele continua andando em direção a Daniel. - Você foge da mediocridade. - Para em frente ao celestial. Sua expressão mudava, parecendo uma mistura entre ansiedade e prazer no que via. Ele mordia os lábios enquanto ajustava a gravata e o terno do gatuno. - Boa apresentação é tudo. Não esqueça dos detalhes, a perfeição está nos detalhes. - Ele pegava a prancheta da mão de Daniel. - Meu nome é Angelo. Muito prazer Joseph! - Ele olhava os papéis. - Então você fará o curso… - Ele abaixava a prancheta e encarava Daniel em seguida. - Espero que você não seja igual ao último. - Ele se virou e começou a caminhar para fora do alojamento. - Eu levo isso pra você. - Ele para rente a porta e diz, ainda olhando para frente. - Não se preocupe, vou falar bem de você pra aquele gato elegante - Ele dá um passo à frente, mas se lembra de algo e diz. - Ah, me encontre no ParfumFleur daqui à uma hora… Estamos falando da sua primeira missão meu caro, então não se atrase. Eu odeio esperar! - Ele segue em frente e some sem dar margem para perguntas.

Um homem intrigante. Ou seria interessante? Tudo dependeria da forma que o celestial entendesse a questão. Mas a verdade era… Joseph estava admitido e prestes a começar sua primeira missão de muitas. Ele estava seguindo seu destino. O seu propósito. O clima em Toroa não mudava muito. Apesar de estar levemente mais quente do que antes, as brisas que vinham do mar continuavam. Não se formavam nuvens, o céu estava limpo. A cidade estava em um horário comercial, as horas beiravam às dez da manhã. Joseph tinha alguns minutos antes do compromisso com Angelo, ele poderia usá los para saber a localização do local de encontro; talvez comprar sua bandana; ou até continuar no QG e saber mais sobre seu curso e ainda passar na biblioteca. A decisão era dele.
Angelo:
 
off:
 

____________________________________________________

- Fala - ; "Pensamento" ; Ação/Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyQua 10 Jun 2020, 09:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

  
Infelizmente o jovem Thomas permitiu que sua pressa me deixasse no escuro, o QG não parecia tão complicado em sua infra estrutura, no entanto eu desconheço completamente da aparência de Lucca e sua localização. A pressa de Thomas me colocava em uma posição desconfortável me obrigando a me comunicar com mais pessoas. Já havia conhecido Brand e Thomas e isso era mais que o suficiente para conhecidos não recorrentes ou úteis no dia a dia, segundo as palavras do Superior Mor o agente estava de transferência então são poucas a chances de vê-lo novamente.

Minha mente retorna a realidade quando a prancheta sai de minha mão, um transeunte próximo demais se apresenta. Em sua face apenas a boca restava além do chifres negros curvados para cima, a vestimenta indica um colega mas a malicia me confunde. Sua presença empodrece as cores e um comboio de almas surge a sua volta como lama, escalando meu corpo apenas com seus braços, resmungando sobre levar minha alma A vontade de estrangular-lo cresce em mim quanto mais ele fala, a proximidade a ele fede a morte, a minha morte. A sensação de que minha ruína virá graças às ações de Angelo me faz querer esmurrar sua face até que meu punho quebre. O desconhecido parte e ainda me encontro preso ao chão com medo do futuro.

Com pouco tempo ao meu dispor, buscarei um livro na biblioteca sobre anatomia humana, questionando a bibliotecária pela localização do livro desejado, seguindo as ordens para encontrar o objeto o quanto antes desviando dos olhos flutuantes que frequentam o local e seguindo o protocolo burocrático para ter oque desejo em mãos. Caso consiga passar na biblioteca, contando o tempo para não me atrasar. Com o Livro em mãos tentarei me adiantar para o Parfum, como morei na cidade por um tempo talvez conheça sua localização caso contrário só questionar algum transeunte.

No trajeto até o tal parfum meu cérebro clica e recordo um detalhe do amplo diálogo de Angelo que havia ignorado, a ansiedade pulsa com força, como um segundo coração descompassado pulsando mais acelerado. Estava a alguns passos de minha primeira missão. Uma risada escapa de meus lábios e meu corpo balança com lufadas de ar. Minha primeira missão estava ao meu alcance e algumas lembranças de meu passado retornam em flashes. No primeiro passo minha altura reduz até a cintura, havia treinado combate com lâminas e ainda temia oque elas poderiam fazer a mim, eu congelava, e Nero não hesitou em cortar minhas pernas em diversos lugares me fazendo chorar o resto do treinamento. No segundo passo estou um pouco mais alto, um tecido molhado cobre minha face, e água entra em poucas quantidades pelas narinas e bocas me afogando, a sensação é angustiante e dolorosa, meus olhos lacrimejam e um gemido escapa. No terceiro passo meu braço está quebrado, a dor já não me incomoda tanto, estou na altura de meu peito e uma alegria se faz presente, eu estava encarando Nila durante uma visita dela e ela sorriu para mim, mas Nero achou meu olhar petulante e me fez um exemplo a todos presentes.

Assim que chegar ao Parfum, encontrarei um lugar confortável e discreto para ler o livro e aguardar a chegada de Angelo. Atento a comportamentos suspeitos dos transeuntes, dividindo minha atenção. Caso já esteja la seguirei até ele - Aqui estou, qual nossa tarefa? Qual sua patente dentro da organização?- questionarei, se houver outros junto a ele direi - Quem são eles e quais suas capacidades?



Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 
Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptySex 26 Jun 2020, 12:21




O Regresso do Anjo Torto


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Localização: Toroa Island
Horário: 10:30
Temperatura: 27°C

Daniel sentia certo desconforto com a situação que agora estava a passar, Thomas sem tempo para mais conversava deixa o local, assim deixando ele sozinho e quase o forçando a falar com outros, antes de sair avisa da direção onde a biblioteca ficava, ainda com perguntas sem respostas, como é a aparência de Lucca? Onde ele está? Coisas que naquele momento Daniel não descobriria. Passava-se pouco tempo e um homem se apresentava, conhecido como Angelo, o jovem celestial tinha agora uma visão conturbada do a redor, vendo coisas que lhe davam certa vontade de estrangular e machucar o mesmo, ao fim e com a saída de seu novo “amigo”, Fried já agora se encontrava no chão, com um certo medo do que poderia vir.

Após se arrumar e antes de sair, ele se dirige a uma biblioteca, onde procura por um livro de anatomia humana, ainda por lá e vendo uma variedade grande de opções dos mais diversos assuntos,  o bibliotecário então após saber o que era procurado, dizia: —Ahhh anatomia humana, só entrar naquela fileira, primeiro livro a esquerda. – Dizia a Daniel com um grande sorriso em seu rosto. Finalizando sua fala e vendo que Daniel agora já portava o livro, o bibliotecário falava: —Achou? Que bom, não se esqueça de ao fim dos seus estudos devolver!

Ainda antes de sair do estabelecimento, um homem parava Daniel, o mesmo dizia: —Bom dia senhor! Solicitaram que lhe trouxesse suas adagas! Aqui estão. – Entregando então um par de adagas ao mesmo, o homem que agora com a correria do dia saia do local de forma rápida.

Seguindo então seu caminho para a localização antes passada por Angelo, durante o caminho, ele se recordava de seu passado, um passado que marcou e transformou ele em quem o mesma agora é. Todo sofrimento que ele sofreu o fez ser quem é.

Chegando no lugar combinada um pouco antes do horário planejado, via Angelo sentado em um banco lendo o jornal do dia, dizia então Angelo assim que  avistava Daniel e checava seu relógio: — Olha... Olha, parabéns em... primeira missão e sem atrasos! – Dizia com uma cara de deboche, continuava então dizendo: —Bom, seremos eu e você, daqui seguiremos até uma região de casas, estamos com informações de um pequeno grupo de pessoas que desejam derrubar o governo... bom já sabe o que isso significa certo? devemos elimina-los, enfim, em sua primeira missão quero que você se infiltre na casa dos mesmos, pega informações sobre possíveis ações contra o governo e informações pessoais de cada, obviamente sempre sendo furtivo, não queremos problemas. – Angelo que dizia e se levantava, acendendo um cigarro ele diria de forma que novamente debochava de Daniel: —Acho que talvez você consiga, se for pego, não diga nada e deixe que te matem, imprestáveis que não aguentam uma missão simples como essa não devem estar aqui. – Saindo assim da localização e dizendo: —Vamos lá, te levarei ate perto do local, depois disso você que se vire garoto. Durante o caminho o mesmo falava: — Pois bem, conte-me sobre seu passado, fiquei intrigado com você.



Consideração:
 

off:
 

   


Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyQua 01 Jul 2020, 17:25

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


O corpo humano possui suas belezas, em suas entranhas principalmente, a maneira enigmática como sua estrutura se dividia em diversas camadas até o interior dos ossos, como o coração bombeia sangue por todo o corpo por suas veias e artérias alimentando o sistema com nutrientes e oxigênio. A literatura médica explicava consideravelmente bem tudo em seu conhecimento, mas podemos ver que ainda há muito a descobrir, não havia em lugar algum, lugar algum, qualquer informação aprofundada sobre a Dor, talvez houvesse um estudo das áreas do corpo e seu comportamento diante da dor, da perfuração, da dilaceração, da torção, da contusão. Desde de perfurações pequenas como uma agulha até uma lâmina larga. Deveria haver um medidor de dor e um esquema do corpo em relação ao mesmo, além disso pesquisas e mais pesquisas sobre os músculos, até quantos centímetros poderiam ser retirados de um outro, até onde o cérebro pode ser danificado e onde cortar, perfurar ou esmagar para extrair certos comportamentos. Onde está o resto da informação? Talvez escondido e apenas permitido a Agentes de maior patente, talvez todos estejam preocupados demais correndo atrás de seus ‘’sonhos’’, atrás do famigerado ‘’amor’’, perdendo tempo. Acho que terei que realizar minha própria pesquisa. Meu braço começa a coçar, acho que o primeiro passo será encontrar uma cobaia. Sequer havia notada mas longas risadinhas escapavam de minhas cordas vocais moduladas de maneira aguda por minha língua.

Meu entusiasmo logo cedia com a presença de  Angelo, balançando sua cauda de ponta peluda como uma chama ele logo começa um discurso, talvez com palavras demais, pois a sensação ainda continua, a cada pausa minha mente cria alguma maneira de silenciá-lo,  após ‘’bom,’’ minhas duas adagas estão cravadas em seus olhos. Em ‘’eu e você,’’ a lâmina divide seu escroto ao meio.  Em ‘’casas’’ uma adaga perfura por baixo de seu maxilar e outra adentra sua testa, talvez não tivesse força o suficiente para atravessar seus crânio mas a visão suprime o medo e começo a sorrir. Em ‘’Governo’’ sinto seu sangue respingar em mim conforme o esfaqueio e gargalho saboreando o momento, aproveito a visão se repetir no resto de seus amplo diálogo. A maneira como me trata me lembra Nero e a frase até me faz rir, ‘’Você que se vire garoto’’, - Pensando bem nunca soube muito de furtividade, alguns ‘’colegas’’ meus anulavam essa necessidade. Porque não invadimos, eliminamos os irrelevantes e torturamos os que sobrarem para extrair informação? Se vamos nos infiltrar para obter informações sobre seus planos e vidas pessoais devemos perder bastante tempo aguardando algum diálogo revelador ou permanecer dias de tocaia para descobrir toda a raiz das operações e todos relacionados, nesse mesmo tempo podemos torturar alguns deles a noite toda e mobilizar a marinha para atingir de maneira efetiva a influência revolucionária na ilha. Porém não adianta esperar que eliminemos toda Sujeira revolucionada da ilha porque no final das contas ‘’É impossível limpar um esgoto de todos os ratos’’.

- Quanto a mim, nasci e cresci por aqui, trabalhava no porto com carga e descarga. Estou separado de minha esposa mas por algum motivo irritante ainda estou casado. Fui adotado por uma moça esplendorosa que me ensinou muitas coisas… Interessantes. Ela havia me confiado uma tarefa de suma importância, mas apenas me lembrei disso ontem a tarde, por isso me juntei ao governo mundial. Não sei porque o  intrigo, talvez seja apenas um equívoco seu - tento exprimir um sorriso mas talvez não pareça muito sincero.

Ao chegar ao local tentarei observar de maneira comum como se estivesse apenas passeando pelo local, caso haja um beco ao lado pedirei um cigarro a  Angelo e usarei o beco para fumar, procurando por alguma passagem lateral de serviço. Após ver todas as possibilidades possíveis de invasão tentarei ir pela mais discreta. E mantendo o corpo baixo e meus passos cautelosos, observando bem onde piso e por por onde passo.




Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyQui 02 Jul 2020, 22:06




O Regresso do Anjo Torto


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Durante o caminho Daniel e Angelo agora seguiam por um beco, era possível ver varias casas, exalando o cheiro das flores que eram postas em suas varandas e janelas. Daniel que se perdia em pensamentos e loucuras, desde pensar sobre o corpo e como ele é dividido em camadas até em precisar de uma cobaia. Sem perceber certos risos eram soltos mesmo que não fossem de interesse do mesmo naquele momento.

Se encontrando agora com Angelo e praticamente vendo ele como um demônio, vendo até um rabo pontudo saindo do mesmo, agora ouvia as palavras dele, ouvindo aquilo e não necessariamente prestando atenção ele cogitava inúmeras formas de matar Angelo. O mesmo que ao perceber que ele estava viajando disse: —Ei! Esta me ouvindo? Bom... Continuando... – Continuava assim suas falas. Ao fim, agora ouvindo Daniel e dessa vez ele n demonstrando muita importância disse: —Certo garoto, você pode fazer do seu jeito quando você for o em comando certo? Realmente matar e vazar seria mais fácil, mas qual a graça? Quero te trazer uma certa dificuldade, pelo o que vejo de você, matar não seria uma dificuldade, enfim podemos continuar o percurso? – Dizia enquanto voltava a andar, agora acendendo um cigarro e dizendo: —Quer jovem?

Ouvindo sobre a história do novato, Angelo meio desconfiado dizia: –Hmmm... entendi, bom, no mínimo diferente essa história hein! Quem sabe depois da sua missão podemos sair pra beber uma e você me falar mais sobre você e esse seu suposto passado. – Soltando um riso sarcástico, Angelo continuava a seguir.

Chegando ao local era possível perceber que diferente das casas que sempre estavam abertas e com um ótimo cheiro de flores, essa trazia um odor ruim, bem como uma sensação que trazia desconforto para Daniel. Analisando o local, dando uma volta por ali, sempre se mantendo discreto, era possível ver uma entrada pela parte de trás, lugar que parecia não chamar muita atenção, pela aparência da casa, era possível se cogitar se tinham pessoas a morar lá. Seguindo pela parte de trás, agora chegava a um quintal, vazio, sem flores ou grama, apenas terra e matérias de construções, por ali se via uma escotilha que podia levar ao porão talvez e mais a frente na parte de trás da casa a porta que antes havia visto.

Era possível ouvir uma pessoa a se aproximar da janela, chegando lá, diria: —Quem está ai??? Logo em seguida, se ouvia de fundo um descer de escadas. O que Daniel faria? ficando ali poderia acabar sem descoberto.



Consideração:
 

off:
 

 


Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptySeg 06 Jul 2020, 16:31

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


 -Eu não bebo, mas agradeço o convite- aproveitando uma longa tragada do cigarro oferecido e observando as almas a se lamuriar na fumaça exalada- Se precisar me encontrar estarei em meu dormitório ou no campo de treinamento, responderei suas dúvidas.

Parece o lugar correto, o ambiente exala corrupção e por algum motivo se destaca das demais casas, algo me incomoda e faz minha mão tremer. A ansiedade vem rastejando e aos poucos se aproxima. O cigarro apagado pela metade guardo no bolso. Talvez a intenção deles seja parecer um prédio abandonado, alguns sussurros escapam pelas frestas e não consigo distinguir oque foi dito mas pressinto uma tragédia, e com minhas lâminas uivando em minhas costas já posso ver o banho de sangue. Parado no provável depósito um voz acariciava minha orelha me tentando a adentrar na escotilha, um chamado aparentemente doce mas com clara intenção nefasta, eu abria a escotilha e meu corpo é jogado para trás com violência, caindo no chão terroso com a metade de cima da cabeça explodida e ausente. Em um piscar a escotilha ainda está fechada, minha cabeça ainda no lugar e estou parado no mesmo lugar, da janela próxima uma voz é ouvida e meu tempo parece estar acabando. Nada havia mudado exceto pela presença bem trajada parada na outra ponta da escotilha, meu eu morto agachado desenhava um círculo sobre a escotilha com sangue, quando sente meu olhar sorri e rouco diz- Vamos, Nila está observando de perto - e engolindo o medo que entala em minha garganta descerei a escotilha se a mesma estiver destrancada, caso esteja trancada tentarei me esconder atras de alguma pilha de material e tentar adentrar pela porta de onde veio o investigador. Se não houver local ali para se esconder tentaria sair da propriedade e parecer apenas um transeunte de passagem e informaria- uma mulher loira correu por ali - indicaria uma direção provável para fuga, então tentaria depressa sem me fazer ser notado entrar por onde veio se o caminho estivesse livre e seguro, buscando logo um local para me esconder.

Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyTer 07 Jul 2020, 22:10




O Regresso Do Anjo Torto


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Negando a bebida, mas fumando o cigarro oferecido e avisando Angelo sobre onde estaria após suas missões, Angelo apenas olha e continua a seguir para o destino deles.

Chegando ao local e vendo a situação, Daniel já sentia uma aura ruim por ali, adentrando no quintal, ouvia alguns sussurros e já imaginava uma futura chacina por ali. Imaginando agora ter conseguido abrir a escotilha agora o via a mesma ainda fechada.

Ouvindo alguém a se aproximar e voltando a dentro de sua cabeça ouvir vozes, Daniel agora tentando controlar seu medo, depois de tentar com força, conseguia abrir a escotilha, descendo e a mesma já se fechando, agora ele se encontrava em um bunker, o mesmo que parecia ser extenso, ouvia muito de longe sussurros que não eram possíveis se entender, haviam pessoas ali?  

Aos lados não se havia muitas coisas importantes, alguns livros e anotações, nada que lhe fosse importante, se seguisse a frente, se depararia com alguns computadores e mais anotações, essas que pareciam ser recentes, ouvindo som de passos e com as luzes piscando e desligando e ligando rapidamente pela má cabiação do local, o sentimento de nervosismo se aumentava no jovem e por ali um sentimento de medo crescia.

Além do que se havia visto mais à frente caso seguisse o corredor, era possível mesmo com a má iluminação, se ver algumas entradas, para possíveis outros cômodos e quartos.

Conseguindo agora ouvir de forma mais clara, de um grito que vinha de dentro de um quarto: —FALA LOGO PORRA! NINGUÉM VAI APARECER PRA TE AJUDAR! DESEMBUCHA QUE FINALIZAMOS SEU SOFRIMENTO. Ao fim destas palavras se ouvia gritos e o que se parecia ossos quebrando.

Já lá em cima o homem que antes foi a janela apenas dizia: —Jurava ter ouvido algo, hmmm vale checar a entrada do local...


Consideração:
 
off:
 
Informações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : 2
Warn : O Regresso do Anjo Torto - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 EmptyQui 23 Jul 2020, 03:48

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A escuridão, uma criatura cruel em sua simplicidade e criativa em suas possibilidades. Para muitas crianças é o motivo pelo qual molham a cama, uma caixa de pandora que espalha sua névoa de breu infestada de assombros. Os adultos aprendem a superar esse medo com o ceticismo e seu medo se torna mais real, seu medo toma a forma da violência, uma possibilidade real em que a anonimidade das sombras cria, a possibilidade de ter seus crimes abraçados pelas sombras e aquela mesma caixa de pandora o abrigar como um de seus segredos. Nunca tive medo do escuro, ou do silêncio, ou do que há nele, apenas detesto estar na caixa, ao contrário dos outros posso ver as criaturas que aqui habitam. Talvez tenha perdido alguns minutos observando os demônios a fornicar lascivamente, ferindo a carne uns dos outros com garras e dentes enquanto penetram uns aos outros extraindo gritos e gemidos guturais. A orgia era servida de humanos, fatiados e picados, para alguns vivos a gritar e espernear enquanto os fornicadores devoravam partes de seus corpos para repor as energias. Algo pegajoso e longo sobe do meu pescoço até a orelha e penetra meu ouvido, com o canto dos olhos vejo uma demônia com prováveis dois metros no mínimo, vestindo a face de minha esposa e expondo seus dentes pontiagudos em um sorriso de orelha a orelha, os olhos amarelos me fitam de cima a baixo e se demoram em meu sexo, seu corpo desnudo com tons cinza exala um odor acre e sexual, e me vejo tentado a copular com a mesma, um desejo que dilacere minha carne e me sufoque enquanto usa de sua longa língua para extrair de mim o máximo do prazer. Ela apanha meu rosto entre suas mãos e me beija, meu corpo estremece e enfraquece com seu toque, ela olha no fundo dos meus olhos e diz - Ainda não está pronto, ainda és uma criança, tu deveras tomar  da carne e retornar a vil criatura que um dia fostes, mas dessa vez ira mais longe dessa vez poderá brincar e banquetear conosco. Alegre-a-si pois tem um lugar entre nós, nunca viste este lugar e agora vês o paraíso do poder e da luxúria, vá minha criança e se corrompa para festejar conosco, quando ouvir o som da fechadura e o sino das igrejas, saberá que és bem vindo a nossa orgia- a escuridão começa a se condensar e escapar adentrando em uma porta vermelha de madeira com uma fechadura grande e velha, quando a última gota de luxúria é sugada pela porta ela se fecha e desaparece, novamente estou só.

Ouço sussurros vindo das entranhas da instalação, os gritos dentro da minha pele, o medo da morte e ao mesmo tempo um anseio por ela. Estou de volta e mais a frente meu eu desmiolado me aguarda sentado sobre uma mesa com computadores que logo tento obter algum tipo de informação útil a operação, tanto dos computadores quanto dos papéis encontrados. Depois investigaria os quartos tentando fazer a menor quantidade possível de barulho em todas as minhas ações. Procuraria pela presença humana e analisaria seus traços deixados para trás, caso houvesse apenas uma pessoa presente desatenta, aproveitaria a oportunidade para silenciá-la com a mão e pressionando minha lâmina contra sua garganta o suficiente para gerar um pouco de dor e fazer sangrar, sussurrando eu diria- Permaneça quieto apenas balance a cabeça para sim e não, ok? Há quantas pessoas no prédio?Menos de cinco? Mais? Mais de dez? Armamento leve? pesado? Algum lugar especial trancado? Possui a chave? Está aqui? - o interrogatório seria simples com a lâmina como meu companheiro violento e intimidador, estaria com meus joelhos em seus braços sentado sobre seu peito se estivesse deitado, se estivesse em pé o apanharia por trás. Caso sentisse que estava mentindo faria um talho em sua orelha até três em cada depois partiria para o nariz. Assim que minhas perguntas fossem respondidas tentaria afundar minha lâmina em sua garganta o mais fundo possível, caso não conseguisse apunhalaria o abdômen e olhos.

Se ninguém estivesse presente em nenhum dos quartos além do torturado seria para lá que eu iria, para onde o desmiolado me aguarda fumando um cigarro, apoiado com o pé na parede, cada passo em direção ao local fazia as paredes se aproximarem e o ar ficar mais rarefeito, procuraria por uma pedra, pequena menor que meu dedo, então acharia um lugar não muito distante onde pudesse me esconder e ter visão da porta, esperaria um intervalo na tortura e arremessaria a pedra na porta. Ao ver o torturador analisaria sua altura de acordo com a porta, porte físico, vestimenta, maneira de se movimentar e tempo, então assim que retornasse para dentro aguardaria por dois minutos e escondido ao lado da porta jogaria a pedra novamente se ela ainda estivesse lá e a porta fechada esperando sua aproximação para no momento e ângulo certo, acertar sua garganta com  Rakshasa Kam , se não fosse o suficiente para derrubá-lo iria tentar seus olhos também com apunhaladas, se ele desviasse de meu primeiro golpe ou até segurasse meu punho usaria minha outra adaga na área do abdômen e virilha, tentando desviar de todo ataque e contra atacando com chute nas partes íntimas para encaixar golpes na cabeça ou fintas para logo em seguida cortar os pulsos. Com o inimigo caído fecharia a porta e entraria para terminar interrogatório  do mal afortunado.

-Bom dia, também tenho questões sem respostas .



Nila: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pecadores: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Falas: color=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Histórico:
 

Objetivos:
 
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: O Regresso do Anjo Torto   O Regresso do Anjo Torto - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Regresso do Anjo Torto
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Toroa Island-
Ir para: