One Piece RPG
Capítulo I - Despedida - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Um Destino em Comum
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 06:02

» 10º Capítulo - Parabellum!
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor OverLord Hoje à(s) 02:44

» Hey Ya!
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor GM.Mirutsu Ontem à(s) 23:12

» The One Above All - Ato 2
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 22:17

» [LB] O Florescer de Utopia III
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:05

» The Hero Rises!
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:57

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:24

» Meu nome é Mike Brigss
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:57

» BOOH!
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:20

» Garfield Henryford
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Sagashi Ontem à(s) 19:54

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 19:04

» [M.E.P] Kan Kin
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Shideras Ontem à(s) 19:03

» [MINI-*Kan Kin*] *Uma vida de merda*
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Shideras Ontem à(s) 18:58

» Bakemonogatari
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor yaTTo Ontem à(s) 18:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 18:35

» [M.E.P] Albafica
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Albafica Mino Ontem à(s) 18:01

» [Mini] Albafica Mino
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Albafica Mino Ontem à(s) 18:00

» Cap.1 Deuses entre nós
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor Salazar Merlin Ontem à(s) 17:54

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 17:50

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Capítulo I - Despedida - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 17:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Capítulo I - Despedida

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySex 27 Mar 2020, 19:32

Relembrando a primeira mensagem :

Capítulo I - Despedida

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Pepino Legrant. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Palitinho
Civil
Civil


Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySeg 06 Abr 2020, 11:24

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Começava a ouvir as explicações de Reina a respeito de algumas províncias de Kano Country e se surpreendia com o que descobria de Shengtzen. Não pelo fato dos estressados, mas pela formação de marinheiros. Aquilo lhe deixava um pouco desconfortável, devido a sua última experiência com a marinha, mesmo assim ele ainda não desabafava com a garota e continuava a prestar atenção no que ela dizia.

"Pelo visto Reina-chan faz sucesso com os homens! Não é a toa... brincou e rodopiou com o sentimento do carinha ali!, pensava ao ver a cena e conversa da garota com o galanteador. Aquele fora animava um pouco Pepino, ao mesmo tempo que o desanimava. Mesmo assim ele se recompunha e ao perceber que só faltava o capitão da embarcação chegar para zarparem, optava por continuar a conversar.

Legrant - Entendi... bom, na realidade eu sou um espadachim. Mesmo que eu não tenha uma espada comigo.. e estou em busca de conhecimento para criar minha própria forma de lutar!

Mas.. desejo aprender um pouco sobre outras artes marciais! Talvez alguma que utilize as pernas... mas verei quando chegar! Errr.. por mais 20 mil berries eu teria a honra de tê-la como guia na província de Jiangzha?
, sorriria.

Quando o capitão finalmente chegasse, Pepino faria uma reverência, agradecendo a hospitalidade, e então esperaria Reina embarcar, a seguindo em seguida para o interior do navio. Sua ansiedade e expectativa aumentavam a medida que ia descobrindo sobre seu próximo destino.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySeg 06 Abr 2020, 22:58



Cap. I - Despedida — 005

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Reina se limitava a ouvir Pepino, o qual havia escolhido esperar pelo capitão com a garota. Ao sugerir contratá-la como uma guia, a mulher não conseguia conter uma gargalhada. — Legrant-san, você é mais ousado do que pensei! — Afirmava com um leve ruborizar nas bochechas, desviando os olhos para o chão por um momento. — Bem, eu não costumo recusar dinheiro, ainda mais com um serviço tão interessante. Então, sim, eu aceito ser a sua guia! Hehe~ — Ainda com um sorriso no rosto, a mulher estendia a sua mão para o espadachim. — Que tal metade agora e metade quando concluirmos o tour?!



Apesar de suas atitudes, era possível deduzir que a mulher não era meramente interesseira, mas sim uma comerciante nata, buscando lucrar em qualquer situação. Enquanto Pepino decidia pagar ou não, uma sombra o cobria e uma brisa suave, mas ardente, atingia sua nuca. — Oh, Oniisan! Okaerinasai! — A mulher fazia uma mesura, curvando seu corpo quase em 90º. Apesar da formalidade, seu sorriso era largo para o recém chegado. Olhando para trás, Pepino veria o irmão de Reina e o capitão do navio no qual embarcaria.



O homem olhava Legrant da cabeça aos pés, voltando à cabeça, lentamente. — Olá, bonitão! — Dava uma piscadela e, sem esperar resposta, passava pelo mesmo e começava a subir a rampa para o navio. A diferença entre os irmãos, em questão de aparência, era gritante. Ainda assim, era possível notar que o seu cabelo loiro era pintado e, talvez seu bronzeado também fosse artificial?



A questão era que os irmãos começavam uma breve conversa entre eles. — A transação com a Universidade foi concluída sem problemas. — Reina informou para seu irmão, acompanhando-o e gesticulando para que Pepino fizesse o mesmo. — A minha parte também fluiu de forma satisfatória! HYAHYAHYA! — Sua voz era grossa, mas sua risada era espalhafatosa, dando um contraste bem acentuado entre os dois. O homem entregava uma bolsa de dinheiro para Reina, a qual guardava dentro de suas roupas.



Com o trio já dentro do navio, o Capitão ordenava. — Hora de zarpar, homens! À seus postos! — Virando-se para falar algo com a sua irmã, via Pepino novamente, dentro do seu navio, e indagava: — Mas que porra? — Reina ria com a atitude do irmão, mas logo explicava. — Este é Pepino Legrant, ele é amigo do Amado-san e do Valter-san... — A expressão do Capitão ainda era de confusão, perguntando "Quem?" em relação aos velhos, mas sua irmã ignorava sua pergunta e continuava falando. — Ele será nosso passageiro, já cuidei do pagamento da passagem e tudo. — Com a explicação dada, o bombado apenas dava de ombro, indo até a lateral do navio e desatando as últimas cordas que ligavam o navio ao cais, içando a âncora pouco depois. — Bem vindo, Pepino. Me chamo Koushaku, Kou para os íntimos. Pode me chamar de Kou. — E disparava mais uma piscadela na direção do espadachim.



Reina, por sua vez, corria até o timão do navio, começando a guiá-lo para o mar aberto. Assim que terminava as manobras iniciais, com o navio seguindo tranquilamente a corrente, a mulher gritava da popa: — Oniisan, Legrant-san é um espadachim e mostrou ter interesse em aprender outras artes. — O bombado parecia se animar com a informação, procurando Pepino com os olhos e indagando: — Então que tal uma pequena disputa entre nós? — Os demais tripulantes também pareciam se animar com a ideia, sendo que um deles gritava: — Um espadachim sem espada?! — A pergunta gerava algumas risadas, mas um deles corria até Legrant, dizendo: — Não seja por isso. Use a minha!



O tripulante lhe entregava uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] um pouco diferente da qual estava acostumada. A lâmina era um pouco mais maleável do que a de uma katana comum, além de ter uma espécie de pom pom na ponta. Além disso, o chão instável do navio seria um desafio a mais para o espadachim. — E então? — Pressionaria, pegando uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] antes presa na lateral do navio.



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi
  • Koushaku Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

Koushaku Izumi:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptyTer 07 Abr 2020, 00:23

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


O espadachim de Las Camp não entendia o motivo de ter sido chamado de ousado por Reina e se alegrava em receber um sim para sua proposta. E prontamente já entregava para a moça a quantia integral. Não havia motivos para desconfiar de alguém que tentava ajudá-lo.

Legrant - Aqui está, quantia integral! Senão vou esquecer de pagar a outra metade!, sorria.

Então ele era surpreendido com uma sombra e com a aparição de um rapaz bastante musculoso. Assustado Legrant ficava ao perceber que tal homem era o capitão e também irmão de Reina, ouvindo seu nome ele se inclinava em respeito e o cumprimentava, embarcando em seguida no navio.

Não tardava a ouvir Reina dizer a respeito de suas intenções à Kou que animado resolvia testar suas habilidades como espadachim. Pepino não tinha chances de falar que não possuía arma alguma, pois imediatamente recebia uma espada de um dos tripulantes, embora que exótica. Estranhando o pompom ele o apertava e  então se preparava para atacar Kou, sem desembainhá-la.

Legrant - Apenas uma troca de golpes.. e sem perder a amizade, né?, perguntava antes que pudesse enfim se preparar para o combate. Depois de sair com uma falsa vitória no teste de admissão da marinha o rapaz ainda não recuperara sua auto confiança e  talvez não pudesse exibir de fato tudo o que sabia. Mesmo assim, era uma oportunidade de aos poucos ir consertando esse problema.

Flexionaria ambos os joelhos para se alongar um pouco e respirando profundamente ele iniciaria seu combate. Utilizando de sua aceleração ele tomaria impulso com seus dedões dos pés e partiria em corrida baixa na direção de seu adversário. Com o braço direito erguido e o esquerdo segurando a katana no lado direito de sua cintura, ele procuraria se aproximar. Quando Kou estivesse no alcance de sua arma, algo próximo de 1,5 m, o jovem procuraria desferir um corte com o braço esquerdo ascendente, da direção SE-NO. No caso de ser bloqueado, ele procuraria utilizar suas habilidades acrobáticas e sua impulsão para, ao apoiar o pé no chão, executar um giro ao lado do rapaz e então desferir um golpe com a mão esquerda na horizontal, visando atingir as costas do mesmo. Caso Kou conseguisse recuar, ele tentaria se aproximar dela com o mesmo giro, mas visando um corte horizontal no peito do mesmo.

Se durante sua ofensiva algum ataque fosse direcionado a si, Pepino procuraria se esquivar, voltando para a estratégia ofensiva em seguida. Em casos de golpes lançados na altura dos joelhos, ele saltaria, visando se aproximar do adversário. Em casos de golpe acima dos ombros, se abaixaria, continuando a avançar para perto do adversário. Golpes que visassem o restante do corpo procurariam ser desviados com um salto para trás e para um dos lados, seguido de um avanço frontal em direção ao adversário. No entanto, se tais golpes fossem similares a estocadas, o salto seria dado para a esquerda, para que pudesse avançar em seguida deixando sua mão direita o mais próximo possível do adversário. Em todos os golpes procuraria utilizar o lado cego da lâmina para não ferir de fato o irmão de Reina.

No caso de sair vitorioso, o jovem estenderia uma das mãos para cumprimentar Kou e então se sentaria ao lado dele, tentaria ajudá-lo a se levantar, limpando suor de seu rosto e procurando controlar a respiração.

Caso saísse derrotado, apenas abriria um sorriso amarelo no rosto e devolveria a espada para quem quer que havia lhe emprestado.

Legrant - Ainda tenho muito a melhorar!


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptyQua 08 Abr 2020, 20:33



Cap. I - Despedida — 006

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ambos os desafiantes se preparavam para o combate, o espadachim aquecia suas pernas enquanto o lanceiro girava seus ombros e movia seu pescoço, de lança em riste apontada para o garoto. Os demais tripulantes — Reina inclusa! — observavam atentos, com apenas o som do mar sendo audível para os dois lutadores. Uma onda particularmente grande atingia a lateral do navio, inclinando-o levemente ao mesmo tempo que o som da onda quebrando no casco de madeira inundava o local. Esse foi o estopim para o avanço do Capitão.



Com apenas um passo, Koushaku enviava a lança a quase três metros de distância, causando um leve rasgo nas roupas do jovem, enquanto este pulava para a esquerda e seguia seu avanço. A lança passava por Legrant, voltando em uma velocidade quase anormal, e era novamente arremessada contra seu corpo. Mais uma esquiva para à esquerda, mas agora próximo o suficiente para o seu contra ataque!



Estava claro que o ceifador não conseguiria recolher sua lâmina a tempo e, portanto, o golpe ascendente do jovem Legrant atingia seu joelho?! Sim, Koushaku havia levantado à perna e bloqueado com o seu joelho, com um leve sorriso surgindo no rosto. Koushaku tentava continuar girando e aplicando outro golpe, mas Kou não perdeu tempo e já atacava com a lança novamente, atingindo as pernas do espadachim com uma das pontas e acertando sua cabeça com a outra. Pepino deu dois passos para trás, sem equilíbrio, até outra onda atingir o navio novamente e jogá-lo ao chão.



Os marujos gargalharam com a cena, gritando pouco depois: — Kou-san! Kou-san! Kou-san! — O bombado, por outro lado, dava apenas um leve sorriso, curvando-se perante os marujos como um mágico após seu show. Enquanto levava a lança de volta ao seu lugar de origem, ele disse para Pepino: — Por quê não desembainhou sua espada? — Colocando a arma no local, andaria até onde o espadachim estava, agachando-se ao seu lado. — Eu ataquei com a lâmina e não lhe matei ou feri. Lhe devo umas roupas, por sinal. — Afirmou, apontando para o rasgo na camisa do jovem. — A bainha pesa e atrasou seu avanço e ataque. Sem contar que você esqueceu que estamos no mar. Aqui, o chão não é firme, como na ilha, onde você pisa e joga todo o seu peso naquele pé-base. Aqui, seu pé deve seguir o ritmo do navio, e não o contrário. — Apesar das correções, o bombado se levantou e esticou a mão para o jovem Legrant. — Que tal uma revanche antes de você sair da ilha?



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi
  • Koushaku Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptyQui 09 Abr 2020, 11:43

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Pepino se surpreendia com tamanha a destreza empregada por Kou em seus movimentos de batalha. Ágeis e precisas eram as investidas contra o espadachim de Las Camp que por pouco conseguia se manter seguro. No entanto, não era só a diferença de habilidades que se mostrava evidente, mas também a de experiência. E por não levar em conta o terreno em que lutavam, Legrant acabava derrotado com facilidade. Embora seu fracasso fosse motivo de zombaria por parte dos presentes, ele não se abalava e ouvindo as críticas construtivas do irmão de Reina ele procuraria se levantar, com a ajuda do mesmo, e dizendo, enquanto devolvia a espada que haviam lhe emprestado.

Legrant - Espadas são fatais.. não sabia o nível de suas habilidades e fiquei com medo de te ferir ou te matar por acidente! Mas pelo visto me preocupei à toa!

É a primeira vez que estou num navio.. não pensei que teria tanta dificuldade em me movimentar! Mas... aceito a revanche!
, e com essas palavras uma chama de determinação e empolgação poderia ser vista de seus olhos.

A verdade era que diante de tanta ação o rapaz nem percebera que já estava em alto mar há algum tempo e talvez em breve fosse a hora de chegar em seu destino. Sem muitos planos em mente e apenas buscando conhecer alguns mestres das artes marciais, ele começava a cogitar que talvez receber aulas de Koushaku pudesse ser algo bom. "Acredito que para construir meu estilo de luta.. aprender até mesmo a lutar com uma lança possa ser interessante! Hmmm mas primeiro preciso aprender como lutar desarmado! Depois penso nisso! Só espero não estar perdendo uma oportunidade... mas.. foco Legrant! Foco!", refletia.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySex 10 Abr 2020, 14:10



Cap. I - Despedida — 007

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Após a breve conversa e a devolução da espada emprestada, Pepino se perdia em pensamentos, olhando para o mar adiante. A maioria dos marujos apenas ficavam por ali, no convés, descansando, sem tarefas para realizar. Kou entrava por uma porta, desaparecendo por alguns minutos. Reina permanecia no leme, guiando o navio com visível facilidade. O mar havia se tornado mais tranquilo após o combate dos dois e uma brisa suave soprava do Norte para o Nordeste.



O tempo passava, com o céu escurecendo e algumas estrelas surgindo no céu, as primeiras a iluminar o céu noturno, junto à grande lua minguante ao norte. No horizonte, a frente do navio, algumas luzes surgiam, destacando-se da escuridão ao redor. Era quando um dos marujos gritava: — Terra a vista!



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi
  • Koushaku Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySex 10 Abr 2020, 14:43

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Ficando no convés da embarcação a descansar após se esforçar no combate com Kou, Pepino se distraía e quando menos percebia já ouvia grito de algum dos marujos presentes alertando a respeito do fim de viagem. Sabendo disso seu coração acelerava e ansioso pelo que o aguardava ele ficava. Em pouco tempo sua jornada de fato iniciaria, um mundo novo estaria diante de seus olhos e se não fosse o acordo que fizera com Reina, de tê-la como um guia, certamente ele temeria um pouco o desconhecido. Exatamente por isso ele andaria até onde a moça estava, próxima ao leme e trocaria algumas palavras.

Legrant - Parece que estamos chegando. Vi que está de noite e não pensei nisso.. mas acabei ficando sem dinheiro para pagar por uma hospedagem... Acha que eu consigo dormir em alguma cabine até o amanhecer? Posso ajudar a descarregar ou carregar o navio quando amanhecer..., diria, coçando a cabeça encabulado. Você é uma ótima navegadora.. eu tinha escutado a respeito de quão perigoso era viajar no mar sem um navegador experiente.. pela tranquilidade da viagem, você fez um ótimo trabalho! Obrigado!, inclinaria um pouco sua cabeça agradecendo.

Caso lhe fosse permitido fazê-lo, Legrant se dirigiria até o local para descansar. Caso Reina sugerisse que ele ficasse em sua casa com ela e seu irmão, ele aceitaria. Caso não tivesse tão tarde e ela quisesse fazer um tour noturno com ele, também concordaria. Caso precisassem de ajuda para desembarcar o navio, assim o faria. Estando de noite ele não teria muitas esperanças de começar a aprender alguma arte marcial, aproveitando o momento para observar o novo cenário que o cercava.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySab 11 Abr 2020, 10:01



Cap. I - Despedida — 008

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aproveitando os últimos minutos de viagem, Pepino ia até Reina, bater um papo. — Ah, não se preocupe com isso, Legrant-san, você pode dormir lá em casa! Como guia, eu cuidarei de você até que saia de Jiangzha. — As bochechas da navegadora ficavam levemente coradas, antes dela mudar rapidamente de assunto. — E não se preocupe, só devemos viajar novamente daqui a uns três dias. Minérios não caem das árvores, sabia? Hehe~ — Brincava.



Já estavam quase alcançando a ilha quando Kou voltou ao convés. Ele havia retirado todas as jóias que possuía anteriormente e parecia… diferente. Sua postura estava mais ereta, com seu peito estufado, sua expressão estava mais séria, assim como seu sorriso estava mais discreto. Com um tom de voz mais grave, gritou: — Hoje foi um longo dia, cambada, mas finalmente acabou! Divirtam-se até nossa próxima viagem! — Ele entregava uma bolsa de dinheiro para cada tripulante, que comentavam entre si: — Comemoraremos com Rum nas ruas com luzes vermelhas? BWAHAHA! — Os outros concordavam com animação, excitados. Kou, no entanto, parecia… neutro? Era difícil ler sua expressão com aquele sorriso constante no rosto.



Por último ele ia até Reina, enquanto esta se aproximava do píer e os tripulantes amarravam o navio, jogando a âncora no fundo do mar. — Casa? — A mulher dava um sorriso, meio envergonhada, antes de dizer: — Pensei em mostrar a cidade para o Legrant-san antes. Hehe~ — O moreno olhava para o espadachim, levemente aflito. — Aproveitem. — Dizia, abrindo um largo sorriso para esconder sua expressão anterior.



Sem esperar, o lanceiro pulava para o porto e seguia seu caminho, solitário. Os tripulantes também desembarcavam, um a um, indo na direção contrária do capitão. Reina, olhando para o seu irmão, dava um longo suspiro, firmando o leme antes de seguir para fora do navio pela rampa lateral. — A relação dele com o nosso Otousama é… complicada. — Explicava para o forasteiro. — Mas esqueça isso! O que você deseja conhecer? Tem o castelo Jinhu, a praça da cidade, o teatro, a feirinha... — Listava algumas opções, olhando para o espadachim com expectativa nos olhos e um largo sorriso no rosto.



Atualmente se encontravam no Porto de Ouro, Legrant sabia disso devido a uma placa pendurada no topo de duas resistentes vigas de madeira, bem na entrada, podendo ser lida de ambas as direções. Apesar do nome, não parecia tão imponente assim. Seu tamanho, assim como o movimento do local, era razoável. Haviam cerca de oito embarcações, fora a que lhe trouxera até ali, aportadas e mais duas visíveis no mar próximo, estas fortemente armadas. Dezenas de trabalhadores carregavam a maioria das embarcações com caixas similares às deixadas em Las Camp.



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi
  • Koushaku Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

Koushaku Izumi:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptyDom 12 Abr 2020, 17:13

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Não posso negar como fiquei feliz quando ouvi de Reina que poderia ficar em sua casa. Dividir o mesmo teto com uma moça tão bonita era excitante, mas ao mesmo tempo fazia com que calafrios percorressem meu corpo e em especial minha barriga. Meu suor um tanto quanto gelado me incomodava e indeciso eu ficava a respeito daquilo ser algo bom ou ruim. Em poucos segundos a sensação que antes era prazerosa virava uma desconhecida para mim, e talvez pensar em outra coisa pudesse ser a saída. Ainda bem que minha mais nova crush assim o fazia e com uma piada a respeito de minérios quebrava o momento de meus devaneios aflorarem.

Legrant - É.. hehe acho que não caem das árvores não..., sorria um pouco encabulado.

Nesse momento Kou retornava e então eu percebia um pouco mais de seriedade. Bom, até então ele havia sido totalmente descontraído e as palavras que utilizara não combinavam muito com ele. Ainda mais quando os próprios tripulantes faziam uma graça e nenhuma reação ele esboçava. Bom, talvez isso fosse um sinônimo de sorte para mim já que  nesse estado as chances dele negar minha estadia em sua casa seria mínima, mas no fundo, eu ficava incomodado. Ouvindo as palavras de Reina eu logo a respondia.

Legrant - Seu irmão voltou bem estranho... queria poder ajudá-lo! Tentarei conversar com ele quando formos até sua casa... Sobre esse Otousama.. quem e como ele é? Bom.. eu nunca vi um castelo! Deve ser bem bonito! Podíamos começar por lá! Estou sem dinheiro agora.. amanhã devo tentar arranjar algum bico para poder te levar pra um digno encont... , nesse momento eu percebia o que estava acontecendo e minhas bochechas também, que coradas ficavam.

Eu havia pago Reina como uma guia, mas diante de uma bela noite, passear pelas ruas de uma ilha de cultura bem forte, aos olhos de todos seria mais como um encontro!! Sorte a minha por estar em ótima companhia, mas azar o meu por não poder demonstrar o que meu pai havia ensinado a cerca de como tratar as mulheres. Sem dinheiro eu não poderia  pagar um suco ou até mesmo comprar um presente para ela, esse mimo teria que ser adiado. A única coisa que eu podia fazer era com que minha presença fosse prazeirosa e lhe alegrasse, e transparecendo minha felicidade com um puro sorriso eu diria.

Legrant - Vamos lá, Reina! Pode ficar a vontade de contar sobre o que quiser! Gosto de ouvir  histórias.. sou bastante curioso!


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySeg 13 Abr 2020, 09:53



Cap. I - Despedida — 009

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Em relação ao seu pai, Reina ficava pensativa antes de retornar ao assunto: — Nosso Otousama é… Rigoroso. Já o Oniisan é… diferente. — Era claro a relutância da mulher ao falar sobre aquele tópico e, sendo assim, não era surpresa quando ela deixava por isso mesmo e mudava de assunto. — Para o castelo, então! Tenho certeza que você vai gostar! — Com um largo sorriso, ela seguia em frente, com Pepino ao seu lado.



Saindo do porto, ela apontava para uma subida íngreme, onde alguns poucos trabalhadores ainda caminhavam carregando algumas caixas pesadas. — Por aqui chegaríamos nas minas. É um local escuro e um pouquinho assustador, mas também possui muitas belezas! — Afirmou. A estrada de terra batida subia até uma montanha próxima e desaparecia por trás dessa, provavelmente era onde ficava a entrada da mesma.



Seguindo na direção oposta, passaram pelo meio de uma feirinha, onde meia dúzia de trabalhadores ofertavam peixes e crustáceos pegos em alto mar. — Ao raiar do sol aqui fica lotado. Mas agora só uns poucos que tentam vender o que não conseguiu pela manhã. A maioria desiste mais cedo e joga os peixes de volta ao mar. — Como que para confirmar a fala de Reina, Pepino via apenas uma mulher negociando um peixe com um dos vendedores, enquanto outro jogava o conteúdo de uma caixa de vidro de volta ao mar.



Dali eles entraram na cidade propriamente dita. As casas possuíam uma arquitetura bem diferente daquelas de Las Camp, além de serem, no geral, menores do que o comum — Comum para o Espadachim, ao menos. Reina não comentava sobre as casas — Provavelmente comuns para ela! — e, ao invés disso, comentava sobre uma curiosidade geral da ilha: — Você sabia que fomos nós que criamos à pólvora?! Hehe~ E quando digo nós, digo nós de Deijing! — Dizia, com orgulho. Alguns segundos depois, completava: — Ah! Deijing é o nome dessa cidade, a capital de Jiangzha.



Em poucos minutos o castelo se tornou visível, no topo de uma colina. Reina, no entanto, apontou para a direita, mostrando uma área que lembrava um bosque e uma escada que subia até desaparecer de vista. — No topo desta escada fica o nosso templo Taoísta. — Com certa relutância ela continuava: — É bem pequeno… O maior fica na Província de Shengtzen.



Dali em diante, o silêncio durava alguns minutos até que os dois se encontravam diante do [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]. Na entrada haviam dois [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], além de duas belíssimas estátuas de ouro em formato de tigres. Apontando para o castelo, informou: — Esse é o Castelo Jinhu… Significa Tigre Dourado! — Apontou então para as estátuas, rindo. — É aqui onde mora o nosso Imperador Sin Khankon e a sua família. — O orgulho em sua voz era palpável.



Reina continuava, desta vez apontando para os dois homens na entrada. — Estes dois são da Marinha Happo. Lembra-se que eu disse que de Shandang saem os melhores marinheiros de Kano? Então, esses dois vieram de lá! Hehe~ — Reina desviava os olhos para o castelo, admirando-o. — Infelizmente não podemos entrar, mas é muito bonito, mesmo de fora, não?



Com a pergunta, a navegadora voltava a olhar para o espadachim, esperando resposta, mas logo dizia: — Eh?! — Olhava para além de Pepino e, se este também olhasse para trás, veria uma ave estranha com uma garrafa estranhamente familiar na boca. Após um Quack de surpresa, o animal começava a correr ao mesmo tempo que tentava beber do sake do espadachim, sem muito sucesso.



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi
  • Koushaku Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida - Página 2 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 EmptySeg 13 Abr 2020, 14:03

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Enquanto caminhava ao lado de Reina, ouvia as repostas de suas perguntas e logo entendia do que se tratava. Falta de amor paterno. Bom, eu não tinha preconceito algum com o jeito e como Kou me olhava, entendia que era parte de quem ele era, mas pelo que sua irmã dizia, muito preconceito ele devia sentir dentro da própria casa e talvez se tornar um capitão tivesse sido uma resposta para aquela situação, uma fuga para que ele pudesse ser quem de fato ele era. Diante disso eu só posso agradecer por ter um bom relacionamento com meu velho. Mas enfim, quando fosse descansar e reencontrasse o capitão, conversaria com ele.

Dessa maneira eu guardava tais pensamentos para mim e via onde a mina se encontrava. Passando pela feirinha ouvia mais algumas coisas e ficava surpreso pela consciência ambiental que os trabalhadores possuíam. Retornar o que não era vendido para o mar era um bom modo de evitar a caça em excesso. Curioso também ficava quando ouvia um nome diferente e mentalmente já começava a me programar para visitá-lo em breve: Templo Taoísta. Aos poucos eu ia entendendo os motivos do orgulho de Reina por sua cidade natal.

Legrant - Uau! Realmente tudo aqui é bonito! Digo.. em Kano Country!, olhava para ela, em seguida para o castelo e admirado dizia.

Quando notava o susto que ela levava, me virava para trás e então boquiaberto percebia um ser um tanto quanto diferente. Eu nunca tinha visto um pato daquele tamanho e nem um que gostasse de sake... Pera, aquela garrafa era parecida com a que eu tinha. Por reflexo eu procurava em meus pertences e notando sua ausência dizia, com incredualidade em minha face.

Legrant - Um pato tá roubando meu sake?!

Nesse instante procuraria usar minha aceleração para seguí-lo e quando pudesse me aproximar dele tentaria tomar a garrafa de sua boca. Não seria muito bom deixar um animal bêbado em frente ao castelo, pois muita confusão poderia ser criada e no fim causar problemas até mesmo para Reina. Talvez o animal estivesse apenas com sede. Por isso, conseguindo ou não recuperar a garrafa, me viraria para minha companheira e diria, retomando a perseguição se necessário.

Legrant - Você tem alguma bebida não alcóolica com você? Eeeeeeei pato!!Eu te dou o que beber.. pera!, falaria com Reina e com o animal, caso ele continuasse a fugir de mim. No entanto, se Reina não conseguisse me acompanhar ou o perdêssemos de vista, apenas pararia e ficaria ao seu lado, colocando as mãos na cabeça e dizendo, Pois é.. fui roubado por um pato!


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo I - Despedida
Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: