One Piece RPG
Capítulo I - Despedida XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Mao di Lut Ima
Capítulo I - Despedida Emptypor Alek Hoje à(s) 04:24

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Capítulo I - Despedida Emptypor K1NG Hoje à(s) 04:18

» [Mini] Albafica Mino
Capítulo I - Despedida Emptypor Albafica Mino Hoje à(s) 03:42

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Capítulo I - Despedida Emptypor Dante Hoje à(s) 02:53

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Capítulo I - Despedida Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 00:30

» One Piece RPG Awards 2020
Capítulo I - Despedida Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00

» Vol 1 - The Soul's Desires
Capítulo I - Despedida Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:55

» VIII - The Unforgiven
Capítulo I - Despedida Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:31

» BOOH!
Capítulo I - Despedida Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
Capítulo I - Despedida Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:56

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Capítulo I - Despedida Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:33

» O Samurai
Capítulo I - Despedida Emptypor K1NG Ontem à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Capítulo I - Despedida Emptypor Oni Ontem à(s) 21:28

» Cap.1 Deuses entre nós
Capítulo I - Despedida Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
Capítulo I - Despedida Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Capítulo I - Despedida Emptypor Adrian/Vampiro Ontem à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
Capítulo I - Despedida Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Capítulo I - Despedida Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
Capítulo I - Despedida Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
Capítulo I - Despedida Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Capítulo I - Despedida

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Capítulo I - Despedida 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptySex 27 Mar 2020, 19:32

Capítulo I - Despedida

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Pepino Legrant. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptyQua 01 Abr 2020, 13:36

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Pepino retornava para sua casa após recusar seu ingresso na marinha, atitude que certamente lhe traria problemas se assim optasse por permanecer em Las Camp. Refletindo sobre suas atitudes e afrouxando um pouco a gravata preta que usava, o jovem desabafava consigo que talvez  sumir dali fosse a melhor opção.

Legrant - Sei que falar tudo o que penso não traz bons resultados todas as vezes... mas do jeito que aquele sargento gritou comigo... será que causei problemas para todos da minha família e  não só pra mim? A marinha não deve estar vendo os Legrant com bons olhos... ou apenas Pepino Legrant.. seria bom sumir por alguns dias.. acho..

O jovem espadachim que apenas almejava fortalecer a fama de seu dojo estava prestes a entrar na própria casa. No entanto, neste momento via uma lembrança voltar à tona em sua cabeça, memória  essa que afetaria os passos do rapaz, para sempre...

>> FLASHBACK
Dentro do dojo dos Legrant, o pequeno Pepino de apenas sete anos treinava com o pai utilizando katanas de bambu. Sendo derrotado inúmeras vezes e com o corpo coberto de sujeira não parava de sorrir e retomar a batalha, dizendo em excitação.

Legrant - Papai!! O estilo de espada da nossa família é o melhor de todos! Quero aprender!! Não vou parar de me levantar!! Quero treinar pra sempre com você!!

Pai - Você não pode se satisfazer com isso! Você deve explorar o mundo e tomar conhecimento de todos os estilos de espadachins que houver! Não quero que aprenda a lutar igual a mim.. quero que você tenha seu próprio estilo e seja melhor do que eu! Quando você estiver mais velho, quero te levar até meu antigo mestre, na Província de Shengtzu em Kano Country!

Alguns anos mais tarde, o jovem Pepino de dezenove anos batalhava mais uma vez com o pai, e determinado a mostrar tudo que havia aprendido até então para conquistar a confiança de seu velho para assumir o dojo. No entanto, ainda saía como derrotado.

Pai - Sua cabeça não mudou nada.. você ainda está preso na caixinha! Por que acha que existem outros estilos de luta? Acha que espadachim supera tudo e todos?! Lógico que não! Eu não quero que fique preso à essa ideia! Crie seu próprio estilo! Aprenda tudo que conseguir! Até que você se mostre preparado.. não será o meu herdeiro!

FLASHBACK <<

Pepino não sabia o porquê, mas a derrota que tivera no quartel general da marinha e sua recusa em se tornar marinheiro para que pudesse treinar um pouco mais antes de partir em busca de fama haviam despertado memórias que ele optara por esconder. Diante disso ele agora sabia que pedir por mais ensinamentos de seu pai não estava fora de cogitação.

Olhando para cima e um pouco perdido quanto aos próximos passos, Legrant parava no meio da rua e começava a refletir. "É.. como pude esquecer das palavras de meu pai.. parece que meu desejo e minha arrogância me cegaram.. sou muito jovem para ter um dojo.. e não estou preparado! Preciso criar meu próprio estilo de luta.. aprender a usar outras coisas além da espada.. só assim me transformarei em um verdadeiro samurai! Não sei muito o que posso fazer por agora.. mas talvez Kano Country possa me dar as respostas que procuro!".

E deixando um tímido sorriso surgir de sua face, Legrant escolhia seu próximo, uma despedida e um recomeço, e em direção ao porto da ilha ele caminhava, a fim de conseguir viajar para o destino escolhido.

Quando chegasse no porto, procuraria pedir por informações.

Legrant -  Olá! Vocês sabem qual navio parte para Kano Country? Gostaria de ir para a Província de Shengtzu.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 



Última edição por Palitinho em Sab 04 Abr 2020, 20:13, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptySab 04 Abr 2020, 17:17



Cap. I - Despedida — 001

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Já era o fim da tarde e o sinal sonoro do fim das aulas letivas daquele turno soava na universidade de Las Camp, alto o suficiente para que Pepino Legrant a ouvisse, mesmo a vários quarteirões de distância. As ruas ainda estavam tranquilas, embora fossem mudar em breve. Daqui a alguns minutos, os alunos da universidade iriam para suas casas ou para os pontos turísticos da ilha, enquanto que muitos comerciantes iriam encerrar seus expedientes e retornar para suas casas. As ruas principais seriam tomadas de gente, assim como os locais mais famosos e importantes da ilha, como o porto, local que o espadachim se dirigia.



Sem sequer se dar o trabalho de dizer adeus, o herdeiro do Dojo Legrant chegava ao porto, decidido de embarcar em um navio e zarpar daquela ilha o quanto antes. Até parecia que ele havia cometido um crime grave e a marinha estava atrás dele! De qualquer forma, chegando ao porto, se aproximava de uma mesa à frente de um bar, com três velhos bebendo sake e conversando asneiras. Os três aparentavam ser marujos, devido às roupas e às gírias usadas, um deles inclusive tinha uma corda nas mãos, na qual fazia e desatava nós continuamente, como se treinasse. Ou talvez apenas fizesse por hobby, para passar o tempo.



Um deles, o mais novo, embora já aparentasse ter passado dos 60 anos, respondeu: — Boya, vi os marinheiros batendo um papo por ali, falando que íam pra lá. Aquele navio ali, ó! — Dizia apontando para um dos três navios da marinha que estava no porto. Além destes, ainda haviam dois navios mercantes e um… diferente. Apontando para este último, o idoso continuava: — Aquele lá também deve ir. Verdadeiros mercenários, aqueles lá! — Para dar ênfase à sua fala, o senhor cuspia ao chão, quase acertando o pé direito do espadachim.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Antes de Pepino seguir seu rumo, o velho virava o copo de sake que tinha em mãos, engolindo tudo sem sequer pestanejar, e, movendo o copo raso em direção ao espadachim, disse: — Óia, meu copo ficou vazio! Que tal pagar mais uma dose pra seu cumpade aqui, ein, boya? — Dizia com um largo sorriso, de apenas três dentes, no rosto. Os outros dois tinha a atenção atraída para tal oferta, olhando para o jovem e para seus copos pela metade.



Legendas:
  • Civil


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptySab 04 Abr 2020, 18:20

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


O jovem espadachim ouvia o sinal sonoro do fim das aulas letivas e imediatamente parava de andar, assustado. Quando se dava conta do que era, continuava seu caminho e não tardava a chegar a seu destino. Sem muitos pertences consigo e determinado a dar seu primeiro passo ele via um trio de velhinhos e se aproximava. Obtendo sa informações que queria, se curvava para agradecer e quando ouvia o pedido, coçava um pouco a cabeça e então puxava do bolso um pouco do dinheiro que tinha.

Legrant - Hmm.. obrigado, senhor! Não tenho muito dinheiro comigo... nem sei se é o suficiente para pagar pela passagem do barco... mas... acho justo recompensá-los! Não eram obrigados a me ajudar! Pera só um instantinho!, e dizendo isso ele se dirigiria até o bar, para que pudesse falar com o barman e pedir por mais um garrafa de sake se assim tivesse a quantia em dinheiro necessária para isso.

Caso tivesse, voltaria com a garrafa em mãos, pegando um copo também e procurando se sentar ao lado deles, dizendo.

Legrant - Vocês podem me dizer um pouco sobre esse navio de mercenários? Eu acho que a marinha não iria aceitar que eu embarcasse.. acabei de recusar meu alistamento, mesmo sendo aprovado.. porque acho que não estou pronto para assumir uma responsabilidade grande dessa.. pensei que eu fosse forte, mas estou longe disso!, ergueria o copo para brindar com os idosos.

Caso não conseguisse, voltaria e logo diria.

Legrant - Desculpe, senhores! Mas o sake é muito caro... não tenho dinheiro para pagar.. , repetiria então a pergunta a cerca dos mercenários e comentaria sobre o motivo de não querer embarcar no navio da marinha.

Pepino tinha a intenção de obter o máximo de informações que fossem possíveis antes de tomar uma decisão. Até então o navio mercante e o de mercenários lhe soavam como melhores opções. O primeiro, motivos óbvios, provável garantia de uma viagem segura. O segundo, bom, a embarcação era muito bonita e exótica e isso chamava a atenção do rapaz que justamente buscava pelo diferente. "Mercenários devem ser pessoas que viajam bastante e já conheceram de tudo! Talvez eu consiga aprender alguma coisa com eles..."


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 



Última edição por Palitinho em Sab 04 Abr 2020, 20:13, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptySab 04 Abr 2020, 19:28



Cap. I - Despedida — 002

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Pepino começava se desculpando com os mais velhos, indicando não possuir muito dinheiro. O sorriso do senhor murchava, mas, como ele meio que já esperava por isso, deu apenas um leve suspiro antes de comentar: — Ah… Não custa tentá! — Ainda assim, o jovem adentrou o bar, escuro e fétido, e voltou dois minutos depois com uma garrafa de sake em mãos e 10.000 berries a menos nos bolsos!



Os três velhos olharam para Pepino como se ele fosse o próprio One Piece! Um deles até mesmo babou, enquanto outro deixou cair a sua dentadura corda! O espadachim se aproximou deles, sentando-se à mesa e falando de forma extremamente casual, como se os conhecesse a anos. Os velhos mal o ouviram, de olhos fixos na bebida que era vertida nos copos, preenchendo-os. Com a saudação do garoto, os três velhos pegaram seus copos e emborcaram de uma única vez, como se bebessem o mais puro mel. Para Pepino, a bebida desceu amarga e rasgando sua carne.



Com lágrimas nos olhos, o mais velho informou: — Essa é da boa! — Enquanto que o da corda disse: — QUE DELÍCIA, CARA! — O terceiro, o mais jovem do trio, colocava sua destra sobre o ombro do jovem, antes de dizer: — Você é o caba mais legal qui eu já conheci, boya! — Os homens voltavam a brindar, com os copos vazios, desatando a gargalhar, imensamente felizes.



Talvez até parecesse que os velhos haviam esquecidos da pergunta do mais jovem, mas este não foi o caso. Após re recompor, o mais idoso deles começou a respondê-lo: — Não ligue para o que esse viado diz, eles não são mercenários! — O mais jovem do trio prontamente se defendia: — Viado é a sua mãe! — Difícil imaginar que a mãe de qualquer um deles ainda estivesse viva, ainda mais que fosse um viado, mas o velho parecia satisfeito com a resposta e voltava a sua atenção para o espadachim. — Mas é verdade, mercenários foi jeito de dizer, boya.



O velho da corda vinha em auxílio do Legrant, tentando explicar melhor a situação. — ELES SÃO MERCADORES DE JIANGZHA, UMA DAS PROVÍNCIAS DE KANO! — O homem gritava a plenos pulmões, mas os outros dois idosos não pareciam se importar, como se aquilo fosse o normal dele. Após parar por um momento para respirar, voltou a gritar: — O VIADO TENTOU COMPRAR UMA PEDRA BRILHANTE, MAS ELES COBRARAM O OLHO DA CARA E ESTE AQUI FICOU COM RAIVA! — Dizia apontando para o seu companheiro, o qual fechava a cara. — Oitenta mil por uma pedrinha? Era du tamanho du meu dedão, boya, juro pelos mares! — Clamava o velho, mostrando seu dedão para Pepino.



O outro, mais idoso, retomava a fala: — O importante é que eles são comerciantes de Kano e devem voltar para lá em breve. Converse com eles e diga que Amado e Valter mandam saudações! — O mais velho colocava a mão sobre o ombro do velho da corda ao falar 'Valter'. O mais novo do trio replicava: — Oxi, e eu? — Para a resposta quase imediata: — SE ELE CHEGAR LÁ DIZENDO O TEU NOME, VÃO É COBRAR MAIS CARO! — Os velhos voltavam a gargalhar, até mesmo o mais novo deles.

Legendas:
  • Civil


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

Velhos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptyDom 05 Abr 2020, 16:48

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Desembolçando a quantia de 10.000 berries para comprar a bebida que o trio tanto ansiava, Pepino se aproximava e brindando conversavava. Sendo jovem e não tendo a garganta tão calejada com o álcool ele sentia ardência e um pouco de azia, mas gostava do sabor.

Legrant - Mercadores de Jiangzha.. pedra brilhante.. vocês parecem ter histórias bastante interessantes! Acho que vou tentar a sorte com eles então! Obrigado, senhores!, acenava para os três e os deixava, andando rumo à embarcação diferenciada.

Quando chegasse próximo dela, Legrant olharia em busca de alguém que já estivesse ali embarcada para então dizer. Se a pessoa não o escutasse, começaria a gesticular e gritar coisas do tipo: "EEEEEEI!! AQUI!!! AQUI!!!" para que então repetisse sua apresentação e seu pedido.

Legrant - Olá! Me disseram que vocês são comerciantes de Kano! Me chamo Pepino Legrant e gostaria de saber se poderiam me dar uma carona para lá! Quero conhecer a Província de Shengtzu! Err... Amado e Valter mandaram saudações! Acho..., terminava, não tão confiante com sua ação.

Agora só restava ao jovem que ouvisse a resposta para que pudesse por fim iniciar uma possível negociação. Pepino ainda tinha em sua posse uma humilde quantia de berries, mas também poderia oferecer algum serviço de faxineiro durante a viagem. " Essa embarcação é realmente bonita! Espero que os tripulantes sejam boas pessoas igual os velhinhos do bar...", torcia. Ao que tudo indicava, a ingenuidade e sinceridade do rapaz se misturavam bastante e talvez fossem responsáveis por fazer com que ele evitasse muitos perigos. Bom, Pepino não tinha motivos para odiar/desconfiar de ninguém e por isso procurava tratar todos que conhecia com respeito e educação. Só o futuro poderia mudar seu jeito de ver o mundo e se comportar...


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptyDom 05 Abr 2020, 19:22



Cap. I - Despedida — 003

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Seguindo seu rumo, o espadachim ouvia as suas costas os gritos dos velhos lhe desejando sorte, prosperidade, fama e sucesso. Aquele sake realmente deveria ser do bom! Mas deixando isso de lado, Pepino podia notar que o porto já estava mais movimentado do que antes, com muitos universitários passeando por ali enquanto o sol começava a tocar o oceano, lá no fim do horizonte.



Conforme se aproximava do navio, detalhes passados despercebidos antes vinham a tona. O navio se tratava de uma escuna simples, com apenas duas diferenças principais: A primeira eram as velas, que lembravam as escamas de um animal, ao invés daquele "pano" convencional; A segunda era que o navio parecia mais baixo, com o nível do convés mais próximo do mar do que os demais navios, embora o motivo fosse um mistério para o Legrant.



Já no navio, haviam um total de seis tripulantes. Cinco deles eram homens parrudos, com características marcantes dos nativos da ilha de Kano, os quais descarregavam algumas caixas pesadas e levavam até uma pequena pilha alguns metros à frente do navio. Ao lado da pilha, dois professores da universidade anotavam em suas pranchetas o material recebido, conferindo a carga.



Enquanto isso, a sexta e última tripulante era uma jovem de baixa estatura, embora aparentasse ter algo em torno dos vinte anos. Ela estava ao lado da prancha de desembarque e apenas observava o trabalho dos demais, meio distraída até que o espadachim chamasse a sua atenção. — Ah… Ohayo! — Dizia com um belo sorriso no rosto. — Oh, Legrant-san. Me chamo Reina Izumi, prazer em conhecê-lo! — A mulher fazia uma leve mesura ao fim da fala, demonstrando uma educação impecável. Sua voz era melodiosa, quase como se cantasse. — Shengtzu?! Hum… Não me importo de lhe dar uma carona, mas somos de Jiangzha. Podemos lhe deixar no porto de Ouro, em Jiangzha, ou no porto de Prata, em Shandang. Apenas quarenta mil berries, a passagem! — Acrescentava com um tímido sorriso, como se tivesse esquecido daquela importante informação.



Contudo, após Pepino citar os nomes dos velhos, a expressão da mulher se iluminava com um sorriso mais aberto e verdadeiro. — Oh… Você é amigo do Amado-san e do Valter-san?! Eles são ótimos navegadores e já me ajudaram diversas vezes, principalmente nas minhas primeiras viagens! — Dizia, ainda com um largo sorriso no rosto. — Tão bom conhecer um amigo dos Ojiisans! Yay~! — Dizia jogando os braços para o alto, em felicidade, antes de acrescentar: — Será apenas vinte mil, então! Hehe~



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

Reina Izumi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptyDom 05 Abr 2020, 22:08

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Encantado o jovem ficava ao se deparar com uma bela moça. A ingenuidade e meiga pureza da então intitulada Reina fazia com que seu coração palpitasse levemento mais rápido e congelado com o belo sorriso diante de seus olhos ele deixava escapar um elogio, graças à sua sinceridade excessiva.

Legrant - Que linda! Ops.. prazer! ,sorria com as bochechas coradas e coçando a nuca com uma das mãos. Simulando uma tosse para recobrar a coragem e a voz, voltava a dizer, mudando de assunto para controlar os sentimentos.

Pois é! Muito simpáticos eles.. eu não conheço muito de Kano Country... Gostaria de ter contato com o famoso e experiente espadachim de Shengtzu! Mas.. estou aberto a novas experiências! Acredito que Jiangzha possa ser um lugar legal.. ao menos você pode me falar mais sobre! Aqui está o dinheiro! Posso contribuir na viagem com minha força também! , fazia uma graça exibindo seus músculos no braço e os apertando com os dedos, Brincadeira.. não sou tão forte assim! Mas posso ajudar no que for necessário! Obrigado por me aceitar em sua embarcação, capitã!, então se curvava em agradecimento.

Ao que tudo indicava o espadachim finalmente deixaria sua ilha natal pela primeira vez. Sentindo um aperto no peito ele enchia seu pulmão e se virava mais uma vez para a cidade. "Não é um adeus. Apenas um até logo!", deixando uma lágrima escorrendo de seu olho, Legrant a limparia com a manga da camisa e com sorriso no rosto se viraria de volta para Reina e para a embarcação, dizendo.

Legrant - Depois de você!, estendendo os braços como em gentileza para que então pudesse seguir a garota e subir no barco. Finalmente o primeiro passo era dado rumo a um futuro incerto, mas desejado pelo rapaz que aspirava por maiores experiências para criar seu próprio estilo de luta.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 62
Warn : Capítulo I - Despedida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptyDom 05 Abr 2020, 23:16



Cap. I - Despedida — 004

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Graças ao elogio recebido, [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] dava um sorriso e fechava os olhos, com as bochechas corando levemente. Como uma verdadeira waifu moça direita, a jovem deixava aquele momento passar e deixava Legrant mudar o tópico da conversa. Logo após receber o pagamento, e contar, ela dizia: — Eu não sou a capitã, mas obrigado! Hehe~



Enquanto Reina guardava o dinheiro em um dos bolsos, Pepino pôde notar que os demais tripulantes traziam as últimas caixas e que os professores terminavam de conferir a mercadoria, buscando em suas pranchetas se havia faltado algum item. — Bem... — Recomeçava. — Resumindo, Shengtzen é uma mistura de deserto com floresta, cheio de pessoas estressadinhas, nem sei por que você quer ir para lá! Shandang é uma região voltada para a agropecuária e de lá saem os melhores marinheiros de Kano, não, do West Blue! — Afirmava com determinação, socando o ar com um dos seus miúdos punhos. — E, por fim, tem Jiangzha, um território mais montanhoso, onde nosso foco é mineração. — Reina apontava para as caixas descarregadas, indicando o que deveria ter ali dentro. — Somos a menor das províncias, mas também é onde o imperador mora e governa! — Era palpável o orgulho que a mulher sentia com a última frase.



Com os professores se aproximando, Reina fazia um movimento com a mão, indicando para que Pepino esperasse por um momento. — Espero que esteja tudo de acordo com o que foi prometido! — O homem com a prancheta acenava, enquanto que o outro entregava para a mulher uma bolsa com dinheiro. — Perfeito como sempre, senhorita Reina. Espero vê-la novamente na próxima semana. — O homem dava um sorriso malandro para a mulher, que apenas ria e acenava. — Eu também hei de esperar ávida pela próxima semana. — O sorriso do homem se alargava. — Para ter mais do seu dinheiro em minhas mãos! Hehe~



Os tripulantes do navio caíam em gargalhada, enquanto o galanteio do professor se transformava rapidamente em vergonha. O outro professor, com a prancheta, apressava-se em dizer: — Perdão, Izumi-san! Vamos. — Puxando seu colega pelo braço, os dois iam até as caixas e chamavam alguns trabalhadores para ajudá-los a levarem o material até a universidade. Enquanto isso, Reina voltava a sua atenção para o espadachim, com um largo sorriso zombeteiro no rosto. — Onde paramos? — Pepino apenas se adiantava, dando a entender que pretendia subir no navio, e dava sinal para que a mulher fosse à sua frente. Reina apenas ria. — HAHAHA! Só posso entrar no navio após o Capitão!



Apesar do que dizia, todos os cinco carregadores voltavam ao navio, com alguns inclusive mexendo nas velas e desatando algumas das cordas que amarravam o navio no cais do porto. A garota também não demonstrava nenhuma atitude para parar o avanço de Legrant, o que provavelmente significava que ele poderia entrar no navio antes dela e do capitão, se assim desejasse. Ainda assim, ela indagava: — Ah… eu falava sobre Kano! Resumindo, Jiangzha é a melhor província! Hehe~ Mais alguma pergunta?



Legendas:
  • Civil
  • Reina Izumi


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Pepino Legrant:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palitinho
Civil
Civil
Palitinho

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - Despedida 2010
Data de inscrição : 05/07/2019

Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida EmptySeg 06 Abr 2020, 11:24

CAP. I - DESPEDIDA
-FALA: 00ccff "PENSAMENTO": 3399cc TÉCNICA: blur


Começava a ouvir as explicações de Reina a respeito de algumas províncias de Kano Country e se surpreendia com o que descobria de Shengtzen. Não pelo fato dos estressados, mas pela formação de marinheiros. Aquilo lhe deixava um pouco desconfortável, devido a sua última experiência com a marinha, mesmo assim ele ainda não desabafava com a garota e continuava a prestar atenção no que ela dizia.

"Pelo visto Reina-chan faz sucesso com os homens! Não é a toa... brincou e rodopiou com o sentimento do carinha ali!, pensava ao ver a cena e conversa da garota com o galanteador. Aquele fora animava um pouco Pepino, ao mesmo tempo que o desanimava. Mesmo assim ele se recompunha e ao perceber que só faltava o capitão da embarcação chegar para zarparem, optava por continuar a conversar.

Legrant - Entendi... bom, na realidade eu sou um espadachim. Mesmo que eu não tenha uma espada comigo.. e estou em busca de conhecimento para criar minha própria forma de lutar!

Mas.. desejo aprender um pouco sobre outras artes marciais! Talvez alguma que utilize as pernas... mas verei quando chegar! Errr.. por mais 20 mil berries eu teria a honra de tê-la como guia na província de Jiangzha?
, sorriria.

Quando o capitão finalmente chegasse, Pepino faria uma reverência, agradecendo a hospitalidade, e então esperaria Reina embarcar, a seguindo em seguida para o interior do navio. Sua ansiedade e expectativa aumentavam a medida que ia descobrindo sobre seu próximo destino.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

PLANOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Capítulo I - Despedida Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - Despedida   Capítulo I - Despedida Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo I - Despedida
Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: