One Piece RPG
The Victory Promise - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Licia Hoje à(s) 04:25

» Vallerie P. Breathnach
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:48

» Vallerie P. Breathnach
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:46

» [Mini-Aventura] A volta para casa
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:38

» Enuma Elish
The Victory Promise - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 00:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:04

» [Kit - Makei] Red Saber/Mordred Pendragon
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:02

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Pippos Ontem à(s) 23:31

» Xeque - Mate - Parte 1
The Victory Promise - Página 6 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 23:26

» Arco 5: Uma boa morte!
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:12

» Supernova
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:34

» I - O bêbado e o soldado
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Masques Ontem à(s) 21:39

» Capítulo I: Raízes Perdidas
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 21:30

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:27

» Drake Fateburn
The Victory Promise - Página 6 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:59

» Hermínia Hetelvine
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:51

» Akira Suzuki
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49

» Sette Bello
The Victory Promise - Página 6 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:46

» Bell Farest
The Victory Promise - Página 6 Emptypor Far Ontem à(s) 19:43

» Alipheese Fateburn
The Victory Promise - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 19:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 The Victory Promise

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQua 18 Mar 2020, 22:19

Relembrando a primeira mensagem :

The Victory Promise

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente do governo Orochi Kozuki. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Akise
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 04/11/2014

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQui 18 Jun 2020, 15:27

IMPACTO DRAGÔNICO

O jovem Kozuki se mantinha um pouco calmo para não deixar o chicote ir contra ele ou acertar nele com tudo para não fazer mais nenhum ferimento nele, observaria o corpo do oponente por três segundos e verificaria onde poderia atingir para fazer mais dano e profundidade de corte.

" - Tenho apenas alguns segundos para atacar com cortes certeiros, não posso vacilar igual eu me desconcentrei na casa dessa família. Terei apenas alguns milésimos de segundos para um corte certeiro. " Pensava nos segundos que olharia para o corpo do adversário para atacar.

O jovem espadachim dispararia em direção ao seu oponente com um pouco da postura abaixado para qualquer movimento que não precisasse fazer naquela hora, quando chegasse próximo ao adversário faria um movimento de zig-zag para confundir um pouco o oponente e quando chegasse perto o suficiente desferiria um corte diagonal na região do peito, se caso acertasse continuaria seu movimento com um corte na região da coxa e do braço do oponente.

Faria isso tentando visar um corte profundo para não conseguir atacar e sempre pensando em bloquear seu oponente caso ele tentasse um contra ataque com o objetivo de ferir o jovem Kozuki. Se caso o oponente defendesse e atacasse, o jovem faria tudo que poderia para bloquear com a lâmina de sua espada.

Depois do bloqueio com sucesso, faria um ataque de estocadas rápidas contra o corpo do oponente, sem nenhuma leveza visando sempre nos braços e nas pernas dele para ficar um pouco quieto e silenciado, depois que derrubasse ele tentaria prender ele em alguma corda que achasse pelos cantos próxima a ele.

Depois que amarrasse ele, pegaria o cabo da espada e daria em sua cabeça para desmaiar e ficaria e olho se não estaria vindo mais ninguém por perto e se esconderia e levaria o homem e a família para a casa onde seria mais seguro para eles. - Agentes estamos seguros, escondi a família e o patriarca para não se machucarem. Diria para a sua parceira de missão assim que estivesse salvos, avisando pelo Den Den Mushi que tinha ali consigo.


Histórico de Orochi:
 

OBJETIVOS:
 


FALA 1 - PENSAMENTO

Orochi Kozuki, O Dragão Verde

♦ The White Swan ♦ @CG
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hooligan
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Hooligan

Créditos : Zero
Warn : The Victory Promise - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 23

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptySab 20 Jun 2020, 15:46


Não havia dúvidas de que precisaria de um bom navegador para ir para a Grand Line, ele ainda precisaria interpretar o Log Pose para que a viagem fosse mais tranquila. As coisas começavam a se complicar já que toda aquela tripulação era inimiga e não contaria com nenhum aliado para isso. Novamente estar sozinho tornou-se um problema que deveria contornar. ─ Então é indispensável a utilização desse objeto... Os rapazes em suas falas demonstravam ser caçadores amedrontadores, nada que me tirasse o fôlego, já que não poderia tirar conclusões precipitadas, mas eles pareciam conhecer bastante o local.

Enfim o encontro com Karthus, aquele que iria disponibilizar o meio para navegar nos próximos mares. Uma oferta tentadora era feita pelos caçadores porém ela nem fazia o homem franzir a testa ele simplesmente preferiu uma aposta. Me desafiou em um confronto contra um de seus homens. ─ Eu vou lutar! Afirmaria já sacando minha espada. Não que eu estivesse muito afim, mas aquele seria o meu Log Pose e esses caçadores iriam presenciar o que aconteceria com eles caso pensassem em me dispensar. Aguardaria meu oponente assim que ele aparecesse...

Avançaria em máxima velocidade, utilizando o esforço que me restara após a aventura para reduzir a distância entre nós. Passo a passo deixaria minha força acumular, pequenos avanços, até virarem um breve salto antes do ataque. Logo que me aproximasse à poucos metros, meus membros inferiores travariam o movimento e por mais que minhas pernas continuasse estagnadas, meu tronco continuaria com um giro, levando a espada até o indivíduo. A arma tomaria uma posição horizontal de forma que abrangeria uma maior área em que a lâmina atingisse. Assim procuraria reduzir a rota de fuga do mesmo.

Porém, se o homem conseguisse esquivar de alguma forma, seja saltando, abaixando ou ainda assim fugindo pelas laterais, tentaria acompanhá-lo. Posteriormente toda força seria canalizada em minhas pernas, afim de realizar um salto na direção em que meu alvo seguisse. Durante esse movimento secundário minha espada ficaria ereta, como se a mesma apontasse um dedo para o peito do meu inimigo. Na ocasião de acertá-lo - perfura-lo -, continuaria o movimento até que atingíssemos a borda do cômodo em que estivéssemos, onde logo após retiraria minha arma e com toda maestria executaria um corte em sua gargante. Mesmo que errasse o afronte com a arma, rapidamente posicionaria a mesma em uma das mãos para que tivesse a liberdade de tentar agarrá-lo e imobiliza-lo e realizar uma nova tentativa.

Não iria subestima-lo, já que todos ali respeitavam Karthus, talvez estivessem escondendo uma carta na manga, minha suspeitas era a força do homem e uma potencial tripulação para defender os seus interesses, desta forma não daria sorte para o azar. Me precaver era fundamental e como este era o meu primeiro encontro, iria extrair algumas coisas do mesmo.

Cada investida contra mim, seria bloqueada com minha espada, de modo que a mesma fosse posicionada entre mim e o atacante. A Lâmina estaria sempre voltada pra o inimigo e seus afrontes seriam interceptados com um movimento rápido de meus braços - que empunhariam a arma -, colocaria ela à minha frente impedindo um contato direto  com o meu corpo. Independente se o lado oposto usasse armas ou golpes com o corpo. Aplicaria toda minha força no movimento, meus pés ficariam firmes no chão, alternando sua posição conforme o ataque que viesse. Ficariam sempre ao lado oposto, um mais à frente e o outro apoiando minha estrutura inabalável de espadachim, e assim não permitissem que eu perdesse o equilíbrio em meio às investidas.

Cada bloqueio seria seguido de um empuxo, aplicaria minha força contra o meu adversário no intuito de joga-lo para trás, não permitindo uma sequência contínua de golpes que pudessem me prejudicar. Assim repetiria até entender como sua postura funcionava e tentaria bolar uma estratégia para contra ataca-lo. ─ Ei Karthus, quais as chances de você acabar com um bando de caçadores? Lançaria uma pergunta de interesse pessoal, sem intuito nenhum ou pontas soltas, se n fosse compreendida, deixaria assim mesmo, tanto para os meus atuais oponentes ou os indivíduos que me acompanhavam.


Histórico:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyTer 23 Jun 2020, 21:31




The Victory Promise
Pá!




Pegue ele! – Ordenava e apoiava o patriarca, o agente não podia deixar de proteger aqueles em sua guarda já que falhar na missão seria algo tão cruel quanto a morte, não temia pelo seu adversário, o chicote era negro e resistente o bastante para ser bloqueado pela lâmina do rapaz e não o cortar. Aquela arma sempre foi conhecida por ser traiçoeira, suas trajetórias nunca eram fáceis de ler, mesmo assim o espadachim saia em dispara, o chicote era jogado até o mesmo rapidamente no começo de sua investida, o seu passar em zigzag lhe rendeu um bom desvio, com sua espada empunhada tentava desferir um corte diagonal dedicado ao peito do terrorista, mas o chicote viajava em alguns movimentos e a base de Orochi era quebrada com sua perna sendo puxada para o lado.

Não era ineficiente, as vestes do homem foram agredidas deixando seu inimigo ainda mais sério, não sei o quanto mais ele poderia aguentar, uma veia saltou de sua testa. Um liquido rubro transbordou manchando a camisa do homem, este que observou com prazer o corpo do espadachim bater contra a parede dado seu desequilíbrio. Batia seu ombro e depois o restante do seu corpo, o agente não poderia deixar o careca se aproximar. – Vamos acabar com isso rápido. – Retirou o chicote com um movimento largo de seu braço e direcionou a ponta daquela arma no torso do agente, especificamente a boca do estomago, era como levar um soco bem pesado. O alcance da arma era cerca de três a quatro metros, seria difícil enxergar o chicote negro naquele esconderijo escuro, ele segurou a extensão de seu corpo com as duas mãos tomando uma base de pés abertos.

Enquanto isto no Farol, o rapaz aceitava o pedido de Karthus, ele tinha planos por baixo dos panos já que usaria do fruto de sua luta para não só fazer os caçadores dependerem dele como também para exercer influência na mente daqueles homens. – Ow! Eu sabia que você tinha garra garoto! – Falou o líder dos caçadores, batia leve nas costas de Reisi lhe dando apoio moral. – Certo, me sigam. – Não era um caminho longe dos aposentos do guardião da Grand Line já que seus homens eram como escravos pegos nas tramoias e apostas do homem mais forte do lugar, entre cavernas próximas da cabana de Karthus aparecia pessoas que o seguiam iam para uma ambiente que parecia mais um ringue de luta.

Os bastidores e bancos eram formados de forma natural, é claro que não eram iguais aos de uma arena de verdade, mas como imaginação tudo se podia acreditar, no centro daquele lugar um circulo formado por pessoas e lutadores se digladiando dentro dele. – Senhor Karthus! – Falava surpreso um dos homens dali, usava óculos e carregava uma prancheta. – Veio apostar? – Olhou de relance para seus convidados. – Não Arthur, vim trazer diversão para essa pocilga, novos lutadores chamam atenção. – Falava coçando seu queixo com uma expressão de satisfação, todos paravam de lutar e a roda se abria, um dos combatentes ia ao chão enquanto o outro nem suou direito. – Heheh! – Seu penteado raspado e nariz pontudo eram suas principais características. – Carne fresca, vamos iniciar um bom combate de boas-vindas! – Disse o regente do Farol. – Então eu o enfrentarei. – Falou o raspado.

Foi ao terminar esta frase que Reisi se absteve de compreensão para disparar contra o homem cuja seria seu oponente, sua investida era rápida e queria demostrar a todos que não era alguém para se brincar e sim temer. Movimentos concretos e precisos, sua espada fazia um corte horizontal que era esquivado por reflexo, o narigudo havia dado um pulo para trás, mas seu torso ainda tinha sido atingido, seus olhos de arregalaram. O movimento era seguido, porém sem a força de antes, as pernas do espadachim ainda recuperavam sua energia, mas foi o bastante para tentar uma estocada no lutador que desviou por pouco tendo um ferimento mais profundo próximo de seu apêndice. – AAAAAAAAAAAAAAAH!

O homem ia ao chão gritando, a dor e o sangue lhe faziam ficar nervoso e desmaiava logo em seguida. – Tirem ele daqui. – Vociferou franzindo as sobrancelhas. – Arthur chame o Joey, pelo que parece, o rapaz não é dos ruins. – Falou para o quatro-olhos. – Sim senhor. – Ele saia andando rapidamente em disparada, enquanto isto, o corpo do lutador era retirado do circulo e todos observavam Reisi. – Você é bem precoce ein, mulheres não gostam disso. – Relatou Karthus depois de passar a mão em sua testa e procurar algo, respondia de forma rápida a pergunta do viajante. – A chance é a mesma para todos. Tão alta quanto minha capacidade de estralar os dedos.

O estralar ecoava e da plateia saia um homem, era alto, cerca de um metro e noventa, estava encapuzado fazendo a sombra esconder seu rosto. – Esse é lutador novo? Já quer quebrar seu brinquedo? – Falou o desconhecido. – Pare de falar merda e vá lutar Joey, a recompensa é a mesma de sempre. – O lutador possuía em volta de suas mãos, duas bolas de ferro pesadas, não eram manoplas, pareciam bolas de boliche. – Tá.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Akise
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Akise

Créditos : 6
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 04/11/2014

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQua 24 Jun 2020, 12:37

IMPACTO DRAGÔNICO

Com um pouco de dificuldade de se mover, o jovem espadachim tentaria fazer de tudo para não ser acertado com aquele chicote que estaria acertando toda vez ele com precisão. Poderia estar escuro o local mais não desistiria tão fácil.

" - Tenho que pensar em algo logo antes que esse homem me mate aqui. " Pensaria enquanto se concentraria e tomaria alguns segundos de ar para dentro de seu corpo.

Depois que tomasse o ar, usaria seus cinco sentidos para se concentrar e não ser acertado pelo chicote e tentar chegar o mais próximo do seu oponente para desferir cortes nele para não conseguir mais acertar o jovem Kozuki. Com um pouco de dificuldade mas não tanto, disparava em direção ao homem concentrando para bloquear os golpes do chicote que viriam em direção a ele.

Bloqueando com sucesso do chicote mesmo que não desse para enxergar quase nada dele vindo em sua direção apenas ouvindo o som da chegada usando sua audição para bloquear o golpe. Depois que bloqueasse o chicote abaixaria um pouco de sua posição para que mesmo que defendesse não virasse o chicote contra ele, e dispararia em rumo ao encontro do homem.

Chegando o mais próximo do seu oponente, desferiria vários golpes sem noção de um padrão podendo variar de cortes horizontais, verticais e diagonais até atingir o seu oponente com tudo, qualquer golpe que tentasse contra ele verificaria como poderia bloquear tentando se adaptar ao estilo de luta que estaria usando, apenas usando sua lâmina como companheira e protetora naquele instante para bloquear os golpes.

Visaria depois dos cortes, uma estocada com a ponta de sua lâmina na região da barriga do seu oponente e depois retiraria para continuar a bloquear e contra atacar de algum golpe que viria depois daquilo tudo.

- Agora é o fim. Falaria assim que pegasse a bainha de sua espada e bateria com força no rosto do oponente até ele desmaiar.

Depois disso voltaria para esconder o patriarca da família e colocar ele num lugar seguro até conseguir ficar o mais protegido possível e depois levar para a casa do patriarca para se sentir mais seguro.


Histórico de Orochi:
 

OBJETIVOS:
 


FALA 1 - PENSAMENTO

Orochi Kozuki, O Dragão Verde

♦ The White Swan ♦ @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hooligan
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Hooligan

Créditos : Zero
Warn : The Victory Promise - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 23

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQui 25 Jun 2020, 18:15


A luta encerrou rapidamente, talvez o elemento surpresa tenha ofuscado os reflexos de meu adversário que mal pode reagir, obviamente sem tirar os méritos de minhas habilidades. Ocorria algumas trocas de informações, mas aparentemente não era o suficiente para Karthus, que logo organizava outra luta. ─ Como um grande apreciador de apostas, você não é nada justo, seu lutador foi derrotado e o Log Pose já deveria estar em minhas mãos. Diria com a intenção de ferir a integridade do homem. ─ Não me importo em lutar com ele, mas agora iremos apostar outra coisa, o que acha? Assim que eu acabar com ele direi minhas intenções! Afirmaria e imediatamente tomaria uma posição ofensiva para a batalha. Ao observar meu novo desafio, pude notar tamanha brutalidade, sua estrutura parecia muito mais resistente que o anterior, sem falar na confiança que passava aos seus aliados. Eu definitivamente teria cautela nessa luta.

Correria na direção de "gigante" - aproveitado a aceleração que lançaria-me velozmente -, utilizando todos meus recursos e espada ereta. No caso de alcançar a marca de dois (2) metros, a arma tomaria a posição horizontal e continuaria posicionada ao lado direito de meu corpo, onde minha mão predominante comandaria as ações e posteriormente uma forte estocada seria aplicada contra meu adversário. Este afronte, tendo como alvo uma das coxas do lutador. Seria um corte liso e reto, a lâmina de minha arma estaria voltada para o solo, meus braços esticados - com toda minha força - se encarregariam de encurtar a distância entre mim e meu alvo ainda mais. Realizaria cada movimento o mais rápido possível assim como os que ainda estariam por vir e após meu ataque, minha arma retornaria à posição inicial - empunhada com ambas as mãos e à frente ao meu corpo, onde estaria pronta para defesa.

Na hipótese do meu oponente me atacar-me durante a investida, não iria recuar e muito menos defender, aproveitaria da extensão da minha arma para me antecipar. Mesmo que seu movimento fosse realizado para algum dos lados - neste caso continuaria meu percurso, após dar mais alguns à mais para prosseguir com a perseguição, executaria-o - ou então na minha direção onde eu aguardaria com os pés firmes para golpeá-lo. Se o mesmo saltasse ou então agachasse para esquivar das investidas, minha lâmina tentaria acompanhar o movimento. Meus braços que estariam esticados para frente, logo seriam encurtados em direção ao meu tronco, ao mesmo tempo que minha perna direita se estenderia um pouco mais à frente. Posteriormente a distância que antes havia sido encurtada, seria utilizada para que um outro golpe pudesse acumular a força necessária assim que a espada fosse impulsionada, este para com o salto. Para a outra situação, o movimento seria realizado de modo contrário, porém a força reduzida para que no caso de um desvio, não ricocheteasse no solo. Entretanto se o seu rumo fosse para trás e tentasse se distanciar, continuaria o percurso até que sua rota mudasse e pudesse executar algum dos golpes referidos.

Se tudo estivesse nos conformes, ou não, ficaria com a guarda fechada e a espera de uma resposta do lutador. Se o mesmo viesse em minha direção e tentasse desferir um golpe, reto e certeiro. Rapidamente iria desfazer minha guarda e permitiria que a agressão fosse concretizada, em minha defesa apenas forçaria os músculos do corpo todo para que ficassem mais rígidos antes que recebesse o impacto. Uma ação precipitada e que de certa forma transmitiria uma ideia errada do que pensara sobre o inimigo, porém com fundamentos, pois ao julgar o estilo de luta dele, acreditava ser possível aproveitar-me disto de alguma forma. Continuaria segurando firmemente minha espada, forçando completamente o músculo dos braços e pernas e nos instantes finais, os quais não teria mais como escapar e muito menos deixar de desferir o ato contra mim, com a mão esquerda tentaria agarrar o homem. Com toda força e rapidez procuraria imobiliza-lo, no instante que conseguisse forçaria a parte do corpo "capturada" com todo o esforço e traria-o para perto de meu corpo tentando envolve-lo com meu braço. Seguidamente, com a outra mão, esta possuindo minha arma, golpearia-o em uma de suas pernas - novamente aproveitando-me da extensão da arma - e desta forma incapacitaria sua locomoção. Porém se este estivesse lutando para sair e eu não conseguisse mante-lo "preso", continuaria agarrando-o onde pudesse, braços, cabelos, independente de onde, o ataque ainda seria executado e aplicado antes que pudesse escapar. Nesta última hipótese não iria selecionar um alvo, procuraria rasgar àquilo que estivesse ao meu alcance.

Se por acaso a sua entrada viesse de alguma das laterais ou sentidos, sendo estes direita, esquerda, cima ou baixo, utilizaria minha espada para bloquear. Celeremente a arma seria lançada em direção ao ataque, colocada entre mim e o atacante para evitar o contato direto com o mesmo. Não priorizaria posições, seria posta de qualquer forma independente se contra punhos, chutes ou outras armas que pudessem me ferir. Quando o choque acontecesse, aplicaria toda minha força como se o futuro dos mares dependesse disto, para evitar que fosse desarmado, assim como o ricochetear das armas e ainda assim tentaria afastá-lo com empurrões se as neutralizações das investidas acontecessem. No caso do meu oponente tentar um segundo ataque em meio os bloqueios, da mesma maneira agiria, entretanto tentaria ser um pouco mais veloz e invés de medir forças com o inimigo, lançaria sua arma em outra direção para que tivesse chance de bloquear uma segunda agressão.

Como se a vida dependesse deste duelo, não facilitaria o trabalho de Karthus e sempre que ele se movimentasse, tentaria acompanha-lo. Com um giro do meu corpo, não sairia do lugar, apenas mudaria a localização que estivesse fitando e por consequência acabaria à volver no sentido em que ele estivesse e defenderia normalmente e repetiria o feito para não ser pego de surpresa. Desta maneira procuraria manter-me de pé à frente de todos no local, lutando pelos meus ideais e planos arquitetados, mesmo que brevemente e por mais que o tempo passasse, não desistiria mesmo se precisasse assistir o sol nascer novamente, não permitiria deixar de me opor, queria sucesso em uma nova aposta e por consequência meus objetivos. ─ Como vamos proceder Karthus? Indagaria se houvesse a possibilidade do combate encerrar neste instante.

Histórico:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptySeg 29 Jun 2020, 22:27




The Victory Promise
Pá!




A batalha não podia ser parada a não ser que um dos dois combatentes viesse a cair no chão e se desolar em sua própria frustação, não durou muito para que o destino da luta fosse decidido, as primeiras ações de cada um resultaria no trágico final ao qual podia ser visto por agora, o patriarca torcia não só pela sua segurança, mas também pela vitória do agente, pois só assim que sairia vivo daquela situação. O terrorista assim com antes, estava mais sério do que nunca como mencionou, seu chicote estava calmo e não parecia querer fazer movimentos desnecessários, esperou que Orochi fizesse o primeiro movimento para prosseguir com sua ação.

O espadachim preparava sua estratégia com velocidade, estava disposto a bloquear os ataques do inimigo usando não só de sua visão como também audição. Não poderia ficar parado, partia em sua direção esperando por um ataque, este que vinha diretamente pelo lado na horizontal, sua espada era direcionada em direção a ele, mas o plano do careca era ousado, consistia não só em um ataque, mas também na defesa de seu inimigo. A espada era enrolada pelo cabo negro e rapidamente o terrorista se aproximou puxando a espada do espadachim que ainda tentava desferir seus golpes sem deixar que sua única arma escapulisse de suas mãos, o movimento era ousado, Kozuki não tinha mais a mesma eficiência com sua arma selada, os cortes horizontais foram facilmente desviados e quebrados pela atitude do careca que pulava e desferia uma forte joelhada na cara do agente.

Aproveitou para puxar o chicote não pela haste e sim pela correia de couro e tirava das mãos do espadachim sua amiga querida. No chão, estava Orochi vendo seu inimigo caminhar calmamente até seus alvos, ele estava preparado para enforcar a todos. “Peré Peré Peré! Peré Peré Peré!”, um som nostálgico, retirando de seu bolso, estava um den den muchi. “Catchá!”

O trabalho está finalizado, vamos embora antes do Cruzis se enfurecer, não queremos lidar com o que não podemos. – Uma voz masculina dizia, o careca parou por um momento. – Tem certeza? – Observou o protegido de Orochi quase se cagando de medo. – Sim, o mais rápido possível! – Era uma ordem, e assim como ele tinha explicado antes, ele seguia ordens. Guardava seu caracol telecomunicador e saia dando as costas para aquelas pessoas. – Alguns tem sorte ein. – Disse antes de abrir a passagem, a fumaça já estava mais apaziguada e não haviam sons de disparos ou algazarra, se saísse poderia ver que havia muitas pessoas sendo socorridas e quase não tinha corpos para um ataque terrorista. Sua missão a priori não havia falhado, porém sentia um cheiro no ar, algo estava errado. Não demorou muito para marinheiros e mais agentes chegassem ao local, havia um homem que se destacava que olhava para os cantos e tinha passado pelos cadáveres. – Você está bem?! – Reconhecia a voz, ela de sua aliada, esperava que ele reportasse o ocorrido pelo seu lado.

Enquanto isso no Farol, Reisi parecia insatisfeito com o resultado. – Quando foi que disse que ele ia ser seu oponente? – Retrucou Karthus com uma voz elevada, o único que havia dito isto era o homem estava sendo tratado pelos ferimentos causados pelo espadachim. – Eu queria ver uma luta, agora penso em um massacre. – Falou olhando para Joey que não parecia tão feliz pelas falas do regente. – Vá sério. – Ele disse ao lutador antes de se afastar da roda, já que o encapuzado com bolas de ferro em suas mãos apenas parecia triste. – Foi mal, mas você o irritou. – O duelo era travado de imediato, assim que o inimigo passava pela barreira de pessoas que formavam o ringue, os movimentos eram ligeiros. – Se eu não tivesse visto antes, poderia me surpreender. – Afirmou o Joey, ele que acompanhava os movimentos do espadachim, não parecia ter dificuldades em desviar dos ataques, porém a lâmina dele ainda era perigosa triscando e cortando a pele do boxeador de leve, porém foi ao ver que estava sendo ferido que tomou a iniciativa para atacar, notando a agressividade do inimigo, o médico se antecipou, mas não foi o bastante para parar aquela bala de canhão rumando ao sua barriga.

Tinha certeza que seu estomagou revirou sendo jogado para trás e batendo contra aquelas pessoas, mal pode conter a gorfada. – Foi rápido demais! – Gritou sentado Karthus, que era respondido pelo lutador. – Mas tu não disse massacre?! – Olhou de relance para o homem. – Eu disse que estava pensando, será que ninguém me escuta aqui?! – Ele levantava os braços de indignação, parecia decepcionado. – Alguém ajude o garoto ou apaga ele logo, não me importo mais. – Depois da dor amenizar, poderia ver o que Joey continuou para encarando ele no chão, as bolas de aço poderiam facilmente ricochetear sua espada e a força daquele monstro poderia até mesmo quebrar sua lâmina.


Offs-Orichu:
 

Offs-Reisi:
 

Avaliador:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Akise
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Akise

Créditos : 6
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 04/11/2014

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyTer 30 Jun 2020, 12:09

IMPACTO DRAGÔNICO

O jovem Kozuki ficaria um pouco com raiva por não ter conseguido derrotar o inimigo que estava enfrentando, mas não iria se abalar com aquilo já que conseguiria completar sua missão com sucesso ou meio. Aproveitaria que sua companheira estaria ali e se levantaria devagar para não forçar muito seus músculos que tinha levado muito dano.

- Eu estou bem e o patriarca também, vamos levar o patriarca e a família para a casa deles já que está tudo bem agora, e assim que voltamos para o QG relatar a missão como concluída já estarei relatando a missão. Falaria enquanto levaria o patriarca e a família de volta para a sua casa para ficarem a salvos.

Antes de tudo recolheria sua espada e colocaria na bainha de volta, depois de deixar a família na casa deles, pediria desculpas por qualquer coisa que ele tinha deixado passar e voltaria para o QG do Governo para relatar sobre a missão e que foi concluída com sucesso.

- Deu tudo certo na missão alguns arranhões mais nada de mais só preciso de um tempo para recuperar e voltar na ativa. Comer algumas coisas e tomar um banho no QG para pedir uma nova missão. Conversaria um pouco com sua companheira antes de entregar o relatório da missão para o responsável dos recebimento da missão.

Pegaria recompensa pela missão e iria para o banheiro tomar um banho refrescante para tirar um pouco da sujeira que tinha em seu corpo. Voltaria para o refeitório e comeria algumas frutas para se abastecer e tomaria alguma bebida. Depois que fizesse tudo isso iria até o setor de missões para requisitar uma nova missão.

- Gostaria de solicitar uma nova missão, agora sim estou pronto para fazer, se precisar de alguma coisa que retirei da primeira missão é só eu pegar para entregar. Falaria enquanto aguardaria a sua nova missão ser entregue para ele fazer e receber as novas orientações.

Ficaria ansiosamente para fazer sua nova missão, com sua espada na bainha para desferir golpes no oponente, faria de tudo para melhorar os seus golpes e ser atacado menos que estaria sendo atacado da outra missão que tinha feito recentemente.


Histórico de Orochi:
 

OBJETIVOS:
 


FALA 1 - PENSAMENTO

Orochi Kozuki, O Dragão Verde

♦ The White Swan ♦ @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hooligan
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Hooligan

Créditos : Zero
Warn : The Victory Promise - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 23

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQui 02 Jul 2020, 17:22


Karthus revelava-se um grande charlatão, obviamente iria seguir ao pé da letra tudo que consideramos para que favorecesse a ele mesmo. O primeiro desafio aparentemente não valeu nada, mas eu iria entrar no seu jogo. Ele não iria ter o espetáculo que eu achei que seria apropriado, uma criança mimada deve ser tratada com o dobro da birra. ─ Esse parece ser um pouco maior que o último, mas não sei se você vai ter a luta que espera. Diria antes de minhas ações, tentaria transmitir minha segurança no momento.

Dito e feito, o combate não saia como Karthus esperava, bem, nem como eu esperava. Como um tiro de canhão o brutamontes desferia um soco em meu abdômen que me jogara para longe. Acabei caindo entre os populares sem reação, certamente a luta tinha acabado. Essa era a força de alguém na Grand Line, certamente existiam outros como ele, talvez até piores. ─ Isso realmente foi uma merda... Vociferaria com o ar que restava nos meus pulmões e muita dificuldade.

Aguardaria alguns instantes até que minha respiração normalizasse e a dor amenizasse um pouco, parecia que um trem tinha passado por cima de mim. Guardaria a espada em minha bainha enquanto tentava manter uma postura ereta. ─ É, parece que acabou mesmo! Diria em alto e bom tom para todos ao redor enquanto sairia daquele ringue improvisado. Iria na direção dos caçadores e questionaria-os. ─ Como vocÊs vão conseguir o Log Pose agora? Aguardaria a resposta do homem, receoso.

Creio que deixei bem claro para meu oponente as minhas intenções, porém se ele permanecesse querendo dar continuidade na batalha, não teria outra opção a não ser me defender. Partiria na direção das pessoas ao redor, tentando me esgueirar entre elas, neste momento sacaria minha espada. O grandalhão com certeza teria dificuldades em se locomover entre muita gente, isso se ele não quiser machuca-las. Utilizaria minha velocidade e aceleração elevadas para iniciar uma fuga constante, dando pequenos empurrões nas pessoas para deslizar entre elas.

Visaria adiantar-me alguns metros até ter a possibilidade do homem não me ter mais em seu campo de visão, nesta hipótese tentaria me misturar entre as pessoas e caso o homem passasse próximo a mim - e pelo alcance da espada - tentaria perfurar a sua carne onde quer que fosse. Posteriormente começaria a fuga em uma outra direção. Repetiria a ação até que causasse algum efeito no homem, o importante era não ser acertado pelos seus punhos novamente, a sorte poderia não estar mais ao meu lado.

Se durante a minha trajetória algum outro indivíduo fosse um obstáculo e eu julgasse estar contra mim, não exitaria em apunhala-lo com o sabre para que conseguisse permanecer em constante movimento e vivo. ─ Vocês já estão virando um estorvo!


Histórico:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyTer 07 Jul 2020, 00:12




The Victory Promise
Start!




Você não acabou com ele, mas eu iria! – Disse o patriarca após ser deixado em sua residência seguro por trás de seguranças e patrulhas da marinha, a missão por si só teve um bom êxito apesar de um gosto amargo na boca do agente que perdeu o combate e quase teve uma falha em seu histórico na carreira. Estava pronto para voltar ao QG e antes de reportar sobre a missão, transitava pelo edifício afim de emancipar aquele sentimento ruim que sentia, tinha conversado de forma rápida com sua parceira, esta que corria contra o tempo como se estivesse apressada para algo. Talvez fosse nervosismo daquela situação tão desesperadora, mas como uma agente do governo teria de ter nervos de aço, pois só assim para tal entidade colocar os olhos sobre seus funcionários.

Orochi não temia, apenas relaxava ao comer no refeitório do lugar, tinha tomado o banho e tirado o cheiro de suor e sangue do seu corpo. Os ferimentos eram apenas hematomas leves que sumiriam quando menos percebesse, terminando de comer, ia em direção a parte burocrata do QG onde documentos eram a base da informação daquele lugar. As missões antes de se formarem sempre passavam pela troca intensa de papeis desejando trajar o melhor caminho para se dá um passo, o esverdeado do cabelo do agente foi percebido por uma pessoa incomum naquela região. – Ei você. – O espadachim podia reconhecer o rosto, era do mesmo agente que estava examinando os corpos dos mortos naquela ocasião tão inoportuna. – Espero seu relatório. – Ele se tratava de um agente superior, tinha papeis nas mãos. – Conte-me primeiro sobre o ocorrido e depois podemos prosseguir para sua missão, ouvi que o patriarca não corre mais perigo de vida.

Enquanto isso no Farol, não há como cansar de tais introduções, Reisi desistia a primeira vista do combate e havia perdido a aposta sendo assim não receberia o prêmio do Log Pose que era a principal chave para navegar nas águas traiçoeiras da Grand Line. – Que bom que desistiu. – Afirmou Joey, seu semblante mudava, meio sorriso podia ser visto, antes parecia aborrecido por ter que lutar, agora estava mais calmo. – Aposta é aposta. – Falou Karthus dissipando as pessoas em volta do espadachim, pegando o rapaz pelo braço e o ajudando a se levantar. – Este garoto agora é meu. – Falou para os caçadores de recompensa. – Não haviam escutado o resultado da aposta se perdessem, todos aqueles que perdem em minhas apostas se tornam meus subordinados, cidadãos a esmo nesse lugar. Espero que não causem algazarra, quando tiver de bom humor, eu vendo o Log Pose para vocês. Agora saiam fora! – Falou para o capitão que parecia um pouco atordoado com toda a situação.

Um de seus tripulantes havia perdido a liberdade, ele só pode abaixar a cabeça e dizer para Reisi. – Vamos voltar garoto, não vamos deixar assim! – Virava suas costas e sumia por ali, já o regente do lugar continuou. – Eu não me enganei, esse estilo e olhos. Você foi um pirata com toda certeza. – Ele colocava a mão em seu queixo coçando a barba rala. – Tem os mesmo olhos dele, não faz tanto tempo que passou por aqui.. Ele.. Seu capitão rapaz. – Mencionava uma figura do passado do caolho. – Se quiser saber mais, é melhor fazer um bom trabalho, os rapazes vão lhe dizer o que os novatos fazem.

Caminhava para longe, se tentasse ir em disparada, seria parado por Joey. – Agora você é como um de nós, não se preocupe, todos tem sua chance de liberdade. – Ele dizia isso para reconfortar o rapaz, mas não explicava como poderia ter esta possibilidade. – Somos companheiros por agora, seu estomago ainda dói? Melhor descansar, além de lutas temos um trabalho pesado para fazer.


Offs: PARA OS DOIS:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Akise
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Akise

Créditos : 6
Warn : The Victory Promise - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 04/11/2014

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyTer 07 Jul 2020, 23:12

IMPACTO DRAGÔNICO

O jovem Kozuki agora teria que relatar sobre a sua missão e o que havia acontecido nela, não esperaria muito para dizer o que realmente aconteceu e não teria medo do que o responsável poderia falar para ele naquele instante.

- Primeiramente fomos para a casa do patriarca até começar as fala dele para tentar se eleger, lá fomos atacados por dois ou três homens não me lembro muito bem tive que lutar contra dois e um marinheiro que estava lá tinha que lhe dar com algum barulho que estava vindo de outro cômodo. Conseguimos nos defender e amarrar os dois para a prisão junto com minha parceira que estava comigo, até essa parte foi tudo bem conseguimos defender a família e o patriarca com sucesso. Pararia para tomar uma pouco de ar para continuar a falar. - Depois fomos para o palco onde muitas pessoas estariam ali alguns contras e alguns apoiando ele, foi nessa hora que começou a bagunça e fomos atacados tive que atacar e bloquear os golpes contra os adversários que lançavam contra o patriarca. Uma coisa que estávamos quase em perigo foi na hora que um dos piratas atacou com tudo e no último momento que ele iria matar nós dois já que quase não tinha força o líder chamou ele de volta e ficamos bem. Terminaria de falar com um pouco de raiva do pirata que tinha atacado ele e o patriarca que era a missão de proteção e não ter conseguido acabar com ele naquela hora.

Se sentiria um pouco mais leve depois de falar com o responsável dos relatórios de missões do governo, que acalmaria seu coração um pouco não ficar mais nervoso do que anteriormente ele estava. - Esse é o meu relatório da missão senhor, posso lhe pedir outra missão ou precisa de mais algo? Eu não irei falhar mais. Falaria enquanto se levantaria lentamente da cadeira onde estaria sentado e sairia com pequenos passos da sala se caso a pessoa não precisasse mais dele e iria para onde cuidaria das missões do Governo.

Se tivesse concluído com sucesso sua missão aguardaria seu pagamento pela missão e aguardaria novas instruções sobre sua nova missão que faria depois daquilo, pediria para depositarem no banco para ele ficar mais tranquilo em relação à segurança de seu dinheiro.

Se o homem fosse o responsável pelas missões do governo, ficaria e pediria uma nova para ele continuar sua jornada como agente, depois que falou que não iria falhar e honrar com seus compromissos ficaria como responsável de tudo que acontecesse com ele dali por diante.

Esperaria ansiosamente por sua nova missão para cuidar, estaria pronto novamente para cumprir uma nova missão que seus hematomas sumiram rapidamente dali onde tinha se ferido. Mas queria apenas saber de sua nova missão que teria que fazer depois dali.

Já estaria trajado para prosseguir com a missão e cumpriria com sucesso para defender o que é mais importante ali para ele e para o governo. Já estaria com suas espadas uma guardada na mochila e a outra na bainha para caso perca uma estaria com a outra pronta para atacar. Poderia ser uma missão fácil ou mediana apenas cumpriria com o seu dever como agente.


Histórico de Orochi:
 

OBJETIVOS:
 


FALA 1 - PENSAMENTO

Orochi Kozuki, O Dragão Verde

♦ The White Swan ♦ @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hooligan
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Hooligan

Créditos : Zero
Warn : The Victory Promise - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 23

The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 EmptyQua 08 Jul 2020, 23:44


O confronto entre Karthus e os caçadores havia acabado, aparentemente com o meu lado perdedor, após ser derrotado pelo capango do regente. Para minha surpresa a contraproposta da aposto - que ainda não havia sido revelada - era a minha inclusão no grupo do dono dos Log Pose. Em um primeiro instante fique receoso, mas o acolhimento e a fraternidade que transmitiam me deixou um pouco confortado. ─ Por essa eu não esperava... Comentaria. Então ficaria ali, observando os caçadores irem embora com a promessa de que retornariam, porém não deixando claro o seu propósito. ─ Vou esperar. Diria em baixo tom.

A primeira coisa que Karthus fazia era me surpreender tendo o conhecimento do meu passado com um pirata. ─ Nisso você tem razão, porém eu sofri um acidente e acabei parando em Conomi Island sem lembrar de nada. Até o momento em que me alistei no Governo Mundial não sabia do meu passado. Faria uma pequena pausa para respirar, reforçando em minha mente que não teria problemas expor minha atual posição. ─ Eu realmente tenho uma enorme curiosidade em saber que me acompanhava naquele tempo, entretanto não é como se uma parte de mim estivesse faltando. Concluiria para o líder do grupo.

De certa forma eu era acolhido pelos indivíduos que aparentemente foram incluídos no bando da mesma maneira que eu, aceitaria esse destino por ora e assumiria que minha falta de força havia sido a culpada, mas não negaria que na primeira oportunidade sairia pelo mar rumo a Grand Line, minha atual e mais recente cobiça. ─ Me sinto um pouco melhor, só preciso respirar um pouco. Indagaria aos questionadores. ─ Se há trabalho, não vou negar, vamos logo com isso! Caminharia calmamente acompanhando o veterano que fosse me guiar e já quase esquecendo o valor da dívida que tinha com os caçadores, não é como se eu fosse pagá-los, mas um acordo entre homens deve estar sempre na memória.

Se fosse preciso, realizaria os trabalhos braçais que me fossem solicitados sem melindre, encararia aquilo como um treinamento, aproveitando o máximo para observar Karthus e seus companheiros, desde o mais fraco até os mais próximos dele. Se houvesse algum momento e oportunidade não deixaria de questionar Joey ou Karthus. ─ Você poderia me contar um pouco mais sobre o homem que foi meu capitão? Qual era o seu nome, fisionomia, o que ele fazia, para onde foi? Indagaria como um tagarela para os homens. Aguardaria uma resposta se possível antes de realizar qualquer outra ação. ─ Tenho outra dúvida, como se ganha a liberdade aqui no farol? Aproveitaria para perguntar caso a oportunidade fosse dada.


Histórico:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




The Victory Promise - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: The Victory Promise   The Victory Promise - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The Victory Promise
Voltar ao Topo 
Página 6 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: