One Piece RPG
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Xeque - Mate - Parte 1
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Ceji Hoje à(s) 19:35

» A Ascensão da Justiça!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 17:33

» Wu-HA!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Oni Hoje à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Saitoshiba Hoje à(s) 15:45

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Alek Hoje à(s) 15:08

» Cap. 2 - The Enemy Within
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 14:21

» [Mini-Cadmo] Prelúdio
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Kiyomi1 Hoje à(s) 14:08

» [Mini - Moonchild] As a living shadow
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:01

» Hey Ya!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 12:06

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 10:50

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 08:54

» Em busca da resistência
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:30

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:09

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Meursault Hoje à(s) 04:53

» X - Some Kind Of Monster
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:59

» Primeiros Passos
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:09

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:07

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 21:19

» Alejandro Alacran
What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Emptypor Buggy Ontem à(s) 20:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 What Doesn't Kill You Make You Stronger

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptyTer 10 Mar 2020, 12:14

Relembrando a primeira mensagem :

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Asger. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 01/09/2017

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySex 24 Abr 2020, 01:49

What Doesn't Kill You Make You Stronger

O pequeno era tão maluco que chegava a me deixar um tanto abismado com uma característica tão estranha que ele tinha, a sua louquice me fazia com que eu tivesse que buscar as ferramentas por mim mesmo e era assim que eu faria para poder trabalhar nos planos dos quais eu havia em minha mente. Todo o trabalho que eu estava fazendo por ali chegava a ser tão exaustivo quanto um combate, algo do qual não me agradava muito já que as ações eram as que mais me deixavam perto dos meus objetivos, queria estar logo com Kraven em minhas mãos e aguardar, cada segundo que fosse, era terrível e por isso distraia a minha cabeça com o trabalho.

Envy era a que parecia mais aflita com os recentes acontecimentos e isso chegava a me perturbar um pouco, ter alguém que não estava com a cabeça em dia não era algo tão bom já que isso poderia ser prejudicial ao seu desempenho, mas confiava que meus companheiros logo mais estariam ao meu lado e em bom estado. Na hora da preparação anterior a invasão, Alice chegava com o que fora pedido anteriormente, me entregando um den den mushi e a cópia da qual eu havia pedido.

- Vocês se organizaram melhor do que eu imaginava. Há. Gostei. – A preparação daqueles humanos era algo do qual eu tinha apreciado e provavelmente utilizaria no futuro, para uma raça tão inferior, até que eles estavam se esforçando para tentarem chegar aos pés de nós tritões. Me alegrava em ver o tanto de recursos que eles estavam utilizando em nossa empreitada contra Kraven, não me importava quem controlaria essa cidade, visto que o seu grupo provavelmente evoluiria bastante em questão de poder quando a vitória fosse nossa. Uma colaboração por objetivos em comum, colocar o homem morto a vista de todos daquela ilha. Me focaria em decorar bastante das rotas que foram me mostradas e por fim subiria na carroça em direção ao ponto de entrada de nossa invasão.

Caminhávamos pelo esgoto bem mais preparados para entrarmos e percebíamos a movimentação de grupos de animais por ali e que logo percebíamos serem as ratazanas comentadas anteriormente, eles pareciam cada vez mais gordos e mutantes e percebia o quão perigosos elas estavam começando a se tornarem. – Quando vocês controlarem essa cidade, limpes os esgotos. – Falaria em um tom baixo para que minha voz não ecoasse em meio aos túneis.

Com todos os equipamentos preparados, começaria a serrar as principais barras que contornavam onde a grade estava presa, dado o tempo que teríamos até a chegada de Granberia, acreditava que o barulho gerado por tal não seria tanto como arrancá-las a força que além do barulho haveria também a gravidade interferindo em tremores. – Cuidem da retaguarda, mantenham-se atentos. As ratazanas podem se sentir incomodada. – Meu pedido seria principalmente para os meus companheiros, já que eles eram os mais importantes dali.

Teria alguns cuidados com as serras, pois principalmente só começaria o trabalho faltando poucos minutos até a chegada de Granberia, já que antes poderia acabar chegando algum homem para foder conosco e a nossa invasão ser descoberta antes mesmo de começar. O segundo cuidado seria com qualquer um dos meus companheiros relacionado a serra, já que uma ferramenta reforçada daquele jeito poderia acabar sendo um perigo para quem estivesse próximo e o terceiro seria tentar serrar apenas os pontos mais importantes da mesma para retirá-la, por último, tomaria todo o cuidado para que a grade não caísse no chão e fizesse qualquer barulho, tentando no último ponto, serrar até 90% do ferro e no momento em que fosse serrar o restante, pedir para alguém segurá-la para mim.

- Então, vamos? – Sorriria para quando Granberia chegasse, fosse após serrarmos a grade ou não. E esperaria toda a passagem dos meus companheiros para que começássemos o nosso caminho invasão a dentro. – Boa sorte. – Desejaria para Alice. E os primeiros passos seriam dados deixando que Granberia nos guiasse primeiramente, entregando o mapa para Envy. – Você é a nossa navegadora, seja os nossos olhos por esse mapa também. – Sorriria para a minha companheira, deixando que ela encarregada do mapa. Ouviria as precauções da ruiva sobre qualquer coisa que houvesse em nosso caminho e antes de encontrarmos com qualquer inimigo, primeiro tentaria analisar a situação e nos esconder em alguma parede próxima onde ele não tivesse a nossa visão para que não atacássemos de imediato.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySex 24 Abr 2020, 18:02



Post. 10



Asger mais uma vez se surpreendia com a organização e o modo da Família Satrinava de agir, de fato não era atoa que aquele grupo tinha certa influência na ilha, apesar de umas personalidades excêntricas aqui e ali na hora de fazer o trabalho aqueles humanos se esforçavam para fazer algo digno e significativo, nada que Asger não poderia ter pensado ele mesmo claro mas para o tritão detalhes como aqueles não iriam o impedir de obter o sucesso, mas claro era bom ter alguém que pensou em tais detalhes por ele. Enquanto cada um se manteve atento aos arredores o tritão serrou com cuidado maior parte das barras que estavam ali, sendo as mesmas de aço Asger teve que descartar aquelas lâminas com qualidade mediana usando já aqueles que ele mesmo projetou e reforçou, ainda assim por ser um número considerável de barras com um volume maior de material que uma lâmina daquelas de serrote tinha o tritão gastou uma lâmina inteira sobrando as demais é claro.

A silhueta da Granberia já poderia ser vista do outro lado daquele corredor, se aproximando sozinha a ruiva abria um sorriso ao ver os companheiros presentes já sem um coletivo de barras impedindo o contato físico entre eles, a ruiva rapidamente abraçou e cumprimentou cada companheiro da  forma que se era esperada dependendo da intimidade que ela tinha com cada um do bando mas por um momento ficava claro que ela olhava ao redor encarando os rostos que ela ainda não conhecia, em sua expressão ela não parecia buscar por uma apresentação ou algo do tipo mas sim uma outra pessoa em familiar, uma integrante do bando que ela não tinha visto na última visita e tão pouco nesta. De qualquer forma havia um trabalho a ser feito e para ela como a espadachim ainda não estava ciente do plano Granberia apenas seguiu guiando os grupos para fora daquele sistema de esgoto.

Dali para o hospital não era tão complicado, a parte mais difícil era do sistema da cidade achar a região específica do manicômio mas uma vez que tinham passado pelas grades o grupo precisava apenas seguir pelo caminho que os permitia caminhar, para Asger e Omar era um pouco mais difícil pois ambos eram altos o bastante para quase alcançar o teto daquela região, Granberia ficava atenta aos caramujos nas paredes se certificando que todos “dormiam” com uma pequena bolha saindo de suas narinas enquanto roncavam, foi ao chegar na frente de umas escadas de ferro que pareciam levar a um bueiro que a tritã parou. - Certo, subam um de cada vez, esse bueiro leva a sala de máquinas do sistema de irrigação do jardim, ninguém olha esse lugar e o jardineiro só passa aqui uma vez por dia. - Dizia ela ficando no pé das escadas garantindo que todos subissem.

Como Granberia tinha falado no primeiro encontro aquela passagem dava acesso ao jardim de trás do hospital, um lugar com um nível de segurança menor que no interior do manicômio ou de qualquer outra parte daquela estrutura, uma vez que subisse as escadas Asger se veria em uma cabana de madeira com diversas ferramentas para jardinagem assim como um pequeno carrinho de cortar grama que o tritão mesmo seria grande e parrudo demais para conduzir, em uma das paredes daquela cabana parecia existir um grande registro ligado a tubulações que talvez levasse ao sistema de irrigação do jardim como a ruiva teria citado antes. Fora a isso não existia nada muito interessante naquele lugar que chamasse a atenção de Asger, olhando pela janela enquanto os demais subiam a escada o tritão poderia ver que existia uns quarenta metros de jardim que separava o seu grupo até a construção principal, sendo que atrás da cabana tinha uns dez ou quinze metros que o separava de um dos muros do hospital, muro este que se tinha dois guardas sentados dentro de uma pequena cabine ao lado do portão de ferro.

De tal portão existia uma pequena estrada de terra que levava até a garagem do hospital, ao lado de tal estrada se via o jardim, tinha bastante arbustos ali e alguns chegavam até mesmo possuir formato de animais, na metade do caminho do jardim até a estrutura principal tinha duas mesas retangulares grandes com cadeiras retangulares compridas em cada lado dessas mesas, era como se fosse uma área para refeições a céu aberto, o jardim no geral era um breu mas a estrada possuía postes de iluminação em seu perímetro enquanto a região para refeições também possuía dois postes iluminando toda a região em volta de tal “setor”, os guardas na cabine pareciam ser os únicos atentos naquela região no entanto era difícil saber se na estrutura principal ainda existia alguém vigiando aquelas redondezas, no entanto era certo dizer que caminhar pela região iluminada poderia chamar atenção de alguém.

Envy aceitava o mapa acenando positivamente com a cabeça compreendendo a importância daquela tarefa apesar de claro eles terem Granberia com eles que já conhecia a região, ainda no interior da cabana a ruiva olhava pela janela. - Certo eu costumo caminhar por aqui sozinha no pretexto de fazer a vigilância mas os guardas ali fora não estão de enfeite... - Dizia ela apontando para a direção da cabine ao lado do portão. - No interior ainda vai ter alguns grupos de patrulha em cada andar, sem contar os caracóis de vigilância também, eles podem estar desligados agora mas daqui a pouco alguém se dá conta e liga eles outra vez, a minha ideia é tomarmos a sala de controle primeiro. - Sugeria Granberia apontando para um sala no primeiro andar ao lado de onde estava as escadas que davam acesso ao andar superior.

Citação :
Observação:
Grupo no subterrâneo: CÉU; Alan, Essek, NPC RANDOM¹
Grupo no Terreo: TERRA; Omar, Dahye-ri, Alex & Alice
Grupo no primeiro andar: OCEANO; Asger, Laezar, Granberia, Envy & Saulo

Mapinha: Só para ter uma ideia.
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Perdas:
- 500.000B$
- Evolutionite
- Manopla Dano: 4
- Sobretudo

Ganhos:
- Ragnarok [Manoplas] Dano: 4x level.
- Serrote.
- Lâminas de serrote. 2x de qualidade mediana [5/5 usos] 6x de boa qualidade [9/9 usos]

SP:
Ferimentos:

Legendas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySab 25 Abr 2020, 03:29

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Estávamos no local certo para começarmos a preparar em como entraríamos dentro daquela mansão, todos esperávamos por ideias de como poderíamos passar pelo enorme jardim e isto era algo do qual eu já tinha um tanto mais do que encaminhado já que passar pela estrada com iluminação era a coisa mais insegura que poderíamos fazer. Olharia para Granberia mais uma vez, ficando feliz em ver a ruiva da maneira mais característica dela, animada como sempre, meus cumprimentos anteriores a ela tinham sido curtos, mas só de estar ao seu lado meu coração já se agitava de uma maneira bem diferente de qualquer outra tritã, eu tinha um sentimento bem mais especial por ela.

- Acredito que não será benéfico para ninguém seguir pela estrada de terra com iluminação. Todos nós deveríamos alcançar o muro ao lado das escadas para termos uma grande proteção pelo breu. A chance de haver um guarda ou um caramujo nessas redondezas é menor, não é Granberia? – Tentaria confirmar a minha teoria através da minha companheira. – Os guardas na cabine podem ser um problema, mas seria ainda mais problemático encontrarem eles mortos antes de qualquer coisa. A sala de segurança é o melhor que podemos fazer agora e nós teríamos uma maior liberdade para agirmos do lado de dentro. – Fora então que a minha ideia surgira em minha mente.

- Ninguém iria desconfiar da Granberia, então, podemos fazer o seguinte: Ela vai pela estrada procurando por guardas, assim que ela avistar os guardas ela continuará andando normal até um momento em que ela achar certo e levanta-la as mãos para se espreguiçar. Nisso, será a nossa deixa para sabermos por onde deveremos seguir. – Daria um leve tom de suspense, só para ver se eles estavam ouvindo com atenção o que eu estava dizendo. – Nessa espreguiçada, ela levantará os dedos correspondentes a quantos guardas a cada lado de seu corpo e um leve movimento de mão para frente será quando deveremos andar pelo breu.

Se alguém me perguntasse alguma coisa correspondente a área de lazer iluminada, a resposta seria simples. – Vamos contorna-la, não podemos deixar que seja fácil nos verem. Vários de nós estamos mais “camuflados”. O preto está dominando nesse grupo. – Sorriria e esperaria para ver a reação dos meus companheiros, se fosse positivo, então concordaria com a cabeça e pegaria a mão de Granberia. – Está tudo bem para você agir assim? – Perguntaria para ela olhando em seus olhos, me lembrando dos momentos com Sylph brevemente, o momento em que eu não consegui perguntar se estava tudo bem para ela agir daquela maneira. – Certo. Nós iremos até o lado direito do manicômio, há uma escada por ali segundo o mapa e conseguiríamos passar rapidamente pelos corredores para chegar à sala. Não há muitas janelas por onde possam nos ver e é fácil chegarmos até lá. E é lá que, você, Granberia, deve nos encontrar como se estivesse vigiando entrando pela porta principal, se é por ali que você costuma entrar agindo como o cotidiano. A porta provavelmente estará fechada, acredito que você possa abrir para nós, certo? – Teria dito. Esperando uma confirmação dos três grupos e Granberia para que pudéssemos prosseguir o plano. – Ah, antes disso. Me diz, alguém tem uma arma silenciosa de longa distância? – Um arco ou algo similar a isto poderia ser útil em uma missão mais furtiva principalmente. – Seria bom para eliminar qualquer guarda sem alerta toda a mansão. – Completaria.

De uma maneira bem estratégia, procuraria manter-me abaixado com os joelhos flexionados e tentando não fazer muito barulho, prosseguiria seguindo os passos de Laezar que era o mais ágil entre nós, além de que ele tinha bastante conhecimento em furtividade. Faria com que os meus companheiros também agissem da mesma forma para que não tivéssemos grandes problemas. Procuraria de tempos em tempos olhar para Granberia se ela havia feito o sinal, sabendo onde estariam os guardas, tentaria dizer através de sinais, usando o indicador para que seguíssemos o mais longe possível da plataforma principal do térreo do local já que mais perto da lateral provavelmente seria ainda mais escuro e com isso também evitaríamos com mais sucesso a área de recreação que ali havia.

Com grande cautela e conseguindo chegar até perto da escada, esperaria mais um tempo para que pudéssemos agir já que provavelmente Granberia poderia ter algum atraso para abrir aquela porta, tendo alguém por ali ou não, já que pela frente não teríamos visão de quem estava naquele local. Sendo assim, quando imaginasse o tempo necessário para ela chegar até ali, daria a ordem para que seguíssemos para cima das escadas, mas antes de irmos por completo e desordenadamente, falaria em um tom baixo. – Um de cada vez. – E seria assim que guiaríamos, onde deixaria ser um dos últimos a ir para que não tivesse problema, até por eu ser um dos maiores dali e ser um grande alvo para que me avistassem.

Um dos maiores problemas, seria sermos avistados, caso tivesse contato direto com o guarda e notasse que ele estava começando a olhar fixamente para nós, pararia por completo todos. – Para baixo. – Falaria em um tom audível para os meus companheiros e deitaria com tudo no chão para que ficasse uma dificuldade maior para que nos enxergassem. Caso o homem tivesse nos avistado, indicaria quem era o guarda para o que tinha se encarregado de ter a arma furtiva de longa distância, caso isso não fosse possível, teríamos que improvisar. Onde eu começaria correndo até o mesmo ponto de antes, mas desta vez, não esperaria por nada, arrombando qualquer porta ou tentando empurrar qualquer inimigo para o lado. Em meio a corrida, eu começaria a tentar arruinar qualquer comunicação que pudesse ser dita. – Xiiiiiiiiii, quiscksk qoeiqoweiq soakdoq – Procuraria realizar sons de ruídos ou qualquer coisa similar para arruinar a comunicação interna dos funcionários e tentar ganhar um tempo com isto, mesmo sabendo que poderia não ser possível.

Uma vez do lado de dentro, procuraria reunir todo mundo por ali caso não tivéssemos nenhum inimigo a vista aparente, seria a partir dali que tínhamos que realizar mais um plano para que pudéssemos invadir a sala de controle da maneira mais furtiva possível. – Alguém tem uma ideia? – Perguntaria, esperando por uma resposta.



Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptyDom 26 Abr 2020, 16:12



Post. 11



Ninguém se manifestava contra o plano de Asger, pela a expressão de cada um ficava claro que deixar Granberia seguir sozinha na frente era a decisão mais racional naquela altura, afinal a tritã ainda era vista como uma aliada dos inimigos. - Por mim tá tranquilo. - Respondia a ruiva a sua forma casual não parecendo ver nada de errado com aquela ideia, perguntando sobre uma arma silenciosa de longa distância cada um se entreolhava e pela própria percepção e memória de Asger ele mesmo não via ninguém com rifles com silenciadores ou pistolas com tal aparato, muito menos um arco. - O máximo que posso fazer é usar minhas facas de arremesso. - Respondeu Alice assim que Asger comentava o motivo de sua pergunta.

Com Granberia seguindo na frente pela estrada os demais seguiam pelo breu do jardim em uma manobra mais furtiva, o interessante de se observar é que com armadura ou sem ela Asger não era exatamente o mais furtivo daquele grupo, se o mesmo fosse andar por trás de uma moita parte de seu corpo ainda ficava visível, mesmo caminhando pelas sombras estando um pouco agachado os seus passos pesados as juntas de sua armadura tudo isso fazia um barulho que poderia atrair alguma atenção e por causa disso o tritão precisava se mover lentamente, com o mínimo de movimentos bruscos o possível para não chamar nenhuma atenção mas infelizmente até mesmo isso tinha um preço. Seu grupo acabava ficando um pouco para trás naquela caminhada, o time TERRA podia facilmente acompanhar a movimentação de Granberia pelas sombras daquele jardim caminhando perto da linha de algumas árvores frutíferas e uma pequena horta que tinha ali mas o time OCEANO ficava um pouco para trás ainda se vendo nas redondezas da cabana.

Por ser um comunicador por time era meio complicado pedir uma subdivisão dentro do grupo OCEANO mas sempre há a oportunidade do tritão desejar apertar o passo se movimentando assim de uma forma um pouco mais arriscada, olhando para Granberia que aos poucos ia se afastando ele não via nenhum sinal o que poderia indicar que por enquanto a área estava limpa e que talvez os quartas de trás não estivessem prestando muita atenção o que acontecia dentro dos muros naquele momento. Conforme a tritã ia seguindo nenhum sinal era feito o que poderia indicar que ou aquele campo estava limpo ou que ela simplesmente não percebia ninguém naquele perímetro, enquanto a própria seguia para a entrada principal Asger e seu grupo começava a fazer caminho para uma das entradas laterais, coisa que o grupo TERRA já parecia fazer algum tempo atrás. - Desastre a estibordo, recomendando caminho a bombordo. - Era a voz de Alice que soava no baby den den mushi carregado pelo o grupo OCEANO, Asger poderia lembrar que esse código se relacionava para as três grandes figuras daquela operação, um deles estaria na passagem que Asger pensou em tomar como entrada mas ainda não ficava claro qual deles estaria ali, junto com o código havia também uma sugestão de caminho a ser tomado.

Independente do plano que o tritão formulasse ali Granberia não estava com eles e também não tinha um comunicador com ela, a ruiva querendo ou não seguiria para aquela passagem esperando encontrar os seus aliados então uma mudança de planejamento não era assim tão simples quanto se esperava. Caso fosse da vontade do tritão ele poderia continuar seguindo até aquela direção para ver quem estaria ali, ele também poderia responder pelo o comunicador a maneira de agir de agora em diante mas tinha que ter em mente que um outro alguém poderia estar na escuta.

Citação :
Observação:
Grupo no subterrâneo: CÉU; Alan, Essek, NPC RANDOM¹
Grupo no Terreo: TERRA; Omar, Dahye-ri, Alex & Alice
Grupo no primeiro andar: OCEANO; Asger, Laezar, Granberia, Envy & Saulo

Mapinha: Só para ter uma ideia.
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Perdas:
- 500.000B$
- Evolutionite
- Manopla Dano: 4
- Sobretudo

Ganhos:
- Ragnarok [Manoplas] Dano: 4x level.
- Serrote.
- Lâminas de serrote. 2x de qualidade mediana [5/5 usos] 6x de boa qualidade [9/9 usos]

SP:
Ferimentos:

Legendas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySeg 27 Abr 2020, 16:45

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Como já desconfiava, ninguém havia uma arma silenciosa a ponto de ser tão mortal, mas Alice tinha, no mínimo, as suas facas de arremesso para improvisar em alguma situação. Devido a natureza do peso constante dos equipamentos e de meu tamanho, a furtividade obviamente não era o meu forte, o que fazia com que acabássemos ficando um pouco mais atrás em relação aos outros grupos. O maior problema era o que acontecia logo a seguir com um desastre a nossa frente bem no caminho do qual tínhamos encontrado, era possível de evita-lo através da sugestão que o time de Alice realizava e eu via um grande problema em ter que passar pela área de iluminação já que eu era um dos grandes alvos para o nosso grupo.

Além disso, outro problema era que não tínhamos coordenação para lidarmos com o desastre de foram efetiva sem que ele alertasse os outros, ou seja, basicamente estávamos em uma enrascada enorme. Como estávamos querendo evitar combates até a sala, tínhamos que partir para a área correta que tinha sido sugerida com uma cautela tão grande quanto antes.

Seguindo usando os mesmos passos de antes, ainda tentaríamos passar pelo breu para que não fossemos detectados com facilidade, meus passos seriam lentos e eu tinha que manter a armadura junto a mim, era uma proteção a mais da qual eu havia e mesmo que não fosse vantajosa naquela parte da missão, tinha certeza que futuramente teria um uso ainda maior. – Corrigindo curso para bombordo. - Daria a chamada para que ficássemos mais ligados e assim distraíssemos os que estavam ouvindo, já que tal ligação poderia estar vindo do mar ou algo parecido com isso, era difícil deles detectarem que estaria acontecendo uma movimentação dessas por dentro do seus muros.

A primeiro instante, procuraria analisar tudo o que estava acontecendo ao redor e inclusive colocar meus ouvidos focados em passos inimigos já que agora não contávamos já com a presença da nossa companheira chave na missão. Eu não me assustaria em ela encontrando o “desastre” no estibordo já que teríamos companheiros para lhe auxiliarem caso quisessem silenciá-lo, além disso, sabíamos para onde iriamos todos e isso não havia sofrido alteração.

Na hora de cruzarmos a luz, eu teria que ser rápido para não ficar exposto tanto tempo por ali, por isso, arriscaria utilizar um dash utilizando meus membros inferiores de maneira rápida para que o meu pouso fosse minimamente tranquilo. Deixaria que meus companheiros atravessassem da maneira que melhor achassem já que cada um tinha um estilo diferente e falar em um momento como aqueles poderia acabar quebrando a concentração dos meus companheiros.

Conseguindo atravessar sem maiores problemas, seguiria o mesmo plano de antes, assim como o lado, quase como uma simetria meio caótica, havia uma sala de mesma proporção que o lado leste do hospital. O único problema seria a porta, da qual avaliaria com melhor cautela de como nós conseguiríamos invadir por ali, seria o único momento do qual comunicaria com a minha equipe em um tom mais baixo de voz. – Alguém tem uma habilidade escondida para essa porta? – Perguntaria para eles, procurando ver se alguém havia alguma perícia relacionada ao arrombamento, Laezar era bem furtivo, mas não sei as suas capacidades relacionadas a isso.

Em qualquer perigo que houvesse, com qualquer um guarda ou algo relacionado a isso, eu pararia no mesmo instante para analisar melhor a situação, tomando todas as precauções para não ser avistado pelo mesmo e olhando para onde estavam os meus companheiros, sinalizando com a arma para que parassem.


Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptyTer 28 Abr 2020, 10:17



Post. 12



A presença de um dos desastre bem no início daquela operação não era um bom sinal, de qualquer forma Asger sabia que não poderia deixar aquilo travar a sua missão e por isso aceitou a sugestão de Alice e logo seguiu para a direção indicada, como o tritão não estava exatamente “próximo” do destino original foi tranquilo ele mudar a sua rota para a porta do outro lado, no entanto o caminho era traiçoeiro já que o time OCEANO ainda precisaria passar pela região iluminada. Durante seu caminho olhando a sua volta Asger não via nenhum guarda que pudesse o preocupar, pelo menos até onde ele poderia ver os guardas na cabine do portão já estavam bem distantes, mesmo que eles tivessem visão da estrada e da região iluminada ainda existia uma chance do tritão e da sua equipe passarem despercebidos.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Com cautela cada um passava por aquele obstáculo com velocidade enquanto o outro ficava atento aos arredores, o primeiro a passar por lá era Asger que apertava o passo tentando executar um dash para alcançar o outro lado da forma mais veloz que ele fosse capaz, no entanto o que deveria parecer com um ladino ou um outro tipo de figura furtiva mais se parecia com um jogador de futebol americano se movimentando pelo campo executando um tipo de tackle até o outro lado de tal obstáculo. Era possível se escutar aquele som característico de algo muito pesado sendo arremessado com o leve “chacoalhar” das placas de aço que a armadura produzia, deixando claro que o “algo pesado” era o tritão que mais uma vez não se mostrava perito em furtividade.

Felizmente o máximo que aquilo ocasionou foi na breve atenção de um dos guardas na cabine que se virava para a direção que tal som parecia se originar, como todos estavam alerta aos dois vigias aquela reação não foi uma surpresa para ninguém, principalmente depois de Asger fazer barulho, nas sombras o time OCEANO pode ver o guarda bocejar e voltar para o interior da cabine já não ficando mais visível, era possível que o mesmo achasse que foi apenas impressão dele ou algum animal que estivesse rondando por ali. Respirando de forma mais aliviada o restante do grupo foi passando pelo o obstáculo e se encontrando com Asger do outro lado do campo escondido nas sombras que uma série de arbustos produzia.

Com todos reunidos do outro lado o time de Asger avançou até a entrada lateral indicada por Alice, uma entrada que Asger já tinha conhecimento por ter olhado no mapa anteriormente e por isso não havia nenhuma surpresa ao ver ali uma pequena leva de escadas que dava a uma porta de madeira, no entanto o que poderia surpreendê-lo era que acima desta porta tinha um tipo de caramujo de vigilância similar àqueles encontrados no galpão de Kraven e também na região do sistema de esgoto onde os seus homens despejam os corpos e experimentos fracassados. - Parece que alguém já se deu conta que a vigilância estava desligada. - Comentou Laezar parado agachado atrás de um arbusto. - Eu posso cuidar da porta mas o que fazemos com aquele caracol? - Perguntava Envy já também respondendo a pergunta de seu capitão, se Asger lembra-se bem ele ainda se recordaria da localização da sala de controle caso o mesmo tenha o interesse de seguir até ela mas ele também lembrava de Granberia dizendo que ainda existia guardas no interior do manicômio assim como mais daqueles caramujos de vigilância.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Observação:
Grupo no subterrâneo: CÉU; Alan, Essek, NPC RANDOM¹
Grupo no Terreo: TERRA; Omar, Dahye-ri, Alex & Alice
Grupo no primeiro andar: OCEANO; Asger, Laezar, Granberia, Envy & Saulo

Mapinha: Só para ter uma ideia.
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Perdas:
- 500.000B$
- Evolutionite
- Manopla Dano: 4
- Sobretudo

Ganhos:
- Ragnarok [Manoplas] Dano: 4x level.
- Serrote.
- Lâminas de serrote. 2x de qualidade mediana [5/5 usos] 6x de boa qualidade [9/9 usos]

SP:
Ferimentos:

Legendas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySex 01 Maio 2020, 18:58

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Embora o barulho seja bastante prejudicial para a missão, ainda tínhamos que passar pelo caminho mais longo até a outra escada e acontecia algo que era totalmente prejudicial para a nossa operação, um caramujo vigiando logo a porta da qual estávamos querendo entrar. Minha cabeça começava a trabalhar em alguns tipos de soluções para tal, não tinha uma certeza de como continuaríamos aquela parte sem que alertássemos os guardas dentro da cabine. - Então.. acho que vamos precisar desse sobretudo. - Alertava o meu companheiro em relação a vestimenta da qual eu havia doado recentemente, ela poderia ser útil naquela circunstância.

- Nós não temos como eliminar o caramujo ou silenciá-lo de completa furtividade, então a minha ideia é sermos rápido o suficiente para deixá-lo cego por um mínimo de tempo. - Quando algum deles me perguntasse a maneira da qual faríamos aquele plano, seria de forma bem simples: - Primeiro, pegue alguma pedra ou coisa que faça barulho, isso chamará a atenção do caramujo quando a jogarmos em uma direção que queremos que ele olhe. Após isso, Envy, você está encarregada de jogar o sobretudo no caramujo, se jogar da maneira certa, ele ficará preso na antena e teremos um curto espaço de tempo para que a porta seja aberta. - Alertaria a atiradora.

- Creio que tenhamos duas tentativas para isso, uma terceira chamará muita atenção. - Respiraria de forma profunda. - Seguiremos para a esquerda em uma sala mais aberta, vamos ir encostado as paredes. Após isso, vamos avaliar melhor a situação. Ah, o último que entrar pega o sobretudo e fecha a porta. - Nesse momento, desceria um pouco a escada para ver se havia algo que poderia fazer um barulho decente por perto, caso contrário, procuraria em minha mochila o meu martelo e assim que ela estivesse pronta, jogaria para a esquerda, procurando ter a sua atenção voltada ao objeto.

Esse seria o momento mais primordial da operação até agora, pois assim que Envy conseguisse abrir a porta, invadiríamos em peso comigo na linha de frente procurando ir rapidamente para a esquerda. Se encontrássemos com qualquer um que estivesse por perto, procuraria rapidamente agarrá-lo de qualquer maneira e puxá-lo para perto, vendo se conseguiria colocar a minha mão em sua boca para que ele fizesse o mínimo de barulho possível. Veria se todos os integrantes estavam seguros antes que pudéssemos analisar melhor a situação, tentaria olhar para os lados e nas outras salas, contar os seguranças, ver por onde estavam observando e se estavam tendo algum tipo de padrão de comportamento.

Caso não conseguíssemos da primeira, repetiríamos a segunda, na terceira, olharia para Envy. – Isso não vai dar certo, nocauteie o caramujo. – Daria qualquer coisa pesada para a atiradora de maneira a fazer com que ela destruísse o den den mushi. – Deixe a porta fechada, vamos, se esconda por aqui. – Iria para a área mais aberta ao lado da escada onde manteríamos próximo a parede e esperaríamos até o guarda mais próximo abrir a porta para investigar o caramujo.

Quando ele olhasse para baixo, seria o momento certo para invadirmos, pois antes que ele abrisse a porta, eu respiraria de forma profunda de maneira aos meus braços se expandir e meu soco vir com uma capacidade muito maior para acertá-lo com forma em seu plexo solar de maneira a retirar totalmente o seu fôlego. Já tentando agarrá-lo e arrastá-lo até a outra sala. Em qualquer outra situação, procuraria primeiramente analisar toda ela para posteriormente tomar uma melhor ação.


Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptyDom 03 Maio 2020, 14:47



Post. 13



A segurança do local se mostrava um grande desafio para aquela operação, isso só destacava a importância de assumir o controle da sala de segurança, no entanto ainda poderia existir guardas no local que não fariam com que tal trabalho fosse assim tão simples. Ao explicar seu plano cada um acenou com a cabeça mostrando-se de acordo com a estratégia, não era muito complicado conseguir uma pedra para se arremessar ali, por estar no jardim era possível pegar um cascalho ou outro para fazer tal arremesso. O primeiro disparo não pareceu chamar atenção do caramujo, apesar de esboçar certa curiosidade para a região em que a pedra caiu o aparelho animal ainda não parecia inclinado a virar sua atenção até tal local, talvez por preguiça ou falta de interesse, talvez pensando na possibilidade de ser apenas um animal o caramujo continuou encarando a região que ele deveria até Asger arremessar um cascalho que acertou a copa de uma árvore e ai sim a criatura virou a sua atenção.

Envy que teve seu devido tempo para se posicionar enquanto Asger arremessava os cascalhos imediatamente saltou do arbusto que se escondia e jogou o sobretudo sobre a câmera de vigilância, ao mesmo tempo ela já corria para a porta começando o processo de arrombamento enquanto os companheiros começavam a correr em direção a porta. O den den mushi parecia ficar sem entender o que ocorria, era possível ver sua silhueta movendo de um lado para o outro fazendo que assim o sobretudo ameaçasse a cair, isso dava a impressão que a sereia tinha um limite tempo para agir antes do sobretudo cair. A atiradora mordia seu lábio inferior sentindo a importância daquele trabalho, com uma gota de suor escorrendo de sua testa Envy agia com uma destreza invejável até que finalmente eles puderam ouvir um “click” se não fosse um trabalho furtivo eles até poderiam comemorar mas o tempo era a chave do sucesso daquela operação, imediatamente Envy abriu a porta e todos puderam entrar deixando que Saulo recuperasse o sobretudo sem entrar na linha de visão do caramujo.

No interior daquela construção tudo que Asger podia ver de imediato era um extenso corredor, não só largo como também alto, em cada lado tinha um porta que daria acesso a salas que o tritão não tinha certeza para onde daria, no atual momento ali não apresentava guardas mas a quase oito ou a nove metros de distância Asger poderia ver um segundo caramujo de vigilância no alto da parede a sua direita. A iluminação estava bem fraca devido talvez ao horário, apenas algumas das lâmpadas estavam acesas talvez na intenção de apenas de luz o suficiente para auxiliar no sistema de segurança, pela a falta de seguranças naquele momento Asger poderia deduzir que poderia existir uma patrulha passando por ali de tempos em tempos já que a própria Granberia tinha informado que dentro do manicômio existia sim seguranças.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Asger poderia adotar a mesma estratégia que antes mas existia um grande problema que era a falta de cobertura para se esconder, afinal alguém poderia arremessar algo para distrair a vigilância mas o campo aberto que seria percorrido até conseguir alcance para um arremesso poderia atrair a atenção do caramujo de volta, algo que não ocorreu antes pela abundância de arbustos e algumas árvores ainda próximos da porta que o grupo teve acesso. Pela planta que Asger tinha com a Envy ele poderia ver que as salas próximas da entrada são ambientes espaçosos sem uma segunda entrada ou saída além da janela que essas mesmas possuem, logo depois do den den mushi de vigilância existe uma escadaria que dá acesso tanto ao segundo andar quanto para o porão, caso ele ainda queira ir para sala de controle Asger precisa ir além do caramujo e chegar quase no fim do corredor onde só precisa entrar na sala a sua esquerda.

Citação :
Observação:
Grupo no subterrâneo: CÉU; Alan, Essek, NPC RANDOM¹
Grupo no Terreo: TERRA; Omar, Dahye-ri, Alex & Alice
Grupo no primeiro andar: OCEANO; Asger, Laezar, Granberia, Envy & Saulo

Mapinha: Só para ter uma ideia.
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Perdas:
- 500.000B$
- Evolutionite
- Manopla Dano: 4
- Sobretudo

Ganhos:
- Ragnarok [Manoplas] Dano: 4x level.
- Serrote.
- Lâminas de serrote. 2x de qualidade mediana [5/5 usos] 6x de boa qualidade [9/9 usos]

SP:
Ferimentos:

Legendas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySab 09 Maio 2020, 21:51

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Conseguíamos passar, de certa forma, tranquilo até o momento atual e percebíamos que a cada passo que nós dávamos, tinha um problema ainda maior. Embora ainda fosse do mesmo tipo do anterior, não haviam maneiras de repetir o mesmo procedimento, tanto pela falta de recurso, espaço ou também com a iluminação sendo favorável para que fôssemos descobertos. A furtividade não era nenhum pouco do meu forte e eu começava a ter menos ideias de como poderia trabalhar para passarmos pelo caramujo de uma maneira que isso não facilitasse a nossa descoberta durante ou posteriormente. – Até agora não houve um momento em que poderíamos ter comemorado. – Dava um leve “tsc” enquanto teria dito em uma voz bem baixa, procurando apenas deixar meus pensamentos fluírem em voz alta.

A porta da qual estávamos querendo passar estava sendo vigiada e cada vez parecia que estávamos mais perto de sermos descobertos por qualquer patrulha que vigiasse por ali. – Alguma ideia? – Perguntaria para os meus companheiros em busca de maior conhecimento sobre o que poderíamos estar fazendo. Sabia que esperra era a última coisa da qual gostaria de fazer, humanos sempre são desastrados e não duvidaria nada que isso poderia acabar dando errado dentro da sala de vigilância e a minha preocupação ainda estava em Granberia e o desastre, o que será que poderia ter acontecido com eles?

Meus olhos analisavam mais uma vez a situação e concluía que a melhor forma de passar por aquele caramujo seria tentando enganar os próprios seguranças ou contar com a sorte de qualquer um que possa estar olhando aquelas câmeras, os mesmos não apitavam ou faziam qualquer sinal sonoro, então, havia a possibilidade do homem estar dormindo. – Não há muitas alternativas para seguir, então sejamos rápidos. – Seria o primeiro a seguir em frente, procurando acelerar o passo e deixar que todos viessem em uma fila indiana logo atrás, com isso, assim que passasse a escadaria, procuraria socar a porta com a maior força que pudesse ter, a furtividade já estava em risco e tinha grandes dúvidas que encontraríamos a porta da sala de segurança aberta daquela maneira, além disso, poderia servir de grande ajuda para salvar um possível confronto do outro grupo e conseguíssemos uma maior infiltração.

No momento em que entrasse naquela sala, se a porta viesse a ceder, meus membros superiores e inferiores já estariam prontos para avançar contra o primeiro homem que eu visse, este, em particular, agarraria em seu pescoço e tentaria fazer com que ele batesse levemente a cabeça em qualquer parte daquele local para que o desmaiasse, mas não morresse, ou qualquer coisa próxima a isso que fizesse ele estar atordoado tempo o suficiente para que limpássemos aquela sala de qualquer segurança que poderia haver, já que os próprios guardas que controlavam aquilo, normalmente, em casos habituais, não eram mais habilidosos como os guardas fora dali. Contudo, no momento em que visse qualquer um procurando algum tipo de coisa no bolso, agiria como uma grande fera e tentaria utilizar o meu punho para machucar o seu torso com uma tremenda força para que ele não viesse a conseguir fazer qualquer coisa. Sabia como que os soldados de Kraven agiam, e não queria que nenhuma besta viesse a acontecer de forma tão cedo por ali.

Meus companheiros eram mais do que capazes para lidar aquela sala junto a mim, por isso, sabia que eles não haveriam problemas. Mas, em todo caso, minha ação não seria ficar parado ou deixar que eles se virassem por conta própria, utilizaria qualquer parede ou máquina para me servir de apoio, empurrando meu corpo para a direção que eu gostaria de ir e pularia contra o homem mais próximo, tentando dar uma cabeçada ou investida com o ombro nele enquanto meu corpo envergaria para pular para o outro lado da forma mais possível girando-o no sentido correto de meu inimigo e tentando acertá-lo com o máximo de força que conseguisse adquirir daquelas manobras.

No exato momento em que conseguíssemos limpar o ambiente, encarregaria de fechar a porta novamente, tentando ajeitá-la da forma mais rápida possível e tentar disfarçar que ela tinha sido quebrada anteriormente, ajeitando-a através das minhas ferramentas que carregava na mochila. – Deixe-o vivo. – Usaria meu dedo para apontar ao primeiro homem que possivelmente teria desmaiado do meu golpe ou dos próximos que desenrolariam a seguir. Após isso, procuraria analisar as câmeras para ver quão em perigo nós poderíamos estar em relação aos guardas e tomar qualquer ação a seguir.


Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptyDom 10 Maio 2020, 15:39



Post. 14



A infiltração na mansão ocorria com certo sucesso apesar de todos os desafios, de fato aquela não era uma tarefa fácil mas isso não significava que a mesma era uma missão impossível afinal vale lembrar que Laezar já tinha feito um percurso pela mena alguns dias atrás. A ouvir a pergunta de Asger o vermelho levantou seu olhar para encarar o caramujo. - Eu não acho que aquela coisa possa ver no escuro, claro que nem a gente pode mas pelo menos sabemos o caminho que devemos seguir. - Falou ele em um tom não muito alto de forma que só o grupo fosse capaz de ouvir. - Se “apagarmos” as luzes podemos fazer o nosso caminho sem mais incômodo, afinal lâmpadas estão sempre queimando e se estourando por aí. - Concluía ele mostrando entre seus dedos um pedra um pouco menor que aquela que Asger arremessou anteriormente.

O motivo do vermelho possuir tal recurso era um mistério, talvez ao ver o capitão arremessando pedras anteriormente tivesse o influenciado a fazer o mesmo, o que importava é que Laezar dava uma sugestão ao seu capitão, aquela ação poderia chamar atenção por causa do barulho mas caminhar na linha de visão do den den mushi de vigilância também poderia chamar alguma atenção e por isso ficava a encargo de Asger escolher o caminho que deveria ser seguido. Enquanto o tempo ia passando naquela breve discussão não havia nenhum sinal da patrulha de seguranças por enquanto, a construção era grande e espaçosa com um número considerável de salas e corredores o que poderiam justificar a breve ausência de pessoas ali.

Era um pouco antes de seguir pelo o corredor que Asger poderia ouvir uma voz vindo do den den mushi de sua cintura. - O mar está limpo novamente desastre fora de vista, o vento deve está soprando de volta para onde veio. - Dessa vez era a voz de Alex no den den mushi, que pelo código dava a entender que seja lá o figurão que tivesse aparecido ali agora ele estava voltando de volta para o interior do hospício, estando claro do outro lado da construção completamente fora do alcance ou da visão de Asger. - Vamos seguir com o percurso original enquanto vocês continuam na rota que encontraram. - Completava o jovem tritão encerrando a chamada caso o próprio Apocalipse não respondesse ou desse nenhuma informação pertinente.

Seguindo pelo o corredor com o as luzes destruídas ou não o grupo andava a passos rápidos buscando não fazer muito barulho sendo que para Asger essa era uma tarefa quase impossível dado a sua armadura, no entanto se as luzes tivessem sido destruídas o caramujo de vigilância sequer perceberia os piratas passando por ele, mesmo com o leve som que a armadura de Asger produzia quando o tritão se move, já na situação das luzes terem sido mantidas intactas o grupo poderia não só ver como também sentir os olhos do caracol os seguindo enquanto eles se moviam, a criatura não emitia nenhum som ou pelo menos não um som que eles pudessem ouvir ali mas fora a isso não existia nenhum outro indicador de que eles teriam sido notados.

No fim do corredor, antes de alcançar a sala de segurança, uma dupla de seguranças virou entrando no corredor em que o bando pirata se encontrava, os dois guardas que vinham do salão principal não carregavam nenhuma fonte de luz com eles e por isso não teriam sido detectados antes desse súbito encontrão. Os guardas que contavam apenas com a iluminação do ambiente se pegavam desprevenidos pelos tritões que invadiam ali, principalmente se as luzes tivessem sido destruídas, essa reação de pasmo e surpresa dava tempo de Asger pegar um dos seguranças já pelo pescoço enquanto Laezar puxava o segundo em um mata leão já forçando o mesmo a desmaiar.

Por pegar um dos guardas pelo pescoço o mesmo tinha dificuldade em respirar e até mesmo para gritar mas isso não o impedia de reagir, puxando uma adaga de sua cintura o homem tentou esfaquear Asger mirando um ataque em seu peito mas a armas apenas riscou pela sua armadura sem deixar um arranhão na mesma. O tritão podia sentir o estrutura frágil daquele pescoço, no fundo Asger sabia que poderia facilmente quebrar o pescoço daquele fraco segurança e assim dar um fim a sua vida, mas se não fosse esse o seu desejo não demoraria muito mais que alguns segundos para o humano cair inconsciente. No fim aqueles guardas não pareciam um desafio, pelo menos esses que Asger acabou de encontrar não eram nada além de humanos comuns com alguma vivência ou pequena habilidade para com o combate.

A partir dali o grupo se via livre para seguir até a porta da sala de segurança se esse ainda fosse o seu objetivo, Asger também poderia continuar com a ação de derrubar a mesma se quisesse e se o fato do “desastre” estar agora dentro da hospício não viesse a mudar sua ideia. Se fosse esse o caminho desejado a porta não resistiria ao golpe do tritão, a mesma se despedaçou no momento em que o soco acertou seu alvo deixando nada além de alguns pedaços de madeira onde antes se encontrava as juntas da porta. O evento que ocorreria a partir dali dependerá das decisões tomadas pelo o tritão anteriormente.

Off: Malz o post simples e sem muito progresso mas existe um lado bom e um lado negativo tanto na ideia do Laezar quanto na sua e as duas pelo o que vi aqui podem influenciar em eventos que vão rolar nos próximos posts, sendo uma puxando evento X enquanto outra puxa um evento Y por exemplo.

Citação :
Observação:
Grupo no subterrâneo: CÉU; Alan, Essek, NPC RANDOM¹
Grupo no Terreo: TERRA; Omar, Dahye-ri, Alex & Alice
Grupo no primeiro andar: OCEANO; Asger, Laezar, Granberia, Envy & Saulo

Mapinha: Só para ter uma ideia.
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
- [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Perdas:
- 500.000B$
- Evolutionite
- Manopla Dano: 4
- Sobretudo

Ganhos:
- Ragnarok [Manoplas] Dano: 4x level.
- Serrote.
- Lâminas de serrote. 2x de qualidade mediana [5/5 usos] 6x de boa qualidade [9/9 usos]

SP:
Ferimentos:

Legendas:
 



____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 EmptySeg 11 Maio 2020, 22:56

What Doesn't Kill You Make You Stronger

Uma das minhas surpresas era que tínhamos carregado consigo uma pedra das atiradas anteriormente pelo meu braço direito, isso facilitava o nosso trabalho já que a lâmpada simplesmente explodia e o caramujo já não conseguia mais ver a nossa presença por ali, sorria para Laezar em meio a escuridão, mesmo que ele não visse o meu sorriso de satisfação pela sua tática brilhante.

O den den mushi soava em um tom baixo para me informar que não havia perigo para o segundo grupo, ficava feliz em saber que não tinham entrado em combate e mantido escondido durante todo esse tempo, facilitava a nossa invasão. Não responderia para que a minha voz não fosse escutada, mantendo-me quieto durante todo esse tempo para que isso não viesse a acontecer. Andaríamos o caminho todo durante aquele breu para que pudéssemos ter sucesso em nossa missão já que não queríamos ser vistos, pelo menos, não por enquanto.

Em meio ao caminho, dois seguranças apareciam em nosso caminho, o susto deles era uma bela forma de verem os seus rostos e antes que pudessem ter qualquer reação, minhas mãos estavam em seu pescoço e o seu companheiro morto rapidamente pelas mãos do vermelho, a falta de visibilidade havia nos ajudado. Eu observaria o seu olhar de pânico por mais um segundo e antes que ele desmaiasse, minha outra mão se juntaria a primeira e quebraria com força o seu pescoço. – Sem testemunhas. – Teria dito para mim mesmo em meus pensamentos, desta vez, sem dialogar em voz alta.

Minhas ações mudavam por completo sabendo que o desastre estava novamente do lado de dentro do manicômio. Não poderíamos fazer uma grande quantidade de barulho dessa maneira, por isso, quando chegássemos na porta, procuraria bater três vezes nela de forma bem leve. – O Michael está? – Tentaria manter uma voz de dúvida, mentir não era dos meus maiores feitos, mas, não custaria nada tentar algo assim no momento de perigo. – Algumas luzes queimaram, ele disse que ia ver se o problema não era aqui. Tem como eu entrar para dar uma olhada? – Minha voz grossa era o maior desafio disso, a dúvida poderia ser um grande desafio e a negação uma probabilidade alta. – Cara, você está sem visão nas câmeras, as luzes estão queimadas e não sabemos o problema, tem certeza que quer esperar ainda mais? Se entrar alguém aqui que não tem permissão, você vai querer mesmo que saibam que a segurança ficou com medinho de alguém na porta deles? – Por fim, esperaria mais um minuto atrás daquela porta, em último caso, teria que apelar para a minha primeira decisão.
Os meus movimentos assim que eles abrissem a porta não seriam diferentes dos planejados anteriormente, minha mão rapidamente iria pulando em seu pescoço e tentando fazer com que ele batesse a cabeça na parede mais próxima ou qualquer coisa similar, tentando pegá-lo de surpresa. Os próximos seriam rapidamente atacados por meus companheiros e por mim logo em seguida após acabar com o primeiro cara em minha frente, pularia com velocidade na direção daqueles que estivesse mais próximo de mim, usando dos meus membros inferiores para dar o maior impulso possível em sua direção, tentando acabar com eles com socos em áreas que os impossibilitasse de falar, plexo solar, traqueia, entre outros.

Conseguindo finalizá-los, tentaria rapidamente fechar a porta para que pudéssemos ter maior segurança devido a alguém ter ouvido ou algo similar, ficando de frente para a mesma e falando em um tom normal. – Aportamos tranquilamente, finalmente o mar está calmo. – E respiraria de forma profunda, procurando olhar pelas câmeras.


Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: What Doesn't Kill You Make You Stronger   What Doesn't Kill You Make You Stronger - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
What Doesn't Kill You Make You Stronger
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: The Wonderful Land-
Ir para: