One Piece RPG
II - Aliados - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Ficha] Kuze Kyoji
II - Aliados - Página 6 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 17:05

» Kizumonogatari
II - Aliados - Página 6 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 16:40

» [MEP] Cachorros da Dor
II - Aliados - Página 6 Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:30

» [Mini-Archer James] Cachorros da Dor
II - Aliados - Página 6 Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:21

» Una Regazza Chiamata Pericolo
II - Aliados - Página 6 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 16:06

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
II - Aliados - Página 6 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:20

» Unidos por um propósito maior
II - Aliados - Página 6 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:10

» Busca Implacável
II - Aliados - Página 6 Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
II - Aliados - Página 6 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
II - Aliados - Página 6 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
II - Aliados - Página 6 Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
II - Aliados - Página 6 Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
II - Aliados - Página 6 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
II - Aliados - Página 6 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
II - Aliados - Página 6 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
II - Aliados - Página 6 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
II - Aliados - Página 6 Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
II - Aliados - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
II - Aliados - Página 6 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
II - Aliados - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 II - Aliados

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySeg 10 Fev 2020, 15:54

Relembrando a primeira mensagem :

II - Aliados

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Hinata Bijin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Bijin
Civil
Civil


Data de inscrição : 17/01/2017

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptyTer 28 Abr 2020, 00:16

Procurando o Palhaço


Subindo rapidamente na garupa, Hinata e o sargento arrancavam com aquele estranho veículo sobre duas rodas quase os derrubando e rapidamente começamos a perseguição. Aquela era uma experiência nova e para a jovem espadachim que sentia seus olhos lacrimejando levemente por causa do forte vento no rosto.

Mas se segurando firme no sargento ela observava como passavam rapidamente em meio aos civis e o cuidado que o sargento tinha, se fosse outra Bijin talvez ela estivesse com seu martelo se divertindo com a cena, mas a nova Bijin, uma heroína entre os heróis, tinha apenas uma coisa em mente, capturar a sua presa.

Mas logo que alcançaram o veículo a situação parecia bem diferente do que a garota imaginava, como ressaltava o sargento, dois ursos lutavam, um era o caçador de recompensas, o mink Artturi, o outro quem seria?

“Prestem muita atenção agora. Existe uma coisa muito misteriosa no mundo chamada Akuma no Mi que também conhecidas como Frutas do Diabo, elas são frutas místicas encontradas em todo o mundo que, quando consumidas, fornecem a pessoa uma habilidade especial, dependendo do tipo e da variação do próprio fruto. Com apenas uma exceção notável, um indivíduo só pode adquirir os poderes de uma única Akuma no Mi.”

Hinata começava a se lembrar de um dia em especial de instrução que ela recebia de seu mestre Houken, ele os havia alertado e explicado como pessoas podem possuir estranhos poderes, tudo por causa das Akuma no Mi, pessoas que muitas vezes se achavam falsos deuses.

“Dentre essas frutas existe um tipo chamado Zoan. Este tipo de fruta permite ao usuário transformar-se em outras espécies de animal e formas em alguma forma híbridas entre espécies à vontade. Os tipos de Zoan são especialmente eficazes no combate próximo.”

- Você sabia que seu soldado tinha comido uma Akuma no Mi? – Hinata questionava o Sargento! - Aquele cara tem o poder de uma fruta do diabo, precisamos ajudar rapidamente o mink.

Então o sargento não conseguia se aproximar o suficiente, o risco de acertar um civil era grande e não tinha muito o que fazer então ele sugeriu “jogar” a espadachim para dentro do veículo para ela entrar na briga.

Bijin reagiu rapidamente se posicionando com as pernas agachadas sobre o banco da motocicleta e sacando sua espada, ela tinha suas dúvidas sobre o tipo de golpe que poderia dar no vilão, uma vez que ele também é uma fonte de informação, mas Hinata sem pestanejar tomou a decisão, com um colega em risco o ataque seria para matar, havia ainda o motorista que poderia ser uma nova fonte de pista.

- Estou pronta! – Disse Hinata colocando a mão sobre o ombro do Sargento. - Mas fique de olho no motorista, ele pode tentar fugir quando a confusão ali acabar.

Hinata estava emocionada, o mundo se mostrou uma verdadeira loucura, em menos de dois dias após saírem dos cuidados da seita para seguirem pelo Caminho o irmão dela havia sido sequestrado, conheceram um Wotan, resgataram Hiroshi e agora estava sobre uma moto preste a pular em uma luta contra um bandido Akumado.

Assim que o sargento “jogasse” Hinata para dentro do veículo Hinata saltaria aumentado a força da impulsão do movimento da moto com o impulso das pernas e visava entrar no veículo já desferindo um forte golpe diagonal de cima para baixo nas costas do akumado. Claro que ela esperaria uma reação ao ataque e por isso se preparava bloquear o ataque do urso com um novo golpe da espada, pois ela sabia que a força do ataque dele somado ao dela era a chance ideal de ferir o bandido com mais gravidade.

Desta forma ela se manteria no início da luta, apenas bloqueando os ataques ferozes do forte oponente com a sua espada, deste jeito ela daria tempo ao mink se recuperar e ele poderia dar um bom ataque. Entretanto se durante a luta surgisse uma oportunidade de acabar com o combate de uma vez, Hinata não perderia a chance, seja por ela ser desprezada (não atacada) ou por uma brecha que Artturi conseguisse, ela miraria um forte golpe com a espada na nuca.

Legendas escreveu:

Narrador da história
Houken passado
Fala
Pensamento


Histórico:
 

NPC companheiro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hunson
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Hunson

Créditos : 9
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/09/2017
Idade : 27

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptyTer 28 Abr 2020, 19:31




O falso urso segurava-me pelo pescoço com uma força sem igual, os engasgos eram comuns devido a busca por ar que já não conseguia chegar ao pulmão e o homem ali a minha frente desejava meus olhos. Com um movimento pendular das pernas tentei acerta-lo no seu ponto frágil na perna numa tentativa frustrada, mas felizmente consegui escapar num segundo movimento acertando seu cotovelo.

Os golpes que vinham em seguida podiam ser sentidos mesmo eu conseguindo desviar deles, eram golpes fortes e selvagens, mas nada comparado a suas palavras - Foda-se o mel? - sussurrava as palavras ditas por Tiago enquanto ele falava com o homem que conduzia o carro “maldito Tiago, quem esse cara pensa que é pra falar assim do mel” perdido em pensamentos o motorista jogava o carro para a direita me levando novamente ao chão.

O urso sem perda de tempo me imobilizava prendendo meus braços com as pernas usando o peso do corpo para me manter no chão, ali naquela situação permaneceria calado apenas recuperando o folego e as energias. “Ele é maior e mais forte o que fazer?” com os braços incapacitados apenas me restava as pernas para tentar sair daquela situação.

As coisas haviam se complicado de um modo que eu nunca havia de imaginar, rendido no chão ao ponto de perder um dos olhos. “Onde eles estão?”  o pensamento vagava até as pessoas que acabava de conhecer, mas se eles não estavam ali para me ajudar cabia a mim tentar resolver a situação. Apoiando os pés no chão tentaria criar um impulso as levantando rapidamente junto ao tronco para lançar Tiago para frente isso talvez não fosse o suficiente para tira-lo de cima de mim, mas talvez o necessário para o desequilibrar. Caso desse certo tentaria puxar os braços para então repetir o movimento e empurra-lo. Se não fosse possível fazer nada cuspiria na cara do urso – olho por olho amigo ... se não me matar agora vou atrás de você e será bem pior – encararia o falso urso de frente esperando pagar pelo erro de ser capturado.



Citação :
Falas
Pensamentos

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]/[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySex 01 Maio 2020, 20:47




II - Aliados
Crousset




Com as agarras pressionadas contra a parede da cabine do motorista o akumado era jogado com força, a espada não havia o ferido de verdade, mas sua palma assim como suas unhas bestiais haviam tido um final ruim. Havia perdido suas garras da mão direita e sua palma sangrava pelo fio da lâmina que pegou levemente em sua pelagem trazendo um sangramento que logo parou ao se estancado pelo Tiago, este praguejou com raiva observando a dupla que agora estavam embarcados em seu caminhão. – Malditas pedras no meu caminho. – Ele rosnava, batia no vidro da cabine e voltava a falar com seu parceiro. – São dois contra um agora, vou precisar de ainda mais ajuda. – O motorista nem mesmo falou nada, apenas balançou sua cabeça concordando com as palavras do urso marrom.

Hinata havia salvado Artturi de uma enrascada, segundos antes o sargento havia se questionado se aquele era realmente seu subordinado ou um urso que havia comido seu companheiro de trabalho. Não havia tempo para especulações, a loira já tinha entendido que aquele homem era um usuário da fruta do diabo e mesmo assim não tremeu de medo, se equilibrou no banco do passageiro. – E vamos lá! – Ele num súbito movimento freou e deslizou a moto para lançar a parte traseira contra o automóvel do inimigo, ficava para trás enquanto a espadachim partia para cima do urso do mal, os instintos de Tiago eram afiados e defendia sendo jogado para trás devido ao impacto.

Sua dona veio te salvar? – Debochou o pirata sorrindo mostrando suas presas para Bijin que estava sozinha por hora, o mink demorava para se recompor, ela havia se tornado o foco do urso e entendia o porque do urso polar está com problemas, a força de cada golpe era nefasta fazendo seus joelhos tremerem a cada golpe recebido, sua espada recebia um castigo de ter que receber tais ataques. Ele partia para cima não deixando a moça fazer ofensivas. – Direita! – Gritava, o automóvel seguia e desequilibrava a moça recebendo um golpe direto a fazendo ser jogada para o lado e deixando seu braço esquerdo ferido, deixando que o sangue descesse até a ponta de seus dedos. – Não gosto de matar mulheres.. Mas não faz diferença, Clown não vai gostar de visitas. – Podiam ver que as áreas mais urbanas haviam sumido e a cidade estava mais escura entrando na parte baixa da ilha.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Hunson
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Hunson

Créditos : 9
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/09/2017
Idade : 27

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptyDom 03 Maio 2020, 21:10



Caído no chão o urso sobre mim se preparava para arrancar um dos meus olhos, até aquele momento não pude fazer nada contra o homem que demonstrava uma força superior à minha além de aguardando meu momento chegar.

Um tom vermelho manchava meu pelo enquanto meu corpo permanecia ali no chão com os olhos abertos tentando entender o que havia acontecido ... O urso, que antes me mantinha preso agora se mostrava distante de mim enquanto ao meu lado o mel se personificava em uma pessoa para me ajudar, ele cortara a mão de Tiago o fazendo recuar me libertando da “prisão”.

Dona? ... Do que ele está falando?” analisava novamente a situação observando os arredores percebendo que aquela que havia me salvo era na verdade Hinata, a moça que conheci mais cedo na base na marinha e uma das minhas companheiras em busca do Clown.

Apoiado o braço no chão para me levantar ouço um grito vindo da cabine do motorista em seguida o carro é lançado bruscamente para a direita abrindo uma brecha para a espadachim ser acertada “então foi isso” lembrava do que havia acontecido antes – Hinata, cuidado com o movimento do carro. – Falaria para a moça me levantando para participar da luta – Ele vai usar isso contra a gente – continuaria enquanto posicionava as pernas em um ângulo que me permitisse manter uma certa estabilidade;

- Sua perna esquerda está ferida... – Soltaria a informação para a moça apontando para a perna do rapaz com a cabeça – assumindo uma postura de combate partiria em direção ao homem – Vamos! – chamaria Hinata – avançaria pelo lado direito atento a qualquer contragolpe que pudesse surgir me abaixaria passando por baixo do golpe tentando um soco no seu abdômen ou moveria o tronco e cabeça para os lados e repetiria o golpe.

Se chegasse próximo o bastante do urso tentaria uma sequência de 2x Jabs, Direto. Focaria o queixo do urso para tentar desorienta-lo, se ele tentasse me golpear em meio ao meu ataque tentaria uma esquiva mantendo o tronco mais contraído e focando os próximos ataques na região das costelas ou voltaria para as esquivas básicas do boxe inclinando o corpo para trás e lateralmente. – Dificuldade de acertar ursinho? – falaria para ele caso minhas esquivas fossem efetivas.

Com Hinata partindo pra cima do urso juntamente comigo tentaria sempre ficar ao lado oposto dela direita esquerda, a frente atrás. Tentaria ser o foco dos ataques por imaginar que a moça seria mais “frágil” apesar de já ter levado um dos golpes do urso – Aposto que cairá primeiro. – falaria para o urso apesar de já ter ido ao chão duas vezes – estando ambos envolta do ursídeo tentaria aplicar um Clinch, não para evitar os ataques do Tiago, mas para imobiliza-lo – Agora Hinata! – chamaria pela moça esperando que ela aproveitasse a oportunidade.

Enquanto estivéssemos lutando tentaria analisar o tempo que nosso adversário levava para desferir seus ataques e voltar a posição inicial de combate tentaria me aproveitar desse tempo para poder realizar meus movimentos e para tentar acertar o tempo das minhas esquivas, ao mesmo tempo que tentaria sincronizar meus golpes com os da minha parceira para tentar evitar ao máximo que o urso defendesse as ofensivas.

Durante nossa luta tentaria prestar atenção a voz do motorista caso ele tentasse avisar Tiago novamente sobre uma virada do carro a fim de nos desequilibrar, tentaria manter as pernas abertas para criar uma base de sustentação também inclinaria o corpo no sentido contrario da curva do carro para melhorar a estabilidade, porem se observasse que o urso me atacaria saltaria na direção em que o carro virasse tentaria apoiar as penas na lateral da caçamba me impulsionando para cima do inimigo com um golpe de direita movendo o ombro para frente aumentando assim o alcance do golpe.



Citação :
Falas
Pensamentos

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]/[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySeg 04 Maio 2020, 21:47

Procurando o Palhaço


- Por mim esta tudo certo. - Disse calmamente Hinata em resposta ao "Tiago". - Também não gosto de manchar a minha espada com sangue de imbecis. - Ela dizia isso porque seu adversário deixou saber para onde estavam indo.

O mink já estava ao lado de Bijin, Artturi havia se posicionado a direita então a espadachim se ocupava com o lado esquerdo, mesmo lado do seu ferido braço, mas a loira ainda mantinha a calma, pois sua ambidestria auxiliaria em momentos como esse. Entretanto ela também estava atenta a outra coisa, o movimento do caminhão, o akumado já usou as manobras do motorista a seu favor e por isso a garota tinha sangue pingando do seu braço esquerdo, ela não permitiria que isso acontecesse novamente. Por isso boa parte de sua concentração estava no equilíbrio de sua base para não se prejudicar no equilíbrio.

Logo então que as trocas de golpe desse início Hinata atacaria com um golpe rasteiro com sua espada em sincronia com o ataque do caçador que lhe acompanhava, ela já havia percebido que era um pouco mais rápida que o mink e por isso sincronizar com ele era mais fácil para ela. O golpe vinha no sentido diagonal da esquerda para a direita de cima para baixo visando acertar a perna ferida do mink. Desta maneira ela iria abalar a base do adversário e não daria um golpe largo para que acertasse seu colega de caça.

Se algum contra-ataque viesse contra a garota ela ergueria sua espada com o braço direito segurando de modo invertido de modo que a parte lisa (não afiada) se apoiasse no braço da espadachim para bloquear o golpe. Ela agacharia levemente para manter uma base mais firme e tirar vantagem da altura do adversário.

"Não posso dar espaço para fatalismos agora." Pensava a garota se mantendo atenta aos movimentos, falas do adversário para buscar prever seus movimentos e atacar da melhor maneira possível. "Quanto mais essa luta se prolongar mais chances temos de nos ferir e esse akumado parece ter mais resistência do que nós dois."

O segundo ataque era uma continuação do movimento de defesa, fosse necessário ou não, pois aproveitando que a espada estava encolhida Hinata daria um rápido salto para frente e daria uma forte estocada mantendo a estada apontada com o braço direito e com a mão esquerda no pomo da espada empurraria o golpe com ainda mais força. Seu alvo era a região do baço esquerdo, de maneira que a espada pudesse atingir uma parte menos musculosa e infringir danos aos órgãos internos do vilão.

Logo após o golpe a espadachim iria para a esquerda em um passo para desviar de algum ataque e puxaria a espada para bloquear um possível ataque usando sua arma como um escudo colocando ela entre a sua pessoa e o ataque desferido pelo bandido.

Por fim Bijin preparava um ultimo ataque, pelo menos nesse momento, era um ataque vertical de baixo para cima, esticando suas pernas sempre dobradas para ganhar maior impulsão, o ataque era um longo corte que visava acertar o tronco todo do oponente. Após o ataque Hinata saltaria para trás esquivar de um eventual ataque.

- Vamos ver se ainda tem a capacidade de falar mais sobre o seu dono. - Diria Bijin caso tivesse vencido a luta em algum momento devolvendo a provocação do akumado. - Dizem que um cão faminto nunca é fiel a seu dono. Que tipo de animal você é?

Legendas escreveu:

Narrador da história
Houken passado
Fala
Pensamento


Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptyQui 07 Maio 2020, 21:23




II - Aliados
Climax?




Seus pés estavam fixos no chão, mas a cada golpe que levava se rendia aos poucos, era puxado para trás devido a pressão dos impactos. Mesmo sendo forte, foi ficando encurralado sendo jogado para sua retaguarda. A dupla tinha firmado seu posicionamento, a loira carregava sua espada com o braço saudável e o urso retornava a sua sanidade se levantando encarando de frente em conjunto aquele inimigo. – Dois não vai ser nada. – Disse Tiago, mas nenhum sorriso brotava de sua face deixando seus lábios fechados ao terminar da frase, fitava rapidamente a espadachim e o mink que se aproximavam um em cada lado, sua perna esquerda ainda estava ferida, teria que dá mais atenção ao lado de Hinata.

A luta se iniciou com golpes rápidos do mink, esquivou fácil das garras do akumado que prestava mais atenção na mulher com a espada, o perigo era ainda maior sendo assim julgou que levar alguns golpes do urso polar seria algo inevitável. – Dirige mais rápido! – Falou ao iniciar o combate, ambos partiam para cima do urso marrom que rosnava enfurecido, bloqueava os ataques da espadachim que levava golpes do urso a fazendo temer se levasse um golpe direto já que mesmo defendendo não achava postura para contra-ataques devido ao recuo forçado de sua defesa. Artteri conectava golpes em Tiago, torso e focinho eram as regiões mais atingidas, os ataques viam simultaneamente dos dois lado do inimigo o fazendo ir para a defensiva e enfim sendo empurrado para trás.

Batendo suas costas na cabine, não via outra opção do que buscar a ajuda do motorista que sinalizava para ele a direção do desvio, ele queria se aproveitar do desequilíbrio, porém os nossos protagonistas estavam mais atentos dessa vez e não cairiam no mesmo truque duas vezes, Bloodfist era o mais acostumado com a reação física da balançada e assim surpreendia o akumado que tinha acabado de pular ferozmente em Bijin com tudo, ela só pôde não se desequilibrar formando uma base sólida, a senhorita poderia ter sido fisgada facilmente se não fosse pelo caçador de recompensas, este que pegava Tiago lhe fazendo um clinch pulando na frente da loira.

O urso polar logo sentiu a força de um tipo zoan, ele apertou os braços do urso polar com força, suas mãos exerciam uma compressão devastadora, podia dizer que seus olhos estavam se fragmentando enquanto as veias da testa do ursídeo marrom saltavam mesmo escondidas pela pelagem curta. Ela a chance de Hinata fazer seu trabalho, erguia sua espada. – VIRE AGORA! – Gritava o inimigo, a garota ia travar sua arma no baço dele, se houvesse mais uma estabilidade no momento do golpe, seria de fato Artturi o atingido, por sorte ela ouvia uma resposta desesperada do motorista. – Não tem mais pra onde virar, vamos chegar!

A espada se fincou no urso que golfou sangue, havia sido atingido não tão profundamente, já que ele mesmo sendo segurado pelo Artturi, segurou com as mãos nuas a espada de Hinata a encarando com raiva. Ela tentou empurrar e sua espada se cravava aos poucos na carne de Tiago que tinha sua mão direita ferida ao segurar com a ainda mais força o fio da lâmina. Ele não tinha desistido, o automóvel parou subitamente, chegavam ao destino.

Opa, opa, opa! Olha o que temos aqui! Chegaram bem mais rápido que o previsto e... – Ao olhar para trás, podiam ver uma figura bem nostálgica e macabra, sua aura era densa e fazia os dois heróis terem um arrepio por seu corpo. Mesmo o sol estando no céu, a escuridão pairou sobre eles, atrás da figura alguns capangas. – Você me trouxe mais do que pedi, mas não faz mal. – Seu tom era divertido e engraçado, este era Clown. – Agora chega de briguinhas, iremos tomar um chá.


Considerações:
 

Clown

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySab 09 Maio 2020, 02:43

Procurando o Palhaço


O combate seguia entre o soldado akumado contra Hinata e Artturi e embora o tal "Tiago" fosse de fato mais forte do que ambos individualmente, os números começaram a falar mais rápido e tanto o mink como a espadachim acertaram fortes golpes no inimigo deixando ele quase incapacitado, quase porque o caminhão parou e agora finalmente tinham chegado onde a loira queria.

Claro que a situação não era das melhores para a dupla, ao que parecia finalmente havia encontrado o dono do roubo, entretanto além do akumado e do motorista, havia diante da dupla o que poderia ser o próprio Clown e mais alguns capangas.

"Esse não era um mau momento para reforços chegarem, mas o melhor agora seria ganhar tempo e não apressar a batalha. O sargento sabia da situação, assim como Hiroshi, Seiji e Nyla, um caminhão correndo não passaria desapercebido, quanto mais tempo ganhar mais chances de reforços chegarem."

Os pensamento de Hinata era de procrastinar a batalha e a sensação que ela tinha da aura que o tal chefe dos bandidos imitia dizia que ele era perigoso, mas além disso ela queria uma informação que provavelmente só ele poderia dar, o sequestro de Hiroshi. Bijin sabia que poderia ser apenas uma coincidência, mas se fosse algo maior ela queria saber.

- Um chá?! - Dizia Hinata puxando sua espada para desprender do akumado. Ela sentia o desejo de matar o inimigo, mas ela não atacaria de forma covarde. Agora sua atenção estava também em Artturi, ela não deixaria ele simplesmente morrer. - Imagino que você seja quem estou procurando, o misterioso Clown, e pensar que levei menos de um dia para achar, o vai dizer que você queria ser achado?

Hinata então pulava para fora do caminhão, seu braço ainda sangrava, mas não era hora de mostrar fraqueza, medo ou irracionalidades, era momento de se manter firme e a orgulhosa Bijin era o tipo de pessoa que não tinha problema em encarar os perigos que a vida lhe jogava, afinal seu inimigo era apenas homens, enquanto ela é uma pessoa destinada a subir sobre as nuvens e chegar onde nenhum humano chegou.

- Mas vamos a esse chá. - Disse Hinata olhando Clown atentamente e ignorando os capangas a sua volta. - Mas me diga, como você conhece a seita o Caminho? - Ela nem por um momento perderia seu objetivo e caminhava lentamente colocando sua espada na bainha. - Já que estamos aqui por que manter o teatro, correto?

Legendas escreveu:

Narrador da história
Houken passado
Fala
Pensamento


Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hunson
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Hunson

Créditos : 9
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/09/2017
Idade : 27

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySab 09 Maio 2020, 16:01




O inimigo era forte, seus golpes eram pesados ao ponto de faze-lo sentir mesmo sendo bloqueado, mas no fim o número superou a força. Hinata surgira no carro mudando o destino daquela luta, combinamos nossos golpes como se já houvéssemos feito numa outra vida, a luta era nossa quando fomos “surpreendidos”.

Após um percurso que não sabia dizer ser longo ou curto, chegamos ao destino dos ladrões onde fomos recepcionados por uma voz estranha, porem já conhecida pelo menos para mim o que me trazia lembranças da luta contra o Sr. Zé lugar onde a ouvi pela primeira vez.

Ainda na caçamba do carro a loira remove sua espada do inimigo e pula para fora enquanto eu tento um chuto na parte de trás do seu joelho para o fazer abaixar então socaria sua nuca na tentativa de fazê-lo desmaiar. Só então pularia do veículo e seguiria atrás da loira caminhando um pouco afastado para manter todos ali em meu campo de visão "Estamos em menor número ... é bom que os outros cheguem logo até lá vamos seguir conforme a dança" pensava fazendo uma análise da situação. Hinata já tomava a frente iniciando uma conversa com nosso alvo talvez pensando o mesmo que eu.

- Chá? ... Não, obrigado! Já estou servido. – Pegaria mel lindo e maravilhoso pote de mel – “Estava com saudades?” pensaria enquanto lambia os lábios e utilizando as mãos começaria a comer, mas enquanto caminhávamos ficaria prestando atenção no movimento tanto do Clown como no de seus capangas, qualquer movimento que eles fizessem eu largaria meu pote e correria em direção da pessoa para impedir que fizesse algo contra minha parceira, também ficaria atento a qualquer porta que pudéssemos passar para evitar que fossemos separados “vamos ver até onde esse chá vai nos levar” pensava saboreando meu mel.



Citação :
Falas
Pensamentos

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]/[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptyTer 12 Maio 2020, 20:50




II - Aliados
Somente Clown




Batendo seu indicador algumas vezes em sua máscara, inclinava sua cabeça pensativo, a loira questionava o motivo de ter sido tão fácil achar o pirata cujo paradeiro era quase incompreensível. – Soube que haviam algumas pessoas atrás de mim, então porque não as convidar para meus aposentos? Não é muito melhor assim?! Eu também acho. – Aquela massa sólida cobrindo seu rosto não lhe deixava perceptivo se o homem falava ironicamente ou seriamente, seu tom de voz quase não mudava deixando seu timbre claro e simpático como deveria ser um palhaço que alegra as pessoas, mas sua aura não lhe deixava transparecer esta imagem. O urso negava o convite, estava mais alegre em provar do seu mel, o lobo ainda sangrava e não se mexia deixando pairar um pouco de medo de Clown que não parecia encara-lo, porém sentia em seu pescoço uma corda quase o enforcando.

Muito bem, saiam do caminhão. Ajudem eles rapazes! – A loira já havia saído e encarava todos os subordinados do pirata, todos trajavam roupas usuais que poderiam muito bem transitar pelas ruas da ilha, Artturi também não parecia muito amedrontado e saia se deliciando do doce fabricado pelas abelhas. – Me acompanhem! – Ele começava a marchar levantando os braços parecendo ser um marinheiro fajuto. – E vocês descarreguem o caminhão e cuidem dos garotos! – Ele ordenava, metade dos homens ficavam para ajudar o akumado que havia perdido o combate, mas sua vida iria ser salva.

Entrando em ruelas, a cidade baixa era mais formada por escadarias, o automóvel ficava para trás, pois não havia espaço para ele naquela parte de Shells Town. Durante o percurso notavam a falta de civis pelo caminho ao qual estavam indo e as casas pareciam estarem todas fechadas deixando um tenso clima até Hinata abrir a boca. – Uma seita? Eu pareço participar de uma? Hahaha! Nozes podem ser deliciosas. – Sua postura e trejeitos expressavam alegria, balançava sua cabeça em conjunto ao seu corpo como se estivesse dançando. – O único caminho que conheço é o de casa. – Ele declarava chegando a uma casa não tão diferente de todas as outras, estavam quase no nível do mar, as casas não eram tão requintadas e sim mais humildes se assim posso dizer. – O chá a essa hora deve estar pronto. – Ele abria a porta e entrava sem remorso, ao chão um corpo com perfurações em suas costas, ainda fresco inclusive já que não tinham sinais de vermes ou podridão.

Ué, esqueceram de jogar o lixo fora? – Colocava seus dedos em frente a sua boca e dava uma risadinha, ambos passavam pelo corpo e iam a cozinha, mas antes Clown batia palmas e seus homens trabalhavam na retirada do corpo do homem falecido. A chaleira apitava indicando que a agua chegou ao seu ponto, xicaras já estavam preparadas com ervas, eram cerca de seis cadeiras, os capangas adequavam a mesa para o exato numero de pessoa ali. – Que tipo de proprietário eu seria sem servir primeiro os convidados? – Pegava a chaleira e derramava o liquido fervente nas xicaras. – Na mesa, um pote com torrões de açúcar. – Podem ir rapazes.

O restante dos homens do pirata se retiravam da casa deixando o trio a sós. – Vejamos.. A quem devo o prazer de receber em minha morada?



Clown

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySex 15 Maio 2020, 00:05

Procurando o Palhaço


- Claro que queria! - Dizia Hinata com um riso de deboche da fala de Clown enquanto tirava o cartaz de procurado e jogava no chão. - A Marinha também está te procurando, por quê não convidar eles também? Ou será que eles já não estão vindo? Quem foi que me colocou no caminhão Artturi?

Clown então dava sua ordem aos seus homens para ajudar Bijin e Artturi a saírem do caminhão, claro que ela nem se quer cogitou aceitar e saindo sozinha ela percebia como os homens obedeciam seu “chefe”, mas pela reação que o akumado tinha a loira já sabia o motivo da devoção: medo!

Obviamente isso não era uma surpresa, a fama que Clown carregava nas suas costas era justamente essa, de um maluco apavorante, as pessoas não estavam ali por um tipo de idolatria ou devoção, era medo, mas mesmo o mais terrível medo pode ser quebrado quando a “corda do pescoço” é cortada.

- Vocês não precisam ser tão obedientes. - Dizia a espadachim calmamente se dirigindo a todos ali presente usando todo seu senso de liderança. - O palhaço pode ser dado como uma carta fora do baralho. Além disso a Marinha já está a caminho, um sargento perseguiu o caminhão por um longo caminho e me colocou dentro, em questão de pouco tempo já podem estar aqui e não seria bom ele achar ninguém aqui, correto? - Então ela se virava para o “Tiago” e o motorista. - Sejam sinceros e digam a eles o como foram descobertos e perseguidos.

O sorriso no rosto de Hinata era de pura confiança, do mesmo jeito que Clown levava medo as pessoas Hinata levaria esperança e luz. Ela não se conformaria em permitir um bandido como esse ficasse solto por muito tempo e por isso ela estava decidida em por fim aquilo assim que tivesse uma chance.

Assim que terminou de falar ela foi atrás do alvo passear nas redondezas, ela com certeza estava em uma zona pobre. ”Será que aqui é perto de onde Mário e Talita têm sua residência?” Não era por nada esse pensamento, afinal Bijn conhecia o ninho dos dois amigos e sabia que ficavam na zona mais pobre da ilha. Porém outro ponto que chamava a atenção da loira era a ausência de pessoas nas ruelas. Basicamente qualquer movimento poderia ser facilmente notado.

Durante a caminhada Bijin quebrou o silêncio para conseguir alguma informação sobre o relacionamento entre Clown e a seita, mas ela não sabia dizer se as besteiras por ele dita eram reais, uma piada ou se ele realmente não sabia. Mas quando chegaram ao local do chá um cena surpreendeu Hinata, um homem caído no chão, ele tinha perfurações nas costas e isso de certa maneira abalou a jovem.

Apesar de ter sido treinada muitas vezes por Houken, a morte não foi uma coisa presente na sua vida e ver uma pessoa morta a fez sentir raiva, primeiramente por ela ter sido incapaz de ajudar aquele homem e o segundo ponto é que ele foi morto covardemente pelas costas.

- Lixo? Se esse homem é lixo, como devemos chamar quem o matou covardemente. Merda ainda acho que cheira muito bem para esse tipo de pessoa. O que acha Artturi? - Hinata estava realmente nervosa com a cena e nada confortável com a situação. - - Talvez Clown. Isso, algo abaixo da bosta, Clown.

Logo os homens do procurado começaram a fazer o serviço e arrumaram a casa para dar ao três a privacidade necessária para que conversassem a sós, com a chaleira apitando indicando que a água havia atingido alta temperatura Hinata afastava uma das cadeira para Artturi, dando uma rápida olhada de canto de olho para a porta.

- Nome?! - Bijin olhava com espanto e certa irônia. - Por acaso acha que algo como você tem direito a dizer meu nome? Por que manchar algo belo e divino? - Ela então servia em sua xícara o chá enquanto falava deixando a água fervente escorrer lentamente. - O que você precisa saber é que de um jeito ou de outro eu vou por fim a sua lenda, ao conto infantil que você criou, ao império de miseráveis. Isso não é suficiente?

A loira então levantava lentamente a xícara, sem açúcar, mas assim que chegou na altura do peito com o chá ela joga a xícara com o efervescido chá na direção do rosto do inimigo e já sacando sua espada em um rápido golpe horizontal da esquerda para direita do qual ela usaria o braço direito, o não ferido, para desferir o golpe mortal, ela visava acertar logo de cara a garganta do alvo.

”Para que adiar o inadiável!?”

Legendas escreveu:

Narrador da história
Houken passado
Fala
Pensamento


Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hunson
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Hunson

Créditos : 9
Warn : II - Aliados - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 08/09/2017
Idade : 27

II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 EmptySex 15 Maio 2020, 13:59



Como esperado, nosso alvo já aguardava pela nossa chegada, talvez não ali naquele momento, pois chegarmos a tal ponto foi algo “quase que por acaso”. Porem o palhaço na deixava a mascara cair e agia como se já esperasse nossa aparição naquele carro.

A Loira rebatia as falas do palhaço citando a Marinha e como havíamos chegado ali – O sargento ... a quem seus homens “serviam” – responderia a moça – O local onde estávamos era completamente diferente do resto da cidade a qual havia conhecido anteriormente, seus homens estavam por ali em uma quantidade considerável o que tornaria ainda mais difícil nossa investida sem um bom suporte. Hinata continuava a dialogar com Clown enquanto nos dirigíamos a sua casa “incitar o medo em nossos inimigos? É... uma boa ideia”.

Passávamos por aquelas ruas, nosso alvo tagarelava em sua forma sarcástica de falar, um tom irritante de uma pessoa que se achava engraçada fazendo-me ter vontade de acabar com aquilo ali mesmo na rua “Calma Artturi ... não haja assim na pressa” pensava levando mais um pouco de mel a boca “Se não fosse você esse maluco já estaria no chão”.

Ao chegarmos à casa do palhaço nos deparamos com um corpo jogado ao chão tendo as costas sido perfurada algumas vezes “faca?...” pensava enquanto meus olhos iam até Clown deduzindo que o mesmo houvera feito isso, mas meus pensamentos foram interrompidos pela fala de minha companheira que parecia chocada com a situação e com o modo ao qual o patife havia se referido ao corpo – Alguém que ataca outro desse modo é pior do que lixo. – Concordaria com a moça.

Hinata me passava uma cadeira e sinalizava usando os olhos “entendido” pegaria a cadeira a posicionando próxima a porta enquanto a Loira continuava com seu jogo de ameaça. Era chegada a hora com um movimento rápido usaria a cadeira para bloquear/trancar a porta ao mesmo tempo que o chá voava sobre o palhaço então arrancando em toda a velocidade que minhas pernas permitiam partia em direção do homem caso tivesse fugido da moça avançaria pela esquerda e tentaria acertar um golpe no estomago seguindo de baixo para cima. Porem se aparecesse alguém por algum outro local tentaria primeiro acerta ele para evitar que o mesmo se aproximasse da minha companheira. Se em meio a investida Clown tentasse um contra ataque tentaria criar um “contrapeso” com as pernas para me reposicionar, se ele visasse a Loira tentaria passar o braço por sua cintura a puxando para evitar o golpe.



Citação :
Falas
Pensamentos

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]/[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Aliados - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Aliados   II - Aliados - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Aliados
Voltar ao Topo 
Página 6 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: