One Piece RPG
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» The Victory Promise
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 0:42

» Momoko Yuki
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:49

» [Ficha] Joe Blow
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:46

» Akira Suzuki
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Ceji Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:17

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Licia Ontem à(s) 22:44

» Uriel Seraphim
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 21:25

» Sorte ou Azar? Uma Ascensão Pirata!
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 21:13

» Cap IX ~ Esperança ~
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Alek Ontem à(s) 21:06

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Alê Ontem à(s) 21:00

» Pedido de Kit Drake
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 20:58

» Azura V. Pendragon
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 20:51

» Hello darkness my old friend...
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Alek Ontem à(s) 20:29

» Livro Um: Graduação
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:26

» ||Tesouro|| Ambição dos vadios - Down Island
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 20:26

» ~ Mudanças Importantes ~
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 20:21

» Que se ascenda o fogo!
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Tensei Ontem à(s) 19:47

» The One Above All - Ato 2
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:26

» Bell Farest
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Emptypor Far Ontem à(s) 19:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptySeg 10 Fev - 13:59

Relembrando a primeira mensagem :

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle

Aqui ocorrerá a aventura do(a) caçador de recompensas Johnny Jones. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário


Data de inscrição : 15/12/2013

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyDom 29 Mar - 22:15

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 10 - Follow me into the Jungle!


Distribuindo as armas que tinha comigo entre Edward e seus homens aos poucos íamos ficando prontos para a nossa expedição, era difícil pôr em palavras como me sentia em relação aquilo pois de fato eu não gostava daquele ambiente, sem contar essa estranha atmosfera que transmitia certo perigo. Era por esse motivo que compreendia o medo dos homens que me acompanhavam, em uma outra situação talvez quem olha para aquele cenário imediatamente pensa “Nem fodendo.” e segue viagem ignorando a ilha, mas infelizmente ainda não compreendemos muito bem o funcionamento do Log pose, sem contar que nossos recursos não são infinitos. Também era certo se dizer que ao mesmo tempo que eu tinha esse sentimento ligado a minha precaução, ligado ao medo que sinto pelos meus companheiros e por mim, eu ainda conseguia me empolgar com toda aquela situação. ~ O primeiro lugar que paro na Grand Line é uma ilha inóspita, com diversos perigos e segredos, o que iremos encontrar aqui, riquezas, fama, poder? É tudo um mistério a esse ponto. ~ Era esse tipo de sentimento que me empolgava e impulsionava em fazer tudo que fiz até então, o tipo de sentimento que põe adrenalina em meu sangue e me faz seguir em frente criando essa coragem que muitos podem julgar como burrice.

- Eeeeww~ Isso é cocô? Cara lá se vão as minhas belas botas... - Dizia para aqueles que estivessem à minha volta assim que pousava na terra fofa com textura curiosa, quase imediatamente desvalorizando todo o sentimento aventureiro descrito até então, seguindo nossa caminhada eu ficava olhando o cenário a minha volta, ficava de olho também em Hórus o deixando voar a nossa volta ou até mesmo a frente do grupo se esse fosse o seu desejo mas buscaria ficar de olho em seu comportamento tentando observar qualquer ação do pássaro que pudesse indicar alguma ameaça nos arredores. Nosso avanço seguia por aquele ambiente estranho comigo tentando ajudar no que poderia com aqueles que tropeçavam no caminho. - Cuidado aí, tá muito cedo e estamos muito sóbrios para começarmos a cair na merda agora. - Dizia com certo humor e certa carisma buscando quebrar um pouco da tensão que aquele pântano possuía caso tivesse a oportunidade de ajudar aqueles que precisavam.

Foi um pouco depois disso que aconteceu, ouvindo uma movimentação eu imediatamente me virei buscando sua origem quando vi um homem avançando contra Asra. - Não no meu turno! - Vociferei me interpondo entre o atacante e o navegador, por sorte tinha sido veloz o suficiente para proteger meu companheiro enquanto ouvia o estranho grunhir uma breve palavra que era interrompida pelo o ataque de Yasha. - Valeu Yasha. - Agradecia sorrindo em sua direção, por um momento eu parei para olhar melhor aquele que tinha nós atacado, via sua espada enferrujada e seu estado deplorável. - Estranho... - Comentava com uma mão apoiada em meu queixo, aproveitando que o homem estava desacordado eu colocava seus braços para trás do corpo e tirava o par de algemas da minha mochila para prender suas mãos. - Vou levar ele comigo, ele pode nos falar mais sobre esse lugar e sendo honesto eu acho que ele não nos atacou por mal… Acho que ele está apenas perdido aqui a muito tempo, sei lá. - Dizia um pouco incerto mas de fato eu me sentiria mal se o deixasse ali sozinho, principalmente desacordado.

Sabia da possibilidade do estranho acabar nos atrasando e que isso poderia trazer mais riscos para o meu grupo mas para mim isso só significava que eu precisaria me esforçar mais para proteger todos e não simplesmente largar alguém o deixando a sua própria sorte. ~ Eu posso fazer isso, não é atoa que andei treinando... ~ Pensei antes de ter minha atenção chamada por Edward, com o prisioneiro sobre um de meus ombros em caminhei na direção indicada buscando ver o que ele queria me mostrar. Eu fiquei sem reação diante do cenário que Edward me mostrou, inúmeros corpos e armas pelo campo, cadáveres boiando em um lago, uma cena difícil de se acostumar que fazia o meu estômago embrulhar. - O que... - Balbuciando eu olhava melhor ao redor vendo as marcas e as mordidas, via o estado de cada corpo e tudo aquilo mexia comigo a um ponto de me lembrar os perigos que esperam por mim e pelo o meu grupo se não formos cuidadosos. - Er- eu… Eu estou bem. - Dizia respondendo Yasha de uma forma mais triste dando uma última olhada ao meu redor sem necessariamente olhar para o meu estado atual.

- Estão vendo algo que possa ser útil para a tripulação? Uma arma funcional que ainda possa servir aos que ainda estão desarmados talvez? - Perguntava para aqueles que me acompanhavam em um tom um pouco mais abalado mas que ainda tentava transmitir certa estabilidade emocional, afinal ainda estava liderando o grupo e por isso eu ao menos queria tentar não os preocupar diante de uma cena como aquela. - Precisamos ser rápidos então vamos tentar não demorar muito aqui e atenção, já está claro que não estamos sozinhos nessa ilha. - Alertava independente de qual fosse a resposta dos meus homens para a primeira pergunta, se alguém manifestasse o desejo de adquirir alguma das armas apresentadas então continuaríamos em grupo caminhando até onde tal objeto se encontrava, estaria disposto a fazer a mesma manobra de antes se identificasse alguma outra ameaça em nosso caminho. Assim que todos estivessem prontos ou no caso de ninguém apresentar o desejo diante alguma das armas eu apenas iria ajeitar o prisioneiro sobre um de meus ombros e seguiria o caminho de antes até a cúpula, tão atento quanto estava antes.


Legendas:
 
Histórico:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptySeg 30 Mar - 11:31





~ Anteriormente:
Adentrando na ilha, Johnny e seus amigos pareciam deparar-se com um território nunca visto por um deles, um local que por si só parecia vivo, parecia expressar violência e medo. Apesar das características geográficas peculiares dali, sentiam que a aventura seria mais perigosa quando eram subitamente atacados, e apesar de o inimigo ser fraco, a pior cena era à direita, onde um grupo de cadáveres montava um cemitério em meio a pouca luz do lugar... ~


- Vou dar uma olhada, me esperem um pouco por favor. Dizia Edward que saia do grupo indo em direção ao cenário de filme de terror. Enquanto isso, Yasha olhava levemente preocupada com Jones, pensando sobre o baque dos eventos recentes, Verlac por sua vez parecia estar focado em não perder a cúpula como referência, já que se acontecesse, provavelmente todos ali teriam o mesmo destino que os corpos de antes.

O capitão dos Dirt Miners andava entre corpo e outro com certo cuidado e parava em certo momento, parecia mexer entre as vestes do defunto até que pegava alguma coisa e voltava então para o grupo. – Achei isso! Dizia mostrando para todos um par de luvas, o par em si era muito bonito, possuía alguns diamantes adornando a parte das costas da mão e parecia de um ótimo material, deveria valer um bom dinheiro, por isso que provavelmente o corpo morreu o protegendo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Bem..estamos estamos em dívida com você Johnny, então aceite isso como presente por favor. Dizia entregando a arma para o capitão, esperando que esse o aceitasse. Por falar em Jones, o selvagem capturado antes sequer havia se movido, talvez a pancada de Yasha tivesse sido forte o suficiente para desacordá-lo por um bom tempo. – Vamos? Perguntava o navegador esperando e grupo e com a aprovação do capitão seguiam.

Tinham caminhado cerca de 20 minutos, e a cúpula parecia realmente mais próxima. – Ei, só eu que estou sentindo mais calor do que antes? Perguntava Karolan mexendo nas roupas, e de fato, todos do grupo podiam perceber agora que realmente estava mais quente, não só isso, as roupas estavam bem mais úmidas pela sudorese de todos e consequentemente grudava na pele, dando uma sensação não muito agradável.

– Estamos chegando perto, além disso precisamos nos hidratar constantemente aqui, ou estamos ferrados.
Falava Yasha, pegando seu cantil e tomando um pouco de água, passando para Verlac, que tomava e em seguida para Jones.

A caminhada continuava e o grupo chegava a um pequeno rio, de largura de 2m aproximadamente e de baixa profundidade, sendo que facilmente poderiam passar por ele.  Mas, Karolan parava no mesmo, sentando-se sobre uma rocha coberta de musgo e sua aparência era claramente de cansaço. O homem passava a mão pelo bolso, puxava um maço e por conseguinte um cigarro, acendendo-o com certa dificuldade com um fósforo devido à umidade do local e logo exalava a fumaça. - Capitães, podemos dar uma pausa? Por favor. Dizia já praticamente parado na pedra, tomando seu tempo de descanso. Edward dava com os ombros e olhava para Jones, esperando o aval dele.

Aparentemente não havia nenhuma ameaça no local, apesar da luz não atingir tão bem o local, não havia sons diferentes ali, Hórus não estava agitado como da primeira vez, permanecia alerto, próximo ao grupo, mas nada tão gritante. Verlac aproveitava para passar água no corpo e Yasha fazia o mesmo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]








Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptySeg 30 Mar - 22:43

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 11 - Take a moment to think of just flexibility love and trust...


Enquanto o grupo buscava pelas armas que poderiam ser úteis aqueles que ainda estavam desarmados eu buscava ficar atento aos redores na intenção de evitar ser pego de surpresa por qualquer outro atacante, com o prisioneiro apagado eu buscava manter o grupo junto para que ninguém fosse pego sozinho ou em desvantagem em uma situação de perigo enquanto Edward seguia na frente. Não demorou muito para o capitão dos Dirt Miner voltar com um belo par de manoplas, elas pareciam novas, talvez um pouco sujas aqui ou ali mas era claro que aquele equipamento era de uma excelente qualidade. - Er… Uau, você tem certeza disso? - Perguntei com os meus olhos brilhando. - Nossa obrigado Edward... - Por fim pegava as luvas e as guardava comigo já que por enquanto não tínhamos tempo para mim equipa-la.

Respondia Asra apenas meneando a minha cabeça enquanto exibia um olhar sério, um olhar que tornaria palavras desnecessárias afinal já tinha às citado algumas vezes durante essa jornada. ~ Com cuidado... ~ Minutos se passavam e seguíamos com a caminhada sofrendo no calor da ilha, de alguma forma a ilha parecia ficar mais e mais abafada o que tornava aquela expedição um pouco mais desafiadora, banhado em suor eu tentava parecer firme, imparável, indomável como qualquer outro capitão deve ser. - Asraaa~~ já estamos chegando? - Dizia em um tom manhoso, de fato eu queria tentar parecer tudo aquilo que citei antes mas aquela ilha não era só horrível como a situação em que nos encontrávamos também era horrível, estava suado, sujo, fedendo e com um homem maltrapilho em meus ombros!

Yasha trazia a resposta e suas palavras me forçaram a balançar minha cabeça concordando com aquela informação. - Sim, sim… nos hidratar. - Comentei em um tom neutro puxando a garrafa de rum da minha mochila para dar um rápido gole em seu conteúdo, ficaria feliz em compartilhar a bebida com algum de meus companheiros no caso de alguém questionar o uso do rum no lugar da água eu apenas responderia. - Eu não trouxe água comigo e que tipo de capitão eu seria se tirasse um recurso tão importante quanto esse dos meus caros companheiros! ha ha ha~ - Dizia gargalhando de forma bem humorada após um segundo gole na bebida.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

De acordo com o seguir da expedição seria comum de quase cinco em cinco minutos eu virar para Asra ou para Yasha no intuito de repetir a pergunta de antes. - A gente já chegou? - Tentaria não soar tão manhoso sempre, por vezes iria tentar soar mais casual ou então mais alarmado, sabia que eu mesmo poderia checar a nossa direção mas Asra parecia ter um melhor senso para essas coisas afinal ele era o nosso navegador. Quando chegamos no rio um dos Dirt Miners, acredito que fosse o Karol, pediu um tempo para descansarmos e sinceramente eu estava de acordo com a ideia apesar de ainda ter a minha guarda levantada, olhando a nossa volta eu procurava alguma ameaça mas não encontrava nenhuma, até mesmo Hórus parecia tranquilo, por último olharia para o rio esperando que a água ali fosse um pouco mais limpa que o lago com corpos boiando e claro o rio que nosso navio estava seguindo antes de ancorar. - Certo, vamos fazer uma pausa de cinco minutos pessoal mas continuem alertas. - Comentei para todos enquanto seguia para uma árvore ou rocha mais próxima.

Se não fosse interrompido em meu caminho eu puxaria o rolo de corda da minha mochila e começaria amarrar o meu prisioneiro na árvore ou na rocha que tivesse encontrado, deixaria-o sentado enquanto a corda envolveria seu tronco o prendendo ali. - Yasha pode ficar de olho no prisioneiro rapidinho? - Perguntaria para a mulher no caso dela não estar visivelmente ocupada caso o contrário pediria para Asra, no caso de algum deles se dispor para a tarefa então eu seguiria até Edward o agradecer da forma apropriada pelo seu presente. O procurando em meio ao grupo eu iria me aproximar de forma casual e me sentaria ao seu lado. - Ei Edward obrigado pelas manoplas, realmente não sei como agradecer pelo gesto... - Dizia de forma sincera enquanto demonstrava um leve sorriso na esperança de não parecer uma pessoa estranha voltando aquele assunto de quase meia hora atrás. - ... Aqui se tiver algum dos seus homens que use dos punhos eu ainda tenho as minhas soqueiras, elas não são como as que você encontrou mas são de boa qualidade. - Dizia puxando minhas antigas armas compradas em Loguetown.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sentado ao seu lado eu responderia qualquer pergunta feita a mim e participaria de qualquer interação junto de seus homens compartilhando de meu rum e claro dos doces que eu carregava mas não iria me prolongar muito ali, educadamente iria pedir licença e caminharia até onde Asra e Yasha estivesse, isso se não estivessem todos sentados juntos ali o que de fato era a minha preferência fazendo quase como um meio círculo próximo da margem do rio. - O que vocês acham? Ainda devemos chegar antes do entardecer, acham que conseguimos voltar para o Starlight antes de escurecer também? - Perguntava de forma casual, sabia que era um tema delicado dependendo da moral da tripulação mas estávamos indo bem até agora e por isso não tinha motivos para acreditar que iriamos falhar em encontrar algo que nos fosse útil, muito menos em encontrar nosso caminho de volta para a embarcação.

- O que estão achando da ilha até agora? Alguém tem alguma ideia de que lugar seja esse? - Perguntei olhando para todos, enquanto descansávamos e seguíamos interagindo, eu ocasionalmente olharia para onde o prisioneiro estava amarrado buscando confirmar o seu estado de inconsciência, iria também limpar as minhas manoplas novas para que pudesse as equipar em minhas mãos e se tivesse um tempinho extra eu me afastaria um pouco para mijar o rum para fora do meu corpo em uma arvore próxima mas de um ângulo que ninguém pudesse ver as minhas intimidades. Contava com todos para se manterem atentos aos eventos em nossa volta durante o repouso, assim que os cinco minutos se passasse eu bateria palmas usando as minhas novas armas. - Okay pessoal hora de voltarmos ao trabalho. - Iria antes de seguir até o prisioneiro para desamarra-lo da árvore mas aproveitaria a corda para amarrar os seus braços juntos ao corpo e os pés junto ao outro, com tudo pronto e sem nenhuma nova surpresa voltaríamos a nossa caminhada em direção ao domo.

Legendas:
 
Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyTer 31 Mar - 14:28





~ Anteriormente:
O clima da ilha parecia começar a afetar os aventureiros, de forma que eram praticamente obrigados a ceder o tempo para que um dos mineradores pudesse parar para respirar e fumar um cigarro,  enquanto isso, a floresta parecia continuar respirando e exalar morte e vida ao mesmo tempo.~


Jones aproveitava o tempo que tinha para agradecer a Edward e assim o fazia, sentava-se próximo do capitão, que aproveitava para tirar um pouco a bota e molhar os pés na água, e dessa forma entregava suas antigas soqueiras ao outro, como uma retribuição. - Você não precisava! Mas obrigado mesmo assim, tenho certeza que Pino vai gostar disso. Edward fazia um sinal para que o outro boxeador chegasse mais perto do grupo e logo oferecia a nova arma.

Enquanto isso, Yasha permanecia em vigia olhando o prisioneiro, que estava devidamente amarrado em uma árvore, tal como aproveitava para descansar por um minuto, sentada em uma das pedras. Verlac, passava água em suas roupas tentando diminuir sua temperatura corpórea, enquanto Kaloran fazia o mesmo.  O prisioneiro continuava ainda inconsciente, mas vivo. E Johnny tomava conta desse momento para não só limpar seu equipamento, mostrando a verdadeira as joias que o adornavam, como também “tirar a água do joelho”.

Era quando estava terminando de urinar nas árvores que subitamente Hórus agitava-se, imediatamente após todos do grupo ouviam um som estridente, um som de sirene que vinha de várias direções afetavam a todos os aventureiros e ficava ressoante por alguns minutos, somado a isso, era possível ou vir um barulho grave e grosseiro, como se algo rudimentar estivesse sendo movido. -E-ei! Pino era o primeiro a apontar para o Leste, em direção do portão ao qual o grupo entrou, e que faziam, conforme iam vendo, Yasha, Verlac, Edward e Kaloran arregalarem os olhos.

O que parecia ser um portão abandonado agora tomava uma nova forma, uma parede grossa de concreto era erguida lentamente e ia fechando o portão em questão de um minuto estava totalmente fechada, liberando um barulho oco e alto que ecoava por todo o território. – Os outros também. Falava Edward apontando para os outros portões indicando que todos estavam lacrados.

- Não sei o que é essa ilha, mas parece muito uma prisão. Enquanto a sirene continuava e os portões haviam terminado de ser fechados, o prisioneiro aos poucos, devido ao barulho ia acordando, e quando recobria os sentidos seus olhos arregalavam-se e ele entrava em desespero imediato. – NÃO, A MORTE, A MORTE , A MORTE, A MORTE. Em um pulo ele se levantava e começava a correr em direção dá cúpula, mas seu corpo era arremessado de volta devido a tração da corda, fazendo-o cair de costas no chão. Muitos poderiam pensar que ele ficaria deitado ali, mas não, o desespero falava mais alto, o homem levantava-se e tentava novamente correr, ficando no limite que a corda o puxava e começava a se debater buscando arrancar a algema, que só começava a machucá-lo mostrando marcas de sangue e arranhão no punho.

O som da sirene era interrompido, mas Hórus não parecia ficar menos agitado, começava a sobrevoar o grupo em círculos. Então, um som gutural percorria todo o ambiente, parecia ser o tipo de som que um homem faz quando sente um urro de dor, seu tom transmitia agonia(9:32), medo frente a algo que não parecia ser humano, mas também não era dócil. Não era possível ver de onde veria e não parecia perto, todavia estava vivo.  Ao ouvir o som, o prisioneiro começava a gritar e então chorar, caia no chão de joelhos e era possível ver que de suas pernas escorria urina.

Karolan, Edward e os outros ficavam boquiabertos perante a cena, de modo que sem consultar ninguém, Kaloran era o primeiro a engolir em seco e começar a correr em direção da cúpula, seguido de Pino que parecia ir atrás do companheiro. – EI, VOCÊS DOIS, ESPEREM! Edward protestava estendendo a mão, mas era tarde, a dupla saia em disparada procurando fugir ou sequer o que fossem fazer, e novamente voltavam a olhar Jones, esperando sua decisão.








Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptySab 4 Abr - 15:25

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 12 - Corre negada!


A interação com o grupo se seguia e nisso eu entregava a soqueira que usava antes em troca da manopla ganha, eu entendia que no ponto de vista de Edward e seu grupo eu não precisava retribuir o seu gesto de gentileza mas eu mesmo sentia o contrário, pelo menos ali eu lembrava que aquelas pessoas eram boas e por isso mereciam a minha ajuda e zelo. Por mais que Yasha reprovasse a ideia ou até mesmo os achasse meio inúteis naquele momento eu tinha para mim que eles eram pessoas dignas de serem ajudadas, pessoas boas que merecem uma segunda chance assim como eu um dia precisei.

Como um cachorro em um ambiente novo eu comecei a marcar meu território em uma árvore próxima. ~ As ilhas do sul~ são quentinhas~ ~ Eu já terminava tal ação quando de repente uma tipo de sirene começou a tocar vindo de várias direções ao mesmo tempo. - Não fui eu! - Gritei imediatamente correndo em direção do grupo enquanto afivelava o meu cinto, não sabia muito bem o motivo de declarar tais palavras mas como a sirene só começou a tocar depois de eu terminar de mijar era importante para mim deixar aquilo claro, coincidências demais para a minha cabeça. Um dos homens de Edward apontou para uma direção onde podíamos ver o portão que utilizamos se fechar, o que parecia indicar que estávamos presos ali, meu coração batia mais rápido, todos os barulhos e sons alarmavam a mim e o meu grupo, parte desse desespero se dava ao fato de não sabermos o que estava acontecendo e outra parte ao fato de sequer sabermos onde estavamos. - Mas que caralhos…. - Balbuciava vendo toda aquela cena junto de meus companheiros.

- Ainda não acabou... - Comentei de forma séria em resposta a Yasha e Edward sendo o motivo de tais palavras óbvios, pelo menos em minha cabeça, antes que pudesse ter a oportunidade de tentar explicar o meu raciocínio em meio de todas as sirenes que tocavam naquele momento a minha atenção era chamada em direção do prisioneiro. - Eeeeh diabo... - Corri em sua direção tentando evitar que ele escapasse afinal eu via certo valor naquela pessoa. - Yasha, Asra me ajudem aqui! - Imediatamente tentaria pular sobre o prisioneiro e assim o jogando no chão enquanto forçava meu antebraço em sua nuca, buscava usar o meu peso somado com a minha força para subjugar e imobilizar o prisioneiro empurrando seu rosto contra o solo. - Droga, se acalme! Asra me ajude a segura-lo, Yasha desamarre a corda que o prende na árvore. - Pedia aos meus companheiros enquanto as sirenes iam sumindo.

Por um momento eu pude respirar fundo apesar da situação do prisioneiro, se tivesse falhado na primeira tentativa eu iria continuar tentando o imobilizar contra o solo com a ajuda de Asra e Yasha, no entanto logo percebia que mesmo sem as sirenes eu ainda não poderia relaxar. Sem aquele som estridente eu tinha para mim a tranquilidade de poder pensar sem ouvir uma sirene vindo de todos os lados mas a vida é mesmo uma caixinha de surpresas, vendo Hórus sobrevoar daquela forma me deixava inquieto e logo o motivo daquela reação ficava claro, nós ouvimos um outro som, algo mais gutural e horripilante. - É eu acho que prefiro as sirenes... - Comentei olhando ao redor buscando a origem daquele som enquanto, cerrando os meus punhos eu já ia me preparando para o pior mas infelizmente ver dois dos nossos homens correndo me pegava desprevenido. ~ Ehm... Eles estão brincando comigo? ~ Pensei exibindo uma cara de tacho os vendo correr em direção a cúpula.

Para mim aquela situação era sim estranha mas ainda era uma situação da qual poderíamos tirar proveito, um evento que poderia trazer respostas para as nossas perguntas, a adrenalina que corria em minhas veias parecia gritar para mim investir na direção da origem daquele som alienígena e descobrir o que diabos estava causando todo aquele furdunço, por que as passagens se fecharam, por que a sirene tocou? Sentia que o motivo disso era aquilo que estava fazendo aqueles sons estranhos, sim era algo que poderia me dar medo mas diante do meu objetivo e da minha sede de aventuras aquele medo acabava servindo como incentivo para eu correr em direção do perigo. ~ Mas ao mesmo tempo... ~ Meus olhos naquele momento se encontravam com os de Edward, todo meu instinto me dizia para investigar a origem daquele som mas agora eu era um capitão e tinha outras vidas sobre minha responsabilidade. - Porque estão todos parados me olhando com cara essas caras de tacho? Para a cúpula, vamos! - Gritava como uma ordem enquanto eu mesmo me levantava e mais uma vez jogava o prisioneiro sobre os meus ombros. - E você se não quiser morrer é bom vir conosco! - Falei em um tom mais baixo em direção do prisioneiro.

Junto do meu grupo eu começaria a correr em direção aquela construção atento a qualquer coisa que poderia vir contra nós, não olharia para trás ao menos que ouvisse algo que puxasse a minha atenção naquela direção caso o contrário continuaria correndo evitando qualquer obstáculo que pudesse surgir em meu caminho sendo pulando, abaixando ou fazendo qualquer manobra não muito complicada pelo fato de ainda carregar o maluco em meu ombro.

Legendas:
 
Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyDom 5 Abr - 12:40





~ Anteriormente:

O cenário que antes dava origem a uma curiosa aventura no pântano agora mostrava suas verdadeiras garras de terror e assombro. Enclausuramento, medo, pânico, morte, monstro. Todas essas palavras eram as que formavam Berlinque em sua essência. No meio disso tudo, Jones e seus colegas tentavam sobreviver entre o desespero mental e as decisões racionais, por mais que uns quebrassem, o grupo buscava ao menos ter alguém em quem se apoiar.~


O prisioneiro parecia ainda preso ao seu complexo mental enquanto estava sendo carregado nos ombros de Jones. Ele cessava de se debater, mas sua impressão ainda era total de perplexidade e medo, constantemente olhava para os lados, para o interior da floresta, como se estivesse alerta para seu pior pesadelo. - A morte..a morte.. ele sussurrava em pânico enquanto olhava para os outros lugares.

Enquanto isso, o grupo avançava atrás dos outros dois que tinham saído em disparada. Quando iam partindo em direção da cúpula, a mata começava a ficar um pouco mais espaçada, permitindo uma passagem maior de luz e era possível ver que o chão havia sido tratado ali, mostrando sinais claros de que havia tecnologia envolvido, em outras palavras, haviam pessoas habitando aquela ilha e provavelmente moravam na cúpula.

O grupo continuava a correr até que chegava na entrada da mesma, um grande portão em arco separava o interior da estrutura do pântano, e na frente do mesmo não havia ninguém, nem mesmo os outros dois amigos de Jones. - Aonde eles se meteram? Perguntava Edward olhando ao redor, colocando a mão sobre os olhos a fim de diminuir a luminosidade para procurar melhor a dupla.

Então, subitamente, o grupo ouvia o som de maquinas se mexendo e a porta da cúpula começava a abrir. Dela, saia um homem alto, de cabelo moreno, que olhava o grupo de cabo a rabo, sua expressão não falava muito, era frio, todavia suas vestes diziam sim. Por trás de uma roupa mais "a vontade" havia um longo manto branco com os ideogramas de "Justiça" escritos nas costas do sobretudo. - Marinha ?! Falava Verlac, um pouco atônito de encontrar um capitão ali.

O homem então arqueava sua sobrancelha, um pouco surpreso pela falha e logo caminhava para fora da cúpula, com a porta da mesma ainda aberta. - Vocês não são revolucionários, mas também não estão com o den den mushi nos ombros. O que vocês querem vindo até a cúpula, deveriam estar caçando não? O marinheiro perguntava dando as costas para o grupo e começando a caminhar para dentro do lugar, dando espaço para que o restante o acompanhasse.

Parecia um convite indireto para entrar, e aquele lugar teria alguma relação com a marinha, ainda assim, qual era aquela relação e quem era aquele homem? Além disso, onde estavam Pino e Karolan? Yasha aproximava-se de Jones e tocava-o levemente no ombro, falando em um tom audível aos dois. - Tem certeza?







Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyDom 5 Abr - 22:34

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 13 - Ocean man


Embarcamos em uma corrida incessante até o nosso destino, o moribundo em meus ombros continuava a balbuciar aquelas palavras de mau agouro o que obviamente me preocupava e no fim acabava apenas servindo para me deixar mais ansioso. - Minha paciência com você tá acabando ein! Fica quieto ou te deixo para trás! - Reclamei de cara feia apesar de saber muito bem que não seria capaz de deixá-lo para trás naquelas condições. O caminho ia ficando menos denso e menos desafiador conforme íamos nos aproximando, o restaurava um pouco a minha tranquilidade mas ainda me preocupava com os outros dois, agir por impulso daquela forma nunca é um bom sinal principalmente em uma ilha como essa. ~ Merda espero que aqueles dois estejam bem... ~ Pensava enquanto corríamos juntos em direção a construção.

Conforme íamos nos aproximando o sentimento de preocupação não cessava pelo motivo de ainda não encontrarmos os nossos companheiros. - Não vai me dizer que eles saíram do caminho... - Comentava para mim mesmo enquanto olhava ao redor assim como Edward. Foi quando as portas começaram a se abrir que minha atenção voltou para construção, meu coração batia mais forte na esperança de ser os dois que se separaram do nosso grupo mas também existia o pequeno temor da possibilidade de que a pessoa que surgisse ali fosse na verdade um inimigo em vez de um aliado, por isso eu já levantava a minha guarda e encarava a pessoa que saia da cúpula.

Um homem alto de semblante apático aparecia diante de nós, minha hostilidade contra tal figura sumia assim que percebia seu uniforme. ~ Um marinheiro aqui? ~ Estava tão curioso e surpreso quanto Asra afinal aquela ilha parecia inabitada até poucas horas atrás mas agora a gente encontrava um marinheiro ali. - O que a marinha faz aqui? - Comentei sem perceber que estava pensando alto demais, talvez a nossa reação não fizesse muito sentido para aquele homem mas de qualquer forma ele nos convidava para entrar, suas palavras ainda não faziam sentido para mim mas imaginava que se eu quisesse respostas eu deveria entrar naquela construção. ~ Revolucionários? Caçando? Den den mushi nos ombros? Do que diabos ele está falando? ~ Refletia enquanto coçava a minha cabeça em evidente dúvida.

- Bem eu não vejo nenhum problema em irmos com ele, digo são marinheiros não tenho nenhum problema com eles mas... - Dizia enquanto voltava a coçar a cabeça. - Eu estou preocupado com os outros dois, acho que alguns de nós deveriam ficar aqui fora os esperando só no caso deles aparecerem, não deveríamos procurar na floresta para não arriscar um desencontro… Edward você quer ficar aqui e esperar por eles enquanto caço respostas lá dentro? - Perguntava para o velho capitão dos Dirt Miners antes de eu mesmo seguir o capitão da marinha, assim que tivesse a confirmação de Edward eu seguiria com Yasha e Asra cúpula a dentro.

Apertando meu passo eu tentaria alcançar o capitão que para mim ainda era um estranho, talvez fosse melhor começar corrigindo isso. - Oi eu sou Johnny Jones, essa é a Yasha e esse é Asra, somos um grupo conhecido como Overwatch. - Me apresentava de forma gentil tentando ser educado com o marinheiro. - Então será que o senhor pode me explicar o que está rolando aqui? Tipo que ilha é essa e o que está acontecendo lá fora? - Minha pergunta era direta já que eu ainda queria questionar o capitão sobre a possibilidade dos nossos companheiros terem chegado ali antes de nós, ouviria qualquer informação com atenção e seguiria o marinheiro até onde ele nos permitisse reservando minhas reações para o desenvolver daquela interação.

No entanto por um momento eu esquecia que carregava comigo um prisioneiro, sim supostamente é algo que alguém não esquece mas dada a circunstância. - Ah é mesmo eu esqueci de você! - Com isso colocaria o prisioneiro no chão e começaria o processo de desamarrar as suas cordas mas ainda manteria as algemas por questões de segurança. - Eu encontrei esse carinha na floresta também, o senhor conhece ele? Ele não parece ter um den den mushi também... - Dizia ao capitão de forma tranquila enquanto desamarrava as cordas já estando dentro daquele QG. - Eles nós atacou no nosso caminho, acho que ele estava pensando em nós comer ou algo assim… Ele também não para de balbuciar algo sobre “A morte” e coisas do tipo. - Explicava já na intenção de entregar o homem aos cuidados da marinha, afinal querendo ou não ele atacou um dos meus companheiros, tinha certeza que a marinha saberia como cuidar daquele homem levando em consideração o estado em que o mesmo se encontrava de fome e loucura.

Legendas:
 
Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyTer 7 Abr - 12:15





~ Anteriormente:

Após os recentes episódios de pânico, o grupo avançava rumo á Cúpula e ao chegar nela deparavam-se com a presença inexplicável de um marinheiro, um capitão, o mesmo informava todos sobre uma "caçada", sem muitas respostas, eles adentravam no recinto, deixando apenas Edward para trás esperando pelos outros, em busca de algum esclarecimento.~


Aos poucos o grupo ia passando por um longo corredor iluminado, o corredor em si era bem diferente do lado de fora, com pisos brancos e parecia constantemente limpo. Não só isso, algo notável era que a temperatura ali dentro era nitidamente mais baixa do que o lado de fora, uma diferença absurda na verdade, que faria muitas pessoas ficarem ali só para fugirem do calor.

Por fim, o Overwatch chegava no centro da Cúpula e a vista poderia ser o suficiente para tirar o folego de muitas pessoas, o domo do lugar possuía um centro de vidro que permitia a entrada da luz, mas de forma radial uma sequencia imensa de monitores ia se espalhando, os monitores, todos ligadores, transmitiam imagens de algum lugar, mas reconhecível ser da ilha devido a flora de onde todos estavam.

Enquanto Yasha e Verlac ficavam perplexos com aquele lugar tão contrastante com o exterior, uma mulher de cabelo azul aproximava-se do grupo em silêncio e ao chegar próxima apenas abria os braços como se estivesse mostrando tudo aquilo. - Caçador de Piratas Johnny Jones, bem vindo à BDPM. Ela possuía um sorrio amplo em seu rosto, talvez de orgulho por talvez ser uma das líderes daquele local, e assim ela abaixava os braços aproximando-se um pouco mais do grupo e olhando o prisioneiro.

- Muito bem, sequer se inscreveu no jogo, mas já conseguiu uns pontos, muito bem. Ela segurava um pouco o cabelo do prisioneiro como se estivesse o avaliando. - Pode deixar ele com o capitão Rugh, sei que você deve estar cheio de dúvidas, mas vou te explicar tudo. A mulher então fazia um sinal para que os convidados a acompanhassem e conforme fossem andando, ela daria as devidas explicações.

(soundtrack)

- Essa ilha se chama Berlinque, é conhecida no submundo por ser um lugar de fuga de piratas e revolucionários, mas na verdade, é uma ilha armadilha. Desse modo, semanalmente a marinha desenvolve um festival semanal chamado Tânato, onde convidamos caçadores de recompensas e marinheiros para caçarem esses criminosos, ao mesmo tempo que fechamos a ilha para impedir que os fugitivos escapem. Então, fornecemos den den mushis e suporte para os nossos colaboradores a fim de que em troca eles só nos forneçam aquelas imagens que vocês viram antes.

Então, o grupo chegava em uma espécie de almoxarifado, onde ela pegava três den den mushi e oferecia-os aos membros do Overwatch. - Não é como se vocês tivessem muita escolha agora, ou participam ou serão mortos pelos criminosos. Talvez você até consigam um bom dinheiro participando do nosso evento. Havia um tom muito mais sério na fala dela, mostrando que de fato não havia muita margem de negociação ali.

- Além disso, o amigo de vocês lá fora e os outros dois, acho que eles não te contaram quem eles são de verdade não é? Edward e seu grupo pirata, somando 20kk de berries de recompensa, todos revolucionários procurados pelo Governo que provavelmente esconderam sua identidade, são um bom alvo para começarem.

- Mas agora, qual caminho vocês escolhem?


Tanto Yasha quanto Asra pareciam boquiabertos com aquilo, um jogo de sobrevivência? Uma caçada por criminosos? Um jogo carnal que determinava quem poderia viver ou não dentro do espaço de uma semana, teriam o espirito para participar disso? Alías, estariam preparados para entrar nessa realidade?






Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyTer 7 Abr - 16:25

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 14 - Wolf in sheep's clothing


Aquele lugar era extraordinário, enquanto caminhava adentrando a base eu tentava me manter sério e continuar com todas as interações mas vira e mexe eu me pegava encarando uma das telas ou simplesmente admirando a arquitetura local que parecia tão moderna a um estilo minimalista que fazia os meus olhos brilharem como estrelas. ~ Oooh~ veja só isso... ~ / - Hórus é bom não cagar aqui dentro, não me faça passar essa vergonha... - Comentava baixinho apenas para o pássaro ouvir. Não demorou muito para uma bela mulher de cabelos azuis chegar e interagir com a gente, talvez ela também fosse uma marinheira mas a maneira que ela falava e o orgulho que ela exibia diante aquela base me fazia questionar se ela não era uma cientista ou algo do tipo. ~ Uau parece que o lance do caçador realmente acabou colando por aí... ~ Pensei refletindo sobre a maneira que ela citava o meu nome.

~ Pontos? ~ Me questionando eu olhava para o prisioneiro que era entregue para o agora conhecido Capitão Rugh, tal gesto não pesava muito em meu coração já que no fim aquele homem tinha de fato atacado um de meus companheiros, ele pagaria pelos seus crimes seja lá quais foram, fora isso eu acreditava que ele teria condições melhores de vida na cadeia do que naquele pântano mortal. - Ok… Se cuida sr. prisioneiro. - Me despedi do homem apesar de duvidar que sua baixa sanidade permitisse alguma compreensão de minhas palavras, finalmente a mulher de cabelos azuis nós explicava sobre a ilha e sobre o que ocorria ali. - Hmm... - / ~ Isso até que é uma ação inteligente… Os caçadores caçam e eles ganham informações é isso? ~ Eu não era nenhum gênio ou nenhum estrategista mas a minha interpretação de tudo aquilo era que a marinha estava incentivando a participação dos caçadores na luta contra o crime em Berlinque enquanto eles ganham imagens da ilha ou informação do local, minha opinião em relação aquilo era neutra mas sinceramente eu não via muitos motivos para participar daquele evento.

Por reflexo eu ia pegando um dos den den mushi, no fundo eu ainda estava processando todas aquelas informações enquanto tentava exibir uma expressão neutra e apática, não queria deixar claro que ainda processava tudo aquilo mas a próxima informação que aquela mulher nós dava me acertava como uma flecha. - Eles são o'que!? - Surpreso e indignado eu relembrava momentos de nossas conversas e demais interações como se buscasse algum sinal, alguma pista qualquer que confirmasse aquelas palavras. - Ma- mas ele falou que era um... - Me encabulando com minha própria fala eu podia sentir minhas bochechas corando e meu semblante confuso se apresentando. ~ Fui enganado! Não pode ser… Eles mentiram para mim? Por que? Eu fui tão legal com eles! ~ Confuso eu olhava para os meus companheiros buscando alguma luz naquela situação mas via que eles estavam tão confusos quanto eu.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Diferente do doido que nós atacou antes Edward e seus companheiros não tinham feito nenhum mal a mim ou ao meu grupo, por isso eu não tinha nada contra eles em particular, na verdade sequer sabia se eles eram mesmo piratas. ~ Eu dei arma para todos eles! ~ Na minha percepção Edward era apenas um velho com um grupo de pessoas que encalhou no farol e por isso era difícil para mim processar aquela informação, ainda abatido eu buscava recuperar minha compostura, a mulher tinha respondido às minhas perguntas e seria rude de minha parte não responder as dela. - Dona a gente não dá muita bola para dinheiro não... - Dizia abrindo um sorriso de canto com uma expressão ainda meio tristonha que tentava se recuperar da notícia de antes. - ... Isso para nós é apenas um bônus ou uma consequência do nosso estilo de vida irresponsável sabe, melhor dizendo nós não somos profissionais. - Aquela frase poderia soar com certa casualidade mas como líder eu deixava clara a minha posição com aquela situação, mesmo em um tom que poderia ser interpretado como brincalhão eu era bem honesto e direto com a mulher de cabelos azuis, mas minhas palavras não cessavam ali.

- No entanto... - Voltando a falar com um semblante mais sério e um olhar afiado eu continuava. - ... se algum idiota realmente ameaçar a vida dos meus companheiros então não terei escolha senão fazer o meu trabalho, por hora vamos ficar com esses den den mushis para dar o que vocês querem mas não esperem uma participação ativa por nossa parte nesse jogo que vocês projetaram aqui. Quanto a Edward e aos seus homens eu vou lidar com eles, afinal é por causa de mim que eles estão aqui, agora eu tenho uma última pergunta… Depois que as sirenes pararam de tocar nós ouvimos uma coisa no pântano, isso foi coisa de vocês também? Seja o que for aquilo fez o prisioneiro agir feito doido então quero saber o risco de algo similar acontecer com os meus companheiros. - O motivo da minha pergunta se dava ao fato de não ter tido a oportunidade de investigar a origem daquele som, seja o que for aquela coisa fez um som que nunca tinha ouvido antes e ao mesmo tempo fez o prisioneiro agir como se estivesse prestes a morrer, como se tivesse ficado traumatizado com aquilo que gerou tal som.

Assim que a mulher respondesse a minha pergunta se não tivesse mais nada para mim fazer ali então eu colocaria o caracol no meu ombro direito fazendo também a menção para os meus colegas fazerem o mesmo com o que eles pegaram. Por fim eu caminharia para fora daquela base afinal eu ainda precisava checar uma última coisa antes de voltar para o Starlight, precisava me encontrar com Edward. Em minha cabeça eu lidava com uma série de sentimentos conflitantes, parte de mim não queria acreditar que os Dirt Miners eram piratas mas quanto mais eu refletia sobre o assunto mais sentido fazia. ~ Karthus citou que as pessoas no farol não eram confiáveis... ~ Fora isso Yasha tinha citado diversas vezes que achava aquele grupo estranho, mesmo assim eles ainda não tinham feito nada contra nós mas ao mesmo tempo vai saber o que eles já fizeram por aí. - Ei Edward acho que precisamos conversar. - Diria em um timbre sério uma vez que o encontrasse usando a minha voz de uma forma nada encantadora naquele momento enquanto meu olhar fazia uso da intimidação que aprendi em minha jornada. - Você tem algo para me falar? - Naquele momento eu analisaria a postura e a reação do velho capitão dos Dirt Miners apenas esperando sua resposta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O encarando de maneira séria eu mostrava para Edward um Johnny que talvez ele ainda não tivesse conhecido, eu apenas observava suas ações, se Yasha ou Asra tentassem interromper algo ou interagir eu apenas levantaria uma mão fazendo o sinal para eles deixarem aquela situação comigo. Tão pouco me importaria se naquele momento eu fosse vítima de um ataque ou não, com o mesmo semblante, com o mesmo olhar, eu apenas observaria o homem investindo contra mim já executando o seu ataque. ~ Então é verdade... ~ Ainda olhando bem nos seus olhos eu deixaria que o seu golpe atingisse o meu corpo, eu merecia aquela dor, no entanto eu buscaria enrijecer meus músculos no momento que seu ataque se chocasse com meu corpo. No caso de resistir ao impacto e continuar em pé imediatamente eu tentava agarrar a mão utilizada por Edward naquele ataque e sem quebrar o contato visual com os seus olhos eu continuaria. - Eu confiei em você... - Apertando seu pulso com a minha mão equipada com a manopla que aquele homem me deu eu continuava. - ... o recebi em meu navio, o tratei como companheiro e é assim que você retribui? - Em um movimento brusco eu tentaria o empurrar para trás já soltando o seu pulso para permitir que ele se afaste. - Vá… Encontre seus homens e saia dessa ilha se puder, na próxima vez que nós encontrarmos eu serei seu inimigo. -

Aquele era o meu jeito de me despedir de alguém que considerei um amigo, como eu tinha mencionado não tinha nada contra Edward e seu grupo mas ao mesmo tempo não poderia ignorar os seus crimes, por isso dessa vez considerando toda a situação eu deixaria o homem ir, ele já estava em um ambiente completamente perigoso e mortal eu seria o último de seus problemas ali mas garantia que na próxima vez eu não seria tão gentil. No caso de Edward querer engajar no combate então eu não teria escolha se não derrotá-lo ali pois esse era o meu trabalho.

Legendas:
 
Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyQua 8 Abr - 14:57





~ Anteriormente:

Semana do Tânato. Um festival de carnificina para liberar a purificação da ilha e agraciar os deuses, ou então uma desculpa criada pela marinha para que outros pudessem fazer o seu trabalho sujo, tudo dependia de que lado da moeda você estava. Inerente a isso, Jones decidia pelo seu próprio destino, e as engrenagens desse plano começavam a girar.~


- Ah..então você pode ouvi-lo? Dizia a mulher deixando com que um sorriso malicioso escapasse do rosto dela. - Por que você não tenta descobrir por conta própria? Ou talvez aquilo queria te descobrir antes. Mas não tema, você não precisa temê-lo tanto assim. A mulher falava deixando com que Yasha e Verlac pegassem os Den Den Mushis e ela indicava para que colocassem no ombro,  a fim de ter as imagens necessárias.

Então, indo para fora da Cúpula, a primeira coisa com que Jones encontrava do lado de fora( e que talvez não quisesse vê-lo nesse momento) era o próprio traidor. Sendo assim, o caçador de piratas aproximava-se do homem já vociferando suas palavras de ordem, vendo isso, Verlac aproximava-se tentando interromper o amigo, mas nisso recuava ao ver a mão do loiro levantada, sabia o que aquilo significava, e não havia muito se não aceitar.

Edward, por sua vez, pareci totalmente confuso com a cena e sequer agia contra o caçador, na verdade recebia o empurrão, caindo no chão sentado e com os olhos arregalados, entendo então o que se passava. - Você..é igual aos outros. Ele começava, mas então fechava os punhos, abaixava um pouco a cabeça e se levantava, ficando de costas para o lutador. - Nós não temos lugar, traidores não pertencem a lugar nenhum, mesmo que quiséssemos mudar. E assim ele começava a andar em direção da floresta, claramente derrotado.


O calor do pântano voltava a incomodar os aventureiros, e não só isso, talvez pelas condições do clima, uma chuva começava a desabar ali, não era tão forte, mas um pouco incomoda, Edward então já sumia em meio à aquele cenário de plantas que fechavam a luz e a chuva que não ajudava, Verlac, Yasha, e Jones se encontravam ainda em frente a Cúpula, a semana do Tânato havia iniciado, e mesmo que não desejando isso, Overwatch estava preso a essa realidade, e teriam que "jogar" para sobreviver.

- E agora ?




Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 EmptyQua 8 Abr - 17:22

Welcome to the Jungle
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Post: 15 - In the End


A marinheira de cabelos azuis sorria ao ouvir o meu relato sobre o que tinha sido presenciado naquele pântano, não sabia dizer se ela estava surpresa ou apenas empolgada com aquela informação mas algo na sua reação não me animava, principalmente o fato de não ter recebido uma resposta direta da cientista. - Eerh? Talvez no fim eu acho que esperei demais de vocês. - Em um tom infantil eu dava as costas para a mulher quase como se estivesse debochando dela, de qualquer forma eu não pretendia ficar ali esperando a boa vontade da marinha, Yasha e Asra que me desculpem mas a minha cabeça estava imersa em dúvidas e sentimentos confusos em relação a Edward e por isso não os esperei para sair da base. Enquanto meus companheiros ainda pegavam e posicionavam as suas câmeras eu já seguia em direção a porta saindo da BDPM em busca de Edward.

Caminhando a passo rápidos eu passava pelas portas apenas para ver Edward ali parado, talvez ele sequer tenha percebido que aquela era uma base da marinha ou talvez ele sequer importava com aquele fato. Com aqueles sentimentos conflitantes queimando em meu peito eu já me pronunciava de uma forma furiosa mas também confusa, queria respostas, queria estar errado mas seu silêncio e sua confusão de alguma forma pareciam confirmar todas as outras informações e pistas de que ele era sim um pirata. Ele e seu grupo poderiam não ter feito nada contra mim e contra os meus amigos mas ao mesmo tempo eu lembrava de Capra, um pirata que tinha feito atrocidades com pessoas inocentes, lembrei de Vidar e de Yachiro, todos criminosos perigosos que um dia ignorei mas que causaram uma grande tragédia.

De cabeça quente eu o empurrava, não podia acreditar que depois de o receber e o ajudar ele teria mentido para mim, a verdade é que no fundo eu meio que já estava ciente deste risco mas mesmo assim decidi arriscar por causa da minha própria filosofia. No entanto o pior ainda estava por vir “Você..é igual aos outros.” Ouvindo tais palavras eu já cerrava os meus punhos mas eu mordia o meu próprio lábio para não agredir o homem ali, queria ouvir o que ele tinha a dizer, queria explicações e principalmente queria entendê-lo mas o que via logo a seguir acabava me deixando apenas mais irritado. ~ O que você sabe sobre mudar!? ~ De costas ele não poderia ver a minha reação mas eu podia sentir as lágrimas de raiva preenchendo os meus olhos. ~ Igual aos outros? Mudar? Você não sabe nada sobre mim seu maldito... ~ Com uma das mãos eu limpava meus olhos e me sentava no chão já colocando a minha mochila sobre meu colo.

Ignorando a chuva eu apenas abria a minha bolsa em busca da minha garrafa de rum. ~ Um homem que quer mudar não viraria as suas costas... ~ Sentado no lamaçal eu beberia as últimas doses que aquela garrafa teria, ignorando o sabor horrível e ignorando a sensação de queimação eu esperava afogar os recentes eventos com a bebida enquanto sentia a água da chuva cair sobre o meu corpo. ~ Mudar é? ~ Eu ainda era pequeno mas os meus pais já me viam como uma ovelha negra graças ao meu irmão mais velho que teria escondido suas drogas no meio das minhas coisas, mesmo que eu tentasse explicar para os meus parentes nenhum deles acreditava em mim, afinal o que era a palavra de um rapaz contra o herdeiro oficial das Indústrias Jones? Por causa disso não demorou muito para eu abraçar essa posição de ovelha negra, ainda jovem comecei a beber e a fumar, frequentei ambientes suspeitos e no fim acabei viciado em alucinógenos. Tudo isso porque no fim eu acreditei que não poderia mudar a visão que as pessoas tinham de mim, se não fosse pelo meu antigo professor eu provavelmente teria terminado em uma vala ou ainda estaria pelo becos a procura de um barato.

Eram nas memórias dessa época que eu embarcava enquanto bebia, tal confronto com Edward tinha trazido todas essas lembranças a tona e tudo que eu queria agora era esquecê-las mais uma vez, a pergunta de Asra me trazia de volta a realidade, ainda irritado com tudo eu apenas encarava a direção que Edward tinha seguido. - Agora? - Repeti a pergunta arqueando uma de minhas sobrancelhas. - Agora nós caçamos. -



Legendas:
 
Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle   Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Farol-
Ir para: