One Piece RPG
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Rumo à Grand Line?
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:19

» Unidos por um propósito maior
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 22:57

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 22:52

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Mazino Ontem à(s) 18:17

» Um Rugido Inicial
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Graeme Ontem à(s) 16:51

» [MINI-BlackHole] Um bom malandro
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Far Ontem à(s) 16:24

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 14:36

» Faíscas da Revolução
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor ArcenioStorm Ontem à(s) 08:22

» Phantom Blood
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Licia Ontem à(s) 05:22

» [MINI - Masques] A far off dream
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Masques Ontem à(s) 02:57

» [Ficha] Jin Ryuji
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Kallieel Ontem à(s) 02:03

» O Sapo Mágico
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 02:03

» A justiça não é cega!
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 00:04

» Cap.2 - O caminho de sangue
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Sex 29 Maio 2020, 18:25

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Kiomaro Roshiro Sex 29 Maio 2020, 17:49

» Akira Suzuki
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Ceji Sex 29 Maio 2020, 14:53

» II - Eternas Ondas
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Mephisto Sex 29 Maio 2020, 11:21

» Jhonathan Wolf
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Gyatho Sex 29 Maio 2020, 11:08

» Al mare!
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Fanalis B. Ria Sex 29 Maio 2020, 07:21

» For Whom the Bell Tolls
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Emptypor Greny Sex 29 Maio 2020, 04:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Red Albarn e o Alvorecer de um Herói

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySex 24 Jan 2020, 01:52

Relembrando a primeira mensagem :

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Red Albarn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Doodles
Game Master
Game Master


Data de inscrição : 08/08/2017

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySeg 27 Abr 2020, 04:42



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 20 - Lobos


Depois de Red acidentalmente magoar os sentimentos de Spirit com a brincadeira sobre namoradinhas, Jon foi até o seu lobo para animá-lo novamente e deu a ele uma espécie de biscoito canino que de acordo com o patrulheiro era o preferido do peludinho, e de fato pela animação de Spirit ele devia gostar muito desse petisco. Jon acabou presenteando Red com um desses e ainda disse que se desse isso para um lobo acabaria ganhando um melhor amigo.

O vinteriano observou atentamente o item consumível e se questionou o que ele teria de especial para ser tão poderoso, levando-o para as proximidades das narinas onde fungou algumas vezes para verificar seu odor, mas percebendo que não seria capaz de identificar os ingredientes apenas pelo cheiro, Red deu uma leve mordidinha na ponta do biscoito para tentar sentir melhor o sabor. Fosse o biscoito ruim para o paladar humano ou até mesmo aceitável, a reação do garoto seria unicamente essa:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Logo quando sentisse o sabor do biscoito sua expressão fecharia em sinal de rejeição, talvez fosse amargo demais, salgado demais, azedo demais ou simplesmente tivesse uma textura esquisita por conta dos ingredientes usados. Em seguida analisando um pouco melhor o efeito do alimento em suas papilas gustativas o jovem selvagem mostraria uma expressão um pouco mais pensativa, achando que talvez estivesse exagerando e exigindo demais do sabor de um petisco animal ou quem sabe tendo um pré-conceito ao se negar sentir o quão delicioso isso era. Então ao notar que poderia estar sendo estranho demais o fato de poder achar bom uma comida para lobos, Red voltou a negar a experiência de ter provado o biscoito e balançou horizontalmente a cabeça. Mas no fim, sabendo que já tinha feito o pior que era arriscar experimentar, agora tanto faz, ele apenas sorriu sozinho e balançou os ombros, aceitando que até que era gostosinho. No pior dos casos ele provavelmente teria uma dor de barriga, já que tóxico para humanos isso dificilmente seria, mas ainda assim mordendo um pedacinho tão pequeno é mais provável que não tenha efeitos colaterais.

- Quem sabe eu consiga descobrir a receita disso e reproduzir um dia. - Comentaria Red guardando o biscoito no interior de suas vestes da maneira mais segura possível, não correndo o risco de ser esfarelado por algum movimento desastrado.

Agora diante da Grande Muralha do Norte, Red estava totalmente dependente do respeito que Jon conseguia garantir com os outros patrulheiros para que sua entrada ali não fosse mal interpretada ou conspirada pelos demais, mas graças a todos os deuses possíveis, a travessia dele pelo portão da muralha foi bastante tranquila e com isso conseguiu chegar na base principal da Patrulha do Norte que de acordo com Jon se chamava Castelo Negro. A primeira coisa que o vinteriano notaria seria a temperatura do ambiente que era bem mais quente que do outro lado, enquanto a segunda coisa que ele iria reparar seria no fato de que apesar de carregar o nome “castelo”, o lugar não era tão luxuoso e magnífico quanto ouviu sua mãe lhe contar.

Aparentemente Jon não queria permanecer muito tempo ali com Red, portanto tratou de continuar guiando o menino pelo pátio do estabelecimento indo em direção a saída onde seguiriam caminho para o sul de Minion Island. Seria impossível para o vinteriano não notar os olhares e até cochichos dos patrulheiros que o julgavam pela aparência, mas ainda que não fosse por isso, uma pessoa trazida do norte dificilmente não seria um selvagem. De qualquer forma, sabendo que não devia explicação para nenhum deles e que nem mesmo passaria muito tempo aqui, Red apenas os ignorou e continuou acompanhando Jon.

Quando aquele jovem garoto apareceu chamando a atenção do patrulheiro, o vinteriano não conseguiu esconder a expressão de espanto, afinal não estava contando que dentro da Patrulha do Norte houvesse alguém tão novo e tão… imaturo? Talvez ele tivesse a mesma idade de Red, mas parecia se comportar como se tivesse dez anos, o que acabou levando o Albarn a se questionar se por algum acaso agia assim quando estava se sentindo confortável. De qualquer forma, Red não se intrometeu no assunto dos dois, apesar de ter ficado curioso a respeito do “lance da mãozinha”, além de não se importar com a presença do garoto na viagem, já que ele teria que ser um belo de um ator para ser algum tipo de filho da puta psicopata que tentaria estragar a missão de alguma forma

- Hey, não grite desse jeito enquanto estiver com a gente. - Reclamaria Red coçando as orelhas logo depois do grito empolgado de Mystras por Jon tê-lo aceitado no grupo.

Apesar de ter dito isso mais por uma implicância com a animação do menino, também era fato que os ouvidos aguçados do vinteriano eram mais sensíveis que os dos demais, e até por conta disso buscou trocar olhares com Spirit para saber se o lobo também havia se incomodado e compartilhavam da mesma opinião. Se sim, Red faria um facepalm olhando para o mascote como se quisesse dizer “é amigo, vai ser uma viagem longa”.

- Jon, antes de irmos, vamos pegar alguns suprimentos, um pouco de água e materiais que permitam a gente acender uma fogueira ou até mesmo cozinhar alguma coisa. - Se o patrulheiro seguisse as recomendações de Red, então eles estariam bem preparados para encarar essa viagem até o rei de Minion Island. Claro que o vinteriano não sabia o tempo que levava para chegarem até o castelo real, poderiam ser tanto alguns minutos quanto dias, mas de qualquer forma ir preparado para o pior é sempre uma opção válida.

Assim que já estivessem na área florestada, mais uma vez Red iria observar a vegetação local e compará-la com a de Vinterion Island. De maneira geral, as árvores eram até que bastante semelhantes, talvez fosse comum esse tipo de mata em áreas mais frias. Os ouvidos sempre atentos do jovem Albarn acabariam por identificar alguns sons da natureza, o que somados a fala final de Jon acabavam criando uma tensão da possibilidade de estarem em um ambiente bastante perigoso. Apesar do conselho do patrulheiro de seguirem apenas a ele, Red não poderia deixar de notar o som que vinha do meio da mata e indicava que um animal parecia estar sofrendo um ataque.

- Jon, tem algo acontecendo dentro da floresta, eu preciso ir ajudá-lo! - Avisaria Red antes de sair correndo floresta adentro para seguir o som que havia identificado ter vindo de um lobo, porém sabia também que ele provavelmente não estava sozinho e era justamente por isso que precisava ir de encontro a ele para ajudá-lo.

Na natureza talvez as coisas funcionem bem dessa forma, mas ainda assim, Red é incapaz de se deparar com algo do tipo de ainda não fazer nada. Correndo na direção dos rosnados sem nem olhar para trás para saber se Jon e Mystras estavam conseguindo acompanhá-lo, o vinteriano esperava conseguir chegar a tempo ao local para ajudar a pobre criatura que estava sendo atacada. E se viesse a conseguir tal feito, Red inicialmente usaria da sua voz para tentar intimidar as criaturas, mas dificilmente sua aparência e postura seriam capazes de fazer tal feito.

- HEY! PAREM COM ISSO! - Gritaria Red caso conseguisse chegar ao local. Seu grito serviria para tentar parar o ataque dos lobos, mas mesmo que falhasse, talvez conseguisse chamar a atenção deles por alguns segundos e se então percebesse que não daria certo, então sua ação seguinte seria pegar a neve no chão e tentar acertar um dos lobos. Mesmo com uma pontaria bem mal treinada, uma bola de neve gorda atirada a uma distância consideravelmente baixa poderia não ser tão difícil de acertar, e ainda que acabasse errando, talvez já fosse o bastante para mostrar aos lobos que estava ali como um inimigo e iria atacá-los se não parassem. - Venham me pegar, sarnentos! - E após tal provocação, Red puxaria sua espada da bainha com a mão destra, não deixando dúvidas de que estaria ali para lutar.

OFF:
 

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiomaro Roshiro
Narrador
Narrador
Kiomaro Roshiro

Créditos : 2
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 25/02/2015
Idade : 21
Localização : brasilia

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptyQui 30 Abr 2020, 20:40



O alvorecer de um herói




Post 21-Narração


Red não pode deixar de experimentar o sabor do biscoito tão agradavel para os lobos, mas assim que sentiu a textura e o sabor do biscoito em sua boca logo pareceu se arrepender pela sua expressão nitida de desgosto. O biscoito tinha um gosto forte de ração defumada e era salgado demais, sua textura era levemente áspera mas se dissolvia na boca, mas aos poucos o gosto ia se assentando na boca de Red e alguns ingredientes a mais ficavam a mostra, a farinha e o tipo de carne que parecia suína e o jovem parecia até se interessar pelo gosto peculiar.

O jeito animado e imaturo de Mystras causou certo desconforto no heroi, talvez não tanto pela personalidade mas sim a forma que ele gritava ao falar. - Hey, não grite desse jeito enquanto estiver com a gente. - Pediu Red, claramente incomodado e Mystras levou ambas as mãos a boca e corou as bochechas como se estivesse envergonhado por incomodar Red daquela maneira. Spirit parecia ter a mesma opinião quanto a forma que o menino se expressava e no momento que Red fez o “facepalm” ele olhou Red e fez um movimento com a cabeça de cima para baixo como se concordasse.

- Jon, antes de irmos, vamos pegar alguns suprimentos, um pouco de água e materiais que permitam a gente acender uma fogueira ou até mesmo cozinhar alguma coisa. - Disse Red e Jon por conhecer bem o trajeto respondeu: -Não se preocupe vamos levar suprimentos o suficiente para a viagem, acampar não será necessário pois o caminho até Wintercall não é assim tão longo, chegaremos antes do pôr do sol-

O patrulheiro tinha certa razão em sua fala, mas ele não esperava os contra-tempos que viriam a ocorrer na floresta dos lobos…

- Jon, tem algo acontecendo dentro da floresta, eu preciso ir ajudá-lo! - Avisou Red ao patrulheiro e a Mystras antes de sair correndo em direção ao som que para o jovem era uma especie de chamado. -Seu idiota, volta aqui!- Berrou Jon, mas não seguiu o jovem, então Red foi sozinho para o chamado. Assim que chegou ao local viu três lobos cinzentos um tanto menores que Spirit mas com certeza maiores que o único lobo bicolor que rosnava para os três que o rodeavam, o lobo não parecia temer a nítida desvantagem numérica, mas havia diversos sangramentos que manchavam seu pelo com vermelho escuro e sua boca que pingava sangue, talvez dele ou talvez dos outros lobos, na neve pálida. Quando Red viu aquela injustiça clamou: - HEY! PAREM COM ISSO! - E todos os lobos o encararam furiosos, até mesmo o que apanhava o encarava com  fúria, mas cabisbaixo indicando algo diferente… Vergonha.

O primeiro lobo, o maior entre os três, tomou a dianteira, rosnando para Red de forma intimidadora e logo foi alvejado com uma bola de neve que bateu diretamente no focinho do lobo, desnorteando-o por um momento e inflamando sua fúria. O lobo feroz avançou alvejando a perna esquerda do jovem um pouco abaixo da patela do joelho, fazendo-o cair enquanto o lobo balançava a perna de um lado para o outro cravando cada vez mais fundo os dentes na perna do garoto e espalhando sangue por todos os lados. Os outros dois lobos continuavam a maltratar o lobo menor.

Os dentes do lobo já estavam tão firmes na perna de Red e a força da mordida dele era tão intensa que parecia poder esmagar os ossos de Red a qualquer momento, mas um jovem com voz alta, alta até demais, veio ao resgate de Albarn bradando seu bastão metálico. -LARGA O ESTRANGEIRO!- Gritou com todo seu folego e golpeu o lobo na nuca com um golpe vertical descendente, fazendo ele largar a perna de Red. Red mal conseguia sentir a perna, indicando que ela poderia estar quebrada ou deslocada. -Eu falei pra vocês não sairem da trilha... - Disse jon que  vinha a passos lentos, tirando sua espada da bainha e girando ela entorno da mão com muita elegância e habilidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
-ELE FEZ! ELE FEZ! O LANCE DA MAOZINHA!- gritou Mystras novamente e Jon apenas o olhou com desprezo, o lobos ficaram atordoados com o grito de Mystras e Red também. Aquela distração foi perfeita para Jon avançar em direção ao lobo maior e desferir um corte superficial em suas patas dianteiras, imobilizando-o enquanto Spirit pulava em seu pescoço e ambos rolavam e rosnavam brigando de igual para igual. Mystras  tentava apartar a briga mas não conseguia conter os dois lobos sozinho, Jon colocou sua espada de volta na bainha e disse um tanto inconformado: -agora são três contra três… Levante e lute vinteriano, você quis esse confronto! - Então cruzou os braços e olhou para Red, que não conseguia mover muito bem a perna esquerda mas ainda tinha forças para se levantar e ajudar Mystras, caso ele levantasse usar a perna esquerda de apoio sentiria pontadas de dor muito intensar e talvez até caísse no chão novamente.


off:
 
Mordida escreveu:

Mordida de lobo: [1/3] post's de sagramento
perna imobilizada (precisa de tratamentos)
legenda escreveu:

Red Albarn- vermelho
Jon Snow - Azul
Mystras- Laranja

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 73
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySab 02 Maio 2020, 05:01



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 21 - O Lance da Mãozinha


De acordo com Jon a viagem até o que ele chamou de Wintercall não seria longa, o que deixou Red mais tranquilo quanto a dificuldade do trajeto, ainda que não soubesse nada sobre os possíveis perigos que poderia aparecer pelo caminho. Talvez se estivesse realmente ciente da periculosidade das florestas de Minion Island, o jovem vinteriano teria pensado duas vezes antes de sair correndo mata adentro para ajudar um animal selvagem… Nah, na verdade, mesmo se fosse especialista na natureza minioniana, Red Albarn teria tomado a mesma atitude se fosse para ir ao resgate de alguém.

Assim que chegou para ser o herói daquele lobo que estava sendo atacado por outros três, o garoto notou que eles eram menores que Spirit, porém maiores do que o lobo que havia sido ferido. Era visível a fúria daquele trio canídeo perante a aparição do humano, e Red apenas piorou a situação quando atacou o maior dentre eles com uma bola de neve na esperança que isso fosse bastar para afastá-lo, porém apenas piorou a situação e fez com que o animal feroz avançasse contra ele, mordendo-lhe a perna e causando um belo de um estrago com suas presas enormes.

- AAAAAAAAAAAAAAAA! ME SOLTA MALDITO! - Gritou Red devido a tamanha dor que estava sentindo. Enquanto o lobo balançava sua perna de um lado para o outro e chegava perto de esmagar seus ossos com a força de sua mordida, o vinteriano tentaria dar socos na cabeça do animal para ver se conseguia fazê-lo parar ou ao menos reduzir a força de sua boca, porém o que o salvou mesmo foi a pancada que Mystras acertou na nuca do bichano. - AAAAAA! MINHA PERNA! DROGA! DROGA! DROGA! - Choramingou rolando na neve(?) de um lado para o outro ao mesmo tempo que ambas as mãos apertavam o ferimento tentando reduzir o sangramento.

A dor nesse momento faria os olhos de Red se encherem d’água, mas ele resistiria ao máximo para não começar a chorar como uma criança. A perda de sensibilidade do seu membro faria o rapaz pensar no pior cenário possível que é a necessidade de precisar amputar a perna para salvar sua vida. Esse medo seria formado por conta da história de Djarko, o perneta, um vinteriano que foi mordido por uma cobra e acabou perdendo a sua perna que apodreceu por conta do veneno. Por mais que seja sabido que lobos não são peçonhentos, Red não descartava a possibilidade de acabar acontecendo algo parecido até mesmo por conta de uma infecção, afinal nem sabe se os patrulheiros são aptos em técnicas de primeiros socorros para conseguir tratar essa ferida da maneira correta.

Quando o “lance da mãozinha” foi feito por Jon, Red sequer foi capaz de ver o que era já que estava agonizando de dor no chão da floresta, mas seus ouvidos acabaram captando a fala de Mystras e o fato de ter perdido essa revelação apenas o deixou mais frustrado e irritado. Graças a participação dos patrulheiros e de Spirit, os lobos foram contidos e cada um ficaria responsável por lidar com um, contudo, Jon disse para Red se levantar e ajudar Mystras já que foi ele quem comprou essa briga.

- Arrrgh. - Resmungou o vinteriano tentando levantar do chão sem fazer uso de sua perna ferida, apoiando-se primeiro com os braços e depois jogando o peso para sua perna direita. - Não precisamos fazer mal a esses lobos, apenas mande-os embora, acho que eles já entenderam a mensagem.

Além de não ver a necessidade de ferir gravemente ou até mesmo tirar a vida daqueles lobos, é claro que com a perna nesse estado o vinteriano não será capaz de fazer muita coisa, então é mais provável que ele atrapalhe do que ajude. De toda forma, se por algum motivo um dos lobos venha ao seu encontro para atacá-lo, Red tentaria se defender buscando atacar mais rápido o focinho do animal agressor com um soco. O mesmo local seria focado se por acaso viesse a ser mordido outra vez, e se mesmo assim não funcionasse, então usaria as mãos para apertar as narinas do lobo para atrapalhá-lo a respirar e assim forçá-lo a soltá-lo.

- Hey, você está bem? - Perguntaria para o lobo que foi atacado no fim dessa confusão toda. Talvez ele estivesse muito ferido e precisasse de ajuda, portanto Red tentaria mancar na direção dele e tentar uma aproximação para saber como ele iria reagir ao humano.

OFF:
 

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Assinatura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiomaro Roshiro
Narrador
Narrador
Kiomaro Roshiro

Créditos : 2
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 25/02/2015
Idade : 21
Localização : brasilia

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySeg 04 Maio 2020, 19:47



O alvorecer de um herói




Post 22-Narração


Embora ferido, Red se levantou tentando evitar o uso da perna machucada. O jovem não via necessidade em causar danos severos aos lobos e por isso pediu aos patrulheiros que não o machucasse e seu pedido foi ouvido por Mystras parava a mordida de um dos lobos com seu bastão e respondeu bufando: -Pode deixar estrangeiro, mas acho que eles não estão muito afim de paz… Larga totó, larga!-. O feroz animal apenas alguns centímetros menor que Mystras  o balançava de um lado para o outro com a força de sua mandíbula, enquanto o segundo lobo se preparava para desferir um golpe sorrateiro olhando fixamente para o pescoço do inexperiente patrulheiro, mas foi alvejado pelo lobo bicolor com uma mordida furiosa em seu focinho e assim que o dois rolaram na neve  o lobo bicolor desferiu algumas outras mordidas arrancando tufos de pelos do animal junto deixando as áreas onde ele mordia carecas. Mystras deu uma cabeçada no focinho do lobo fazendo ele soltar seu bastão e então ergueu-o acima da cabeça e desferiu um golpe em cheio na cabeça do animal, fazendo com que ele recuasse choramingando e fugisse para a floresta. Spirit não pareceu sequer ter se ferido no seu embate rapidamente afugentou o lobo que também fugiu, mancando por conta do corte feito por Jon. No final só sobrava um lobo que a perceber que sua matilha havia fugido desvencilhou-se das garras do lobo bicolor e fugiu na mesma direção de seus iguais, com diversas marcas de tufos de pelagem cinzenta.

Apos todo aquele confronto Red começou a andar em direção ao lobo que estava atrás de Mystras e então perguntou: - Hey, você está bem? - Mystras logo se comoveu com a preocupação do estrangeiro e respondeu com um tom levemente prepotente: -Hahaha! Eu tô otimo, falei que ia ser util vindo com vocês- Mas logo percebeu que Red não se referia a ele e sim ao lobo, pois o jovem passou reto pelo garoto -o deixando levemente magoado- e foi em direção ao lobo que tentou por um tempo ficar de pé mas tombou para o lado ficando, revelando diversos ferimentos em sua barriga e cicatrizes de ferimentos passados. -Esse lobo já era… Mesmo que ele se recupere os outros lobos ainda vão continuar o importunando e como ele é pequeno se comparado ao padrão de sua raça não terá chance de se defender…- Disse Jon que se aproximava de Red e olhava o lobo em um misto de pena e antipatia. Mystras olhava para Jon com certa raiva pelo comentario e correu para o lado de Red e agachou para ver o estado do canino mexendo na bolsa que levava nas costas e tirando de lá um kit médico com esparadrapos e antissépticos. -Vou cuidar de vocês dois, sou melhor como médico do que guerreiro, vem estrangeiro, me dá a perna.-Dessa vez ele falou em um tom de voz que não feria os ouvidos de Red e bateu duas vezes na neve como se solicitasse que o jovem se abaixasse para o patrulheiro poder realizar o tratamento.


legenda escreveu:

Red Albarn- vermelho
Jon Snow - Azul
Mystras - Laranja

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 73
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptyTer 05 Maio 2020, 19:24



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 22 - Orgulho


Graças aos deuses, aqueles lobos gigantes foram afugentados pelos patrulheiros e Spirit, pois se dependesse somente do vinteriano é bem provável que tanto ele quanto o lobo que estava sendo atacado seriam mortos. Ainda que carregue a força de vontade do Herói Que Foi Prometido, Red ainda não possui a força física que este precisa ter para conseguir salvar a todos que precisam, e é evidente que no momento essa também é a sua principal fraqueza.

Carregando agora um machucado grave na sua perna que atrapalhará bastante sua movimentação até que se recupere, o jovem Albarn precisará encontrar um jeito de minimizar os efeitos negativos que essa mordida lhe trará, mas mesmo assim ele ainda coloca o bem-estar do próximo como prioridade, indo primeiro até o lobo ferido para ver como ele está antes de começar a se preocupar consigo.

Apesar de não ter nenhuma resposta do animal, Red pode ouvir o comentário de Jon a respeito da vida do lobo onde disse que era melhor desistir de ajudá-lo, pois mesmo que consigam curá-lo ele continuará sofrendo ataques da alcateia por conta do seu tamanho menor que o padrão da espécie. Mas é claro que abandonar alguém e ainda por cima ferido desse jeito era algo fora de cogitação para o herói Albarn, por isso ele nem pensou duas vezes em ir contra as palavras do patrulheiro.

- O fato dele ser menor que os outros não significa que ele é incapaz de se tornar mais forte que eles um dia, e se o deixarmos aqui desse jeito ele certamente morrerá e sequer poderá continuar se esforçando para conseguir isso. Tamanho não é sinônimo de força e eu acredito que com dedicação e treino até mesmo um anão pode derrotar um gigante. - Assim que terminou de dizer isso, Red buscaria dar ao lobo um pouco de água, isso se houvesse ao seu alcance algum cantil que tivesse o líquido armazenado. Caso o animal se mostrasse agressivo e tentasse mordê-lo, então recuaria rapidamente a mão para não se ferir, entretanto se ele apenas rosnasse em uma tentativa de rejeitar a ajuda, o garoto insistiria em tentar hidratá-lo, afastando-se caso o movimento de mordida viesse de fato a acontecer.

Seria difícil para Red saber qual é a personalidade do lobo que está lidando uma vez que ele não é capaz de entender a língua dos animais e seu conhecimento sobre psicologia e leitura corporal se restringe apenas ao que ele aprendeu com Jon durante o estudo das técnicas de doma, mas de qualquer forma é possível que o conhecimento dessa perícia lhe dê alguma vantagem na hora de tentar se aproximar do animal e evitar ser mordido ou rejeitado. Sabendo disso, Red poderia ajudar Mystras a cuidar dos ferimentos do lobo assim que o patrulheiro se viesse até eles para cuidar de suas feridas.

- Primeiro ele, por favor. - Diria o vinteriano pedindo para que o jovem médico tratasse primeiro os machucados do animal e depois se preocupasse com ele. - Hey, rapaz, não se preocupe, não estamos aqui querendo machucá-lo, viemos para ajudar. - Falaria Red para tentar acalmar o lobo e também tentar ganhar a confiança dele e permitir que Mystras pudesse tocá-lo. Se ainda assim o animal mostrasse que não queria ser ajudado por eles, então o Albarn faria um movimento com as mãos para que Mystras parasse de tentar. - Ok, já entendi, você não quer ser ajudado, é um direito seu… Mas saiba que isso irá custar a sua vida. Suas feridas não vão se curar sozinhas e você morrerá em breve por consequência delas. Você considera a sua vida tão insignificante assim para deixá-la acabar por conta do seu orgulho? Vai jogar fora todos os seus sonhos e objetivos porque não aceita receber ajuda? Eu entendo que você deve estar se sentindo mal por não ter conseguido vencer aqueles lobos, eu entendo como é ruim se sentir fraco e incapaz, mas se você rejeitar nossa ajuda agora, jamais conseguirá se tornar forte o bastante para não precisar mais da ajuda de alguém. Você nunca poderá concluir seus objetivos se morrer aqui hoje, e se o seu orgulho é maior do que a sua vontade de alcançar seus sonhos, então talvez você mereça mesmo fracassar e morrer sozinho. - E com esse longo discurso, Red esperava conseguir atingir o lobo da maneira certa para que Mystras pudesse se aproximar e tratar os machucados dele. Se obtivesse sucesso, então o vinteriano sorriria para o lobo e sentaria para esperar o fim do processo até ser atendido também pelo patrulheiro. Se mesmo assim falhasse e o animal continuasse negando ajuda, então Red não teria mais o que fazer, pois não iria forçar o lobo a algo que ele não queria, até porque era direito dele escolher morrer. - Tudo bem, se é isso que você quer, não irei forçá-lo a viver. Vamos, Mystras, deixe-o ir, quem sabe os deuses acabem salvando-o de outra maneira. - E então se deixaria ser curado pelo garoto.

Caso o lobo aceite a ajuda dos humanos provavelmente o cenário narrativo seguinte seguirá um caminho mais amplo, diferente daquele onde a negação fará o grupo simplesmente seguir o caminho para Wintercall e deixar o animal para trás. Enquanto o lobo e Red estivessem recebendo o tratamento de Mystras, o vinteriano continuaria mostrando um interesse maior na criatura.

- Vocês sabem alguma coisa sobre os lobos daqui? Quantas alcateias existem? Como elas se formam? Existem guerras entre elas para dominação de territórios? Talvez seja melhor levarmos esse lobo para uma área mais segura da floresta, quem sabe ele faça parte de algum grupo e acabou se separando deles. - Comentaria Red não muito confiante de que algum dos dois patrulheiros soubesse algo sobre os animais que vivem nessa floresta, até porque aparentemente os membros da Patrulha do Norte não atuavam com muita frequência na parte sul à Muralha. Portanto, se as respostas dos dois fossem negativas e as principais perguntas não fossem esclarecidas para Red, uma ideia acabaria surgindo na cabeça do jovem e ele perguntaria: - Será que existe alguém que vive aqui perto que conheça bem a vida desses animais?

OFF:
 

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Assinatura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiomaro Roshiro
Narrador
Narrador
Kiomaro Roshiro

Créditos : 2
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 25/02/2015
Idade : 21
Localização : brasilia

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySex 08 Maio 2020, 17:44



O alvorecer de um herói

Post 22-Narração




Ao ouvir o comentário de Jon a respeito da vida do lobo o jovem vinteriano não aceitou e logo discursou sobre como mesmo um lobo pequeno (se comparado a sua raça)  como aquele poderia almejar grandes feitos se tivesse a ambição necessária. Jon não respondeu ao argumento de Red mas desviou o olhar em soslaio o lobo, por outro lado, olhou fundo nos olhos de Red, mesmo caído cheio de ferimentos parecia ter se inspirado pelas suas palavras. Do lado de Mystras junto com seu kit de primeiros socorros havia um cantil de água e Albarn o pegou para oferecer ao lobo ferido. Ele não recusou mas também não parecia feliz em aceitar, quando a água descia do cantil a sua boca ele não lábia para buscar mais, apenas deixava a água descer para sua garganta e então engolia apertando as pálpebras como se aquilo lhe causasse dor, Red não sabia dizer se era pelo fato dele estar ferido ou inconformado pela piedade que lhe estava sendo oferecida.

-Ei estrangeiro! Sua perna tá sangrando… Se você continuar perdendo sangue assim desmaiar- disse Mystras olhando pasmo para o ferimento do Vinteriano mas ele insistiu que cuidasse primeiro do lobo então Mystras fez que sim com a cabeça e começou a analisar os ferimentos do lobo. -Cara… ele tá cheio de cicatrizes debaixo do pelo, como um lobo gigante tão pequeno se mete em tanta briga?- dizia Mystras enquanto passava a mão  o pelo do lobo e via diversas marcas de briga por toda a extensão de seu corpo.

O lobo não resistiu ao tratamento, na verdade ele não parecia ter muita força para fazer aquilo, mas rosnou baixo o tempo todo para Mystras, como se estivesse reclamando e então em questão de minutos estava com todos os ferimentos devidamente desinfectados e tratos com maestria, Mystras se revelava ser de fato um bom médico. -ufa…. Acho que assim está bom lobinho, agora é você estrangeiro!- disse em um tom de alivio alto como sempre e se não estivesse tão frio na floresta ele certamente estaria suando, então virou para Red e começou a passou o antisséptico na área da mordida que ardia bastante (merthiolate).

Enquanto Albarn era tratado ele aproveitou para sugerir aos patrulheiros levar o lobo com eles para um local seguro. -acho que temos um problema maior… Spirit, não consegue farejar trilha- Disse Jon olhando para seu lobo que tentava farejar ao redor e não sentia nada. -Vamos ter que procurar a trilha tentando refazer nossos passos… conseguem se levant?- completou Jon olhando para Red e o lobo. O lobo com algum esforço conseguiu se erguer e Red também poderia, caso evitasse usar a perna ferida.

A vegetação da floresta era tão uniforme que Red não saberia ao certo diferenciar de onde havia vindo, as pegadas dos patrulheiros havia sido apagadas pela neve e não havia nenhum rastro muito significativo a ser seguido, a equipe teria que se virar para conseguir achar a trilha novamente.


legenda escreveu:

Red Albarn- vermelho
Jon Snow - Azul
Mystras - Laranja




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 73
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySab 09 Maio 2020, 08:51



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 23 - De volta para a estrada


Red não tinha certeza se seu discurso foi ou não eficiente para fazer o lobo se permitir ser ajudado, ele estava bastante ferido e isso provavelmente havia o deixado fraco demais para resistir, mas independente do que tenha realmente feito o animal não atacá-los, dava para ver pelos rosnados dele que ele não estava tão feliz assim com o fato de precisar ser ajudado por alguém. O vinteriano deixou escapar um sorriso de canto ao notar a personalidade orgulhosa do lobo e ver como ele parecia sofrer com isso, porém esse sorriso não durou muito já que o sangramento de sua perna lhe fez começar a ficar tonto e por isso preferiu deitar na neve e esperar Mystras vir tratá-lo.

- Não vai ser por conta de uma mordida de lobo que eu, Red Albarn, o Herói Que Foi Prometido, irei morrer, então não precisa ter pressa, HAHAHA...hahaha…haha. - Na medida que o garoto ia rindo, daria para perceber que a confiança dele ia diminuindo, já que quanto mais sangue ele perdia, mais tonto e fraco ele ficava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Eu estou bem… Eu estou bem… - Mentiu Red na hora que Mystras veio ao seu encontro para ajudá-lo. A alma do vinteriano já estava saindo de seu corpo nesse momento, mas mesmo assim ele tentava fingir que não estava agonizando de dor por conta da ferida em sua perna… E certamente Red iria preferir que continuasse assim se soubesse que o remédio que Mystras iria passar no seu machucado ardia tanto quanto as chamas de Maskalheim, o reino dos gigantes de fogo da religião vinteriana. - AAAAAAAAAAAAA! PODE CORTAR! PODE CORTAR! - Gritou em desespero por conta da ardência provocada pelo antisséptico e por isso ele preferia que cortassem sua perna fora, pois provavelmente arderia menos do que isso. Ao menos a alma do garoto que há poucos segundos atrás estava saindo pela sua boca, agora havia retornado para dentro dele no susto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- To de boas, nem senti nada, HOHOHOHO! - E mentiria de novo quando seu ferimento já tivesse sido tratado e deixando-o um pouco constrangido por conta de todo aquele drama e escândalo que fizera por conta de uma mordida de um remediozinho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A ideia de Red era levar o lobo com eles e deixá-lo em um local seguro no meio da estrada até Wintercall, já que assim protegeriam ele de ser novamente atacado enquanto ainda está se recuperando dos atuais machucados. Jon Snow disse então que eles podem acabar tendo um problema para voltar para o caminho correto já que Spirit não estava conseguindo farejar a direção que deveriam seguir para retornar até a trilha. Pensando em uma maneira de tentar ajudar, o garoto aproximaria seu peito do chão e tentaria farejar alguma coisa assim como Spirit provavelmente estava fazendo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Talvez ele esteja com o nariz entupido, deixa eu ver se consigo sentir alguma coisa. - E é claro que não conseguiria já que o olfato do vinteriano era tão comum quanto o de qualquer outro humano… Mas sei lá, talvez a perda de sangue tenha lhe feito ficar mais idiota. - É, também não sinto nada. - Comentaria dando uma risadinha constrangida no final enquanto coçava a cabeça.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Se ainda houvesse água disponível, Red beberia um pouco dela em algum dos cantis do grupo e então tentaria se colocar de pé novamente, evitando fazer muito esforço com a perna esquerda. Ao ver que o lobo também havia conseguido se levantar para caminhar junto com eles, o vinteriano sorriria e mostraria um joinha para o animal, esperando que ele compreendesse o significado disso.

- Ei, lobo, você deve conhecer essa floresta melhor do que nós… Não consegue nos guiar de volta para a estrada? Se formos juntos podemos nos ajudar e ficarmos mais seguros. - Perguntaria Red olhando para o lobo na esperança de que ele os ajudasse já que haviam feito isso por ele anteriormente. Se recebesse alguma resposta positiva do animal, o vinteriano sorriria de maneira larga, tentando passar boas energias para o peludo. - Hehe, obrigado. Vamos gente, o lobo vai nos guiar para o caminho certo. - Se por outro lado não conseguisse receber ajuda do bichano, seja por ele não saber ou por se recusar a contribuir, então Red apenas faria uma cara triste e respiraria fundo. - É… Vamos ter que nos virar mesmo. Que nossos deuses nos ajudem… Mas se não ajudarem, não se preocupem, eu, Red Albarn, estou aqui para nos salvar, hohoho!

"E de fato é preciso ter muita confiança de que é o escolhido dos deuses para ter coragem de dizer uma coisa dessas logo depois de fazer um drama gigantesco por conta de um simples machucado que ainda vai lhe fazer mancar por um bom tempo, hahaha, mas bem, Red não seria o Red se não acreditasse que é capaz de salvar todo mundo independente de quão ruim a situação esteja."

E seja lá quem estivesse guiando o grupo, Red caminharia pela floresta com os ouvidos bastante atentos, preparado para sacar sua espada se necessário ou mesmo se jogar no chão para se esquivar de algum ataque. Com a perna esquerda ferida, o vinteriano tentaria sempre jogar todo o seu peso na perna destra, visando não forçar demais o machucado e evitar complicações na recuperação. Ao caminhar, Red seguiria o mesmo pensamento, podendo até mesmo usar a espada como bengala se isso de alguma forma fosse ajudá-lo a caminhar na neve, pois se ela estivesse muito alta seria realmente melhor que usasse a arma como apoio.

- Hey, o que é aquilo ali? - E se por acaso ele viesse a ver alguma coisa antes dos demais, ele apontaria para a direção do que foi avistado e alertaria o grupo na esperança de que algum deles tivesse uma visão melhor que a dele.

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Assinatura


Última edição por GM.Doodles em Dom 10 Maio 2020, 02:35, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiomaro Roshiro
Narrador
Narrador
Kiomaro Roshiro

Créditos : 2
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 25/02/2015
Idade : 21
Localização : brasilia

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySab 09 Maio 2020, 21:38



O alvorecer de um herói

Post 23-Narração


Após o drama e também fracassar tentando farejar a trilha, Red resolveu recorrer ao seu novo amigo lobo pedindo-lhe que tentasse farejar a trilha e então ele aproximou seu rosto do chão e começou a farejar ao redor e então levantou as orelhas em alerta como se tivesse sentido algo. Os patrulheiros olharam esperançosos para o lobo que olhava para frente parecendo focar em algo. -Ele achou! ele achou!- comemorou Mystras ao ver a expressão focada do lobo que começou a farejar o chão próximo de Red… E então a camisa de Red… E então o biscoito de lobo no bolso de Red!
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ambos os patrulheiros fizeram uma expressão apática, como se toda a esperança saísse de seus corpos...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

-É… Vamos ter que nos virar mesmo. Que nossos deuses nos ajudem… Mas se não ajudarem, não se preocupem, eu, Red Albarn, estou aqui para nos salvar, hohoho!- disse Red fazendo os olhos de Mystras brilharem de esperança. -Obrigado estrangeiro!- disse em um tom de voz de admiração quase infantil enquanto Jon olhava para baixo com a palma da mão na testa. -O que eu fiz pra merecer isso…-  disse Jon cabisbaixo.

Jon guiava o grupo pela floresta tentando refazer seus passos mas não chegava a lugar nenhum, muitas vezes Red poderia ter a impressão que estava andando em círculos pois todas as árvores pareciam idênticas e os cenários muito parecidos os cercavam enquanto a neve cobria sua pegadas passadas, deixando sempre uma impressão de não iam a lugar nenhum.

Horas se passavam e nenhum sinal da trilha

Quando tudo parecia perdido para os patrulheiros Red ouviu um som de uma canção sendo assobiada com seu ouvido direito que lhe chamou a atenção.

Quando virou seu rosto em direção ao barulho viu uma sombra de uma pessoa com um chapéu gigante e uma bengala e logo alertou o grupo: -- Hey, o que é aquilo ali?- disse Red apontando para o vulto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Quando Mystras viu a figura misteriosa, Red pode perceber como ele aos poucos ficava mais pálido e uma expressão de pavor tomava sua face -B-B-Br-BRUXAAA- Gritou o patrulheiro tentando correr no sentido contrário do vulto mas sendo segurado por Jon.

A sombra se aproximava cada vez mais e Jon levou a mão a espada para se preparar para um possível confronto, Spirit e o lobo enfaixado o
Tomavam posição de ataque e Mystras ficava a um passo de desmaiar e sua alma podia ser vista por Red deixando o corpo do patrulheiro dizendo: -Adeus mundo cruel…-

-Bruxa?- Disse a voz encantadora masculina da sombra que agora perto do grupo se demonstrava ser um homem de feições afeminadas vestido de verde como um duende  de cabelos loiros e olhos azuis.

A alma de Mystras retornou ao seu corpo e ele abriu os olhos para ver o belo rapaz de feições gentis. O lobo enfaixado avançou contra o rapaz fazendo-o cair, mas não para mordê-lo e sim lamber-lhe a face. -Ei Henry! Quanto tempo hahahaha, se meteu em briga de novo né?- O lobo então saiu de cima do homem e pareceu envergonhado, mas assim que ele levantou encostou a mão na testa do lobo na tentativa de conforta-lo e aquilo o acalmou . -Esta perdido Jon?- disse o garoto fitando os olhos de Jon com seus olhos azuis claros como as águas mais límpidas de um rio e então Mystras foi até seus pés para lhe reverenciar. -SIM senhora fada nós estamos! Salva a gente por favor…- disse o garoto em tom de súplica fazendo o rapaz dar uma boa gargalhada.

-Meu nome é Julian, sou um vidente verde...- disse o garoto para o grupo e então se virou para Red, olhou bem para seu rosto e fez uma expressão de confusão, em seguida olhou em volta de seu corpo e por fim sorriu, sem motivo aparente, era como se ele algo que lhe tivesse chamado a atenção. -Me sigam, vou guia-los pela floresta, seu irmão Bran me mandou vir aqui por algum motivo Jon Snow, agora eu acho que entendi...- Então virou de costas e começou a andar, Jon fez uma expressão de surpresa e seguiu o vidente, junto com o resto do grupo.

Eles caminharam por quase uma hora dentro da floresta até que alguma coisa na vegetação começou a mudar.

Aos poucos as árvores que eram todas iguais foram parando de surgir dando espaço para uma espécie de árvores específica de tronco Branco e folhas vermelhas como o sangue, espaçadas entre si como se cada uma tivesse um destaque especial. Em baixo de uma das árvores havia um menino paraplégico junto com um gigante  que o carregava nos ombros e um lobo como Spirit e Henry que o acompanhava enquanto o garoto rezava baixo para a árvore. Ele foi interrompido pela chegada de Julian, sentiu de alguma forma a aproximação do grupo e sinalizou ao gigante se virar para eles enquanto se aproximavam.

-Eu estive esperando por vocês… Jon, você devia ter levado os suprimentos extras, conhece o ditado, melhor prevenir…- Disse a criança olhando para Jon que não parecia feliz com a bronca do irmão mais novo. -Sei Sei remediar…. Como ele faz isso…- disse em voz baixa para o garoto não ouvir e ele em resposta apenas sorriu enquanto Red podia ouvir o seu gigante murmurando a palavras "hodor".

Bran fitou os olhos de Red e então tirou o sorriso do rosto, tomando uma expressão de tristeza. -Que pena…- sussurou o garoto a uns 5 metros de distância do grupo e mais de dois metros de altura por estar nas costas do gigante.


Julian:
 

legenda escreveu:

Red Albarn- vermelho
Jon Snow - Azul
Mystras - Laranja




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 73
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptyDom 10 Maio 2020, 04:56



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 24 - Vidente Verde


Ao pedir a ajuda do lobo, Red, Jon e Mystras acharam que o animal de fato iria ajudá-los a voltar para a trilha quando este começou a farejar a procura de algo… Mas infelizmente o que ele estava sentindo o cheiro era o biscoito de lobo que o vinteriano tinha guardado no bolso. A decepção foi grande para os patrulheiros, mas para Red foi motivo de risada ao ver onde estava o interesse do peludo, portanto meteu a mão no compartimento de suas vestes e retirou de lá aquele saboroso petisco dado a ele por Jon. Com um sorriso simpático no rosto, o vinteriano esticou a mão até o animal a sua frente e ofereceu a ele o biscoito de lobo. Caso este se recusasse a comer, Red guardaria o item de volta no bolso, mas caso viesse a aceitar, então o garoto completaria passando a mão na cabeça do lobo de maneira carinhosa.

- Espero que goste… Até que não é tão ruim. - Comentaria Red logo em seguida se o animal tivesse aceitado comer o petisco.

Sem os lobos na jogada, o grupo teria que seguir por conta própria pela floresta e apostar na sorte para encontrar o caminho de volta já que aparentemente nenhum deles ali tinha talento em técnicas de localização ou mesmo uma super memória fotográfica para memorizar cada árvore que já passaram. E foi nesse momento que a mente de Red foi iluminada pelos deuses, sim, ele não tinha memória fotográfica, então cansado de parecer que estava andando em círculos, o vinteriano usou sua espada para marcar algumas árvores por onde passava, permitindo assim que reconhecesse elas caso voltasse a passar por aqui.

- Genial, não? Hahahaha! - Disse Red se gabando da ideia que tivera, mas provavelmente falaria isso apenas para Mystras, já que Jon era mais difícil de impressionar. Falando nisso, como o jovem patrulheiro parecia ser alguém mais empolgado, o vinteriano aproveitaria isso para contar um pouco mais sobre ele mesmo para o garoto. - Você sabia que eu sou filho da deusa Kemya? Foi ela que me colocou na barriga da minha mãe, May, pois eu sou o escolhido dos deuses para se tornar o Herói Que Foi Prometido. HOHOHOHO! - E então ele daria a sua risada convencida de herói.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Apesar de não saber que tipo de reação Mystras teria, se iria acreditar na história e se tornar um fã ou rir da fé de Red e chamá-lo de doido, ao menos o patrulheiro e o vinteriano estariam ficando mais próximos com essa interação, seja uma proximidade ainda mais negativa ou uma mais saudável e amigável. Talvez Jon pudesse ouvir a fala de Red e tirar suas próprias conclusões sobre o assunto, quem sabe até fizesse um comentário sobre isso se tivesse muita vontade de soltar sua opinião, mas em momento algum o vinteriano iria até o Snow lhe pedir uma opinião.

- Gente, pelo amor dos deuses, será que dá para gente achar logo essa estrada? Minha perna tá me matando. - Diria Red depois de muito tempo que se passava e eles ainda não haviam chegado a lugar nenhum.

Como o vinteriano era o único que tinha um ferimento na perna, seus movimentos estavam precisando de mais esforço e até mesmo lhe causando dores dependendo do quanto forçasse o caminhar. Seria pouco depois desse comentário que o garoto ouviria o som melódico de um assobio e entraria em alerta, olhando na direção de onde este estava vindo e então avisando ao grupo que havia avistado algo. Diferente de Jon que parecia continuar calmo e preparado para o que quer que fosse, Mystras entrou em desespero a julgar que a silhueta da pessoa que se aproximava era a de uma bruxa devido ao chapéu e a bengala, portanto saiu berrando e gritando em desespero.

- Bruxa? - Indagou Red surpreso que existiam bruxas nessa floresta, o que acabaria levando-o a se questionar se as bruxas de Minion Island poderiam ser parecidas com as Volvas de Vinterion, mas julgando pela reação de Mystras era mais provável que não.

Jon Snow foi quem tomou a linha de frente, empunhando sua espada com coragem e esperando que o vulto se aproximasse para saber se era ou não uma ameaça. Red por outro lado ficou mais tranquilo, de braços cruzados e de certa forma bastante curioso com a ideia do que poderia ser uma bruxa nas ilhas do sul. Já Mystras continuou tremendo de medo e prestes a desmaiar, então quando percebeu que a alma do garoto estava saindo de seu corpo por esse motivo idiota, Red daria um tapa nela como se tivesse dando um tapa em um mosquito chato, mas com a intenção de fazê-la voltar pro lugar.

Quando a pessoa finalmente se revelou e apresentou ter uma bela aparência, todos puderam ficar tranquilos com relação ao perigo deste que na verdade era um homem, porém foi o lobo resgatado que pareceu ficar mais feliz com a chegada deste ao correr na sua direção com o rabo abanando e derrubá-lo no chão para começar a lamber sua face como um cachorro empolgado. Não apenas o lobo conhecia o rapaz, mas Jon também, visto que o nome do patrulheiro foi dito por este, e não só isso, como agora também havia sido revelado que o animal que salvaram se chama Henry.

- Vidente verde? Eu já ouvi isso em algum lugar… - Repetiu Red ao ouvir o homem chamado Julian se apresentar dessa forma e ainda. Tal nome parecia muito familiar para o garoto, mas ele não conseguia se lembrar onde havia ouvido isso. - “E pelo visto a ideia de vidente lembra as Volvas de Vinterion, então acho que cheguei bem perto de acertar, de certa forma.” - Aquilo popularmente chamado de bruxa em Vinterion são as Volvas, mulheres ditas terem poderes mágicos e que são capazes de prever o futuro, portanto provavelmente algo mais próximo de um vidente verde, mas como Mystras havia mudado seu comportamento quando Julian se revelou, Red poderia concluir então que as bruxas do sul eram algo mais assustador e bem diferente de uma volva. (OFF: Oh o foreshadowing pra encontrar a almirante bruxa no futuro kkkkkk brinks)

De acordo com o vidente verde ele estava ali a pedido de Bran, o irmão de Jon, e mesmo sem entender quem era Bran e qual era essa razão para Julian estar aqui, Red o seguiu sem questionar nada assim como todos os demais fizeram, afinal, antes de tudo ele também estava salvando-os de continuarem perdidos nessa maldita floresta. Como se não bastassem as horas anteriores perdidas em caminhadas, o grupo andou por cerca de mais uma hora até que algo na vegetação começasse a mudar.

- Aaaaahhh, eu não aguento mais andar. - Resmungou Red sentindo o ferimento em seu joelho pulsar de dor por conta da falta de repouso que a ferida necessitava para ser devidamente cicatrizada. No fundo a vontade que o herói tinha era de cair no chão e começar a chorar de dor, mas ele resistiu com todas as forças que tinha para não se submeter a isso e portanto continuou a andar enquanto rezava em pensamentos para os deuses tirarem dele toda essa dor.

Assim que avistou a primeira árvore de tronco branco e folhas vermelhas, Red não conseguiu esconder a admiração por essa belíssima espécie, pois ele nunca havia visto nada parecido em Vinterion Island. Viajando em seus pensamentos observando a beleza dessa parte da floresta, o vinteriano até mesmo esqueceu por um instante a dor em sua perna esquerda e seguiu caminhando como se ela não existisse mais. Apenas quando o restante do seu grupo parou de andar que Red percebeu que haviam chegado ao seu destino…

- Wow, Jon, seu irmão é enorme! - Diria Red olhando para Hodor e achando que este era Bran, sendo que na verdade o irmão do patrulheiro estava bem mais embaixo e chamando menos atenção por estar rezando para uma das árvores de folhas rubras. Somente quando o menino começou a falar com Jon foi que Red percebeu que havia se confundido e soltou um: - Ahhh tá, então é você. - Quando a expressão de Bran mudou ao olhar para o vinteriano, Red não se importou com isso, afinal já havia se acostumado a ser julgado pelos moradores de Minion Island simplesmente por ter vindo do norte. O Albarn poderia muito bem fazer cara feia e fingir que não se importava com a opinião do mais novo, porém com um estalo em sua mente ele perceberia que não havia se apresentado ainda para nenhum deles ao sul da Muralha, portanto abriu no rosto seu sorriso convencido e encheu o peito para dizer com orgulho: - Prazer, meu nome é Red Albarn, sou o Herói Que Foi Prometido e aquele que se tornará o maior herói que esse mundo já viu!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

OFF:
 

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Assinatura


Última edição por GM.Doodles em Ter 12 Maio 2020, 10:19, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kiomaro Roshiro
Narrador
Narrador
Kiomaro Roshiro

Créditos : 2
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 25/02/2015
Idade : 21
Localização : brasilia

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptySeg 11 Maio 2020, 23:52



O alvorecer de um herói

Post 24-Narração


Red percebendo o desejo de Henry pelo biscoito guardado em sua roupa resolveu oferecer-lhe de uma vez o petisco, o que foi abocanhado de um vez de forma veroz pelo lobo que nem sequer pareceu mastigar antes de engolir.

Você sabia que eu sou filho da deusa Kemya? Foi ela que me colocou na barriga da minha mãe, May, pois eu sou o escolhido dos deuses para se tornar o Herói Que Foi Prometido. HOHOHOHO! - Disse Red ao jovem patrulheiro Mystras fazendo seus olhos brilharem ainda mais como dois rubis contra o sol. -IN-INCRIVEL!!!- Gritou o garoto em um misto de espanto e admiração fazendo os ouvidos de todos até mesmo Jon que não era lá tão sensível doerem. -Fiquem quietos! Estou tentando achar a trilha aqui…- Reclamou Jon enquanto se concentrava para achar o caminho.

A caminhada extensa foi cruel para Red e a dor não diminuiu por um minuto sequer antes deles chegarem a árvore onde Bran e seu gigante companheiro estavam prestando suas homenagens aos deuses. - Prazer, meu nome é Red Albarn, sou o Herói Que Foi Prometido e aquele que se tornará o maior herói que esse mundo já viu!- enquanto Red se apresentava com ares de herói Mystras o encarava com seu olhar sonhar e Bran sinalizava ao seu gigante para que ele se aproximasse do garoto.

-hodor…- proferiu sabiamente o gigante e então se agaichou bem perto de Red para que Bran ficasse poucos centímetros maior que o herói e pudesse olhar bem seu rosto.

Bran tinha um olhar perdido de quem olhava mas não focava em nada que via, seus olhos vagavam sem rumo cada centímetro do corpo do garoto e então se ficavam na pupila de Red, onde ele poderia ver seu próprio reflexo refletido no abismo de seu olhar vazio, até que então um sorriso entreaberto arriscou surgir em seus lábios. -Meu nome é Brandon Zeraff, príncipe de wintercall, é um prazer finalmente conhece-lo Red Albarn…- disse o garoto em um tom de voz simpático e carismático.

A neve soprava em direção contrária ao rosto do príncipe, um pequeno graveto se despendia da árvore sagrada e ia em direção a nuca do garoto, mas o menino mesmo de costas inclinou seu rosto levemente para a direita fazendo o graveto passar reto e cair perto da perna ferida de Red, aquilo a olhos leigos parecia ter sido apenas uma coincidência estranha.

Mystras fazia questão de se ajoelhar perante a autoridade de Bran já Jon e Julian continuavam de pé por serem mais próximos do garoto.

-Eu tive aquele sonho de novo Julien…- Disse Bran olhando para seu amigo que fazia carinho atrás da orelha de Henry, fazendo-o bater a pata no chão e abanar o rabo de felicidade. -Aquele que o Henry encontra a sua namoradinha? Por favor me diz que é esse vai! A gente precisa saber em qual ilha ela foi parar…- Disse o vidente esperançoso. -Infelizmente não…-  respondeu o príncipe fazendo Henry esconder a cara na neve como um avestruz triste -É sobre o amanhecer...já é a terceira vez em uma semana…- Disse o garoto com peso na voz como se aquele sonho lhe trouxesse um presságio assombroso.

-Irmao pode me indicar pra onde fica a trilha? Já está quase escurecendo…- Disse Jon parecendo despreocupado com a história de seu irmão e ansioso com o pragmatismo da missão a ser cumprida. -Fiquem aqui está noite e acampem, eu trouxe uma barraca extra para você e seus amigos irmão… amanhã vocês podem partir junto com o sol.- Disse Bran com serenidade fazendo Jon ficar ainda mais inquieto. -ata! Até parece que o nosso pai deixaria você acampar sozinho no meio da floresta!- Disse Jon retrucando seu irmão qu apenas sorriu e inchou as bochechas com um olhar irônico. -Eu disse pra ele que você ia cuidar de mim...- disse Bran tocando na testa duas vezes como se destacasse sua clarividência e Jon concordou com a cabeça com uma veia claramente saltando de sua testa



legenda escreveu:

Red Albarn- vermelho
Jon Snow - Azul
Mystras - Laranja




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Kiomaro Roshiro em Qua 13 Maio 2020, 19:19, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 73
Warn : Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 EmptyQua 13 Maio 2020, 11:58



O Alvorecer de um Herói


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Post 25 - O amanhecer que mudará o mundo


Claro que o nosso herói sendo quem é não perderia a oportunidade de se gabar só pra aumentar um pouquinho mais o seu ego de “O Escolhido”, portanto podemos dizer que Mystras foi o primeiro grande fã de Red Albarn, pois o patrulheiro já se impressionava com as histórias do vinteriano mesmo antes deste ter algo realmente grandioso para contar. A verdade é que Red já estava acostumado a ser motivo de piada ou nunca ser levado a sério, e é por isso que ele gostou tanto de ver alguém acreditando nele dessa forma e tratando-o como ele gostaria de sempre ser tratado.

Apesar de Julian dizer que é um Vidente Verde e Hodor ser um grandalhão que parece só saber falar o seu próprio nome, foi o irmão de Jon, Brandon Zeraff, que mais deixou Red intrigado. O olhar do garoto paraplégico era diferente de qualquer outro que já havia visto antes, eram olhos que pareciam ver muito além do que a visão humana é capaz de ver e compreender. O vinteriano chegou a sentir um calafrio em sua espinha e engoliu em seco no momento que Bran começou a encará-lo com seu olhar frio, vazio e que parecia penetrar até o interior de sua alma. Ainda assim o garoto era apenas um garoto e quando ele se apresentou devidamente para Red, era como se este fosse outra pessoa, alguém mais carismático e simpático.

Durante esse encontro houve um momento onde um galho branco de uma dessas árvores raras se desprendeu do resto do tronco e foi carregado pela brisa gelada na direção de Bran, que desviou deste sem nem mesmo olhar para trás. Red até estranhou de início esse ocorrido, mas muitos em Vinterion contam a história de Ikar, o Desossado, um homem que também não tinha os movimentos das pernas, mas mesmo assim se tornou uma lenda entre os vinterianos por conta de sua força, e por conta disso o Albarn considerou que talvez aleijados de alguma forma consigam despertar poderes sobre-humanos.

- Hey, garoto, não se sinta inferior por conta desse seu problema, em Vinterion Island existiu um homem chamado Ikar, o Desossado, ele também não conseguia mover as pernas, mas isso não o impediu de seguir em frente com seus objetivos e se tornar um grande guerreiro. - Diria Red para Bran de maneira bem informal, como se não estivesse falando com um príncipe, mas sim uma outra pessoa qualquer.

A forma como o vinteriano proferia essas palavras era bem séria e ele permanecia em pé com os braços cruzados, não se ajoelhando como Mystras fizera. Talvez tocar nesse assunto fosse um tabu para Bran e os demais poderiam achar que Red estava faltando com o respeito ao príncipe de Wintercall, mas o Albarn não ligaria para isso já que para ele essas palavras deveriam ser ditas para motivar o garoto, pois de certa forma o vinteriano acreditava que talvez isso fosse algo que Bran precisava ouvir de alguém.

Logo depois do desenrolar dessa fala de Red, o príncipe continuou a dialogar com aqueles que estavam presentes ali e uma de suas declarações mais curiosas foi a respeito de um sonho que tivera. Julian perguntou se esse sonho tinha relação com a namoradinha de Henry, o que também era uma informação curiosa, porém bem menos interessante que aquela que Bran revelou a respeito do “amanhecer”. Instantaneamente ao ouvir essa palavra, Red sentiu algo de diferente, uma sensação estranha de déjà vu como se já tivesse ouvido falar disso antes, porém não havia nada em sua memória sobre isso, levando-o a acreditar que talvez fosse algo ainda de antes dele nascer… Como se tivesse relação com o seu destino.

Aparentemente ninguém deu muita atenção ao assunto, principalmente Jon, que já foi cortando a conversa para pedir ao irmão que lhe indicasse o caminho da trilha para Wintercall. Mesmo com sua audição aguçada, Red não estava ouvindo nada que eles estavam dizendo, sua mente estava completamente emergida no significado dessa história do “amanhecer” e era como se tudo ao seu redor tivesse se distorcido para uma realidade paralela onde ali diante da árvore de folhas escarlates existia apenas ele e a imagem da deusa Kemya.

- Esse “Amanhecer” que o garoto falou… O que ele é? - Perguntou Red para sua deusa mãe mantendo-se bastante sério a respeito do assunto.

- Exatamente aquilo que você está achando que é, meu filho. - Respondeu ela se aproximando do jovem de cabelos brancos como os dela. - O Amanhecer é o momento onde você se consagrará como o Herói Que Foi Escolhido. Ele é a razão para eu ter escolhido você.

- Mas o que exatamente é esse Amanhecer? - Continuou o vinteriano a perguntar para tentar deixar as coisas mais claras na sua cabeça.

- Uma noite escura sempre antecede um belo amanhecer. - E apesar de não ser uma resposta exata, ao menos era possível deduzir o que a deusa estava querendo dizer.

- Então eu sou a luz que iluminará a escuridão? - No momento que concluiu isso, tudo na cabeça de Red pareceu fazer mais sentido, pois esse é o motivo para ter sido escolhido pelos deuses como O Herói Que Foi Prometido. O Amanhecer é o seu destino… E o fim da sua jornada. - Eu sou aquele que trará o Amanhecer?

Kemya sorriu.

- Ainda é muito cedo, Red… Mas um dia você descobrirá.

Então Red piscou e tudo voltou ao normal. Todos estavam novamente ao seu redor e o espírito de Kemya havia desaparecido. Talvez tudo tenha acontecido em sua cabeça por apenas um segundo, ou talvez ele tenha ficado em um estado de transe durante todo aquele tempo que conversou com a deusa da vida. Seria fácil perceber isso de acordo com o olhar demais, porém Red não se importaria nem um pouco se os outros o viram viajando em seus pensamentos e estavam lhe achando esquisito. Assim que percebesse que havia “voltado”, o vinteriano não perderia sequer um segundo para ir direto ao ponto, olhando determinado para Bran ao mesmo tempo que abria outra vez o seu sorriso padrão.

- Esse tal Amanhecer, eu finalmente entendi… Ele é o motivo para eu estar aqui. Ele é o motivo para eu ser o Herói Que Foi Prometido. - Diria o Albarn confiante em suas palavras e esperando que Bran tivesse uma reação positiva a isso, pois ele apontaria seu dedo indicador direito para o príncipe antes de finalizar com a frase: - Então pode apostar, Brandon Zeraff… Que no dia do Amanhecer, eu estarei lá! - E então puxaria a mão fechada para próximo do peito, erguendo apenas o polegar para agora apontar para ele mesmo e abrir um sorriso ainda mais largo em seu rosto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

OFF:
 

Citação :
Narração
Falas do Red
"Pensamentos do Red"
"Falas do 'Narrador'"
"Falas da Chessy"
"Falas da Kemya"
"Falas da May"

Histórico:
 

Informações do Personagem:
 

Técnicas:
 

Inventário:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Assinatura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Red Albarn e o Alvorecer de um Herói   Red Albarn e o Alvorecer de um Herói - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: