One Piece RPG
Phantom Blood - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 19:53

» Livro Um: Graduação
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 19:41

» Arco 5: Uma boa morte!
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 19:28

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Shiro Hoje à(s) 17:46

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
Phantom Blood - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 16:50

» Os 12 Escolhidos, O Filme
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Ceji Hoje à(s) 16:14

» Kit - Ceji
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
Phantom Blood - Página 4 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
Phantom Blood - Página 4 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Jade Blair
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Phantom Blood - Página 4 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Phantom Blood

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyQua 22 Jan 2020, 14:14

Relembrando a primeira mensagem :

Phantom Blood

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Kauwela Honua, Ágda Skyblazer e Masaki Rim. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Remenuf
Designer
Designer


Data de inscrição : 01/12/2017

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySeg 13 Abr 2020, 16:58


Post 8

- Problema? Nah! Eu só tava pensando como é uma pena ter viajado da Grand Line até aqui pra voltar de mãos vazias.

Honua me acordava da baixa auto-estima, e ainda que eu estivesse um pouquinho desanimada consegui forçar um sorriso em nosso rosto, que com o passar dos minutos foi tornando-se verdadeiro. Não queria preocupá-la, muito pelo contrário era uma mentira o fato de estar de mãos vazias, por mais que tenhamos perdido nosso barco, roupas, dinheiro e bens mais importantes, nessas poucas horas eu já havia conquistado algo muito precioso no momento repousando em meu ombro, toda a viagem parecia já ter valido a pena.

“... Apesar de que a Sky não aceitaria isso de jeito nenhum.”

- Ele não é só um barco sabe? O Skíðblaðnir significa muito para nós, eu prometo encontrá-lo um dia. Até lá… Eu aceito com toda a alegria a sua ajuda hehehe. [...] Dinheiro né… É uma pena que eu perdi quase tudo, nos nossos primeiros anos de viagem eu e Sky faturamos muito de mercenárias. Apesar da surpresa que foi o Vovô Xinzo a maioria dos humanos são bem inúteis em combate sabia? Chega a ser engraçado como alguns fracotes insistem a iniciar conflitos, apesar de que isso foi bom para o nosso bolso. Gyahahahaa

***

- Adoraríamos que você nos mostrasse o caminho.

Sorri genuinamente para o gentil pequenino guarda que se demonstrava apto a passear com a gente.

- Mas…

Levava um dedo indicador à boca, fazendo um beicinho ou espécie de cara preocupada.

- Não seria no meio do seu turno de guarda? Tem certeza que tá tudo bem? Não queremos te encrencar de forma alguma. [...] Que bom!

Precisava recompensá-lo de alguma forma, sentindo o peso de Honua no meu ombro eu acho que as pessoas gostam quando eu as carrego por aí, ela mesma não reclamou nenhuma vez. Mas como a Honua já tá no meu ombro… Hmmm… É, só tem um lugar que ele possa ir.

Pegava então o homenzinho o colocando entre o busto.

- Certo, eu levo a gente, é só dizer a direção!

***

Apesar das súbitas despedidas ainda tivemos a oportunidade de comermos juntas. Moooh! Essa Honua me dando susto à toa.

- Obrigada por nos mostrar o caminho!

Colocava o guarda de volta ao chão para que tomasse seu posto novamente, parando pra pensar eu não perguntei o seu nome. Certo! vou perguntar na próxima vez que vê-lo, talvez ele queira ser meu amigo também, hoje está sendo um dia muito feliz. * 3 *

- Ótimo, mal posso esperar.

Eu realmente esperava que fosse me custar todo meu dinheiro e eu ainda ficaria de barriga vazia, este senhor é realmente uma boa pessoal. Guardava de volta no Bikkini o resto da dinheiro.

- Raiki? Que bom Honua! Você já encontrou o seu mestre! Hihi.

Acenamos enquanto Honua nos apresentava.

- Mas eu bem que esperava que o mestre da floresta fosse alguém grisalho igual ao vovô Xinzo. É interessante como vocês humanos envelhecem rápido.

Sim! a comida estava ótima de verdade, me lembrava até um pouco as noites na fogueira, fazia tempo desde que eu não comia conversando com alguém que não fosse com a Sky pelo caderno.

- Senhor Raiki…

Caso ele dispensasse a forma de tratamento o chamaria apenas pelo nome.

- Raiki… Que tipo de treinamento insano você teve que fazer pra virar um mestre de Mushu? Eu não tenho certeza se entendi direitinho a história do Vovô Xinzo.

[...]

- A comida ficou realmente muito boa, agradeço a todos os cozinheiros.


Já estávamos mais relaxada, arqueando as costas para trás e acariciando a barriga cheia. Eu normalmente comeria uns oito bois antes de me dar por satisfeita mas a refeição de agora foi tão revigorante que já não precisava de mais nada.

Escutava bem as súplicas de Honua para treinar. Hmm eu não acho que a Sky aprovaria eu fazer uma coisa dessas, eu também tenho um pouquinho de orgulho sabe… As coisas podem ficar difíceis se eu não treinar antes que a gente troque.

- Hmmm, de qualquer forma a gente ainda tem bastante tempo. Antes de qualquer coisa… Raiki! Se não se importar, eu aceitaria aquele passeio pela cidade. Eu sei que soa um pouco difícil mas… Será que tem algo que eu consiga usar nessa ilha? Acabei parando aqui só com as poucas roupas do corpo, e seria muito bom ter algo pra escrever. De qualquer forma… Estou satisfeita só com o passeio, se você puder me mostrar tudo e também me contar onde posso encontrar o mestre da Terra ou do Fogo. Hmmm, é, qualquer um dos dois serve, foi o que o Vovô da floresta disse, se bem que eu escrevi fogo no braço, então acho que tem que ser fogo, é isso, o mestre do fogo. Hmmm… Então, quando podemos ir? Ou esperamos acabar o horário do restaurante? Qualquer um dos dois tá bom pra mim.

Acabava me empolgando demais e metralhando ele de palavras, bom… Eu acho que isso acontece as vezes Hehe.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Inventário

Berries:
41.000

Personagem

Vantagens:

• Boa Aparência
• Ambidestro
Adaptador


Desvantagens:
• Múltipla Personalidade
• Devoção (Encontrar as Relíquias do Ragnarok)
• Fantasia (Escreve no próprio idioma)

Perícias:
• Astronomia
• Navegação
• Pilotagem

Ofício: Navegadora

Build

Dano - Habilidoso
Acerto - Normal
Pontaria - Inábil
Esquiva - Inábil
Bloqueio - Normal
Resistência - Normal
Objetivos

• Encontrar os Outros
• Aprender a surfar
• Comprar um diário e caneta ou pena com tinta (tamanho gigante)
• Me divertir
• Aprender costura como Ágda
• Nova Amiga

• Genialidade
• Mau Humor
• Fome


Última edição por Remenuf em Seg 13 Abr 2020, 20:58, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 11
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 22

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySeg 13 Abr 2020, 20:06


Dez clientes, me parece um objetivo trivial. A atendente deve ter me olhado com bons olhos e me dado uma brecha para levar os equipamentos sem parecer favorecer clientes específicos, vejo como uma boa tática de negócios para influenciar seus próprios interesses de maneira discreta. Vejamos bem como devo chamar a atenção ao público dessa vez, eu geralmente apresento meus bons e velhos truques e isso seria suficiente para aquecer corações mas o momento é oportuno demais para deixar passar uma oportunidade como essa de colocar a prova todo meu aprendizado em canto com pedestres mais diversificados com emoções vividas em seu interior de maneira diferente com seus próprios sóis a reluzir os corações.

Essas redondezas são tristes e pouco chamativas,qualquer mudança de ares me parece um motivo para atraí-los,devo começar com uma melodia harmoniosa e sem letras dando início a música como o assobiar de pássaros na primavera. Sim isso seria o caminho, consigo ver eles se apaixonando por isso e aquecendo as curiosidades em seus peitos. Nesse momento devo alterar o tom de minha voz para começar a recitar um coro angelical, toques gentis em meus pulmões um som para acariciar seus tímpanos e manipular suas mentes iniciando uma frase repetitiva que seja lembrada por todos.

Um jingle,algo que toda vez que eu proferir novamente seja capaz de abrir uma parte de seus cérebros a quererem participar da canção por se lembrarem do verso. Assim mesmo que eu cante apenas uma vez e alcance minha meta clientes ainda viram de tempos em tempos cantarolando com entusiasmo. Espero ociosa encostada sobre as paredes do estabelecimento até que se reúnam uma quantidade satisfatória, algo em torno de um número de cabeças maior do que o necessário.

Começaria a assobiar de maneira fraca entoando meu cântico e aumentado conforme a atenção recebida, geraria algumas pequenas ondas sonoras, reduzindo e ampliando criando seu próprio ritmo e com auxílio de movimentos corporais hipnóticos com movimentos rotativos do corpo bateria minhas asas para colocá-los em transe conforme soltaria o verbo com elegância:

"Sou conhecida querida do mundo inteiro
Aconchegando e cobrindo seu corpo perfeito
Atraindo olhares de profundo desejo
Essa sou eu seu traje perfeito

Pode vir, irei lhe vestir
Seja qual for seu interesse por mim
Deixarei seu corpo um paraíso sem fim."


*Ritmo de assobio pleno dando início a parte central da canção conforme mexo em minhas roupas bonitas dando destaque em vestimentas de qualidade*

"Posso ser confortável
Completamente rentável
Tornando o notável
Para ser desfrutável

Sou elegante
Totalmente empolgante
De aparência instigante
Equivalente a cativante

Tudo isso você só encontra aqui
Transformando o em belo com as coisas daqui
Pense em roupas,cosmético e beleza
Pense em nós sua loja da certeza

Em climas chuvosos
Na maior das tempestades
Sobre os ventos nevados
E o calor incansável

Atendendo seus gostos
Livres de imposto
Deslumbrado seu rosto
Livrando o do desgosto

Tudo isso você só encontra aqui
Transformando o em belo com as coisas daqui
Pense em roupas,cosmético e beleza
Pense em nós sua loja da certeza."


Repetiria a canção a partir do final para o início mais uma vez apenas para deixá-la extensa focando minha atenção em deixá-los sobre meus domínios mentais, estalando os dedos de maneira disfarçada dando ao último estalo e o final da canção uma curvatura do corpo em uma referência de madame deixando meu comando para  os alvos em questão:

Agradeço a todos pela atenção foram uma ótima plateia e amo vocês do fundo do coração, esta e a loja a qual estou trabalhando e suas vestes e trabalhos são de ótima qualidade. Assim que estalar os dedos peço que entrem e deem uma olhada e seus produtos conforme enchem suas sacolas com seus próprios gostos e digam a atendente meu nome para que saiba de como souberam de suas obras. Masaki Rim a artista sou eu.Estalaria os dedos me curvando novamente dando espaço para que adentrassem observando o desenrolar dos acontecimentos e se seria necessário um Bis.
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Licia
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Licia

Créditos : 14
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 21

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyTer 14 Abr 2020, 17:49

 
Talvez os problemas da vida cotidiana sejam uma das coisas mais imparciais que existem, mesmo indivíduos de raças tão distinta compartilhavam da ausência, por mais contraditório que possa parecer essa sentença… Ou em outras palavras Honua e Agda/Sky estavam preocupadas em como juntar dinheiro para tornarem suas jornadas mais agradáveis, apesar de trocarem algumas ideias ainda não decidiam por qual meio deveriam seguir, mas nada que não possa ser escolhido futuramente.


Já aquele jovem guarda, estava realmente encrencado, paralisado entre dois montes macios e fofinhos, seu rosto só não estava mais vermelho devido ao sangue do corpo acumulado toda em uma região específica. - É o que o mestre Raiki gostaria que eu fizesse. - Era o que foi dito com entusiasmo por aquele rapaz, parte moral de sua profissão era garantir que os civis tenham uma boa qualidade de vida, não somente protegê-los de criminosos e baderneiros, então não iria gerar problemas se ele fizesse um pequeno desvio durante a patrulha enquanto evitava que duas civis se perdessem. Este mesmo jovem rapaz tentou protestar quando foi erguido do solo pela gigante, mas ao ser colocado em um local privilegiado maldito desgraçado sortudo, as palavras simplesmente o abandonaram. - F-fo-fo-foi u-u-um pra-pra-prazer ajudá-las senhoritas - Aos olhos de Agda o pequenino guarda bateu uma continência engessada logo ao ser colocado no chão, e seguiu marchando rígido igual um robô visivelmente envergonhado. Provavelmente ele ficará um mês ou mais sonhando que está sendo abraçado nuvens fofinhas e aveludadas.

>><<

- Ruiva? - O mestre da floresta olhava de um lado para outro tentando encontrar mais alguém além da sirena e da gigante em sua frente, mas sem sucesso. - O que você não come carne? - O tom de voz dele se elevou um pouco devido a surpresa. - Hmmmmmm. Então preciso dizer para usarem vegetais ricos em nutrientes, assim senhorita pode ter uma alimentação balanceada. - Após coçar o queixo por alguns instantes ficando pensativo sobre como resolveria o problema, ele foi a cozinha  os pedidos, sem em nenhum momento julgar pejorativamente os gostos de Honua, estando mais preocupado com a saúde da sereia. Veganos malditos.

Como alguém poderia culpar Agda e Honua? Principalmente se for um estrangeiro em Wushu Island, quando se escuta sobre mestres de artes marciais com seus próprios dojos, talvez a primeira imagem que se venha a mente seja a de um velhote carrancudo e rabugento que faz seus alunos passarem por um treinamento infernal, devo dizer que esse esteriótipo não se aplica a Raiki, ao menos não totalmente.


Os olhos de Raiki brilharam de entusiasmo quando escutou que além de uma cliente Honua também estava interessada em ser uma aluna. - Certo, eu posso ensiná-la quando quiser o meu estilo da respiração wushu no dojo da floresta, é ótimo que esteja tão entusiasmada em aprender, só espero que mantenha todo esse ânimo durante o treinamento. - De modo algum as palavras de Raiki soavam como ameaça, pois como tudo em sua vida provavelmente, ele apenas estava empolgado com sua nova aluna que praticamente implorava pelas aulas.


- Ah sim, todos os funcionários do restaurante são meus alunos, faz parte do treinamento deles, nada melhor do que a estressante rotina de um restaurante para se fortalecer a mente e exercitar a paciência. - Ele pousou as mãos na cintura e gargalhou brevemente, enquanto olhava para seus alunos expostos ao constante estresse, tendo que atender mesas, anotar pedidos, andar de um lado para outro carregando pratos, enquanto eram obrigados a se manterem calmos, e claro servir uma comida saborosa. Aproveitando o momento para também responder a dúvidas da gigante loira. - No dojo da floresta o treinamento da respiração Wushu é feito cortando árvores com as nuas, mas cada ilha do arquipélago possui um mestre, com uma maneira diferente de treinar os alunos. - Ele dizia com o mesmo ar carismático, títulos e formas de tratamento não era algo que importa para Raiki ele simplesmente respeitava e tratava bem quem fazia o mesmo por ele.

>><<

- Tudo bem eu apresentar a cidade para vocês antes do treinamento Honua? - Raiki se via diante um dilema, mostrar a cidade para novos visitantes e também treinar seus alunos, eram duas coisas que ele sente apreço ao fazer, então esperava por uma resposta apenas como confirmação, até porque não é como se o dojo fosse sair correndo.

Se a sirena concordasse em conhecer Leaf Town antes, Raiki iria se virar para um sujeito de de cabelos lisos e negros com um óculos no rosto. - Hey Kundo, tome conta do restaurante, eu vou apresentar a cidade para essas senhoritas. - E do interior do restaurante ecoaria uma voz preguiçosa, em baleiês? - Tuuuudo beeeem cheeeeefe. - Em seguida seriam ouvidas algumas reclamações e murmúrios dos funcionários/alunos tão pacientes e tolerantes.

Durante o passeio por assim dizer, Raiki levaria consigo um guarda-chuva para que ele e Honua não pegassem chuva. - Me desculpe senhorita Agda, mas não tenho nada para protegê-la da chuva. - Elas poderiam que Haiki ficava realmente entristecido nesse momento. - Acredito que em Boxing Island você pode encontrar algo que te sirva melhor, do arquipélago Wushu é a ilha onde tem o maior comércio de variedades, fogo é? Lá também é onde mora o Zwluak, o mestre do deserto, se o velho Xinzo disse que a chama arde em você, é com Zwluak que a senhorita deve treinar. - Apesar da boa vontade e carisma, Raiki parecia ficar com um pouco de ciúmes, por ter "perdido mais um aluno".

Raiki tentava compensar Agda contando bastante coisa do arquipélago Wushu e principalmente de Forest Island. Apesar de que a gigante loira precisava diminuir seus passos para acompanhar no mesmo ritmo. - O arquipélago Wushu é composto por 3 ilhas, cada uma delas possui um clima e vegetação própria, e são totalmente diferentes, depois de Wushuya as três ilhas mantiveram uma ótima relação e o comércio interno do arquipélago se tornou forte com as três ilhas usando as próprias divergências para se ajudarem, em Karate Island por exemplo que possui chuvas constantes, a vegetação inteira é adaptada para lidar com o excesso de água, assim como os moradores aprenderam a lidar com essas chuvas, a cidade consegue armazenar uma grande quantidade de água potável por causa das chuvas, e assim podemos fornecê-la para Boxing Island e Taekwon Island. - Um sorriso sereno e até mesmo ingênuo estampava o rosto do mestre da floresta, demonstrando o quanto ele adorava sua ilha e também falar sobre ela para os visitantes. Alguns transeuntes acenavam sorrindo para ele, enquanto os guardas prestavam continência em sinal de respeito ao verem Raiki, que por sua vez acenava de volta para os moradores sempre com um sorriso alegre no rosto, alguns Raiki até mesmo chamava pelo nome.

- E também… -  A atenção de Raiki fora desviada para um outro ser que estava em Leaf Town naquele instante, suas asas grandes e chamativas que harmoniosamente moviam-se, talvez só não fossem mais belas do que a melodia cantada pelo anjo? Provavelmente seria com tal adjetivo que muitas descreveriam Rim. A chuva que a princípio abafava a melodia, não foi o suficiente para impedir que a mensagem do celestial chegasse até os moradores, que mesmo em meio a chuva se agruparam para escutar. O regente de Karate Island a princípio roubava a atenção do público de Rim para si, mas quando Raiki parou para escutar, mais transeuntes também se prostraram a ouvir aquela bela canção.

Quando Rim terminou de agradecer seu público, o celestial escutava palavras de felicidade genuína, tocando o coração do homem trajando quimono branco, acompanhado de uma seria e uma gigante. - Ei mocinha, você tem uma voz muito bonita, não se esqueça de ir no meu restaurante depois do expediente, o nome é Stample, o primeiro prato é por conta da casa. - Então Raiki se virou novamente para Agda e Honua. - Me desculpem pela distração, é que não temos muitos artistas talentosos na cidade. -

Com o auxílio indireto do regente de Karate Island Rim havia agrupado cerca de vinte pessoas que o assistiam alegremente, alguns cantarolavam o "jingle" criado pelo celestial, apesar de suas vozes não serem tão bem afinadas. Porém cerca de doze entraram na loja, enquanto o restante apenas não tinha interesse em agasalhos e capas de chuva, ou estavam sem dinheiro naquele momento. A vendedora arrogante que havia esnobado Rim, agora se descabelava tendo que atender todos os clientes que entraram ao mesmo tempo.

Uma inusitada entidade crustácea também dava o ar de sua graça aproveitando o espetáculo. -Ei, Honua, psiiu, oi, o terceiro elemento, a pedra lá, montanha, lembra que precisa mais um pra fazer o treinamento daquele velho na cachoeira. - Sebastian estava que estava eufórico pela cantoria, ficava pentelhando Honua, para que a sirena se lembrasse das palavras de Xinzo.


Raiki.:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Johnny Bear
Pirata
Pirata
Johnny Bear

Créditos : 17
Warn : Phantom Blood - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2016
Idade : 19

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyQua 15 Abr 2020, 00:26


A Feiticeira, a Louca e a Deusa

“Vegetais ricos em nutrientes, o pessoal daqui sabe mesmo como agradar, deve ser bom umas vezes na vida comer alguma coisa que não esteja no meu [...] quintal” A ideia de conhecer alguma coisa nova logo me animou também para a comida, aquelas serelepes, erm, pernas (?) debaixo da mesa balançavam no aguardo da comida, onde lá de canto virada para a janela eu mesma já conseguia sentir o aroma d’outros pratos.

- ISSO! - Comemorava com a resposta positiva do moço, tanto entusiasmada com a aprovação que por pouco acabei não derrubando o prato de comida junto da mesa, ainda desconcertada pelas pernas frágeis que não ajudavam em nada com o equilíbrio - Opa, rs. Sim eu estarei tão animada quanto! Estou pronta para canalizar o meu mantra - No instante em que falava, gesticulava com as mãos acima da cabeça descendo até as pernas como uma flor desabrochando até parar na posição de lótus, com a graça e o garbo que a situação me permitia.

- Eeeeh?! - Surpresa com aquele método de treinamento, o normal seria eu me sentir impressionada, o que não fugia da verdade, mas também não conseguia simplesmente aceitar a ideia de cortar uma árvore com minhas próprias mãos nuas, quero dizer, como isso seria possível para as minhas pobres e frágeis [...] - Á-a-aaaa-árvores c-co-c-com as mãos?! - Eu deveria consultar a vovó para isso? Parecia perigoso, quem sabe ela pudesse me informar se era mesmo possível, tudo bem que o mestre xinzo podia suportar ficar debaixo da cachoeira, mas quanto tempo ele ficou ali? Dez, Vinte, CEM anos?! Não que o tempo não fizesse valer, mas temia que aquilo pudesse nos prender demais - Houve alguém que veio antes do senhor? Quero dizer, ser mestre e tudo mais - A hipótese era boa, não é como se eu quisesse tudo de mãos beijadas, mas me deixaria mais confortável em saber que os espíritos por ali estariam para ajudar de alguma forma, isto é, não negligenciando os ensinamentos do senhor Raiki.

- Sem problemas senhor, na verdade eu adoraria conhecer a cidade também, quem sabe encontre algo interessante - Mesmo com todo esse tempo lidando com aparições eu nunca me cansava das surpresas que apareciam pelo caminho, mas não me vinha em mente ninguém com quem eu quisesse conversar no momento, pois então, me postando diante das mãos do destino.

[...]

*Clap Clap Clap* Batia palmas para a ótima apresentação da garotinha, ela era tão fofa e [...] - AI MEU DEUS ÁGDA OLHA! ELA TEM ASAS, e também são monocromáticas, diferentes olha, eu nunca tinha visto uma - Dizia eufórica cutucando a perna da gigante, quer dizer, posso já ter ouvido falar uma ou duas vezes sequer, mas ver uma bem na frente assim era uma coisa muito louca para se ter em um dia só - Tudo bem Raikin, foi uma boa apresentação, essa ilha parece me ter muito a oferecer, e eu já vi muita coisa para um dia só [...] Quem acreditaria se eu dissesse que quase fui comida por um monstro marinho, conheci uma gigante, tive uma experiência de quase morte, a segunda na verdade e vi pela primeira vez uma [...] anja ? - Cruzei os braços, parecia mesmo uma história absurda, boa para colocar no meu diário como se fosse mais um conto de fadas.



- O que é embuste? Terceiro elemento? AH SIM! Aquela coisa do xinzo, o que?! Você está sugerindo que eu peça pra garotinha? Mas olha só pra ela, parece tão [...] baixinha e frágil - Parei por uns instantes olhando para ela, disfarçando é claro, não queria chamar muita atenção, mas não podia negar minha vontade de me aproximar e ver aquelas asas mais de perto - Ahm, acho que não vai rolar, nem a conheço, como você quer que eu chegue lá? Dizendo que um espírito há muito tempo morto de um caranguejo charlatão, inoportuno [...] - Galante e Esbelto! - pediu para que eu a recrutasse na nossa jornada louca de encontrar os três mestres porque um cara no meio da floresta pediu [...] É pensando assim até que não parece uma má ideia - Expressão pensativa e olhando para o nada - o que tecnicamente era o próprio Sebastian, um monte de nada para qualquer um que olhasse para mim -

- Ei Ágda, Sebastian me deu a ideia de recrutar a moça da cantoria, não faço ideia do motivo, talvez ele tenha gostado da música ou goste de menininhas lolicon, para o treino, deveríamos encontrar uma terceira pessoa, acabamos esquecendo de perguntar para o Raiki assim que chegamos, mas então o que acha? - Caso ela me questionasse sobre o tal Sebastian, apenas faria uma sinalização com a mão para que ela esquecesse isso - Ninguém relevante [...]

- Hey! -

- no momento [...] Mas então, será se é uma boa ideia? -

Informações:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Designer
Designer
Remenuf

Créditos : 19
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 20
Localização : No seu coração

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyQua 15 Abr 2020, 11:23


Post 9

“Cortar árvores com as mãos é?”

- Brutal…

Uma única palavra num tom pensativo, dizia mais num contexto de “maneiro”, enquanto tentava imaginar como seria o treinamento no deserto… Quebrar rochas?

“É, definitivamente quebrar rochas, não consigo pensar em outra coisa.”

***

- Não precisa se desculpar.

Interrompi meio serelepe.

- Nós já estávamos molhadas mesmo.

A chuva nunca foi algo que me preocupou pra falar a verdade. Já houve algum momento? Em que ficamos gripadas… Eu acho que não. De qualquer forma continuava a escutar Raiki com atenção, a chuva abafava um pouco sua voz e era um pouco difícil ouvir pela distância. O que mais me tirava a concentração era ter que ficar andando em câmera lenta, mas assim ao menos eu não pisoteava alguém

- Entendi. Espero encontrar ao menos algo pra escrever quando chegar lá.

***

Parava junto de Raiki e a multidão, enquanto escutamos a música colocava Honua de volta no chão para que ele pudesse apreciar melhor lá de baixo. E junto das massas, aplaudia com igual entusiasmo.

*SLAM! SLAM! SLAM! SLAM!

Bom… Talvez um pouquinho mais alto que os demais.

“Uma raça exótica!”

Enquanto a pequenina se curvava à ovação, dava dois… Não, um passo em sua direção. De curiosidade desperta, nos abaixei com ambos joelhos no chão e apoiando com as mãos, enquanto erguemos o resto do corpo, descendo o torso até nosso rosto ficar rente a ela, observando-a bem.

- Sua voz.. É muito bonita né? E essas asas, parece até uma Valkiria. Gyahaha.

Depois de olhá-la bem já nos inclinava para trás novamente, sentadas à sua frente de pernas cruzadas causando um pequeno tremor ao “nos jogar” despreocupadamente no chão. Com minha natureza um tanto bárbara, enquanto empolgada, berrava para minha amiga sereia por mais próximo que estivesse.

- Olha Honua! Se existisse algum Wushu do ar a gente teria achado a pessoa perfeita. Gyahahaha!

[...]

- Hum? Recrutar ela? Pra terra? Mesmo tendo asa e tudo mais? Huuuuuum…


Fechava os olhos erguendo a cabeça para cima pensando em aproximadamente tempo nenhum sobre o assunto.

- Pode ser! É uma boa ideia. O Senhor Sebastian tem uma boas ideias, deve ser um bom conselheiro mesmo.

Tornando o foco para a garota alada.

- Ei você! Qual o seu nome? Eu sou a Ágda, essa é a minha amiga HOOONUUUAAA, mas caso você não fale baleiês só Honua tá de bom tamanho. Ah é, e esse é o Mestre Raiki.

[...]

- Ei! Você não é daqui né? PRetende ficar na ilha por muito tempo? Hmm, indo direto ao assunto, gostaria de entrar numa aventura com a gente?


Tinha um sorriso excêntrico e empolgado no rosto aguardando a resposta. Poderia ser possível? Uma segunda amiga em um único dia? Nossa sorte parecia começar a mudar depois de tanto tempo rumando sem um destino certo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Inventário

Berries:
41.000

Personagem

Vantagens:

• Boa Aparência
• Ambidestro
Adaptador


Desvantagens:
• Múltipla Personalidade
• Devoção (Encontrar as Relíquias do Ragnarok)
• Fantasia (Escreve no próprio idioma)

Perícias:
• Astronomia
• Navegação
• Pilotagem

Ofício: Navegadora

Build

Dano - Habilidoso
Acerto - Normal
Pontaria - Inábil
Esquiva - Inábil
Bloqueio - Normal
Resistência - Normal
Objetivos

Encontrar os Outros
• Aprender a surfar
• Comprar um diário e caneta ou pena com tinta (tamanho gigante)
• Me divertir
• Aprender costura como Ágda
• Nova Amiga

• Genialidade
• Mau Humor
• Fome

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 11
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 22

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyQui 16 Abr 2020, 07:28


Agradeço humildemente pelo grande sucesso meu Sol radiante que brilha sobre nós proporcionando maravilhas, espero que isso tenha agradado meu pai,ele tem estado muito quieto ultimamente.A atendente deve estar muito feliz com a clientela, logo que as coisas parecerem se acalma eu irei entrar para pegar meu pagamento, roupinhas novinhas que emoção enorme.Estarei um encanto para me apresentar no frio, afinal a aparência impacta bastante na opinião das pessoas.

E minha prova não está longe daqui,aliás estou olhando para ela agora mesmo, inclinando meu corpo para trás para conseguir virar meu corpo o suficiente para vê-la acima, que senhorita enorme e de proporções que piadas as partes é realmente grandiosa.

Ficaria feliz em me fazer presente em seu estabelecimento.Me curvava diante a presença do homem cuja a existência havia apenas ouvido nós leves dias que estive hospedado na ilha, estou um pouco decepcionado pois nos contos ele parecia alguém bonito.Talvez seja apenas meu gosto diferente.

A maior pessoa que já vi em vida e talvez a última que veja antes da morte parecia falar bem alto, se minha voz conseguisse ser assim eu poderia alcançar uma área bem grande ainda mais com um amplificador de voz. Seu nome não era semelhante a nada que já ouvira antes e ela parecia apresentar uma amiga,espera um pouco...olhava fixamente para a sereia.

Talvez seja um destino fadado ou uma recompensa radiante,mas a rumores de sereias serem as melhores artistas do mundo encantando as pessoas com sua voz,quem sabe eu consiga aprender uma coisa ou duas com uma celebridade pura.

Aventura você diz….Pensava meio receosa e com o pé atrás, normalmente esse tipo de atividade gera em violência e agressão e não desejo lutar com ninguém e acabar machucando outras pessoas. Não sei por quanto tempo ficarei aqui,estou a trabalho para alegrar a população, mas se eu puder continuar com meus afazeres e evitar conflitos ficaria feliz em ter companhia em viagens, podemos conversar melhor no restaurante, vou ter um diálogo com minha chefe  e apareço por lá daqui a pouco,se puderem reservar um lugar para mim a mesa eu agradeço.

Piscava um dos olhos balançando o corpo com alegria enquanto adentraria o estabelecimento novamente,era natural deixá-los antes mesmo de reagirem assim deixava os ansiosos e esperando sua chegada no próximo encontro. Caminharia  até a lojista com um sorriso um quanto doce e meigo sussurando de forma harmoniosa e fresca:

Posso pegar minhas roupas,como combinado?Esperaria que elas viessem ao menos numa sacola para que eu pudesse carregá-las do contrário perguntaria a disponibilidade de uma fronha ou bolsa levando a maior que tivesse pensando em negociações futuras e que esteja ao alcance do meu orçamento pagando diretamente em suas mãos:

Por acaso teria mochilas,bolsas ou fronhas que combinasse com o modelito?Seria a frase que utilizaria.

Ao recebê-la depositária os ganhos em seu interior colocando as sobre as costas e indo me encontrar com os outros no Stample ou logo  frente caso não tenham partido ainda.
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Licia
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Licia

Créditos : 14
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 21

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySex 17 Abr 2020, 00:24

 
A arrogância pode ser inevitável quando se é um exímio conhecedor de uma arte ou praticante de alguma técnica, talvez por tal razão Raiki falava com naturalidade sobre o treinamento que fez, os anos de prática constante fizeram com que o mestre da floresta não enxergasse o treino realizado como algo absurdo. Porém Agda e Honua não partilhavam dessa visão, e tiveram a reação de espanto, assim como provavelmente qualquer outro ser com capacidades físicas normais, claro que dentro das limitações de cada raça. Enquanto Honua ficou estupefata por saber o que lhe aguarda, Agda estava um tanto ansiosa por descobrir qual seria o treinamento do poder Hellheim, mas não poderei eu sanar tais dúvidas que rondam a mente desta bela gigante, ao menos por agora.


- Antes de mim? Ah sim, havia o antigo mestre do dojo e antes dele havia outro antecessor, é como uma tradição um discípulo suceder o mestre, antes mesmo da unificadora é assim que funciona, mas porque está perguntando isso Honua? Por acaso está querendo tornar-se a próxima mestra da floresta e me aposentar? Ou será que pretende me desafiar em um combate pelo título de mestre? - O semblante de Raiki tornava-se sério por um momento, podendo até parecer ameaçador, com os olhos cerrados encarando fixamente a sereia. Mas alguns segundos depois Raiki gargalhava desfazendo totalmente sua expressão hostil. - Foi apenas uma piada, não se preocupe, a verdade é que em algum momento terei de abdicar esse título, mas não gosto de pensar nisso. -

>><<

O encontro de Agda Skyblaze, Kawela Honua e Masaki Rim arrisco a dizer que nem mesmo as mentes mais criativas poderiam imaginar uma estória onde três presenças tão distintas cruzavam-se no tecido do destino, cada qual com suas próprias peculiaridades e encantos que as tornam únicamente maravilhosas. O fascínio era mútuo e imediato, onde as três a sua própria maneira enxergavam aquele inusitado encontro com sentimentos contagiantes de alegria uma pela outra. Ao menos era assim para as três do quarteto.

Quando a bárbara atirou-se no chão, a rua e algumas proximidades tremeram um pouco, mas por sorte nenhum acidente ocorreu, apesar de que os transeuntes tiveram de firmar os pés com força no chão para suportar aquele abalo, mas nada comparado ao gracioso chacoalhar de dois montes fofinhos ostentados pela gigante loira.

Mesmo com o êxito de Rim em atrair clientes, a vendedora contratante ainda encarava o pequeno celestial com o olhar atravessado. - Tsc… Você conseguiu mesmo. - Era difícil para aquela mulher engolir o fato de que o "pobretão" havia cumprido a meta. - Que seja, escolha uma jaqueta, e vou pagar cem mil pela performance, mas se preferir pode escolher até cento e cinquenta mil em mercadoria. - A vendedora apenas arqueou uma sobrancelha e inclinou o rosto na direção de uma estante com bolsas e mochilas. - Essas asas, quer que elas apareçam, ou prefere protegê-las do frio? - A tal vendedora não tinha muito tato com as palavras, e aquela não era uma loja com produtos que atendam diversas raças, mas a contratante ainda tinha algum princípio e também orgulho, de acordo com a resposta do celestial a vendedora apanharia um estilete abaixo do balcão. - Me de a jaqueta. - Se Rim entregasse, a vendedora abriria duas cavidades na jaqueta onde ficariam as escápulas do jovem artista para que suas asas não fiquem presas. - Quando tiver com problemas, venha até minha loja novamente. - Por mais que seja difícil admitir, a vendedora era obrigada a reconhecer o talento de Rim, e o quanto seria proveitoso ter aquele celestial como funcionário. Mas atrevo-me a dizer que Masaki Rim busca palcos muito maiores do que a frente de uma loja.
**Meu caro Rim, você pode tirar os 100k, ou gastar 150k na loja (considere um desconto para funcionários e que ela estaria te vendendo a preço de fabricação), a vendedora não vai cobrar pela jaqueta/casaco, a mochila/bolsa custa entre 40-50k, e outros acessórios como cachecol, sapatos, toucas 20-30k, meias e luvas 10-20k,  o que justifica a variação do preço é a qualidade do tecido e costura. Se você gastar menos de 100k em mercadoria ela te paga a quantia que falta pra somar 100k. (Exemplo: Se você escolher só uma mochila de 40k ela te paga 60k). Divirta-se com esse minigame. :3


Se Agda e Honua tivessem optado por esperar Rim na saída da loja, Raiki também iria aguardar enquanto conversava com alguns nativos da ilha que puxavam assunto. Dando tempo para a sereia e a gigante discutirem a respeito do "terceiro elemento".

Se Rim não demorasse muito para deixar a loja e a vendedora """super simpática""" Raiki ainda estaria conversando com os habitantes por alguns minutos antes de se juntar ao trio/quarteto. - Olá jovem senhorita, eu estava mostrando a ilha para Agda e Honua, nós acabamos de vir do restaurante. - Ao falar com o celestial Raiki ficava um pouco receoso pela sirena e pela gigante loira, que acabaram de sair do restaurante. - Se as três pretendem fazer o treinamento Wushu com Xinzo, significa que você deseja ir para Snow Town? - Perguntaria para Rim. - Eu posso guiá-la até o porto traseiro  de Leaf Town, onde fica o acesso mais fácil para as outras ilhas, na verdade eu pretendia levar Agda e Honua até lá enquanto mostrava a cidade, a visão do arquipélago que se tem daquele porto me surpreende até hoje. - Depois de perder-se em alguns segundos de nostalgia, Raikia voltaria a falar com o celestial. - De qualquer maneira o Restaurante Stample estará sempre de portas abertas.


Se Raiki fosse perguntado sobre o que é Wushu ele responderia. -  A Respiração Wushu é uma técnica ensinada no arquipélago, onde o indivíduo se conecta com a natureza, de modo a tornar-se um só com ela, fortalecendo corpo e mente, quando dominada a respiração Wushu permite que o indivíduo não só extraia e canalize o poder dos elementos, mas também permite utilizá-los em sua vida. -

Restava apenas a Feiticeira, a Louca e a Deusa decidirem por qual caminho desejariam seguir, o receptivo anfitrião não se oporia, seja prosseguir como guia turístico ou retornar para seu restaurante.



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Designer
Designer
Remenuf

Créditos : 19
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 20
Localização : No seu coração

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySex 17 Abr 2020, 02:47


Post 10

- Claro! Por avent…

“Uééé, disse alguma coisa errada?”

Mal tive tempo de concluir e a pequena valkiria já adentrava quatro paredes. Mooou! Por que todas as lojas tinham que ser tão pequenas que eu não consigo entrar?

- Foi mal Honua.

Batia ambas as palmas na altura do ombro em um gesto de efúgio.

- Acho que não fui direto ao assunto. Vamos esperar aqui fora um pouco, não deve demorar.

Caso o fato de nós estarmos sentadas ali no meio da rua impedisse a passagem de alguém, levantava depressa.

- Oh me desculpe! Pode passar.

Uma leve perda de equilíbrio ao erguer-nos rapidamente porém logo tentaria me estabilizar evitando danos.

“Calma Ágda, mais uma cidade não! Correu tudo bem até agora.”

Aproveitava o tempo de esperar para apanhar Honua com ambas as mãos, dando a ela uma plataforma erguida até nosso rosto para conversarmos melhor. Após observar brevemente Raiki não deixava de comentar.

- O mestre Raiki é bem popular né? Quem bom que foi fácil de encontrar ele.

[...}

- Honua, agora que eu parei pra pensar você também não é daqui né? Quando acordei já estava contigo, e então teve o vovô Xinzo, e toda a história de Wushu é pra jacu acabou tirando um pouquinho minha atenção. Eu nunca perguntei o que você faz ou veio fazer aqui.


***

No momento em que a valkiria saía da loja fitava-a com olhos determinados, a apresentação parecia ter dado mais ou menos certo, ao menos ela pararia para nos ouvir, mas estava certa de trazê-la para o nosso lado, nosso terceiro elemento!

- Desculpe eu acho que me empolguei demais e acabei gritando um monte de coisa sem sentido pra você mais cedo hehehe.

Coçava a nuca de embaraçamento enquanto fechava um único olho ostentando um sorriso meio esfarrapado.

- Talvez você tenha tido a impressão errada sobre a minha pergunta. Eu sou uma caçadora de tesouros, mas na maioria do tempo busco algo que chame minha atenção ou ache divertido. Não estava te chamando pra nenhuma guerra ou golpe de estado mirabolante.

Como se estivesse explicando algo muito importante apontava o indicador para cima, inflando o peito e fechando os olhos ao mesmo que afirmava positivamente com a cabeça.

- Claro que uma aventura não é fácil. Eu perdi meu barco, quase todo meu dinheiro, roupas… Não tenho tripulação.

A medida que falava ia me botando cada vez mais para baixo. Apenas para explodir de motivação no mais tardar.

- Minha única amiga, é a Honua! Claro que no meio de tudo talvez apareçam alguns ladrões e saqueadores. Mas nesse caso eu protejo vocês! Eu sou bem forte sabia?

Talvez em algum momento alguém questionasse ou talvez guardasse para si o fato de eu estar explicando toda uma jornada pelo mundo quando nosso simples e único objetivo atual era aprender o Wushu. Não é óbvio? Que graça teria fazer um trio, treinar juntas só pra se separar depois?

- Eu tenho certeza que no meio de tudo isso você pode encontrar algo divertido ou no mínimo interessante. Claro que isso tudo não é de graça! Deixa eu ver, um pagamento apropriado…

Nem precisava pensar, era óbvio.

- Que tal começar com uma amizade? Me apresento mais uma vez, meu nome é Ágda Skyblazer… Gostaria de ir numa aventura comigo?

Dessa vez sem excentricidade, apenas esboçava um semblante gentil, sentada, olhando firme nos olhos dela. Esperava por um “sim, com certeza!”, ou ao menos que ela diga seu nome.

***

- Ótimo!

Poderia dançar de alegria, se tal ato desastrado não custasse a moradia de alguns pobres inocentes.

- Agora mesmo nós estamos em busca de aprender o Wushu! A arte ancestral de… de… Hmmm…

Coçava a cabeça novamente, olhava para Raiki com um olhar de “Me ajuda!” esperando talvez que ele me ajudasse a explicar as coisas. Por mais que eu tenha entendido mais ou menos o básico, ainda assim é difícil pra mim explicar as coisas com clareza, acabo me atrapalhando no meio.

- Isso! era algo assim que eu pretendia dizer hehehe… Eu sou o fogo, a Honua a água. Estávamos procurando nosso terceiro elemento.

***

Uma vez com tudo resolvido e bem explicado, novamente seguia Raiki pela cidade, mais específico até o porto onde dessa vez sim, teria que me separar de Honua por um certo tempo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Inventário

Berries:
41.000

Personagem

Vantagens:

• Boa Aparência
• Ambidestro
Adaptador


Desvantagens:
• Múltipla Personalidade
• Devoção (Encontrar as Relíquias do Ragnarok)
• Fantasia (Escreve no próprio idioma)

Perícias:
• Astronomia
• Navegação
• Pilotagem

Ofício: Navegadora

Build

Dano - Habilidoso
Acerto - Normal
Pontaria - Inábil
Esquiva - Inábil
Bloqueio - Normal
Resistência - Normal
Objetivos

Encontrar os Outros
• Aprender Hamon (Wushu)
• Aprender a surfar
• Comprar um diário e caneta ou pena com tinta (tamanho gigante)
• Me divertir
• Aprender costura como Ágda
• Aprender Capintaria
• Nova Amiga

• Genialidade
• Mau Humor
• Fome

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Johnny Bear
Pirata
Pirata
Johnny Bear

Créditos : 17
Warn : Phantom Blood - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2016
Idade : 19

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySex 17 Abr 2020, 12:40


A Feiticeira, a Louca e a Deusa

- Eeeh?! - Exclamei com a pergunta do senhor Raiki, recuada, colocando a mão no peito assustada, eu tinha dado a entender esse tipo de coisa? Mas me veio o alívio quando este me contara que tinha sido apenas uma piada, talvez tivesse visto bem meu olhar assustado - Não, não eu não pretendia [...] não pretendo pegar o posto de guardiã, eu só pensei que talvez os espíritos ancestrais pudessem me ajudar em algum momento, sabe, esse lugar, Wushu, tem uma boa energia, imensa eu diria, não só dos vivos - Terminaria dando outra garfada no prato, não me estendendo muito no assunto, afinal, era difícil encontrar alguém tão salientado nisso quanto eu.

- Essa unificador [...] como ela era? - De modo despretensioso tentando mudar de assunto, gostaria de saber um pouco mais da mulher que servia quase como uma divindade para os mestres da ilha - Todos falam muito bem dela, de seus feitos, mas acho que não entendi exatamente como ela era ou veio parar aqui [...] - Poderia ser mesmo uma pergunta sem resposta, nem mesmo o mestre Xinzo parecia saber nos explicar mais, ou só não tinha tempo, independente disso, as fábulas aqui nunca mencionava sequer uma característica daquela, o que me deixava curiosa, seria uma humana? Outra raça? Deste modo não era tão importante, apenas mais uma das minhas curiosidades pelos minuciosos detalhes.



- Pronto, a Ágda vai lá falar com ela, só não sei se a pequena vai aceitar [...] Mas por que você escolheu ela? [...] Sebastian? - Sumiu outra vez, aquele crustáceo estava a galantear outra vez pelo mundo dos mortos, ou seja lá onde quer que ele esteja, espero que bem longe das outras sirenas.

Senti o puxão vindo por baixo me puxando para fora dos pensamentos, com cada vez mais pensamentos na cabeça, tinha quase esquecido da pequena [...] Valkíria? Era assim que se chamavam aquelas pessoinhas com asas? Ágda parecia mesmo saber muito do mundo, já que esteve na Grand Line, ESPERA! Ela já esteve lá, será que por acaso já não tenha passado pela minha ilha natal? - Hmm? É, sim, bem fácil, os mestres daqui são gente como a gente, acho que também devemos muito à unificadora [...] -

- Daqui? Não, eu sou de uma ilhazinha hmm [...] não faço a menor ideia - Me prendia entre seus dedos, entrelaçando a calda para ficar de ponta cabeça sob o mindinho e observar o chão de cá em cima - Não lembro de onde eu vim, só lembro de ser carregada por uma correnteza e chegar em Baterilla [...] A vovó foi a única familiar que me ajudou e esteve lá, o que me faz pensar que meus pais ainda estão por ai em algum lugar, talvez me procurando [...] - Mudando o tom de algo animado para uma melancolia, sempre me doía falar deles, especialmente por nunca nem ao menos conseguir lembrar como eram seus rostos - Eu queria conhecer mais o mundo então vim até Wushu, soube que poderia melhorar meu contato com o espiritual aqui e entender o porquê de eu conseguir ver, conversar com espíritos e executar alguns rituais com magia e ervas. Uma jornada para descobrir a mim mesma por assim, dizer, ou aprender um pouco mais sobre isso, creio que só vou ter a resposta da primeira pergunta quando encontrar o lugar de onde vim - Voltando a me balançar pendurada, olhava dali prestando mais atenção em como eram pequenos os que passavam, tudo parecia tão distante e menos acolhedor ali, qual deveria ser a sensação de não poder conversar na mesma altura que eles ou entrar nas mesmas casas?

- Você já esteve na Grand Line não é? Sabe me dizer se passou por alguma ilha com muitos Tritões e Sereias? Ouvi dizer que dava pra se chegar em uma ilha assim por lá, é onde pretendo chegar algum dia [...] -



- Única? Erm, bem eu, me sinto lisonjeada! Eu sou Honua Kauwela! Sou uma curandeira, herbalista, iniciada sacerdotisa xamã, falo a língua dos homens e dos peixes [...] - Ainda me balançava no dedo da gigante, com segurança para não escorregar e cair, mas aquela sessão de apresentações era divertida, nunca tinha parado para pensar assim em todas as minhas qualidades e contá-las para alguém, é claro que eu conhecia também um pouco dos rituais cabalísticos, fazia Tarot, lia mãos e etc.

- O que você seria? Uma Valkíria? O que são Valkírias? Vocês tem uma língua própria ou algo assim? - Acho que não é nenhum mistério que eu sou bem curiosa rs, mas conhecer um pouco mais das raças que ainda não sei me deixaram animada, o bastante para metralhar-la com perguntas simples e até “idiotas”.

- Respiração! - Continuava a explicação da Ágda depois de perceber sua dificuldade, logo olhava para o mestre Raiki dando uma piscadinha esperando o meu 10 na matéria teórica - Precisávamos de um(a) terceiro(a) integrante para se juntar a nós, o mestre Xinzo espera na floresta por nós no fim da jornada, depois que eu o vi emitir uma aura tão intensa pude entender que ainda há muita coisa para se aprender ainda nessa ilha [...] Mestre Raiki, o que vocês nessa ilha praticam nessa ilha? Há algo aqui sobre o Ritualismo? - Questionei-o querendo saber mais sobre o que se tinha de ciências proibidas à minha disposição no tempo restante naquela maravilhosa cidade.

- Pretendo também conhecer os outros mestres, então seria bom podermos começar antes, para que eu consiga acabar e visitá-las antes que acabem o treinamento - Dizia confiante, de cabeça para baixo ainda, olhando para Raiki e cruzando os braços, eu sabia que iria conseguir passar no treinamento, ou ao menos me esforçava a acreditar nisso, sonhei por semanas para estar aqui, e agora, finalmente iria aprender um pouco mais de mim mesma.

Informações:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 11
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 22

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptyDom 19 Abr 2020, 10:42


Magnífico além das roupas previamente mencionadas com essa quantia de colaboração eu consigo sair muito mais estiloso do que estava almejando,as pessoas de Snow City vão se encantar com minha aparência.Vejamos, cento e cinquenta mil berries em mercadoria tirando a bonificação do casaco por conta da calça…Eu preciso levar a calça e as botas para me manter quentinho nas áreas abaixo da cintura, só isso já daria sessenta mil de acordo com os valores mencionados,uma mochila de material  resistente para levar suprimentos e minhas roupas antigas seria acrescentado dando cento e dez mil berries, obviamente que preciso proteger as orelhas e as mãos para não causar hipotermia é com isso dando um total final de cento e sessenta mil berries.

Até mesmo em casos que acabo ganhando eu tenho que desembolsar alguma coisa, porém o desconto por cima dos bens já é bem menos do que teria de gastar se tivesse que comprar cada uma das peças, selecionaria cada uma delas como havia listado e conforme entregasse para que fosse feito o levantamento, arcaria com a diferença de valores retirando do meu bolso o montante:

Se possível deixe o espaçamento das asas bem frente para que não enfre friagem nas minhas costas. Exclamaria tomando certa atenção aos detalhes visto que não desejo substituir as roupas por não realizarem com sua tarefa é sim para ter modelos de cores diferentes.

Reunido todos os meus novos pertences iria até um provador verificar se tudo se ajustava perfeitamente e a modificação fora bem feita,caso encontrasse algum tipo de irregularidade trocaria a peça por outra até estar completamente nos conformes.Como não sei se a viagem será breve,me manterei equipado armazenando os trajes velhos dentro da bolsa já preparado para fazer a travessia para a outra ilha surgindo a oportunidade.

Obrigado pelo atendimento…Olharia para a espada de relance acariciando a banha gentilmente com o polegar.Meu pai disse que estou muito bonita e que seus produtos são de ótima qualidade que reluziria ainda mais o brilho do grande Sol.

Me depararia com as meninas a fora, e enquanto dávamos um tempo para Raiki que se ocupava interagindo com os cidadãos eu observaria ambas, ouvindo o pedido de desculpas da giganta, embora não veja motivos para tanto...porém cada palavra que ela dizia era reveladora mente perigosa...pelo visto ela deve ser uma mergulhadora ou arqueóloga que procura objetos de valor, não que as viagens que eu faria de ilha a ilha seriam seguras por mim só mas acho que não posso dar uma resposta afirmativa assim tão diretamente,quem saiba com um pequeno contorno até conhecê-la um pouco melhor:

Uma amizade séria muito bem vinda, faz tempo que não tenho amigos além de admiradores.Podemos viajar juntos por um tempo,se as coisas não parecem ser complicadas para um dos lados podemos estender melhor esse período para várias outras jornadas.

O nome dela era difícil, com certa incerteza sobre a pronúncia correta deixava que a sereia fizesse suas honras e revelasse um pouco sobre sua pessoa também,apesar de até então não ter me dado a cortesia de uma apresentação formal acreditando ser melhor esperar o terceiro membro se aproximar para realizar em uma vez só:

Uma herbalista você diz? Se eu conseguir alguns ingredientes você conseguiria arrumar remédios da mesma qualidade que os de mercado? Isso ajudaria muito, assim não preciso me preocupar com medicações para preencher a mochila. Diria com animação, uma animação que era aos poucos retirada com as próximas palavras:

Nem um pouco,Valquírias são celestiais voltados para o combate, meu povo acredita que a violência deve ser utilizada apenas em casos extremos e a paz deve ser mantida pela graça e vontade do Sol.

A menção dos elementos e da respiração era novamente levantada assim como a existência de outros mestres:

Hmmm eu seria o ar então?Balançaria as asas em afirmação.

A conversa estava até que interessante e logo o  regente aparecia me recebendo  com profundo agrado depois de um tempo,suas palavras eram bem sofisticadas e seletivas o que demonstrava ser um conhecimento adquirido diante tantas conversas diplomáticas a serviço,escutava tudo atentamente respondendo com certo entusiasmo visto que até mesmo uma carona havia sido abençoado, aproveitando a deixa para falar um pouco ao meu respeito:

Hoje o sol brilha radiante para nós eu e meu pai ficaremos mais do que felizes em seguir para Snow com suas companhias.Meu nome é Masaki Rim,sou uma artista e viso alegrar o humor das massas e me tornar alguém que transmita paz em suas almas,alguns me chamam apenas de Rim e esse é meu grande progenitor.Apresentaria a espada quebrada.Seu nome e Solaire e ele diz está honrado diante a presença de uma pessoa tão carismática e educada como você Raiki. Mas afinal o que seria a respiração Wushu?Deixaria a dúvida sair me aos lábios, afinal seria incômodo aceitar e descobrir por ser algo que me forçaria a machucar outras pessoas durante o processo de aprendizado.

Ouviria a resposta com atenção, até que parece interessante com algo assim eu possuiria mais vigor durante as apresentações,estou de acordo e quanto ao restaurante:

Eu planejo retornar para cá,estou hospedado em um bar local com ótimo atendimento,assim que voltar eu passo no seu restaurante diretamente,após realizar meus trabalhos meu estômago estará mais do que ansiando por uma excelente alimentação.Elas são figuras bem distintas e não cheguei a vê-las durante o período que estive por aqui,são suas estudantes também?Se existem outros mestres significa que outras respirações também são praticadas ou a mesma possui diversos ramos de atuação?Perguntaria para Raiki conforme começaria a acompanhá-los apesar de não ter certeza se consigo me manter ao ritmo de alguém muitas vezes maior que mim em tamanho.
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Licia
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Licia

Créditos : 14
Warn : Phantom Blood - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 21

Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 EmptySeg 20 Abr 2020, 18:30



Honua e Agda usavam o breve momento de calmaria para se conhecerem melhor, afinal ambas chegaram na ilha após momentos de tormenta e desde então estavam centradas em conhecer melhor a respeito do arquipélago, mas agora em posições no mínimo inusitadas para se ter uma conversa, elas descobriram a origem uma da outra, e logo mais dúvidas surgiam na mente da sirena ao saber que sua amiga gigante já havia viajado pelo maior dos mares que esse mundo conhece. Felizmente para Honua que se equilibrava de forma arriscada, se considerar a destreza de sua amiga, os poucos pedestres simplesmente evitaram a gigante, circundando-a sem que a mesma precisasse se levantar.


A pergunta de Honua sobre a unificadora havia ficado sem uma resposta satisfatória, os conhecimentos de Raiki sobre tal existência lendária era bem semelhante ao que Xinzo havia explicado, o mestre da floresta não sabia dizer com exatidão nem mesmo qual raça Wushuya pertencia, menos ainda sobre sua origem, apenas que ela havia surgido no arquipélago para unificá-lo no período onde as guerras eram constantes entre as três ilhas. - Wushuya está em algum lugar desse mundo, provavelmente onde há outros grandes conflitos para unificar o povo. - Apesar de Raiki dizer com bastante credo em suas palavras, poderiam ser notado que não havia algum embasamento sólido, era como se somente a lenda bastasse para fazê-lo acreditar naquela que dizem ser imortal, mesmo com o passar dos séculos.


>><<


Rim por sua vez havia alcançado os sentimentos da vendedora, que depois de receber tantas respostas amigáveis parecia ter desistido de se manter desagradável mesmo que a mudança não fosse tão notável, antes de fazer os cortes no casaco ela se agachou próximo das costas do celestial e para tirar a medidas com os dedos antes de cortar, mas não chegou a tocar nas plumas, não era trabalhoso para aquela mulher que provavelmente passou a vida inteira confeccionando e ajustando vestimentas, ela certamente não precisava dedicar tanta atenção assim, afinal bastava um olhar para crítico para saber as dimensões, mas como uma demonstração de boa vontade ela se deu esse trabalho, as cavidades ficaram num tamanho confortável para o celestial, suas asas não ficariam apertadas mas também se manteriam confortáveis. - Espero que elas não sejam congeladas. - Era difícil discernir se aquelas palavras eram de legítima preocupação com Rim ou com o fato dela poder apenas ter estragado o agasalho sem motivo, mas ao menos não era uma afronta direta, será que pode se chamar isso de progresso?

>><<

Ainda havia algumas incertezas que precisavam de esclarecimento principalmente porte de Honua e Rim, enquanto Agda por sua vez prontificou-se a saná-las, apesar de ter tido um pequeno auxílio de Raiki, fato é que a relação das três parecia progredir de maneira agradável, apesar de origens tão distintas, a forma como cada uma enxergava a vida assim como suas ambições não aparentavam ser conflituosas, mesmo com o pequeno equívoco a respeito do ser alado Agda, Honua e Rim estavam se dando bem.


Não há como negar a peculiaridade nas dúvidas de Honua, porém desta vez o mestre da floresta tinha algum conhecimento que seria útil para a sirena. - Não diria que a respiração Wushu seja algo como um ritual, apesar de que alguns fundamentos não sejam explicados pela ciência comum, porém se busca esse tipo de conhecimento a Shizuka deve ser capaz de instruí-la… apesar da atitude hostil daquela mulher. - Raiki engolia seco antes de terminar a fala, e dizia a última parte em um sussurro quase que inaudível.


Já para responder os questionamentos do celestial Raiki pensava por alguns instantes antes de iniciar a fala. - … Aqui no arquipélago não existe algo como respiração do ar, somente terra, fogo e água, mas acredito que isso não signifique a insistência, apenas que tal técnica ainda se mantém desconhecida - O mestre da floresta ficava ligeiramente cabisbaixo antes de continuar a falar. - Eu realmente gostaria de ter Agda e Honua como minhas alunas, porém Agda vai para Sand Town treinar a respiração do deserto com Zwluak, e você senhorita Rim deveria buscar pela Korra em Snow Town e treinar a respiração da montanha, e por fim as três precisam encontrar Xinzo aqui em Leaf Town para concluírem o treino da respiração Wushu. - Era nítido o desânimo de Raiki por "perder" duas alunas, mesmo com ele tentando não se abater. - Já sei, nesse caso Honua, você treinará três vezes mais do que os outros alunos. - Raiki dizia ostentando um sorriso empolgado no rosto, sua voz tinha um tom de diversão, mas não era possível discernir se ele estava fazendo outra piada ou falando sério.


>><<

Quando o trio de beldades havia entrado em consenso de seus objetivos, Raiki continuou a guiá-las, mesmo com Leaf Town não tendo construções notáveis ele aparentava estar muito feliz e até mesmo empolgado em mostrar a cidade, apontando estabelecimentos que poderiam ser úteis, como mercenárias, mercados, hospedarias… Até que finalmente chegaram ao final da ilha.


É difícil até mesmo para mim acreditar no que estou prestes a descrever, Agda, Honua e Rim estavam diante uma visão que provavelmente não irão se esquecer tão cedo, daquele ponto era possível enxergar as outras duas ilhas do arquipélago com suas principais características que as tornam tão distintas, enquanto nuvens de chuva pairavam suas cabeças em Taekwon Island haviam nuvens ainda mais densas, a neve caia vagarosamente cobrindo a ilha com um tecido branco, e ao lado estava Desert Island sem qualquer nuvem, apenas uma extensão dourada de areia com o sol escaldante que parecia deixar o vasto deserto ainda mais reluzente. Raiki por sua vez ficava em silêncio com o olhar distante para as outras ilhas, o mar no centro das três ilhas era tão pacífico quanto os olhos do mestre da floresta, mesmo com o clima tão diferente era como se o arquipélago coexistisse em harmonia, onde nem mesmo as ilhas se conflitavam.


Cerca de duzentos metros à direita havia uma ponte ligando a chuva até a neve, enquanto a esquerda uma estrutura praticamente espelhada conectava o deserto na chuva. No centro, um porto relativamente pequeno, com as poucas docas espaçadas entre si, onde a maioria dos navios eram proporções que comportam duas ou três Águas, praticamente todos transportando barris de água, no momento em questão havia alguns homens já cansados levando um grande carregamento de barris para dentro dos navios.

- Só não mostrei a vocês o dojo da floresta, ele fica mais afastado da cidade, mas Agda e Rim acredito que os outros mestres irão compensá-las. - Com isso o papel de Raiki como guia turístico estava praticamente encerrado, talvez fosse o momento da despedida que fora adiada, ou não, se a gigante loira e a celestial monocromática quiserem conhecer o dojo e depois voltarem até o acesso até das outras ilhas seriam bem recebidas da mesma maneira.

A premissa de um conflito centralizava-se justamente naquele que desejava evitá-los. - Apenas tome cuidado essa arma senhorita, os habitantes do arquipélago não são nem um pouco acostumados com esse tipo de coisa, e podem reagir com aversão, mesmo que a espada esteja quebrada. - Raiki demonstrava certa preocupação ao dirigir a palavra ao celestial, mesmo para alguém tão sereno e amigável ainda seria difícil lidar com uma arma neste arquipélago cujo a presença delas é abominável, mas fato é que Rim havia cativado o mestre da floresta, a doçura e gentileza do celestial ao portar-se, deixou claro para Raiki que a pequena senhorita não ofereceria esse tipo de ameaça, além do vínculo que jovem alado possuía pela arma, mas ainda é incerto como outros habitantes do arquipélago Wushu podem reagir.


Quantidade aleatória (1,10) :
4
Roubando a idéia do Furry: 1-4 Sky, 5-8 Agda, 9-10 vc escolhe a personalidade.


Última edição por Licia em Seg 20 Abr 2020, 18:44, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Phantom Blood - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Phantom Blood   Phantom Blood - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Phantom Blood
Voltar ao Topo 
Página 4 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: