One Piece RPG
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Dante Hoje à(s) 03:57

» O Legado Bitencourt Act I
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Ineel Hoje à(s) 03:42

» A inconsistência do Mágico
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:59

» Escuridão total sem estrelas
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:08

» Hey Ya!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 00:39

» As mil espadas - As mil aranhas
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Revescream Hoje à(s) 00:24

» The Victory Promise
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:13

» Cap. 2 - A New Day
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 23:06

» Karatê Cindy
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 22:12

» Art. 4 - Rejected by the heavens
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 21:15

» Al mare!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:45

» Livro Um: Graduação
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 20:35

» Arco 4: Segredos enterrados em gelo!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 19:36

» [Ficha] Song
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 19:08

» Ficha - Alejandro Martínez
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 19:00

» Alejandro Martínez
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:58

» [Ficha] Mika Mizushima (Completa)
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:55

» Mika Mizushima
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:52

» The One Above All - Ato 2
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 18:02

» Cap.1 Deuses entre nós
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 17:30



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptyQui 16 Jan 2020, 18:01

Relembrando a primeira mensagem :

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Isaac Kalidou e Samael. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kenshin Himura
Cabo
Cabo


Data de inscrição : 22/04/2012

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySex 24 Jan 2020, 02:46




Samael e Isaac


Os dois aspirantes a marinheiros estavam de frente a sua avaliadora, ambos ficavam intrigados com a mesma, por sua beleza e pela sua simpatia, a garota tomava sua posição ao canto da academia não tirando os olhos dos dois candidatos, o sorriso da mesma sempre em seu rosto com um olhar vidrado.

Samael pegava uma barra de ferro com três pesos em uma das suas pontas, o mesmo equipamento que muitos outros marinheiros estavam usando para praticar a arte da espada. O mesmo começava a fazer vários movimentos com a barra como se tivesse lutando com a espada, do outro canto da academia estava Isaac próximo a um saco de pancadas dando várias sequências de golpes no mesmo, o saco vermelho não ficava parado, o garoto tinha uma boa habilidades com as mãos. A sargento ficava feliz com oque estava vendo, Isaac claramente era mais habilidoso, mas Samael era bastante persistente. - Terminamos por aqui! Gritava a sargento para os dois recrutas, as outras pessoas da academia.

Ambos os garotos se aproximavam da garota, ela escrevia algumas coisas na prancheta e começava a caminhar. - Bom, vamos para o próximo teste! A garota dava um sorriso após terminar as anotações, dava de costas para os mesmos indo para uma das várias portas que tinha na academia. Entravam em outro corredor bastante limpo, esse um tanto mais largos com dezenas de outras portas, a garota parava em frente a uma das portas do meio do corredor, e na porta uma plaquinha dourada com o nome “Lavanderia”. Os três entravam no cômodo, diferente do resto do QG, a lavanderia era completamente suja, roupas e mais roupas de marinheiros completamente empoeiradas, ou manchadas de sangue, sem contar o próprio lugar que era uma bagunça.

- Bom a segunda parte, do teste de vocês começa agora. A mesma dava uma pausa anotando mais algumas coisas na prancheta. - Vamos ver se conseguem seguir ordens! Quero esse lugar o mais limpo possível, iguais aos corredores que estiverem! Ela terminava de anotar dando sua última palavra. -Volto em duas horas, espero que tudo esteja limpo! Assim ela se virava e saia da lavanderia deixando os dois recrutas sozinhos no meio das roupas sujas.
Personalidades:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySex 24 Jan 2020, 18:27

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

Acabava o primeiro teste e aparentemente ambos os recrutas haviam tido resultados positivos. ’Passamos?’ A expressão da sargento dava otimismo para Isaac que fazia um sinal com a cabeça balançando levemente a cabeça com seu olhar focado em Hector. O pássaro entendia o sinal e levantava voo para repousar novamente no ombro direito do boxeador e em seguida atendia à ordem da sargento que levou os dois para a lavanderia. ’Eita…’ Isaac ficava um pouco espantado e em sua expressão facial deixava claro. - Que porra imunda do caralho. Hector bastante grosseiro ponderou sobre a situação do local no momento em que avistava. - Sim senhora. O futuro marinheiro respondia no momento que a sargento ordenava a execução do segundo teste, Isaac desviava seu olhar para o outro recruta. - Bem não sei seu nome, meu é Isaac. Enfim vamos trabalhar em dupla que será mais rápido. O artista dizia para o outro recruta que estava no local de forma calma e tranquila, enquanto fazia uma breve observação no estado geral da lavanderia. - Separa as roupas que estão manchadas de sangue e as que não estão, eu vou começar dando uma geral. O tom de Isaac era sugestivo, não era como estivesse ordenando algo.

O boxeador então movia seu ombro direito levemente como se estivesse dando um sinal para que sua ave fosse buscar repouso em outro local. - Já vi que esses testes vão me deixar cansado nessa porra… Inferno. Hector demonstra seu descontentamento de ter que ficar voando para um lado e para o outro toda a hora, Isaac procurava um conjunto de limpeza com esfregão, vassoura, balde e tudo mais que fosse necessário. Primeiro com um espanador, o homem removeria a poeira de todos os móveis da lavanderia, após começava a varrer o chão para remover a poeira. Caso o outro recruta terminar de separar as roupas e perguntar sobre o que tinha que fazer com um singelo e simpático sorriso em seu rosto Isaac diria. - Coloca as roupas que não estão manchadas para lavar e as que estão manchadas coloque em baldes para ficar de molho enquanto as outras lavam, terminando de lavar as não manchadas é só lavar as manchadas. O pardo sempre muito gentil e calmo com seu conhecido, continuando a limpeza do chão com a vassoura para remover o pó. Ao terminar de tirar o pó do chão iria passar pano nos móveis com os produtos adequados para deixar brilhoso e cheiroso e em seguida passaria o esfregão ou usaria a vassoura com um pano úmido para passar no chão com o produto adequado para a sala ficar com um cheiro mais agradável.

Nesse momento Isaac esperaria que o outro recruta já tivesse terminado aquilo que o mesmo havia pedido e se juntaria a ele. - Bem vamos estender as roupas e acabamos. Com seu tom amável demonstrava sua cordialidade, Isaac pegava as roupas que haviam terminado de lavar e colocava todas em um cesto para carregar de forma mais fácil, depois pegava algum conjunto de pregadores e iria procurar alguma área mais aberta que tivesse caminho em direção a lavanderia pois possivelmente haveria varais nesse local e ao achar começaria a estender todas as roupas e quando terminar de estender as roupas, voltaria para a lavanderia e esperaria o retorno da sargento.      










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySab 25 Jan 2020, 14:53

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


Pelo jeito Samael conseguia demonstrar sua vontade e perseverança naquele momento, apesar de não ser fisicamente forte ainda assim era um decente espadachim, não o melhor de sua cidade e tampouco do mundo, porém ainda assim tinha suas habilidades. Sem demonstrar muita empatia soltava um sorriso discreto enquanto caminhava vagarosamente por dentro daquele ambiente, prestava atenção no que o homem ao seu lado fazia para seu teste, ele claramente dependia de seus punhos para lutar, era esse tipo de coisa que não entrava em sua cabeça de jeito nenhum, porque alguém iria preferir bater com suas mãos se poderia simplesmente pegar algo mais efetivo? Uma espada, uma faca ou até mesmo as covardes pistolas, ao menos era muito melhor do que simplesmente sair dando soquinhos por aí, não era nada efetivo. Ele ficava ali mais um tempo observando e logo aquela fase do teste parecia ter sido concluída com sucesso, a sargento parecia anunciar o novo local enquanto o celestial a acompanhava, pensava em diversas coisas que poderiam fazer agora, seja envolvendo combate ou maestria profissional, porem no fim era algo que o angelical achava pouco importante para quem deseja se tornar um marinheiro, lavar roupas. “Sério? Eu não vim aqui para fazer isso... Porem se são ordens, fazer o que.” Resmungava em sua cabeça, porém não desferia tais palavras, aprendeu com Wild a respeitas seus superiores, era algo básico dentro daquela instituição e Samael não pretendia de jeito nenhum ir contra as regras da mesma, tinha que ser um soldado exemplar, ou algo próximo disso. Sem perder muito tempo começaria a colocar a mão na massa, ou melhor, a mão nas roupas. - Me chamo Samael... Sim, se conseguirmos trabalhar em dupla será mais fácil de ser realizado. Vamos demonstrar que podemos trabalhar em conjunto, talvez tenhamos um bônus por fazer as coisas assim, vai saber. - Continuava demonstrando um sorriso vazio em seu rosto, mas parecia mais animado, mesmo que não exibisse claramente isso. - Certo, colocarei as sujas de sangue na esquerda o restante jogarei na direita. - Apontava para onde estava falando com seu indicador direito. Rapidamente começava a recolher as roupas e as separar por seu grau de sujeira tanto quanto sobre o que estavam sujas, jogava com velocidade e força, sem muito jeito para os locais onde tinha apontado antes e pouco a pouco via começar a brotar pilhas de roupas sujas, uma a uma iam se amontoando até ficarem realmente como verdadeiras montanhas de roupa. “Agora preciso lava-las... isso é um tédio.” Pensava ele balançando sua cabeça de um lado para o outro, esquerda e direita, sendo possível escutar um pequeno estalo de seu pescoço quando realizava o movimento. “Sem problemas.” Respondia em pensamento as afirmações do pardo, começaria procurando um balde que tivesse tamanho suficiente para conseguir abrigar todas as roupas sujas de sangue, conseguindo o que desejava era hora de achar uma torneira com água limpa para encher o recém adquirido balde. Com tudo em mãos começaria a colocar de um por um as roupas sujas dentro do balde com água, enquanto isso procurava apenas com seus olhos se conseguia encontrava qualquer tipo de sabão ou material de limpeza para tirar o cheiro forte de sangue que pairava no ambiente. O angelical já estava acostumado com aquele cheiro, tinha passado sua vida inteira na tripulação de piratas que sangue era basicamente o perfume preferido das segundas feiras, contudo se perguntava como as pessoas comuns reagiriam a esse tipo de coisa e se de alguma forma aquilo deixava o mesmo ainda mais estranho em relação aos outros. “As próximas agora, as com cheiro fraco...” procurava as roupas que estavam apenas sujas, sejam elas de barro, lama ou apenas suor. Era hora do trabalho físico, do trabalho manual, pegava as roupas e começava a lavar elas com suas próprias mãos, gostava das coisas assim, dava um tom mais autêntico “Como nos velhos tempos.” Lembrava da época que tentava ele mesmo fazer esse tipo de trabalho doméstico no navio de Hastur, porem desse lado não existia piratas o dando chicotadas pelas costas, apenas um “Papagaio falador.” pensava consigo com um sorriso de canto. Conseguindo lavar as que não estavam manchadas partiria para as que estavam manchadas, essas eram mais difíceis de serem lavadas, exigiam um pouco mais de força em seus braços. As colocaria em um local que pudesse passar com força qualquer tipo de sabão que tivesse achado e em movimentos verticais, de baixo para cima, começaria a esfregar as manchas tentando as remover. Com o tempo decorrido sentia o suor escorrendo de sua testa, como Wild costumava dizer “É a prova de meu trabalho duro.” Pegaria uma das roupas que estivesse lavando, uma camiseta e colocaria a sua frente, perguntava-se quando poderia ele estar vestindo uma igual àquela, quando aquele teste terminasse, quando seria oficialmente um marinheiro, quando poderia orgulhar Wild do que tinha se tornado. Suspirava sentando-se ao chão escorando-se na parede mais próxima, tinha terminado finalmente de lavar as roupas agora apenas o que restava era esperar pela sargento para demonstrar o resultado de seus esforços naquele local. Percebia que o pardo se encarregava de limpar o chão do ambiente o que era certamente agradável, mesmo que achasse que o trabalho realmente duro tinha ficado com o espadachim, mas aquele não era o momento de falar esse tipo de coisa, esperaria ao menos ter um pouco mais de intimidade antes de começar qualquer tipo de crítica para com o mesmo, afinal, estavam junto a pouco menos de algumas horas no máximo. Levantava-se e começava a estender as roupas, procurava por algum tipo de corda que pudesse fazer isso, não sabia se era exatamente dentro daquela mesma sala ou fora, mas com certeza esse ambiente existiria não muito distante. - Agora devemos esperar. Acho que fizemos um bom trabalho. -  


Citação :
Nome: Samael
Posts: 04
Ganhos: Espetos de Polvo
Perdas:
Berries: • 35.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptyDom 26 Jan 2020, 07:03




Samael e Isaac


Ambos os recrutas estavam de frente aquele cômodo completamente bagunçado, apesar de não gostarem da ideia de trabalharem com lavagem de roupas, eram ordens de uma superior, e oque estava sendo avaliado ali era a capacidade dos mesmos de seguirem uma ordem, mesmo a mais desagradável possível. Após passar as ordens a sargento saia do local rindo deixando apenas os dois recrutas com todo o trabalho, Hector como sempre parecia descontente e com a língua afiada, voava dos ombros de Isaac pousando em uma das prateleiras, observando o trabalho dos dois jovens.

Assim tanto Isaac quando Samael, trocavam ideias, já que trabalhariam juntos, nada mais justo que saber seus nomes, em seguida faziam planos de como limpariam tudo aquilo, o mais justo, Isaac pegava um balde com um esfregão que estavam mais ao lado da sala e começava a limpar o bruto do local, enquanto Samael começava a separar as roupas. O tempo se passava o local ficava cada vez mais limpo, as roupas sujas iam diminuindo, ambos os recrutas começavam a ficar cansados, a final academia e trabalho braçal em seguida era bastante exaustivo. Por fim só restavam estender as roupas, na parede tinhas as instruções de seguirem as escadarias do fundo do lugar para irem até o telhado. Ambos os jovens pegavam bacias enormes cheias de roupas molhadas e subiam as escadas, Hector pulava no ombro de Isaac novamente.

Depois de alguns lances de escadas chegavam no teto do QG, podiam ver diversos varais para poder estenderem as roupas oque eram feitas. Em seguida a dupla voltava para a lavanderia para poder esperar pela sargento, assim que pisavam novamente no lugar viam a porta por onde tinham vindo da academia se abrir e a aparecia a sargento novamente. - Olha só, parece que conseguiram esse lugar está impecável! Ela dava uma pequena pausa anotando algumas informações na prancheta. - Estou surpresa, claramente o teste era para saber se seriam bons em seguir ordens, mas também queria ver se trabalhariam bem em equipe, pois uma pessoa sozinha não conseguiriam terminar a tempo, muito menos se ambos tentassem fazer coisas por si próprios como lobos solitários! A mulher terminava de falar guardando a caneta no bolso, ela dava uma boa olhada nos dois recrutas via que ambos estavam bem cansados.

- Ótimo, vocês estão no estado perfeito para seu próximo e último teste! Me sigam. A mulher dava as costas voltando a andar naquele grande corredor branco seguindo para a última porta do mesmo, assim que a sargenta abria a claridade entrava no lugar fazendo os olhos dos garotos doerem em um momento. Assim do lado de fora podiam ver o lado externo do QG, oque poderia ser um tipo de pátio, claramente era a parte de trás do mesmo, já que a frente tinha de ser o mais amigável possível pois o lugar também servia como estabelecimento. O lugar estava cheio de marinheiro treinando com suas armas, ou apenas descansando entre as tarefas e missões, o lugar era gramado cheio de arvores, o único ponto que era diferente ficava no centro do lugar aonde a sargento se posicionava ao lado de outro soldado, a mesma entregava a prancheta ao soldado que então saia do lugar.

O local era um círculo de terra sem grama, único local aonde a vegetação não crescia, talvez pelo desgaste do solo, a garota colocava a mão em cima do cabo da espada e então começava a falar. - Vamos iniciar o último teste, batalha! Ela dava uma pequena pausa, os garotos podiam ver os outros marinheiros do local se aproximando para poderem assistir os recrutas. - Sei que vocês podem estar cansados, mas em meio as missões, guerras dentre outras tarefas estarão cansados, e cercados de inimigos, então me mostrem oque sabem fazer! Assim que ela terminava de falar o soldado que tinha saído voltava com duas espadas de bambu e um par de luvas, uma das espadas era entregue para a sargento, a outra para Samael, o par de luvas que eram bem básicas para Isaac. - De acordo com a inscrição de vocês essas são as armas que sentem mais à vontade lutando, o teste dará início agora façam o primeiro movimento!
Personalidades:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySeg 27 Jan 2020, 14:22

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


Suspirava o celestial tendo a resposta positiva da mulher, pelo jeito as coisas estavam como planejadas, porem ele se perguntava quanto tempo mais iria durar aquilo, afinal, não estava ali para limpar nenhum tipo de quartel, porem isso parecia mudar quando chegavam no novo local onde iria fazer seu próximo teste, as coisas com certeza esquentariam. Apresentava-se a uma parte do Quartel General que fazia seus olhos sofrerem o impacto imediato da luz, mas logo se acostumava com aquilo. “Estamos no lado de fora?” Questionava-se tendo a certeza ao atravessar pelo arco. “Toda essa gente... teremos plateia agora? Isso parece interessante.” Abria um pequeno sorriso de canto de rosto ao ver o amontoado de marinheiros que miravam o grupo de três que a pouco chegava. “É Diferente da entrada..., mas é praticamente a mesma coisa, um local para treinar.” Concluía suas dúvidas enquanto calmamente andava e fintava as pessoas que pareciam se exercitar com vontade naquele local. Sentia o frescor do ar livre e concebia o tanto de arvores e a clareira que ficava ali, era certamente um ótimo local para uma batalha, já estava prevendo isso desde o começo, afinal, a marinha é a espada e o escudo do governo mundial, não poderia existir condições em que um teste para se tornar um marinheiro não envolvesse de jeito nenhum uma batalha, nem que fosse uma batalha treino. Estava feliz, poderia demonstrar sua habilidade, finalmente. Caminhava até chegar em um local onde a vegetação não parecia tão predominante, seria perfeito para o espadachim, porém ainda lhe faltava algo, sua principal arma... “Aqui está.” Pensava consigo ao receber uma espada de madeira provinda de um soldado que trazia mais uma consigo e entregava para a sargento.

Suspirava, tinha o mesmo estilo de combate que a marinheira e isso era bom, poderia testar o quão distante estava em matéria de habilidade com a mesma, se era apenas uma distância de metros ou quilômetros que os separavam, olhava para o lado e via que isac também recebia algum tipo de equipamento para as mãos, apesar de achar aquilo meio estranho, afinal, quem usa as mãos precisa realmente de alguma coisa? “Vamos lá, é apenas uma espada de bambu, mas deve ser suficiente.” Começava a girar a espada em sua mão direita testando seu peso assim como sua pegada, toda espada era diferente e cada espada tinha-se um jeito certo para se lutar, uma de bambu também tinha essas características. Enquanto dava alguns passos para trás adquirindo um pouco de distância de sua avaliadora, realizava alguns cortes no ar para entender como iria fazer seus movimentos e por fim dava um pequeno soco com a parte de baixo de seu punho para testar a resistência do material. - É o suficiente. - Falava para a sargento demonstrando que estava preparado para começar aquele combate com a mesma. Notava o outro novato esperando a confirmação de que o mesmo estivesse também pronto, porém não iria se atar a planos em conjunto ou algo parecido, afinal, um trabalho de equipe mal organizado e tampouco familiar poder ser muito mais prejudicial do que o famoso cada um por si, era nisso que ele estava contando. - Se você diz... Aqui vou eu! - Samael tinha uma ideia em mente, já que era o primeiro a atacar seria a primeira impressão que deixaria para não só a sargento, mas para com todos os marinheiros que também estava ali, não poderia fazer algo simples ou mal feito como sua primeira experiencia de combate desde que tinha entrado pela porta de entrada do Quartel General, a partir daquele momento ele também estava sobre a tutela daquela organização mundial. - Primeira Dança - Espada Divina: Escadas para o paraíso! - Gritava o celestial enquanto corria em direção a sua adversaria diminuindo a distância entre ambos. Chegando a aproximadamente um intervalo de três metros da mesma começaria a dar semi saltos em zig zag para se aproximar de sua adversaria, seu corpo estava jogado para frente sempre colocando sua perna esquerda à frente da esquerda enquanto mantinha-se em velocidade máxima constante sempre para frente. Com sua mão direita arrastava a espada contra o chão também a sua direita, porem com a ponta apontada para trás de seu corpo.

Enquanto estivesse em movimento iria se precaver para qualquer tipo de coisa jogada contra ele, afinal, ela exibia uma espada, mas nunca se poderia confiar em combater apenas isso, em suas experiencias no navio pirata era de praxe as pessoas que portavam armas de curta distância terem qualquer tipo de coisa que pudessem jogar a distância, sejam elas facas, shurikens e até mesmo tiros de pistola. Caso notasse qualquer ação que o lembrasse dos movimentos que estavam em sua memória encravados com força ele simplesmente puxaria sua espada de bambu e tentaria bloquear, de baixo para cima fazendo um movimento de arco onde utilizaria da força da espada em movimento para rebater o objeto lançado sem destino certo, se não fosse contra o espadachim então estava tudo bem. - Primeira Dança - Espada Divina:  Abraço do Querubim! - Eram suas palavras quando chegava próximo o suficiente para em um salto ficar frente a frente de sua adversaria, puxaria sua espada de uma vez girando seu corpo junto da mesma tentando acertar um golpe diagonal, da direita para a esquerda na parte superior do corpo da sargento. Como estava com uma espada de bambu não iria se importar com os danos que poderia causar, afinal, era ela quem tinha feito a proposição daquele combate desde o começo. Com seu golpe realizado, sendo ele com sucesso ou não manteria-se em frente a mesma em uma continua evolução de golpe, porem dessa vez com a conclusão do movimento anterior ainda mantinha seu braço direito a esquerda de seu corpo e esse seria o ponto inicial de seu próximo assalto. Utilizando ainda de sua aceleração e velocidade puxaria o braço direito ainda em diagonal da esquerda para a direita fazendo um golpe na mesma região que tinha feito antes formando assim algo como um xis invisível de golpes na mulher. Caso em qualquer momento disso a mesma tivesse qualquer reação que pudesse impedir o golpe do mesmo, sendo ele com sua espada em um contra-ataque rápido o suficiente seria o momento perfeito para demonstrar sua melhor arma, sua defesa, puxaria a espada para perto de seu corpo e com ambas as mãos, sendo a direita no cabo e a esquerda na parte mais superior do bambu, iria tentar bloquear o golpe abaixando-se um pouco para trás, com sua perna direita, absorvendo um pouco o impacto. Pularia logo em seguida adquirindo longinquidade de sua contendedora sendo o primeiro percussão efetivo ou caso o bloqueio fosse necessário. Era a primeira vez que batalhava daquele jeito em tempos, então seria bom dar um pouco de espaço.  


Citação :
Nome: Samael
Posts: 05
Ganhos: Espetos de Polvo,
Perdas:
Berries: • 35.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por yaTTo em Ter 28 Jan 2020, 12:58, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySeg 27 Jan 2020, 16:51

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

A limpeza era concluía de uma forma excelente e os recrutas foram elogiados pela sargento. - Se a música não der certo, esse arrombado já pode ser uma doméstica. Dizia a ave em pleno voo enquanto voltava a se repousar no ombro direito de Isaac. Os homens seguiam o caminho indicado pelo sargento que os levará para a parte externa do QG, as pupilas do boxeador se contraem rapidamente por conta da troca repentina de iluminação causando uma leve ardência e lacrimejo. ’Esse local é bem grande.’ Notando o tamanho vasto do QG fizera o homem pensar, a sargento se posicionava ao centro da área externa onde a terra era grossa provavelmente devido aos constantes treinos que deviam ocorrer no local. Samael recebia uma espada de madeira e Isaac recebeu um par de luvas de treinos e a sargento se posicionou com a sua espada de treino. O boxeador colocava as luvas e se preparava, o recruta proferia palavras como se estivesse confirmando sua prontidão para o teste, enquanto isso Isaac apenas acenava com a cabeça de maneira que desse para entender que estava pronto - Hmmm, to pronto. Dizia em um tom singelo e calmo pois estava focado e concentrado e rapidamente o Samael foi em disparada na direção da sargento. - Segura que o corno tá puto, viado. A ave dizia no momento que avistava aquela disposição do espadachim, o jovem pardo no entanto manteve a calma e então disse. - Hector se um sparring é parte do teste, preciso que vá para outro lugar. A ave levantava voo para repousa em alguma árvore e naquele momento atrás dos espadachim e observaria o embate inicial de ambos como se comportam, sendo que avançaria de forma cautelosa para não ficar tão distante de ambos.

Caso observar que a sargento estaria realmente apenas usando a espada e no momento que notar que Samael poderá sofrer algum golpe que o atingiria em cheio, seria durante esse instante que Isaac partiria na velocidade máxima e rapidamente visava aplicar um soco de esquerda direcionado no rosto da adversária, sendo que seria apenas uma forma de buscar uma abertura na defesa da sargento e rapidamente estaria seguido de um soco de direita de baixo para cima direcionado na costela da adversario avançando com passos rápidos, caso fosse necessário para manter distância ideal para acertar o soco. Caso venha sofrer algum tipo de golpe com a espada buscaria se esquivar usando movimento de tronco e/ou de cabeça o melhor cabível para a situação e seguidamente se afastar com passos para trás, pois o homem imaginava que Samael com toda aquela disposição deveria prosseguir seu combate de alguma maneira e usava esses movimentos justamente para não correr risco de sofrer algum golpe de Samael ou atingi-lo. Isaac manteria a primeira ideia de apenas auxiliando o combate do espadachim e recruta e visando seus principais golpes de forma que almejava atingir o tronco da sargento para que a mesma tenha seu fôlego reduzido no decorrer de seu embate com o outro recruta.

Quando Isaac notar que seria haveria um fim eminente para o embate da sargento e de Samael no qual poderia ser a derrota do mesmo, seria quando o jovem pardo se intromete de forma mais incisiva no combate. - Calma… é comigo agora. O boxeador estampava um sorriso em seu rosto e assim começaria seu embate, a ideia de Isaac seria manter o combate na mais curta distância possível, sempre respondendo os movimentos da sargento em golpes de espadas na vertical de cima para baixo iria usar uma finta de corpo para a lateral esquerda ou direita e seguidamente visando aplicar um soco com a mão de acordo no rosto do adversário, caso for um golpe na vertical tentaria fintar com o corpo se abaixando para que evite o golpe e seguidamente tentava dar um soco de baixo para cima almejando o torso do adversário e caso forem golpes na diagonal buscava fintar novamente com o corpo abaixando e indo para as laterais esquerda ou direita e com a mão de acordo buscava dar um soco focado em atingir os braços da sargento e em todo o momento estaria avançando para manter a luta em menor distância possível e no maior tempo possível que conseguir.










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptyTer 28 Jan 2020, 23:41



Samael e Isaac


O último teste estava para se dar início, era o momento se saber se os dois recrutas iriam ou não entrar para a marinha, a sargento estava confiante, o sorriso em seu rosto que não saia desde que conhecera os jovens recrutas. A mesma se preparava colocando sua espada em posição de combate esperando o primeiro movimento da dupla, Samael era o primeiro a partir em direção da sargento que estava a espera de seu encontro, o garoto desferia m golpe em diagonal, no qual era completamente bloqueada pela espada da sargento. - Que bonitinho, seus movimentos tem nomes! A garota falava quando empurrava o celestial e usava sua perna direita para chutá-lo, rapidamente Samael fazia um X com os braços bloqueando o ataque mas sendo empurrado a uma distância considerável da sargento.

Enquanto Tomori fazia o chute Isaac aparecia a sua direita aproveitando o curto espaço de tempo da garota desferindo um soco de direita em direção ao seu estômago, a garota levava a espada para tentar bloquear mas o máximo que conseguia era fazer Isaac acertar seu ombro, a garota era jogada para trás, seu sorriso em seu rosto não saia em momento algum. Ela via a determinação de ambos os recrutas para continuarem a luta, e como avaliadora era aquilo que ela queria ver neles, a determinação trabalho em equipe e persistência. - Vejo que sabem lutar a aproveitar os momentos corretos para agir! A garota falava jogando sua espada no chão. - Certo aprovarei vocês passaram em meu teste! Mas ficarei de olho, primeiro deslise sairão dessa organização! A garota falava recebendo a prancheta de volta, anotava mais algumas coisas e então voltava a falar. - Parabéns e bem-vindos a marinha, soldado Isaac e Soldado Samael!

Os marinheiros a volta começavam a dispersar e voltar a fazerem oque estavam fazendo, a sargento pegava oque parecia ser duas medalhas e então voltava a falar. - Enfim aqui está, essa é a marca de admissão, mostra para o mundo que vocês são marinheiros! A garota entregava um para cada, e então entregava um pequeno papel. - Levem isso ao almoxarife, la irão entregar seus uniformes e a arma que preferirem! Depois me encontrem na recepção, apresentarei a vocês a tenente Pollyana que passara a primeira missão de vocês ! Assim a garota saia indo de volta para o QG. - Ha antes que eu me esqueça, o almoxarife fica ao lado da lavanderia! Terminava de falar voltando a andar e adentrando no QG.

Personalidades:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptyQua 29 Jan 2020, 16:52

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


Samael partia para cima da mulher, mas seu golpe não tinha qualquer efeito na sargento, porem conseguia defender com tranquilidade o contra-ataque que ela executava com facilidade. “Pelo menos isso...” Pensava ele ao ser jogado para trás arrastando seus pés no chão de areia. Sem perder tempo isac fazer sua investia que demonstrava um pouco mais de sucesso, o angelical observava aquilo calmamente enquanto não dava um passo, seu preconceito com as pessoas que utilizam dos punhos era injusto afinal. “Nada mal... Nada mal mesmo.” A primeira impressão que tinha era abafada por uma habilidade de combate interessante, era isso que o espadachim esperava de alguém que estava entrando na marinha em sua mesma turma. Suspirava soltando a espada de bambu que estava em sua mão que caía logo ao seu lado direito, estava aliviado, apesar de não conseguir dar seu melhor e passar pela defesa da sargento, tinha conseguido passar no último teste e agora era integrante da maior organização militar do mundo, a marinha. - Obrigado pela confiança, farei questão de atender e superar suas expectativas. - A agradecia enquanto com passos lentos ia em sua direção e com a mão esquerda recebia a medalha. Recolhendo-o olhava para ela em sua mão, não era nada extremamente diferente de um pingente qualquer que poderia ser encontrado em diversos mercados de pulga, porem tinha um significado muito grande, aquela era a confirmação que ele tinha atingido seu primeiro objetivo “Imagino se Wild ficaria orgulhoso...” Pensava sobre seu passado e sobre o homem que o tinha salvo das garras dos piratas de Hastur, teria que se tornar muito mais do que isso se quisesse realmente deixar alguma impressão forte naquela instituição e se quisesse chamar a atenção de seu antigo mestre, afinal, nem mesmo sabia onde ele estava, mas sabia o caminho, a Grand Line, se seguisse aquela rota com certeza o encontraria um dia. Fechava seu punho e guardava a medalha em seu bolso direito enquanto virava-se em direção ao almoxarifado, pelas indicações não seria um local muito longe, teria apenas que voltar em direção ao ambiente onde estavam lavando roupas, ficava ali perto.

- Você me surpreendeu sabia? Para falar a verdade não achei que era grande coisa, ainda mais com esse papagaio aí no seu ombro. Mas devo dizer, você é um ótimo guerreiro, acredito que se tornará um ótimo marinheiro. - Com um sorriso vazio em seu rosto elogiava isac, afinal, talvez fosse por causa dele que no fim tinha conseguido passar pelo último teste de admissão. - Se não for pedir muito... - Olhava agora diretamente em seus olhos – Gostaria que me acompanhasse nas próximas missões que estão por vim, afinal, devemos nos manter unidos. - Virava seu rosto em direção ao caminho, mas ainda prestando atenção na resposta do boxeador – Digo, os novatos. - Novamente exibia um sorriso tímido em seu rosto. Apesar de ser uma pessoa que era de fácil convivência Samael não tinha muito jeito com as palavras, ou melhor, com a interação com as pessoas no geral, porém não sabia se era por seu tom de voz ou por algum outro tipo de atributo que não conseguia perceber, as pessoas pareciam apreciar o pouco do que ele falava, sua melhor aposta era sua sinceridade, por sinal, as pessoas gostam daqueles que dizem a verdade. Continuaria seu caminho até conseguir chegar a seu objetivo inicial, o almoxarifado, lá era hora de finalmente receber algo que era tão simbólico como o próprio símbolo da marinha, o uniforme. As cores azul e branco tão características não poderiam ser confundidas nem em um milhão de anos para aqueles que uma vez entendiam seu significado, era a moral e honra daquela organização e quem utilizava aquilo deveriam enfim atender as expectativas propostas, as pessoas comuns confiavam suas vidas nessas duas cores. Recebendo sua vestimenta era hora de as colocar, primeiramente retirava sua camisa velha, entretanto ao contrário do que poderia ser uma ação comum para muitos e tampouco empolgante Samael estava ansioso para perceber a reação do outro marinheiro ao ver suas asas. As exibia de uma vez, grandes asas da coloração rosa que pareciam com as penas de um flamingo. Ela partia de suas costas e poderia quase tocar o chão quando não estavam recolhidas e presas as suas costas como geralmente faziam. - O que acha? Talvez eu seja mais semelhante ao papagaio no seu ombro do que a você afinal. - Soltava uma pequena piada para quebrar o gelo da situação, não era muito de fazer isso, mas quando se sentia ansioso apelava para a comedia, apesar de não ser muito bom com isso. Sem perder muito tempo retiraria suas calças e vestiria normalmente sua roupa da marinha, terminava escondendo novamente suas asas dentro de suas roupas. “Ia esquecendo...” Vasculhava entre sua roupa antiga para reaver a medalha que tinha acabado de receber “Não posso perder isso logo depois de receber né.” Guardava novamente em um de seus bolsos, seria mais difícil perder assim.

Vestido e preparado agora era hora de conseguir um armamento. “Uma espada deve ser suficiente...” vasculharia por algo semelhante a uma espada comum, nada muito jeitoso, apenas que fosse de metal e que conseguisse cortar e suportar alguns golpes. Porem algo chamava sua atenção, seu estilo de combate ainda era meio falho, ele se concentrava em geralmente defender-se enquanto contra ataca com velocidade, contudo em toda sua vida fez isso com uma espada e depois da batalha que tinha acabado de realizar percebia que não era a maneira mais fácil de fazer isso, se conseguisse de alguma maneira defender-se e logo depois atacar sem conseguir mudar sua posição inicial seria muito melhor. - Por acaso tem algum escudo por aqui? Algo pequeno, nada muito exorbitante. - Perguntaria para a pessoa que estivesse encarregada do local, se conseguisse o que desejava era hora de testar seus materiais, peso, o jeito que foram construídos e todo tipo de coisa que fosse relacionado a isso. Obviamente com relação ao possível escudo era mais difícil, não tinha tampouco habilidade ou conhecimento suficiente para o usar ainda, mas lembrava-se que aquele era o estilo que Wild utilizava, por isso deveria seguir os passos de seu mestre, se conseguisse fazer aquilo quem sabe fosse se tornar alguém tão forte como o mesmo. Tudo realizado era hora de voltar junto de seu colega para o local onde poderiam conversar com um superior, era hora de realizar sua primeira missão de fato para a marinha, o início dessa jornada incrível que os esperava.  


Citação :
Nome: Samael
Posts: 06
Ganhos: Espetos de Polvo,
Perdas:
Berries: • 35.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptyQui 30 Jan 2020, 12:15

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

O teste de combate ocorreu bem e por sinal após Isaac acertar um golpe que desarmou a sargento e Samael ser esforçado, ambos vieram a passar e se tornaram marinheiros, a sargento parabenizou a conquista de ambos homens. - Obrigado, irei dar meu melhor. Após o agradecimento de Samael, o boxeador fez o mesmo com um sorriso em seu rosto de forma simpática e muito calmo e sinalizando com a cabeça para que o Hector voltasse a repousar sobre os ombros e a ave durante seu voo demonstrava seu linguajar afiado. - Deixou de ser um merda né, seu arrombado. Parabéns seu filha da puta. Isaac muito calmo com um breve risada. - Haha.. Valeu Hector. A sua eloquência vocal e sua grande classe demonstrava a educação impecável do marinheiro. O novo marinheiro recebe sua medalha e sua admissão e o formulário para a receber o uniforme e o armamento necessário, no qual o homem recebia acenando com a cabeça de cima para baixo e com um sorriso estampado em seu rosto em expressando agradecimento gestual.

Samael elogiava Isaac, entretanto chamava o Hector de papagaio que o deixava ligeiramente irritado. - EU SOU UMA CACATUA, SEU PEDAÇO DE BOSTA! O boxeador estampava um sorriso singelo em seu rosto. - Obrigado Samael, você será um grande marinheiro também. E o nome dele é Hector. De forma calma e tranquila ao final de sua falácia desvia levemente o olhar para a ave como se estivesse apresentando a mesma, para o jovem marinheiro espadachim. Seguidamente Samael fazia um pedido para executar as missões em dupla, olhando nos olhos de Isaac que manteve uma expressão neutro enquanto olhava para o mesmo. - Tá vendo esse merda tomou uma surra e agora tá com medinho de morrer. A ave insultava e zombava do pedido do espadachim. - Claro, podemos ficar juntos e crescer juntos. Sempre elegante e calmo com sua voz angelical, Isaac aceitava o pedido enquanto olhava levemente para baixo mantendo seu olhar focado nos olhos do espadachim. - Vou ter que aturar esse pedaço de merda inútil. A cacatua não conseguiu aceitar tão bem o desejo de Isaac, porém não havia nada que a ave pudesse fazer.

Ambos então seguiram o caminho em direção assinalada pela sargento para pegar o uniforme e o equipamento necessário, chegando no local Isaac apresentaria o formulário e recolhe uma luva de combate e o uniforme. Caso a pessoa que estivesse cuidando do inventário do QG viesse a parabenizar os novos marinheiros, o boxeador responderia de forma simpática e singela. - Obrigado. Expressando agradecimento vocal e gestual, continuava recolhendo seus novos pertences e em seguida iria até o vestiário para se trocar, Samael chamou a atenção de Isaac para demonstrar suas asas rosas em suas costas que deixava o boxeador surpreso. Eu já falei que não sou um papagaio seu pedaço de merda. E NÃO ESSE OMBRO SÓ TEM ESPAÇO PARA UMA AVE, ENTÃO CHISPA DAQUI! Hector reagia com seu linguajar e insinuava que Samael estava querendo ficar repousado no ombro de seu dono. - Já ouvi histórias de pessoas com asas, achei que fosse apenas lendas. As suas asas são lindas. Isaac manteve sua calma e não perdeu sua eloquência e elogiava a beleza das asas de Samael.

Isaac após se uniformizar e se equipar devidamente de acordo com as regras da organização, seguiria até a recepção para reencontrar com a sargento no momento que chegar no local. - Estamos prontos para a missão, senhora. Isaac em um tom de respeito e com uma postura ereta iria dizer para a sargento e aguardava as instruções atentamente.










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySex 31 Jan 2020, 04:58



Samael e Isaac


O teste finalmente chegou ao fim, ambos os recrutas agora eram soldados, impressionados pela habilidade da sargento, seguiam felizes e confiantes para o almoxarifado do QG, prontos para receberem seus equipamentos. Como sabiam o caminho não demorava para chegarem lá, ao abrirem a porta podia ver diversos equipamentos pendurados na parede, uniformes em cabides, um almoxarifado completamente organizado, em meio o local um marinheiro comum vestindo o uniforme padrão sorria para a dupla que acabava de entrar, ao olhar os formulários em suas mãos ele falava.

- Bem vindos novatos, parece que conseguiram passar no teste! Ele falava se aproximando da dupla e olhando os formulários. - Ah, pegaram uma avaliadora tranquila, se tivessem pego o mesmo do meu… Ele dava uma pequena pausa sorrindo. - Vocês estariam todos quebrados! O mesmo mostrava diversos hematomas em seus braços. Então ia ate as estantes pegando dois conjuntos de roupas brancas, entregando para os novatos, roupas comuns de um soldado, com direito a bonés. -Uso dele completo e indispensável! Falava o marinheiro escutando o pedido das armas, ele coçava o queixo entregando uma katana para Samael e um par de luvas de combate para Isaac. - Seu passarinho vai querer algo também!? O homem perguntava enquanto se virava para pegar um pequeno escudo de madeira. - Talvez não era nem para estar te dando isso, mas acho que não tem problema!

Assim ambos com suas armas em mãos, vestiam as roupas nas pequenas cabines que havia no lugar, estavam prontos para sua primeira missão como marinheiros. Seguiam de volta para a recepção do QG, viam que diferente da última vez que estiveram lá o lugar estava vazio, um ou outro marinheiro limpando o lugar, mais a frente viam a sargento ao lado de uma bela mulher de cabelos prateados, a sargento sorria para os mesmos enquanto a mulher estava centrada escrevendo algo em alguns papéis.

- Ficaram bonitos uniformizados! A menina falava para ambos os soldados que se aproximavam. - Apresento a vocês a tenente Pollyana, a responsável em distribuir as missões no QG! A Sargento terminava de falar, enquanto a tenente parava de escrever em seus papéis, ela analisava os recém-soldados dos pés a cabeça. -É vocês vão servir! Bem-vindos a marinha! A mulher se posicionava a frente da dupla com um semblante sério. - Vamos ver se a Tomori acertou dessa vez! Ela dava uma pequena pausa pegando uma das folhas oque parecia ser um boletim de ocorrência. - Parece que temos alguns baderneiros no Reds Pub na praça, como dever de marinheiros devem manter a paz! A primeira missão de vocês e manter a calma naquele estabelecimento, apartem qualquer briga naquele lugar ate o fim do expediente do estabelecimento, depois venham té a Tomori e deem o relatório! Ela dava as costas para a dupla dando o fim da conversa. - Dispensados!

Personalidades:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 EmptySex 31 Jan 2020, 13:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

Os jovens marinheiros se equiparam e se organizaram devidamente até chegarem a recepção, Tomori fazia um singelo elogio ao ver ambos uniformizados. - Bonitas são vocês, esses dois aqui parecem que foram atropelados por um caminhão de tão feio. Hector zombava de Isaac e Samael enquanto elogiava a beleza das marinheiras, a tenente fazia uma breve saudação pela ingressão a marinha e depois pressionou a escolha da Tomori pelas escolhas dos dois estarem ingressando na marinha. ’No último teste não fez nada... Deve ser o ponto fraco dele, nada que um bom treinamento não melhore.’ Pensava Isaac relembrando sobre os testes de alistamento, ouvindo atentamente sobre a missão no qual havia sido designado por Pollyana. ’Evitar confusões em um bar deve ser relativamente tranquilo.’ Isaac expressava uma postura confiante. - Sim senhora! Em um tom calmo e enérgico o homem batia uma continuação no momento que ouvia que estavam dispensados.

Isaac seguiria em direção ao Reds Pub com um caminhar vigoroso mantendo sua postura. - Vamos ficar cada um em uma extremidade do bar, qualquer princípio de confusão nós agimos para tentar apartar. Isaac direcionava a sua voz para Samael e fazia a sugestão para ter um campo de visão maior e mais completo possível do bar, chegando no local devido Isaac buscaria o melhor ponto da extremidade direita que possa manter o maior campo de visão do bar possível. - Ficarei daquele lado. Apontava para o lado direito e dizia em um tom singelo com a intenção de avisar ao espadachim, no momento em que estiver posicionado no local escolhido iria ficar atento a qualquer princípio de tumulto e caso notar que esteja ocorrendo algum começo de confusão iria intervir a primeiro momento de forma pacífica porém firme. - O que está acontecendo aqui senhores? Vamos resolver isso de forma pacífica. Naquele ponto estaria escutando atentamente o princípio de discussão buscando resolver de uma forma pacífica, apenas em último caso se não houver nenhuma maneira possível no qual o tumulto já venha ter ganho alguma proporção de violência Isaac então iria a luta para que não tornasse a confusão generalizada e iria focar em aplicar soco sempre visando atingir o queixo do adversário pois sabia que era um ponto de possível desmaio do adversário por um período de tempo médio e sua defesa seria sempre visando esquivar de qualquer golpe ou objeto que possa vir em sua direção.










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
Voltar ao Topo 
Página 2 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: