One Piece RPG
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Dante Hoje à(s) 03:57

» O Legado Bitencourt Act I
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Ineel Hoje à(s) 03:42

» A inconsistência do Mágico
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:59

» Escuridão total sem estrelas
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:08

» Hey Ya!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 00:39

» As mil espadas - As mil aranhas
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Revescream Hoje à(s) 00:24

» The Victory Promise
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:13

» Cap. 2 - A New Day
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 23:06

» Karatê Cindy
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Oni Ontem à(s) 22:12

» Art. 4 - Rejected by the heavens
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 21:15

» Al mare!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Oni Ontem à(s) 20:45

» Livro Um: Graduação
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 20:35

» Arco 4: Segredos enterrados em gelo!
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 19:36

» [Ficha] Song
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 19:08

» Ficha - Alejandro Martínez
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 19:00

» Alejandro Martínez
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:58

» [Ficha] Mika Mizushima (Completa)
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:55

» Mika Mizushima
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 18:52

» The One Above All - Ato 2
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 18:02

» Cap.1 Deuses entre nós
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 17:30



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyQui 16 Jan 2020, 18:01

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Isaac Kalidou e Samael. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyQui 16 Jan 2020, 20:41

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


Samael suspirava, tinha chegado finalmente o dia esperado depois de tantos anos. Saía da casa onde ficava boa parte do tempo naquela ilha, aquele era o limite que seu senhorio o permitiu morar com o tanto de dinheiro que ele conseguia pagar, vasculhando seus bolsos não achava mais do que um punhado de alguns berries dentro de uma pequena sacola. Ainda era fruto de seu passado como escravo de pirata, roubado durante aquele incidente no passado que mesmo sendo a alguns anos ainda era vívido em sua memória, afinal, até hoje o cheiro de polvo não saía de seu corpo. Se não fosse claramente um ser totalmente diferente, apenas pelo cheiro as pessoas poderiam o confundir facilmente como um dos homens peixe, um tritão. Porem as longas asas rosas em suas costas poderiam provar mais do que suficiente de que eram mundos totalmente diferentes, ele se considerava como algo do céu, não do escuro e sombrio fundo do mar, aqueles tempos haviam passado. Porem quando estava na rua ele resolvia deixar suas asas ainda guardadas em sua vestimenta comum, não que tivesse vergonha das mesmas, simplesmente não gostava de ser parado a cada instante por indagações que ele sempre respondia com “Porque você tem orelhas? É o mesmo motivo...” pensava ele enquanto observava o rosto das pessoas enquanto andava calmamente até o local onde iria fazer sua estreia, iria ao quartel general da marinha finalmente se alistar para o serviço. Se sentia mal pois Wild, o homem que o tinha livrado das garras de Hastur, não estivesse com ele naquele momento, porem entendia que pessoas como o mesmo eram ocupadas e que provavelmente ele estaria na famosa Grand Line, um destino cobiçado por muitos, inclusive o jovem sonhador. “Mas antes...” Sua barriga roncava, fazia tempo desde que tinha uma refeição e não poderia simplesmente fazer o teste para entrar na organização mais privilegiada do mundo com fome, um saco vazio não se mantinha em pé. Ele sabia exatamente onde ir, por grande parte de sua vida tinha morado naquela ilha e seu principal aperitivo não era outro se não - Uma porção de polvo... o mais fresco possível, por favor. - Falaria ao se encontrar com o responsável por vender produtos marítimos, ele conhecia os becos daquela cidade como ninguém, assim como os vendedores que tinham os melhores produtos, mesmo que esses tivessem qualquer tipo de envolvimento a margem da lei. Comer polvo era certamente um fascínio para o mesmo, gostava deles enquanto ainda estavam frescos, do jeito que tinham saído do mar. Seu passado o fazia ter aquele tipo de comportamento que com certeza não era comum, porem ele não ligava para o comum, ele era ele e isso estava bom o suficiente. Retiraria de seu bolso alguns berries, o suficiente para pagar pelo que tinha consumido, porem esperava que conseguisse ao menos algum desconto com o vendedor, visto que era um cliente do mesmo – Essa talvez seja a última vez que nos vemos, tenha cuidado. - . Colocava na boca o que teria acabado de comprar e sem cerimonias iria ainda com passos lentos dirigir-se ao quartel general da marinha, esperava que pudesse ao menos reconhecer algum dos marinheiros que estivessem lá, afinal, tinha convivido com eles boa parte de sua vida por influência de Wild. Enquanto caminharia pelas ruas de Budou Island pensava em todo seu passado, sua vida depois do resgate e como aquela ilha tinha acolhido o mesmo, obviamente nem tudo era um mar de rosas, algumas certamente tinham espinhos, mas isso era o de menos, ele estava para entrar em uma aventura que decidiria seu futuro e por si só isso era o suficiente para o deixar animado, mesmo que em seu rosto não demonstrasse qualquer sinal disso. - Samael, desejo ingressar na marinha. - Suas palavras eram curtas e seu linguajar direto. Iria falar com qualquer marinheiro que estivesse na entrada do QG, era a maneira mais rápida que conseguia pensar para fazer aquilo. Mesmo que quem estivesse lá não fosse o responsável provavelmente saberia indicar a direção certa a ser tomada. Tinha entrado naquele local algumas vezes em seu passado, mas apenas acompanhando Wild, agora era diferente, estava entrando como um homem, alguém que as pessoas com certeza poderiam reconhecer como um verdadeiro aventureiro, esperava poder provar isso em breve. Com as indicações de onde deveria ir concluídas iria caminhar ainda beliscando sua porção de polvo com sua mão direita as comendo enquanto sua esquerda a segurava.


Citação :
Nome: Samael
Posts: 01
Ganhos:
Perdas:
Berries: • 50.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por yaTTo em Sex 17 Jan 2020, 16:20, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptySex 17 Jan 2020, 16:06

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

O desembarcar da carona que Isaac pegou de sua ilha Aslan até Budou foi bastante tranquila. - Obrigado caros amigos, espero revê-los algum dia. O homem acenava para os tripulantes que lhe concederam a carona no navio, com um tom calmo e um sorriso estampado em seu rosto. - Que ilha feia dú caralho, só montanha. Disse cacatua caolha em forma debochada com a voz rasgada. - Para com isso, acabamos de chegar. Isaac dava uma leve balançada em seu ombro direito e desviou seu olhar brevemente para a cacatua ao falar. Hector simplesmente ficava calado e cerrava seu olho, expressando repúdio à desaprovação que o homem fazia. O boxeador caminhava calmamente pelo porto seguindo em direção da cidade no qual a ilha possuía com uma expressão pensativa em seu rosto. ’Acho que vou fazer aquilo que sempre fiz, irei comprar um violão.’ O calmo artista observava placas e as fachadas das construções visando notar alguma loja relacionada à música ou arte.

A cacatua era impaciente e questionava. - O que está procurando? E a resposta de Isaac era simples e direta. - Uma loja de música. Hector ficava bravo e então rebatia a resposta. - Porra você saiu de Aslan para mudar e quer ficar cantando aqui também? O homem não perdia sua paciência era sereno. - Temos começar a ganhar dinheiro de alguma maneira. A cacatua balançava a sua cabeça como se estivesse dançando no ombro do Isaac.
- Você saiu de Aslan para tentar mudar
Se fosse para isso ficava por lá
Então deixe logo de ser um merda
Vá fazer algo que mude sua vida
Vai e me prova que pode mudar dessa vez
Vim lá de Aslan para porrar todos vocês
Vem e me prova que pode mudar dessa vez
Na rima você sempre será meu freguês.

A cacatua cantava de forma rítmica fazendo uma espécie de poesia atacando a decisão de Isaac que suspirou profundamente, enquanto fez uma breve pausa em sua caminhada pela cidade.
- Hey hey me respeita que ainda nem comecei
O que você quer falar de rima já que fui eu que te ensinei
Fica tranquilo que em rima eu dou aula
E se ficar falando muito vai acabar na gaiola
Falador passa mal, então melhor ficar caladinho
Pois se não, você vai virar comida de gatinho.

Isaac respondia de forma rítmica e cantando com sua voz magistral, após isso retomou sua caminhada buscando alguma loja de música na cidade.        










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por ADM.Kiodo em Seg 27 Jan 2020, 18:11, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyDom 19 Jan 2020, 19:33



SAMAEL


O Sol brilhava bem forte em Micqueot, uma cidade simples e aconchegante, famosa por suas bebidas e sua culinária extravagante, era manhã as pessoas estavam em total atividade na ilha, o jovem Samael assim que saia de sua então antiga casa, via pessoas batendo tapetes pela janela afim de tirar a poeira deles. Carroças levando mercadorias para cima e para baixo nas ruas, parecia ser mais um dia feliz, uma coisa que era mais nítido eram os diversos estudantes, e homens trajados de uniformes indo em direção as várias fábricas enquanto seus filhos iam a escola para poder se aperfeiçoar.

O jovem celestial estava enfim determinado a entrar na marinha, andava pelas ruas da cidade indagando sobre por onde seu salvador pudesse estar, um ronco podia ser olvido o garoto de cabelos rosas percebia que estava com fome, e que não seria bom tentar o alistamento com a barriga vazia. Assim Samael ia ate o centro da cidade aonde encontrava diversos restaurantes, e em meio a praça haviam diversos carrinhos de comida, o celestial ia direto a um que estava mais próximo da fonte da praça “Takoyaki do Zé”.

A barraca do homem fora visitada por Samael por todos esse tempo que o garoto tinha passado na ilha, assim que o dono da barraquinha via o garoto ele dava um singelo sorriso, e já preparava o de sempre para o garoto, três espetinhos de Takoyaki mal passados. Ao escutar do garoto que talvez seria a última vez que o homem o veria, o velho dava um grande sorriso falando. - Parece que finalmente chegou o dia não!? Fico feliz por você vai se tornar um grande marinheiro! O homem falava entregando a pequena bandeja com os espetinhos para o jovem celestial e recebia os 15.000 do garoto.

Agora com a barriga cheia o jovem de cabelos rosas seguia em direção ao QG da cidade, não demorava muito para encontrar, apesar de ser uma zona militar era também conhecido como um dos melhores restaurante da cidade. A primeira vista era uma base comum da marinha o portão com dois soldados fazendo vigília, Samael conhecia um deles de vista, assim que se aproximava o celestial se pronunciava dizendo sua vontade de se alistar na marinha. O rapaz da direita informava que era para o garoto encontrar a recepcionista na entrada do QG.

E assim era feito o garoto entrava no pátio, do QG aonde via diversos marinheiros treinando, ou apenas fazendo rondas pelo local. Ao entrar definitivamente no QG ele via um grande salão de restaurante, e logo na entrada um pequenino balcão com uma recepcionista loira atrás dele que ao ver o garoto falava. - Bem vindo ao QG da marinha de Budou Island, aonde temos a melhor comida da ilha! Ela dava uma pequena pausa olhando para o garoto que comia suas bolinhas de polvo. - Acho que você não veio pela comida, bom se veio para se alistar preencha essa ficha com todas as suas informações pessoais, e se veio denunciar alguém preencha essa ficha aqui! Ela colocava as duas folhas com uma caneta em cima de seu balcão para que Samael pudesse preencher.

ISAAC


Enquanto isso do outro lado da ilha, um jovem sonhador descia de um pequeno navio pesqueiro, o mesmo se encontrava no porto da cidade, o garoto se virava e agradecia seus novos amigos pela carona até a ilha, um jovem pescado acenava para o jovem músico, que agora se via livre para tentar ser oque ele quisesse. Apesar de ser bem cedo o porto estava bastante cheio, homens carregando caixas para cima e para baixo com o logo de diversas fábricas de vinho, mas tudo que o jovem tinha em mente era comprar um belo violão para então seguir sua nova vida.

Em meio ao caminho de encontrar uma loja de música Isaac e seu pássaro tinham uma pequena discussão, a cacatua tinha uma linguagem bastante afiada, que fazia as pessoas em volta de Isaac olharem um tanto incomodados para a dupla. As rimas eram bem boladas tanto do pássaro quanto do seu dono, que faziam as pessoas assistirem meio que de longe, algumas crianças que estavam ali perto, ficavam admiradas com o homem em sua batalha de rimas com um pássaro.

Sem demoras, Isaac chegava na rua comercial da cidade, mais ao fundo da rua podia se ver de longe o grande QG da marinha, andando pela rua o mesmo encontrava uma pequena loja de instrumentos musicais. Antes de entrar ele podia ver grudado na parede ao lado um pequeno cartaz com os dizeres. “Procurando trabalho e boa comida? A marinha de Budou Island é o melhor lugar para você!”

Assim que o jovem músico entrava no estabelecimento, ele via diversos itens musicais em prateleiras, ou pendurados na parede, no fundo da loja ele podia ver um balcão e logo atrás dele um senhor barbudo com um sorriso contagiante. - Bem-vindo a minha lojinha, no que posso ser útil? Aqui temos instrumentos para os mais diversos gostos musicais! Assim o dono balançava as mãos mostrando vários e vários instrumentos.
Personalidades:
 

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyDom 19 Jan 2020, 21:35

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


Os takoyakis do Zé, era um verdadeiro tour gastronomico para aqueles que gostavam da comida provinda de frutos do mar, era lá onde ele conseguia finalmente seu aperitivo do dia, apesar de ser o aperitivo de todos os dias na maioria das vezes, polvo. Gostava de polvo de todo jeito, cru, frito, cozido e de qualquer outro jeito que pessoas habilidosas como zé conseguiam o transformar. Agora estava afim de comer um provindo da arte da cozinha daquele homem, chegando seu grande dia de se alistar não poderia simplesmente chegar lá com a barriga contendo apenas carne de polvo cru. Pegava o que queria e finalmente chegava ao Quartel General sem muito esforço enquanto andava pela cidade observando toda a vida civil, era certamente outro mundo, muito diferente do que ele tinha visto em seu passado e com certeza totalmente diferente do que ele esperava que fosse, ao mesmo tempo que ainda era algo totalmente esperado, uma mistura de sentimentos que fazia sua barriga remexer, pensava se o polvo não tinha se transformado em borboletas depois de entrarem por sua boca e ao chegar a seu estomago estavam em uma peleja até a morte. Observava os homens treinando no campo e pensava se um dia iria fazer aquilo também, não que sua vida não tivesse tido treinamento o bastante, antes e depois de Wild aparecer em sua vida, talvez, ele pensava que no fim, tudo em sua vida “Foi para esse momento.” Matutava sozinho enquanto caminhava lentamente com as mãos dentro dos bolsos em direção ao prédio principal. Aproximava-se à recepção da marinha, encontrava uma jovem que parecia ser a atendente que realizava aquele tipo de coisa burocrática, como também parecia a encarregada de fazer os boletins de ocorrência quando existiam crimes sendo cometidos. Entendia aquele pragmático serviço desde que era pequeno, piratas faziam o mal e os cidadãos chamavam a marinha para cuidar de tais arruaceiros. Ele não entendia, no entanto, porque a maldade provinda desses homens era sem tamanho, como poderiam continuar fazendo aquele tipo de coisa? Afinal, aqueles que optam pela pirataria tinham apenas dois caminhos, o da morte ou de passar o resto da vida preso atrás das grades, ambos horríveis fins. - Sim, desejo ingressar na marinha... deixe me ver... - Falava enquanto pegava o formulário para fazer o preenchimento do que precisava para finalmente ingressar naquele futuro branco azul celeste. Analisava as opções e começava a escrever tudo que era pedido. - Mas enfim, como está a atividade pirata no momento? Muito trabalho? - Levemente arqueava sua sobrancelha direita observando as expressões que a mesma fazia com aquela pergunta. - Pelo que sei muitos cobiçam as belezas que essa ilha possui, não é de se estranhar que a atividade pirata tenha aumentado nos últimos anos. - Apesar de sua vontade e sua vocação para aquilo a realidade é que Samael era um completo desligado do mundo, não lia jornais e tampouco conversava com as donas de casa que gostariam de bater um papo e falar sobre o mundo e de como suas vizinhas tinham feito algo ou o deixado de fazer. Tudo que fazia em sua vida era literalmente Comer, treinar, dormir e acordar, essa era sua rotina nos últimos anos e ao contrário do que as pessoas possam achar ele se sentia confortável com isso, uma vida cujo para muitos parecia monótona era muito melhor que a vida de escravo na embarcação de Hastur, isso ele tinha certeza. - Pronto, aqui está. - Entregava o formulário de volta para a garota de cabelos loiros. Afastava-se um pouco do balcão e calmamente começava a analisar os arredores, sentia que aquele ambiente, mesmo que fosse ainda estranho para o mesmo era acolhedor, tinha um sentimento de nostalgia ao mesmo tempo que de novidade, ele se sentia estranho com isso, porém não iria de demonstrar para curiosos que estivesse o observando, ele já era estranho demais aos olhos alheios de qualquer jeito. Esperava ele pela confirmação, seja ela com gestos ou simplesmente falada pela jovem, não sabia se aquilo tinha alguma chance de o reprovar, contudo ainda assim se sentia ansioso com tudo aquilo. Conseguindo o que desejava iria acompanhar a mesma ou simplesmente seguir na direção apontada, com passos lentos e com ambas as mãos dentro dos bolsos caminharia calmamente por dentro do Quartel General da marinha, lembrava do tempo que passava ali enquanto ainda era só uma criança ao lado de Wild, as coisas eram diferentes, ao menos aos seus olhos “Tudo Parecia maior.” Pensava ele com um pequeno sorriso de canto.  


Citação :
Nome: Samael
Posts: 02
Ganhos: Espetos de Polvo
Perdas:
Berries: • 35.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyTer 21 Jan 2020, 14:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter!

O sol brilhava e o clima era ameno deveriam estar em uma estação mais cordial, pois no norte o inverno era normalmente rigoroso em qualquer local. Aquela pequena batalha de rima no meio da rua chamava atenção de alguns civis que passavam por ali. Enfim encontrava e adentrava em uma loja de instrumentos musicais e o vendedor com pele escura o atendeu de forma mais afetuoso, o olhar de Isaac se desviou mediante a um cartaz que estava na parede. ’Virar marinheiro?, seria honroso e respeitável ajudar e salvar as pessoas… Já salvei um pássaro, ele só ficou sem um olho. Só que tem vida e saúde.’ Depois de um breve momento pensando no cartaz, voltava sua atenção ao vendedor e abriu um sorriso em seu rosto. - Opa, olá. Eu desejaria um violão simples. O homem aguardava ser atendido pelo saudoso vendedor. No momento que fosse atendido e receber seu violão em suas mão iria pegar o dinheiro para pagar e então entregaria na mão do vendedor.

O jovem artista iria acenar a cabeça de cima para baixo para expressar o agradecimento pelo atendimento simpático - Obrigado, até algum outro dia. A cabeça de Isaac já estava definida e focada, após sair da loja, caminhava em direção ao QG da marinha sem ao menos excitar. - Vou virar marinheiro, Hector. A cacatua dava pouco caso para a decisão do homem. - Pelo menos não vai ficar como um merda de músico para sempre. O linguajar da ave era afiada, entretanto o Isaac não se importava com isso, seguiu seu caminho até o QG e no momento que encontrar a entrada, recepção ou qualquer pessoa com aspecto que possa o ajudar em sua dúvida no QG. - Olá, gostaria de me alistar na marinha, onde posso fazer o alistamento? Aguardava a resposta e seguiria as instruções que foram dadas.










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyTer 21 Jan 2020, 18:21



SAMAEL


A recepcionista era bastante sucinta com o jovem Samael, que logo começava a preencher um questionário bem simples, Que ia desde seu nome, sexo, peso a motivos para entrar na marinha. O garoto certamente tinha diversos motivos para tal, desde uma “divida” com seu salvador, quanto a repudia contra a escoria da humanidade, o garoto então perguntava para a moça como estavam as atividades piratas pela ilha, vista que a mesma tinha riquezas naturais que a faziam ser uma ilha especial. - Ultimamente anda bem agitado, tentaram roubar uma das fábricas, mas o capitão Stuart além de um ótimo cozinheiro é um exímio lutador, então sempre consegue resolver as coisas! A garota terminava de falar recebendo a ficha de inscrição do garoto.

Enquanto a mesma lia os dados do jovem celestial, o restaurante do QG começava a ficar cheio, a final horário do café da manhã, o mesmo funcionava durante as quatro refeições importantes do dia. Dentre todos as pessoas se aproximando do balcão cujo eram atendidos por um outro atendente que chegava para auxiliar a garota, Samael podia ver um bastante diferente, carregava consigo um violão em seu ombro um pássaro, o mesmo se aproximava do balcão e pedia para se alistar.

Isaac


Dentro da pequena loja de música Isaac se sentia confortável naquele lugar, talvez porque estivesse rodeado pelas coisas que tanto gosta, ou porque o velho senhor tinha uma presença bastante agradável e acolhedora. Além de ver algo que chamava bastante sua atenção, que talvez faria o mesmo mudar totalmente de vida e verdadeiramente ser alguém importante. O garoto se aproximava do balcão pedindo o homem um violão, o velho sorria dizendo. - Uma boa escolha, um instrumento que consegue tocar quase todos os estilos musicais sem perder suas graças! O velho se virava e ia ate uma prateleira empoeirada, pegava uma pequena escada onde subia para poder pegar um violão marrom, o mesmo assoprava a poeira de cima do instrumento. Certamente não era uma loja muito visitada na ilha, muito dos instrumentos estavam completamente cheios de poeira. - São 15.000! O velho falava levando o violão até o balcão.

Isaac então agradecia o mesmo pela venda, e então seguia para fora da loja, agora decidido, iria se tornar um marinheiro, e seu pássaro soltava oque qualquer habitante da sua ilha natal falaria, fazendo o garoto se lembrar de seus pais. Assim o mesmo seguia caminho em direção ao QG que ficava ao final da rua, entrava no mesmo com facilidade, via soldados por toda a parte do pátio, fazendo seus afazeres, via bastante civis entrando no QG também, talvez não para fazerem denúncias mas sim para comerem a deliciosa comida do capitão Stuart.

Ao entrar de fato no QG, o jovem músico via um salão diferente do que provavelmente esperaria, era um salão de restaurante bastante chique, mais a frente um pequeno balcão com dois atendentes, uma fila de civis conversavam com um jovem marinheiro que de pouco em pouco ia levando cada um a sua devida mesa e do outro lado uma jovem recepcionista ledo uma ficha e a sua frente um jovem garoto de cabelos cor de rosa, que cheirava a peixe.

Isaac logo se aproximava da garota expressando seu desejo em adentrar na marinha. - Nossa dois candidatos bem cedo, parece que o dia vai ser agitado! Falava ao olhar para o garoto.

Samael e Isaac


A recepcionista conversava com Isaac o entregando uma ficha, a mesma ficha que Samael tinha preenchido, enquanto o músico preenchia suas informações no papel, a loira então começava a falar. - Bom assim que esse rapaz terminar de preencher os dados dele, vocês então passarão por um teste! Isaac terminava de preencher entregando a ficha para a garota que a lia rapidamente.

- Venham, levarei vocês até a Sargento que avaliará vocês! Assim a garota saia de tras do balcão indo a uma porta a direita do local, seguida pelos dois jovens que até então eram desconhecidos um ao outro. Os corredores do prédio eram completamente limpos, pareciam corredores de um hospital e não de um quartel, passavam por diversas portas ate chegarem ao final do corredor, quando a garota abria a porta ambos os jovens podia vem uma grande academia aonde boa parte dos marinheiros se encontravam.

A recepcionista levava vocês ate uma mulher que estava mais ao canto da academia observando os marinheiros treinando, quando se aproximaram a garota sorria para os três. - Tomori, esses são os novos recrutas, agora eles são responsabilidades sua! Dizia a recepcionista, Tomori Ria para a garota e então falava. - Obrigada Nao, iniciarei o teste agora! A garota que claramente tinha vestes diferentes dos demais marinheiros analisava os dois participantes logo então falando. - Bom bem vindos a marinha, fico feliz por tentarem fazer parte dessa instituição maravilhosa, para passarem no teste, vão passar por três provas avaliadas por mim! Ela dava uma pequena pausa com um lindo sorriso. - Primeiro teste, aptidão física quero ver como funciona o corpo de vocês para assim decidir para qual área dentro do quartel vocês irão, depois tarefas dentro do QG quero ver o quão bons são em acatar ordens, e por fim e não menos importante, o teste de luta, irei ver se são bons para defender as pessoas de piratas! A garota que aprecia empolgada com os novos recrutas com um sorriso de orelha a orelha. - Bom a academia é de vocês, me mostrem oque sabem fazer!
Personalidades:
 

Histórico:
 

[/quote]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyQua 22 Jan 2020, 00:31

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game own and wash it all away Come and take me over Welcome to the game Will the current drag me down and carry me away Suddenly the light begins to fade


O celestial duvidava do que estava vendo quando um homem chegava acompanhado de um pássaro, ele tinha a clara aparência do tipo de povo que via constantemente vendendo coisas na feira, porem a surpresa não foi o fato de o encontrar ali, afinal, é um local público, a surpresa era que o cidadão estava fazendo a mesma coisa que ele “Um novo recruta? Pelo jeito a marinha não está necessitando tanto assim de pessoal... ou será que é justamente o contrario?” Pensava ele analisando o homem a sua frente, porém não iria falar nada sobre como o achava estranho junto com aquele pássaro. Pelas palavras da recepcionista tudo naquele local, ou melhor, naquela ilha girava em torno do prazer de comer. Achava esquisito um pouco antes quando ela perguntara sobre o motivo dele estar ali, arriscou dizer até mesmo que talvez estivesse ali procurando a comida do Quartel General, que por acaso parecia chegar pouco a pouco a sua realidade visto que os marinheiros pareciam se reunir para seu horário de almoço. Não apenas isso ela falava sobre stuart, um dito capitão que parecia ser um ótimo cozinheiro além de bom lutador, talvez o teste afinal fosse com o mesmo porem “Se envolver fazer até mesmo um ovo cozido não sei se irei conseguir passar.” matutava ele sobre a natureza do teste que estava por vim. Para a surpresa de Samael quem o iria testar não era o capitão, mas um sargento, quem estivesse mais atento poderia notar um pequeno suspiro vindo do mesmo, aliviado por não ter que passar por nenhum teste exótico, ainda não. Caminhava lentamente até agora com suas mãos dentro de seus bolsos no mesmo momento que continuava a observar aquele ambiente interessante, era com certeza o local mais limpo que esteve naquela ilha “Não... Em toda minha vida.” aquiescia ele enquanto tentava não demonstrar sua surpresa ao estar ali, afinal, forcejava não dar aquele ar de gente do interior que não sabe nem mesmo se portar dentro de um Quartel General da marinha, mesmo que aquilo fosse uma tremenda aventura para o próprio. Enquanto estava andando pelos corredores continuava a observar o novato que coincidia de o acompanhar, não sabia se deveria puxar assunto ou se estaria sendo muito precipitado mas aquilo realmente chamava sua atenção, aquele pássaro, estava ali como se estivesse tudo normal, não entendia como era possível um animar ficar tão confortável junto de humanos, pelo pouco que conhecida do mundo animal era exatamente o contrário do que eles desejavam. Considerava o que ele poderia estar pensando do próprio espadachim, afinal, era alguém que tinha um cheiro forte de peixe, mais precisamente polvo com vestimentas velhas e que tinha uma feição amena para tudo. - Esse pássaro... por acaso ele tem algum tipo de coleira ou algo parecido? É a primeira vez que vejo um animal que simplesmente não está fugindo do domínio humano. Ou poderia ser... - Lembrava-se de seu passado, mesmo que também não estivesse com uma corrente em seu pescoço era literalmente um animal de estimação de Hastur, deveras longe de seu mestre ele ainda sentia a sombra dele pairando sobre seu corpo, ou melhor, sentia. Samael questionava-se se aquele animal não estava preso as mesmas amarras do que ele em seu passado sombrio, se esse fosse o caso, era certamente triste. “As surpresas parecem não acabar...” chegava ao local onde seria avaliado e para sua surpresa seu avaliador tanto não era o dito cujo Stuart, mas era uma mulher, algo completamente inesperado por parte dele. Sabia que existia mulheres na marinha, porém Samael sempre teve um problema com as mesmas, não que fosse por maldade ou algo parecido, ele apenas não sabia lidar com elas, as achava muito sentimentais, explosivas, para o bem ou para o mal. - O prazer é meu... se me permite. - Falava enquanto procurava o melhor jeito de demonstrar sua força física. Porem aquilo era mais difícil do que ele imaginava, afinal, o celestial não tinha muita a sua disposição. Ele era rápido, sim, essa era sua maior vantagem na maioria dos casos, conseguia utilizar de sua espada pelo auxílio de técnica e não a pura força bruta. “Acho que o melhor jeito seria...” continuava a olhar pelos arredores, mas dessa vez não mais perdido, estava com um alvo em sua mente “Isso.” Pegaria um dos alteres que estivesse no local, procurava um que tivesse mais ou menos o peso de uma espada comum, não sabia isso de cabeça e tampouco pensou nisso em sua vida inteira, porem sabia a sensação quando estivesse com um em suas mãos. Com o altere em sua mão ele ficava em posição de combate, colocava seu pé direito à frente, o esquerdo logo atrás. Peito inflado braço direito segurava a parte mais de cima do alter enquanto o esquerdo permanecia rígido segurando mais em baixo. “Acho que isso vai dar certo... um, dois e três!” Puxava para cima e logo em seguida com sua perna dava um impulso para frente jogando todo seu corpo nessa mesma direção. Utilizando da força de todo seu corpo como alavanca para destravar o máximo de sua força em um golpe seco vertical, de cima para baixo, contra um possível bom alvo, sacos de areia, pesos que estivesse acolchoado ou qualquer coisa do tipo. O celestial sabia que se simplesmente levantasse pesos causaria uma má impressão, ele não era forte, tinha esse conhecimento sobre si, esperava apostar na surpresa de demonstrar sua velocidade em um único golpe certeiro.   


Citação :
Nome: Samael
Posts: 03
Ganhos: Espetos de Polvo
Perdas:
Berries: • 35.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Lider Nato | Voz Encantadora | Aerodinamicidade
Desvantagens: Furia | Codigo dos Herois
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptyQui 23 Jan 2020, 13:52

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - Fala Isaac (#EE9570) - Fala Hector (#CD7055) ’Pensamento’ (#FFA55F)
Horn X Hunter! - Ambidestria

O caminho até o QG era sossegado e uma recepcionista loira atendia o boxeador que avisava que possuía um segundo candidato que estava naquele mesmo ambiente. - Cê viu que recepcionista gata pra caralho? A cacatua e sua língua afiada dizia buscando atrapalhar o preencher a ficha no qual o homem fazia, porém aquilo não fazia diferença para Isaac. - Se comporta, você não deve atrapalhar meu alistamento. Sereno como sempre e com seu tom de voz esplêndido, replicava o pássaro que ficava quieto enquanto o pardo fazia o preenchimento da ficha. Ao terminar de preencher a ficha a recepcionista então levou a dupla de recrutas para conhecer o superior que faria o teste de alistamento. No caminho em direção até a sala do superior o outro recruta perguntava sobre a ave que repousava no ombro de Isaac que respondia com um singelo sorriso em seu rosto. - Coleira? Hahaha. Eu não prendo meus amigos e aliados, apenas meus inimigos merecem ser preso e o Hector é meu amigo. Simpático e com um tom angelical respondeu para o outro recruta que estava o acompanhando.

Ao chegar nos aposentos do sargento da marinha uma surpresa que também era uma bela moça. - Nossa senhora, o paraíso das belezuras. A cacatua expressava no momento que avistava a sargento. Isaac não se importava com o comportamento da ave dessa vez, ficava ouvindo atentamente a explicação da sargento. O primeiro teste começaria na academia visando testar a aptidão dos recrutas. ’Bom não deve ter grande diferença da época que passei com o Apollo.’ O boxeador dava uma leve levantada no ombro direito no qual repousava Hector. - Bem, repouse em algum outro lugar. Preciso fazer o teste agora. Isaac ordenava de forma serena e ave acatou a ordem do homem, levantou voo e buscou algum local que poderá ficar repousado. Em primeiro momento o boxeador procurava por alguma bandagem de treino para envolver suas mãos e ter mais estabilidade e controle nos exercícios no qual faria. Em seguida começava com um exercício para aquecimento corporal, buscando uma corda e no momento que achar, pegava e começava a pular corda fazendo a mesma orbitar sobre seu corpo. - There's a moment Isaac com sua voz angelical começava a cantar em um tom tom mais baixo enquanto simultaneamente fazia seu exercício de aquecimento. Depois de aproximadamente uns 3 minutos saltando sobre a corda, Isaac continuava em direção ao saco de pancada e então ficava em sua posição ortodoxa de boxeador e começava a aplicar inicialmente o jab e em seguida direto. - umfsc, doifsc Dizia o número impondo seu ritmo, a forma da falácia aparentava estar soprando os números, depois de umas 3 sequências fazia movimento de esquiva com a cabeça e aplicava fortes cruzados com sua mão direita e em seguida com a esquerda. ’Preciso melhorar a esquerda… Apollo sempre me cobrou isso...’ Isaac então segurava o saco de pancada para que o mesmo volte a ficar parado na posição inicial.

A expressão do pardo mudava e ficava cada vez mais focado, parecia estar se impondo algum tipo de desafio que o deixava determinado e começava a se movimentar rapidamente girando sobre o saco de pancada e aplicando inúmeros jabs, usando apenas sua mão esquerda, o objetivo do desafio que passou na cabeça de Isaac era conseguir se movimentar em volta do saco e aplicar os socos tão rápido que fizesse o saco ter a deformação do impacto do seu soco, só que não conseguindo se balançar de um lado para o outro, deixando o saco imóvel. Independente se conseguisse o feito ou não iria visar tirar o máximo proveito do treino possível, ficando alguns minutos neste exercício. Após isso iria para uma esteira e sem demorar muito começaria a correr visando controlar seu fôlego e se manter o máximo de tempo possível em sua velocidade máxima, após os minutos que suportasse faria uma pausa e daria um longo suspiro. - fsccccccccccc. Descansando por um minuto só para recuperar seu corpo levemente, se movimentou até os equipamento que tivesse para levantamento de peso e então faria um exercício de cada vez, separando os grupamentos musculares de peito, costas e braços visava fazer séries que fossem simples que fosse cansativas, entretanto não buscaria nada exaustivo. Ao terminar colocaria as mãos em sua cintura, desviou o olhar para a sargento enquanto descansava. - Precisa de algo mais específico? Senhora. Em um tom calmo expressou sua pergunta e se manteve cordial em respeito a organização e aguardava para ouvir atentamente as instruções da sargento.










Objetivos:
 


Histórico:
 

Informações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Cabo
Cabo
Kenshin Himura

Créditos : 4
Warn : 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! EmptySex 24 Jan 2020, 02:46




Samael e Isaac


Os dois aspirantes a marinheiros estavam de frente a sua avaliadora, ambos ficavam intrigados com a mesma, por sua beleza e pela sua simpatia, a garota tomava sua posição ao canto da academia não tirando os olhos dos dois candidatos, o sorriso da mesma sempre em seu rosto com um olhar vidrado.

Samael pegava uma barra de ferro com três pesos em uma das suas pontas, o mesmo equipamento que muitos outros marinheiros estavam usando para praticar a arte da espada. O mesmo começava a fazer vários movimentos com a barra como se tivesse lutando com a espada, do outro canto da academia estava Isaac próximo a um saco de pancadas dando várias sequências de golpes no mesmo, o saco vermelho não ficava parado, o garoto tinha uma boa habilidades com as mãos. A sargento ficava feliz com oque estava vendo, Isaac claramente era mais habilidoso, mas Samael era bastante persistente. - Terminamos por aqui! Gritava a sargento para os dois recrutas, as outras pessoas da academia.

Ambos os garotos se aproximavam da garota, ela escrevia algumas coisas na prancheta e começava a caminhar. - Bom, vamos para o próximo teste! A garota dava um sorriso após terminar as anotações, dava de costas para os mesmos indo para uma das várias portas que tinha na academia. Entravam em outro corredor bastante limpo, esse um tanto mais largos com dezenas de outras portas, a garota parava em frente a uma das portas do meio do corredor, e na porta uma plaquinha dourada com o nome “Lavanderia”. Os três entravam no cômodo, diferente do resto do QG, a lavanderia era completamente suja, roupas e mais roupas de marinheiros completamente empoeiradas, ou manchadas de sangue, sem contar o próprio lugar que era uma bagunça.

- Bom a segunda parte, do teste de vocês começa agora. A mesma dava uma pausa anotando mais algumas coisas na prancheta. - Vamos ver se conseguem seguir ordens! Quero esse lugar o mais limpo possível, iguais aos corredores que estiverem! Ela terminava de anotar dando sua última palavra. -Volto em duas horas, espero que tudo esteja limpo! Assim ela se virava e saia da lavanderia deixando os dois recrutas sozinhos no meio das roupas sujas.
Personalidades:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Conteúdo patrocinado




1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty
MensagemAssunto: Re: 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!   1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 7Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: