One Piece RPG
Sombras do Passado - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Um Destino em Comum
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 06:02

» 10º Capítulo - Parabellum!
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor OverLord Hoje à(s) 02:44

» Hey Ya!
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor GM.Mirutsu Ontem à(s) 23:12

» The One Above All - Ato 2
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 22:17

» [LB] O Florescer de Utopia III
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:05

» The Hero Rises!
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:57

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:24

» Meu nome é Mike Brigss
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:57

» BOOH!
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:20

» Garfield Henryford
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Sagashi Ontem à(s) 19:54

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 19:04

» [M.E.P] Kan Kin
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Shideras Ontem à(s) 19:03

» [MINI-*Kan Kin*] *Uma vida de merda*
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Shideras Ontem à(s) 18:58

» Bakemonogatari
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor yaTTo Ontem à(s) 18:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 18:35

» [M.E.P] Albafica
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Albafica Mino Ontem à(s) 18:01

» [Mini] Albafica Mino
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Albafica Mino Ontem à(s) 18:00

» Cap.1 Deuses entre nós
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor Salazar Merlin Ontem à(s) 17:54

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 17:50

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Sombras do Passado - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 17:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Sombras do Passado

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptySex 03 Jan 2020, 23:36

Relembrando a primeira mensagem :

Sombras do Passado

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kylo Ren. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kylo
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador


Data de inscrição : 24/12/2019

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptyTer 21 Jan 2020, 04:31







Sombras do Passado

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A cédula, outrora obducta no embrulho da ninjã-to entregue à ele, estatelava-se contra a superfície do assoalho após o seu conteúdo ser exposto. Os seus lábios eram franzidos ao passo que seu semblante era estreitado até transformar-se em uma expressão lôbrega onusta pela amargura. Ainda que o mascarado fosse detentor de um temperamento fleumático devido a côdea que adquiriu após o extermínio de sua família, apenas o fato da sua história estar sendo subvertida era o suficiente para o fomento de adventícias oscilações em seu cerne. Em síntese, os desdobramentos de seu passado em seu presente consoante ao contexto, possuem a capacidade de afetar a sua idiossincrasia.

- Só mais uma mentira. - Voluteou a cerviz para o bilhete sobre o assoalho, perscrutando-o com sua íris álgida e impassível. Enrijeceu a sola de seu pé esquerdo ao passo que efetuava um fortíssimo pisoteio sobre aquela hermética cédula. Não havia de maneira alguma como aquilo ser possível, alguém estava mexendo com o seu espírito; algo péssimo se essa pessoa cultiva o apreço à vida. A sua mãe e seu pai haviam morrido há quatro anos atrás e essa era uma verdade indubitável à ele. No entanto, se tornava cada vez mais claro à Kylo que havia alguém que possuía informações precisas sobre o seu passado. A sua carranca e punhos rijos refletiam a figura de um homem obstinado em findar esse mistério.

O silêncio apoderou-se da ambientação no momento em que fora revelado para Kylo o que havia por detrás da fresta em sua parede. Conseguia ouvir os batimentos cardíacos saltitando por seu tórax afora, era uma estranha sensação de inquietude, um aflato pesado que o afligia. Sua pupila se afunilaria ao passo que suas veias saltavam à têmpora e, no instante em que ambos se entreolhassem, deslizaria a sua destra por entre a fresta em encontro a garganta daquela figura. Seus dedos árdegos adstringiam-se em sua traqueia e, de corpo firme no assoalho através dos pés enrijecidos, embargaria a passagem de ar por sua glote.

- Quem é você? - Indagou a figura através de uma voz ríspida enquanto a mantinha sob o seu domínio. Não tinha certeza se ela era envolvida com os acontecimentos que o afligiram à pouco, mas certamente cogitou a possibilidade. - Não me faça perder a paciência, me responda. Quem é você e por quanto tempo anda me observando? - Seus dedos seriam ainda mais incisivos sobre a sua traqueia, uma vez que não arrancasse uma resposta desejável em seu primeiro indago. Cingido por uma conduta plácida e um semblante astroso, Kylo demonstrava através do rútilo de seus olhos vazios, que não havia um único resquício de compaixão para com aquele individuo, até então um provável inimigo.

Na possível vicissitude de que a perdesse do alcance de sua destra irascível, efetuaria subitâneos pontapés na fresta da parede com o propósito de forçar uma abertura robusta no diâmetro da fresta. Caso se tornasse possível a sua passagem para aquele cômodo absconso, adentraria de antemão sem pestanejar.

Personagem:
 
Histórico:
 
Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptyQui 23 Jan 2020, 00:11

NARRAÇÃO 04



O jovem Kylo abria o pacote com uma espada do jeito que desejava, percebeu o bilhete que parecia, pelo menos aos seus olhos, uma grande mentira, em três palavras aquele pequeno papel dizia que sua mãe estava viva. Mentira?! Ele tinha certeza de que a informação era falsa, mas sabia de uma coisa que o deixava revoltado, alguém na ilha conhecia seu passado e estava brincando com ele, também estava decidido em achar quem era o responsável por isso e claro, eliminar o sacana.

Mas agora ele decidiu dar uma investigada melhor na pequena fresta que havia no banheiro e ao ver o olho de uma jovem garota, o que era claro para ele, mais uma vez foi tomado de alterações emocionais jogando todo ar de seus pulmões para fora. Sua cara, já nada bonita, ficava ainda mais distorcida sob a máscara e em sua raiva tentava pegar a garota do outro lado. Claro que a mão do ninja não passava ali, na realidade mal um dedo passaria aí, mas talvez tomado pela raiva quisesse ignorar a física, porém não teve sucesso.

A garota:
 

Risadinhas, foi o que Ren ouviu do outro lado, a garota parecia se divertir com o nervosismo do ninja. Mas ela se afastava um pouco da e Kylo(grama) viu que era uma garota de no máximo quinze anos de idade, além disso estava com uma camisa na parte superior desabotoada permitindo o ninja ver mais do que já havia visto em vida em uma mulher.

- Vi apenas você tomando banho nervosinho.
- Disse ela já ficando de pé e se despindo. - Mas já que esta ofendidinho então fica ai e me assiste tomar um banho também.

Se Kylo ficasse ali seria exatamente o que ele veria, uma garota se despindo e entrando em um banho todo sensualizado, ela de tempos em tempo olhava para a fresta e dava uma piscadinha para o ninja, não se sabe se provocando ou apenas se exibindo, mas parecia ser um show que ele não deveria perder.

Falas escreveu:
Soldado
Taberneiro
Garota misteriosa

OFF:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kylo
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Kylo

Créditos : 4
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Data de inscrição : 24/12/2019

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptySab 01 Fev 2020, 01:52







Sombras do Passado

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Tsc... - Com frustração, o mascarado apenas estalaria a língua contra o seu palato, uma vez que não conseguiu chegar à garota. Não se sentiu atraído por ela, tampouco importou-se com a explícita provocação sexual para instigá-lo. Há muito os prazeres lascivos deixaram de influenciá-lo, não enquanto a sua promessa de sangue não fosse cumprida. O único prazer que possa vir a satisfazê-lo é a de uma possível degeneração à instituição que perpetua genocídios pelo mundo — o Governo Mundial —, o enfoque de seu indelével ressentimento. Atentou-se uma última vez à garota, esmiuçando-a de soslaio com a sua íris inane e impassível ao passo que delineava suas madeixas castanhas agarradas à face pela água que escorria por seu corpo tenro. O tempo estava correndo e, cada vez mais, Kylo se afastava de seu propósito com aquele imbróglio que se sucedia.

As solas de seus pés o conduziam com celeridade até o corredor da albergaria que dá acesso ao seu quarto, mais precisamente, aos cômodos em adjacência ao seu aposento. Sua consciência eduziu a apropinquação à garota, através do posicionamento da fresta na parede de seu banheiro com os quartos contíguos ao seu, encontrando-o após articular às peças em sua imaginário. Envolveria sua canhota na maçaneta do quarto, adentrando caso fosse possível. Na vicissitude em que o quarto estivesse trancado, Kylo perscrutaria a ambientação com quietude e parcimônia, esperando que não houvesse ninguém o observando. Os olhos ainda vagavam atentos pelo recinto para confirmar que não houvesse ninguém no corredor e, uma em que houvesse a confirmação, envolveria suas mãos no cabo de sua ninjã-to, baqueando-a contra a maçaneta para arrombá-la e por fim, encetar sua marcha cômodo adentro.  

O saguão principal encontrava-se em um assíduo celeuma; portanto, Kylo não importou-se com a possível atração de atenções indesejáveis para si, após o estrondo de outrora. Em passos atentos e comedidos pelo assoalho puído, o mascarado andarilhava em direção ao banheiro, mantendo sua ninjã-to rente ao peito. Utilizaria-se de sua visão aguçada para escrutinar a área com uma exímia minúcia, atentando-se com quaisquer pormenores que fossem visíveis. Na adversidade que sofresse um ataque, usufruiria de sua esquivança para evadir-se em direção contrária ao ataque; através de um salto acrobático. Na ocasionalidade em que nada ocorresse, manteria sua trajetória com um semblante cabalístico que, somado à seu olhar frívolo, dificultaria a elucidação de suas reais intenções.

- Você se perdeu dos seus pais, criança? - Debochou, ainda que com uma entonação firme e sisuda. Franziria os cantos da boca e a testa, volvendo sua íris carmesim à garota que o espionava. Não havia como negar o desconforto diante a maneira como ela se portava à ele, mas, de todo o modo, não importou-se. - Será que agora você irá me falar quem você é? - Disse à criança, emendando a sua próxima fala, uma vez que ela não estivesse vestida. - Seria melhor se você se vestisse, para uma criança como você, isso é impróprio. - Ácido em seu dictério, prosseguiu com a troça à garota. Realmente à Kylo não fazia diferença se ela estivesse vestida ou não, o mascarado só estava intentando tirá-la do sério referindo-se à ela como criança. - Que seja então. - Retrucou de maneira ríspida, caso de nada ela fizesse para vestir-se.

Ameaçaria-a por fim com o início de uma peleja, assestando, sem mais imbróglios, o gume de sua ninjã-to em sua direção. - Agora, pela última vez, quem é você? - Proferiu o ultimato de maneira áspera, com os lábios retesados e pálpebras semicerradas, estampando uma carranca com uma certa malícia, um semblante de alguém que não detém escrúpulos.

Personagem:
 
Histórico:
 
Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptyDom 02 Fev 2020, 14:17

NARRAÇÃO 06


Embora nosso protagonista estivesse convicto de que não era mais atraído pelos prazeres da carne o fato é que ele assistia a garota tomar seu banho lento e provocativo, tento tempo levou que ele mesmo em um pequeno despertar de racionalidade havia percebido que enquanto o tempo passava mais ele se afastava dos próprios objetivos.

Uma vez que ficar apenas assistindo o show nosso protagonistas resolvia ir ao quarto da garota ao lado, quem sabe o que poderia acontecer com os dois ali, não era difícil de localizar, era a porta a esquerda da dele no sentido oposto da escada, saindo no corredor então ele observa uma cena não tão pouco comum, duas jovens mulheres de aproximadamente vinte anos estavam se abração e beijando e no corredor próximos a uma outra porta no lado oposto e a mais ou menos 6 metros de onde Ren queria entrar.

Testando a maçaneta para poder entrar no quarto da garota ele nada conseguiu, a porta estava trancada e não conseguiria abrir, além disso ele já havia percebido a alta qualidade das coisas dentro desta hospedaria e sabia que não seria fácil arrombar a porta sem chamar atenção, isso se ele conseguisse abrir passagem para o quarto da garota. Ainda mais com duas garotas se beijando ali, como ele faria isso discretamente?

- Olha só aquele homem! – Kylo ouviu uma das garotas falar. - Vamos ver se ele quer se divertir conosco?

- O mascarado?! – Dizia a outra fazendo uma pergunta para si mesma. - Acho o barman muito mais homem que ele!

Claro né! – Disse a primeira garota concordando rapidamente sem nem pestanejar. - Mas você sabe que ele nunca vem conosco, mas esse ai parece engraçadinho e cheio de mistério.

E se ele for um procurado? – Dizia a amiga em contrapartida. - Ele pode ser bandido ou coisa pior, um pobre.

- Não viemos aqui para ter problemas, só pelo sexo. – Respondeu a primeira já sorrindo para Kylo Ren. - Se o sexo for bom e daí se ele for um procurado ou pobre? – Então ela piscava para Ren e as duas começavam a ir na direção dele.



Falas escreveu:
Soldado
Taberneiro
Garota misteriosa
Garota 1
Garota 2

OFF:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kylo
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Kylo

Créditos : 4
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Data de inscrição : 24/12/2019

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptyTer 04 Fev 2020, 22:30







Sombras do Passado

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Mais uma vez, seus planos não lograram êxito. Ainda que com um enraizado requinte de frustração, Kylo se conformou com o desacerto de seu intento. O súbito revés em harmonia com o incógnito bilhete de outrora acabariam deixando-o extremamente estressado, sentimento que seria intensificado ao deparar-se com aquelas anônimas, que por sinal, aparentavam possuir às mesmas características da menina de antanho, bem como sua idiossincrasia. Apesar disto, poucos segundos seriam necessários para que o seu temperamento calmo e lógica tomassem as rédeas do cenário. Durante o palanfrório femíneo, manteria sua íris magenta fixa às meninas, provavelmente causando um incômodo. As informações proferidas pelas garotas acabariam agilizando o seu conforto, auxiliando em sua eutimia, pois elas aparentavam conhecer àquela garota desconhecida e, portanto, seriam capazes de alimentá-lo com informações úteis, tendo em vista a notória similitude entre elas. Ao menos, essa era a sua impressão daquele átimo.

Cingido pelo silêncio, aguardou que elas aproximassem-se, uma vez que vinham em sua direção. Fadigado mentalmente após a intensa vicissitude de acasos, o mascarado inflaria os pulmões e suspiraria subitamente, encarando-as com um cenho hirto. O aspirante à revolucionário ainda estava recheado de dúvidas, as quais remoíam sua mente numa tortura pungente, mas decerto que algumas estariam prestes a serem sanadas. - Vocês conhecem a garota que dorme aqui? - Perguntaria à díade de possíveis vulgívagas, assestando sua falange-indicadora canhota à porta detrás de si. Em caso de resposta afirmativa, emendaria outra indagação durante a interpelação. - O que vocês podem me falar sobre ela? - No momento da garrulice, um corolário estabeleceu-se em seu imaginário. Ele estava perdendo tempo naquela albergaria, que agora mais parecia ser um prostíbulo. Não havia o porquê de importar-se com a garota misteriosa de outrora, afinal haviam outros tópicos de maior importância a serem tratados e, pelos menos por ora, ela não externava nenhuma ameaça que o comprometesse.

Era necessário focar-se em matérias de maior importância à ele. Por sorte, aquelas duas aparentavam possuir uma sapiência referente à movimentação de transeuntes naquela estalagem, uma vez que refeririam-se ao taverneiro como se já frequentassem o albergue há um tempo. - Mais uma coisa, vocês viram um homem com uma máscara branca com adornos azuis? - A glabela seria tensionada e os olhos semi-cerrados, atenuando a importância daquela matéria à ele. A utilização de máscaras de guerra fazem parte da cultura mandaloriana, mas há muito a prática fora esquecida, devido ao extermínio dos clãs de sua longínqua ínsula por forças governamentais. Portanto, a utilização dessa prática por alguém que não fosse ele próprio já perturbaria o seu âmago, ocasionando arrepios à espinha. A fina pilosidade de seus braços já enouriçavam-se, alertando-o sobre a necessidade de findar aqueles pensamentos conflituosos que o assombravam.

Caso não recebesse uma resposta desejável ou elas enrolassem para lhe fornecer informações, Kylo galgaria pelas escadarias do albergue com dinamismo até que obtivesse acesso à recepção. Não perderia mais o seu tempo servindo como um joguete para terceiros; era chegado o momento de se assumir o legado de seu prógono, sem mais imbróglios, sem mais obstáculos. Se lhe fossem fornecidas às respostas, agradeceria-as, mas ainda assim, encaminharia-se até a recepção da hospedaria, rechaçando às possíveis investidas por parte das anônimas com o intuito de aliciá-lo. Agora, sua pertinácia manteria-se incontível e maciça, sem dar mais margem para o dissenso que indubitavelmente estorvaria seu discernimento. Só restaria um único tópico a ser elucidado antes de Briss Kingdom ser posta ao avesso — a verdade por detrás daquele(a) que carregava a máscara de aspirações mandalorianas. Seus punhos rijos falavam por ele próprio, realçando a sua renitência por um breve átimo. Não tardou para que fossem relaxados, utilizando-os para advir tênues palmadas contra a sua indumentária, ademane que provocaria um baque surdo e a suspensão de algumas partículas de poeira.

O cristalino perambulava-se pelo salão, almejando maior enfoque e alcance no ambiente daquela imediação. Caso fosse bem sucedido em angariar informações da díade, buscaria por indícios que levassem às informações dadas por elas. Seja através de buscas na área externa da albergaria ou na área interna, mas, decerto que se fosse fora da albergaria, Kylo tomaria precauções básicas para não atrair atenções indesejáveis; movimentando-se por entre a multidão e utilizando-se de sua visão aguçada para antever possíveis encontros com forças à serviço do Governo. Caso não conseguisse informações, recorreria, mais uma vez, ao estalajadeiro, a sua única fonte de informações úteis no momento.  - Sobre aquele mascarado de antes, você sabe como posso encontrá-lo, ele deixou alguma informação? - Inclinaria a cabeça para observá-lo após a indagação, fixando sua íris carmesim no próprio, a fim de obter alguma informação advinda de seu cenho.

Personagem:
 
Histórico:
 
Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sombras do Passado - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 EmptyQui 06 Fev 2020, 00:45

NARRAÇÃO 07



As garotas se aproximavam lentamente de Kylo com um sorriso maroto e elas então repararam nos olhos vermelhos do jovem mascarado, uma então olhou para a outra e deram risinhos.

Você vir? - Resaltou a mais alegre das meninas com uma voz transmitindo um sentimento de curiosidade. - Ele tem olhos vermelhos como o daquela mulher.

- Sim! - Disse a outra se animando. - E nós nunca transamos com alguém de olhos vermelhos. Será que eles funcionam de igual maneira?

- Não seja tola, claro que sim. - Disse a garota convicta de sua afirmação. - Você acha que eles se reproduzem com ovos.

Mas no momento Kylo queria por as mãos em outra garota, ele sabia que alguém o havia visto sem a preciosa máscara e ter a sensação de ser espiado deixava o pretendente a revolucionário um tanto mais nervoso do que o normal. Por isso ele logo perguntava sobre a garota do quarto.

- Não é aquela que gosta de mixoscopia? - Dizia a garota para a amiga. - Ela gosta de ficar espiando e sendo espiada...

- Sim, é ela. - Disse de maneira seca a segunda. - Ela nunca nos dá uma chance de mostrar para ela como é divertido estar entre as garotas. - Então ela se vira para o Ren. - Mas se você não gosta dessas coisas não deveria estar aqui no Luxúria.

Mas a curiosidade do nosso amado ninja não tinha fim, a não ser se o assunto fosse sexo, então ele logo emendou outra pergunta sobre o homem mascarado, dando alguns leves detalhes sobre a mesma. As duas então riram.

- Aqui é o Luxúria! - Disse a garota rindo de Kylo. - Muitas pessoas vem aqui e não querem ser identificadas, as vezes são casados e tal. Usar máscaras é normal.

- Exato! - Concordou a segunda garota dando apoio a primeira. - Não seria ético ou moral revelar a pessoa mesmo sabendo que ela é. Aqui todos nos protegemos, nem a Marinha entra para pegar informações sobre clientes.

- Sim. - Disse a garota em tom sério. - Além disso o taverneiro é forte o suficiente para garantir a segurança física de todos aqui. Ele é um monstro.

Com as informações que havia pego não tinha mais muito o que fazer ali então o ninja agradece as garotas e sai em direção a recepção ouvindo uma delas dizendo que ele provavelmente era um desses homens que não gostavam de mulheres, pois a reação fria de Kylo havia deixado uma estranha impressão.

Na recepção a taverna já estava mais cheia e como as garotas haviam dito, algumas pessoas ali poderiam usar máscaras, não com as mesmas tradições de sua ilha natal, mas para esconder a sua real identidade. Em uma rápida olhada Ren conseguiu observar pelo menos três pessoas desse jeito, dois homens e uma mulher, todos eles estavam separados e nenhum tinha a máscara como a descrita pela taverneiro.

- Se tivessem me dado mais alguma informação eu já teria passado. - Disse o homem em tom sério enquanto trabalhava preparando um drink. - Na verdade nem tenho interesse de saber quem é ou o que quer, assim como não quero saber sobre você ou o que quer. Acharia interessante eu saber essas coisas?



Falas escreveu:
Soldado
Taberneiro
Garota misteriosa
Garota 1
Garota 2

OFF:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Sombras do Passado - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Sombras do Passado   Sombras do Passado - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sombras do Passado
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Briss Kingdom-
Ir para: