One Piece RPG
Kylo Ren XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Kylo Ren Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 23:17

» 10 Anos de OPRPG - Bingo!
Kylo Ren Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 23:14

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
Kylo Ren Emptypor maximo12 Hoje à(s) 23:01

» Capítulo I - Despedida
Kylo Ren Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 22:58

» [M.E.P] - MAZINO
Kylo Ren Emptypor Mazino Hoje à(s) 22:27

» [MINI-Vacyn] *Filha de Narciso*
Kylo Ren Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:21

» [Mini-Mazino] - Novos Horizontes!
Kylo Ren Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:13

» O bando nasce! Nobreza contra ralé!
Kylo Ren Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:40

» [Mini - Catarina] Primeiro, as apresentações
Kylo Ren Emptypor Shroud Hoje à(s) 21:10

» Ficha - Joey Jacobs
Kylo Ren Emptypor Azc Hoje à(s) 19:09

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
Kylo Ren Emptypor Sagashi Hoje à(s) 18:53

» Pepino Legrant
Kylo Ren Emptypor Palitinho Hoje à(s) 18:11

» Tour Martial ✯
Kylo Ren Emptypor Mizushiro Hizumy Hoje à(s) 17:53

» [MINI - Viktor] A decisão
Kylo Ren Emptypor TheJoker Hoje à(s) 17:40

» Timbre Mudo
Kylo Ren Emptypor Wesker Hoje à(s) 15:30

» The Closer you Look
Kylo Ren Emptypor Datekyo Hoje à(s) 14:56

» Prólogo - A primeira perna é a direita
Kylo Ren Emptypor Muffatu Hoje à(s) 14:34

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Kylo Ren Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 14:26

» Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Kylo Ren Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 13:37

» II - Aliados
Kylo Ren Emptypor Bijin Hoje à(s) 12:26



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Kylo Ren

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 54
Warn : Kylo Ren 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

Kylo Ren Empty
MensagemAssunto: Kylo Ren   Kylo Ren EmptySex 03 Jan 2020, 19:11

~ PESSOAL ~

Nome: Kylo Ren
Idade: 22 anos
Altura: 179cm
Peso: 75.3kg
Mão predominante: Direita
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho/Espécie: Normal
Origem: Mandalore Island - Novo Mundo
Localização: Briss Kingdom - South Blue
Grupo: Civil


~ O Player Desistiu do Personagem ~


~ EXTRAS ~

APARÊNCIA:
Citação :
A atual aparência de Ren é um mistério, muito devido a sua prática de utilização de máscaras, um dogma seguido à risca por ele. Há relatos de sua aparência oriundos do período de sua infância e final da adolescência, épocas em que Ren não utilizava máscaras. Nesse período era possível atentar-se em características faciais únicas que o distinguiam do restante - a porção esquerda do seu rosto e seus olhos. O lado esquerdo de seu rosto é dominado por uma terrível cicatriz semelhante a profundas rugas, enquanto seus olhos são afetados por uma heterocromia. Essa horrenda cicatriz foi ganha graças ao ataque governamental à sua ilha. Seu olho esquerdo é agressivamente vermelho, como um rubi excepcionalmente raro e com uma coloração bem constituída pelo crômio. Já o seu olho direito, comumente encoberto por sua máscara, é constituído de uma coloração púrpura.

Pouco sabe-se da atual aparência de Ren, exceto por seu notável porte físico e músculos bem constituídos. Ren utiliza uma máscara laranja com um padrão de espirais que incidem sobre o seu olho esquerdo. Como vestimenta, Ren utiliza um longo manto negro, com nuvens vermelhas, um interior vermelho e gola alta. As nuvens vermelhas representam a chuva de sangue que abateu-se em Mandalore durante a invasão governamental que massacrou o seu clã.

PERSONALIDADE:
Citação :
A sua personalidade durante a sua infância sempre foi a de um garoto amável e muitíssimo prestativo, comumente fornecendo auxílio para os mais velhos de Mandalore com o seu afável sorriso no rosto. Sempre enrolando o seu pai para o cumprimento de seus afazeres domésticos, Ren sempre preferiu à exploração de áreas desconhecidas de Mandalore Island. Seu espírito aventureiro era notório em seus olhos sonhadores. Além do mais, Ren sempre atrasava-se para seus treinos diários que tinham como o objetivo transformá-lo em um exímio guerreiro, uma tradição de seu clã. Era um garoto esperançoso, não tirava os olhos do horizonte, atentando-se sempre com as longínquas embarcações que avistava, sonhando e criando histórias em sua mente.

Com o extermínio de seu clã por forças governamentais, Ren sucumbiu à maldição que assombrava seu clã, com o mundo inteiro sendo o objeto de seu ódio, especificamente, ao sistema de governo que levou à morte seus familiares e conhecidos - o Governo Mundial. Através disso, Ren tornou-se insensível, transformando-se em um sujeito extremamente focado, recolhido e sério. Com o trauma, Ren adquiriu uma obsessão em ficar mais e mais forte - sempre superando suas expectativas e seus limites físicos. Ren não suporta o sentimento de impotência, exatamente por ser o mesmo sentimento que dominou seu âmago quando perdeu tudo para o Governo Mundial, sua casa, sua família e seus amigos.

Comunica-se através de uma voz serene e calma, adotando uma postura impassível na maior parte do tempo. No entanto apesar de sua postura fleumática, Ren é capaz de cometer brutais assassinatos para aproximar-se de seus objetivos, se necessário. Tudo é válido se o Governo Mundial for atingido. Ríspido, Ren dificilmente demonstrará amizade e carinho, suas emoções humanas já quase não existem mais. Elas morreram junto com a sua família. Apesar da amargura, Ren aprecia e dá valor para aqueles que o circundam e o auxiliam de alguma forma em seu objetivo.  



HISTÓRIA:
Citação :
Mandalore Island

Mandalore é uma pequena ilha situada nos confins do Novo Mundo. É uma ilha com enormes raízes da guerra, dominada por vários clãs diferentes, com inúmeros dogmas passados de geração à geração. Após atingir a maioridade, sendo consagrado como um guerreiro pelo Grão-Acólito - o guerreiro mais velho do clã, cultuado como um indivíduo com um enorme conhecimento, sendo responsável por dar orientações às Cinco Famílias -, os novos guerreiros recebem suas máscaras de guerra. É a mais alta honraria dentro da cultura de Mandalore e é através dela que os guerreiros devem prometer jamais permitir outro ser vivo ver o seu rosto por completo. Não até que sua promessa de sangue seja cumprida. Antes de receber suas máscaras, todos os guerreiros devem fazer uma promessa de sangue, um objetivo a ser alcançado em sua vida, para somente então depois de cumpri-lo, abaixar suas armas e retirar a sua máscara. Caso o contrário, a vergonha pra sempre o perseguirá, assombrando você e a sua família.

Mandalore é governada por cinco famílias que comandam porções diferentes da ilha, com uma série de outras famílias vassalas que prestam lealdade à elas, servindo como guerreiros em suas guerras. Isso faz parte da cultura de Mandalore, não existem mágoas e ressentimentos durante às guerras por território, esse é o caminho. É assim que deve ser feito. Apesar da cultura da guerra ser enraizada no âmago dos mandalorianos e das Cinco Famílias, Mandalore estava sob tempos pacíficos, aonde armas não eram levantadas. Para o Grão-Acólito, essa paz duradoura representava um presságio, uma enorme calamidade iria abater-se sobre Mandalore. Mas a paz permanecia.

O Clã Ren era um clã-menor vassalo à família Sugawara, uma das Cinco Famílias, sendo responsável pela porção sul da ilha. O pai de Kylo, Nihilus, era o braço-direito de Oda Sugawara - o chefe da família Sugawara. Filho único, Kylo sempre foi muito cobrado por seu pai, já que o mesmo era conhecido por ser um grande guerreiro, uma das armas da família Sugawara. Mas essa não era a vocação de Kylo, o garoto não tirava os olhos do horizonte, passando horas ouvindo às histórias do Grão-Acólito, sobre novos mundos, outras culturas e aventuras. Mandalore era pequena demais para ele.

Mandalore, 4 anos atrás

É chegada a hora da iniciação de Kylo como um guerreiro, ele havia chegado à maioridade. Anualmente o Grão-Acólito realizava cerimônias de iniciação de novos guerreiros, porém nem todos conseguiam passar das provações em seu primeiro ano. Somente os melhores eram selecionados e escolhidos como novos guerreiros. Porém, para Nihilus, essa era uma obrigação de Kylo. Nunca houve um membro do clã Ren em toda a sua história que não tenha se iniciado como guerreiro assim que completou a maioridade. A cobrança era alta. Kylo já sabia qual seria sua promessa de sangue: deixar Mandalore para explorar o mundo, ouvir outras histórias, outras culturas e aventurar-se rumo ao desconhecido.

- Venha, será o seu último treino. Não me decepcione hoje. - Disse Nihilus, com uma entonação grave e um olhar que julgava Kylo da cabeça aos pés. Nihilus sempre cobrou muito de Kylo, não aceitava erros, não aceitava falhas, sempre cobrou a perfeição. Embora nem sempre tenha conseguido extraí-la de Kylo.

Kylo assentiu com a cabeça, acompanhando-o. Os treinos costumavam ocorrer na orla da porção sul de Mandalore, adjacente ao oceano. O céu encontrava-se límpido, com inúmeras gaivotas pintalgando a amplidão daquele horizonte cerúleo. A brisa oceânica suscitava um zéfiro fresco à Mandalore, balouçando às madeixas negras de Kylo. Mais uma vez, Kylo encontrava-se disperso, atentando-se com aquela amplidão azul e salgada pronta para ser descoberta.

- Errado. Mais uma vez, como já disse mil vezes, sempre mantenha seus olhos em seu oponente. - Vociferou Nihilus, acertando o antebraço de Kylo com a espada de treino. Kylo reclamou da dor do impacto, retrocedendo passos para trás, despertando. Mas Nihilus não deu brecha, permaneceu avançando, acompanhando o recuo de Kylo.

- Sua postura está errada, erga a espada e mantenha-na rente ao peito. Seus olhos o enganam, não confie neles, confie em seu instinto. Os pés, arrume os pés! - Prosseguiria Nihilus, apontando falha por falha, enquanto Kylo custava para corrigir seus erros e acompanhar os passos do pai, sempre defendendo-se, sempre retrocedendo.

- Aí estão vocês! O quê estão esperando? A cerimônia no Grande Templo já está quase começando. - Interviu Rey, mãe de Kylo. Era, assim como Nihilus, uma grande guerreira, mas que já havia cumprido sua promessa de sangue. Não necessitava mais de armas, muito menos de sua máscara de guerra. Esse era o caminho.

Caído no chão, Kylo sorriu à mãe, balançando seus cabelos negros repletos de areia devido às suas sucessivas quedas no chão. Ergueu-se, dando bofetadas para retirar o acúmulo de areia de sua indumentária, entregando sua espada de treino para Nihilus.

- Você não está pronto... - Bufou Nihilus, observando-o por detrás de sua máscara laranja com um padrão de espirais que incindiam sobre o seu olho esquerdo, vermelho como sangue. Apanhando a espada de treino da mão de Kylo, Nihilus sentiu o conforto do abraço de Rey em suas costas, com um beijo amável no canto de sua máscara.

- Você cobra muito dele, querido.. Vá, Kylo. Tudo dará certo, estamos logo atrás de você. - Falou Rey com uma voz agradável e doce, despedindo-se de Kylo e despachando-o para o Grande Templo. Kylo sorriu, estava confiante, era certo que não havia focado o tanto quanto era cobrado por seu pai, mas ainda assim, acreditava que estava preparado. Deixando-os para trás, Kylo correu em direção ao Grande Templo, uma enorme construção de eras passadas que encontrava-se no meio de Mandalore Island. Uma área neutra, aonde a guerra não alcançava.

Todas as grandes famílias se reuniam durante a cerimônia anual para a ascensão de novos guerreiros. Havia um enorme púlpito de pedra, aonde encontrava-se o Grão-Acólito, atrás dele, cinco cadeiras, aonde encontravam-se os chefes das Cinco Famílias. Nihilus, estava lá, ao lado de seu suserano. Atrás de todos e talhada em uma enorme pedra corroída pelas intempéries do tempo, haviam instruções em uma língua antiga. O Grão-Acólito sempre afirmou que aquelas eram palavras deixadas pelos primeiros mandalorianos, embora nunca as tenha decifrado de verdade. Kylo não sabia disso na época, mas aquelas eram instruções, pistas sobre os poneglyphs. Na verdade, ninguém sabia. Ninguém poderia imaginar o que aquilo traria.

Kylo nunca concluiu sua iniciação como guerreiro mandaloriano naquele fatídico dia. Não tardou muito para começarem às explosões e os sons de bala de canhão zunirem pelos céus. Horror e destruição. O Templo Sagrado foi o primeiro a ser atingido, às principais lideranças de Mandalore encontravam-se lá. Foi um ataque extremamente calculado, aliás, começou de dentro para fora. O Governo sabia que não haveriam resistências por lá, afinal o templo é extremamente sagrado, o uso de armas não é permitido e sua entrada é negada. Ren nunca soube com precisão quem eram os infiltrados, uma parte do público talvez, ou membros das Cinco Famílias, mas fato é que às explosões começaram de dentro do Grande Templo.

O lado esquerdo de seu rosto chamejava, arrancando-lhe uma lamúria proveniente de uma dor extremamente intensa. Ren não estava totalmente desacordado, mas lembra-se muito pouco de seu percurso do Templo Sagrado até a praia. É claro, os sons de morte e destruição, esses sons eram muito bem audíveis por ele e Kylo nunca os esqueceu da memória. Durante a confusão que instaurou-se no Grande Templo, Kylo fora atingido por estilhaços vindos da implosão de estruturas do templo, desacordando e ferindo-se gravemente, principalmente na porção esquerda do seu rosto. Sua única lembrança era a de seu pai. Nihilus Ren.

Com Kylo nos braços, Nihilus o carregou até a praia, na orla sul de Mandalore, aonde costumavam treinar juntos. O fogo consumia a ilha por inteiro, Kylo nunca soube como o seu pai conseguiu trazê-lo nos braços do templo até a praia, mas certamente foi com muito esforço, enfrentando inúmeros obstáculos. Nihilus estava extremamente ferido, com inúmeros cortes em seu peito e hematomas por todo o seu corpo. Mas ele continuava com a sua máscara, intocável como sempre. Kylo nunca viu o rosto do pai. Sua mãe, Rey, estava mais à frente próxima ao litoral, preparando um bote.

- Kylo, meu filho, ouça-me bem. Sobreviva. Você é um verdadeiro guerreiro mandaloriano, mil gerações vivem em você agora. - Disse Nihilus, com um notório pesar na entonação de sua voz. Os ferimentos cobravam o seu preço daquele velho guerreiro. Custando para conseguir manter-se de pé, Nihilous levou Kylo até o bote com o auxílio de Rey.

- M-Minha promessa está cumprida, eu posso descansar agora... - Murmurou Nihilus à Kylo, retirando a sua máscara de guerra e colocando-a no bote junto com Kylo. Nihilus a manteve por dezoito anos, mesmo enfrentando inúmeros conflitos e guerras entre famílias, ninguém jamais viu o seu rosto durante esses dezoito anos. Esse é o caminho de um verdadeiro mandaloriano. O mais triste da história é que Kylo não consegue se lembrar do verdadeiro rosto de seu pai. Naquela frase proferida por Nihilus, Kylo compreendeu que a promessa de sangue de seu pai foi a de protegê-lo e dar à vida por seu ele. Por isso o seu pai o cobrava tanto nos treinos.

- Eles estão vindo, vamos Nihilus! Kylo, não se preocupe, nós estamos logo atrás de você.. -  Vociferou Rey, apressando-se para empurrar o bote para a água e retirá-lo da areia. Ele era velho e remendando, não havia espaço para mais de uma pessoa, o próprio Kylo quase não cabia nele. Nesse momento, Kylo perdeu a consciência. Nos pouquíssimos resquícios desse momento em sua memória, Kylo recorda-se apenas o barulho do clangor de aço contra aço, o retinir metálico de espada contra espada. Depois disso, o silêncio.
Alto-Mar, 4 anos atrás

Trilha Sonora:
 

Gaivotas. Ondas chocando-se contra o casco da embarcação. A porção esquerda do rosto de Kylo encontrava-se enfaixada. Por sorte, Kylo foi encontrado por um grupo de mercadores que trataram os seus ferimentos. O céu noturno estendia-se por todo o horizonte, com inúmeras estrelas fúlgidas pintalgando a amplidão daquele véu negro. A noite havia caído. Apenas um pequeno lampião iluminava o cômodo de Kylo, deixando-o quase na escuridão, a não ser por aquela pequena faixa de luz. O garoto nunca antes havia estado em alto-mar e portanto, às náuseas eram constantes. Mas esse era o menor de seus problemas.

As memórias vinham como pontapés em sua barriga, com dificuldades para situar-se naquele lugar desconhecido, Kylo pouco à pouco compreendia o que havia se passado. Na mesa onde encontrava-se o lampião, no seu lado esquerdo, estava também a máscara de seu pai. E então Kylo sentiu. Era uma escuridão profunda que começou a crescer em seu âmago e consumi-lo por dentro, uma força inexplicável. O ódio. O Grão-Acólito sempre falou que quando um mandaloriano presencia uma cena extraordinária de dor e amargura, desperta-se um mal incontrolável. É a maldição mandaloriana. Ela o consome, até destruí-lo por completo, por isso Mandalore Island é uma terra de guerras sem fim.

Esqueceu-se da dor que ainda afligia o seu corpo, aproximando-se da mesa à sua esquerda, ainda que com dificuldades. Possuído pelo ódio da perda, Kylo efetuou um abrupto tapão contra o lampião que iluminava o seu cômodo, chocando-o contra o chão, espalhando estilhaços de vidro e extinguindo a sua flâmula. Apanhando um dos estilhaços e sem pestanejar, Kylo estendeu a sua mão, efetuando um corte rápido e absterso. Esse é o caminho. Aquele era o momento de fazê-lo, aquele era o momento de direcionar o seu ódio, a sua raiva.

- Eu prometo destruir o Governo Mundial.. - Sibilou com uma voz afônica e sem vida, mas cheia de verdade. E então apanhou a máscara de guerra de seu pai, colocando-a. A promessa de sangue havia sido feita, Kylo estava iniciado como um guerreiro mandaloriano. Em sua pequena e improvisada cerimônia, solitário naquele cômodo banhado pela escuridão, mil gerações o observavam e nele despejavam a sua fé e esperança de que o seu legado teria continuidade.

Briss Kingdom, atualidade

Continua...


~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~


Vantagens:

• Aceleração (2)
Você consegue atingir sua velocidade máxima de forma mais rápida. Esta vantagem acrescenta vantagem em situações de perseguição, fuga e esquiva em velocidade. Isso quer dizer que você pode mover-se em velocidade máxima e agir desde início do seu movimento.

• Temperamento Calmo (1)
Você é naturalmente calmo e dificilmente perde o controle; fazendo o seu personagem ser um mestre ao lidar com situações tensas e de difícil resolução.

• Visão Aguçada (2)
Sua visão é claramente superior à das outras pessoas, consegue ver mais longe e com mais detalhes que alguém normal.

Desvantagens:

• Devoção (1)
Você é devotado a um dever sagrado, uma grande missão ou uma profunda obsessão. Sua vida é dedicada a cumprir esse dever, e nada mais importa. Os jogadores que possuírem essa desvantagem terão na avaliação de suas aventuras uma análise interpretativa, na qual será avaliada as tentativas de se aproximar de sua devoção.
Citação :
Destruir completamente o Governo Mundial.

• Monstruoso (2)
Sua aparência é repulsiva e assustadora. Você não pode sair pelas ruas como gente normal; as pessoas ficarão assustadas ou furiosas. Todos que possuem esta desvantagem, podem esconder sua monstruosidade com roupas adequadas.
Citação :
O lado esquerdo de seu rosto é dominado por uma terrível cicatriz semelhante a profundas rugas que preenchem completamente essa parcela de sua face. É como se essa porção de seu rosto fosse extremamente envelhecida e encarquilhada, destoando completamente do restante de seu rosto. O contraste gerado é chocante à primeira vista, como se houvessem dois rostos em um só, com uma diferença de inúmeras gerações de um para o outro.   

~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~


PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

~ AVENTURAS CONCLUÍDAS ~

------------------

Link da ficha anterior ou da Mini-Aventura concluída: https://www.onepiecerpg.com/t45015-mini-aventura-kylo-ren#405311

____________________________________________________


Kylo Ren 7LY2nsS

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kylo
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Kylo

Créditos : 4
Warn : Kylo Ren 10010
Data de inscrição : 24/12/2019

Kylo Ren Empty
MensagemAssunto: Re: Kylo Ren   Kylo Ren EmptyQui 13 Fev 2020, 00:58

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 49
Warn : Kylo Ren 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

Kylo Ren Empty
MensagemAssunto: Re: Kylo Ren   Kylo Ren EmptyQui 13 Fev 2020, 19:30

~Ficha Excluída~

____________________________________________________


Kylo Ren KJbVkzo
~Ficha|Aventura~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

Kylo Ren ObLkbM2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Kylo Ren Empty
MensagemAssunto: Re: Kylo Ren   Kylo Ren Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Kylo Ren
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Criação de Personagens :: Fichas Excluídas !-
Ir para: