One Piece RPG
I - A Match Made In Heaven - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» The Victory Promise
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 00:42

» Momoko Yuki
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:49

» [Ficha] Joe Blow
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:46

» Akira Suzuki
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Ceji Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:17

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Licia Ontem à(s) 22:44

» Uriel Seraphim
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 21:25

» Sorte ou Azar? Uma Ascensão Pirata!
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 21:13

» Cap IX ~ Esperança ~
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Alek Ontem à(s) 21:06

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Alê Ontem à(s) 21:00

» Pedido de Kit Drake
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 20:58

» Azura V. Pendragon
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 20:51

» Hello darkness my old friend...
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Alek Ontem à(s) 20:29

» Livro Um: Graduação
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:26

» ||Tesouro|| Ambição dos vadios - Down Island
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 20:26

» ~ Mudanças Importantes ~
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 20:21

» Que se ascenda o fogo!
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Tensei Ontem à(s) 19:47

» The One Above All - Ato 2
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:26

» Bell Farest
I - A Match Made In Heaven - Página 5 Emptypor Far Ontem à(s) 19:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - A Match Made In Heaven

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptySex 27 Dez 2019, 16:25

Relembrando a primeira mensagem :

I - A Match Made In Heaven

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Giannina Salieri. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Dante
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 30/03/2013

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptySex 24 Abr 2020, 15:35

Trabalhando com o pouco que tinham, era fácil dizer que Nina era apenas mais um ponto dentro daquele mapa quando o abriu. Apesar de ser apenas um mapa do bairro em que estavam, a anã serviria de compasso ali, podendo até andar por cima se quisesse olhar com mais atenção nos locais, embora não fosse de fato mudar muito a resolução final dos fatos. - Então... É na fazenda? Por que tanta certeza? - Disse ligeiramente curioso, quase gaguejando como de costume e, embora tivesse se dado o trabalho de perguntar, sequer recebera uma resposta de Nina que permanecia convicta andando com sua Lhama ao lado carregada de um semblante despretensioso. - Pra fazenda então. - E o caminho se seguiu, passando perto da esquina rolou até um "mal encarado" entre o gigante e um dos peixes que trajava uma fedora sobre sua cabeça. Depois de alguns segundos olhando em seus olhos, fraquejou e retomou sua atenção para seus companheiros, não aguentando a aura do gigante.

Enquanto caminhavam na direção da fazenda, podiam notar que o fluxo de pessoas que já não era tanto, diminuía mais e mais, e por consequência, a quantidade de peixes que viam em seu caminho também. Nem era preciso dizer que além disso: O número de evidências, pistas ou símbolos que procuravam, decaía frustrantemente. Chegando na fazenda, podiam notar que ela já era um pouco mais afastada da área urbanizada, tendo nenhuma vizinhança por perto. Havia um grande cercado de madeira e dentro dele, campo alto, deixando claro que ninguém trabalhava ali há um bom tempo e por último, a casa e o galpão em si, ambos com uma aparência um tanto decadente esbanjando uma mensagem clara na madeira que os compunha: Velho.

Caindo aos pedaços.

- Só consigo ver mato. - Respondeu o urso para Nina.

Sem qualquer sinal de vida, racional ou irracional, prosseguiam para dentro limitando-se a ver somente um monte de poeira, teias de aranha nas extremidades do teto e um monte de palha no canto do galpão que possuía dois andares, com uma escadinha ao final que levava para mais um monte de feno. A única pessoa que ficava realmente contente com isso era Jeje, que acabava por mastigar mais um pouco enquanto os outros poderiam se entreolhar com cara de tacho.

Deixando a frustração de lado, retornavam para o bar sem mais delongas. Algo que talvez devessem ter feito desde o início, como em todo filme western clichê. De maneira totalmente desinibida, Nina chegava de seu jeito pomposo - bastante discreto devido ao tamanho quase imperceptível - assustando um pouco o barman. Em primeiro momento, pensou estar ouvindo vozes, até que percebeu a pequenina falando consigo. - AH! É... Fala campeã! - Dizia de maneira meio confusa, provavelmente estava se perguntando se tinha visto alguém desse tamanho antes, e seu subconsciente claramente respondeu que não. Pois com certeza teria se lembrado de um gigante e uma baixinha.

Quando ela mostrou o símbolo da família, seu semblante ficou ainda mais espantado levantando os poucos fios de cabelo negro que tinha naquela cabeça pálida. Desnorteado por alguns segundos, ficou boquiaberto e antes mesmo de pensar em dizer algo pareceu se abaixar próximo do balcão, sendo recebido por mais um susto da anã que sacava seu revólver e apontava pra ele, deixando o mesmo imóvel. — Fica frio aí!! — Bradou em tom de comando, mas todos no bar pareciam se desesperar com essa situação. Quando outro em uma mesa próximo se levantou e estava prestes a sacar sua arma, foi recebido pelo reflexo da anã que tomou a iniciativa e congelou mais um na cena. — Eu disse fica frio aí!!! — Antes que qualquer outro grupo quisesse sabotá-la, Merus tomava a dianteira e pulava em cima de uma mesa quebrando ela na mesma hora com seu peso colossal. O olhar assustador que emitia para eles fazia com que todos tremessem, e uns, em sua oportunidade, saíssem correndo. Especialmente um peixe com pernas, esse que mostrava-se mais amedrontado que todos os outros. Noddles que estava procurando pelas caixas saia correndo na direção dele, enquanto Jeje parecia estar olhando tudo calmamente, fazendo um sinal negativo com a cabeça ao final. - SÓ PEGA LOGO AQUELE CARA, ELE NÃO ME PAGOU NADA PRA ALGO TÃO PERIGOSO ASSIM! - Gritou as informações desesperado depois de soltar algo pesado no chão de madeira e levantar ambas as mãos. - VI, V-VI TÁ BEM LONGE DO MEU BAR! - Respondeu quando perguntado sobre os cartazes.

Se corressem atrás, certamente veriam que o urso tinha seu caminho interceptado pela gangue de peixes que estava parada na esquina mais cedo, enquanto o último todo engravatado continuava correndo pra uma direção ainda mais urbanizada ao fundo. - Ahhh... Poxa cara deixa eu passar aí, sério mesmo mó trabalheira pra chegar até aqui. Faz o favor. - Soltou sem problemas tudo que estava pensando para fora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyTer 28 Abr 2020, 11:58

Merus

I - A Match Made In Heaven


A anã fazia o trabalho de conseguir as informações que precisávamos, e com o desenrolar das coisas no bar, acabávamos por ter uma reação em especifico bem interessante de um peixe fedorento. “Hora da caça...” eu pensava, com um sorriso malicioso no rosto, já me animando em correr atrás daquele verme. Tentando não dar tempo de reação a bolinha laranja, eu a pegaria, junto de sua mascote, e colocaria ambas sobre minha cabeça, para que tivessem o que segurar. – Se não quiser morrer, se segura... – Diria, me preparando pra uma corrida, flexionando minha perna direita para trás e inclinando a parte superior do meu corpo. Depois de alguns segundo dispararia na direção que aquele peixe maldito fugiu.

No meio do caminho encontrávamos o urso que nos acompanhava, e da mesma forma que tinha feito na ponte com os mafiosos, à medida que ia chegando mais e mais perto dele, flexionaria o meu corpo a fim de pega-lo, e ainda assim manter o impulso da corrida, para que assim passássemos pelos peixes sem ter que parar a corrida. Tentaria como um bônus depois de pegar o urso, pisar em algum dos vermes que nos interrompiam, e assim, independente de ter conseguido pisar em algum deles ou não, continuaria, tentando chegar ao peixe que perseguia.

Usaria minha boa visão e as habilidades de rastreio que Erick me ensinou para me certificar de que seguia o maldito certo, e assim que o encontrasse, daria um salto, dessa vez sem a intenção de matar imediatamente, mas sim, de fazer um impacto para assustar o peixe nojento, e até mesmo fazer o seu corpo deplorável cair no chão. Se tudo acontecesse de acordo, colocaria o urso, a anã, e aquele bicho que ela tem de mascote no chão, e deixava que eles fizessem o resto.

Ficaria de olho no caminho que tínhamos vindo, pois se aqueles peixes que bloqueavam o caminho do urso realmente se importavam com nossa entrada ali, eles certamente viriam em nossa direção, e pensando nisso, eu prepararia uma corrida para pega-los de surpresa. E no instante que confirmasse a presença deles, correria em sua direção, dessa vez não para dar um salto, e sim um forte chute na direção deles, levando minha perna pra trás e impulsionando com força pra frente, com o intuito de pegar pelo menos um dos malditos e mandar pra lua.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Dados:
 

Objetivos:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
War
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
War

Créditos : 1
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2015
Idade : 25
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyQua 29 Abr 2020, 11:45



Nothing Personal


O excêntrico grupo tinha mais sucesso em sua busca ao questionar o bartender, que não precisava de muito para quebrar o silêncio. Não que isso surpreendesse a pequena de pavio curto, afinal, poucos resistiam à sua persuasão — Merus…! — exclamava rapidamente assim que o percebia o homem peixe fugindo. Pretendia ordenar que o gigante a pegasse para perseguir o meliante, mas sem nem precisar o montanha prontamente lhe acomodava no topo da sua cabeça e saía em disparada — GIAHAHAHA!! — gargalhava enquanto guardava uma de suas armas no coldre para que pudesse agarrar uma mecha do cabelo do homem — Aguenta aí, Jeje, gihahaha!! — continuava rindo indicando para que ela mordesse o cabelo do gigante para não sair voando.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


De alto da cabeça de Merus, a pequena anã ( ͡° ͜ʖ ͡°) avistava Noddles em apuros, sendo parado por um grupo de peixes — Quantos você acha que eu acerto? — comentaria com um sorriso suspeito para Jeje, tomando mira com a arma que ainda empunhava e disparando uma vez na direção de cada peixe que estivesse cercando Noddles. Se errasse algum dos tiros - ou acertasse Noddles sem querer - daria alguns pisões em Merus — Para de se mexer tanto, olha o que você fez!! — bradaria culpando o gigante pelo péssimo resultado. — Foi culpa dele. — diria para Noddles, caso o gigante conseguisse apanhar o urso do chão e o colocasse junto delas, expressando uma cara de desgosto pela atitude do montanha.

Assim que Merus encontrasse o peixe, daria alguns disparos na sua direção, tentando desestabilizá-lo para facilitar o trabalho do gigante. — Cospe nele!! — ordenaria à Jeje, caso o gigante alcançasse o peixe fujão e interrompesse a sua fuga, imaginando que, após precisar morder o cabelo de Merus, precisasse dar umas boas cuspidas — E você! — exclamaria em seguida, rapidamente puxando o gatilho do revólver e disparando na perna - ou seria nadadeira? - do escamoso — Por que fugiu? Eu não tenho nenhum filho chamado Nemo pra correr atrás de peixe! — pronunciaria de maneira indignada, mesmo que não tivesse corrido meio metro. Com a outra perna do peixe em sua mira, daria uma boa olhada no seu rosto para assegurar se ele era o mesmo do cartaz de procurado ou não. Se tratando do mesmo peixe do cartaz, alvejaria a outra perna, para diminuir as chances de uma nova escapada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


— Noddles!! Quem é esse aí? — indagaria caso percebesse não ser o procurado - e caso o urso estivesse junto -. Independentemente da resposta do urso, aproximaria os cartazes de procurado do homem-peixe — O que você sabe sobre esses dois? — perguntaria encarando-o intensamente — E se lembre que eu ainda tenho várias balas sobrando... — intimidaria dando uma rápida chacoalhada no revólver como forma de incentivo — E o que você sabe sobre as mercadorias do Noddles aqui? — completaria, imaginando que não precisasse especificar do que estava falando.

Não se preocuparia com a aproximação de terceiros enquanto estivesse falando com o peixe, esperando que Merus fosse impedir que eles chegassem perto o suficiente para lhe causar problemas. Entretanto, caso percebesse alguém passando pelo gigante, tomaria a sua segunda arma em mãos para disparar na direção de quem estivesse investindo, tentando frear o seu avanço, porém sem perder o homem-peixe que estava interrogando da mira. Caso já houvesse obtido todas as respostas, não se importaria caso o peixe tentasse fugir - se é que ainda conseguisse - e focaria naqueles que estivessem tentando avançar contra ela e o seu grupo.

Histórico:
 

Personagem:
 


It's Just Business



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]           [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


ID:
 

R.I.P. in Pieces:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyDom 03 Maio 2020, 01:06

De modo eufórico o conflito iniciava-se sem qualquer enrolação. O gigante tomava a dianteira colocando os pequenos em sua cabeça enquanto Jeje sequer segurava-se, apenas se agachava de modo a colocar seu pouco peso na cabeça de Merus gerando equilíbrio enquanto mastigava ainda o que havia encontrado na fazenda abandonada. Estava aproveitando ao máximo o passeio, a indicar pela sua cara de plena tranquilidade enquanto toda aquela loucura acontecia. — Quantos você acha que eu acerto? — Comentou a anã, enquanto que a lhama apenas limitava-se a responder com um sorriso tranquilo em sua face, com a boca ocupada.

Sem dificuldade, Nina acertava o ombro de um e o peito de outro peixe, fazendo o que usava uma fedora derrubá-la ao chão devido ao impacto e balanço de seu corpo. A gravidade o chamava para o chão, e seu espírito não recusava o pedido, mas três deles continuavam de pé. No balanço dos tremores que afundavam o pedregulho com seu peso nada sútil, locomovia-se Merus com certo desengonço e um pouco de lerdeza, mas enfim chegava perto do grupo e, logo depois do urso acertar uma patada num dos peixes, pegava-o e assim prosseguiam no embarque.

Apesar dele ser mais lento que o peixe, conseguia facilmente seguir seu rastro graças às suas habilidades. Depois de virar duas esquinas perseguindo vestígios derrubados e farejando o medo, conseguia ver o peixe colocando ambas as mãos no joelho respirando ofegantemente. Ouvindo os passos pesados do gigante ele virava-se com medo, recebendo um tiro na perna na sequência sem que pudesse reagir. Não obstante, sua cara era encharcada por algo gosmento e nada cheiroso: Cuspe. Jeje apenas levantava seu pescoço ao máximo depois desse feito, esbanjando desprezo para o homem enquanto olhava para o céu com preguiça.

Eh… Sabe como é, não vou conseguir responder nenhuma pergunta se eu estiver morto. Hehe. - Disse o peixe, tocando em sua perna e fazendo uma expressão um tanto perceptível de dor. Parecia estar bem confiante de sua saúde, na verdade. E não reagia muito as ameaças.

Ele se parecia bastante com o peixe do cartaz, mas a anã ainda não tinha total certeza. - Não reconheço muito bem… Parece só mais um desses peixes arruaceiros. - Para eles, todos aqueles peixes pareciam iguais, terem as mesmas feições e expressões. Quando Nina indagou sobre os cartazes, seu olhar vacilou por um curto momento, mas logo retornava seu sorriso provocativo. - Quem, eu? Não sei nada desses louco aí não. Nem do bichinho de pelúcia. - Disse de maneira despreocupada, abrindo ainda mais o sorriso. Por um momento, podia ouvir Merus lá atrás mandando um peixe vários metros para o além, com o impacto final na água fazendo-o ir direto pro mar.


Ele dormia com seus semelhantes agora, no entanto, mais quatro estavam ocupando o gigante, e um deles atirou em sua perna perfurando-a. - Aí aí, mais essa. - Noddles prontamente foi correndo ajudá-lo, levantando seus punhos e rugindo. Eles não passariam dali, mas, Nina claramente podia ver outros vindo na sua frente, atrás do peixe que havia rendido. Três especificamente. Um deles trajava um chapéu de cowboy e utilizava dois revólveres também, mas antes de qualquer apresentação recebera um tiro na perna da anã que se preparou. - Ugh, eu odeio esses mimadinhos metidos. Não sabem nada sobre como funcionam as ruas. - Terminou, já disparando de volta na direção da anã. Claro, ele fez três disparos rápidos, mas o tamanho da mesma lhe ajudava e muito. Só que ficar parada não era bem uma boa ideia, o que lhe rendeu um tiro de raspão na bochecha que abriu um corte e ainda por cima lhe levou uma mecha de cabelo. - Odeio mosquitos. - Disse sorrindo enquanto andava calmamente na direção do peixe caído no chão com os tiros em suas pernas.

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
War
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
War

Créditos : 1
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2015
Idade : 25
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyQui 07 Maio 2020, 00:14



Nothing Personal


O peixe estatelado à frente de Nina se mostrava tão inútil que até mesmo o dedo da anã começava a coçar, mas o rápido vacilo em seus olhos não passavam despercebidos pela garota "Hmmm…" matutava ligeiramente, começando a duvidar se o peixe realmente era tão imprestável quanto demonstrava ser.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Antes que pudesse seguir em frente era interrompida pela aparição de ainda mais peixes — Isso parece uma feira... — exclamava insatisfeita com a interrupção. Recebia os meliantes com tiros, conseguindo acertar a perna de um, mas um dos escamosos retribuía a recepção da anã na mesma moeda, acertando-a na bochecha, causando um pequeno corte e arrancando uma mecha de seu cabelo — Tsc! A baleia da tua mãe não te ensinou que o cabelo de uma mulher é sagrado?! — vociferava procurando por um lugar onde pudesse sair da linha de tiro — Enquanto isso... — comentaria rapidamente — Não saia daí, gihaha! — completaria disparando na outra perna do peixe sorridente caído à sua frente, esperando que pudesse falar com ele novamente.

— Jeje, se protege em algum lugar! — ordenaria à sua colega enquanto fazia o mesmo "Eles devem dar conta sem a gente..." ponderaria sobre Merus e Noddles, colocando toda a sua atenção nos três peixes que se aproximavam. Assumindo posição no primeiro lugar que encontrasse para se proteger, faria uma rápida análise do local, para que pudesse ter uma melhor noção de como se valer do terreno e utilizá-lo a seu favor.

— Yo! Vocês são procurados também? — perguntaria descaradamente, embora não tivesse interesse na resposta, apenas tentava distraí-los rapidamente enquanto observava para além de seu esconderijo, tentando se manter atualizada da posição dos peixes. Caso conseguisse avistá-los, se recolheria atrás de sua proteção, prevendo possíveis tiros em sua direção. Esperando até que cessassem, sairia rapidamente - e apenas parcialmente - para que pudesse descarregar o seu revólver nos três patifes, realizando dois disparos na direção de cada um.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Em seguida - ou caso não conseguisse avistá-los de início - saltaria até o próximo ponto de refúgio, evitando correr de maneira linear e de permanecer no mesmo lugar por muito tempo. Assim que tomasse sua nova posição destravaria o seu revólver para deixar os cartuchos vazios saírem e substituí-los com novos projéteis. — Se vocês desistirem agora, poderão continuar vivos e aproveitar a aposentadoria algum dia, gihahaha!! — provocaria esperando pelo momento certo para que iniciasse um novo ataque. Dessa vez focaria seus disparos em quem estivesse mais próximo de si ou do peixe que estava interrogando, puxando em sequência o gatilho de sua arma por três vezes, tomando o torso do pilantra como alvo principal, de modo que não fosse exigida tanta precisão para conseguir um acerto.

Esperava que, caso conseguisse acertar quem estivesse na frente, os outros dois hesitassem por alguns momentos, situação que tomaria proveito para novamente puxar o gatilho de seu revólver, dessa vez com os dois em sua mira. Se fosse necessário, aproveitaria para trocar novamente de posição, de preferência para algum ponto que lhe desse alguma vantagem. Procuraria por novas indicações no cenário que lhe ajudassem, como estruturas que pudesse utilizar tanto para se defender, como para causar algum dano às sardinhas.

Histórico:
 

Personagem:
 


It's Just Business



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]           [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


ID:
 

R.I.P. in Pieces:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptySab 09 Maio 2020, 11:38

Merus

I - A Match Made In Heaven


"MAS QUE GOLAÇO!!!" A maldita voz dizia depois que eu chutava um dos peixes para longe. "O que diabos é um golaço?" eu o indagava, "Tu nunca compreenderia..." ele respondia com uma voz frustrada.

Depois de chegar na posição do alvo, como previsto, mais daqueles peixes nojentos se aproximavam, e um até tinha a audácia de tentar me ferir com aquela piada que eles chamam de arma de fogo, é claro, que pela ousadia, isso me deixava mais mal-humorado do que eu estava antes. Em um impulso de raiva, eu dizia, bem alto, para que todos aqueles peixes ouvissem. – ESCUTEM AQUI, SEUS DESGRAÇADOS DE MERDA...! – Começaria a gritar, batendo a perna com força no chão, para que o tremor os deixasse em choque. – SE NÃO QUISEREM MORRER QUE NEM OS BIXOS IMUNDOS QUE VOCÊS SÃO, TIREM SUAS BUNDAS NOJENTAS DAQUI, OU EU MESMO VOU GARANTIR QUE ELAS ESTEJAM BEM LONGE!! – Completaria, olhando no fundo dos olhos de cada um deles, fazendo-os lembrar do companheiro deles que foi mandado para o além.

Se os malditos peixes ainda tivessem a audácia de ficar, garantiria que eles tivessem uma experiência traumática, e pra alguns deles, uma ultima experiência de vida. Usaria minha velocidade para me aproximar rapidamente do grupo de peixes cujo um dos nojentos tinha me atirado, e com as duas mãos, socaria o chão, com o objetivo não só de desestabiliza-los, mas também para esmagar pelo menos um deles no chão, é claro que se pegasse mais de um nesse golpe, seria perfeito, mas o que vinha depois era muito mais interessante.

Pegaria um dos peixes, e já em pé, fecharia minha mão com força, lentamente o fazendo sofrer e lentamente aumentando a força, até que fosse o suficiente para mata-lo. A intenção era fazer os outros tremerem de medo com seus gritos, enquanto eliminava um inimigo no processo. Depois disso, se ainda houvesse inimigos pela área, me certificaria de correr até eles, e tentar elimina-los com pisadas. É claro, não atacaria o peixe que tínhamos perseguido, afinal, se ele morresse, toda essa luta seria inútil.
Dados:
 

Objetivos:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyQui 14 Maio 2020, 02:36

Sem tempo para mais delongas, davam início aos seus movimentos num combate que já havia iniciado. Indo ao reforço de seu amigo gigante chegava o urso mordendo um dos peixes que ele pegava por trás, sentindo o gostinho do atum, não deixando de esbanjar o prazer que tinha nisso. Estranhamente, peixes ainda continuavam tendo o gosto de peixes… E bem, ursos gostavam deles crus mesmo. O gigante pisou com força e tentou mais uma vez quebrar seus espíritos, mas suas guelras já estavam preparadas para isso(ainda que alguns deles hesitassem). Isso lhe deu um tempo para chegar com rapidez até eles e descer seu braço sem dó, rachando o chão com o peixe que estava cravado em cima do concreto. Apesar disso, os outros dois que sobraram tomaram vantagem e um foi direto na costela de Merus abrindo um corte horizontal com espada enquanto ele estava abaixado, e o outro tentava acertar o urso sem muito sucesso. Já que tudo que ele fazia, era acertar seu aliado que estava sendo mordido e agora, usado de escudo contra estocadas.

O gigante sentia seu tronco arder onde havia sido arranhado, mas não era algo que o faria parar. Não obstante amassou o peixe ousado que sequer conseguia resgatar forças em suas cordas para gritar. O outro simplesmente via aquela cena e o barulho dos ossos e saia correndo enquanto tinha chance. - Esses caras são mais loucos que o próprio Dom Corleone, eu prefiro continuar com meu corpo inteiro! - O urso e o gigante ainda podiam ver que mais a frente estavam na linha de fogo de dois pistoleiros, felizmente parados por Nina que disparava na perna não mais intacta do peixe caído que só gritava.

A anã corria para o primeiro beco à sua direita, ficando coberta das balas que rasgavam o ar bem próximas de sua orelha. Encostada na parede, podia ver que haviam mais algumas caixas grandes na outra borda da rua que deixou, pouco antes de dar pro mar. A rua estava praticamente vazia, com exceção dos dois peixes pistoleiros e os outros três sem armas que pareciam estar esperando o momento oportuno para resgatar seu aliado. - Como assim procurado? Não, na verdade somos nós quem encontramos as coisas por aqui. - Disse de maneira descontraída, deixando escapar um sorriso desprezível. A rua era estreita, e o beco que ela estava não tinha saída para outro lugar. Fora as caixas do outro lado da rua, aquele era o único ângulo com cobertura. Seria difícil pros grandões mais atrás, mas ela ainda podia se virar, e foi o que fez quando atirou duas vezes na direção dos atiradores, acertando o ombro de um deles. - É assim que os playboyzinhos da sua vila atiram? Não podia esperar por mais. - Urrou, descarregando o pente e dando a deixa para Nina correr até as caixas, vendo que eles se aproximavam mais e mais. Eram cinco no total.

Esvaziou o pente, e realocou as balas.

Assim que tentou retomar os tiros, foi recebida com uma rajada que assassinou o silêncio. Eles não pareciam querer deixá-la sair de sua cobertura de forma alguma, quebrando suas oportunidades e se aproximando neste tempo. Enquanto isso Merus estava parado lá atrás vendo tudo, e Nodd fez questão de arrastá-lo pro canto para não serem atingidos.

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyQua 20 Maio 2020, 17:08

Merus

I - A Match Made In Heaven


Terminava aquilo que nem podia ser chamado de “Luta” de forma rápida, apesar de ter recebido um corte irritante, não precisava me preocupar com um cortezinho feito por um daqueles peixes nojentos. Virando para o outro lado, percebia que a disparadora de balinhas estava tendo dificuldades com seus inimigos... “Por que será que eu não estou surpreso...?” Pensava com uma expressão de desdém.

Depois de observar por alguns minutos a reviravolta, decidia agir, para que o gnomo gangster não acabasse morrendo no tiroteio. Com um pequeno impulso, corria em direção aos peixes nojentos e dava um grande salto, mirando meus dois pés na área em que estavam parados. Se isso não os matasse, provavelmente era o suficiente para distrai-los por tempo o bastante para que a bolinha os finalizasse com tiros. “Serio, eu preciso de uma lança PRA ONTEM... Essa coisa de ficar pisando nesses vermes malditos já tá ficando chato...” eu pensaria enquanto fazia minha ação de combate. “A sola de tuas sandálias devem estar esplendidas com tanto sangue distinto! Quantos foram? Quatro? HE HE...” a maldita voz completava com um comentário grotesco.

Ignoraria o comentário e tentaria garantir que aquela luta terminasse ali. Caso algum dos malditos conseguisse escapar do meu salto e dos tiros da anã, pisaria em qualquer que fosse a direção que algum deles viesse a desviar. Correria e chutaria caso algum deles tentasse correr.

Depois que tudo tivesse terminado, diria para o urso que nos acompanhava. – Ai Urso, seja útil e procura o corpo desses merdinhas pra ver se acha algum dinheiro ou algo assim... – E enquanto isso, eu iria até o peixe que antes estávamos perseguindo, seguraria-o em minha mão, e então compararia com a imagem que estava nos dois cartazes de procurados que eu tinha no bolso. Caso sua aparência se mostrasse igual ao dos cartazes, colocaria o mesmo de volta ao chão: – Esse bosta ai é um dos que estávamos procurando... – Anunciaria sem esperar reação dos demais. Agora que tinha terminado minha parte de eliminar as ameaças, deixava que a anã e o urso fizessem o resto.

Dados:
 

Objetivos:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
War
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
War

Créditos : 1
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2015
Idade : 25
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptySex 22 Maio 2020, 13:27



Nothing Personal


A pequena estava em clara desvantagem, situação que não ocorria com frequência, mas isso não a impedia de aproveitar o momento, na verdade era isso apenas tornava as coisas mais interessantes para a loira — Playboy? Eu já corria descalça por essas ruas enquanto vocês ainda eram caviar, gihahahaha!! — retrucava após a salva de tiros efetuadas pelo Sr. Truta enquanto se reposicionava.

Com a sua nova tentativa de ataque frustrada, Nina recuava para trás de sua cobertura — Hey! Munição não é barata, não precisa atirar tanto! — provocava esperando por uma abertura que pudesse aproveitar. A chuva de tiros podia não ter lhe acertado, mas sem dúvidas havia lhe dado uma ideia. Não era exatamente boa ou engenhosa, mas era louca o suficiente para dar certo, o que soava como “perfeita” para a anã.

Daria uma rápida olhadela pelo canto da caixa, apenas para se certificar da posição de cada. Se disparos viessem em sua direção, esperaria encerrarem para dar início ao seu movimento. Primeiro checaria se estava com o revólver perfeitamente carregado, em seguida retiraria a sua capa e, assim que os tiros pausassem, a arremessaria para outro ponto de cobertura, simulando como se fosse ela mudando de posição. A ideia de ter a sua capa favorita perfurada não lhe agradava, mas a alternativa lhe agradava ainda menos.

Assim que os cinco retomassem os tiros - caso retomassem - contra o seu capuz, se apressaria para pegá-los desprevenidos. Efetuaria cinco dos seis disparos possíveis com o seu revólver, todos em sequência empunhando a arma com a mão direita e puxando o cão [peça que engatilha a arma] do revólver com a mão esquerda, buscando aumentar a velocidade dos tiros e diminuir o tempo de reação dos cincos, cada um com uma bala exclusiva para si.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Caso funcionasse e conseguisse imobilizar - ou ao menos impedir que continuassem atirando - sairia de trás da caixa para pegar o seu capuz, observando o quanto o mesmo havia sofrido, limpando o melhor que fosse possível para vesti-lo novamente — Vontade de comer sushi... — comentaria despretensiosamente recolocando a sua capa, observando o cardume para qualquer movimento suspeito.

Se alguém ainda continuasse avançando, retornaria rapidamente para trás da caixa  e tentaria observar com cuidado para julgar como havia mudado a sua situação - com sorte para melhor -. Se nesse meio tempo Merus aparecesse, aproveitaria a distração que ele - provavelmente - causaria para efetuar novos disparos contra aqueles que ainda estivessem apto para atacar, dessa vez sacando também o seu segundo revólver — Hey! Eu tinha eles exatamente onde eu queria! — reclamaria em meio aos tiros. Se isso fosse o suficiente para acabar encerrar o duelo, iria buscar o seu capuz - leia parágrafo anterior ( ͡° ͜ʖ ͡°)-.

— Jeje?! — chamaria a sua fiel companheira para confirmar que estava tudo bem com ela — Viu aquele último movimento? Genial, né? Gihahahaha!! — comentaria gargalhando enquanto simulava com os dedos um tiro na direção dos homem - ? - caídos. Se nenhum deles fossem um dos procurados, se aproximaria daquele que estava interrogando  até que fosse interrompida - caso ele ainda estivesse ali -.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


— Yo! — diria dando um chutinho de leve na perna do homem-peixe — Se sabe de alguma coisa, agora é a hora de falar… aproveita enquanto ainda consegue nadar. — comentaria despreocupadamente, retirando as cápsulas vazias do tambor de cada revólver e as substituindo com munição nova. — Conseguiu algo sobre as mercadorias, Noddles? Pode tentar mais uma vez com ele, ou com esses outros... — mencionaria por fim, caso o urso ainda não tivesse conseguido informações sobre o que procurava.

Histórico:
 

Personagem:
 


It's Just Business



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]           [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


ID:
 

R.I.P. in Pieces:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyDom 31 Maio 2020, 15:31

Entre os tiros e tropeços Nina buscava encontrar as rédeas que lhe guiariam para fora daquele conflito com cautela. Enquanto isso, Merus deixava de lado a cobertura e começava a correr na direção dos peixes que restavam lá na frente, não era bem a melhor das escolhas, entretanto, seu leque de opções era limitado já que a maioria das coisas que podia fazer era resistir e esmagar. Tic-taque. O tempo voava, assim como as balas na direção da capa que Nina arremessava. - Hmm… Suicídio? - Por ser um ser pequeno, era difícil dizer se era realmente ela ali ou não, a única certeza era que seu traje agora estava totalmente alvejado, e o tambor dos peixes vazio. O que lhe deu uma vantagem.

Saiu da cobertura deslizando o dedo no gatilho sem temor do fim, ou melhor, como quem queria agradar a morte mais do que tudo agora. E agradou. Dois, três corpos despencavam sem vida no chão, e Merus que recebia alguns tiros na perna de novo, e no ombro direito, esmagava os que restavam. Seu sangue estava fervendo e os olhos vidrados, não precisaria de muito mais para que começasse uma chacina. Exceto as vítimas. Provavelmente por isso não perdeu o controle logo ali.

Sobre o sangue e os cadáveres que fediam a atum e bagre, suas narinas eram entupidas enquanto os ouvidos retomavam aos poucos o caminho para fora daquele caos todo. Podia ouvir o peixe agonizando no chão, atrás deles com ambas as pernas furadas à tiros. Merus também sentia um pouco de seu corpo arder, principalmente na perna, mas, conseguia resistir graças ao seu tamanho e resiliência. — Viu aquele último movimento? Genial, né? Gihahahaha!! — A lhama do outro lado encoberta no beco parecia sorrir, e Nina podia jurar que ela iria levantar um joinha depois de mastigar o feno que lhe dava tanto trabalho naquela carinha delicadamente preguiçosa. - TÁ BOM TÁ BOM! Pode me levar… As armas estão na antiga fábrica… - Sequer tentava alguma coisa depois de ver seus companheiros abatidos e ambas as suas pernas ceifadas de movimento. Sua semelhança com o procurado do cartaz era notória, mas é claro, para aqueles dois os peixes todos pareciam iguais. Talvez não estivessem acostumados com suas feições. O urso pegava as coisas e dava uma parte para Merus, haviam alguns revolveres e cem mil em berries. Quem sabe mais, já que o malandro pudesse muito bem ter separado a parte dele... Do jeito que tremia como sempre.

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : I - A Match Made In Heaven - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 EmptyQua 03 Jun 2020, 15:28

Merus

I - A Match Made In Heaven


Depois de esmagar mais alguns peixes inúteis, e receber algumas “recompensas de batalha” que o urso me entregava, finalmente poderíamos concluir aquele maldito trabalho. Para ajudar, a identidade daquele peixe inútil no chão como sendo um dos procurados era confirmada, e finalmente poderia conseguir algum dinheiro para sair desta ilha de merda.

Tinha recebido alguns tiros na perna, que mais me deixavam puto do que machucado... Mas fazer o quê...? Passaria a mão para tentar limpar qualquer coisa que ainda estivesse ali, e prosseguiria tentando ignorar qualquer dor ou incômodo que pudesse estar sentindo.

Aproveitaria a oportunidade e seguraria o peixe em uma de minhas mãos, e levando o merdinha pra perto do meu rosto, perguntaria, tentando ignorar seu cheiro nojento: – Onde eu acho esse desgraçado? – Indicando o cartaz do outro peixe que não era ele. Independente de sua resposta, eu continuaria o segurando em minha mão, e acompanharia os outros dois, aonde quer que o nosso objetivo estivesse.

Sendo a pessoa mais forte aqui, se não houvesse nenhum meio de transportar as malditas caixas que não fosse com força física, pegaria quantas caixas eu pudesse com a mão livre e deixaria que os outros se virassem com o resto. Caso houvesse algum meio de levar as caixas mais facilmente, apenas escoltaria o urso e a anã até de volta a quem quer que quisesse aquelas coisas.

Se no meio do caminho houvesse alguma interferência de mais algum peixe inútil, faria questão de me movimentar sem dizer nada, e usar meus pés para esmaga-los como estava fazendo esse tempo todo. Deixaria que a anã e o Urso cuidassem (ou tentassem cuidar) do resto.
Dados:
 

Objetivos:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Match Made In Heaven   I - A Match Made In Heaven - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - A Match Made In Heaven
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Newberry City-
Ir para: