One Piece RPG
Ymir - The Ancestor of Giants XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Busca Implacável
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18

» Island End! Goodbye Utopia!
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Wander Ontem à(s) 16:49

» III ~ Uma Loira na Ilha das Aranhas?
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Noelle Ontem à(s) 16:40

» Kizumonogatari
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor yaTTo Ontem à(s) 15:36

» [MINI-*TheKnightWhoSayNi*] *A Grande Decisão*
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor Shroud Ontem à(s) 14:26

» Cap.1 - O primeiro passo!
Ymir - The Ancestor of Giants Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 10:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Ymir - The Ancestor of Giants

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Ymir - The Ancestor of Giants 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants EmptyQua 25 Dez 2019, 14:17

Ymir - The Ancestor of Giants

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Karkarov Von Durmstrang. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : Ymir - The Ancestor of Giants 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 28
Localização : Lvneel - North Blue

Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Re: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants EmptyQui 26 Dez 2019, 13:07


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Wake up, Titan!


Importante Para o Narrador/Avaliador:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Um instante de silêncio, escuridão, e o baque surdo contra o chão frio de uma taverna outrora feliz – Essa, amigos, foi a tônica introdutória do meu passado recente, segundos antes de ver aquela (que seria a última) imagem apressada dos meus amigos, preocupados, correndo em meu auxílio. A febre havia chegado rápida; mais rápida do que os mais violentos golpes do meu machado. E esse desmaio – Fosse por qual razão que fosse – Havia logrado êxito em uma tarefa que muitos inimigos falharam em cumprir: Me derrubar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De súbito, meu corpo havia ficado leve e fraco – Um estado muito pouco Durmstrang de se estar, diga-se de passagem... – E, mesmo retesando os fartos músculos e tentando firmar-me, eu caí. Caí rumo a uma inconsciência não desejada. Rumo a uma escuridão nada bem-vinda. Em um soslaio mental, ainda me recordo de pensar que havia sido envenenado pelo patife do Agente Tuudos, mas não dispus de tempo hábil para concluir esse raciocínio.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Elena, Kurai... Galera... O que está acontecendo comigo? – Eu forçava meus lábios a se moverem, sem ter certeza alguma se estes emitiam de fato som, ou não – Me ajud... – E então o breu de puro negrume se tornou inteiro. O tudo se tornou o nada. O pensamento se tornou puro caos. A única conclusão óbvia era a de que o sonho de montar a frota das Ferramentas Divinas haveria de prosseguir sem mim; e isso dilacerava a fundo minha alma nórdica e guerreira.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Eles não sabiam, mas, por dentro, eu lhes rogava por perdão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lembrava de você mais forte, Titã – A voz vinha de algum lugar na escuridão. E eu percebia que a inconsciência não era total. Era um tom familiar, viril e imponente. Meus olhos, entretanto, não viam nada além de preto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Quem vem lá? – Gritei para o nada – Aonde estou? Estou morto? – As perguntas eram lançadas em pura aleatoriedade, rumo ao verdadeiro piche negro que era tudo ali, naquela dimensão de estágio delirante. Instintivamente, a mão direita procurou o fiel machado Tomahawk à cintura, apenas para se frustrar com sua evidente ausência.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Oras, lembrava de você mais esperto, também... – A figura se materializava, saindo do espaço negro e surgindo meio a uma fraca luz focal que me permitia ver meu velho avô, ainda em seus anos de glória. Músculos verdadeiramente inchados. Pele de lobo e urso sobre as costas retas. Postura altiva de Durmstrang.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Kimpah!*¹ – De pronto, eu me senti criança de novo; e corri para os braços do meu velho e querido ancestral – Como? Por quê? Eu... você... onde estamos? O que é isso? Como é bom te ver! – O guerreiro me abraçou de volta, enquanto gargalhava trovões e sorria raios.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não sei, Kahro*². Acho que estamos dentro da sua mente. Ou do seu coração. Eu não saberia te dizer, mesmo – Ele me deixou fugir do abraço para olhar em seus olhos – O que importa é que estou aqui pra te dizer que não é sua hora, ainda. Você vai morrer, ah vai! Mas não assim... Você é um Durmstrang, e não apenas UM, mas O. Você está destinado a levar o nosso clã para o seu lugar de direito no mundo, e não vai ser morrendo me uma taverna qualquer que vai conseguir isso... – Seu senso de humor ainda era o mesmo, mesmo que fosse pouco mais que apenas uma lembrança afetiva

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Mas... – Eu tentava retrucar

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Mas nada! – Interrompeu-me - Acorde! Viva! E lembre-se: A Fúria de um Durmstrang pode ser a sua maior arma, mas a honra sempre será seu melhor escudo. Siga aquela luz, meu neto – Sua voz já mais distante; e seu corpo, já mais translúcido, apontavam para um feixe de luz similar à uma porta, que surgia a norte de onde eu estava - ...Nunca duvide da força da nossa linhagem! Arawok Toh, Kahro!*³

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E em um piscar, ele já não estava mais lá. E eu sabia o que havia de fazer. Aquela porta luminosa agora projetava sobre o chão negro uma trilha clara na qual eu podia pisar sem medos; e sem medos eu fui. Um passo atrás do outro, até alcançar o umbral que me levaria para algum lugar que não aquele mar de negritude.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Caso acordasse, seria sem sombra de dúvidas com um verdadeiro susto. Me ergueria de onde quer que estivesse, claramente sobressaltado, buscando pelo meu machado e pelo meu escudo. Após alguns segundos, então, respiraria; finalmente dando a devida atenção aos meus arredores. Na possibilidade de estar em ambiente hostil, me defenderia utilizando-me de formas mais básicas, embora efetivas, que me fossem possíveis. Entretanto, se imerso em um ar amigável, traçaria uma rota mais diplomática de conversar e tentar entender melhor o ocorrido – Há quanto tempo estou desacordado? Aonde estão meus amigos?! – Obviamente consternado, estas seriam as primeiras perguntas. Seguidas, porquanto, de outras mais práticas e utilitárias – Eu... eu acho que preciso reportar ao Quartel, certo? Eles podem estar por lá e algo me diz que devem estar precisando de mim... – E me ergueria, visando fazer o trajeto rumo à base de operações Marine mais próxima.

Legenda escreveu:
¹, O termo significa "Vovô", no dialeto Durmstrang
², O termo significa "Netinho", no dialeto Durmstrang
³, O termo significa "Eu te amo, netinho", no dialeto Durmstrang

Objetivos nesta Aventura!:
 

Ponto-Situação do Personagem:
 



____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : Ymir - The Ancestor of Giants 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Re: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants EmptyDom 29 Dez 2019, 01:33


Narração #01

Céu Limpo - Tarde
Horário: 16:34
Localização: Loguetown - East Blue



Karkarov Von Durmstrang



Karkarov, o garoto cujo sua fúria se iguala aos titãs, herdeiro da família Durmstrang, uma família bastante nomeada, mas irá morrer para uma doença?! Inaceitável! Isso era o cúmulo para uma pessoa como ele, e seu vô lhe dera a mesma visão para que ele retorne e consiga fazer o que veio fazer nesses mares.

Em um susto o Nórdico saltava de seu longo sono, olhava em volta procurando por seus bens mais precisos e se aliviava vendo que estavam ao chão, percebia está em uma casa nunca antes vista por ele, feita totalmente de madeira o quarto onde estava era simples contendo uma simples janela a frente da cama, uma mesa com um abajur ligado ao lado direito e a porta bem ao lado da mesa. Cortinas e tapete complementam o quarto que era bastante básico. Von ao reparar em si mesmo pode ver que estava sem camisa mostrando seu físico, ainda estava de calça (Ainda bem) e de resto não parecia ter mudado nada aparentemente.

- Querido! Ele acordou! - Afirmava falando em alto e bom som a voz de uma mulher que estava bem a frente da porta do quarto, em segundos a maçaneta rodava e ao quarto adentrava o que parecia ser a mulher de antes. - Olá, me chamo Fiora. Acho isso meio embaraçoso mas qual seria o seu nome? - Agora s moça se dirigia ao nosso protagonista, sua voz era baixa e fina mas agradável, seu estilo era um pouco diferente do normal. Com cabelos negros e poucas mexas rosadas, utilizava de um longo vestido colado em seu corpo e aparentemente feito de couro, as cores eram sempre mantidas em: Branco, Azul e Dourado. O que fazia o cabo de sua espada dourada em sua cintura se destacar junto.

Fiora :
 

Depois desta apresentação, Von poderia sentir o chão tremer, ouvia passos se aproximando cada vez mais até que a tal coisa que provoca isso chegou até a porta. Ele poder ver uma espécie de escudo feito em pedra pelo visto, mas já estava bastante rachado e continha um formato de cabra. Ela passava primeiro pelo porta enquanto o homem que o segurava se abaixava para passar por ela. Neste momento o Marinheiro poder ver que aquilo era um gigante, ele devia medir uns 3,12m de altura e seu escudo deveria ter 1,60m, além de ser extremamente alto e desafiador era forte para aguentar um escudo desses. Sua postura também indicava isto, coluna reta, careca, um bigode grande e chavoso, músculos ressaltados, tatuagens azuis pelo torso inteiro. Usava de um cinto de metal/ferro que tinha em seu meio a cabeça de uma cabra, calça de pano, uma ombreira de ferro em seu ombro direito e braceletes enormes de metal em ambos os braços.

Gigante :
 

- Hmm... Eu sinto que você é alguém que tenho alguma ligação... Mesmo assim, prazer em conhecê-lo! Me chamo Braum e sou o Marido/Esposo de Fiora, caso não se sinta incomodado poderíamos tomar um café e falar sobre o que aconteceu, acredito que tenha do que falar... - Então finalmente ele abria a boca, sus voz forte, potente e intimidadora espanta até os animais se duvidarem, aquilo era um verdadeiro Tank só faltando o armamento pesado. Logo após suas falas Karkarov decidia tirar algumas dúvidas antes, estava meio perdido mas mesmo assim perguntou.

- Então... Você está dormindo a um mês e meio. Estávamos cuidando de você mas você nunca acordava, o medo de nos acusarem era tremendo então o mantivemos aqui esperando ser despertar... Não sabemos sobre seus amigos mas... - Fiora ao ficar ao lado de Braum era cortada por ele antes que suas últimas sejam ditas. - Como eu falei, precisamos conversar jovem. Algumas coisas aconteceram e não quero causar mais confusões, primeiro queria que o senhor se acalmasse. Daremos um tempinho para você se ajeitar, suas roupas estão na cadeira ao seu lado e um espelho também, fique a vontade e iremos esperá-lo aqui fora. - Logo falava o homem seriamente enquanto se retirava junto a sua mulher.

Depois das falas do homem, ambos os responsáveis se retiravam do quarto fazendo Karkarov perceber coisas antes não vistas por ele, como uma pequena mesa com uma cadeira r um espelho ao lado esquerdo. Tudo isso parecia um pouco confuso para ele, ainda mais não explicarem por que estava ali, mas acho que se ele estiver com seu Machado nada pode detê-lo, então por que não ser amigável e ir tomar um café?

To be Continued...



Legenda :
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : Ymir - The Ancestor of Giants 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 28
Localização : Lvneel - North Blue

Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Re: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants EmptySeg 30 Dez 2019, 00:33


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Questions!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Meu nome? – Ainda atônito, assistia àquela mulher de beleza estonteante dar-me as boas-vindas ao mundo dos acordados – M-me chamo Karkarov. Karkarov Von Durmstrang, Soldado da Marinha... Muito prazer, senhora Fiora – Começava a recobrar a totalidade dos sentidos conforme buscava levantar do meu leito – Vejo que cuidou de mim, e por isso estendo-lhe toda a minha gratidão – Tentava fazer uma saudação militar tão bem quanto havia aprendido durante o treinamento Marine.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não demorou muito até um verdadeiro terremoto começar a se aproximar. Sim, digo terremoto porque as reverberações promovidas por cada passo do homem gigantesco que agora adentrava a porta eram verdadeiros desafios sísmicos ambulantes; ouso dizer que quase assustadores para qualquer um que não possuísse sangue Durmstrang correndo em suas veias – Olá Senhor Braum, aceite meu muito obrigado pelo tratamento – Agora minha pose já era bem mais relaxada, pois, com aquele grande ser eu de fato compartilhava uma ligação. Se não sanguínea, pelo menos, claramente, de ideais.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A sua doce esposa acabou de me dizer que eu dormi por um mês inteiro? Como isso é possível? – Minhas indagações eram diretas tanto quanto honestas – Enfim, me juntarei a vocês logo mais para que me contem mais detalhes. Obrigado pelo tempo. Irei ficar decente e logo saio– Agradecia o pensamento gentil de ambos e me poria a vestir-me corretamente; isto é, com o devido uniforme e trajes que me foram dados pela organização; não esquecendo em momento algum do meu fiel Tomahawk e, também, de meu escudo de batalha – Leais companheiros! Nem mesmo um coma de um mês me faria esquecer de vocês... – Pensei, contente em reaver meus pertences sem maiores dores de cabeça - ...Mas o que será que ele quis dizer com “Coisas aconteceram” e “Confusões”? – A curiosidade aflorava, forte – Espero que não tenha nada a ver com o pessoal... – Aflito - ...Mas, sei, agora eles já devem estar bem longe... Longe e lutando... Enfim, eu sempre me dei melhor sozinho mesmo – A autoafirmação era uma mentira, e eu sabia disso. Perder meu grupo tinha, sim, um grande peso em mim. Mas Durmstrang que é Durmstrang não dá o braço a torcer. Nunca.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Saindo do quarto, encarnaria a postura mais respeitosa que pudesse. Estranhos ou não, de origem nobre ou não, aquelas pessoas cuidaram de mim e o mínimo que mereciam era isso. Além do mais, eles detinham informações que, àquele momento, eram mais valiosas que puro ouro. Portanto os procurei, solicitei licença, e me reuni no ambiente em que estavam

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Mais uma vez, muito obrigado aos dois – Retomei, sendo ligeiramente prolixo – Caso tenham tido alguma despesa com essa ajuda que me deram, peço que façam as contas que faço toda a questão de pagá-los inteiramente – A mão tateava, buscando meus pertences e checando mais uma vez que haviam Berries ali – Mas me digam, por favor, o que diabos aconteceu? Como eu posso ter dormido tanto tempo? Eu... Me lembro de tão pouco! Vocês podem me apontar a direção do Quartel mais próximo da Marinha? Vocês... – Nesse instante, percebi que já estava realizando mais uma enxurrada incoerente de perguntas, e não os deixando responder nada corretamente; então me controlei, respirei fundo e prossegui - ...Perdão, é que estou verdadeiramente... Atordoado com isso tudo. Falem, irei apenas ouvir com calma tudo que têm a me dizer! – O coração saltava no peito, ansioso, curioso, mas, sobretudo, temeroso sobre o que eu poderia vir a escutar em resposta.



Objetivos nesta Aventura!:
 

Ponto-Situação do Personagem:
 



____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : Ymir - The Ancestor of Giants 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Re: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants EmptyQui 02 Jan 2020, 22:52


Narração #02

Céu Limpo - Tarde
Horário: 17:23
Localização: Loguetown - East Blue



Karkarov Von Durmstrang



Karkarov agora movido pela sua curiosidade, não podia deixar de ter explicações sobre o que ocorreu com ele, e precisava buscá-las rápido. Enquanto se aprontava, Braum depois de ouvir seu nome completo e um grande sorriso fechado em seu rosto poderia ser visto, ele parecia conhecê-lo? Talvez fosse um historiador... mas bem, depois de se aprontar e pegar seus fiéis armamentos ele então caminhava pela casa até o local onde tudo se resolveria. Saindo do quarto pode que toda a casa era feita de madeira, alternando entre tons claros e escuros, provavelmente por fora seja diferente, mas ainda sim dava um contraste legal a toda aquela decoração contemporânea.

Ao chegar no local onde parecia ser a cozinha com todos os utensílios necessários, Braum e Fiora estavam sentados em cadeiras junto a uma mesa, esses já também feitos de madeira. Von então se juntando a eles, novamente agradecia-os e então começava uma onda de perguntas, Fiora e Braum ficaram um pouco confusos mas logo a moça se levantava indo em direção ao fogão, botava água em uma chaleira e então começava a preparar algum tipo de bebida quente.

- Vou preparar o café senhores! - Então falava ela sorrindo e pegando os ingredientes necessários esperando um tempinho para finalizar o seu preparo. - Muito bem jovem, deixe-me explicá-lo. - Falava logo o brutamonte em um tom forte e impactante, mas não desafiador. - A mais ou menos um mês você desmaiou em uma taverna vizinha, eu estava lá com uns "colegas" enquanto vi a situação,alguns tentaria lhe assaltar mas nada ocorreu, impedi quem fosse e então o trouxe para casa com uma esperança que agora se tornou realidade... - Suas falas potentes tinham a melhor vantagem do mundo, Durmstrang não conseguia imaginar que aquilo era mentira ou que estivesse inventando, então o deixava continuar. - Sua linhagem, você tem o sangue dos Durmstrang, o sangue cujo minha família persegue e tendia acabar com todos eles... Soube que derrotaram meu irmão Brutus e desde então tenho acompanhado o seu caminho, por sorte do destino você caiu em minha casa, e aqui podemos ter nossa conversa... - Neste momento Karkarov saberia que esse tal de Braum era um "Caçador de Durmstrang" e que provavelmente uma grande luta aconteceria nesta casa, mas se ele é mesmo um deles... por que não acabou logo com o jovem...?

- Não se preocupe, ele já saiu desse ramo s muito tempo... - Em meio a todo este assunto, Fiora aparecia ao lado dos homens com um grande sorriso no rosto e botando café para ambos, as últimas gotas pingava no copo fazendo um pequeno som enquanto podia se ver o líquido se mexendo e a fumaça saindo. Braum neste momento de olhos fechados e ainda com seu sorriso fechado, tomava um gole do café, não se sabia a reação fo jovem soldado mas sacar seu Machado talvez fosse uma das s suas principais e caso ocorresse, o casal a sua frente ainda ficaria imóveis aproveitando o lanche. - Eu sei o que está pensando mas não é isso. Brutus era um cabeça quente, eu tentei convencê-lo de parar com essa horrível obsessão de caçar sua família mas ele nunca me escutou, então ocorreu o que ocorreu. Estou tentando tirá-lo da prisão, porém terei uma grande conversa com ele, por hora, só preciso que você saiba que sou confiável, não trabalho mas nesse mesmo ramo, e acho que para você será melhor se acalmar... - Neste momento o homem já com seu café quase ao fim, explicava toda a situação para o Marinheiro que por sua vez tenderia de ficar mais relaxado, caso não ficasse, o escudo do homem estava logo ao seu lado...

- Meu "filho", antes de falar o que tenho para falar agora, peço que não me culpe pelas atitudes do meu irmão, eu sei que será difícil mas nada acontece como esperamos... Três dias depois de você desmaiar e de Brutus ser preso, seu filho Brandit chegou a ilha com um parte dos soldados, eles foram até seu pai e o resgataram, o ruim é que, seu grupo estava os esperando a frente de seu barco, um confronto que decidiria o destino de qualquer lado dos grupos e infelizmente, seus amigos se foram... - Nesta hora, sabendo o quanto Karkarov se importava com seus chegados, talvez a notícia tenha sido um pouco forte demais para ele, Braum se levantava botando a mão em seu grande escudo, esperando alguma brusca reação do jovem e se ocorresse mesmo, uma grande batalha estava para ser travada.

Muitos dos que estão lendo entende e sabem que isso pode ser realmente grave, a perde de amigos é algo realmente triste e doloroso, será que nosso protagonista vai saber lidar com essa situação? Ele ficará irritado? Triste? Com raiva? Os sentimentos humano é algo que não se pode descobrir, por isso temos de deixar para ele mesmo descobrir...

To be Continued...



Legenda :
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ymir - The Ancestor of Giants Empty
MensagemAssunto: Re: Ymir - The Ancestor of Giants   Ymir - The Ancestor of Giants Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ymir - The Ancestor of Giants
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: