One Piece RPG
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:02

» [MINI-Koji] Anjo caído
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Makei Hoje à(s) 02:00

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 00:21

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 23:35

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Alek Ontem à(s) 23:27

» Ep 1: O médico e o marinheiro
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor TerryBogard Ontem à(s) 23:17

» [Mini-Aventura] - Oaridã.
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Makei Ontem à(s) 23:01

» Ato I - Antes da tempestade
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 22:54

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Meursault Ontem à(s) 22:53

» 2345MEIA78, Tá na hora de molhar o biscoito
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 22:53

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 22:20

» The One Above All - Ato 2
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 21:30

» X - Some Kind Of Monster
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 20:07

» Wu-HA!
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:35

» Vol 1 - The Soul's Desires
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 19:24

» Apresentação 7 ~ Falência Premeditada
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Licia Ontem à(s) 19:04

» Cap.1 Deuses entre nós
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor K1NG Ontem à(s) 15:39

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 15:24

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor AoYume Ontem à(s) 12:03

» Uriel Seraphim
Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 11:35



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Ep 1: O médico e o marinheiro

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySeg 23 Dez 2019, 17:09

Relembrando a primeira mensagem :

Ep 1: O médico e o marinheiro

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Richard Bright. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
TerryBogard
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 13/04/2016

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyQui 02 Jan 2020, 14:08


~Post 5~

Aquela era provavelmente a situação mais tensa a qual eu já havia participado em uns bons anos, ter que participar de uma luta, mesmo que seja apenas um teste, na frente de uma platéia de marinheiros e da figura do próprio Capitão Hamaku Thor. Eu tendo nascido em Yotsuba Island, havia escutado muito falar nele, apesar de nunca tê-lo conhecido pessoalmente. Era uma sensação diferente, como se eu estivesse na presença de uma celebridade ou algo do tipo. “Pelo visto agora é o momento decisivo, não posso de maneira alguma passar vergonha na frente dessa quantidade de marinheiros e queimar meu filme antes mesmo de entrar na marinha. Vou entrar nessa luta pra ganhar, dar tudo o que tenho!” - Pegaria a ninjaken enquanto terminava meus devaneios, que de alguma forma haviam conseguido, novamente, inflamar ainda mais a minha determinação.

Subiria no tatame, fazendo uma continência para o Capitão Thor e para Hikaru, o meu adversário, antes de me colocar em posição de combate. - Vamos fazer uma boa luta! - diria, com um sorrisinho, no meio da continência para o meu adversário. Flexionaria levemente ambos os joelhos, colocando a perna esquerda à frente e segurando a ninjaken com minha mão direita, a lâmina apontada para o adversário, meus olhos cerrados focados na postura de Hikaru. “Desarmado, provavelmente luta apenas com o corpo.” Analisava friamente o meu oponente, aguardando apenas o sinal para começar a luta. “Mas não posso me garantir desse jeito, ele pode ter uma arma escondida, tenho que ficar atento. Mas mesmo assim eu também tenho meus truques, confundir o inimigo no combate é a especialidade de um ninja.”

Assim que o sinal fosse dado, eu dispararia na direção do meu oponente da forma mais veloz do possível, tudo no intuito de diminuir a distância entre nós, com a lâmina de minha ninjaken sempre apontada para ele, meu objetivo sendo fazê-lo pensar que vou atacar com uma estocada. Porém, uma vez que eu tenha conseguido diminuir a distância, ao invés de atacá-lo diretamente com minha lâmina, eu esperaria o seu contra ataque, de qualquer tipo que fosse, e imediatamente faria um rolamento para o lado oposto da direção de onde viria o golpe inimigo. Nessa hora sim, imediatamente após meu rolamento, eu me levantaria e partiria para cima dele, buscando me aproveitar do tempo entre um movimento dele e outro, para acertá-lo com um corte em arco com minha ninjaken mirando precisamente os ligamentos do joelho mais próximo, colocando toda a minha força nesse ataque, caso esse ataque tenha sucesso, seguiria atacando com mais cortes mais rápidos de espada, dessa vez subindo para o torso, mirando na base das costelas, na barriga, no estômago e no peito. Se por acaso meu plano falhe, tentaria uma tática mais primal, partiria para cima mesmo assim, desferindo cortes em múltiplas direções, sempre dando o máximo para acertar pontos estratégicos como ombros, barriga e estômago.

Caso eu perceba o oponente tentando acertar um golpe na direção da minha cabeça, tentaria rapidamente movê-la para o lado, tentando tirá-la da trajetória do movimento, após isso tentaria contra atacar com um corte ascendente de minha ninjaken, mirando a base do torso dele até o peito. Se por acaso ele tentar uma rasteira, ou qualquer golpe mirando minhas pernas para tentar me derrubar ou tirar meu equilíbrio, eu tentaria pular por cima do golpe e contra atacar com uma estocada descendente, rapidamente mudando minha ninjaken para uma posição de “punhal” e tentando enterrá-la no ombro dele usando o momentum da queda ao meu favor, caso tenha sucesso, retiraria a arma e daria vários passos para trás no intuito de retomar fôlego.

Se por acaso Hikaru decidir mirar golpes contra meu torso ou braços, sendo socos, chutes ou agarrões, eu usaria de toda a minha habilidade para realizar um rolamento para trás e então recuar até a borda do tatame, caso ele ainda procure investir contra mim, tentaria, no último instante antes do golpe, dar um rolamento para um dos lados, buscando esquivar e então contra atacá-lo com uma punhalada bem na parte inferior das costas . Caso ele consiga me agarrar, eu tentaria usar o tamanho pequeno de minha arma para esfaqueá-lo em qualquer região disponível para que a dor o force a me soltar, uma vez solto continuaria com uma sequência de cortes rápidos mirando o troso e os braços dele.

Na possibilidade de eu o perceber sacando alguma arma escondida, rapidamente tentaria me esquivar rolando para trás de qualquer que fosse o ataque. Em seguida, tentaria recuar o máximo possível para reexaminar a situação enquanto daria meu melhor para, caso ele siga com mais ataques, tirar meu corpo do caminho da trajetória desses possíveis ataques usando de pulinhos pros lados.

Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyQui 02 Jan 2020, 20:11

— N A R R A Ç Ã O —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Apesar da continência, o sorriso do médico apenas atiçou o mal humor do seu oponente, que fechou ainda mais a sua expressão. Assim que o sinal foi dado por Thor, os dois combatentes avançaram, explodindo com suas pernas bem treinadas, reduzindo os sete metros de distância em uma fração de segundos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Hikaru seguiu como um touro, destemido, e desferiu um superman punch, acertando o ar onde, momentos antes, estava o rosto do recruta. Richard, enquanto isso, rolava e, assim que se punha em pé, atacava com um golpe circular o joelho do sargento, o qual pulava, levando os joelhos ao peito, para poder evitar o golpe.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Richard começava um novo movimento de ataque, alvejando o ombro do marinheiro. Tendo acabado de voltar a pôr os pés no chão, o marinheiro não teve muita escolha além de recuar e usar toda a sua agilidade para se esquivar. Esquivou uma, duas vezes. Na terceira, girou o corpo, abaixando concomitantemente o seu centro de gravidade, e deu uma rasteira no recruta, o qual esquivou com um salto. Agora era a vez do marinheiro atacar enquanto o recruta voltava ao chão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Richard, no entanto, resolveu usar o movimento ao seu favor e desferiu uma estocada em pleno ar. Mostrando reflexo elevado e grande agilidade, seu adversário curvou o tronco para a direita, de forma que a estocada do recruta atravessasse o vazio. Aproveitando do erro, o loiro seguiu sua movimentação agarrando o antebraço de Richard e utilizando seu próprio corpo como alavanca para jogá-lo no chão, provocando um forte baque surdo com o impacto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O forte baque causou balbúrdia pelos presentes, que gritavam de excitação. Richard sentiu a queda, resultando em um impertinente incômodo nas costas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Levante-se! — Bradou o marinheiro, afastando-se alguns metros e incitando seu oponente, chamando-o com as mãos. — Você não pode se tornar um marinheiro sendo um fracote assim! — O insulto tirou risadas da maioria dos presentes, enquanto alguns outros gritavam para que Richard quebrasse a cara do loiro exibido. A voz de Marina estava entre esses últimos!

Legendas:
  • Civil
  • Marine
  • Marina

Histórico:
 

Superman Punch:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Shells

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySex 03 Jan 2020, 00:08


~Post 6~

O incômodo nas minhas costas era a coisa que menos me incomodava naquela situação. Eu havia sido jogado no chão, e por mais que não tenha sido um golpe direto, eu havia recebido o primeiro ataque, enquanto o oponente havia se livrado de todos os meus. Mesmo assim, não conseguia conter o sorriso no meu rosto, talvez fosse o nervosismo, talvez apenas admiração, ou talvez eu estivesse ficando louco, mas tinha alguma coisa ali que enchia minha alma de orgulho e não deixava eu me abalar muito com o fato de ter sido derrubado daquele jeito. “Os marinheiros são mesmo incríveis! Já tô vendo que vou precisar me esforçar muito para poder me tornar um deles e me destacar lá dentro!” Chamas de determinação brilhavam nos meus olhos enquanto eu me levantaria e me colocaria de pé novamente, ninjaken em mãos, na minha posição de guarda: pernas levemente flexionadas, pé esquerdo na frente, mão direita segurando a arma apontada para o adversário.

- Concordo que pessoas muito fracas não deveriam entrar na marinha, pois além de arriscar a vida de outras pessoas, vão colocar a si mesmo em perigo. - Começava respondendo a provocação de Hikaru, com um sorriso confiante no rosto. - Mas uma coisa eu garanto, não sou uma dessas pessoas, e vou provar isso nesta luta! E se me acha tanto um fracote, por que não vem aqui e me ataca de frente? - Giraria a ninjaken na minha mão, mudando-a para uma posição de punhal, em quanto ao mesmo tempo faria um gesto de “vem cá” com a mão livre, dando uma piscadela na direção do oponente. Um sorrisinho besta adornava meu rosto, minha fala não era blefe ou bravata, eu realmente queria mostrar na frente daqueles marinheiros que eu conseguia lutar da mesma forma que o Hikaru e vencê-lo no próprio jogo.

Eu havia percebido que um ataque frontal não havia funcionado, ele é muito ágil e foi capaz de se esquivar de todos os meus ataques. Então, decidi que a minha próxima tentativa seria lutar defensivamente, esperar que ele viesse ao ataque, me dando uma chance de perceber aberturas e desferir ataques nesse meio tempo. “Agora eu já sei mais ou menos como ele luta, vai ser um pouco mais fácil agora que já conheço alguns dos truques dele. Pelo menos eu espero…” Esperaria o lutador fazer o primeiro movimento, ficaria sempre em guarda, observando todo e qualquer movimento que ele pudesse fazer. Uma vez que o golpe viesse, sendo um chute, soco, ombrada, cabeçada ou golpes de impacto dessa natureza, eu tentaria realizar um ágil salto para o lado, de preferência o lado do tatame que tenha espaço livre, na intenção esquivar-me do golpe sem perder muito o controle da situação, essa esquiva tendo dado certo ou não, eu partiria para cima do oponente imediatamente, ninjaken em mãos, e tentaria desferir um amplo corte em arco no torso ou nas costas do oponente, isso dependendo dele estar de frente ou de costas no momento, buscando rasgar aquela parte do corpo de ponta a ponta. Em seguida, tendo conseguido acertar ou não o ataque anterior, assim que meu braço terminar a trajetória de corte do ataque anterior, eu moveria o mesmo braço na trajetória oposta para que, sem nenhum movimento ou instante desperdiçado, possa aplicar uma punhalada o mais rápido possível e da forma mais eficiente em qualquer parte disponível do corpo do oponente, de preferência na coxa mais próxima para diminuir sua mobilidade. Ainda em seguida aquele movimento, giraria novamente a ninjaken para posição de espada e começaria a desferir uma sequência de cortes rápidos e com movimentos simples, não muito amplos, visando acertar as partes vitais do torso de Hikaru, como barriga, estômago e peito, usando toda a minha força e agilidade possíveis. Caso o ataque inicial ou subsequente do adversário fosse um agarrão ou derrubada, como fez anteriormente, minha defesa inicial seria um rápido rolamento para o lado ao invés de um pulo, pois eu estava determinado a não cair mais nesses golpes de forma alguma, em seguida, seguiria meu plano normalmente.

Se por acaso eu perceber algum golpe mirando minhas pernas, tal como a rasteira que ele usou contra mim anteriormente, novamente eu realizaria um pulo para me desviar do ataque, porém não cometeria novamente o erro de tentar contra atacá-lo pelo ar. Dessa vez, saltaria para trás, para fora do alcance de seus braços e pernas. Para então dar prosseguimento à luta. Caso Hikaru tente novamente usar aquele socão contra mim, provavelmente ele já estaria preparado para que eu esquivasse com um rolamento como fiz da última vez, por isso, na intenção de surpreendê-lo, no momento que ele fosse ao ar e preparasse o ataque, eu rapidamente abaixaria a cabeça e daria um pequeno salto para trás do oponente, usando toda a minha agilidade para ao mesmo tempo esquivar do golpe e ficar numa posição onde suas costas estivessem abertas para mim. Uma vez feito isso, tendo sucesso ou não, eu faria o possível para aplicar, com todas as minhas forças, uma série de estocadas com a espada mirando as costas ou torso de Hikaru. Caso eu percebesse um golpe vindo em direção a minha cabeça ou ao meu torso e braços, novamente faria uma esquiva diferente. Ao invés de esquivar movendo-a para o lado, eu tentaria movê-la, para o lado porém ao mesmo tempo para baixo, e então me aproveitaria do momentum desse mesmo movimento para avançar e desferir uma estocada mirando os rins e/ou a parte inferior do torso do inimigo de forma geral, conseguindo acertar ou não, continuaria indo em frente e tentando diminuir a distância, sempre desferindo múltiplos cortes e estocadas mirando qualquer alvo disponível nele com o objetivo de manter a pressão, e quem sabe, tirá-lo do tatame.

Na possibilidade  de ele conseguir aplicar um agarrão bem sucedido, eu tentaria usar o tamanho favorável da ninjaken para apunhalá-lo em qualquer região disponível para meu alcance, com o objetivo de que, ao sentir a dor, isso o faça desistir do agarrão, uma vez livre, me colocaria na ofensiva com uma rápida sequência contínua de estocadas mirando o torso e os braços de Hikaru.



Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySex 03 Jan 2020, 19:25

— N A R R A Ç Ã O —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A provocação do recruta funcionava e era visível na face do adversário a sua fúria prestes a explodir. Em meio aos gritos de euforia, Hikaru avançava, mais uma vez reto como um touro, mas desta vez abaixando-se e curvando o corpo levemente para a direita. Richard dava um salto para a sua direita, tentando evitar o avanço do oponente, mas Hikaru fazia um pivô usando o seu pé esquerdo e, num piscar de olhos, já estava em frente ao recruta novamente.

Smash:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A cabeça do médico era jogada para trás como se uma marreta o tivesse atingido. A platéia gritava, mas ele sequer os ouvia, seus ouvidos zumbindo devido a forte pancada.
Tentando prosseguir com o combate, Richard atacava meio que às cegas com um movimento circular, rasgando a farda do seu oponente, mas nada mais do que isso.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Seu desequilíbrio gerou um atraso entre seus ataques, o suficiente para que seu oponente se aproximasse com a sua aceleração. Richard desceu sua ninjaken, alvejando a coxa esquerda de seu oponente, enquanto Hikaru, antes curvado, parecia crescer enquanto estirava suas pernas e corpo e fazia seu punho ascender rapidamente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O médico acertava primeiro, cravando alguns centímetros da sua ninjaken na musculosa coxa do loiro. O soco do sargento atingia logo após seu grunhido de dor, acertando o estômago do recruta e tirando-o do chão. Richard caia sem fôlego e sem arma, enquanto seu oponente se curvava para atingi-lo novamente, desta vez no rosto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Basta! — Bradava o Capitão e todos pareciam congelar perante sua voz retumbante, inclusive Hikaru, parando o seu punho a alguns centímetros do rosto do médico, ainda sem ar. — Impaciente como sempre, Hikaru. — Comentava Thor. Sem dizer uma única palavra, o sargento se afastava e voltava a se sentar na platéia, deixando apenas o recruta na área do tatame.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Parabéns, Richard! Saiba que o jovem Hikaru aqui acabou de ser transferido, mas é um Sargento muito valioso para a nossa instituição. O importante aqui não era você vencer, mas sim perseverar perante um oponente praticamente invencível. E foi o que você fez. — Marina surgia ao lado de Richard, ajudando-o a se levantar e devolvendo-lhe sua ninjaken, como se fosse uma bengala. Na platéia, o loiro estava impassível.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Pegue um homem fraco. Com treino e perseverança, ele pode se tornar forte, resistente, habilidoso… Mas um homem sem coragem, não vai muito além disso. — Enquanto falava, o capitão andava lentamente até o recruta, entrando na área do tatame e parando a um braço de distância, levando sua mão esquerda até um bolso do seu uniforme e demonstrando uma certa dificuldade em retirar algo de lá.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Receba esta medalha com honra, pois espero que esta será a primeira de muitas! — Com isso, ele prendia uma medalha esverdeada na roupa do médico, na altura do seu peito, no lado esquerdo. — Bem vindo a marinha, Richard! — Aplausos e gritos vinha dos demais marinheiros, congratulando o novato. Marina até mesmo o abraçava pelo pescoço, pulando de alegria. — Agora libere o tatame. E descanse bem, pois amanhã você receberá sua primeira missão. — Virando-se, o capitão voltava a sua cadeira e nomeava dois outros lutadores para o próximo embate.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Marina, ainda pulando de alegria, ajudava Richard a sair do local. Sua respiração já estava quase normal, embora ainda sentisse muita dor na região do estômago atingida pelo loiro. Seu pescoço e cabeça também doíam, mas não tanto. Levemente curvado, devido a dor, ouvia a ruiva lhe dar algumas opções.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Quer dar uma volta no QG? Enfermaria? Banheiros? Refeitório? Você é oficialmente um marinheiro, pode ir para onde quiser agora. Ou quase isso… Podemos pegar seu uniforme! Que tal? — Com olhos brilhantes, a mulher olhava-o e esperava ansiosamente a sua resposta.

Legendas:
  • Civil
  • Marine
  • Marina

Histórico:
 

Medalha:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Shells

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySab 04 Jan 2020, 16:22


~Post 7~

- Obrigado senhorita Marina, me dá só um segundo… - Falava eu, ainda sentindo fortes dores no corpo por causa dos ataques que recebera de Hikaru, pararia de andar e daria um longo suspiro para recompor meu fôlego um pouco, eu precisava muito descansar por pelo menos alguns minutinhos antes de continuar com minhas atividades do dia. Mesmo que eu não tenha “vencido” aquele confronto, aquela luta me ensinou muita coisa, uma delas é que eu ainda estava muitíssimo longe de poder me destacar na marinha, precisaria continuar a me esforçar o máximo possível. - O Sargento Hikaru é muito mais forte e rápido do que eu, sinceramente, tô surpreso por não ter sido nocauteado mais rápido. - Comentava com Marina com um sorriso besta no rosto enquanto levava minha mão esquerda ao estômago e apoiaria as costas em uma parede caso houvesse alguma nas proximidades. - Marinheiros são mesmo incríveis, me pergunto o quão forte deve ser o Capitão Thor, você já viu ele em ação alguma vez, senhorita Marina? - Perguntava, em um tom de admiração.

Depois dessa pequena pausa, me dirigiria novamente a senhorita Marina. - Estou melhor. - Declararia, tirando a mão da região do estômago e ficando novamente em pé. - Sim, acho que o melhor a fazer primeiro é ir pegar o uniforme. - Falaria, com um brilho de alegria nos olhos. Seguiria a senhorita Marina caso ela me leve até o local ou iria sozinho caso ela apenas mostrasse o caminho.

Enquanto andava, colocaria minha mão esquerda sobre a minha medalha recém adquirida, nunca na vida eu havia sentido tanto orgulho de mim mesmo. Finalmente eu estava trilhando o mesmo caminho daquele marinheiro desconhecido que havia me salvado na infância, o progresso poderia ser lento e eu ainda ter um caminho muito longo pela frente, mas eu estava extremamente determinado a fazer cada segundo contar e dar meu melhor sempre. “Essa medalha foi só o começo, logo, eu vou estar avançando na hierarquia da marinha, e então não vou deixar nenhuma outra criança passar pelo que eu passei na infância.” Tiraria a mão da medalha e então fecharia o punho. “O único que resta para mim é seguir em frente.”

Ao chegar na área do QG onde se pegam os uniformes, me dirigiria ao responsável, faria uma continência e então apontaria para a minha medalha de admissão antes de começar a falar. - Sou Richard Bright, senhor. - Me apresentaria, com uma expressão confiante no rosto. - Acabei de passar pelo alistamento e gostaria de receber meu uniforme, se possível.

Caso eu receba o uniforme, procuraria algum tipo de vestiário, se houvesse algum, colocaria o uniforme ali mesmo. Se por acaso não houver, apenas carregaria a indumentária comigo e esperaria para colocar em algum momento mais oportuno. Após isso, se a senhorita Marina ainda estiver no local, eu me dirigiria novamente a ela. - Pronto, isso do uniforme está resolvido. - Falaria, com um brilho  quase infantil nos olhos por ter recebido aquele item tão desejado por mim a vida toda. - Senhorita Marina, pode me levar até onde fica o meu alojamento? O Capitão falou que vou receber minha primeira missão amanhã, acho melhor descansar bem antes disso, ainda mais depois dessa luta. - Perguntaria, levando novamente a mão até a região do estômago. Além disso, faria questão de agradecê-la pela ajuda: - Ah sim, e obrigado por tudo, senhorita Marina! - Falaria com um sorriso enquanto fazia uma continência - Você me ajudou muito nesse processo de alistamento, pode vir falar comigo se precisar que eu retorne o favor qualquer hora que quiser!

Caso ela me leve até lá, eu a agradeceria com uma continência e deitaria na cama para dormir, nada melhor que uma soneca depois de uma luta afinal.

Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySab 04 Jan 2020, 20:08

— N A R R A Ç Ã O —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A dupla caminhava pelos corredores do QG principal de Yotsuba Island, com o médico perdido em pensamentos e a mulher comentando animada sobre a luta, sobre os golpes rápidos do recrut—Soldado e como Hikaru era mal encarado e deveria ter apanhado mais! — Ele nem se deu ao trabalho de tratar o corte na coxe dele. Espero que inflame! — Comentou a garota, fingindo que esmagava algo com a sua mão direita. Esquecendo o Sargento e focando no Capitão, sua expressão mudou rapidamente para a de admiração. — Não, nunca tive o prazer de vê-lo lutar. Ah… — Lamentou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Mais alguns metros e chegaram em uma sala simples e estreita, mas longa em extensão. A esquerda haviam diversas máquinas de lavar, algumas em funcionamento. Já a direita, cestos, a maioria lotados de roupa suja. Marina passou reto, levando o mais recente Soldado de Yotsuba Island até o fim da sala, parando de frente a um grande armário metálico azul marinho. Havia um compartimento para cada Patente do Exército, embora todos estivessem trancados, com exceção do primeiro: Soldado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De lá, Richard pôde retirar seu uniforme, que consistia de: Uma camisa de algodão branca, adornada com uma gaivota azul nas costas e com um lenço de mesma cor na gola; Uma calça azul marinho, sem detalhes e de mesmo material; Um boné branco com o símbolo da marinha bordado na frente; e um par de sapatos sociais, pretos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dali, Marina o levou até a entrada da sala ao lado, que era o banheiro masculino. — Mas já?! Ainda estamos no início da tarde, aposto que ainda estão servindo o almoço! — Comentou sobre a ideia do soldado de já ir para o dormitório. — Bem, eu preciso mesmo voltar para o meu posto, já enrolei demais! Hehehe. — Brincava, dando um soquinho na própria cabeça enquanto colocava a língua para fora. — Vejamos… Aqui é o banheiro, o dormitório é no fim do corredor, a sala do tenente responsável por designar missões fica no penúltimo andar, ao lado da sala do Capitão. E… Esqueci alguma? — Com a mão no queixo e olhando para o alto, a mulher pensava durante um momento antes de continuar: — Hm… Acho que não. Se precisar, você sabe onde me encontrar! — Acenando, com um largo sorriso no rosto, a ruiva se afastava, deixando o marine por conta própria.

Legendas:
  • Civil
  • Marine
  • Marina

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Shells

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyTer 07 Jan 2020, 02:36


~Post 8~

Finalmente o meu alistamento havia terminado. Havia conseguido minha medalha de admissão e meu uniforme, e no dia seguinte faria minha primeira missão como marinheiro, eu mal podia esperar. Porém, ainda havia bastante tempo até lá, tempo esse que poderia ser gasto de forma produtiva. "Hm, ainda não almocei, acho que vou comer por aqui mesmo, vai ser bom para começar a me acostumar com minha nova vida." Enquanto pensava, lembrava que a senhorita Marina não havia falado onde ficava o refeitório. "É… parece que você esqueceu sim de alguma coisa afinal." Reviraria os olhos, com um sorrisinho besta no rosto.

Andaria mais pelos corredores até encontrar algum guarda ou algum outro marinheiro que estivesse passando, feito isso, eu faria uma continência para ele e começaria a falar. - Olá, sou o Soldado Richard Bright, acabei de me alistar aqui no quartel. - Terminaria a continência e relaxaria a postura antes de continuar a falar. - Pode me informar onde fica o refeitório? Ouvi dizer que ainda estão servindo o almoço. - Após receber a resposta, faria mais uma continência e caminharia, ou não caso ele diga que o horário do almoço já acabou, até onde fica o refeitório.

Uma vez no refeitório, eu pegaria a minha comida e sentaria na frente de alguma mesa ou lugar parecido, de preferência perto de algum outro marinheiro e então começaria a comer. No meio da refeição, tentaria puxar conversa. - Sou o Soldado Richard Bright, acabei de me alistar aqui. - Me apresentaria, em um tom amigável. - Você sabe se tem instrutores de combate aqui no quartel? Treinadores ou coisa do tipo? Se sim, onde eles ficam e quando posso começar a treinar? - Perguntaria, de forma casual. - Lutei contra um sargento muito forte no meu alistamento, tô procurando treinar pra ficar mais habilidoso, aprender a fazer coisas diferentes na luta.

Caso não houvesse almoço ou não tenha nenhum marinheiro no local, eu procuraria um outro marinheiro fora dali e faria as mesmas perguntas. Se houverem de fato treinadores e for viável, iria até onde eles ficam logo após a conversa. Se por acaso não for viável por qualquer motivo, decidiria por apenas dar uma volta sem rumo pelo quartel para me familiarizar com o local, sempre tomando cuidado para não entrar em áreas proibidas.

- Sou o Soldado Richard Bright, senhor! - Me apresentaria ao treinador, caso encontre um, fazendo uma continência. - E eu quero aprender a brigar melhor!

Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyTer 07 Jan 2020, 19:10

— N A R R A Ç Ã O —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De uniforme em mãos, Richard perambulou pelo QG até encontrar o refeitório, o que foi facílimo devido ao cheiro de comida e a balbúrdia dos marinheiros conversando durante a refeição. Após entrar na fila e pegar seu almoço, com direito a suco e sobremesa, o novato se dirigiu até uma cadeira vaga e se sentou próximo de outros três marinheiros. Estes conversavam, de boca cheia, sobre a última missão realizada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Você viu a cara daquele pirata quando o cercamos? BWAHAHAHAHA! — Comentou um. — "Não, não, eu só queria um pouco de comida!" — Imitou um segundo, levantando as mãos como se fosse uma vítima. — Comida, até parece! — Os três riram novamente, sendo interrompidos por Richard, que se apresentava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ei, bem vindo! Sou Joe, esse é Pete e aquele é o Johnny. — O responsável por apresentar o trio foi o mesmo que havia imitado o pirata. — Então você quer treinar, basicamente. É só ir no dojo, geralmente há algum professor, além de alguns sargentos. — Pete bateu no ombro do Joe, terminando de engolir um grande pedaço de carne antes de finalmente dizer: — Eles estão fazendo a graduação dos novos Sargentos. Parece que até mesmo o Capitão Thor está lá! — Johnny prontamente replicou: — Nãh, pelo horário, já acabou faz tempo!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao voltar ao dojo, após sua refeição, pôde constatar que a graduação realmente havia sido encerrada, com Thor, Hikaru e os demais sargentos já não mais presentes. No lugar da platéia anterior, alguns soldados arrastavam e/ou carregavam pesos e equipamentos aos seus devidos lugares, dando ao dojo diversos pontos de treinos além do tatame central.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Meia dúzia de marinheiros se aqueciam e faziam alguns treinos leves, embora a ausência da farda impedisse para Richard classificar sua patente. Um marinheiro, próximo ao tatame, estava com seu uniforme de sargento e parecia observar os soldados que reorganizavam o dojo. Apesar de ainda não ter dado nenhuma ordem, o novato imaginou que fosse o responsável dali e foi até ele, se apresentando e proferindo seu interesse.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Brigar melhor? HIAHIAHIA! Sua intenção é admirável, soldado, mas vaga demais! Mais rápido, mais forte, mais preciso? Algo assim eu posso trabalhar. — De braços cruzados, o sargento esperava por uma resposta.

Legendas:
  • Civil
  • Marine
  • Marina

Histórico:
 

Sargento:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Shells

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptySab 19 Dez 2020, 04:35

~Post 8 - Aprendizado de Perícia~

- Pra ser mais específico, eu gostaria de aprender a me virar em uma luta mesmo que eu esteja desarmado... - Respondi, colocando a mão esquerda no queixo, tentando articular uma melhor explicação. - Eu consigo lutar bem se eu tiver armas ninja a minha disposição por exemplo, mas sou completamente inútil numa briga se estiver desarmado. Acredito que seria importante, como marinheiro, que eu saiba me defender em qualquer situação.

Após a explicação, o sargento me fitou por alguns instantes antes de dar sua resposta. A única pessoa com quem eu tive treinamento de combate na minha vida inteira foi meu mestre Sanosuke, por isso, a ideia de pedir treinamento a uma outra pessoa, ainda mais uma que eu acabei de conhecer, me deixava um pouco ansioso. Mas eu logo concluí que, agora que me tornei marinheiro, iria precisar me acostumar com isso, então não tinha sentido em se preocupar com coisas dessa natureza.

- Já entendi, soldado. - O sargento respondeu, com um sorriso confiante. - É verdade que nessa vida de marinheiro, vão ter momentos onde você vai precisar lutar não vai ter o luxo de estar armado. - Ele então colocou a mão esquerda no meu ombro e continuou. - E para isso, não há nada melhor do que aprender técnicas básicas de luta de rua! Sente-se aí que vou lhe passar um pouco de teoria antes da prática. - Ele concluiu, apontando com o dedo para o chão do dojo.

“Luta de rua?” Pensei, intrigado, enquanto me sentava sobre ambos os joelhos como o sargento havia instruído. “Não achei que marinheiros praticassem um estilo de rua com tão pouco refino, sinceramente.”

- A luta de rua não é um estilo de combate em si. - O sargento começou a explicar em um tom severo, enquanto cruza os braços. - Você já tem o seu próprio estilo de combate, por isso deve utilizar o que vai aprender comigo apenas como uma última linha de defesa. Se puder escolher, sempre lute usando o estilo ou arma que você tem mais domínio.

- Entendido! - Respondi, assentindo com a cabeça, prestando atenção em cada palavra que saía da boca do sargento.

- Não existem regras, nem posturas, nem técnicas especiais e nem particularidades exóticas na luta de rua. - Declarou o sargento, andando em círculos ao meu redor, como um tubarão, enquanto fala. - O que importa nela é sobreviver, é usar o seu corpo para atracar e se defender de qualquer forma possível. - Ele então parou na minha frente. - Basta de teoria! Levante-se, soldado!

Eu levantei, apressado, dando o meu melhor para obedecer a ordem do sargento o mais rápido possível. Mas antes que eu tivesse tempo para organizar meus pensamentos de qualquer forma, fui surpreendido por um soco direto de esquerda desferido contra o meu rosto. O ataque acertou em cheio, e eu caí de costas no chão feito uma fruta madura.

- Primeira lição! seus braços e pernas devem ser tratados como armas! - Explicou o sargento, enquanto eu tentava me recompor do ataque e me levantar, ainda meio tonto. -Mesmo que você não saiba desferir um soco ou chute de forma muito efetiva, aprenda a pelo  menos socar e chutar de forma minimamente decente. Pode ser a diferença entre a vida e a morte caso esteja lutando desarmado.

A lição fazia sentido, mas eu estava meio indignado que o sargento decidiu que a melhor forma de me ensinar isso seria me atacando. De qualquer forma, agora já totalmente recomposto e em pé, decidi perguntá-lo sobre os socos e chutes. - Existe alguma forma específica que eu deva socar ou chutar, senhor?

- Não! Bata da forma que você achar que vai causar o maior estrago no momento. - Ele clarificou. - E não só isso. Use cotovelos, joelhos, cabeça, mãos, tudo vale na luta de rua.

“Então eu devo usar toda e qualquer parte do corpo disponível para causar dano ao oponente?” Pensei. “O conceito é simples, mas provavelmente vou precisar de bastante prática para dominar isso de fato.”

- Agora vamos para o treinamento de fato. - Ele levantou os punhos, colocando-se em uma guarda de pugilismo. - Venha para cima de mim e me ataque da forma que eu acabei de explicar, vamos corrigir seus erros e melhorar a partir daí!

Assenti com a cabeça, e sem esperar nem mais um segundo, parti pra cima do sargento, preparando para deferir um soco no rosto dele, como retribuição pelo que eu havia recebido. Sem muita dificuldade, o sargento bloqueou meu golpe com seu antebraço esquerdo e contra-atacou com uma forte joelhada no meu queixo, que me mandou direto para o chão.

- Levanta, soldado!!! - Berrou o sargento, em voz de comando. - É assim que se aprende luta de rua!!! batendo e apanhando!!!

Novamente me levantei e parti pra cima dele, dessa vez desferindo um chute lateral contra o peito dele, que apenas desviou para o lado, agarrou minha pernas com os braços, me puxou pra perto e acertou uma forte cabeçada contra o meu nariz, eu havia tentado bloquear com meus antebraços mas não fui rápido o suficiente, resultando nele novamente me levando a nocaute.

Não sei quanto tempo passou, mas foram muitas mais tentativas minhas de ataque e defesa frustradas, mas eu continuei levantando e tentando, provavelmente o sargento estava controlando sua força pois eu não estava recebendo nenhum dano sério com seus golpes.

- Eu não vou desistir! - Exclamei, enquanto novamente partia para cima do meu superior, mas dessa vez eu tinha um plano. Joguei meu braço esquerdo como se fosse um soco novamente mirando no rosto dele, mas no último segundo, depois que ele havia levantado a própria defesa, recuei meu punho, era um finta, e então desferi um soco com a esquerda, acertando-o em cheio no rosto.

O sargento nem sequer cambaleou com meu ataque, mas abriu um sorriso de satisfação ao me ver ofegante após ter acertado o primeiro golpe. - Muito bem, soldado!  Você tá começando a pegar o jeito! Agora vamos treinar a força desses seus golpes. -
Mal pude me sentir orgulhoso por alguns segundos e o sargento já me mandou praticar meus socos e chutes em um saco de pancada perto da parede. Eu soquei e chutei como se não houvesse amanhã, mentalizando um pirata assassino no lugar do saco.

- Controle a força! Se bater muito fraco o oponente não vai sentir, mas se bater muito forte vai gastar sua energia muito rápido! - Instruía o sargento, com berros, enquanto eu batia furiosamente no saco.

Depois de tempo e muitos ataques contra o saco e contra o sargento, eu estava deitado de costas no chão do dojo, exausto e ofegante. Enquanto o meu novo mestre continuava em pé, quase como se não tivesse gastado energia nenhuma.

- Acho que o que você aprendeu hoje já dá para o gasto! - Ele declarou, estendendo a mão para me ajudar a levantar, ajuda que eu aceitei na hora. - Lembre-se! Use isso apenas em último caso, sempre vai ser mais efetivo usar seu estilo de luta próprio. Mas caso seja necessário, você já sabe como agir.

- Sim, senhor! - Respondi usando a energia que me restava após aquela pesada sessão de treinamento. De fato eu seria muito mais habilidoso e efetivo lutando com uma ninja-ken, shurikens ou kunais, porém, agora eu já me sentia confiante o suficiente para pelo menos me virar um pouco em uma luta estando desarmado. - Obrigado por tudo, farei o meu melhor para colocar o que aprendi em prática da melhor forma possível!

Após a sessão de treinamento, faria uma reverência como despedida ao sargento, sairia do dojo e procuraria ao redor da área mais algum marinheiro com patente maior que soldado. Caso encontre um, perguntaria: - Olá, sou o Soldado Richard Bright. Eu sou novo aqui, poderia me dizer onde fica o vestiário? - Se por acaso ele me explicasse a localização, iria para lá imediatamente e vestiria meu uniforme de marinheiro, jogando minhas roupas antigas onde o uniforme estava antes depositado. Após isso, sairia do quartel em direção a minha casa, com o objetivo de contar as boas notícias para a minha mãe e descansar para o dia seguinte.

Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rangi
Membro
Membro
Rangi

Créditos : 2
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Data de inscrição : 03/10/2020

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyQui 24 Dez 2020, 04:31




Ep 1: O médico e o marinheiro

Narração




   Assim que Richard fechou a porta do dojo deu de cara com um grupo de meia dúzia de soldados sujos de lama dos pés à cabeça, mas com uma expressão animada. Carregavam consigo a mesma medalha de admissão que o jovem recebeu mais cedo - O vestiário? Fica alguns corredores mais para frente. Estamos indo para lá, se quiser vir conosco - informa um dos homens - O primeiro dia parece moleza mas espere começar o treinamento HAHAHA - comenta um outro bem mais alto que o restante do grupo

    Após vestir o uniforme e sair do QG, Richard pôde aproveitar um lindo pôr do sol na alta Shells Town. No caminho de casa inúmeros feirantes estão fechando suas barracas para poderem descansar depois de um dia exaustivo. Alguns bares começam a reunir pessoas e são preenchidos com risadas animadas e brindes. Muitos vizinhos param para parabenizar o novo soldado - Quem diria que você realmente virou um marinheiro? Parabéns garoto, não vá esquecer de nós que vivemos aqui embaixo quando subir de posto - diz uma anciã acompanhada de um senhor ainda mais velho.

    Chegando em casa, a mãe está andando de um lado para outro com a mão no queixo e uma expressão preocupada. Assim que ela recebe as boas notícias, pula no pescoço do filho, dando um abraço extremamente apertado. Está visivelmente orgulhosa. A mesa de jantar exibia um banquete delicioso com todos pratos favoritos de Richard. Após a refeição, o garoto finalmente consegue descansar no conforto de sua cama. A noite é repleta de sonhos do evento que mudou sua vida.

    No dia seguinte, o jovem ninja acorda mais cedo que o normal, faltam algumas horas para se apresentar. O clima está agradável com o céu bem limpo, perfeito para um dia na praia. No centro do quarto há um saco marrom, que não estava lá na noite passada. Dentro tem um bilhete fechado e alguns itens: uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] com a palavra Maestria gravada na lâmina e um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]. Se o bilhete for aberto, um texto com uma caligrafia impecável é encontrado.

Bilhete:
 
Mal dando tempo para terminar de ler, o papel se acende e pega fogo até que não sobre nada.





Histórico:
 

OFF:
 


TAG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Shells

Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 EmptyQui 24 Dez 2020, 10:22


~Post 10~

Ao abrir os olhos, pela claridade do meu quarto, logo pude perceber que havia acordado mais cedo que o normal, provavelmente por estar muito ansioso para a minha primeira missão como Soldado da Marinha. Ao levantar da cama para fazer meus alongamentos e exercícios matutinos, pude notar que havia um saco marrom que eu não reconhecia. “Que estranho, isso não devia estar aqui…” Tentaria abrir o saco com cuidado, notando as coisas que estavam dentro dele. Eram uma tanto, alguns pesos e um bilhete, que eu leria logo em seguida. O bilhete era do meu mestre Sanosuke, e nele ele me dava os parabéns por ter entrado na marinha, além de avisar que a tanto era um presente e os pesos uma forma de intensificar meu treinamento. Além de claro, não podia faltar, uma repreensão por não ter percebido que ele entrou na casa a noite, deixou o saco e saiu.

“Típico do mestre, às vezes eu me pergunto se um dia vou conseguir ser um ninja tão competente quanto ele…” Eu pensava com um sorrisinho, enquanto lembrava dos treinos pesadíssimos que eu fazia sob sua tutela. Após desembainhar a tanto, eu inspecionaria a sua lâmina, feliz por ter ganho o presente. “Farei bom uso disto, mestre. Espero poder agradecer pelo presente pessoalmente em algum momento…” Divagava, me sentindo inspirado ao embainhar novamente o punhal. Parecia que, até então, toda a minha vida havia sido apenas uma grande preparação para o agora. Na vida de marinheiro eu teria que colocar em prática tudo o que aprendi, e a pressão seria muito maior. Mesmo assim, eu estava confiante que conseguiria aguentar, afinal, se não conseguisse tudo teria sido em vão.

“Bom, não posso passar o dia inteiro sonhando no meu quarto. Hora de colocar a mão na massa.” Eu então faria alguns alongamentos básicos, de pernas, braços e pescoço por poucos minutos. Então, após terminar, retiraria também os pesos de dentro de seu depósito e depositaria o saco vazio do mestre debaixo da minha cama. Após isso, me vestiria com o uniforme completo de Marinheiro e colocaria os pesos nos meus braços e pernas. Também prenderia minha tanto e a minha ninja-ken no meu cinturão. Então, iria diretamente tomar o café da manhã antes de sair de casa. Caso minha mãe estivesse presente, comentaria enquanto faço a refeição: - Hoje vai ser minha primeira missão como Marinheiro! Deseje-me sorte, mãe! - E daria um sorriso confiante, em um tom animado. Ao terminar de falar, sairia de casa rumo ao quartel logo após o fim da refeição, andando apressado, o coração batendo mais rápido em antecipação para a missão. Se por acaso ela não estivesse, apenas faria minha refeição e sairia.

- Bom dia! - Eu cumprimentaria acenando, com um sorriso caloroso, as pessoas conhecidas da rua enquanto fazia o caminho em direção ao quartel, incrivelmente feliz por finalmente estar em minha primeira manhã como Marinheiro.

Ao chegar no portão do quartel, prestaria continência para os guardas no portão, com eles retribuindo ou não, eu falaria logo após: - Bom dia, sou o Soldado Richard Bright. Eu me alistei ontem e me disseram aqui que hoje seria a minha primeira missão, algum de vocês pode me dizer onde ir para pegar missões? - Tentaria parecer o mais respeitoso possível, afinal, os marinheiros eram meus heróis. Se eles souberem responder, agradeceria com uma leve reverência e seguiria na direção indicada. Caso não, entraria no quartel e faria a mesma pergunta para algum outro soldado da Marinha no local até obter a resposta.

Se eu conseguir achar o local onde pegaria as missões, e lá tiver algum marinheiro de patente mais alta responsável pelo processo, novamente prestaria continência e falaria, em um tom bem sério e com uma expressão marrenta: - Soldado Richard Bright se apresentando! Me alistei ontem no quartel e estou pronto para minha primeira missão, senhor! - Ficaria prestando continência até que ele dê o sinal para parar ou retribua a continência.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Ep 1: O médico e o marinheiro   Ep 1: O médico e o marinheiro - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ep 1: O médico e o marinheiro
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: