One Piece RPG
I - Conhecendo o mundo - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 02:33

» The New Terror of Pirates
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Faktor Hoje à(s) 01:41

» For Whom the Bell Tolls
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Greny Hoje à(s) 01:13

» Cap 1.2 - Liberté
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 01:04

» [MINI- Rmz'] Renegado
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Rmz' Ontem à(s) 21:53

» Timbre Mudo
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Wesker Ontem à(s) 21:29

» [MINI- Kiryu] Cumprindo uma promessa.
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Kiryu Ontem à(s) 21:17

» Capítulo I - Surgem os Eternos!
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Ripper Ontem à(s) 20:37

» ~ Mudanças Importantes ~
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor DEV.Ryan Ontem à(s) 18:28

» [MINI - Lily Ann] Rainha das Rosas
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Kylo Ontem à(s) 17:48

» Phantom Blood
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Johnny Bear Ontem à(s) 12:12

» [Kit - MINK (Dramatical Murders)]
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Blum Ontem à(s) 11:58

» [MINI-Amador Amoroso] NANANAAA
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Kylo Ontem à(s) 04:42

» Apresentação - 2: Falência ambígua
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor love.licia Ontem à(s) 02:21

» Fogo e Sangue
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Shroud Sab 15 Fev 2020, 23:52

» [M.E.P] Rmz'
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Kylo Sab 15 Fev 2020, 23:49

» Sem rumo definido
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor PepePepi Sab 15 Fev 2020, 23:13

» Deus não me ama
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Mirutsu Sab 15 Fev 2020, 20:46

» A justiça não é cega!
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Wild Ragnar Sab 15 Fev 2020, 20:00

» Stage 1 - Uma nova vida
I - Conhecendo o mundo - Página 3 Emptypor Bijin Sab 15 Fev 2020, 17:25



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 I - Conhecendo o mundo

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 73
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptySab 14 Dez 2019, 00:22

Relembrando a primeira mensagem :

I - Conhecendo o mundo

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Hinata Bijin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Bijin
Civil
Civil


Data de inscrição : 17/01/2017

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyTer 07 Jan 2020, 18:57

Capítulo 1: Shells Town

Em vez de um conselho, como esperava receber, Seiji apenas me apoiou na decisão de ir atrás de Hiroshi, embora tudo o que ele falou era o óbvio, para salvar meu irmão lutar contra piratas e quebrar algumas regras da Marinha pareciam ainda necessário. Entretanto o Caminho era para a busca de paz e não guerra, não valeria a pena criar inimigos entre as pessoas que lutam pela paz.

Mesmo que tenha observado um navio ali que poderia roubar para ir atrás dos piratas, o Caminho ficaria manchado, minha busca de alcançar um nível acima da humanidade não poderia ser movida por atos egoístas e simplesmente desrespeitas uma das regras básicas de uma sociedade, a propriedade privada, por isso as opções eram poucas do que fazer, mas meu infantil amigo estava realmente agitado e em seu discurso revelou nossa posição, o que foi bastante inapropriado para o momento.

- Calma! – Disse ao colega. – Se acabarmos presos o Hiroshi não vai ter nenhuma esperança de sair e nós de encontrá-lo, além disso não temos certeza de que ele esta no barco e precisamos de certezas, qualquer coisa eu compro um pequeno barco para seguirmos. Além disso não sei navegar e muito menos pilotar um barco. Você pode fazer essas coisas?

Agora os soldados começavam a nos cercas mas o que eu observava era o capitão Thor, quando eu era garota ele era um soldado justo e imaginava que ele tivesse talvez alguma lembrança do meu caso. Já havia pensado em apelar a principal autoridade da ilha, se ele se interessasse realmente pelo assunto talvez me auxiliasse colocando um subordinado no caso, mas isso seria algo que eu precisava descobrir.

- Vamos na direção do capitão. – Disse a Seiji já descendo pelo lado oposto dos soldados antes que nos cercassem. – Ele é o homem que pode nos ajudar.

Então começaria a correr na direção do homem com martelo dando o meu máximo, tiraria a minha espada da cintura, mas ainda a deixaria na bainha, pois não tinha intenção nenhuma de lutar ou ferir qualquer soldado ali presente. Se por acaso algum soldado se colocasse a minha frente jogaria a espada horizontalmente para não ferir o homem, mas apenas distraí-lo para eu manter a distância.

Se por um acaso não conseguisse alcançar o capitão na corrida não teria o que fazer a não ser apelar ao aumento do tom de voz para que Thor me ouvisse e viesse a minha direção.

- Será que ninguém aqui tem o QI superior ao de um talo de couve? – Olharia para os que estavam a minha volta. – Somente falarei com quem é digno de eu, Hinata Bijin, achar que merece e nesta ilha não há outro se não Hamaku Thor.

Quando estivesse de frente ao capitão então iria me dirigir a ele com calma. Observava seu corpo forte, pelo menos em relação aos soldados, mas era ainda o de uma criança perto de Houken, e retirando meus preconceitos em relação aos inferiores falaria com ele.

- Capitão Hamaku Thor. – Diria o nome dele solenemente, mas com meus olhos fixos nos dele mostrando bravura, força e seriedade. – A nove anos atrás duas crianças desapareceram desta ilha, se não me engano você era um sargento, mas responsável pela segurança da ilha. Essas crianças eram Hinata e Hiroshi Bijin, órfãos. Esses dois jovens reapareceram justamente hoje na sua ilha. Eu estava cuidado da minha vida e Hiroshi veio trabalhar no porto. – Mostrava com a mão olhando toda a desgraça a nossa volta. – Seus soldados, que são pessimamente treinados, me deixaram saber do combate que houve aqui e de um sequestro de um turista, que devido ao tempo que sumimos pode se encaixar perfeitamente com a descrição dele. Um jovem de aparentemente quinze anos e de cabelo roxo. – Estão pegaria a minha espada do soldado que anteriormente joguei ou somente a colocaria de volta na cintura em meio a fala. – Uma vez você falhou conosco no passado e permitiu que duas crianças fossem sequestradas, mas ao elas finalmente saírem e voltarem a sua terra natal, uma delas é novamente levada. Isso é verdade? Acho que somente vocês podem confirmar isso para mim, mas se o for, se eu fosse você me mataria por tamanha vergonha, pois teria vergonha de encarar essas crianças em vida novamente. O que acha? – Depois de uma pequena pausa para respiro. – Pois bem, se de fato meu irmão foi levado gostaria do seu auxílio para perseguir os piratas, pois não posso deixar levarem meu irmão depois de passar nove anos confinado. O que acha capitão? Posso contar com você ou terei que me virar sozinha?



Histórico:
 

NPC companheiro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 22
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyQui 09 Jan 2020, 14:59

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Seiji também ponderava a respeito da situação, que parecia cada vez mais incerta — Não, não sei fazer isso, se não já teria até me mandado daqui e arranjado o outro trabalho - respondia¹. Assim, Hinata tomava uma decisão e resolvia ir em direção ao imponente Capitão da marinha: Hamaku Thor, que protegia a ilha com mãos de ferro - ou melhor, com seu machado de ferro. Descendo do telhado pelo lado oposto ao dos marinheiros, Bijin sentia o impacto que era pular daquela altura. Seus joelhos doíam ao impacto e um deles batia no chão ao cair, fazendo o seu corpo tremer — Você está bem?! - Seiji indagava, após pular da mesma altura e cair de forma suave no chão — Não temos muito tempo, temos que correr! - alertava, olhando para os lados e vendo os marines surgirem ao contornarem o edifício.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dessa forma, Seiji e Bijin começavam a correr em direção ao porto, com um grupo de marinheiro atrás de si — Acho que não conseguiremos despistá-los a essa velocidade! - Buki advertia. Se fosse apenas ele, talvez fosse possível, mas com a espadachim ainda se recuperando do trauma no joelho era impossível abrir uma distância considerável dos perseguidores — Parados ai! O que pensam que estão fazendo?! A entrada no porto está proibida! Escutaram?! Proibida! - podiam escutar uma voz aos fundos gritar — Não ligue! Vamos! - Seiji incentivava, cada vez mais perto do porto, ampliando a visão do local quanto mais avançavam na rua.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A visão do porto ia se abrindo e, com ela, as chamas podiam ser claramente vistas, com homens fardados trabalhando para extingui-las — Precisamos de mais homens aqui! - podia escutar à distância — Joguem mais baldes no segundo foco! - ordens eram gritadas para lá e para cá e, ao ultrapassarem o limiar da rua e do porto, conseguiam chamar a atenção dos outros marinheiros — Ei! O que estão fazendo aqui?! - ao ver que Hinata estava portando uma espada e com a mão próxima à bainha, os marinheiros alertavam Hamaku Thor — Capitão! Alguém desobedeceu o perímetro que montamos e entrou no porto! - assim que era avisado, o Capitão se virava, encontrando o seu olhar com o de Hinata.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Atrás deles, o grupo que os perseguia também chegava e logo a dupla estava cercada — Capitão! - um dos homens deu um passo à frente, o qual aparentava ser o Sargento daquele esquadrão — Essas pessoas estavam fazendo baderna, subindo em telhados e desrespeitando o toque de recolher e, mais que isso, às ordens da marinha! - acusava, apontando para Hinata e Seiiji. Assim, à distância suficiente para se escutarem, Bijin começava a falar, quando Hamaku Thor dava de costas, ignorando por completo o discurso emotivo da órfão — Não tenho tempo para essas besteiras. Carmen, deixarei isso com você. O navio já está pronto? - indagava — Tão logo, Capitão. Creio que o senhor já posso ir indo. Deixe o restante comigo - a mulher respondia, fazendo uma breve reverência ao seu superior e indo em direção aos encrenqueiros.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com um brilho inconfundível em seus óculos, a Tenente Carmen Stanfield ia de encontro aos dois — E-estamos lascados - Seiji conhecia melhor a fama de casca-grossa da Tenente e deixava escapar — Escutei bem o que você falou - se mantinha parada à frente de Bijin, com uma das mãos no cabo da espada — Mas as ordens do Capitão são claras. Dê meia volta e volte para casa, assim deixarei passar a confusão que você causou, que, vejamos... - ajustava o seu óculos — Dá um dia e meio de detenção e uma multa de B$ 200.000 berries - ajustava os óculos, colocando-o para cima — A marinha resolverá essa situação - decretava, sem dar maiores informações a respeito do caso, que parecia ser mantido silenciado.





¹ Nesse caso, não vou por que ele sabe, visto que seu irmão já desempenha a função e seria estragar o NPC.

Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 33
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyQui 09 Jan 2020, 19:00

Capítulo 1: Shells Town

Seiji realmente não sabia a bela arte da navegação como eu imaginava, portanto buscar um barco para seguir os piratas era algo que poderia considerar como fora de cogitação, pior do que não resgatar o irmão, caso ele realmente estivesse no navio pirata, seria morrer perdida no mar. Apesar de amar meu irmão, havia uma diferença de patamar e responsabilidades que cada um de nós possuíamos, seria como comparar formigas a um humano.

Então o jeito era buscar informações do jeito mais incomum, enfrentando as autoridades, e posso dizer que o resultado não foi de todo mal, só não foi melhor porque quando desci do telhado da casa em que fomos descobertos eu acabei ferindo meu lindo joelho. Correr com ele daquele jeito era uma prova de quão humana ainda era e de como é grande o Caminho a minha frente.

Mas pelo menos consegui me fazer ser vista, estava ali e não era a intensão causar problemas, pelo contrário, era ajudar a Marinha a achar a solução que precisavam. Mas eu pude observar bem a situação do porto, por hora todo destruído e com focos de chamas e mesmo a distância era possível sentir o calor que emanava das labaredas que se levantavam contra a vontade humana consumindo objetos pelo homem construídos.

Mas Thor era mais frio do que eu imaginava, tinha feito uma aposta em um emotivo discurso e não obtive nenhuma resposta, na verdade obtive, a vida dos cidadãos que a Marinha deveria proteger eram meras “besteiras”. Mas então eles falaram de navio e quando o Capitão saia observava a direção que ele ia, claro que também marcava na minha mente a direção que o navio pirata seguia, não teria muito tempo para sair  

Pelo menos nesse ponto me sentia mais aliviada, pois sabia que os piratas não fugiriam, mas apesar de anotar muitas coisas mentalmente o que mais me incomodava era não ter a certeza de onde estava meu irmão, pois ele pode estar na ilha? Claro que pode. Ele pode estar no navio pirata? Também pode! Deveria seguir para o mar, ou deveria seguir para a cidade? Sem uma certeza era difícil tomar uma decisão. Mas a Marinha, uma mera organização humana, estava querendo tomar uma decisão por mim.

- Não é possível que todos na Marinha sejam órfãos, sem amigos, família e totalmente desprovidos de amor. – Encarei a tenente que dava sua ordem para eu me retirar. – O que eu busco é uma informação simples, mas que ninguém sabe me dizer para acalmar meu coração. – A serenidade na fala vinha misturado com emoção. Olhava e dirigia minha fala a todos a minha volta. – Eu só preciso saber onde esta meu irmão que estava trabalhando no porto na hora da confusão. Ele tem cabelos roxos, vestia roupas simples e estava desarmado. Ele por acaso foi levado pelos piratas? – Nesse momento observava a reação de todos marinheiros, usava minha liderança natural para conseguir uma reação que me desse uma resposta positiva ou negativa do tema. Se percebesse que a reação era positiva então apenas diria. – Então devo apenas torcer para que o Capitão obtenha sucesso. Vou me retirar para minha morada. – Mas caso não percebesse uma resposta positiva sobre o sequestro tentaria ir mais longe. – Então quando posso ver as vítimas do ataque e ver se encontro meu irmão entre eles? – Depois de mais uma vez observar a reação. – Tudo bem, vou me retirar agora.

Se por acaso descobrisse que meu irmão não foi sequestrado não haveria urgência em meu coração, mas se o oposto fosse verdade sairia aparentando confiança no capitão e ao soldados que estavam a minha volta apenas os agradeceria: “Obrigada pelo serviço de vocês.”

- Seiji, preciso que pense rápido na nossa melhor decisão. – Falaria isso apenas quando nenhum marinheiro estivesse perto para escutar. – Mas precisamos agir rápido. – Sabia que Buki simplesmente trabalhava no maior ponto do submundo da ilha, local que todo bandido poderia se sentir seguro de que nenhum marinheiro apareceria para prendê-lo. – Você conhece alguém que nos conseguiria rapidamente um par de uniformes da Marinha. O navio deles está quase pronto para sair e não temos muito tempo. – Se a resposta de Seiji fosse negativa iria então para uma outra linha de ação. – Então talvez você conheça alguém que tenha um navio que poderemos pagar para nos levar logo atrás da Marinha em perseguição aos piratas? – Caso também houvesse a negativa me restava a humildade. – Por acaso tem algum plano?

Nesse momento precisava de contatos na ilha e buscava me lembrar das pessoas que conheci enquanto estava na seita em busca de algum elemento como o professor de Hiroshi, ele deveria ser um exímio navegador.






Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 22
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyTer 14 Jan 2020, 15:15

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A preocupação por Hiroshi se expressava na insistência de Hinata em permanecer ali. Os marinheiros atrás da Tenente Carmen se entreolhavam, como se refletissem a respeito do que a espadachim havia dito. À sua frente, a famosa Tenente também matinha a sua insistência, mantendo-se firme em sua decisão — Ordens são ordens. Regras são regras - podia ver seus olhos fecharem atrás de seus óculos, que refletiam a luz de um poste próximo. Não era a toa que a mulher havia escalado nas patentes da marinha e conquistado a confiança do Capitão Hamaku Thor. Sua diligência e compromisso com seus deveres eram notórios para todos que a encontrassem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todavia, ainda era humana. Doía-lhe o coração saber de tudo aquilo, até mesmo para tomar coragem para dar aquela triste notícia — Acredito que o seu irmão tenha sido aquele a ser raptado - comentava, ajeitando os óculos, um tanto sem jeito — Mas nós iremos trazê-lo de volta - logo em seguida, procurava palavras confortantes — Você tem a minha palavra - complementava — Mas por agora, preciso que recue e volte para casa. Iremos empregar todos nossos esforços e tomar as medidas necessárias para reverter a situação. Por agora, apenas integrantes da marinha podem ser escalados para a situação - comentava, com a mão apertada no cabo da espada — Como eu disse, é meu último aviso, volte para casa e ignorarei o estorvo que causou - dava seu veredito final.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O sequestro era certo e, com a nova informação, Seiji olhava para Bijin com as pálpebras murchas e fazia como se fosse erguer o braço, a fim de consolá-la, recuando logo em seguida — Vocês são frios e estão completamente errados - o rapaz comentava, dando um sermão humanitário e se aproximando de seu recém encontrada amiga, dando de costas e deixando o local — Conheço. Mas creio que teremos que fazer algo ilegal para isso... - advertia a garota das consequências de seus planos, ao se distanciar da marinha — Também conheço alguém que poderia nos levar, mas creio que isso levaria um pouco mais de tempo... e de dinheiro - deliberava, já distante o suficiente para não ser ouvido ao falar normalmente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Rememorando as personalidades da ilha, Hinata lembrava do instrutor de Hiroshi, o velho Walter Trevor, enquanto Seiji optava por uma outra sugestão inusitada — Estava pensando... eu andei escutando que o Mario... ele é um tritão... ou algo do tipo... - o rapaz parecia um tanto desconfiado ao mencionar do nome — Você sabe de quem... ou o que... estou falando, né? - talvez Hinata estivesse um tanto desatualizada a respeito dos eventos recentes na ilha, mas a lenda do Mario Marinheiro ainda permanecia vívida em sua mente — É... parece que, há um tempo atrás, uma garota o encontrou e agora ambos andam juntos - tecia — Só que... ela é estranha, eu a vi por aí uma vez, ao passar pelo mercado. Sinceramente, prefiro evitar gente esquisita, mas... se ele é um tritão... bem que podíamos ter alguma ajudinha, não é? Dizem que eles são dez vezes mais fortes que um homem normal - expôs, com um tom pouco confiante e incerto — O que acha? - jogava a batata para Hinata, que deveria decidir o destino de ambos.







Off


O Seiji pode ajudar em algo, mas a decisão mesmo tem que ser tomada por você!


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Kekzy em Qui 16 Jan 2020, 15:54, editado 1 vez(es) (Razão : Code bugado)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 33
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyTer 14 Jan 2020, 22:07

Capítulo 1: Shells Town


Finalmente eu havia conseguido uma resposta da marinha sobre meu irmão, ele tinha as características da pessoa sequestrada, o que era realmente triste para mim, mas ao mesmo tempo me dava uma direção do que fazer, também me dava tranquilidade sobre o próprio capitão estar perseguindo os piratas, tinha que ser sincera, neste momento da jornada ele era bem mais poderoso do que eu, mas sua falta de talento natural provavelmente vai estagnar ele nesse ponto mesmo.

- Tenente Carmen. - Olhava para ela após dizer finalmente o paradeiro de Hiroshi. - Muito obrigada pela compreensão e lembrarei do seu nome por ter me ajudado. Vou me retirar nesse momento e torço para que a Marinha obtenha sucesso na jornada. Obrigada.

Saia do porto ainda observando a direção que Thor seguia e o navio pirata, era necessário agir rápido se eu quisesse realmente acompanhar a viagem, então observava meu amigo querendo me consolar, Buki era uma pessoa interessante, um humano simples e de bom coração, mesmo anos depois de ficar sem me ver ainda sentia empatia pela minha dor, mesmo com a resposta da tenente ele ainda dizia que os marinheiros eram frios. Mas na realidade eu poderia entender essa frieza, em uma profissão que lida com a vida e morte tão de perto, se não houver um mínimo de frieza emocional a pessoa poderia ficar louca.

- Se vamos fazer algo ilegal para obter esses uniformes então vamos descartar essa hipótese. - Diferente de muitas pessoas, para alcançar meus objetivos eu não estava disposta a fazer de tudo, como quebrar as leis que mantém a sociedade em ordem. - Dinheiro não seria o problema, mas tempo elimina essa possibilidade também. - Falava me referindo a possibilidade de conseguir um barco.

A solução era buscar mais informações na minha mente sobre o que ou quem eu deveria tentar falar para buscar ajuda nesse momento, mas foi quando Seiji falou de uma figura que eu já havia me esquecido de sua existência. Mario Marinheiro, um ser que não fazia parte da raça humana e da qual o meu Caminho nada dizia, mas como o próprio amigo havia mencionado, são conhecidos por serem superiores aos seres humanos, pelo menos no nível básico.

~ FLASHBACK ~
A alguns anos atrás, quando ainda era uma simples garota, começava a entender o que a seita pregava e buscava a alcançar. Como ainda teríamos que sair no mundo e alcançar um nível superior, Houken muitas vezes passava tempo comigo e com Hiroshi explicando as coisas do mundo e como ele funcionava, mas nesse dia em especial ele falou sobre os tritões.

- Existem as mais diversas criaturas no mundo. - Começava Houken a falar daquele jeito carrancudo, sério e sem nenhum tipo de humor. - Muitas delas tão inteligente quanto os seres humanos, mas hoje quero falar de uma em especial, pois parece que ela esta a um passo a frente da humanidade. São os tritões.

Houken então explicava que eles eram mais fortes que o ser humano, além disso possuiam a grande vantagem de explorar um mundo muito maior que os homens, pois além de andarem na superfície, eles possuem o privilégio de viver debaixo da água. Além disso dentro da espécie a várias raças com diversas habilidades, também possuem tamanhos diferenciados, desde verdadeiros gigantes a anões.

- Entretanto há um detalhe que não passa desapercebido. - Falava finalizando suas explicações. - O topo do mundo, onde os mais fortes habitam, não há um único tritão. Ou seja, embora a priore sejam mais fortes que um humano comum, com treino e dedicação nós superamos essa raça em todos quesitos.

Desta maneira Houken acabava mais uma de suas aulas teóricas e saia me deixando com Hiroshi naquela pequena cabana de madeira que foi nossa casa, sala de aula e local de treino por muitos anos.

~ FIM DO FLASHBACK ~

- Vamos procurar o Mário Marinheiro! - Disse em um tom empolgado. - Ele é um dos senhores do mar, pode nos levar com muita velocidade, só espero conseguir sua ajuda. - Então buscava me lembrar de onde ele poderia ser encontrado. - Sabe onde ele fica?

Uma vez informada partiria para a direção indicada pelo Seiji, entretanto se ele não soubesse o local não teria dúvidas, iria para o Lar das Queixas, lá com certeza haveria gente, já que as redondezas do Porto estão com forte guarda e um toque de recolher, além de obter as informações poderia pegar minhas coisas e partir para a viajem. Então iria na direção que conseguíssemos e buscaria a ajuda do tal tritão.



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 22
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyQui 16 Jan 2020, 16:18

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com bastante cordialidade, Hinata deixava a marinha para trás, evitando problemas com a organização - por agora - e reconsiderando as suas possibilidades. O grupo de marinheiros podia ter ficado para trás, mas à medida que se distanciavam, os olhares os seguiam. Seiji bufava e batia os pés um pouco mais fortes a cada passada, um tanto teso, visivelmente descontente com a forma que a marinha havia lhe dado com a situação; afinal, se tratava de seu precioso amigo de infância, o qual ele desejava veemente poder ajudar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Bem, você que sabe... - de uma forma um tanto distinta, Buki agora esmaecia um pouco, com passos mais hesitantes ao mudar de direção e apontar para a rua que deveriam seguir para chegar até onde pretendiam — Por aqui saímos dos olhos da marinha e podemos chegar onde eu acredito que o Mario se encontre... - engolia em seco, seguindo o caminho — Não deve ser difícil achar alguém tão grande, deve? - questionava — Espero que não tenha nada contra ir à pior parte do Pé de Shells Town, com toda essa classe que você anda... - o comentário vinha com um leve tom de deboche. Haviam saído da parte alta da cidade, encontrado com a Tenente Hikari na Baixa Shells Town e, agora, dado de cara com a Tenente Carmen Stanfield no Pé da cidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Afastando-se do porto, a dupla dava meia volta e se aproximava de novo das encostas, já adentrando uma área residencial. Aos poucos as casas iam perdendo o seu brilho e virando casebres; logo deparavam-se com barracas e construções que poderiam ser facilmente derrubadas com um forte soprar do vento — Faz um tempo que não ando por aqui... - comentava, enquanto tentava andar sem fazer tanto barulho. Diferente da parte baixa, aqui já não havia mais iluminação pública, de modo que as pessoas costumavam dormir mais cedo — É por ali. Pelo que eu saiba - Seiji apontava para o que parecia um cais abandonado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Estava escuro e, se aproximando mais um pouco, podiam ver os destroços de madeira espalhados e as tábuas quebradas da construção que se projetava adentrando o mar. Ali, nada podia-se encontrar — Você tem alguma ideia de como chamá-lo? Porque eu não - sussurrava — Não tenho nem certeza de que ele está por aqui, para ser sincero... mas da última vez, lembro de tê-lo visto pela região, por isso acredito que ele mora por essas bandas. Onde mais uma criatura tão grande moraria!? - exclamava, alternando o olhar entre o cais esquecido e Hinata.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]






Off


Então, cê se distanciou de coisas ilegais, então irei dar um foco maior nas possibilidades do caminho dos CR's e da marinha.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 33
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyQui 16 Jan 2020, 22:33

Capítulo 1: Shells Town


Saindo de perto da Marinha sem me importunar mais os marinheiros, deixei o porto acompanhado do meu amigo. Observava como ele estava realmente chateado com o que havia acontecido com o Hiroshi e apreciava isso, na verdade o sentimento era de gratidão.]

- Não há necessidade de ficar nervoso Seiji. - Dizia com calma para o amigo. - Nem adiantava ficar lá debatendo. Passar um dia na cadeia não nos ajudaria em nada, mas aprecio o seu sentimento, por isso quanto menos tempo perdermos mais rápido vamos poder ajudar meu irmão.

Então depois de uma boa conversa e ponderar bem as circunstâncias decidi ir pelo caminho do Mário Marinheiro, Seiji mostrava nervosismo pelo caminho indicado para nossa jornada, mas me sentia mais tranquila quanto a isso, se não conseguisse sair da ilha o que poderia fazer a não ser esperar, além disso com Thor atrás dos piratas a situação já era boa e não desesperadora.

Buki falava sobre onde iríamos, ela até perguntava se eu me importaria ou não em ir para a pior parte da ilha, o que respondi com um sorriso, principalmente pela fala dessa "classe" que eu tinha, como se fosse me importar com isso, sabia que para alcançar o Caminho para a salvação da humanidade deveria provar tanto os aspectos ruins da vida como os bons.

- Não seja bobo. - Falava com tom de riso. - Estamos falando do Hiroshi, não é? Acha que eu me importaria de andar por aqui?

Mas o que me incomodava nessa andança não era somente a escuridão ou coisa do tipo, era a insegurança de Buki em conduzir-nos até a pessoa que desejamos falar, como já ressaltei previamente, o tempo era pouco e a solução precisava ser para ontem se eu realmente queria seguir o navio que levou meu irmão.

- Fique calmo Seiji. - Disse com a intenção de fazer Buki relaxar um pouco. - Na pior das hipóteses teremos que confiar em Thor para resgatar meu irmão. Sinceramente preferiria ir e ver a situação se desenrolando com meus olhos. Mas o Caminho vai nos levar para o lugar certo.

Então olhava tal casebre onde Mário deveria morar, como não tinha também a mínima noção de como seria preferi pensar no básico, bate na porta, diz que é e torce para dar certo. Mas me identificando de cara e me apresentando de maneira simples acho que poderia criar uma reação menor.

- Mário!? - Chamaria em um bom tom enquanto batia na porta ou no equivalente. - Sou Hinata Bijin e preciso da sua ajuda. - Falaria em alto e bom tom, mas o que me incomodava era falar "pedir ajuda". Sabia que era orgulhosa e isso me frustrava.

Se por acaso Mário não aparecesse seguiria o plano anterior, iria até o Lar das Queixas e lá buscaria a informação que eu precisava para localizar o tritão, alguém tão famoso e tão "diferente" não poderia ser uma pessoa difícil de se achar.



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 22
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptySex 17 Jan 2020, 20:57

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Nas proximidades do porto abandonado, Hinata chamava por aquele conhecido como Mario — Não fale desse jeito! Dizem que dá azar! - exclamava, cotovelando levemente as costelas da garota — Espero que não seja tarde demais... - e, assim, nada aconteceu. O breu continuava ali, junto ao som da marola das ondas, com o vento a sibilar  — Parece que vamos ter que procurar mais um pouco... - comentava o seu companheiro, dando olhadelas nas redondezas  — Nada - confirmava o que a sua visão lhe garantia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Vamos. Não temos tempo a perder. Precisamos ajudar Hiroshi! Se teremos ajuda ou não, isso pouco importa agora! - Seiji se exaltava, batendo os braços na lateral de seu corpo, volvendo em uma meia volta e indo na direção contrária de Bijin. Só então escutaram um grande ruído de madeira caindo vindo do cais destroçado. Buki imediatamente parou, alternando o olhar entre o cais e sua amiga — Você escutou isso, certo? - falava baixo — E-eu acho que devíamos dar uma olhada - tomava coragem. Entretanto, não precisavam fazer o esforço de ir para lá, visto que, o que quer que fosse, agora estava indo em suas direções.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Uma vulto grande e escuro saia debaixo do cais, na região que ainda estava em contato com a areia. Era uma forma estranha, bem maior do que um homem, ultrapassando até mesmo o Capitão Hamaku Thor quando se tratava de estatura e envergadura — Se isso der errado... pode ficar com o meio salário que eu receberia no Lar das Queixas - comentava, dando um hesitante passo para trás — Esse irei deixar com você - Seiji, que estava mais acostumado com as histórias populares, demonstrava seu pequeno pavor devido às lendas urbanas — Mario Marinho... Mario Marinho... deixa-me em paz... - sussurrava tão baixinho que até mesmo Bijin tinha dificuldades em escutar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E, quanto mais se aproximava, mais crescia  — O que querem de nós?! - sacudia seu braço com força, deslocando o vento à sua volta  — Deixem-nos em paz! Em paz! - o colosso dava uma lenta investida em direção à dupla, o que arrancava fora o ar de Seiji — Woh! Woaah! - tropeçava para trás, caindo no chão — Salve-se! - gritava para Bijin, corajosamente se sacrificando. A criatura continuava a se aproximar, e parecia não ter intenção de parar sua investida — Vocês fazerem mal! Mal! - sua voz rouca, como se falasse de dentro de uma concha ecoava. Se não tomassem uma ação, poderiam acabar miseravelmente atropelados.


Off

Mario Marinho! Mario Marinho!


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 33
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptySex 17 Jan 2020, 22:53

Capítulo 1: Shells Town


Em todas as histórias sempre tem aqueles que tem coragem de fazer as coisas e outros não, por exemplo Seiji, observava que ele realmente tinha medo do lugar, medo do tal Mário, mas ele estava ali firme ao meu lado e não arredava o pé, era corajoso, pois mesmo crendo em algum perigo real ele se mantinha ali, procurando um raio de esperança para achar meu irmão.

- Não sei se é verdade, mas ouvi dizer que certas criaturas sentem o cheiro do medo. - Dizia com um sorriso para ele. - Assim você vai chamar a atenção dele para ir direto na sua direção.

Pessoalmente não sabia se isso era apenas folclore popular ou verdade, mas que era divertido ver o rosto de Seije apavorado, isso era. Além disso me distraía um pouco, afinal também não estava de toda segura, a escuridão tinha um certo efeito em nós humanos, mas isso me motivava ainda mais quebrar as barreiras do meu Caminho.

Mas o problema é que mesmo depois de chamar o Mário, ele não havia ainda saído do armário (off: entendeu??? KKKKKK), como estava com pressa também me virava com Buki para sair de lá quando ouvi um som de madeira se batendo. Enquanto meu amigo me questionava se eu ouvi o som, eu me virava para ver a origem do mesmo. O que estava causando isso? Era melhor encarar o problema do que fugir.

Então achei um vulto e se aquilo fosse um problema eu sabia que era um problema dos grandes, por isso já me preparava para o pior, entretanto sabia que poderia ser o tritão que eu procurava, por isso mantive a espada embainhada e não dar nenhum tipo de mal entendido. A primeira impressão era muito importante, por isso era necessário manter a postura e a cordialidade.

Seiji controle-se! - Disse para o amigo pegando sua mão para tranquilizar. - Deixe tudo comigo que irei resolver o problema.

Logo vi que era o tal tritão, mas ele falava no plural, usava o "nós" em vez do "eu", mas isso agora era o que menos me incomodava, um simples sacudir de braço dele criava ventos muito e muito fortes. vendo então Buki perdendo o fôlego e caindo diante do Mario ( e envergonhando o nome que lhe dei), me posicionei a frente dele, com as mãos para cima mostrando as palmas para o gigante em uma linguagem corporal aberta e sincera.

Por favor, precisamos de ajuda. - Disse sem gritar, mas alto o suficiente para me fazer ser ouvida. - Meu irmão foi sequestrado e sei que o senhor possui habilidades para nos ajudar.

Claro que não ficaria parada apenas com palavras, se caso visse que ele não pararia, fixaria me mais no chão dobrando as penas e levantando minha espada com a bainha tentaria bloquear o ataque, mas não sairia da frente de Seiji e o defenderia deste primeiro ataque sem saber se haveria como aguentar um segundo.




Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 22
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptySeg 20 Jan 2020, 22:03

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O colosso já havia se aproximado o suficiente e, heroicamente, Bijin se colocava na frente dele, com os braços erguidos e sem nenhuma proteção contra uma possível e iminente ofensiva. Em mais um passo que a criatura dava para frente, Hinata conseguia ver algo em seu dorso. O seu punho fechado se aproximava ferozmente, mas, instantes antes de fazer contato, a garota escutava uma voz feminina — Mario, não! - não sabiam de onde a voz havia vindo, mas logo o monstruoso braço desviava a direção e socava o chão, fazendo os pés de Hinata tremerem e Seiji, o qual se encontrava no chão, soltar um grito que roubou-lhe o ar — WOOOOOAH! - recuou as pernas e braços para junto do corpo, rolando para a direção contrária — O-oque... - ergueu o olhar, vendo Bijin e Mario parados um frente ao outro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Das costas do monstro, uma figura humana ficava em pé, não passando dos 1,60m, com uma fisionomia esguia e um vestido simples — O que vocês querem?! - a garota gritava, como se aborrecida; na verdade, realmente estava. A espadachim expôs o seu problema e a garota logo retrucava — E... e o que o Mario tem haver com isso?! - questionava — O que tenho haver com isso?! - repetia, dando contraste à voz fina, com a sua voz grossa e oca — Vocês são todos iguais! Desprezam o Mario! Machucam-o! Difamam-o! E, depois, correm como cães com os rabos entre as pernas para pedir sua ajuda, pedir a sua força emprestada! Por quê?! Porque vocês não se importam se ele vai se machucar ou não, só querem usá-lo! - lá de cima, a garota vociferava, com um tom raivoso, que logo assumia uma conhecida voz de raiva e choro. Assim como Bijin tinha seus problemas, os dois também pareciam tê-los.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Urghh - Mario levava a mão até o seu outro braço, colocando-a por cima de sua pele após soltar um gemido de dor — Saiam! Saiam logo daqui! Vocês não merecem a ajuda de Mario! - a garota continuava a se enervar. Seiji já se recuperava e se voltava a se levantar, indo para o lado de Bijin — E-eu acho melhor fazermos o que ela está dizendo... - sugeria — Mas... parece que ele está um pouco machucado... O que diabos conseguiria machucar algo tão... monstruoso? - perguntava — Urrgh! - Mario dava um passo para trás, fazendo Seiji recuar três — Desculpe! Desculpe! - ergui as mãos — E então, Hinata, o que vai ser?! - apressava a sua companheira a tomar uma decisão.

Off

Se quer ajuda, ajude! Ou não!


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 33
Warn : I - Conhecendo o mundo - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 EmptyQua 22 Jan 2020, 23:06

Capítulo 1: Shells Town


Na vida nós temos escolha, nos envolver com os outros ou apenas deixar ela passar, não dou do tipo de garota que observa uma situação de perigo e simplesmente se afasta por causa das pesadas consequências que a determinada ação poderia me acarretar, por isso me por na frente de Seiji era uma coisa natural, ainda mais porque ele estava ali exclusivamente por minha causa, então como não me posicionar diante de uma situação como essa?

Então surpreendentemente não sofri o golpe que imaginava que sofreria, não tinha muitas esperanças de sair desta situação sem me ferir, mas uma voz feminina, vindo do tritão, parece ter impedido do Mário ter realmente me machucado. Seu soco acertava o chão, que tremia e me fazia ver a diferença de forças que tínhamos um para com o outro, era algo como da água para o vinho, não era possível comparar. Buki, que estava às minhas costas, soltava um grito sentindo o impacto da batida. De fato eu estava impressionada, mas como precisava da ajuda não demonstrava medo ou arrogância, mas o olhar de quem precisa de ajuda.

Das costas da garota então saiu uma humana, não era mais alta do que eu, mas de modos simples, mas de fala forte. Foi ela que impediu o tritão de me acertar o golpe, o que já dava alguma demonstração do seu caráter, mas ao ouvir minhas palavras ela vociferava com raiva contra meu pedido, Mário parecia seguir o que a menina dizia repetindo suas palavras, mas os motivos dela não querer me ajudar parecia justo. Além disso transmitia que havia algo que não estava certo com eles, deveria haver algum problema oculto ali e eu precisava descobrir se quisesse a ajuda da dupla.

Então, como água cristalina, percebo que o tritão está ferido, seu braço não parecia bom e mesmo que ele quisesse acredito que não conseguiria dar o suporte que eu precisava, além disso o tempo passava e eu perderia o rastro dos piratas, talvez a situação em si já estivesse perdida e eu precisaria confiar na Marinha, mas o que me incomodava era que o grito de raiva da menina não me soava como raiva, mas um pedido de ajuda.


- Desculpe-nos pelo incômodo! - Disse com sinceridade. - Mas não posso deixar vocês para trás egoistamente sem nada a fazer. - Me aproximava do Mário com as mãos para cima e olhava nos olhos dele em busca de confiança. - Acho que já perdi o rastro do meu irmão e era de fato a minha última esperança. Então já que estou aqui, permitam-me chamar um médico para cuidar de você. Tudo bem?

A verdade é que havia algo dentro de mim que não permitiria abandonar pessoas que precisam de ajuda, principalmente se a ajuda parecer real. No caso da dupla a minha frente, pelo “choro” da garota e a dor que o  tritão demonstrava, algo errado havia acontecido. Ela também disse que muitas pessoas vinham e pediam ajuda a eles, mas parece que de fato eles não eram reconhecidos pela sociedade, talvez preconceito ou coisa do gênero, apenas coisas de idiotas.

- Buki, vamos adiar nossa jornada por enquanto. - Disse ao meu amigo me virando para ele. - Assim como não deixaria você receber um golpe, também não posso deixar eles nessa situação, meu irmão me conhece e entendo que ele ficaria chateado se eu desviasse do meu caminho. - Então o ajudaria a levantar estendendo a mão. - Vá e busque um médico, diga a ele que pagarei o dobro do valor da consulta, não o assuste, mas avise quem é o paciente. Você deve conhecer alguns médicos do submundo que precisam de dinheiro, mas escolha o mais competente.

Então me viraria para a jovem garota e seu imenso amigo, admirava como a dupla funcionava, um parecia ter força e a outra o cérebro, mas para ela ter conquistado tal confiança do tritão a história deles deveria ser interessante.

- Então como posso ajudar? - Diria caso ela disse que não precisassem de médicos. - Deixem pelo menos recompensá-los pelo tempo e permitam que eu faça alguma coisa por vocês. Se não querem um médico pelo menos gostariam que eu comprasse algum remédio, comida ou mesmo algo em especial?

Claro que não compraria futilidades, mas uma vez que ela fizesse o pedido eu iria providenciar o que era necessário para ajudar os dois em suas necessidades. Talvez se eu os ajudassem eles entenderiam que nem todas as pessoas são iguais, como as que vieram anteriormente.



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Conhecendo o mundo
Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: