One Piece RPG
I - Conhecendo o mundo XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 10 Anos de OPRPG - Bingo!
I - Conhecendo o mundo Emptypor Axell Hoje à(s) 13:47

» Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
I - Conhecendo o mundo Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 13:37

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
I - Conhecendo o mundo Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 13:35

» II - Aliados
I - Conhecendo o mundo Emptypor Bijin Hoje à(s) 12:26

» Números do Bingo
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 12:20

» Azcabel Young-Blood
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 11:50

» Draguren Hynno
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 11:48

» Aaron DeWitt
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 11:44

» Duncan Dellumiere
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 11:39

» Capítulo I - Despedida
I - Conhecendo o mundo Emptypor Palitinho Hoje à(s) 11:24

» [Mini-Dori] Antes do começo
I - Conhecendo o mundo Emptypor Dori Hoje à(s) 09:07

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
I - Conhecendo o mundo Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 07:12

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
I - Conhecendo o mundo Emptypor Wesker Hoje à(s) 05:00

» There's no good man in the west
I - Conhecendo o mundo Emptypor PepePepi Hoje à(s) 01:31

» [Mini-Shinki Karan] Ficha
I - Conhecendo o mundo Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 00:21

» O bando nasce! Nobreza contra ralé!
I - Conhecendo o mundo Emptypor Aesop Ontem à(s) 23:24

» Hey Ya!
I - Conhecendo o mundo Emptypor Megalinho Ontem à(s) 23:23

» Naomi Yumi
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 23:22

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
I - Conhecendo o mundo Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:04

» Joe Kerr
I - Conhecendo o mundo Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 22:38



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Conhecendo o mundo

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 44
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptySab 14 Dez 2019, 00:22

I - Conhecendo o mundo

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Hinata Bijin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Bijin

Créditos : 41
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptySab 14 Dez 2019, 01:15

Capítulo 1: Shells Town


Meu nome é Hinata Bijin, estive anos fora do contato com as pessoas para entender o Caminho e agora seria o momento de ter meu primeiro contato com os humanos, digo isso não porque os desprezo de todo, mas porque apenas se conformam em ser isso, meros humanos, enquanto eu, que sigo o Caminho da Espada, vou ultrapassar todas as limitações da nossa espécie e me tornar um deus neste mundo.

Meu mestre me explicou que existem pessoas extremamente poderosas e embora não tenha sido específico, deixou claro que eram quase como deuses, entretanto conhecer e superar todas elas era a minha missão, só assim me aproximaria de me tornar divina e claro, ajudar a raça humana a encontrar paz. Entretanto minha jornada começa onde nasci, na pacata ilha de Shells Town, uma ilha governada pela Marinha e cuja a população é numerosamente baixa, mas como disse Houken, ainda assim suficiente para gerar um ser superior, eu.

A primeira coisa que precisava fazer era conseguir uma arma para mim, claro que não poderia comprar algo fútil feito por simples mãos humanas, mas algo digno e de qualidade, mas que nesta ilha provavelmente eu mesma teria que fabricar, para isso precisava procurar um ferreiro, ou pelo menos um local que pudesse forjar, claro que precisava conseguir convencer o dono do estabelecimento a me permitir a usar sua forja, para isso sabia que nada mais do que o bom e velho dinheiro seria mais do que suficiente para conseguir esse favor.

O poder pode ser dividido em três espectros diferentes, o primeiro e mais primitivo a força. Quando você obriga a pessoa a fazer algo que ela não quer sob ameaça de apanhar ou mesmo matar. Geralmente o método usado pelos desprovidos de argumentos. O segundo espectro do poder sem dúvida é o dinheiro. Uma maneira achada para obter principalmente bens materiais de outras pessoas, mas nas quantia certas poderia inclusive comprar pessoas, não no sentido de um escravo, mas obter "favores" em certos desvios de conduta ou caráter. O terceiro e último nível de poder, a informação. Obter um segredo, um conhecimento específico, informações privilegiadas, pode em certos casos superar todas as outras formas de poder. Uma pessoa então poderosa na luta, com uma quantia de dinheiro quase incontável e com as informações certas no momento certo, com certeza seria como um governante do mundo, mas ainda um simples humano.

- Irmão, vamos em busca de armas, sei onde há uma forja e lá poderemos conseguir nossas armas. - Dizia com atenção observando a reação de Hiroshi. - Preciso de uma espada e você de seu arco, depois disso vamos comer e tentar conseguir um navio.

Como era da ilha sabia onde estavam as coisas, chegar a um ferreiro não deveria ser algo muito difícil, mas caso obtivesse algum tipo de dificuldade buscaria a ajuda dos cidadãos locais.

- Com licença senhor(a). - Falaria em tom gentil e agradável. - Poderia me informar onde acho um bom ferreiro nessa cidade?

Uma vez que tivesse encontrado um local com todo o material para fabricar a minha arma então precisaria começar a negociar com proprietário do estabelecimento, precisava de um favor de um simples humano, algo que não gostava de pedir, mas mesmo no Caminho da Espada saber conviver em meio a uma sociedade ainda se faz necessário.

- Bom dia senhor(a)! - Dizia com educação e atenta as suas reações. - Eu gostaria de uma espada e meu irmão de um bom arco e flechas. Entretanto meu desejo pela arma é um tanto peculiar, pois tenho um desenho em minha mente e se o senhor me permitir eu gostaria de eu mesma fazer a minha espada e pagarei o preço uma nova, o que o senhor acha? Temos um bom negócio?

Claro que se ele não aceitasse a primeira oferta eu aumentaria a minha proposta para até 50 mil berries, ter uma arma que feita pelas minhas mãos era muito mais agradável, fazia parte do Caminho que escolhi e além do que um simples ferreiro desta ilha não tinha as qualificações necessárias para fazer uma espada digna de ser carregada por mim.

A espada que eu tinha em mente era uma claymore, uma espada no estilo medieval, ela possui um gume duplo e geralmente é manejada apenas com uma mão, claro que é necessário muita força para usá-la com apenas uma mão. A infelicidade de estar com uma espada assim é que basicamente eu não poderia usar um escudo, mas isso provavelmente seria temporário, se eu pretendia ultrapassar os limites da raça humana sabia que segurar uma espada pesada com apenas um braço era mais que suficiente.

Espada:
 

Durante a fabricação da arma estaria sempre atenta aos detalhes, uma espada bonita, bem acabada, dava um aspecto de nobreza da qual eu e agradava. Uma vez terminado de fazer a espada olharia para meu irmão, ele tinha que escolher as flechas dele, pegar as melhores que poderia e um bom arco, não é que eu não pudesse fazer para ele, mas no caminho da espada havia decidido no momento fazer um único tipo de arma.

- Muito obrigada senhor. - Agradeci o ferreiro enquanto passava o dinheiro combinado para ele. - Agora me sinto completa e sua ajuda foi inestimável.

Então pensava no que fazer, na verdade meus objetivos são bem amplos, pois ultrapassar a raça humana seria uma jornada de vida, mas o que eu poderia fazer em no dia a dia era outra questão. Havia coisas que gostaria de aprender, coisas que gostaria de praticar, mas no momento ainda não sabia como fazer, mas tinha convicção de que eu precisava de um banho.


Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 28
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptySab 14 Dez 2019, 18:34

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Shells Town era o seu local de nascença. A sua infância tinha sido naquela pacata ilha, mas após as tragédias que a acometeram, após a misteriosa aparição de Houken, a garota viveu sob a sua égide, junto ao seu irmão, em um treinamento intenso em busca da resposta. Quem verdadeiramente era Houken e qual era a resposta? O que mais o Caminho tinha a ensinar? Essas eram indagações não respondidas, as quais Hinata e Hirosi em um futuro breve - talvez nem tão breve - descobririam.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Eu queria que minha arma fosse feita pelo mesmo ferreiro que fez a arma do Mestre Houken - Hirosi ponderava, em resposta à Bijin — Mas creio que isso não seja possível, não é mesmo? Talvez para você seja - jogava a indagação para a sua irmã. Assim, os dois irmãos caminhavam pelas ruas de Shells Town. Percebiam que chamavam certa atenção dos moradores — Quem são os forasteiros? - um indagava — Eu acho que são a pequena Hinata e o pequeno Hirosi... - podiam escutar um grupo de velhos conversando, sem grandes preocupações, à medida que os acompanhavam com olhar. Devido ao treinamento, era difícil os irmãos aparecerem em público assim, em especial nos últimos anos, em que os treinos haviam se acentuado. Haviam crescido e isso era evidente para os moradores da ilha.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Algum tempo havia se passado e, assim, algumas coisas na ilha haviam mudado — Não era aqui que ficava a forja do Sr. Antony? - Hirosi indagava, olhando para o local que agora estava fechado. Diante disso, Hinata era forçada a indagar o grupo de velhos de anteriormente, os quais a instruíam — Oh, você se lembra de nós? Pequena Hin! E Hiro! Se bem que agora não posso mais chamá-los de pequenos... vocês adoravam invadir o meu jardim para pegar algumas acerolas - a velha dizia, em um tom nostálgico; na verdade, antigamente, ela só faltava esganar as crianças — Por onde andaram? O que estão fazendo? - tentava puxar assunto — Ah, sim, sim, a forja do senhor Antôny fechou, pois uma outra abriu e, dizem, que a qualidade lá é muito melhor - comentava — Fica perto da Awa's Shells, creio que você se lembre onde fica! - a velha informava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com um destino certo, Hinata e hirosi logo chegavam ao local, a nova Forja do Caminho — Isso é coisa do Houken, certo? - o navegador questionava. Talvez realmente fosse. Logo entravam no local, um homem careca os recebia — Ah, são vocês! Estava ansioso para conhecê-los - o homem falava como se os conhecessem, quando claramente eles nunca haviam-o visto na vida — Se temos um negócio? É claro. Não vejo problemas - gesticulava, convidando-os a entrar em sua loja — A forja fica do lado de trás - complementava — E quanto a você, garoto? O Houken me deixou algumas instruções sobre você - afirmava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A loja era razoavelmente grande e captava muitos clientes turistas, visto à sua localização próxima da Awa's Shell. Armas tomavam ambas as paredes da loja, dos mais variados tipos e qualidades — Pode adiantar a sua arma, Hinata, mas quanto a você... só o venderei uma arma quando você terminar de carregar algumas caixas até o porto... - dava a triste notícia para o Hirosi — São ordens de Houken - decretava. Diante da autoridade que o nome exercia sobre ele, o rapaz nada podia fazer, senão aceitar — Te vejo depois, irmã - dizia, enquanto Hinata se dirigia às forjas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Algumas horas depois, Hinata terminava o seu trabalho na forja e, acertando o valor com o dono da Forja do Caminho, tinha a sua espada, com o brilho de metal polido, em sua bainha — Seu irmão está no porto descarregando algumas caixas para mim, Houken disse que você não pode ajudá-lo, mas fique livre para vê-lo ou usar as instalações daqui, se assim desejar - permitia, mostrando que o edifício acoplado à loja era, na verdade, a sua residência — Há mais algo que eu possa fazer por você, senhorita? - indagava. Era certo que aquele homem tinha relação com O Caminho, e em razão disso dava um tratamento diferente para ela e para o seu irmão. De toda forma, nada havia dito, mantendo o mistério acerca de sua identidade.


Off

Let'sss start!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Bijin

Créditos : 41
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptySab 14 Dez 2019, 22:58

Capítulo 1: Shells Town


Passeando pela minha ilha natal a curiosidade sobre como as pessoas se comportam era ainda uma pergunta que precisava de respostas, mas as ruas pereciam tranquilas enquanto caminhava com meu irmão e conversava comigo sobre o desejo de ter o próprio mestre Houken criando a sua própria arma.

- Ter uma arma feita pelo próprio mestre? – Pensava sobre o desejo do meu irmão. – Não sei se ele faria, caso contrário não teria me ensinado a confeccionar minhas próprias armas. Entretanto o futuro ainda nos aguarda e quem sabe um dia não chegaremos a um patamar onde Houken nos reconheça para ele nos dar armas feitas por ele mesm...

Mas nossa conversa foi interrompida pela minha percepção do que acontecia a minha volta, algo que não imaginava, mas moradores haviam nos reconhecidos e ainda lembravam de nossos nomes, o que de certa maneira me deixou feliz, de alguma maneira minha existência anterior havia marcado o coração dos cidadãos da ilha, por isso com delicadeza de uma princesa acenava para eles indicando que eles realmente estavam certos sobre quem realmente éramos.

Então chegamos ao lugar onde ficava a forja da cidade, como meu irmão havia lembrado, do senhor Antony, mas ela não estava mais ali, então fomos na direção dos velhos que haviam anteriormente acenado para perguntar sobre uma forja e eles pareciam felizes a respeito de nossa aparição e agora inclusive lembrava das pequenas coisas que aprontávamos quando ainda éramos crianças.

- Estávamos em reclusão senhor. – Respondia para o simpático velho. – Mas espero não ter causado nenhum tipo de desconforto em relação a nosso desaparecimento, voltamos mais fortes e maduros agora. – A preocupação era real, não tinha como deixar de ser agradecida ao povo de Shells Town que me acolheu após a morte de minha mãe. – Sim, me lembro onde fica sim. – Me referia a indicação do local da nova loja de armas. - Muito obrigada pela orientação e o carinho.

Então para a nossa surpresa quando chegamos no estabelecimento indicado pelos cidadãos o meu irmão falou a obviedade que veio a minha mente. Houken não ficou parado na ilha, ele fez mais do que treinar a mim e ao meu irmão.

- Sim,  - respondia meu irmão. – bastante óbvio que nosso mestre fez mais nessa ilha do que nos treinar. Será que deveríamos fazer algo semelhante no futuro?  – Deixava a pergunta sem resposta.

Então um homem da loja de armas se aproximava parecendo nos conhecer, então começou a cuspir ordens para meu irmão limitando a venda a um trabalho no porto. Ele dizia que isso eram ordens do próprio Houken, o que me deixava um tanto intrigada.

- Senhor, nós não nos conhecemos.  – Disse de maneira fria e firme. – Nosso mestre nos colocou agora para vivermos nossas próprias aventuras em busca do nosso caminho, logo após fazer isso você nos diz que ele tem ordens para meu irmão, cuja tarefe é me auxiliar na jornada? – Olhava de maneira firme para o homem enquanto me aproximava. – Só espero que não tenha usado o nome do mestre em vão, pois isso seria muito perigoso.

Após ter falado essas coisas olhei para meu irmão e acenei para ele me despedindo, mas o importante agora é que eu havia conseguido o acordo com ele para fazer a minha espada e depois de entrar na loja e ver as belas armas que ali estavam me dirigi a forja. Fiquei ali por longo tempo e depois de muito suor trabalhando com fogo e metal derretido finalmente tinha a minha lâmina, e apesar de não ser nada modesta precisava admitir, a espada era linda. Então a coloquei pendura na cintura e pronta para ser usada. Paguei o valor combinado, os 30 mil berreis.

- Obrigada pelo espaço, mas não preciso de mais nada. – Disse saindo da loja de armas e já com o destino em mente. – Quando meu irmão vir buscar a sua arma ou me procurar diga para ele me achar no Lar das Queixas.

Claro que não iria diretamente para o Lar das Queixas, agora o que eu realmente queria era me preparar para uma vida mais nômade e então buscaria alguma loja que vende itens como mochila, pederneira e coisas do gênero, gostaria de conversar com quem trabalhasse lá para saber exatamente o que era necessário.

- Bom dia senhor!  – Disse ao ver o vendedor. – Gostaria muito da sua atenção em relação há algumas dúvidas que tenho. Eu e meu irmão vamos ter uma vida um pouco mais nômade em busca de aventuras e conhecimento, gostaria de saber que itens o senhor tem e que me recomendaria comprar?





Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 28
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptySeg 16 Dez 2019, 23:22

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De fato, treiná-los não havia sido a única coisa que Houken havia feito na ilha - não mesmo. Entretanto, também não havia feito nada diretamente, por mais contraditório que fosse - algo que Bijin iria descobrir no futuro. O Caminho ainda guardava grandes surpresas para a dupla de noviços. E era pautado nisso que o vendedor respondia — O Caminho não é uma jornada solitária, mocinha, por mais penoso que seja - dava uma breve pausa, andando pela loja com as mãos atrás das costas — Se o seu irmão pode ajudá-la, porque não os outros? Pode parecer uma tarefa, que eu estou me aproveitando - o que só ocorre por consequência - quando, na verdade, estou ajudando-o - suas palavras soavam como detentoras de grande sabedoria - ou apenas um experiente falastrão — Assim como eu, várias  outras pessoas surgirão em sua jornada, a qual desejo que tenha resultados esplêndidos - finalizava, estendendo a mão para apanhar o dinheiro e se despedindo da jovem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Na iminência de deixar a ilha e partir, Hinata se via obrigada a fazer os preparativos para a viagem, indo até a loja mais próxima, a qual lembrava pertencer ao senhor Nicolau, um adulto que estava na transição para a velhice — Olá, jovem! Seja bem-vindo à minha loja. O que procura?! - ao indagar e à resposta da espadachim, o homem a olhava bem nos olhos, sustentando-o por algum tempo — Eu te conheço de algum lugar? - questionavam, incomodado, mas sem saber ao certo quem era a garota, mesmo que tivesse uma vaga impressão familiar sobre ela — Você e seu irmão irão partir em uma viagem... -  a frase o fazia refletir ainda mais, mas não era conclusiva, desviando-se totalmente do propósito da mercancia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Só após fitar Hinata algum tempo e não lembrar de nada, ele prosseguia — Pois bem, o que você precisa para uma viagem?! - ele logo sumia embaixo do balcão e, instantes depois, como em um passe de mágica, aparecia abraçando tudo em suas mãos — Uma mochila grande, é claro, espaço nunca é demais - jogava para cima de Hinata — Um lampião para quando ficar escuro - colocava no espaço entre a bolsa e o braço da garota — Cordas, fósforos, isqueiros, guizos e um kit de gazua são essenciais para todos os momentos - adicionava os itens acima da mochila — E, se você vai viajar, uma bússola, uma luneta e afins são imprescindíveis! - atolava Bijin mais ainda, de forma que já ficava difícil segurar tudo — Tenho mapas de todas as ilhas dos Blues, se desejar! Afinal, um viajante sem um mapa é apenas uma alma perdida! - colocava um Mapa dos Blues na mesa — Algumas panelas, comida e uma câmera fotográfica para registrar os momentos mais inesquecíveis não podem faltar! - agora, já era muito difícil manter o equilíbrio — Tudo por apenas... um milhão, quatrocentos e cinquenta mil berries! - anunciava — Ah! A viagem pode ser perigosa, então uma armadilha e uma algema, quem sabe duas, sejam necessárias... um milhão, quinhentos e setenta e cinco mil berries no total! - dessa vez, colocava as algemas nas laterais da roupa de Hinata e a armadilha em cima da mesa.


Off


Quer me dar o trabalho de ver tudo né :vemnamao:


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Bijin

Créditos : 41
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptyTer 17 Dez 2019, 01:17

Capítulo 1: Shells Town


O ferreiro mostrava um pouco de sabedoria ou era apenas uma desculpa furada, claro que em minha jornada haveria de encontrar com outras pessoas, mesmo sendo ou não da seita, essas pessoas influenciariam na minha vida e claro, na jornada para alcançar o alvo mais alto, me tornar como uma deusa, entretanto ter esse potencial reconhecido fazia com que algumas pessoas quisessem ajudar.

Então me preparando para sair da ilha buscava uma loja que oferecia equipamentos para viajantes e quando fiz a pergunta recebi mais informações do que imaginava, para fazer uma viagem longa não era necessário apenas ter uma espada e um navegador, mas eu mesmo era uma cozinheira no máximo mediana, meu irmão não era melhor, além disso ele oferecia diversos kits que não sabia a função e nem o quão necessário era. Mas ele estava fazendo o papel de vendedor dele.

- Exato, eu sou Hinata e meu irmão Hiroshi esta trabalhando no porto. – Respondia enquanto via todos aqueles utensílios que ele me apresentava. – A ideia realmente é viajar, mas acredito que não esteja tão preparada para isso. Há tantas coisas que preciso aprender. – Analisava todas as coisas que ele queria que eu comprasse. – Mas sinto que de certa maneira você esta me empurrando coisas demais. Entretanto algumas coisas que tenho certeza que podem ser úteis levarei comigo.

Então pegava algumas coisas que achava que seriam necessárias, mesmo se o caminho mudasse, para conseguir viajar. Minha liste era:
- Kit completo das com cordas
Citação :
Corda 10m(1), Fósforos(5 Caixasx30 Usos Cada ), Isqueiro (1x20Usos), Guizos(3), Kit de Gazua (1),
Itens de uso comum em diversas situações.
Preço: 20.000
Quantidade:  1
Inventário: 1w
*Gazua é as chaves universais usadas por arrombadores.
- Duas mochilas grandes, uma iria para meu irmão.
Citação :
Mochila Grande
Preço: 100.000
Quantidade:  1
Inventário: +20w no inventário. (A ocupação das Armas neste item irão contar de forma diferente. Armas com:
1w = 3w
2w = 5w
3w = 10w)
- Duas armadilhas
Citação :
Armadilha
Uma armadilha criada para pegar ursos, animais selvagens e pessoas.
Preço: 45.000
Quantidade:  1
Inventário: 2w
- Duas algemas
Citação :
Algemas
Usado principalmente por marinheiros.
Preço: 40.000
Quantidade: 1
Inventário: 1w
- Dois lampiões
Citação :
Lampião
Um antigo lampião que aceso pode ser muito útil no escuro.
Preço: 20.000
Quantidade:  1
Inventário: 2w

- Acho que com isso te devo 310 mil berries, correto? – Falaria enquanto pegava o dinheiro. – Você saberia dizer qual é a maneira mais segura para se viajar aqui no East Blue?

Ouviria a resposta dele, era realmente interessante conhecer o mundo, embora seja orgulhosa e de fato não gostasse de simples mortais, sabia que o conhecimento adquirido por eles ainda tinha grande valor, principalmente quando ainda estava no início da jornada.

Então após ouvir a resposta da última pergunta sairia pegando todas as coisas compradas e iria para uma loja de roupas femininas, tinha alguns modelos de roupa em mente, mas queria ver se tinham os modelos desejados. Por isso assim que chegasse começava a procurar logo pelo vestuário correto. E caso encontrasse levaria até a vendedora os modelos por mim desejado.

Medelo 1:
 
Modelo 2:
 
Modelo 3:
 

- Senhora! - Chamaria com altivez e força atraindo a vendedora a minha direção. - Eu gostaria de adquirir esses vestidos, poderia me dizer o valor e embrulhá-los, por favor?

O valor deveria ficar entre 90 e 360 mil berries, afinal não peguei dos vestidos mais baratos, mas os de melhor qualidade. ([Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]) Uma vez que tivesse adquirido tudo o que precisava agora iria para o ponto de encontro com meu irmão, o famoso Lar das Queixas. Assim tomar um banho, comer e esperar o meu irmão.



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Bijin em Ter 17 Dez 2019, 07:17, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 28
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptyTer 17 Dez 2019, 02:10

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não reconhecendo a oferta do vendedor, o qual só tinha como interesse vender os seus produtos tanto quanto possível, Hinata selecionava sabiamente os itens que seriam necessários em sua empreitada, escolhendo a dedo o que levaria. Ao final dos cálculos, o vendedor decepcionado anunciava — 310 mil?! Você está querendo me roubar?! 430 mil! - o vendedor a corrigia, emburrado — Bem, sei... é comprando um dos meus mapas - empurrava novamente o mapa de um milhão de berries — Certo, certo... é pegando carona com a marinha, se quer segurança - dava uma breve pausa, coçando o queixo — Mas se quer celeridade, A Apple e seus zepelins não um tiro certo - comentava, enquanto separava os itens desejados pela compradora.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com o negócio fechado, Hinata agora se dirigia à loja de roupas femininas mais próxima, a qual era a mesma que conhecia na sua infância, a loja da costureira Lafaye. Ela também já era velha, assim como a maior parte da ilha que conhecia a garota - ou ao menos, que poderia reconhecê-la. Chegando à loja, foi bem recebida pela costureira, a qual já aumentou os olhos ao sagazmente perceber que a garota havia feito compras recentes. Eram os olhos bem treinados de uma vendedora — Pois não, minha linda senhorita? - a bajulava — Creio que nunca a vi aqui, seria uma turista? - esfregava as mãos, andando ao lado de Bijin — Pois, na verdade, você me parece estranhamente familiar... não que tenha algo de estranho em você - dava uma risada; nem tão risada assim.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao momento em que anunciava o que desejava levar da loja, a dona logo se apressava  — Sim, sim... eu possuo o que você quer, é claro! E, senão, algo muito próximo disso! E não há nenhuma outra loja de roupas femininas por aqui, mas posso garantir a qualidade das minhas peças! - sua voz enfadonha e grossa permeava a sala, enquanto ela colocava dezenas de vestidos nos braços — Não gostaria de testar algo a mais? Tenho certeza que esse cairia muito bem em você! Ah, se não cairia! - dava uma risada abafada, tocando nas cinturas de Hinata. Era uma loja chique e ali havia outras damas, as quais pareciam cochichar entre si - e o provável objeto das fofocas era Hinata.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todavia, o que importava no momento era o preço e, aquelas três míseras roupas - nem tão míseras assim, visto que as duas primeiras eram definitivamente um look nobre - estavam longe de serem baratas — Esse primeiro modelo está na faixa dos 119.000 berries, enquanto esse segundo... deixe-me ver... - olhava a etiqueta na roupa — 99.000 berries! - clamava empolgada, como se as roupas estivessem em uma enorme promoção — E essa última... - a vendedora olhava para Hinata, assim como as outras damas — Não combina com você, foi um pedido que uma compradora fez e não pegou - dava uma breve pausa — Você tem certeza que o quer? São apenas 59 mil berries - informava.


Off

Ao avaliador: sinceramente não sei bem como estipular esses preços das roupas, dei o que achei plausível, mas gostaria de uma atenção nesses valores para ajustá-los ao adequado!


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Bijin

Créditos : 41
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptyTer 17 Dez 2019, 08:24

Capítulo 1: Shells Town



- Senhor, disse que não quero mapas! – Voz firme e olhar gelado foram lançados com força em direção ao homem. - Acaso o senhor me toma por tola? Como espera que seus clientes retornem se os trata como verdadeiros idiotas? – Então devolvia o mapa oferecido e pegava apenas o que realmente havia pedido e me interessava. Mas foi a resposta a outra pergunta que achei interessante e pela primeira vez honesta da parte do vendedor, viajar em segurança seria com a Marinha, uma espécie de força policial cujo poder se estende ao mundo todo. - Obrigada pela resposta honesta dessa vez.

Enquanto caminhava até a loja de roupa ponderava sobre a Marinha, afinal ela proporcionaria proteção e daria os recursos necessários para viajar, entretanto estaria sujeita a obediência de uma força poderosa, com certeza com corruptos, sempre há nas grandes organizações, por isso o ser humano acaba se tornando sua maior vítima. Mas o ponto era, se eu me tornasse uma marinheira poderia ver benefícios e facilidades, entretanto essas mesmas felicidades poderiam me prejudicar no meu Caminho.

Chegando à loja uma atendente rapidamente veio me atender, pelo menos dessa vez ela acreditava que eu não era da ilha, o que de certa maneira era verdade já que eu estava meia isolada da sociedade e basicamente estava sendo meia turista sim. Mas por fim, como as demais pessoas, ela acabou achando em mim alguma familiaridade.

- Sou Hinata Bijin, irmã mais velha de Hiroshi. – Disse para ajudar a garota a lembrar um pouco do passado. - Me tornei órfã muito cedo e desde então recebi cuidados de um bom mestre, junto com meu irmão. – Esperava que dessa maneira a deixasse satisfeita com as dúvidas em sua cabeça sobre a minha pessoa.

Logo então que mostrava minha disposição em comprar algumas peças a costureira foi substituída pela dona da loja, o que era normal pelo visto, aos olhos dos comerciantes eu parecia uma fonte de riqueza e desesperadamente buscavam saquear de mim o pouco dinheiro que possuía. A falha humana de ver primeiro a si mesmo, buscar egoistamente as coisas que quer, esquecendo a necessidade dos outros.

- No momento tudo o que busco são apenas esses três modelos. – Ressaltei com convicção para que nada mais me fosse oferecido. - Então o total ficará 270 mil berries. – Disse fazendo as contas na cabeça e arredondando para cima, claro que sabia que o valor exato era de 267 mil, mas quem liga em ajudar uma pessoa. - Os três mil excedentes de a sua costureira, o bom trabalho dela certamente me fez escolher as roupas. – Então saía da loja e voltaria a vagar nas ruas, mas desta vez com destino certo, o Lar das Queixas.

Esse estabelecimento é conhecido como uma excepcional loja de tecidos durante o dia e uma bela hospedagem, mas na noite se torna uma movimentada taverna cuja a presença de marinheiros não era permitida, a dona, uma grande personalidade de ilha, basicamente tomava conta das situações perigosas, o que ao meu ver se tornava o melhor lugar para se ver o pior da ilha, uma verdadeira chance de aprendizado.

- Gostaria de um quarto com duas camas, por favor. – Disse para a atendente do local. - Vou passar a noite aqui. – Respondia caso ela perguntasse sobre o tempo que passaria aqui. - Meu irmão deve vir aqui me procurar, meu nome é Hinata e meu irmão se chama Hiroshi, quando ele chegar envio-o aos meus aposentos por favor.

Se tudo desse certo eu iria então para meu quarto e tomaria um delicioso banho, colocando a minha roupa para respirar e minha pele branca para limpar suas impurezas. Uma vez que tivesse tomado o banho me vestiria com o segundo modelo de roupa que havia comprado, muito semelhante a minha atual veste, mas mais leve e sem a grande saia, claro que logo colocaria minha espada na cintura, arrumaria tudo dentro das mochilas e aguardaria deitada na cama meu irmão ou a noite chegarem.




Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 28
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptyTer 17 Dez 2019, 12:36

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Tão logo revelava quem era, a mulher levava à mão à boca, assim como algumas das outras damas presentes — Louvado! Eu não acredito... você cresceu tanto! - Lafaye comentava, olhando com certa preciosidade nos olhos a garota — Eu e seu pai... - colocava os dedos na frente da boca, interrompendo-se e desviando o assunto; entretanto, seus olhos marejados não deixavam mentir — Fico feliz em saber que está bem, e tão... forte - comentava; essa última parte, porém, não parecia agradar tanto, visto que um vestido que ela idealizava não caberia em Hinata — Por que não fica por aqui? Eu posso te dar um emprego, cuidar de você, do seu irmão... ainda há um futuro para ambos aqui - convidava, deixando-se levar por algumas lembranças do passado — Um recomeço... eu diria? - colocava a mão no ombro da espadachim, como se implorasse por aquilo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De mais a mais, a negociação não podia parar, mormente porque Hinata havia dado um valor inferior ao imaginado pela mulher — Na verdade, são 280 mil berries... - corrigia, sem jeito — Mas para você... 275 mil berries é algo que posso fazer - definia, com um bom tom de vendedora, a qual parecia estar dando um desconto inimaginável — Quanto a costureira, se acha que ela merece alguma bonificação... - a avareza não encontrava limites, como era de se esperar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com as compras finalizadas, Hinata se dirigia até o Lar das  Queixas, um dos - senão o mais - famoso estabelecimento da ilha, erigido com os estimáveis esforços de Setsuni, a qual mais era uma administradora de ferro, afastando até mesmo a presença dos marinheiros locais com a sua vasta influência. E era lá que Bijin chegava após alguns minutos de caminhada, voltando a atrair os antigos olhares da ilha — Duas camas para a senhora. B$10.000. O aviso será devidamente repassado ao seu irmão, com toda graça. Tenha uma boa estadia - o atendente a recebia, fechando o valor e entregando-lhe a chave do aposento — Gostaria do serviço de quarto ou algum extra? - empurrava-lhe um folheto com os serviços prestados pelo local.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Por fim, naquele dia que já se tornava cansativo, em razão da forja, Hinata se via sozinha em um quarto, com água morna a esperando na banheira, além de uma tentadora e macia cama, que a gravitacionalmente a puxava. No entanto, as horas se passavam e nada do seu irmão chegar. Já parecia estar tarde e Hirosi ainda não havia chegado. Estaria ainda carregando caixas?

Off

O sumiço de soldado Gunter Hirosi.

Atualiza o histórico com os três valores descontados nas perdas para não acumular coisa!


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Bijin

Créditos : 41
Warn : I - Conhecendo o mundo 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo EmptyTer 17 Dez 2019, 17:45

Capítulo 1: Shells Town


Confesso que fiquei impressionada com a postura da mulher ao ouvir meu nome, então começou a boa conversa de “como você cresceu”, mas o que não entendi era o que ela quis dizer com ela e meu pai.

- Ficar aqui? - Olhava até com surpresa para tal sugestão, mas ela não tinha ideia do que era o Caminho e sua ignorância era seu limitador. – Senhora Lafaye, fico feliz por se lembrar de mim com tanto carinho e querer dar essa chance, mas meu destino é muito mais que Shells Town, eu, como representante da humanidade, tenho a missão de salva-la, como poderia deixar isso para trás?

Embora ela não pudesse compreender a totalidade de minhas palavras e o peso do destino que carrego, deixar tudo para trás e ficar nessa ilha seria como me rebaixar a um mero mortal sem perspectiva, seria um suicídio do meu ser.

- 280 mil berries?! – Indagava refazendo as contas de cabeça (off: a Aninha aqui foi pegar a calculadora) e realmente a mulher estava certa. – Não há problema no valor, eu que falhei em minhas contas. – Estava morrendo de vergonha e evidentemente minha bochechas havia ruborizado. – Mas aqui esta os 280 mil e pode dar 5 mil a costureira, ela é uma boa profissional e mantem sua loja alegre e com produtos de boa qualidade.

Com as compras agora finalizadas era o momento de me arrumar, e fui para o belo Lar das Queixas, lá pedi o quarto com as duas camas e a atendente prontamente conseguiu me arrumar um local no estabelecimento e logo paguei os dez mil berries por ela cobrado e me dirigi a suíte a mi concedida.

Coloquei todas as compras no quarto e fui tomar um delicioso banho, apesar de querer superar o ser humano como um todo, ainda era bem mais humana do que queria admitir, e o prazer do banho era nítido e mostrava o quão longe estava do Caminho que havia começado a trilhar. Mas isso me dava um certo tempo para pensar em como é ser como um deus?

Após o banho me troquei e cochilei um pouco, claro que a cama estava maravilhosa, mas percebia que a noite começava a chegar e não tinha nenhum sinal do meu irmão em lugar algum, mas como a noite era uma criança, pelo menos era o que se ouvia na rua, por isso assim me levantei, prendi minha espada na cintura e coloquei as coisas arrumadas no armário e sai trancando a porta. Fui então a recepção.

- Olá! – Cumprimentei a garota que ali atendia. – Vou sair e se meu irão chegar peça para ele esperar mais um pouco que já volto. O nome dele é Hiroshi e eu me chama Hinata, por favor lembre-se disso por mim.

Saindo do Lar das Queixas comecei a andar na direção ao porto da ilha, não era nenhum lugar secreto, na verdade era bem aberto, simples e provavelmente de maioria de pescadores, mas era evidente que a ilha deveria receber provisões de outros lugares, sem espaço para plantações ou criação de animais o que restava era apenas importar esses produtos essenciais. Claro que isso não significa fracasso econômico, se ela produzir produtos manufaturados mais caros do que aquilo que importamos o negócio é até lucrativo.

Mas andaria atenta nas ruas, por dois motivos, um porque estava perto do Lar das Queixas e a ausência da Marinha na região era uma notícia amplamente conhecida. O segundo motivo era ver se visualizava meu irmão. A princípio pensei em passar na loja de armas e ir para o Porto de lá, mas mudei de ideia, se Hiroshi estivesse lá já estaria vindo pata cá e provavelmente armado e sem problemas.

Chegando na Marinha olharia a volta, buscaria ver se encontrava primeiramente meu irmão ou pelo menos uma enorme pilha de caixas, já que era isso que me foi falado.




Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Conhecendo o mundo Empty
MensagemAssunto: Re: I - Conhecendo o mundo   I - Conhecendo o mundo Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Conhecendo o mundo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: