One Piece RPG
Demolishing the Wonderful - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:04

» Ato III: Not Fast but Furious
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Yamazaki Raizo Hoje à(s) 14:36

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 14:27

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor DarkWoodsKeeper Hoje à(s) 12:16

» X - A vontade de um Rei
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 12:09

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor DarkJohn Hoje à(s) 11:34

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Akise Hoje à(s) 10:13

» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Noah Hoje à(s) 08:53

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:42

» [Mini- Yoru] Aula de kenjutsu!
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Yoru-san Hoje à(s) 04:00

» I - As rédeas de Latem City!!
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 01:42

» Ficha Saito Hiraga
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Saito Hiraga Hoje à(s) 01:38

» X - Some Kind Of Monster
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:24

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Nolan Hoje à(s) 01:09

» [Ficha] - Koji
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 00:24

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Subaé Ontem à(s) 22:44

» A primeira conquista
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:01

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 21:46

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Shogo Ontem à(s) 20:31

» [M.E.P-DarkJohn] O começo de algo
Demolishing the Wonderful - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Demolishing the Wonderful

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptySex 13 Dez 2019, 00:13

Relembrando a primeira mensagem :

Demolishing the Wonderful

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Asger. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 01/09/2017

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyTer 14 Jan 2020, 00:41

Demolishing the

Wonderful

As observações de Laezar sobre Kraven eram as mesmas que eu tinha coletado relacionado ao jornal, mas o homem era muito mais esperto do que eu na busca de informações e conseguia nos trazer um objetivo, o Hospital Psiquiátrico Adonai, o que causava grandes suspeitas e o tritão tinha grande conhecimento disso, tínhamos um local para irmos. O tratamento fora doloroso, embora suportável após Sylph ter terminado eu já me sentia mil vezes melhor do que estava antes sangrando. - Você fez um ótimo trabalho, Laezar. Já temos onde irmos amanhã. - Terminaria dizendo para o homem, enquanto esperaria que meu companheiro descansasse mais após termos tido grandes problemas.

- E quais são esses nomes, Kraven? - Perguntaria ao mesmo após sabermos por onde deveríamos partir, ir a caça daquelas pessoas e também dos registros dentro do hospital era algo que deveríamos fazer com grande certeza. Ao analisar melhor o meu companheiro, percebia que Saulo havia apanhado bastante e não tínhamos pistas de qualquer indício de quem havia feito aquilo, mas sabia que a pessoa pagaria com grandes juros. Na manhã seguinte, tínhamos acordado e eu recebia uma bolsa mais do que estranha que pertencia a aquele esconderijo. - Oh, obrigado. Não é lá muito bonita, mas deve ser útil para carregar as coisas. - Falaria enquanto olharia para meus companheiros para dar mais ordens para eles.

- Envy, quero que fique aqui com o seu irmão. Sylph, lhe darei meio milhão, arrume mantimentos para nós em qualquer mercado próximo. Laezar, nós invadiremos o hospital para pegar aqueles arquivos, agora você sabe melhor como que é o local e tenho garantia que não teremos problemas para bater naqueles homens, você me explica melhor no caminho. - Terminava dizendo para o meu companheiro, retirando quinhentos mil dos meus bolsos e entregando para Sylph, esperando que a mesma entendesse o que eu pedia para ela. - Nos encontraremos aqui novamente a noite. Sylph, tente ser breve, traga algo para Envy se alimentar, acredito que não vamos passar muito tempo aqui, mas caso passemos, é bom estarmos garantido. - Olharia para o vermelho. - Assim que estiver pronto.

Colocaria meu capuz do sobretudo e prosseguiria novamente em direção a cidade, seguindo os camihnos que Laezar teria feito anteriormente. Olhando para qualquer restaurante que houvesse próximo daquele estabelecimento, abasteria nossos estômagos por ali. - Antes de irmos, vamos fazer uma boquinha. Saco vazio não para em pé. - E prosseguiria para comer o que tivesse de bom naquele local antes de voltar a análise do objetivo principal, o hospital.

Procuraria por entradas, saídas, o comportamento dos seguranças e também como que era o prédio. Estaria sempre buscando visualizar também quem estava circulando por ali, fosse um paciente, acompanhante ou qualquer coisa parecida.



Histórico:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyTer 14 Jan 2020, 14:12



Post.15



- César Maximiliano. - Teria respondido o vermelho quanto questionado sobre o nome do terapeuta de Kraven, com tal conhecimento o grupo se recolheu para descansar acordando assim um pouco mais revigorados apesar da fome que aos poucos crescia. Aceitando a bolsa que poderia ser útil durante a viagem e entregando suas ordens, assim como uma boa quantia em dinheiro para a sirena o grupo mais uma vez se separou, Laezar e Asger seguiram juntos em direção ao manicômio enquanto Sylph buscaria mantimentos na cidade.

O caminho que os dois grupos tomavam eram diferentes talvez pelo fato de não desejarem andar juntos e fazer um trio chamar mais atenção do que uma dupla chamaria, Envy tinha ficado na cabana com seu irmão para assegurar o forte e ficar de olho na recuperação de Saulo. Apesar de Asger e Laezar seguirem o mesmo caminho da noite de ontem o mesmo parecia bem diferente durante a manhã, podendo se deduzir que era umas oito horas e alguns poucos minutos da manhã, aquela área rural parecia bem mais viva do que antes quando Laezar tinha surrupiado uma blusa simples que ele usava agora. Poderia se ver uma pessoa cuidando de uma pequena horta em casa x enquanto em outra casa teria uma mulher colocando roupas no varal, um senhor de idade passeava com seu cachorro pela rua, era uma região bem mais simples e tranquila do que o centro caótico da cidade.

Seguindo por mais um pouco de tal região o tritão encontrava uma pequena pousada que servia também como restaurante para aqueles que estivessem instalados ali ou apenas quisessem experimentar de uma comida caseira. - Certo. - Respondeu Laezar olhando para os lados garantindo que eles não estivessem sendo observados ou seguidos antes de entrar no restaurante da pousada, era perceptível que ele concordava com a ideia e estava feliz para ter mais um momento para descansar e comer antes do trabalho que estaria por vir. Por ser um lugar simples servindo comida caseira a falta de uma variedade vegetariana era clara, o máximo que atenderia tal desejo era uma salada de alface e tomate cortado, a refeição era arroz e feijão com bife acebolado, poderia ser uma refeição simples mas bem saborosa comparada ao valor pago de 5.000,00 pelos dois pratos mais 500,00 por um copo de suco ou refrigerante caso fosse do desejo dos dois sendo água oferecida gratuitamente claro. - Vou admitir e dizer que não vejo a hora de sairmos desse fim de mundo... - Comentou o companheiro tirando 3.000,00B$ pagando 2.500,00 de seu prato mais 500,00 do suco que ele escolheu tomar.

Laezar era um homem comprometido com a sua missão e o seu trabalho, um homem lógico e frio mas que tinha seus luxos e seus desejos, como bem percebido por Asger antes o tritão teve que sacrificar de suas boas vestes para usar um blusa simples que era um pouco larga demais para o seu físico, agora eles estavam comendo uma comida simples sem nenhum senso de apresentação ou equilíbrio, um homem requintado a essa hora estaria ofendido e reclamando até dizer chega mas Laezar era muito mais que apenas alguém de gosto requintado, ele era um soldado que compreendia que tal situação era necessária para se manterem em low profile até a hora certa chegar.

Deixando tal restaurante assim que o tritão pagasse sua própria conta a dupla voltou para a sua caminhada de volta ao centro, um percurso que como descrito na noite anterior tomava certo tempo, caminhando e caminhando aos poucos eles iam chegando a região mais urbanizada onde a cidade mostrava a mesma movimentação e população de sempre mas dessa vez eles poderiam ouvir que a notícia dos feitos de ontem já teriam se espalhado. - Ouviu a nova, parece que Yanis foi morto. - / - Porra eu acho que todos já imaginávamos que esse dia ia chegar. - Poderia se ouvir em um ponto enquanto no outro. - Cê viu que invadiram o Hospício lá, tão dizendo que Kraven voltou para se vingar. - / - Eu ouvi dizer que foi um médico que ficou doido e decidiu atacar todo mundo. - Apenas fofocas correndo soltas, Asger poderia deduzir que eles falavam da infiltração de Laezar que de alguma foi distorcida para o folclore que o povo estava falando ali, afinal era bem mais interessante ouvir do louco que voltou para obter sua vingança do que sobre um tritão estranho que foi impedido em algum momento.

Seguindo mais uma longa caminhada com a mesma cautela e cuidado de antes eles agora deixavam o centro e seguiam se afastando mais uma vez da cidade indo agora para uma região mais desértica, era possível perceber a presença da marinha na região que eles agora se encontravam mas a presença de civis era quase nula ali, poucos comércios e poucas construções tirando pelo grande terreno alguns blocos a frente, um muro de cinco metros cercava todo o terreno mas era possível ver a grande [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] em seu centro dado ao tamanho que a mesma possui, era quase como um pequeno castelo ou uma mansão. O portão de entrada era feito de grades de ferro, grande o bastante para permitir a passagem de carroças ou algo de tamanho similar, logo neste portão teria dois guardas do lado de fora e poderia se ver mais dois do lado de dentro, esses guardas não eram da marinha parecia ser guardas do próprio manicômio carregando consigo cassetetes e um revólver, no lado de fora parecia ter dois grupos de quatro marinheiros que faziam ronda em volta do hospício enquanto um terceiro e um quarto grupo fazia ronda pelas ruas e os becos de tal região.

Não era possível saber o que tinha do outro lado do muro mas na extremidade de cada ponta existia uma pequena torre onde tinha dois vigias da guarda, um olhando o interior enquanto o outro observava a movimentação no exterior, como Laezar tinha dito a segurança parecia bem forte mas depois de sua tentativa de ontem a segurança foi fortificada a um ponto que até o vermelho parecia surpreso. - Certo eles com certeza andaram ocupados desde a minha visita de ontem, do lado de trás existe um segundo portão similar a este, ele estava com um número de guardas bem menor mas hoje tem essa patrulha toda...- Falou ele se referindo aos marinheiros patrulhando o perímetro do manicômio. - No lado de dentro é um jardim, um campo aberto até a construção mas dentro dela existe mais guardas, contando com todas as mudanças que estou vendo aqui acho que devemos esperar mais segurança do lado de dentro também, nossa única vantagem é que no momento não sabem que estamos aqui e nem o que queremos. - Terminava Laezar agora esperando pelas ordens ou as ideias de Asger.

Citação :
Observação: N/A
SP: 127
● Ferimento nas costas[tratado] (1/2)
● Ferimento no peito[tratado] (1/3)
● Ferimento no abdômen[tratado] (1/2)
Legenda:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptySab 18 Jan 2020, 17:38

Demolishing the

Wonderful

Um nome de um verdadeiro imperador e ele era um terapeuta? Um tanto estranho, mas assim são os humanos, contudo não fosse era meu feitio questionar os nomes de outras pessoas. Minhas ordens eram recebidas de bom grado para os meus companheiros e junto com o vermelho partíamos em direção ao manicômio. A zona rural mostrava-se bem mais agitada que a noite anterior devido a ser de manhã, embora parecessem pessoas simples que apenas queriam cuidar de sua vida. Dada as informações de Granberia, me estranhava aquela ilha ter algum local pacífico, pelos seus comentários era uma ilha que estava em constante caos e em busca de poder, tal qual buscava também.

- Você colocou meu pensamento em palavras. – Minha ideia era matar Kraven e sair daquela ilha o mais rápido possível. Todos os problemas que encontramos por ali e todas aquelas faltas de informações já deixaram a minha vida e do meu bando mais do que problemáticas. O pagamento seria deixado sobre a mesa quando saíssemos e voltávamos a andar. As baratas como sempre empertigavam pelo solo, manchando as verdadeiras notícias com suas lábias do que era mais divertido para suas mentes processarem, as fofocas rolando a solta como uma verdadeira epidemia e eu só tinha risos para aquilo.

Era normal ver que a atividade de marinheiros por aquela região estava grande, após a última invasão era compreensível que estivessem procurando por informações do invasor, como era local de um procurado conhecido também era entendível que estivessem tentando esboçar uma armadilha para Kraven, embora esse segundo caso estivesse sendo meio falho por estarem expostos demais. De qualquer forma, a marinha significava um problema maior.

- Há bastante segurança e nós estamos em dois. Bom, o muro não é tão alto assim, você conseguiria entrar sem maiores problemas com eu te jogando ou inflando, e assim você consegue saltar pelas minhas costas. – Eram as primeiras ideias que vinham pela a minha cabeça. – O problema é que isso seria muito exposto, e com tantos guardas... Não creio que de noite vá ficar melhor, talvez fique até pior. – Teria dito. As probabilidades não eram das melhores e ainda guardávamos alguns ferimentos dos combates anteriores.

Tendo o sol sobre a nossa cabeça, ainda haviam lugares que poderíamos procurar dentro daquela cidade, tais quais como onde Laezar havia encontrado Saulo e seria por lá que tentaria buscar novas informações ou pistas sobre o que havia acontecido com o sireno. – Vamos voltar. Me mostre onde encontrou Saulo. – Falaria para o vermelho, esperando que o mesmo me guiasse novamente.

Tomaria todas as precauções necessárias durante o nosso trajeto para que não fôssemos interrompidos pelos marinheiros ou qualquer outro homem que pudesse nos reconhecer e assim tivéssemos que entrar em um combate desnecessário em meio a busca de informações. Procuraria também estar atento a tudo o que poderia ser plausível de uma distração, tal como algumas bombas, objetos barulhentos ou até mesmo cachorros ou algum outro tipo de animal em bando, pois, estes eram dos que mais causavam distrações. Com isso, poderíamos ter uma maior facilidade para invadir o manicômio.


Histórico:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptySab 18 Jan 2020, 21:44



Post.16



- Para entrar isso seria o bastante mas ainda teria o fator de existir um campo até a construção e não sabemos como é a segurança do lado de dentro... - Dizia o tritão apontando os motivos do porque simplesmente “entrar” não era um problema. - … se do lado de fora a segurança está forte assim então só podemos esperar que do lado de dentro vai estar pior, até porque eles também precisam manter os loucos presos ali. - Terminava Laezar apresentando um outro ponto importante, a segurança nunca foi algo fraco afinal o vermelho teve problemas antes de todo o reforço, era natural imaginar que um manicômio já teria uma segurança relativamente boa para evitar que aqueles com problemas mentais escapasse dali com facilidade, principalmente alguém que fosse um perigo para a sociedade.

Asger achou melhor deixar tal invasão em segundo plano se não desistir por completo, os riscos eram altos e no momento o tritão não tinha todas as cartas em mãos. - Certo, por aqui. - Laezar voltou a guiar seu capitão caminhando por rotas que não chamasse muita atenção e por vezes becos vazios, eles saiam da região do Hospício Adonai e voltaram para o centro onde uma briga pareceu estourar, a primeiro momento os dois poderiam se encarar pensando que poderia ser alguém que conheciam mas infelizmente esta não era a realidade ali, eram dois grupos de pessoas caindo no soco no meio da rua não demonstrando nenhuma habilidade ou perícia para o combate que pudesse despertar a curiosidade de Asger. - O QUE VOCÊ ACHA DISSO EIN TEU CUZÃO! - / - VOCÊ TEM UMA BOCA GRANDE DEMAIS PARA UM MERDINHA DA UNDERLINE! - O que parecia acontecer ali eram duas gangues se enfrentando enquanto aqueles que não tinham nada a ver com a situação corriam para procurar refúgio, um dos grupos usava roupas sociais e mais requintadas enquanto o outro usava roupas mais urbanas, um estilo entre rapper e gangster de gueto.

- Vale a pena a gente se envolver nisso? - Perguntou Laezar um pouco cético, se o tritão procurasse algum outro tritão entre os dois grupos buscando sentir alguma empatia por um dos lados tal gesto seria em vão pois no momento nenhum deles parecia possuir um tritão em seu time, aqueles com roupas sociais possuíam dois humanos e um mink enquanto os gangsters eram quatro humanos, os mais apresentáveis ali parecia ter um lutador com mãos nuas, uma mulher com duas adagas e o mink coelho lutando usando as pernas enquanto os gangsters tinha um espadachim com uma espada personalizada para se parecer com uma faca kukri, um atirador com um revólver e dois lutadores.

Assim que eles chegavam diante a tal cena eles poderiam ver o mink coelho saltando de forma veloz contra o atirador e já executando um chute alto contra a mandíbula do atirador e um segundo golpe no estômago o jogando para longe mas nem por isso o vencia já que o atirador ainda parecia estar consciente, os dois lutadores gangsters investiram contra o lutador de terno que não conseguia enfrentar a desvantagem numérica enquanto a humana gatuna enfrentava o espadachim parecendo ali ter uma disputa de igual para igual. - Vamos? O lugar que encontrei Saulo não fica muito longe daqui. - Falou Laezar tentando não prestar muita atenção naquele conflito apesar de por vezes ele olhar um pouco e apenas admirar a cena como se fosse um tipo de show.

Citação :
Observação: N/A
SP: 127
● Ferimento nas costas[tratado] (2/2)
● Ferimento no peito[tratado] (2/3)
● Ferimento no abdômen[tratado] (2/2)
Legenda:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptySeg 20 Jan 2020, 22:37

Demolishing the

Wonderful

De imediato, aquela luta não mostrava ser nada mais do que uma luta de rua entre duas gangues, mas o que mais me despertava curiosidade era que eles eram a ferramenta perfeita para atrair a atenção dos seguranças, tanto do lado de fora do manicômio como da marinha. O único problema seriam as negociações, mas humanos eram facilmente movimentados para adquirirem dinheiro e felizmente, eu estava com dinheiro de sobra naquele momento. Um largo sorriso abriria em meu rosto, mostrando a minha felicidade em estar encontrando aqueles homens por ali. De imediato, retiraria do meu bolso alguns valores exorbitantes, como um milhão de berries em uma ou dois em outra, algo parecido.

- Para entrarmos naquele manicômio, seria bom estarmos com algum tipo de "ajuda" ou uma distração, para ser mais preciso. Aqueles homens serviriam para isso, se conseguirmos encontrar mais pessoas como aquelas, seria ainda melhor. Pelo jeito que se vestem, estão unidos, o que significa que tem mais deles por aí espalhados. São gangues, não grupos. - Mostrava a minha linha de pensamento para Laezar. - No pior dos casos, aquele homem ali tem um terno que pode te servir, ou saber onde é possível comprar um de qualidade melhor. - Falava para o Vermelho.

Caminharia sem preocupações em direção a luta daqueles homens, procurando chamar a atenção com um grande golpe no chão usando das minhas manoplas para causar um mínimo de poeira ou um grande barulho para que eles olhassem totalmente para mim. - Seus humanos inúteis, olhem para mim. - Gritaria com todo o meu pulmão. - Tenho aqui dinheiro o suficiente para viverem bem durante um bom tempo. Quero contratá-los. Diga-me, vocês tem interesse? - Sorriria para eles, mostrando que estava de olho em qualquer um deles, procuraria ver as suas reações e também a do vermelho, para ver como ele se comportaria em uma situação como aquela. Esperaria pela resposta daqueles homens.




Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyTer 21 Jan 2020, 00:53



Post.17



- Eu imagino que a marinha não deve demorar para chegar aqui considerando a atenção que eles chamaram mas acho que vale a pena tentar. - Respondeu o vermelho mantendo seu olhar na luta entre os de roupa social e os de roupa despojada, o homem com espada personalizada atacava a mulher com adagas em um ritmo feroz obrigando-a a ficar na defensiva e focar mais na esquiva do que no ataque, o mink coelho fazia um bom trabalho distraindo o atirador com sua velocidade saltando de um lado para o outro com uma incrível destreza enquanto os dois lutadores tornavam as coisas difíceis contra o único homem que eles enfrentavam, o humano aguentava bem até onde ele podia mas estava claro que aquela era uma situação terrível para ele. - Eu não tenho nenhuma objeção, talvez algum deles pode até saber a localização do Kraven ou o que aconteceu com Saulo. - Terminou Laezar seguindo com seu capitão.

Enquanto a luta continuava com os civis correndo para achar abrigo ou apenas correndo para o mais longe que conseguiam, Asger seguiu exatamente para a fonte de tal problema, aqueles que ainda estavam escondidos nas lojas da proximidade olhavam a cena com curiosidade imaginando se aquele tritão daria um fim naquele conflito mas Asger não era nenhum herói, em um movimento repentino o tritão mirou um soco no chão chamando alguma atenção para si mas ainda não distraindo os criminosos de seu combate, apenas quando o mesmo exigiu verbalmente que a luta cessou por um momento. Todos ainda encaravam seus respectivos oponentes esperando o momento de voltar a batalha feroz mas a presença de um grande tritão despertou a curiosidade de ambos os lados, Asger declarou sua vontade mas ambos apenas se encaravam e rapidamente ele poderia deduzir que aquele não era um conflito que poderia ser comprado ou apenas um conflito territorial. - Ah? Quem diabos chamou esse ai!? - Perguntou o homem com a espada personalizada. - Ei rapa vai cuidar da sua própria vida vai, antes que você a perca aqui. - Comentou um dos lutadores que estava lutando em conjunto contra o lutador de roupa social.

Vendo tal reação Laezar franzia uma de suas sobrancelhas não exatamente em um gesto de surpresa mas em uma reação de quem diz “Olha a audácia desse filho da puta” - Eu acho que o que estamos presenciando aqui é um conflito por ódio e não um disputa territorial. - Comentou o vermelho ao lado de Asger de uma forma que só o tritão pudesse ouvir. - A marinha deve estar a caminho mas acredito que não demoraríamos muito para dar uma lição... - Antes que o vermelho terminasse de falar o mink coelho de forma ligeira avançou contra o atirador acertando uma joelhada na caixa torácica de seu oponente o fazendo cair no chão mas o mink não parou por aí, com o inimigo caído ele levantou sua perna acima de sua cabeça e desceu um segundo chute no peito do atirador tornando o dano de antes mais grave. Neste ponto a batalha de antes voltou a acontecer com o mink agora correndo para o auxílio do lutador que estava preso em um dois contra um. - … E fomos ignorados por completo. - Terminou Laezar parecendo não acreditar em tal cena como se tudo aquilo fosse um grande absurdo para a dupla que já tinha lidado com pessoas bem mais perigosas que aquelas diante dele naquele momento.

Citação :
Observação: N/A
SP: 127
● Ferimento nas costas[tratado] (2/2)
● Ferimento no peito[tratado] (3/3)
● Ferimento no abdômen[tratado] (2/2)
Legenda:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyQua 22 Jan 2020, 21:00

Demolishing the

Wonderful

Humanos sempre tão inúteis e cegos para as oportunidades, não era atoa que o caos era reinado em seus mundos. Tão miseráveis e fracos que subestimam qualquer um que esteja em sua frente. Nem mesmo uma oferta de dinheiro fora capaz de acabar com aquele combate tolo e sem sentido. A marinha chegaria rapidamente e presenciávamos uma luta de ódio entre aquelas duas gangues, uma mink, um tanto curiosa, parecia ser a que mais se destacava dentro daquele combate e tals fosse a líder daqueles seres imundos. - Mate todos, menos a mink. Ela parece ser do tipo que sabe de algo. - Naquele ponto, a marinha era a menor de nossas preocupações, estávamos zanzando pela cidade há mais do que um dia e não tínhamos conseguido nenhuma informação, se nem os cabra ruins estavam sabendo do que estava acontecendo pela cidade, talvez um marinheiro fosse saber?

Era uma tática arriscada, mas já não tínhamos tantas opções. Ainda estava meio cético em relação ao local do qual encontramos Saulo, o tritão poderia ter sido apenas deixado lá e a chance de encontrarmos alguma pista era baixa. Laezar era um homem rápido e provavelmente acabaria com aquele combate em poucos combates. Enquanto eu, me concentraria em matar todos os que entrassem em meu caminho, mas preferencialmente procuraria chamar atenção da Mink. - O Coelhinha. Olha aqui. - Antes de dizer isso, posicionaria os meus na postura mais comum do karatê tritão, mantendo os joelhos flexionados e as palmas abertas, concentrando força em meus membros inferiores e avançando com toda a velocidade que pudesse ser adquirida através da aceleração. No momento em que estivesse perto o suficiente para dar um golpe em seu torso com meu braço direito, eu falaria isso para ela.

Independente do sucesso, eu andaria em sua direção como quem não se importava com nada, procuraria atrair os seus golpes em minha direção e no momento em que visse que ela estava prestes a desferir um desses, calcularia o tempo preciso para poder acertar um golpe em sua perna, visto que a mesma gostava de usar mais dessas técnicas com os membros inferiores. Não tendo tempo suficiente para acertar um golpe, tentaria então agarrar a sua perna após tentar colocar minhas mãos na frente do ataque para bloqueá-lo, embora não fosse o foco.

Tendo chance para acertar outra parte de seu corpo, faria isso, não me esquentaria em ser acertado, pois naquele momento estava furioso o suficiente para ignorar aquele tipo de atitude, simplesmente procuraria comprimir os músculos da região para que aguentassem com mais poder os golpes acertados contra mim. Conseguindo imobilizar aquela garota, procuraria pegar a sua outra perna e colocar todo o meu peso em cima, procurando puxar conforme fosse depositando o preço e consequentemente quebrar a mesma, uma coelha que não pudesse andar seria ainda mais fácil de carregar. - Vocês são tão convencidos que poderiam terem aceitado a minha primeira oferta, agora venha. - Daria um soco em sua cabeça visando nocauteá-la caso fosse o caso dela se sacudir muito, mas de qualquer maneira tentaria agarrá-la e coloca-la em meu ombro.

Observaria se Laezar já havia concluído o trabalho, caso contrário, apenas olharia para o vermelho e começaria a andar em uma direção oposta a que tínhamos vindo. - Vamos, Vermelho. Deixe esses vermes para trás. - E continuaria andando.





Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyQua 22 Jan 2020, 22:46



Post.18



Asger não estava interessado nos humanos ali, a mulher com as adagas e o homem de espada personalizada voltaram a se digladiar de forma feroz trocando golpes e repelindo os ataques uns dos outros, o tritão estava interessado na mink que na verdade era um homem, julgando-o como líder do grupo Asger decidiu partir para cima do mesmo. O coelho era visivelmente mais rápido que o tritão e por isso o mesmo alcançava o seu companheiro antes do tritão sequer comandar aquela divisão que ele planejava com Laezar, o vermelho partiu para os casal que se enfrentava portando de armas brancas enquanto Asger seguiu para a maior concentração de oponentes tendo ali os dois lutadores que antes lutavam covardemente contra um e o coelho que chegava ali para socorrer o colega.

O tritão seguindo em direção da confusão chamando mais a atenção dos dois gângsteres que antes falaram com ele do que do coelho em si que se preocupava em socorrer o colega. - Qual foi mermão não me ouviu não porra? - E com isso o primeiro lutador investiu contra Asger sem sequer perceber que o mink socorria a pessoa que antes a dupla estava flagelando, no entanto a investida do Apocalipse era bem mais pesada do que aquele mero humano poderia aguentar, Asger empurrou o homem apenas com o movimento de investida como um carro faria com um cervo jogando-o para o lado com algum dano mas o lutador por incrível que pareça ainda estava consciente. - Arg.. Filho da puta! - Praguejou ele enquanto se levantava, Asger teria parado alguns poucos metros antes de onde ele planejava parar, o mink socorria o colega e começava a caminhar para longe da confusão parecendo perceber ser algo do tritão em tal processo. - Desgraçado você tá querendo mexer com os Blaze Furious é!? - Exclamou o segundo lutador, que para recapitulação estaria lutando ao lado daquele que foi derrubado por Asger. - Tu vai morrer mané. - O homem investiu contra o tritão enquanto o colega que tinha sido derrubado antes se levantava.

Laezar lutava em um combate de dois lados contra o homem de espada personalizada e a mulher de duas adagas que pareciam bem confusos com a presença de um novo grupo naquela luta, mesmo com o tritão planejando seguir até o coelho independente da situação toda a sua ideia era que o coelho por algum motivo caísse na sua provocação enquanto o companheiro dele estava severamente injuriado, mas o tritão também achou que dinheiro poderia interromper o conflito de antes então é compreensível ele não imaginar que os outros dois gângsteres que antes o mandaram correr agora estivessem investindo contra ele. O primeiro a atacar era aquele que tinha visto o companheiro ser derrubado de forma rápida, estando de frente para Asger o homem corria para alcançar o tritão e executava um pequeno salto apenas para ter alcance o bastante para mirar um soco de esquerda no rosto do tritão, o golpe não passava pela resistência do tritão mas a força cinética do movimento o obrigava a mexer o seu rosto na direção que o punho guiava.

Antes que o tritão pudesse responder a tal movimento ele pode sentir um segundo golpe lhe acertar de trás na altura das costelas, era o segundo gangster que segundos atrás teria sido empurrado por Asger, o homem teria mirado um soco de direita nas costelas do tritão e normalmente ele sequer teria sentido tal movimento pois os seus oponentes não pareciam ter forças ou sequer habilidade para lhe ferir mas a região acertada nesse segundo golpe ainda estava sensível pelo fato da recuperação de antes, o golpe não pareceu ter aberto a ferida mas o tritão pode sentir a região dos pontos queimar um pouco por causa do impacto. Do outro lado do campo de combate Laezar fazia um movimento rápido abrindo uma ferida no peito do espadachim e um segundo movimento que derrubava uma das adagas da segunda lutadora, o coelho ia ficando cada vez mais longe enquanto ele ajudava o colega a seguir com ele. - Sra. Brigitte temos que sair daqui a situação está confusa demais! - Gritou o injuriado na direção da mulher enquanto ele e o mink se afastavam. - Típico dos Satrinava, um bando de covardes que correm quando a situação aperta! - Gritou o gangster espadachim que no momento buscava se afastar de Laezar para se recuperar um pouco mas o vermelho não parecia dar folga.

A gatuna parecia indecisa mas por um breve momento ela viu Laezar lutando com o espadachim e aproveitou do momento para tentar fugir deixando a adaga que deixou cair ali mesmo, no fundo ainda parecendo estar longe, era possível ouvir o som de um apito seguindo por uma marcha poderia muito bem ser a marinha se aproximando usando do apito para alertar as pessoas que estivessem na rua para saírem de seu caminho enquanto as tropas corriam em direção da confusão, ouvindo tal alerta e fazendo um rápido cálculo em sua mente Asger poderia dizer que a tropa chegaria em quinze minutos.

Citação :
Observação: Mais um round para a marinha chegar nessa localização, como comentei no discord rolou um deslize aí nessa sobre o mink e tal mas a situação não prosseguiu muito pq os npcs que já estavam sendo hostis com você antes foram ignorados. Todo o cenário à sua volta está girando e seguindo com um roteirinho então tome cuidado com algumas ações porque elas estão influenciando em outros pontos, exemplo é que você não sabe o que gerou esse conflito mas Asger por algum motivo achou que dinheiro faria esses dois grupos criminosos pararem de se odiar e seguir você, outro exemplo é o ponto do hospício agora possuir mais segurança e o outro seria em como a taverna de antes vai ficar agora que você fudeu ela.
Enfim só queria deixar claro para ficar mais atento nessas suas ações em vista que a personalidade do char puxa algo como “A sabedoria é algo que a idade traz consigo, e ela foi generosa com o tritão, um homem que leva conhecimento e uma calma que o faz sempre pensar no próximo passo que deveria tomar. Desde pequeno estava lutando, e sua experiência em combate o fez aprender que nem o mais desprezível dos seres deve ser subestimado...
SP: 127
● Ferimento nas costas[tratado] (2/2)
● Ferimento no peito[tratado] (3/3)
● Ferimento no abdômen[tratado] (2/2)
Legenda:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyQua 22 Jan 2020, 23:53

Demolishing the

Wonderful

Um inútil havia entrado em minha frente para atrapalhar o meu avanço contra aquele coelho maldito, os homens ameçavam eu de morte e eu sequer me importava com qualquer um que fosse aquele, eles se intitulavam Blaze Furious. Meus pensamentos estavam corretos, homens eram mexidos a dinheiro e dinheiro era poder, se o conflito fosse por outro motivo, aquilo teria acabado daquela maneira como qualquer outro tipo de negociação, infelizmente, não era o caso. Aqueles homens eram patéticos e sequer mereciam qualquer atenção minha, não havia lhes subestimado, mas meus ataques eram mais focados para o coelho que estava em um posicionamento mais aberto contra aqueles dois, mas que por sorte conseguira entrar em meio ao meu caminho.


Laezar estava se dando bem em seu combate e conseguira ferir os seus inimigos e conforme o tempo passava, tinhamos uma grande previsão de que a marinha estava chegando naquele local, tinha descoberto que o homem se chamava Sr.Brigitte. A situação apertando e o tempo passando, percebia que aquela situação não estava sendo resolvida tão facilmente como gostaria e também começava a ver uma oportunidade para poder ganhar um pouco mais de informações através do injuriado, talvez uma decisão que eu deveria ter pensado anteriormente. Os Blaze Furious estavam furiosos em relação a mim e não me deixariam passar tão facilmente, pelo jeito, de qualquer forma, agora minha ideia era outra.

- Laezar, me ajude por um instante. Mudei de ideia. - Respiraria profundamente começando a concentrar os meus músculos superiores para que expandissem com a grande força emposta neles. Minha ideia era utilizar a minha técnica para acabar aquele combate rapidamente, poder pegar o homem e sairmos dali com uma grande velocidade, não sabia quem eram aqueles homens, mas descobriria em instantes.

Com grande velocidade, procuraria desferir golpes em regiões mais fáceis de acertar, mirando no torso do homem que estivesse mais perto com um rápido avanço em sua direção, se possível, tentaria utilizar os dois golpes rapidamente em seu torso tentando mandá-lo para um novo além em questão de segundos, de qualquer maneira, se visse que o homem tinha resistido ao homem ou esquivado, bloqueado, o que fosse, prosseguiria avançando em sua direção, tentando fazer com que ele não resistisse a frequência de golpes e por fim caísse diante dos meus punhos.

Em rápidos golpes, procuraria acertar o seu tórax inúmeras vezes, de preferência na mesma região para ir minando a sua resistência naquela área, fortalecendo e sempre expirando a todo golpe dado para que a força aplicasse o maior dano possível naquele homem. Concentraria também em tentar bloquear os golpes provenientes daquele homem de uma maneira que meus ferimentos anteriores não viessem a serem acertados novamente, havia sentido uma leve picada do homem anterior e isso me causara um certo arrependimento de tê-lo subestimado, nem que fosse um pouco.

Conseguindo uma abertura para conseguir avançar até o mink coelho, anunciaria a minha chegada antes procurando bloquear qualquer tipo de agressividade dele. - Deixe-me ajudá-lo, ou vocês não sairão vivos daqui. Se não for eu, a marinha os alcançara em segundos. - Jogaria as cartas na mesa, primeiramente. Sabia que a desconfiança seria grande e por isso deveria começar a contorná-la com maior facilidade através das palavras. - Não quero mais lhe causar mal. Pelo menos, não até que me dê motivo para tal. Estou atrás de informações. Uma tritã ruiva chamada Granberia e o Louco Kraven. - Minhas intenções não eram de feri-los, pois, usando dessa mesma decisão, tentaria contornar qualquer agressividade através de bloqueios ou procurando colocar uma área mais resistente do meu corpo para aguentar os seus golpes, tentando estar sempre focado em defender os golpes. Em um momento que notasse qualquer abertura em seu ataque, tentaria o empurrar com o braço ou corpo, de maneira a fazer com que ele entendesse que não estava tentando feri-lo.

Tendo a minha ajuda aceita, procuraria ver se o homem conseguiria carregar o seu companheiro com grande facilidade, caso contrário, procuraria aproximar-me um pouco dele. - Tenha calma, deixe que eu carrego. - E procuraria colocá-lo em meu ombro se isso fosse permitido. Era possível que ele relutasse, na verdade, era bem mais provável que ele viesse a fazer isso, contudo, tinha que continuar com a minha estratégia e pensamento. - Se você não conseguir, a marinha chegará e você terá mais problemas ainda. Talvez até mesmo tenha que abandoná-lo. Então, vamos? - Argumentaria dessa forma, esperando que a sua aceitação ocorresse.


Off:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 61
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 26

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyQui 23 Jan 2020, 01:36



Post.19



A gatuna com apenas uma de suas adagas corria na mesma direção que o mink e o injuriado estariam seguindo enquanto Laezar e o espadachim trocavam seus golpes, o vermelho vendo a mulher fugir exibia uma careta não parecendo feliz com a ideia de deixar sua vítima fugir assim, no entanto Asger passava um novo comando, comando este que era pronunciado enquanto o tritão se expandia surpreendendo os oponentes que tentavam o cercar. - A caminho! - Respondeu o vermelho tentando agora se livrar do espadachim em vez de matá-lo. Asger mirou o primeiro golpe contra o lutador a sua frente, um inimigo que apesar de possuir uma força superior daqueles que o tritão enfrentou no dia anterior ainda assim não poderiam se comparar a força de um homem-peixe, o primeiro golpe acertava entre os peitos do inimigo, o segundo no abdômen e o terceiro era um golpe com ambas as mãos sendo um punho contra o peito e outro contra a barriga fazendo o homem ser jogado para longe enquanto cuspia sangue.

O segundo lutador que tentava atacar Asger por trás de repente caiu e quando o mesmo caia no chão o tritão poderia ver uma das adagas de Laezar fincadas na cabeça do gângster, o vermelho corria aproveitando que o espadachim se recuperava do último golpe que o tritão teria acertado em sua perna e no percurso de tal corrida ele pegou a adaga fincada na cabeça do homem morto e se apressou para alcançar Asger e os demais. Os de roupas sociais tinham iniciado sua fuga bem antes da dupla tritã e por isso tinham alguma vantagem mas para infelicidade deles o injuriado atrasava um pouco o que permitiu a dupla alcançar o trio. - Certo, nós ajude e te contaremos o que você quer saber! - Gritou a gatuna que indicava ser a tal Sra.Brigitte, meneando com a cabeça enquanto olhava para o mink, o injuriado era passado para o tritão. - Venham temos um esconderijo aqui perto. - Nisso o grupo percorria mais uns dois blocos antes de entrarem em um beco para contornar um dos comércios locais e entrar pelos fundos do mesmo.

O grupo pareceu entrar em uma loja de penhores ou um tipo de armazém que vendia de tudo, era um ambiente pequeno com todos os tipos de bugigangas mas os engravatados caminhavam focados em uma prateleira de livros, chegando nela a mulher empurrou a prateleira arrastando-a para o lado revelando uma porta de ferro, a mulher puxou um molho de chaves do seu bolso e destrancou a porta. - Entrem temos recursos aqui que vocês podem usar se quiser, como agradecimento por nos ajudar. - Olhando melhor agora Asger absorvia mais os detalhes sobre aquele [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], a mulher entrava deixava a dupla entrar primeiro revelando uma pequena escadaria que descia por três metros até terem acesso a um corredor que se estendia por mais cinco metros até chegar a um espaço improvisado que servia como esconderijo, o coelho vinha logo atrás depois de fechar a passagem por onde eles vieram.

O esconderijo era mais espaçoso que o lugar que o bando de Asger se encontrava, o centro parecia servir como uma sala de reunião simples com uma mesa retangular mediana no centro da sala, no canto da sala tinha uma pilha de cadeiras empilhadas uma em cima da outra guardadas ali até a necessidade para o seu uso surgir, as paredes que dividem os cômodos eram de vidro permitindo assim a visibilidade de um cômodo para o outro, o cômodo ao lado direito era uma espécie de enfermaria e ali já parecia ter tanto um paciente quando um médico mas o paciente que chamava a atenção de Asger pois o mesmo, ou melhor a mesma, era a pequena coelha que o tritão encontrou no dia anterior, o médico usando de um terno branco fazia mais uns exames na pequena mink que estava desacordada e com o corpo extremamente surrado, o mink coelho que estava até então com grupo seguiu para tal ala. - Traga ele para cá por favor. - Falou Brigitte guiando Asger enquanto o injuriado tentava se manter acordado, chegando lá Asger podia ouvir um pouco ou pelo menos o fim da conversa entre o médico e o mink

- Médico: Ela acordou enquanto vocês estavam fora, comeu um pouco e voltou a descansar… Fique calmo amigo, sua irmã é mais forte do que você imagina. - O mink levou uma de suas mãos até os olhos tentando esconder as lágrimas mas era perceptível que ele aparentava estar um pouco mais calmo. - Merda você também Alan? Eu falei para esperarem a Madre chegar em vez de agirem dessa forma imprudente. - Falou o médico vendo o injuriado chegar, ele ajudava a guiar e por o homem em uma das macas da enfermaria. - Obrigado amigo... - Falou o homem para Asger com certa casualidade. - Como você espera que fiquemos calmos depois do que esses desgraçados fizeram com a minha irmã!? Esses merdas precisam pagar pelo o que fizeram, um por um! - Falou o mink pela primeira vez quebrando o seu silêncio até então, a dupla de tritões agora poderiam entender um pouco mais do porquê daquele conflito e do motivo de ignorarem o dinheiro oferecido.

- Sinto muito que tenha que presenciar isso, venha vamos conversar em outro lugar. - Falou a mulher para Asger enquanto ela apontava para a sala em que estavam antes, a sala de reuniões, ele poderia notar que vira e mexe a engravatada olharia de relance para o vermelho com certa suspeita afinal a minutos atrás eles estavam trocando golpes. Se Asger aceitasse a proposta da mulher eles voltariam para a sala de reuniões e para terminar a descrição daquele esconderijo ao lado esquerdo da sala de reuniões tinha um cômodo que muito se assemelhava a um bar ou uma área de lazer com frigobar, alguns armários de cozinha, balcão, sofás e puffs, tudo deste a sala de reuniões a enfermaria ou a área de lazer possuia um estilo meio minimalista mas ao mesmo tempo refinado e funcional. - Então… Tenho certeza que você tem algumas perguntas para mim. - Comentou a mulher após posicionar duas cadeiras de um lado da mesa retangular e uma do outro.

Sentada de um lado da mesa ela esperava a dupla se sentar se essa fosse da escolha deles, enquanto isso o homem de terno branco iniciava o tratamento no injuriado que tinha sido revelado como “Alan” enquanto o mink preferiu ficar ali sentado ao lado de sua irmã esperando o momento que ela fosse acordar.

Citação :
Observação: N/A
SP: 127
● Ferimento nas costas[tratado] (2/2)
● Ferimento no peito[tratado] (3/3)
● Ferimento no abdômen[tratado] (2/2)
Legenda:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : Demolishing the Wonderful - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 EmptyQui 23 Jan 2020, 02:44

Demolishing the

Wonderful

Nenhum humano jamais foi capaz de aguentar um soco meu e continuar de pé, fora o que acontecera com aquele criminoso que sofrera três dos mais poderosos golpes e caira cuspindo sangue, o segundo sujeito era morto por Laezar com um forte ataque em seu crânio. Sabia que a decisão não agradava muito o vermelho, mas era o que tínhamos para agora, outros inimigos apareceriam e ele teria a chance de saciar a sua sede por sangue, não esqueceria o rosto daqueles que nos insultaram.

O trio aceitava a minha presença dentro dos meus termos e partíamos em direção a um esconderijo deles próximo, conseguíamos empreender uma fuga tranquila e não viamos mais nenhum sinal da presença marinheira que estava perto daquele ponto anterior. Percebia que aquele grupo era mais organizado do que parecera, uma estante de livros revelando uma porta de metal era o que mostrava que aquele grupo dentro do demais que existia dentro daquela cidade parecia estar aproveitando seus recursos de uma maneira bem vantajosa, até mesmo sua loja não era uma espenluca que servia uma bebida provavelmente envenenada.

Percebia um rosto familiar dentro daquele esconderijo, era um local bem organizado e pouco privativo, vidro era utilizado como as paredes daquele recinto e percebia que os homens eram um tanto mais cordiais do que o restante daquela cidade inteira. A pequena mink estava sendo tratada por aquele grupo. O injuriado levado até a sua cama fazia com que eu pudesse ouvir um pouco da conversa que era tratada por eles.

Nas palavras que eram ditas ali, era possível entender melhor sobre o conflito e o motivo de terem recusado o dinheiro de maneira tão aberta. Eu ficava um pouco curioso sobre o título de "Madre" dado a alguém do grupo deles, embora não fosse mais do meu interesse esse conflito e sim o que aquele grupo teria a me oferecer. A proposta de conversarmos era uma boa e por assim, eu acenaria com a cabeça um "sim" e me sentaria a mesa junto com ela.

- Perguntas? Sim, você me disse que tem informações referente ao que busco. E bom, me interesso sobre elas. Peço desculpas por termos trocados alguns golpes antes. - Procuraria ser cordial, deixaria o vermelho livre, já estava sendo bastante exigente com o tritão e não me surpreenderia se o mesmo estivesse irritado comigo pelos fatos recorrentes. Tinhamos que achar um terno e informações mais relevantes e assim era provável que conseguiríamos trazer o bom animo do tritão novamente. - Serei indireto, peço perdão. Mas, quem são vocês? Sei que são os Satrinava. - Esperaria uma resposta sobre isso, me apresentaria para eles em seguida. - Me chamo Asger, sou um pirata conhecido como "O Apocalipse" e esse é Laezar, meu braço direito. - Talvez esse título fosse trazer um pouco de felicidade ao meu companheiro, até mesmo porque é difícil eu elogiar de uma maneira tão aberta um parceiro em particular.

- Eu procuro por uma tritã chamada Granberia, uma ruiva com uma espada gigante. Não sabemos onde ela está. E também procuro por um sádico miserável chamado Kraven. O mesmo me aprisionou em uma brincadeira de mal gosto e descobri que ele faz experimentos com tritões e outras pessoas. - Daria uma pausa para respirar e continuaria. - Venho procurando informações sobre ele, mas até agora apenas obtive sangue em minhas mãos e uma briga com dois grupos. - Esperaria uma reação daquela mulher, procurando também ver as suas respostas e se ela estava declarando algum tipo de hostilidade contra nós, não sabíamos quem eles eram e muito menos se estariam trabalhando com Kraven ou não.

Pela análise do ambiente, também duvidava muito que eles seriam afiliados a aquele bar anterior, o antigo era um ambiente completamente diferente do refinado que eles tinham nesse esconderijo e achava difícil acreditar que pessoas refinadas como eles estariam sujeitos a ter um esconderijo por lá. - Acredito que possamos negociar termos que favoreçam ambos. - Teria concluído.


Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Demolishing the Wonderful   Demolishing the Wonderful - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Demolishing the Wonderful
Voltar ao Topo 
Página 4 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: The Wonderful Land-
Ir para: