One Piece RPG
Gato de Convês - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Gato de Convês - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:22

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Licia Hoje à(s) 11:14

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Fiest Hoje à(s) 10:51

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Fukai Hoje à(s) 10:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Gato de Convês - Página 3 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 10:07

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Gato de Convês - Página 3 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 07:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 06:02

» Hey Ya!
Gato de Convês - Página 3 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 02:56

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Gato de Convês - Página 3 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 02:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
Gato de Convês - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:38

» Raveny Moonstar
Gato de Convês - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Gato de Convês - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:11

» Escuridão total sem estrelas
Gato de Convês - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Kiomaro Hoje à(s) 00:27

» Arco 5: Uma boa morte!
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:58

» A inconsistência do Mágico
Gato de Convês - Página 3 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:45

» Seasons: Road to New World
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Volker Ontem à(s) 22:44

» Ain't No Rest For The Wicked
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 21:55

» I - O bêbado e o soldado
Gato de Convês - Página 3 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:49

» Um novo tempo uma nova história
Gato de Convês - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:29



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Gato de Convês

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyTer 26 Nov 2019, 16:31

Relembrando a primeira mensagem :

Gato de Convês

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheira Kariel Catherine. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
SraVanuza
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 14/12/2017

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyQui 26 Dez 2019, 03:39



Be a pretty bitch!



Sua mente trabalhava como engrenagens de uma máquina, cada expressão e cada palavra fazia ela pensar em milhões de coisas para decifrar o que é que fosse que estivesse acontecendo por ali. Ela conseguiu tirar ótimas informações do homem durante sua fala. Ele realmente pertencia aquela cidade e era íntimo do Barman, Duncan, era um beberrão e festeiro, além de conseguir informações extras sobre a cidade e sua importante localização geográfica, o que tornava ali ainda mais suspeito, afinal o que servia para pessoas dentro da lei, também serviria para pessoas fora dela. Uma ilha próxima a caminhos importantes que possuía um estoque completo das mais diversas coisas, isso até para Kariel soava como encrenca.

O homem iria direcionar a conversa para ela, porém foi interrompido por um “colega” que parecia bem alterado e que fazia o homem dar uma mudada em seu comportamento gentil, afastando aquele conhecido de forma estranha. Loki era o nome dele, aquele assunto parecia ser o que ela buscava, algo que os fizesse ganhar bastante dinheiro e que não poderia ser dito para qualquer um, era um bom ponto de partida, mas teria que chegar nele de forma bem discreta e o mais importante, natural, ela tinha que chegar ali como uma conversa fluindo normalmente, não como se ela buscasse alguma informação.

-Ahaha, seus amigos parecem bem animados! - Diria após o homem voltar a mesa dele, pensando ao mesmo tempo o quantos eles eram, o que confirmava sua suspeita de desvantagem numérica.

“Droga, eles são muitos, inferno… Grrr”

-Acho que tinha me perguntado sobre o que vim fazer na cidade! - Confirmava a garota - Especificamente aqui, nada, apenas conhecendo, mas a posição privilegiada da ilha me chama bastante atenção! Como você disse. A Grande Rota, talvez um dia eu navegue por lá, os mistérios que devem estar escondido por lá… Nem consigo imaginar.. Você já esteve por lá? Falou de forma tão… Hum.. Conhecedora, que isso me veio a cabeça, deve ter milhões de histórias, adoraria ouvi-las!

A jovem demonstrava se muito interessada no homem, o que seu visual facilitava muito, então juntava o util e o agradável, ele ser extremamente sensual e as informações que queria tirar dele, usaria do velho jogo do flerte, porém sempre atenta nos rastros que ele iria deixando.

-Ir para lá com certeza deve dar um imenso trabalho e gasto, né? Tipo, navio, tripulação, suprimentos… Eu vou precisar trabalhar muito para chegar lá - Ela ri de forma amigável, jogando questões financeiras na mesa, para ver se por acaso Darius pudesse dar alguma brecha sobre o que eles haviam feito para conseguir dinheiro.

“Esse peixão, espero fisgar ele HAHAHAHA.. Para Kariel, você está numa missão, se comporte! GRRRRRR”

A jovem continuaria a manter sua postura, seu rabo mudaria sua velocidade, afinal estavam mantendo um fluxo de conversa, então poderia se manter mais tranquila sem muita agitação, seus olhos estavam focados no rapaz, sendo que algumas vezes daria uma olhada disfarçada para o local, quando tivesse algum barulho ou alguém falando alto, para “camuflar” o motivo dos olhares, assim poderia saber o que estivesse acontecendo no arredores, seus ouvidos atentos a qualquer fala capaz de ser captada, principalmente vindo daquela mesa repleta de possíveis piratas.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ainz
Narrador
Narrador
Ainz

Créditos : 6
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 10/11/2017

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyDom 29 Dez 2019, 13:34


Narração





A mente de Katherine maquinava possibilidades e hipóteses a cada frase e palavra que saíam da boca de Darius e dos restantes colegas que pareciam estar ligados ao misterioso homem. Quando Kariel mencionou a animação dos homens, Darius voltou à seu habitual sorrisinho e feição galanteadora. — Eles são sim! Bons amigos, ainda que meio loucos, haha! — E assim a conversa prosseguiu, com a mink retomando o assunto que discutiam antes de serem interrompidos.

Histórias?! Bem, não tenho tantas quanto gostaria, mas certamente alguma deles deve ser agradável aos seus ouvidos, HAHA! — Ele olhou para cima, como se tomasse fôlego. — Algumas mais triste do que eu gostaria também. — Seu olhar nessa hora parecia perdido e melancólico, mas não demorou mais do que um instante para retomar o ânimo outra vez.

Bom! Foi bom te conhecer, Katherine-chan. Espero que nos esbarremos outra vez, mas agora tenho de ir! — Ele se levantou antes que Katherine pudesse fazer a última de suas perguntas e fez uma breve reverência elegante antes de se distanciar e chamar por seus amigos com um aceno, indo todos embora juntos; com a baderna os seguindo para fora da taverna.

Infelizmente, Katherine não havia chegado ao âmago da questão ali, mas tinha obtido informações proveitosas tanto para a missão quanto para si. Que poderiam vir a ser úteis futuramente, afinal, Darius parecia uma pessoa com quem ela se esbarraria muitas vezes enquanto estivesse em Loguetown.

O clima festivo da taverna continuou, e Ains e Rin se divertiam com aqueles que lhe faziam companhia a mesa. No estabelecimento havia algo similar a uma pista de dança, onde as mesas e cadeiras não ocupavam o espaço — bem em frente à um pequeno palco onde uma banda folk tocava suas músicas cheias de encenação (música no início do post). Algumas pessoas ocupavam a pista de dança, em sua maioria homens acompanhados de algumas moças que se revezavam entre os pares, seria uma ótimo oportunidade para tirar algum proveito e ainda balançar o esqueleto com muita diversão. Já havia anoitecido, e a noite era uma criança.


Histórico:
 

Legendas:
 

Npc's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
SraVanuza
Narrador
Narrador
SraVanuza

Créditos : 12
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 14/12/2017
Idade : 22

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyQui 02 Jan 2020, 00:52



Be a pretty bitch!



Sua presa era bem ardilosa e escorregadia, suas respostas eram quase como miragens, disfarçadas pela boa aparência e pela forma inocente de se comportar, mesmo que por algum motivo não parecesse confiável, mesmo que o cheiro fosse bom, o gosto era de veneno dos fortes.

“Ele é tão charmoso… Se ele não for um desses piratas nojentos, quem sabe GRrrrRrRr… Foco garota!!!”

A gata continuaria naquele jogo, conforme suas perguntas fossem respondidas de forma fluida pelo homem, iria flertar de volta e sempre sendo bem simpática e carismatica, tentaria ser o mais convincente possível, usaria de sua real personalidade para tornar nada falso ou que traga alguma desconfiança, afinal isso poderia gerar problemas feios.

-Hahaha - Ela ri conforma o homem fala sobre seus amigos - Os melhores normalmente são!

Ele continuaria a falar, terminando de dar algumas informações quebradas, que infelizmente naquele momento não iriam levar a lugar nenhum, mas que poderiam servir para próximos encontros e assim, já terem alguma base para se iniciar uma conversa futura.

-Eu adoraria ouvi-las, imagino que em meio a várias aventuras, nem todas tiveram finais felizes, mas felizmente ainda estamos aqui, sentiremos falta dos que se foram, das coisas que perdemos ou deixamos de ganhar, mas ainda estamos aqui! - Talvez nesse momento, alguma parte dela se lembraria de seu pai, não de forma consciente, afinal sua memória desse período não estava intacta, mas naquela tentativa de confortar aquele estranho homem em uma taberna, ela também sentiu o peso da perda de alguém que ela nem ao mesmo se lembra, mas o olhar triste daquele homem, era quase que um reflexo para seus sentimentos obscuros os quais nem ela mesma seria capaz de entender. Porém ela sentiria sim, um aperto em seu peito, por um momento ela voltaria a se lembrar, e nesse mesmo instante esquecer.

“Que sensação estranha foi essa… Eu não posso fracassar… Deixe para chorar depois…”

Assim como Darius, voltaria a tentar estar animada, alegre. Talvez ele pudesse perceber que a jovem também tivesse passado por contos de fadas não tão felizes, ou não. Isso não importava tanto naquele momento, o homem se despedia de forma acalorada. A sensação de talvez vê-lo novamente pudesse fazer ela se sentir bem, o que era estranho, afinal estava ali para investigar, não se apaixonar por um pirata num bar de quinta.

-Eu digo o mesmo Darius, estou ansiosa para te conhecer melhor! - Diria sorridente enquanto o homem se ia. Levaria seus amigos junto, porém não sabia quem mais ali o conhecia, então tentaria manter sua expressão facial mais neutra, sem deixar parecer que estaria apenas analisando aquela conversa de forma a buscar informações as quais lhe fossem interessantes. Daria mais alguns goles em sua bebida, dependendo da quantidade talvez até virasse o resto que haveria no copo. Ficaria pensando consigo mesma por alguns instantes até algo a trazer de volta para o primeiro plano.

“Ele parece tão misterioso.. Espero que isso me leve a algum lugar, ficaria muito desapontada em tudo isso ser uma perda de tempo...”

Sua atenção seria chamada pela música, pela alegria, que talvez fosse uma forma de se misturar um pouco mais, se naturalizar naquele ambiente, afinal se todos acreditassem que ela era uma mera frequentadora iria ser mais fácil conseguir interagir ali e conseguir mais informações no futuro, não sabia quanto tempo sua missão iria durar, mas seria algo que poderia não só  lhe dar experiência como marinheira, mas benefícios próprios, lembrava que queria aprender a dançar, dançar era algo que lhe fazia bem, mesmo que não fosse algo que soubesse fazer com maestria, sozinha em seus sonhos seu corpo dançava.

Talvez aquele drink tivesse sido mais forte o que ela imaginava, ou estaria mais desinibida por simplesmente ter flertado com um belo e musculoso homem, estava se sentindo bem, confiante e animada, Ains e Rin pareciam se divertir também, então por que deveria ficar de fora?

~ Início de Aprendizado - Perícia Dança ~


Kariel ficaria observando, completamente fascinada pelo movimentos das pessoa que dançavam na pista, pareciam tão alegres e soltos, seus corpos lhe chamavam atenção, havia mais homens ali, porém naquele momento eles poderiam não lhe fazer diferença, ficaria atenta nas moças que dançavam, por algum motivo ela lhe chamavam mais atenção, talvez ela pudesse dançar melhor, talvez seus movimentos fossem mais intensos ou bem feitos.

Ela sentada ainda, bateria com a porta de suas garras na mesa, no ritmo das batidas da música, era talvez um forma tímida de começar a se soltar, ficaria bem atenta nas pessoas dançando, vendo se por algum milagre alguma delas a olhasse de volta ou por acaso a convidasse para dançar, independente disso iria se aproximar aos poucos do local onde as danças aconteciam, inicialmente tímida, mas claramente curiosa com a técnica. Se alguma dessas pessoas lhe desse alguma atenção, ou se aproximasse, tentaria começar uma conversa para lhe introduzir naquele meio.

-Vocês todos parecem se mover tão bem, seus corpos fulem com a música, isso parece tão divertido… Será que poderia me ensinar? - Ela poderia parecer insegura, mas era apenas naquele instante, caso obtivesse uma resposta positiva, independente de quem lhe oferecesse ajuda, iria aceitar de bom grado, ouviria tudo que a pessoa falasse, orientações e dicas, observações, conselhos, qualquer informação útil para que ela fosse capaz de se expressar dessa forma tão majestosa.

Após receber e compreender as falas da pessoa que fosse lhe ensinar, tentaria executar os movimentos como lhe foram ditos, porém não deixaria seu corpo ser completamente dominado por regras, sentiria a música fluir por seu corpo, permitindo que ele pudesse fluir assim como os demais, talvez não fosse para dançar em pares, ou fosse, ela iria sendo guiada pela música e pela sua mente.

Seus dedos, braços, ombros, quadril, cintura, pernas, pescoço, pés, tronco. Tudo se movimenta, dançaria com a música, como se o ritmo fossem ondas que atravessarem seu corpo e guiasse ele por toda aquela melodia como a maresia, as ondas do mar, de uma lado para o outro com o vento, tentaria aproveitar, aprender e principalmente se divertir,  seu sorriso estaria estampado em seu rosto, sentiria a vibe junto com os demais desconhecido que lhe acompanhavam naquela dança de muitos corpos e muitos parceiros e parceiras, o que não a deixava desconfortável, dançar com homem ou mulheres para ela era algo indiferente, aquela experiência como um seria completa.

No final, não especificamente da música, talvez ficariam dançando ali por algum tempo, não seria um problema, quanto mais tempo, mais ela poderia aprender a dançar, novas músicas, novos passos, novos ritmos, tudo era aprendizado e esse era o foco. porém quando acabasse, ou a pessoa que fosse lhe orientar chegasse ao fim de seus ensinamentos, Kariel iria até a pessoa agradecer.

-Eu me diverti bastantes hoje, obrigada por isso! - Sorria e talvez voltasse a dançar.

~ Fim do Aprendizado - Perícia Dança ~


Mesmo durante aquele momento de divertimento ficaria atenta em seus companheiros de time, Ains e Rin, caso sinalizasse que iriam embora ou que precisassem de ajuda, ou qualquer coisa que fosse feito para chamar sua atenção, afinal, ainda estavam em uma missão.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ainz
Narrador
Narrador
Ainz

Créditos : 6
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 10/11/2017

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptySeg 06 Jan 2020, 17:36


Narração




Katherine tomou coragem, deu a última golada da sua bebida e decidiu engajar-se na dança ao som da bela melodia que acompanhava as batidas de pés e floreios executados perfeitamente pelos dançarinos mais habilidosos. Os menos ousados apenas acompanhavam o ritmo e dançavam a sua própria maneira, mas todos divertiam-se juntos como uma roda de amigos que pareciam se conhecer a muito tempo.

A felina batia os dedos na mesa, tentando tomar coragem para erguer-se e ir de uma vez, mas não necessitou que o fizesse. Uma moça, linda, dos cabelos vermelhos e aparência jovem a convidou gentilmente: — Por que não dança conosco?— Ela indagou, já puxando a menina pela mão para junto da “maré”.

Katherine expressou sua vontade de aprender a dançar, e em resposta recebeu um sorriso bem grande da jovem e habilidosa dançarina. — Acompanhe o fluxo... sinta a música, seja a música! — A beldade ruiva fazia parecer fácil, seu corpo movia-se com leveza e habilidade, com floreios que pareciam os balançares de ondas.

Katherine mostrou grande dificuldade, a princípio, atrapalhando-se toda nos próprios passos. Mas ninguém a julgou, afinal, era um ritmo difícil até mesmo para pessoas habituadas a dançarem casualmente, não seria diferente para uma iniciante.

Siga a batida da música! Sinta seu coração mandar você se mexer! — Eram comandos bem abstratos, mas que de alguma forma faziam sentido, e ver na prática como executar os movimentos fazia a felina aprender bem mais rápido do que o de costume, e afinal ela era habilidosa por natureza.

Ela gastou bastante tempo ali, até que trocaram a música e todos fizeram um som parecido, de felicidade, parecendo conhecer a música. — Essa é boa! — Disse a ruiva, chamando a felina para acompanha-la na dança.

Ambas se divertiam ali, os sorrisos eram evidentes, e a dança era compartilhada entre todos, não haviam “pares”, mas sim uma “roda” de dança em que todos participavam juntos e simultaneamente.

Horas foram gastas facilmente, o relógio correu sem que Katherine se desse conta, e até mesmo Ains e Rin se juntaram eventualmente, encorajados por Katherine a se divertirem. Não era nenhum crime se divertirem durante uma missão, afinal.

E então, a música chegou a fim, era tarde da noite e era hora de voltarem aos seus aposentos. Infelizmente não haviam reunido informações cruciais de sua missão, apenas suspeitas, mas outro dia viria para que pudessem obter novas informações, sempre havia um novo dia.

Eeeeeh, foi muito bom! Infelizmente não conseguimos nada, vamos voltar e amanhã tentaremos outra vez! — dizia Rin, ainda eufórico pela dança que acabara de terminar. Assim, o trio se dirigia ao quartel general, dali cada um seguiria seu rumo para seus próprios quartos, mas o caminho abria brecha para uma conversa. E Rin não pôde deixar de perguntar.

E então, conseguiu alguma informação? Vi você conversando com um cara grandão.


Histórico:
 

Legendas:
 

Npc's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
SraVanuza
Narrador
Narrador
SraVanuza

Créditos : 12
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 14/12/2017
Idade : 22

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyTer 07 Jan 2020, 03:48



Be a pretty bitch!



De fato havia conseguido uma boa companhia para aprender a dançar, mal sabia que esse pequeno gesto faria até os dois que estavam sentados fossem dançar também, se fato aquela energia era fascinante, como uma música e vários corpos se mexendo poderiam se tornar algo tão divertido. Kariel por alguns segundos, ou horas, esquecia tudo o que carregava consigo, todos os sentimentos negativos, a pressão do mundo em sua costas, tudo havia se tornado um sonho colorido em meio a cinzas de uma tragédia.

“Isso foi incrível, não me sentia assim faz tanto tempo.. Se é que alguma vez me senti assim.. Por fim nem perguntei o nome da moça bonita...”

Kariel novamente como de praxe se perdia em seus próprios pensamentos luxuriosos, aquela moça era bem talentosa e talvez pudesse encontrá-la em outro momento, era uma ótima professora, mesmo que de forma subjetiva, seus comandos inspiravam ações e entendimentos únicos na gata que havia se sentido realmente bem confortável naquele local repleto de piratas, o que a fazia se contorcer um pouco por dentro, mas como não conseguiria fazer nada naquele momento se acalmava.

Por fim, não conseguiam nada tão importante para a missão, mas pelo menos alguns pontos que poderiam gerar investimentos ou engajamento para outros momentos, aberturas úteis. O grupo agora voltava para o QG. Kariel parecia animada, mas uma voz na sua cabeça diria, atenta ao caminho, não poderia ser vista com os dois indo para o QG, se alguém a visse isso poderia gerar problemas no futuro, então tentaria ser o mais discreta possível.

Sobre a fala de Rin, sua pergunta sobre o então galante Darius, deixava ela um pouco pensativa, de fato havia conseguido algumas coisinhas, mas nada tão relevante para aquela situação, apenas suspeitas que poderiam nem ao menos levar a lugar nenhum.

-Eu conversei bastante com ele, consegui algumas informações gerais, mas nada específico para a missão, espero usar disso para uma nova tentativa.. Caso exista.. - Sua voz soava animada e esperançosa com essa possibilidade, não é possível dizer quem tem ou não sensibilidade, entretanto era possível sentir algo em sua voz, uma controvérsia, afinal poderia se interessar por alguém que possivelmente poderia ser um inimigo em potencial?

Isso rondava sua mente, mas para que não se tornasse uma conversa sobre seus sentimentos, ela de forma bem pensada, levaria o assunto para a dupla, ou melhor o casal, para que o desconforto de ambos tirasse o alvo de suas costas.

-Mas e vocês dois hein? Humm… Eu fiquei olhando de longe… Descobriram algo? - Era clara um leve insinuação de duplo sentido ali, iria ver se algum dos dois iria reagir de forma adversa aquela provocação, de repente algum dos dois sentia algo um pelo outro, ou qualquer coisa do tipo, mas no pior das hipóteses, seriam profissionais.

-Se não me engano havia comentado que no seu quarto teria uma vaga, será que posso preenchê-la? - Diria de forma casual, não tão contida, mas nem tão íntima.

Ao chegar no QG, iria tomar caminho para seu dormitório, que provavelmente seria com Ains, que havia comentado estar sozinha, ela a acompanharia novamente, até o local, não estaria tão presa naqueles pensamentos sobre a jovem, afinal estava distraída e cantarolando baixinho, seu rabo ficava dançando pelo ar durante todo o percurso.

Tomaria um banho se fosse possível, onde continuaria a cantarolar no ritmo da música do bar, trocaria de roupa, guardaria sua insígnia e irrita deitar, se despediria de Rin e Ains, dando boa noite para ambos, antes que fosse descansar para o próximo dia.

-Boa noite para vocês, espero que amanhã conseguiremos mais coisas!


Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ainz
Narrador
Narrador
Ainz

Créditos : 6
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 10/11/2017

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyTer 14 Jan 2020, 10:39


Narração

Kariel afirmou que não havia conseguido informações assertivas sobre a investigação, retrucando a pergunta para a dupla de marinheiros.

N-Nós?! B-Bem...

Rin e Ains se entreolharam e ruborizaram, Rins evidenciou mais, enquanto Ains virou o rosto e mal dera para enxergar as bochechas rosadas da menina de cabelos áureos. Para uma figura esperta e astuta como Katherine, ficava fácil sacar a “jogada”.

D-Descobrimos que o algumas vezes o bar é fechado para uso exclusivo de clientes “VIP”, algo como se alugassem o lugar!

Ele rapidamente torceu o rumo da conversa, e era de fato uma informação útil, não que esse fosse o foco da conversa – ou fosse. De todo meio, chegaram ao QG, e Rin foi o primeiro a se despedir com um aceno e um sorriso seguido de um “boa noite” para ambas, mas com um olhar direcionado à Ains, que somente sorriu em resposta.

Katherine mencionou o fato de que havia a vaga no quarto de Ains, que por sua vez não se importou em ter a presença da colega de equipe. — Claro, por quê não! Quer ajuda para levar suas coisas até o quarto? — Assim, se Katherine aceitasse a ajuda da loira, ambas seguiriam juntas até onde a Mink estava e levariam seus pertences para o quarto onde estava Ains.

Amanhã avisamos Rin da sua mudança de quarto, vou adorar uma companhia feminina...

Não havia segundas intenções na frase da jovem, que por sinal pareceu bem solitária em sua fala. Ao chegarem no quarto de Ains, Katherine foi a primeira a ir banhar-se, com toalhas e roupas à disposição, o banheiro era bem limpo e cheiroso — provavelmente obra de Ains. Cheirava à pétalas de rosas, um cheiro doce e confortável, dava a sensação de pertencer àquele lugar.

Depois de Katherine, Ains tomou seu banho enquanto a felina se trocava, e após todo o rito de “boa noite”, ambas foram deitar-se. — Boa noite, sim, amanhã será um novo dia!

O dia raiou e uma sirene tocou despertando todos os marinheiros, o ritmo militar não era fácil, proteger toda a cidade demandava um esforço por parte dos marinheiros e isso incluía começarem suas atividades logo pela manhã. Uma nova tentativa de conseguir informações no bar só seria possível quando a noite se aproximasse, uma vez que era o horário em que os suspeitos frequentavam o estabelecimento.

Bom dia...

Ains saudou, esfregando os olhos com as juntas dos indicadores. — Irei praticar com a espada antes do café da manhã, se quiser vir comigo... — Um pedido casual por parte da menina, que parecia querer entrosar-se mais com Katherine.

Assim, Ains fez sua troca de roupas e vestiu o uniforme padrão de sua patente, com o bonezinho característico, e seguiu com sua espada básica para o centro de treinamento da instalação da marinha; Katherine devia decidir o que faria em seguida.


Histórico:
 

Legendas:
 

Npc's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
SraVanuza
Narrador
Narrador
SraVanuza

Créditos : 12
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 14/12/2017
Idade : 22

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyTer 14 Jan 2020, 13:57



Be a pretty bitch!



“Interesting… Nesse rede acho que peguei alguma coisa AHAHA”

Kariel se contorcia por dentro, seus olhos eram como lentes de uma câmera, tudo era gravado, registrado e analisado. E o analise levou a um desconforto duplo, o que seria um prato perfeito para dormir de barriga cheia, porém não iria continuar com aquela conversa, naquele momento é claro.

-V.I.P… Bom, provavelmente Darius e seus amigos devem pertencer a esse grupo seleto… - Comentaria de forma ortodoxa, afinal estavam ali como marinheiros e isso poderia aliviar o ar para os dois naquele momento, mas sua mente continuava a juntar as peças que eram encontradas no caminho.

A gata conseguiu o local para dormir e de quebra uma abertura para um melhor relacionamento com a garota, que até poucos momentos era vista como uma ameaça ou concorrente. Talvez aquilo pudesse mudar mais ainda, em um único dia, as duas pudessem criar de fato algum vínculo que não seja profissional.

-Claro, iria ser uma boa! Não é muita coisa, mas.. - Aceitava o pedido de ajuda de Ains - Certo! - Diria com um pouco de ânimo, podendo ver que a animosidade entre elas era algo que poderia ser só na sua cabeça, auto sabotagem.

Já no quarto, indo para o banho, Kariel nota o quão limpo e cheiroso era aquele banheiro e tentaria de tudo para deixá-lo assim, afinal estava recém chegada naquele ambiente, não iria ser vista como uma bagunceira no primeiro dia. Usaria daquele momento para relaxar, afinal foi um dia puxado, a água em seu corpo a deixaria mais aliviada de toda a tensão e pressão que sua primeira missão poderia gerar, o perigo constante naquele local ficava em sua mente e a forma como os piratas ali deveria pagar por seu crimes e pecados nojentos.

Era uma forte mistura de sentimentos, se contia bastante, afinal não gostaria das pessoas vendo em seu estado mais vulnerável e brutal, coisa que executa com proficiência naquele bar, mesmo que também tivesse aproveitado bastante dançando com aqueles desconhecidos em sua maioria. Mas seu banho logo chegava ao fim e voltaria para o quarto, Kariel voltaria enrolada em duas toalhas, uma para o corpo e outra para o cabelo, que precisaria secar também. Nesse meio tempo Ains deveria ir para o banho, enquanto ela se trocava e arrumasse suas coisas. Não tinha muito o que conversar, não se sentia próxima o suficiente para conversar sobre qualquer assunto não técnico, mas que não se encaixava naquele momento.

“Eu sei que eu sou muito carismática, mas ela parece meio introvertida ao extremo...”

Ambas se despediam para dormir, tentava descansar o máximo possível, afinal não sabia a hora que teria de levantar e o que deveria fazer durante o dia. Seu corpo de fato precisava de um belo descanso, afinal aquela dança toda a havia esgotado e isso a faria cair no sono bem rapidamente, afinal já estava predisposta a dormir bem.

Com um atordoante som, Kariel acorda, não em seu melhor dia, afinal ser acordada dessa forma não era nada glamuroso, o que deixava ela irritadiça logo de manhã, mas tentava não deixar isso muito evidente, afinal essa foi a realidade que ela escolheu para si mesma, nem Ains nem qualquer outro marinheiro eram responsáveis por isso, então não deveriam ser penalizados por seu estresse matinal.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

-Bom dia.. aaaah - Bocejava de forma animalesca, ainda com os olhos levemente fechados, o que poderia ser adorável para alguém que visse de fora, para ela era só mais um gesto casual de sua manhã - Na verdade, eu adoraria, estava realmente querendo treinar algumas coisas..

Dito isso, iria se arrumar o mais rápido possível, claro que isso não influencia na sua beleza, afinal era constante e independente de qualquer estado. O ideal era se arrumar rápido para não atrasar Ains, afinal não sabia o que ela faria de manhã. Iria escovar seus dentinhos para não ficar com bafo, arrumar seus cabelos, lavar o rosto e estar devidamente vestida com seu uniforme, levaria o chapéu mais por desencargo de consciência, mas não usaria ele naquele momento, seu cabelo estava belíssimo para ser coberto por aquilo.

-Vamos então! Eu precisava mesmo dormir, estava exausta! - Diria de forma casual, tentando de forma fluida puxar qualquer assunto entre elas para o caminho até o local de treino não fosse constrangedor demais. Ficaria atenta às localidades, para saber se locomover ali sozinha, chegando lá iria observar o local, vendo como estava o fluxo de pessoas por ali.

-Eu queria treinar algo mais.. Físico.. Eu sei manusear uma espada e acha que com o tempo vou aprimorando, mas quero aprender a lutar sem depender de armas.. Mas não faço ideia de como.. - Novamente de forma casual, esperaria alguma luz vinda da garota, talvez pudesse indicar alguem para ajudar nesse caso.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ainz
Narrador
Narrador
Ainz

Créditos : 6
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 10/11/2017

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyQui 23 Jan 2020, 15:42


Narração

Katherine se arrumava com suas vestes padronizadas no branco e azul da marinha, uma digna felina, majestosa desde os pelos até o sotaque. Ains se mantinha quieta, como sempre, mas seu rosto não esboçava uma antipatia, apenas um olhar observador.

A loira havia se aprontado antes da Mink, mas não esperou tanto por ela, fazendo questão de não deixar sua colega sozinha. — Espero que esteja gostando da convivência... — Ela indagou, uma voz mansa e calma.

As duas andaram lado a lado pelos corredores até o âmbito de práticas daquele Quartel General. Educadamente a felina esboçou seu interesse em aprender lutas corpo-a-corpo, recusando o chamado de Ains sem a ofendê-la, afinal, não perderia sua elegância. Por coincidência, um certo alguém ouviu o desejo de Katherine e rapidamente prontificou-se a ajudá-la.

Eu posso! Se quiser! — Uma voz familiar entrou pelos ouvidos de Katherine, talvez ela não se lembrasse, mas ao se virar deu de cara com o marinheiro que encontrara assim que chegou à cidade. Uma atitude elétrica e uma expressão vidrada, olhares flamejantes que ardiam de paixão, como se amasse tudo que fazia.

Ele vestia roupas da marinha ainda, exceto por não estar trajando a blusa padronizada, e sim uma regata branca própria para treino, em suas mãos um par de luvas vermelhas pequenas e acolchoadas, com buracos para os dedos saírem — protegia, de fato, apenas as juntas mais proximais dos dedos e o dorso de suas mãos. — Estou procurando um parceiro de treino, posso lhe ensinar o básico se aceitar treinar comigo! — Sua fala era sempre eletrizante, apressada e empolgada, como se hoje fosse seu último dia de vida. Enquanto falava, usava as mãos para gesticular quase como um robô, o que era particularmente estranho.

Bom, deixo-a em suas mãos então, Inasa-san. — Disse Ains, aceitando a oferta por Katherine. — Isssso! — Inasa, o marinheiro energético, comemorou como se houvesse ganhado na loteria, aproximou-se de Katherine e estendeu a mão para cumprimenta-la esportivamente. — Inasa Yoarashi, é um prazer! E você é? — Indagou, com o olhar vigoroso de sempre.



Histórico:
 

Legendas:
 

Npc's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
SraVanuza
Narrador
Narrador
SraVanuza

Créditos : 12
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 14/12/2017
Idade : 22

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyQua 29 Jan 2020, 14:54



Be a pretty bitch!



Kariel estava realmente animada com isso, treinar pela primeira vez dentro daquele local, ver o fluxo dali e entender como a rotina da instituição funcionava na prática, isso de fato era uma boa experiência, num contexto geral.

-Está tudo bem, pelo menos para mim! E quanto a você? Ter uma intrusa no seu quarto.. - Kariel mantinha um tom casual, nada muito formal, afinal se tornaram colegas de quarto.

“Espero que ela não tenha ficado chateada ou ofendida.. Não posso perder muito tempo”

No meio dessa conversa, uma voz soava ao redor, parecia familiar, mas nada tão relevante que lembrasse logo de cara, a gata teria de ver para se lembrar. Mas logo ao bater os olhos no rapaz vinha a resposta em sua mente.

“O bonitinho que me ajudou… Hum!”

Ele se intromete na conversa e Kariel agradecia muito por isso, afinal já poderia adiantar uma parte de seus objetivos de combate sem precisar procurar muito longe. Ela se vira para o rapaz e dá um enorme sorriso, realmente deixava clara a satisfação de vê-lo num momento tão oportuno.

-Hey! - Ela expressava sua alegria em sua voz, sem contar aquele belo colírio para os olhos, afinal ele possuía um belo sorriso e parecia bastante animado, estava com um regata que o deixava ainda mais apetitoso, mas naquele momento Kariel não se deixaria levar, estaria focada, mais ou menos, ele realmente era uma gracinha, mas focada - Eu adoraria, tenho certeza que não serei uma adversária a altura, mas espero conseguir ser uma boa aprendiz! - Ela mantém o tom casual, sem deixar muito seu interesse aparecer afinal, Ains ainda estava por ali.

-Ains, espero que não tenha problema de eu treinar com ele.. É que realmente queria muito aprender a lutar no mano a mano! - Ela diz isso para a garota, afinal não iria simplesmente dar as costas para ela e sair andando, afinal ela foi bem gentil com a gata até o presente momento.

E com isso ambos iriam se apresentar formalmente, algo que não deveriam ter feito até então, o rapaz parece bastante espirituoso, porém de alguma forma ingênuo, não chegava a ser infantil, apenas jovial e energético.

“Eu realmente prefiro algo mais crocante, mas quando algo cremoso está por perto, não vamos recusar… AHAHAHA… Se controla gata...”

-Muito prazer, me chamo Kariel! Muito bom,ver você de novo, obrigada pela ajuda da ultima vez! - A gata cumprimenta ele e já complementaria sua fala - Então, eu realmente não tenho muita prática… E também possui garras, espero conseguir tirar vantagem disso também…

~ Início do Aprendizado - Perícia Luta de Rua ~

Kariel não possuía muita noção do que deveria fazer para entender e aprender esse tipo de movimento, então ficaria completamente alerta as falas de Inasa. Assim que ele estivesse pronto, ela ouviria os primeiros toques sobre esse estilo de luta. Provavelmente seria solicitado o uso de luvas, as quais ela iria procurar para calça-las

-As luvas não atrapalham o movimento das mãos? - Questionaria de forma ingênua, afinal esses equipamentos são eficientes para o treino, mas pelo fato de ser uma felina, uso de luvas poderia ser um pouco estranho.

Ela realmente não entenderia muito bem aquele fator, mas revelaria para continuar seu aprendizado, ela buscaria repetir os movimentos mais igualmente possível, compreendendo a forma e a energia que seu corpo teria de assumir para conseguir transformar um movimento em um golpe. O que poderia ser simples ou não, de acordo com as coisas que ele iria ensinar.

Além de reproduzir os ensinamentos, ela também iria pensar nas possibilidades que ela poderia criar, usando de sua flexibilidade e características felinas, afinal esse era um bônus que a maioria de seus oponentes não teria e possivelmente não esperaria.

-Minha garras, como será que poderia usar ela em movimentos desse tipo? … Eu imagino que seja tudo soco e chutes, mas essa vantagem poderia ser explorada não acha? - Ela novamente traria essa questão para Inasa, afinal ele poderia ter mais experiência e isso dar mais aprofundamento aos ataques que Kariel gostaria de tentar.

Era provável que gastaram bastante tempo ali, afinal Kariel tinha que entender o que poderia fazer em combate sem armas naquele momento, não deveria ter outra oportunidade dessas de novo. Ouvia os conselhos e ensinamentos de Inasa com atenção, era algo que não sabia nada, então qualquer informação poderia ser útil e letal em combate.

~ Fim do Aprendizado - Perícia Luta de Rua ~

Quando terminassem, a gata estaria bem cansada, afinal os treinos poderiam ser bem intensos,  tentaria deixar seu cabelo mais apresentável possível durante esse momento e provavelmente precisaria de um banho, de novo, poderia estar suada e suja.  Mas muito grata pelo tempo e esforço gasto pelo rapaz.

-Inasa muito obrigada, sério… Isso foi bem legal! Espero que eu consiga assimilar tudo isso pra aplicar quando estiver lá fora! - Ela soaria muito agradecida, afinal ela estava - Acho que vou tomar um banho, estou acabada! Ahaha! Espero te ver de novo por aí! Ah e se precisar de algo, não hesite em me pedir

“Acho que preciso tomar um banho depois disso, imagino que vamos para o bar de novo mais tarde...”

A jovem buscaria com seus olhos se Ains estaria por perto, se não estivesse iria para o quarto, porém se por acaso ela estivesse por ali, iria até ela, e avisaria sobre isso, para se caso Rin aparecesse, ela saberia onde ela estava.

-Ains, eu vou tomar um banho, se Rin aparecer, sabe onde me encontrar! Não devo demorar!

E assim iria pra o quarto se arrumar para provavelmente a próxima refeição ou a continuação da missão dependendo da hora que haviam terminado ali.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptyDom 23 Fev 2020, 15:19


Narração



-Muito prazer, me chamo Kariel! Muito bom,ver você de novo, obrigada pela ajuda da ultima vez - A felina era cordial com o seu mestre improvável e complementava sua fala com preocupações - Então, eu realmente não tenho muita prática… E também possuo garras, espero conseguir tirar vantagem disso também…

Inasa, falando em tom explosivo e másculo como sempre retrucava

- HAHAHAHA! Não se preocupe!!! - Já empolgado com o treino, o mesmo se colocava em guarda e dava dois socos no ar. As veias de seu corpo saltavam com a força que estava aplicando aos golpes. - Luta de rua não é formal como lutar com uma katana - Seguia acertando o ar com jabs e cruzados, com o olhar distraído como se atacasse um inimigo imaginário. - Você tem que saber um pouquinho de como se defender e de resto... - Lançando-se de costas para o chão Inasa erguia as duas pernas em um movimento de abdome e acertava um chute diagonal de baixo para cima ao mesmo tempo em que fazia um rolamento para trás, voltando para a base inicial - ... É improviso puro... HAHAAHAHA!

Os dois começaram a lutar em uma sala de treinamentos do Q.G da Marinha, que possuía diversos manequins para simular lutas e um chão coberto por tatame.

Não foi requisitado por Inasa o uso de luvas ou coisas do gênero. Kariel pôde inferir disto somado com a fala anterior de Inasa que luta de rua era um estilo muito mais emergencial e improvisado do que outros estilos de combate. Geralmente os lutadores de rua não se preocupavam em ter luvas por perto ou coisas do gênero.

Aprendeu uma base bastante precária de boxe junto com uma base bastante precária de taekwondo e noções básicas de chutes, socos, esquivas e movimentação de pernas. Conforme os dois treinavam e ela praticava essas bases começou a pegar cada vez mais o jeito do combate, até que se familiarizou com as formas e elas passaram a vir com mais facilidade para ela. - HAHAHAHA! É disso que eu estou falando! Agora você já pode improvisar!

-Minha garras, como será que poderia usar ela em movimentos desse tipo? … Eu imagino que seja tudo soco e chutes, mas essa vantagem poderia ser explorada não acha?

- Como o momento pedir, você deve fazer! - Ele pegou um dos manequins e jogou na direção da garota, que desviou-se conforme tinha aprendido e correu na direção dele para contra-atacar. - Use os socos, conforme eu te ensinei! - A jovem lançou um jab e um direto (claro que sem a técnica de um verdadeiro pugilista) na direção de Inasa, que foram prontamente evitados com movimentos de cintura pelo lutador. Entretanto, conforme o segundo soco passava diante dos olhos dele, as garras de Kariel se mostravam conforme o punho fechado se abria, e agora seu soco desviado se tornava um segundo ataque em forma de rebote.

Com um sorriso, Inasa via o brilho das lâmpadas se refletir nas garras. Era deste tipo de improviso que ele estava falando.

As garras voltavam partindo o ar na direção do rosto do marinheiro quando a jovem marinheira sentiu seus calcanhares sendo atingidos por um golpe fora de seu campo de visão, e quando suas costas se chocaram contra o chão percebeu que havia recebido uma rasteira imprevisível.

- Você ainda tem muito o que aprender, mas o golpe foi ótimo. HAHAHA! - Sua explosão de energia foi rapidamente transformada em gentileza conforme Inasa se abaixava e oferecia a mão para a felina se levantar novamente. - Seus ataques ainda são muito previsíveis e óbvios. Luta de rua tem mais a ver com saber lidar com situações caóticas e usar o básico para sobreviver a elas... Você já sabe lutar, companheira, mas sabe bem pouco sobre as ruas...

Os dois continuaram lutando até a exaustão. Desenvolvendo a base precária de Kariel, junto com o aprendizado de algumas rasteiras e golpes que sequer nomes recebiam, pois eram muito mais considerados como ''manhas'' para vencer o inimigo. A marinheira se sentia cada vez mais confortável para usar suas garras conforme aprendia a combater, e tinha uma noção mais sofisticada do timing para utilizá-las em consonância com o que sabia da rua.


Respirando profunda e desesperadamente, com gotas de suor saindo por todos os poros de seus corpos, os dois companheiros estavam deitados no chão de braços e pernas estirados ao fim do treinamento que durou cerca de quatro horas.

- Arf... Arf... Arf.. - Tentava comunicar Inasa, mas a respiração não permitia. - Quer saber... arf.... arf... de uma? - Dizia com dificuldade - ... Você luta bem... Mas ainda é muito ingênua... Arf... Arf... As ruas irão engolir você viva... Arf... Arf.... Mas se você quiser eu sei exatamente quem.... Arf... Pode te ensinar a linguagem das ruas... Arf...

A garota nem mesmo conseguia falar de tão cansada. Precisaria de cerca de trinta minutos para se recuperar o exaustivo treinamento, graças à sua pouca resistência.

Histórico:
 

Legendas:
 

Npc's:
 
[/quote]

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
SraVanuza
Narrador
Narrador
SraVanuza

Créditos : 12
Warn : Gato de Convês - Página 3 10010
Data de inscrição : 14/12/2017
Idade : 22

Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 EmptySeg 02 Mar 2020, 01:14



Be a pretty bitch!



Aquilo havia sido demais, em todos os aspectos, tanto incrível quanto mais do que ela poderia aguentar. De fato havia aprendido muito e de fato entendido o que se passava numa luta de rua, mesmo que de forma simplista, afinal começava ali. Porém estava orgulhosa de si, durante aquele treino ela foi capaz de executar algumas coisas que eram exatamente o que ela pretendia.

“....Agh… Na próxima.. Eu v.. Vou acabar com … Esse sorriso… Argh… Mal consigo respirar.. Nosssa...”

Mas antes mesmo de poder se recuperar por completo, o rapaz continua a lhe passar informações interessantes que poderia e iriam ser muito proveitosas para os planos da engenhosa gatinha.

“Linguagem das ruas? Grrrr.. Isso me parece bom”

Porém a conversa teria parado ali, afinal eles precisavam de um tempo para respirar, seus corpos estavam cansados, especialmente o dela, afinal não tinha tanto preparo para situações tão extensas assim.

-E..Eu adoraria… Saber mais...Urgh - Pausava para respirar um pouco mais - Saber mais sobre isso!

Kariel queria se tornar apta a conseguir informações de forma simples, algo como uma espião ou um infiltrada, então entender linguagens mais comuns seria uma forma de conseguir manipular as informações que conseguiria, isso de fato a deixava mais animada, mesmo que ainda muito cansada.

-Mas eu preciso mesmo… Dar uma pausa!..... Depois disso tudo, estou acabada, queria tomar um banho, antes de continuar, para ficar 100%, tudo bem? - Ela iria questionar de forma humilde, afinal era uma ajuda sem nenhuma retribuição direta, caso ele respondesse positivamente, ela iria rapidamente para o quarto tomar um rápido banho, apenas para limpar o suor e os possíveis cheiros de seu treino e voltaria o mais rápido possível para a presença de Inada ou para algum lugar o qual ele indicasse.

-Voltei, nossa, estou me sentindo bem melhor! Obrigada pelo treino! Mas voltando aquele assunto, quem poderia me ajudar nesse quesito? - Diria de forma condial e interessada, afinal ela realmente queria adquirir esse conhecimento.

Entretanto se ele dissesse que falaria naquele momento, ela mesmo contrariada ficaria, afinal informação de valor não poderia ser desperdiçada assim.

-Tudo bem, então como consigo aprender mais sobre isso? - Ela poderia estar falando melhor, mas ainda estava bem cansada, sua feição, mesmo que ativa, estava levemente caída, já que seu corpo não teve uma pausa dali.

A partir das orientações de Inasa, ela iria buscar essa pessoa que pudesse lhe orientar em entender mais sobre comunicação e astúcia nessa area.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Thanks Faith @CG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Gato de Convês - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Gato de Convês   Gato de Convês - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Gato de Convês
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: