One Piece RPG
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 04:13

» Um Rugido Inicial
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Graeme Hoje à(s) 00:12

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 21:42

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 21:14

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 20:02

» [M.E.P.] Keke
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Keke Ontem à(s) 19:14

» [Mini - Keke] Entre o aço e o açúcar.
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Keke Ontem à(s) 19:12

» [LB] O Florescer de Utopia III
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 19:11

» III - Grand Line
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:04

» The One Above All - Ato 2
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 18:50

» [Mini - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:50

» [M.E.P - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte.
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:49

» ZoukTamachiroo
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:48

» ZoukTamachiroo
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:47

» Aldo Rahner
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Shogo Ontem à(s) 16:55

» The Victory Promise
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Akise Ontem à(s) 15:11

» 10º Capítulo - Parabellum!
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Marciano Ontem à(s) 14:09

» As mil espadas - As mil aranhas
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Noelle Ontem à(s) 11:43

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor Furry Ontem à(s) 10:32

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Emptypor K1NG Ontem à(s) 08:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Island End! Goodbye Utopia!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyDom 24 Nov 2019, 01:52

Relembrando a primeira mensagem :

Island End! Goodbye Utopia!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Fanalis B. Ria. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Fran B. Air
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 30/11/2017

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptySex 03 Jul 2020, 21:01

Nova Aliada?! Prison Part 2!

Sentada no chão e escorada na parede com a cabeça levemente abaixada de olhos fechados estava descansando um pouco, isso até escutava aquela doce voz e não resistia ao abrir os olhos e levantar a cabeça, apesar de não ver nada naquela cela vazia além do Mordomo que dormia no chão de lado. Não sabia ao certo quem era, mas tirando aquele churrasco que mais parecia um sonho, já fazia um tempo que não tinha uma conversa com alguém diferente.

“Quem será? Só espero que não seja algum outro fantasma vindo me assombrar, o Mordomo ali já é demais.” Nesse instante o Mordomo coçou o traseiro por cima dos trajes finos, parecia estar em um sono pesado apesar de tudo.

Mesmo sem saber ao certo se a garota era ou não real, onde a segunda opção era bem possível dado o cativeiro em que eu me encontrava, não era como se aquilo fosse fazer diferença na situação em que eu estava de toda forma, então a responderia normalmente como se fosse apenas mais uma presa mesmo. - Hum... Eu sou uma pirata procurada e roubei um banco hoje, mas acabei esbarrando com a capitã e ela me prendeu, acredita nisso? - Para então concluir com algumas perguntas estando bastante curiosa em escutar as respostas. - E você? O que houve? -

Escutava atentamente o que a garota tinha a dizer, mas não ficava nem um pouco surpresa, ela parecia ser só mais uma em meio aos criminosos da uma prisão qualquer, aparentemente não tinha nada de especial nela, ao menos até sua última fala que acabava me despertando um déjà vu. “O jeito que ela fala… É igualzinho as pessoas que eu tirei do farol, é como se ela tivesse perdido a vontade de continuar e desistido.” Não gostava de ver ninguém naquela situação, nem mesmo uma completa estranha como ela, afinal, talvez as pessoas que ela matou e roubou merecessem isso.

Foi nesse instante em que deram um pouco de comida, não era como se eu estivesse com muita fome já que até pouco tempo atrás estava em um enorme churrasco, mas mesmo assim, era meu prato favorito, sopa, então pegava o prato e ficava o encarando por alguns segundos até falar com a garota que estava na outra cela ainda encarando o prato. - Acha que tem chance disso estar envenenado? Talvez alguma droga que me obrigue a falar no interrogatório ou algo do tipo.  -

Escutaria a garota para ver sua resposta, sendo que se ela achasse que sim, apenas deixaria o prato no lugar em que o marinheiro deixou para que ele recolhesse depois, agora se ela achasse que não, como tinha um vasto conhecimento sobre venenos e componentes químicos sendo uma cientista, examinaria a comida ao sentir seu cheiro, balançar o prato para ver a textura e jogar um pedaço de carne se avistasse um rato ou coisa do tipo para ver se a criatura resistiria por alguns segundos após comer do alimento. Se parecesse tudo bem, começaria a comer da sopa aos poucos já tentando estreitar meus laços com minha companheira de bloco de celas ao falar amigavelmente. - Meu nome é Fanalis B. Ria, e você? Como se chama? -

Continuaria com a conversa para ver sua resposta apenas por mera curiosidade. - Você acha mesmo que a prisão é game over? - A escutaria enquanto comesse se é que estaria comendo até que a garota terminasse de falar, sendo que quando o fizesse, viraria tudo que ainda tivesse no prato e o jogaria onde  marinheiro o deixou ao concluir falando para a garota com convicção de minhas palavras. - A gente vai se ajudar e dar um jeito de sair dessa, eu, você e meus companheiros, Boujin e Yue, vamos sair dessa todos juntos! -

Veria a reação da garota a consolando se ela se recusasse a acreditar ao tentar a acalmar de forma simpática, apesar de não ter ideia de como faríamos para sair daquele lugar, afinal não é todo dia que um ciborgue chega explodindo o navio de transporte. - Vai dar tudo certo, é só confiar em mim. - Independentemente do que ela falasse, me despediria, não tinha muito o que fazer naquela cela e provavelmente teríamos tempo de sobra para conversar. - Vou dormir um pouco, depois a gente se fala, boa noite aí. -

Nem sabia se era noite mesmo, apenas me deitaria na cama olhando para o teto enquanto imaginaria ansiosa como seria o tão falado interrogatório por alguns minutos, até que fecharia os olhos e tentaria pregar no sono para que chegasse a hora do mesmo. Assim que eu fosse chamada, me levantaria animada para mais um dia. - Yup. Bom dia, tavam demorando. - E deixando o Mordomo na cela dormindo, seguiria quem fosse me chamar sempre de cabeça erguida, mostrando um ar confiante e mantendo um leve sorriso no rosto, feliz por não ter ocorrido o pior com Yue, até o lugar onde fossem ser realizadas as perguntas, sendo que se visse Boujin ou Yue no caminho, tentaria dar um sinal de positivo com o polegar para que meus companheiros soubessem que o plano de resgate e fuga já estava em andamento, por mais que ainda não tivesse nada em mente. Chegando na sala, antes de me sentar, questionaria quem tivesse me guiado com algo que já estava começando a me incomodar um pouco, apesar de continuar mantendo o bom humor. - Será que vocês não tem algum uniforme de prisioneira aí? Eu vou acabar passando frio se ficar andando só de biquíni por aí. - me sentaria para escutar as perguntas que fossem ser feitas e as responder apropriadamente.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptySab 04 Jul 2020, 12:05

New blood joins this earth
And, quickly, he's subdued
Through constant pained disgrace
The young boy learns their rules

Ria não ficava nada surpresa com o que ouvia e a garota menos ainda. -Há, mais outra hahaha tinham umas presas por roubo a banco aqui ontem. - ela olhava pela lateral de certo modo mais cuidadosa comentando. -Além do mais é assim que se é preso, você esbarra com marinheiros e eles te prendem se você da mole.-pra a assassina era um conceito simples o de estar ou não na cadeia…

E logo com a comida chegando a ruiva era desconfiada de ter ali alguma coisa estranha, o que era um pouco preocupante de fato que ocorresse, na mente de alguem que acredita que tudo vai dar errado sempre existe essa opção. -Nah, se eles fossem fazer isso injetaram em você na marra. Ou tu acha que algemada tu consegue fazer alguma coisa contra a Katt?- dizia ela levantando o queixo como se apontasse pra cima a direção onde a capitã deveria estar.

E de fato será que eles não conseguiriam fazer exatamente o que quisessem com ela? Sim, eles fariam… Essa era a resposta. Mesmo assim ela jogava um pedaço de carne para um rato, idiota? Sim, de fato, ainda mais quando parasse pra pensar que ela poderia ter sido decapitada pelo chicote tantas vezes e foi poupada seguidamente, fosse como fosse essa paranoia, não tem ratos ali, ou melhor não tinham…

As celas de utopia são bem cuidadas e limpas com maior frequência… Não tinham ratos ou formigas ali, e sequer baratas… Ta mais limpo que a minha casa AHSUHAUSHUAS ou ao menos a ala feminina era assim, não sabe-se o que esperar da ala masculina. Mas a conversa seguia com a garota se apresentando. -Fanalis B. Ria? Acho que já vi teu cartaz, era algo entre 40 e 60 milhões quando vi. Há, se for você tadinha, pega antes de ter passado dos 100. Sou Joan Von Duarte Delacorte, meu rostinho vale 115.000.000 de berries. - ela tinha lá sua razão, era muito cedo pra a prisão.

Já o tempo passava e ela comentava sobre todos saírem dali bem, e essas coisas, sobre prisão ser game over e a resposta da garota ali era. -Aaaaa eu acho que o mundo da suas voltas, ser preso uma vez e fugir é possível, eu já fiz isso. Ser presa duas vezes e fugir… Aí um raio já não cai duas vezes no mesmo lugar.- comentava ela com um tom de voz tranquilo, ela estava em paz e não parecia ligar pra estar presa, não era conformismo ou coisas assim, era simplesmente o fato de que ela já estava tranquila com o que tinha conseguido em vida.

Ela até ouvia o que a ruiva falava mas para ela, a ruiva era apenas uma garota inexperiente… Cheia de sonhos, ao menos tinha alguma esperança… De certo modo ela escolhia dormir, e se despedia da garota que apenas mandava um “Ta certo” entretanto em meio ao sono profundo um barulho fodido de sirene tocava na madrugada… Era algo irritante. E a garota que tava ali já levantava falando. -Mas que porcaria rapaz essa hora essa merda tocando.- não tinha nenhum guarda passando ali, talvez alguma coisa tivesse acontecendo lá dentro do QG.

Waiting, for your modern messiah
To take away all the hatred
That darkens the light in your eye
Still awaiting, I

Gregory estava um pouco mais tranquilo de modo que podia comer e beber em paz, e vendo aquele truque do rapaz ele perguntava como exatamente ele conseguia fazer aquilo. -Há, meu pai é um cara bem capacitado. Ele me ensinou a me defender desde cedo, e me explicou o que rola aqui na GL ele me mostrou isso aqui também- e então ele concentrava o poder no dedo que ficava completamente negro e disparava o Shigan.

Ele havia demonstrado dois dos truques que conhecia e aquele shigan cortava o ar com uma velocidade absurda, que poderia ser dita capaz de perfurar uma barra de ferro ou similar. -Esses são meus principais, mas eu tenho alguns outros truques, só que esses não são fáceis de mostrar haha quer dizer tem um que é...- ele sorria orgulhoso do que tava dizendo e pegava uns sushis e ia comendo. E depois na frente do rosto de Gregory ele mostrava a sua mão virando uma parada branca e se desfazendo como se fosse vento, ou um pequeno tufãozinho.

Ele olharia pra eles por fim só comentando. -Não se preocupem, não sou perigoso, sou um pacifista, sempre evito conflitos, e tento me colocar numa posição onde eu não precise lutar, tipo as cordas por exemplo, eu nunca estive preso de verdade, mas se eu me soltasse dali, eu teria que entrar em um confronto.- ele explicava um pouco de seu posicionamento, até por que ele poderia de fato ter um pouco de influencia…

Tusk arregalou os olhos quando viu mas simplesmente também deixou isso pra lá, fingiu que tava tudo tranquilo. E desse modo eles seguiram para a sala de comando com as comidas, depois da sugestão. Gregory, retirava dos mastros todas as bandeiras que tinham do governo mundial e banco, para que evitassem ser confundidos ou vistos ao longe.

Depois disso o assunto continuava ele questionava se Tusk não tinha visto que ele trocou de roupa. -Rapaz eu até tinha visto, mas foi tanta confusão, Névoa pra todo lado, sombras assustadoras… Eu só achei que tinham rasgado tuas roupas tudo e isso era o que tinha por baixo KASHASHASHASHA- dizia ele rindo, e pensando como sua própria ideia soava bizarra agora pensando melhor.

Ele então se preparava começando a contar a história até que os outros dois sempre prestando atenção não tiravam os olhos dele empolgados com o assunto. -Caraca rapaz e é verdade mesmo?- dizia ele olhando com uma certa desconfiança, já o outro garoto só conseguia pensar em quantas festas ele iria com a sua pitanga quando ele finalmente deitasse no colo dela em Utopia… Tusk não apenas tinha perguntado mas com a reposta dava pra ver ele empolgado

Ele sorria de canto falando.-Eu entendo eu acredito, você teve uma experiência paranormal mediúnica, de alto grau viu… HJahahaha sabia que já rolou comigo?- e nisso o garoto arregalava os olhos perguntando .-De se travestir pra ir no banheiro feminino?

E assim o pescador ainda confuso olhava pra ele e falava. -É o que? Não!!! Te apruma menino que é isso… Eu uma vez pescando rei do mar entrei na boca de um… Mas isso não é nada demais não, tava eu e meu amigo Junin e quando a gente tava no estomago do bicho, ele era um portal... a voz dele mudava nessa parte onde ele fazia um suspense tipo de drama de terror.

-E lá tinham 5 diferentes portas e só uma levava a saída, junin queria uma e e eu outra, e eu nunca mais vi ele… Não sei prundé que ele foi… Mas é serio palavra de pescador.- comentava ele levantando a mão como se fosse alguma espécie de juramento… mas para cortar o clima tenso Erick já puxava a braba. -Basicamente, cê achou o cu do peixe!!- e nisso Tusk que já estava na mente falando “Isso mesmo” se corrigia. -Que?!? Te apruma moleque!!!- e então ele dava uma risada sobre o assunto e era um clima bem melhor do que a Nevoa maldita.

Feedback/Dicas:
 

ferimentos:
 


____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptySab 04 Jul 2020, 13:56

Alarme! Prison Part 3!

Aquele nome me era familiar, não me lembrava ao certo, mas com certeza já tinha o escutado ou ao menos escutado algum nome parecido. Quando a garota comentou sobre a recompensa pela minha cabeça, olhei para cima tentando me recordar e comentei com ela sobre. - É, a última vez que eu vi, era de 62 milhões, mas já faz muito tempo, deve estar bem maior agora… Deve ser legal ter uma recompensa tão alta. - Concluía sem ficar muito impressionada com a recompensa pela cabeça da Joan, achava até pouco para ela ter aceitado tão bem a situação atual, mas ao menos quis ser simpática com a garota.

Quando estava dormindo e o alarme disparou, nem sequer me mexi, apenas fiquei deitada imóvel e abri o olho direito imaginando o que poderia estar acontecendo. Faria isso por alguns poucos segundos até me levantar e pular da beliche indo em direção às grades na expectativa de que algo que pudesse me ajudar a sair daquele lugar ocorresse já que talvez aquilo provavelmente significava algo minimamente grande para ter a necessidade de alertar a todos de um quartel daquele tamanho.

“Será que é o Macaco? Até onde eu sei ele não tá preso, mas acho que ele não seria forte o bastante pra tanto alarde, a capitã com certeza acabaria com ele facilmente. Humm, o que pode ser isso?”

Sem saber direito o que era aquilo, não restaria outra alternativa senão perguntar curiosa para minha nova conhecida com minha voz meiga e suave. - Ei, Dalecorte... - A chamando pelo apelido que eu tinha inventado de última hora continuaria. - Não é normal esse alarme tocar, ainda mais no meio da noite, né? Imagino que também não ficam tocando isso por qualquer coisinha, acha que algo grande tá acontecendo na cidade? Ou melhor ainda, no QG? -

Não era como se tivesse algo que eu pudesse fazer naquele lugar além de aguardar para ver se o alarme daria em algo ou se simplesmente pararia de tocar. Mesmo assim, ficaria alerta tentando observar qualquer movimentação por fora das celas que ocorresse, enquanto aguardaria para ver se as paredes seriam destruídas ou qualquer coisa do tipo que pudesse me ajudar com uma possível fuga.

Até o Mordomo que dormia no outro colchão se sentou com a mão na cabeça ao falar incomodado. - É… Acho que uma prisão nem sempre é um lugar tranquilo e bom para se dormir. Se bem que essas camas são melhores do que eu imaginava, até que eu descansei bem, e você Senhorita Ria? - Ele aliviava um pouco o clima tenso, onde eu me virava para ele o respondendo normalmente como se não tivesse uma sirene altíssima tocando e fosse apenas mais um dia comum. - Sim, consegui dormir bem, tirando o quarto daquela ilha do churrasco, é bem raro da gente dormir em uma cama decente, não é? -

Concluiria perguntando para o meu companheiro fantasma ao levantar o indicador direito para cima e falar animada com a ideia que tinha tido. - Ei, você não pode vagar por aí e ver o que tá acontecendo? - Ele ficou em silêncio abrindo de uma garrafa de chá que tinha em suas vestes e derramando em uma xícara respondeu calmamente após fazer todo aquele suspense. - Não… Bem que eu queria ajudar, mas eu só vejo o que você vê Senhorita Ria. - O que me levaria a cair rapidamente no chão de costas e com uma das pernas para cima inconformada com a resposta e já gritando com ele. - POR QUÊ DEMOROU TANTO PRA DIZER QUE NÃO PODIA? - Ele então continuou bebendo enquanto eu me viraria ainda brava e segurando as grades tentando notar algo de diferente ocorrendo do lado de fora por alguns minutos, onde se nada acontecesse, me deitaria de tédio e tentaria dormir novamente para aguardar o interrogatório.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!


Última edição por Fanalis B. Ria em Sab 04 Jul 2020, 18:12, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 14
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 22
Localização : Não sei :D

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptySab 04 Jul 2020, 16:48

Spoiler:
 


A conversa se desenrolava de maneira divertida, me fazendo ter cuidado para não me engasgar com o impulso de rir daqueles dois. Mas quando Erick caçoou da história do pescador, não consegui... Parte da comida e cerveja em minha boca se projetaram a minha frente enquanto eu lutava para atrasar as gargalhadas que estavam por vir.

- Né possível... - Me apressei para engolir o que consegui manter em minha boca para então comentar sobre o que havia ouvido - ...Certamente a anatomia de um rei do mar é curiosa. - E então me permiti romper numa gargalhada incontida. - Ai, ai... - Limpei as lágrimas que me escaparam dos olhos e lutei para retomar o fôlego depois de rir tanto.

Esse estava sendo um dos raros instantes em que eu podia aproveitar o momento livre do sentimento de urgência que preenchia a vida de pirataria. Só pude fazer isso pois estava usando um rosto de um civil inocente, isso é intrigante. Digo isso pois há duas formas de encarar tal situação, a primeira seria simplesmente considerar isso mais uma de minhas malandragens, e a segunda, essa mais extrema, seria levar isso como uma oportunidade de amadurecer, largar a vida de criminalidade e me esforçar para buscar outra chance na sociedade. - Paz? Isso é mais importante que minha liberdade de escolha? - Imaginei, ponderando acerca de tal assunto.

- No que estou pensando? Estou problematizando a felicidade... - Chacoalharia a cabeça e afastaria tais ideias para desviar o foco de meus pensamentos para o momento atual.

- Ufa... Buxim cheio... - Sentaria ali do lado para descansar depois dessa refeição. - Mas ai, Erick. Você é mesmo gente boa. Valeu por não tomar conclusões precipitadas antes... - Elogiaria a atitude e a calma do rapaz naquela situação.

- Não queria abusar de sua boa índole, mas tem algo que gostaria de pedir para você... - E aqui eu introduziria um assunto mais delicado, mas estaria escolhendo minhas palavras de forma a deixar a ideia plausível. - Não sei se Tusk falou contigo sobre, mas... Sabe, nosso navio naufragou nessa pesca. Uma tragédia... Por isso estávamos pensando na possibilidade de assumirmos posse desse aqui. - Tiraria os óculos de sol para falar mais respeitosamente e então traria logo de cara a ideia principal da negociação. - A gente achou a embarcação e até conseguimos resgatar o último tripulante... Não acha valido termos isso como recompensa? - E sorriria amigavelmente, deixando claro que não estava impondo nada e sim pedindo um favor a um amigo. - E eu tenho até uma ideia de como justificar o sumiço da embarcação, caso te questionem sobre. Em minha investigação fiquei sabendo que o tal pirata "Gregory Ross" tem envolvimento com isso tudo... Só botar a culpa de tudo nele que dá tudo certo. - E essa seria minha cartada final: Seria mais um artifício para convencê-lo e, por baixo dos panos, estaria indiretamente aumentando minha fama.

Histórico:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyDom 05 Jul 2020, 11:43

New blood joins this earth
And, quickly, he's subdued
Through constant pained disgrace
The young boy learns their rules

Ria ao acordar tinha algum tempo de se questionar sobre o assunto, ela já levantava questionando a mulher sobre o assunto. Esse que na verdade tinha sido um momento bem inusitado. -É, geralmente não tocam, mas não to aqui a tempo suficiente pra dizer. Nem você vai ficar, já deve ta vindo o que vai levar a gente pra ser julgada.- ela comentava brevemente.

Mas não demorava para que Ria começasse a delirar falando com seu dito mordomo… Ela começando a falar sozinha fazia com que fosse questionável o que estava acontecendo. Mas a outra mulher da cela ao lado só perguntava. -Tem alguém aí com você?- ela dizia meio surpresa com o que estava ouvindo. E só agora que Ria podia ver guardas passando.

Eram duas marinheiras mulheres, e uma enfermeira que acompanhava elas e o assunto era. -Vamos logo precisamos de mais pessoas para cuidar da loirinha.- dizia ela com a voz um pouco tremula por causa da corrida, será que tava rolando algo com a Yue? Bem, talvez, afinal de que loirinha que não ela estariam falando.

E a supernova olhando mais uma vez pela brecha da cela comentava. -É, eu não me lembrava de ver os médicos tão apressados, acho que tem algo complicado acontecendo na enfermaria.- ela falava de modo mais tranquilo. A cela estava como sempre vazia e limpa, sem noticias… Mas para piorar o que mais poderia atrapalhar aquilo? pois até mesmo uma preocupação latente com a sua amiga poderia surgir.

Enquanto isso na cela da frente ela via pela primeira vez a garota se levantando, era uma baixinha de cabelo branco, ela parecia ter acordado só agora depois de muito barulho, e parecia incomodada com o que ouvia. -Ow caralho, eu preciso dormir nessa porcaria.- E logo ela dava um chute na cela com força que o metal até mesmo rangia, ela aparentemente era bem poderosa chutando.

Waiting, for your modern messiah
To take away all the hatred
That darkens the light in your eye
Still awaiting, I

O pirata estava a tanto tempo preocupado que e em caos que até mesmo a felicidade era algo que ele problematiza até a sensação de felicidade, era complicado… Mas o assunto serio logo vinha a tona, ele comentava sobre o papo do barco explicando o que ele achava pra o menino. -Assim, meu nome não consta na lista desse barco não, ninguém nem sabe que eu tava ali, eu peguei carona na cara dura.- comentava ele dando um sorriso….

Já tusk balbuciava já jogando umas palavras implicando com o rapaz.-Pia lá, olha o oportunista aí.- e o garoto dava uma risadinha meio que olhando de lado pra o pescador. Que tava ali zuando o rapaz dando um troco pela piada do rei do mar, eles eram irremediáveis.

Antes de tudo ele começava a explicar sobre o assunto. -Assim, se alguém algum dia me perguntar eu até posso dizer isso, mas é improvável que cheguem até mim… A não ser que algum de vocês tenha intenção de falar do ocorrido.- ele comentava olhando agora mais sério, ele de certo modo estava indo pra ilha para inaugurar sua fábrica e suas filiais.

Ter seu nome associado a assassinatos em massa não era uma das coisas que ele tava afim mesmo… -Mas relaxa, com isso a gente segue o plano, se algum dia alguém reclamar do barco eu digo, entretanto mal que me pergunte, o que vocês vieram fazer em Utopia?- dizia ele colocando mais um pedaço de Sushi na boca.

E Tusk já respondia primeiro só comentando do seu trabalho sem realmente explicar uma motivação bem estabelecida.-Rapaiz, eu sou pescador, mas eu pesco rei do mar, que é pra trabalhar com o exótico hahaha- Enquanto isso o barco avançava e eles já conseguia avistar utopia…

Era apenas a silhueta da ilha e logo o rapaz comentava. -Meu porto particular fica para oeste do porto da Marinheira Katt. Ou seja, basicamente do outro lado da ilha em relação ao dela.- Só seguir quando se aproximar e dar a volta.
- Ele pegava a caneta e escrevia latitude e longitude, não tinha pra que complicar ó falando, mas logo mais eles estariam em terra finalmente.

Tusk comia mais alguns sushis e comentava também sobre o assunto. -É, eu acho que estamos chegando, logo mais vamos estar tranquilos depois de tanta confusão.- dizia com uma voz branda.

E realmente tudo estava bem encaminhado, o vento estava bom, e a noite estava bonita, tudo tinha seu charme, e pareciam em segurança, mas ao mesmo tempo era algo que não se tinha toda a certeza. No entanto o caminho agora era bem curto.[/justify]

Feedback/Dicas:
 

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyDom 05 Jul 2020, 12:44

End! Prison Part 4!

Quando perguntada sobre se tinha alguém comigo em minha cela, dava um sorrisinho sem jeito colocando a mão por trás do pescoço e a deslizando enquanto responderia a mulher mais sem graça ainda. - Hehe. É, quase isso... - Não me importava com por ela saber que eu estava com alguns parafusos a menos, mas seria complicado de explicar a situação, eu não tinha explicado nem para Yue ainda, quem dirá para uma estranha que tinha acabado de conhecer.

Escutando a conversa das guardas que passavam, acompanharia elas pelas grades com o corpo até que chegasse à parede enquanto as perguntaria sobre o estado de Yue ficando extremamente preocupada. - EI, YUE TÁ LEGAL? ME RESPONDAM! - Eu não tinha ideia do que estava acontecendo, me sentia impotente diante da situação, não tinha nada que eu pudesse fazer, eu tinha que sair logo dali.

“Com certeza elas estão falando de Yue, acho que não chamariam uma das marinheiras de loirinha e dúvido que tenha chegado alguma outro loira aqui. Se ao menos eu fosse mais forte.” Daria um soco de lado na parede estando angustiada com a situação em que me encontrava ao sussurrar para mim mesma. - Eu nunca mais vou deixar algo assim acontecer! - Fazendo uma promessa que pretendia cumprir com todas as minhas forças.

Então mantendo a cabeça levemente baixa, me lembrava que a garota ao meu lado aparentemente tinha muita experiência, talvez ela pudesse me informar sobre algumas coisas que eu não entendi na luta contra a capitã. Me sentaria de costas para a parede da cela em que Joan estava e começaria a fazer algumas perguntas para a garota já que estávamos acordadas mesmo. - Escuta, Dalecorte… Você já tá por aí a algum tempo, não é? -

Escutaria sua resposta, ela parecia gostar de conversar quase tanto quanto eu, então provavelmente ia querer levar isso adiante, onde continuaria de forma sucinta. - Como eu tinha dito, a capitã me prendeu, eu perdi pra ela porque ela usou alguns poderes diferentes do normal. - Olharia para cima enquanto brincasse com algumas mechas ruivas de meus cabelos para então continuar. - O mais estranho é que da outra vez que me prenderam, foi quase da mesma forma, o capitão de Dream Whater usou os mesmos poderes. Membros ficando negros… Soru… Tekkai… Geppou… -

De pernas cruzadas, a questionaria determinada em aprender sobre aquelas coisas. - Não sei se só os marinheiros ou pessoas específicas conseguem usar isso, mas me pareceu que era algo que podia ser aprendido, como aprender a utilizar uma espada ou coisa do tipo. Sabe alguma coisa sobre isso? - Esperaria para ver sua resposta, talvez fosse superficial ou bastante completa, não tinha ideia do que ela diria já que não parecia ser um conhecimento comum mesmo na Grand Line já que nunca me falaram sobre aquelas coisas.

“A única forma de parar aqueles poderes me pareceu os próprios poderes, se eu com a Akuma no Mi não tive chance, então qualquer um que não sabe fazer aquelas coisas não teria chance também.”

Escutando a resposta da garota, independentemente de qual fosse, me aproximaria das grades para tentar falar com a menina estressada de antes de forma amigável. - Oi, garota brava? Você sabe algo sobre isso? - Onde repetiria a pergunta que havia feito para Joan se ela não tivesse escutado a conversa, talvez tivesse algo a acrescentar ou não soubesse de nada, o que eu sabia era que qualquer possível fonte de informação era bem-vinda.

Independentemente do que eu tirasse dessa conversa toda, só sabia de uma coisa, eu ia dar um jeito de salvar Yue e Boujin e sair daquele lugar ou de onde quer que os marinheiros me colocassem. Afinal, não tem jeito de eles conseguirem manter aquela que vai ser a Rainha dos Piratas presa por muito tempo, então ficaria na cela aguardando o tão falado interrogatório enquanto me manteria imaginando formas de sair daquele lugar.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 14
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 22
Localização : Não sei :D

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyDom 05 Jul 2020, 16:07

Embora minha artimanha não tivesse dado ao certo por completo, as cartas estavam jogadas à mesa. Cedo ou tarde aquela informação falsa chegaria aos ouvidos de quem realmente importa e, com isso, ganharei fama apenas por ter escolhido as palavras certas. Eu devia sentir satisfação só com isso, mas logo as palavras de Erick me atingiam com mais melancolia.

- O que vim fazer aqui? - Instintivamente repeti sua pergunta, como um reflexo involuntário para ganhar mais tempo para formular uma resposta. Fiz isso não porque queria criar mais um blefe, mas sim porque eu mesmo não sabia ao certo minha motivação. E assim demorei alguns segundos em silêncio até encontrar algo que resumisse o que sentia. - ...Em busca de oportunidades, eu acho. - Era um motivo bem genérico, mas se aproximava da realidade. Vim para a ilha depois de ver noticias da situação caótica em que ela se encontrava, mas quando cheguei aqui as coisas estavam mais controladas que imaginei.

Incomodado com tal simplicidade, tratei de rechear um pouco mais minhas palavras. - É como dizem... Quer dar a volta ao mundo? Larga e vai. É só isso. Se você não larga, você não vai. - Disse com um sorriso triste se alargando em meus lábios. Falar isso me trazia a tona as memórias que tive com tantas pessoas que passaram por minha vida, mas que larguei para seguir meu próprio caminho. Isso refletia muito de minha personalidade individualista, já que a liberdade é o que mais prezo.

Com a figura de Utopia surgindo no horizonte, me ergui do chão para ter um bom vislumbre daquela imagem. - Trace o curso, Tusk. - Disse me referindo às coordenadas dadas pelo cozinheiro. Se o mink estivesse bêbado ou letárgico demais depois de comer eu mesmo trataria de redirecionar a embarcação para seguir para o ponto, traçando um curso de contorno da ilha a uma distancia segura longe do olhar de curiosos.

- Mas e ai, quem seria essa marinheira Katt? - Perguntaria considerando que tal pessoa seria importante na ilha.

- Entendo... E Erick. Quando chegarmos em terra firme você acha que consegue me ensinar aquele truque do dedo? - Perguntaria para o rapaz, imaginando que tal habilidade seria ainda mais incrível se combinada com meus poderes.

Para atracar no cais eu me apressaria para fazer os preparativos: Primeiro recolheria as velas subindo-as pelas cordas e depois trataria de descer a âncora quando julgasse que a resistência das águas já haviam deixado o navio mais lento.

Histórico:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyDom 05 Jul 2020, 21:32


Awaken me
Bring back my heartbeat
Bring back the warmth of skin
The world we were living in

Gregory tinha sua dificuldade em se explicar quando se tratava do que exatamente ele procurava, e no fim suas respostas eram um tanto ambiguas, mas o garoto concordava em parte falando. -Bom, a questão é essa mesmo, sempre acreditar nos sonhos, e ir até onde quiser para realizar, seja lá qual for o seu sonho vai fundo- E naquele ponto era só o que ele tinha de dizer de palavras de conforto, talvez ele sentisse um pouco dessa incerteza sobre o amanhã até algum tempo.

Visto o momento de aproximação ele dava as instruções pra Tusk que rapidamente levantava e assumia ali o leme, ajustando o barco na rota pra as coordenadas passada, enquanto ele ia movendo o pirata aproveitava para saber mais sobre a capitã em questão.-Ela? Bem, é a regente da ilha, ela comanda o QG, mas também a cidade. Então sim ela é importante, ela é a dona do porto também, que é um dos portos mais bem policiados da grand line, sempre tem marinheiros lá.- ele comentava falando de uma maneira bem tranquila o assunto.

Mas dava pra ver que quando ele falava dele ascendia uma chama nele, era como se ele enxergasse ela como algum tipo de rival, não fisicamente, mas provavelmente politicamente e em negócios. -Por isso que antes de vir pra ilha eu pedi pra meu assessores coordenarem bem isso, deixei muitas coisas prontas que inaugurar assim que chegar, E fiz esse porto privado por que eu odeio fiscalização saca?- ele piscava o olho mais uma vez antes de voltar sobre os comentarios que ele queria tecer ainda.

Pegando a bebida ele virava o resto que tava no fundo da garrafa se satisfazendo e também molhando a garganta para prosseguir.-A Katt é perigosa num geral, eu evitaria contato com ela, entretanto num geral a marinha aqui ta se fortalecendo, eu li no jornal que tinha um vice almirante vindo pra cá...- e é as coisas dessa ilha tão insanas o suficiente para ser assustadoramente complicadas. E depois daquele assunto a conversa silenciava alguns segundos por parte dele.

Mas logo Gregory lançava mais outra coisa para que ele lhe respondesse. -Sim eu posso te ensinar, mas vai dar um trabalhinho, e bom, no inicio você vai pegar o bem basico.- comentava ele concordando com a ideia de treinar o garoto. E naquele ponto o barco finalmente chegava no porto particular, dois seguranças de terno já apontavam suas armas de fogo em direção a embarcação esperando ela parar.

Gregory completava os preparativos, ajustando as velas e a âncora, e Erick saia pra fora pra mostrar seu rosto e evitar dos seguranças começaram a disparar contra ele, mas não apenas isso os dois homens abriam um portão enorme que se levantava para que o barco adentrasse pra uma zona construída.

E lá dentro já os portões eram fechados. Era uma zona construída de concreto com um pequeno píer mais espaço para muitos barcos serem atracados, em média 10 escunas como aquelas… entretanto com o espaço não preenchido era difícil dizer.

Ainda ali ele podia ver o que tinha no lugar era o grande calçadão e varias portas ali que ficavam nas paredes. Era um lugar grande o suficiente para ser comparado até mesmo extensão de uma mansão, porem bem vazia… E as portas deviam conter quartos para os seguranças ou coisas assim… Haviam também 4 contêineres verdes na extrema esquerda.

Aparentemente o lugar não estava tão bem preenchido dado o fato de que ele estava se estabelecendo na ilha provavelmente. -Chegamos, é aqui meu lugar.- Tusk parecia estar bem animado e um pouco abobalhado olhando as coisas e já ia descendo do barco. -O pirralho manda bem as vezes em? hehehe

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 14
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 22
Localização : Não sei :D

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptySeg 06 Jul 2020, 02:59


E a conversa seguia, servindo agora para eu obter um pouco mais do conhecimento comum das particularidades da ilha. Ao ouvir sobre a regente engoli em seco e senti um frio me revirar o estômago. Bufei discretamente, suspirando para afastar o nervosismo pois sabia que estaria seguro enquanto estivesse disfarçado.

A medida que a silhueta da ilha se aproximava já conseguia avistar a procissão de mortos como um sinal da destruição recente. Os espíritos mergulhavam nas águas para seguirem uma corrente rumo às profundezas, talvez buscando refugio em algum recanto do pós-vida. Tal visão tinha um charme incomum, mas para mim era mais uma visão costumeira. O que mais me empolgou foi a visão que tive das posses do rapaz.

- Mas rapaz, esse negócio de vinho rende mesmo hein? - Disse enquanto fazia os preparativos para frear a velocidade do navio. E logo em seguida conduzimos a embacação para dentro daquele porto particular onde eu inevitavelmente pude sentir umas pontadas de inveja em meio a minha admiração. Ver aquilo de perto fazia minha sede por dinheiro surgir em meus pensamentos... Certamente seria um objetivo a se cumprir no futuro.

Assim que o navio encostasse me apressaria para desembarcar junto aos outros, dando um cumprimento discreto para os seguranças ao apenas acenar a cabeça. Mesmo disfarçado eu instintivamente colocaria de volta meus óculos de sol, apenas para ter mais uma barreira entre eles e minha verdadeira identidade.

- Erick, ainda desejo aprender aquele truque mas não quero atrapalhar seus assuntos agora com sua chegada... Então esperarei por aqui até você ficar livre. - Me apressaria para combinar melhor o começo daquele treinamento. Estava perdido em meio àquele casarão, então apenas buscaria descansar o corpo deitado ali mesmo no chão do porto.

Assim que ele surgisse pronto para me ensinar aquela técnica, me colocaria de pé e esfregaria as mãos ansioso para entender sobre aquilo.

Aprendizado de Shigan

- Como disse você vai ter que começar pelo básico. - Ele erguia um dos dedos para ilustrar o que queria. - Essa técnica se chama "Shigan", a pistola de dedo. O nome reflete sua forma mais básica que consiste em usar seu dedo para perfurar como uma bala sem quebrá-lo no processo. É isso que você vai aprender.

E então ele pegava um pedaço de madeira ali perto, arremessava para o ar e dobrava os joelhos para ter mais sustentação no solo. Seu punho se fechava para deixar apenas o dedo indicador esticado e firme como um bastão. - Shigan! - E seu braço avançava em linha estritamente reta em uma velocidade tão grande que podia se ouvir o som da fricção do ar em sua pele. Ele fazia esse movimento varias vezes em menos de um segundo e, embora fosse difícil acompanhar os golpes com os olhos, o resultado estava claro: Antes de ir de encontro ao chão a madeira se desfazia em lascas e com marcas de perfuração.

- Conseguiu acompanhar com os olhos? Espero que sim, pois agora quero que espelhe o que viu. - E então se aproximou para acompanhar de perto minha tentativa.

E assim meu treino começou com eu buscando repetir aquela postura onde, embora a agilidade seja meu ponto forte, o que eu tinha que buscar era a correta execução para enviar toda a minha performance para a ponta de meu dedo. E com tentativa e erro eu busquei encontrar o jeito certo de realizar o golpe com perfeição, sem perdas de velocidade por erros de execução. Quanto peguei a ideia e consegui decorar a postura, ele me revelou que esse seria apenas o primeiro passo.

E assim ele me passou um protocolo básico para eu dominar antes de considerar que estava ao menos perto de algo similar ao Shigan. Primeiro postura, segundo a velocidade e terceiro o método certo de ferir apenas o oponente e não a si mesmo.

- Como cozinheiro tive muita facilidade em deixar o dedo resistente já que tenho o costume de amassar e dar porradas em massas para deixá-las bem macias. Mas se trata de mais que condicionamento... É técnica. - E assim ele tratou de pedir a um dos capangas que trouxesse massa de pão da cozinha para servir de ferramenta para meu treinamento. - Aplique o que já sabe nessa massa, sem medo de se lesionar. Se parar aqui, jogará tudo o que aprendeu fora. Sua mente precisa dar sentido à postura que aprendeu antes para que não considere isso descartável.

- Certo. - Assenti, com certo nervosismo.

E assim começaram minhas séries de repetições de golpes perfurantes. Com aqueles ataques a massa pouco a pouco ia ficando mais macia e fácil de penetrar. Diante disso me perguntava se eu estava pegando o jeito ou se apenas as pancadas estavam servindo como as pancadas de padeiros. O fato é que pouco a pouco comecei a visualizar mentalmente meu dedo como uma arma perfurante e isso servia para me acostumar ainda mais com a ideia de usá-lo para atacar.

- Ainda nem mandei ir mais rápido e você já está descansando? Vamos, aplique vários de vez sem perder a postura e o padrão! - Erick dizia assim que parei para retomar o fôlego. E então retomei a sequencia de estocadas na massa, dessa vez em uma cadência maior e sem pausas. E continuei assim por um bom tempo até me cansar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Muito bom, mas pão não revida. Descanse e depois tente aplicar em mim. - Ele dizia, sugerindo uma ideia maluca.

- Tem certeza disso? - Perguntei, preocupado com sua integridade física. O cozinheiro apenas ignorava, pois sabia o que estava fazendo. E assim acalmei a respiração para virar meu corpo em sua direção e repetir os passos que aprendi até ali. Minha mão avançava rapidamente em direção a seu ombro e tudo dava a entender que o ataque daria certo, mas Erick se manteve imóvel e inabalável. E então num último instante eu relutei e deixei o dedo se curvar tanto por receio de feri-lo quanto pelo medo de alguma luxação.

- Está com medo? Leve isso até o final, sem vacilar. - Ele me repreendeu.

Me afastei para trás e respirei fundo para me acalmar antes de repetir a tentativa. E então mais uma vez deixei meu membro avançar com o dedo indicador prestes a aplicar uma estocada. Vi a aproximação de meu protótipo como se fosse em câmera lenta - Ele não vai esquivar? Está tão precário que ele nem o teme? - Foi o que imaginei, mas não parei a técnica. - VAMOS, ESQUIVE! - O dedo estava a milímetros de se encontrar com a pele de Erick.

E então quando meu dedo estava na iminência de cutucar seu ombro com força incontida ele se moveu para o lado de forma que nem mesmo o toquei de raspão. - Shhh... Essa doeu. - Nem por isso escapei de sentir a dor em meu dedo depois de todo aquele treinamento.

- Nada mal. Está ótimo para o primeiro dia de treino... Agora só precisa aperfeiçoar. Um dia você consegue usar o mesmo conceito para tornar qualquer coisa em um revolver. - Ele ria, satisfeito com os resultados dos métodos que havia escolhido para me ensinar.

Fim de aprendizado

Ao concluir a sessão de treino, chocalharia a mão para afastar a dor enquanto sorria contente por aprender algo tão peculiar. - Técnica interessante... Mas quando a idade chegar deve dar uma artrite, hein. - Coçaria o queixo, trazendo tal observação engraçada mas completamente válida.

- Mas ai, meu chapa, tenho uma pergunta a te fazer... Dizem que quando somos expostos a um grande perigo nosso corpo revela capacidades inatas para sobreviver, certo? Então... Quando estava lutando contra os caras do navio fantasma eu fiquei cego e, com isso, passei a sentir meu inimigo através de sua... Aura. É, foi como se eu soubesse de sua presença mesmo sem os olhos. Já ouviu falar sobre isso? - Aproveitei que ele sabia sobre técnicas variadas para perguntar sobre tal fenômeno estranho que ocorrera comigo.

Histórico:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyQua 08 Jul 2020, 20:09


Awaken me
Bring back my heartbeat
Bring back the warmth of skin
The world we were living in

Depois de chegar ali, ele só podia notar que o rapaz não tava blefando sobre a grana e realmente ele tinha um poder ali de um magnata. Mas independente disso Gregory partia ao que interessa, ele precisava aprender a técnica do dedo. O treino era árduo e durava em torno de umas 4 horas. Os dois quando terminavam ali confraternizavam de mais uma piada sobre o preço de usar o golpe do dedo.

E o rapaz ria na mesma hora.-hahahhah realmente, vamos descobrir isso daqui uns anos hehe- entretanto a pergunta mais pertinente sobre o assunto era que diabos tinha acontecido com ele lá no barco fantasma, e por um instante, o garoto achava que ia vir uma parada surreal sobre paranormalidade tipo a história do Tusk.

Mas era um fenômeno bem conhecido por ele na verdade que passava a explicar com mais detalhes sobre esse assunto.-Bom, isso que aconteceu com você é algo natural, é uma habilidade inata que todos podemos liberar em momentos de tensão.- comentava ele brevemente sobre isso já que se tratava do despertar que era geralmente aleatório quando ocorria.

Ele novamente usava aquilo deixando a mão dele negra, já que esse era provavelmente o modo mais facil de demonstrar. -O que você viu lá é uma variação desse aqui que te mostrei no barco. Esse que você usou chama-se Haki da Observação. Quando você dominar o uso você vai ter maior facilidade em perceber movimentos, mesmo que seus olhos não necessariamente os vejam. Ele também é chamado de mantra em alguns lugares.- comentava ele coçando a barriga, enquanto a mão com haki voltava ao normal.

Ele então seguia as explicações falando mais ainda das funcionalidades, ainda um pouco superficial mas de maneira bem explicada. -Esse que eu já tinha te mostrado é o Haki do Armamento, ele é uma forma de dar maior resistência aos punhos ou corpo, além de aumentar muito a potência dos golpes, além disso ele te ajudaria se encontrar um inimigo como eu por exemplo, com ele é possível tocar logias, entretanto ele não anula todos os efeitos negativos, mas já é como diriam… Uma mão na roda.- ele tinha falado quase tudo, e olhava pra o alto tentando lembrar que tipo de informações faltavam…

Ele logo lembrava do Haki mais Raro de todos e introduzir isso parecia também algo que agregaria a conversa ali, até para puxar um assunto a mais. -Esses dois que eu citei podem ser dominados por qualquer um que se dedique e treine, e bem… Os treinos são de matar, é preciso de muito esforço pra aprender o básico, e pode demorar algum tempo até que consiga fazer algo maior que cobrir as mãos com isso. haha.- ele dava uma risadinha antes de pegar esse gap para finalmente liberar o assunto. -E além desses existe um que é raro, poucas pessoas despertam, é o Haki do Rei ou Haki do Conquistador. Ele apenas raros usuários seletos aparecem, e aqueles que o usam são dados como carismáticos, sempre cheios de pessoas ao redor, além de claro ele vir de uma imensa força de vontade, daquelas de mudar o mundo, ou é o que dizem.

O assunto dos Hakis terminava por ali, ao menos a explicação sobre eles, por fim, a última coisa comentada pelo rapaz era sobre uma possível apresentação e professora. -Tem uma pessoa que conheço que pode te ajudar eventualmente se não se importar de levar umas chicotadas aqui e ali… Ela não iria ajudar por agora por que está se recuperando da cirurgia e tem mais dois dias de repouso pra movimentos bruscos, ela ta dando aula de teatro pra alguns atores amadores se quiser conhecer ela eu te levo lá.- comentava ele falando por alto do assunto, o rapaz tinha mesmo se empolgado falando provavelmente essa energia vinha da aventura no mar e depois o treinho, uma soma de adrenalina e endorfina.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 14
Warn : Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 22
Localização : Não sei :D

Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 EmptyQua 08 Jul 2020, 22:49


Ouvindo todas aquelas informações percebi que mesmo com tanto tempo no mar ainda havia muito a se descobrir. Acompanhei sua explicação com o rosto inquieto formando as mais variadas expressões de surpresa... Era tanto conhecimento novo que sentia que precisaria de um bom descanso essa noite para não esquecer de nada. E em dado momento achei que ele citaria algum haki que justificasse minhas habilidades como médium, mas como esperado tal graça era tão rara que até mesmo o magnata desconhecia.

Quando ele falou sobre logias e o haki do armamento, fiquei surpreso. - Logia? Hum... Entendo. - Era a primeira vez que ouvia esse termo, mas logo entendi que ele tinha poderes que concediam uma capacidade de sair ileso contra alguns ataques, assim como eu. Essa não foi minha única observação, pois pude associar facilmente aquele tipo de haki com a faca especial que conseguia me ferir. Era mais uma descoberta e tanta para se levar adiante em minha jornada.

- Ah, que chato... Então esse haki surge mais em heróis? Que pena... Nunca fui fã dessas histórias previsíveis, então acho que não combino com o "haki do conquistador". - Opinei sobre tal talento raro me sentindo meio frustrado.

Já quando ele citou a existência de uma professora que poderia me ajudar a dominar àquela clarividência, não pude evitar sentir empolgação. Em meio ao meu cansaço uma onda de ansiedade e curiosidade me arrebatou deixando uma sensação que flutuei por alguns segundos antes de dar minha resposta.

- Rapaz, não sou muito chegado a chicotada não... Mas se ela for bonita abro exceção. - Diria com um bom humor enquanto alongava o corpo em uma tentativa de afastar a fadiga ao menos momentaneamente. - Vamos lá conhecer essa pessoa. No caminho você me conta como ela é. - Aceitaria a proposta e lançaria uma piscadela para ele. Queria saber como lidar com ela, principalmente se fosse um alvo em potencial. Esperava que Erick, como um galanteador, entendesse a mensagem apenas com aquela piscada.

Mesmo exausto depois da exploração marítima seria um desperdício enorme deixar essa oportunidade passar em branco. Era a minha chance de tanto conhecer uma mentora quanto aprender a atuar para dar mais credibilidade aos meus disfarces.

- Ah! Já ia esquecendo... Vocês receberam a última edição do jornal? Queria me atualizar com as últimas noticias. - Lembraria desse detalhe antes de acompanhar o anfitrião. Caso me arranjassem esse item, pegaria ele e passaria o olhar pelas principais manchetes em busca de alguma noticia quente.

Lendo ou não o jornal, trataria de me apressar para seguir até a chicoteadora - Mostra o caminho, vinhozeiro... Vinheiro... Cachaceiro... Pera, como é que se chama sua profissão mesmo? - E me colocaria a acompanhar ele em seu trajeto, atento para ouvir qualquer outra informação que ele me disponibilizasse.

Histórico:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Island End! Goodbye Utopia!   Island End! Goodbye Utopia! - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Island End! Goodbye Utopia!
Voltar ao Topo 
Página 10 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Utopia-
Ir para: