One Piece RPG
On The Top Of The World - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini-Ruriel]
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:24

» O Regresso do Anjo Torto
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor DanJo Hoje à(s) 15:18

» Meu nome é Mike Brigss
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:38

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 14:05

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:46

» Xeque - Mate - Parte 1
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 13:31

» Art. 4 - Rejected by the heavens
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Furry Hoje à(s) 11:20

» [M.E.P] Joe Blow
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:56

» [Mini-Aventura] Joe Blow
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:55

» Livro Um - Atitudes que dão poder
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 09:54

» [M.E.P] Veruir
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45

» Sidney Thompson
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Zed Hoje à(s) 01:19

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:49

» Seasons: Road to New World
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 00:26

» Hello darkness my old friend...
On The Top Of The World - Página 3 Emptypor Zed Hoje à(s) 00:09



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 On The Top Of The World

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptyDom 24 Nov 2019, 01:52

Relembrando a primeira mensagem :

On The Top Of The World

Aqui ocorrerá a aventura do(a) caçador de recompensa Akira Suzuki. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas


Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySab 11 Abr 2020, 14:37

Corrida Ao Céu - Parte II

Mesmo que o farol tivesse todo aquele ambiente repulsivo e inquietante, eu não podia negar que havia alguém ali que não deixava de chamar atenção, Karthus. Mesmo que parecesse a primeira vista apenas um velho aos pedaços, era óbvio que ele era muito mais que aparentava, e isso ficava óbvio quanto mais tempo eu passava próximo a ele. Desde o tiro certeiro, ao controle que ele criava pelo medo, até... Aquele chute - "Rankyaku, Bolton disse?" - Karthus era muito maior que qualquer um que eu já houvesse presenciado, e em outras situações eu adoraria poder conversar com ele, talvez pedir direções e dicas para o que enfrentaria naquele desconhecido mar da Grand Line, mas duvidava que ele fosse ser cooperativo sem algo em troca, não depois de tudo o que vi sobre ele, e eu não tinha exatamente algo para lhe dar. Infelizmente, para meu próprio bem, teria que me contentar com o conhecimento que Bolton parecia ter, e esperava não me decepcionar.

Feliz ou infelizmente, meus questionamentos sobre o velho logo se esvaiam da minha mente em meio à disputa. Pela adrenalina, talvez? Não, pior, por um rosto conhecido - Formantis. - Esbravejava de forma seca ao finalmente entender de onde o reconhecia. Aquele miserável de uma figa havia me dado muita dor de cabeça em Baterilla, e vê-lo denovo era o suficiente para cobrir todos os meus pensamentos com raiva, o que não era nem um pouco usual para mim. Claro, se não fosse pelo golpe dele eu não teria caído nas gracas do prefeito e não teria conseguido o grupo para fazer a travessia, mas eu me recusava a dar crédito algum para aquele desgraçado depois de tudo o que fez e todos que manipulou - Sabe, eu vou adorar destruir seus planos denovo - Retrucava, com uma renovada motivação para vencer aquele desafio. Eu havia cogitado antes como procederia se perdesse, mas sabendo quem era meu oponente, eu não nem mais o luxo de pensar isso. Eu não podia perder para Formantis, eu não podia ficar as ordens dele. Não, não é que eu não podia. Eu não queria. Era estranho ter um sentimento tão forte pautado em emoções depois de tanto tempo tentando sempre olhar as coisas de forma racional, mas eu não podia negar o que seria, e preferia virar capacho de um pirata do que daquele desgraçado.

Mais do que xingar mentalmente, porém, aquela era hora de dar tudo de mim, de vencer Formantis no jogo dele. Eu precisava canalizar minhas emoções para me darem forças, não para transbordarem e me distrairem. Estávamos na metade do caminho e Formantis ainda tinha a vantagem, eu sabia que não podia continuar com a mesma tática, se não com certeza iria perder. Logo começava a alongar meus braços, um de cada vez para não lagar o katar no paredão, uma vez que, para o que eu queria fazer, seria bom garantir que meus braços estivessem no melhor estado possível - "Eu queria evitar fazer isso, mas... É isso ou nada. Dor muscular depois do desafio não é nada comparado a perder pra ele" - Pensava, enquanto posicionava minhas mãos uma de cada lado das barras laterais do "cabo" do katar. Após uma forte respiração para me concentrar na força dos braços, sutilmente moveria meu quadril um pouco para frente e depois para trás, criando uma sutil força rotatória no meu eixo, ao mesmo tempo que usava a inclinação de coluna para tentar elevar meu centro de gravidade para que ficasse mais próximo dos ombros do que do quadril. Fazendo isso, logo puxaria meu corpo acima com os braços, usando todo o meu conhecimento acrobático para me puxar até a altura do katar e em seguida esticar meus braços para me erguer acima deste, onde em seguida procuraria com os pés as shurikens para me apoiar e cuidadosamente retirar o katar de onde estava fincado.

Aquele era um movimento um tanto exaustivo quando feito sem preparo ou treino, mas eu sabia que poderia fazer um bocado de vezes desde que tivesse o cuidado de não exagerar. Aquele movimento permitia avançar quase que instantaneamente duas vezes o tamanho dos braços, o que pelo meu tamanho devia dar um metro e meio, coisa pra caramba. Eu sabia, porém, que precisaria de mais avanços se quisesse vencer de Formantis com as ferramentas dele. Como um atleta, eu prosseguiria os passos de ficar o Katar, me erguer e novamente me apoiar para tentar ultrapassar aquele miseravel, sempre com breves pausas entre os movimentos para respirar e deixar os músculos brevemente se recuperarem para não forçar demais, antes de repetir o processo. Durante essas pausas, se eu percebesse que precisaria de mais alguns segundos para me recuperar do que o normal, não ficaria parado; pegaria algumas shurikens e tentaria as atirar contra Formantis, especialmente contra seus braços já que as pernas já estavam prejudicadas, afim de o retardar e não perder completamente aquele tempo.

Ficaria de olho em Formantis a todo momento para caso tentasse mais uma vez atirar algo contra mim, quando então, mais uma vez, tentaria desviar me movendo para cima ou para baixo rapidamente entre os apoios que havia posto na pedra, e, caso fosse acertado, tentaria aguentar a dor e não me deixar largar e cair; se ele havia conseguido, eu também conseguiria. Vez ou outra tentaria alongar mais um pouco por garantia, e prosseguiria me erguendo de forma rápida até ter certeza que não conseguiria continuar o movimento. Neste caso eu não me forçaria, falhar no movimento por não ter forças para me erguer poderia causar danos mais prolongados nos braços e me impedir de prosseguir no desafio, e isso era tudo o que eu não podia deixar acontecer. Nesse caso, prosseguiria igual antes, aos poucos indo de apoio em apoio com os pés, fincando o Katar como apoio mas sem me erguer com ele. Caso alcançasse o topo antes, logo esticaria meu braço para tocar na linha criada pelo chute sonico de Karthus - Venci! - Mas, se Formantis continusse na minha frente mesmo estando ferido e eu avançando me erguendo, e estivesse quase vencendo, sabia que não haveria mais o que fazer, já que já teria usado todas as minhas cartas na manga, mas prosseguiria apenas por desencargo da consciência.

Sobre A Manobra:
 

Histórico do Ceji:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySab 11 Abr 2020, 16:44


Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A competição continuava frenética! Descobrir que o seu oponente era ninguém menos que Formantis, o homem que tentara tomar o controle da Vila dos Trabalhadores e assassinar o Prefeito de Baterilla para instaurar uma revolução na ilha, razão de inúmeros problemas que caíram em suas costas e de uma violenta luta armada, na qual ele acabou escapando, dava o combustível que Akira precisava para emergir o seu corpo em uma intensa adrenalina.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Tomada pelo novo vigor que pulsava em suas veias, a caçadora de recompensas adotou sua nova estratégia. Era tudo ou nada! Mesmo que desgastasse os seus músculos ao ponto de rasgá-los, Suzuki continuava a subir vez por vez, alterando entre o seu katar e as shurikens. Era uma tarefa pesarosa, de fato, mas estava disposta e não pretendia desistir. Como esperado, seus músculos logo começavam a apresentar os primeiros sinais de fadiga e a sua respiração começava a se tornar mais ofegante.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Porém, a estratégia adotada começava a render resultados e a distância que a separava de Formantis começava a diminuir paulatinamente. E, sabendo que quem se tratava, Suzuki tinha menos vergonha ainda de jogar sujo! Sacando mais de suas shurikens, a ninja fazia as armas metálicas voarem diretamente até as pernas de seu inimigo jurado, as quais cravavam em sua carne e o faziam grunhir de dor. Não era o suficiente para causar grandes estragos, mas as pontas afiadas com certeza diminuiriam o seu ritmo. E logo o ataque se mostrou efetivo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Centímetro após centímetro, Akira começava a ficar parelha com Formantis. Vendo a pessoa que mais odiava no mundo ao seu lado, prestes a lhe tomar a sua passagem daquele inferno e para a sua nova vida, longe das mãos da justiça, o ex-mascarado se desesperou. Com o rosto retorcido e em um ato mal pensado, com uma das picaretas, tentou acertar a ninja. E conseguiu. A arma cortou o braço direito da caçadora, mas foi ainda mais devastadora para o agressor — GRAAHR! - a picareta raspou na rocha vermelha, gretando a pedra, enquanto Formantis escorregava para baixo. Em um ligeiro movimento, ele conseguia fixar novamente a ferramenta, impedindo que caísse daquela altura de aproximadamente vinte metros e se estabanasse no chão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, o caminho para a vitória estava livre, fruto dos esforços que Akira havia empregado. Seu oponente não era aquele Formantis que conhecera, o qual possuía tanto ao seu lado. Era, na verdade, um fugitivo desesperado, maltrapilho e que carregava consigo unicamente o remorso e a esperança de uma nova vida oculta. Escalada a escalada, as mãos de Suzuki logo tocavam a profunda marca que Karthus havia deixado ali, a qual definia a linha de chegada. Dali, podia escutar alguns gritos. Vitória!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, restava um problema... como descer dali com segurança? Seus braços estavam bastante cansados e a altura era nauseante.

Off

Ao avaliador, Formantis foi o vilão da aventura passada do Ceji!



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySab 11 Abr 2020, 20:26

Corrida Ao Céu - Parte III

Meus músculos gritavam, meu braço se rasgava, mas meu espirito não cedia. Mesmo contra os apelos de meu corpo, eu prosseguia minha ascenção implacável naquele rochedo, determinado a vencer aquela disputa de qualquer forma. Foi um alívio para meu corpo e mente quando finalmente toquei enfim a linha de chegada, o fim daquilo que havia parecido uma eternidade, e finalmente pude suspirar aliviado por não ter que disputar mais contra aquele maldito do Formantis - "Eu nunca vou me acostumar com esses sufocos, não importa quantas vezes passe por isso..." - Pensava, respirando pesado e evitando me mover para não sentir os músculos doendo. Aquelas dores faziam uma parte de mim insistir que havia sido um erro ficar me erguendo com os braços, insistir que eu deveria ter tentado outra coisa, mas eu sabia que provavelmente teria pedido se não o fizesse. Junto com o cansaço, a dor do corte no braço latejava conforme a adrenalina abaixava, me fazendo por uma careta no rosto pela dor e me lembrando da manga que Formantis havia feito o favor de rasgar - "A-Ao menos foi só um pedaço da manga, mas... Eu tenho que aprender a costurar se não quiser ficar tendo que comprar roupas novas toda vez..."

Com aquilo encerrado e katar guardado, só precisava agora retornar ao chão para pegar meu Log Pose - Agora é só desceeeeee...! - Me embasbacava ao finalmente olhar para baixo. Depois tanto subir nao havia percebido o quão alto estava, ou ao menos do quão alto parecia estar dali de cima. Minha mandíbula tremia um pouco e uma leve vertigem me atingia enquanto desviava o olhar do vão entre mim e o chão, tentando espantar dos pensamentos a cena do meu corpo se esborrachando no chão; eu sabia que, se soubesse proceder, uma queda daquelas não significava morte certa, mas alguns ossos quebrados pareciam bem prováveis - "Droga, droga, droga, droga, como eu vou descer agora?! Sem forças nos braços fica complicado, mas eu não posso demonstrar fraqueza agora, não na frente de pessoas que podem vir me desafiar se acharem que tem chances de vencer! Urgh... - É claro, eu podia tentar descer saltando nas shurikens como degraus, mas subir pousando os pés sobre elas e descer pousando nas mesmas eram coisas completamente diferentes, a gravidade era minha inimiga nesse segundo caso, mas... Acho que eu infelizmente não possui a escolha.

Logo me preparava mentalmente para descer. Mesmo daquela altura, lançava um rápido olhar temeroso para Bolton, incerto se ele veria ou não, mas naquele momento eu me sentia incapaz de esconder totalmente meu temor e fraqueza, como normalmente fazia. Após uma longa respiração para me acalmar e me concentrar, logo começaria o movimento, tentando dar um pequeno salto até a shuriken mais próxima. Eu tinha plenas confianças na minha precisão e equilíbrio, se fosse preciso eu podia até me equilibrar em uma corda suspensa, problema ali era a força da aterrissaem, que me faziam ter medo da shuriken se dsprender da pedra. Por causa disso, tentaria sempre aterrissar não com o peso todo de uma vez, mas de forma progressiva iniciando com a ponta do pé ao mesmo tempo que tentava desacelerar com as mãos, especialmente a do braço não ferido, no rochedo. Prosseguiria fazendo isso de shuriken em shuriken, ao mesmo tempo que tentava desprender as lâminas acima de mim ao qual já havia passado, para as recuperar depois de fosse possível, até chegar no chão, quando então me abaixaria tentando recuperar o fôlego por alguns instantes. Caso eu conseguisse descer uma boa quantidade e percebesse que estava em uma altura que parecia segura de pular, talvez por volta dos cinco metros, me ajeitaria e saltaria em direção ao chão, afim de aterrissar com a ponta dos pés e em seguida usar o tornozelo como "amortecedor" ao desacelerar o impacto.

Caso eu falhasse no salto entre as shuriken-plataforma, ou a shuriken cedesse sob meu pé, e eu estivesse em uma altitude não tão elevada, como abaixo dos dez metros, tentaria não me desesperar e rapidamente giraria o tronco para ficar de face para baixo e me prepararia para aterrissar com um rolamento, manobra que visava tanto diminuir o tempo de colisão para reduzir os prejuízos quanto distribuir o impacto pelo corpo, o que certamente me daria algumas dores e ferimentos, mas provavelmente me pouparia de algum membro quebrado. Caso, porém, a falha ocorresse comigo ainda em grande altitude, como logo no início da descida, seria impossível não me desesperar - BOLTON, ME AJUDA!! - Gritaria ao cair, ainda pensando em usar a tática do rolamento caso ele não chegasse a tempo, mas rezando para que não fosse necessário. Se fosse pego por ele, um alívio percorreria meu corpo, mas só até perceber que havia sido agarrado pelo homem, e que implicações isso poderia ter, e por isso logo pularia para longe dele - O-o-obrigado... - Diria, um pouco vermelho. Finalmente no chão, independente de comk logo rapidamente olharia para Formantis e Karthus - ...Bom. Eu venci, então o Log Pose é meu, correto?
OFF:
 

Histórico do Ceji:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySeg 13 Abr 2020, 00:02


Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A linha de chegada logo virava o seu novo ponto de partida e mais um desafio surgia à frente de Akira. Ou melhor, abaixo. Habilmente a ninja usava de suas shurikens como plataforma para descer. A cada passo ela sentia que elas poderiam ceder a qualquer momento. Era um movimento muito sutil e exigia muita maestria. Ainda, só era possível porque as mãos de Akira encontravam-se feridas e despeladas de tanto se desacelerar ao se atritar com a montanha. Passo a passo ela descia, tal como Formantis fazia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Quando já havia ultrapassado mais da metade do caminho, Formantis, o qual encontrava-se logo abaixo, parava o seu percurso. Ali, ele olhava para baixo, estático. Momentos depois, erguia a cabeça, voltando a encarar Suzuki, com os olhos avermelhados — Isso não ficará barato! - de sua bolsa, ele retirava uma panela e atirava em direção à shuriken que sustentava a base onde Akira estava. O objeto colidiu com o suporte da caçadora e esta logo se viu em queda livre — Boa ida para o inferno! HAHAHA! - seu inimigo comemorava, à medida que via a sua nêmesis se aproximar rapidamente do chão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Instintivamente Akira segurou em outra shuriken, mas a essa velocidade, era impossível parar a queda. Assim, a arma se desprendeu da rocha e saiu gretando a pedra, desacelerando o seu corpo e fazendo cada músculo em seu braço latejar, como se fossem eles a serem trucidados pela lâmina. Aquilo, no entanto, não era o suficiente para parar o desastre. E, em um grito desesperado, Akira clamou por Bolton — VIRE O CORPO DE LADO! - o caçador gritou, com toda a força de seus pulmões, fazendo a sua voz alcançar a sua nova companheira.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Precisou de um imenso esforço para se antecipar ao local da queda e, em um salto heróico, interceptou Akira no meio do caminho, envolvendo-a em seus braços firmemente. E assim os dois saíram rolando no chão por um, dois, três, quatro.... seis metros! A cabeça da ninja doía e o céu ensolarado parecia bastante turvo. Ao seu lado, podia escutar uma voz fraca — Sr. A-Akira - chamava. Sentiu uma mão encostar-lhe ao lado da face, enquanto o outro braço apertava os seus peitos — V-você está bem?! - era colocada deitada na terra, vendo Bolton surgir no canto de sua visão, levantando-se. Anteriormente, estava em seus braços, por cima dele, em uma posição que, em outro contexto, poderia ser bastante vergonhosa. Todavia, nesse cenário, aquilo não era nada constrangedor e o homem sequer pensou nisso. Na verdade, agora, estava examinando os seus olhos, a fim de ver se estava bem — E-ei! Ei! Você está me ouvindo? Me vendo?! - um tom crescente de desespero surgia na voz dele.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim que Akira recobrava os sentidos, logo percebia que Bolton havia lhe segurado sem nenhum pudor. E se tivesse descoberto o seu segredo?! O fato era que a caçadora se distanciava rapidamente, rolando para o lado e tentando se levantar de forma destrambelhada, voltando a cair sobre um joelho e tendo que se erguer novamente — Calma! Calma! Você acabou de sofrer uma queda de metros! - o rapaz se preocupava. E era verdade, encontrava-se bastante torpe, de modo que teve que se apoiar na sólida rocha vermelha, sentindo uma ânsia em seu estômago e um calor anormal em sua pele.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ainda assim, as palavras lhe saíam da boca altas o suficiente para Karthus escutar  — É claro! Uma aposta é uma aposta! - levantou-se da cadeira, indo em direção a Formantis, que havia acabado de descer. Pegou-lhe pela camisa e o rebolou contra a parede  — N-não! Saia! - Formantis tentou se livrar, empurrando o velho, mas não tinha forças  — Sairei, Sr. Formantis, o homem da cabeça de 19 milhões! - anunciava, puxando a sua bolsa e rasgando a alça dela, tirando dali o Log Pose e arrastando Formantis pela gola, o qual ficava suspenso, com as pernas deitadas no chão, levando-o até Akira — Seu! E seu! - entregava Formantis e o Log Pose, abrindo um enorme sorriso — Digamos que o Sr. Yohan é um velho conhecido e me deu um nó no coração ao ler o Jornal! Isso é o que você conquistou¹ - mostrava — E isso é o que eu te darei como agradecimento por ajudar um amigo - tirava um apito do bolso e assoprava, fazendo um som agudo e irritante.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Nada aconteceu. Vários segundos depois, ainda distante, algo começou a se aproximar levantando uma imensa nuvem de poeira. As pessoas saíram da frente e, cortando caminho entre elas, um estranho animal corria insanamente rápido em direção a Karthus — Esse é meu pato selvagem! Marsh! Quero lhe agradecer e que o deixe acompanhá-la em sua viagem. És um garoto interessante! Tenho certeza que ainda lerei muito sobre você por aí! - entregava o apito para Akira — Marsh. Acompanhe o Sr. Akira em suas viagens. Ele agora irá cuidar de você - alisava a sua orelha — E seja educado - dava um tapinha carinhoso em sua cabeça. Logo, o super pato andava para o lado de Akira, esfregando-se nela e jogando-se à frente de seu corpo, a fim de forçá-la a deitar nele — Isso é inesperado - Bolton girava uma algema em seu dedo, olhando para Akira — Vai precisar? - indagava.






¹ O Ceji apareceu no Jornal, em uma matéria em que ele salvou o prefeito de Baterilla de um plano de assassinato de Formantis, o cara que foi derrotado agora. Na aventura passada, a Akira também derrotou ele, mas ele fugiu, então o arco se encerra assim e acho bem justo a recompensa. Também precisava de uma explicação pra dar um Pet Raro pra ele.



Off

Eu não faço contagem de posts por não ver sentido, mas considere que as dores vão ser intensas até o próximo dia, como se você tivesse saído de um treino super pesado, limitando movimentos. No segundo dia, vai ser mais leve, mas ainda vai causar desconforto e doer em movimentos bruscos. No terceiro dia, apenas desconfortos. No quarto, cê tá livre.





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Kekzy em Seg 13 Abr 2020, 16:10, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySeg 13 Abr 2020, 13:33

Entre O Passado E O Futuro - Parte I

Eu não conseguia deixar de ficar surpreso vendo o que se desenrolava a minha frente. Eu nunca imaginaria que Karthus pudesse ser amigo de Yohan, mas, nossa, como aquilo vinha a calhar. Talvez houvesse sido por isso que ele havia me dado preferência na fila dos desafios? Eu cogitava a possibilidade, mas logo parava. Pensar doia, e a dor de cabeça persistente depois da queda me lembravam que eu não estava nem perto das minhas melhores condições - O-o-obrigado - Agradecia a Karthus, pegando o que me oferencia, um pouco vermelho, enquanto aceitava a oferta de Marsh para me apoiar. Mesmo tonto e com dores em vários locais e níveis que dificultavam até ficar em pé decentemente, aquele infelizmente não era o pior. Com um sutil olhar de canto de olho, observava Bolton para ver sua expressão ou como me observava; quando cai eu não havia pensado na possibilidade de ele tocar daquele jeito, só pensava em não querer me esborrachar no chão, e agora que havia acontecido minha paranoia não me deixava esquecer - "Será que ele percebeu algo? Merda, eu estava entorpecido demais para notar algo..." - Pensava comigo mesmo, sem coragem de o questionar, e muito menos fingir que nunca aconteceu.

Inseguranças a parte, havia a questão de Formantis uma vez que eu ainda possuía alguns conflitos em mim sobre quanto a como proceder com ele. Antes, após o vencer custosamente no desafio, após frustrar os planos dele duas vezes segidas, eu estava pronto pra deixar ele pra lá e seguir minha vida, na verdade estava até pensando em lhe dar alguns suprimentos já que ia ter que esperar mais uma semana naquele inferno por minha causa. Eu realmente estava preparado pra ter como concluída minha richa com ele, mas aquele ataque com a panela... A queda mudava tudo. Não só porque mostrava o tamanho do ódio que ele tinha sobre mim, o que possivelmente significava que ele poderia tentar me matar denovo no futuro, mas também porque aquele havia sido um dos momentos mais assustadores da minha vida. Em quase todas as outras situações de vida ou morte que eu estive, sempre tive minhas habilidades e conhecimentos para me apoiar, sempre foi uma questão de "morrer se eu falhasse", e o fato de o sucesso e sobrevivência depender das minhas próprias capacidades sempre controlavam. Na queda, porém, eu estava indefeso. Não havia o que eu pudesse fazer, não havia capacidade que me livraria daquilo, eu havia mais uma vez me tornado um peso que dependia dos outros como a tanto tempo atrás, eu vi a possibilidade de morte sem que eu pudesse fazer nada contra a não ser clamar por ajuda. Em meio à queda, memórias do meu passado haviam inundado minha mente, me lembrando de todos os meus momentos de fraqueza, me lembrado de como meus pais haviam morrido porque eu era uma criança inocente que não conseguia se proteger sozinha. A diferença é que na queda, eu me convenci de que dessa vez quem morreria seria eu. A escuridão havia me engolido como uma confirmação, como um abraço frio me dizendo para aceitar que era fraco e indefeso, e mesmo após acordar e sentir a vida ainda no peito não consegui esquecer desse sentimento. Isso eu não podia esquecer ou deixar no passado.

Mesmo com um toque ainda um tanto pessoal, eu sabia que Formantis merecia ter seus crimes julgados pela justiça, e dessa vez eu tinha motivação de ir até o fim com isso, pois sabia que ele não melhoraria. O problema era o conter, mas felizmente Bolton tinha a solução - "Claro, não dá pra ter o luxo de achar que ele não iria tentar fugir. Mas dessa vez vou ter que deixar as honras pra você, minha cabeça tá girando bastante e acho que iria errar o braço dele se tentasse" - ...Era o que eu queria dizer. Não conseguia, porém, deixar de me encolher com o olhar de Bolton, enquanto as lembranças de como me tocou voltavam a cabeça. Um medo de soar muito feminino se falasse cruzava minha cabeça, somado a uma inquietação sobre o jeito que me olhava me faziam saber que minha voz falharia se tentasse abrir minha boca, então apenas acenava posivamemte a ele, tentando desviar o olhar. Eu sabia que alguma hora teria que resolver aquilo com ele para bem ou para mal, ja que possivelmente iríamos viajar juntos por algum tempo, mas eu sabia também que não estava em condição mental de o fazer, não agora, não por algum tempo. Assim, tentaria ficar ali, calado e sentado, ou deitado, apoiado em Marsh caso ela permitisse, tentando descansar um pouco e me recuperar minimamente do esforço e queda, para que ao menos tivesse condições de ficar em pé sem ajuda.

Estando minimamente recuperado e com Formantis contido, finalmente me pronunciaria - Vamos voltar, ou...? - Questionaria, ainda tentando não falar muito. Eu havia conseguido o Log Pose, podíamos sair dali, mas eu não sabia se os outros ainda iriam comigo. Era o mais prático, claro, na que os próximos Log Poses só seriam distribuídos daqui a uma semana, mas não podia ter certeza sem uma resposta ou no mínimo colaboração clara deles. Fora que eu sabia que eles, especialmente Bolton, sabia bem mais que eu sobre o Farol, e se houvesse mais algo a fazermos naquela terra vermelha, eles provavelmente saberiam mais do que eu. Caso fossemos voltar, tentaria ficar de pé e seguir junto, mas se Marsh se oferecesse para que eu fosse montado nela ou ao menos me apoiar, não recusaria, mesmo que eu não soubesse muito bem como o fazer. O mesmo eu recusaria caso algum dos meus companheiros humanos se oferecesse para me apoiar. Em uma situação de mais calma, lembraria do que Bolton havia dito antes e, reunindo coragem, questionaria - ...Bolton. Mais cedo você havia d-dito algo sobre "Rokushiki"... O que é?
OFF:
 

Histórico do Ceji:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySeg 13 Abr 2020, 17:09


Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Cansada como estava, Akira apenas deitava sobre Marsh, com o braço estendido à frente. Ali, podia ver que o Log Pose começava se ajustar e, ao invés de ficar rodando aleatoriamente, lentamente ia se acalmando e o ponteiro parecia indicar uma posição fixa. Aquela seria a rota a qual Akira seguiria e, a depender dela, como bem lembrava, poderia ter a companhia de seus companheiros de viagem, uma vez que os interesses convergissem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Em uma breve lembrança, recordava-se que Bolton estava indo em direção a Utopia, na 7ª Rota, em razão do enterro de um estimado amigo. Parklife e Beyond, por sua vez, visavam a 3ª Rota, em Jingle Bell. Cave buscava por uma ilha portuária, pois era um marujo. Sam, por sua voz, tinha uma grande ambição na 1ª Rota, em Bingo Bingo Island.¹ Com sorte, o Log Pose apontaria para uma dessas rotas e, se desejasse, Suzuki poderia procurar pelos seus companheiros, a fim de velejar novamente com algum deles.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dessa forma, notando que Akira estava bastante exausta, Bolton se aproximava de Formantis e o algemava, garantindo que ele não seria mais uma ameaça — Seu rato sujo! Não sabe com quem está se met-! -  o procurado vociferava, de modo que Bolton tapava a sua boca e logo o amordaçava, silenciando-o — Está preso. Não se incomode quanto às algemas, eu tenho outra. E também não quero nada de recompensa, pois não ajudei, só estou garantindo que ele não fuja. Um favor ao meu exímio Capitão que nos trouxe com segurança - sorria, também tirando uma corda de sua bolsa e amarrando os pés do capturado — E com isso eu selo todas as possibilidades dele ser um problema - erguia-o à sua contra vontade, colocando-o em cima de Marsh — Ele vai aqui? - indagava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ali, próximo a Akira, Bolton via que o Log Pose já havia traçado a sua rota e não podia deixar de perguntar — Isso... isso está apontando para que rota? - questionava. Com os seus conhecimentos, Akira saberia, ao menos, a rota para onde estava indo. Após informar, Bolton a diria o nome da primeira ilha da rota. Ainda, escorando-se em Marsh de forma descontraída, mas com um olho atento aos outros residentes e passageiros no Farol, o caçador responderia — Ryankaku, foi o que falei! Mas você está certa, já deve ter escutado sobre em algum canto, por isso se lembrou do nome Rokushiki - corrigia, se aproximando mais de Suzuki, a fim de explicar — Rokushikis são habilidades que, inicialmente, eram secretas e usadas pelos Agentes do Governo Mundial... porém, com o tempo, alguns marinheiros habilidosos começaram a utilizá-la. Já vi alguns com meus próprios olhos, inclusive o Rankyaku, por isso reconheci. Até onde sei, são seis habilidades: Kami-e, Geppou, Soru, o próprio Rankyaku, Shigan e o Tekkai  - assim, Bolton explicaria o que cada um deles fazia.²

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Naquele momento, seus companheiros de viagem chegavam. Haviam se distanciado de início, mas logo se reaproximavam após assistir a aposta de Akira e vê-la vencer. Todos queriam saber para qual rota o seu Log Pose estava apontando — E aí?! - Park indagava — Queria ter a sorte de poder acompanhá-lo novamente - Sam comentava, enquanto Cave parecia o mais animado — Tendo um porto, estou dentro! - exclamava — Aliás, é bom sairmos daqui, escutei alguns burburinhos de gente querendo se apossar de seu Log. Como fomos companheiros, garantimos que você vai sair daqui de forma segura! - Beyond acrescentava. E logo em seguida, vinha Bolton — Por que não voltamos para o barco enquanto Akira analisa e nos informa? Afinal, ele ainda vai precisar consertar os danos que a descida da Reverse causou antes de zarpar - dizia, tendo o assentimento do restante do pessoal.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, cabia à caçadora a decisão.






¹ Retomando informações do meu post nº 5.

² Deixei de fora o Rokougan, que é secreto mesmo, então a Akira não terá acesso a essa informação. No mais, pode considerar que ela já sabe tudo sobre os outros rokushikis.

Off


Esse post não pode ser editado, porque você acabou de receber o Log Pose e eu vou soltar o rand, que definirá em qual rota você vai cair. Qualquer coisa, a gente acerta no próximo post.

Quantidade aleatória (1,7) :
2

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySeg 13 Abr 2020, 20:53

Entre O Passado E O Futuro - Parte II

Aos poucos, vendo que Bolton não parecia agir de forma nem um pouco diferente, minha calma ia voltando e deixava de me retrair tanto. Era um alívio que ele aparentemente estava tão desesperado que não percebeu nada, teria sido extremamente estressante ter que lidar com a descoberta ou explicar tudo, então não podia deixar de agradecer aquilo. De qualquer forma eu estava apenas especulando, não era certeza que ele não havia percebido, apenas parecia, então também não abriria minha guarda e permaneceria atento por um tempo, mas agora, mais calmo, agindo um pouco mais tranquilo para não atrair suspeitas. Era um tanto fácil naquele momento já que Bolton estava mais falando do que ouvindo, o que mais uma vez me tranquolizava, mas mais do que isso, me intrigava pelo assunto. Pelas minhas experiências, achava que os frutos do diabo eram a única forma de poder maior nesses mares, e descobrir mais sobre aquelas técnicas da marinha é governo me faziam ter noção do quão pouco eu sabia, o que era algo um bocado ruim. E se algum dia eu fosse atacado por alguém com um poder que eu não conhecia? Seria difícil enfrentar sem saber como lidar é as fraquezas. Sabia que os Rokushikis aparentemente eram de forças da lei, mas Karthus mostrava que aquilo não era regra, seja ele alguém que aprendeu por fora ou um ex-marine ou aguente que se desviculou da organização. Fora que meu medo não era só sobre aquelas técnicas, e sim sob outras que poderia confrontar, mas... Aquilo não era algo para me atormentar naquele momento. Eu estava ainda nos portões da Grand Line, os mistérios daquele mar se revelariam aos poucos, era só questão de esperar e procurar.

Diferentemente, havia um problema mais atual, mais urgente que eu precisava resolver com os meus colegas de viagem, e este era sobre o Log Pose. Todos eles possuíam destinos diferentes, destinos que provavelmente se separariam logo no início da Grand Line, mas só eu possui a um Log Pose, e não necessariamente um que indicava um caminho favorável a algum deles. Eu tenho certeza que eles imaginavam que podiam pegar uma daquelas estranhas bussolas e conseguir uma rota ruim, talvez tivessem um plano, talvez tentar trocar com outros, não sabia, mas se tinha algo que eu sabia era que o fato de Karthus só distribuir mais Log Poses daqui a uma semana certamente seria um problema para todos - Erm, eu acho que tenho más notícias para a maioria - Dizia, um pouco encolhido e intimidado pelos olhares. Ainda não havia me arrumado muito após o desafio e queda, e a opressão dos olhares sutilmente me fazia ajeitar as roupas por medo de ninguém me devorasse demais com os olhos - O Log Pose está apontando para uma das primeira rotas. Não posso dizer com 100% de certeza, mas parece ser a segunda rota. Infelizmente esse foi o último Log Pose de Karthus dessa semana, e vendo como virei alvo deve ser o único ainda no Farol - Dizia, um pouco triste, já antecipando a decepção de alguns vindo. Eu mesmo esperava um destino mais favorável para eles, uma vez que eles tinham uma rota traçada e eu não. Era um pouco triste que poucos realmente se beneficiariam daquela rota, uma vez que eu ainda desejava viajar com eles, mesmo que mais um pouco.

"...Não." - Pensava, olhando a bússola esférica - "Essa bússola em específico não é a única forma de viajar pela Grand Line, não é? Apenas é a única forma de sairmos daqui cedo" - Percebia, lembrando de como todos aqueles maltrapilhos estavam tão desesperados pelos Log Poses de Karthus - Mas na verdade, eu estava pensando em algo. Algo melhor do que esperar aqui mais uma semana pra tentar conseguir mais, já que imagino que essa espera toda não seja uma opção para a maioria - Dizia, com confiança. Depois de passar por aquilo tudo com o pessoal da travessia eu não estava mais tão tímido quando antes, e conseguir falar daquela forma mesmo com todos os olhares sob mim era uma prova e um alívio - Vocês pararam pra prestar atenção na população lá do farol? Não haviam marinheiros ou agentes, na verdade parecia mais uma colônia de piratas e criminosos semelhantes. Talvez alguns outros caçadores como nós, mas é isso - Dizia, antes de dar dois leves peletelos na esfera do Log Pose - E todos queriam isso. O que podemos tirar disso? Primeiro, o governo não precisa dos Log Poses daqui. É até óbvio. Já que eles precisam se deslocar pra onde forem necessários, possuem controle de outros meios de deslocamento pela Grand Line. Sim, não somos especificamente afiliados ao governo, mesmo com transportes abertos a civis e caçadores como nós, não poderíamos depender só disso. Mas pros piratas talvez nem isso tenham. Segundo, se os Log Poses são o único meio de viajar de forma "segura" para criminosos, se eles precisam tanto deles, o que acham que os piratas além dessa ilha vão ter em posse? - Levantaria a sobrancelha - Todos os piratas que se prezem vão ter ao menos um Log Pose. Nós somos caçadores, já temos uma saída daqui - Indicaria o instrumento em meu pulso - É mais prático seguir viajem e confiscar de piratas que capturarmos do que perder uma semana nesse lugar. Depois disso cada um da seu jeito de ir pro seu destino. O que acham?

Eu havia sugerido uma solução que imaginava ser o melhor para todos ali, mas eu sabia que eu não era o único detentor de ideias, e estava aberto a ouvi -los também - A não ser que tenham uma ideia melhor - Diria, indicando que também queria os ouvir. Se alguns não comprassem meu plano e preferissem tirar a sorte no Farol, não havia o que fazer, era o direito deles de decidir seu próprio caminho, e assim não os impediria - Bom, boa sorte então. Espero que voltemos a nos ver no futuro - Diria aos que assim decidissem. Aos que quisessem vir comigo e seguir meu plano, porém, me pronunciaria de forma mais desenvolvida - Então iremos seguir, não é? Eu estou um pouco exausto, mas não podemos esperar demais aqui com risco de nos acharem e tentarem pegar o Log Pose. Eu acho que consigo ficar de olho no leme se não houver turbulência demais no mar - Diria, indicando que conseguia segurar as pontas mesmo que meu corpo implorasse por um pouco de descanso - Agora sobre o plano. Bolton disse que o nome da ilha é Aracne. Não me recordo de já ouvir esse nome, mas a não ser que tenhamos muito azar, deve haver alguns piratas ou ao menos um transporte alternativo lá. O ideal seria decidirmos os próximos passos assim que soubermos mais do nosso destino, de acordo? - Sugeriria. Após tudo decidido, só restava um problema para sairmos - Bom, então como vão ficar os reparos do navio? Ou vamos seguir sem reparar?

Eu não era carpinteiro e nem sabia nafa sobre, então nesse problema não tinha muito como eu ajudar. Caso algum deles soubesse onde arranjar material ou já tivesse, e fosse fazer os reparos, eu logo aproveitaria aquele tempo para descansar. Se alguém, porém, pedisse minha ajuda, desde que não fosse algo que exigisse muito esforço eu prontamente iria, uma vez que não gostava de ficar no ócio enquanto outros trabalhavam. Se todos os reparos fossem feitos com sucesso e tudo estivesse pronto, seria finalmente hora - Tudo pronto para seguirmos viajem, então? - Perguntaria uma última vez antes de tomar meu posto como navegador, me preparando no leme, enquanto guiaria os outros para enfim zarparmos do farol, agora com um guia, a agulha do Log Pose.
Histórico do Ceji:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptySeg 13 Abr 2020, 22:22


Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após anunciar para onde o Log Pose apontava, os seus companheiros começavam a se pronunciar — Ótimo! Irei com você! Isso facilita muito as coisas - Sam exclamava, esfregando as mãos. Parecia, na verdade, bastante apreensiva, agora que a oportunidade surgia diante de si, apesar de sua fala carregar uma energia demasiadamente animada — Farei o tal Giovanzio Martinelli pagar por tudo que me tirou... tudo que fez à minha família - cerrava o punho e olhar, mostrando para Akira que não estava de brincadeira quando tocava no assunto - o qual, se desejasse saber mais, poderia perguntar para a caçadora.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todos estavam abertos a escutar a proposta de Akira, escutando atentamente. E, após terminar de falar, vinham os comentários. Bolton foi o primeiro a tecer seu parecer — É distante de onde quero ir, apesar de ter uma Estação do Expresso Oceânico... eu bem que poderia ir por lá - ponderava, com a mão no queixo, mas ainda bastante duvidoso — Já eu me recuso a ir para um local cheio de aranhas! Dizem que é uma ilha desabitada e, ainda, há uma enorme aranha adormecida, do tamanho de um navio da marinha, a qual protege a ilha! - contava as suas histórias de marujo — E, como é esperado, ela não gosta de visitantes e pode sentir o seu cheiro a quilômetros de distância... - acrescia — Bem... então é aqui que me despeço. Foi um prazer navegar com vocês. Sr. Akira - fazia um cumprimento, dando adeus e volvendo os pés, voltando para a multidão, onde testaria a sua sorte.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não foi muito diferente com Park e Beyond, apesar deles não estarem com medo ou assustados — É uma pena, mas temos endereço certo e não pretendemos nos atrasar. Confiamos que conseguiremos dar um jeito, pois essa proposta é contar mais ainda com a sorte. Veja: se o pirata está na 2ª rota, não possuirá um Log Pose que nos leve para a nossa rota! Essa bússola continua a apontar para a próxima ilha na mesma rota, sempre. Desejamos boa sorte! Se escutarmos algo ou soubermos de algo, pode ter certeza que ajudaremos e não deixaremos ninguém lhes causar mal! - faziam cumprimentos com as mãos e se retiravam. Assim, sobrava apenas Bolton e Sam, esta que já havia se disposto a velejar ao lado de Akira — Acho que somos apenas nós. E quanto a você, Bolton, de onde vem tanta dúvida? - Sam indagava — Já estou bastante atrasado para um enterro... vou em razão de uma amizade, mas não é como se eu não pudesse demorar um ou dois dias a mais. Ainda assim, sinto que devo chegar lá o quanto antes, sabe? - o caçador comentava, ficando mais cabisbaixo ao mencionar o falecido amigo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Destarte, os três chegavam ao navio, o qual encontrava-se onde haviam ancorado-o. Ao que parecia, continuava da mesma forma que haviam o deixado — Essa fenda não vai ser fácil de reparar... Onde que há madeira por aqui? - Bolton se perguntava ao chegar próximo do casco da embarcação e passar a mão na parte destruída — Alguma ideia? - perguntava para Akira, a Capitã do navio. Não havendo respostas, Sam tomaria a dianteira — Creio que teremos que... apostar - podia ter vencido Formantis, mas ainda era cedo demais para deixar o Farol.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No horizonte, Suzuki percebia que uma gaivota voava no céu e se aproximava de sua posição. Sabia que aquelas eram gaivotas de encomenda e, de fato, ao encurtar da distância, vislumbrava que ela trazia consigo algo, dentro de uma sacola pendurada em suas patas. Sem entender como, a gaivota logo mergulhava em sua direção. Estaria atrás de si? Mas para quê?! — Acho que o Sr. Sebastian havia comentado comigo - Bolton dizia despretensiosamente. O animal fez um voo rasante e logo a sacola caiu nas mãos da ninja — Creio que sejam comunicadores. Ele ficou de enviar. Esqueci de falar - levava a mão à cabeça, coçando a nuca. Quando abrisse a caixa dentro da sacola, encontraria dois Baby Den Den Mushi e uma mensagem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Sebastian escreveu:
Sr. Akira e Sr. Bolton,

Fico muito contente que tenham aceitado a nossa proposta. O Prefeito Yohan também ficou bastante agradecido em saber que jovens tão promissores estão ao nosso lado nesta empreitada. A vossa empresa tem tido dificuldades para expandir na Grand Line, como já expus em oportunidade passada, mas com o auxílio de vocês dois, tenho plena convicção de que conseguiremos alcançar este difícil passo. Como foi firmado entre nós, vocês serão responsáveis por lidar com situações que estejam atrapalhando os nossos negócios. Em troca, oferecemos condições para que vocês consigam sobreviver neste ambiente tão hostil, como assentimos. De tal sorte, vos envio dois Baby Den Den Mushi para que se comuniquem entre si, quando possível e, ainda, com diversos números de nossos agentes gravados na memória do carocol. Quando chegarem a uma ilha nova, dediquem algum tempo a entrar em contato com nossos agentes, os quais estão espalhados por algumas ilhas, mas majoritariamente na ilha de Dream Whater, onde montamos nossa base de operações, com o auxílio da honorável Prefeita Sienna Courtly. Espero que a gaivota tenha chegado a tempo - o que aconteceu, pelos meus cálculos - e que estejam seguros.

Procurem entrar em contato por meio dessas gaivotas, garanto que elas fazem um trabalho magnífico! Ou, se tiverem a chance, por um dos grandes Den Den Mushi que conseguem se comunicar entre ilhas! Não tardarei para entrar em contato, pois o Prefeito Yohan está montando um plano de ação e avaliando as maiores ameaças aos nossos negócios, no momento. Esperem maiores instruções.

Cordialmente,
Mordomo Sebastian.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após lê-la, Bolton se aproximaria — É algo que me envolve? Posso ler? - pediria a carta, lendo o seu conteúdo logo lhe fosse cedida — Bem, então é oficial, somos companheiros de time, então estou com você. Porém, ainda mantenho o meu plano - dizia, afastando a dúvida quanto seguir o seu rumo junto ou sem Akira — E devo concordar com a Sam, vamos ter que fazer algumas apostas... E tenho certeza que não será nada fácil - olhava de volta para o Farol, para onde impreterivelmente deviam ir a fim de conseguir os materiais e a mão de obra necessário para a manutenção do navio - isso, se resolvessem repará-lo.


Patrono:
 



PP - Sam:
 





Off

@Avaliador No post passado, eu narrei que a Sam queria ir para a 1ª Rota, mas em seguida mencionei Bingo Bingo Island, que é na 2ª rota, local ao qual queria me referir, a princípio, mas acabei por trocar os números ao confiar na memória.

Essa encomenda que eu coloquei neste post para o Ceji é algo que era para ter dado a ele no final da aventura passada. A bem de verdade, era para eu ter submetido para a avaliação o Patrono dele, mas passou batido. De toda forma, você pode conferir no meu post nº 28 da [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (mais fácil achar pelo histórico do Ceji) como se deu os termos de tal Patrono. Como o Ceji vai para Aracne, uma ilha deserta, considerei urgente desfazer esse meu erro, o qual pretendia ajeitar quando ele chegasse em uma cidade - o que aparenta que não vai ser o caso nem tão cedo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Fiz uma mini-ficha para a Sam apenas para termos acesso às infos mais facilmente, já que ela vai te acompanhar, o que não significa que ela é sua NPC Acompanhante, estando esta vaga aberta para quem você bem escolher.

Eu coloquei o esboço do Patrono para você ter acesso e comentar comigo. Porém, ele só poderá ser usado na próxima aventura, mediante aprovação da avaliação.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Kekzy em Qui 07 Maio 2020, 21:47, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptyTer 14 Abr 2020, 16:22

Apostas E Mais Apostas - Parte I

Eu estava animado para finalmente sair do Farol, especialmente depois de tudo que havia passado ali. Claro, havia ganhado uma companheira animal e capturado Formantis, mas isso não era nem perto do necessário pra compensar o que tive que passar para pegar o maldito Log Pose, e tinha certeza que já tinha feito tudo o que precisava fazer naquele fim de mundo. Infelizmente, estava errado - Ah, não... - Exclamava ao ouvir a proposta de Sam. Só o desafio com Formantis já havia me deixado aos trapos, e agora teríamos que fazer mais desafios para consertar aquele maldito navio? Só podia estar brincando - "Se eu não tivesse sido tão incompetente a ponto de deixar o navio bater na travessia isso não estaria acontecendo..." - Pensava, como um misto de culpa e melancolia. Só o fato de imaginar o desafio de alpinismo se repetindo, no sentido de eu ter que competir em uma área que não era bom ou não conhecia, toda a minha vontade de voltar lá se esvaia, ainda mais do que pela dor que sentia pelo corpo - Porque ninguém pensou em trazer madeira sobressalente? Achar que iríamos sair ilesos da Reverse Mountain foi ingenuidade. Droga, eu devia ter perguntado sobre isso antes... - Reclamava, dando um leve tapa no meu rosto, mas com plenas noções que não adiantava mais chorar pelo leite derramado.

Sinceramente, consegui madeira iria ser complicado. Eramos só três agora, e eu ainda não estava nas melhores condições, o que significava que por algum tempo só possuíamos dois capazes de engajar em desafios físicos. A saída de Cave, Parklife e Beyond havia nos debilitado com muita força, e, diferente de Cave que possuiu um motivo muito plausível pra ir embora, eu ainda não conseguia acreditar no quão imbecis Parklife e Beyond foram. Ambos saíram dizendo que os Log Poses ainda ficariam marcados para a segunda rota, mas nenhum deles sequer me ouviu? Eu havia dito claramente sobre transportes alternativos, o próprio Bolton falou do Expresso Oceânico; me recusava a crer que eles eram tão burros a ponto de sequer pensar em pegar um Log e viajar para outra rota afim que ele se reajustasse. Isso não era confiar na sorte, era controle de resultado, o exato oposto. Mas não, eles preferiam tentar tirar Log Poses da bunda ou até esperar uma semana pela chance de conseguir a rota que queiram. E se caíssem em outra rota? É óbvio que eles teriam que fazer o que eu sugeri, mas agora perdendo tempo e sem uma tripulação - "Urgh, talvez tenha sido até melhor eles irem embora, isso só provou o quão burros são, talvez acabassem nos afundando junto" - Pensava comigo mesmo, ainda sem acreditar naquilo - "O problema maior é quanto aos nossos números. Mesmo que concertemos o barco, como navegar só com três?"

Após algum tempo raciocinando, sabia que teria que dar minha posição para Sam e Bolton. Agora éramos companheiros de viajem, mesmo que temporários, e estávamos literalmente no mesmo barco, e um danificado ainda por cima - Urgh, infelizmente madeira não vai cair do céu aqui, muito menos acharmos árvores. Não consigo pensar em nada melhor. O ideal, porém, seria nós nos preparamos dessa vez. Temos noção de como as apostas rolam, então seria bom já termos em mão o que vamos apostar pela madeira - Dizia, dando uma rápida olhada em volta e suspirando - Infelizmente isso provavelmente significaria nós desafiarmos. O único jeito que eu consigo pensar pra fugir disso seria apostar o Log Pose, mas não sei se seria uma boa... - Completaria, encarando o instrumento. Eu não queria ter que apostar ele depois de todo o esforço que tive pra o conseguir - Ou vocês tem alguma ideia melhor sobre o que apostar? - Questionaria, esperando algumas ideias já que eu ainda estava um bocado cansado pra ficar raciocinando tanto. Caso eles tivessem ideias, respiraria aliviado por não termos que apostar o Log Pose, ao menos não a princípio - Bom, eu ainda estou cansado por causa do desafio que fiz, e da queda... Se importam de irem na frente sem mim por enquanto? Nem que seja apenas pra dar uma olhada em quem pode ter madeira sobressalente, ou que pudesse apostar. Acho melhor descansar um pouco, senão as chances maiores seriam de eu perder pro primeiro que aparecesse.

Caso eu tivesse tempo de descansar, assim o faria. Permaneceria no navio por algum tempo, sentado ou deitado se houvesse algum lugar mais confortável. Tentaria apoiar especialmente meus braços em algum lugar para não os forçar. Aquele cansaço e ansiedade pelos possíveis outros desafios me faziam querer beber mais um pouco do café que tinha guardado, mas logo decidi por não, ao menos por enquanto. Não sabia quando tempo ficaria no farol, e nem quanto tempo demoraria para chegar em outra ilha onde pudesse conseguir mais café, já que Cave havia falado algo sobre Aracne ser desabitada ou algo do gênero, então o ideal seria economizar o que ainda tinha. Enquanto descansava, desejava mais que tudo por uma forte termal ou algo semelhante para relaxar, e com isso logo lembrava de um detalhe. Procuraria o banheiro do navio para verificar se o chuveiro possuia aquecedor, e, em caso positivo, trancaria a porta e tomaria um belo banho quente. Água em alta temperatura fazia milagre para os músculos. Caso só houvesse a opção de banho frio, desistiria e voltaria a descansar no meu canto. Após me sentir um pouco melhor, ou se Bolton e Sam retornassem antes, decidiria me juntar a eles, e assim guardaria as minhas coisas, especialmente o Log Pose para não ficar amostra, e sairia em busca de ambos, caso já não estivessemos juntos.

Caso, porém, Bolton e Sam decidissem me esperar, fosse por não terem ideia melhor do que apostar fora o Log Pose ou se só não quisessem me deixar sozinho, suspiraria - Bom, se é assim... Sabem se o banheiro do navio tem água aquecida? - Perguntaria, e, em caso positivo, trancaria a porta e tomaria um belo banho quente, ficando algum tempo sentado sentido a água percorrer meu corpo para, após terminar, se não estivesse cansado demais ainda, sair com a dupla. Se não, apenas descansaria em algum lugar até me sentir minimamente confortável. Caso eles fossem na minha frente e os encontrasse depois, inicialmente os questionaria - E ai, algum progresso? Sabem de alguém com quem poderíamos conseguir madeira? - Antes de dar um olhada ao meu redor, para ver se haviam pessoas me observando e encarando, provavelmente pelo Log Pose, mesmo que este estivesse escondido. Se, nesse caso, realmente algum maltrapilho desse um passo a frente para me desafiar, perguntaria - Você tem madeira? - E, se não entendesse, repetiria - Quero saber se você tem uma boa quantidade de madeira que esteja disposto a apostar. Tem? - Com esperanças de que aquele problema se resolvesse mais fácil do que imaginávamos.
Histórico do Ceji:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptyQua 15 Abr 2020, 16:15


Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao chegar no navio, Bolton imediatamente auxiliava Akira, tirando Formantis de cima de Marsh e jogando-o no chão. O homem se contorcia, balbuciando algo incompreensível, como "Hmmm, hmmm, hmmmmm!" — Não vai para lugar algum! - o caçador respondia, como se pudesse entender o que ele dizia, arrastando-o para cima do navio — Irei amarrá-lo ao mastro, tudo bem? - indagava, o que certamente faria com a permissão da Capitã, envolvendo-o em cordas e deixando ali, para que não causasse nenhum problema até que chegassem à próxima ilha — Pensando bem, acho que Aracne não tem um Quartel da Marinha, então passaremos mais um tempo com ele - avisava, o que não era uma boa notícia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após se estressar com a saída de Park e Beyond, o que lhe auferia um novo problemas, pois precisaiam de mais um tripulante, a caçadora somava mais ainda ao estresse que seu corpo sofria, aumentando a tensão que sentia. O problema da madeira só piorava as coisas e, nesse momento, tudo que queria era um banho. Para sua fortuna, assim que perguntava, Bolton se adiantava — Eu havia sugerido que poderia apostar dinheiro ao invés da sua vida, na primeira aposta... - lembrava. E, como havia dito antes, tal dinheiro não havia saído do lugar — Apesar que aqui, começo a pensar que o dinheiro não vale tanto quanto algo concreto - observava — De toda forma, posso ir testar. Seria melhor que a Sam ficasse aqui no navio, já que ele é a nossa prioridade e se acontecer algo, estamos mais ferrados ainda - de início, a mulher queria protestar, como se quisesse falar que iria para onde desejasse, mas logo via sentido no plano de Bolton e assentia — Ficarei aqui protegendo o navio e de olho neste - olhava para o indefeso Formantis, subindo ao convés e se escorando no parapeito — Posso ver os seus ferimentos depois, Sr. Akira. Tenho certeza que é melhor tratá-los logo - a médica sugeria, enquanto a caçadora também chegava ao convés.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Destarte, Bolton saia da cena, indo em direção ao Farol, a fim de obter informações e, quem sabe, voltar com um punhado de madeira. Enquanto isso, Akira se dirigia ao único quarto da embarcação, o qual possuía três camas beliches. Não era do maior conforto do mundo, como o hotel em que ficara no seu último dia em Baterilla; sequer podia-se comparar, mas no momento era o que havia de melhor. Ali, com a cabeça deitada no travesseiro e os braços em posições confortáveis, rapidamente adormeceu sem querer. O que era para ser um mero repouso se tornou em um longo cochilo. Quando acordou, a primeira coisa que pôde ver foi que Marsh também havia entrado no quarto e estava dormindo ao lado do beliche, perto o suficiente para que sua mão a alcançasse, caso desejasse fazer algum carinho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao acordar, a primeira coisa que queria fazer era se despertar com um gole de café. Seu corpo ansiava por isso e se segurou para não ceder à tentação, visto que a razão falava mais alto, no momento. Assim, ergueu-se da cama e saiu do quarto, indo em direção ao banheiro, que ficava na cabine ao lado, em recintos distintos. Ao sair, pôde ver Formantis no mesmo lugar, amarrado ao mastro, enquanto Sam estava sentada no chão, ao lado dele, com um tabuleiro estendido sobre o chão com diversas peças dispostas em diferentes posições. Não obstante, ela estava posicionada de modo que poderia ver caso alguém se aproximasse do navio pela via terrestre — Imaginei que estivesse cansado, senhor. Tem certeza que não quer que eu trate dos ferimentos após o banho? Posso ao menos passar algo em seus braços - sugeria, mais uma vez. Após entrar no banheiro e constatar que só havia água fria, Akira saiu de lá com uma expressão horrível. Não havia tomado um banho de água fria, mas sim levado um balde, figurativamente. O café parecia-lhe um pouco mais atrativo, ao momento.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Se passaram duas horas desde que Bolton saiu, mas ele ainda não voltou. Você acha que algo pode ter acontecido? - Sam indagava, mexendo mais uma peça — Percebi que ele é forte e bem desenrolado, mas neste ambiente hostil, quem sabe... - comentava, observando o tabuleiro. Procurar Bolton? Esperar? Tais perguntas podiam gerar alguma agonia e tensão, a qual aumentava quanto mais o tempo corria. O impasse só acabou alguns minutos depois, quando algo surgiu na virada da pedra onde estava escondido o barco. Um barulho intenso de algo sendo arrastado podia ser escutado. Em seguida, um trenó de madeira com um bote igualmente de madeira surgiu — Oh! - Sam imediatamente entendeu. Logo, surgia Bolton e um adolescente empurrando os materiais — Precisamos de ajuda! E de velocidade! Com certeza nos viram e agora sabem que estamos por aqui e com um barco! O Kai irá nos ajudar a desmontar tudo e reparar o barco, ele é filho de marceneiro! - exclamava.






Off

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Não esquece de adicionar o Baby Den Den Mushi que foi ganho no post passado. Já pode colocar a Vantagem Patrono também, para fins de controle.



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : On The Top Of The World - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 EmptyQua 15 Abr 2020, 20:33

Apostas E Mais Apostas - Parte II

Sem poder beber meu café, sem banho quente para tomar, precisando de madeira pra concertar o navio, a situação só ia ficando cada vez mais estressante, e eu me perguntava o que custava viajar sem esses problemas todos pelo caminho. Já sentia falta do meu quarto de hotel em Baterilla, do cobertor quentinho e de poder acordar sem muitas preocupações pela manhã e poder tomar uma xícara de café antes de ter que me preocupar com o trabalho. Ao menos uma cama decente havia naquele navio, porque se até disso fosse privado eu já estaria questionando minha trajetória de vida. Em meio a todo esse stress tinha também meus ferimentos, aos quais Sam queria cuidar - N-não precisa ser tão formal comigo, Sam. Só "Akira" já tá bom - Respondia à médica, um pouco encabulado e incomodado, tanto pela formalidade excessiva quando pelo que os "senhor" em excesso me faziam lembrar, era desagradável ser lembrado indiretamente do meu problema a todo momento. Por mais que a ideia de um tratamento não soasse ruim, a ideia de ter que me despir para que ela tratasse meus braços não era lá agradável, e eu precisava pensar logo em um jeito de contornar isso, de preferência um que não envolvesse deixar meu ferimento à própria sorte - "É sempre assim, caramba. Vou ter que ficar fugindo de tratamento médico por toda a viagem? Nesse ritmo vai ficar impossível de esconder..." - Pensava, com um misto de tristeza e desespero. Mesmo após dois anos daquele jeito eu ainda não sabia lidar com meu gênero, mentia para mim e para os outros ao meu redor, mas sabia que não podia simplemente seguir em frente, pois era o que ainda me prendia ao meu antigo eu, e o que me motivava para ir adiante.

No meio de tanta coisa ruim, estava quase desistindo de me forçar e indo tomar um pouco de café para impedir o desânimo de me dominar, mas felizmente ao menos uma boa notícia houve em meio aquele mar de decepções, e veio trotando na forma de Bolton carregando um monte de madeira, e com um companheiro ainda por cima - Caramba, ainda bem que ele conseguiu. Me ferrar com mais desafios era a última coisa que queria agora - Pensava alto ao vê-lo se aproximar, e ficando um pouco corado após perceber que Sam provavelmente havia ouvido aquilo. Sem falar nada, apenas abaixada a parte frontal do boné como que para esconder meu rosto, e ajeitaria minhas roupas para ter certeza que não haviam ficado frouxas ou erguidas após o cochilo. Fingindo que meu comentário anterior nunca havia acontecido, ao ver Bolton suficientemente próximo, me dirigia também a ele - Nossa, duas horas pra conseguir a madeira, o que rolou lá? Fez mais de um desafio? - Questionava, não reclamando, mas mais por curiosidade. Ao ver o rapaz se aproximando, logo me retraia um pouco, um tanto encabulado pelo desconhecido. Era estranho ficar daquele jeito só pela aproximação do rapaz sendo que havia prosseguido até bem na hora do desafio mais cedo, acho que o foco ajudava a ignorar os olhares e desvirtuar a paranoia - E v-você deve ser o t-tal Kai? - Perguntava, baixando levemente a cabeça e o boné como um cumprimento, para não ter que apertar as mãos com ele, dizem que quem mexe com madeira tem bom tato - Como se juntaram? - Perguntava, mas a Bolton já que me sentia um pouco mais confiante falando com ele.

Dadas ou não as explicações, era óbvio que os reparos precisavam ser feitos o mais rápidos possíveis. Bolton mesmo havia dito que a essa altura dos maltrapilhos do Farol já deveriam saber aonde estávamos, e correr o risco de perder o Log Pose em um desafio desnecessário era um pensamento horrível. Logo que todo o material fosse depositado, me ofereceria - Temos que consertar o navio o quando antes. Quanto mais de nós trabalharmos, mais rápido deve ser. Eu, b-bom, não sei muito sobre carpintaria e essas coisas, mas se tiver alguma coisa mais simples que eu possa ajudar, e-estou à disposição - Dizia, ainda um pouco desconfortável com a presença do rapaz novo, com um pouco de medo a cada olhar que me dirigia. Assim como Bolton estava as minhas ordens durante a navegação, agora eu estava às ordens dos dois. Tentaria ajudar com tarefas mais simples, mas também tentaria evitar carregar peso com os bracos; caso pedissem para eu trazer a madeira, tentaria pouco de cada vez, ao o suficiente que conseguisse segurar sem sentir muita dor, e sempre evitando mecher no que parecia ser um bote. Caso, porém, não houvesse muito no que eu ajudar e fosse dispensado, pediria desculpas pela falta de competência e retornaria para o convés para descansar um pouco, sentado sob a madeira.

Imaginava que Sam fosse insistir em tratar meu ferimento, seja caso dispensado ou caso interferisse após eu me pronrificar, e, se isso acontecesse, saberia que não teria como evitar por muito mais tempo. Iria até ela e tiraria a jaqueta, mas apenas puxaria a manga da camisa para o ferimento ficar a mostra; tiraria só o essencial de roupa, e mesmo aquilo me deixava um pouco inquieto. Caso ela insistisse para que eu tirasse a camisa, retrucaria - N-não vejo qual a n-necessidade! Eu não me sinto confortável com isso - Diria, tentando a convencer a desistir, mas preparado para segurar a camisa no lugar caso ela tentasse remover à força. Se ela tentasse e não desistisse mesmo comigo segurando, saberia que aquilo não daria certo, e tentaria fugir da situação ao puxar as mãos da moça para a fazer largar é, após dar um rolamento para o lado, pegar a jaqueta e correr para o interior do navio, com uma expressão claramente desconfortável - D-desculpa! - Diria ao correr, encabulado e retraído por ter tido que fugir daquela forma. Caso ela não se importasse que eu ficasse com a camisa, deixaria ela fazer seu trabalho - Quão ruim está? - Perguntaria quando ao ferimento que Formantis havia feito com seu instrumento de escalada, com medo de aquilo acabar prejudicando meu desempenho no leme ou algo semelhante.
Histórico do Ceji:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




On The Top Of The World - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: On The Top Of The World   On The Top Of The World - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
On The Top Of The World
Voltar ao Topo 
Página 3 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Baterilla-
Ir para: