One Piece RPG
(Mini) Gyatho XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Amigo Secreto - PRESENTES
(Mini) Gyatho Emptypor Volker Hoje à(s) 01:55

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
(Mini) Gyatho Emptypor Midnight Hoje à(s) 01:31

» [Mini-Theodore]
(Mini) Gyatho Emptypor Death-D.Obscure Hoje à(s) 00:58

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
(Mini) Gyatho Emptypor Faktor Hoje à(s) 00:35

» O Legado Bitencourt Act I
(Mini) Gyatho Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 00:28

» Apenas UMA Aventura
(Mini) Gyatho Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 22:58

» Hinata Bijin
(Mini) Gyatho Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:13

» Kit Alipheese/Shiro
(Mini) Gyatho Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 15:37

» Jack Blackwater
(Mini) Gyatho Emptypor Mad Ontem à(s) 14:34

» [Ficha] Daniel Joseph
(Mini) Gyatho Emptypor DanJo Ontem à(s) 11:55

» mini-aventura
(Mini) Gyatho Emptypor guatemaia Ontem à(s) 11:01

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
(Mini) Gyatho Emptypor PepePepi Ontem à(s) 05:44

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
(Mini) Gyatho Emptypor Polyn Ontem à(s) 01:10

» Evento Natalino - Amigo Secreto
(Mini) Gyatho Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 00:00

» I - Conhecendo o mundo
(Mini) Gyatho Emptypor Bijin Sab 14 Dez 2019, 22:58

» [KIT] Slade Wilson
(Mini) Gyatho Emptypor Achiles Sab 14 Dez 2019, 22:22

» O vagabundo e o aleijado
(Mini) Gyatho Emptypor Ghastz Sab 14 Dez 2019, 20:15

» [FP] Kozuki Orochi
(Mini) Gyatho Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:34

» Kozuki Orochi
(Mini) Gyatho Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:34

» (Mini) Gyatho
(Mini) Gyatho Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:30



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 (Mini) Gyatho

Ir em baixo 
AutorMensagem
Gyatho
Membro
Membro
Gyatho

Créditos : 6
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Data de inscrição : 19/11/2019

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyTer 19 Nov 2019, 16:52

Nome: Gyatho
Idade: 14
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Boxeador
Localização: East Blue - Dawn Island
Grupo: Civil
Vantagens: Boa Fama
Desvantagens: Coração mole
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyQui 21 Nov 2019, 01:02

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

ATENÇÃO: Peço que leia o FAQ abaixo ele é algo que pode ajudar você a tirar duvidas já recentes sobre mini aventuras antes de começar a postar, então peço que tire alguns minutinhos pra ler ele antes de se organizar pra postar. Além disso qualquer pergunta que tenha a mais pode me mandar MP. Há e se tiver sugestões pro FAQ pode mandar bala. (Mini) Gyatho 3997999705

Citação :

Por último mas não menos importante, vou te explicar algo interessante sobre as mini aventuras, elas são apenas um tutorial, vou deixar uma explicação básica das partes da mini e também vou fazer um pequeno FAQ aqui pra deixar algumas coisas esclarecidas.


    A mini aventura se divide em três partes que vou esclarecer separadamente abaixo.
  • A primeira parte da mini que é onde estamos é a “Interação e Diálogo” como o próprio nome já diz, sendo bem intuitivo, aqui é onde vou avaliar sua capacidade de interagir com os NPCs e Cenário propostos, assim como sua narração de personagem.

  • A segunda parte é o “Combate” que provavelmente…. Você já deve saber do que se trata não é mesmo kkkk eu aqui vou te explicar como melhorar ou como compreender o sistema de combate do fórum, já que pode ser algumas vezes difícil trabalhar com a criação de casos.

  • Por último a finalização que aqui é pra explicar um pouco melhor que nem sempre sua aventura vai acabar com um ponto final, cada aventura é como um final de uma saga de anime ou mangá, onde termina a saga mas fica aquela deixa pra já começar a proxima.


F.A.Q

Cação luminoso escreveu:
Eu posso levar itens daqui da mini pra ficha?

Não. A mini aventura é um tutorial, tudo que você faz na mini fica aqui na mini então é importante ter em mente que tudo que conseguir aqui, vai se manter aqui não partindo para a ficha.

Comedor de Biscoitos escreveu:
Eu posso trocar de personagem na ficha?

Sim, seu personagem da mini não precisa ser o mesmo da ficha, podendo ser completamente diferente do que foi usado aqui nas mini aventuras. Aliás se você foi aqui sei lá um tritão carpa, tu pode ser um gigante acrobata de circo na tua ficha oficial e ta de boas.

Chupa cabra teitei escreveu:
Quantos posts duram a mini aventura? E cada parte?

A mini não possui duração fixa, e depende da visão de seu orientador, ou seja, você passa de fase para ficar completamente pronto, quando ele observar que seu desempenho é suficiente para avançar.

Larissão escreveu:
Posso começar com uma arma na mini, posso?

Não, é pressuposto que se comece sem nada, o narrador pode te dar uma se quiser mas não começará com uma.

Jujuba atrevida escreveu:
Eu preciso usar VDA em combate?

VDA (Velocidade de Ataque), é algo apenas para PVP e não se aplica em PVE ou seja, apenas é bom que veja combates dos eventos caso deseje entrar em algum evento no futuro, mas PVPs de maneira geral são um tanto raros em aventuras oficiais.

____________________________________________________


(Mini) Gyatho QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gyatho
Membro
Membro
Gyatho

Créditos : 6
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Data de inscrição : 19/11/2019

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptySeg 25 Nov 2019, 10:51



Bondoso e gentil, o jovem Gyatho era originário de Dawn Island. Nascido de uma família de camponeses, Gyatho não teve nenhuma história triste ou traumática, vivia junto de seus pais em uma casa simples porem aconchegante. Ele ajudava a manter a comida na mesa com trabalho no campo junto de seu pai, e sua mãe mantinha a casa em ordem. O garoto era conhecido na vizinhança em que morava pela sua gentileza e compaixão, por ajudar a quem precisasse, sejam eles jovens crianças ou senhoras velhinhas.

Ele tinha um sonho de ir para a marinha, e com o salário que receberia, dar uma vida melhor aos seus pais, que com o passar dos anos, não aguentariam viver trabalhando no campo por conta da idade.

“Lembro-me de ter ouvido alguém dizer que a época de recrutamento está perto, mas não me lembro quem foi” pensaria coçando a cabeça, forçando a memória para lembrar dos detalhes “Eu devia ter perguntado na hora quando era exatamente” pensaria decepcionado ao fracassar na busca. Estaria relaxando, sentado em algum canto com sombra e brisa, o que fazia de costume nas horas vagas     – De qualquer forma, enquanto não souber quando farão os testes, tenho que continuar a trabalhar –   Diria se levantando    – Acho que o papai deve estar precisando de ajuda com alguma coisa –   Olharia a sua volta para lembrar aonde estava, e assim que lembrasse, iria em direção a casa em que morava caminhando sem pressa.


ps:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyQua 27 Nov 2019, 08:09

Interação & Dialogo

O dia estava completamente nublado e o vento frio percorria a ilha toda, era uma pequena briza de inverno que aparentemente tentava congelar tudo a sua frente. Nosso corajoso rapaz no entanto estava ali recostado numa árvore, que ele naturalmente buscava sombra, mesmo que bem… Não fosse realmente necessário nesse dia nublado, por mero costume talvez ele estava lá. Ele levantava tentando perceber onde estava e podia notar que estava em um lugar interessante.

Ele estava perto da estação de zeppelins da ilha e podia ver ao longe uma certa movimentação de pessoas indo a bordo dos grandes dirigíveis e alçando voo para sabe-se lá onde. Ele no entanto tinha um objetivo diferente que pouco envolvia essas coisas e em meio ao frio ele seguia caminhando para onde possivelmente seu pai estaria. Seus passos eram rápidos e parecia estar bem focado no que desejava fazer.

Ele aos poucos avançava mesmo estando bem longe do lugar até que ao caminhar rapidamente uma moça que vinha de outra direção correndo esbarrava com ele em um grande choque, ela vinha da direita saindo de um beco carregando consigo uma bolsa cheia de pães aparentemente. A pancada era engraçada, visto que ela era da mesma altura do rapaz e assim acabava dando uma cabeçada nele, e uma joelhada na rodilha do joelho.

Caindo estranhamente por cima dele… Quase que o sufocando com bem… Grandes airbags amortecedores de queda… a Moça aos poucos afastava um pouco mas ainda levantando ela alisava a cabeça dolorida falando. -Você está bem?- Estendendo a mão para o rapaz levantar. Dali de baixo nosso herói finalmente poderia ver o caminhão que o atropelou, um com bela carroceria por sinal.

Era uma moça de belos cabelos loiros curtos, seus olhos roxos poderiam chamar atenção, assim como algumas poucas sardas em seu rosto. Suas roupas esverdeadas eram bem chamativas, principalmente no que tangia a parte de baixo já que eram bem curtas. Suas curvas eram bem feitas, desenhadas aparentemente sob medida. Já seus seios eram bem… Eufemicamente falando, bem fartos… Claro que poderíamos falar por alguns momentos sobre isso, mas deixemos assim, para não aumentarmos a classificação indicativa dessa mini. Há e além disso tudo ela carregava uma espada na cintura.

(Mini) Gyatho Db9p1uy-55900f1b-196b-41bc-a3c9-d9df3a0f8a67

A moça estava ali parada a frente do rapaz estendendo sua mão, mas tinha claro muito trabalho a fazer pois sua mochila tinha derrubado todas as suas compras. Além de tudo ela parecia ter um modo gentil de agir. Então cabia a Gyatho decidir como procederia visto a situação estranha que acabou o cercando.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________


(Mini) Gyatho QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gyatho
Membro
Membro
Gyatho

Créditos : 6
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Data de inscrição : 19/11/2019

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyDom 01 Dez 2019, 15:42



O dia estava nublado, o sol se escondia atrás daquele véu gradiente de cor cinza. Uma brisa fria marcava a característica mais evidente daquela estação do ano. Estava me encostado a uma árvore, vagando em meus pensamentos e sonhos, quando dou-me conta que tinha coisas a fazer, ou bem, tinha que procurar o que fazer.

De inicio, levantei-me e procurei saber onde estava. O lugar me era familiar, já que morava nessa ilha desde que nasci. Uma estação de zeppelins, com pessoas andando para dentro, para fora, subindo e descendo daquelas grandes maquinas voadoras.

Comecei a andar pela cidade, rumo a minha casa, onde me encontraria com meu pai para ver se podia ajuda-lo com alguma coisa. Podia estar tão confortável ao andar pela cidade que conhecia, que me descuidava ao acelerar meus passos e acabar esbarrando em uma pessoa, ou melhor dizendo, sendo atropelado por ela. Era uma moça, disso eu tinha certeza no instante que toquei o chão, seus fartos seios me pressionavam, quase que me sufocando, não sabia se gostava ou se temia “Ó meu deus” pensei “Não consigo respirar...”. Após alguns instantes, a moça se levantava, e podia ver que não só suas almofadas superiores eram de se impressionar, mas sua beleza em outros aspectos não deixava a desejar. - Você está bem?- dizia ela, me estendo sua mão para me ajudar a levantar, um gesto gentil como qualquer outra pessoa o faria – Sim – Responderia, estendendo minha mão direita e segurando a dela.

Tentando não derruba-la de novo, forçaria um pouco as pernas e usaria minha mão esquerda para empurrar um pouco o chão, tentando me levantar sem exigir muito esforço da moça. Assim que de pé, notaria sua vestimentas com mais detalhes, o que mais me chamava a atenção, era sua parte debaixo, que era muito curta “Ela não ta com frio usando só isso?” Pensaria, analisando todo o restante. Eu não era um cara tímido, e muito menos pervertido, mas, as roupas que a moça trajava pareciam me botar em um transe, como um imã que ficava puxando minha atenção a todo instante, principalmente os airbags que quase me mataram sufocado a poucos instantes. – Olha – Diria a ela tentando manter a atenção no seu rosto – Me desculpa por esbarrar em você, eu acho que estava distraído com alguma coisa – Diria alisando minha cabeça com minha mão esquerda, mais especificamente no lugar onde nos colidimos – Você está bem? – Perguntaria a ela – Tem certeza? – Caso ela respondesse que sim anteriormente, apenas para ter certeza.

Podia notar que suas coisas estavam espalhadas pelo chão devido a pancada que trocamos – Essas coisas são suas não? – Diria apontando para a bolsa e os pães jogados no chão – Deixa que ajudo – Diria me agachando e coletando os pertences da moça, colocando tudo de volta na bolsa  – Não, eu insisto – Diria caso ela recusa-se a minha ajuda, continuando a colocar os itens na mochila – Aqui está – Diria, entregando os pertences de volta a moça.  – Hey, hm... – Diria, coçando meu maxilar com minha mão direita  – Você devia estar com pressa pra alguma coisa. Você vai pegar algum zeppelin? – Diria, apontando para a direção aonde os zepelins se encontravam  – Oooh – Diria calmo após a resposta da moça, apenas para complementar a conversa – De qualquer forma, me desculpa mesmo pelo o que aconteceu. Você não precisa de ajuda com nada? Meio que eu acabei te acertando e eu me sentiria mal de não te perguntar isso – Esperaria pela resposta da moça. Caso ela precisasse, diria – A propósito, meu nome é Gyatho- Faria uma breve pausa  – E o Seu? - Ouviria o que ela teria a dizer para poder ver se poderia ajuda-la de alguma. Caso não fosse necessário, diria a ela – Ok, bem, até mais, tome cuidado por onde anda – Diria, me virando para o caminho que seguia anteriormente, minha casa, acenando e olhando ela continuar o caminho dela, enquanto continuava andar o meu caminho.

Caso chegasse em casa sem nenhum outro problema no caminho, entraria na residência sem demora e diria em alto tom – PAI! – E esperaria pela resposta. Caso não houvesse uma, diria novamente no mesmo tom, e esperaria pela resposta. – Pai – Diria para chamar a atenção dele primeiro – O senhor precisa de ajuda com alguma coisa? – Diria, caso encontrasse ele no lugar. Caso não o encontrasse, mas apenas a minha mãe, perguntaria a ela  – Mãe, onde está o papai? - . Caso minha mãe me dissesse onde estaria meu pai, iria para o lugar indicado dizendo a ela – Vou falar com ele, pra ver se ele precisa da minha ajuda com alguma coisa – E iria ao local, procurando meu pai, e lhe fazendo a mesma pergunta. Caso minha mãe não soubesse onde meu pai estava, perguntaria a ela – A senhora precisa de alguma coisa mãe? – E esperaria pela resposta dela.
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptySeg 02 Dez 2019, 18:47

Interação & Dialogo

Aceitando o gesto o rapaz se levantava do chão tentando não dar ali muito trabalho para a garota, mas ao mesmo tempo, já criando certo problema, afinal eles tinham se esbarrado. Ele pedia desculpas pelo ocorrido e tentava se certificar de que a loira estava bem, e ela sem enrolar respondia as duas vezes.-Eu estou sim, não me machuquei, pode ficar tranquilo.- dizia tais palavras com um sorriso simpático no rosto.

Dali o rapaz se oferecia para ajudar ela depois de é claro questionar se as coisas eram ou não dela e assim ela respondia inicialmente positivamente com a cabeça explicando em seguida.-Infelizmente tudo voou por aí e se espalhou, mas acho que podemos salvar uma parte não é? Mãos a massa.- juntos os dois catavam cada um dos pãezinhos do chão, e colocavam na cesta da moça.

Com tudo junto ele apenas para não deixar que o assunto morresse completamente puxava um último papo sobre onde ela poderia estar indo, aproveitando a deixa para se apresentar logo em seguida, o que era respondido pela moça também seguido de sua apresentação. -É, eu acredito que não hahaha na verdade apenas estava voltando pra casa, mas viajar neles me parece ótimo eventualmente. Me chamo Sahra. Nos vemos por aí garoto.- E assim como foi aquele encontro ao acaso a moça se despedia dele o deixando para trás.

Aquele dia estava estranho e aquele pequeno atraso fez com que durante sua caminhada a chuva passasse a cair, e engrossar, ele avançava para chegar em casa mas acabava como no que se deve imaginar ensopado. Ele chegava pronto para começar a falar com seu pai e entrar mas o que ele encontrava era mais uma pegadinha do acaso, o destino parecia estar tirando uma com ele naquele dia.

Ao chegar naquele lugar frente a porta da casa dele o que estava ali era um trombadinha, um bem estranho por sinal, tinha orelhas de gato, focinho de gato, e unhas de gato, e estava ali tentando abrir a fechadura apenas com a unha, como se fosse um arrombamento. Já disse que ele parecia um gato? Pelos cinzentos que iam sendo molhados pela chuva. Orelhas bem em pé encostadas na porta como se ele tentasse ouvir algum barulho como a destravada da fechadura.

Até que ele vendo o garoto que se aproximava se afastava da porta devagar pisando na lama que estava logo abaixo deles. Assim encarava o garoto falando. -Ta olhando o que em?-dizia com um olhar provocante, tentando talvez intimidar. E em seguida assumia a posição de combate saltando na pontinha dos dedos e falando. -Ta afim de tretar é rapaz? Olha que eu brigo em? Olha que eu luto, eu sou feroz, minha unha corta que nem faca, fatio você igual manteiga pra por no pão rapaz. Segue teu rumo garoto.- Ele falava em um tom firme aparentemente desejando amedrontar o garoto e fazer ele ir embora sem luta.

(Mini) Gyatho 6f3c8795b5dc18fb5a50d512c49eff24

Aquele cenário era complicado a chuva caia, e ao redor era um campo limpo, havia grama, lama e água pelo chão, na verdade parte do chão tinha poças cheinhas de água. O Mink estava descalço, provavelmente preparado para alguma coisa como essa. Devia ter tirado os sapatos para escalar com as garras, ou só não gostava de usar. Assim, agora a pergunta que não queria calar era, o que o rapaz faria nesse cenário? Ele poderia deixar o felino invadir? Bem, agora essa decisão deve ser bem pensada.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________


(Mini) Gyatho QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gyatho
Membro
Membro
Gyatho

Créditos : 6
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Data de inscrição : 19/11/2019

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyDom 08 Dez 2019, 02:07



Nada mais que um encontro randômico, eu recolhia e entregava os pertences da jovem loira que minutos atrás havia me esbarrado.  -É, eu acredito que não hahaha na verdade apenas estava voltando pra casa, mas viajar neles me parece ótimo eventualmente. Me chamo Sahra. Nos vemos por aí garoto.-   dizia a moça em resposta a minha pergunta, e, por meio dela, nos encerrávamos por ali, cada um indo para um canto.

”Que bizarro” pensava sobre aquela situação que acabara de ocorrer ” Bem, acho que era só pressa mesma para não tomar chuva” e justamente logo após esse pensamento, a chuva começava a cair. Apressava meu passos para chegar em casa mais rápido, e a chuva sem misericórdia começava a engrossar - A ‘qualé’! – Dizia alto para mim mesmo, reclamando daquela chuva e do estado que ela me deixou, encharcado até os pés.

Ao longe já podia ver minha casa, e sem demora continuava a apressar, porem conforme chegava mais perto, podia ver uma figura cinzenta próxima a minha casa, e isso não parecia me cheirar bem. Quando estava próximo o bastante, pude então ter a certeza do que era, um homem, ou melhor dizendo, um homem-gato, de pelo todo cinzento, quase preto ao meu ver. Estava com a cara encostada na porta, e com suas mãos na fechadura que realizavam movimentos sutis e delicados, parecia um arrombamento ”É sério que ele ta fazendo isso... com a unha dele? Tem como esse dia ficar mais estranho?” Pensava enquanto continuava a me aproximar. Quando cheguei a uma certa distância do felino, ele notava a minha presença e logo se afastava da porta ”Isso não deve ser um bom sinal” pensei -Ta olhando o que em?- dizia o homem gato em um tom ameaçador - Oh ow... – Dizia baixinho para mim mesmo, imaginando a situação complicada que estava por vir. O gato assumia uma posição de combate e mandava mais um discurso ameaçador, no qual já não prestei atenção pois já sabia o que ele queria dizer apenar pela postura que ele assumiu ” Eu não quero lutar, mas eu sei que ele não vai sair se eu apenas pedir .”

Vendo o desenrolar daquele momento, assumia uma posição semelhante ao gato, mas sem a cômica dancinha de pulos que ele fazia, colocava meus braços na vertical, a frente do meu rosto, mas não muito acima para que tampasse minha visão. Meu pé direito tinha a distância de um passo a frente do meu esquerdo, e minhas costas levemente contraídas, abaixando minha parte superior do corpo e me dando mais estabilidade. ” Ok, se eu puder nocauteá-lo rápido, não deverei ter problemas .

Esperaria que o felino atacasse primeiro, pois podia ver que ele queria resolver aquilo numa luta desde o instante que me aproximei. Ele estava sem armas, e sua postura já deixava claro que atacaria com os punhos, mas suas pernas que não paravam de saltitar podiam ser um problema também se ele resolvesse atacar com elas. Caso ele iniciasse com um soco simples, um jab, apenas recuaria com ligeiros passos para trás, ao mesmo tempo que bloquearia o golpe com a mão aberta mais próxima a dele, de forma a redirecionar o golpe para uma direção que não fosse a do meu corpo. Se ele repetisse o mesmo golpe pela segunda vez, repetiria a mesma defesa, apenas porque ela se demonstraria efetiva. Caso que por ignorância ou descuido ele repetisse o mesmo golpe, seria um sinal de que ele não me levaria a sério em um combate, e sua guarda deveria estar baixa já que está me menosprezando com simples jabs, realizaria um processo parecido com a minha defesa, com a mão direita que estaria mais a frente, redirecionaria o golpe, mas dessa vez, ao tocar a mão dele, forçaria o braço com mais força para o desvio, fazendo-o perder a estabilidade do golpe, e consequentemente do braço, e avançaria para frente, realizando um direto no abdômen com a mão oposta, a esquerda. Caso ele não se recompôr a tempo, continuaria meu avanço, recuaria minha mão direita, e desferiria um cruzado na altura da costela, continuando minha movimentação até chegar ao lado dele, onde seguiria para trocar de lados, passando para suas costas. Se meu golpe o acertasse, de certo que estaria tentando se recompor da dor, e tentaria o mais rápido possível não deixar suas costas livres para mim, porem pelo seu jeito de se movimentar, seus pulinhos mais especificamente, poderiam o arruinar nesse momento. Por estar constantemente perdendo contato com o chão a troco de movimentação constante, seu equilíbrio podia ser facilmente destruído, e era isso que eu almejava, com minha mão mais distante no momento, realizaria outro cruzado, dessa vez mirando seu quadril, o machucando para dificultar sua movimentação, e, por fim, me afastaria alguns passos de distância. Caso ele de alguma forma se esquivasse ou bloqueasse meu segundo ou o terceiro golpe, recuaria ligeiramente alguns metros de distância para pensar em outra estratégia.

Se ao invés de um jab ele se exaltasse e iniciasse com um cruzado ou direto, realizaria um desvio, dando dois passos rápidos para o lado da mão atacante ao mesmo tempo que movimento meu tronco e braços para trás para e para o lado. Realizaria então uma imobilização da mão atacante, agarrando ela assim que conseguisse manter o equilíbrio após a esquiva. Seguraria seu braço com a minha mão oposta a atacante, e o torceria, ao mesmo tempo que o trazia para baixo e em direção as suas costas, e com a mão restante, forçaria o ombro do braço preso no sentido oposto, para frente. Enquanto isso, meu trabalho com os pés me levariam ao lado ou as costas dele, dependendo da velocidade que conseguisse realizar a chave. Caso ele tentasse de alguma forma me atacar com a outra mão, passaria o meu braço que estaria segurando o dele por dentro do vão entre a cintura e o braço até chegar a suas costas, e, continuando a forçar a minha mão oposta no ombro do braço preso, lhe daria uma rasteira com qualquer perna que não me fizesse perder o equilíbrio, tentando cair por cima dele, e com o peso e o impacto, talvez machucar seriamente o braço que está na chave.

Se por incrível que parece ele esperasse minha ação primeiro, e ficasse saltitando para lá e para cá, tomaria a iniciativa com cautela. Realizaria um simples jab com a direita em direção ao rosto para verificar o quão afiada esta sua guarda. Se o golpe passasse, daria sequência com um direto de esquerda na altura do peito e finalizaria com um gancho de direita na altura do abdômen. Se meu primeiro jab não passasse, tentaria outro no mesmo instante, na expectativa dele baixar a guarda após defender o meu primeiro golpe e, caso esse passasse, finalizaria com um soco e salto(*) com minha mão oposta ao jab. No pior dos casos, tentaria ao máximo me afastar dele para pensar em outra estratégia.

Caso, de alguma forma milagrosa, consiga derrota-lo com meus golpes, correria para dentro de casa procurando pelos meus pais para avisar-lhes do ocorrido.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptyDom 08 Dez 2019, 21:01

Combate


O garoto estava frente a um desafio, ele olhava para seu inimigo, assumindo uma postura de combate, o que o fazia com que ele soubesse que aquele cara ia brigar. Assim ele se colocava também em uma forma mais fixa para lutar, afundando seus pés na lama que estava logo abaixo dele. Enquanto se preparava esperando a iniciativa.

Não demorava para o mink partir agressivamente, ele rapidamente desferia um jab baixo mirando as costelas do garoto, acertando na mão do rapaz que reposicionou o golpe se afastando para trás rapidamente, pois aquela era uma atitude que ele já esperava. Entretanto um sorriso se fazia no rosto do mink.

Ele então decidia repetir o que parecia ser exatamente o mesmo golpe, o que inicialmente na cabeça de Gyatho, parecia que era um presente dos céus, já que o homem estava o subestimando, o que fez ele então defender aquele golpe usando novamente a mão para reposicionar o ataque, mas antes que ele menos pudesse esperar…

As garras do gato eram exibidas, o mink colocava as unhas para fora puxava de uma unica vez, rasgando levemente o braço do garoto. O arranhão era superficial  mas deixava um aviso “Não me subestime” e nesse exato momento o gato esperto com seus pés livres chutava a lama para o alto fazendo com que ela fosse na altura do rosto do garoto.

O Mink então aplicava um cruzado rápido nas costelas do garoto, um golpe que ele com toda certeza sentiria a pressão naquele momento, o começo estava doloroso pra o nosso herói, que por pouco tinha conseguido virar o rosto sem ter seus olhos afetados pela lama, mas acabou por pouco sentindo a pancada nas costelas.

Naquele momento entretanto para uma sorte do garoto, ele mais uma vez tinha mirado aquela Jab, o que fazia o rapaz reagir tão rápido quanto se recuperava, e então se defendendo com a mão oposta, ele afastava a mão do felino e desferia um cruzado no tórax dele, fazendo ele se afastar pra trás.

O gosto amargo das dores atingia os dois, até que um barulho era ouvido, aparentemente de várias botas, isso mesmo, a marinha vinha em passos rápidos e ao ouvir e ver o branco e azul sendo exibido em meio as gotas de água, o felino dizia. -Tu deu sorte muleque, se quiser uma revanche, me chamo Shivashis, sou conhecido no submundo, me procure, e terá o que merece.- ele puxava uma carta de baralho do bolso e jogava em direção ao garoto, acertando ela no peito dele, não com força para cortar ou algo insano assim, apenas grudando pela água.

Se ele olhasse veria que era um 8 de paus… O que aparentemente não fazia sentido, exceto na mente doente do gatuno que queria dizer que ele havia o marcado… Ele queria dar um pau nele, um cacete inesquecível. Assim ele fugia das botas pela chuva, saltando alto o suficiente para pular por cima dos muros das casas. Deixando o garoto sem a certeza de quem venceria, até ali estiveram equilibrados por sinal. Mas era um final limpo, ninguém morreu, ninguém sofreu… Apenas uns socos e golpes trocados.

Dicas e Orientações:
 

____________________________________________________


(Mini) Gyatho QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gyatho
Membro
Membro
Gyatho

Créditos : 6
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Data de inscrição : 19/11/2019

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptySab 14 Dez 2019, 13:31




O combate começava simples, ele desferia um golpe, e eu o defendia. Seguimos assim por poucos instantes quando cometi o meu erro, o ter subestimado. Esperava que seria mais outro simples jab, mas o felino tinha outras intenções com a ação. Com um movimento tão ligeiro quanto sua dança com os pés, ele puxava suas garras, que outrora eram gazuas de arrombar portas, e me arranhava o braço, não tão profundo para ser algo sério, mas doloroso o bastante para incomodar.

O gato não parava por aí, vendo minha surpresa ao ataque, ele aproveitou a chance e desferiu um cruzado diretamente nas minhas costelas. A dor era horrível, era difícil de respirar, pois cada subida e descida do meu tórax só ampliava a dor que sentia, e quando tudo parecia estar a favor daquele homem-gato, eis que ele comete o erro, me subestimar.

O gato realizava outro jab, esse que tinha em mente exatamente como contra-atacar. Via então a janela de oportunidade, e sem demorava executava o meu plano, redirecionava seu golpe, e lhe desferia um cruzado no tórax, fazendo-o se afastar.

Estávamos ali parados, esperando o que vinha a seguir, quando ao longe começava a surgir um barulho de passos, que se intensificava com velocidade. Era a marinha com seus homens de branco e azul -Tu deu sorte muleque, se quiser uma revanche, me chamo Shivashis, sou conhecido no submundo, me procure, e terá o que merece.- Dizia o gato ao ver aqueles homens se aproximando. Ele atirava uma carta em mim, algo bem maluco, mas nada que aquele dia não cobrisse. Ela grudava em minhas vestes que estavam encharcadas de agua pela chuva.

O gato saltava alto o suficiente para ser anormal, muros e casas passavam por debaixo do felino como se não desafio algum para alguém que havia recebido um golpe a poucos instantes – Se ele conseguia pular assim desde o começo, imagino oque seria de mim no final da luta... diria para mim mesmo olhando o fugitivo.

Podia ver então a carta que estava grudada em mim, era um oito de paus ”talvez seja o cartão dele” Olharia mais detalhadamente o item em minhas mãos ”Quem sabe algum dia eu o procure para resolvermos esse empasse” Pensaria me virando para a direção dos marinheiros, que nesse instantes já deviam estar próximos o bastante ”Um dia que eu esteja mais forte.


Spoiler:
 

~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião: Foi uma aventura divertida, e a orientadora ótima. Tive sim um pouco de dificuldade para aprender o sistema, mas minha orientadora foi boa me explicando como ele funciona, paciente (e como foi) e me deu ótimas dicas para meu personagem no jogo. nota 10 / 10



Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : (Mini) Gyatho 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho EmptySab 14 Dez 2019, 17:30

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações: Sua finalização ficou ótima. É assim mesmo que se faz, algo de certo modo mais simples, e que encerra a aventura, deixando essa sensação de que não acabou. Então a sensação de vazio é perfeita na verdade, pois o que vai preencher ela, são as aventuras seguidas :3 Enfim gostei bastante do seu ultimo post, ficou bom e principalmente divertido de ler. Espero que continue pelo fórum e se divirta bastante nas suas aventuras pela frente haha se precisar de mim pra duvidas ou qualquer coisa, pode mandar MP ou me preocurar no discord, principalmente se forem sobre a a área de fichas: Senshi#7028 Boa sorte e boas aventuras.
-

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________


(Mini) Gyatho QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




(Mini) Gyatho Empty
MensagemAssunto: Re: (Mini) Gyatho   (Mini) Gyatho Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
(Mini) Gyatho
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: