One Piece RPG
The New Terror of Pirates XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
The New Terror of Pirates Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 20:25

» VIII - The Unforgiven
The New Terror of Pirates Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 20:06

» Vol 1 - The Soul's Desires
The New Terror of Pirates Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 19:55

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
The New Terror of Pirates Emptypor Dante Hoje à(s) 19:52

» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
The New Terror of Pirates Emptypor Makei Hoje à(s) 19:43

» [Mini - Nice] A espada que dorme.
The New Terror of Pirates Emptypor Ryoma Hoje à(s) 19:35

» [M.E.P] Nice
The New Terror of Pirates Emptypor Ryoma Hoje à(s) 19:34

» [Mini] Albafica Mino
The New Terror of Pirates Emptypor Makei Hoje à(s) 19:16

» [M.E.P] Albafica
The New Terror of Pirates Emptypor Makei Hoje à(s) 19:15

» A primeira conquista
The New Terror of Pirates Emptypor Rangi Hoje à(s) 18:19

» A Ascensão da Justiça!
The New Terror of Pirates Emptypor K1NG Hoje à(s) 16:26

» JupaCity Adventures
The New Terror of Pirates Emptypor BigDraon Hoje à(s) 16:01

» Mini-PuppetDragon JupaCity
The New Terror of Pirates Emptypor BigDraon Hoje à(s) 15:58

» The Hero Rises!
The New Terror of Pirates Emptypor Achiles Hoje à(s) 15:30

» [M.E.P] Koji
The New Terror of Pirates Emptypor Proto_ Hoje à(s) 15:29

» A inconsistência do Mágico
The New Terror of Pirates Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 15:27

» [MINI-Koji] Anjo caído
The New Terror of Pirates Emptypor Proto_ Hoje à(s) 15:27

» Pirata ? quer se juntar a 2º Frota do Pandemônio ?
The New Terror of Pirates Emptypor Arthur Infamus Hoje à(s) 13:25

» Seagull Newspaper - Tragédia
The New Terror of Pirates Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 13:22

» Meu nome é Mike Brigss
The New Terror of Pirates Emptypor Shiro Hoje à(s) 11:59



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 The New Terror of Pirates

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyTer 05 Nov 2019, 13:20

The New Terror of Pirates

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Suzuk Hamada. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyQui 14 Nov 2019, 22:33

The New Terror of Pirates
O Recomeço #01


Legenda
- Falas #ff6600 - ~ Pensamentos #ffcc33  ~ - Técnica -






Tudo haveria recomeçado... A missão que estava fazendo havia sido cancelada? Indisposição do Sargento deixando outro grupo seguir? Ainda não se saberia mas queria ir logo fazer algo então tentaria seguir o caminho de volta pro QG, antes de partir poderia ao menos perceber a situação do lugar, se fosse de um lugar vandalizado, um no qual as pessoas vivam nos poucos que já seriam muito pra eles, um pouco de raiva poderia se formar no interior de Hamada, talvez pela Marinha saber da situação do local e mesmo assim não agir, talvez pela Marinha só estar ajudando essa vila depois de atos horríveis que podem ter acontecido...

Suzuk nunca fui muito com a cara da Marinha, quando mais precisou estavam lá, salvando os "mais importantes". Isso é um ato de exclusão, se eles ajudassem talvez pudesse estar feliz hoje, talvez seus pais pudessem estar vivos... ~ Quando eu acabar com essa diferença na Marinha, todos vão poder viver como deveriam... ~

Após um tempo chegaria ao QG, logo procuraria por aquela mulher: ~ Eika? Sim! ~ Se lembraria do nome da Tenente e logo procuraria pela mesma, caso não ache ele iria até a recepção, tentaria passar a minha situação a recepcionista e falar que estava procurando por tal pessoa e assim que fosse possível iria até a mesma ou esperaria a mesma vir até mim. Caso alguma das opções fossem aceitas só esperaria para que a mesma pudesse falar e após começaria.

- Muito bem, a missão... - Falaria o por que eu teria saído da missão, já que paramos a aventura nessa parte então fique em escolha do Narrador. - Estava procurando alguma outra missão, talvez pra amanhã cedo? Queria fazer algumas "coisas" ainda por hoje, mas caso a missão for de imediato eu não irei recusar. - Após minhas falas esperaria a resposta da mulher para que pudesse agir. Se a missão fosse de imediato, ouviria a situação e logo partiria para o local indicado não esquecendo de agradecer a Eika por ter me passado a tarefa. Se conseguisse que o trabalho fosse para o próximo dia bem cedo, agradeceria mesmo assim a mulher a partiria para as ruas procurando algum lugar que pudesse cortar meu cabelo, um: Barbeiro! Sim, um barbeiro seria o certo a se procurar, andaria pela cidade a procura de algum olhando as placas para ver se encontrava a partir delas ou então perguntando as pessoas em volta.

Caso não encontre a Tenente pelo Quartel, faria a mesma parte de sair pela rua procurando um barbeiro, e assim tentaria passar por lá mais tarde ou em outro dia.

Quando achasse o barbeiro, adentraria no alojamento dando bom dia/tarde para o mesmo e logo tentaria um diálogo com o trabalhador. - Então, estava querendo renovar. Esquecer esse meu velho eu... Queria cortar todo esse meu cabelo, deixá-lo curto com poucas franjas. Se possível mudar o tem... Talvez? Para um loiro? Bom, queria saber quanto ficaria se for possível que o mesmo o faça. - Após as falas esperaria a resposta do dono do local, caso ele esteja atendendo outra pessoa ainda esperaria para que seu serviço acabasse e ficasse livre.

Personagem:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptySab 23 Nov 2019, 20:56


A vida prosseguia e o jovem marinheiro a mudava. Começando por suas madeixas. No mesmo quartel, o rapaz foi encaminhado por uma das garotas para o chefe cabeleireiro. Fazendo o pedido do rapaz, o mesmo tinha sorte do primeiro corte de cabelos ser grátis no quartel, mas pelo gosto do homem que fazia tal serviço, que estranhava tal coisa, ele não tinha feito. — Muito bem garoto. Agora saia do meu salão! — bradou o ríspido homem. O exterior da sala, estava à espera do protagonista. Lá estava uma das garotas que o rapaz havia enfrentado em seu teste inicial.

— Sabia que estão acontecendo assassinatos estranhos. Coincidentemente são contra marinheiros ou pessoas que já estiveram na Marinha... — pensativa, a garota prosseguia com suas palavras — A qualquer momento pode ser com meu pai. Ele diz que não, que isso nunca vai acontecer, mas... Pode ser com ele. Eu não quero que ele morra... — longe daquele local, a garota via sua mente vagar por uma imensidão de medo e receio, ao ponto de retornar a vida real. — Ah, meu pai está te chamando até a sala dele! — alertou a garota.

Sabendo do caminho, o rapaz chegaria até lá sem dificuldades. Durante o trajeto, o mesmo seria acompanhado da garota. Ao adentrar, num grande gabinete, já conhecido pelo mesmo, estava o homem que havia dirigido a sua admissão. De costas, o homem esperava a chegada do protagonista. — Muito bem. Saia Alissa. Tranque a posta ao sair! — ordenaria. Relutante, a garota sairia. — Está preparado para sua primeira missão? Quais suas habilidades destacáveis? — questionou rotacionando sua cadeira e olhando nos olhos do mesmo — E por que tenho que te dar uma missão?

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyTer 26 Nov 2019, 18:22

The New Terror of Pirates
Imprevisto #02


Legenda
- Falas #ff6600 - ~ Pensamentos #ffcc33  ~ - Técnica -



Queria deixar o passado mas pelo visto "ele" pensa diferente, o barbeiro pareceu "incomodado"? Não saberia mas por que rejeitou seu corte de cabelo? Só estava querendo mudar o visual, mulheres fazem isso direto, mesmo que eu não seja uma... Muito bem, seguiu seu caminho um pouco irritado por não ser atendido.

~ Como pode, só um corte! ~ Resmungava em sua mente quando avistava uma das garotas de antes, ela estava pensativa sobre os assassinatos na região, uma criança se preocupar com seus pais não é tão estranho, mas parecia que o velho queria algo comigo, já que "estou" sem nada pra fazer no momento iria até a sala do mesmo. Chegando estava sentado em sua cadeira virado de costas, pediu para sua filha sair e trancar a porta, isso era um pouco duvidante, por que trancar? Mas tudo bem, escutou suas falas e estou um sorriso de canto soado como alívio aparecia em seu rosto.

- Hehe... Acho que algo aconteceu. O mesmo pode ver o princípio do meu combate, mesmo não tendo se aprofundado tanto, sua filha ainda tem informações sobre mim que você claramente iria querer saber... - Estaria falando comigo mesmo só que alto, não teria muitos motivos para essas suas perguntas. - Presumo que esteja procurando algo além de só saber disso. Mas bem, não planejo ficar aqui por muito tempo, quero esquecer essa passado e sei que Marinheiros começando sua evolução são testados diariamente, seria só questão de tempo até que me mandassem a uma missão para fora desta ilha não? - No mesmo momento se fosse possível e caso tivesse uma cadeira a frente a mesa do superior se direcionaria a mesma, a puxaria e olharia para o Sargento/Tenente, se o mesmo entendesse e permitisse me sentaria na cadeira para continuar. Caso não, ficaria em pé. - Eu adoraria uma missão, ajudaria e muito se conseguisse realiza-la perfeitamente talvez ganhando alguns pontos. Deve estar se perguntando por que todo essa blá-blá-blá. Muito bem, não sou daqueles bobos, você quer algo além de só saber minhas qualidades. E agora que presumi isso estou curioso para saber o que é que está planejando... - Falaria friamente e olhando diretamente para os olhos dele, nunca fui de intimidar pessoas então saberia que não conseguiria intimida-lo, mas talvez bota-lo contra a parede?

A realidade é: Não tenho objetivos fixos, obsessões ou devoções, só o desejo de acabar com os Tritões, e mostrar pra Marinha que todos tem o seu lugar, mas isso eu posso concluir com o tempo, ainda tem muito chão ou "água" a frente então objetivos podem mudar, o que queria agora era saber o por que dele me perguntar o que perguntou, talvez queira me levar em uma missão junto com o mesmo? Sabendo dos riscos atuais, precisaria de alguém que fosse forte para lhe acompanhar no que quer que seja a possível missão. Ou até mesmo perguntando para tomar conta de suas filhas, não acho que teríamos afinidade suficiente para esse tal ponto, aliás existe muitos outros mais fortes. Pois bem, agora só me resta esperar até que as conclusões sejam afirmadas ou não.  

Personagem:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptySeg 02 Dez 2019, 22:22


Analisando a resposta do protagonista, o superior então pegou uma das pastas que estava sobre sua mesa e indicou para a posse do rapaz. — Muito bem. Ao abrir você notará sua primeira missão. Como é um jovem marinheiro recém-aprovado nos testes, que não são nada comparados a realidade das coisas, não será algo que imagina ser importante, mas que na realidade é. Abra! — indicou o homem, se erguendo de sua cadeira e caminhando em direção a um mapa que havia na parede do local. O envelope não era complicado de abrir. Dentro havia um relatório inicial de missão, juntamente com algumas fotos, na verdade, quatro fotos.

— Dentro você encontrará algumas fotos, então lhe explicarei o ocorrido. Vemos tendo denúncias de ataques a marinheiros aposentados ou afastados por algum problema. É tanto que alguns outros novatos estão realizando escoltas aos mesmos e suas famílias. Mas um certo caso está diferente do normal e por isso estou te enviando para averiguar esse fato para nós — caminhando em direção ao mapa, ele indicou certo local e algumas marcações foram feitas, sendo a mais destacável um enorme círculo vermelho — Essa área dentro do círculo é onde o nosso alvo pode estar, caso seja real. O que está acontecendo é que um de nossos homens mais fieis e certos, o ex-Sargento Rossveld Khan recebeu recentes ameaças. Khan é o homem mais pálido da foto, além de ser o mais velho. Consigo estão suas duas filhas. Margareth, ex-Tentente que por motivos superiores teve de se aposentar e sua irmã mais nova, Mahilla. Ambas estão nas fotos!

Sendo indicado pelo superior, o protagonista podia perceber que de fato haviam três pessoas que podiam ser claramente identificadas pelos nomes dados. Um homem já com idade avançada e semblante oriental, junto com suas duas filhas. Uma com um olhar mais espontâneo e aparentemente mais nova, diferente da mais velha, que tinha um olhar frio e sem vida. Além destas havia mais uma foto. Um homem parecido com o velho Khan, mas que era mais novo que o mesmo. Tal coisa não foi mencionada pelo superior. No relatório, o rapaz veria estas informações, além de um pequeno mapa do local e dados sobre as pessoas, além da missão em si.

— Muito bem! Sua missão será averiguar o local e proteger essa família durante três dias. É o tempo que um de nossos Sargentos retorne e o substitua nessa questão. Entendido? A região é esta marcada, a região dos dois cata-ventos, próximo a leve colina. Você passará pela universidade. Se preferir pode ficar de guarita lá, porém, está permitido ficar na casa dos mesmos. A mesma é grande como deve ser a casa de um ex-oficial de sucesso. Você ficará responsável por decidir isso. Caso note alguma movimentação que exceda seu poder, nos contate! — afirmou entregando uma pequena criatura que aparentava ser um caracol — Este é um Den Den Mushi. Você pode comunicar o Quartel General de movimentações suspeitas e solicitar reforços. Mantenha a integridade da missão sempre dentro do ideal, entendido? Agora dispensado. A família Khan está te esperando em uma hora. Apresse-se!

Links para fotos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyTer 03 Dez 2019, 00:34

The New Terror of Pirates
Missão de última hora #03


Legenda
- Falas #ff6600 - ~ Pensamentos #ffcc33  ~ - Técnica -



Depois de analisar a pasta e ouvir tudo o que o Tenente falou, um pequeno sorriso se abriria em meu rosto assim me levantando e fecharia a pasta, a deixando sobre a mesa a botaria ambas as mãos dentro de meus bolsos.

- Uma missão de proteção... Muito bem, não tenho o que fazer, mesmo não sendo o meu forte irei me esforçar o máximo. Agora, eu quero um corte de cabelo quando voltar. Mesmo que eu tenha que pagar! - Falaria diretamente olhando para o Tenente enquanto ajeitava a cadeira que estaria e me direcionaria para a porta.  - Se caso eu falhe e venha a morrer, procure por minha amiga, Orihime, ela veio para Las Camp também. Gostaria de vê-la em meu funeral... - Seriam minhas últimas palavras antes de sair da sala e me direcionar para fora do QG.

Assim que estivesse do lado de fora, procuraria saber sobre esse tal de: "Den Den Mushi". Analisaria ele olhando para o mesmo, de frente e todos os lugares, não sei se era pequeno, grande, ou gigante. Se fosse entre pequeno e grande, veria se era possível dele ficar no meu ombro, para me mover, se não, eu teria que procurar alguma caixinha pra ele ou algo para carregá-lo, logo iria novamente até o QG perguntando sobre caixas que pudesse botar esse tal de Den Den.

~ Que caramba, isso pode me atrapalhar... ~ Se conseguisse a caixa o botaria dentro dela e partiria, se não fica no ombro mesmo caramba.

Depois de toda essa fase, verificaria se tinha duas adagas na minha cintura, haveria pego antes junto a suportes para as mesmas, mas depois não me liguei com o que fiz a elas. Se estivessem começaria a andar se não, teria que dar uma rápida passada no QG novamente, procuraria por duas adagas simples com suporte e as alocaria na minha cintura. Após isso, é se tivesse certeza de nada faltando, começaria a caminhada.

O local parecia ser perto da Universidade, mas pra não ter erros será melhor perguntar a alguém... - Bom/Boa dia/tarde/noite, eu estou a procura da região dos dois cata-vento, próximo a leve colina. - Repeteria a fala vezes necessárias até achar alguém que pudesse me dizer. Logo então que soubesse aonde ficava, me agilizaria, iria correndo com tudo de mim até o local tomando cuidado com as pessoas, fazendo saltos ou pulando por coisas caso necessário e tentando cortar caminho.

Chego ao local, visando chegar mais cedo ou no horário determinado de até 1 hora, analisaria ele, veria antes de tudo possíveis locais para se esconder com bastante sombra e tudo mais, locais que ao menos tivesse 1 pingo de luz, seja a vela, fogueira ou até mesmo a lua se estiver brilhante. Após feito, tentando não demorar muito nisso, se o dono, o senhor Khan estivesse do lado de fora, iria até ele prestando continência para me apresentar, mesmo não sendo disso, devido respeito ainda mais com uma Tenente como filha tinha que ser mostrado. - Senhor, sou o Soldado Suzuk Hamada, pré-aceitado na Marinha e fui mandado para proteger sua casa durante 3 dias. O tempo necessário para que um Sargento volte de seus afazeres e fique por ele mesmo. - Falaria para o homem tentando ser o mais gentil possível, se sua(s) filha(s) estivessem por perto também as comprimentaria mostrando respeito.

- Foi me passado que poderia ficar em sua casa mas não quero incomodá-lo, nunca fiz uma tocaria antes mas tenho uma ideia do que venha a ser. Preciso comprar alguns mantimentos como água e comida rápido, mas estou antes a ouvidos. - Depois de minhas falas, esperaria não ter feito nada de errado, e se caso tivesse chego atrasado, pediria: "Mil desculpas". Agora ficaria a sua frente esperando suas falas ou de suas filhas.

Personagem:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyTer 10 Dez 2019, 20:42


Observando as palavras do jovem marinheiro antes de partir o superior ficou certo tempo calado antes de proferir a resposta para tais comentários. — Irá aprender que na Marinha não temos escolhas quando precisam de nós. Seja bom em tudo! — mencionou o homem antes de despedir-se do protagonista. Tendo tudo preparado como gostaria, o rapaz então partiu em direção ao seu destino. Achar o local indicado não foi difícil e o rapaz fazia isso com agilidade o bastante para analisar o local antes de apresentar-se.

Para sua surpresa, diferente de todos os locais que haviam ali, a casa do ex-marinheiro era totalmente diferente. Cercado de vegetação e afastada da rua, o mesmo seguiu por um corredor escuro e fechado até chegar a um portão de ferro onde havia um segurança. — Quem é você? — questionou o mesmo. Pelas brechas do portão, o rapaz podia ver uma cabana rodeada de vegetação, quase que um “condomínio” floral. Era uma minifloresta? Ou apenas uma reserva feita pelo mesmo, uma fuga daquele mar de pedras?

Ouvindo as explicações o segurança então permitia a entrada do mesmo. — Meu nome é Lifang, sou mordomo do senhor Khan. Ele mencionou que a Marinha iria enviar um grupo de proteção, mas não apenas um fraco marinheiro recém-aprovado. Me siga, por favor e não pise no gramado sem a permissão do senhor — calmamente alertou o homem com tremenda sinceridade. A cada passo pelo caminho de pedras no meio daquele gramado verdinho, o rapaz seguiu. Durante o trecho o rapaz avistou um rosto conhecido. Pelos dados era Mahilla, a jovem filha do senhor Khan. Ela transmitia uma aura amena, porém, logo ficava receosa pela presença do jovem rapaz. Com ela estava uma outra pessoa que, por estar de costas, o rapaz não podia identificar, mas que sentada em uma cadeira de rodas, interagia com a jovem caçula.

— Por aqui! — alertou o homem, indicando a presença do senhor Khan, que sentado em uma cadeira, logo na entrada do local, olhava o horizonte com um copo de chá em seu lado. A fumaça da bebida quente pairava sofre a face do homem, que concentrado não olhava para quem chegava. — Senhor Khan, este é o marinheiro que mandaram para cá! — falou o homem, retirando-se após um aceno com a mão do velho. — O que está fazendo aqui? Se não gosta desse tipo de missão, melhor ter ficado no Quartel! — alertou o velho, comando um gole de seu chá — Seus passos demonstram sua falta de vontade de estar aqui... O som deles é fraco e temeroso.

Prosseguindo, o homem ouviu o que o jovem marinheiro tinha de falar e tomando mais um gole de seu chá, o mesmo proferiu mais palavras. – Não, você ficará aqui. Não se preocupe, qualquer coisa eu te protejo — com desdém, o homem afirmou para o protagonista como seriam as coisas a partir dali — Pelo que percebi, realmente vai ser necessário isso...

A instalação era maior do que imaginado, facilmente poderiam haver ali no interior oito a nove acomodações. Aparentemente não haviam andares superiores e além disso, a floresta não aparentava ter fim, nem proteção da casa com a mesma.

Imagem Referência:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptySex 13 Dez 2019, 13:13

The New Terror of Pirates
Velha Guarda... #04


Legenda
- Falas #ff6600 - ~ Pensamentos #ffcc33  ~ - Técnica -



~ Que beleza ein... Se já não bastasse vir para uma missão dessas, tenho que aguentar e ouvir essas asneiras de mordomos... ~ E então pensaria reclamando comigo mesmo enquanto caminhava pelo caminho de pedras. Teria a consciência de que ainda era só um Soldado na Marinha mas diferente de muitos não sou tão fraco quanto parece... Logo me aproximava do Sargento Khan e eu acho que o Tenente me deu essa missão de brincadeira... Não que eu me importasse mas ao menos pensei que um Sargento demonstraria o mínimo de respeito... - Só pode estar... - Pronunciaria baixo mas logo cortaria por perceber onde estava. - Muito bem Sargento Khan, acho que sua proteção não será necessária, cuide de suas filhas, se for feita uma invasão que espero que não seja, sabemos que o senhor é o foco, o que vem ao fato deu estar aqui. Proteger o senhor e sua família. - Tentava falar todas as palavras tentando parecer o menos grosso e desinteressado o possível. Não estava ali para deixar que ele faça o trabalho que era para eu fazer, se não a missão não teria sentido algum.

~ Preciso pensar em algo rápido... Essa casa é bastante grande, e rodeada de árvores, como irei protegê-la?! ~ Estava bastante pensativo nessa parte, não sabia como averiguar todo o perímetro, é realmente bastante grande essa casa... Não sei onde ficar, isso é um desafio e tanto... - Muito bem Senhor, ainda preciso dar uma olhada no terreno para saber como irei ficar viajando... Mas peço que todos de sua família tenham cuidado, ainda mais sua filha mais nova, e se precisarem gritem. - Então pronunciaria as falas tentando parecer mais responsável, só que na verdade estava quebrando sua cabeça nessa missão. Se fosse uma missão de transporte... Ou ao menos só combater uns larápios, mas essa foi uma das piores para o meu caso.

Depois das falas me retiraria caso não houvesse problemas e daria passos firmes, não pisaria no gramado e tentaria demonstrar esforço e dedicação. No meio do caminho continuava a pensar no que fazer enquanto rodeava a casa, de começo procuraria lugares que pessoas pudessem ficar escondidas, depois entradas nas quais fossem as mais discretas, e por último daria uma olhada na mata, qualquer pessoa se podia se esconder ali facilmente, e isso me preocupava. ~ Como protegê-los de alguém dessa mata... Se eu ficar só vigiando ela, a parte da frente ficaria desprotegida, a não ser que aquele Mordomo a vigie... ~ E neste momento parecia que uma lâmpada acendia em sua cabeça, ele poderia se preocupar só com as laterais e a parte de trás se aquele mordomo ficasse vigiando também, então foi quando me dirigia até a parte da frente visando falar com o Mordomo.

Assim que chegasse perto do mordomo, se ele estivesse ocupado esperaria mas se não iria logo ao ponto. - Muito bem, Lifang certo? Eu preciso lhe fazer uma pergunta. O senhor fica aqui nesta área da frente durante a noite toda também? Se ficar só não ajudaria a vigiar como me deixaria um pouco menos... Despreocupado de invadirem. - Essa era a pergunta e questão essencial, se ele ficasse, reduziria seu trabalho em 50% o que é o máximo que poderia agir, se afirmasse, minha preocupação só seria com a parte de trás.


Personagem:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptySeg 16 Dez 2019, 21:46

O jovem Suzuk tentava contornar a primeira reação do seu protegido, mas o velho não dava bola ao que o rapaz tagarelava. Olhando para o horizonte, o mesmo aparentava estar cansado o bastante para trocar palavras com o rapaz. Ofegante o homem cuspia algumas tossidas enquanto limpava sua face com um lenço de cor rosa, claro como branco.

Trafegando pelo local, o rapaz podia notar que haviam apenas algumas cercas de arame que protegiam a casa do ex-marinheiro, o que podia ser alarmante para alguém que buscava proteger aquele local, ainda mais pela mata estar envolta daquela casa. Proteger tudo seria quase impossível, exceto se o rapaz tivesse ajuda. Focando suas atenções para o mordomo daquele casebre, o protagonista iniciou um diálogo que deixou o mesmo curioso.

— Infelizmente fico a noite toda. A senhorita me ajuda com os afazeres, mas não são todos que chegam aqui que o senhor Khan confia. Tenho que alternar meus afazeres. Quando o senhor Alfonse vem visitar a casa, eu ganho uma folga para fazer os afazeres da casa, mas enquanto isso não acontece, fico aqui — explicou o homem que cuidava aquela residência.

Enquanto conversavam, um barulho na mata podia ser ouvido, era alguma criatura correndo lado a lado e vinha na direção do casebre, perto do velho Khan, que não esboçava reação alguma. — Está vindo algo ali! — alertou o homem, apontando em direção, cerca de dez metros de onde estavam, no lado oposto ao portão.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Faktor
Civil
Civil
Faktor

Créditos : 10
Warn : The New Terror of Pirates 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2019

The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates EmptyQua 18 Dez 2019, 00:33

The New Terror of Pirates
Inicia-se a Missão #05


Legenda
- Falas #ff6600 - ~ Pensamentos #ffcc33  ~ - Técnica -



Paprecia que havia achado a solução de seu problema. O mordomo cuidava desta região no turno noturno e ele não parecia ser burro nem fraco então não precisava se preocupar com ele, mas algo lhe chama a atenção, o nome de uma outra pessoa pronunciada pelo mordomo, não ouviu tal nome ou leu sobre ele nos documentos mostrados por seu superior mas talvez fosse o outro homem da foto.

- Quem seria esse tal de Alf... - Ele mesmo cortava sua fala quando ouvia os barulhos na mata indo em direção ao Senhor Khan. Olhou rapidamente e melhor ainda após Li apontar de onde vinha e neste momento precisava fazer algo, provavelmente essa era a tentativa de assassinato, mesmo que esteja muitos presentes a pessoa teria artimanhas e não poderia deixar realizá-las.

Este momento era o de mais tensão, não sabia o que era na mata mas não poderia se descuidar então então começou a agir sem demora. Iniciou correndo em sua velocidade máxima e usando de sua aceleração para ajudá-lo, logo no começo desse trajeto tentaria tomar o cuidado com o jardim, um certo cuidado na verdade por que poderia ser um alarme falso mas não podemos arriscar. No meio do trajeto sacava com minha mão direita a mais acessível adaga que estavam em seu suporte logo as retirando e se tivesse proteção as retiraria também tentando fazendo e se esforça pra dar o máximo só com sua mão direita tendo bastante cuidado. Depois de já estar armado o que podia fazer é correr e esperar chegar a tempo.

~ Se ele for pego e morto minha reputação acaba... Não posso deixar! ~ Assim que se aproximasse esperando que sua velocidade fosse o suficiente para chegar ao Sargento a tempo, se botaria em sua frente caso fosse um inimigo e estivesse prestes a fazer um ataque, se não ficaria frente dele totalmente centrado na movimentação na floresta, se alguém avançasse em sua direção e estivesse com a intenção de atacar logo também avançaria, mas quando ela fosse atacar dependendo de sua direção me esquivava me esforçando o máximo possível tanto indo para trás, pulando pra um lado ou pro outro, agachando ou então pulando mesmo, e logo depois se caso estivesse no ar tentaria dar uma cambalhota dependendo da altura e quando estivesse realizando esticava minha perna direita fazendo meu calcanhar bater na contra a cabeça do alvo, depois se ele viesse ao não subiria em cima dele e o imobilizaria, caso não fosse ao chão buscava uma estocada rápida no corpo do alvo, visando acertar suas pernas ou seu braço dominante.

Caso eu não pule então eu tentaria me esquivar e depois desferir a estocada nos lugares já citados, nesse momento depois da estocada poderia ser realizada uma rasteira logo depois o imobilizaria ele já estando ao chão. Mas agora se por ventura não fosse possível o meu desvio tentava agir mais rápido que o inimigo, respondi rand bem fundo e fazendo o ar passar por todo o meu corpo visava realizar uma estocada letal e rápida, tentando ser mais rápida do que a do oponente. Com minha adaga preparada acertava a região de sus barriga podendo ser em qualquer área, e logo depois se fosse desferido algum ataque procurava resistir o máximo ao mesmo, e levaria seu punho direto a se fechar e cerra-lo, logo desferira um grande soco em seu rosto que pensava o fazer se afastar e então retirava sua adaga. Neste momento ficaria atento as ações do oponente e se caso ele continuasse a avançar tentaria as formas já ditas antes de detê-lo.

Agora, por via das dúvidas caso todo o alarde fosse só um animal selvagem me relaxaria, guardaria a adaga e respiraria um pouco para repor os fôlegos logo se dirigindo a Khan. - Bom, o senhor vi-viu que é bastante perigoso, pode acontecer imprevistos a qualquer momento então por favor tente se manter seguro junto a sua família, e desculpe por esse alarme falso. - Chegava e falava com o velho bastante natural mas ofegante pela corrida, neste momento procuraria algum lugar para se sentar e então ouvir se tivesse algo pra ouvir do velho, caso não só esperaria um pouco para se recuperar no local se o encontrasse.

Personagem:
 

Objetivos:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




The New Terror of Pirates Empty
MensagemAssunto: Re: The New Terror of Pirates   The New Terror of Pirates Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The New Terror of Pirates
Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: