One Piece RPG
V - Into The Void XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Amigo Secreto - PRESENTES
V - Into The Void Emptypor Volker Hoje à(s) 01:55

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
V - Into The Void Emptypor Midnight Hoje à(s) 01:31

» [Mini-Theodore]
V - Into The Void Emptypor Death-D.Obscure Hoje à(s) 00:58

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
V - Into The Void Emptypor Faktor Hoje à(s) 00:35

» O Legado Bitencourt Act I
V - Into The Void Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 00:28

» Apenas UMA Aventura
V - Into The Void Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 22:58

» Hinata Bijin
V - Into The Void Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:13

» Kit Alipheese/Shiro
V - Into The Void Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 15:37

» Jack Blackwater
V - Into The Void Emptypor Mad Ontem à(s) 14:34

» [Ficha] Daniel Joseph
V - Into The Void Emptypor DanJo Ontem à(s) 11:55

» mini-aventura
V - Into The Void Emptypor guatemaia Ontem à(s) 11:01

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
V - Into The Void Emptypor PepePepi Ontem à(s) 05:44

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
V - Into The Void Emptypor Polyn Ontem à(s) 01:10

» Evento Natalino - Amigo Secreto
V - Into The Void Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 00:00

» I - Conhecendo o mundo
V - Into The Void Emptypor Bijin Sab 14 Dez 2019, 22:58

» [KIT] Slade Wilson
V - Into The Void Emptypor Achiles Sab 14 Dez 2019, 22:22

» O vagabundo e o aleijado
V - Into The Void Emptypor Ghastz Sab 14 Dez 2019, 20:15

» [FP] Kozuki Orochi
V - Into The Void Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:34

» Kozuki Orochi
V - Into The Void Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:34

» (Mini) Gyatho
V - Into The Void Emptypor ADM.Senshi Sab 14 Dez 2019, 17:30



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 V - Into The Void

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : V - Into The Void 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: V - Into The Void   V - Into The Void EmptyQui 10 Out 2019, 15:55

V - Into The Void

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Caçadora de Recompensas Sophia Aldebaran Rockfeller. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptyQua 16 Out 2019, 16:19


Passo 1: Did My Time

Informações são algo que as vezes parecem nos perseguir… Não é todo dia que elas vem, e nem sempre que conseguimos. Mas uma coisa é certa… SE VOCÊ PROCURA UMA INFORMAÇÃO ELA DESAPARECE… Todas as pessoas que sabem dela são abduzidas… E bem… Provavelmente nunca mais saberá sobre nada daquele assunto.

Porém quanto menos buscamos respostas mais rápidas elas chegam, como se fosse algo programado pra me dizer “VAI TRABALHAR DESGRAÇA” e é… talvez eu tenha procastinado algum tempo, talvez não… Nunca saberemos… Seja como for o que a mocinha tinha dito, rapaz… Até que era mais útil do que histórias de calcinha que esperei ouvir…

Bom… Realmente tinha um pequeno ar de decepção por não ter nada do que eu estava esperando, e minha empolgação até caia, mas ainda assim. Trabalho é trabalho. -Bem que eu pensei que isso tava ficando meio fácil. Você viu procurados, e como você reconheceu eles?- Claro eu tinha que checar que não era mero rumor.

Não que isso afetasse muito as coisas, visto que… Ah…. Tudo que se acha nas ruas são rumores… Eu de certo preciso de algum tipo de cão farejador ou sei lá que diabos poderia me ajudar a achar esses imundos… De todo modo naquele momento soltaria o ar pela boca de maneira quase que semi involuntária enquanto escutava ela, fazia um som de quem estava um tanto entediada naquele ponto.

Depois de escutar ela, eu então levantaria da cama, faria alguns alongamentos pra esticar os braços, e em seguida outros para as pernas onde só ali eu iria finalmente poderia sentir meu corpo mais leve quando terminasse. -Lembra de pra onde ficava o local?- diria como a última informação que necessitava. Pois depois disso era tudo uma questão de estourar tudo provavelmente. Ou quem sabe apenas chutar eles por um longo tempo…

Seja como for, esse não é o problema agora e sim a minha preparação completa para poder ir em frente com isso. Antes de qualquer coisa eu retiraria para deixar no barco algumas coisas que estavam originalmente comigo. As roupas, as tintas, o lápis e caderno, também a mochila ficaria por aqui. Comigo apenas os equipamentos de combate para tal.

E assim que estivesse pronta falaria com Alexis por fim. -Certo. Você está pronta se sim, é hora de trabalhar sério.- estaria um pouco mais seria que o de costume, o motivo é que parecia envolver muitos inimigos no lugar e sejam fortes ou fracos, números atrapalham ações.

Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Capitão
Capitão
GM.Alipheese

Créditos : 37
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 25
Localização : Mawakun-3ª Rota.

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptySex 18 Out 2019, 11:01


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Uma nova caçada?






Sophia vendo como a informação pareceu ter caído sobre o seu colo, poderia suspeitar, afinal o destino não dava nó sem pontas, era como se a paz não reinasse enquanto ela não pudesse executar o seu papel, mesmo em uma cidade onde havia um grande policiamento por parte dos  marinheiros, haviam vários golpistas, vários piratas que almejavam alcançar a reverse e para um caçador de recompensas a cidade do fim, poderia lhe trazer sustento por uma vida ao destruir a escória, antes que ela começasse a ficar perigosa.  A moça teria tomado um ar e olhado para os olhos de Sophia, com alguma dificuldade. - De duas formas…. Eu não havia reparado de começo, é comum que cartazes de procurado estejam as vezes pendurados nos lugares...- Ela então teria fechado os olhos e apertado um pouco a mão contra o próprio peito, como se lembrasse da experiência assustadora.

- O que não é comum é que essas pessoas frequentem esses lugares… Era quase como um modo de se exibir?- Ela teria se questionado, antes que pudesse explicar melhor. - A primeira das formas, foi realmente ver no lugar e reconhecer os rostos… Eu pensei que talvez pudessem ser falsos mas, no meu caminho para cá, eu vi em alguns outros lugares os mesmos cartazes.- Ela teria dito então respirando fundo mais uma vez antes que pudesse concluir. - Assim que eu conseguisse me vestir… Eu… planejava ir reportar a algum marinheiro ou caçador e apontar os cartazes.- a garota teria dado uma resposta até que bem completa, estava assustada e isso dava mais veracidade ao que ela havia visto, não era algo que pareceu jogado aos ares ou simplesmente uma perda de tempo.


Então a  pergunta que era mais importante era realizada, talvez como sucessão ao que ela havia dito. - Lembro como cheguei lá, posso te levar até o lugar… Mas olha.- Ela teria mostrado um cartãozinho datando a noite anterior, tendo inclusive o horário. -  Aqui tem o horário que eles abrem e sem um desses do dia de hoje, vamos acabar indo parar no lugar errado… Felizmente eu sei onde conseguir um novo.- Ela então teria explicado, deixando que a caçadora pegasse o cartão se quisesse para ver melhor ou fazer o que quisesse.


Alexis teria chegado em meio a aquele papo, o que teria dado espaço para que a moça procurasse um lugar privado para se vestir, caso ainda não tivesse se vestido e que a rosada respondesse - Vou só pegar o bastão, volto em um segundo.- Ela teria  ido alcançar o bastão que não estava a muito mais do que alguns passos de onde se encontrava no momento e então retornaria dizendo. - Estou pronta.- Era um tom animado e  bem gracioso, que continha a fofura e a ameaça na medida certa, tinha um grande sorriso no rosto, bem animado.  A garota teria esperado pelo que elas ali teriam dito, para que pudesse traçar um rumo do que poderia acontecer ali e agir de acordo.


histórico:
 

____________________________________________________


V - Into The Void >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptyDom 17 Nov 2019, 09:04


Passo 2: Prepare to War

Eu acreditava que a garota estava um pouco equivocada sobre um detalhe, imaginar que criminosos não estão em todos os lugares é uma inocência tamanha. Afinal pode ser desde o cara da feira de frutas, ao cara estranho com sei lá, turbantes, bom, talvez o cara do sombreiro não… Mas quem sabe… Sombrero, mustache… Há…. Saudades de gente comum… Por que esses nunca são os procurados mesmo? Por que sempre tem que ser algum doente estranho com gostos peculiares? É… Não há muito o que fazer, azar que chama né? Bem NÃO… ISSO SE CHAMA PLANOS MAQUIAVÉLICOS DO DESTINO… SEU… AAAHH…

Respiraria um pouco antes que eu perdesse completamente a compostura aceitando ver o convite que ela tivesse com ela de certo modo olharia de maneira superficial apenas para que pudesse compreender do que se tratava sem rodeios. Então comentaria de leve sobre tal assunto que ela tinha abordado, até por que ela me levar seria algo útil, a pergunta é que bem, ela é a médica certo? Se eu me ferir tudo bem, se a rosada se ferir tudo bem… Mas assim… Se ela se ferir quem cuida dela? Rapaiz… O negócio é a gente apanhar e deixar ela correndo por aí. -Bom, o ideal é que você me mostre o lugar, mas não quero que se envolva muito, afinal eu vou precisar de alguém pra consertar minhas fraturas expostas, e meu pulmão perfurado por uma costela no final da luta… Então é bom que você esteja inteira não é?- Diria isso colocando a mão no queixo coçando a parte de baixo dele pensativa, até porque seja lá o que me acontecesse se, é bom esperar o pior.

Naquele ponto eu esperaria que ela se vestisse e enquanto eu apenas me prepararia vestindo as luvas que tinha comprado anteriormente, ao mesmo tempo que eu guardava as coisas que carregava comigo na mochila, tintas, papéis, e todas essas pequenas coisas, eu iria deixar no barco, exceto por uma camiseta extra, pegaria a camiseta extra para amarrar na cabeça como se fosse uma touca. Eu tinha uma leve ideia do que fazer com aquela camiseta na cabeça, eu por alguns instantes tinha a breve impressão que simplesmente não dava para simplesmente lutar. Pelo que ela falava tinham muitos homens por lá, então um plano é uma boa.

Assim que eu tivesse guardado tudo, eu voltaria então para onde elas tivessem e sabendo o que eu sabia, eu as chamava. Eu levaria comigo apenas 300.000 do meu dinheiro deixando o resto na mochila dessa vez, eu realmente não estava certa do que poderia acontecer então estar com as coisas no barco era relativamente mais seguro, e esse dinheiro, ia servir primeiro para meu plano. -Bem estou pronta, então vamos seguindo, temos muito a fazer.- E assim deixaria que a moça me guiasse para o local onde pudéssemos conseguir o tal ticket, eu caminharia com calma e tentando não levantar muitas suspeitas, por mais que a bandana camiseta na cabeça não fosse lá talvez o mais normal? Né? Piada… Todo mundo faz isso… Eu acho…

Ao chegar no local eu deixaria que ela falasse com as pessoas, pois ela já tinha feito o processo antes, e se fosse necessário desembolsar algum dinheiro eu pegaria do que eu tava carregando comigo e pagaria o que fosse preciso para receber o item que me permitiria sentar a mão nesse grupinho de vagabundos… Apenas deixaria as coisas rolarem, interferiria apenas em caso o cara tivesse se negando a dar o convite ou algo do tipo, e nesse caso eu diria.-Poxa libera aí tio, a gente só quer jogar rapaz... - me debruçando no balcão dando aquela piscadinha pra chamar atenção.

Se tudo desse certo, caminharia junto delas para algum lugar que vendesse bebidas alcoólicas e talvez um isqueiro, eu procuraria pelas lojas que tinha visitado anteriormente e assim que achasse alguma aberta adentraria no lugar já pedindo o que eu queria. - É o seguinte, me dê 6 garrafas de bebida alcoólica, da mais forte que tiver. E 2 isqueiros, e um cigarro também, na verdade um maço deles.- Era uma boa ideia, pois daria pra deixar parte com Alexis e parte comigo. Mas primeiro focaria nas compras.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Capitão
Capitão
GM.Alipheese

Créditos : 37
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 25
Localização : Mawakun-3ª Rota.

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptyDom 17 Nov 2019, 16:09


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Um Barman com problemas de temperamento.





Enquanto ouviu um pouco mais sobre os detalhes, mostrou-se evidente a preocupação com a médica dentro daquele plano afinal, sem ela como seria possível que cuidassem de seus ferimentos? Não podia contar sempre com a possibilidade de estar em um lugar onde lhe ofereceriam um serviço gratuito de saúde e amoça de algum modo acabou rindo um pouco, levando a mão até a boca, antes que comentasse. - Você tem razão, é melhor que eu não atrapalhe, se as coisas ficarem feias… Por falar nisso, acho que nem me apresentei, foram tão gentis comigo…. Eu sou Nerissa Summers….- Comentou a morena se sentindo muito mais segura dada a preocupação que era direcionada a ela e ao seu bem estar, seu tom demonstrava também isso.


Preparando-se para o combate culinário, a caçadora e também sua parceira acompanharam a moça por um tempo, onde acabariam após um tempo relativamente curto, chegando no que pareceu ser um bar. Já do lado de fora era possível perceber uma sensação mais aconchegante vindo do local, apesar de não ser muito movimentado dado o horário. Quando adentraram, poderiam ver que havia a disposição mesas circulares muito similares a ideia de um restaurante, provavelmente porque a comida também era um bom atrativo. Mais ao canto, havia um balcão onde haviam várias bebidas atrás de um moço que tinha um mustache bem chamativo, que não combinava com a coloração loira e pintada de seus cabelos.


Nerissa havia se aproximado do balcão, subindo em uma das cadeiras para sentar-se e ficar na altura do homem para então falar com ele. Era notável que havia uma tensão na moça, talvez fosse timidez? Ou talvez…. Algo que descobriria muito em breve? - Vin...Eu acabei perdendo a hora, dormi demais… Pode me conseguir outro convite?- Falou ela de maneira bem convincente, onde tanto em sua voz como também em seu olhar havia culpa, como de um cão arrependido. No entanto o homem que agora estava limpando um copo, o teria abaixado de modo que quando o estourou apertando os cacos de vidro não teriam afetado ninguém que não fosse ele. As veias de sua testa, mostravam-se aparentes, tais quais seriam também a de seu pescoço, em uma cólera desproporcional ao que estava lidando. - COMO ASSIM NERISSA? COMO VOCÊ PERDEU A HORA? EU JA NÃO TE FALEI PRA TER UMA ROTINA DE TRABALHO MAIS SAUDÁVEL? QUE ÓDIO DE VOCÊ! Ele então acabou lascando a mão no balcão de modo que rachou a região ao redor do próprio punho, como um feito de força absurdo.

- Não é assim Vin… Eu estou me cuidando...- Ela teria dito colocando a mão a frente como se tivesse se explicando ali, parecia que se conheciam de longa data e de um jeito bruto o rapaz preocupava-se com ela. Onde então uma outra voz poderia ser ouvida de fundo - É BOM QUE O BARULHO SEJA DE UM CLIENTE FAZENDO CONFUSÃO, DO CONTRÁRIO VOCÊ TA NA RUA VINLAND! uma voz feminina teria acabado percorrendo por ali mesmo que bem distante. Onde o homem teria respirado profundamente onde pareceu se acalmar pegando de um porta cartões um passando o novo endereço, horário e senha de acesso do dia. - Quero que você se cuide certo? Este lugar tem gente perigosa e eu não quero ver uma colega de infância em uma situação ruim, em que eu dei a ferramente para que isso acontecesse.- Ele nesse momento teria colocado o cartão na mão de Nerissa a fechando, quando ele fez isso era notável que mesmo tndo esmagado um copo a pouco, não havia em sua mão cortes ou resquicios do vidro, mostrando-se através de sua ação um lado mais gentil.

Alexis, enquanto isso não conseguiu parar de olhar para o mustache do rapaz, que era plenamente artificial, talvez até mesmo parte do uniforme dali, pois pareceu grudado com uma cola barata em seu rosto. Ele então a encarou como se fosse matá-la onde seus olhos teriam se arregalado e era como se ele gritasse PARA DE OLHAR PRO MEU BIGODINHO!. No entanto, quando Nerissa começou a falar com ele ele teria amansado um pouco. - Obrigada Vin… Desculpa causar problemas… Como é, você deveria tentar algum emprego com a marinha, nem que fosse algo de escritório...- Ela teria dito como sugestão sincera onde ele teria dito. - Não sie se daria certo, eu odeio me expor a violência e…. Se tivesse alguma ordem atravessada, eu talvez acabasse dormindo na prisão por socar o nariz de alguém… É melhor eu procurar outra coisa mesmo...- Ele teria dito acenando para as três moças, Para Sophia e Nerissa com um sorriso, no entanto para Alexis? Ele fazia o sinal de um punho com uma das mãos, enquanto começava a com a outra apertar o balcão deixando a marca de seus dedos, porque sentiu que ela implicava com ele. Nesse momento não era possível ver, mas como um espirito travesso a rosada estava de fato mostrando a língua pra ele enquanto saiam.



Com o problema resolvido, teriam passado em uma loja ao qual haviam visto no caminho de conveniências, onde uma moça de cabelos azulados e uma expressão de quem não era muito inteligente os atendia, com o pedido que era feito ela teria separado tudo, mas em uma velocidade que fazia-se questionar se ela ajudava ou atrapalhava nos negócios, pois parecia tão útil quanto pegar uma gripe. - São…. 40.000 Pelos dois isqueiros… 10 mil pelos maços… e 60 mil pelas mangustos...- Mostrou ela anotado o preço mas não a soma total do valor, onde ela teria emitido a nota um por um dos produtos de forma pouco eficiente. Mangusto tu me perguntaria? Bem tratrava-se da bebida com maior teor alcólico que tinha lá na loja onde ela trabalhava. Uma vez que tivesse recebido, poderia deixar o ambiente quando quisesse e quando fizesse Alexis perguntaria.

-Por que os cigarros? Eu entendo a ideia do isqueiro e de garrafas…. Mas não a do maço…. Foi pra disfarçar? A rosada teria perguntado com uma dúvida sincera.


histórico:
 

____________________________________________________


V - Into The Void >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptySex 22 Nov 2019, 08:17


Passo 3: A Girl With a Plan

Aparentemente conseguir as nossas coisas era relativamente fácil, a menina sem calcinha aparentemente tinha algumas coisas estranhas as quais se envolvia, amigos medianamente esquisitos… Mas quem era eu pra falar sobre isso… Todo mundo conhece seus contatos estranhos, então tudo bem, ao menos ele tem um mustache, deve ser mais normal… Dava de ombros pra aquela situação enquanto bocejaria durante quase todo o caminho, estava ficando um pouco entediada, porque estava estranhamente pacífico…

POR QUE TANTA PAZ EM??? EEMMEMMMM? AAA CARA… TEM CAROÇO NESSE ANGU, PAZ ASSIM NÃO EXISTE NO MEU MUNDO, TU TA PLANEJANDO O QUE? EM? EM? Olha lá viu… Eu acabei de me organizar, não vai tocar fogo no meu barco de novo… Diria com os olhos semi fechados, enquanto pensava nas possibilidades caminhando depois que pegasse as bebidas e cigarros, e naquela horas responderia Alexis quando a ouvisse me perguntando sobre essas coisas, voltando ao mundo real.

Assim olharia pra ela mas sem parar de caminhar e começaria a falar para ela sobre o que eu tava pensando, mas claro não antes sem uma descontraçãozinha. -Plano? A gente não vai beber e fumar tudo? Achei que era a ideia- diria puxando a palpebra inferior do olho pra baixo, e mostrando a lingua pra ela. Eu não sou realmente boa nessas coisas mas tentar não custa nada não é? E então depois de alguns segundos eu realmente falaria das intenções reais por trás disso. -No caso, eu estou pensando em parecermos mais marginais, digo, ninguém suspeita de alguém bebendo e fumando em um lugar desses certo. Coloca um cigarro atrás da orelha, e sai caminhando meio solto como se não tivesse coluna saca?- dizia soltando os braços e caminhando meio corcunda de modo a mostrar do que eu tava falando.

Olharia então pra ela falando. -Viu? Um marginal anda mais ou menos assim. E também da pra deixar um olho mais aberto e outro fechado e quem sabe fazer um gingadinho pra lá e pra cá como se estivesse muito bêbada.- voltaria a andar do jeito normal e então coçaria o queixo pensando sobre o assunto. E começaria a caminhar em direção ao barco. Olhava pra pequena e então falava com ela naquela hora. -Como ainda temos tempo vamos pro barco, e vamos conseguir mais algumas coisas. Acho que talvez eu inaugure a forja. Vamos passar no nosso colega ferreiro pra comprar mais materiais.- então decidindo isso caminharia em direção a loja que estávamos anteriormente para perguntar pelos materiais e o preço deles.

Quando chegasse no local eu entraria normalmente ou se a porta estivesse fechada eu então bateria chamando por ele apenas com assobios e fazendo barulho até que atendesse. De todo modo se eu conseguisse entrar naquele lugar então sim, finalmente iríamos poder pegar material para construir coisas úteis pra mim. - Então, voltei aqui por que quero material pra forjar, tipo, ferro, ou aço, se tiver, quero fazer algumas armas para mim e bem, preciso de material, quanto custa ferro para 4 armas? Eu precisaria meio que fazer algumas bem robustas. Quero comprar também, borracha pra fazer o revestimento interno das minhas luvas pra que elas sejam confortáveis, você tem algo aí?- Diria coçando o pescoço, tava com uma coceira danada ali na lateral esquerda… Será que é sujeira? Ou foi um bicho que me mordeu? Sei lá, saporra ta coçando, só sei disso...

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Capitão
Capitão
GM.Alipheese

Créditos : 37
Warn : V - Into The Void 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 25
Localização : Mawakun-3ª Rota.

V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void EmptySex 22 Nov 2019, 11:03


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Um modelo de negócios estranho.




Era um pouco engraçado como em face  a semelhança de seu comportamento mais explosivo a caçadora achava mais peculiar aquele tipo de situação, dentro dos contatos que a moça tinha, algo que talvez fosse estranho pelo fato do modo como cresceu ser diferente daqueles que tiveram condições sociais de se desenvolverem e relacionarem de forma diferente da dela, o que aqueles com todo o contexto poderiam entender.

Enquanto caminhavam, a tentativa de brincadeira havia feito com que tanto Nerissa como  também Alexis tivessem rido um pouco, em especial pelo modo como ela tentou  ao mostrar a língua deixar mais claro o tom que aquilo ali tinha e então era possível ver que Alexis tentava imaginar aquele tipo de situação de como seria uma versão bandida dela mesma onde uma imagem de si mesma com boné e óculos escuro se deu em sua mente, até a postura era bem clara., era uam visão glamurosa de si, diferente da retratada pela caçadora, que novamente foi  motivo de descontração onde Nerissa dessa vez teria comentado - É um jeito diferente de abordar, acho que funciona também, talvez… Se eu tivesse pensado nisso não teriam  aberto tanto a guarda pensando que eu não representava ameaça...- Ela dizia sem pensar muito, algo que na verdade poderia sim ser um comentário bem útil a depender de quem o ouvisse, naquele lugar? Provavelmente não teria sido percebido de toda forma.


- Inaugurar a forja? Parece uma boa ideia!- Comentou ela em um tom mais animado, pensando no tipo de ocisa que poderia sair de lá, apesar de  ter acordado o dia com o diabo lhe espetando com o tridente para provocar mais,  ainda estava bem animada com a possibilidade de tudo que poderia ocorrer dentro daquele dia, e não seria difícil para que decidissem ir em encontro a Kamui para comprar materiais, era uma pessoa de confiança que não vendia caro demais e também havia a ensinado bastante, então pareceu ser um lugar legal de se ir. Quando chegou, teria encontrado a porta com o sinal de aberto, podendo adentrar normalmente ao local e quando o fizesse teria visto uma negociação um pouco… Péculiar… É, realmente Péculiar e não peculiar, pois poderia ter visto que com algumas fotos sobre o balcão espalhadas estava a marinheira Cat ao qual conheciam ali fazendo seus negócios.  Caso se aproximasse mais poderia ver que havia algumas fotos de pé diferentes, todos femininos… É isso mesmo, Catherine estava negociando com Kamui um pack de pé pelos seus serviços no lugar de dinheiro. Seria falta de verba do governo ao pagar o salário? Seria ela a inventora de um novo método de pagar absurdamente eficaz?

Seria difícil de se imaginar mas, certamente enquanto não se vendesse água de banho, não estava longe demais. Ela então embaraçadamente quanto tivesse as notado teria tentado juntar tudo, enquanto o velho ainda coçava a barba pensativo, com uma tranquilidade absurda no que estava ali fazendo. - N-N-Não é o que estão pensando eu.. é… Um jeito fácil de conseguir desconto… e... Ela simplesmente balançava as mãos e quanto mais tentava se explicar mais se enrolava. E lá, teria o senhor respondido as demandas da caçadora. - Tudo bem minha filha, vou dar uma olhada no que eu tenho aqui, dentro da mesma faixa de preço como opção também, caso você queira dar uma revisitada na caixa de ideias. Ele então teria continuado  a coçar a barba, enquanto caminhou mais para o fundo para pegar as coisas, deixando  as quatro ali em uma situação um pouco constrangedora, para Cat claro, que havia sido apanhada em um esquema honesto porém… Nada honroso. Ela tentou então trocar o assunto - Bem… Vocês estão atrás de algo? Eu bem que poderia gostar de mais uma aventura fora do balcão… Eu não ganho muito bem ali e da ultima vez que trabalhamos juntas foi bem divertido. Ela comentou com um sorriso no rosto, tentando guardar as fotos em um saquinho.


Quando Kamui voltou, além do ferro e do aço, ele havia trazido também a ela uma versão do aço inoxidável para que não oxidasse e dois tipos de borracha, para que ela pudesse testar qual era mais confortável para se usar na luva. - Estes são os que eu tenho, os tipos de metal são todos pela mesma faixa de 50.000, sei que não em pediu este terceiro mas, quis te deixar a opção de usar o inoxidável se atender melhor as preferencias, a borracha sai certa de 15.000, tenho luvas de borracha já feitas que custam 10 mil a mais… De toda forma… Cat sobre o seu pedido… Considere aceito o preço é justo. Ele teria dito colocando sobre o balcão uma luva adaptada para o estilo de combate da marinheira muito bem feita, onde ela teria entregado o saquinho em troca.


histórico:
 

____________________________________________________


V - Into The Void >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




V - Into The Void Empty
MensagemAssunto: Re: V - Into The Void   V - Into The Void Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
V - Into The Void
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Loguetown-
Ir para: