One Piece RPG
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Licia Hoje à(s) 06:53

» The One Above All - Ato 2
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 02:57

» Um novo tempo uma nova história
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 01:57

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:57

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:05

» Arco 3: Entre a Luz e as trevas!
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 00:01

» Livro Um: Graduação
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 23:36

» As mil espadas - As mil aranhas
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:14

» Ballu
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor DarkWoodsKeeper Ontem à(s) 21:32

» [ Ficha ] Resin Callahan
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Dogsofain Ontem à(s) 21:06

» Rumo à Grand Line?
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Handa Ontem à(s) 20:16

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Dante Ontem à(s) 20:06

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 19:49

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:15

» Cap.1 Deuses entre nós
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:14

» Kizumonogatari
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 17:47

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 17:36

» Alipheese Fateburn
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 17:18

» Um Rugido Inicial
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Revescream Ontem à(s) 16:39

» Enuma Elish
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 16:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQua 09 Out 2019, 16:41

Relembrando a primeira mensagem :

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) marinheiros Julian D'Capri, Noelle Eisenhower, Noskire M. Hughes. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
ADM.Noskire
Civil
Civil


Data de inscrição : 22/02/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyDom 15 Mar 2020, 12:42




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Com a vitória do seu amigo e o urro de comemoração dos demais, Noskire não pôde evitar um leve sorriso, apesar das dores e dos medos que sentia. Com auxílio, pois estava num estado tão deplorável que fazer algo por conta própria era quase impossível, foi levado por mais um lance de escadas, até onde estava a Capitã, Noelle e, mais importante, a sua irmã!



Era incrível como ver o rostinho angelical da sua irmã o fazia esquecer de todos os seus problemas, mesmo que fosse momentaneamente. O abraço da pequena trouxe suas dores de volta, mas fodam-se suas dores, estava com a sua irmãzinha novamente e ela estava bem, era o que importava! — Como você está? Me falaram que você agiu como uma verdadeira marinheira! — Brincou, tentando aliviar a tensão que a pouco era palpável! — Estou muito orgulhoso de você, minha irmã favorita! — Brincou novamente, com Elicia sendo a sua única irmã e, consequentemente, sempre possuindo tal título.



Focando em assuntos mais urgentes, buscou por Marcel, mas este já havia pego um bote e seguia até a ilha. — Que rápido! — O navio, com o mastro destruído e um foco de incêndio no andar inferior, causado pelos piratas, obviamente, parecia ter como único destino o fundo do mar. Apesar de não ser carpinteiro e nem possuir nenhum conhecimento da área, o marinheiro sentiu-se um pouco triste. O navio da marinha era imponente e os havia servido para transporte e proteção, além de proporcionar ótimos momentos, como a pescaria na noite anterior. Com dois tapinhas no seu casco, diria baixinho: — Até mais, e obrigado pelos peixes!



Viu os demais marinheiros prendendo os piratas derrotados e, devido a sua condição, sequer tentou se levantar e ir ajudá-los. Sem médico próximo e precisando esperar até sua vez, usaria seus conhecimentos básicos de medicina para realizar os primeiros socorros em si mesmo e em quem mais precisasse. Dessa vez possuía um Kit Médico para lhe auxiliar, não precisando rasgar sua própria farda para usar como bandagem. Também analisaria a sua irmã, em busca de machucados, por menor que fossem, para tratá-la da melhor forma possível.



Após tratar de sua irmã, de si mesmo e dos aliados, passaria pelos piratas capturados e os analisaria com seus olhos, em busca de ferimentos mais graves. Se visse alguns com hematomas, cortes leves ou qualquer outro tipo de machucado que fosse curar com o tempo, deixaria-os à própria sorte. Contudo, se visse algum pirata com um ferimento grave, o qual pudesse piorar e resultar em amputação ou morte, se aproximaria e trataria da melhor forma possível. — Calma, só quero ajudar! — Afirmaria, no caso do pirata se mostrar agressivo de alguma forma. Se terminasse de prestar os primeiros socorros adequadamente, diria: — Como pagamento, gostaria que me respondesse apenas uma pergunta… Por que vocês nos atacaram?



Não era necessário dizer que, após tanto sufoco, não se separaria de sua irmã sob hipótese alguma. Ainda assim, se fosse tratar algum pirata, pediria que ela se mantivesse alguns passos afastada, longe do alcance daqueles seres repugnantes, mas ainda visível e farejável¹ pelo marine.






¹Tenho Olfato Aguçado e Elicia usou o perfume que fiz para ela, então estou supondo que consigo sentir o odor dela mesmo a uns 5~10 metros de distância.




Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQua 18 Mar 2020, 20:05




Adeus merry! O fim da disputa naval!
Julian D’Capri

A espera foi longa, a batalha árdua, mas a recompensa foi melhor, todas as batalhas promoviam um grande valor de aprendizado, com essa não seria diferente, dessa vez o samurai entendia o quanto uma diferença de tempo poderia superar uma diferença de força, e graças às técnicas guardadas em seu arsenal mental é que ele pode mais uma vez ultrapassar seus limites, o resultado foi claro, vitória.

Seus sentidos pareciam voltar aos eixos com a baixa da adrenalina, sua respiração podia diminuir a intensidade e o coração acalmar o ritmo, caso fosse a verdade, então as dores em seu corpo fariam o mesmo e acompanhariam, seu ferimento no ombro arderia e os hematomas pulsariam quase que em sintonia, marcas do pequeno embate que poderiam doer agora, mas com o tratamento certo não iriam piorar, por sorte Julian é médico e saberia o que fazer quando chegasse a hora.

A alegria de seus companheiros era sem dúvida alguma um ótimo motivador e anestésico, ele não entendia o porque tanta comemoração, mas inevitavelmente também acabava ficando feliz por tabela, todavia as palavras ásperas e certeiras da capitã davam motivação e norte a todos, centralizando-os, o sargento não mostraria menos serviço e partiria para auxiliar os que mais precisavam, ele começou a organização e sentia que o mais certo seria acompanhar a desorganização desta, ajudando os feridos e mais necessitados ele colocava-os no bote, auxiliava quem precisava de ajuda para carregar algo ou até descer o bote, ele queria dar auxílio aos companheiros que confiaram nele.

Ao terminar de organizar tudo e prestar seus serviços ele então verificaria se seria o último a bordo, ou um dos últimos já que todos vão em botes, e se assim fosse ele tomaria seu lugar na pequena embarcação, juntamente de sua mochila com suas coisas dentro e caso houvesse alguém ferido a bordo ele cuidaria dessa pessoa, isso se não fosse conhecido, no caso de ser Asuna, Noelle ou Noskire, esse caso o deixaria intrigado, mas não o faria negar atendimento.
- Parece que você se machucou feio dessa vez. - Diria terminando de fazer o check up e partindo para a cirurgia.

Assim que não houvesse ninguém mais ferido em seu bote o médico então cuidaria de si, seu ferimento no ombro necessitava de certa atenção, e visto que tudo estava se tranquilizando era melhor cuidar desse ferimento agora do que deixar para depois e não ter tempo.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQui 26 Mar 2020, 15:35



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
Enfim o grupo voltou a se reencontrar depois de toda confusão, vi Elicia ir para seu irmão e por fim D'capri finalizar um dos mais fortes piratas inimigos. Soltava um suspiro de alivio imaginando que estava tudo encerrado, mas nossa capitã ainda dava ordens para serem realizadas. E mesmo que quisesse dizer que me faltava disposição, fiz força para ficar de pé e me pronunciar em alto e bom som para ela — A suas ordens, capitã! — Pegava minhas coisas em seguida e com tudo em seus devidos lugares, seguia caminhando para auxiliar os demais soldados da maneira que fosse preciso, sendo no tratamento de machucados ou prisão dos piratas.

Você tem o direito de ficar calado, tudo que disser será usado contra você! — Sempre quis dizer isso e não perderia a oportunidade de falar para cada um dos prisioneiros que fossem feitos. E se mesmo depois de resolver as coisas na embarcação fosse necessário limpar o porto, finalmente desembarco para lá prosseguir agindo como uma marinheira, fosse com prisões ou em perseguição aos criminosos que restaram.

Não corra ou vou atirar na sua canela! — Ameaçava qualquer pirata que ousasse sair correndo, mas obviamente o máximo que seria feito é um tiro para o alto... Quando surgir um tempinho para revisar meus ferimentos decido aproveitar para o fazer, trocando bandagens e o que fosse possível para não piorar os meus machucados, o mesmo serve para os feridos que estivessem próximos.

Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 18
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyTer 31 Mar 2020, 21:58

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Depois de um abraço apertado e caloroso de sua irmãzinha, Noskire procurava a companhia de seus companheiros. Logo se via entre Julian, Asuna e Noelle. Apesar das condições da embarcação, ela não estava a ponto de afundar. Se o tivesse, as perdas para a marinha seriam maiores ainda. Todavia, ela também não estava em condições de navegar, mas os ferimentos mais graves podiam ser tratados ali. Assim, Julian e Noelle o ajudavam, vendo o péssimo estado em que o Sargento Hughes havia ficado; sua irmãzinha, entretanto, encontrava-se saudável. Sendo a maioria do dano provindo de concussões, apenas o tempo o ajudaria, mas as dores eram aliviadas. A Sargento Noelle também tinha ferimentos sérios nas costas, mas logo eram alvo da assepsia e soltura pelas mãos de D'Capri. Este apresentava algum machucado, mas era rapidamente tratado, dada a sua superficialidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Um tanto melhor, o Sargento Noskire conseguia, ao menos, realizar alguns procedimentos básicos em outros marinheiros e, em toda sua generosidade, também avaliava os piratas presos. Vários deles tinham levado tiros, mas não corriam risco de vida. Entretanto, um caso em particular o chamou a atenção. Um dos piratas convulsionava e logo o médico se adiantou, repousando sua cabeça lateralmente, como havia apreendido, mantendo-a firme para que o paciente não se engasgasse ou machucasse a própria língua. Seus olhos reviravam e os braços contraiam rente ao corpo, tão tesos que nem se estivesse bem, aplicando toda a sua força, poderia se opor àquela insólita reação do corpo. Era tudo que podia fazer por ele. Alguns minutos depois, o homem parava de convulsionar, voltando à realidade de forma torpe. Era de se esperar que não estivesse entendo o que acontecia e, dado o tempo necessário para que se situasse, ele dizia — V-você cuidou de mim? - indagava em tom dúbio — Por quê?! Eu feri os seus, senão os matei! - era nítido que não compreendia a ação do marinheiro. Cabisbaixo, o homem passava alguns minutos refletindo, finalmente respondendo a pergunta do Sargento — Porque vocês são da marinha... e... e aqui funciona um porto chave do tráfico de drogas... - comentava, desviando o olhar e nada mais comentando.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Destarte, o grupo entrou no bote, tão logo ele voltou. Hughes, Elícia, Eisenhower, D'Capri e Asuna embarcavam e navegavam lentamente em direção ao porto. Lá, seus companheiros já atuavam. Alguns soldados carregavam caixotes, enquanto outros empurravam tamburões. Ambos objetos eram conduzidos para o centro da região portuária, onde agora encontrava-se a Capitã Kokai — Há muito mais remessas! Tragam tudo para cá! - ordenava. Era um estranho momento após a tempestade e, se desejassem, o grupo poderia ficar parado, em razão de sua patente, sem por a mão na massa, apenas ordenando a ação dos soldados. Porém, havia bastante trabalho a ser feito - trabalho pesado que requisitava bastante mão de obra. Ainda, Noskire e Noelle deveriam tomar cuidado com os seus ferimentos e o esforço empregado, a fim de que não piorassem a sua situação.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dito isso, a pilha de caixas aumentava mais e mais, ocupando uma área gradualmente maior — Abram três de cada tipo de caixa! - a Capitã ordenava. Quando os soldados seguiam as suas ordens, os Sargentos logo percebiam que em uma das caixas se podia encontrar uma substância verde-castanhada, parecida com erva; noutra, uma substância semelhante a um pó branco e, no terceiro tipo de invólucro, uma substância de cor que se aproximava do rosa — Isso é... estávamos completamente certos. Queimem tudo - a Capitã ordenava, sem hesitar. Após, se aproximava do grupo de sargentos — Sargento Julian e Sargento Noelle, vocês fizeram um ótimo trabalho, foram essenciais, cada um eliminou um dos líderes piratas... Quanto a você - alternava o olhar para Hughes — Os irmãos Feurbach me contaram... Obrigado por manter a situação lá embaixo sob controle. Teria sido um desastre se não o tivesse feito - a marinheira reconhecia. E era verdade. Se não tivesse sido capaz de segurar as pontas, talvez os danos tivessem sido irreparáveis.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dessa maneira, com uma fogueira que ardia vorazmente, formando uma coluna mastodôntica de fumaça, os marinheiros completavam a sua missão — Mas não relaxem! Ainda temos trabalho a fazer! Precisamos chegar ao fronte e apoiar a ofensiva que irá ocorrer do outro lado da ilha! Iremos a pé, já que não temos um barco! Não temos tempo a perder! Já entrei em contato com o QG e logo um navio virá resgatar quem não poder lutar. Os que puderem, se alinhem! Preciso ver quantos homens teremos à disposição! - a Capitã instruía — Quero que fique um soldado para cada três feridos! Quem pode lutar?! - indagava, em bom tom, de modo que todos nos porto podiam escutar os seus comandos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, o grupo tinha algumas opções: 1) apoiar o fronte; 2) ficar e cuidar dos marinheiros feridos e vigiar os prisioneiros; 3) realizar a primeira opção após o resgate chegar ou ir embora junto a ele.






Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 56
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQua 01 Abr 2020, 14:49




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Para a sua surpresa, apesar de não ter sido algo tão surpreendente assim, suas habilidades de socorrista foram necessárias ainda no navio e, sem vacilar, correu em auxílio do pirata. Após ajudá-lo como podia e ver que o mesmo se encontrava melhor, fez sua pergunta e, por um bom momento, recebeu apenas silêncio. Lembrou do loiro que havia capturado em Lvneel e se perguntou se todos os piratas eram mudos ou algo assim.



Contudo, a resposta finalmente veio, deixando o marinheiro com seus pensamentos. "Então fomos atacados por ser da marinha e nada mais… Inimigos naturais vociferando um contra o outro, sem sequer dar chance de defesa, sem dar chance de rendição..." Era uma situação triste, mais um lado sombrio da vida, a qual tornava-se cada vez mais cinza para o jovem marinheiro. Sem poder mudar aquela realidade, deu um longo suspiro, exausto, antes de deixar o pirata com os seus e voltar para seu grupo. Sua irmã lhe esperava por ali e vê-la fez com que os pensamentos soturnos do sargento se esvaíssem rapidamente. — Vamos? — Indagou, segurando a mãozinha da sua irmã com a sua e indo até o bote que se aproximava.



Com sua irmã ao seu lado, sentia-se mais feliz, mais faceiro, e decidiu brincar com o grupo enquanto o bote não chegava à ilha. — Asuna-san, acho que não tive a oportunidade de agradecer pela ótima comida que você fez! Julian-san deixou eu provar um pouco! — Um largo sorriso surgiu no rosto do marine, pura trakinaria. — Ele disse que adoraria comer mais, quando tivesse a oportunidade! A Noelle-san deveria provar também! — Olharia para o médico com o canto dos olhos, ainda risonho. — Já eu vou me contentar com a comida da minha irmãzinha! — Afirmaria antes que o loiro pudesse reverter a situação, bagunçando os cabelos de sua irmã.



Quando chegassem em terra firme, ajoelharia-se na areia e a tocaria com as mãos, apertando-a e sentindo enquanto a mesma atravessasse os espaços entre seus dedos. — Finalmente terra firme, graças à Rhosta! — Agradeceria com os olhos brilhantes de emoção! — Por alguns momentos, pensei que nunca chegaríamos aqui! — A praia com a mata fechada ao fundo era algo belo de se ver, bem diferente de Wars Island, sua ilha natal, completamente poluída.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Os soldados já trabalhavam e o sargento agradeceu por não haver mais piratas ali, pois não estavam mais em condições de lutar. Seguiu os marines e carregou o que foi possível, evitando cargas mais pesadas devido às suas condições. Contudo, quando a Capitã mandou que abrissem algumas caixas, Noskire correria para o seu lado. — Capitã, se me permite, gostaria de pegar algumas amostras desses… pós? — Diria, meio indeciso de como se referir aquilo. — Com alguns experimentos, podemos descobrir mais informações e, quem sabe, até mesmo a origem disso tudo! — Não era nenhum cientista, mas tinha alguns conhecimentos na área e, quem sabe, pudesse levar aquela pesquisa adiante. Com a permissão da mulher, pegaria um punhado de cada substância, armazenando-as separadamente nos três tubos de ensaio que possuía. Caso contrário, aceitaria a decisão da mulher e apenas observaria as chamas devorarem tudo.



Com as chamas altas, a Capitã se voltava para os sargentos loiros, parabenizando-os por derrotarem os capitães piratas. Noskire, ao lado dela, faria dois polegares em direção aos seus companheiros, congratulando-os igualmente. "Quanto a você…", a mulher disse, e Noskire sentiu um arrepio percorrer sua espinha, lembrando-se que havia ateado fogo no navio e que nada de bom poderia vir dali. "Vou levar um tiro, vou levar um tiro...". "Os irmãos Feurbach me contaram...", ela continuou. "Ah, irmãos desgraçados! Vou levar um tiro..." Seu rosto se virava lentamente até estar de frente para a mulher, rezando à Rhosta que levasse apenas um.



No entanto, a mulher também o parabenizou! O suspiro de alívio que o marinheiro soltou foi audível e visível, aliviando toda a tensão acumulada de uma única vez. "Não vou levar um tiro! Yay~!" Num momento de divagação, se indagou se seria crime a sua Capitã atirar em si, já que possuía apenas dezesseis anos e, portanto, era di menor! Essa dúvida, no entanto, nunca chegaria aos ouvidos da Capitã, se dependesse de si. E nem aos ouvidos dos irmãos! "Bando de fofoqueiros, eu ein!"



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Com a missão concluída, restava decidir como seguir. Ainda sentindo as dores do combate e com aquela pequenina mão na sua, Noskire não demorou a reportar sua decisão para a Capitã. — Capitã Kokai, sinto muito, mas gostaria de ficar para trás. — Diria com uma voz triste, abaixando levemente a cabeça devido à vergonha que sentia em abandonar seus companheiros. — Acredito que iria atrapalhar mais do que ajudar em um combate, no momento. E, ficando para trás, posso auxiliar os que precisam. — No caso de ter as amostras das substâncias consigo, também diria: — Além de estudar essas substâncias.



Ficando para trás, acenaria para aqueles que partissem com a Capitã e, logo em seguida, buscaria pelo soldado mais saudável dos restantes. Iria até ele e comandaria: — Busque por um local elevado e vigie os arredores, principalmente o mar. Me avise imediatamente se vir qualquer coisa fora do comum! — Haviam sido pegos com as calças baixas uma vez e não pretendia ser pego novamente. Patrulharia pelo local, observando tudo em busca de algo que necessitasse ser feito. Para a sua irmã, diria: — E aí, gostaria de fazer algo por aqui?



No caso de estar tudo tranquilo, iria procurar pelo médico Marcel, dizendo ao vê-lo: — Olá, Marcel-san! Como você está? — Após a resposta, se esta fosse positiva, indagaria: — Desculpe incomodá-lo novamente, mas gostaria de aprender um pouco mais, dessa vez sobre Toxicologia. Poderia me ensinar? — Caso ele fosse adiante com a Capitã, buscaria por algum marine que demonstrasse ter conhecimento na área de medicina, química ou até mesmo botânica e pediria o mesmo, após verificar que o marine estava em boas condições. Não pediria para ser ensinado por um marine machucado e nem mesmo comandaria ser ensinado por um marine de patente inferior, pois não acreditava ser o correto a se fazer.





Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptySab 04 Abr 2020, 15:36



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
Estava satisfeita com os elogios e agradecimentos de nossa capitã para comigo e também para D'capri, ambos derrubamos os lideres inimigos e isso nos deu uma merecida vitoria. — Fiz apenas meu trabalho, senhora! — Com empolgação minhas palavras foram ditas e depois um pouco de suor foi limpo de minha testa com o canto do braço. Em seguida ficava sabendo sobre os afazeres do jovem Noskire que foi capaz de administrar as coisas nas partes inferiores da embarcação, isso demostrava que todos completaram suas tarefas com exito e agora restava apenas seguir adiante com nossa aventura. — Eu vou optar por também ficar para trás cuidando dos feridos e prisioneiros. — Era minha escolha de imediato, devido meu estado e também porque achava que ambas as tarefas me caiam como uma luva. Acabei ouvindo de relance sobre os alimentos, mas eu não estava muito interessada em comer alguma comida se não minha própria comida, principalmente agora que estou melhorando na cozinha. — Algum dia eu experimento, acho... — E deixava um sorriso desconfiado escapar no final de minhas falas. Um pouco confusa não sabia se era para embarcar no bote ou me manter onde estava, então esperava que nossa capitã Kokai me dissesse exatamente para onde ir. — Os prisioneiros e feridos ficarão na praia? Bom, estou só seguindo vocês por enquanto. — Dizia completamente perdida do que fazer, seja o que for iria me juntar onde estavam primeiro os feridos, e não precisando ir com os demais apenas os dou um tchauzinho com a mão enquanto me encaminho para começar os tratamentos dos moribundos. — Quem aí tá disposto a levar uma injeção na bunda grita "UHU"!!! — Brincava com eles.

Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 19
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptySeg 06 Abr 2020, 13:37




Terra firme! Areia a vista!
Julian D’Capri

Era de se impressionar com tudo o que via, D’Capri já tinha ouvido de um companheiro seu que médicos cuidam de vidas, não as desperdiçam, mesmo assim ele nada podia fazer contra sua aversão pelos criminosos, ignorando e negando qualquer tipo de cuidado a eles, em sua mente até a cena de ir ao encontro deles parecia acontecer, mas no mundo tangível suas pernas nem mesmo moveram-se, ao sair de seu transe ele deu as costas e saiu, seu trabalho no campo de batalha havia sido feito.

Tão logo o loiro encontra seus recentes companheiros, Noskire e a pequena Elícia, juntamente de sua parceira Noelle e acompanhante Asuna, os sargentos estavam em estado muito pior que o médico, portanto ele optou por ajudá-los primeiro, Noskire estava horrível, assim como os grandes cortes na costa de Noelle, isso fazia Julian repensar se não teria sido ele o mais inútil dos três, seu ferimento não era nada e isso claramente se estampou na expressão calma do samurai, que ao terminar os cuidados nos companheiros falava.
- Fiz o que eu pude, vão ficar melhor agora.

No bote o próprio espadachim pegaria os remos para si, estava em melhor condições e não era bom forçar, ou deixá-los o fazer, tal tarefa, e enquanto o fazia percebia que Noskire havia voltado a seu modo extrovertido, ele era jovem e isso era comum, ao contrário de Julian.
- Ah sim, estava. - Ele confirmava a fala do companheiro, não era sua intenção dizer o contrário e ver sua amiga fazendo um escândalo, apesar de pensar muito antes de ter sua sinceridade ocultada. - Está no caminho certo. - Discretamente ele apenas falava que ela precisaria melhorar, tentando não explodir a mina de sentimentos.

Já na praia o loiro via o comportamento do jovem, que descia até o chão e o beijava.
- Quem é Rhosta? Alguma divindade? - Ele virara para o resto dos companheiros e indagava a todos, imaginando se algum deles tinha uma resposta.

O sargento logo via todas as pessoas mais a frente trabalhando, soldados carregando caixotes e outras coisas parecidas, e a primeira ação do loiro foi sentar ali por perto, suspirando aliviado por um momento de descanso após tanta turbulência, ele queria ficar em paz, num canto quieto, mesmo que fosse quase impossível com toda essa movimentação, ele não ordenaria ou algo parecido, ficaria apenas descansando, infelizmente isso mudaria de figura caso visse Noskire ou Noelle tentando pegar caixas, uma bufada seria o suficiente para demonstrar o desprazer que o médico sentia, eles eram seus pacientes, portanto estavam sobre seus cuidados, realizar tarefas não seria uma prescrição para alguém que ainda está se recuperando de feridas tão graves, portanto usando de sua altura e força ele roubaria os caixotes que a dupla de feridos estaria tentando carregar.
- Eu fico com isso. - Diria ao pegar os caixotes. - Descansem.

A capitã logo dava mais ordens, mas abrir caixas não era com o sargento, talvez cortar ou quebrar, abrir não, os soldados com pés de cabra fariam isso, ele só cobriria seu rosto com uma de suas mãos para não receber algum pedaço de madeira ou prego, dado sua crença em sua falta de sorte isso era bem possível. Todas as caixas apresentavam substâncias diferentes, e o marinheiro não fazia a menor ideia do que elas poderiam ser, todavia isso não importava tanto, elas seriam queimadas mesmo, e com isso o jovem sentaria em algum lugar que julgasse próprio para isso, se encostar em uma árvore ou sentar em sua sombra, evitando os caixotes, nunca se sabe o que pode haver dentro de um, levando em conta que Julian precisaria se levantar caso o caixote estivesse na lista dos que seriam queimados.

Prontamente a superior voltava seus olhos para os sargentos, o trio provavelmente estava próximo então seu rosto estava voltado para o grupo todo, por sorte suas palavras foram acalentadoras, talvez elogios, o espadachim não demonstrava muito seus sentimentos e continuaria desta forma, uma vez que ele sentia que apenas havia feito seu trabalho, uma curta reverência de cabeça em respeito seria feita, para demonstrar que ele compreendeu a fala de sua capitã.

Vendo a grande lareira de substâncias arder, e ouvindo o discurso da superior, ele compreendia que não poderia ficar de preguiça pela praia, infelizmente, sem contar que seus companheiros estavam feridos, além de preferir que Asuna ficasse para ajudar na guarda e tratamento, fora a pequena irmã de Noskire, que provavelmente não ainda não luta, e mesmo que o fizesse era melhor ela ali, assim já formavam-se 3 ou 4 incapacitados, bufando e procurando um palito para por entre os dentes o jovem, e preguiçoso, samurai levantaria, se candidatando, talvez a capitã gostasse de ver seu rosto tão desanimado.

Antes de partir, mas não antes de se preparar, o loiro iria até os companheiros, para uma despedida.
- Estarei indo, cuidem-se por aqui que eu volto quando puder e partam quando tiverem a chance, nos encontraremos na melhor oportunidade. - Ele lançaria um sorriso de canto para todos. - Quem sabe a capitã não me libere mais cedo? Estou louco para descansar um pouco.

Assim o samurai daria as costas e começaria a andar.
- Trago uma lembrança. - Ele fazia uma piada.

Se Asuna quisesse ir, ele não a impediria, a última vez que tal coisa aconteceu foi somente saliva gasta para declarar a vitória da loira, então era melhor só aceitar.
- Então você vem né?  - Diria caso percebesse a aproximação desta. - Não tem como te fazer desistir, então é... - Ele suspiraria e continuaria caminho.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQua 08 Abr 2020, 23:49

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Naquele momento de separação, a Capitã já havia juntado metade de seu grupo e dava suas últimas ordens — Fiquem, Sargentos, vocês já fizeram o suficiente. É preciso autoridades aqui também - determinava, referindo-se à Noelle e Noskire, os quais encontravam-se feridos. Na contramão de seus companheiros, Julian se voluntariava para seguir a Capitã Kokai e a loira logo olhava para os outros dois sargentos, alternando o olhar para D'Capri — Você parece o único Sargento saudável e em bom estado. O Sargento Hughes mal se aguenta de pé, enquanto a Sargento Noelle teve as costas dilaceradas... Será sua responsabilidade, junto a eles, tomar conta dessa baia e proteger os feridos e garantir que os prisioneiros continuem prisioneiros até o resgate chegar! - ordenava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, Noskire conseguia o seu pretexto e, com a permissão prévia da Capitã, momentos antes de seu discurso, ele conseguia algumas amostras das três substâncias apreendidas, que não haviam sido queimadas ainda — Reconheço seus esforços e sei que não usará para fins ilícitos. Mas, se fizer, irá se ver comigo! - relembrava das palavras da Capitã, a qual havia pego em sua espingarda e a carregado com um projétil enquanto o advertia. Como sempre, perigosíssima e os temores do Sargento não eram infundados.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E, determinados a ficar ali, com os 34 presos que estavam alinhados e separados em três grupos, à leste, norte e oeste daquele pequeno acampamento que os marinheiros haviam montado no porto, além dos 27 feridos entre os fardados, sendo 8 destes em estado grave, o grupo esperava pacientemente pelo resgate. Na porto daquela baia, haviam ficado o Sargento Hughes e Elícia, a Sargento Noelle, o Sargento D'Capri, a Sargento Asuna, o Dr. Marcel, os irmãos Feurbach e mais dois soldados saudáveis. Esses eram os números que tinham no momento.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Destarte, os marinheiros se reuniam ao redor da grande fogueira e começavam a conversar — Você não sabe?! Rhosta é o ex-almirante da marinha! Ele foi substituído pelo Ryotaro Yanagi, o Cavaleiro Branco, como você não sabe de algo assim?! - o soldado repreendia D'Capri — Erhh... erh... Desculpe, Sargento! - se agachava, deitando no chão e esparramando os braços em sinal de desculpas. A informação chegava a ambos, Noelle e Noskire. Todavia, a notícia parecia impactar mais este, que se demonstrava tão apegado ao ex-Almirante de Frota Rhosta. O baque havia sido tão grande que fora procurar Dr. Marcel para ocupar a mente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]É claro, mas estou bastante ocupado! Aproveite e me ajude com esses enfermos, por obséquio! - o marinheiro implorava — Ensinarei-lhe à medida que trato, afinal, não há nada melhor que a experiência prática para aprender, não é? - indagava — E, se quer aprender, já comece a prestar atenção, porque para descontaminar é necessário... - e assim o papo seguiu, com o Sargento estando bastante ocupado em seus aprendizado, enquanto as horas corriam, de paciente em paciente, de ferimento em ferimento, de medicamento em medicamento, o aspirante a médico aprendia cada vez mais — Eu quero ficar com você e não sair mais do seu lado! - a pequena Elicia também havia grudado nos aprendizados, seguindo seu irmãozão para onde quer que ele fosse. Após o que havia passado, ela não que se distanciar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]De tal sorte, enquanto um soldado saudável, designado pelo Sargento Noskire, vigiava o horizonte marítimo do final do pier, o Sargento Julian descansava sentado em um canto especialmente confortável que havia encontrado - um banco de areia. Asuna se aproximava e sentava ao seu lado, olhando o pôr do sol que alaranjava o céu — Cada missão, uma luta pela sobrevivência... isso cansa, sabia? - arfava, tentando puxar conversa — Você foi muito bem contra aquele grandalhão... eu me pergunto se ele tem recompensa... ele deve ter, sabia? - mencionava — Ei, o que sentiu enquanto lutava? - questionava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Mais distante dali, Noelle perambulava um tanto e se encontrava mais próxima das árvores. Andava tranquilamente, quando subitamente escutou um estranho barulho de dentro da densa floresta atrás de si. Crack! Instintivamente olhou para o lado... mas não havia nada ela. Virou de costas, voltando a andar novamente.Crack! Crack! - por alguma razão, sentiu um frio na espinha; uma sensação familiar, como se estivesse sendo observada. Naquele tempo, o pôr do sol logo baixou e Noelle continuou sua caminhada. Quando o sol sumiu, escutou mais três barulho. Crack! Crack! Crack!. Ao olhar para o lado novamente, pôde ver centenas de pequenas bolinhas vermelhas cintilando em meio à densa floresta.





Off

Espero que ninguém tenha medo de aranhas, pois estamos em Aracne o.O



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptyQui 09 Abr 2020, 01:27




O pôr do sol! Porto cintilante!
Julian D’Capri

Podia não parecer, mas as palavras de sua superior trouxeram ao sargento um alívio imensurável, era algo de ímpar sensação, naquele momento ele sentia que um peso gigante era retirado de seus ombros, mesmo que outro fosse colocado no lugar, visto que ficou bastante explícito a ordem ser para o marinheiro participar ativamente da vigia, visto que, aparentemente, era o mais sadio entre todos, todavia isso era um problema para o Julian do futuro, já que o do presente estava era mesmo procurando um lugar para descansar.

Mais relaxado que antes o sargento rapidamente procurava atender sua ordem, guardar aquele local, mas isso não significava que ele precisasse ficar circundando o perímetro ou em pé olhando os prisioneiros, os feridos talvez, mas só em outro turno, o loiro lembrava da capitã e seus olhos, de vez em quando sentindo um calafrio na espinha, quase ouvindo o disparo do rifle da superior, graças a essa preocupação ele volta e meia iria verificar os feridos e tratá-los, lavando suas feridas e trocando os curativos, ou tentando assistir de outro modo, caso fosse necessário.

Ao se reunir com os marinheiros restantes na fogueira D’Capri conseguia ver os números reduzidos que haviam sobrado da batalha naval, poucas pessoas, só então o sargento conseguia sentir o verdadeiro impacto daquele embate, em Lvneel o barco estava praticamente cheio, ou, no caso, bem movimentado, e agora as poucas pessoas ali eram tudo o que conseguiam reagir com resistência, um cenário cruel e bem desanimador, não que o médico fosse dos mais animados.

Ainda vendo as brasas arderem um soldado parecia responder a suas perguntas quanto a Rhosta, aparentemente haviam patentes muito mais elevadas do que capitães, mas o sargento não havia feito por mal, ele nunca teve interesse por tais assuntos e portanto nunca teve conhecimento sobre esses nomes, que pareciam tão importantes.
- O que você está falando? - Ele perguntava vendo o soldado se agachar. - Err… Não precisa se desculpar, eu não sabia disso, obrigado pela informação. - Uma gota de suor escorria pela lateral de seu rosto. - Mas então existem patentes maiores que as de capitães? Não sabia disso.

As palavras do marinheiro que havia lhe repreendido reorganizavam seus conhecimentos, almirantes pareciam ser pessoas bem fortes, já que todos pareciam tratar seus títulos e nomes com um misto de carinho e respeito, e a palavra também parecia poderosa, mas aparentemente como havia apenas um almirante ele devia ser a pessoa mais forte da marinha, provavelmente uma das mais fortes do mundo, Ryotaro era certamente o símbolo de orgulho da marinha, talvez algum dia Julian procure sobre tal pessoa… Talvez.

E após separar-se do grupo o jovem finalmente mostrava um pouco de sorte e, secretamente, alegria ao ver um ótimo e confortável banco de areia, um suspiro leve foi solto assim que ele aconchegou-se no local, era bom tranquilizar-se numa hora como essas, não que Julian precisasse de muito esforço para tal, mas ele gostava de ter uma desculpa mental para sua preguiça. Sua solidão não muito durou, já que sua amiga e fiel companheira logo apareceu, Asuna sentava ao seu lado e começava a tentar puxar algum assunto aleatório, a atiradora apenas gostava de conversar e Julian já começava a se questionar o porquê de ela não fazer isso com mais ninguém.
-  Obrigado, foi uma boa batalha, mas não sei, fui muito auxiliado, então não entendo isso como uma vitória minha, não foi como das últimas vezes, lembra? - As lembranças de todas as suas batalhas ecoavam em sua cabeça enquanto ele olhava para sua bainha infinita, voltando ao assunto em seguida. - Se ele tem recompensa ou não, é algo que não faz muita diferença, não tenho com o que gastar esse dinheiro. - Ele refletia consigo. - Quem sabe mandar para sua irmã? Para ajudar com os cuidados dela. - O jovem, enquanto coçava sua nuca, lembrava da irmã mais velha de Asuna, a qual estava em estado vegetativo em Baterilla, isso fazia o médico ficar triste, foi uma das poucas vezes em que ele não podia fazer nada para ajudar alguém e talvez nunca poderia de maneiras comuns, e essa lembrança doía em seu peito.

Quanto a pergunta sobre a luta o samurai surpreendeu-se, revirando os olhos e procurando uma boa resposta e uma forma de explicar o que sentia em palavras.
- Ah… É a primeira vez que alguém me pergunta isso… Não sei explicar, é como sentir tudo e o nada, sentir a batalha, seu corpo e de seu oponente ao mesmo tempo, numa dança tão mortal que um passo errado custa sua vida. - Ficaria calado por alguns segundos relendo as palavras em mente. - Difícil de dizer sabe? - Olharia para sua amiga, mas percebendo o que havia acabado de dizer desviaria o olhar antes de se concentrar novamente. - Estou pegando sua mania agora. - Ele daria um leve sorriso, tirando um pouco de graça. - Mas mudando de assunto para algo que estou querendo saber faz tempinho. - Uma pausa seria feita na fala de propósito, por achar seu pedido bem fútil e aleatório, mas como começou ele continuaria. - Por acaso você não teria um palito ou talo de folha?

E como provavelmente a resposta da amiga seria negativa o samurai apenas contentaria e acomodaria-se melhor em sua parte do banco de areia, ele que não levantaria para procurar tal tipo de item, apenas para relaxar mais, antes que ele precisasse levantar para ir verificar os feridos e/ou os prisioneiros.

Se por um acaso estivesse ficando muito escuro o jovem usaria então de seu lampião, acendendo-o com seu isqueiro (pederneira), tornando o item agora um aliado na luta contra as trevas, e novamente ao usar e olhar o cabo do isqueiro ele se perguntava de quem teria sido aquele item, mas ao mesmo tempo agradecia pela ajuda que estaria sendo oferecida pelo pertence.

Se Julian ouvisse um pedido, um grito ou algum som fora do comum iria de imediato ver, provavelmente passando pelos pacientes e depois pelos prisioneiros, visto que podia ser alguém apresentando melhora ou piora no quadro, ou um prisioneiro tentando escapar, em todos os casos sua bainha e espadas estavam ali se fosse necessário, e ele esperia que não fosse, já que adoraria descansar. Se o barulho não estivesse sendo emitido de nenhuma das alas citadas aí era que o sargento começaria a preocupar-se, procurando a origem do som.


Histórico:
 

Compras:
 

Ferimentos:
 

Palpites:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por jonyorlando em Sex 10 Abr 2020, 15:54, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 56
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptySex 10 Abr 2020, 15:46




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Com o seu pedido, a Capitã mudava o seu discurso de parabenização para ameaça num piscar de olhos. Noskire, jovem e inocente, deu um largo sorriso, até perceber que ela falava sério — Inclusive carregando seu rifle! — e mudar sua expressão para uma mais neutra, levantando as mãos e dizendo após uma breve engasgada. — C-claro!



O médico Julian indagava se Rhosta era uma divindade e Noskire caía na gargalhada. O homem com certeza era forte, uma verdadeira lenda, embora nunca o tivesse encontrado de fato. Mas ser chamado de divindade deveria ser algo novo até para ele! Um soldado se adiantava, explicando a situação para Julian. Pouco depois, era a hora de Noskire se surpreender! — Ex?!



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Rhosta-sama! — Lamentou, tendo o segundo marinheiro mais forte que conhecia se aposentando. O primeiro era o seu pai, obviamente. "Ryotaro Yanagi, o Cavaleiro Branco… Ao menos tem o nome de um verdadeiro defensor da justiça!" Ainda assim, sentia-se desanimado por Rhosta e foi em busca de algo para ocupar a sua mente.



— Aprendizado: Toxicologia. —

Mal falava com o Médico e Marcel já pedia ajuda, quase como uma troca de favores: Noskire iria aprender ao mesmo tempo que auxiliaria o médico em seu serviço, algo que já havia feito diversas vezes com a sua mãe, quando mais novo e ainda residente de Wars Island.



Sendo assim, logo se dispôs a ajudar o médico, fazendo o que ele pedia e prestando atenção em seus comentários. Havia aprendido mais cedo sobre Farmácia e como uma dose errada de medicamento poderia se tornar um veneno. Agora aprendia como um veneno poderia ser tratado para seu efeito ser atenuado e o que não fazer para que o mesmo não piorasse. Um conhecimento complementando o outro.



E assim o tempo seguiu, com o marine completamente absorto na nova área de conhecimento que tentava adquirir, até que o médico o liberasse de sua tutelagem.



— Fim do Aprendizado: Toxicologia. —

Após lavar bem as mãos Xô Corona!, se aproximaria do médico novamente e faria uma profunda reverência. — Muito obrigado, Marcel-san! Espero algum dia conseguir lhe retribuir ao menos metade do que lhe devo! — Diria fazendo mais uma reverência. Para Noskire havia muitas coisas importantes na vida, sendo duas delas o Tempo e o Conhecimento. Alguém dispor de seu tempo para ensiná-lo algo, sem cobrar nada por isso, era algo que sempre iria admirar. — Farei uma ronda, mas pode me chamar se precisar de mim!



Com um aceno, se afastaria, saindo da área da enfermaria improvisada e indo em direção ao centro do acampamento. Só agora notava como a situação era complicada para eles ali. Quatro Sargentos e Seis Soldados, além de Elicia e Marcel, para cuidarem de Trinta e poucos marinheiros feridos e outros trinta e poucos piratas aprisionados. "Se eles resolverem se revoltar..." Um arrepio percorreu seu corpo enquanto sacudia a cabeça para se livrar daquele pensamento. "Foi só o frio!"



Falando de frio, a noite caía e o jovem tinha a sua irmã para cuidar, precisava achar um meio de mantê-la aquecida. Enquanto pensava, a pequenina lhe dizia palavras tão doces que seu coração derretia em seu peito. Pegando-a no colo, diria: — Não sei o que fiz para merecer uma irmã tão maravilhosa! — Daria um forte abraço na mesma, agradecendo por tê-la ao seu lado.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Com uma solitária lágrima percorrendo sua bochecha, lembrou-se de sua mãe, deixada para trás em Wars Island, e uma tristeza imensa o invadiu. Mas antes que sua irmã pudesse perceber, sacudiria a cabeça novamente e abriria um largo sorriso. — Que tal darmos uma volta? — Indagaria, já prevendo a resposta e movendo-a para seus ombros.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Esperando que o pequeno peso extra não afetasse seus ferimentos, faria uma ronda pelo acampamento. Começando pelo pier, se aproximaria do soldado, olhando para o horizonte. — Olá, algo novo? — Após a resposta, daria um leve suspiro antes de dizer: — Percebi agora que não perguntei o seu nome, perdão! — E, após tossir para limpar a voz, iria se apresentar formalmente. — Boa noite, soldado! Sou o Sargento Noskire M. Hughes e esta é a minha irmãzinha Elicia M. Hughes, prazer em conhecê-lo. — Após uma breve pausa para que a sua irmã dissesse algo, se assim desejasse, continuaria: — E qual seria o seu nome?



Após refletir sobre as últimas batalhas, percebia que era fraco e só conseguiria fazer algo, chegar em algum lugar, se tivesse o apoio dos demais. E, não só isso! Também não poderia tratar aqueles abaixo de si como meros objetos! Ainda lembrava-se do Tenente Marco, um marinheiro corrupto que havia sequestrado a sua família e corrompido diversos outros soldados devido a sua posição. Não poderia, e nem queria, se tornar como ele!



Sendo assim, estava determinado a dar mais valor aos seus amigos e aliados, e tudo começava ali, com aquele soldado que, agora, sabia o nome. Após a conversa, acenaria e se afastaria, retornando a sua ronda. A faria no sentido horário, indo primeiro para o grupo de prisioneiros à esquerda, observando-os brevemente em busca de algo suspeito. Seguiria para o grupo ao norte, para o último grupo à leste e, finalmente, pararia próximo da fogueira.



Se visse algum dos irmãos, se aproximaria, dizendo: — Olá, como vocês estão? — Deixaria que os irmãos falassem à vontade antes de continuar: — Quero agradecer pela ajuda de vocês. Não fosse isso, eu não teria conseguido proteger a minha irmãzinha aqui ou os nossos companheiros no convés! — Diria dando um tapinha no joelho de sua irmã e dando um largo sorriso em agradecimento. Se visse o outro soldado que não conhecia o nome, faria igual havia feito com o primeiro, apresentando-se formalmente e indagando seu nome.



Se visse algum dos Sargentos, se aproximaria com um aceno, de forma mais informal, perguntando: — Tudo bem por aí? — E, após a resposta: — Alguma ideia do que devemos fazer até a chegada do resgate? — Teria cuidado para que os prisioneiros não o ouvissem falar isso. — No momento estou apenas fazendo uma ronda, tentando entender melhor nossa situação atual. — E, no caso de ter percebido algo inusitado, compartilharia a informação com os demais.





Legenda:
Narração (#FFFFFF)
"Pensamento (#FF970B)"
Fala (#3399FF)
Fala da Elicia (#C7B299)


Histórico:
 

Objetivos:
 

Medalhas:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 EmptySab 11 Abr 2020, 17:38



Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!

Noelle Eisenhower
Os meus pés conseguiam depois de um longo tempo pisar em terra firme, o que era um alivio depois de tudo que passamos no mar, ainda mais porque foi uma navegação que parecia que ia terminar de maneira tranquila, mas acabamos encontrando um monte de piratas loucos com os quais tivemos que lutar. Fico aliviada que tudo terminou, mas triste em saber que vidas foram perdidas, e isso foi algo que só parei para pensar agora enquanto estamos em terra firme escutando algumas explicações e entendendo melhor sobre o que vinha ocorrendo na marinha. Apesar de não estar apar da situação dos almirantes, fingia estar entendendo tudo ao concordar com a cabeça — Francamente, como não sabiam dessas coisas, puff, esses marinheiros novatos... — Acabei deixando as palavras saírem enquanto concordava com tudo dito em meio a alguns "UmhumUmhum". Depois se seguiu alguns fenômenos estranhos que aparentemente eu era uma das poucas pessoas que parecia ter notado. — F-fa-fantasmas?! — Murmurava com as mãos juntas ao peito e com os olhos grelados quase que virando o pescoço como uma coruja para lá e para cara.

Noelle Eisenhower


Créditos: Julian D'Capri & Noskire



Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: Ilha Aracne - Grand Line
Post: 20
Ferimentos:
Perdas: 30k
Ganhos:
kit gastronômico:
 
NPC/PLAYER: Capitã Kokai.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!   Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line! - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Voltar ao Topo 
Página 8 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: