One Piece RPG
V - Caos em Utopia! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
V - Caos em Utopia! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:30

» Amaya
V - Caos em Utopia! Emptypor Misterioso Hoje à(s) 02:21

» [Ficha] Mika Mizushima (Em Construção)
V - Caos em Utopia! Emptypor Revescream Ontem à(s) 23:47

» Livro Um: Graduação
V - Caos em Utopia! Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:31

» ~ Acontecimentos ~ Utopia
V - Caos em Utopia! Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:51

» Cap. 2 - The Enemy Within
V - Caos em Utopia! Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:10

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
V - Caos em Utopia! Emptypor Dogsofain Ontem à(s) 20:52

» Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário
V - Caos em Utopia! Emptypor Alê Ontem à(s) 20:17

» II - Growing Bonds
V - Caos em Utopia! Emptypor War Ontem à(s) 19:57

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
V - Caos em Utopia! Emptypor Licia Ontem à(s) 18:40

» Drake Fateburn
V - Caos em Utopia! Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 17:13

» Ficha - Alejandro Martínez
V - Caos em Utopia! Emptypor Domom Ontem à(s) 15:50

» Arco 4: Segredos enterrados em gelo!
V - Caos em Utopia! Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 14:11

» O Legado Bitencourt Act I
V - Caos em Utopia! Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 13:18

» Art. 4 - Rejected by the heavens
V - Caos em Utopia! Emptypor Ryoma Ontem à(s) 13:09

» Ryuzaki Loster
V - Caos em Utopia! Emptypor Revescream Ontem à(s) 12:37

» Bakemonogatari
V - Caos em Utopia! Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 11:44

» 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!
V - Caos em Utopia! Emptypor Far Ontem à(s) 10:34

» III - Grand Line
V - Caos em Utopia! Emptypor PepePepi Ontem à(s) 02:45

» Thomas Kenway
V - Caos em Utopia! Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 02:33



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 V - Caos em Utopia!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptySeg 16 Set 2019, 01:03

V - Caos em Utopia!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Karyo Shen. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptySeg 16 Set 2019, 08:48


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Pensava que a distância entre nós era segura, por hora. Segura o suficiente para que pudéssemos negociar, ao menos. Com tantas desvantagens, optar por uma luta direta seria um grande erro. "Os civis estão fugindo descontroladamente; o cheiro desse lixão está me deixando com náuseas; estamos em desvantagem numérica; não conhecemos a força dos oponentes; a visibilidade não é boa..." - ainda que eu fosse mais o tipo que agia do que pensava, a situação era absurdamente desfavorável. Em condição alguma eu poderia comprar aquela briga irresponsavelmente. Precisava achar uma outra opção. Minimizar as desvantagens ou criar uma vantagem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sobre a aposta, eu desafio vocês a mandarem os seus três mais fortes contra nós três. Que orgulho há em uma luta de onze contra três? Não importa o quão desprezível alguém seja, se vocês confiam nas suas forças, qual o sentido de por os lacaios para lutar? Aliás, mesmo que entrássemos em uma briga generalizada, os mais fracos iriam ser feridos. Seu lado teria perdas, ainda que nós caíssemos. Como chefe deles, como pode permitir isso? - apesar de me dirigir ao líder, não visava apenas provocá-lo, mas incitar os seus subordinados, de forma a pressioná-lo a aceitar a minha proposta — Pouparemos tempo e energia, assim, também. Quem ganhar pode escolher seu prêmio, seja servidão, seja o que for. É a lei do mais forte, no final das contas, não? - esperava que assim, fazendo-o vislumbrar que havia muitas coisas mais lucrativas que a morte do inimigo, ele inclinasse para a minha oferta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]"Irei derrotar o chefe deles e fazê-los se entregar... Sem o líder, não terão moral para continuar essa bagunça" - olharia para Gunter e Amanda, confidente e transmitindo-lhes as minhas expectativas — Vocês são mais que capazes de lidar com uns tritõezinhos - sabia que Amanda era mais forte que Gunter, assim, aproximaria-me dele e entregaria o objeto estranho¹ que o homem misterioso havia me concedido — Se tiver problemas, use isso. Não sei o que faz, mas deve ajudar - instruiria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Também queria me distanciar dos civis e me aproximar um pouco mais da localização do zepelim da Midnight Shine, caso algo desse errado. Aproveitaria a chance para persuadir — No entanto, creio que esse lixão não seja muito adequado... acredito que vocês tenham dignidade o suficiente para preferirem um local mais limpo, podemos ir mais para lá, não? - apontaria em direção ao local. Ardilosamente também visava aproximar-me de um local mais iluminado e manter o máximo de distância possível da praia, onde sabia que era o local de nascença dos homens-peixe - consequentemente onde tinham mais familiaridade. "Eu não posso vacilar... há muitas vidas em jogo..." - moveria-me com cautela, pronto para responder a uma tentativa de ataque surpresa, sempre mantendo uma distância minimamente aceitável.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, viraria para o líder do bando e olharia-o, chegando ao novo local ou não — O nosso 3x3 está de pé, então? Criemos as regras! Portanto que alguém sobre, poderá continuar lutando, caso um competidor de sua equipe esteja inapto ao combate. Por agora, sem mortes. De acordo? - indagaria. Esperava que, com tudo, ele estivesse pressionado a aceitar. No entanto, caso sentisse alguma hesitação em aceitar, instigaria — É claro, ao perder, eu revelarei o local onde está acontecendo um navio atracou, para descarregar mercadorias - referia-me ao zepelim da Midnight Shine, mas propositalmente mencionava ser um navio².

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E então, quem será o primeiro? - perguntaria. Destarte, instruiria os meus subordinados e companheiros a ficar com os menores. Gunter lutaria contra o terceiro mais forte; Amanda, com o segundo — Estou ansioso para conhecer a força de um tritão... - daria um sorriso provocativo para o chefe — Mas deixemos os nossos se entenderem primeiro - sugeriria.




¹ Trata-se do Eisen Dial. O Karyo não sabe o que isso faz, pois não testou, mas como Gunter é o inteligente da relação, ele tá dando o objeto estranho e extremamente suspeito, mas que acredita ter alguma utilidade, visto que o Treszê deu pra ele, junto a uns discursos morais - dos discursos pressupõe-se ser algo bom.

² O Karyo vai falar navio, ao invés de zepelim, por não saber da situação da ilha. Os tritões podem muito bem conhecer a Midnight Shine, o que é provável. Não fazendo a associação com os zepelins, que são deles, daria-se a entender que trata-se de um navio qualquer, pronto para ser saqueado.

Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 01
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Ceifador

Ganhos:
Perdas:

NPC's:
Extras: Log Pose (07/30) - Wonderful - Utopia (4/30)









Objetivos


Spoiler:
 
Off

Situando quem estiver lendo, a última aventura acabou com o encontro de Karyo, Amanda e Gunter com um bando de onze tritões, em um lixão, enquanto o marinheiro tentava proteger os civis e guiá-los até a base do governo.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptyTer 17 Set 2019, 02:03




Horário: 21:00
Temperatura: 17°C



Trip Tritã:
 

A situação do trio não era boa, a noite fedida do lixão, muitos civis correndo de umlado para o outro, focos de fogo em diversos pontos eram a única coisa que trazia uma certa iluminação, o barulho de uma grande batalha acontecendo na cidade um pouco mais adiante mostrava que a ilha estava vivendo o verdadeiro caos. Quando o trio de marinheiros desembarcaram e decidiram correr para ajudar, um bando de piratas aparecia na sua frente, eles estavam caçando humanos e os matando, embora a primeira vista Karyo e seus amigos não perceberam, agora olhavam a linha de corpos que os tritões deixaram para trás.

Além disso a situação dos marinheiros era de vida ou morte, eles estavam ridiculamente em menor número, eram três deles contra onze ou quem sabe 15, não era possível ver ao certo, alguns deles tinham braços de mais e outros pernas, mas se quantidade for força então os marinheiros estavam realmente em maus lençóis. Mas agora Shen havia percebido um outro detalhe, um dos piratas carregava um cartaz de procurado, era do capitão deles, com uma recompensa bem especial, o nome dele era Arloong. (Com dois "o"s mesmo, para não dizer que copiei o nome de outro lugar.)

Cartaz:
 

Claro que o tenente tentou malandramente equilibrar a situação, a jogada era fazer uma aposta, um confronto de 3x3, para evitar o massacre. Se teriam que enfrentar todos porque não apenas os três mais fortes logo para determinar a vitória, talvez essa fosse um bom plano, mas eles eram piratas.

- KIAHKIAHKIAHKIAHKIAHKIAHKIAHKIAH! - Arloong ria alto da proposta do tenente. - Você esqueceu que nós temos a situação sobre nosso controle. Que nós damos as cartas. - Ele olhava agora com uma vontade louca de sangue para os humanos. - Rin, Looby e Morty, matem esses três marinheiros.

Assim avançavam três tritões, um deles parecia estar desarmado e estava diante de Gunther, um outro com um soco inglês estava diante da Amanda e o maior deles, aquele que atendeu no momento que Morty foi chamado, carregava um tritão. Apesar de Shen ser alto, o tritão a frente dele parecia ter pelo menos meio metro a mais que ele.

- Comecem a luta! - Ordenava o capitão enquanto Karyo passava o "estranho objeto a Gunter. - Não vamos para lugar nenhum! - E quando falou sobre a proposta de um navio cheio de mercadorias o tritão ficou sério. - Acha que não conhecemos a Midnight Shine, crianças como vocês não deveriam se meter com eles.

Ferimentos:
 

Falas: escreveu:
AMANDA
GUNTHER
Vago
Kurai Hoshiken
Unmei Eisenberg
Vago
Vago
Capitão Tritão

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptyTer 17 Set 2019, 08:30


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não lougrava êxito na minha tentativa de trazer o chefe para o campo de batalha. No entanto, a minha ideia não era de toda frustrada. Havia conseguido uma batalha mais justa. Três contra três. A desvantagem numérica já se expressava de forma menos intensa - decretando apenas que continuariamos a lutar até que o último tritão estivesse de pé. Era melhor que a morte quase certa — São esses seus três piores? - duvidava que ele enviaria os três mais fortes. Não era sobre ter o controle da situação. A verdade – acreditava – era que Arloong era impiedoso. Pouco importava se seus subalternos mais fracos sofreriam. Conhecia bem esse tipo. Orgulhoso, ardiloso e vil. "Devo manter meus olhos bem abertos, senão serei rapidamente engolido por esse aí" - manteria a postura firme, não me intimidando.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Se havia algo que eu não esperava era encontrar um pirata procurado logo à minha frente. Não desejava o dinheiro, isso não me importava. Todavia, para escalar as patentes da marinha seria imprescindível que meus feitos fossem à altura. Caçar piratas e encarcerá-los era uma das medidas que eu devia priorizar — Ótimo! 33 milhões de recompensa? Não é nada mal... e quanto a esses três? - indagaria, a fim de estimar a posição deles no bando. "É um valor muito maior que o Fof Ofo*, mas ainda sim, eu também fiquei muito mais forte desde o incidente de Elena... Meu corpo se adaptou ainda mais, depois de me exercitar em combate** – ponderava. Queria estar a par da minha situação; quanto mais informações angariasse, melhor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A escaramuça estava prestes a começar. Não me intimidava diante dos piratas. Estava preocupado com os civis, em especial, mas meu espírito queimava forte. "Imperdoável! Impagável!" - meus dedos se entrelaçavam ao redor da haste metálica, segurando com força a minha foice — O que vocês fazem... isso é algo que eu não posso perdoar, jamais – referia-me ao lastro de corpos deixados para trás. Se outrora pensei em minimizar a situação, agora tudo que eu queria era acabar com aquilo sem arredar um passo para trás — Já me meti, pois tenho as qualificações pra tal. Vamos ver o que você tem a oferecer! - provoquei, sacando a minha foice e girando-a no ar — Vocês dois tomem cuidado, não confiem que será uma luta justa – alertaria os meus companheiros.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]"Um tritão que luta com um tritão... não é algo que se vê todo dia – pensava. O meu oponente, na verdade, usava uma arma semelhante ao estilo que habitualmente se adotava com uma lança. "Fof Ofo também era um lanceiro, sei como lutar contra ele - prepararia-me — Serei rude e não te esperarei, Morty – avançaria contra o oponente, bradando a minha foice aos céus e desferindo um simples golpe diagonal descendente, a fim de testá-lo. O meu oponente era grande e, se tinha algo que meus próprios soldados haviam me ensinado era que o melhor alvo eram as pernas***. Assim, estaria pronto para fazer um jogo de pés e desviar de suas retaliações com passos de meia-lua; em seguida, daria o mesmo golpe, em direção oposta, para só aproveitar o momento final em que a foice estaria próxima ao solo e virá-la bruscamente, visando cortar atrás do joelho do oponente - esse era um dos benefícios das foices; a arma podia passar, mas seu perigo só aumentaria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não me bastaria aquilo, precisava ser impetuoso e vencer a minha luta o mais rápido possível — Shi Kaiten Kama! – investiria, aproveitando da abertura que pretendia criar. Não me deixava enganar, estaria atento aos movimentos dos demais piratas, pronto para reagir a intervenções ou alertar os meus subordinados. De mais a mais, não olvidaria a minha própria segurança; se preciso, me atiraria para o lado, mas focaria em desviar realizando pequenos movimentos — Isso é tudo que você tem?! - questionaria, tomando distância e me preparando para desviar, caso resolvesse desesperadamente atirar o seu tritão.


Shi Kaiten Kama | Foice Rotativa da Morte:
 




* Fof Ofo foi o primeiro pirata procurado que Karyo capturou, com uma recompensa por volta dos 6.800.000. Ele era um dos subordinados-chave de Eleina Eisenberg, vilã do arco de Lvneel.

** Na aventura passada expliquei o aumento de esquiva devido à perda de peso; agora, explico que ele se adaptou ao novo peso em relação ao combate em si, com a lutinha passada.

*** Karyo sofreu com isso ao treinar os novos recrutas durante o teste de admissão da marinha.

Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 02
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Ceifador

Ganhos:
Perdas:

NPC's:
Extras: Log Pose (07/30) - Wonderful - Utopia (5/30)









Objetivos


Spoiler:
 
Off

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptyQua 18 Set 2019, 23:01




Horário: 21:00
Temperatura: 17°C



  Não havia jeito de evitar o confronto entre os piratas, claro que poderiam fugir, mas o número de civis que morreriam eram ainda maior do atual e a justiça exigia que eles, mesmo que morressem, dessem mais tempo para a fuga dos fugitivos em busca de algum lugar seguro.

  Rin, o tritão desarmado, foi mais voltado para lutar contra Gunter e tinha um dial na mão. O sargento buscava entender o funcionamento do apetrecho quando acionou sem querer e uma camada de nuvem sólida se formou bem na frente dele. Isso foi um incidente com sorte, pois no tempo de a nuvem se formou o tritão havia cuspido nele, mas o projétil de água havia sido bloqueado pela parede.

  O sargento então retirou sua arma, e logo começava um combate de atiradores, o tritão conseguia de alguma maneira se camuflar no lixo, Gunther por outro lado, protegido pela parede contra atacava baseado nos disparos do inimigo.

  Amanda por outro lado parecia tranquila lutando contra tritão, que apesar de maior e aparentar uma força bruta superior, a agilidade da sargento estava muito acima, se esquivava facilmente dos ataques e devolvia belos chutes em todo o corpo do tritão, era fácil ver que era apena suma questão de resistência.

  Já nosso tenente, recém level 3, atacava seu adversário usando a foi, imaginando que um tridente funcionaria como uma espécie de lança, mas logo percebeu a diferença entre os dois, pois seu ataque diagonal foi bloqueado, com o garfo parando o movimento da foice bloqueando no cabo próximo a lâmina. Logo o tritão girava sua arma quase 90° para travar a 13's Jason, o tritão então começaria uma competição de força pela armas, mas logo Shen foi surpreendido por uma corrente elétrica que não chegou a ferir mas o fez soltar a arma.

  Nesse momento olhando o adversário com mais detalhes, Karyo percebia que se o tritão fosse um peixe ele seria uma enguia, ou algo parecido, e ao que parece o adversário veio com a intenção de desarmar o marinheiro pois jogava tanto seu tritão como a foice do tenente para o lado e tirava um par de soco inglês já manchado pelo sangue das vítimas passadas.

Ferimentos:
 

Falas: escreveu:
AMANDA
GUNTHER
Vago
Kurai Hoshiken
Unmei Eisenberg
Vago
Vago
Capitão Tritão

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptyQui 19 Set 2019, 00:07


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A minha analogia saia pela culatra. Ainda que a minha experiência de combate fosse razoável, não era grande como um oceano. Entrávamos em uma disputa de força, a qual eu não acreditava poder perder, visto que era a característica mais sobressalente em mim. Perder uma disputa em força significava o meu desazo - que provavelmente me conduziria à derrota. "O Karkarov não pôde comigo, quem dirá você!¹" - forçava a arma ao ranger os dentes e contrair os músculos, para tardiamente perceber que não tratava-se sobre isso — Argh! - involuntariamente, por uma fração de segundo, larguei a arma, por uma reação imprevista, em razão do choque que havia tomado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Só agora conseguia associar. "Tritões são realmente criaturas peculiares..." - ponderava. A natureza diversa da raça tornava as lutas mais árduas. Era o meu primeiro contato direto com a raça e surpresas como essas realmente me pegavam com a guarda baixa. Com a 13's Jason no chão, a situação ficava um pouco mais complicada. Todavia, eu estava preparado e bem equipado. Destarte, sacaria a minha Sinfonia dos Céus², abrindo um sorriso; nem tão sorridente, e um olhar intimidador; nem tão penetrante. "Para ser desarmado assim... que vergonha" - admitia. Mesmo que o tritão tivesse se livrado do próprio tridente, minha situação não era melhor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Isso porque não aceitava que pudesse judiar de um oponente com uma desvantagem tão assimétrica. Ainda que ele tivesse o choque, aquilo não havia me machucado, apenas me feito reagir instintivamente. Se ao menos ele tivesse seus meios de não estar em um estado de inofensibilidade, eu poderia lidar com ele sem maiores problemas. Tendo isso em vista, um lampejo me passou à mente — Essa estratégia só vai funcionar uma vez. É melhor você se armar - jogaria o meu par de foices assassinas para ele, para que estivéssemos em uma relação de simetria³. Tão logo fiz, me arrependi. Essa minha benevolência nem sempre era o melhor caminho. "Piratas são piratas..." - me sentia tolo por ter sido tão ingênuo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não bastasse isso, logo vislumbrei o sangue fresco que restava nas armas do tritão. Respirei fundo, absorvendo aquele ardor em meu peito. Sabia que aquilo era o sangue dos inocentes mortos, sem um átimo de clemência — Vocês... eu nunca entenderei seus motivos... mas não preciso entendê-los, me basta saber o quão vis são vocês para que os combata até o findar de minha vida! - giraria a foice entre as minhas mãos, já me preparando para o inevitável combate.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Investiria com ímpeto, encurtando a distância e desferindo o primeiro golpe; leve, vertical, com mais intenção de realizar o contato do que propriamente causar danos. Seguiria a sequência com um golpe diagonal descendente, visando ferir-lhe o tronco; manteria a lâmina perto o suficiente para causar um dano relevante, mas o longe o bastante para que o ferimento não fosse tão profundo, a ponto de tirar-lhe a vida. De toda forma, não pretendia mostrar muita misericórdia; era preciso acabar com aquilo o mais rápido possível — Shi Kaiten Kama! - daria o meu ultimato.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Durante a minha luta, havia percebido algo passando celeremente na minha visão periférica. Apenas o rastro da imagem estava em minha memória, de forma que não pude discriminar o que era. Para a minha fortuna, Amanda havia captado bem a visão, logo revelando do que se tratava. "Então é assim... os tritões podem manipular a água, mas apenas os mais fortes, é o que aparenta. Formidável - olharia para o líder, reavaliando a minha concepção sobre ele. Com a nova informação, já considerava que ele encontrava-se em um novo nível de força. "Não será nada fácil lidar com esse" - era a minha premonição.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Uma vez que houvesse ganho do oponente, recolheria as minhas armas do chão, embainhando-as devidamente. Daria, ainda, um passo de confiança à frente — O próximo. Quem será o próximo? - apertaria bem as minhas mãos ao redor da haste metálica, ansioso para dar vasão aos sentimentos que afloravam a minha pele.




¹ Menção à queda de braço entre Karyo e Karkarov (antigo personagem do Skyblazer). Eles eram bons rivais. O Karkarov era do tipo escandinavo, viking, bruto, por isso é uma das imagens mais robustas e indicativas de força que o Shen tem.

² A primeira arma forjada por Karyo. Tenho vergonha do nome, mas é isso...

³ Desde a primeira aventura o Karyo adota essa postura. Quando entrou para a marinha, no teste de admissão, ele enfrentou a Sargento com uma espada, pela lógica "Uma espada para uma espada", foi o pensamento. Claro que foi uma situação mais formal, mas é nessa linha que ele se porta. Não vou relinkar, pois vergonha do que escrevi.

Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 03
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Ceifador

Ganhos:
Perdas:

NPC's:
Extras: Log Pose (07/30) - Wonderful - Utopia (6/30)







Objetivos



Spoiler:
 
Off

O post tá com uma qualidade menor que o original, ainda assim, mas é isto. Refiz da forma mais fiel que pude. Peço desculpas pela desatenção, é realmente um problema recorrente que tenho o.O

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Kekzy em Sab 21 Set 2019, 00:06, editado 6 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptyQui 19 Set 2019, 21:44



Horário: 21:01
Temperatura: 17°C



  Finalmente o adversário de Amanda tombava, o rosto inchado de tantos chutres que havia recebido era a testemunha de que o pirata havia sido castigado pela marinheira com extrema severidade, tudo aconteceu em um chute bem colocado no joelho dobrando o tritão, bem maior que a mulher, e o colocando no alcance, foram cerca de seis a oito chutes, ninguém poderia contar por causa da velocidade e força.

Enquanto a sargento judiava do adversário, Karyo também atacava o seu, primeiramente com um golpe veloz na vertical abrindo um corte com boa profundidade no tórax do lado esquerdo do tritão, entretanto não se preparando para nenhum ataque acabou recebendo um forte soco no rosto do lado esquerdo, Shen tinha certeza de que ficaria inchado. Mas sem perder tempo o tenente aplicava um outro ataque e diagonal que também acertava o tórax do ser marinho que buscava uma reação com mais um soco desta vez no tronco, abaixo das costelas, só não fazendo grande estrago por causa da distância entre ambos. Mas nada que impedisse o ceifador de fazer seu oponente voar com a sua técnica Shi Kaiten Kama.

Nesse momento o tenente teve a impressão de ver uma gotícula voar rapidamente na direção de Gunter, aquela gotícula como um tiro acertava o ombro direito do sargento no momento que atirava no seu adversário, que caia já com três buracos no corpo.

- Argh! Que droga! - Gemia e reclamava de dor. - O que foi que me atingiu?

Apesar de Karyo ter tido a impressão, o fato é que ele não tinha certeza do que viu, mas Amanda que estava do lado dele parecia ter percebido bem melhor o que aconteceu que o tenente.

- O capitão deles sabe lutar manipulando água. - Disse ela baixinho para que somente seu superior ouvisse. - Como esperado as lutas não vão ser justas.

- KIAHKIAHKIAHKIAH! - Ria o Arloong. - Realmente existe potencial nesses humanos, por isso é bom matar agora do que deixar crescer. - Então ele se voltava para mais três dos seus Phill, pegue a garota, Joe pegue o atirador e Kraab, que o tenente.

O adversário que se aproximava de Kario era uma tritão caranguejo, ele tinha um forte casco de proteção e em vez de armas, pois ele não carregava nenhuma, ele tinha poderosas pinças. Só de ver Shen já tinha certeza de duas coisas, que seria dificil passar por aquele casco e que se aquela pinça o pegasse uma única vez o estrago não seria pequeno,

Mesmo Gunter estando ferido ele se recompunha e já carregava sua pistola, Karyo percebeu que ele só tinha três balas na arma e provavelmente não tinha muito mais o que fazer, Karyo tinha tempo pegou tranquilamente suas armas jogadas no chão.

Ferimentos:
 

Onservação:
 

Falas: escreveu:
AMANDA
GUNTHER
Vago
Kurai Hoshiken
Unmei Eisenberg
Vago
Vago
Arloong

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptySex 20 Set 2019, 01:24


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Pelo que podia vislumbrar, os meus companheiros haviam lutado com maestria, dominando os seus oponentes - principalmente Amanda, que sempre estava a me impressionar. A marinheira estava em um nível diferente do de Gunter. Sendo sincero, receava que ela fosse até mais forte que o seu próprio chefe - eu. Para todos os fins, era um alívio ter alguém assim no grupo, mormente nessa situação. Ao menos, se algo desse errado, podia contar com a sua infalível habilidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A minha luta havia acabado tão rápido quanto começou. Em poucos movimentos o tritão estava finalizado, ainda que eu não tivesse saído impune. "É melhor não me descuidar com o próximo... Achei que poderia acabar tudo com uma só sequência de golpes. Ainda me falta treino..." - refletia sobre as minhas atitudes tolas. O sangue que se acumulava em minha boca era prova disso. O interior de minhas bochechas estava cortado e sentia o gosto férreo permear a minha língua. "Já faz algum tempo que não me sinto assim..." - cuspiria o sangue para o lado, massageando a ferida com a língua. "A verdade é que, se eu continuar assim, estarei completamente acabado quando o chefe chegar" - era verdade e sabia disso. Desde quando havia ficado tão displicente? Parecia que a força adquirida havia me subido a cabeça; quando, na verdade, não era muita coisa. "É melhor me colocar em meu devido lugar. Estou longe de onde quero chegar" - concluía; a escalada para o posto de Tenente era apenas uma formalidade, minha força não era muito diferente de outrora.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com isso em mente, dei um passo à frente, com as armas já embainhadas. Surpreendia-me com a leve impressão que há pouco havia passado pela minha mente. Por meu desazo, não consegui acompanhar o que havia acontecido com precisão; todavia, Amanda sabia relatar o ocorrido. "Manipular água? Isso é uma habilidade inédita para mim... Que formidável" - com isso, reavaliava a força de meu adversário — Tomem cuidado, fiquem atentos e estejam prontos para desviar. Antecipem seus movimentos corporais, a água não pode ser atirada sem dar sinais. Procurem manter-se alinhados com seus inimigos, utilizando-os como cobertura - ainda que a teoria por trás do combate fosse fácil de mentalizar, difícil era a sua prática. Porém, o novo fato só me incentivava a manter-me na linha. Não se podia confiar nesses piratas, afinal de contas — Que venha o próximo! - diria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Logo, os próximos três oponentes eram enviados ao campo de batalha. Tritões eram realmente algo especial; oponentes formidáveis. Diferentemente dos humanos, sua própria natureza lhes concedia habilidades e estratégias únicas. Começava a vislumbrar o significado por trás daquelas lutas. "Lutar contra um tritão é a pura expressão da máxima de adaptar-se ao oponente..." - concluía. Absorvendo o novo aprendizado, manter-me-ia alinhado com o êmulo, visando me proteger dos tiros semi-invisíveis e acompanhando seus movimentos com calma. Esperava que os meus companheiros fizessem o mesmo, mitigando os eventuais danos causados por aquela interferência injusta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Para este combate, não pegaria leve e não daria mole. Optaria por usar, no momento inicial, as foices assassinas, por questões estratégicas. "As lâminas são menores e se encaixarão melhor nas dobradiças desprotegidas" - arquitetava. Tomaria a iniciativa, investindo contra o tal "Kraab". Já havia encontrado e comido muitos caranguejos em minha vida, tendo uma razoável noção de como lidar com a situação. Tão logo entrasse em seu alcance, estaria pronto para evadir-me para a lateral oposta à direção de seu ataque, dando um rápido passo para o lado do ataque inimigo e contornando a trajetória do golpe em meia-lua. Realizaria essa dança até visualizar uma boa oportunidade, a qual julgaria ser no exato momento posterior à evasão. Com as foices previamente à meia altura, aproveitaria o balanço do golpe que acertaria o ar para violentá-lo com as minhas foices assassinas - as quais se encaixavam melhor no limitado espaço - nas articulações das pinças, sendo um golpe ascendente e outro descendente, como duas linhas paralelas em direções opostas¹.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Tão logo realizasse o movimento supramencionado, voltaria a me manter alinhado com o tritão e o chefão, a fim de não ser acertado pelos disparos de água. "Se eu não for cuidado o suficiente acabarei acumulando ferimentos demais..." - mantinha o pensamento em mente. Encontrava-me com a postura curvada, com a expressão austera e o cenho cerrado, analisando os movimentos do meu rival. Em minha estratégia, já haveria prejudicado uma de suas pinças, uma vez atacadas as articulações. Restava-me lidar com a outra, com a devida paciência para não cometer um deslize. A mesma artimanha não daria certo outra vez, urgindo que eu adota-se outra abordagem. Constatando essa necessidade, avançaria mais uma vez contra o inimigo, oscilando o meu corpo à semelhança dos boxeadores para dificultar a conexão das agressões, posicionando-me sutilmente inclinado ao lado do braço supostamente ferido, só para tornar a vida do opositor ainda mais árdua.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Uma vez em seu alcance, adentraria por baixo do braço do inimigo - preferencialmente após o balançar de seu membro para um ataque - e desferiria, com o braço localizado na região interior, um corte ascendente no meridiano de seu tórax, onde era visível a frágil linha que não parecia tão resistência quanto o restante da sua carapaça. Era uma manobra corpo-a-corpo arriscada e não esperava nada menos que imediata retaliação. Tendo isso em vista, anteciparia o seu contra-ataque e giraria o eixo de meu corpo - antes contorcido, para efetuar o golpe - deixando-me na posição habitual para desviar de suas tentativas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não podia ficar ali por muito tempo; afinal, estaria frente ao corpo do oponente, o qual até conseguiria me agarrar ao contrair os braços em direção ao seu corpo. Estando ciente disso, estaria pronto para me agachar e pular para trás, assim como poderia evadir-me por baixo de seus braços pelas laterais, tratando-se de uma pinçada horizontal. Porventura, poderia até intentar acertar-me a cabeça, a qual invariavelmente protegeria, pulando para o lado. Em todas as ocasiões, abrir espaço era imprescindível no momento. As foices assassinas já teriam tido o seu uso, de modo que jogaria-las no chão - poupando tempo - e sacaria a 13's Jason — Permita-me lhe dar um pouco do que seu companheiro experimentou... - consagraria, girando a foice como se fosse executar a minha técnica "Shi Kaiten Kama", realizada mais cedo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O meu derradeiro intento era realizar uma finta, fazendo-o pensar que sabia o que estava por vir. Miraria, aparentemente, no meio de seu peito, em região já visada anteriormente - o que só reforçaria o intento de acertar novamente aquele lugar - a fim de ludibriá-lo. Já realizada a investida, com a nova foice - novo alcance - ergueria subitamente a sua trajetória, com a ponta aguda da arma virada para cima, visando dilacerar o queixo e a boca do caranguejo. "Alcance!" - orava internamente para que o golpe conectasse. Não obstante, não permitia que golpe realizado contra mim no meio da execução me parasse; trataria de desviar, fosse para os lados, agachando-me ou pulando; o importante era a continuidade do ato, o qual deflagar-se-ia no momento crucial.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Atento aos milésimos de segundos posteriores ao golpe, precisaria fazer um juízo de valor e decidir se mostraria mais uma de minhas técnicas ou não. Se sentisse que precisaríamos de mais alguns rounds para resolver aquela testilha, não pouparia esforços e imediatamente pularia na altura do caranguejo e decretaria — Chōdo Mangetsu! - visaria acertar, impiedosamente, seus salientes olhos. Cegá-lo era a opção mais segura, rápida e eficiente, sem que fosse necessário matá-lo. Contaria que o momento era apropriado para tal ofensiva, vez que o inimigo estaria se recuperando do último ataque conectado. Atento, recuaria para trás, no molde escorregadio que deslizaria pelas brechas de uma possível retaliação desesperada - as mais imprecisas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Terminada a luta, cuspiria o sangue mais uma vez, limpando a boca com as costas da mão e anunciando — Próximo! - enquanto o oponente não chegasse, retiraria de minha bolsa um dos meus lampiões e o acenderia com o isqueiro, deixando-o de lado para gerar mais iluminação ao ambiente. Estaria com um olho no líder dos tritões, preparado para me atirar ao lado e desviar de um possível disparo de água — Por que não vem logo aqui, não está ficando com medo, está?! - provocaria, se fosse o caso.




¹ O Karyo tem ambidestria, podendo-se valer desse tipo de armamento normalmente.

Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 04
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Ceifador

Ganhos:
Perdas:

NPC's:
Extras: Log Pose (07/30) - Wonderful - Utopia (7/30)







Objetivos



Spoiler:
 
Off

Off

Observações mais que justas. Combates são meu ponto fraco, me dá preguicite aguda quando chega nessa parte, mas irei me policiar para não decepcionar! O bom é que fico com ferimentos e tenho mais um recurso narrativo para interpretar, kekkek. Procurei caprichar, mais que isso eu fico triste V - Caos em Utopia! 1439049992

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 20

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptySex 20 Set 2019, 23:15




Horário: 21:01
Temperatura: 17°C



   A primeira coisa que Karyo se atentaria durante a luta como sinal de alerta era os pequenos "tiro de água" que poderia receber , claro que isso significava dividir a atenção, pois ele não poderia estar cem por cento focado na própria luta e qualquer delize poderia lhe custa a vida. Situação era complicada, mas que disse que a vida de marinheiro era fácil? No mundo sempre há revolucionários fracos como o anão Hisoka, ou piratas impossíveis de serem vencidos como a infame Buki Bijin.

  Diferente de antes que quando o tenente foi apenas para um forte ataque, desta vez começou prevenido e logo aplicou uma bela esquiva deixando o braço de Kraab exposto para sofrer um ataque certeiro, mas no momento que preparava seu ataque percebeu a pequena mudança em Arloong, ele estava para enviar mais um ataque e Shen recuou para se defender, mas no fim não houve projétil nenhum atirado, mas um belo sorriso no rosto do capitão pirata apareceu.

  Perdendo a chance do ataque agora eram as pinças do oponente que vinham ameaçar a segurança do marinheiro, mas esse já se deslocava para colocar novamente o rival entre ele e o tritão tubarão problemático que estava logo ali. Passando com certa facilidade pelos golpes com a pinça que o adversário soltava, Karyo finalmente estava próximo para o ataque no tórax do monstro, mas as pequenas patas que estavam ali rapidamente se mexeram bloqueando o ataque, claro que isso ainda feriu o inimigo que urrou ao ver um dos seus pequenos braços voar.

  O contra-ataque veio rápido, mas Karyo sabendo do eminente perigo agachou e pulou para trás, não a tempo de conseguir passar limpo, pois o golpe lateral do caranguejo veio mais rápido que o habitual um risco vermelho que sangrava levemente ficou no seu braço esquerdo. Mas nesse momento não era só o adversário que parecia querer pegar pesado, pois em um rápido salto Kraab se aproximava rapidamente, Shen atacara então o queixo do inimigo que buscava com a pinça esquerda bloquear, mas a foice acabou cravando no pulso do oponente, mas sem se quer exitar ele golpeava com a pinça direita a coxa esquerda do tenente abrindo agora um corte mais profundo.

Ferimentos :
 

Observação:
 

Falas: escreveu:
AMANDA
GUNTHER
Vago
Kurai Hoshiken
Unmei Eisenberg
Vago
Vago
Arloong

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 50
Warn : V - Caos em Utopia! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! EmptySab 21 Set 2019, 00:57


Karyo Shen

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era algo muito incômodo ter que atentar-me, a todo momento, a um possível ataque surpresa. Desgastante, exaustivo, retirava-me o foco que devia ter no inimigo à minha frente. Entendia, de toda forma, que aquilo era um luxo ao qual o tritão podia se dar, visto a sua posição de superioridade - por ora.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A minha estratégia de luta controlada parecia ser efetiva contra o adversário, mas não era o bastante. E não o era em razão do Arloong, ser ardil, o qual estava a brincar com as nossas vidas. Sem sombra de dúvidas de que, para ele, tudo aquilo não passava de uma enorme brincadeira. Não bastasse a atenção que tinha que dar a ele em uma postura passiva, a qual já me exigia muito, quando o líder se movimentava, era inevitável reagir de imediato. A minha primeira oportunidade passou em branco, em prol de minha segurança. Era melhor me preservar fisicamente e prolongar a batalha do que agir imprudentemente e entrar em uma situação irreversível.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Enervei-me com a brincadeira que o pirata fazia comigo, só acrescentando um pouco mais de força aos meus ataques. Adentrei na perigosa área vermelha, a genuína distância corpo-a-corpo, ao evadir-me de um dos ataques. Planejava causar um grande estrago ali, mas fui retardado pelas inesperadas patas do caranguejo. "Achei que conhecia bem o animal, mas parece que os tritões absorvem características dos animais que conhecemos e as desenvolvem de forma única" - observava. De qualquer maneira, esses membros haviam sido decepados; não poderiam me parar, o tal Kraab, como um todo, não poderia, quem dirá aquelas patinhas - era quase como um insulto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Restou-me desviar dos golpes subsequentes, saindo da zona de elevada periculosidade. Todavia, os meus pés escorregavam ligeiramente no lixo, fazendo-me perder o tempo, resultando em um filete de sangue que agora escorria em meu braço esquerdo. "Esse tem que ser a última gota de sangue que posso derramar com esse oponente!" - me policiava, determinado, pensando no futuro. Tão no futuro que quase não me dei conta quando o Kraab apareceu na minha frente, mais rápido do que eu esperava. Tentei reagir a tempo, mas já era tarde demais — GRAAHR! - tentava abafar o inesperado grito de dor, rangendo os dentes. De fato, não esperava que o caranguejo pudesse encurtar a distância assim, tão subitamente. A minha perna ardia e naquele momento ela encontrava-se atordoada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A respostava precisava ser imediata. Mais uma vez estava na distância corpo-a-corpo e era preciso tomar a iniciativa. Entretanto, a foice encontrava-se emperrada na resistente carapaça do caranguejo. Como resolveria aquilo?! Não podia desistir da foice, era a mais forte que eu tinha e imprescindível se eu quisesse perfurar aquela resistente estrutura. O jeito era forçar - usar o que eu tinha de melhor, unindo ao agradável fato de que não podia me mover livremente com a perna maculada — VENHAAAA!!! - exerceria o máximo de força possível na arma, visando cravá-la cada vez mais fundo. Não esperava que ele me deixasse fazer isso impunemente, no entanto.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Brandiria a 13's Jason em um golpe descente vertical, retaliando logo ao momento posterior ao meu ferimento; a intenção era não dar tempo dele recompor a sua postura. Assim que a foice chegasse ao seu ponto baixo, esperava que um ataque estivesse vindo em minha direção; agachar-me-ia, pularia ou usaria de apenas uma perna para me impulsionar para o lado, visto que a dor em minha coxa ainda inibia que aplicasse força, a fim de desviar, aproveitando o ensejo para desferir mais um corte com a minha lâmina, seja o ataque horizontal nas pernas, seja o ataque ascendente, o qual acompanharia o pulo, seja o corte horizontal, o qual também acompanharia o meu corpo em evasão, respectivamente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não seria nada fácil lutar nessas condições. O gosto férreo ainda estava em minha boca; agora, podia sentir o forte odor se sobressair entre a putrefez do lixão. "Preciso continuar forçando!" - era a minha aposta. Dessa forma, largaria a foice quando um ataque estivesse a caminho, esquivando-me para o lado oposto do ataque, agachando-me ou pulando, sendo o mais conveniente. Faria isso para tão só voltar a me agarrar com a haste da foice, pondo todo o meu peso e aplicando toda a força que conseguisse a ela — Mais fundo! MAIS FUNDO! - vociferava, contraindo até os músculos em meu pescoço, deixando as veias salientes, visivelmente pulsando, enérgicas. Repetiria a mesma estratégia até que conseguisse romper através da carapaça, livrando a minha foice e causando um estrago sem precedente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dessa vez, imediatamente tomaria distância, alinhando-me com Arloong, atento à rápida aproximação do Kraab, a qual responderia não com outra evasão, mas com uma violenta investida da qual acreditava que ele não conseguiria desviar — SHI KAITEN KAMA! - acertá-lo-ia no ar, esperando que aquela luta tivesse o seu devido encerramento¹. O tempo, para mim, era algo inegociável e, se ele não viesse ao meu encontro, eu mesmo iria ao dele, executando a mesma técnica ora referida, passando a clara mensagem de que ela era mais que o suficiente para lidar com todos eles - ainda que, internamente, sabia que não era a verdade.

Shi Kaiten Kama | Foice Rotativa da Morte:
 

HP: ???/232
SP: 100/116 (não contada a desse post)




¹ A estratégia mencionada iria contar como ataques, então usaria da técnica, que não conta no limite de VdA (3) para realizar o feito, sendo o caso.

Citação :

Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 05
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Ceifador

Ganhos:
Perdas:

NPC's: Bando do Arloong.
Extras: Log Pose (07/30) - Wonderful - Utopia (8/30); extramente fudido.







Objetivos



Spoiler:
 
Off

Thanks! Mas eu não vou conseguir manter esse nível de post em relação ao combate, realmente. É muito cansativo, me deixa exaurido, mas também não serei displicente, vou encontrar um meio termo.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




V - Caos em Utopia! Empty
MensagemAssunto: Re: V - Caos em Utopia!   V - Caos em Utopia! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
V - Caos em Utopia!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 7Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Utopia-
Ir para: