One Piece RPG
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» salve salve
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 08:11

» Voltei, Dattebayo
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 07:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Ineel Hoje à(s) 06:25

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:04

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 05:05

» Primum non nocere
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 04:48

» [LB] O Florescer de Utopia III
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:46

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:30

» De volta aos negócios
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Viktor II Hoje à(s) 03:02

» A inconsistência do Mágico
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:31

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Hisoka Hoje à(s) 02:03

» Arco 5: Uma boa morte!
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 01:07

» Xeque - Mate - Parte 1
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 00:35

» Pequeno Gigante
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Faktor Ontem à(s) 23:32

» 10º Capítulo - Parabellum!
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Yami Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Kylo Ontem à(s) 22:27

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor DarkWoodsKeeper Ontem à(s) 21:34

» [Mini-Aventura] A volta para casa
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 21:18

» Um novo tempo uma nova história
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:12

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Emptypor Licia Ontem à(s) 19:05



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySab 31 Ago 2019, 21:54

Relembrando a primeira mensagem :

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Meng Hao. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Wild Ragnar
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 24/06/2014

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySab 11 Jan 2020, 13:27




Meng Hao



Com nenhuma ameaça sendo detectada, o zeppelin decolava. Saindo da cabine do nobre, Meng Hao ia até seus companheiros agentes. - Nenhum sinal do Yuri ou de pessoas armadas?  - Perguntou o pequeno gigante aos dois que tinham ficado encarregados de inspecionar os passageiros que embarcariam. A pergunta fora feita em tom casual, sendo basicamente retórica já que a resposta era óbvia, e logo o jovem agente trocava o assunto. - Aparentemente temos direito a quartos também. Creio que é melhor ficar duas pessoas na porta da cabine deles a todos momentos, caso algum membro da família queira passear ou comer no refeitório, um pode acompanhar enquanto o outro permanece de guarda na cabine. - Fazendo um breve silêncio, completaria em seguida - Assim faremos turnos de dezesseis por oito horas, o que acham? -

Desde que não houvessem maiores problemas, o rapaz seguiria em frente com o plano. - Posso ficar as primeiras dezesseis horas e deixar para dormir depois. - Avisaria, e nas horas seguintes, buscaria conversar um pouco com os dois a medida que o acompanhassem na guarda, buscando conversar sobre coisas comuns como - Você é de Baterilla mesmo? O que o (a) levou a querer se tornar um (a) agente do governo? Já foi até a Grand Line? Pretende ir? - Obviamente não perguntaria tudo de vez, dando espaço para a outra pessoa responder, e em seguida falando um pouco de si, claro, para então prosseguir com a próxima pergunta e assim por diante. Tanto Han quanto Hiyori pareciam pessoas educadas e simpaticas, e nada levava Meng Hao a acreditar que não gostariam de gastar algum tempo com papo furado.

- Na verdade eu viajei em um circo intinerante pelos mares quando novo, parando em Wushu quando ele faliu. Lá consegui atrair a atenção de um agente aposentado que me tornou seu discípulo, o que basicamente me levou a ingressar no governo também. - Diria em um momento, e em outro - Na verdade eu não sei, não me lembro da minha infância ou onde nasci, então pode ser que tenha passado pela GL, não é mesmo? - Apesar do tom relaxado, havia um certo amargor em suas palavras que não podia ser disfarçado, e ele não mencionava como muitas vezes sonhava durante o sono, sonhava com terras de gelo e neve, onde seres enormes embarcavam com suas espadas, machados e martelos rumo ao desconhecido, pintando o horizonte de vermelho sangue. De como nesses sonhos, ele os liderava e se sentia em casa. De como ao olhar para suas mãos e ver a pistola que tinha nelas, o sonho ruía.

Um sorriso depreciativo surgia por um instante, mas logo sumia a medida que ele continuava a falar - Meu sensei me contou muitas histórias sobre a GL, então definitivamente quero ir e conhecer tudo que puder, enfrentar apenas os mais fortes, e não esse lixo do Yuri que nem ousa dar as caras na presença de ‘ge’. - E se desde o início da missão ele tinha agido de forma racional, não mostrando tanto da sua personalidade única, tais palavras acabam por revelar como ele realmente se sentia. Decepcionado e desdenhoso com a falta de ação do pirata.

No restante do tempo, além de jogar ainda mais conversa fora, usaria seus dados para jogar alguma coisa qualquer até enjoar, acompanharia alguém da família dos nobres pelo zeppelin se eles quisessem esticar as pernas ou ir comer no refeitório, apesar que a probabilidade fosse que devido as ameaças, o trio se enfurnasse na cabine como o bom senso pedia. Quando sentisse fome, deixaria sua dupla tomando conta da guarda e iria fazer uma refeição, retornando e tomando o lugar para que seu/sua companheiro (a) pudesse fazer o mesmo. ”É uma pena não ter nada para esculpir e passar o tempo.” Pensou, suspirando.

- Tem algum livro que valha a pena ler? - Questionaria a pessoa que estivesse junto de si, lembrando-se do marujo que lhe emprestara o livro sobre rastreio na ida de Wushu até Baterilla. ”Pessoas entediadas lêem.” Concluiu ele, acreditando ter descoberto uma grande verdade sobre o mundo, já que ele próprio só pegava algo para ler em momentos como aquele, onde não havia mais nada para se fazer. Se conseguisse um livro emprestado, o leria.

Mesmo enquanto fazia outras coisas para passar o tempo, sempre estaria atento a pessoas se aproximando da cabine, parando de fazer o que quer que fosse e deixando a mão preparada para sacar a arma e disparar se fosse necessário. Uma vez que as dezesseis longuíssimas horas na guarda acabassem, iria até o refeitório comer, e então após pegar a chave do dormitório com o imediato, iria para o quarto dormir, para reiniciar o processo no dia seguinte, até que chegassem no seu destino. -Robert certo? Me disseram para pegar com você a chave para o dormitório. E ah, sabe se tem algum lugar que eu possa achar alguns livros para ler aqui? - Ao pedir pelas chaves, aproveitaria para perguntar se o local teria alguma lojinha com livros ou biblioteca. O zeppelin parecia ser coisa de primeira classe, e não custava nada perguntar.







Histórico:
 
Objetivos:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
CrowKuro
Comodoro
Comodoro
CrowKuro

Créditos : 5
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/01/2018
Idade : 26

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySab 11 Jan 2020, 17:29

Meng Hao
Hao ainda se via bastante preocupado com a questão da segurança, não estava errado, mas aquele voo parecia que seria tranquilo, já que nada encontraram ou aconteceu até o momento, talvez Yuri planejasse outra coisa e queria deixar os agentes achando que atacaria o zepelin, talvez aí se mostrasse de fato a forma de agir do homem.

O jovem gigante escalava turnos para fazer a monitoria dos aposentos da família neville, claro que isso poderia ser necessário, mas talvez não tanto, porém, era uma boa idéia por parte do novo agente que parecia comandar e coordenar aquela missão de forma bem tranquila e simples, como se já tivesse feito muito disso em sua vida.

Após decidirem o turnos de monitoria dos aposentos dos nobres que protegiam, os agentes iniciaram a vigília e conforme o tempo passava Hao parecia se interessar pela história de vida de seu companheiro de turno, Han era quem havia ficado junto ao rapaz, enquanto Hiyori ia descansar naquele primeiro momento, o jovem perguntava sobre a terra natal de Han e o mesmo o respondia. -Ah, sim, sou de Baterilla mesmo. O homem dava uma pausa e a segunda resposta vinha em seguida. -Bom, acho que a vontade de ajudar o povo, mesmo que sem ter a minha identidade exposta… As vezes aqueles que nos salvam nem sempre fazem isso esperando um retorno, quero ser alguém assim também. Mais uma pausa foi dada e a terceira resposta seguia após a pergunta do jovem gigante. -Bom, a grande line é um lugar perigoso, é o que dizem, mas sim, pretendo ir até lá algum dia, na verdade pretendo exercer minhas funções por lá, aqui nos blues não parecem um lugar que teriam grandes desafios.

O tempo ia se passando e o papo ia seguindo, afinal aquilo parecia ser a única coisa que eles tinham para fazer naquele local, e assim que Han terminava de responder suas perguntas ele mesmo fazia uma para Hao, parecia que o agente também se sentiu curioso pelo passado do jovem, Hao por sua vez o explicava tudo o que se lembrava, já que o mesmo não se lembrava tanto da sua infância e passado, porém, explicava tudo de forma bem clara para que Han entendesse ao menos um pouco do passado do rapaz.

O rapaz ainda se mantinha em alerta, mesmo em meio a conversa e logo mostrava um traço daquilo que realmente era, ao citar Yuri com lixo, o que não estava errado tendo em vista a visão de um agente para um pirata, e continuava dizendo sobre ir para a GL, em busca de inimigos formidáveis e mais fortes para enfrentar, Han por sua vez o olhava de forma mais suave e então sorria enquanto dizia. -Hahaha, claro, claro… Ele realmente é um lixo, mas veja por outro lado, está nos mantendo aqui presos a esta porta protegendo uma família, mesmo que não tenhamos encontrado nada no zepelin, não digo que ele não é um lixo… Mas o desgraçado é astuto e conseguiu nos manter alertas a tudo.

Mas, em meio a sua conversa com Han, um dos membros da família quis sair para ir comer alguma coisa, além de esticar as pernas, o jovem se prontificou de imediato para levá-lo até o local onde pudesse fazer a refeição, mesmo que isso fosse a contra gosto, Hao então seguia com um dos nobres da família neville, enquanto Han seguia tomando conta de tudo e percebendo o rosto de Hao um tanto preocupado com a idéia do nobre, o dizia. -Não se preocupe baixinho… Eu cuido daqui, leve ele até lá e depois retorne, se acontecer algo, é só pedir por reforços.

Hao seguia com o nobre e ficava por lá por cerca de vinte minutos, o homem que era o chefe da família não parecia preocupado com o que poderia acontecer e então percebendo de certo um estado de alerta vindo de Hao ou até mesmo preocupação ele o dizia. -Jovem rapaz, não se mantenha o tempo todo preocupado… Nem eu que sou o alvo aqui estou dessa forma, vocês verificaram todo o local e não encontraram nada que pudesse trazer perigo, certo? Confie nas suas habilidades, pois eu e minha família confiamos, então fique calmo e tente curtir um pouco da viagem, mesmo que isso seja um pouco difícil na sua posição… E ah, se me permite dar um ponto de vista, acho que deveriam se preocupar mesmo é com a aterrissagem do Zepelin… Podemos encontrar problemas por lá, já tem algum plano de contingência caso algo dê errado?

O homem soltava suas palavras de forma um tanto descontraída, mas seu tom era sério, talvez o jovem estivesse realmente preso ao que podia acontecer ali e não pensou em nada para o que poderia acontecer no final da viagem, porém, após tudo, o homem o pedia que o levasse até seus aposentos novamente onde encontraria Han ainda na porta e tudo ainda correndo bem como deveria estar.

O jovem gigante questionava sobre ter algum livro para ser lido enquanto o tempo se passava, Han não tinha nada com sigo, mas o chefe da família parecia ouvir logo assim que entrava e assim o emprestava algo sobre histórias antigas sobre guerras entre vikings e reinos antigos, Hao parecia receber aquilo de bom grado e então o homem fechava a porta e mais uma vez se mantinha em seus aposentos.

Após enfim o término de seu turno chegar, o jovem fazia a troca com Hiyori e saía para pedir as chaves do quarto onde podia descansar, o rapaz seguia até Robert e o perguntava onde poderia a encontrar, tanto as chaves quanto uma loja ou biblioteca, e nisso o mesmo o respondia. -Oh, se não é um de nossos protetores… Sim rapaz, existem sim, siga ao final do corredor onde estava e vire a direita, você vai chegar a um quadro na parede atrás de um balcão e um homem, peça a ele que o mesmo o entregará as chaves de seu quarto… Quanto a biblioteca, sim, após o local das chaves, siga o corredor a frente a sua esquerda terá uma sala grande, uma porta bem adornada em dourado como se fosse uma sala de palácio, lá dentro tem uma biblioteca, que modéstia parte é bem completa… Lá você pode encontrar o que quer.

Viagem:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Pensamento
Fala
Extras

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySab 11 Jan 2020, 19:59




Meng Hao





- Te proteger e a sua família foi a missão que recebi, ficar atento faz parte. - Respondeu o rapaz com um sorriso leve no rosto aos comentários de Neville. - Quanto a aterrissagem, a não ser que ele tenha vindo antes de nós ou tenha comparsas nos esperando, é improvável que ocorra algo. No entanto, como prevenção, é melhor usar o den den mushi do zeppelin se houver algum para contactar o QG de Polestar anunciando nossa chegada quando nos aproximarmos, pedidmdo para que reforcem a guarda da Estação. Quando pousarmos deixaremos os outros passageiros desembarcarem antes e nos manter atentos a quem tentar se aproximar de nós. - Completou ele com confiança.

Surpreendentemente quem acabava lhe emprestando um livro dessa vez era o nobre, e o conteúdo agitava o coração do rapaz, o fazendo recordar dos sonhos que tinha de noite. Ao fim do turno, após pegar a chave no lugar indicado por Robert, Meng Hao foi até o seu quarto tirar seu sono de beleza. Ali, deitado, leu mais um pouco antes de ficar realmente sonolento. ”Que nem o protagonista do livro, ‘ge’ também parece ter nascido pra brilhar. Veja só como todo mundo acatou minhas ideias e me deu razão.” Pensando em como as coisas estavam dando certo, e como o mundo era lindo, quase como se refletisse a própria beleza dele, o jovem adormeceu sem nem mesmo considerar que o único motivo dele saber se portar tão bem, como se já tivesse estado em situações como aquela diversas vezes antes, era graças ao treinamento do seu Sensei, o agente aposentado que lhe preparara para aquela vida.

Oito horas depois, despertaria pensando no sonho que acabara de ter, que misturava os sonhos antigos, a história do livro que lera antes de dormir, e sua própria vida. ”Pena que só me lembro de algumas partes, mas tenho certeza que o resultado era bem melhor que o do livro. E como poderia ser outra forma também, já que foi um sonho de ‘ge’? Se ao menos eu me lembrasse de tudo...” Se levantando, ele iria até o refeitório comer algo, e a caminho da cabine dos nobres, se lembraria da biblioteca mencionada poor Robert. Fazendo um desvio até ela, o jovem não deixava de apreciar criador daquele navio voador, que não só o fizera para ser confortável até mesmo para alguém tão alto quanto Hao, mas também passava uma sensação de luxo e dinheiro. ”Aposto que ele se daria bem com ‘ge’.” Refletiu.

Se chegasse na biblioteca, procuraria inicialmente por mais livros sobre vikings, mas se lembraria de algo que seu Sensei lhe dissera. – Sempre que puder aprender algo novo, não hesite, principalmente se for útil para ganhar dinheiro. – Com tais palavras em mente, sua vista começaria a buscar por coisas que lhe fossem úteis no dia a dia de agente, a profissão que escolhera para si, e que esperançosamente o deixaria rico no futuro. ”O que posso aprender que venha ser útil? ‘Ge’ já é tão incrível do jeito que é, ainda há algo que valha a pena aprender?” Se questionando, e indiretamente aos ensinamentos recebidos, se avistasse dois livros que lhe atraíam a atenção como lábia e estratégia, murmuraria - Lábia? Estratégia? ‘Ge’ já sabe tudo isso! - mas os pegaria mesmo assim, usando a curiosidade de ver o que os autores diriam a respeito dos temas como desculpa para si mesmo.

Levaria ambos consigo se não fosse proíbido, ficando de devolvê-los antes de desembarcar. Chegando em frente à cabine do nobre, bateria de leve no ombro de Han, liberando o companheiro. - Agora é sua vez de descansar. Imagino que esteja precisando. - E então começaria a jogar conversa fora com Hiyori, fazendo as mesmas perguntas que fizera a Han, os mesmos comentários, e dessa vez até mesmo contando a história dos dados que tinha no bolso. Por fim, começaria a ler o livro sobre estratégia

Aprendizado da perícia estratégia

- Tenho que admitir que haviam algumas coisas interessantes aqui. - Comentaria com Hiyori, mostrando a capa do livro para a mulher após terminar de lê-lo. - Estou quase impressionado, e olha que não é fácil impressionar ‘ge’. - Olhando para ela, mentalmente ele acabou se desmentindo. ”Bem, isso não é completamente verdade, já que você impressionou ‘ge’ lá no QG com a sua tolice e falta de visão.” Se recordando da cena em que ela não aceitara entrar em seu quarto, inconscientemente o olhar dele para a moça se tornava um de pena. A pobrezinha não sabia o que estava perdendo.

Repetindo as ações anteriores de acompanhar os nobres caso eles quisessem andar pelo local, devolveria o livro sobre Vikings para Neville. - Muito obrigado pelo livro, foi uma leitura bem interessante. Essas pessoas ainda existem por aí? Na Grand Line talvez? - Perguntaria mostrando interesse no tema.





Histórico:
 
Objetivos:
 


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
CrowKuro
Comodoro
Comodoro
CrowKuro

Créditos : 5
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/01/2018
Idade : 26

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptyDom 12 Jan 2020, 15:58

Meng Hao
Hao parecia adorar o livro que recebia de Neville, o assunto do mesmo era algo que chamava sua atenção, parecia que o nobre sabia o que de fato interessa o rapaz, o jovem ao pegar seu livro, seguia até o quadro onde podia obter suas chaves e nisso pegava as suas assim seguindo para seu quarto, antes de dormir o jovem reservava um tempo para ler o livro e se via totalmente dentro do mesmo, imaginava como seria tudo aquilo e vislumbrava as suas aventuras se tornando algo como aquilo que lia, com isso, algum tempo depois o mesmo acabava por pegar no sono.

Após acordar, o jovem fazia os seus afazeres e sua higiene pessoal e assim seguia para assumir o posto no lugar de Han, assim fazendo companhia a Hiyori, lá o mesmo iniciava uma conversa assim como feita com Han, perguntava sobre tudo, exatamente como havia feito com o homem, porém, agora as respostas vinham da mulher. -Ah, sim, eu sou de Baterilla mesmo, nascida e criada lá. A menina dava uma pausa na qual vinha a segunda pergunta de Hao e assim a sua resposta logo em seguida. -Primeiro reconhecimento, e depois ter poder o suficiente para proteger aqueles que eu amo… Minha família é tudo para mim. Por fim vinha a terceira pergunta de Hao, e mais uma vez após uma pequena pausa e assim novamente se seguia com a resposta de Hiyori. -Quanto a Grand Line… Não, ainda não fui até lá, mas pretendo ir em breve, continuar aqui não me fará ficar mais forte, as ameaças daqui não tem tanto peso quanto as que se encontram lá.

Porém, antes disso o jovem Hao havia ido até a biblioteca, onde iniciava suas buscas por livros parecidos com o que o senhor Neville havia o emprestado, porém, em meio a sua busca o jovem se lembrava das dicas de seu mestre e assim mudava o seu foco de busca, ele começava a buscar sobre livros de estratégia e lábia, e assim o fazia até os achar, algum tempo depois o rapaz o encontrava e assim seguia para seus afazeres como agente, assumindo o posto no lugar de Han.

Depois de ter tomado o lugar do homem na proteção do local onde os nobres se encontravam, o rapaz começava a ler sobre os livros que pegou, com isso ele dava uma pausa na conversa com Hiyori e se focava apenas no assunto de seu interesse, apenas a mostrando a capa do livro que ele pretendia estudar e comentando coisas sobre o livro com a menina que apenas sorria para o rapaz e não o interrompia em sua leitura, se mantendo ali junto do mesmo.

Hao fixava sua mente por mais ou menos duas horas no aprendizado sobre estratégia, o rapaz tinha tudo o que precisava saber no livro e absorvia tudo aquilo com certa facilidade, seu aprendizado parecia ter enfim terminado, e então quando menos esperava neville aparecia na porta para os dar bom dia, algo que poderia surpreender o rapaz e a menina que rapidamente o respondia de volta. -Bom dia senhor Neville, deseja ir a algum lugar?. O homem então a respondia de forma bem tranquila e suave. -Oh, não precisa se preocupar, estamos bem, assim que precisarmos sair, os pediremos, só estamos esperando que todos estejam prontos. Isso deixava no ar que provavelmente toda a família sairia para ir tomar o seu café da manhã, o que poderia deixar Hao um tanto preocupado, mas era algo que o jovem não podia impedir.

Com isso Hao enfim poderia entregar seu livro ao homem o agradecendo por ter o emprestado o mesmo e assim continuando a esperar que a família Neville estivesse pronta para seguir até buffet que era entregue aos passageiros.

Viagem:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Pensamento
Fala
Extras

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptyDom 12 Jan 2020, 22:30




Meng Hao






Ao ouvir as respostas da agente, Hao percebia que tanto ela quanto Han eram nativos de Baterilla, e talvez até mesmo fossem conhecidos de longa data, não que isso fosse relevante para o rapaz. Vendo que Neville estava saindo da cabine, e escutando as palavras que ele trocava com Hiyori, o jovem também o cumprimentou, aproveitando o momento para devolver o livro que havia pego emprestado. - Bom dia senhor, muito obrigado pelo livro, foi uma leitura bem interessante. Essas pessoas ainda existem por aí? Na Grand Line talvez? - Perguntaria mostrando interesse no tema.

Uma vez que a família fosse ao refeitório, os escoltaria, se mantendo atento a qualquer aproximação indesejada ou ameaças, pronto para entrar na frente de um ataque contra o trio, e sacar sua arma para disparar. Repararia também na esposa e filha do nobre, que até aquele momento haviam deixado toda e qualquer interação por conta de Neville. - Bom dia senhora. Senhorita. - Diria a elas se visse que era sensato.

Caso nada ocorresse, quando o grupo desejasse retornar para a cabine, Hao voltaria a ficar de guarda na frente da porta os protegendo, aproveitando o tempo para ler o livro que faltava, sobre Lábia.

Aprendizado de Lábia

Acabando de ler, por não ter certeza de quanto tempo faltava para o término na viagem, ficaria atento aos avisos de aproximação da ilha, indo até Robert para saber se havia um den den mushi a bordo. - Há algum den den que possamos usar? Preciso contactar o QG da ilha para anunciar nossa chegada. - Diria ao se aproximar dele, caso o achasse, estendendo uma mão para apertar a do homem como forma de cumprimento. Já se seu turno acabasse antes disso ocorrer, iria até ele de toda forma, apenas acrescentando uma pergunta antes quando o encontrasse. - Quanto tempo de viagem ainda temos até chegarmos? -

Desde que fosse possível usar o pequeno animal, e o zeppelin estivesse próximo o suficiente da ilha, Hao tentaria contactar o QG local - Bom dia, aqui é o agente Meng Hao da CP4, correntemente a bordo do Zeppelin da Apple, encarregado de proteger a nobre família Neville. Iremos desembarcar dentro de xx minutos, e gostaria de pedir para que a segurança da estação seja reforçada devido as ameaças recebidas de que um atentado contra a vida do senhor Neville está para ocorrer. - Fazendo o possível para ser conciso, mas também claro, se escutasse uma resposta positiva o jovem gigante daria um sorriso contente. - Obrigado pela compreensão. Tenham um bom dia. -

De volta à frente da cabine, quando a hora de desembarcar chegasse, deixaria que todos outros passageiros descessem primeiro, escoltando a família após, indo na frente do grupo para analisar a situação, tentar reparar nas pessoas próximas, identificar ameaças, tendo assim tempo o suficiente para avisar ao grupo para retornar ao interior do veículo e sacar sua arma, tentando disparar contra o(s) peito (s) do(s) inimigo(s). - Eles estão aqui! Hiyori, retorne com eles para o interior! Han! Me cubra!! -





Histórico:
 
Objetivos:
 


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
CrowKuro
Comodoro
Comodoro
CrowKuro

Créditos : 5
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/01/2018
Idade : 26

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySeg 13 Jan 2020, 15:46

Meng Hao
O momento em que o chefe da família neville aparecia na porta surpreendia de certa forma o rapaz, que ao ver a pequena conversa entre o homem e Hiyori, também se manifestava o cumprimentando e aproveitando para entregar o livro que havia recebido do mesmo assim como também lhe fazendo uma pergunta sobre o livro ao nobre, que após ouvir o respondia logo em seguida. -Oh, jovem rapaz… Fico feliz que tenha gostado do livro hahaha… Bom, quanto a sua pergunta… Sim, acho que uma raça tão formidável quanto a deles não seria extinta assim, sem contar que a Grand line é um lugar de muitos mistérios não é mesmo?. O homem terminava sua fala enquanto percebia que sua mulher e filha enfim estavam prontas para seguir até o refeitório.

Hao fazia tudo para cuidar e proteger a família, estava atento a qualquer aproximação estranha ou tentativa de ataque, porém, o café da manhã seguia de forma bem tranquila, o garoto por sua vez parecia apreciar a filha dos neville assim como a esposa do nobre e então as cumprimentava, as mulheres o olhavam de forma gentil com um leve sorriso em seus rostos, a filha com seus cabelos loiros e olhos azuis de pele branca quase pálida e sua mãe, também loira mas com os olhos castanhos e um tom de pele um pouco menos claro. -Olá senhor agente, é um prazer!. Dizia a filha do casal que dava adeixa para a sua mãe também o cumprimentar. -Olá rapaz, é um belo dia não é mesmo?. Após os breves cumprimentos, a família comia o que tinham vindo comer, de forma até que rápida e logo em seguida retornavam para a cabina novamente com a proteção de Hao.

O mesmo nesse momento se colocava a aprender sobre lábia, pegava seu livro e com isso começava a ler incessantemente por cerca de uma hora e meia, o que o fazia ter um ótimo entendimento sobre o assunto, após ter o término de seu aprendizado, o jovem pedia que Hiyori seguisse com a vigília enquanto ele iria até Robert para lhe pedir um den den mushi que pudesse entrar em contato com o Q.G da ilha de LogueTown, obviamente o homem lhe estendia a mão e o respondia. -Claro rapaz, temos sim, está ali em cima daquela bancada. O den den mushi parecia ser um particular para o contato com o quartel general da ilha e com isso o rapaz conseguia entrar em contato e pedir reforços no pouso do zepelin.

Sua resposta era imediata e o comandante do quartel o respondia dizendo que ao chegar ele teria um reforço no desembarque, o homem especificava a quantidade de pessoas que seriam designadas que seriam de cinco soldados e logo em seguida desligava, o rapaz por sua vez perguntava a Robert quanto tempo faltava e o mesmo o surpreendia com um apontar de dedo e uma breve resposta. -Tá vendo aquela ilha ali? Pois é, chegamos hahahaha... O zepelin se encontrava já sobre a ilha de Loguetown, seu pouso levaria em torno de trinta minutos, até que tudo estivesse preparado para a aterrissagem, com isso Hao teria algum tempo para preparar algum plano ou algo do tipo até o momento de tocar o solo.

Se passado o tempo para o pouso do Zepelin, Hao preparava tudo com sua equipe junto a família neville, o jovem deixava que todos do zepelin saíssem primeiro para depois seguir com a família nobre para fora do mesmo, porém, isso não parecia ser uma idéia tão boa, já que ele poderia ter mesclado os nobres junto aos demais passageiros para que saíssem sem ser notados, mas agora seria óbvio quem seria a família que deveria ser atacada.

Após a descida de todos do zepelin, Hao seguia juntamente a Hiyori e Han fazendo a escolta dos neville, ao chegar à porta de saída que dava acesso a rampa do zeppelin o rapaz poderia notar apenas três soldados fazendo a escolta do mesmo, homens vestidos com uniformes da marinha, seus chapéus, um utilizando arma de fogo, outro uma espada e um terceiro com uma espécie de soqueira, e mais a frente um homem que parecia coordenar aquilo, seu traje era um tanto diferente, mas ainda assim com as cores da marinha, que ao perceber a aproximação da família real ordenava que os soldados se mantivessem a postos. - Homens, em posição… Senhor Neville… Sua família… É uma honra a sua visita a nossa cidade… Acredito que esses a sua volta sejam os agentes enviados para sua proteção, correto? Não se preocupem, parece que não há ninguém suspeito por aqui, viemos a pedido do agente Meng Hao… da CP4 não é isso? Qual de vocês seria ele?. Dizia o homem olhando para os agentes que circundam a família neville com um tom de voz bem sereno e tranquilo, não demonstrando nada de errado, medo ou nervosismo, porém, pela média distância entre ele e os que estavam no zeppelin, seu rosto ainda estava oculto, tendo auxílio da sombra do chapéu da marinha, o que dificultava uma identificação imediata.

Viagem:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Pensamento
Fala
Extras

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySeg 13 Jan 2020, 19:26




Meng Hao




O fato de já estarem praticamente acima da ilha surpreendia o agente, que não esperava por aquilo. - Bom, então é melhor eu ir devolver os livros que peguei na biblioteca. - Comentou para Robert dando uma leve risada e indo fazer exatamente o que dissera. Aproveitou para passar no dormitório em que Han estava descansando também. Batendo na porta, caso fosse atendido o avisaria das novidades. - Hei cara, vamos aterrissar em meia hora, é melhor se aprontar. -

Vendo todos que desembarcavam antes deles, o jovem gigante olhava para aqueles que deveria proteger e os lançava um sorriso tranquilizador. Ele sabia que a opção tomada era uma que podia ser questionada, já que colocaria o grupo em evidencia caso realmente houvesse um ataque, no entanto ele possuía vários motivos para querer deixar os outros passageiros saírem primeiro. Por exemplo, a possibilidade de mesclar a família com as outras pessoas só era viável se ele próprio se afastasse dos nobres, considerando os quatro metros de altura que tinha e o uniforme de agente que vestia, e por mais que Han e Hiyori pudessem permanecer mais próximos dos nobres os protegendo, Hao jamais colocaria a segurança de Neville apenas nas mãos dos dois.

Não só isso, mas da mesma forma que a família poderia tentar usar os outros passageiros para tentar passar despercebidos, o inimigo poderia usar exatamente a mesma tática, usar a multidão para se aproximar sorrateiramente e atacar antes que Hao e os outros dois agentes pudessem fazer qualquer coisa para impedir. Ao optar por isolar o grupo, o gigante esperava forçar qualquer atacante a se mostrar, já que como dizem, é melhor enfrentar um guerreiro sadio na luz do dia, do que um assassino ferido nas sombras.

Outro argumento, um mais humanitário, também poderia ser usado, o de que um possível confronto com vários civis comuns no meio estava fadado a causar casualidades que poderiam ser evitadas de outra forma. No entanto, apesar de tal noção ter passado pela cabeça do rapaz, a realidade é que não influenciou em nada sua decisão. Ele se importava com a segurança dos nobres apenas, com realizar  a missão que lhe foi dada. Felizmente para os civis comuns, os outros dois pontos foram fortes o suficiente pra que Hao optasse por deixar todos desembarcarem antes.

Quando chegou a hora do grupo prosseguir, Meng Hao ia na dianteira para garantir que qualquer atacante teria que passar por si antes de alcançar os outros, e logo viu os marinheiros os esperando. Ouvindo as palavras daquele que parecia ser o líder do grupo, o jovem ergueu a mão esquerda em forma de cumprimento. - Esse seria eu. - Disse ainda sorridente, dando um passo a frente e pisando na rampa. ”Parece que o comandante realmente enviou os cinco homens que prometeu.” Pensou o rapaz, e então o pé que pisara na rampa parou por um instante, enquanto o agente percorria o grupo do outro lado com os olhos mais uma vez.

”Um, dois, três, quatro. Ué, cadê o quinto?” Contando rapidamente, ele reparava em algo que normalmente não teria muita importância, uma pequena diferença no número de soldados. ”Não deve ser nada demais...” Pensou, mas ao se recordar de como Yuri gostava de táticas mais sorrateiras de acordo com Han, sua boca buscou uma confirmação de que não havia nada de errado de verdade. - Pensei que o capitão havia prometido seis soldados… - Comentou em voz alta, focando a atenção no rosto do líder dos marinheiros, que até então estava envolto nas sombras de seu chapéu. O comentário feito estava errado em dois pontos, não apenas no número de soldados prometidos, mas também a patente do homem com quem havia conversado.

Caso o homem não corrigisse corretamente Hao, o jovem olharia de relance para trás, dizendo baixo para Han e Hiyori - Fiquem atentos, tem algo de errado. - ao mesmo tempo em que posicionava a mão direita de forma a sacar sua arma o mais velozmente possível. Olhando novamente para o outro grupo, diria com um sorriso debochado, divertido - Pode ser que eu seja muito cauteloso, mas por favor compreendam, faz parte do meu trabalho. Sendo assim, será que poderiam tirar os chapéus? Minha visão não é lá muito boa, e não consigo ver seus rostos…

Já se o homem o corrigisse corretamente, Hao acenaria positivamente. - Desculpe pelo pequeno teste amigo, é só que vocês tem um homem a menos e estranhei. O que ocorreu? - A pergunta era amigável, mas o rapaz ainda não dera outro passo para frente, tentando ao invés conferir as feições de todos os marinheiros, principalmente do líder deles. Se não conseguisse, pediria por fim, em um tom cordial - Não consigo ver bem seu rosto, se incomoda de retirar o chapéu e me tranquilizar? -

Se em qualquer um dos casos o grupo se recusasse a remover os chapéus, Hao não hesitaria em sacar sua arma e apontar para o coração do líder deles. - Temo que terei que insistir. - Por dentro, o jovem torcia para que aquele fosse Yuri de fato. Senão, de que outra forma conseguiria os berries que valiam a cabeça do pirata?

Já no caso do grupo de marines se demonstrar hostil, sacando as próprias armas ou  tentando avançar pela rampa ignorando a arma que Hao sacaria nessa situação, o gigante não hesitaria em realizar três disparos, os dois primeiros mirando o peito e a cabeça do “líder” oposto, enquanto o terceiro miraria a cabeça do atirador deles. O próprio Hao não recuaria, nem mesmo tentaria se desviar dos disparos inimigos, ao invés andando calmamente em frente, voltando a disparar vez após outra contra os pontos vitais deles. Se percebesse que alguém estava para ataca-lo, focaria seus esforços imediatos em tal pessoa, tentando acerta-la na cabeça ou peitoral, e para se defender, se preciso, no máximo viraria o rosto por um instante ou abaixaria a cabeça para proteger os olhos e pescoço, deixando testa, queixo e faces serem atingidas se notasse que seria acertado.

Com sua pele resistente, altura, e alcance, ele era um forte humano. Ninguém passaria por ele.


Histórico:
 
Objetivos:
 


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
CrowKuro
Comodoro
Comodoro
CrowKuro

Créditos : 5
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/01/2018
Idade : 26

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptyTer 14 Jan 2020, 15:38

Meng Hao
O grande rapaz corria antes de tudo para avisar Han e entrar os livros que pegou na bibliotéca, com isso, Han o respondia e seguia imediatamente para fora de seu quarto,o rapaz então entregava seus livros e retornava para que pudesse enfim desembarcar junto com a família Neville.

Ao se pôr na rampa do zepelin se preparando para descer, sua idéia de deixar que todos os civis saíssem primeiro de fato era uma boa idéia, mas deixava algumas brechas como o próprio Hao previa,  no momento em que as pessoas saíam, em meio a toda a multidão, dois homens adentraram ao zepelin, passando despercebidos pelos agentes, e lá dentro sumiram, sem que ninguém os visse, Hao então, sem saber do fato, seguia junto da família Neville e seus dois companheiros, sendo que Hao seguia pela dianteira, deixando Han e Hiyori na retaguarda da família, uma idéia de fato perspicaz, tendo em vista o tamanho do rapaz que poderia impedir que a família pudesse ser atingida tão facilmente por tiros, já que seu tamanho podia impedi-los facilmente.

O jovem, por ser de fato bastante inteligente, se mantinha atento a tudo, inclusive a falta de soldados que havia sido mencionado em sua conversa com o Q.G, o rapaz contava apenas três soldados e mais um homem que seria o líder daquele pequeno esquadrão, porém, o erro do mesmo talvez estivesse aí, já que foi dito que seriam cinco soldados, o líder do esquadrão certamente não era um soldado, o que contabilizava seis pessoas naquele local, mas, sua visão estava certa, e o jovem imediatamente perguntava onde estariam os outros dois que tinham sido mencionados, o homem exitava em responder por um período de tempo curto, mas logo o respondia. -Não precisa se preocupar tanto jovem, só estamos aqui a seu pedido. Hao mesmo assim parecia não acreditar naquilo e então pedia para que todos ali tirassem seus chapéus, os homens não exitaram em fazê-lo, o que poderia deixar o jovem agente confuso com a situação. -Bom, se é o que deseja rapaz, não se preocupe… Senhores, tirem seus chapéus, vamos mostrar ao jovem que não somos inimigos. Após a ordem, todos tiravam seus chapéus e não havia nenhum Yuri no meio daquele grupo, o homem que aparentava ser o líder o olhava novamente juntamente com todos os soldados a sua volta e então o perguntava. -Satisfeito rapaz? Estamos do mesmo lado, não precisa se preocupar com nada. O homem era apenas um dos membros do bando de Yuri, o que explicava a ausência do homem a frente do grupo, e mostrava o que Han havia dito, de Yuri gostar de ser sorrateiro e tático em suas ações.

Hao se via agora em uma situação complicada, ele não tinha mais motivos para não acreditar naqueles homens e então seguia em frente e logo quando ele dava o seu primeiro passo, sem que percebesse, dois homens surgiam atrás de seu grupo e da família Neville, os homens saíam de dentro do zepelin, vindo das sombras, um apontava uma arma para acabeça de Hiyori, encostando o cano da arma na cabeça da mesma, e o outro homem puxava Han em um mata leão poderoso, tendo o homem como refém e vítima ao mesmo tempo.-Tenho que parabenizá-lo rapaz, você realmente é bem estuto para um novato… Mas, acho que cometeu um pequeno erro… Homens, suas armas… Parece que estamos próximos de completar nossos objetivos. Uma voz saía de trás do grupo, esse homem era Yuri. Após a ordem do homem que vinha de trás do grupo de Hao, todos os homens a frente se preparavam, o que seria o líder sacou sua pistola e apontou para Hao, o outro atirador, o que já estava com a arma a vista para Hao desde o início apontava para um dos Neville, e os outros dois que usavam espada e o outro uma manopla começavam a se aproximar aos poucos, de forma cautelosa e atenta, já o homem que apontava a arma para a cabeça de Hiyori sacava uma segunda arma, a apontando para a cabeça do chefe da família Neville, e Yuri, por sua vez, dava a ordem para que todos avançassem até o solo, fora da rampa do zepelin.-Peço que sigam até o solo… Não tentem nada de ousado, pois a qualquer momento alguém aqui pode morrer… Você, gigante que parece ser o líder aqui, se eu ver qualquer movimentação brusca vinda de você, eu quebro o pescoço desse agente aqui, assim como a cabeça de sua companheira e do chefe dos Neville irá explodir e você será alvejado junto com o restante da família, apenas siga o que eu digo e todos saíram bem, eu só quero esse homem. Yuri dizia aquilo enquanto todos seguiam lentamente descendo a rampa do zepelin, e agora cabia a Hao tomar uma decisão sobre o que fazer naquela ocasião.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Pensamento
Fala
Extras

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptyTer 14 Jan 2020, 18:15




Meng Hao




Ao não ser corrigido corretamente pelo homem, Hao notou que havia algo de estranho e avisou aos seus companheiros para ficarem atentos, pedindo para que o grupo de marinheiros baixasse os chapéus em seguida, e descobrindo assim... absolutamente nada. Vendo aqueles rostos completamente estranhos, o jovem suspirou, não de alívio, mas sim de decepção. Yuri não estava ali. ”É, parece que não vai ser hoje que ‘ge’ vai ganhar uma grana fácil.”

Ainda achando a questão dos números um pouco estranha, resolveu se aproximar mais um pouco, sozinho, no entanto assim que dava mais um passo, tudo mudava. Uma voz vinha detrás de si, fazendo com que ele se virasse rapidamente na direção da família, e para seu espanto lá estava o rosto que tanto queria ver. O de Yuri. Infelizmente o dono de tal rosto havia pego Han como refém, e para piorar a situação, Hiyori e Neville estavam sob ameaça de um atirador. ”Mas… mas como? Nós checamos o zeppelin, deixamos todos descerem antes...” Com olhos arregalados, Meng Hao tentava entender como o pirata tinha realizado aquela façanha.

Com alguma esperança, o jovem gigante ainda olhava para trás na direção dos marinheiros, deixando o corpo de lado, mas infelizmente as armas sacadas que via não apontavam para a dupla furtiva, mas sim para ele próprio e pior ainda, para uma das mulheres. Com o espadachim e o lutador avançando para a rampa, o rapaz logo percebeu que estava em uma situação crítica, e que a cada segundo suas opções reduziam cada vez mais. Enquanto Yuri falava, uma série de cenários passava rapidamente pela cabeça de Hao.

”Se eu me entregar, na melhor das opções seremos incapacitados e Neville será levado, a missão terá falhado e iniciarei minha carreira com uma mancha no histórico, uma má reputação. Na pior das opções, eles matarão todos de que não precisarem, e considerando que é o que eu faria na posição dele… Han e Hiyori só estão vivos porque ainda sou uma ameaça, no momento que aqueles homens me alcançarem, game over. Mas se eu reagir...”

Ele não tinha muito tempo para pensar, e precisava fazer algo logo, mesmo estando ciente do quanto as coisas poderiam dar erradas. ”Bom, minha pele é resistente o suficiente para que balas e armas normais não consigam me ferir, mas é sempre um risco. Hora de apostar, tudo ou nada.” Pensou ele se decidindo, movendo o corpo devagar para se virar na direção de Yuri mais uma vez, e mais que isso, tentando entrar na reta do atirador que estava na estação mirando em uma das mulheres, se possível.

- Ok! Ok! Droga! - Diria com certa raiva, enquanto lentamente erguia um lado do paletó e mostrava onde a arma estava presa a cintura. Seus olhos analisavam freneticamente Yuri e o atirador, como se para garantir que não agiriam. - Vou colocar a arma no chão, só não os machuque. - Completou, levando a mão até o objeto e o retirando do coldre, para então, com  velocidade, mas também naturalidade, erguer levemente o cano, e atirar duas vezes consecutivas. BANG, BANG!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


O alvo? Preferencialmente a cabeça do atirador se essa estivesse a mostra, mas se não estivesse, seria o ombro esquerdo de Han. Os tiros seriam no mesmo lugar, para garantir que fariam o serviço, quer seja ele matar o atirador, quer seja matar Yuri. Esperando pegar a dupla despreparada, Hao torcia para que o atingido (se ele acertasse os disparos) não tivesse tempo de matar seus reféns, e o segundo, por mais que se espantasse, ainda tivesse um pingo de racionalidade para considerar que se perdesse tempo matando alguém, seria alvejado pelas duas balas seguintes que o gigante dispararia assim que terminasse de ajeitar a inclinação e mira do revólver, coisa que demoraria uma fração de segundos. Preferencialmente, tal noção o faria hesitar, fazendo com que fosse atingido também sem ter tempo pra fazer nada.

Com seus quatro metros de altura, a cintura de Hao era mais alta do que a cabeça da maioria das pessoas, assim a inclinação dos seus disparos era quase sempre angularmente para baixo. Independentemente de Yuri ser o primeiro alvo, ou o se fosse o segundo, os dois tiros visando tirar sua vida seriam dados no ombro esquerdo de Han, visando atravessar o corpo do jovem e atingir o pirata bem no peito esquerdo, de preferencia no coração. Já se o atirador fosse não o primeiro, mas o segundo alvo, ao invés de tentar alvejá-lo na cabeça, o primeiro tiro seria na mão em que ele estava segurando a arma que apontava para Neville, de forma que se Hao acertasse, não apenas salvaria Neville, mas faria o atirador se deslocar também, provavelmente mostrando a cabeça, alvo final do gigante.

Se tudo desse certo, os dois piratas estariam mortos, Han ferido no ombro esquerdo mas com a mão destra ainda disponível para atirar, e Hiyori e Neville não mais seriam reféns, com a mulher podendo fazer parte do combate. Se algo desse errado, talvez Hiyori ou Han acabassem mortos, mas Neville provavelmente não seria alvejado já que pelas palavras de Yuri, ele era o alvo a ser levado, e  se o quisessem morto o homem já teria caído com uma bala na cabeça. Na pior das hipóteses, os três agentes, incluindo ele próprio, e os três nobres morreriam.

Apesar de saber de todas essas possibilidades, Hao ainda achava que era melhor do que se render. E quanto ao grupo na plataforma? Essa era a maior aposta do garoto, uma que usava a própria vida como moeda. Certamente ele seria alvejado por ambos atiradores, e tudo que podia fazer era rezar para que as balas realmente não o ferissem, ou se o fizessem que não fosse nada grave. Ele faria o seu melhor para suportar a dor dos impactos\perfurações e seguir em frente atirando na dupla atrás dos nobres, e desde que tivesse sucesso em matá-los, ou ao menos em retirar os dois agentes e os nobres do perigo imediato, giraria sobre os próprios calcanhares, atirando nas cabeças dos homens que estavam na rampa, e provavelmente tentariam correr até si para tombá-lo.

- Levem eles de volta pra dentro! Han, uma ajudinha aqui!! - Sentindo o coração bater forte, acelerado, o sangue pulsando em seus ouvidos e os vários disparos, ele gritaria se isso fizesse sentido, recuando aos poucos para dentro do zeppelin e para fora da linha de tiros dos inimigos se isso não o levasse para as mãos de um Yuri vivo. Já tendo disparado seis vezes, em breve as balas na arma acabariam e ele precisaria recarregar.



Histórico:
 
Objetivos:
 


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
CrowKuro
Comodoro
Comodoro
CrowKuro

Créditos : 5
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/01/2018
Idade : 26

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptyQua 15 Jan 2020, 16:15

Meng Hao
A situação se via em um ponto crítico, Hao se via em uma posição complicada de agir, mas seus instintos o faziam agir de imediato e isso era basicamente o que iniciava uma contra investida por conta dos agentes, porém, antes disso de fato ocorrer, o jovem se via pensando em como Yuri havia feito aquilo, como ele havia conseguido entrar no zepelin, já que haviam verificado tudo e logo que o homem percebia essa dúvida na mente do gigante ele o respondia, como se quisesse mostrar para todos ali que ele era inteligente demais, ainda mais que o jovem Hao. -Não precisa se questionar sobre o que provavelmente está pensando jovem… Como eu vim parar aqui não é? HAHAHA... A gargalhada do homem vinha para dar uma pausa aquilo e logo em seguida continuava com seu raciocínio. -Bom, talvez o seu maior acerto tenha sido seu maior erro, ao deixar que todos saíssem antes de vocês, a multidão me deu condições de usar o zepelin como uma emboscada... O homem parecia mesmo se vangloriar sobre o que tinha feito, mas isso o deixava um tanto desligado das coisas a sua volta, o que complicaria bastante sua vida naquela situação.

Enquanto o homem se vangloriava, Hao se colocava em ação, o rapaz tentava agir mesmo sabendo que poderia ser alvejado diretamente pelos disparos dos inimigos, mas, colocava sua vida em risco para salvar os demais, e em um leve movimento, abrindo seu sobretudo e mostrando sua arma, o jovem a sacava velozmente, o que era percebido de imediato por Hiyori e Han que assim que viam a ação do rapaz também se moviam para auxiliar mesmo que indiretamente, Hao disparava duas vezes contra o ombro de Han, com o intuito de atravessar o mesmo e acertar Yuri que estava atrás do agente, os tiros acertaram o homem que ele queria, porém, não onde ele queria, os disparos pegavam no ombro de Yuri também, já que a altura dele para Han era compatível, porém, isso abria uma brecha para que Hiyori agisse de imediato, ao perceber a leve distração do atirador ao ver que Yuri havia recebido tiros e assim em um movimento veloz a menina atacava o atirador, com uma de suas mãos, a mulher puxava o braço da arma que estava na cabeça de Neville para o chão jogando o corpo do homem quase que por cima do próprio corpo dela, e no mesmo momento em que fazia isso ela dava uma leve flexionada nos joelhos, o que fazia sua cabeça sair da direção do cano da arma, enquanto golpeava o estômago do homem com uma cotovelada forte o suficiente para o fazer quase cair desacordado, em seguida, aproveitando do posicionamento ela o arremessava como um golpe de Judô, por cima do seu próprio corpo o jogando para fora da rampa do zepelin, do lado contrário do que tivesse algo para que o homem caísse e se safasse, eliminando um dos problemas ali, graças a investida de Hao.

Han por outro lado, se via ferido com aqueles disparos, porém, Yuri agora se via com um de seus braços sem ação, o ombro esquerdo do homem agora estava praticamente imóvel graças aos disparos dados por Hao, mas, isso não o fazia desistir facilmente, e aproveitando uma saraivada de tiros que iam em direção ao gigante, três disparos diretos contra o corpo de Hao, o homem apertava fortemente o pescoço de Han e se jogava em velocidade para baixo, pulando da rampa do zepelin, porém, o homem era sagaz e saltava justamente onde estariam as bagagens dos passageiros daquele vôo, o que amorteceu sua queda mas não impedia que Han fosse desacordado no processo, com o aperto em seu pescoço e a queda, o que poderia ter ocasionado uma quebra de seu pescoço, mas que felizmente foi apenas um desmaio por falta de oxigênio.

Yuri agora se via em uma posição satisfatória de certa forma, e Hao se via ferido, porém seu trabalho estava sendo feito, o de proteger a família Neville, Hiyori ainda se via intacta de certa forma, e agora eles tinham que resolver a situação atual, Hao gritava para que Hiyori levasse a família de volta ao interior do zepelin, o que era uma idéia excelente, e daria tempo para que eles pudessem agir, ou até entrar em contato com reforços, se isso já não tivesse sido feito por outra pessoa.

Hao tinha agora um leve momento para que pudesse bolar algum plano, e em meio a talvez uma tentativa de tal feito o rapaz poderia ouvir o den den mushi tocar dentro do zepelin, o mesmo que ele havia usado para entrar em contato com quartel general de loguetown antes, se o rapaz decidisse atender ele ouviria a voz de Robert do outro lado, que falaria.-Olá rapaz, vejo que conseguiu reverter a situação mesmo que um pouco… Mesmo que seu amigo tenha caído, bom, eu tomei a liberdade de entrar em contato com o quartel general da ilha e eles estão mandando reforços para seu auxílio, sei que talvez não devesse me meter, mas é o meu zepelin e não vou deixar que criminosos o destruam, então tente ganhar o máximo de tempo possível enquanto protege a família. Com isso, Robert desligava o den den mushi e Hao agora tinha tempo hábil para pensar em como agir contra os homens lá fora.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Pensamento
Fala
Extras

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 EmptySab 18 Jan 2020, 02:32




Meng Hao




Quando Hao ouviu como Yuri havia utilizado de uma brecha do plano feito por si, certamente não se sentiu nada bem, mas tendo que agir logo, não se demorou pensando no que aquilo significava, ao menos não enquanto atirava através do ombro de Han para acertar o pirata. E o que acorreu a seguir, enquanto não foi o melhor dos cenários, não foi o pior também.

- Fechem as portas! - Exclamou para os outros, enquanto ele próprio tentava fazer isso sem ser atingido. Com uma certa careta de dor, assim que ouviu o den den mushi tocar, foi correndo até ele. ”Pelo visto fui ferido, parece que tem ao menos um atirador decente entre eles. Mas não estou debilitado, isso é um bom sinal.” Indo até o pequeno animal, ele se lembrava de como Han tinha caído com Yuri, e torceu que o rapaz ainda estivesse vivo e de alguma forma conseguisse ajuda-los do lado oposto. Estranhamente não havia nenhuma culpa ou pesar por parte do jovem gigante, ele não conhecia o agente a tempo suficiente para se importar com ele como pessoa, e só o quão útil seria tê-lo vivo fazia Hao gastar algum tempo pensando no assunto.

Ao ouvir a voz do homem do outro lado da linha, Hao falava rapidamente, tentando obter alguma vantagem tática naquela situação. - Quanto tempo até eles chegarem? A rampa que conecta o zeppelin até a plataforma, como faço para retraí-la? E para estende-la novamente? Alguma alavanca? - As perguntas eram disparadas tão rápidas quanto o seu revólver, e quer obtivesse a resposta ou não, retornaria logo para junto dos outros, aproveitando para recarregar a arma nesse meio tempo.

- Senhor Neville, reforços já estão a caminho. Pode ser melhor que o senhor e sua família retornem para a cabine e tranquem a porta, para não arriscar serem pegos no fogo cruzado. - Falando de forma séria, mas ainda respeitosa, indicou com o dedo a direção das acomodações, se virando a seguir para Hiyori. - Eles precisam passar pela rampa de acesso e abrir a porta (se houver sido fechada) para embarcar, então provavelmente vão usar os atiradores para darem cobertura ao espadachim e o outro. - Olhando por uma janela rapidamente e recuando de forma a não ser alvejado, checou a situação dos inimigos para ver se realmente iriam agir de tal forma.

- Eu vou tentar atrasa-los o máximo possível, mas eventualmente eles vão alcançar a porta. Existe uma alavanca que irá retrair a rampa de acesso, quando eu gritar já, quero que a puxe, isso vai desequilibrar aqueles que estiverem nela e me ajudar a atingi-los. Depois a estenda de novo. - Caso Robert tivesse confirmado que havia como retrair e estender a rampa novamente, e isso fosse viável, Hao passaria as instruções para Hiyori. Já se não fosse possível, a frase seria outra. - Quando eles entrarem, irei alveja-los, mas é provável que os atiradores invistam nesse momento para entrar. Tome cuidado. - A mulher se mostrara uma boa lutadora, e Hao não queria perder a única pessoa útil que lhe restara.

Checando novamente pela janela, uma vez que visse os inimigos tentando avançar pela rampa, atiraria pela janela no que estivesse mais à frente, mostrando o corpo apenas parcialmente, dando dois disparos e recuando para sair de vista, correndo até outra janela e fazendo o mesmo. Esperançosamente, apesar da análise pessimista onde os inimigos conseguiam entrar no zeppelin, Hao conseguisse acertar os lutadores de corpo a corpo antes que eles pudessem fazê-lo, e se não conseguisse, teria a opção de gritar um sonoro – JÁ! – para Hiyori, de forma que ela puxasse a alavanca e desequilibrasse os homens, permitindo que dois “BANG! BANG!” vindos da pistola de Hao sinalizassem a morte de dois inimigos. - Pode estender ela de novo! - Gritaria para Hiyori uma vez que os homens tivessem caído, e então gritaria mais uma vez, só que agora para o pirata do lado de fora.- Vamos lá Yuri, a rampa está vazia, pode vir!! - Sentindo o sangue ferver nas veias devido a empolgação, seus pensamentos se voltavam para como o pirata havia aparecido. ”Para conseguir achar uma brecha nos planos de ‘ge’ e tirar proveito dela, até que esse Yuri é bem incrível. Digno de ser o primeiro procurado que vou pegar hehe.”

Já se no fim eles conseguissem passar pela porta, tentaria alveja-los assim que passassem por ela, sem lhes dar tempo de atacar ninguém ou rápido. Se um deles avançasse contra si, recuaria com passos firmes e calculados, disparando vez após outra contra a pessoa. Já os atiradores acabassem por embarcar se juntando a festa, e com eles Yuri, Hao tentaria se posicionar atrás de uma pilastra, recarregando, e então saindo de trás da mesma, peitando os tiros dos oponentes enquanto descarregava a arma, tentando alvejar primeiro o líder daquele grupo, e então cada um dos atiradores.




Histórico:
 
Objetivos:
 


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆   ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆ - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: