One Piece RPG
Rumo à Grand Line? - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Kamui Arashi
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 22:22

» O Regresso do Anjo Torto
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 22:10

» The Lost Boy
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Madrinck Dale Hoje à(s) 21:52

» Hisoka Kurayami
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:48

» Kizumonogatari
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor yaTTo Hoje à(s) 21:29

» Vincent Kjellberg
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:28

» [MINI-*fxgabriell*] *Em busca de justiça*
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor fxgabriell Hoje à(s) 21:14

» Apresentação 4 ~ Falência Articulada
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 20:36

» Supernova
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Shroud Hoje à(s) 18:48

» Do ferro ao aço
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Vincent Hoje à(s) 18:03

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 17:53

» Cap. 2 - The Enemy Within
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor King Hoje à(s) 17:39

» As mil espadas - As mil aranhas
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 17:06

» Unidos por um propósito menor
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Oni Hoje à(s) 16:49

» [MINI-Ballu] Um momento desesperador
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Shroud Hoje à(s) 15:16

» Green Alert! O imortal Renasce! Ressurreição dos Skull Moneys(Parte.1)
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Noah Hoje à(s) 15:14

» [MEP - Haqim]
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Haqim Hoje à(s) 14:36

» [Mini-Radamanto] One Piece - MEP
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Radamanto Hoje à(s) 14:28

» [Mini-Radamanto] One Piece
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Radamanto Hoje à(s) 14:19

» [Mini-Haqim] Maelstrom
Rumo à Grand Line? - Página 6 Emptypor Shroud Hoje à(s) 14:07



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Rumo à Grand Line?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyQua 24 Jul 2019 - 14:18

Relembrando a primeira mensagem :

Rumo à Grand Line?

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçadores de Recompensas Takamoto Lisandro, Nakamura Blumayden e Don Reed’s Wayne. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kekzy
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 06/11/2013

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySeg 20 Jan 2020 - 22:35

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ainda na sala de Kalick, os irmãos, repentinamente, começavam a brigar, após Blumayden ter dado o estopim. Em uma franca troca de golpes, envolvendo mobílias e golpes baixos, o líder da Guarda Real se via obrigado a impedir aquela barbárie — O que pensam que estão fazendo?! - gritava, se erguendo da cadeira rapidamente, com as mãos sobrepostas na mesa — Parem já essa briga estúpida e sem sentido! - vociferava, em tom imperativo — Guardas! - convocava os seus homens, que logo chegavam na sala e, testemunhando a vergonhosa cena, seguravam cada um dos competidores — Levem-os até o lado de fora! - amassava os papéis de procurados e os jogava em cima dos caçadores — E não os deixem mais entrar aqui nem tão cedo! - determinava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com isso, ambos eram segurados e conduzidos para fora do edifício, onde eram empurrados para o lado de fora. Os dois guardas que haviam os expulsado voltavam e, na contra mão, um terceiro chegava — O líder pediu para avisar que Jamal foi visto, pela última vez, no Bar do Açougue, nos subúrbios à leste - informava, com as mãos atrás da costa, dando meia volta assim que completou o aviso e retornando para o lado de dentro. Takamoto estava com os cartazes dos demais procurados, enquanto Nakamura permanecia com o da Serpente Branca.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era um dia ensolarado, parcialmente nublado e com uma temperatura amena do lado de fora. Havia bastante transeuntes pela rua. Na cidade, ao menos, era um dia calmo e, em algumas esquinas, podia-se ver alguns homens da guarda real nas proximidades, desempenhando a função de sentinelas. Nesse cenário, os irmãos caminhavam em direção à leste, passando cerca de uma hora de caminhada para que alcançassem os ditos subúrbios. Aqui, diferentemente do centro, as casas já começavam a ficar mais simples e era difícil dizer se havia um conceito real de propriedade, visto que alguns edifícios eram colados uns nos outros.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Os irmãos eram bastante diferentes da população local, a qual era mais simplória e, em razão disso, facilmente atraíam olhares. Após andarem mais um pouco naquele ambiente, em algum local próximo, escutavam alguma comoção, como se diversas pessoas houvessem se amontado. Guiados pelo som, dobraram a esquina e, de fato, vislumbraram uma pequena multidão se formar no centro da rua. Alguém ali estava gritando, fazendo-se escutar acima das vozes daquela dúzia de pessoas — Saiam! Saiam daqui! Eu não preciso de plateia, seus imundos! Eu sou melhor que isso! Eu sou! - a voz não soava nada estranha e, na verdade, lembrava um quê familiar para os caçadores. Se aproximando mais ainda, podiam ver um homem deitado no chão, com uma das mão cobrindo o abdômen, com os dedos manchados de sangue, enquanto a outra mão erguida com uma garrafa de cachaça. Seu inconfundível chapéu de cowboy estava virado de cabeça para baixo, no chão, cheio de poeira. Logo após a fala enérgica, o homem titubeava, caindo duro para trás e batendo a cabeça na terra. Aquele era Don Reed Wayne's, aquele bom e velho conhecido dos irmãos.


Off

Don voltando a todo vapor!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySex 24 Jan 2020 - 16:37


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Bebum X!!!
Azar? O que é isso?

Certamente aquilo era uma cena inusitada... O sol estava mais claro hoje, hein? -  Pra onde precisamos ir mesmo? – Perguntaria ao Taka. Quê?! Achava que incomodaria-me com aquele bebum deitado ali no chão? Óbvio que não. Era questionado pelo cozinheiro sobre a presença do atirador. – Desculpe, mas não estou vendo ninguém aqui. – Falaria em um tom leve, dessa maneira, o ruivo entenderia que não tinha ninguém ali, era apenas uma mera ilusão de sua cabeça. Ele insistia sobre sua ideia novamente. Suspirava, sobrepondo minha mão sobre o rosto. – Era só o que faltava. – O odor emitido pelo atirador já mascarava tudo. Esse aroma eu conhecia muito bem, isso aí é cheiro de confusão. Era sabido que sua presença não acrescentava em nada, aliás só atrapalhava. – Tá, mas então... O que faremos com ele? – Questionaria.

Cruzava os braços e tentava pensar. Com certeza havia alguma coisa que poderíamos fazer a essa altura, mas o que exatamente? Vamos sorte, se é que você existe, por favor, ajude-me só dessa vez. – Já sei! – Exclamava. Era só a gente levar o atirador novamente ao barco e tudo iria ficar bem. Droga! Mas demoraria muito tempo e, provavelmente, perderíamos o fugitivo. – Ah! – Acendia uma lâmpada na minha cabeça. – Que tal fingir que nunca vimos ele? Aí depois a gente passa por aqui pra levá-lo. – Conversava com o avermelhado. Entretanto o mesmo recusava e dizia que caso nos o deixasse jogado por aí não seria tão seguro, além disso, se perdêssemos nosso navegador estaríamos trancafiados nesta ilha. - Mas se a gente o levar, vamos chamar atenç- Era isso! Uma luz resplandecia em minha mente e a dona sorte sorria para mim. A palavra chave. Atenção.


- Vamos chamá-lo de Plano Bebum X! – Vociferaria ao cozinheiro e em seguida explicaria detalhadamente o plano. Agora me pergunte como cheguei nesse plano. Bem, tudo começou de uma linha de raciocínio bem simples até. Primeiramente, devemos pensar no perfil do nosso criminoso, sabemos que ele é um fugitivo, e um fugitivo não quer de jeito nenhum chamar muita atenção e, por ventura, procurará ficar nos lugares mais inóspitos possíveis. Portanto, acabamos parando neste local suburbano. Agora vem a parte importante, o comportamento deste lugar. A última informação que a guarda real deu para gente foi de suma importância. Mas por que exatamente? Veja bem, quando a gente chegou aqui, o que chamou mais atenção da população local foi a presença de um bêbado, caso os moradores tivessem percebido que algum pirata estivesse andando nessa região, possivelmente, estariam andando com mais cautela e procuraria ficar afastado de quaisquer problemas. Além disso, o Jamal foi avistado num bar. Logo, não é errado afirmar que ele está conseguindo manter sua identidade em segredo, pois estava acessando um local de fácil movimentação, então, pressupõe-se que ele está só esperando a poeira abaixar para causar algum barulho ou dar o fora dessa ilha. Resumidamente, o que o pirata mais quer neste momento é ficar escondido. Não quer chamar atenção. E é nisso que o nosso plano vai consistir... O que você acha que vai acontecer se um bando de bêbados começarem a anunciar que Jamal está por essa região e que ele é uma pessoa altamente perigosa? Ninguém acreditaria num bando de bêbados, mas no mínimo, isso acenderia um sinal de alerta nos cidadãos e deixaria o bandido numa situação nada favorável.

E então, como se estruturaria o plano? Alguém teria que começar a sair gritando os dados do procurado pela rua e essa pessoa deve estar bêbada, essa parte é crucial, porque, dessa forma, o perseguido pensará que está na vantagem. O Taka e nem eu sabíamos atuar, mas tinha um cara que estava embriagado e cumpriria perfeitamente esse papel. Seu nome era Don Wayne. É lógico que não dá para ter controle total de um cara alterado, era por isso que o ruivo seria o responsável por acordá-lo e ficar ao seu lado. O mestre cuca teria que fingir estar alcoolizado, e com o Don ao seu lado, o cozinheiro não chamaria tanta atenção e seu disfarce não seria comprometido. Os dois teriam que sair gritando. Não demoraria muita para que o pirata soubesse disso e, afirmo seguramente que ele não ia querer um bando de idiotas falando essas coisas por aí, o caminho mais fácil seria eliminá-los. Para evitar que isto ocorra, os dois ficarão andando numa rua movimentada da região, desta maneira, caso o criminoso tentasse assassiná-los em um local público, apenas estaria revelando-se.

E como vamos pegá-lo? Simples. O fora da lei estaria apenas esperando um momento oportuno para dar o fim neles, e qual seria o melhor momento? Quando os mesmos estivessem a sós. E qual seria o meu papel? Ficaria de longe, observando os ébrios fazendo a baderna, quando avistasse a presença do fugitivo faria um sinal de positivo para Takamoto e era nesse momento que eles deveriam procurar e entrar numa rua estreita e pouca movimentada. Então, fixaria meus olhares no criminoso e quando o mesmo entrasse na rua seria xeque-mate. Ele pensaria que estaria encurralando os dois, entretanto, ele era quem estava sendo encurralado. Neste momento, entraria na rua e anunciaria a emboscada. – Você está cercado, renda-se, é o melhor que você pode fazer. – Empunharia minha espada e aguardaria a ação do futuro prisioneiro.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Sab 25 Jan 2020 - 15:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySex 24 Jan 2020 - 23:42

Takamoto Lisandro BEBUM X



Quanto mais andávamos mais a cidade mudava, entrar na zona suburbana nunca foi tão fácil, a mudança de paisagem era pitoresca já que tanto os espaçamentos sumiam e a população tratava de se vestir de forma bem mais usual e descabida de modernização. – Estamos mais perto do que longe Blue. – Afirmava para meu parceiro que olhava para o cartaz com atenção buscando perceber através da fotografia do pirata algumas pistas sobre o mesmo. Havia passado algum tempo, não fiquei entediado durante a caminhada devido a presença do médico e dos pensamentos de como acabar com o bandido o mais rápido possível para finalmente ir rumo a Grand Line, quase babei pensando em que tipos de ingredientes e especiarias existiriam por aquelas ilhas tão misteriosas, cada uma com seu próprio charme e fauna.

Perdido em pensamentos, quase não notei a alta demanda de pessoas que fitava a gente, os estrangeiros, ou estavam apenas incomodados com minha falta de consciência ao andar por ai sem blusa ou camiseta, não tinha culpa que depois da luta minhas vestes nunca ficam limpas ou inteiras, geralmente rasgam e ficam surradas. Ponderei ao surgir a minha frente uma multidão e de lá gritos de uma voz não tão estranha, era até mesma reconhecível. – A não. – Resmunguei para mim mesmo, não tinha visto do que se tratava, mas sentia que eu entraria de cabeça no que estava por vim. – Don. – Ele estava embriagado e sujo, se encontrava no chão demonstrando toda sua superioridade em parecer um completo bobalhão, não sabia quem mais parecia um mendigo, se era Blue ou o cowboy. – Ei, ei.. Blue! Esse ai não é o Don?! – Indagava para o médico que olhava para aquele sujeito e depois olhava diretamente para mim. – Desculpe, mas não estou vendo ninguém aqui. – Franzi as sobrancelhas buscando entender o espadachim, olhei novamente para o cowboy para ter certeza que não era algum tipo de ilusão ou estava o confundido com um simples bêbado. – Não, não. Acho que é o Don mesmo cara.

Blue parecia decepcionado, ele queria deixar o pistoleiro ali a mercê do mundo? Sabia que Wayne não era tão agradável, mas ele havia salvado minha vida mais de uma vez. – Vamos levar ele conosco. – Respondia ao azulado, sua expressão se tornou ainda mais amarga. – Qualé, não podemos deixar ele aqui e nem mesmo levar pro barco. Se fossemos deixar ele no Hawk, perderíamos muito tempo e o tal do Jamal poderia escapar. Não podemos sair de fininho e ignorar a existência do Don. – Por um segundo pensei na possibilidade. – Não podemos, vai que ele faz alguma coisa contra os moradores daqui. Além que se fizesse algo, poderiam nos ligar a ele. – Tentava não só convencer Blue a não deixar o atirador de lado como também a mim mesmo. O médico fazia uma cara pensativa, parecia que estava preparando alguma coisa em sua mente, enquanto ele pensava, tomaria adiante e iria até o Don. – Gente, o show acabou, vão para casa! – Diria as pessoas entretidas com a desgraça alheia. – Vem cara! Sou eu, o Taka. O Lisandro! O cozinheiro cara. – Tinha dado algumas definições de mim para que ele não fizesse nenhum rebuliço ao me confundir com alguma ex de sua vida, pegaria ele pelo braço e o ajudaria a levantar colocando seu braço sobre meu ombro o enroscando em volta do meu pescoço.

Chegando até Blue, ele olhava sério para mim e sabia que dali sairia nada mais do que algum tipo de bobagem, estava ciente da personalidade daquele cara, não parecia, mas talvez ele fosse um idiota. – Bebum X?! – Parece que eu estava enganado, a minha frente não restava nada além de um gênio. Tendo escutado todos os passos do plano, afirmaria sem jeito. – Olha, não sei atuar, mas posso tentar. Vou usar o Don para entrar no personagem. – Eu tinha que fingir que estava bêbado, a primeira parte era feder como um, mas tendo Don ao meu lado sabia que o aroma ao nosso redor não estava nada cheiroso. – Tu vai precisar de um banho Don. – Começaria o plano. – Hoje vaaaai ter uma feeeeesta! Muuuuinta putaria e tal, pá!

Andaria pela região sabendo que chamar a atenção de Jamal era crucial. – CADÊ TU JAMAL, SEU ANIMAL! APAREÇA! CÊ TA COM MEDINHO DO TAKINHA?! TU É PERIGOSO, MAS EU SOU MAIS! TU PODE SER GRANDE, MAS NÃO É DOIS! POSSO SER PEQUENO, MAS NÃO SOU METADE SEU OTARIO! HAHAHAHAAH! – Gritava em um tom tão gozador que mesmo fingindo, ninguém conseguiria distinguir se estava sobre efeito de álcool ou era apenas mais um maluco louco por ai. – TE PARTO EM DOIS MERMO TANDO BEBIN! ELE É PERIGOSO GARELA, O TAL DO JAMAL É NÃO PASSA DE UMA ANTA, MAS ELE MEDROSO! – Esperaria que o plano de Blue desse certo. Caso ele aparecesse e o sinal fosse dado, iria entrar numa ruela escura para dá prosseguimento para a emboscada, sabendo que Blue pegaria ele por trás e eu ficaria de detê-lo pela frente, não daria espaço para que ele fugisse, jogaria Don no chão e dispararia jabs para diminuir sua velocidade ou fazê-lo recuar, os socos tinham que ser rápidos e quando notasse, Blue daria partido ou chamaria sua atenção, daria direto um socão na beiça desse pirata.


Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 41
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySab 25 Jan 2020 - 22:33

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O encontro com Don era inesperado, visto que da da última vez que haviam se visto ele apenas havia saído para dar um volta. Como haviam visto, seus dedos com sangue eram fruto de uma facada de um agressor desconhecido. Wayne continuava caído, após levar um baque em sua nuca. O médico, focado em seu plano, ignorava os ferimentos de seu companheiro, o qual se mantinha desacordado, razão pela qual não pôde ajudar nos planos. Os populares próximos se assustaram quando Takamoto começou a gritar coisas sem sentido, enquanto alguns, na verdade, se assustaram, tratando de sair de perto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sem confiar nos forasteiros, um dos populares logo colocava Don nas costas, olhando feio para ambos os irmãos e saindo de perto deles, antes que comprasse alguma confusão indesejada. As condições do local não eram muitas, mas aqui era uma pedaço de terra onde as pessoas costumavam se ajudar e, assim, Wayne era levado para um doutor próximo, como ficava evidenciada pela conversa dos residentes. Aproveitando a oportunidade, livres do fardo que seria Don, apesar de ser menos um que os ajudaria no combate, os caçadores caminhavam pelos subúrbios, lançando suas provocações. Enquanto isso, o teatro arquitetado pela mente maligna de Blumayden se dava início, com uma horrível atuação de Takamoto, o qual simulava o papel de bêbado. Era evidente, no entanto, que estava provocando Jamal, atiçando a cobra para que ela rastejasse de sua cova.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Desse modo, assim como Nakamura havia planejado, Takamoto ia aos poucos se encurralando após um bom tempo fazendo baderna, enquanto o espadachim ficava de tocaria, esperando que a cobra caísse em sua armadilha. Takamoto entrava em um beco fechado, com a parede alta, por volta dos dois metros e quarenta. Haviam alguns gatos, os quais corriam para o canto, erguendo sua coluna, em posição de ataque. Nas laterais, havia três latas de lixo com tampa metálica arredondada e diversas sacolas pretas espalhadas pelo chão, provavelmente com mais lixo ainda, o qual emanava um fedor forte o suficiente para incomodar as narinas. Também haviam algumas garrafas de vidro próximo às sacolas, fonte da bebedeira de um bar próximo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, o cozinheiro continuava a gritar, quando era interrompido — Notei que alguém andou falando mais do que deveria - Takamoto olhava para trás, dando de cara com o homem que havia visto no cartaz. Em cada uma de suas mãos havia uma adaga. Na ponta de ambas, Lisandro podia perceber uma pequena gota líquida se acumular. Jamal estava à sua frente, tendo-o encurralado. Ou assim pensava. Blumayden havia antecipado tudo e, momentos antes, tendo permanecido escondido em um pilar distante, avistara Jamal saindo de outro pilar. Haviam tido a mesma ideia, mas o espadachim havia sido mais paciente. E, assim, agora encontrava-se atrás do pirata, o qual se via genuinamente encurralado e, ao perceber os passos de Nakamura, virava-se assustado, com os olhos arregalados — Malditos! Saibam que muitos tentaram, mas ninguém saiu com vida! - apontava uma adaga para cada um dos irmãos, alternando o olhar, esperando o primeiro movimento, naquela sinuca de bico.




Off

Cês ignoraram o estado do Don: "Se aproximando mais ainda, podiam ver um homem deitado no chão, com uma das mão cobrindo o abdômen, com os dedos manchados de sangue", então não vão poder contar com ele.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyDom 26 Jan 2020 - 18:27


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Ataque Duplo
Raposa, falcão e cobra

O rumo dos eventos estava indo ao meu favor, exceto por uma coisa. – Como diabos fui esquecer que o Don estava ferido?! – Esquecia o que estava acontecendo ao redor, e era atordoado por um certo sentimento de culpa por não fazer nada pelo cowboy, mesmo sabendo que o atirador só serviria para atrapalhar. – Blue, cuidado! Ele carrega veneno em suas lâminas. – O Lisandro advertia-me dos poderes do adversário, entretanto, na situação em que me encontrava não ligava muito, pois minha mente ainda parecia não aceitava aquele fato. Percebendo esta minha atitude, o cozinheiro alertava-me novamente. – Foi mal, tava pensando no Don... – Explicaria-me, mesmo sabendo que não era a hora oportuna para fazer isso. – Deixe para pensar nisso depois, Blue. É bem provável que o Jamal tenha sido o executor daquele ferimento no Don. Agora, devemos dar o troco! – Aquelas ondas sonoras emitidas por Taka abriram meus olhos e tiraram um fardo de minhas costas. Sim, faz todo sentido. Com certeza Jamal foi quem atacou o cowboy, mesmo não tendo nenhum tipo de prova para confirmar isso. Mas quem liga? Preferia colocar a culpa nele, pois isso aliviava o peso que carregava. – Seu maldito! – Bravejaria contra aquela serpente.

Controlava minha respiração e flexionava levemente meus joelhos. Sabia que argumentar para que o pirata se rendesse não daria nada, infelizmente. Agora, chega de papo furado, vamos lutar. Não me recordava muito da minha luta contra o fugitivo, porém lembrava-me que ele tinha uma alta destreza nas adagas. – Espero que eu não seja envenenado. – Suspirava. Mesmo receoso sabia que essa luta não demoraria muito e sairia com a vitória, e pensar nisto não era arrogância, mas sim lógica.

Não perderia mais tempo, sairia correndo na direção do pirata, sacaria minha segunda espada e faria uma posição de X com as duas lâminas, desta maneira, estaria me protegendo de um possível disparo e, caso ocorresse, apenas acertaria as lâminas que viessem em minha direção. Mas não para por aí a função de estar sacando a segunda espada, aproximando mais do alvo, jogaria a espada esquerda na direção da barriga do inquilino. Mas isso era muito fácil de ser esquivado ou bloqueado, mas sabe, isso era apenas uma isca, será que ele morderia novamente?

Deixando o oponente, numa situação complicada, ele teria apenas duas opções pular para cima ou ir para baixo para se esquiva, e era por baixo onde eu estaria. De uma maneira um tanto sorrateira, flexionaria ao máximo meus joelhos de modo a ficar bem em baixo e daria um pulo seguido de um corte na diagonal na direção da cobra, de preferência em suas pernas, o fazendo ficar inábil para o combate. Se o criminoso tentasse ainda atingir suas facas em mim, usaria minha espada para bloquear os ataques.

Mas e agora? Se ele se esquivasse dos meus ataques pulando ou fazendo acrobacias para cima, além disso, aproveitasse a situação vantajosa em relação a mim e contra-atacasse, como poderia vencê-lo? Não estava preocupado com isso. Eu, era a raposa sorrateira que estava na terra e no ar podia contar com a ajuda do falcão avermelhado para acabar com aquela serpente.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySeg 27 Jan 2020 - 0:41

Takamoto Lisandro Karaca Don



Bom, eu não sei o que aconteceu, acho que não havia prestado muita atenção no Don, talvez pela falta de consideração por ele ou apenas um simples descuido de achar que o ferimento não era lá grande coisa afinal de contas, eu sempre estava me machucando e continuava lutando mesmo assim. O cowboy estava realmente ferido, no entanto, achei que o maior problema ali seria sua embriaguez, me senti realmente mal por ver um morador que nem o conhecia ter ido o ajudar e nós, parceiros dele, não fizemos nada para ajudar. Porém, até que foi algo bom já que ele tinha sido levado para ser tratado por um doutor das proximidades e não correria perigo na luta contra Jamal, era um alivio. Não sabia se ele naquele estado seria de muita ajuda, não adiantava mais pensar nisso já que o passado não pode ser mudado e sim apenas o futuro.

O plano era seguido aos conformes, não tinha ao meu lado um verdadeiro bêbado para ajudar na atuação. Só esperava que ele fosse burro o suficiente para cair nas provocações e ficar bravo o bastante para tentar me matar. Olhava para trás e sentia uma presença hostil, Blue me dava o sinal e logo entrava na ruela mais próxima para segunda parte do plano, íamos encurralar a cobra e enfim captura-la. Ao entra no beco em saída, observava o ambiente e me deparava com gatos de rua que faziam de tudo para sobreviver nesse mundo hostil, eles não gostavam da minha presença em seus territórios. – Calma, juro que não vou fazer nada de mal com vocês. – Dava piscadas, não sabia se era correto a informação que os felinos se comunicavam através dos olhos e piscar era um sinal de confiança. O lugar era sujo e fedorento, na outra lateral havia latas de lixo com tampas de metal, apesar de estarem tampadas o mal cheiro não era afobado e se alastrava pela região.

Notei que alguém andou falando mais do que deveria. – Virava meu corpo, não era nada menos que Jamal o animal que caia perfeitamente no plano de Blue. Ele tinha olhos afiados e uma feição perigosa, não era atoa que sua recompensa valia tantos berries, ele emana uma aura desconfiável. De suas lâminas um liquido rastejava até sua ponta e caia no chão, suas adagas estavam embebidas em veneno, foi o que pensei no exato momento e finalmente entendi o nome de sua alcunha. – Blue, cuidado! Ele carrega veneno em suas lâminas. – Gritava para Blue saber, ele não tinha conhecimento disso, ele não parecia tão bem. Ainda pensando no Don, ele também não tinha percebido a gravidade do ferimento, como médico isto prejudicou sua dignidade. – Deixe para pensar nisso depois, Blue. É bem provável que o Jamal tenha sido o executor daquele ferimento no Don. Agora, devemos dar o troco! – Nem sabia se era verdade, mas animar ele era meu trabalho e acabar com o Jamal era o nosso objetivo.

A luta estava prestes a começar, o pirata se encontrava encurralado, não podia gostar mais da situação, ele agiria de qualquer forma para escapar, sabendo que suas lâminas estavam envenenadas deveria tomar cuidado. Não incomodaria os bichanos recuando para trás, teria que enfrenta-lo de frente e sendo assim precisava de um escudo. Pegaria uma daquelas tampas de metal da lixeira mais próxima e correria em direção ao inimigo, sabendo que ele poderia jogar uma de suas lâminas na minha direção durante a corrida, usaria a tampa para repelir o ataque e continuaria a rumar meu caminho, antes de chegar nele, me apoiaria na parede com um pulo, usaria da minha mão direita e meus pés para uma impulsão em rota de colisão contra a serpente. – Toma essa! – Iria atingi-lo com meu punho direito, ele estava para trás e agora tomava impulso para acertar o queixo de Jamal, porém o movimento deixava minha guarda aberta, mas diante disto tinha a solução. Um escudo de latão! Esta era a forma que achei para não ser atingido pelo veneno de Jamal mesmo durante o ataque ou a acrobacia, tinha certeza que se ele me focasse, Blue teria sua chance, senão eu teria a minha e não iria falhar.

Descendo um forte golpe em Jamal, soltaria o meu escudo para combar com um cruzado de esquerda certificando que meus golpes quase arrancassem sua cabeça do corpo, tinha certeza que meus golpes diretos deixariam qualquer um atordoado. Deixaria a guarda bem imposta, com ambas as mãos abertas e na altura do ombro de Jamal já que se ele atingisse minhas mãos, as manoplas protegeriam meus punhos, porém ser atingido no antebraço ou no corpo significava ser envenenado e não podia me dá ao luxo de perecer aqui. – Eu posso ter te ajudado em sua fuga, mas você cometeu crimes deve pagar por isto! – Bloquearia seus ataques rápidos com recuos tirando suas lâminas da minha direção, e após isso me aproximar o suficiente para encaixar jabs e enfim um direto com força.

Se ele desviasse do golpe se abaixando, jogaria a tampa em sua cabeça para atrapalha-lo e deixaria que Blue fizesse o golpe fatal. Ao aterrissar, viraria o corpo em sua direção e se próximo usaria do golpe parafuso de girar meu corpo e com meu punho atingi-lo mesmo ainda sem ficar totalmente de frente com ele, não deixaria tempo, eram dois contra um e não podia parar de atacar e pressionar, no fim ele cairia!



Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 41
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyQui 30 Jan 2020 - 23:40

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Blumayden era rápido e logo lançava a sua ofensiva contra a serpente encurralada. Jamal virava rapidamente o rosto em sua direção, atento aos movimentos do espadachim, o qual surpreendia ao se livrar de sua espada, a qual era lançada na direção da barriga do pirata. A sua reação foi instantânea e a surpresa não podia ser contida em seu rosto, no qual os olhos cresciam, arregalados. O foragido logo se impulsionou em direção à parede, chutando-a e dando um mortal para trás, fazendo uma cambalhota que logo lhe garantia uma posição melhor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todavia, ao mesmo tempo, Takamoto olhava em volta e decidia por pegar a tampa de uma das latas de lixo, utilizando-a como um escudo em uma rápida investida contra o oponente. Aplicando quase que a mesma ideia, Lisandro mostrava que não era o único que conseguia chutar a parede. Melhor, fazia isso enquanto golpeava Jamal com a tampa em pleno ar, enquanto o seu corpo ainda se preparava para o pouso. Podia não ser um golpe forte, que viesse a infligir danos, mas era o suficiente para desequilibrar completamente o adversário, fazendo-o se destrambelhar no ar e colidir as costas contra a parede — Uuurgh! - não fosse suficiente o golpe do lutador, Nakamura estava esperando por esse momento para desferir um cirúrgico corte em suas pernas, acertando, no entanto, o torso do homem, em razão do imprevisível caos que o boxeador causou ao fazer Jamal girar em seu próprio eixo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Entretanto, não seria fácil assim se livrar do homem e, tão logo suas costas colidiam contra a parede, assim que o seu corpo caia no chão, ele rolava para a lateral, ainda com as adagas nas mãos, mas com o antebraço a encostar onde havia sido cortado, próximo ao tórax. Destarte, ele avançava para o fundo do beco, enquanto os dois caçadores obstruíam a passagem do outro lado. Derrubando duas latas de lixo pelo caminho com rápidos chutes e empurrões, Jamal espantou os gatos — MEEEEEEEEEEEEEOW! - cerca de quatro gatos e mais outros dois que saíam de sabe-se onde saíam correndo em disparada na direção de Blumayden e Takamoto, com as garras afiadas e provavelmente algumas doenças. Um deles atacava Jamal, arranhando-lhe os braços. Em retaliação, o malfeitor jogava a criatura contra a parede e, ainda, segurava-a pelo pescoço, atirando-a para trás, para cima de seus perseguidores, a fim de comprar tempo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Vocês vão pagar! - a última das latas de lixo era rebolada para próximo à parede e Jamal corria em sua direção, levantando-a de cabeça para baixo. Estava tentando fugir por cima do muro e era ágil o suficiente para isso. Se a dupla de caçadores não agisse logo, poderiam perder o seu alvo e por por água abaixo o ardiloso plano que havia funcionado e os garantido uma tremenda vantagem.


Off

Eu realmente curti bastante o plano, tanto o do beco quanto a cooperação. Não vi opção sensata e lógica senão um round 1 esmagador contra o Jamal. Porém, não acaba aqui!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyDom 2 Fev 2020 - 18:17


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Ataque Combinado
Corra, pare e espere

- Droga! – Estávamos tão perto de pegar o criminoso e o mesmo consegui fugir, entretanto, não era hora de perder a cabeça, o malfeitor ainda estava nas nossas mãos e não poderíamos deixa-lo escapar. Faria pequenos movimentos nos ombros de modo que meu corpo rotacionasse e esquivasse da raiva felina vinda em minha direção. – Taka, eu te sigo. Vá! – Recomendaria ao cozinheiro. Se ele me esperasse escalar aquele muro perderíamos muito tempo.

Naturalmente iria embora, mas não queria deixar de fazer minhas obrigações como médico. Estava disposto a ajudar o animal mesmo que isso significasse comprometer a perseguição. Utilizando o kit médico, aplicaria uma pomada para aliviar o possível hematoma do felino, após isto, utilizaria gazes e esparadrapo para realizar um curativo e, seguidamente, estancar algum ferimento, claro, se houvesse. De fato, não era um veterinário, mas o meu ofício de médico permitia-me executar uma simples tratamento. – Espero que fique melhor, bichano. – Levantaria-me e olharia para a parede. – É, tenho que dar a volta. – E de fato era isto que faria. Antes, recolheria meus apetrechos médicos e minha espada jogada.

Não sabia para que direção o inquilino tinha ido, mas por sorte, consegui machucá-lo. Então me guiaria pelas gotas de sangue que estivessem no chão, assim encontraria por onde a cobra estava rastejando-se. Correria. Usaria o máximo da minha aceleração para chegar a tempo do confronto. Caso conseguisse avistar Taka parado ou lutando, não apareceria de imediato, aproveitaria aquela chance para esgueirar-me e ocultar minha presença. Ficaria de olho na luta e no terreno ao meu redor, queria de alguma forma aumentar minha vantagem em relação ao oponente. Esperaria um momento crítico para agir.

Era certo que minha presença não era surpresa alguma para o gatuno, aliás, esconder-me seria melhor para ele, pois teria mais tempo de acabar com o boxeador, porém essa seria sua ruína. Sabia que o pirata estava atento e não levaria nenhum ataque surpresa por trás, por isso, quando surgisse a situação emergencial sairia correndo em direção a ele. – Ei! – Chamaria sua atenção. Empunharia minhas duas espadas e formaria um X novamente com elas, minha intenção era que o fora da lei voltasse sua atenção a mim, dessa forma, interrompendo algum ataque no cozinheiro. Chegando próximo o suficiente do inquilino, pularia para frente e efetuaria um corte horizontal com as duas lâminas na direção de seu torso ferido, sabia muito bem que ele poderia esquivar-se facilmente e esta era minha intenção. Ainda no ar, inclinaria minhas costas. – O resto é com você. – Usaria me como uma espécie de apoio para que Takamoto soltasse sobre minhas costas e efetuasse um ataque surpresa.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyDom 2 Fev 2020 - 23:22

Takamoto Lisandro Oloko



O primeiro round tinha sido nosso, o ataque combinado feito no instinto de ambos tinha dado resultado e a cobra tinha acabado de se fumar, acho que era assim o ditado. O corte do Blum tinha sido efetivo, o torso do pirata sangrava horrores e sabendo que estava em tamanha desvantagem não restava nada a se fazer além de fugir. – Tão obvio! Não vai escapar! – Gritava para ele enquanto estava prestes a começar a corrida, porém o sujeito jogava os gatos e lixo na gente, não iria desviar já que eles iriam bater contra o chão ou atacarem o Blue. Iria fazer movimentos na velocidade dos meus jabs com as mãos abertas para amenizar o impacto e bloqueá-los, eles não sairiam feridos apenas bateriam nas minhas mãos e aterrissariam em pé no chão, pois são gatos. O último gato tinha sido maltratado pelo pirata. – Blue cuide daquele ali, eu vou atrás dele! – Deixaria o felino nas mãos confiáveis do doutor. – VOCÊ NÃO VAIFUGIR! – Eu tinha ao meu lado minhas acrobacias e saltos, pularia com facilidade aquelas latas e durante o percurso escalaria fazendo acrobacias que facilitassem minha vida na perseguição, se ainda desse tempo, antes dele escalar o muro pularia e o pegaria pelo pé, colocaria não só minha força como também meu peso para joga-lo para baixo fazendo sua fuga ser uma completa falha. Se funcionasse, ficaria atento se ele fosse girar seu corpo e tentar fazer um corte horizontal ou diagonal, pararia segurando seu pulso e depois distribuiria um direito em seu queixo e depois recuaria sabendo que teria Blue ao meu lado.

Ele estava sangrando, se o perdesse de vista era apenas seguir seu rastro, mas tomaria cuidado para que ele não usasse esta desvantagem a seu favor e me esperasse em uma esquina ou atrás de alguma coisa para me atacar. Em casos assim, devido sua agilidade, teria que forçar uma rasteira assim caindo e derrapando no chão esquivando do golpe, colocaria cruzaria meus antebraços em formato de X para proteger meu peito e meu punhos minha face se caso a lâmina ainda fosse pegar. Se tudo desse certo, apenas meu cabelo seria cortado, mechas ruivas voando ao chão, uma cena que tinha ocorrido bastante nesses últimos meses.

Se ele subisse o muro e eu não pudesse fazer o mesmo, teria que dá a volta pela rua e diria para Blue. – Vamos seguir o sangue! – E começaria a correr e seguir seu rastro por aí. Tendo conseguido persegui-lo, correria em sua direção e ficaria atento se ele jogasse suas lâminas em mim, bloquearia dando socos nas lâminas para que elas fossem redirecionadas. – Saiam de perto! UM PIRATA! ELE É PERIGOSO, NÃO SE APROXIMEM! – Gritaria para todos os civis pudessem saber da situação perigosa que estava acontecendo, não o deixaria sair impune se ele fizesse mais atrocidades como fez com aquele gato. Se o Blue atacasse o pirata por trás e ao fazer isto, ele passasse a estar na minha frente, iria pular em direção a ele e usa-lo como apoio e assim sendo ajudado pelo médico, faria um rápido avanço para disparar um cruzado de direita, porém aproveitaria do impulso no ar para girar meu corpo descer um golpe parafuso com o outro braço para atingir mais uma vez o rosto do miserável.

Na perseguição, se chegasse próximo o bastante, esticaria minha mão para puxar alguma vestimenta do pirata, e tentaria bloquear sua ofensiva mais uma vez socando rapidamente seu antebraço ou braço e inclinando meu corpo para trás. Se ele parasse por cansaço, diria a ele. – Desista. Você não vai vencer e nem fugir. No momento que virou minha presa, só lhe resta a prisão. – Chamaria sua atenção para que Blue pudesse pegá-lo de surpresa a qualquer momento.


Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 41
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptyQua 5 Fev 2020 - 23:18

Narração


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com a estratégia de fuga em prática, Jamal conseguia a dianteira. Blumayden se obrigava a ficar para trás, a fim de cuidar do gato que havia sido maltratado pelo perverso vilão. Seu lado médico gritava e, não obstante não se importasse tanto com homens, definitivamente os felinos mereciam melhor tratamento. De tal forma, restava a Takamoto impedir que a serpente rastejasse para longe dali. Talvez, com as habilidades de Don, os eventos pudessem ser mais favoráveis ainda.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No muro alto, Jamal erguia seus braços sobre a sua superfície, no fito de alavancar o seu corpo e pular para o outro lado. Todavia, Lisandro também foi veloz e, pulando as latas de lixo e desviando dos gatinhos, conseguia agarrar uma das pernas do fugitivo, antes que ele passasse para o outro lado — Irei te matar se você não me soltar! - vociferava, balançando a perna freneticamente. Movimentava-se com tanta violência que seu calcanhar acertava o rosto do caçador, fazendo o seu nariz sangrar e provocando uma intensa dor — PARA TRÁS! - segurava-se apenas com uma das mãos, na tentativa de golpear o seu nêmesis com a adaga envenenada. Entretanto, a experiência em combate que o lutador havia acumulado o fazia prever aquele movimento, posicionando suas manoplas à frente e segurando o braço do homem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Foi então que Takamoto entendeu que ele não era chamado de Serpente apenas por utilizar veneno em suas armas. Assim que segurou o seu braço, apesar de estar protegido pela sua manopla, o pulso de Jamal contorceu e a adaga ficou em uma estranha posição, guilhotinando o lugar logo onde acabava a proteção. O corte ardeu, mas o boxeador continuou o planejamento mental que havia feito, continuando a segurá-lo e soltando a sua perna, liberando o seu braço para desferir um poderoso uppercut. Devido à altura que os separava, o dano não seria tão forte quanto poderia ser, mas o suficiente para acertá-lo de raspão e, com o impacto em seu queixo, derrubá-lo dali. Temendo isso, Jamal se jogava para trás rapidamente, ação que fez um de seus dedos de apoio escorregar, suspendendo-se apenas por três deles — HAHAHA! É O SEU FIM! - com o seu braço segurado, o pirata chutava a parede com um dos pés, pegando impulso para, com o outro, desferir um violento pontapé contra a lateral da cabeça de Takamoto. Seu plano de fuga ia para o ralo, uma vez que, junto a Lisandro, ele também ia ao chão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Enquanto isso, Nakamura continuava a tratar do gato, que parecia mais machucado do que poderia supor. Porém, a sua experiência médica o dizia que os paliativos que havia tomado eram o suficiente para mantê-lo vivo e, com o tempo, ensejar a sua recuperação - mas talvez precisasse de um cuidado mais atencioso nos primeiros dias. O gato ainda sentia bastante dor, podia perceber, mas toda vez que passava a mão perto dele, o felino coçava a sua cabeça nela, dando uma lambidinha em seus dedos. Concomitantemente se importava com o animal e recebia suas carícias, a Serpente Branca caia por cima de seu companheiro com a adaga a mirar-lhe a sua garganta. A situação pioraria logo o lutador tentasse utilizar o seu braço, momento em que perceberia que o mesmo não responderia paralisava. Se não agissem rápido, poderia ser o fim daquela parceria.


Off

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] O post acabou não te dando muito enfoque, visto que para tratar do felino era necessário um tempo maior do que aquela sequência de ações. Ainda estou dando uma relativizada no tempo que eles passaram se atracando. Porém, reconheço que foi para seguir a personalidade do personagem e está mais que certo! Só tô falando isso para me explicar mesmo, pois sei que é chato quando se fica de lado em aventura em grupo. Ao menos, quem sabe disso não saia algo legal no futuro. Até tentei aproveitar alguma ação, mas o cuidado com o gatinho e o fato dele não ter passado pro outro lado acabaram não deixando propício.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 EmptySex 7 Fev 2020 - 20:45


Cap. II
Rumo à Grand Line?

MyaAttack
Enviando a cobra para sua toca

- Não seu preocupe, você ficará bem. – Balançava minha cabeça num gesto de positivo. Não sabia muito bem como os felinos se comunicavam, mas acho que ele entenderia minha intenção. – Bem, tenho outro problema para resolver. - Levantaria-me e olharia para aquela cena inusitada. – Aah, como era de esperar. – Mesmo numa situação delicada mantinha de um semblante sereno. Finalmente entendia que aquele pirata não passa de um reles baderneiro, em outras palavras, um bundão.  Você há de concordar de quem usa inocentes para se proteger não passa de um covarde.

Não precisarei mais de uma espada para acabar com essa palhaçada aqui. – JAMAL! – Berraria. – Seu erro foi superestimar o poder dos felinos! – Apontaria para o pirata. – Eles são VINGATIVOS! AGORAA! – Olharia para cima do malfeitor esperando que um grupo de gatos atacasse ele... Mas que papo de maluco, hein? Entretanto, essa era a ideia. O que tinha acabado de falar era algo tão inusitado que não teria como ele não olhar para cima. Como sabia disso? Bem, é igual que eu disse antes, ele era um covarde e morreria de medo de levar um ataque surpreso. Não é toa que é chamado de cobra, quando algo simples o chama atenção quer de imediato atacar. E o que eu queria chamando a atenção dele? Bem, você conhece meu estilo, estava dando tempo para que Takamoto agisse.

Quando o cozinheiro mover-se, correria na direção do bandido, ao aproximar-me dele não procuraria o confronto direto, daria uma rasteira de modo que chegasse próximo ao lixo. – Com licença! - E durante esta ação, pegaria uns pedaços de lixo com uma mão. Eu não tinha tanto nojo por conta do meu passado... Mas isso fica em off. Vamos nos concentrar na luta! Dando prosseguimento ao meu ataque, após pegue o lixo, viraria o meu corpo rapidamente e daria um salto na direção do gatuno. Jogaria a escória na própria escória – isso ficou meio estranho -, miraria na nos olhos do malfeitor para que não avistasse o próximo movimento, rapidamente sacaria minha espada e desferia um corte na diagonal na direção de seu torso ferido, de preferência.

Após efetuado meu ataque executaria essa artimanha, apenas se visse que Takamoto estava numa posição boa para desferir um ataque. Executaria esse plano arriscadíssimo, mas não hesitaria caso aparecesse a oportunidade. Ele não surgiu por acaso, na verdade, quando avistei os gatos se comportando, essa ideia surgiu na minha cabeça. Faria exatamente como um gato, soltaria minha espada e agarraria a minha presa, mais precisamente a perna dela. Não precisava dar o sinal, o boxeador estava em perfeita sincronia comigo e sem dúvidas, aproveitaria aquela chance.


Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rumo à Grand Line?
Voltar ao Topo 
Página 6 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: