One Piece RPG
Rumo à Grand Line? - Página 14 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Tríade Selvagem
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 12:34

» Ain't No Rest For The Wicked
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 11:56

» Cap. 2 - The Enemy Within
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor King Hoje à(s) 11:38

» Unidos por um propósito maior
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor AoYume Hoje à(s) 08:42

» Art. 3 - Our memories
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 08:07

» 1° Act - It's Navy Time
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:00

» The One Above All
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Achiles Hoje à(s) 04:10

» [LB] O Florescer de Utopia III
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:00

» O Regresso do Anjo Torto
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor DanJo Hoje à(s) 03:34

» Azura V. Pendragon
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:17

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:09

» Fenrir Seawolf
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:05

» Sádica em construção
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:03

» VI - Seek & Destroy
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:54

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:34

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:19

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Wesker Ontem à(s) 23:58

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:21

» I - As rédeas de Latem City!!
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Kyoji Ontem à(s) 22:35

» The Lost Boy
Rumo à Grand Line? - Página 14 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 22:11



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Rumo à Grand Line?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptyQua 24 Jul 2019, 14:18

Relembrando a primeira mensagem :

Rumo à Grand Line?

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçadores de Recompensas Takamoto Lisandro, Nakamura Blumayden e Don Reed’s Wayne. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 29/12/2013

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptyQua 01 Jul 2020, 23:24




Rumo à Grand Line
O Pato: Conclusão




Não sabia que você era um caçador de piratas Max. – Falei surpreso, ele não tinha a feição de um mercenário como muitos tinham, eu mesmo nem me considerava um já que tudo que fiz foi assumir a responsabilidade pelos meus atos, é uma coisa que todo homem deve fazer se quiser evoluir como pessoa. Lembrei até mesmo do rapaz que sarrei enquanto estava naquela ilha do Zeff, ele tinha sido mal educado e nem mesmo percebeu seus erros, no mínimo era um pirata com tais ações egoístas ou uma pessoa má. Foi caminhando até ao porto que notei Don sempre com uma garrafa de bebida em mãos choramingar, as marujas tinham completado seus trabalhos e agora ele sentia saudade das belezuras. – Quase isso Don, como vai o Hawk, pronto para zarpar? – Não demoraria muito para finalmente partir em direção a Grand Line, Alejandro não havia aparecido no porto, teria sido o fim da nossa estranha e pequena parceria? Indaguei se ele realmente voltaria, espero que não esteja mal por ter me acertado a guitarra e decidido não vim para a viagem.

Max e Ares pareciam confortáveis com a ideia de participar, precisaríamos deles para ajudar o navegador a se virar em uma embarcação tão grande. – Vamos ir sem rodeios. – Foi o que falei até que Wayne mencionou meu irmão, virei a cabeça instantaneamente e observei aquela figura azul e ao seu lado um marinheiro. – Problemas será? – Ele havia dito antes no retiro que poderia ser preso sem citar motivos, também achei que seria por toda a algazarra efetuada pelo pato. – Gente, tenho um assunto para resolver, podem subir no Hawk, é.. Quero dizer, no navio, o nome dele é Explosive Hawk. – Disse apressadamente assumindo uma postura mais avexada indo em direção ao Blum. – Ow, Blum!

Se aproximando cada vez mais, posso jurar que já vi a cara daquele marinheiro, não lembrava ao certo, puxei na memoria a cena em Lvneel, foi lá que tinha visto aquele cara. Era o marinheiro que não havia ajudado em nada e ainda questionou minhas ações ao proteger a mulher e seu filho em perigo. Ele não parecia uma ameaça já que da ultima vez só estava indeciso de como agir, não acho que estava dos lados dos cristões, mas sabendo que Blum poderia ser preso e ele estava conectado com a confusão da ilha passada. – No que se meteu dessa vez? – Faria minha entrada naquela situação, Blum e dois marinheiros. – Conheço você chapa. – Rumaria em direção ao marinheiro nostálgico. – Espero que meu irmão não tenha feito nada de ruim. – Daria um leve tapa em suas costas mostrando meus dentes e depois encararia meio nervoso para Blum.

Espero que Kalick tenha explicado toda a situação. – Mencionava o ocorrido de antes. – Marinheiros devem sempre salvar os indefesos. – Estava tentando me dá bem com ele, seria bom ter um bom relacionamento com o cara que poderia prender meu irmão. – Não culpo por ficar em dúvida naquela hora, mas espero que tenha aprendido. Se há pessoas em perigo, você sempre deve proteger. – Assim como disse antes, reconhecer seus erros e falhas lhe tornam cada vez mais forte.


Offs:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Masques

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 22

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptyQui 02 Jul 2020, 14:27


Act 4
Rumo à Grand Line?




Enquanto caminhávamos em direção a embarcação de Takamoto, ele puxava o assunto " Não sabia que você era um caçador de piratas Max. " Eu então dava uma leve risada, respondendo o jovem ruivo " Tecnicamente eu ainda não sou, ainda não cacei nenhum. Mas é o que pretendo. " Gesticulando com as mãos eu continuava Tenho que dizer Takamoto, eu esperava que você fosse cozinheiro de algum lugar depois daqueles pratos e da competição da ilha, mas Caçador de Piratas? Eu também não esperava.

Virava então para Ares, perguntando " E você Ares? O que você faz? ", continuaria acompanhando o grupo até chegar na suposta embarcação de Takamoto. No meio do caminho, com o objetivo de puxar papo com os recém conhecidos eu perguntava a Ares " Ares, você estava naquela ilha onde fomos teleportados? " Após encerrar o assunto, eu perguntava outra coisa " Você consegue voar com suas asas? ". Estava relativamente curioso, não podia deixar de perguntar.


Podia ver o navio que Takamoto havia mencionado e era realmente impressionante ver uma embarcação daquelas tão de perto. Junto ao navio podia ver um homem, a qual não conhecia, mas que definitivamente possuía um daqueles laços inquebráveis entre homem e bebida. Podia observar o múrmuro do homem, enquanto dava goles em sua bebida com um chapéu caído. Era exatamente como o meu pai citava em uma de suas várias histórias sobre homens que eram amigos de 2 coisas, de sua garrafa e dos mares.

Aparentemente era Don Wayne, o nosso navegador, é até um pouco divertido dizer que eu tenho um navegador. Na verdade toda aquela situação em que eu me encontrava me deixava feliz, eu iria continuar a jornada em rumo ao farol para que eu pudesse capturar o pirata, quitar minha divida com Urahara e... "Urahara?". Como poderia esquecer do homem que me trouxe até aqui, e ainda mais, da dívida com meu pai?

Eu então me apresentaria a Don Wayne " Prazer, Don Wayne. Me chamo Max Evans, perdão se estiver sendo rude, mas, o senhor viu um homem loiro meio desleixado de chapéu branco com listras verdes por aqui? ".

Caso a resposta dele fosse positiva me viraria para Takamoto dizendo " Pode esperar um momento? Eu preciso falar com o caçador de recompensas que me trouxe aqui. "  Iria então de encontro a Urahara para informá-lo sobre a carona obtida " Urahara, não tenho muito tempo pra explicar agora, mas arranjei uma carona, vambora? "

Caso a resposta fosse negativa, pediria para Takamoto para que esperasse um momento de qualquer forma, me dirigia correndo em direção a escuna de Urahara para ver se ele se encontrava la. " Droga, aonde se meteu Urahara?Você disse que iria esperar! " Procuraria então, na escuna se Urahara se encotrava por ali, ou qualquer coisa que Urahara pudesse ter deixado como mensagem para que eu lesse.

Caso Urahara estivesse na escuna eu o explicaria a história " Urahara, olha arranjei uma carona mas a gente precisa ir agora! "Caso ele não se encontrasse na escuna procuraria por um papel e uma caneta ou qualquer coisa que eu pudesse escrever para deixar uma mensagem, aonde deixaria escrito "Arranjei carona para o farol e não te encontrei. Estarei te esperando lá!".

Caso não encontrasse a escuna de Urahara, não saberia o que pensar, será que ele havia me deixado em Flevance, será que ele havia ido para o farol? De qualquer jeito eu não poderia ficar pensando ali e então voltaria ao navio de Takamoto, para que pudéssemos partir. É claro que eu sentia como se não tivesse conseguido cumprir meu dever.

Mas por outro lado eu não podia deixar de seguir em frente, até porque, Urahara poderia estar me esperando em meu objetivo, nesse caso eu precisava chegar no farol o mais rápido possível.

" Então vamos por estes aí para trabalhar... " Soltava uma leve risada, " Pode deixar Don, aonde precisa de ajuda? " Olharia para o navegador de forma determinada enquanto aguardava uma ordem.



Objetivo:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

" Si vis pacem, parabellum. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySab 04 Jul 2020, 14:14


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Mentir para contar a verdade
A jogada arriscada

- Um momento, amigo! - Exclamaria, tentando chamar a atenção daquela dupla peculiar. Não sabia exatamente o que era, mas a identidade daquele suposto sargento deixava-me com uma pulga atrás da orelha e a clara agitação do soldado fazia-me aumentar ainda mais minha desconfiança.

Quando os infelizes voltasse a olhar em minha direção, olharia seus rostos, é claro que ainda poderiam está olhando para baixo, a fim de esconder-se. Então pediria que levanta-se o queixo e retirasse o boné. Mas pouco importava se ele revelasse seu rosto, pois o fato de não revelá-lo já indicaria que era o tal homem.

Caso soubesse que era de fato o golpista, respiraria profundamente. Aquele salafrário vai ser o responsável por mim mandar para as grades, mas eu não irei deixar, hoje não era seu dia de sorte.

Se entrasse em desespero e falasse que o sargento era o sabotador, de certo ninguém acreditaria nessa história para boi dormir. Por isso, começava uma guerra mental contra o pilantra. Devia existir um meio de mim safar dessa e levar esse rato ao esgoto de onde saiu. Ele tinha toda a vantagem, Eric jamais acreditaria em mim, por isso, tinha a missão de fazer o safado botar a verdade a fora. E como fazer isso? Boa pergunta.

Era como de se esperar que algum desses navios esteja transportando o Chumbo Branco, pois ao negarem que não encontraram nada no porto, eles estavam tirando qualquer suspeita de um barco está carregando o material e, além disso, jogava toda a culpa em mim. Admito esse plano era genial. Mas eles não contavam com minha astúcia.

Por mais perfeito que a estratégia usada fosse, eles tinham esquecido de algo crucial. - Eric, só peço um minuto de seu tempo e esclarecerei todas as suas dúvidas. - Sorriria olhando aos farsantes, o meu sorriso obscuro deixaria os inquilinos assustados e desconfiados.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Tudo estava tão perfeito e não havia chance de ser pegos, por que então eu estaria rindo da cara deles? - Sabe.. Eu sou médico e constatei algo bem extraordinário. - Fixaria-me no soldado. - Todos aqueles que têm contato com o Chumbo Branco... - Endureceria meu semblante. - FICAM COM O NARIZ AZULADO! - Exclamaria.

O único erro que eles não podiam prever, o erro humano. O plano era que algum dos dois colocasse o dedo no nariz e, isso indicaria que o mesmo estava envolvido no ocorrido. Se eles morderem a isca, significaria minha vitória. Caso algum desses ratos caíssem na armadilha, bravejaria. - Foi esses dois homens que armaram para mim! E esse suposto sargento que sabotou-me. É claro, o lance do nariz é uma mentira. - Complementaria. - Provavelmente, eles nem sequer olharam os navios, óbvio, eles não precisavam já que eu seria o bode expiratório. E seu eu fosse chutar, o chumbo será encontrado em um barco da marinha deste porto, pois, afinal de contas, quem iria desconfiar da marinha?

Tinha colocado as cartas na mesa, agora Eric que não tinha escolha ao não ser confiar em mim. Talvez, os farsantes ficassem embrutecidos comigo e tentassem me atacar como um ato de vingança. Logo, puxaria minha espada e posicionaria da diagonal, cobrindo todo o meu torso.

Caso meu irmão, aproximasse apenas pediria que eu tomasse conta daquela situação, pois o seu envolvimento poderia mudar o curso dos acontecimentos. - Ele não tá vendo que estou no momento crucial e ainda quer dar um lição de moral.

Se todo o meu plano fosse por água a baixo, não tinha mais escolha ao não ser correr com todas minhas forças para o Explosive Hawk.

Histórico:
 

NOVOS OBJETIVOS:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 8010
Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptyDom 05 Jul 2020, 18:33

Conversas e barcos


Não levava muito tempo e estávamos caminhando em direção ao suposto barco que nos levaria para a Grand Line. Eu mal podia esperar, era um dos meus maiores objetivos e sem dúvidas iria chegar lá, de um jeito ou de outro. Por sorte, foi mais fácil do que eu imaginava.

Enquanto estava no caminho, a criatura laranja começava a fazer perguntas e aparentava genuína curiosidade, então decidi responder um pouco - Eu já fui uma artista e fazia algumas apresentações em público. Bom, no momento não estou mais nisso, porém pretendo voltar algum dia para tal - diria, em seguida colocando a mão no queixo e sinalizando pensamentos - Talvez se eu fosse uma artista famosa, poderia tentar influenciar mais pessoas pelo mundo. O que acha? - tendo dito isto, continuaria andando, porém cantando algo baixo para testar minha voz. Não demorou muito e ele voltou a perguntar sobre a ilha bizarra que estava - Huh? Sim, eu acabei indo parar lá. Achei que o bikini já entregava isso - e por fim, sobre as asas eu apenas decidi dar um sinal de confirmação, provavelmente iria pular e planar por alguns segundos para dar a certeza caso ele questionasse mais.

Após isso, finalmente havíamos chegado no local com a embarcação, e ela era, de fato, enorme. "Será que o diabo é realmente rico ou algo do tipo?" me questionava, enquanto o homem chorando falava com o ruivo. Decidi ignorar a pergunta da fonte termal. Aparentemente algum conhecido também chegava perto do local, no entanto, não me importava muito, apenas gostaria de ir para dentro da embarcação e explorar ela imediatamente. O diabo havia falado que a mesma recebia o nome de Explosive Hawk, o que era bem interessante. Rapidamente procuraria uma forma de subir no navio, e assim que estivesse nele, iria me apresentar para o homem da bebida - Muito prazer! Eu sou o ser que irá cruzar pelos mares e trazer a esperança, Ares Coldwood! A partir de hoje, este navio está abençoado pelas mãos de Deus! - e tendo feito isto, iria rapidamente explorar ele.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 48
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySex 10 Jul 2020, 19:00

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao chamado de Blum, o Sargento fazia menção de parar, mas continuava o seu caminho, só parando quando o Capitão Eric interveio — Faça o que ele disse - o marinheiro olhou para Blum, suspeitando de suas intenções. O Sargento assim o fez, virando-se — Pois não, Capitão... - neste momento, pôde-se ver ele deglutindo algo — Por qual razão eu obedeceria um caçad- - redarguia — Faça!- o superior exclamou. Levou alguns instantes para o que o Sargento tirasse o boné e erguesse o rosto. Seus olhos alternavam entre Eric e Blumayden, apreensivos. Definitivamente era ele, o homem que havia esbarrado no meio da rua - ao menos, essa era a sua impressão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Porém, talvez acusá-lo diretamente não fosse a melhor saída, já que precisaria de provas para sustentar sua versão. Assim, o espadachim habilmente levou o homem a cometer um erro — I-impossív- - o Sargento não era tão tolo, então não levou a mão ao nariz, mas fez menção que o faria, parando no meio do caminho, ao perceber que havia sido enganado — Ora, s... Capitão, este caçador está ofendendo a honra da marinha! - apontou para Blum, tentando desviar o foco do conflito — Eu não vejo como ele faria isso... - Eric olhou para Blum — Vocês dois, comigo... vamos até o dito navio - determinou, com sua autoridade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Neste momento, os olhos do impostor já estavam esbugalhados e ele rapidamente tentou sacar algo de sua cintura. Sua intenção era clara! Usar o noviço soldado como refém e sair ileso daquela situação. Entretanto, o Capitão foi mais rápido, fazendo jus ao seu posto. E tudo porque já havia tido uma noção do que estava acontecendo ali, após a pequena trapaça de Nakamura. Estava preparado para uma situação desta — Parece que é você que está a sujar o nome da marinha. E, por isso, terei que puni-lo apropriadamente - a lâmina de sua espada já havia interceptado a pistola, cortando a mão do impostor e fazendo-a voar para longe — Francamente, e pensar que algo assim aconteceria... - falou, enquanto dava dois passos para a frente e o pseudo Sargento o acompanhava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Em um rápido dash, Eric batia o cabo da espada na boca do estômago do bandido — Soldado, você está envolvido nisso? - os olhos do Capitão caíram sobre o outro marinheiro, o qual gaguejou e explicou que havia sido ameaçado, após ver o que não devia, razão de estar tão nervoso. Após a situação ser esclarecida, apesar de ser apenas a ponta do iceberg, não havia mais razão para manter Blumayden ali — Você realmente foi útil... e ora se não é o seu amigo? - logo foi corrigido, momento em que tomou ciência de que eram irmãos — Isso explica algumas coisas... - suspirou — Podemos dizer que sim. Só não deem mais trabalho - com o bandido rendido no chão, o Capitão gesticulou com a mão, sinalizando que dispensava ambos e que não queria mais conversa - e muito menos uma lição de moral. Assim, os irmãos caçadores se distanciaram — Boa viagem. E tenham cuidado - escutaram ao longe. Era a voz do Capitão Eric, mas ele estava de costas para os dois. Apesar da relação conturbada entre ambos, tudo havia se resolvido no final. Talvez o Capitão se preocupasse com os dois trapalhões?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No Explosive Hawk, Max e Ares conheciam a excêntrica personalidade de Don Wayne — Não, não vi ninguém assim por aqui e não gostaria de ver, senão aquelas belas garotas - fungava o nariz — Mas você! Senhorita Ares Col...Você... não, deixa pra lá, muito nova... e pirada - se referia a Ares, dando de ombros para ela e sussurrando as últimas palavras - as quais a garota não chegou a escutar, pelo amor de deus - ao perder o interesse — Então vocês todos foram enganados pelo ruivo? - indagou — Enganados? Não sabiam? Ele vai acabar matando vocês, se não cedo, tarde - abria a jaqueta, mostrando as faixas em sua cintura, da facada que havia levado de Jamal — Estão prontos para serem atacados por tudo que é gente - culpava o cozinheiro; o que eles não sabiam é que aquilo se deu pelos maus modos de Don e sequer tinha haver com Takamoto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No pier, Max podia ver Urahara andando por aí, um tanto perdido. Para a sorte dele, Evans gritou da embarcação, alto o suficiente para prender a sua atenção — Max! Ah, que ótima notícia, pois acabei de vender a escuna! - e, por alguma razão, algo lhe dizia que ele havia gasto o dinheiro em uma nova sombrinha - não a toa tinha conseguido identificá-lo tão facilmente — Quem é o anfitrião? - indagou. Takamoto e Blum colavam atrás dele, tendo escutado a conversa entre ambos. Agora, o grupo estava sem amarras! Sem exceções, pois até mesmo Nakamura sentia algo passando entre as suas pernas, com o rabinho levantado. O bom filho à casa retorna!


Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySab 11 Jul 2020, 18:38


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Novos encontros
Zarpando para o início

Meu coração só faltava sair pela boca. Se o malandro não tivesse caído na armadilha, estaria em apuros agora. Meus ombros relaxavam-se e sentia um bem estar em todo o meu corpo. - Essa foi por pouco… - Enquanto me distanciava, ouvia Eric murmurar algo como Boa Viagem. - Hmm.. Acho que tô imaginando coisas.

- O que diabos é isso? - Chegando no Explosive via dois caras estranhos falando entre si. - Taka… Quem são essas pessoas? - Perguntaria ao cozinheiro com um olhar inquisidor, ausentava-me por uns instantes e o ruivo havia recrutados novos “membros”. - É uma galera que achei por acaso para ajudar a gente. HAHAHAHA!!! - Era a resposta mais imprevisível possível. - QuÊ?! - Era impossível entender o que se passava na mente do meu irmão. Meio em choque dava-me conta do gatinho. - Pelo menos você tá aqui. Uma preocupação a menos.

Embarcaria no Hawk e veria os novos integrantes, eu não sou muito de julgar as pessoas, mas parecia que eles eram pessoas normais. - Ei, Blum... Olha ali. - Sussurrava o cozinheiro. - Aquilo é um anjo, cara. Tem até asas. - Ao ouvir tais palavras, percebia o quão insano ele estava. - Hã? Ali é uma celestial. Na Grand Line a gente se vê de tudo. - Ainda surpreso pela a presença do ser, questionava ainda mais. - Eles não são anjos. Na verdade é comum ver eles, aparentemente são de uma ilha especial, mas só sei até aí. - O cozinheiro afirmava que a mesma falava que era filha de Deus. - Hã? Filha de Deus? Isso não existe. - Olhava aquele ser fofo e não tinha como ela ser uma biruta, isso só podia ser invenção do cozinheiro.  

Ficava inquieto por conta de ter um bando de gente que não conhecia na embarcação, entretanto, recordava-me que as pessoas falavam o quão difícil era ir para Grand Line e, talvez, o ruivo foi sensato em achar essas personalidades, visto que estávamos sem as marinheiras a bordo. - Ei! - Chamaria a atenção dos novos tripulantes. - Entendo… Então vocês são navegadores, certo? - Perguntaria.

Escutando a resposta iria até o Taka e falaria de mansinho, de modo que ninguém pudesse ouvir. - Ei Taka, acho que tem uma coisa errada… Nenhum deles é marujo… TU TÁ SABENDO QUE A GENTE PODE MORRER?! - Balançaria o cozinheiro de um lado para o outro. - Relaxa, eu dou um jeito! - Aquela minha energia positiva de esvaia de um hora para outra. - Será que ainda dá tempo de descer?

Antes que eu desse o passe para fora, avistava aquela ave na minha frente. Piscava várias vezes para ter certeza que não era uma miragem. - Um… Pato? - Falaria, encarando-o com dúvida. - O-Olá. - Iria novamente até o ruivo e sussurraria. - Ei… Bem, por que tem um pato aqui? - Novamente o ruivo dava uma de suas respostas. - Aahh, é um pato que encontrei aí, deu trabalho, mas valeu a pena! - O Taka estava metido em uma encrenca anteriormente, certo? Então... Será que ele roubou essa pobre criatura?

Se algum dos novos tripulantes viessem se apresentar a mim, iria me apresentar, por mais que duvidasse da presença deles, ainda tinha modos. - Olá, sou Blum. Sou um médico e espero que possamos nos dá bem. E qual é o seu ofício? - Faria uma pergunta no final, a fim de conhecer melhor o pessoal que andava com a gente, vai que tinha algum maluco.

Com muita dificuldade tomava a decisão de ficar na embarcação e enfrentar o que estava por vir, pois afinal de contas, já sobrevivemos a tantas loucuras, a de hoje só seria mais uma para coleção.

Logo, ajudaria onde fosse preciso quando o navio zarpasse. Poderia ter alguém com experiência em meio aquelas pessoas, desse modo, perguntaria a esse inquilino em como fazer uma determinada tarefa, caso estivesse tendo dificuldade.


Histórico:
 

NOVOS OBJETIVOS:
 

AO QUERIDO AVALIADOR:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Seg 20 Jul 2020, 19:53, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Masques

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 22

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySab 11 Jul 2020, 23:16


Act 5
Rumo à Grand Line?




Ao ouvir a resposta de Don negando ver Urahara, não pude deixar de sentir um frio na espinha, um certo medo de que algo tivesse acontecido com o velho que embora não conhecesse à tanto tempo assim, tenho que admitir que tinha desenvolvido certo afeto por ele. Levaria a mão a testa, tampando um pouco da iluminação que havia ali. Respirava calmamente, me reasseguraria de que nada havia acontecido e com certeza iria encontrá-lo ali.

Enquanto eu me acalmava, pude ouvir Don continuar, perguntando alguma coisa, embora não haveria escutado por estar muito distraído em tentar não entrar em pânico ali. Me focaria no presente então para manter minha compostura e focar no que Don havia falado, não queria parecer rude logo ao conhecer o marujo.

" Estão prontos para serem atacados por tudo que é gente ? ". Pude ver então as ataduras que o marinheiro estava à nos mostrar. O que ele estava pensando? Estaria ele tentando nos amedrontar ou algo do tipo? " Eu não vim até aqui pra desistir agora. " Meu próprio pensamento ecoava em minha cabeça, eu não podia dizer aquilo, poderia parecer um tanto quanto áspero.

" Eu estou um tanto quanto acostumado a ser perseguido. Pelo ou menos estarei acompanhado dessa vez. " Eu dizia, esboçando um leve sorriso. " Se me der licença, Don, eu vou dar uma olhada, ver se encontro meu companheiro. " Afirmava, enquanto me retirava para tentar encontrar Urahara.

Após observar, por alguns momentos o pier de cima da embarcação conseguia ver uma figura debaixo de uma sombrinha que definitivamente não conhecia, mas Urahara era suspeito, até porque, ele me conheceu com uma. Bom só havia uma maneira de saber, inspirava até encher os pulmões e gritava Urahara, debaixo da sombrinha pude confirmar minhas suspeitas. Enquanto ele vinha até mim não pude deixar de pensar " Esse velho é realmente louco, ele comprou outra sombrinha, pra quê? Ele deve ser meio rico. " Embora havia passado algumas horas com ele, eu ainda não o entendia 100%.

" Max! Ah, que ótima notícia, pois acabei de vender a escuna! " Eu fechava os olhos, levando minha palma á minha testa em forma de demonstrar o quanto eu estava desacreditado eu estava. Pensava comigo mesmo" Era óbvio, ele vendeu a escuna pra comprar a sombrinha, não é possível. " O loiro então continuava " Quem é o anfitrião? ". Lembrei então de realizar as devidas apresentações.

Estendia a mão para Takamoto, dizendo, " Urahara, esse é Takamoto Lisandro o anfitrião e aparente dono dessa embarcação e um amigo, espero. " Levava minha mão a Urahara, continuando " Takamoto, esse é Urahara Kisuke, o velh... caçador de recompensas de quem havia te falado! " Ao olhar bem, não havia sido apresentado ao homem de cabelo azul, me aproximaria então dele dizendo " Acho que ainda não fomos apresentados, meu nome é Max Evans, aquele é Urahara Kisuke. " Blum então respondia " Olá, sou Blum. Sou um médico e espero que possamos nos dá bem. E qual é o seu ofício? " Eu me surpreenderia e dando umas risadas respondia "Hahaha, não posso dizer que sou algo como por exemplo um médico, uma apresentação certa sobre mim seria: Eu sou alto, tenho cabelo laranja e ocasionalmente dou uns chutes legais. " Colocava ambas as mãos na cintura " Mas não me leve a mal, pretendo ser de bastante utilidade por aqui! Prazer em te conhecer Blum, quem sabe não aprendo uma coisa ou outra com você?A pergunta de Blum na verdade foi meio que um choque de realidade, além de duas mãos e duas pernas extras eu não era muito útil, eu tinha que mudar isso.

Feitas as apresentações, eu ficaria atento á quaisquer ordens que o navegador desse, para que pudéssemos partir e também para eu não ser completamente inútil ali.



Objetivo:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

" Si vis pacem, parabellum. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 



Última edição por Masques em Dom 19 Jul 2020, 16:41, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptyDom 12 Jul 2020, 01:02




Rumo à Grand Line
Rumo ao Farol Parte 1



A despedida dos marinheiros era rápida, não sabia o que estava acontecendo, mas parecia que Blum havia escapado das mãos dos oficiais. – Heh! No final não fomos para cadeia. – Dava um leve tapa em suas costas enquanto entrelaçava meu braço em volta de seu pescoço e posteriormente o colocava sobre seu ombro. – Vamos indo que tenho uma surpresa. – Falei ansioso para mostrar a nossa tripulação, esta não era mais compostas por mulheres aleatórias escolhidas por Don e sim uma que eu mesmo fui o seletor, ou quase isso. A surpresa de meu irmão era o esperado e sorri já querendo me mostrar. – É uma galera que achei por acaso para ajudar a gente. HAHAHAHA!!! – Eu sabia como ele reagiria. – Vão ser nossos novos marujos.

Antes que ele conhecesse os novos integrantes do Hawk, queria lhe dá uma pequena palha sobre um deles. – Ei, Blum... Olha ali. – Apontei para Ares, esta que era a filha de Deus, podia enxergar até mesmo uma aura divina se olhasse bem para ela. - Aquilo é um anjo, cara. Tem até asas. – Explicava calmo, não era todo dia que poderíamos ver algo tão santo, porém foi com as palavras do médico que uma pulga surgiu atrás de minha orelha. – Como assim celestial? Existem outros iguais? Que dizer que.. Era não é tipo um anjo de verdade? – Pasmo indaguei rapidamente arregalando os olhos, foi ao saber mais sobre a raça dos celestiais que fiquei ainda mais perplexo. – Quer dizer que não é um anjo de verdade? Então porque ela fica dizendo coisas como se fosse filha direta de Deus? – Quem poderia dizer que na verdade, de vez uma entidade divina, traria uma pessoa com um parafuso a menos para ser um tripulante.

Nesse mundo existe de tudo, nunca havia tido contato com um celestial, fui enganado completamente. Mesmo assim, ainda estava tudo bem, não foi pelo que ela disse que acabei a chamando para vim conosco, foi mais pela parte que acabei por atropelar ela. – Não faz mal. – Voltei a sorrir, Max apresentou seu amigo Urahara, se tratava de um caçador de recompensas, tinha uma aparência desleixada, mas seus olhos eram afiados dava para perceber que era um lobo em pele de cordeiro. – Sou Takamoto, vamos ter uma boa viagem!

Enroscado com o Blum, íamos andando junto e eu mostrando as novidades, ele ficava preocupado que nenhum era realmente um navegador assim por dizer. – Relaxa, a gente dá um jeito! – Ele parecia meio triste, mas havia algo que o animaria, o pato já estava pronto para a partida. – Aahh, é um pato que encontrei aí, deu trabalho, mas valeu a pena! – Realmente havia valido, tinha recuperado meu tesouro, a ave por agora só era um contra tempo, uma hora a deixaria viver livre. Já com todos reunidos no navio, faria um bom discurso para iniciar nossa partida. – Se preparem que iremos subir pela reverse! Será um momento de tensão, espero que todos fiquem atentos e sigam as ordens do nosso navegador ali! – Apontaria pra Don, esperaria que ele se mostrasse pomposo para render alguma credibilidade e confiança. – Vamos tentar não morrer e seguir em frente! – Tentaria animar aquelas pessoas, mas nem eu mesmo sabia como iria fazer as coisas, tentaria seguir as ordens de Wayne, o problema maior seria durante a subido, isto que fazia minha espinha tremer.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 8010
Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySeg 13 Jul 2020, 14:43

Mais apresentações


Era realmente engraçado em pensar naquela situação e como ela se resolvia, praticamente a todo novo momento eu ouvia alguma coisa ruim relatando o Diabo Ruivo, nesse caso de um de seus próprios companheiros que mostrava ferimentos colocando a culpa deles no ruivo. Rapidamente eu voltava a falar - Está tudo bem! Ele não poderá fazer nada contra mim sem receber punição divina! E não fui enganada, se alguma coisa, estou aqui no barco por interesse mútuo. Se o que eu ouvi falar da Grand Line for verdade, tentar se livrar de mim seria algo extremamente perigoso - exatamente, o maior motivo para se evitar entrar na Grand Line é pela sua suposta dificuldade. É um lugar onde todos são testados e deixar companheiros de lado só torna o caminho ainda mais complicado. De todo modo, ficaria com os olhos bem abertos para lidar com o diabo.

Não levou muito tempo e também surgia um novo homem a bordo da embarcação, dessa vez com cabelos azuis e que parecia ser um pouco mais confiável que o ruivo. A nova criatura começa a citar coisas sobre navegadores e marujos, além de parecer bastante preocupado quanto a isso. "Hmm, acho que já entendi o motivo de terem me deixado vir. Provavelmente estão em uma falta enorme de companheiros com ofícios essenciais no mar" pensava enquanto continuava a observar a conversa entre o homem azul e o vermelho. Finalmente decidi que iria pelo menos me apresentar para o recém chegado - Muito prazer! Me chamo Ares Coldwood, pode ficar tranquilo que enquanto eu estiver neste navio, nada de ruim acontecerá! - falava, tentando acalmar o homem - Huh? Ofício? Hmm, a coisa mais próxima disso é minha aptidão para coisas artísticas, então você pode me considerar um artista!

Era muito interessante descobrir que o novo tripulante era um médico, então não teria mais que procurar as coisas sozinha como fiz no caminho para esta ilha. E falando nela, o ruivo começou a falar sobre a subida da Reverse Mountain, a qual eu estava muito empolgada para presenciar, seria um desafio e tanto. Pensando nisso, iria adentrar na embarcação procurando por algum lugar para me trocar como um quarto ou um banheiro, removendo minha peruca e a guardando e voltando a utilizar minhas roupas normais.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 48
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySex 17 Jul 2020, 17:32

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com o novo grupo reunido e a situação apaziguada, com cada qual indo para o seu canto, já chegava a hora de se despedir daquela ilha — E vocês não vão subir a bordo? - após um grande suspiro, Don olhava para o lado de fora, convocando todos — Se apresentem depois, não há necessidade de formalidade, aqui é assim mesmo... Grhuur - arrotava, fungando o nariz — Subam a bordo e vamos dar o fora antes que... - levava a mão à barriga, franzindo os lábios e olhando de soslaio, com o ar de quem havia feito algo errado e esperava não ser descoberto — Vamos logo! - exclamava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, os primeiros a subir foram Takamoto e Blum, seguidos de Urahara — Ara, ara, se me der licença, será um prazer me juntar a vocês - dizia, subindo lentamente pela rampa que havia sido alocada entre o pier e o navio — Boa tarde a todos - inclinava a cabeça, junto à sua sombrinha — Mais um esquisitão, fala sério... - Wayne resmungava, enquanto Urahara dava alguns rodopios, analisando o navio — Esse navio não é um pouco grande para apenas 6? - o experiente caçador indagava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E era verdade, aquele navio não zarparia sem uma tripulação suficiente. Era preciso ao menos dez pessoas para mover o navio e haviam apenas seis a bordo — Sim, sim... eu contratei uns vagabundos, só não sei se vão me passar a perna ou chegar atrasados - Don resmungava; afinal, tinha gasto um bom dinheiro contratando as tripulantes de seu sonho, na viagem para Flevance. E era por isto que estava aborrecido — Em falar nos vagabundos... - quando estes apareceram, Wayne virou o rosto.

PP:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]É aqui que está a nossa carona?! - o de cabelo cinza se adiantava — Quem é o comandante do navio? - indagava — Somos os Four Piles! O cowboy nos contratou para a viagem, mas só queremos uma carona e iremos colaborar, não temos outro capitão! - exclamava, entrando no navio com o seu grupo, sem se importar com mais nada — Vagabundos... - Wayne resmungava, baixinho. Os quatro pareciam bem unidos e tinham o seu porta-voz, que se identificava como o líder, o "capitão".

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com todos a bordo e Don ao leme, as primeiras ordens eram dadas — Se querem saber o que fazer e não morrer, façam o que eu digo! E eu quero uma garrafa de álcool agora! - batia na madeira, ao falar, dando ênfase à urgência de seu pedido — Takamoto, você é desastrado demais, fique longe das velas. E vocês, não deixem ele ficar perto das velas - começava a rir — Cof, cof, certo, certo... Quero quatro pessoas que saibam mexer nas velas, uma na gávea, com revezamento e outras de suporte, para lidar com o que surgir - instruía — O QUE ESTÃO ESPERANDO?! ASSUMAM SUAS POSIÇÕES, NÃO DEIXAREMOS PRA ÚLTIMA HORA! PRECISAMOS TREINAR! - berrava. Após, todos estariam livres para realizar seus afazeres.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E foi assim que o Explosive Hawk zarpou de Flevance, em direção à Reverse Mountain.

[...]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Três dias depois...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]CANSADOS?! TIREM SUAS BUNDAS MOLES DO CHÃO, JÁ CONSIGO VER A ENTRADA! - Wayne gritava, após vislumbrar a enorme Red Line e a névoa que a cobria. Aquele paredão gigantesco oprimia.  As poderosas correntes eram fortes o suficiente para criar um canal de água que subia a montanha; destroçar o navio contra as rochas não era nada. E, quanto mais se aproximavam, mais pequenos e irrelevantes pareciam, diante daquela aberração da natureza.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O som das correntes que subiam a montanha aumentavam gradualmente. Um som estridente que atrapalhava até mesmo a transmissão de ordens. Era nesse cenário hostil que o grupo teria que agir sem falha - pois um mínimo erro podia custar a vida de todos. Era evidente que o próprio Don estava nervoso, pois apesar de sua soberba, Takamoto e Blum sabiam que ele não era de ficar gritando desta forma com os outros — O QUE ESTÃO ESPERANDO?! TODOS ATENTOS! TODOS FAÇAM SUA PARTE! E SE SEGUREM ONDE CONSEGUIREM! - vociferava. No leme, suas mãos tremulavam e ele respirava pesadamente, vendo a entrada se aproximar.

Entrada - Reverse Mountain:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O grupo havia chegado naquele ponto após horas navegando, no terceiro dia. Certamente todos já estavam entrosados o suficiente e com as funções delimitadas. E todo o preparo para culminar neste momento tão crucial. Esta era a barreira que separava as pessoas comuns dos monstros que habitavam o temido mar chamado Grand Line. E, neste momento, todas as más histórias e notícias voltariam às suas mentes; não era a toa que o lugar era chamado de "Cemitério de piratas". Estavam indo direto para a boca do diabo - e deviam estar prontos se quisessem sair dali vivos — A corrente já nos puxou. Não há mais volta! - declarou, Don.


Off

Podem narrar resumidamente como vocês passaram esses três dias no automar. É um bom momento para todos revelarem e trocarem informações etc.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 EmptySeg 20 Jul 2020, 21:39




Rumo à Grand Line
Rumo ao Farol Parte 2



No final o discurso não valeu muito já que Don não conseguia fingir ao menos para os novatos que era confiável. – Vou ficar longe das velas se tu ficar longe do sakê! – Brandi com um sorriso no rosto descontando suas insinuações. – Vou aprender a mexer nessas velas pra tu ver do que sou feito. – Era uma disputa, não deixaria que o bebum ousasse ganhar de mim. Os outros tripulantes faziam o que queriam, desde que não danificassem ou sujassem o Hawk poderiam ficar à vontade. Vendo as ordens de Don, iria ver toda a movimentação do pessoal mais experiente se tratando de navegar. – Ei, de onde tu tirou aqueles caras? – Perguntaria cruzando os braços ao lado do nosso navegador, se ele não soubesse do que eu estava falando, faria uma breve menção ao quarteto “For Pilha” estendendo minha mão na direção deles. – Pensei que só gostasse de marujas. – Afirmei tirando de tempo. – Eu falei que iriamos para Grand Line. – Meus olhos brilhavam vendo toda uma tripulação. – Nunca me imaginei assim, pensei que iria rumar para outros mares sendo um cozinheiro tripulante ou invadindo um barco as escondidas. – Não podia deixar de expressar minha excitação. – Virar um caçador de piratas não estava nos nossos planos, nem mesmo arranjar um navio do céu. Não sei se temos sorte ou azar, se fosse o Blum agora falaria que era azar. Mas eu acho que.. Nossas aventuras estão só para começar e isso me traz uma felicidade imensa.

Queria gritar, mas não assustaria os demais por nada. – Vamos chegar ao farol, para comemorar faço um pequeno banquete. Ai quando estivermos na Grand Line, faço o maior de todos! – Meu sorriso era minha marca, sempre estampado no meu rosto mesmo nos piores momentos, ouvir falar uma vez que serve para espantar o desespero e medo, se for verdade é melhor continuar sorrindo sem parar, acho que alguns vão até me chamar de louco. Terminando a conversa com o atirador, desceria para o convés, Ares havia se trocado e não estava com o uniforme praieiro e eu por outro lado ficaria com minha bermuda e meus óculos escuros. – Que solzão. – Blum havia me explicado da garota, não era um anjo de verdade e querendo tocar na tecla, não iria fazer. Se Wayne acredita ser o homem mais incrível do mundo, ela pode acreditar em qualquer coisa, eu que não vou irritar ninguém sem motivo.

Hora de falar sobre os quartos! – Exclamei, teríamos que ter esta discussão. – Existem dois dormitórios além de quartos nos decks inferiores. Os homens ficaram no da direita enquanto as mulheres. – Olharia para a Ares, só havia ela de mulher. – Ares, pode escolher um quarto, ficar no dormitório da esquerda ou ficar no quarto do capitão, lá tem um banheiro pessoal. E se algum espertinho tentar algo, pode matar. – A última frase era realmente séria, mesmo tendo uma feição amigável. – No deck inferior tem um banheiro que comporta dez pessoas, se sujar limpem. Vamos ter quatro refeições ao dia, eu cuido da cozinha. – Mostraria em meus pratos minha habilidade, não foi atoa que eu fui o único churrasqueiro no período de Zeff. – Acho que só, vão fazer o que tem que fazer! – Dispensava a tripulação.

Não tínhamos um capitão, cumpria só a questão de organização e liderança, finalizei e fui ver o que os experientes em embarcações faziam para tentar aprender e executar funções simples como Reed´s mencionou, fitaria e perguntaria sempre. – Posso ajudar? Quero aprender aos poucos. – Alguns estavam só de carona, aprender a cumprir tarefas do navio decidiria mais a frente se morreríamos ou não em alto mar. Terminando o dia, faria mais do mesmo, preparar as refeições, fazer o treino diário, tomar banho e dormir. Talvez conversar um pouco com os tripulantes. Não podia esquecer de cuidar do pato que tanto me fez passar por problemas. – Ow, ow. Calma. – Ele não tinha nome, se eu desse um para ele ficaria com medo de me apegar, o nome seria bem legal, tipo: Paflow. – Um bom nome realmente. – Exaltaria a sugestão balançando a cabeça positivamente com um sorriso esgueiro no rosto.

Ei Blum. – Chegaria no meu irmão. – Do pessoal mesmo, só conheço o diretamente o Max. Ele parece ser gente fina e parece que vai caçar alguns piratas também, não acha que um quarteto é melhor que um trio. – Blum não era lá muito fã de estranhos. – A gente pode até juntar todos eles para navegar na Grand Line, imagina! – Abriria os braços na exaltação da ideia. – Ein, ein, ein, ein? – Ficaria dando leves cutucadas com meu cotovelo no médico. Parando de irritar meu irmão, voltaria a me esforçar, no deck principal treinaria fazendo flexões, abdominais e treinando ainda mais meu estilo de luta. Havia mais de uma pessoa que teria que derrotar, o mundo era mais grande do que pensei, tinha que ser forte o suficiente para proteger aquilo que era importante para mim e no momento, tudo que estava ao meu redor era o meu importante. – Han! Hum! Há! – Socos direcionados ao ar, movimentação de pés e defesas, imaginava uma sombra tentado me derrotar. – Não é real o suficiente.

Pararia e olharia para os lados, ainda me falta experiência, tinha aprendido isto com minha derrota para Jacob. – Alguém querendo lutar? Treinar basicamente. – Tentaria recorrer a um desafiante. – Posso recompensar, sei fazer uns pratos especiais e ensinar algumas coisas. – Joguei a isca, recompensas sempre atraem as pessoas. – Opa! Pode vim Max. – O alaranjado estava disposto a treinar comigo, pelo seu movimento e iniciativa, se tratava de um usuário de taekwondo. Aprendi fundamentos básicos dessa arte marcial, mas nunca havia feito uso dela ou treinado, meus socos já eram o suficiente, porém aprender nunca é demais. Depois de defender alguns golpes e desviar de outros, estava captando o senso de equilíbrio do Max além das posturas, não era uma luta de verdade, não o socaria de verdade, apenas leves empurrões. – Gostando de ver, preciso que mostre mais.

Sentia que os apuros que já enfrentei me deram vantagem e a força que adquiri tornava o treino ainda muito fácil. – Ares! – Enquanto lutava, meus olhos foram em direção da garota. – Venha também! Pode até descontar a ocasião do beco, além que vai ajudar o Max. – As brasas ficariam mais fortes. – Venham com tudo! – Depois de fazer o meu melhor e tentar não apanhar muito, notaria que os dois tinham algo em comum, eram dois taekwondocas e mesmo que estilos diferentes, me dava a ideia de realmente usar das minhas pernas quando os punhos estivessem ocupados. – Obrigado gente, foi muito.. – Massageava minha cara dolorida, mesmo defendendo e esquivando não conseguia deixar de levar golpes diretos, não atacar dava muitas brechas. – Esclarecedor, fiquei mais forte graças a vocês. – Caindo de bunda no chão e me deitando em seguida recuperei o folego aos poucos, deixaria que os dois escolhessem suas recompensas. – Podem falar o que querem, só descansar aqui e já faço. – Ouvindo suas palavras, me dedicaria a cumprir com minha palavra, tínhamos tempo para ensinar ou fazer pratos, ficaria apto para os afazeres.


FINALMENTE! – Depois de três dias podia ver do um dos locais mais famosos dos Blues, este que sempre foi a perdição de piratas e todos que tentavam passar por cima, precisaria mostrar respeito a este oponente. Wayne mostrava seu nervosismo, não parecia estar bêbado, meus pés quase ficavam bambos sentindo o poder do mar. – Blum! BLUM! VAMOS LÁ CARA! – Sorria animado agitando os braços, jogava o pessimismo para o lado e abria passagem para a coragem. – PESSOAL! ESCUTEM O DON E GRITEM ALTO! NÓS VAMOS PARA A GRAND LINE! – Erguia o braço ao gritar, trazer uma forte energia para a tripulação era meu plano. – Vou calar tua boca Don. – Usaria do que aprendi nesses últimos dias, a imagem a minha frente era assustadora, não podia deixar de arrepiar todos os pelos do meu corpo. Quando ouvi que não havia mais volta, notei que teria que prezar não só pela minha vida como daqueles que estavam sobre minhas asas. – ACREDITEM NO HAWK! – O nosso navio não perderia, ele veio dos céus salvando a mim e meu irmão, ele não nos deixaria na mão. – Eu acredito no Explosive Hawk, vamos juntos em mais uma aventura.

Executando tudo que aprendi, escutando as ordens do Wayne, segurando bem forte no que dava para segurar, ficaria em fronte para ajudar qualquer um que precisasse, se alguém se soltasse ou parecesse com dificuldade, iria ajudar. – VAMOS CONSEGUIR!


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 14 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rumo à Grand Line?
Voltar ao Topo 
Página 14 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: