One Piece RPG
Rumo à Grand Line? - Página 13 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» What do You do For Money Honey
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Greny Hoje à(s) 02:26

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 02:15

» 1º Ato - O Despertar
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Chaitanya Mahaprabhu Hoje à(s) 01:12

» VI - Seek & Destroy
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:52

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor tamerex12 Ontem à(s) 23:24

» [LB] O Florescer de Utopia III
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 22:52

» [MINI-Ballu] Um momento desesperador
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor DarkWoodsKeeper Ontem à(s) 22:34

» Enuma Elish
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 22:05

» The Claw
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:46

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Pippos Ontem à(s) 20:15

» III ~ Uma Loira na Ilha das Aranhas?
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 20:06

» MaikLynn Scarlaiti de Orr
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 19:24

» II - Aliados
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Hunson Ontem à(s) 19:19

» Tríade Selvagem
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 19:18

» Escuridão total sem estrelas
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor K1NG Ontem à(s) 19:17

» Rumo à Grand Line?
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 19:00

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Vrowk Ontem à(s) 18:40

» Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor tamerex12 Ontem à(s) 18:26

» O início da pesquisa.
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor K1NG Ontem à(s) 18:07

» Yami Sukehiro
Rumo à Grand Line? - Página 13 Emptypor Mad Ontem à(s) 17:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Rumo à Grand Line?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQua 24 Jul 2019, 14:18

Relembrando a primeira mensagem :

Rumo à Grand Line?

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçadores de Recompensas Takamoto Lisandro, Nakamura Blumayden e Don Reed’s Wayne. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 29/12/2013

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQui 18 Jun 2020, 20:28




Rumo à Grand Line
O Pato²




Esse era meu momento de brilhar, ignorando a garota que estava me perseguindo, consegui me lambuzar com a receita de peixe, agora era só abrir os braços e esperar para minha recompensa. Não foi nada agradável. – Ai, ai, ai! Calma Pato! Ai, isso dói caralho. Aaaah! – O pato havia partido para cima de mim, estava sendo bicado em vários cantos do meu corpo que nem sabia que existiam, a ave estava morrendo de fome e meu plano funcionou mesmo que estivesse passando por todo esse sofrimento, finalmente o meu tesouro estava ao meu alcance, puxei a shakeira para colocar no bico do agressor penado, se estava com fome, poderia comer o restante do sashimi no deposito. Foi naquele segundo que dei a refeição do pato, meus olhos piscaram e tinha retornado de mais uma daquelas viagens interdimensionais conhecidas por ter um careca azul em quase todas elas.

Tinha acabado de sair do retiro de férias e voltado para minha realidade, tantas pessoas que vi e conversei que até esqueço de alguns, porém posso lembrar ao olhar na cara talvez. – Estou de buenas! – Mesmo trajando agora um calção de banho, óculos escuros e um casaco para me proteger daquele sol escaldante, não podia de deixar de lado minha situação, as bicadas já foram tratadas assim como minha cara inchada, estava em pleno vapor. Na distração do pato comendo, pegaria meu tesouro e o amarraria em minha testa.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A todo vapor! – Gritaria, aqueles três dias restauram minhas energias depois de correr tanto, relaxado e curado poderia desfrutar dos malditos que estavam disparando contra aquilo que era precioso para mim, a faixa branca dada por minha mãe. – Eu não vou fazer nada contra o pato! – Respondi para a moça me perseguindo, o pato nem serviria para um ensopado, olhando de verdade para ela, ainda continuava vendo asas atrás dela, não era minha imaginação ou ilusão. – Você é um anjo? – Indaguei confuso, mas não podia deixar de voltar minha atenção ao que era realmente importante, os atiradores!

Eles agora miravam em um rapaz, sua feição não me era estranha, aqueles cabelos cor de laranja, inclinei a cabeça para o lado ainda assimilando aquela figura emblemática. – Ué, Max? – Esse era seu nome pelo que lembro, pediu um pedaço de carne duas vezes e elogiou meu trabalho, parecia ser só um cara decente. – Acho que é ele. – Falei batendo o punho fechado na outra mão de palma aberta. Já estaria me aproximando enquanto pensava, os atiradores estavam prontos para atirar nele, não sei o que ele fez para acabar sendo um alvo, o motivo poderia ser de um dos atiradores estar no chão. – Ei! – Chegando por trás falaria, ao ver eles virando, ficaria ligado para o cano de suas armas e erguendo minhas mãos para cima, pegaria em conjunto a arma deles para que se fossem atirar no susto, pelo menos atirassem para o céu e não para mim.

Seguraria o cano das armas para que não pudessem mirar em nada, os forçaria a se colidirem, já que juntaria as mãos e consequentemente se segurassem as armas, iriam ambos se baterem, se largassem a armas, jogaria para trás como se fosse lixo, e ficaria atento a bloquear qualquer ataque. – Ei, vocês estavam caçando o pato de um caçador de recompensas. Querem ser presos? – Informaria no que estavam se metendo.

Se notassem minha aproximação, apenas levantaria as mãos. – Opa! Apontar isso para as pessoas é crime, posso prender vocês por isso! – Não acho que seriam piratas, eram apenas supostos caçadores de pato.

Mesmo com minha anunciação, eles não se virassem, cutucaria no ombro de um e ao virar, lhe daria um direto na cara para já inutilizar um dos perseguidores da ave, o outro faria uma avanço rápido para não ter espaço o suficiente para virar a arma para mim, se virasse, pegaria por cima e mandaria sua mira para baixo para ele atirar no próprio pé ou por sorte, somente no chão. – Eae Max. – Cumprimentaria meu conhecido. – Parece que acabou de voltar da festança também ein. – Ele também trajava vestes de praia. – Esses caras são amigos seus? Eles tavam atrás do meu pato, se não forem, só um segundo. – Daria um jab curto na face do atirador esperando que ele perdesse força em suas mãos ou as levasse para sua cara, queria apenas desarma-lo. – Sai fora! – Ordenaria aos malfeitores.

De frente com o alaranjado. – Pode não parecer, mas você me ajudou. Valeu cara! – Daria um sorriso corriqueiro, estava no meu inconsciente ser simpático com as pessoas, nunca se sabe quem pode ser um cliente seu.


Offs:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQui 18 Jun 2020, 21:36


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Plano Kat X!
De volta a realidade

Surpreendia pelo o Doutor falar algo tão básico, que qualquer pessoa podia dizer, cá entre nós esperava alguma dica mais… Sei lá… Eficiente? Além do mais, estou ficando louco ou ele falou que precisava de sorte, hein? Não brinca comigo. Ainda estupefato com as palavras de Leon, olhava em seus olhos, ao observá-lo compreendi a seriedade e sinceridade em cada sílaba dita. - Francamente, talvez eu seja um idiota. - Coçava o cabelo visando organizar minhas ideias. - Ele fala que nem meu mestre. Preciso encontrar esse caminho sozinho. - Ria de mim mesmo, pois no fundo já sabia a resposta.

O médico era mais gentil ainda e oferecia uma refeição. Minha pupilas dilatavam-se com tamanha alegria e quem estivesse prestando atenção, veria suor saindo dos meus olhos. - Aceito sim. Vou querer só arroz, e maionese por cima. - Acho que estou numa maré de sorte, primeiramente consigo me safar e agora vou receber minha preciosidade abençoada pelos deuses. - Obrigado! - Comeria aquela gostosura com todo prazer, seguindo as etiquetas da mesa.

- Você me perguntou sobre o por quê de querer saber a cura… Preciso descobrir a cura da Doença de Sakura! Eu fiz uma promessa. - Coçaria o queixo e desviaria o olhar, pois sendo sincero era meio vergonhoso falar isso com o melhor médico do mundo.

Quando terminasse meus assuntos com o Leon, agradeceria o novamente e iria falar com o capitão. Eric dizia do desaparecimento do nosso fiel escudeiro, o gatinho. Olharia de um lado para outro, entretanto não conseguiria encontrá-lo. - Um problema de cada vez. - Não podia enlouquecer pelo o chá de sumiço do felino, pois, em primeiro lugar, precisava salvar minha pele.

Seguimos em direção ao petshop. - Por que se dá o trabalho de andar atrás de mim, mesmo se eu fosse atingi-lo pelas costas, ele desviaria facilmente. - Sentia-me meio desconfortável pela desconfiança gerada, afinal de contas, eu era a vítima aqui. Mas o destino estava conspirando ao meu favor, então logo, logo sairia dessa. Próximo do local, era atingido por uma chuva de perguntas que nem eu mesmo sabia de responder, se falasse alguma asneira estaria pisando meu pé na cova. - Objetivo… A gente só pensou em ir pra Grande Rota mesmo. Quando ele se esbarrou em mim eu estava indo em direção ao hospital, ele, provavelmente foi para a direção contrária.  - Que sorte que ele não perguntou a aparência.

Novamente acontecia, quando pensava que a sorte estava ao meu favor algo de extraordinário acorria. Meu corpo trava por um segundo e realmente parava em OUTRA DIMENSÃO(EVENTO MÉDIO), porém logo em seguida voltava a realidade. - Quê?! - Agora sabia onde o Taka estava metido, os sons de balas era obra do cozinheiro. Caso Eric fosse na direção do ruivo, eu estaria frito!

Entraria na loja e pediria ao atendente uma ração para gatos, como não sabia sua idade, tentaria me lembrar do tamanho do gatinho e pediria a opinião do especialista. Após efetuado a compra, falaria com o marinheiro. - Sabe… Eu ia comprar os acessório ao gato, mas perdi ele, enquanto estava no hospital. Eu preciso procurá-lo. - Preocupava-me com o felino. - Se não achá-lo, não conseguirei encontrá-lo mais, pois já partirei para a Grande Rota. - Tentaria convencer o capitão a me ajudar. - É claro, é só perguntar ao líder da Guarda Real, ele confirmará que tenho um gato. - Tinha ainda essa artimanha guardada.

Por que eu estava fazendo isso? Só queria ganhar tempo ao ruivo, como dito anteriormente, se o marinho soubesse que ele estava metido em outra encrenca, ele presumiria que eu tinha alguma relação com o transtorno, aí era certeza que acordaria numa cela. Procuraria minuciosamente o gato para demorar maior tempo possível. - Plano Kat X em ação! - Não queria encontrar o gato, a intenção era ganhar tempo. Não me chame de desumano, um gato sempre sabe voltar para casa.

É claro que ele simplesmente podia ignorar a história, então não teria escolha ao não ser aceitar meu destino. - Nesse ponto, acho que gerei mais desconfiança ainda. - Olharia aos céus e pediria uma ajuda do além.


Histórico:
 

NOVOS OBJETIVOS:
 

ao querido avaliador:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Sab 20 Jun 2020, 17:22, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptySex 19 Jun 2020, 12:14

Vergonha


A situação ia de mal à pior. Após ressurgir no local com um bikini e sua peruca, eu me via novamente com o demônio ruivo e o pato, não só isso, como haviam aparecido muito mais pessoas, incluindo supostos caçadores e um homem de cabelo laranja. "Será que eles estão trabalhando juntos?", pensava, enquanto tentava avaliar a situação complicada a qual havia me metido.

Rapidamente o demônio ruivo começou a me dar desculpas e perguntar se eu era anjo, o que achei bem idiota considerando minhas asas, então, faria movimentos com o cabelo da peruca - Um anjo? Não! Me chamo Ares Coldwood, eu sou a filha de Deus! Estas asas são puramente para provar minha divindade! - falaria, em um tom animado e orgulhoso. Após isso iria olhar em direção aos caçadores, vendo que o homem havia dado um soco em um deles, teria que resolver um pouco da situação - Homem laranja, quem você pensa que é para dar um soco neles?! Qual sua motivação?! Tudo bem que eles tentaram atacar um pato com dono, porém aparentemente eram ignorantes de tal condição! - e em seguida continuaria a bronca, mas para os caçadores em si - E vocês não tem vergonha?! Se querem realmente caçar por alimento, pelo menos procurem caçar um animal de respeito como um leão ou um Rei dos Mares! Não posso permitir que continuem assim! Se quiserem, posso ensiná-los a ter mais coragem! - gritaria.

Tendo terminado tudo isso, independente do resultado, iria me aproximar do demônio ruivo, colocando a mão no seu ombro, e falando com um tom intimidador - Quanto a você, eu tenho assuntos para resolver. Qual seu nome? Quero fazer isso de forma respeitosa ao menos, dado que não se parece mais com uma pessoa tão ruim - e esperaria a reposta dele, porém ficaria preparada para possíveis combates, visto a agressividade de antes e a forma como todos ali se comportavam. Provavelmente não iria demorar para que tivesse que dar um julgamento maior para todos, apesar que gostaria de acreditar que eles fosse bonzinhos e não tentassem nada engraçado.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Membro
Membro
Masques

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 21

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptySex 19 Jun 2020, 13:20


Act 2
Rumo à Grand Line?





Eu havia entrado com sucesso entre o pato e os atiradores, pensando em salvar a ave, recebendo um grito de resposta de um dos homens armados "Se afaste! Esse é um pato selvagem! Estamos caçando!" Ele era mais rechonchudo e tinha um bigode um tanto quanto esquisito, mas ainda tinha uma arma e isso lhe tornava perigoso.

A ave apenas me contornou indo em direção à eles novamente, que levantavam então as suas armas. " Esse pato só pode tar brincando com a minha cara. " Eu pensava, desacreditado na situação que havia me metido pela ave. De qualquer forma, eu pensei em ir pra cima deles naquela mesma hora em que levantavam as armas, algo em mim não consegue deixar aquela situação daquele jeito, porém tanto a intenção dos atiradores como a minha era interrompida por um grito.

Talvez fosse o calor do momento, mas parecia que eu conhecia a voz daquele grito. O pato então passou por mim indo em direção ao grito e ao virar eu podia ver um jovem ruivo sendo bicado ferozmente pelo pato " Mas o que? Takamoto? " me indagava via pensamento, eu já tinha visto aquele cara, ele estava naquela ilha. No churrasco, na competição, não acredito que não havia pensado nisso até agora. Eu olharia pra baixo notando as vestes de praia que usei durante o meu tempo naquele "retiro da realidade".  

Por mais que eu estivesse em choque com o fato de eu ter atravessado um portal, ficado 3 dias em um lugar, e voltar no mesmo momento em que estava, pude sentir como se alguém me beliscasse para que eu voltasse a prestar atenção no momento. O bigodudo havia mirado sua espingarda no pato, que estava bicando Takamoto. Se este homem disparasse sua arma, Takamoto iria ser atingido também!

Sem pensar duas vezes cutuquei o ombro daquele homem, que havia perdido a atenção em mim  " O que é?! Jorge, seu frouxo, eu já diss-! " eu interrompia a fala do homem acertando um direto em seu rosto, uma coisa que a rua eventualmente te ensina é: Nada derruba alguém tão rápido quanto a surpresa de um murro bem colocado. Para mim é como se por um instante o mundo ficasse em câmera lenta enquanto o gordinho rodopiava e caía por consequência do meu soco.

Dois de seus parceiros, que não partilhavam da mesma fisionomia que o homem derrubado apontavam suas armas para mim enquanto um deles, meio trêmulo, segurava a arma de uma maneira meio esquisita, eu não sabia utilizar uma arma, mas o jeito no qual aquele terceiro participante segurava a sua ferramenta de combate não parecia ser apropriado. A voz deles quebrava o silêncio repentinamente criado por mim " O que pensa que está fazendo?! Quem é você?! "

Eu levantaria as mãos dizendo " Para e pensa um pouco! Seu AMIGÃO ali iria atirar não só no pato mas como em uma pessoa e eu sei por um fato que existe um Caçador de Recompensas nessa ilha que adoraria fazer um dinheiro extra prendendo 4 zé manés que atiraram em um garoto por causa de um pato. E ele com certeza não é tão gentil quanto eu! " Falaria, claramente exagerando a situação, mas pensando em Urahara que estava nas docas da ilha. Tentando intimidá-los eu continuaria " Se vocês não tiverem certeza que são mais fortes do que piratas cuja cabeça vale dezesseis milhões, eu guardaria as armas e iria embora antes que ALGUÉM venha investigar essa barulheira que vocês estão fazendo!"

Se o plano de intimidação funcionasse eu respirava profundamente, aliviado da situação não ter escalado de maneira mais crítica do que realmente tinha acontecido ali. Iria então até Takamoto que aparentemente estava acompanhado de uma garota que tinha asas e estava de bikini, aparentemente ela também estava na ilha mas não lembro de ter visto ela por lá. A garota parentava ser mais nova e com certeza um temperamento forte. "Takamoto! Tudo bem?! O mundo deve ser um ovo mesmo! O que faz em Flevance?"

Takamoto por sua vez também trajava as roupas de praia utilizadas no período de tempo em que nos conhecemos, o pato havia corrido diretamente para ele, talvez ele fosse o dono do pato no final das contas, " O pato é seu? " indagava a Takamoto.

Caso alguém desaprovasse do murro que eu dei em um dos homens eu responderia com " Eu só fiz o que eu achei que seria certo, não ia deixar aquele cara atirar em Takamoto ou no pato dele. " E eu realmente achava ter feito o certo, eu não iria ter deixado alguém levar um tiro na minha frente, aquela situação nos meus olhos estava errada de qualquer ponto de vista.

No caso do plano de intimidação não funcionar, eu permaneceria de mãos pro alto, sem realizar quaisquer movimentos bruscos, para que os homens não atirassem em mim, ou nas outras pessoas presentes.

Caso algum dos presentes intervisse com força física, eu iria então tentar empurrar a arma de um dos homens (o que não estiver sendo focado por quem interviu), para que o interventor não levasse um tiro de surpresa. Tentaria então dar um chute frontal no peito do homem, com maior intenção de empurrá-lo fazendo-o cair, por fim tentaria pisar em sua arma enquanto tivesse no chão para que ele não a pegasse. " Obrigado pela ajuda, você acabou me tirando de uma fria. " Agradeceria ao interventor independente de quem fose




Histórico:
 

____________________________________________________

" Tanto faz, não é como se fizesse alguma diferença."

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyDom 21 Jun 2020, 16:57

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com o homem no chão e as armas apontadas para si, Max recorria às ameaças e à intimidação. Não era um grupo valente e, tampouco, uma irmandade. Saiam-se muito melhor contras meros animais, não a toa em suas camisas estava escrito Clube Esportístico Akagawa - como era sabido, clubes assim praticavam diversas atividades esportivas, desde a caça, pesca até o hipismo. Com a corroboração de Takamoto e Ares, o restante dos homens não se atrevia a causar mais algum incômodo — V-vamos embora! Mas não deixaremos isso de lado! - exclamava um deles, abaixando a arma e levantando o seu companheiro, o qual era carregado para longe dali.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Naquele curto instante, em que a confusão se encerrava, todos davam um último olhar entre si e, em um piscar de olhos, eram teletransportados para alhures, como um grande devaneio. Noutro instante, ainda encontravam-se ali, mas suas memórias lembravam-se de coisas como se houvesse passado horas a fio. Se antes se olhavam como desconhecidos, agora se olhavam como conhecidos. Ao menos, Max Evans e Lisandro, que rememoravam aquelas últimas horas que haviam passado juntos. Já Ares tinha uma leve lembrança de que os avistara em outro lugar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com o findar da ameaça, o cozinheiro finalmente resgatava a lembrança de sua mãe e, mais do que isso, conquistava o pato, o qual comia à sua mão e também atacava as partes lambuzadas de seu corpo — Quaack! - diferente dos outros sons que produzira, este parecia mais contente, o que Coldwood, em especial, conseguia distinguir, dando a prova final de que o animal não estava em perigo e não sentia-se mal naquela posição, ao lado do ruivo. Talvez este fato lhe trouxesse uma nova visão sobre o homem que estava diante de si e a razão dele estar tão apressado, a ponto de esbarrar em sua pessoa. Agora, os três se encaravam e estavam livres para dialogar, sem mais obstruções; afinal, haviam assuntos não resolvidos entre eles.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Algumas ruas de distâncias, o Capitão Eric ponderava — Se você chegou da ilha e veio para o hospital, significa que veio do porto, certo? - questionava — Então... - imediatamente o marinheiro se distanciava ao pegar o seu Den Den Mushi e transmitir novas ordens ao QG. Essa questão havia chamado mais atenção do justiceiro e não seria um gato que ocuparia o seu tempo. Havia questões mais importantes a serem tratadas. Os dois continuavam em frente ao pet shop, onde Nakamura podia fazer as suas compras — Tentaremos encontrar o homem. Se dermos sorte, acharemos algo no porto - o Capitão voltava e comentava — Se encontrarmos, posso te liberar, senão... - advertia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E, pela terceira ou quarta vez desde que se encontraram, o Den Den Mushi do Capitão tocava novamente e ele entrava em mais uma ligação — Uma confusão em relação ao Clube de Caça? - perguntava — Então os tiros eram por causa de um pato... bem, se não era nada demais, apenas deixem isso de lado. Mas não esqueçam de advertir o Clube por causa desordem! - dava o seu parecer. Ao mencionar do pato, Blum podia imaginar do que se tratava. No final das contas, Eric não iria atrás de Takamoto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Voltando ao assunto, o marinheiro suspirava, arqueando os braços ao firmar as mãos em sua cintura — Grande Line, huh? - franzia os lábios — É um lugar perigoso, mas se estão dispostos a ir... - balançava a cabeça — Eu não sou conselheiro e nem nada do tipo, mas não acho que estejam preparados - comentava. De toda sorte, ele olhava para a loja e apontava para ela — E você? O que está esperando? - apressava — Precisamos ir ao porto, compre logo o que há de comprar, ainda estou sendo paciente - dava o seu ultimato.

Off

Vocês ainda não haviam se encontrado no evento, como narrei nessa passagem:

Citação :
Se havia alguém em cena que não estava naquela brincadeira de gato e rato - ou Taka e pato - era Max. Max Evans, o qual ainda não se encontrava com as suas roupas de praia - em razão de uma experiência inusitada que viria a experimentar em um futuro breve. Todavia, não sendo insólita situação, encontrava-se em outra totalmente inusitada.

Isso foi necessário porque o Taka não tinha passado por isso ainda, na aventura, então não faria sentido dizer que o conheceu lá no evento, por isso encaixei isso em um momento posterior. Ainda assim, deu para reaproveitar boa parte do seu post, Masques!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Desde as mudanças de planos constantes, com gente entrando na aventura ao momento final e a adição de seus novos objetivos, se quiser eles, é bom ir atrás! Não poderei esticar ou forçar algumas coisas que não vão fazer sentido. Te coloquei em frente à loja post passado, mas neste não houve nenhuma ação em relação a ela - o que é de boa, mas se você que algo, tem que ir buscar!





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptySeg 22 Jun 2020, 23:59


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Ninguém sabe o que o destino nos reserva
Comprinhas

- Por céus! Já estava ficando maluco. - Tirava um peso dos meus ombros ao ouvir que a confusão dos tiros havia acabado. Não sabia em que situação inusitada ele envolveu-se, mas ainda bem que tudo terminou. - Isso tá estranho. Estou com muita sorte. - Olhava atordoado as minhas mãos. - Será que estou acumulando azar? - Não podia me dar ao luxo de achar que aquilo estava certo.

Mudando um pouco de assunto, ouvia o capitão proferir com bastante franqueza que não estávamos aptos para ir a Grand Line. - … Não posso negar. De fato não estamos preparados a ir um lugar tão misterioso e perigoso como a Grand Line. - Mudaria a direção do meu olhar para aquela imensidão azul e com um sorriso meio bobo, diria. - Mas definitivamente iremos conseguir! - Gostei dessa, acho que foi o momento mais cool que tive na aventura até agora.

Como não precisava enrolar o justiceiro da paz, tinha a difícil missão de encontrar um acessório útil ao mamífero. - Hm… O que eu deveria comprar? Eu não sei de nada. - Naturalmente devia pedir opinião ao funcionário, entretanto, queria que fosse um presente escolhido por mim.  

Me concentraria naquela multidão de aparatos até encontrar um item que parecesse interessante. - ISSO! - Meus olhos brilhariam se achasse um par de botas. - Um gato também precisa de conforto, andar pelas ruas descalço deve ser um inferno. - Manearia minha cabeça de cima para baixo. - Vou levar esse, por favor. - Entretanto algo parecia meio incerto. - É muito esquisito ele ter um par de botas.. Já sei! - Procuraria por um chapeuzinho, e caso encontrasse, compraria também. - Agora tá combinando. De alguma forma, levo jeito pra essas coisas. - Contente com as escolhas, quase esquecia do principal, a coleira, sem enrolação pegaria uma que parecesse do tamanho do felino. Sem demora, pagaria devidamente os itens e sairia do estabelecimento.

Seguiria o marinheiro e, esse era o momento de mais tensão, será que encontraríamos o tal sujeito que sabotou-me? Chegando no porto daria a indicação por onde andei para que o oficial tivesse mais detalhes do ocorrido. Se não achassem o tal homem, eu entraria pelo o ralo, por isso, observaria uma rota de fuga viável.

Histórico:
 

NOVOS OBJETIVOS:
 

nipe do menino ney:
 

nota:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Sab 27 Jun 2020, 16:07, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQua 24 Jun 2020, 21:34




Rumo à Grand Line
O Pato: Conclusão




O problema se desdobrou com facilidade, após algumas ameaças e informações trocadas, o grupo de caça não era mais nenhuma ameaça, franzia as sobrancelhas até que eles saíssem da minha vista, queria aparentar estar bravo apesar do sentimento de alivio que brotou ao ver que tudo acabaria bem. – Que bom.. – Olhava para o pato que agora comia em minha mão e parecia mais dócil, olhando direito, ele era uma ave bonita com plumas douras e olhos cativantes, já que não serviria para cozinhar, deveria assumir minha responsabilidade de ser seu dono até deixa-lo ir livre em um bom lugar para um pato se viver, tinha medo é de me apegar a ele, mas deveria ao menos fazer o certo. – Está tudo bem agora amigo. – Passaria a mão em suas penas macias de sua cabeça, dando um leve sorriso.

Fisgando meus olhos em Max, ele também estava em Flevance. – Sim! É um ovo ou algum plano do Zeff. Estou na ilha apenas de passagem, e sim o pato é meu. – Respondia suas perguntas, e antes de falar algo, era abordado por Ares, Ares Coldwood para ser exato, ela havia me respondido anteriormente, ela era um anjo mesmo. – Eu não sou uma pessoa ruim. – Falei para ela, sua expressão não remetia que havia entendido já que tinha acabado de joga-la ao chão e fugido sem fazer nada. – É.. Pelo menos eu acho que não sou. – Passaria a mão na nuca, rindo tentando aliviar o clima, por mais que tivesse pedido desculpas, precisaria ser mais direto para enfim me livrar do karma. – Desculpa por antes, estava apressado, como pode ver, o pato corria perigo! – O real motivo era recuperar minha faixa branca, mas também não era uma mentira. – Eu vou pagar pelos danos as roupas e lavagem. – Ainda tinha dinheiro de sobra, mas não era como o montante que tinha anteriormente, meu bolso estava cada vez mais escasso. – Ou poderia oferecer uma carona para o Farol ou Grand Line!

As marujas que Don havia contratado haviam deixado a embarcação, seria de ajuda ter companhia assim como foi ter Alejandro, e ela não parecia má pessoa, aliás se tratava de um anjo. – Você escolhe. – Esperava que fosse a segunda opção, enquanto ela se decidia, virava para Max que também havia me tirado de uma fria. – Fico te devendo essa! – Daria um pequeno soco em seu peito sorrindo, apenas um cumprimento. – E você o que faz aqui? – Somente uma conversa corriqueira, não era sempre que você podia encontrar um desconhecido de uma viagem interdimensional atemporal. – Mano só pode ser o destino, também vou para o Farol. Tenho que pegar alguns piratas, se quiser a carona pode deixar comigo! – Falava estirando o dedão apontando para mim com punho fechado.

Não sei se foi um plano maior ou Zeff querendo tramar alguma coisa, mas seria bom ter mais pessoas além do Blum, Alejandro e Don. O atirador nem precisaria pagar por nenhuma mulher, porém ainda acho que ele pagaria pelos motivos errados para ter elas no nosso navio. – Vamos indo então! – Caminharia ao lado do pato, colocaria minha mão sobre seu torso, não sabia quando fugiria e começaria outra confusão, não tinha muita coisa para fazer na ilha além de passear, e esta confusão já me rendeu bastante, era minha última parada nos Blues, depois daqui, um novo mundo para desbravar e novos ingredientes para se descobrir, não conseguia esconder o brilho dos meus olhos. Indo ao navio, procuraria o Don.

Ow! – Ergueria o braço o cumprimentando se o encontrasse. – Trouxe ajuda! – Se ares tivesse concordado em vim, teria que tirar um tempo para conversar sobre Deus, ele realmente existia, já que na minha frente estaria uma de suas filhas, um anjo! Além que ela estava diferente, vestindo um bikini e seu cabelo havia crescido, parecia até mesmo que tinha ido a um retiro de férias, não tinha visto ela naquela loucura, seria outra ilha do Zeff já que ele podia fazer clones e paradas insanas? Não sabia ao certo, mas era um anjo realmente, as asas eram de verdade.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Membro
Membro
Masques

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 21

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQui 25 Jun 2020, 21:18


Act 3
Rumo à Grand Line?




Um sentimento de alívio corria por mim ao ver que os homens haviam cedido a intimidação, de fato era a melhor resolução possível, uma vez que eu não havia precisado bater em ninguém e por consequência, levar porrada. Aliás, não seriam simples porradas, os caras estavam armados. Aquela situação poderia ter escalado de uma forma ruim muito rápido.

Eu havia comprimentado Takamoto mais cedo, o ruivo havia me respondido de forma igualmente amigável " Sim! É um ovo ou algum plano do Zeff. Estou na ilha apenas de passagem, e sim o pato é meu. "Realmente poderia ser algum plano do homem estranho por trás das férias que nós haviamos tirado? Isso seria pensamento pra mais tarde, uma vez que uma celestial havia se aproximado de Takamoto e ambos estavam a conversar. Por suas vestimentas não pude deixar de deduzir que ela também estava no retiro da realidade.

Enquanto eu me perdia em pensamentos naquela loucura, e como aquilo havia acontecido em aparentes segundos ou quem sabe até menos tive minha linha de raciocínio interrompida ao ouvir o jovem ruivo dizendo: " Ou poderia oferecer uma carona para o Farol ou Grand Line! " Meus olhos se arregalariam ouvindo ele realizar essa proposta para a celestial.

" Era exatamente disso que eu precisava! Pelo ou menos o velho Urahara não vai poder brigar comigo se eu arranjar uma carona. " Eu pensava me distraindo novamente do diálogo que estava ocorrendo.

" Fico te devendo essa! "Takamoto dizia para mim enquanto dava um soco em meu peito em forma de comprimento, ele então continuava perguntando " E você o que faz aqui? ". Eu tinha que falar pra ele do meu objetivo, afinal de contas até onde eu sabia nós íamos pro mesmo lugar e quem sabe ele seria gentil o suficiente para me dar uma carona, sendo assim, eu respondia " Ah, eu e esse caçador de piratas estamos atrás de um pirata específico no Farol. Tivemos que parar aqui, eu ouvi os tiros e não pude deixar de ver o que estava acontecendo. " Para qual o ruivo responderia " Mano só pode ser o destino, também vou para o Farol. Tenho que pegar alguns piratas, se quiser a carona pode deixar comigo! "Eu claramente animado com a idéia perguntava " Ah seria perfeito! Quem sabe podemos pegar esses piratas juntos, já que eu também tenho que pegar um! Ah Takamoto, desculpa ter que te pedir mais do que já está me dando, tem espaço pra mais um? Indagaria, uma vez que eu não poderia simplesmente deixar Urahara para trás.

Chame de destino, Deus ou qualquer coisa que quiser, mas isso foi insano, além de que mais uma porta se abria para a minha aventura. Ainda fiz um amigo no caminho, e se a celestial fosse junto poderia fazer ainda mais. Falando nela, eu me viraria para que pudesse me apresentar " Yo! Meu nome é Max, Max Evans, prazer em conhecê-la! " Após ela se apresentar eu diria " Espero não ter dado a impressão errada, só fiquei com medo de que o bigodudo atirasse no pato. "

" Vamos indo então! " Ouvia Takamoto nos chamar, eu iria com ele, afinal de contas ele iria me levar para próxima etapa da minha jornada. Se estivéssemos indo de volta ao porto eu iria procurar Urahara para lhe dar as boas notícias " Urahara, consegui nossa carona para o farol! Aparentemente são caçadores também! " Diria apontando para Takamoto, então levando o velhote para o grupo recém conhecido os apresentaria [colo=#ff9900] " Urahara, Galera, Galera, Urahara. "[/color] Diria apontando respectivamente na ordem indicada pela fala.

Caso não fossemos as docas ainda, aguardaria para ver onde iríamos e se nos distanciaríamos muito de onde Urahara estava.


Objetivo:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

" Tanto faz, não é como se fizesse alguma diferença."

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptySex 26 Jun 2020, 06:43

Uma oportunidade


A situação se resolvia rapidamente, apesar de eu ficar um pouco triste por não ter conseguido ensinar nada para os jovens do clube de caça. Só poderia desejar sucesso e evolução em suas próximas aventuras. Agora, tendo tudo se resolvido, o diabo ruivo ainda estava por ali, junto da criatura laranja. Era a hora perfeita para descobrir se seriam amigos ou inimigos.

Não levou muito tempo e o diabo ruivo começava a se explicar, dizendo coisas sobre o pato e sobre sua situação atual, algo que me deixou contente. Ele estava admitindo seus erros e provavelmente estava arrependido do que fez, o que era ótimo.
- Pois bem! Fico feliz com sua redenção e seu pedido de desculpas, no entanto! Terá que oferecer algo em troca do... - e neste momento ele citava sobre o Farol - Bom! Parece que temos um acordo então, irei lhe acompanhar até o Farol como pagamento! Irei abençoar seu navio com minha divindade! - tendo dito isto, me virava então para outra direção, oposta ao rosto do ruivo, pois não iria conseguir conter um sorriso de felicidade "Eu não imaginava que seria assim tão fácil! Obrigada, pai divino, o Senhor me abençoou mais uma vez"

Tendo resolvido a situação com o diabo ruivo, era a hora da criatura laranja. Este também vinha se explicando, porém de forma bem menos sútil e leve, mas nada suficiente para que eu não pudesse confiar em suas falas. Largando o sorriso bobo do rosto, ou tentando, me viraria para ele e com um sorriso orgulhoso, com o peito estufado, começaria a me apresentar novamente:
- Muito prazer, Max Evans. Me chamo de Ares Coldwood, a filha de Deus! Não se preocupe, suas ações se justificaram no final da situação. Tenho boas imagens de vossa pessoa! Se também vier conosco para o Farol, garanto que terá a mais bela das proteções divinas e será recebido por anjos no fim de sua jornada!

Tendo por fim terminado a conversa, iria acompanhar o ruivo e ver quais ações tomava, por sorte, iríamos direto para o Farol. Caso no caminho parasse em algum estabelecimento e decidisse me apresentar para algum amigo, faria meu discurso de sempre. "Gostaria de chegar num ponto de fama onde apenas meu rosto falasse tudo que preciso"

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 46
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQua 01 Jul 2020, 19:54

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Com o conflito apaziguado, Takamoto, Max e Ares conversavam, chegando a um consenso quanto à situação. No final das contas, todos haviam se entendido e, mais que isso, chegado a um acordo. Uma carona para o farol! Era este o destino que juntava os três aventureiros - e o pato - que passeavam pelas ruas de Flevancce, em direção ao porto, de volta ao Explosive Hawk.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Chegando lá, o trio alcançava a região portuária e, de longe, podiam visualizar o barco do grupo. Don encontrava-se no convés superior, perto ao leme, junto à sua inseparável garrafa de álcool, com o chapéu caindo sobre o rosto — Elas me deixaram... não sobrou nada... - Wayne choramingava, dando mais um gole em sua bebida.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era interessante observar que todos do grupo estava trajados de forma diferente. Era exatamente como se tivessem vindo de um retiro de férias - sem mais, havia sido exatamente isso! A experiência com Midnight e Treszê com certeza marcaria as suas vidas, de modo que pensar nos outros mares, onde pessoas como eles se encontravam, poderia soar mais assustador. Para Don, porém,aquilo era extremamente bizarro — O que vocês estão fazendo?! Estavam fazendo uma... o-o... em uma fonte termal?! - exclamava, quase deixando seu chapéu cair lá para baixo, quando o grupo colou no navio e ele os avistou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não era a apresentação mais agradável, mas aquele era Don Wayne, um homem que fará qualquer primeiro contato ser bastante desprezível, tal como ele era, boa parte do tempo — Então vamos por estes aí para trabalhar... - após ter se levantado, agora o cowboy se escorava no parapeito, repousando sua garrafa na superfície de madeira — Vocês vão subir agora o... ou... aquele não é Blumayden? O que ele está fazendo com o Capitã da marinha?! - cuspia a bebida, apontando em direção ao cais.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lá se encontrava Blum, o qual carregava consigo alguns apetrechos comprados em um petshop; esses, de essencial importância. Afinal, que gato não vestia botas e chapéu? E tudo por irrisórios 20.000 berries! Ainda, ao lado de seu irmão, também havia uma figura conhecida. Para a surpresa do cozinheiro, à sua frente estava o Capitão Eric. Estaria Blum encrencado? — Capitão, não encontramos nada, após inspecionar todos os navios - um Sargento veio na direção do Capitão, acompanhado de um soldado, reportando a situação para o superior.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Blum podia perceber que o Soldado estava um tanto nervoso, mordiscando os lábios mais que o normal, além de estar um tanto suado. Seu rosto era de alguém jovem e pouco experiente, como era de se esperar; talvez fosse apenas a sua primeira vez em frente a um Capitão da marinha. O Sargento, por sua vez, não havia olhado para Blum o sol que incidia no boné ocultava-lhe boa parte do rosto sombreado — Temo que tenha sido um relato fal.. - antes de completar a frase, o Sargento ollhou de canto de olho para Nakamura, o que não lhe passou despercebido. Sua frase teve uma breve interrupção, mas recobrou a postura em questão de átimos de segundo — ...falso - completou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O espadachim acabara de passar por uma estranha experiência. Um deja vu, podia-se dizer, era o que mais se aproximava da descrição daquela incerteza. Aquela imagem, que durou menos de um segundo, quando o Sargento o olhou, fez o sol raiar mais em seu rosto, iluminando-lhe a pele e revelando parte de seu rosto, o qual lhe parecia estranhamente familiar. Onde será que havia-o visto? — Se não há nada a fazer, irei em despedir por agora - o Sargento se adiantava, prestando continência e apressando-se para sair, com o Soldado a lhe perseguir. O que a intuição de Nakamura o faria fazer?

Off





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 13 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 EmptyQua 01 Jul 2020, 23:24




Rumo à Grand Line
O Pato: Conclusão




Não sabia que você era um caçador de piratas Max. – Falei surpreso, ele não tinha a feição de um mercenário como muitos tinham, eu mesmo nem me considerava um já que tudo que fiz foi assumir a responsabilidade pelos meus atos, é uma coisa que todo homem deve fazer se quiser evoluir como pessoa. Lembrei até mesmo do rapaz que sarrei enquanto estava naquela ilha do Zeff, ele tinha sido mal educado e nem mesmo percebeu seus erros, no mínimo era um pirata com tais ações egoístas ou uma pessoa má. Foi caminhando até ao porto que notei Don sempre com uma garrafa de bebida em mãos choramingar, as marujas tinham completado seus trabalhos e agora ele sentia saudade das belezuras. – Quase isso Don, como vai o Hawk, pronto para zarpar? – Não demoraria muito para finalmente partir em direção a Grand Line, Alejandro não havia aparecido no porto, teria sido o fim da nossa estranha e pequena parceria? Indaguei se ele realmente voltaria, espero que não esteja mal por ter me acertado a guitarra e decidido não vim para a viagem.

Max e Ares pareciam confortáveis com a ideia de participar, precisaríamos deles para ajudar o navegador a se virar em uma embarcação tão grande. – Vamos ir sem rodeios. – Foi o que falei até que Wayne mencionou meu irmão, virei a cabeça instantaneamente e observei aquela figura azul e ao seu lado um marinheiro. – Problemas será? – Ele havia dito antes no retiro que poderia ser preso sem citar motivos, também achei que seria por toda a algazarra efetuada pelo pato. – Gente, tenho um assunto para resolver, podem subir no Hawk, é.. Quero dizer, no navio, o nome dele é Explosive Hawk. – Disse apressadamente assumindo uma postura mais avexada indo em direção ao Blum. – Ow, Blum!

Se aproximando cada vez mais, posso jurar que já vi a cara daquele marinheiro, não lembrava ao certo, puxei na memoria a cena em Lvneel, foi lá que tinha visto aquele cara. Era o marinheiro que não havia ajudado em nada e ainda questionou minhas ações ao proteger a mulher e seu filho em perigo. Ele não parecia uma ameaça já que da ultima vez só estava indeciso de como agir, não acho que estava dos lados dos cristões, mas sabendo que Blum poderia ser preso e ele estava conectado com a confusão da ilha passada. – No que se meteu dessa vez? – Faria minha entrada naquela situação, Blum e dois marinheiros. – Conheço você chapa. – Rumaria em direção ao marinheiro nostálgico. – Espero que meu irmão não tenha feito nada de ruim. – Daria um leve tapa em suas costas mostrando meus dentes e depois encararia meio nervoso para Blum.

Espero que Kalick tenha explicado toda a situação. – Mencionava o ocorrido de antes. – Marinheiros devem sempre salvar os indefesos. – Estava tentando me dá bem com ele, seria bom ter um bom relacionamento com o cara que poderia prender meu irmão. – Não culpo por ficar em dúvida naquela hora, mas espero que tenha aprendido. Se há pessoas em perigo, você sempre deve proteger. – Assim como disse antes, reconhecer seus erros e falhas lhe tornam cada vez mais forte.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 13 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rumo à Grand Line?
Voltar ao Topo 
Página 13 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 12, 13, 14  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: