One Piece RPG
Ur Kleiner Bär XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Le voleur de coeurs - Un conte
Ur Kleiner Bär Emptypor Jin Hoje à(s) 03:01

» [MINI-Ichizu] O Aprendiz de ferreiro
Ur Kleiner Bär Emptypor TheJoker Hoje à(s) 02:20

» Bastardos Inglórios
Ur Kleiner Bär Emptypor Sunken Hoje à(s) 01:38

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Ur Kleiner Bär Emptypor Sagashi Hoje à(s) 01:01

» Gato de Convês
Ur Kleiner Bär Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 00:52

» Construindo o Começo
Ur Kleiner Bär Emptypor Graeme Hoje à(s) 00:25

» Sangue e Pólvora! O Caminho do Atirador!
Ur Kleiner Bär Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 23:38

» Unbreakable
Ur Kleiner Bär Emptypor Ainz Ontem à(s) 22:12

» Asger
Ur Kleiner Bär Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:20

» Untraveled Road
Ur Kleiner Bär Emptypor Layla Morningstar Ontem à(s) 21:09

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Ur Kleiner Bär Emptypor Midnight Ontem à(s) 20:32

» I - Pseudopredadores
Ur Kleiner Bär Emptypor Lurion Ontem à(s) 20:15

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Ur Kleiner Bär Emptypor Homero Ontem à(s) 19:24

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
Ur Kleiner Bär Emptypor Midnight Ontem à(s) 19:16

» De pernas pro ar! A revolução de Yumi
Ur Kleiner Bär Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 17:54

» Procura-se piratas no East Blue
Ur Kleiner Bär Emptypor Van Ontem à(s) 17:18

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
Ur Kleiner Bär Emptypor Bijin Ontem à(s) 16:27

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Ur Kleiner Bär Emptypor Bijin Ontem à(s) 15:59

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
Ur Kleiner Bär Emptypor TheJoker Ontem à(s) 15:48

» O Ronco do Bárbaro
Ur Kleiner Bär Emptypor West Ontem à(s) 15:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Ur Kleiner Bär

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Senshi
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
ADM.Senshi

Créditos : 40
Warn : Ur Kleiner Bär 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 25

Ur Kleiner Bär Empty
MensagemAssunto: Ur Kleiner Bär   Ur Kleiner Bär EmptySab 20 Jul 2019, 03:35

~ PESSOAL ~

Nome: Ur Kleiner Bär
Idade: 19
Altura: 1,70
Peso: 70 Kg
Mão predominante: Ambidestra
Sexo: Feminino
Raça: Humano
Tamanho/Espécie: Normal
Origem: Micqueot - North Blue
Localização: Las Camp
Grupo: Civil

~ ATRIBUTOS ~

LEVEL: 1
EXP: 10/25
BERRIES: 50.000
BANCO: 0

HP: 44
SP: 62

DANO: 7 +2 Racial +2 EDC - 11
ACERTO:  
PONTARIA: 3 +3 Racial +2 EDC - 8
ESQUIVA: +3 Racial +2 EDC - 5
BLOQUEIO:
RESISTÊNCIA:
VELOCIDADE DE ATAQUE: 3

KENBUN-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050

BUSOU-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050

~ ESTILOS DE COMBATE ~

Citação :
Estilo de Combate: Atirador
LEVEL DE COMBATE: 1
EXP DE ESTILO: ~PRIMÁRIO NÃO POSSUI EXP~

~ Perícias ~

Citação :
• Anatomia Humana
• Atuação
• Primeiros Socorros

~ Ofícios ~

Citação :

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ FAMA & REPUTAÇÃO ~

Photoplayer:
Spoiler:
 
Alcunha:
Recompensa:
Citação :
LINK DOS JORNAIS:

~ AKUMA NO MI ~

Citação :
Nome:
Tipo:
Energia:
Bonificação:

~ EQUIPAMENTOS ~

• ARMA(S)
Nome:
Dano:
Requerimentos:
Custo:

• CABEÇA
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

• TRONCO
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

• BRAÇOS
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

• MÃOS
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

• PERNAS
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

• PÉS
-Nome:
Bônus:
Requerimento:
Custo:

~ INVENTÁRIO~

(MÁXIMO DE 10W)





~ EMBARCAÇÕES ~

Nome:
Tipo:
Descrição:
Velocidade:
Número de tripulantes máximos acomodados:
Lotação máxima no transporte:
Número de ilhas sem precisar reabastecer:
HP:
Canhões:

~ TÉCNICAS ~

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ TÉCNICA SUPREMA ~

• -X-
• -X-
• -X-

~ EXTRAS ~

APARÊNCIA: Herdeira de características físicas de um povo originalmente Nortenho, cujos costumes exaltam a construção do corpo para que sejam fortes e bravos guerreiros, Ur tem o tracejar do corpo bem desenhado, não muito diferente do Pai, ela ostenta uma longa cabeleira lisa azulada – partindo para ciano nas pontas - que caem até a altura da cintura, mas que geralmente está sempre preso em tranças emaranhado em bohemian e/ou alguns dreads. Como sugere, dando segmento aos costumes paternos que desde cedo adorou seguir, trabalhou os músculos do corpo até chegada a fase adolescente onde hoje retém pouco percentual de gordura que está localizado em músculos, assim, com a cintura e os quadris largos, além dos músculos do abdômen evidentes compõem suas partes mais atrativas, como um todo formando um corpo saudável e atlético. De rosto fino, nariz pouco acentuado e maçãs do rosto tão rosadas – evidentes por conta da pele cor de creme – quanto os lábios ressecados. Tatuado entre os seios, Ur tem o símbolo de signo - Touro.

PERSONALIDADE: Como condiz bastante com sua história, o costume sempre fez parte da vida de Ur, nos moldes de sua personalidade postou-se uma forte influência também do pai dado a todo seu cuidado e proteção, embora deste se difere por ser bastante comunicativa com as pessoas mesmo aquelas que não conhece, é sempre bem humorada e brincalhona, não do tipo que conta piadas ou algo do gênero, na verdade costuma fazer daquelas modas mais corporais, como os famigerados socos no braço, cascudos, abraçar e apertar ou até o uso de uma entonação elevada. Apesar de não fazer o estilo “menina moleque” sempre preferiu fazer coisas diferentes das garotas com quem conviveu em Las Camp, isto dado aos costumes dos antepassados onde as mulheres também se faziam guerreiras, o apreço pelo combate veio desde cedo, já nas brincadeiras de criança com o pai quando os dois batiam espadas de madeira por horas pela tardezinha. Sempre competitiva, deseja mostrar o melhor que pode dar, não é do tipo que detém qualquer pena ou piedade já que sempre costuma respeitar o adversário mostrando força total desde o início. Guerreiro e Coragem para muitos sempre foi quase um sinônimo, mas não para Ur, a garota não faz questão alguma de esconder os medos ou deixa de demonstrar desconforto em situações desagradáveis, pelo contrário, ela os deixa bem evidentes, mas sempre tenta de alguma forma superá-los para cumprir um objetivo/dever maior. Por sempre querer se superar não vai se diminuir na frente dos outros, se falha, levante a cabeça e tenta novamente até conseguir, treina o tempo necessário para superar as adversidades como sempre fizera desde criança, entende que sem dor não tem ganhos, então pouco demonstra sentimentos de fraqueza senão o próprio medo como citado. Sempre uma apreciadora da encenação, gostava de ouvir histórias sobre bravos heróis quando pequena, isso quando mais jovem resolveu apresentar ao pai todos os ensinamentos que teve com os grandes nomes mitológicos, disso, nascendo uma fagulha da grande capacidade de atuação que veio a desenvolver mais tarde, a ponto de na adolescência frequentemente ir à peças e se inscrever noutras ganhando repertório. Consegue com facilidade expressar uma atuação alegre, mas sente mais dificuldade em transmitir emoções tristes e ruins. Apesar de seu estilo de combate pedir um cuidado e certa furtividade, sempre que tem a oportunidade de se exaltar a mostrar-se escandalosa tanto fora como dentro de combate, essa oportunidade virá a ser explorada, não por só gostar de chamar atenção, mas pelo caráter exaltado e sempre retumbante. Em suma, gosta de Cerveja, Jogos, Conversar, competir e, claro, Ganhar.

HISTÓRIA: Nascida primogênita na família Kleiner, Ur é a irmã mais velha de trigêmeos com sete anos de diferença, os pais vindos de Micqueot, uma Ilha no Norte, desembarcaram em Las Camp quando Ur ainda era apenas uma criança de três anos. Dada a idade, ela não consegue se lembrar de quase nada da terra que viveu por três anos, apenas se recorda de que era um lugar muito frio, sempre chorava quando tinha que tomar banho e tinham uns animais esquisitos cobertos de pelugem branca quando ia passear perto dos vinhedos que existiam por lá. Agora agraciada com o brilho do sol, até os oito anos de idade foi aprendendo com o que os pais tinham para lhe ensinar, não só restrita aos costumes de seu povo, mas como também a arte da caça, mesmo que naquela pouca idade não tenha aprendido necessariamente a usar arco e flecha, foi nesse suspiro juvenil que demonstrou afinidade e gosto pela arma, dentre muitas outras que lhe foram disponibilizadas para brincar ou colecionar, a machadinha – objeto de incrível valor para o pai e que para a decepção dele não foi escolhida por Ur – recebida de presente não foi tão determinante quanto o arco que ganhou de sua mãe na noite que fez os sete. Com grande influência tanto materna quanto paterna, treinou desde cedo para seu uma guerreira, aprendeu sobre disciplina e organização, embora esse nunca tenha sido o seu forte; com os nove anos onde caminhava para adolescência foi enfim instruída a construir o corpo como já havia praticando um ano antes, mas o programa intensivo de molde dos músculos teve início, e não só teve que adaptar a uma alimentação saudável, mas como também uma rotina diária de treinamentos atrelados a um horário de dormir fixo para não sobrecarregar o corpo. Sempre muito curiosa, aprendia as coisas rápido pelo jeito de querer sempre ser mais, enquanto que nos doze enfim chegava à beira da adolescência lhe cingia o desejo de fazer algo além de treinos, afinal, nunca viu propósito maior senão para utilizá-los, mas com a pouca idade e ainda o muito a aprender, foi decidido entre ela e os pais que só sairia para ser uma caçadora de recompensas efetiva aos dezenove anos.

Ainda naquele tempo de muitas paixões, encontrou a sua na Arte de Atuar, sempre gostando muito de histórias, principalmente as dos bravos heróis mitológicos, querendo incorporá-los para sentir um pouco da emoção na aventura, ingressou na academia de arte aprendendo os conceitos básicos e caminhando, ao longo dos anos, até avançados se formando pouco antes de atingir a maior idade. Nunca quieta, sempre gostou de se ver rodeada de pessoas, e claro que com o desenvolver de sua história, o gosto pela bebida veio precoce, mas nunca oprimido pela família, na verdade, a primeira experiência com cerveja foi graças a mãe que ofereceu um caneco. Mais tarde incentivada pelo pai, os dois costumavam nas noites de domingo competir sobre quem conseguia beber mais, o prêmio para o vencedor seria uma folga nos treinos de segunda logo pela manhã, é claro que o perdedor teria de pagar mil abdominais e mil flexões e talvez tenha sido esse o principal motivo dela ter ficado em forma e uma saliência evidente brotou na barriga do Sr Gregor Kleiner, mesmo que perdedora, nunca com folga, era de dar trabalho e por sorte a cerveja nunca se tornou um vício, desce como água nos primeiros canecos, mas o gosto acabou se tornando por encontros casuais e em momentos entre amigos.

Com poucos meses que atingiu a maioridade, compreendeu a dureza da vida que antes, coberta pela neblina da juventude, não era capaz de ver. Quando antes vivia pressionando os pais para poder sair e caçar, era geralmente confrontada com uma decisão sólida deles impedindo-a de sair, mas agora que o seu desejo é o mesmo conforto da infância, ficar em casa o dia inteiro e treinar nas manhãs, é confrontada pela Mãe que constantemente a obriga ir logo nessa tal primeira caçada. Claro que Ur não iria sem um bom incentivo e bem... ela agora vai ter que se virar, já que em uma linda manhã foi expulsa de casa com as roupas do corpo e um pouco de dinheiro para se virar “Volte só quando tiver dinheiro” eles diziam, ah... pais... todos iguais, a desculpa que dão é que nos criam por dezoito anos e depois disso magicamente querem que nós cuidemos deles. Mas Ur vai dar a volta por cima! Só está esperando voltar a cingir-se daquela confiança de quando criança para ir caçar, juntou as economias e separou uma parcela para comprar um arco novo, já que nem isso os pais tiveram a piedade de ceder, conheceu por lá no centro uma garota com qual dividem um teto de um sobradinho, o tempo passa rápido e com ele o dinheiro, já é chegada a hora de Ur decidir o que vai fazer da vida.

~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~

Vantagens:

• Ambidestro
• Visão Aguçada
• Visão na Penumbra
• Aceleração

Desvantagens:

• Curioso
• Megalomaníaco
• Fúria

~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~

PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

~ AVENTURAS CONCLUÍDAS ~

------------------

Link da ficha anterior ou da Mini-Aventura concluída: https://www.onepiecerpg.com/t41213p30-lotus-cho#398171

____________________________________________________


Ur Kleiner Bär QR95F9t

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

Best Gang:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ur Kleiner Bär
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Arquivo de Fichas :: Civis-
Ir para: