One Piece RPG
Fogo e Sangue - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Licia Hoje à(s) 06:53

» The One Above All - Ato 2
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 02:57

» Um novo tempo uma nova história
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 01:57

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:57

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:05

» Arco 3: Entre a Luz e as trevas!
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 00:01

» Livro Um: Graduação
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 23:36

» As mil espadas - As mil aranhas
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:14

» Ballu
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor DarkWoodsKeeper Ontem à(s) 21:32

» [ Ficha ] Resin Callahan
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Dogsofain Ontem à(s) 21:06

» Rumo à Grand Line?
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Handa Ontem à(s) 20:16

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Dante Ontem à(s) 20:06

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 19:49

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:15

» Cap.1 Deuses entre nós
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:14

» Kizumonogatari
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 17:47

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 17:36

» Alipheese Fateburn
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 17:18

» Um Rugido Inicial
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Revescream Ontem à(s) 16:39

» Enuma Elish
Fogo e Sangue - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 16:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Fogo e Sangue

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyTer 02 Jul 2019, 01:28

Relembrando a primeira mensagem :

Fogo e Sangue

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Mirai Tsumi e Khrono. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Shroud
8º Pecado
8º Pecado


Data de inscrição : 08/05/2019

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyQui 11 Jul 2019, 05:43

Era bem verdade que minha história não havia sido tão longa quanto pensei que fosse, mas não tinha porquê aquela dupla ter se incomodado tanto com um mero detalhe como aquele, cruzei os braços e virei o rosto emburrada — Na minha cabeça eu demoraria mais para explicar a complexidade de ser uma Tsumi, mas já que consegui expressar tudo em poucas palavras vocês deveriam me agradecer, tá?! — Suspirei em desalento, pela forma com que aquela prosa corria o resultado aparentemente seria o mesmo de sempre: risos, deboche e ameaças frente uma frágil criança que fantasia ser o que não é. Levei ambas as mãos para o topo de minha cabeça, encaixei meus dedos e espiei a face de cada um dos indivíduos, tentava imaginar que tipo de pessoas eram, porém nada provável me parecia surgir às ideias.

Se tivesse errado em minha decisão já não havia mais tempo para arrependimentos, já estava feito e a única opção que me restava era comprar o que o destino estava disposto a me oferecer. Já não havia mais resquícios ou preocupações em relação ao incêndio, parecia ter sido um acontecimento do passado, tão distante que já não podia reter detalhes. Balancei a cabeça dispersando quaisquer pensamentos que me tirassem a concentração, pois por meio de um sinal fui instruída a segui-los e segui. Passos foram dados até que pudéssemos adentrar uma porta oculta a olhares desatentos e seu interior reservava uma singela sala de jantar. Ergui uma sobrancelha em estranheza, aquilo era um tanto quanto banal para uma ‘passagem’ para o Mercado Negro ou qualquer coisa relacionada. De fato minhas primeiras experiências como assassina estavam sendo um desastre atrás do outro, se meus irmãos soubessem a dificuldade que estou tendo para conseguir um contrato, com certeza iriam bagunçar meus cabelos e dizer “Pobre Mirai, sempre precisando de ajuda, talvez queira tomar um café com leite!”.

Sentei-me na única mesa ali, analisei o ambiente com certa minúcia, acreditei que se tratava de um insignificante cômodo abandonada que eventualmente era invadido por criminosos ou moradores de rua. Quanto a lareira desejei que estivesse acesa, não sabia dizer se era o clima ou apenas eu, entretanto senti um calafrio arrepiar todos os pelos de meus braços. Quando voltei minha atenção para a recorrente desconfiança que me era imposta, resultado de minha aparência infantil dei de ombros. Repousei as mãos sobre a mesa e iniciei meu discurso com a maior eloquência que pude — É claro que já ouviu, a família Tsumi foi muito famosa no passado, — contei orgulhosa de fazer parte daquilo —  e porquê eu esconderia que sou uma assassina? Gosto do que faço, não é nenhum segredo o que fazemos — contrapus tal argumento baseando-me muito no que sentia e não propriamente num raciocínio lógico.

Não pude deixar de não sorrir quando o homem de cabelos espetados e óculos fora de moda me questionou alguma garantia, parecia ser uma oportunidade perfeita para moldar a situação de modo que atingisse meu objetivo primário. Levantei-me pronta para discursar meus métodos e propostas — A melhor forma é me dando um alvo — contei empolgada — Tudo que preciso é um nome e descrição do alvo, se tiver mais informações melhor, mas normalmente isso é o suficiente, — afirmei mais uma vez erguendo o indicador —  mas devo lhe avisar que não mato por diversão ou quaisquer outros motivos que não sejam dinheiro, por isso terá de me pagar! — soltei um breve riso de excitação — Sabe, uns idiotas praticamente me roubaram num beco parecido com esse, mas eles são tão burros que não levaram nem metade do que tinha. Ah, é mesmo, preciso lhe dizer os três princípios básicos de um assassino: primeiro, metade do pagamento deve ser feito adiantado para que eu possa me equipar para o serviço, segundo, se você morrer não tenho qualquer obrigação de terminar o trabalho e por último mas não menos importante — dei uma breve pausa, meu semblante se tornou sério e a voz firme — eu sempre cobro minhas dívidas, seja em ouro ou sangue. — Minhas mão se esconderam nos bolsos de minha blusa, pensei que talvez tivesse falado demais e eles ficaram extasiados ou perdidos no meio de tantas informações, mas ainda tinha algo importante a ser dito — E eu não sou uma criança, tenho 15 anos, quase 16!




Histórico:
 

Resumo da Ficha:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Khrono
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Khrono

Créditos : 3
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 13/01/2017

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyQui 11 Jul 2019, 22:49


Passos quentes em busca da liberdade

ㅤㅤㅤㅤㅤ Estar no meio da fumaça não estava me deixando muito bem, mas eu tinha que continuar. Com a mão na frente do rosto, olhando pra todos os lados, todos os lugares e gritando para ser ouvido, não me restavam muitas opções. E quanto mais demorasse ali, mais o fogo começaria a aumentar e mais encrencado eu estaria. Ao escutar um grito, meio estranho, meio grunhido, novamente me pus a correr e percebi que tinha que descer as escadas da loja. Novamente eu estava seguindo minha intuiçao, afinal, não tinha muita certeza de nada.── Vou ter que descer as escadas? Isso não me parece nada bom...  ── Receoso, parei por dois segundos no topo das delas, pensando que se tudo aquilo caísse por conta do fogo, eu não veria mais o dia de amanhã. Todavia, desci mesmo assim, encontrando algo bastante estranho para o que eu estava esperando.

ㅤㅤㅤㅤㅤ A medida que a fumaça ia subindo e deixando a visibilidade melhor, avistei uma cela com um homem bem atlético dentro dela, em condições nada agradáveis. ── Eu vou tirar você daí! ── Falaria, movendo a cabeça de um lado a outro, tentando encontrar alguma coisa que eu pudesse abrir essa cela, ou pelo menos danificar a fechadura. Dentre várias coisas que estavam lá, acabei encontrando algumas ferramentas. Abaixei pra pegar uma e procuraria alguma chave inglesa, ou alguma mais parecida possível. ── Aaaai! Ai, ai, ai! ── Balancei a mão rapidamente, após sentir que a ferramenta estava fervendo, send praticamente impossível pegá-la.

ㅤㅤㅤㅤㅤ ── Droga, tá muito quente! ── Resmungaria, pensando no que faria para abrir aquela cela, e teria que ser rápido. Numas das pernas da minha calça, começaria a puxar, rasgando a base da mesma, deixando minha meia amostra, enrolaria em minha mão e pegaria uma das ferramentas, encaixando a mesma entre a abertura e a fechadura. Apoiei de maneira que ficasse firme e então só bastava puxar. Embora estivesse com a mão coberta pelo pedaço da minha calça, ainda dava pra sentir o calor da ferramenta e da própria cela, então precisava tomar cuidado. Puxaria usando toda minha força, fazendo esforço. Caso não fosse suficiente, usaria um pouco dos conhecimentos de física que eu tinha, para tentar criar uma força de empuxo através da limitação resistente da porta da cela. Nada que um reverso hidráulico não resolvesse, mas eu precisava tentar de qualquer maneira. No caso de conseguir abrir a cela, chegaria no homem e apoiaria um de seus braços em meu pescoço, para que começássemos a subir as escadas.  

ㅤㅤㅤㅤㅤ ── Não respire muito essa fumaça, você pode ficar pior! ── Diria, evitando que ele desmaiasse, afinal, eu dificilmente conseguiria levar um homem que aparentava ser três vezes maior do que meu tamanho. Subiríamos a escada, chegando até o corredor com os quartos, mas seguiria até a porta de saída. Entretanto, se o destino não nos garantisse uma boa saída, ou sequer permitisse abrir a cela, faria de tudo até que isso fosse feito, ou estaríamos em maus lençóis em pouquíssimo tempo.



Histórico:
 


Dados Técnicos da Ficha:
 

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 138
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyDom 14 Jul 2019, 05:14


Narração
Dia
Tempo Agradável
Localização: Micqueot

Mirai
Apesar da história curta e da situação não ter corrido como desejava, Mirai estava agora no ponto que precisava, pronta para conseguir um contrato. E por isso, sentindo-se mais confiante, a jovem não só falava que não havia motivo para não falar que era uma assassina, como também falava todos os termos que tinha para cometer tal assassinato.

O homem de óculos e cabelo espetado sorriu com aquela situação toda. - Para começar, só crianças falam isso "tenho quinze anos" para sinalizar que não são crianças. - Falou o homem já tirando sarro, mas continuou naquele tom misturando com um pouco de um tom acusatório. - E você é uma perfeita golpista... quem diria. - Falou ele deixando sua cabeça cair um pouco para trás sorrindo. - Você quer metade do pagamento e aí vai embora sem matar ninguém imagino. - Falou o homem imaginando uma situação totalmente possível e lógica. - Isso de termos de assassinato seriam lógicos para alguém que já possuí algum nome, alguma fama, alguma garantia. Uma completa desconhecida querendo ditar algo é alguém que simplesmente não conseguirá emprego. - Falou ele vendo a situação por outro lado. - Não me entenda errado, eu sei que você também não pode cometer um assassinato sem ter garantia que pagaríamos. - Ele se levantou e começou a andar pelo pequeno cômodo. - Eu não acho que você precise se armar, com todo respeito, você provavelmente já tem arma. - Falou, talvez ele não imaginasse todas as entrelinhas no "armar-se" ou só estivesse testando a pequena. - Então que tal nós fazermos o seguinte: Eu te mostro o dinheiro e ele continuará comigo, eu ficarei aqui te esperando até você cometer o assassinato, ou desistir, ou ser presa, o que vier primeiro. - Explicou ele, mas não parou por aí. - Obviamente, eu ficar aqui não significa muita coisa e por isso vou me prender com uma algema aqui e você ficará com a chave. Se você for pega, meu colega pode vir e me soltar de alguma maneira. - Concluiu aquela linha de raciocínio, mas já continuou, agora apontando para seu colega. - Este cara aqui não conseguiu matar o homem que está fingindo ser o vendedor de armas, então você se livra desse cara para gente e eu te pago uns dois milhões de berries. - Falou o homem de forma tranquila, confiante que a menina não conseguiria cumprir com aquele acordo. - O que me diz? - Perguntou o homem interessado no rumo da conversa.


Khrono
Khrono estava correndo contra o tempo naquele momento. Seus instintos continuavam mandando salvar aquele homem e por isso precisava agir rápido. No entanto as ferramentas que existiam por ali estavam quentes demais para serem seguradas e por isso nosso herói não pensou duas vezes e rasgou um pedaço de sua roupa, a última defesa entre ele e o fogo, para segurar uma ferramente incandescente e assim abrir aquela cela.

Pegando uma chave inglesa conseguiu abrir aos poucos a cela, era difícil determinar se estava mais ou menos difícil abrir a cela por ela estar muito quente, o metal parecia entortar com mais facilidade que o normal, ou Khrono havia ficado bem mais forte do que lembrava. Quando conseguiu finalmente abrir a cela ouviu alguns gritos vindos do topo da escada, eram os marinheiros que havia visto na padaria.

Falando para o homem evitar de respirar a fumaça, já poderia abrir um local para dar conselhos inúteis, e assim aos poucos começou a subir a escada com aquele ser gigantesco. O homem iria desmaiar e assim Khrono sabia que teria se metido numa enrascada sem fim, pois não tinha nenhum cabimento levar aquele homem sozinho até o lado de fora. Porém, os marinheiros apareceram e ajudaram a levar os dois para o lado de fora.

Quando saiu, viu várias pessoas batendo palmas para ele e vários até comentavam a atitude heroica do jovem. Um homem surgiu com uma jarra de água e ofereceu para Khrono. A maioria dos marinheiros tratavam do homem gigante que havia inalado muita fumaça para estar bem e tossia como nunca. Com o passar da situação finalmente o jovem começava a sentir as próprias queimaduras.

O marinheiro que havia falado com ele anteriormente se aproximava aos poucos após ter visto o estado do gigante. - Quem diria que você era desse jeito. - Falou o homem animado. - Você não quer entrar para a marinha? São pessoas como você que precisamos na marinha. - Falou ele animado e antes mesmo de Khrono responder ele já ia falando mais. - Venha, vamos conhecer o quartel general, você pode responder depois, além disso, precisamos tratar seus ferimentos. - Falou o marinheiro já indicando para Khrono seguí-lo se assim desejasse.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyDom 14 Jul 2019, 19:58

Já havia ficado claro que se nenhum de nós desse o braço a torcer, aquela conversa não teria futuro. O sujeito de cabelo espetado me irritava, nada do que dizia parecia suficiente para convencê-lo de minha aptidão e diante tal inflexibilidade apenas me restava aceitar os termos propostos por ele — Você é muito paranoico, — comentei após ouvir todas as acusações que, apesar de pertinentes não se aproximavam da verdade — mas devo admitir que você tem sua razão de desconfiar, mas tudo bem, irei provar que você está errado — disse cheia de confiança. Voltei a me sentar à mesa enquanto pensava um pouco sobre o trabalho, com a tentativa frustrada de executá-lo através das chamas era bem possível que a partir de então o alvo estaria mais atento, talvez até solicitasse proteção da marinha — Temos um acordo — concordei estendendo a destra para um aperto de mão — porém eu preciso que me dê mais informações já que não terei pagamento adiantado — dei de ombros como se com aquele pedido estivesse saindo em grande vantagem naquela ‘negociação’ — quero saber quem é o alvo, porque querem matá-lo, quais lugares ele frequenta e numa escala de 0 a 10, o quão forte ele é? E claro, qualquer coisa que me ajude a ter sucesso é bem-vindo...

Entrando em um acordo com a dupla esperaria até que o homem se algemasse e me entregasse a chave, essa que guardaria em meu bolso — Como posso ter certeza que vocês não tem uma chave reserva e que vão se mandar com o dinheiro assim que eu der as costas — questionei-o da mesma forma que fui momentos antes —, bom, não farei questão de provas de lealdade uma vez que já lhe alertei minha última condição: eu sempre cobro minhas dívidas, seja em ouro ou sangue, esteja avisado — estava mais séria do que de costume, não me prolonguei por mais tempo, tudo já havia sido resolvido e por isso permiti-me partir. Entre aquele beco faria o caminho inverso indo em direção as ruas da cidade, sinceramente minha cabeça não estava focado num primeiro momento em encontrar o homem qual eu deveria matar, mas sim em saciar um desejo que vinha me consumindo a algum tempo mas que por motivos maiores tive de ignorar. Se aquelas voltas na cidade tivessem válido de algo não teria maiores problemas em encontrar a padaria e sim assim quisesse o destino poderia finalmente saciar minha enorme necessidade por açúcar — Por favor senhor, pode me vender alguns doces? Balas, pirulitos, chicletes e chocolate, por favor!



Off:
 

Histórico:
 

Resumo da Ficha:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Khrono
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Khrono

Créditos : 3
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 13/01/2017

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyDom 14 Jul 2019, 20:23


Passos quentes em busca da liberdade

ㅤㅤㅤㅤㅤCoisas impossíveis parecem cada vez mais possíveis em situações desesperadoras. Suando bastante devido o calor que estava ali, segurei a chave inglesa com as duas mãos, por cima do pedaço da minha calça que havia rasgado para não me queimar, embora ainda desse pra sentir o calor emanando e subindo em vapor mesmo por cima do pano. Apoiei minha perna de forma a ganhar mais força e apertei a chave para quebrar a fechadura. De alguma maneira a porta começou a se mover mais facilmente do que eu imaginei. Após o estalo de metal se rompendo e finalmente conseguir uma abertura, entrei lá e apoiado com um dos braços do homem em meu ombro, para ajudá-lo a andar, temia que não conseguíssemos chegar do lado de fora a tempo.

ㅤㅤㅤㅤㅤ Foi então que enquanto subíamos a escada, o peso do homem começou a aumentar e eu já quase não conseguia segurá-lo mais, ele estava nas últimas. ── Droga, droga, droga! Mal dia! ── Tentava me equilibrar e puxar o homem que nem sequer se movia um centímetro. Todavia, quando pensei que estava tudo acabado, escutei passos e alguém gritou lá de cima. ── Estamos aqui! ── Gritaria de volta, para que ficasse mais fácil de nos encontrar, embora eu não soubesse quem era. Para nossa sorte, eram os marinheiros que haviam aparecido, pegaram o homem e pude finalmente andar, seguindo eles até o lado de fora.

ㅤㅤㅤㅤㅤ Já livre da fumaça e de todo aquele calor infernal, limpei algumas cinzas da minha roupa, que estava no pior estado possível do que um dia já esteve, sem o blazer a camisa branca ficou totalmente suja e com alguns furos pequenos de faíscas, enquanto que minha calça estava com um dos lados rasgados próximo da meia. Quem me visse daquele jeito certamente me confundiria com algum órfão, contrastando totalmente com o estado do qual eu havia chegado na ilha, com roupas novinhas em folha. Então percebi que várias pessoas do lado de fora começavam a bater palmas, não sabia se pra mim ou se para os marinheiros, porém, uma sensação boa percorreu meu corpo, a satisfação de ter feito algo bom e o dever cumprido. Abri um sorriso tímido,  recebendo uma jarra com água de uma pessoa da multidão. ── Oh, muito obrigado, era tudo o que eu precisava. ── Virei a jarra de água na boca, tomando tudo, parecendo que havia passado meses no deserto.

ㅤㅤㅤㅤㅤ Um dos marinheiros, aquele que eu havia reconhecido como sendo o mesmo da padaria de pouco tempo atrás, queria ajudar a me recuperar, levando-me para o quartel general da marinha. Dentre sua fala, um convite me foi feito e embora tentador eu teria de recusar. ── Obrigado pelo convite, mas a marinha não faz muito meu estilo, embora eu ainda admire bastante os marinheiros. ── Diria de maneira amigável para o soldado, virando-me para o local onde antes estava o homem com a cicatriz no rosto, eu precisava encontrá-lo para que pudéssemos colocar alguns pingos nos is. ── Não se preocupe com minhas queimaduras, elas não foram tão graves assim e eu preciso resolver alguns assuntos importantes. ── Viraria-me, caminhando na direção onde antes o homem com a cicatriz estava indo. Mesmo tendo falado aquilo, senti que em alguns lugares as queimaduras incomodavam, embora eu ainda pudesse andar e isso tudo era mais que o necessário. Tomaria cuidado, de toda forma. Caso tivesse alguma esquina próxima, viraria nela e seguiria em frente. Não me importava se demorasse o dia todo para encontrá-lo, em algum lugar dessa cidade ele deveria estar.


Histórico:
 


Dados Técnicos da Ficha:
 

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 138
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptySeg 15 Jul 2019, 20:31


Narração
Dia
Tempo Agradável
Localização: Micqueot

Mirai
A jovem aceitou que aquela discussão seria infinita e por isso deu o braço a torcer. Obviamente pediu por mais informações do alvo. O homem de óculos sorriu e começou a explicar o motivo daquilo tudo. - O alvo é um homem que está fingindo ser o vendedor de armas. Ele trancou o verdadeiro vendedor, que também é ferreiro, no porão da loja. - Ele deu uma pausa e olhando para seu colega comentou. - Talvez o real nem tenha sobrevivido, o fogo pode ter matado ele lá embaixo. - Balançando a mão mostrando que isso não importava continuou falando o que precisava. - O impostor agora provavelmente vai ser preso, então dependendo o seu contrato pode ser mais valioso do que imagina. - Falou analisando a ideia como um todo. - Esse impostor está devendo um contratante interessante. Apesar de eu achar burrice matar quem te deve, quem sou eu pra discutir com o contratante. - Disse num tom meio brincalhão. - Ele não é um homem forte. - Ele dava uma pausa enquanto pensava no que ia falar em seguida. - Você teria que ver se ele foi preso, já que com toda aquela comoção ele com certeza sobreviveu ao fogo. - Falava e então olhou para o colega. - Eu sei, eu sei. - Falou o acusado ali se defendendo um pouco. - Não esperava que ele teria preparado uma forma de defesa daquela. - Se defendeu mais uma vez. - Ele com certeza está vivo, ele já sabia o que fazer para sobreviver lá dentro, só se algum acidente tiver acontecido. - Disse o menino ali meio chateado com sua própria falha. - Existe esse detalhe, o homem sabe que está sendo caçado agora. - Falou o homem sorrindo percebendo que a tarefa da menina só se tornava mais e mais complicada. - Acho que esses são todos os detalhes que consigo pensar no momento. Se eu lembrar de algo eu contarei, por enquanto vamos nos arrumar.

Buscaram o dinheiro, o homem se prendeu e ao ouvir a pergunta da menina sorriu. - Com certeza existem diversas maneiras de eu te passar a perna, igual existem diversas maneiras de você me passar a perna. Os dois precisam confiar um pouco que seja no outro para que isso funcione. - Informou. - Recomendo, por exemplo, que tente matá-lo antes delr ser definitivamente preso, ou a sua missão será um fracasso completo ou muito mais difícil.

Saindo a jovem andou por um bom tempo até finalmente se "encontrar" na cidade novamente e assim ir na direção da padaria. Precisava consumir um pouco de açúcar para se acalmar antes da missão. - Calma. Alguma preferência? Uma pequena como você não teria dinheiro para tudo isso. - Falou ele colocando os doces em cima da bancada e mostrando para a jovem. O cheiro de fumaça ali ainda era forte, o incêndio havia sido bem perto. O povo já estava mais calmo na rua.


Khrono
O herói era humilde e bem louco, queria achar quem havia botado fogo, mas não se importava com o fato de ter salvado um homem dentro de uma gaiola naquela loja de armas. Não bastando isso, ele aceitou a água e virou o jarro, mas simplesmente recusou o tratamento e decidiu ir embora ignorando seus próprios ferimentos. Partiu em direção que o possível menino incendiador havia saído andando. Sua pele queimada incomodava e muito, mas ele simplesmente ignorava e seguia em frente.

Após alguns um bom tempo andando percebeu que simplesmente não tinha dica alguma de para onde iria e por isso o jovem decidiu sair andando com o corpo queimado e com as roupas acabadas. De pouco em pouco foi se cansando, o resultado era óbvio após mais de uma hora andando. O jovem que poderia ser o incendiador deveria ter entrado em alguma casa e não teria motivo algum para sair por aí a céu aberto principalmente sabendo que havia sido visto saindo do local do incêndio.

Nada ali chamava muito sua atenção naquela rua, até ver um cartaz na parede, duas pistolas cruzadas com um anúncio de "GRANDE PRÊMIO". Era um torneio de mira que ocorreria em um bar justamente naquela noite. Aparentemente as duas pistolas eram de um ex-pirata famoso, ou alguma baboseira do tipo. O problema para Khrono, era que o mesmo sentia seus braços incomodando e muito com as queimaduras. Ignorá-las não foi a melhor coisa a se fazer.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyTer 16 Jul 2019, 01:22

Apanhei algumas moedas e as despejei no balcão, o total deveria estar por volta de 7,000 berriesTenho algumas economias, pode me dar um pouco de tudo, o máximo que puder me vender com esse valor — sorri gentilmente enquanto esperava ansiosa pelos doces. Assim que me fosse entregue enfiaria-os no bolso com certa pressa e ansiedade, e claro, apanharia alguma guloseima da qual poderia experimentar o doce sabor do açúcar — Esse sabor, essa textura, parece que faz anos que não sinto essa sensação — comentaria para mim mesma, satisfeita por finalmente apreciar aquele capricho que me cercava a tantos anos.

Senti todo meu corpo relaxar, sentia como se não tivesse arrependimentos e nem responsabilidades, tudo que queria era aproveitar o momento de baixo e uma grande macieira e sentir a brisa do mar soprar meu rosto, porém contrastante a isso senti que a cada minuto meu dinheiro diminuía consideravelmente, resultado desse sistema chamado capitalismo. Resolvi que a melhor rota para iniciar meu primeiro trabalho como assassina seria voltar a cena do crime, com um pouco de sorte poderia encontrar alguma pista ou depoimento do paradeiro do homem. — Deveria ter perguntado o nome desse farsante, bem eram tantas coisas que precisava saber que me esqueci… — Caminharia de volta para a região da loja de armas, sendo sincera, não sabia dizer quanto tempo tinha gasto com aquela dupla de falastrões, por isso já esperava que o lugar poderia estar sob controle da marinha ou totalmente deserto.

Quando chegasse naquele ponto observaria as condições, o movimento e se haviam marinheiros transitando por perto, de todo modo minha intenção era saber qual havia sido o destino de meu alvo e, sendo direta, indagava os ali presentes - de preferência marinheiros — Com licença senhor, — faria a expressão mais inocente que conseguisse — o que aconteceu com o senhor que trabalhava nesta loja? — Se precisasse descrevê-lo o faria, acompanhado de vários gestos e expressões a fim de replicar o homem — Gostaria de vê-lo, olhe, comprei vários doces para ele. — Encheria cada mão com um punhado de doces sorrindo, aquilo provavelmente seria o suficiente para vender a imagem de uma criança inocente preocupada com o bem estar do próximo.

Histórico:
 

Resumo da Ficha:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Khrono
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Khrono

Créditos : 3
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 13/01/2017

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyTer 16 Jul 2019, 15:46


Passos quentes em busca da liberdade

ㅤㅤㅤㅤㅤTalvez pelo calor do momento, literal e figurativamente falando, eu tivesse ignorado algumas queimaduras em meu corpo, pois não as tinha sentido doer até então. O atrito do ar passando por elas e os raios do sol ao tocar no local, causava uma ardência que estava começando a me incomodar bastante. ── Ai, isso tá ardendo muito. ── Tocava no braço, apertando o local queimado para ver se diminuía, porém, de nada adiantava. Por um breve momento passou por minha cabeça de que talvez tivesse sido bom ter aceitado a ajuda dos marinheiros e ter cuidado desses ferimentos.

  ㅤㅤㅤㅤㅤTodavia, minha impulsividade falou mais alto do que a racionalidade. ── Eu posso me curar depois que encontrar aquele desgraçado. ── Referia-me ao cicatrizado que tinha encontrado momentos antes.

  ㅤㅤㅤㅤㅤApós passar tempo suficiente andando para ficar cansado, cheguei a conclusão que o miserável poderia ter se escondido. ── Pensando bem… essa seria… a melhor coisa a se fazer. ── Disse pausadamente, ofegante e me apoiando nas paredes ou qualquer coisa que estivesse na rua para que eu pudesse recuperar o fôlego. Olhando em volta, avistei um cartaz de algo que seria interessante. Lendo todas as informações que estavam nele, coloquei a mão debaixo do queixo mantendo uma expressão pensativa. ── Será que essas são as pistolas do famoso pirata Billy, o chefe do cangaço? Meu avô me contou que ele ficou conhecido nos blues por nunca errar um alvo, usando suas pistolas gêmeas Lamp e Pretty Mary.  ── Tentaria retirar o cartaz para guardar comigo e caso não desse pra fazer isso com ele completo, tentaria retirar pelo menos a parte que mostrava o endereço do bar.

  ㅤㅤㅤㅤㅤProcuraria alguma pessoa que estivesse passando por ali e perguntaria a direção do local indicado no cartaz.  ── Muito obrigado. ── Agradeceria, sendo cortez com aquele ou aquela que provavelmente só fizera isso por compadecer de minha aparência de órfão. Se por acaso ninguém me ajudasse com a informação, agiria como um órfão de fato, indo em várias ruas, lendo placas, me perdendo e depois me reencontrando, andando quarteirões em círculo, até por fim conseguir encontrar o local. Adentraria no bar, observando o interior e indo diretamente em algum garçom ou atendente que estivesse por ali. Colocaria o cartaz sobre uma superfície, estendido, de maneira que desse pra ler sem problemas o prêmio das duas pistolas. ── Como faço para me inscrever nesse torneio? ── Indagaria, sem rodeios, olhando diretamente nos olhos da pessoa. ── Diga ao organizador disso que eu irei participar. ── Quem eu estava querendo enganar? Não tinha habilidade nenhuma com mira e o pouco que sabia dessas coisas era de eventos de circos, onde os palhaços enganavam todo mundo colando os alvos e impedindo qualquer um de ganhar. Entretanto, eu tinha que arriscar, mesmo com meu braço ardendo no lugar onde estava queimado. Aguardaria, até ter alguma resposta e também o cair da noite, que eu não fazia ideia se demoraria ou não. Essas são constantes que eu não possuía capacidade de mensurar ou prever.


Histórico:
 


Dados Técnicos da Ficha:
 

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 138
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptyQua 17 Jul 2019, 21:31


Narração
Dia
Tempo Agradável
Localização: Micqueot

Mirai
Como uma autentica menor de idade a pequena Mirai jogou alguns milhares de berries querendo seus doces e comentando que havia economizado. O homem sorriu enquanto entregava balas, pirulitos, alguns doces que teria que ter cuidado para não esmagar, além de outros que pareciam quebrar o queixo de quem o comesse de forma pouco atenciosa. A jovem pegou um pirulito e colocando-o na boca soltou palavras claras e uma viciada, mas para o atendente soaram de forma inocente. O pobre coitado não pôde falar para ela ir se tratar.

A jovem relaxou bastante e assim abandonou a opção de perguntar para um local sobre a confusão, indo direto para o local do incêndio. Mal saía da padaria e o cheiro de fumaça se tornava proeminente. Andando e observando seus arredores viu que a marinha realmente havia assumido o controle do local. Porém não havia sinal algum do vendedor de armas. O número de civis ali já era mínimo e o fogo já havia basicamente acabado.

Era difícil identificar como eles haviam apagado o fogo, mas isso não importava, precisava descobrir sobre seu alvo e por isso foi logo na direção do marinheiro que parecia encarregado ali e perguntou do vendedor. - Que gracinha a pequena preocupada. - Falou ele animado. - Infelizmente o homem foi aprisionado por um farsante, mas um menino heroico conseguiu retirá-lo do fogo a tempo. Ele foi levado para o hospital, mas os médicos falaram que ele vai ficar bem. - Respondeu e virando para a loja. - Infelizmente não podemos falar o mesmo do negócio dele... não haviam notado que ele havia sido sequestrado, provavelmente a loja vai falir em pouco tempo. - Falou com um tom sombrio que não necessariamente significava tristeza pela situação. A informação que foi dada era obvia, ela não havia conseguido a informação da pessoa correta.


Khrono
O impulsivo jovem sentia o corpo reclamando das queimaduras em sua pele, o povo olhava para ele na rua, a situação era absurda, mas ele se focou por um bom tempo em simplesmente procurar outra pessoa. Um parafuso a menos ou algo do tipo, era difícil determinar a loucura de Khrono, mas ele quando cansou finalmente viu algo novo para se focar. Um concurso de tiros, aquilo até mesmo levou a memórias de contos que seu avô contava.

Foi fácil destacar o cartaz e assim começou a procurar o bar daquele endereço, logo que perguntou para a primeira pessoa que viu. Um homem comum que não se destacaria de forma alguma ali. A resposta que ouviu era tão simples quanto a pessoa que respondia. - É só virar logo ali. - Falou apontando para uma esquina que Khrono teria que virar a esquerda. - Acho que uns dois quarteirões para frente. - Informou a pessoa, mas logo depois o homem perguntou num tom claro de preocupação. - Mas você não tem idade para ir a um bar, tem? Além disso, olha o seu estado. - Falou ele preocupado olhando o estado de Khrono.

Respondendo o homem conseguiu ir tranquilamente para o bar, onde entrou e falou que desejava participar. O bartender olhou para ele animado. - Mais um que se apaixonou pelas minhas belezinhas. - O sorriso dele ia de orelha a orelha. - Mas você está meio adiantado. O evento é só de noite. Quer alguma coisa? - Se ele havia notado a situação corporal de Khrono, não havia mencionado ou esboçado qualquer reação, parecia muito mais interessado na animação de ver alguém interessado pelas armas e por provavelmente consumir algo em seu bar.

O bar em si estava vazio, ele não era muito grande, havia só três mesas, mas era perceptível que caberiam mais. Haviam colocado um alvo em uma das paredes, a parede logo a frente de quem entrava no bar, era a primeira coisa que você via ao entrar, entre o alvo e uma linha feita no chão, esta mais ou menos no centro do bar, não havia mesa alguma, segurança em primeiro lugar. Não havia ninguém ali, provavelmente graças ao fator horário.


off para o avaliador:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptySex 19 Jul 2019, 06:41

Ouvi atentamente o que o marinheiro tinha a dizer e cheguei a conclusão que não estavamos falando do mesmo homem, enquanto meu desejo era obter a localização do farsante, o soldado relatava as condições do verdadeiro comerciante - esse pelo qual eu não tinha maiores interesses -, cocei minha nuca preocupada, afinal questionar mais sobre o impostor poderia acabar levantando suspeitas que pudessem vir a ter influências no futuro. Deixei por aquilo mesmo e agredeci o homem com uma expressão grata,  lhe dei as costas e comecei a matutar todas minhas possibilidades de ação e não demorei a concluir que eram bastante limitadas. Investigar o cenário pouco me ajudaria e a patrulha alvo-celeste não me daria liberdade para tal. Enrolava uma pequena mecha de meu cabelo no indicador e suspirei quando o sentimento de incapacidade me tomou por completo — Não pensei que fosse ser tão difícil encontrar uma pessoa — Suspirei em tom de desânimo.

Encarei o céu desejando uma resposta divina, um sinal que me colocasse no caminho certo, sabia que as chances daquilo ocorrer eram praticamente nulas mas não custava despender um pouco de crença. Um assassino de qualidade tinha como principal característica a paciência, não tinha porque me desesperar, não deveria dar meia volta e me queixar das condições do trabalho com os contratantes, eu apenas tinha de acalmar meu estado de espírito, esperar e trabalhar com calma.

Minhas pernas se moveriam para o centro da cidade, o comercial local me faria bem e com sorte poderia fazer meus últimos berries renderem de forma que não viesse a me arrepender mais tarde, até então mais da metade do dinheiro tinha sido investido na kunaide qualidade duvidosa, roubada em um beco e comprado doces recentemente, no entanto haviam 2 milhões me esperando e isso me excitava. Sem pressa meus pés iam na frente do outro e meus olhos atentamente buscavam algo interessante na cidade, mas repentinamente lembrei-me de algo essencial para quando o serviço estivesse feito: papel. Não estava certa de minha ideia, mas acreditei ser interessante deixar uma 'assinatura' pós assassinato. Uma marca única que me garantisse que as pessoas saberiam de minha existência sem conhecer de fato minha face, pode soar como uma ideia boba, mas era o que eu queria. Tomei todo o dinheiro que me restava e dei continuidade a minha busca, tudo o que queria era uma folha de papel.

Histórico:
 

Resumo da Ficha:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Khrono
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Khrono

Créditos : 3
Warn : Fogo e Sangue - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 13/01/2017

Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 EmptySab 20 Jul 2019, 23:33


Passos quentes em busca da liberdade

ㅤㅤㅤㅤㅤ Eu já havia perdido as contas de quantos estranhos eu havia abordado até então, porém, acabei por encontrar finalmente o bar. Deixando meu objetivo em cima do balcão, não pude deixar de perceber o grandioso alvo na parede do outro lado do bar. As mesas estavam mais afastadas, deixando um espaço razoável no meio do local. ── Então elas são suas? Você além de dono de bar, também é ferreiro? ── Perguntaria, sentando no banco mais próximo que tinha próximo ao balcão, ou puxaria alguma cadeira próxima para isso. Ainda sentindo as queimaduras pelo corpo, pude finalmente descansar um pouco. ── Sim, sim, eu sei que tô adiantado, mas na verdade eu estava procurando por alguém. Temos que… acertar umas contas. Daí acabei encontrando esse cartaz e resolvi tentar a sorte no torneio. ── Contaria, mas na verdade eu iria usar aquilo como parte de um plano para encontrar o cicatrizado. Se aqueles cartazes estivessem espalhados por toda a ilha, ou pelo menos boa parte dela, ele certamente deve ter visto um deles por aí e se quisesse ter a chance de não falhar mais em queimar uma loja de armas, ele precisaria de algo para finalizar alguém, ou seja, um arma. Se tudo isso, no fim, não desse em nada e todo meu plano não passasse de especulação, ainda teria a chance de ganhar o prêmio e ter com o que me defender. Era uma situação onde eu estaria ganhando dos dois lados.

ㅤㅤㅤㅤㅤ Entretanto, ainda não era nada certo, afinal, nunca se sabe o que o destino nos aguarda. Mesmo estando adiantado, aproveitaria aquele momento para poder descansar, recuperar as forças e também, quem sabe, curar algumas de minhas queimaduras. ── Eu vou querer algo sim. Me vê um lei-── Pararia, estreitando os olhos e analisando bem o bartender, pensando duas vezes antes de pedir leite com mel. ── Suco! Isso, eu vou querer um suco. De melancia, se puder. Caso não tenha pode ser de laranja mesmo. ── Meus gostos eram bem diferentes da maioria ali, ao menos foi o que percebi desde que cheguei, mas pelo menos sabia que laranja tinha em qualquer lugar e em qualquer bar, esperava que tivesse nesse aqui também. ── Se puder, eu também gostaria de algo para queimaduras. Um remédio. Eu sei que é um pedido incomum para se fazer em um bar, é mais um pedido pessoal mesmo. ── Tentaria, já que se ele tivesse algo para que eu pudesse melhorar meu braço, chegaria na hora do torneio descansado e com pelo menos 80% da minha performance total, aumentando assim as chances de vitória.


Histórico:
 


Dados Técnicos da Ficha:
 

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Fogo e Sangue - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Fogo e Sangue   Fogo e Sangue - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Fogo e Sangue
Voltar ao Topo 
Página 3 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: