One Piece RPG
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» John Flint
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor crazyclown Hoje à(s) 13:38

» Ficha da velha gagá
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:35

» Hermínia Hetelvine
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:34

» [Ficha] Roxas
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:29

» Roxas
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:28

» Todo dia um meme educativo do Furry diferente
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 18:21

» Suzuk Hamada
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 18:00

» Glitzky Platzken
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 17:47

» [MINI-JIN WOO] Ocioso de mão cheia
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor Jin Woo Ontem à(s) 15:30

» [M.E.P.] Jin Woo
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor Khrono Ontem à(s) 00:47

» Kroft
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» Hizumy Mizushiro Mayan
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» Henry Meursault
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» [Mini - Nine}
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor Roy Collins Qui 22 Ago 2019, 02:17

» Kit - Ninja mais bonito de Konoha
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor West Qua 21 Ago 2019, 09:59

» [FICHA] Akito Wanijima
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Qua 21 Ago 2019, 00:25

» [FICHA] Bóris Ivanenko
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Qua 21 Ago 2019, 00:10

» Bóris Ivanenko
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Qua 21 Ago 2019, 00:09

» [Mini-Haqim] Maelstrom
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor Khrono Dom 18 Ago 2019, 21:15

» [Kit - Rikan Motsai]
[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Emptypor Blum Dom 18 Ago 2019, 17:04



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI - Kawonin] Quem sou eu?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
GM.Hisoka
Game Master
Game Master


Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptySeg 08 Jul 2019, 21:11

Mini-Aventura Reaberta!


Mini-aventura reaberta a pedido do player.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kawonin James
Membro
Membro
Kawonin James

Créditos : 6
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Data de inscrição : 19/06/2019

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptySab 13 Jul 2019, 14:57

Prazer em conhecê-la... Novamente, Helena! — Desenhou em sua pálida face um singelo sorriso acanhado. Apesar de não conhecer a idosa, Kawonin confiava progressivamente na bondade dela. Talvez tenha feito um julgamento equivocado ao pensar que Helena poderia ter sido uma ameaça. No entanto, devido a todo o ocorrido, não tinha como o moreno saber, tinha perdido toda a memória e por isso não podia se sentir culpado por ter desconfiado de uma pessoa que não lembrava ter conhecido.

Continuou a acompanhar a vetusta, saindo do emaranhado de ruas asfaltadas e entrando em um ambiente mais calmo, pacífico, com estradas naturais. Algo em sua mente se alegrava pelo fato de estar ali, longe da grande cidade com agitações, marinheiros cantando e altos sons irritantes. Preferia ouvir os sons dos passos arrastando detritos arenosos do solo, dos fazendeiros cuidando da própria agricultura, do gado realizando seus sons naturais. Aquela nostalgia o garoto lembrava de algum lugar escondido no canto da própria memória. Inspirou profundamente o ar daquela esbelta paisagem e expirou, sentindo aquele adocicado aroma de grama semi aparada.

Parou, subitamente, quando uma outra senhora se aproximou, carregando consigo uma foice e cumprimentando Helena. O moreno deu um leve aceno de cumprimento. No entanto, a feição que a vetusta esboçou logo após não agradou James. Teria ela lembrado de alguma coisa no passado que havia feito? Ou talvez não devesse cumprimentar os mais velhos daquele jeito? Quando pôde perceber o que realmente tudo aquilo significava, já era tarde demais. Tropeçou no momento em que sentiu um esbarrão contra o próprio corpo e ouviu o pequeno gemido doloroso de Helena. Estava acontecendo um assalto.

Levantou levemente a cabeça para ver o sujeito responsável pelo caos, percebeu o objeto roubado e, logo após, verificou o estado de Helena e a senhora não parecia nada bem quanto ao seu estado físico:

Juro que vou dar um jeito em tudo isso! — Indagou James com violência. Assim que verificou a fuga do inimigo, sairia correndo o máximo que podia em direção ao gatuno. Durante o percurso, o moreno apanharia a foice do fazendeiro, que também tinha sido vítima do fugitivo, e começou a elaborar um plano de como fazê-lo devolver os pertences de Helena.

James sentiria a leveza da foice na mão direita. Sentiria como se já tivesse manuseado o instrumento anteriormente. Caso o moreno alcançasse o gatuno, daria um pequeno salto em sua direção e, com um movimento horizontal, daria-lhe um corte transversal nas costas com a pequena lâmina da foice que pegara emprestada. Se acertasse, o moreno esboçaria um pequeno sorriso maléfico e diria. — Tem certeza que deseja continuar uma batalha perdida? — Além de ficar surpreso pelo fato de ter acertado o golpe.

Se o inimigo se esquivasse para algum dos lados e tentasse contra-atacar com a katana, o fazendeiro daria um leve impulso com os pés no solo, realizando um rápido salto para trás, tentando se afastar e se esquivar dos ataques. Quando longe o suficiente, James esboçaria uma cara de surpreso mediante ao rápidos reflexos de outrora.

Vejo que andou treinando, não? — Afirmaria ainda mantendo uma posição de ataque. Assim que  conseguisse ver um jeito de atacar o inimigo, James correria uma segunda vez na direção dele, porém, sabia que dessa vez o inimigo se defenderia corretamente, e ergueria a foice acima da cabeça. Se estivesse próximo o suficiente e o inimigo investisse em um corte na horizontal, o moreno, com um sorriso na face, daria uma rasteira no chão arenoso mirando nos pés do inimigo, na tentativa de desequilibrá-lo. Se o inimigo desse um golpe na vertical, James esquivaria para a direita ao mesmo tempo que tentaria um ataque raivoso contra o braço esquerdo do inimigo, na tentativa de inutilizar uma de suas mãos. Caso o inimigo viesse nos socos ou chutes, Kawonin tentaria afastá-los com o cabo da foice, segurando-o em ambas as extremidades para conseguir maior resistência. Assim que achasse uma abertura, miraria com a arma branca no abdome.

Se o moreno não conseguisse alcançar o gatuno, tentaria jogar a foice com o máximo de força possível em sua direção. Se acertasse, James daria um pequeno pulo de alegria e se aproximaria do inimigo. Se errasse, o fazendeiro expressaria uma cara de frustração e buscaria por marinheiros para tratar do assunto.

Considerações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptySeg 15 Jul 2019, 20:18



Mini-Aventura

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Tumblr_ntf2h9GRqd1rm4wgqo5_500




Logo que James empunhou a foice que recuperara do agricultor, seus dedos cerraram no cabo num encaixe perfeito, liberando um frêmito que percorreu sua espinha. De alguma forma, ele sabia como manejá-la devidamente. Veloz, seus passos fulminantes em debandada não tardaram a alcançar o adversário que via sobre o ombro a todo instante a aproximação de seu algoz. O sorriso que há tanto marcara seu cenho devasso desmanchou como açúcar em água, abrindo alas para dentes cerrados que tremeram diante do impacto.

– Argh! – Seu corpo virou subitamente, levando, com o tronco, a lâmina que zuniu antes de se chocar contra a gadanha. Fagulhas choveram diante dos olhos dos combatentes, que sentiram o forte tranco em seus braços. Após alguns segundos de tilintar dos gumes, o ratoneiro decidiu largar as compras no chão e fomentar a disputa com a palma da mão oposta na região sem fio da espada. Sentindo a pressão em seu braço aumentar, James iniciou um recuo com os calcanhares, célere o suficiente para escapar da investida horizontal que deslocou uma breve onda de ar contra suas vestes. – Huhuhu... – Ele poupou respostas diante do comentário jocoso de James. Limitou-se a esboçar o mesmo riso cínico de outrora. Seus lábios finos cortando o próprio rosto como baionetas pungentes.

A aragem atravessou o cenário de batalha como uma melodia simbólica. Quieta, plácida, tal como estavam os pugnadores; um analisando o outro impassivelmente, até James enfim irromper o sossego. Ele avançou rapidamente, erguendo sua gadanha na altura da cabeça. A ponta da segadeira reluziu ao sol átimo antes do jovem driblar o corpo inimigo, que sibilou na vertical, cessando rente ao chão. O ceifador, novamente mais ágil, contra-atacou com um talho no braço esquerdo do larápio. Sangue espirrou da ferida nem tão profunda assim, mas que certamente trazia um peso à balança da peleja.

– Droga... – Apertou o cenho, resmungando perante a dor. Seus olhos astutos como de uma coruja, entretanto, negaram-se a perder o foco da batalha. Ele reaveu a postura sem pestanejar, deslocando sua katana num movimento ascendente para evitar o golpe que rasgaria seu abdômen. Outro retinido que cruzou o campo, promovendo a fuga de alguns pássaros que repousavam nas árvores adjacentes.

Sem largar a espada, ele levou a mão direita à chaga, apertando-a de punho cerrado. O líquido rubro verteu entre seus dedos e percorreu o cabo da katana até andarilhar pelo guarda-mão e gotejar na relva, tingindo-a de cetrino. Estavam a quatro metros um do outro, ambos resfolegantes. A vantagem, por ora, era de James, mas batalhas de lâminas quase sempre estão sujeitas a sofrerem súbitas reviravoltas.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 His

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Rose

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kawonin James
Membro
Membro
Kawonin James

Créditos : 6
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Data de inscrição : 19/06/2019

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptyQui 18 Jul 2019, 01:44

James sentia a respiração pesada e a fatiga assolar o corpo após todos os certeiros ataques que tentara dar no pequeno gatuno. Apesar de conseguir penetrar a pequena lâmina no braço do oponente, não poderia negar que a habilidade que ele possuía de manejar uma katana era invejável, e que qualquer brecha que o moreno desse no meio do campo de batalha seria fatal. Por isso, manteve-se em uma posição ofensiva, fixando as pequenas e gélidas órbes castanhas na movimentação do outro.

Você ainda acha que tem chances de vencer com um ferimento desses?... Como sou bonzinho, vou te oferecer duas opções! Desista agora e deixe eu pegar os objetos que roubara de Helena? Ou, forçarei devolvê-los a força! Seu destino está em suas mãos! — Afirmou James com um pequeno sorriso estampado no rosto. Com as costas da mão esquerda, limpara o suor que brotava nas têmporas e por vezes escorria pela face e aguardara ansiosamente pela resposta. Caso o ladrão concordasse com a primeira opção, James se aproximaria, cautelosamente, da sacola roubada de Helena e com um tom simpático diria. — Essa foi uma ótima escolha! Espero que os anos na prisão faça você mudar de visão!

Caso o inimigo negasse a proposta, o moreno, com um único movimento da foice na horizontal, tiraria todo o resquício de sangue inimigo do instrumento, alongaria tanto as pernas quanto os braços e curvaria levemente o tronco, preparando-se para diminuir a distância que existia entre eles. — Desse modo, a única escolha que eu tenho é acabar com você! — James tiraria a camiseta que possuía, mostrando todos os músculos que conseguira através do trabalho na fazenda, seguraria ela com a mão esquerda enquanto a direita manejava a foice. Assim que começasse a correr em direção ao gatuno, pensaria em qual estratégia adotar. No momento em que uma ideia iluminasse a cabeça, o fazendeiro sorriria e avançaria o mais rápido possível. Quando a distância de ambos fosse quase inexistente, o moreno jogaria a camisa que segurava para o lado esquerdo, para agir como distração, ao mesmo tempo que pularia para o direito e tentaria desferir um golpe na perna do inimigo, assim vulnerabilizaria toda a parte esquerda do corpo e terminaria com a batalha.

Na hipótese do inimigo não ser pego pela distração e conseguir bloquear o ataque de James, o garoto rapidamente tentaria apertar o ferimento do inimigo com a mão esquerda, utilizando-se de toda força que pudesse, demonstrando toda a fúria que carregara consigo ao ver o ato injusto feito contra sua salvadora e tentaria, assim, fazer com que inimigo soltasse a katana que segurava.

Se você não desistir, juro que o faço sofrer cada vez mais! — Se o inimigo tentasse dar qualquer golpe com a mão nua pra cima do moreno, James manteria a mão na ferida, tentaria desviar a cabeça do golpe com uma pequena esquiva para a direita e como contra-ataque, cuspiria na cara do inimigo em direção aos olhos. Desse modo, quando o inimigo ficasse com a visão completamente prejudicada por causa da saliva do moreno. James largaria a ferida e daria um último golpe com a foice na direção do ferimento do ladrão, tentando desarmá-lo completamente naquela última tentativa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptySex 19 Jul 2019, 21:08



Mini-Aventura

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 SefOExMnsDEhRAOFE2OLRUi2K7P907JPMJKtokkJPR0xTc7gF58xTukK1UaFcKr4_7__mwCvZpwjLnD-GVWk4N7nks-wmOCmxD7IyEV-jx584w-krk9MurEV3LBA4VAX




– Huhuhu... Ferimentos desses? – Ergueu uma das sobrancelhas, carregando um sorriso trocista no rosto. – Me poupe. O que acha que fez comigo? Cortou meu braço fora? Huhuhuhuhu! – Comentou de braços abertos e mento erguido, escarnecendo daquela chaga como se não fosse nada. Suas cordas vocais tremeluziam secamente, espalhando seu riso através da relva. – Só estou começando! – Voltou os olhos a James, fitando-o como um predador encara a presa. Os lábios bordados de canto a canto do cenho, devassos, destacando a fileira de dentes amarelados.

Sua panturrilhas enrijeceram átimo antes do corpo partir em debandada, investindo contra o ceifador. Algumas poucas gotas rubras foram deixadas para trás, pairando no ar antes de serem desmanchadas pelo zéfiro. Junto a um bramido, ele deslocou sua espada diagonalmente, intentando atingir o ombro de James. O garoto, que teve sua estratégia interrompida, saltou à direita, movendo concomitantemente sua gadanha contra a perna do larápio, cujos olhos acompanharam excepcionalmente o deslocamento do gume, suscitando sua defesa ao abaixar sua katana, fincando-a no solo entre seu membro e a foice. Parecia determinado a levar aquela peleja para um combate de corpo-a-corpo, entretanto, viu seu punho atravessar o vazio ao acometer a cabeça de James, que agilmente esquivou.

– Dr- ARRGH! – Mal teve tempo de se queixar. Um frêmito de dor se alastrou por todo o corpo, partindo da ferida que foi apertada pelos dedos veementes do ceifador. Seu braço tremeu por inteiro involuntariamente e os dígitos abriram, largando a espada.

Aproveitando a brecha, James oscilou sua lâmina num arco, talhando ainda mais a chaga do ratoneiro. Desta vez, a segadeira carregou em seu fio muito mais que derme. Músculo, gordura e até mesmo lascas de seu úmero voaram pelo ar. Seu braço moveu-se como um boneco de pano, inerte por conta da perda dos nervos que o conectavam ao sistema nervoso. Os dentes arreganhados fincaram no lábio inferior, fazendo-o sangrar, tamanha a dor que sofrera. O grunhido escapou intenso entre a barreira moldada pela arcada e lágrimas desceram pelos olhos esgazeados.

– AAAAAAARRGGG!! – Ele foi ao chão em seguida, agonizando em martírio com a mão oposta pressionando o cotovelo do membro ferido.

No horizonte, o agricultor de outrora surgiu em passadas aceleradas. Não estava só; ao seu lado, uma figura já bem conhecida por James. A barba por fazer circundando os lábios que amparavam um cigarro. Os olhos sustentados por olheiras intensas. Cabelo curto que oscilava à aragem. À mente viriam as lembranças de imediato. Era seu pai; tão atarantado quanto o camponês ao ver aquele cenário brutal.

– J-James...? – As sobrancelhas arquearam vagarosamente. A boca titubeou e as palavras saíram titubeantes. Agora, era o pai quem não reconhecia o próprio filho, que encontrava-se logo ali em sua frente, embebido em sangue.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 His

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Rose

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kawonin James
Membro
Membro
Kawonin James

Créditos : 6
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Data de inscrição : 19/06/2019

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptySab 27 Jul 2019, 22:06

Os olhos de James se abriram surpresos ao ver a movimentação do gatuno. Não tinha elaborado um plano com detalhes e outras possibilidades do que apenas o próprio fazendeiro realizando o ataque, por isso o moreno teve que improvisar ao se deparar com a súbita investida do inimigo. Por sorte sua velocidade era superior ao do outro e com isso conseguiu realizar uma efetiva esquiva para a direita e um célere ataque contra a ferida do adversário. Por sorte, ou talvez não, conseguiu agarrar o local pretendido e, naquele momento, soube que a batalha tinha acabado. As castanhas órbitas do fazendeiro mantinham-se gélidas, sentindo o líquido escarlate escorrendo entre seus esguios dedos. Como se o sofrimento do ladrão não fosse o suficiente, James atravessou com a lâmina da pequena foice a derme do deliquente. Esboçou um sorriso silencioso quando ouviu o reverberar do grito do inimigo por todo o ambiente. Kawonin se deleitava com o sofrimento de outrora.

No instante em que o moreno levantou novamente a foice para dar o golpe final no inimigo, seu nome fora proferido por uma voz que reconhecia desde o momento em que nascera. Toda a expressão gélida e inexpressiva do jovem mudara. Virou os calcanhares na direção da voz e avistou a figura do pai. O garoto tinha a sensação que tudo o que estava acontecendo tivesse sido apagado da mente, que apenas o pai e ele estavam presentes no espaço. Lágrimas começaram a irromper dos olhos.

P-pai!? É você? — A voz do fazendeiro sairia trêmula e, sem pensar duas vezes, largaria a arma embebida de sangue ao chão e correria em direção ao pai para um grande abraço. Não conseguia expressar o que sentia, apenas queria pular nos braços do pai e voltar a ser como era antes.

Caso o pai negasse o abraço do filho por conta de toda a situação, Kawonin desaceleraria os passos e pararia a alguns metros de distância da figura paterna. O garoto analisaria tudo o que tinha acontecido em volta, alternando o olhar tanto para as próprias vestimentas, quanto para o pai. Ajoelharia em forma de rendimento, como se o filho não fosse fazer nenhum mal contra ele.

S-sei que e-essa é uma situação estranha. Mas... Estava apenas ajudando Helena! — Apontaria para a vetusta onde quer que ela esteja. Além disso, contaria toda a história que o filho do fazendeiro lembrava desde o momento em que acordou. Assim que tudo fosse explicado e colocado em seu eixo, James voltaria para o local em que se encontrava o gatuno, daria uma breve olhada para o coitado e pegaria as sacolas de compras da Helena. — Os marinheiros já estão a caminho, espero que você curta a vida atrás das grades. — Reencontraria Helena e a levaria para o hospital mais próximo. Agora que lembrara do pai, talvez seria mais fácil lembrar das outras coisas.

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 EmptyDom 28 Jul 2019, 18:47



Mini-Aventura

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 48b01a4d7f2627a2b51043f8e2965994




O fulgor das lágrimas tremeluziu diante dos olhos atarantados de Stuart. Ver um filho perante àquela situação era de quebrar o coração de qualquer pai. Ele engoliu em seco ao vislumbrar o ceifador correndo em sua direção, mas não recuou. Algo em seu interior dizia-lhe para confiar no garoto; e assim fez. Encaixou seu corpo com o de James num abraço caloroso. As mãos, até então trêmulas, enlaçaram as costas robustas do rapaz. Podia ouvir o alento pesado do menino; o vento quente bagunçando as finas madeixas do cabelo grisalho.

– T-Tudo bem... Me contaram tudo. Não se preocupe. – Liberou o abraço para que pudesse mirá-lo no rosto. Um sorriso enfim desabrochou; um pouco tímido, mas com requintes de orgulho. – Ela já foi levada ao hospital por alguns marinheiros. Os demais estão vindo para prender o agressor. – Avisou, segurando-o pelos ombros. Então, meneou positivamente com a cabeça e disse: – Vamos voltar para casa. – Alargou os lábios, momento em que as lágrimas tornaram a verter veementemente pelo rosto surrado pela idade.

No horizonte, James vislumbrou os agentes da justiça galgando, armados e afoitos em busca do criminoso. Em seguida, tornou a caminhar pela relva junto de seu pai, botando conversa fora. Era momento de voltar à vida normal.

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:

Foi uma excelente mini-aventura, James! Foi muito bom tê-lo como orientado e espero que eu tenha cumprido bem minha função com você. Vejo um grande potencial em sua narração, então se dedique bastante e os resultados certamente virão!

Dito isso, meu caro, minhas últimas ressalvas a você são:

Atente sempre ao português. Embora não exijamos que nossos jogadores sejam letrados em língua portuguesa, é sempre importante que a quantidade de erros sejam encurtados ao máximo. Para isso, tente sempre fazer uma releitura de seu post após criá-lo, de modo a retificar as falhas que sempre passam desapercebidas. Eu, por exemplo, faço uma revisão de um parágrafo sempre antes de passar para o parágrafo posterior, fora a revisão geral no fim da escrita.

Se possível, procure por um template para você. Não precisa ser nada muito sofisticado. Basta ver o meu, que é bastante singelo, porém cumpre a função de ornar meu texto. Não é obrigatório, claro. Você não perderá nota em sua aventura pela construção estética de seu post, entretanto, tenha certeza que se sentirá muito melhor com ele bem ataviado ;D.

Pense bastante antes de criar seu personagem. Devo frisar que ele é fixo por, no mínimo, seis meses. Isto é, depois de criar sua ficha, caso arrependa-se, somente poderá produzir um novo em meio ano! Não estruture um personagem que dependa de uma akuma no mi para você ter felicidade em narrá-lo, por exemplo. Além disso, saiba que o crescimento aqui é lento e progressivo, então conceba um personagem interessante desde o início. Não tente criar alguém que apenas será divertido com determinados objetivos, como level, poderes ou akuma, como citei.

Por fim, nunca se acomode! A evolução é constante, meu caro. Saiba que você sempre pode melhorar, independentemente do quão bom esteja. Os melhores players do fórum compreendem muito bem esse ponto e é por isso que estão sempre no topo! Bem, boa sorte, companheiro!

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.



____________________________________________________

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 His

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Rose

[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI - Kawonin] Quem sou eu?   [MINI - Kawonin] Quem sou eu? - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI - Kawonin] Quem sou eu?
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: