One Piece RPG
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Tesouro "Perigoso" do Truman
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 17:51

» ||NPC|| Jack e Mari - Lvneel - North Blue
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 17:51

» ||NPC|| Antony " Destroyer " Steves - Logue Town - East Blue
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 17:50

» Meng Hao
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor Wild Ragnar Ontem à(s) 16:47

» John Flint
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor crazyclown Sab 24 Ago 2019, 13:38

» Ficha da velha gagá
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Senshi Sab 24 Ago 2019, 11:35

» Hermínia Hetelvine
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Senshi Sab 24 Ago 2019, 11:34

» [Ficha] Roxas
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Senshi Sab 24 Ago 2019, 11:29

» Roxas
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Senshi Sab 24 Ago 2019, 11:28

» Todo dia um meme educativo do Furry diferente
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor GM.Alipheese Sex 23 Ago 2019, 18:21

» Suzuk Hamada
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Hoyu Sex 23 Ago 2019, 18:00

» Glitzky Platzken
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Hoyu Sex 23 Ago 2019, 17:47

» [MINI-JIN WOO] Ocioso de mão cheia
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor Jin Woo Sex 23 Ago 2019, 15:30

» [M.E.P.] Jin Woo
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor Khrono Sex 23 Ago 2019, 00:47

» Kroft
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» Hizumy Mizushiro Mayan
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» Henry Meursault
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Hoyu Qui 22 Ago 2019, 22:07

» [Mini - Nine}
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor Roy Collins Qui 22 Ago 2019, 02:17

» Kit - Ninja mais bonito de Konoha
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor West Qua 21 Ago 2019, 09:59

» [FICHA] Akito Wanijima
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Emptypor ADM.Senshi Qua 21 Ago 2019, 00:25



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptyTer 18 Jun 2019, 20:26

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Unknown[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Imagem4[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menino da Bíblia
Membro
Membro
Menino da Bíblia

Créditos : 6
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 9010
Masculino Data de inscrição : 09/06/2019
Idade : 18

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptySex 21 Jun 2019, 16:16

Início do melhor
Deitado estaria pensando no passado quando era feliz "Andando pela minha antiga vila aonde existem vários como minha família, eramos felizes e vivíamos tranquilos não havia humanos morando ali os que apareciam só falavam com os adultos e saiam de nossa aldeia com algumas sacolas, nunca nos aproximávamos deles os adultos não deixavam nos aproximar sempre brincava com meus amigos Lilly e Ramus até o entardecer" até que então cairia em um sonho profundo.

Em meio ao sonho "Eu conseguia sentir a tensão no ar, o mundo dos adultos estava estranho, Nos deixaram em uma casa mais afastada, estava com frio e com medo, pois todos estavam correndo, juntando sacolas e levando as crianças para esta casa, por conta do frio, meu pai havia me dado um casaco, eu sabia que aquilo seria uma oportunidade de ver humanos, e minha curiosidade não me deixara ficar parado, sai escondido e escalei a casa até o telhado, e de lá, fui pulando de árvore em árvore até me aproximar o suficiente.

Cheguei e já fui me esconder em um arbusto, eles estavam diferentes com armas em suas mãos ao invés de guardadas como de costume, com raiva, varias tochas e sem as crianças desta vez, não sabia o que aquilo queria dizer até que me aproximei um pouco mais e escutei seus gritos: - Onde está o dinheiro que falta, vocês tentaram nos enganar ? - olhei para os adultos eles estavam amedrontados, meu pai ele estava na frente e pedia calma dos humanos e dizia: - Calma amigos, não temos o dinheiro agora, se puderem voltar daqui 10 dias poderemos arrumar o dinheiro, sei que o prazo era ontem, mas temos crianças para alimentar podemos dar até um juros se quiserem. - estava amedrontado com aquela gritaria e todos com medo pensava "Por que estão gritando, porquê essa raiva toda, não entendo o que o dinheiro tem haver com toda essa situação."

Então o líder dos adultos falou: -  Tudo bem, entendemos venha aqui vamos conversa. - Meu pai como um tolo foi até eles, sorridente com uma sensação de alivio, chegando o líder dos humanos diz: - Também temos crianças e queremos o dinheiro hoje, se vocês não tem o dinheiro também não me tem serventia. - e atravessa meu pai com sua espada, com seu peito perfurado por aquela lamina em uma tentativa fútil de tentar salvar seu povo agarra o líder e com poucas forças grita:- Corram - logo antes do homem, como um monstro, com uma gargalhada que não podia entender chutar o corpo de meu pai para longe, os outros humanos começam a atear fogo em nossas cabanas e a perseguir os adultos, quando se vão adiante e vou até meu pai que estava jogado ao chão, ele fala com uma voz baixa e fraca, com dificuldade e ofegante - A ganância não faz bem, salve as criança - tosse um pouco de sangue e continua - Você é o mais velho, cuide de todos - quando ele finalmente para de se agonizar, eu entendo que ele já se foi e com meus olhos cheios de lágrimas começo a correr.

Em direção a casa, com a cabeça baixa, após um tempo olho para frente um humano com uma espada em sua bainha "deveria ter ido pelas árvores, estou perto de mais, agora é tarde de mais vou morrer assim como meus amigos." quando esbarro nele, ele me olha e só vira as costas para mim, com medo fujo para as árvores e sigo para a casa onde estava as crianças, nos arredores da casa escuto gritos de crianças e os humanos colocam fogo rindo como se fosse engraçado, eu corro o máximo que consigo para o fundo da casa e forço a porta ainda em chamas quando de repente algo bate em minha cabeça. Então acordaria ofegante e com a respiração desenfreada caso continuasse no mesmo lugar que dormi levantaria dos galhos da árvore olharia em volta. "Foi apenas um sonho, ou melhor um pesadelo".

Logo então levantaria e olharia em volta, procuraria uma estrada caso encontrasse seguiria até encontrar uma pessoa aonde poderia me informa aonde haveria uma cidade próxima, se não encontrasse ninguém iria continuar andando até encontrar uma cidade, caso encontrasse um humano chegaria lentamente acenando de longe, com a cabeça baixa além de tentar manter uma distância para não revelar meu rosto perguntando: - Bom dia, o senhor(a) sabe aonde fica a cidade mais próxima? -

Caso ele conseguisse ver o meu rosto e entrasse em pânico sairia correndo para árvores ali por perto, se não estivesse por perto nenhuma árvore, correria para qualquer lugar onde pudesse me esconder e repararia na direção que essa pessoa seguisse depois, se ele desembainhasse uma arma correria em direção oposta a pessoa, pois não estaria portando nenhuma arma, caso se assustasse e corresse seguiria ele pois poderia estar indo até a cidade.

Se encontrasse a cidade olharia como ela aparenta e em seguida procuraria uma pessoa em uma multidão para que não reparasse em meu rosto para me orientar onde poderia encontra uma loja de arma, se não encontrasse uma pessoa iria procurar placas que pudessem me mostra aonde poderia encontrar uma, se não houvesse uma loja procuraria alguém e perguntaria a cidade mais próxima daquela.

Caso encontre a loja eu entraria e procuraria algum vendedor ou pessoa que estivesse no comando ali, e pediria:- Olá,gostaria de comprar um bastão simples, se quiser faço o que me pedir. -, caso não quisesse negociar comigo pela aparência olharia aonde se encontra a arma se estivesse por perto tentaria pegá-la e correr, caso ela não estivesse por perto sairia da loja e esperaria anoitecer, para tentar roubar. Caso neste dia não consiga encontrar uma cidade iria procurar uma árvore na qual tivesse frutas para poder comer e descansar, dormiria ali e continuar procurando outro dia
legenda:
 

off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptyTer 25 Jun 2019, 00:25

Interação!
Era mais um belo dia que começava em Wars Island, o Sol começava a nascer, pássaros começavam a cantar, pessoas se levantavam e iam trabalhar tanto no campo, quanto na cidade, todos viviam com mais um dia de suas rotinas enraizadas e com Sun, não era diferente ou quase. O rapaz acordou, mas estranhamente estava embaixo de uma árvore, acima de um amontoado de folhas, não sabia o que tinha acontecido muito bem e aparentemente também não sabia por que estava naquele lugar.

A primeira coisa que avistou foi um velho passando pela estrada em cima de uma carroça puxada por um cavalo, vendo aquilo, se aproximou e pediu por informações. No que pediu, o velhote que era bastante pequeno, usava óculos, era calvo, sem falar em suas roupas simples de camponês e um cheiro forte de esterco de vaca olhou para ele de baixo em cima e apontou para trás com uma cara emburrada ao dizer ainda mais emburrado.

- Ucê não é daqui, não é? É só seguir por essa estrada da direção que eu tô vindo e vai dar de cara com a cidade... Esse povo de cidade grande é tudo esquisito... Não pode dar uma saidinha e já se perde... Devia aparar esses pelos... Tá parecendo até um macaco... Garoto estranho... –

Conforme acabou de falar, deu a ordem com as mãos a balançar a corda presa à boca do animal que o guiava e saiu andando resmungando de vai saber o quê. Já o jovem saiu andando e deu de cara com a cidade, era um lugar bastante movimentado com todo tipo de pessoas fazendo seus corres, mas o que mais marcava era que a população parecia pobre e pelos uniformes utilizados, a maioria das pessoas pareciam trabalhar no mesmo lugar, sem falar em um cheiro horrível na cidade, como se algo estivesse a poluindo, algo marcado por um cheiro terrível de chorume.

O jovem vagou pela cidade por alguns minutos até que viu uma placa indicando que era uma loja de armas, não demorou até que entrasse e se deparasse com todos os tipos de armamentos, desde simples bastões, até complexas armas de fogo com todo o tipo de detalhes. Com isso, falou sobre querer comprar um bastão, o que levou ao dono, ou no caso, dona, já que era uma bela mulher bem avantajada com os cabelos rosados, tendo uma parte pintada de preto, sem falar em seus olhos marcados pelo fato de um ser cor de rosa e o outro preto, a o responder com um sorriso e uma doce e suave voz.

- Certo, pode olhar um daqueles, cada um saí por B$ 40.000. – Era notável o fato da garota não ligar para sua aparência, nem sequer um desviar de olhar foi dado, ela parecia simplesmente não se importar. O único problema era que o Mink não tinha um tostão furado no bolso, o que poderia ser um problema em uma negociação.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Unknown[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Imagem4[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menino da Bíblia
Membro
Membro
Menino da Bíblia

Créditos : 6
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 9010
Masculino Data de inscrição : 09/06/2019
Idade : 18

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptyQui 27 Jun 2019, 23:18

Em Busca do dinheiro
Enquanto andava até a cidade aonde o velho em sua carroça havia me direcionado fique pensando em nossa conversa: "Mesmo sendo rabugento de sua forma foi gentil comigo então o respondi com um pouco de insegurança pelas suas palavras:-obrigado senhor, eu sou assim mesmo e sou novo pelas redondezas, obrigado pelo conselho -"mas será que ele não é como os outros" logo depois iria olhar em volta e correr para a cidade, ansioso, pois nunca estive em uma cidade humana.

Chegando na cidade e vendo aquela situação deplorável que ela se encontrava, reparando nas pessoas todas sujas e aquele cheiro me incomodando, como se a cidade inteira fosse como a sujeira, um pouco triste pois esperava mais de uma cidade, porém iria continuar a procura da loja, com medo de meu passado e andando inquietamente, pensando"Preciso logo de uma arma assim caso algo aconteça não irei ser um menino indefeso" chegando na loja ficaria encantado com o tanto de coisas e pelo fato de que a loja é melhor do que as casas que havia visto no resto da cidade, quando a moça se aproximasse e falasse comigo iria ficar meio tímido, por uma mulher bonita como aquela e iria então perguntar a ela: -QUARENTA MIL???!!! eu sou novo por aqui e estou sem dinheiro,mas isso parece muito para mim, por acaso você não poderia me dar algumas tarefas eu posso fazer o que me pedir, se não querer entendo - ficaria esperando a sua resposta.

Caso ela aceitasse a minha proposta com uma alegria gigantesca e com uma expressão alegre iria explanar:- Muito obrigado mesmo, nossa como você me ajudou- logo depois iria perguntar com receio do que falava:-Desculpa ser invasivo assim mas qual seu nome e seu cabelo e seus olhos são legais, porque são assim ?- logo depois, se fosse algo delicado e ela não gostasse de falar sobre eu ficaria envergonhado e pediria: -Minhas sinceras desculpas, não voltarei a perguntar sobre- logo depois iria perguntar :-Então do que precisa que eu faça ?-

Caso ela não aceite a proposta eu falaria:-Entendo, desculpe-me por incomodá-la, ao menos poderia me informa onde posso arrumar um trabalho para conseguir dinheiro sairia de cabeça baixa e procuraria outra loja entrando em todas e perguntando:-Licença senhor(a), poderia me informa o valor de seu bastão mais barato- caso encontrasse alguma loja aonde houvesse a arma mais barata, iria perguntar: - Com licença senhor(a), gostaria de um bastão mais simples que tiver não possuo dinheiro se pudesse me oferecer algum emprego? , ficaria honrado e muito feliz em fazer.- , porém se ele(a) não me contratasse ali iria procurar pela cidade um emprego entrando em qualquer comercio e conseguir o dinheiro perguntaria:- Senhor(a), poderia por acaso me dar um emprego, sou novo a cidade, não sei muita coisa, mas prometo me esforçar o máximo-caso não arrumasse um emprego sairia da cidade na noite pra que pudesse encontra alguma árvore aonde pudesse me deitar, triste por não conseguir encontrar ajuda, além de pensar "A como sinto saudades de minha vila com a comida quente, uma cama confortável e sem muita preocupações" até então conseguir dormir.

Se não acontecesse nada durante a noite iria até a cidade procuraria aquelas pessoas com o mesmo uniforme perguntaria:- Com licença senhor(a), aonde você trabalha ? preciso de um emprego para conseguir me defender e um lugar para dormir e comer. em seguida se me enformassem iria com um pouco de esperança até esse local, olharia em volta procuraria um responsável ao qual poderia pedir: - Com licença senhor(a) poderia me informar aonde posso ir para poder trabalhar aqui ? gostaria de ganhar um dinheiro.- então seguiria se me enformasse iria até essa pessoa e lugar e pediria o emprego, caso fosse com ele iria conversa com ele mesmo, com medo pois se não conseguisse não saberia o que fazer.
legenda:
 

off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptySeg 01 Jul 2019, 21:48

Interação!
A garota ficou o encarando por alguns breves segundos com a sua proposta, sendo que o olhou dos pés a cabeça algumas vezes, até que colocou a mão direita segurando o queixo e olhando não para seu rosto, mas para um lugar vazio, como se estivesse bastante pensativa em relação a sua proposta. Após alguns breves segundos, ela deu um lindo sorriso com aquela face angelical e o respondeu tranquilamente.

- Bem, meu último funcionário saiu recentemente... Eu faço muitas viagens para aprimorar minhas técnicas como ferreira e nesse tempo, a loja não pode ficar sozinha, talvez você pudesse trabalhar para mim... -

Antes que ela pudesse continuar, o jovem agradeceu e comentou sobre sua aparência, algo que fez com que ela revirasse os olhos, como se tivesse ficado entediada. Provavelmente essa reação era o efeito de ser questionada sobre sua aparência a vida toda com cada uma das almas vivas que compõe esse mundo e acabaram esbarrando com a ferreira de alguma forma. Ainda assim, educadamente, ainda esbanjando um belo sorriso, respondeu o rapaz.

- Minha mãe tinha o cabelo rosado e meu pai, preto, acabou que eu tive uma característica genética chamada de heterocromia, isso fez com que eu nascesse com os pigmentos dessa forma. Mas não se preocupe, eu não sou um monstro, hahahaha. -

Com sua risada, ela continuou com sua fala ao explicar o que o jovem deveria fazer, ainda mantendo sua calma. - Como ia dizendo, vou precisar de um funcionário, basicamente, você precisaria cuidar da loja, mas é algo meio perigoso, além de varrer e vender, você precisaria defender ela de bandidos. Volta e meia, eles vem tentar roubar de minhas valiosas armas, foi assim que o penúltimo funcionário morreu e também foi o que levou o último a se demitir. - Ela deu um sorriso ainda maior, ficando mais empolgada, demonstrando sua satisfação com o que diria a seguir. - Pode não parecer, mas eu sou a melhor ferreira desse Blue! E quando aprender tudo que tem para aprender aqui, vou navegar pela Grand Line e me tornar a melhor do mundo! -

Foi aí que uma outra garota, dessa vez uma loira, também muito bonita e com as curvas avantajadas, tendo um corpo de dar exemplo com cerca de 1,65 e as medidas 90/60/90 adentrou o lugar. No que ela fez isso, pegou um florete e andou na direção dos machados, ficando lá por alguns segundos, até que a jovem ferreira de cabelos rosados olhasse para ela e sussurrasse. - Meu nome é Neopolitan! Qual o seu mesmo? - E concluísse apontando para a garota que entrou assim que fosse respondida.  - Quero ver se você é um vendedor, tente vender para ela! Eu não tive tempo de mostrar minhas habilidades de vendas, já que você nem sequer tinha dinheiro, mas quero ver como se saí! -

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Unknown[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Imagem4[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menino da Bíblia
Membro
Membro
Menino da Bíblia

Créditos : 6
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 9010
Masculino Data de inscrição : 09/06/2019
Idade : 18

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptySab 06 Jul 2019, 19:12

Primeira Venda ?

Logo após sua explicação olharia para ela pensando Uau, assim que é uma ferreira, nunca havia visto uma, deve ser legal viajar o mundo". Então quando ela terminasse olharia em volta da loja tentando olhar onde estava tudo "Nossa então aqui poderei passar a trabalhar" então abrir um sorriso, então quando a moça entrasse iria me inclinar para perto de Neopolitan e cochicharia em sua orelha: - Prazer eu sou Wukong, Sun Wukong como um grande ancestral.- sorriria e então olharia para a garota que havia entrado tentaria observa o que ela usava tentando pensar e qual arma ela poderia querer, por algum detalhe em suas vestes como uma bainha, um coldre para armas ou qualquer outro aparato, caso soubesse que arma ela utilizasse iria, respirar fundo e ir até ela dizendo: -Olá, com licença meu nome é Wukong, qual seria o seu ?- se me respondesse iria sorrir e dizer que: - É um prazer lhe conhecer, a senhora procura um(a) (bastão, foice, Chicote, espada, adaga, sai, lança ou kunai)?- Caso não houvesse nada que pudesse me informa o que ela procurava iria respirar fundo, arrumar a postura e apenas perguntar seu nome logo depois de sua resposta iria pergunta:- É um prazer, a senhora estaria procurando algum equipamento ou arma ?-

Caso esta viesse a me responder citando a arma desejada, olharia em volta da loja e tentaria lembrar se havia visto esse tipo de equipamento em algum lugar, caso lembrasse diria:- Poderia me acompanhar ?- e seguiria até aonde o equipamento estaria, ao chegar iria dizer:- Aqui temos vários tipos e formas, fique a vontade para olhar e se algo lhe interessar pode me falar.- Ficaria aguardando e olhando para Neopolitan pra ver se ela está me observando, caso algum equipamento a interessasse a ela me perguntasse o preço iria ficar pensativo e olhar para o equipamento tentando enxergar, algum preço ou algo assim, se encontrasse iria sorrir e informar o preço para a moça: - Esta peça é muito bem feita e esta apenas por (preço caso descobrisse)- e aguarda sua resposta, caso ela queria comprar iria sorrir e dizer:- Claro, pode me acompanhar ?- então seguiria até o balcão aonde a Neopolitan se encontra e esperar a moça em seguida falaria a ela que: - A moça gostaria de comprar essa peça- e mostrar para ela, caso ela não concordasse com o preço e tentasse negociar eu logo iria dizer:- Eu entendo que o preço não seja de seu agrado, mas essa peça foi feita por uma grande ferreira e além de tudo ela já teve seu valor diminuído no seu preço original, então peço que entenda meu lado posso tentar arrumar um desconto caso você leve mais algum item ficaria mas em conta para aceitar uma baixa no preço.- tentando parecer um pouco preocupado por estar fazendo isso e não saber se poderia dar certo.

Caso deste certo e ela concordasse iria chegar a Neopolitan e dizer :- Olha ela queria um desconto e compraria mais um item pra poder receber um desconto pode ser ?- então se a Neopolitan concorde eu iria seguir em seguida até a moça e iria dizer qual item você também gostaria de levar, com um sorriso no rosto por ter conseguido fazer uma negociação iria então pegar o item que ela me pedira e seguiria até Neopolitan e perguntaria: ela gostaria de adquirir esses 2 itens, por acaso qual poderia ser o valor que poderíamos descontar ?- em seguida de sua resposta iria até a moça e cobraria o valor assim proposto, e procurar se  ali existia alguma sacola para que possa entregar o item dentro se não entregaria diretamente, depois iria entregar o dinheiro a Neopolitan.

Caso não encontre nenhum preço no equipamento olharia para Neopolitan tentando enxerga algum sinal ou qualquer coisa que possa me dizer o preço da arma se ela tivesse escutado e não demonstrasse nenhum sinal, olharia para a moça e pediria: - Com licença, irei verificar para você-(se ela me tivesse dito seu nome o usaria para dar um ar de simpatia), então viraria e abaixaria a cabeça iria em direção a Neopolitan no caminho ficaria pensando: "Será que deveria ter informado o mesmo preço do bastão?". Logo então chegaria perto e cochicharia: - Desculpa, mas qual seria o preço desse equipamento ? se ela me informasse iria voltar até a moça e dizer:- Desculpe a demora, essa peça esta com um preço baixo hoje, por sorte só (o preço antes me informado) e esperar sua reação.

Caso o preço fosse muito caro para ela e ela não queria aquele preço iria dizer:- Podemos ver um com uma qualidade inferior e com um preço menor se a senhora preferir.- caso ela se interesse sorriria e perguntaria a Neopolitan se teria algum modelo mais barato para a moça, se houvesse iria mostrar e apresentar o preço que a Neopolitan houvesse e passado e perguntar com receio: - Por acaso esse preço lhe agrada ?- Caso o preço fosse satisfatório iria sorrir e dizer:-Muito bem, venha comigo então- levaria até o balcão e então iria trocar a peça pelo dinheiro então o entregar a Neopolitan

Caso e qualquer momento a moça tente roubar a peça ou algum item da loja e iria tentar impedir ela, caso corresse iria correr atrás dela sem pensar 2 vezes pensando"Não posso deixar ela fugir", caso ela tente me ataca iria me acalmar e parar no mesmo e flexionar os joelhos caso viesse com um golpe de cima para baixo tentaria desviar com um salto para trás, se visasse um golpe horizontal na cabeça ou pescoço iria tentar me esquivar abaixando, caso estivesse com uma arma de longa distância iria me esconder em um beco quando ela tentasse mirar em mim, caso viesse com um golpe para tentar me derrubar pularia e tentaria pisar na arma se viesse sem a arma me derrubar e tentasse me derrubar com uma rasteira iria apenas tentar desviar para trás e conversa com ela:- CALMA! Moça, não faça isso esse é meu primeiro emprego se quiser diminuímos o valor pra você tentando persuadi-lá a e entregar a arma ou voltar a loja.

Caso tente lutar novamente iria tentar retirar a força a arma,adotando uma postura mais agressiva tentando ir para cima tentando derruba-lá ou apenas retirar a arma dela, caso fosse uma arma de fogo iria tomar cobertura e avançar nela tentando ir com tudo para cima tentando surpreende-lá, caso fosse uma arma de curta distância tentaria esperar um ataque ou algum erro para avançar, caso ela tente me ataca iria me acalmar e parar no mesmo e flexionar os joelhos caso viesse com um golpe de cima para baixo tentaria avançar e abraçar ela para que não pudesse desferir o golpe, se fosse um golpe horizontal na cabeça ou pescoço iria tentar me esquivar abaixando e empurrando ela para cair e tentar pegar a arma, caso fosse um golpe baixo pularia e iria pisar na arma para tirar de sua mão ou trava-lá ao chão, sempre tentando convence-lá a me entregar a arma falando coisas como:- Eu não quero te machucar-"nem machucar a mim mesmo" ou como - Por favor não faça, vamos evitar um conflito-.

Caso ela corra mais iria segui-lá até que ela pare ou eu alcance ela na corrida, tentando sempre conversa com ela, se não parasse de correr iria até ela tentando derruba-lá sentindo errado por estar perseguindo alguém pela cidade, se por acaso não conseguisse evitar seus ataques e ela evitasse minhas investidas a ponto de me machucar iria pressionar a ferida e persistir em conseguir recuperar a arma ou até que ela desista gritando:- Não vou desistir, pare agora por favor.-

Se tudo ocorresse bem voltaria a loja e iria conversa com Neopolitan e perguntaria: - Por acaso fui o suficiente ? então se ela concordasse que continuasse a trabalhar ali iria abrir um sorriso e pedir: Bom precisaria aprender os preços se você puder me informar tudo ficaria grato, você quer que passe todo meu tempo aqui até noites para caso alguém tente invadir ? Não sou muito de brigar mas farei o máximo para que possa proteger a sua loja caso ela me informasse e quisesse que ficasse por ali e não acontecesse nada até o anoitecer iria preocurar um lugar aonde poderia conseguir comida de graça ou uma árvore com frutas ou algo assim, se não encontrasse iria então passar  dia sem comer pensando:"Não seria bom pedir dinheiro no meu primeiro dia." logo e seguida voltar para loja e ficar por ali

legenda:
 

off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptySeg 08 Jul 2019, 22:14

Post Negado!


*E aí Jaum11. Achei bem divertido o seu post, mas ainda sim, tive que o negar. Não neguei ele porque ele possui muitos problemas, mas existem alguns pontos que precisamos trabalhar e negando é o jeito mais fácil de cortar o mal pela raiz sem que você perca tudo o que você fez, editando apenas para que se adeque ao proposto aqui.

A primeira coisa que vou te pedir, apesar de não estar errado, é que remova do seu texto a parte do combate, ainda não chegamos nessa fase do tutorial, estamos na parte da interação, então se quer impedir que a garota roube a loja ou coisa parecida, não lute com ela, faça isso conversando, se quiser correr atrás dela, ok, mas nada de se defender ou atacar ela, sempre que um narrador for dar início a um combate, vai ter algum aviso ou indício no post dele, do contrário, você teria que fazer um post de combate para qualquer pessoa aleatória que aparecesse, não concorda?

Agora, mais uma coisa que você deve ver em seu post é a questão da ortografia, para um player é essencial que não hajam erros de português, levando em conta que isso é um dos critérios de avaliação aqui no fórum.

Por fim, cuidado com a repetição de palavras, como por exemplo "caso" que você utiliza no início de praticamente todos os seus parágrafos, isso acaba ficando cansativo de se ler. Tente sempre utilizar sinônimos para que isso não ocorra, como nesse exemplo onde você poderia utilizar "na hipótese de...", "se...", "suponto que...", etc.

Abraços e no aguardo das correções.*

____________________________________________________

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Unknown[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Imagem4[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menino da Bíblia
Membro
Membro
Menino da Bíblia

Créditos : 6
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 9010
Masculino Data de inscrição : 09/06/2019
Idade : 18

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptyQua 10 Jul 2019, 04:18

Primeira Venda ?

Logo após sua explicação olharia para ela pensando: "Uau, assim que é uma ferreira, nunca havia visto uma, deve ser legal viajar o mundo". Então quando ela terminasse olharia em volta da loja, tentando olhar onde estava tudo. "Nossa então aqui poderei passar a trabalhar" então abrir um sorriso, depois quando a moça entrasse iria me inclinar para perto de Neopolitan e cochicharia em seu ouvido: - Prazer eu sou Wukong, Sun Wukong como um grande ancestral.- sorriria e então olharia para a garota que havia entrado, tentando observa o que ela usava tentando e pensar e qual arma ela poderia querer, por algum detalhe em suas vestes como uma bainha, um coldre para armas ou qualquer outro aparato, caso soubesse que arma ela utilizasse iria, respirar fundo e ir até ela dizendo: -Olá, com licença meu nome é Wukong, qual seria o seu ?- se me respondesse iria sorrir e dizer que: - É um prazer lhe conhecer, a senhora procura um(a) (bastão, foice, Chicote, espada, adaga, sai, lança ou kunai)?- Tentando demonstrar alguma iniciativa, caso não houvesse nada que pudesse me informa o que ela procurava iria respirar fundo, arrumar a postura e apenas perguntar seu nome logo depois de sua resposta iria pergunta:- É um prazer, a senhora estaria procurando algum equipamento ou arma ?-

Desde que esta viesse a me responder citando a arma desejada, olharia em volta da loja e tentaria lembrar se havia visto esse tipo de equipamento em algum lugar, caso lembrasse diria:- Poderia me acompanhar ?- e seguiria até aonde o equipamento estaria, ao chegar iria dizer:- Aqui temos vários tipos e formas, fique a vontade para olhar e se algo lhe interessar pode me falar.- Ficaria aguardando e olhando para Neopolitan pra ver se ela está me observando, no caso de algum equipamento a interessar e ela me perguntasse o preço iria ficar pensativo e olhar para o equipamento tentando enxergar, algum preço ou algo assim, se encontrasse iria sorrir e informar o preço para a moça: - Esta peça é muito bem feita e esta apenas por (preço caso descobrisse)- e aguarda sua resposta, se ela queria comprar iria sorrir e dizer:- Claro, pode me acompanhar ?- então seguiria até o balcão aonde a Neopolitan se encontra e esperar a moça em seguida falaria a ela que: - A moça gostaria de comprar essa peça- e mostrar para ela, caso ela não concordasse com o preço e tentasse negociar eu logo iria dizer:- Eu entendo que o preço não seja de seu agrado, mas essa peça foi feita por uma grande ferreira e além de tudo ela já teve seu valor diminuído no seu preço original, então peço que entenda meu lado posso tentar arrumar um desconto caso você leve mais algum item ficaria mas em conta para aceitar uma baixa no preço.- tentando parecer um pouco preocupado por estar fazendo isso e não saber se poderia dar certo.

Estaria receoso e acaso deste certo e ela concordasse iria chegar a Neopolitan e dizer:- Olha ela queria um desconto e compraria mais um item pra poder receber um desconto pode ser ?- então se a Neopolitan concorde eu iria seguir em seguida até a moça e iria dizer qual item você também gostaria de levar, com um sorriso no rosto por ter conseguido fazer uma negociação iria então pegar o item que ela me pedira e seguiria até Neopolitan e perguntaria: ela gostaria de adquirir esses 2 itens, por acaso qual poderia ser o valor que poderíamos descontar ?- em seguida de sua resposta iria até a moça e cobraria o valor assim proposto, e procurar se  ali existia alguma sacola para que possa entregar o item dentro se não eu entregaria diretamente, depois iria entregar o dinheiro a Neopolitan.

Hipoteticamente se não encontre nenhum preço no equipamento olharia para Neopolitan tentando enxerga algum sinal ou qualquer coisa que possa me dizer o preço da arma, se ela tivesse escutado e não demonstrasse nenhum sinal, olharia para a moça e pediria: - Com licença, irei verificar para você-(se ela me tivesse dito seu nome o usaria para dar um ar de simpatia), então viraria e abaixaria a cabeça iria em direção a Neopolitan no caminho ficaria pensando: "Será que deveria ter informado o mesmo preço do bastão?". Logo então chegaria perto e cochicharia: - Desculpa, mas qual seria o preço desse equipamento ? se ela me informasse iria voltar até a moça e dizer:- Desculpe a demora, essa peça esta com um preço baixo hoje, por sorte só (o preço antes me informado) e esperar sua reação.

Caso o preço fosse muito caro para ela e ela não queria aquele preço iria dizer:- Podemos ver um com uma qualidade inferior e com um preço menor se a senhora preferir.- caso ela se interesse sorriria e perguntaria a Neopolitan se teria algum modelo mais barato para a moça, se houvesse iria mostrar e apresentar o preço que a Neopolitan houvesse e passado e perguntar com receio: - Por acaso esse preço lhe agrada ?- Caso o preço fosse satisfatório iria sorrir e dizer:-Muito bem, venha comigo então- levaria até o balcão e então iria trocar a peça pelo dinheiro então o entregar a Neopolitan

Se a qualquer momento a moça tente roubar a peça ou algum item da loja e iria tentar impedir ela, caso corresse iria correr atrás dela sem pensar 2 vezes pensando"Não posso deixar ela fugir" e conversa com ela:- CALMA! Moça, não faça isso esse é meu primeiro emprego se quiser diminuímos o valor pra você tentando persuadi-lá a e entregar a arma ou voltar a loja, por um acaso se ela corra mais  seguiria-lá até que ela pare ou eu alcance ela na corrida, tentando sempre conversa com ela, se não parasse de correr iria até ela tentando derruba-lá sentindo errado por estar perseguindo alguém pela cidade, persistir em conseguir recuperar a arma ou até que ela desista gritando:- Não vou desistir, pare agora por favor.-

Se tudo ocorresse bem voltaria a loja e iria conversa com Neopolitan e perguntaria: - Por acaso fui o suficiente ? então se ela concordasse que continuasse a trabalhar ali iria abrir um sorriso e pedir: Bom precisaria aprender os preços se você puder me informar tudo ficaria grato, você quer que passe todo meu tempo aqui até noites para caso alguém tente invadir ? Não sou muito de brigar mas farei o máximo para que possa proteger a sua loja caso ela me informasse e quisesse que ficasse por ali e não acontecesse nada até o anoitecer iria preocurar um lugar aonde poderia conseguir comida de graça ou uma árvore com frutas ou algo assim, se não encontrasse iria então passar  dia sem comer pensando:"Não seria bom pedir dinheiro no meu primeiro dia." logo e seguida voltar para loja e ficar por ali

legenda:
 

off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptyDom 14 Jul 2019, 23:46

Combate!
Vendo a aproximação e a simpatia do rapaz, a garota loira pegou uma das katanas que estavam em um dos barris e a desembainhou ao analisar a sua lâmina, nesse momento o jovem podia sentir um leve e adocicado cheiro de morangos vindo da garota, quase como se o atraísse. Com isso, a jovem guardou a lâmina com um sorriso ao encaixá-la na cinta que levava e de forma simpática falou com um leve sorriso, além de utilizar de sua doce e suave voz.

- Acho que vou levar essa, gostei dela. – Vendo o preço no barril, o jovem a informou, mas estranhamente ela não mudou a reação, manteve os olhos fechados e apontou para alguns machados que estava pendurado na parede ao dizer. – Pode pegar um daqueles machados para mim? Quero dar uma olhada neles, pode ser o maior de todos. – Com isso o jovem foi até o maior de todos e levou até ela, que precisou de algum esforço para o segurar para então completar. – É, acho que esse vai servir... QROW. –

Foi quando antes que o rapaz pudesse fazer qualquer coisa, ela saltou para trás com alguma dificuldade indo na direção da porta e entregou o machado para um homem bastante alto, ele não parecia ser muito musculoso, mas segurava o machado sem nenhuma dificuldade, possuindo longos cabelos negros e olhos avermelhados, além do que pareciam ser roupas bastante finas e brancas com um ou outro adorno. Foi quando Neopolitan balançou a cabeça e disse bastante séria.

- Por essa eu não esperava... Se aquele é o Qrow, você deve ser a Yang... Wukong, aqules dois são bandidos bastante conhecidos aqui no Blue entre os ferreiros, eles roubam lojas de armas por inteiro e vendem no mercado negro, vamos ter que lutar se quisermos sair vivos, pegue alguma arma! – Nesse momento, Neo pegou duas rapieiras, já se preparando para o combate.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Unknown[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Imagem4[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menino da Bíblia
Membro
Membro
Menino da Bíblia

Créditos : 6
Warn : [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* 9010
Masculino Data de inscrição : 09/06/2019
Idade : 18

[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* EmptySex 19 Jul 2019, 23:11

DUELO!!

Com o súbito pulo de Yang segurando o machado ficaria surpreso pela sua força por pular com um machado daqueles na mãos e então voltar a mim mesmo com as instruções de Neopolitan, com medo de poder morrer, correria até aonde se encontrava os bastões e pegar aquele que Neo me recomendará antes, mesmo sendo barato, logo então esperaria até que alguém fizesse algo, se Neo fosse para cima logo então repararia nos movimentos de meus inimigos se ela fosse atacar qualquer um observaria o outro, se ele(a) fosse para cima de Neopolitan por ela estar focada em seu companheiro, logo então atacaria ele(a) para que não a atacasse pelas  costas ou a Neo ficar em desvantagem, então correria com tudo para cima dele(a), se por acaso desse as costas para mim miraria em sua perna de apoio com um golpe de bastão segurando-o com a mão esquerda em sua ponta e deferindo um golpe longo da esquerda para direita, se ele(a) tivesse indo para a esquerda assim jogando seu pé para trás para que pudesse cair, se estivesse indo para o outro lado inverteria a direção de meu golpe, esperando para saber se ele(a) tombasse, logo então pularia em cima dele(a) para que ele(a) não consiga se mover forçando ele(a) contra o chão e jogar a arma para longe com minha cauda ao enrola-la no cabo e ajudando com as pernas chutando a arma para longe do alcance de meu oponente, se a Neopolitan tivesse alguma complicação enquanto estou com o adversário, logo daria um enforcamento nele(a) para que ele(a) desmaiasse colocando minhas mãos em volta de seu pescoço e colocando meu peso sobre ele(a) e utilizando minhas pernas para prender as pernas dele(a) logo depois ajudaria Neopolitan; Mas se não estivesse de costa enquanto tentá ajudar seu companheiro e sim passando por mim, caso Neo estivesse lutando para atrás de mim, pularia passando por seu lado tentando manter o bastão junto ao meu corpo segurando o firme para usar a força de meu corpo contra ele(a) e bater o bastão em seu peito tentando derruba-lo(a) no chão; Caso estivesse muito longe e ele(a) fosse chegar primeiro do que, eu pararia de correr seguraria o bastão com as mãos acima de meus ombros arremessaria o bastão mirando em suas pernas para que o derrubasse, se eu errasse gritaria: - Cuidado!- para Neo tentando alerta-la que ele estava indo para cima dela e correr na direção de quem estivesse ali, mas se acertasse iria correr até ele(a) no chão, chutaria sua arma e tentaria prende-lo(a) segurando seus braços, porém caso levantasse iria tentar lutar com ele(a).

Procuraria o bastão ali por perto se ele não estivesse ali por perto ou ele(a) tivesse pegado ele iria pensar "Deverei lutar de mãos abanando ou tentar usar sua arma?" logo então deixar de lado a ideia de usar uma arma que não conheço e partir para o soco, se estivesse sem arma esperaria, se ele(a) viesse com um soco com a mão esquerda desviaria para direita e aproveitar o movimento para tentar dar um chute giratório com minha perna direita e sua costela direita, se desse com a mão direita ia inverter o sentido do golpe assim como a perna, tentando ser o mais rápido possível se não fosse possível ou ele(a) defendesse logo então afastaria e partiria para cima dele dando uma sequência simples de soco de esquerda, direta e um cruzado de esquerda para tentar surpreende-lo(a) visando seu queixo para derruba-lo(a); Caso ele não viesse com socos e sim com chutes iria dar um passo para trás e abrir uma distância entre nós dois, tentando ficar em uma posição mais difícil dele me acertar e caso viesse com um um chute alto iria abaixar e avançar em suas pernas para que possa derrubar, e então levantar e tentar dar uma serie de socos nele(a); Se fosse um chute baixo nas pernas iria apenas defender levantando a perna e colocando minha canela contra seu pé, para machuca-lo(a) e voltar para posição inicial; Se fosse um chute na altura do peito, tentaria agarrar sua perna com as duas mãos então puxar sua perna em minha direção enquanto rodopiaria tentando derruba-lo no chão, logo depois tentar render ele(a) enquantoestivesse no chão.

Caso ele(a) pegasse uma arma e me deixasse desarmado enquanto tenta lutar comigo adotaria uma postura um pouco mais defensiva olharia então se estaria com sua arma, iria ver se é o Qwor, se fosse iria tentar atrai-lo para um lugar mais fechado para que não possa usar seu machado como desejado e pudesse mante-lo desconfortável, caso ele não quisesse entrar o provocaria com:- O que foi? alguém como você com um machado desse esta com medo de um ajudante de loja desarmado ?- tentando fazer ele ser orgulhoso e vir para cima de mim furioso, se viesse eu logo iria me preparar e esperar seu golpe se viesse correndo sem um plano com o machado erguido para dar um golpe de baixo para cima pela facilidade, iria correr em sua direção e tentar dar um chute em seu peito já tentando pegar o machado em suas mãos bate-lo no chão para ele ficar preso e logo em seguida socar em seu rosto para que soltasse o machado, ou levasse o soco ou tentasse me bater, se soltasse o machado passaria a perna por trás dele com minha perna esquerda, puxar ela para ele perde o equilíbrio e logo depois colocaria minhas duas mãos em seu peito joga-lo no chão para perder o ar e logo depois chegar já o esmurrando para que o apague, com muito medo "Nunca quis recorrer a violência desta forma, mas estou com medo, também não quero mata-lo."; Se ele viesse com o machado a sua frente como se faz com uma lança, esquivaria para a esquerda colocar minhas mãos abertas ao lado da lamina e empurrar para a pratilheira para que ficasse presa ou difícil de remove-la em seguida guiaria minha cauda para seu pescoço, caso ele tente segurar minha cauda seguraria seus braços com minhas mãos e agarrar suas pernas com as minhas sem medo de cair no chão com medo de mata-lo; Se ele não viesse para cima de mim quando tentei provoca-lo iria investir nele, e olhar se ele atacasse para ver sua reação, se me desse um golpe tentaria desviar abaixando se fosse alto com um agachamento ou para o lado se fosse de baixo para cima, ou de cima para baixo e fosse baixo pularia tentando dar um chute nele enquanto estivesse no ar.

Se ele estivesse com a minha arma pois havia tacado nele atacaria indo pra cima e caso ele desse um golpe pela lateral me aproximaria dele tentando diminuir o impacto, e segurar na base aonde ele estivesse segurando e dar um chute em seu peito, para desarma-lo, se desse certo iria dizer -Está desarmado por favor desista.- e ver sua reação se ele se rendesse procuraria uma corda e amarra-lo, se ele não se rendesse e tentasse lutar, eu iria logo então preparar o bastão e logo ataca-lo com um ataque de cima para baixo na diagonal visando seu maxilar, com as duas mãos para um maior impacto, se ele desviasse para trás seguraria firme o bastão, deslisando a mão para pegar mas na frente enquanto a outra ão ficaria atrás na ponta, dando um passo em sua direção, e empurrando com a mão direita que estava atrás do bastão tentando atingi-lo no peito, para que se machucasse e continuaria, se ele desviasse para o lado bateria o bastão no chão para que subisse com o impacto no chão e pegaria na ponta com as duas mãos e faria como em um taco de beisebol dando um ataque de um lado para o outro em sua direção; Se ele viesse com um ataque de cima para baixo, iria desviar para o lado com um passo em frente para chegar perto dele colocaria a cauda no bastão, e com meu antebraço iria bater em seu braço para que soltasse com um movimento de um lado pra outro enquanto seguro o bastão com a cauda, se ele não soltasse iria logo tentar dar uma rasteira para que ele caia e não consiga mexer o bastão por causa de minha cauda subir nele e começar a soca-lo.

Mas se fosse a Yan e ela estivesse com sua katana pegaria qualquer arma ali por perto em seguida iria esperar ela atacar de preferencia alguma arma com um cabo longo de madeira como uma lança, ou machado de duas mãos ou uma foice e seguraria com as duas mãos uma acima da outra em posição de defesa, uma mão na altura de minha cabeça e outra na da cintura, esperando seu ataque, se atacasse com um golpe de cima para baixo, levantaria a mão que estava na altura da cintura para ficar na horizontal a arma acima da cabeça, desviaria para o lado deixando que acertasse o cabo da arma soltaria a arma presa em sua lâmina a abracaria e levantaria por ser provavelmente maior com um movimento de agachar enquanto vou para cima abracaria abaixo de seu ombro para que não possa me bater levanta-la no ar e passar a perna nela em seguida joga-la no chão e imobiliza-la; Caso desse um golpe horizontal iria mover a arma para o lado e parar seu ataque em seguida dar um giro segurando suas enquanto abaixo um pouco encaixando meu ombro em baixo de seu braço, logo depois empurraria seu braço para frente enquanto levantava e puxando sem braço para baixo e lançando ela para cima e derrubando ela no chão, logo depois retiraria a arma de suas mãos e a rendendo ela ao chão dizendo - Desista não quero te machucar-.

Caso ela estivesse com a minha arma iria partir pra cima, caso ela desse um golpe pela lateral me aproximaria dele tentando diminuir o impacto, e segurar na base aonde ele tivesse segurando e dar um chute em sua barriga, para desarma-la, se desse certo iria dizer -Está desarmada por favor desista.- e ver sua reação se ele se rendesse iria procurar uma corda e amarra-la, se ele não se rendesse e tentasse lutar, eu iria logo então preparar o bastão e logo ataca-lo com um ataque de cima para baixo na diagonal visando seu maxilar, com as duas mãos para um maior impacto, se ele desviasse para trás seguraria firme o bastão, deslisando a mão para pegar mas na frente, dando um passo a em sua direção, e empurrando com a mão direita que estava atrás do bastão tentando atingi-la no diafragma, para que se machucasse e continuaria, se ela desviasse para o lado bateria o bastão no chão para que subisse com o impacto no chão e pegaria na ponta com as duas mãos e faria como e um taco de beisebol dando um ataque de um lado para o outro em sua direção; Se ele viesse com um ataque de cima para baixo, iria desviar para o lado com um passo em frente para chegar perto dele colocaria a cauda no bastão, e com meu antebraço iria bater em seu braço para que soltasse com um movimento de um lado pra outro enquanto seguro o bastão com a cauda, se ela não soltasse iria logo tentar dar uma rasteira para que ele caia e não consiga mexer o bastão por causa de minha cauda subir nela e domina-la para que não pudesse reagir.

Se não fosse para cima de Neopolitan e sim de mim eu, logo então analisar se era o Qwor, se fosse flexionaria o joelhos para me preparar para uma esquiva pensando"Não posso levar esse ataque, sua arma é muito pesada." logo então iria ir para as pratilheiras um lugar mais estreito aonde ele não tenha uma liberdade tão grande com sua arma pelo tamanho, então esperar seu ataque, caso fosse um golpe de cima para baixo por estar em um ambiente mais fechado iria abaixar e avançar para frente posicionando o ombro direito para frente para que mesmo que receba o golpe não seja com a lamina e sim só o cabo e logo então esbarrar nele com meu ombro visando seu diafragma para que perca o ar e o equilíbrio e saia para trás logo em seguida levaria meus braços em sua direção para que consiga acerta o bastão nele novamente no mesmo lugar para causar uma dor maior, logo depois utilizar meu rabo para que pudesse derruba-lo pegando em seu pé; Se ele viesse com a lâmina de seu machado na altura de seu peito como uma estocada, iria rapidamente pular e bater meus pés nas pratilheiras para escalar, tentando minimizar o dano dos equipamentos ali próximos e desviar para cima de seu machado em seguida pular em cima de sua arma enquanto daria um golpe de cima para baixo com o bastão se o teto não fosse alto o suficiente cairia com meus pés em seu rosto não atacando com o bastão, tentando derruba-lo.

Mas se fosse a Yan que viesse para cima de mim logo então iria me posicionar em posição de combate com o joelho flexionado e com a arma em minha frente, e esperar ela atacar se ela atacasse, se atacasse com um golpe de cima para baixo, levantaria a mão que estava na altura da cintura para ficar na horizontal a arma acima da cabeça, desviaria para o lado deixando que acertasse o cabo da arma soltaria a arma presa em sua lâmina então soltaria minha arma e seguraria no cabo de sua katana puxando ela para baixo para que ela soltasse e eu ficasse com ela se ela não o fizesse a derrubaria ela, caso tire a arma eu ia dizer:-Desista não esta em condição de lutar sem arma eu estou armado- se ela desistisse a imobilizaria e procuraria uma corda para amarra-la, se ela viesse com um golpe de baixo para cima daria um passo para trás enquanto inclinaria para trás para não receber o golpe, se viesse com um golpe horizonta alto iria desviar abaixando segurando o bastão com a mão esquerda na ponta e batendo em seu pé para derruba-la, se ela não atacasse iria recuar um pouco arremessar o bastão em sua direção mirando em sua desta para que defenda olhando para cima ou olhe para o bastão e não preste atenção e correr para cima dela chegando já dando um soco nela para tentar derruba-la.

Se Neopolitan não atacasse e nenhumdeles eu iria atacar o Qrow, pois pensaria "rapieiras não se dariam tão bem com um golpe de machado". Começaria o provocando dizendo:- Esperava mais de vocês dois quando escutei suas historias, mas não são nada-, se ele viesse para cima iria usar o mesmo plano feito antes esperar seu golpe se viesse correndo sem um plano com o machado erguido para dar um golpe de baixo para cima pela facilidade, iria correr em sua direção e tentar dar um chute em seu peito já tentando pegar o machado em suas mãos bate-lo no chão para ele ficar preso e logo em seguida socar em seu rosto para que ou soltasse o machado, ou levasse o soco ou tentasse me bater, se soltasse o machado passaria a perna por trás dele com minha perna esquerda, puxar ela para ele perde o equilíbrio e logo depois colocar minhas duas mãos em seu peito joga-lo no chão logo depois chegar já o esmurrando para que o apague com medo "Nunca quis recorrer a violência desta forma, mas estou com medo, também não quero mata-lo."; Se ele viesse com o machado a sua frente como se faz com uma lança, tentaria esquivar para a esquerda colocar minhas mãos abertas ao lado da lamina e empurrar para a pratilheira para que ficasse presa ou difícil de remove-la em seguida guiaria minha cauda para seu pescoço, caso ele tente segurar iria segurar seus braços e agarrar suas pernas com as minhas sem medo de cair no chão com medo de mata-lo; Se ele não viesse para cima de mim quando tentei provoca-lo iria investir nele, e olhar se ele iria me atacar pararia no meio do caminho para ver sua reação se me desse um golpe tentaria desviar abaixando se fosse alto com um agachamento ou para o lado se fosse de baixo para cima, ou de cima para baixo e fosse baixo pularia tentando dar um chute nele enquanto estivesse no ar.

Caso conseguisse ganhar de algum ou não e a Neopolitan tivesse dificuldade iria parar tudo e ir correndo ajuda-la sem pensa em consequência "Ela foi maravilhosa comigo me deu meu primeiro trabalho não quero que ela morra" e iria entrar na frente de qualquer golpe ou pular em cima de seu adversário caso necessário, se não fosse preciso só iria pegar meu bastão e ajuda-la
legenda :
 

off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*   [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO* Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: