One Piece RPG
I - A world to be discovered - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini-Dori] Antes do começo
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Dori Hoje à(s) 09:30

» Sette Bello
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Pippos Hoje à(s) 06:36

» 10 Anos de OPRPG - Olimpíadas
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 05:40

» Timbre Mudo
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Wesker Hoje à(s) 04:16

» There's no good man in the west
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:01

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 03:43

» Contos lunares - O Mercador e o Ifrit
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:24

» II - Aliados
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:17

» I - Pseudopredadores
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Lurion Hoje à(s) 01:16

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:38

» Galeria Volker ~
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Axell Ontem à(s) 22:45

» Bastardos Inglórios
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Dante Ontem à(s) 21:35

» O bando nasce! Nobreza contra ralé!
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Aesop Ontem à(s) 21:10

» Capítulo I - Despedida
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 19:28

» CAP. 2 - Preparação para a escalada
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Palitinho Ontem à(s) 18:00

» Cap. 2 - The Enemy Within
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor King Ontem à(s) 17:56

» Tidus Belmont
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 17:40

» Fanalis B. Ria
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 17:30

» On The Top Of The World
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor GM.Kekzy Ontem à(s) 16:32

» Capítulo I - Surgem os Eternos!
I - A world to be discovered - Página 6 Emptypor Ripper Ontem à(s) 16:26



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - A world to be discovered

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 44
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptyQui 30 Maio 2019, 14:12

Relembrando a primeira mensagem :

I - A world to be discovered

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Roevs Goldwell. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Roevs
Civil
Civil


Data de inscrição : 11/05/2019

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptySex 20 Dez 2019, 11:03


As nuvens cobriam os céus mais adiante. “Uma tempestade?” indago em meio aos meus vagos pensamentos. No fim me enganei em pensar que a médica era alguém frágil, ela aparentava estar totalmente calma e confiante na atual situação, uma incrível mulher estava ali diante meus olhos.

Encostando o solado de meus pés no convés emitia um som ensurdecedor, nada que viesse a ser feito diminuiria tal som. Um pequeno corredor nos recebe, com algumas entradas a cômodos desconhecidos até então, separados dois de cada lado do corredor e um em sua ponta. A primeira porta a direita se tornou nosso destino, com a trilha sonora do mar agitado nos acompanhando.

Talvez para a nossa tristeza ou felicidade, nada havia naquele primeiro cômodo, aparentemente era uma simples dispensa. – O que foi? – questiono em baixo som a ação de Lucie quando íamos sair da sala. Até que escuto o breve som de uma porta ali próximo se abrindo e vozes surgindo.

- Aparentemente não estamos sozinhos, acredito que vamos ter que lidar com eles. – diria olhando em direção a Rémi, como se tais palavras fossem dirigidas a ele. – Você disse que prisioneiros é melhor que cadáveres, então evitarei mata-los, então, tenho uma sugestão para o que ser feito. – retiro minha adaga com a mão esquerda da bainha e a seguro firmemente me aproximando da porta. – Podemos seguir dois caminhos, pelos sons das vozes e as últimas palavras que consegui ouvir, um dos indivíduos está saindo, podemos ir atrás dele e captura-lo ou executá-lo. O outro caminho que podemos decidir seguir é ignorá-lo e cuidar dos outros possíveis indivíduos que ficou por aqui e ver o que encontramos nas outras portas restantes. Eu recomendaria seguirmos o primeiro caminho, mas, se pensarem em algo mais interessante, seguirei as ordens. – fecharia meus olhos ao fim e buscaria notar qualquer possível som de pessoas que pudesse se aproximar de onde estávamos, no entanto, não retiraria minha atenção de meus outros dois companheiros. Minhas palavras seriam em um tom baixo o suficiente para os dois ouvirem com clareza.

Se eles aceitassem a minha primeira sugestão de movimentação, eu diria para Rémi ir na frente e permitir que eu fique na retaguarda, assim conseguiria me movimentar melhor se for necessário. Mas, caso eles decidam a segunda opção, os seguiria como estava a fazer até o momento e se necessário executaria movimentos com a intenção de matar os inimigos, mesmo que a ordem era para fazer prisioneiros se possível, eu realmente preferia mata-los do que ter dor de cabeça depois.

Em todo caso, se houver surgimento de inimigos e eles não notarem nossa presença e eu estivesse próximo o bastante para executar algum movimento, eu buscaria aproximar por de trás dos indivíduos e posicionar a lâmina de minha adaga em sua garganta. – É melhor você não se mover, caso tenha amor a sua vida. – diria no ouvido de minha presa.

Caso os inimigos notem nossa presença, não precisaria mais agir de forma cautelosa e silenciosa, ficaria em posição de contra-ataque, esperando um movimentação deles.


OBJETIVOS ATUAIS:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 105
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptySeg 23 Dez 2019, 20:02


Narração
Céu Limpo
Noite
Localização: Organ Island - East Blue

Roevs Goldwell
Ao ouvir as opções que Roevs falou, Rémi não pensou duas vezes. - Claro que vamos atrás do cara que ficou sozinho. - Falou o menino já se preparando para sair, ele estava com os joelhos flexionados, ficando agachado. Ele abriu um pouco a porta e olhou pela fresta. - A segunda porta da esquerda está aberta... temos que voltar lá para cima sem chamar a atenção. - Alertou já abrindo mais um pouco a porta para seguir. Rémi ia na frente, Lucie era a segunda e Roevs ficava na retaguarda.

Conseguiram passar apesar de ouvir algumas vezes os passos de Lucie ecoando a sua frente, a médica não era tão boa quanto ele e Rémi no dom da furtividade. Pelo menos o barulho não fora o suficiente para chamar a atenção dos homens na segunda porta a esquerda e assim ao subirem até o convés viram um homem olhando para a cidade. O vento já estava mais forte do que estava a poucos minutos quando entrou dentro do navio. Não faltava muito para a tempestade começar.

Rémi aos poucos se aproximava do homem que estava de costas para eles, via o terno que o homem vestia, provavelmente era um agente mesmo do governo mundial. Via o homem sendo rendido rapidamente, o mesmo não conseguiu gritar por causa da mão do revolucionário tampando a boca dele. Porém o agente não se dava por vencido e ia se debatendo. O barulho ia aumentando, ia chamar a atenção dos homens lá dentro se não fizessem nada, a única coisa que auxiliava ali naquele momento era o vento que também estava aumentando seu tom.

Não só Rémi precisava de ajuda para terminar de render o agente, como precisavam já planejar seus próximos passos, os homens lá dentro não esperariam infinitamente, como também não podiam perder a chance de receber informações.



Legendas:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Roevs
Civil
Civil
Roevs

Créditos : 6
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 11/05/2019
Idade : 21
Localização : Organ Island|East Blue

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptyTer 18 Fev 2020, 08:15


A escolha foi feita e nosso retorno para o convés do barco foi furtivo e imediato. Rémi aproveitou o forte som do vento para se aproximar do sujeito e rendê-lo.

Percebia o indivíduo se debater nos braços de Rémi e acelerava meus passos em sua direção, buscando evitar o máximo de som. - Te darei duas opções, fique quieto e sobreviva, ou continue se debatendo e irei mata-lo aqui mesmo. – pronunciaria sacando minha adaga com a mão esquerda e posicionando próximo ao rosto do sujeito.

Se o homem escolher a segunda opção eu não hesitaria em desferir um corte na sua garganta, buscando tirar a sua vida ali mesmo nos braços de Rémi. Ignoraria qualquer tentativa de impedir a execução daquele homem, que surgisse de meus companheiros. – Não temos tempo para ficar perdendo com essas coisas, vamos retornar para dentro. – diria após finalizar o indivíduo.

No entanto, se ele escolher a primeira opção e escutar atentamente minhas ordens, recuaria a lâmina de minha adaga para sua bainha. – Boa decisão. – daria uma leve olhada em direção a Rémi. – Se ele gritar pode matar. Agora eu quero saber quantos agentes tem neste barco e qual a localização do ouro. – questionaria para o homem. – Sua reposta irá determinar quantos dedos vai continuar em sua mão. – puxaria levemente a lâmina da adaga para fora e esbanjaria um leve sorriso. Se ele ousar responder minha pergunta de forma arrogante ou gritar, não hesitaria em puxar sua mão e cortar o seu dedo indicador no meio.

- Quer perguntar algo para ele Rémi? – diria se no fim todas minhas perguntas forem respondidas de forma correta.

- Tudo bem então, vamos achar algo para prender ele e depois colocá-lo para dormir. Lucie, você tem alguma coisa ai para manter ele adormecido? – diria com o fim de possíveis perguntas vindas do Rémi ou pela falta delas. Se Lucie não tiver álcool ou um remédio, buscaria utilizar a força.

Depois procuraria por cordas ou outros objetos que serviria como uma forma de amordaçar o agente e mantê-lo preso para depois conseguir informações mais específicas relacionadas ao governo.

- Agora vamos cuidar dos que estão lá dentro e ir atrás do ouro? – questionaria para Rémi.


OBJETIVOS ATUAIS:
 

Histórico:
 

____________________________________________________


Emissary Of  The End
Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


LEGENDA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 105
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptyQui 27 Fev 2020, 06:10


Narração
Céu Limpo
Noite
Localização: Organ Island - East Blue

Roevs Goldwell
Ao chegar no convés precisou agir rapidamente. O homem se debatia e precisava fazer algo para pará-lo. Por isso, não tardou a se aproximar deste e ameaçá-lo com duas opções simples, calar a boca ou morrer. O  que ele não esperava é o que viria a seguir. O agente deu um grito alto, Roevs chegou a mover sua mão com velocidade e rapidamente cortou a garganta do homem, chegou a falar alguma coisa sobre isso ser necessário, mas aquilo simplesmente não enganaria ninguém, com o grito dado o chamado já havia sido feito e a morte do homem simplesmente se tornava algo inútil naquilo tudo.

Lucie se aproximou rápido dos dois, por um motivo simples, com aquele grito ficava claro o que viria a seguir. Roevs ouvia os passos dos homens no andar inferior gritando para chamar a atenção de seu companheiro que havia gritado. Eles estavam já subindo as escadas e não havia forma alguma ali de se esconder a tempo para algum tipo de ataque surpresa, a luta simplesmente viria até eles quer eles desejassem, quer não.

Por isso, não tardou a ver dois agentes subindo até o convés, eles olhavam meio perdidos para a situação, tentando absorver o mais rápido possível o que havia por ali. E isso foi uma tarefa fácil, com um jovem segurando seu companheiro e outro com uma adaga cheia de sangue, além do corte claro na garganta daquele que um dia fora seu colega. Roevs em particular via os dois focando-se nele em especial, pelo lado positivo talvez Lucie passaria batida naquilo tudo e poderia até nem lutar, por outro, ele provavelmente se machucaria feio se não fizesse nada rapidamente para lidar com aqueles homens.

Os dois eram um pouco mais alto do que ele, estavam a pelo menos uns cinco metros de distância e via que nenhum dos dois portava qualquer tipo de arma afiada visível para ele. Se lutassem, ou seria com alguma pistola retirada de algum coldre secreto, ou com as próprias mãos e pés, não havia muito além disso que poderia imaginar eles fazendo.


Legendas:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Roevs
Civil
Civil
Roevs

Créditos : 6
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 11/05/2019
Idade : 21
Localização : Organ Island|East Blue

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptyQui 27 Fev 2020, 11:01


Um simples erro transformou a calmaria da noite em um previsível massacre. O grito do homem me surpreendeu e ecoou por todo o navio, alertando seus companheiros que firmava seus rápidos passos em direção o convés. O cenário que era contemplado ali se baseava em Rémi segurando o corpo do agente já sem vida com um corte na garganta, desferido pelas minhas mãos que segurava minha adaga coberta com seu sangue, enquanto a linda Lucie viria à passar despercebida. Os dois agentes que surgia no convés pareciam estar totalmente focados em mim. – Ora ora, parece que mais dois coelhos surgiram para o abate. – proferia no momento que os dois fixassem seus olhares em minha direção.

Navegaria com meus olhos de forma rápida e atenta ao redor, identificando tudo que fazia parte do local onde se tornaria um campo de batalha. Buscaria não deixar nem mesmo um prego solto escapar daquela breve análise, no fim era dois oponentes, usar o ambiente ao meu favor é a melhor forma de visar a vitória.

A imprudência de meu ato nos colocou naquela situação, Rémi e Lucie não tem a obrigação de me ajudar naquele momento, também acredito que tal ajuda não será necessário. – Rémi, como foi um erro cometido por mim, seguirei suas ordens, posso matar os dois ou precisamos deles vivos? – questiono como uma confirmação, mas não conseguiria enganar minha expressão de um sorriso psicopata, ansioso para ver o sangue de meus inimigos se juntar com o de seu companheiro na minha adaga.

Não executaria nenhum movimento de ataque, aguardaria a ordem de Rémi, no entanto, me manteria totalmente em posição de defesa e atento a movimentação dos dois sujeitos a minha frente.

Caso meus inimigos decida agir de forma rápida e sem papo, como retirar um revolver ou demais armas de longo alcance que esteja escondida com eles, logo em seguida disparando em minha direção, optaria por buscar alguma cobertura ali próximo, como pilares de madeiras que no convés é comum ter, ou até mesmo caixas que possa ocorrer de ter sido deixada ali. – Procurem cobertura. – gritaria enquanto estivesse correndo em zig zag na busca pela cobertura.

No segundo caso, se eles sacarem armas de corpo a corpo. – Aparentemente vocês querem uma morte rápida, igual o amigo de vocês. – esbanjaria um leve sorriso no rosto e aguardaria pela aproximação deles, acreditando que minha provocação resultaria nisso. Se realmente eles avançarem sem nem pensar duas vezes, colocaria minha perna direita um pouco na frente da esquerda, estando com as duas meio flexionadas e com a adaga firme em minha mão esquerda. Se um deles me atacar pelo lado direito eu saltaria para o esquerdo e se o outro no lado esquerdo aproveitar a oportunidade para me atacar eu cairia do salto abaixando meu corpo para ataques vindos na altura de minha cintura, usaria os mesmos movimentos para os lados opostos se viesse a ocorrer, no caso de ataques providos de cima para baixo ou de baixo para cima, eu viria a utilizar a lâmina da adaga para ir de encontro com o objeto que viesse em minha direção, colocando toda a força possível em meus braços para aguentar o impacto. Se eu não aguentar o impacto ou receber um dos ataques, buscaria recuar com saltos para trás.


OBJETIVOS ATUAIS:
 

Histórico:
 

____________________________________________________


Emissary Of  The End
Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


LEGENDA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 105
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptySab 29 Fev 2020, 22:31


Narração
Céu Limpo
Noite
Localização: Organ Island - East Blue

Roevs Goldwell
Percebendo que a situação andou de uma forma diferente da que havia imaginado, acabou se vendo encarando dois inimigos, perguntava algumas coisas para Rémi, mas em geral já se preparava para enfrentá-los sozinhos. - O ideal é que eles fiquem vivos... mas se não for possível... - Respondia ele deixando claro que a permissão existia.

Apesar de receber permissão Roevs simplesmente se preparou para defender. Os dois homens não retiraram nenhum tipo de arma de qualquer local cu e por isso partiram na direção do recém revolucionário com suas próprias mãos e pernas para acabarem com ele. Obviamente eles não ignoraram por completo a existência de Lucie e de Rémi, estavam atentos a possíveis ataques que eles fizessem, mas o foco real era em Goldwell.

Quando os agentes partiam pra cima sem nenhum tipo de arma, a única coisa que o homem fez foi se vangloriar falando que os mataria de forma rápida, algo bem triste? Algo bem violento no mínimo. Os dois partiam em sua direção e ele se preparou com as pernas flexionadas para possíveis pulos que tivesse que dar. E foi realmente fácil para ele se esquivar dos ataques. O primeiro tentou socar-lhe, mas conseguiu esquivar com tranquilidade com um pulo para o lado e em seguida o outro tentou acertar-lhe um chute, mas ambos foram esquivados com habilidade por Roevs.

Eles davam dois saltos para trás e se reagrupavam, olhavam agora com menos raiva para o revolucionário, percebendo que com pura raiva não conseguiriam vencer aquela batalha, principalmente por estarem em desvantagem. Pareciam respirar fundo e preparavam-se novamente para o embate.


Legendas:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Roevs
Civil
Civil
Roevs

Créditos : 6
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 11/05/2019
Idade : 21
Localização : Organ Island|East Blue

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptySeg 09 Mar 2020, 08:34


Os ataques de meus oponentes pareciam brincar com crianças, um leve sorriso surge em meio aos meus lábios quando os vejo recuando.

- O governo tem agentes tão fracos assim? Até mesmo o amigo de vocês que não teve nem chances de falar era mais forte que vocês. – digo com desdém. – Vamos lá, se não conseguem ir contra mim, não vão conseguir ir contra meus companheiros.

Mesmo que minhas palavras demonstrassem segurança e tranquilidade, não abaixaria minha guarda ou desmereceria os meus oponentes, aqueles dois não seriam tão fáceis, mas, nesses dois ataques notei que possuem alguma habilidade com as mãos e pés, contudo, ainda acho que estão escondendo algo, alguma arma por debaixo de suas roupas.

- Agora é minha hora de atacar? – questionaria com ironia.

Antes de avançar na direção dos agentes, conferiria rapidamente a situação e posição de meus companheiros, principalmente de Lucie. Com suas posições conferidas, voltaria minha atenção para meus inimigos e confirmaria se algum deles conseguiria chegar até Lucie, caso isso fosse possível, meu avanço seria em sua direção, se não, somente avançaria em direção aos dois.

Meu avanço se iniciaria com minha perna direita e aceleraria a cada passo, manteria meus passos em caminho reto, só iniciar um zig zag caso as mãos de algum deles sumisse do meu campo de visão, como um alerta que iriam pegar alguma arma.

Quando estivesse próximo o suficiente para a lâmina de minha adaga alcança-los, efetuaria um ataque no primeiro inimigo a minha frente, o movimento se iniciaria do canto inferior esquerdo e emergiria da diagonal, seria um corte para o tórax dele, mas, no meio do ataque eu pararia e tentaria girar meu corpo e quando estivesse de frente com o outro inimigo eu avançaria na sua direção, buscando acertá-lo com um corte de baixo para cima, tanto o giro, quanto o avanço, buscaria executá-los simultaneamente. Se meus ataques não resultarem, recuaria com saltos para trás, em direção a Lucie, se conseguisse encontrar sua posição anteriormente, caso contrário, só recuaria para uma posição distante deles.

Como formas de defesas de ataques que surgissem de baixo para cima eu daria um leve salto para o lado direito, enquanto para ataques vindos do lado esquerdo que cortasse de um lado ao outro ou na diagonal, eu saltaria para trás e abaixaria se fosse necessário, buscaria sempre manter meus pés firmes no chão e minhas pernas um pouco flexionadas, para conseguir executar rápidos movimentos, tanto no momento de meu avanço, quanto no momento de defesa. Se fosse necessário eu cancelaria meus avanços e só retornaria a executá-los após desviar de ataques. Como contra-ataques eu buscaria executar investidas com minha adaga, buscando perfurar alguma parte do corpo deles, aproveitando a abertura que viesse a surgir no meio do ataque inimigo. Se algum ataque dos agentes não viesse a ser possível defender, eu tentaria aguentar a dor do ataque e me manter na mesma posição, ao mesmo tempo prendendo ele próximo a mim e executaria o contra-ataque, aproveitando o momento de adrenalina para suprir a dor que viesse a surgir.

- Está ficando interessante. – diria se conseguisse acertar algum ataque em um deles ou simplesmente finalizá-los.


OBJETIVOS ATUAIS:
 

Histórico:
 

____________________________________________________


Emissary Of  The End
Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


LEGENDA:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 105
Warn : I - A world to be discovered - Página 6 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 EmptySex 20 Mar 2020, 08:19


Narração
Céu Limpo
Noite
Localização: Organ Island - East Blue

Roevs Goldwell
Apesar de já ter perdido até mesmo um dedo para agentes, Roevs não se aguentava e acabava por zombar dos agentes que haviam errado seus primeiros golpes contra ele. Até onde duraria aquela confiança? Seria talvez um mero teatro exibicionista para Lucie? O que ele ganhava provocando aqueles homens? Era difícil de entender, mas era o que ele acabava por fazer de qualquer forma.

A hipótese de ser uma exibição para a médica era forte, pois Goldwell se preocupava principalmente com o posicionamento de seus adversários quanto a chance deles chegarem nela. Constatou que era sim possível que eles chegassem até Lucie, porém para isso teriam que simplesmente aceitar tomar diversos golpes dos dois homens que a protegeriam por ficarem em uma situação simplesmente perfeita para atacá-los.

Com isso o revolucionário pôde acelerar em direção dos adversários diretamente. Seu plano era simples e precisava ser eficiente. No entanto, percebeu que os agentes erraram os golpes nele pelo mesmo motivo que ele errava os golpes em seus inimigos. Todos ali eram versáteis na arte da esquiva. Seu corte diagonal com finta foi tão facilmente esquivado que Roevs parecia tão patético quanto aqueles que tentaram acertar-lo a tão pouco tempo.

Ao dar o giro para tentar assim acertar o outro adversário, viu que este já pegava distância o suficiente para esquivar de seu ataque com facilidade. E por isso Goldwell recuou para uma posição mais próxima de Lucie. Agora encarando os dois a configuração do navio havia mudado um pouco. Os dois agentes encaravam ele e a médica, já que Roevs havia se aproximado dela. Rémi ficava para a direita deles, ou seja, a esquerda de Goldwell e da médica. - Como se você fosse melhor do que a gente. - Ouviu o agente falando com ele. A luta ali poderia ser interminável dado que ambos os lados pareciam ser mais eficientes esquivando do que acertando seus adversários. Provavelmente tanto os revolucionários quanto os agentes teriam que se preparar para um ataque em conjunto bem sincronizado para realmente machucar o outro lado.


Legendas:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - A world to be discovered - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A world to be discovered   I - A world to be discovered - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - A world to be discovered
Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Organ Islands-
Ir para: