One Piece RPG
Karma Stelmaria XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Unbreakable
Karma Stelmaria Emptypor Ineel Hoje à(s) 09:15

» Mini - DanJo
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 06:48

» Bellamy Navarro
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:27

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:05

» (Mini) Gyatho
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
Karma Stelmaria Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:13

» Começo
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:12

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:38

» Aaron DeWitt
Karma Stelmaria Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 20:55

» Apenas UMA Aventura
Karma Stelmaria Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 19:08

» [M.E.P] Ichizu
Karma Stelmaria Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:38

» [MINI-Ichizu] O Aprendiz de ferreiro
Karma Stelmaria Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:37

» Cap I: Veneno de dois Gume
Karma Stelmaria Emptypor Noelle Ontem à(s) 13:02



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Karma Stelmaria

Ir em baixo 
AutorMensagem
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Karma Stelmaria 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Karma Stelmaria Empty
MensagemAssunto: Karma Stelmaria   Karma Stelmaria EmptyQui Maio 30 2019, 08:07

~ PESSOAL ~

Nome: Karma Stelmaria
Idade: 23
Altura: 1,76m
Peso: 51kg
Mão predominante: Esquerda
Sexo: Feminino
Raça: Humana
Tamanho/Espécie: Normal
Origem: West Blue (Nascida em Embarcação)
Localização: Micqueot, North Blue
Grupo: Civil

~ O Player Desistiu do Personagem ~


~ EXTRAS ~

APARÊNCIA:
Pele ebúrnea, cabelos negros e olhos claros. Estas são algumas das características principais de Stel, uma mulher elegante, não de forma exagerada, no entanto, dotada de uma beleza delicada com traços finos e leves quase escondendo a sua atitude mais rígida. Variando no seu estilo de roupa o que parece ser o seu estilo definido são os seus óculos de prata em que nada influenciam a sua visão sendo meramente decorativos e, também, o seu característico penteado onde prende o cabelo com uma fita negra, porém deixando sempre escapar umas mexas significativas da sua franja, complementando o seu bonito e claro rosto.

PERSONALIDADE:
De uma curiosidade imensa a uma imensurável e fogosa paixão Karma, ou Stel, como prefere ser tratada, sempre se revelou ser uma garota dotada de uma inteligência avantajada, um intelecto superior ao normal e apesar de não fazer ou ouvir um único som, possui uma presença bastante forte. Isto devem-se às suas convicções e valores indobráveis, no que tem em bom coração tem também em um orgulho terrível recusando-se a ser inferior a qualquer outra pessoa! Sendo assim, com uma balança ou bússola moral boa, não deixa de ter pavio curto e consegue deixar-se levar por emoções de potência alta por assim dizer. No fundo, Stel é uma mulher que procura conhecimento, ama artes e que exige justiça pois deseja ter tido essa sorte na sua infância.

HISTÓRIA:
O silêncio sinistro das profundezas do oceano é dos poucos "sons" de que se recorda, aquela contínua pressão sobre os seus tímpanos não era, no entanto, uma memória feliz de tempos antigamente distantes. Guardava e sempre protegeu com afinco essa nostalgia macabra, não por apego ou outra emoção qualquer, em vez disso, manteve-a o máximo que conseguiu no fundo do seu pensar pois era a única recordação próxima do... acidente. Pelo contrário, um som nunca mais lembrado por uma alma viva é o seu esquisito choro abafado e estridente do momento em que nasceu. O choro de uma muda era tão comum como agradável de ser escutado, porém o silêncio piedoso dos tripulantes apenas auxiliava ao desconforto de todos naquele simplório bando pirata. Por entre o estranho guincho da recém-nascida e as ondas que abanavam a embarcação o luto era sério enquanto viam a mãe da criança, companheira e atiradora da tripulação esvaziar-se em sangue com o peso de um parto extremamente complicado. O seu primeiro dia já não vislumbrava um bom presságio.

Abençoada com o nome de sua mãe, Karma, ficara aos despreparados cuidados dos amigos da sua falecida mãe em alto mar. Eles, por sua vez, estranhavam que, mesmo com jovens quatro anos, não ouviam uma única palavra ou som bem formado vindo da garotinha, no entanto nunca presumiram o pior, afinal "a nossa princesinha ainda está crescendo". Sendo assim, protegida pela sua família, aventurava-se pelos mares e variadas ilhas nunca participando na vida criminosa onde nascera, contudo não a julgava com seis anos, muito menos com os seus atuais sete, limitava-se a uma cúmplice por agregação.

- Karma? Não! Você não sabe, é normal. - dizia a beata para a puritana, puxando-a a um canto - A garota é... bem, como hei de dizer isto meu Deus, me perdoe, mas sabe irmã, Karma é uma menina especial. Como? Ora essa, a miúda não abre a boca desde que cá chegou e acredite, só Deus sabe o quanto já tentamos fazer ela falar, qualquer coisa que fosse mesmo! - explicava tentando parecer o mais santa e devota possível, afinal, alí era o seu domínio onde cuidava dos pequenos anjinhos de vidas desafortunadas. - Cá entre nós... - cutuca o cotovelo da outra mulher com quem conversava - Ela viu algo aterrorizador quando vivia com aqueles selvagens. Eu acredito que ela ficou doidinha depois daquela vida, e nem lhe falo do acidente, pobrezinha. - continuava, mesmo sem nenhum tipo de pergunta ou incentivo enquanto que, Karma, atrás de um banco de madeira observava com atenção os lábios da velha tentando apanhar algo, qualquer coisa para além do nome dela, ainda se lembrava de como os seus tios colocavam as suas bocas quando falavam, afinal eram piratas bem expressivos. - Sabe, a marinha lá acabou por encontrar esses bandidos e, infelizmente, enquanto os navios combatiam, uma explosão muito perto dela deixou-a... bem... incapacitada, sabe? A coitadinha perdeu a audição e quando a encontraram a boiar inconsciente no mar, trouxeram-na até mim. - completava com uma expressão de pena no rosto, nojenta pensava Karma ao reconhecer aquela feição que todos fazem para ela. - É! Quem sabe, às tantas também ficou muda por ser surda! - gracejava disfarçadamente procurando aprovação na possível guardiã adotiva de Karma. Atrás do banco, em mágoas ao ver tantas vezes o seu nome ser falado e depois aquela falsa compaixão resolve, num ato de desespero, pegar uma flor aleatória junto do banco e numa corrida até às mulheres, entre elas, oferece a flor à candidata com um sorriso completamente falso perante as lágrimas dançando rosto abaixo.

- Pwuah uasdji. - ruído, apenas sons e guinchos chorosos e humilhantes saíam da sua garganta ao tentar falar pela primeira vez ali no orfanato, queria tanto fugir que estava disposta a tudo, estava prestes a fazer onze anos, e quem é que a ia querer como filha? Era a sua última esperança de fugir daquela prisão.

"Lamento."

Foi aí que, olhando o rosto da mulher, conseguiu ler nos seus secos lábios, as palavras que mais marcaram a sua vida. Expôs-se de tal forma para nada, o seu esforço fora debalde, inútil, completamente em vão. Correu, correu o mais que pôde para o seu quarto isolado das outras crianças e partiu tudo o que conseguia, rasgou tudo o que alcançava e chorou tudo o que sentia, queria gritar, mas se abrisse a boca só ruídos sairiam por isso, não, recusava aquela vergonha amarga novamente.

Catorze anos. Já lhe eram permitidas umas quantas saídas pela cidade, conhecer um pouco os seus arredores. Infelizmente, bastou-lhe meia-dúzia de explorações para conhecer extremamente bem os caminhos e interesses, contudo, por outro lado, descobriu também os seus locais preferidos, bibliotecas, livrarias e, o seu favorito, um pequeno centro artístico onde eram expostos todo o tipo de arte desde pintura a escultura e cerâmica vindas de locais longínquos e exóticos. Lembravam-lhe os hipotéticos tesouros que os seus tios, em sonhos, outrora caçavam, porém no meio deste deambular pela galeria sentia-se, estranhamente, observada por algo ou alguém e não eram os olhos nos quadros antiquados mas belos. Numa das suas visitas, depois de olhar as mesmas peças milhões de vezes, começou a aperceber-se de umas gravuras bizarras das quais não se relembra de ver todas as outras vezes. Anotou-as num pequeno caderno e, entre visitas à galeria passava noites a fio tentando decifrar o que quereriam dizer, porquê que apareciam nas peças e, especialmente, o que iria aparecer de diferente nas próximas visitas. Com esforço, começou a desenvolver um gosto por estes enigmas pouco usuais, reparou até em padrões e "letras" que se repetiam. Entre "leopardo, neve e correr" não conseguira entender muito mais do que estas e umas outras palavras soltas, no entanto, ao olho comum, nunca seriam descobertas nem estas que ela, tão orgulhosamente, descodificou.

"Karma? Não! Você não sabe, é normal." leu, no palavreado da responsável, o repetido discurdo mais uma vez. Já haviam sido tantas as vezes que a via dizer aquilo que já começava a aperfeiçoar a sua habilidade de percepção comunicativa. Desta vez. era um homem relativamente bem vestido, charmoso, parecia intelectual, ou talvez fosse dos seus óculos de prata. Ao ver o gesto da velha chamando por si, Karma, confusa, normalmente eles assustam-se com a sua idade ou, caso não aconteça, borram-se todos depois que ela conta a sua "trágica" história. Mas este não, ficou mesmo assim para surpresa da garota. Ao chegar, entre eles, olhou o homem de cima a baixo até que o encarou numa troca de olhares intensa, porém... agradável? Sem muita demora, apresentou-se como "Vincent Stelmaria" e num pequeno envelope violeta oferece à garota a solução completa do código para as mensagens encriptadas para sua surpresa já que, afinal, eram segredo! "Pode me chamar de Leopardo das neves, haha! Ou se preferir, professor, bom, vamos correr daqui?" era o que dizia o conjunto de gravuras que coletou durante semanas! Estudara tanto aquelas figuras que com uma mera olhadela sobre a solução descobriu logo o seu significado e, num acenar com o rosto, sorri, oferece a mão ao professor e, fogem da clausura.

- Ora bem, você consegue me entender? - perguntou, devagar, depois dela se ter acostumado ao seu apartamento bem simples, apesar de surda e muda, Karma conseguiu apanhar as palavras que via sendo gesticuladas lentamente pelo professor e então, afirmando com a cabeça, responde-lhe. Contudo, à medida que ele continuou o seu discurso a uma velocidade "normal" Karma perdia-se na leitura acabando por nem sequer conseguir responder. - Bom, acho que não me entende assim tão bem... - afirmou, sorrindo, tratando-a como uma pessoa de verdade mesmo assim - Parece que vamos ter de aprender a comunicar primeiro não é mesmo, haha? - continuou, ao ritmo lento com que haveria começado antes. Karma Stelmaria, agora recentemente batizada com um apelido, voltava a perceber partes até que, com um grande caderno o professor desenhou cada letra do alfabeto e, apontando para o "A" demonstrou depois como o manifestar com gestos. Num olhar radiante, Karma iluminou a sala de alegria e, com atenção, repetiu o gesto. - Sua primeira lição! Vejo que vai se sair liindamente, pense nisto como a nossa brincadeira com as gravuras - tenta explicar, apontando para o envelope no bolso da garota.

Após duros anos, finalmente estava se sentindo uma pessoa como outra qualquer, desde que o professor decidiu torna-la sua protegida que começava a perceber e desenvolver um sentido de identidade, personalidade e uma imensa curiosidade. Apesar dos estudos e aprendizagem intensas, em momento algum Karma, ou melhor, Stel, como preferia ser tratada agora, viu as suas lições como fretes. Eram divertidas! Continuou com novos códigos, novas mensagens, novos livros sobre criptografia. Devorou livros e documentos sobre linguagem gestual e praticou ambos arduamente com o professor. Desenvolveu inesperadamente um gosto descomunal ao observar, no seu tempo livre, o professor trabalhando, ele era a pessoa encarregue de conseguir as peças exóticas para a galeria onde se "conheceram", no entanto, o que trouxe bênçãos enquanto o via falsificando quadros e esculturas, como o seu gosto pelas artes, também lhe arrecadou mágoa.

- Pode ficar com os meus óculos Stel! As lentes não servem para nada... comprei eles antes de te conhecer, pensei que me davam um ar mais confiante! - sorria, chorando, enquanto era levado pela marinha assim que alguém havia denunciado as suas falsificações. Mais uns poucos anos se passaram e, agora com vinte e três, sem nenhum sinal do professor, sem registos na marinha, era como se ele nunca tivesse existido quanto menos ser preso ou acusado. O responsável era o Governo Mundial, Stel sentia-o no seu estômago, contudo, com a última mensagem que o professor lhe deixara para descodificar leu "Aprenda e viva, filha." e, então, descobriu o seu novo caminho.


~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~


Vantagens:

• Geniealidade (2)
• Visão Aguçada (2)
• Lider Nato (2)

Desvantagens:

• Mudo (2)
• Surdo (2)

~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~


PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

~ AVENTURAS CONCLUÍDAS ~

------------------

Link da ficha anterior ou da Mini-Aventura concluída:https://www.onepiecerpg.com/t41831-pearl?highlight=Pearl

____________________________________________________



Karma Stelmaria SignMotaballs

Ficha l Aventura



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras



Voltar ao Topo Ir em baixo
Pearl'
Membro
Membro
Pearl'

Créditos : 6
Warn : Karma Stelmaria 10010
Data de inscrição : 07/06/2017
Idade : 19

Karma Stelmaria Empty
MensagemAssunto: Re: Karma Stelmaria   Karma Stelmaria EmptySex Nov 08 2019, 02:26

Gostaria de excluir esta ficha com o intuito de criar uma nova!
Obrigada. ^^

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 74
Warn : Karma Stelmaria 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 24

Karma Stelmaria Empty
MensagemAssunto: Re: Karma Stelmaria   Karma Stelmaria EmptySex Nov 08 2019, 11:49

~Ficha Excluída~

____________________________________________________


Karma Stelmaria KJbVkzo
~Ficha|Aventura~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

Karma Stelmaria ObLkbM2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Karma Stelmaria Empty
MensagemAssunto: Re: Karma Stelmaria   Karma Stelmaria Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Karma Stelmaria
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Criação de Personagens :: Fichas Excluídas !-
Ir para: