One Piece RPG
    01     - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Nox I - Loucura
    01     - Página 4 Emptypor Catuios Hoje à(s) 23:31

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 22:08

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
    01     - Página 4 Emptypor Achiles Hoje à(s) 21:43

» Teleton Chronicles I: Retaliação
    01     - Página 4 Emptypor Sakaki Hoje à(s) 21:34

» [ficha] Hinata Bijin
    01     - Página 4 Emptypor Bijin Hoje à(s) 20:39

» Apenas UMA Aventura
    01     - Página 4 Emptypor Van Hoje à(s) 20:35

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
    01     - Página 4 Emptypor Wesker Hoje à(s) 20:07

» Buki Bijin
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 19:02

» Arthas Mandrake
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 18:58

» Bastardos Inglórios
    01     - Página 4 Emptypor Wing Hoje à(s) 18:57

» Evento Natalino - Amigo Secreto
    01     - Página 4 Emptypor Mizzu Hoje à(s) 18:13

» あんみつ - Anmitsu
    01     - Página 4 Emptypor Vincentão Hoje à(s) 18:03

» Unbreakable
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:03

» Cap. 1 - Abrindo caminho
    01     - Página 4 Emptypor Fonseca Hoje à(s) 17:31

» [Mini-Theodore]
    01     - Página 4 Emptypor Death-D.Obscure Hoje à(s) 17:04

» [Ficha] Mikhail Vermillion
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 16:40

» Mikhail Vermillion
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 16:37

» Construindo o Começo
    01     - Página 4 Emptypor Graeme Hoje à(s) 15:17

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:35

» Coldraz Vermillion
    01     - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:34



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

  01

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Ken Rock
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 27/05/2015

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQui 15 Ago 2019, 14:26

#15

Após receber os ensinamentos da doutora, manteria a minha atenção na mosca que simplesmente passava diante de meus belos e irresistíveis olhos. Após uma leve contemplação, simplesmente iria embora, não havia o por que de eliminar um inseto insignificante como esse que não tinha nada mais a fazer da vida a ser ficar zumbindo por cima desses fracos eliminado em sua batalhas ridículas.

Assim que saísse da tenda médica, olharia com mais calma as pessoas que estariam por ali, queria encontrar um ser digno de cruzar os meus punhos, já que o monge me deixou um pouco decepcionado depois de algumas trocas de soco e sem contar que o levaram antes mesmo que eu pudesse humilhar ainda mais o infeliz.


Ficaria um tempo encarando os homens que estariam de guarda na tenda azul… “Interessante, para manterem aqueles dois infelizes em pé de vigia naquela barraca de merda é que deve ter alguma coisa importante! Mas como não estou curioso em descobrir o que tem lá, vou seguir com a minha maravilhosa e alegre vida, cheia de energia!”

Com isso eu voltaria a minha atenção para o instrutor que estava passando algumas dicas as pessoas que ali treinavam… “Interessante, se aquele infeliz é um professor ou qualquer merda do tipo, significa que ele deve ser forte e logo ele irá provar que existe alguém mais forte!”

Com toda calma o mundo, eu daria passos curtos, singelos e um pouco tímidos em direção a área de treinamento, olharia e escutaria com calma os ensinamentos daquele ser e assim que eu estivesse próximo ao mesmo eu conversaria com toda a naturalidade e simpatia do mundo com o mesmo…. - Olá verme, você está diante do glorioso, do espetacular, do incrível, do inestimável, do impenetrável, do algoz da dor, do condutor do trem da agonia, do desvirginador de virgens puras, do ser que iluminou o iluminado, do pai da dor, do estripador de sonhos, do motivo de você não ser bem sucedido do único Ken Rock!

Após a minha apresentação, se o ser estivesse com cara de deboche, dando risada, em silêncio ou tentando dizer alguma coisa, eu lançaria um cruzado de direita na sua região abdominal e se o mesmo se curva-se com o golpe, dispararia uma cabeçada em seu rosto seguido de uma cotovelada de esquerda combinada com um direto de direita.

E caso ele não se curva-se com o golpe na região do abdômen, seguido de um chute em tornozelo de apoio (a intenção de chutar o tornozelo seria para caso o mesmo levantasse a perna, o chute continuasse e atingisse a outra perna na região interna)

Cuspiria em direção ao mesmo e continuaria… - Hoje você irá demonstrar aos vermes dos seus alunos como o espetacular Ken Rock é o lutador mais belo e magnífico!

Com uma expressão séria, encararia o mesmo com a guarda baixa, porém estaria atento para recuar assim que qualquer ser viesse em minha direção para me atacar por trás ou até mesmo me cercar!
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn :     01     - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptySex 16 Ago 2019, 00:00

#11

Ken havia terminado o que tinha para fazer dentro daquela tenda e por ventura, os vigias também não lhe encantavam tanto assim os olhos, não queria mexer com aqueles homens por enquanto e por isso se direcionava até um dos instrutores do treinamento que estava por ali. O tutor mostrava-se bem concentrado em sua atividade até o momento que o tritão chegava por perto dele, imediatamente o cheiro de peixe enchia as suas narinas e o homem praguejava. - Que cheiro de peixe podre é esse?! - Os novatos pareciam rir do que ele havia dito e Ken Rock começava a se apresentar.

De imediato, o homem começara a rir e um golpe vinha em sua direção, em um rápido movimento, o tutor conseguia esquivar do golpe, segurando o seu braço e colocando suas pernas sobre o pescoço do homem azulado, ele rodava diante do corpo do mesmo desequilibrando o tritão que não via outra coisa a não ser cair no chão e levantar uma grande poeira do mesmo. O golpe havia sido tão rápido que sequer tinha tido um tempo ágil para reagir a não ser dar um passo para trás após os giros. O tutor estava em pé, rindo do homem peixe. - Não entendi a sua agressividade, mas se é uma demonstração que quer dar para os meus alunos, então comecemos. - Ele falava em um tom calmo, mas ríspido e com ordem, era como se ele fosse um militar bem treinado e capacitado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn :     01     - Página 4 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptySex 16 Ago 2019, 14:22

#16

Caído no chão contemplaria a grande nuvem de poeira que ficou suspensa após o meu delicioso e lindo corpo tocar o solo. Ficaria ali por alguns meros segundos contemplando a vista do céu, alisaria o chão com as mãos, ignoraria completamente o que o homem estaria dizendo para mim, fecharia um dos meus punhos no chão, como se estivesse pegando um pouco da terra se possível e levantaria me colocando em guarda.

Olharia com uma expressão calma e diria ao homem … - Interessante, então você é um daqueles caras que gostam de se esfregar enquanto lutam né? Não seja por isso…  Nesse momento, retiraria a parte de cima do meu Gi com uma das mãos (aquela que não estivesse supostamente com a terra) e diria com um enorme sorriso… - Apesar de você criticar o meu cheiro, não perdeu a oportunidade de se esfregar nele né? Então venha, dessa vez você terá o contato direto com a minha deliciosa e máscula pele!


Fitaria o mesmo por alguns segundos e partiria para cima dele, fintaria um jab (com a mão que possivelmente estivesse com a areia) “Supostamente eu o estou julgando como um lutador de luta agarrada, então possivelmente ele virá para cima na primeira brecha que eu der, já que ele me vê como um lutador inferior a ele!”. Após o jab fitado, eu imediatamente daria um passado para trás e outro para qualquer lado que me possibilitasse uma movimentação limpa e clara, longe de qualquer obstáculo que pudesse haver naquele local.

Se durante a minha movimentação de finta e recuo, o homem viesse em minha direção para agarrar a parte debaixo do meu tronco, eu aproveitaria que estaria recuando e desviaria o meu corpo para o lado e lançaria um chute mediano na direção de seu rosto, caso a nossa distância não permitisse um chute claro e limpo, lançaria uma joelhada de encontro e depois manteria a distância.

Caso o mesmo não tenha avançado e apenas estivesse me analisando, continuaria a observar os seus movimentos. Se nada viesse dele partiria para cima, dessa vez lançaria outro jab com finta (com a mesma mão com a possível areia) só que antes de terminar o movimento de finta, lançaria a terra em seus olhos e lançaria um chute frontal, com o calcanhar, na direção de seu joelho de apoio. O golpe seria para lesionar o seu joelho de uma maneira grave ou não e também fazer com que a parte superior de seu tronco fosse projetada para frente.

Na alegria da estratégia estar indo bem até esse ponto pensaria… “Bingo”. A intenção de qualquer lutador seria golpear a cabeça de seu oponente, mas a minha luta com o monge me ensinou que todas as vezes que eu projetei um golpe óbvio na cabeça, eu fui surpreendido. Até mesmo com esse infeliz, por isso tentaria uma tática diferente, até mesmo para testar as ações do meu adversário. Ao invés de golpear a cabeça dele ou tronco, caso o corpo dele estivesse sendo projetado para frente, eu golpearia por mais duas vezes as suas pernas. O primeiro chute seria direcionado no meio da coxa e o segundo um frontal similar ao primeiro, só que dessa vez no meio da coxa para acertar o músculo central (Músculo Vasto Medial).

Recuaria para uma distância cômoda para o meu jogo de pernas e músculos e me manteria atento aos seus movimentos.

Mas como tudo nessa minha bela vida não são flores, o ordinário poderia muito bem não ter caído em minhas movimentações e ter conseguido se aproximar e tomar posse de meu belo corpo em seus braços. Para isso lembraria de toda a minha maldita experiência em luta de rua e manteria o meu queixo colado ao meu peito…. “Se ele for um lutador que gosta de imobilizar, esse cretino irá querer me apagar a qualquer custo.”. Caso estivesse para ser lançado ao chão novamente, me certificaria que dessa vez ele fosse junto comigo e não ficaria apenas parado como um retardado esperando ele terminar toda a sua técnica.

Iria para a ação mais simples que eu pudesse pensar naquele momento que seria abraçar o corpo dele com toda a minha força e forçá-lo a ir ao chão junto comigo, nem que eu tivesse que traçar minhas pernas juntos com as dele em algum momento para que o equilíbrio fosse quebrado. Uma vez que estivesse no solo, mostraria a ele toda a minha técnica no chão, abocanharia a região de seu corpo com os meus belos dentes e puxaria da maneira mais agressiva o possível para causar o máximo de estrago, repetiria a mordida por diversas vezes. Se um de meus braços estivesse livre, direcionaria o mesmo até o seu rosto e se possível colocaria o dedo em seu olho e o arrancaria. Feito isso, ficaria socando e mastigando o indivíduo até que ele me soltasse ou parasse de se mexer.

Em todo o caso, ele poderia não vier com não vir para cima de mim e sim repetir o mesmo golpe de antes com a intenção de me humilhar. Com isso usaria ambas as mãos ou a mão que estivesse livre, para bloquear o seu movimento de giro e abraçaria abraçaria o seu corpo com força, pressionaria para que o mesmo ficasse de cabeça para baixo e saltaria. Caso suas pernas estivessem em volta do meu pescoço, morderia uma delas até arrancar um pedaço, faria esse ataque enquanto o estivesse abraçando e saltando. Após o salto trançaria minhas pernas em seu tronco com a intenção de dificultar a movimentação de seus braços e esperaria nossos corpos voltarem ao chão e que o mesmo batesse com a cabeça de encontro ao solo.
Apenas para ilustrar o movimento:
 


Soltaria o mesmo, não antes de aplicar um chute em seu rosto ou corpo e depois recuaria com a guarda pra cima… - E ai, gostou desse golpe, vi um infeliz utilizar ele em uma das minhas maravilhosas lutas de rua muahushuah.
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 


Última edição por Ken Rock em Seg 19 Ago 2019, 13:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn :     01     - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyDom 18 Ago 2019, 10:46

#12

O tritão não se sentia intimidado, demorando alguns poucos segundos no chão apenas para contemplar o pó que o seu corpo havia levantado. Ele havia recolhido um pouco daquele material em suas mãos e se levantava, arrumando o seu Gi de maneira estranha, usando apenas uma mão para isso. Os alunos riam dos comentários do tritão, coisa que o treinador não gostava nenhum pouco e a batalha tinha seu início real.

Ken provocava uma finta e depois dava um recuo, o homem via uma oportunidade e avançava, os seus braços a frente do corpo e ele começava a se inclinar para o golpe, quando percebia que a estratégia era uma armadilha provocada por Rock, ele deixava seu corpo inclinar para a direita e caia de ombro, deixando o golpe passando no vazio. Aproveitando daquele impulso dado, ele rolava e reerguia.

Após isso, o treinador apenas ficava olhando pelo tritão para ver se ele fazia alguma coisa e ele vinha novamente com uma finta, a poeira era jogada em direção ao olhos do mestre que fechava eles de imediato e girava o seu corpo, o chute frontal era provocado em direção ao joelho, mas passava no vazio com o giro do corpo do homem e o homem-peixe percebia o seu rosto sendo acertado por um golpe parecido, um chute usando o calcanhar que acertava o seu crânio. – Mas o que você está fazendo?! – Ele começava a rir novamente.


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn :     01     - Página 4 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyTer 20 Ago 2019, 16:25

#17

Acertado pelo chute giratório do meu adversário, apoiaria uma de minhas mãos no chão enquanto a outra massagearia a parte da minha cabeça que fora atingida pelo golpe do infeliz…. “Mas que merda, parece que eu julguei esses bosta muito cedo e quase que paguei um preço salgado por isso!”

Com a mão que mão que estaria apoiada ao chão, recolheria mais uma vez um pouco de terra e levantaria a minha guarda! …" Muito bem, vamos pagar uma de louco e repetir novamente os movimentos, vamos ver se ele virá novamente com o chute”

Abriria um sorriso, com um olhar carregado de ódio e partiria mais uma vez para cima do meu oponente, não seria tão imbecil e prestaria atenção em sua movimentação para recuar ou até mesmo desviar de seus ataques se assim fosse necessário. fintaria um jab (com a mão que possivelmente estivesse com a areia). Após o jab fitado, eu imediatamente daria um passado para trás e outro para qualquer lado que me possibilitasse uma movimentação limpa e clara, longe de qualquer obstáculo que pudesse haver naquele local.

Estaria realizando a mesma movimentação, para que ele pensasse que eu fosse um retardado para ir para cima dele com a mesma estratégia de antes e sim estaria prestando atenção golpes lançados com as mão, pés e até mesmo possíveis agarrões ou arremessos. Iria me afastar, bloquear ou desviar da melhor forma possível a fim de evitar danos desnecessários.

Se por um acaso ele ainda estivesse aguardando o momento que eu fosse jogar a areia em seu rosto, não o deixaria esperando e entraria novamente com o Jab fintado e lançaria a areia que supostamente teria pego a pouco. Só que mudaria a minha estratégia e lançaria o frontal no joelho dele, só que dessa vez seria um frontal fintado. O frontal lançado nada mais serviria de uma passada avançada para o lado oposto do meu oponente estivesse lançando o chute rodado (costas), viraria o meu corpo para aumentar a área da esquiva e lançaria simultâneamente a minha movimentação um um cruzado (onde eu retornaria com o movimento completo do tronco) em seu rosto (a mira inicial seria na região próxima ao queixo, mas se o ângulo não fosse possível seria disparado no rosto do adversário).
Ilustração do Golpe:
 


Tendo o golpe sido encaixado e o adversário fosse ao chão, não perderia tempo e chutaria a sua cabeça e na sequência entraria com uma cotovelada aérea, seguida se outra cotovelada na altura dos olhos e levantaria o mais rápido possível, dando alguns passos para trás saindo de qualquer tipo de raio de ação.

Se porventura ele não tivesse ficado tonto ou caído, lançaria dois chutes com a canela em suas pernas e recuaria. Se em meio ao primeiro chute eu notasse algum golpe vindo em minha direção recuaria ou esquivaria. No caso da esquiva lançaria um golpe com uma de minhas mãos na região abdominal e na sequência recuaria alguns passos e manteria a postura de luta.

Mas é claro que o oponente poderia não ser idiota e resolvesse não querer brincar comigo e partir direto ao ataque achando que já saberia qual seria a minha intenção em jogar, mais uma vez areia em seu rosto.

Para isso na hora do jab, trocaria o golpe para dois movimentos fintados. O primeiro seria um chute na altura para aumentar a minha aproximação e o segundo seria um uper onde eu lançaria o mesmo antes mesmo de me aproximar do rosto do oponente. Em meio ao chute que serviria como uma passada alongada, diminuiria a distância e lançaria uma cotovelada de cima para baixo, com o upper fitado, na cabeça do meu adversário.
Ilustração do Golpe:
 


Se o golpe funcionasse e estivesse em uma curta distância, lançaria um uma sequência de one, two em seu rosto. Sendo que no primeiro golpe, jab, lançaria a areia em seu rosto e entraria com um direto de encontro no segundo golpe. Após o direto, desferiria um chute de canela na altura de suas costelas e recuaria alguns passos e manteria a postura de luta e observaria se alguém de fora da luta tentasse alguma coisa. Nesse caso recuaria até a uma distância segura.
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn :     01     - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQui 22 Ago 2019, 14:16

#13

Ken Rock dava conta de que seu inimigo não era um especialista em luta agarrar, mas o homem era simplesmente um louco e partiria na direção do mesmo da mesma forma que antes. Com suas mãos e pés trabalhando em conjunto, conseguia esquivar e bloquear alguns dos chutes que o homem lhe desferia, chegando até mesmo a chegar bem próximo de acertar um jab fitado.

A areia era direcionada ao rosto do homem que era pego de surpresa, seus olhos começavam a arder e os ataques do tritão encaixavam em perfeita sincronia, começando com o chute frontal em seu joelho, fazendo o homem pender para a direita após ter o mesmo acertado e o equilíbrio danificado. Os ataques seguintes encaixavam e o adversário ia ao chão e ele perdia a consciência quando o chute ia em direção a sua cabeça.

Não demorava para que os homens começassem a segurar o tritão pelos ombros que se debatia pronto para desferir mais golpes no treinador, a mulher de cabelos verdes chegava para conversar com Ken a respeito do que havia acontecido. - Já imaginava que fosse ser um louco que sairia atacando todo mundo, mas tinha um pingo de consideração. - Ken sofria uma contusão quando uma arma vinha em direção e também apagava.

Seus olhos abriam instantes depois, mas tinha certeza que havia passado muito tempo desde então, ele conseguia ver em sua sala escura, uma porta com uma grande janela redonda que não parecia que quebraria com apenas socos, ao seu lado havia uma cama e uma janela que dava luz ao ambiente. O som do mar era ouvido do lado de fora batendo contra o casco, estava em um barco, não tinha como não saber.

Ele conseguia ouvir barulhos de passos acima de sua cabeça após o teto e também alguém de salto alto vindo pelo corredor. Ken estava desamarrado e na cama apenas tinha seus lençois, travesseiros e cobertas.


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn :     01     - Página 4 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQui 29 Ago 2019, 12:17

#18


Acordaria naquele maldito quarto escuro e a primeira coisa que passaria pela a minha estupenda cabeça era… “ Mas que merda, mais uma vez me apagaram e me colocaram em uma sala escura e estranha!”... andaria pelo local para analisar a situação e começaria a falar comigo mesmo… - Mas que caralhos! Estou em uma cabine, o problema é de quem é essa porra de embarcação!

Analisaria a porta e tentaria abri-la de forma comum pela maçaneta ou qualquer outro local que me possibilitasse abri-la. Não tendo exito bufaria e prestaria atenção nos passos que eram emitidos pela madeira da embarcação.

Rapidamente iria até a cama, retiraria o lençol da cama e o deixaria do meu lado esquerdo e o travesseiro do meu lado direito. Não queria mais uma vez ser um fantoche na mão de quem estivesse no comando. Então o quanto antes conseguisse uma abertura para sair dali assim eu faria, nem que eu tivesse que criá-la

Sentado na cama, esperaria até o momento que a porta fosse aberta. Assim que ela estivesse aberta, lançaria o travesseiro em direção da porta aberta e em seguida jogaria o lenço aberto, com a intenção de dificultar a visão de quem quer que fosse.

Assim que o lençol estivesse aberto, correria e desferia uma voadora no lençol visando atingir quem quer que fosse que estivesse lá. Uma vez que tenha conseguido escapar olharia ao meu redor com calma e se houvesse mais alguma pessoa ali e que não tivesse sido atingida pela minha investida, brilharia e lançaria uma sequência simples de jab e direto (o direto seria desferido contra o queixo da pessoa).

Logo após o golpe, sairia correndo pelo corredor a procura da saída. Assim que a encontrasse, procuraria ir até o deck, mas não buscaria me mostrar logo de cara, procuraria algum local para me esgueirar e ter uma noção de onde eu poderia estar.

Ficaria quieto e procuraria um outro local mais seguro e próximo do mar para me esconder ou se fosse necessário, pularia para fora do navio (não para entrar no mar e sim para ficar na lateral segurando em alguma corda, corrente ou alguma espécie de alambrado). Usaria a minha velocidade para me mover e me esconder. E continuaria buscando as informações sobre aquele grupo e quem seria o líder deles.

No infortúnio de quando eu tentasse abrir a porta a mesma estivesse aberta, abriria com calma e olharia o local, se houvesse alguma possibilidade de fuga eu faria e procuraria algum local para me esconder até chegar ao deck daquela embarcação.

Mas, caso não conseguisse me mover, iria andando até o centro do deck com uma cara enfezada e mostrando os dentes cheios de raiva e diria … -Qual de vocês é o verme mais forte que será derrotado pelo maravilhoso e fantástico Ken Rock! Para os mais fracos, eu ordeno que se matem… vocês não merecem viver.
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn :     01     - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQui 29 Ago 2019, 23:54

#14

O navio balançava bastante com as ondas do mar e a cama da qual estava repousando tinha seus lençois e travesseiros arrancados, Ken estava pronto para ter um enorme ataque na porta, mas não esperava que eles chegassem tão rápido na ilha. Era possível ver uma enorme ilha com uma grande cidade localizada nela, pouco tempo depois o barco tinha a sua âncora jogada e era possível ouvir o desenrolar das correntes de aço descendo o barco.

Quando ele esperava que sairia pela porta, um grande alçapão abria abaixo dele e junto com a cama, o prisioneiro era descartado dentro da água o que não era um problema para o tritão, ele percebia que não havia como subir naquele barco e começava a ser arrastado por uma correnteza que parecia quase mágica. Quando seus olhos se acostumavam novamente com a água após a fote correnteza, estava em um canto isolado da ilha, a poucos metros dele havia uma praia, a areia era amarelada e ao norte haviam alguns gramados.

A cidade não saia de sua vista e o ambiente todo ao seu redor era silencioso, apenas o piar dos pássaros eram ouvido vindo de algumas árvores localizadas ao nordeste. Ele percebia uma trilha localizada entre o gramado que parecia seguir em direção a cidade, não sabia bem por onde começar, mas sabia que aquela ilha não era Conomi.


Considerações:
 


Viagem até Loguetown: 1/1
Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn :     01     - Página 4 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQua 04 Set 2019, 12:23

#19


Depois de ser despejado daquele navio estranho como um lixo qualquer, me encontraria agora em uma praia nunca antes vista e para alegrar ainda mais a situação, não fazia a menor idéia de qual ilha seria aquela! A única coisa que eu tinha certeza era de que aquele local não era Conomi… bastava descobrir a minha deliciosa localização.

Para falar a verdade, não me importaria nenhum pouco sobre a minha localização. Apesar de não parecer eu estaria com um pouco de fome! Não me lembrava mais qual teria sido a minha última refeição e então decidi unir p útil ao agradável com relação a minha situação… “ Muito vou descobrir onde merdas eu estou, no meio do processo arranjo uma luta e uma comida!”


Sairia do mar calmamente e observaria com mais calma a praia e à vegetação ali presente! Se houvesse alguma fruta comestível, conhecida por não desarranjar o intestino ou causar alguma intoxicação alimentar, eu pegaria e comeria enquanto colocava meus preciosos pés na trilha que aparentemente levaria até a cidade.


Uma vez seguindo a trilha, me manteria calmo e procuraria aproveitar a vista e até mesmo me adaptar ao clima daquela nova ilha.

Assim que chegasse até a primeira cidade observaria o relevo a minha volta, os cidadãos, lojas e construções. Andaria até a primeiro estabelecimento que servisse comida, entraria no mesmo e procuraria algum local que pudesse me sentar.

Tendo ou não um cardápio, pediria pelo prato do dia e ficaria calado enquanto observava as pessoas daquele ambiente. Relaxaria caso estivesse sentado e aguardaria. Assim que o prato chegasse, comeria com calma e aproveitaria cada garfada que colocava dentro da boca… - Realmente a comida está muito boa…. falaria em voz baixo, uma observação para a minha própria e notável pessoa.

Assim que terminasse a refeição, elevaria os meus braços e se a pessoa que me serviu estivesse por perto, faria um leve gesto com as mãos para chamar a sua atenção para que se aproximasse e pediria uma sobremesa… - Se possível algo de chocolate, faz um bom tempo que não como.

“Já que estava comendo, não fazia nenhum mal uma sobremesa. Afinal se quer ficar forte, precisa nutrir o seu corpo também!”... Assim que a sobremesa também fosse servida, comeria ela com a mesma calma de antes e saborearia aquela refeição.

Mais uma vez olharia a minha volta e caso notasse que alguém estivesse me olhando desde o momento em que eu entrei, sorriria para a pessoa com uma feição amigável, que só o belíssimo Ken Rock poderia fazer. Me levantaria da mesa e me dirigiria a pessoa que me serviu a refeição e buscaria uma informação… - Onde é o banheiro, quero mijar!... Sorriria assim que a direção fosse mostrada e urinária no local apontado.

Na volta, agora satisfeito e aliviado, conversaria mais um pouco com a pessoa que havia me sinalizado o banheiro e/ou servido a comida… - Uma dúvida, cheguei recente na ilha e não vi nenhuma sinalização, onde estamos? (faria essa pergunta caso não tivesse visto nenhuma placa ou algo que indicasse o nome da ilha, afinal teria vindo caminhando da praia até a cidade observando tudo à minha volta).... Tendo a responda agradeceria com um lado sorriso e falaria mais um pouco enquanto olhava para a possível pessoa que estava me encarando antes… - Aquela pessoa que está me olhando, concordou em pagar a minha conta! Muito Obrigado pela comida e até amanhã!...

Sorriria mais uma vez para a pessoa com um gesto gentil com a cabeça, inclinando a mesma para frente e sairia do local com calma e ignorando qualquer pessoa que estivesse falando comigo. Uma vez na rua, olharia a minha volta e caminharia mais um pouco até esbarrar com alguém.

Educado, sorriria para a pessoa e fazendo uma feição de pedir desculpas, lançaria um tapa de mão aberto no rosto da pessoa, seguido de um chute na coxa e diria… - Seu verme, escroto! Como ousa dedicar o seu tempo de merda para esbarrar o estupendo, maravilhoso corpo deste escultural e  simetricamente torneado Ken Rock? Vamos e tire sua insignificante vida, você não é digno do meu tempo.

E assim sairia andando do local.
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn :     01     - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 EmptyQui 05 Set 2019, 00:01

#15

O tritão não demorava muito para encontrar uma bananeira que pendia o seu cacho amarelo distante dali, pegando cerca de três e comendo naquele mesmo lugar enquanto continuava a sua caminhada pela trilha. Após andar cerca de quinze minutos, com a sede em sua boca e sua garganta ardendo pedindo incessadamente por hidratação, ele chegava na primeira cidade e observava como que aquele lugar se comportava. Haviam diversos estabelecimentos e um pessoal bem animado, pessoas iam e vinham pelas ruas de pedra, as calçadas eram lisas com as guias bem colocadas, em alguns pontos, as guias davam acesso para um rampa e haviam algumas placas de metal mostrando a direção dos lugares.

"Praça Principal" apontava para o centro, para a sua direita havia: "Comércios Alimentícios" e para a sua esquerda uma outra placa indicava: "Armamentos e Equipamentos". Seguindo pela direita, ele não demorava nem cem metros para encontrar um restaurante, entrava e sentava-se em uma mesa, o lugar era bem movimentado com pessoas de tipos variados, haviam humanos, minks e pessoas de diferentes estaturas, cores e pelugem. Havia adentrado o local certo para quem não queria ser discriminado, não demorava muito para que um garçom se apressentasse e trouxesse o cardápio, o prato do dia era pedido. Após uma breve análise pelo local, ele conseguia constatar que era um lugar bem rústico, as mesas eram redondas e feitas de madeira, a cadeira da qual sentava era do mesmo material, mas alcochoada em uma almofada vermelha. O lugar também tinha um bar, o balcão era da mesma cor da madeira, um tom claro de bege e atrás de um bartender haviam vários nichos em colmeia com diversos tipos de bebidas.

Os homens trajavam uniformes, os garçons tinham aventais pretos com o símbolo de um prato com um garfo e uma faca do lado, o símbolo também estava nas paredes brancas do estabelecimento e as luzes do local eram lamparinas o que trazia um aconchego. O prato servido era um macarrão com almôndegas em molho vermelho e o prato lhe trazia um paladar sensacional, a comida do estabelecimento era bem saborosa, ela vinha com um leve toque de pimenta e salsa. A água ao seu lado saciava a sede do tritão e logo ele ia ao banheiro. Voltando dali, com a água do joelho despejada na privada, perguntava para um dos garçons presentes ali em que ilha estavam, e o homem, com um sorriso no rosto, respondia. – Oh! Estamos em Loguetown! – Ele dizia como se fosse um tanto óbvio, mas seu tom de voz trazia uma calma e um ar nada debochado. – Oh, mas é claro. Avisarei a ele o valor.

Não demorava muito para que ele se esbarrasse com alguém em meio a rua, uma moça que era estapeada chutada, tal ato chamava a atenção de muitas pessoas ao seu redor. A garota ficava caída no chão sentindo uma enorme dor em sua coxa e assim que o tritão tinha o seu caminho trilhado novamente, as pessoas se aglomeravam para ajudar a moça. O azulado não demorava muito para encontrar uma loja de armas que parecia ser famosa por aquela região, chamada “Toch’s Weapon”. Perto dele, um homem comentava sobre o dono do lugar, um homem chamado Manilo Toch. – Ele é um homem amigo do Tenente Cruzis e também um ex-marinheiro, acho que o homem deve ser importante.


Considerações:
 
Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




    01     - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: 01        01     - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
01
Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: