One Piece RPG
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Busca Implacável
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18

» Island End! Goodbye Utopia!
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Wander Ontem à(s) 16:49

» III ~ Uma Loira na Ilha das Aranhas?
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Noelle Ontem à(s) 16:40

» Kizumonogatari
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor yaTTo Ontem à(s) 15:36

» [MINI-*TheKnightWhoSayNi*] *A Grande Decisão*
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor Shroud Ontem à(s) 14:26

» Cap.1 - O primeiro passo!
Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 10:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Blaze IV: O Voo da Águia

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptyTer 21 Maio 2019, 16:16

Relembrando a primeira mensagem :

Blaze IV: O Voo da Águia

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Kaleb Blaze. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas


Data de inscrição : 12/03/2016

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptyTer 04 Jun 2019, 14:58

Blaze IV: O Voo da Águia


Rolando no solo molhado da montanha, sentia a dor pelo golpe atravessando meu corpo inteiro como um relâmpago, os dentes fechados que rangiam para não deixar sair um urro de dor, mas o rosto não escondia, não tinha como, aquela fera tinha uma força descomunal, pela segunda vez sentia isso, não queria e não poderia sentir novamente. Quando o mundo ficou em silencio, abri os olhos ainda assustado e com dor, via a escuridão noturna sendo iluminada pela forte luz do Farol- Arrrrh – gemia ao colocar a mão sobre as costelas do lado esquerdo – Merda – por sorte ainda conseguia respirar, se tivessem quebradas, o pior poderia ter acontecido: um pulmão perfurado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
... Erguendo o rosto para meu inimigo

Erguendo o rosto para meu inimigo, sentia que ele também estava machucado, conseguia ver minha lâmina lambuzada pelo liquido vermelho do seu corpo, o golpe havia sido um sucesso, mas não foi um custo barato. Me pondo de joelhos, levantava apoiando na espada que me sobrava, uma rápida olhadela conseguia ver a chokuto destruída, uma pena. A luta estava no auge, sentia a chama arder em meu interior com o sopro do Susano’o na minha alma, a demônio estava grande e glorioso em minhas costas, uma áurea roxa me encobria e a força do escolhido pulsava em minhas veias, minha força havia crescido bastante dês de que deixei minha cidade natal e sai para o mar.

King também não parecia derrotado, a criatura se colocava de pé, o sangue escorrendo pelo seu rosto deformado pelos cortes na região direita – Venha, Besta imunda – concentrando no que poderia ser a trocação final, um grito era escutado no meu lado direito. Virando o rosto conseguia ver o contorno de varias pessoas, uma delas conhecida – Garota – apertando ainda mais o cabo da Espada – Inimigos por toda parte – Por todos os lados havia inimigos, King a frente, Jack de um lado e sua namorada do outro, sua voz era dirigida ao seu aliado, que parecia estar levando a melhor contra meu navegador – Aguenta mais um pouco Drake – pensava, deixando a ira me tomar por um instante – Vou acabar com todos, todos ... – Nesse momento King vinha correndo em minha direção – Vamos terminar isso – respirando fundo, tinha em mente o que fazer.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
... Partindo em disparada usando minha aceleração

Sabia que o lado direito da besta estava bem prejudicado, seu olho não conseguia ver, sua perna cortada na parte de trás, o ponto mais fácil de ser acertado era ali. Partindo em disparada usando minha aceleração, absorvendo a dor que sentia para liberar na luta, sem pestanejar pisaria firme no solo, não poderia ter falhas agora, na destra a espada firme, pronta para cortar. Usando minha visão aguçada e a noção exata de tempo, analisaria rapidamente o tempo de impacto dos seus pés e mãos no solo, fazendo uma media rapidamente em mente, conseguiria ver um momento em que deslizando pela terra, passaria embaixo do gorila, indo para suas costas, tudo isso, enquanto avançava em fúria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Correndo levemente mais para o lado direito, a intenção era fazer com que a escuridão noturna e a chuva fossem usadas ao meu favor – Venha com tudo – quando observasse que o golpe viria, saltaria para frente, como uma criança no tobogã e esticaria as pernas, usando do chão levemente escorregadio e do impulso, para deslizar entre as pernas e por baixo do animal, que com seu tamanho e braços levemente maiores, não teria grandes chances de me pegar nesse movimento.

Se por acaso, o gorila antecipasse e tentasse um soco, esticaria meu braço e daria uma estocada na mão no momento em que ela fosse acertar meu corpo, como um prego no pé desavisado, iria tentar ferir para não ser ferido e assim continuar a escorregar pelo caminho desejado. Contudo, se o gorila me agarrasse em sua mão, entraria num leve desespero perfurando do modo como podia seus dedos, usando minha força para empurrar e sair fora da do caixão que seria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
... giraria meu corpo usando a mão livre para parar

Doravante, dando certo a deslizada, giraria meu corpo usando a mão livre para parar e os joelhos para saltar de pé o mais rápido possível. Sem perder tempo, flexionaria o joelho por alguns rápidos segundos, usando minha visão aguçada, tentaria ver onde havia feito o primeiro corte da luta no posterior do joelho, achando ou não, começaria a correr rapidamente com a espada pronta para o corte – Bloody Demon – tentaria acertar minha técnica no local exato onde estava ferido, que aquela perna seja inutilizada, se ele não conseguisse ficar em pé, não conseguiria fazer mais nada.

Tendo sucesso em acertar o local, pararia a 1 metro do animal – Fique no chão – falaria olhando para a besta usando minha intimidação para tentar impedir que ele faça outra bobagem. Se não desse certo e ele tentasse me atacar novamente, tentaria esquivar saltando caso seja um golpe horizontal como um tapa, ou para o lado direito, se viesse um soco de cima. Dando certo a esquiva, em ambos os casos, tentaria um rápido contra-ataque visando um corte na mão do animal, se ele não estivesse cansado ainda, teria que derrota-lo aos poucos, corte por corte – Vai sangrar até morrer Kong – não teria piedade da criatura que devia ter saído do inferno de Hades.

Por acaso, se o reflexo do animal fosse rápido o suficiente para tentar um golpe quando deslizasse para suas costas, usaria o golpe em sua mão, tentando cortar seus dedos ou qualquer pedaço de carne que esteja na minha frente, não iria recuar agora, eu sou o escolhido, era meu destino derrotar todos que aparecessem em minha frente. Acertando ou não a técnica, não desanimaria e tentaria as esquivas que fossem possíveis, e logo após um contragolpe na mão.

Bloody Demon:
 



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 134
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptyQua 05 Jun 2019, 01:56


Narração
Chovendo
Localização: Farol
Noite

Kay
O jovem percebia que a luta estava chegando ao seu fim. Começou a correr na direção do gorila que ia como louco em sua direção. Kay sabia que aquele poderia ser o golpe final se executasse seu movimento corretamente e por isso toda a sua concentração se voltou a não errar nenhum de seus passos naquela corrida.

Os nove que chegaram iam se aproximando mais daqueles dois seres. Viam a luta lateralmente, torcendo para que King Kong acabasse logo com aquele ousado humano que resolveu lutar contra ele. O que nenhum deles esperava era que Kay não era um qualquer. Assim, todos viram quando o jovem espadachim deslizava entre as pernas de King Kong. Blaze levantava-se rapidamente, aproveitando-se de possuir isso e do gorila ser lento. Com um impulso acertou o joelho do gorila novamente. Fazendo este ir ao chão. Todos os nove que ali estavam pararam boquiabertos.

Kay parou a um metro do gorila, mandando-o ficar por ali. King Kong olhou para ele com raiva. Soltou um berro raivoso e bateu ambas suas fortes mãos logo a frente de Kay. - Como poderei derrotar Kong desta forma? - A voz dele estava bem mais calma. Quase que se lamentando por ter perdido.

O estrondo da batida dele no chão foi tão forte que Drake e Jack simplesmente pararam de lutar. Continuar lutando não parecia tão certo quando se via um gorila daquele tamanho se lamentando por ter perdido.

Os noves começavam a se aproximar de Kay e King Kong. Mari passou direto e foi na direção de Jack enquanto Drake se aproximava de seu capitão. - O que esses malucos aí querem? - A pergunta de seu navegador ocorria graças a maneira que os oito se vestiam. Todos pareciam vestidos para se esconderem no meio do mato, apesar de ali a grama ser rala, quase inexistente, por causa do chão pedregoso. Quando todos eles se aproximaram, Kay via que eram quatro casais. Nenhum se destacava realmente, até que todos se ajoelharam perante a ele e o mais próximo falou diretamente com ele. - Senhor. Por favor nos ajude com nossa missão.


Ferimentos:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
West

Créditos : 38
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptyQua 05 Jun 2019, 11:24

Blaze IV: O Voo da Águia


Vendo o gorila no chão, derrotado era uma vitória e tanto para um novato na Grand Line, a satisfação era demonstrado pelo sorriso maroto que aparecia rápido em meus lábios, antes de fecharem numa careta, ainda sentia o impacto dos golpes a cada respirada, tornando difícil qualquer movimento mais brusco, por sorte havia sido mais preciso e rápido nos movimentos, a vitória era minha. O primata parecia aceitar isso, quando bateu suas mãos na montanha, senti um leve tremor que por um segundo achei que a luta continuaria, mas estava errado, a criatura se lamentava – Kong? – um misto de duvida e desconfiança tomava minha mente, havia visto no cartaz o nome e a figura, aquela fera aos meus pés era King Kong.

O estrondo não parecia ter sido sentido apenas por mim, Drake parava a luta vendo que era inútil, as forças dos sujeitos era equiparadas e a luta demoraria mais do que necessário, isso para o navegador, para mim o remorso ainda remoía meu interior pelo soco em Lvneel, aquele Jack não iria sair tão fácil dessa encruzilhada. A namorada ruiva passava correndo perto de mim em ajuda ao seu amado, fechando meus olhos apenas demonstrei o descontentamento nessa ação, tanta coisa acontecendo ao meu redor que não sabia direito onde focar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
...ajeitava a manga do casaco

Drake se aproximava com uma dúvida que também me assolava - Não faço a mínima – dava de ombros ajeitando meu casaco agora sujo de lama e encharcado pela chuva que ainda castigava meu rosto ao cair, deixando meu cabelo molhado e o meu corpo gélido – Mas vamos descobrir logo – segurando firme ainda na única espada que me restava, ajeitava a manga do casaco, deixando bem claro que não queria que aquele grupo se aproximasse demais, ou iria ataca-los sem pestanejar, sendo inocentes ou não.

- Fiquem ond... – antes de terminar a frase, o grupo se ajoelhava no solo da montanha, havia homens e mulheres, realmente não entendia o que estava acontecendo, mas não sentia o perigo de antes, tanto que Susano’o já havia sumido e a ardência no olho amaldiçoado era bem menor, quase inexistente, o sangue ainda escorria como uma lagrima fina pela bochecha. Não conseguia esconder o fresco da surpresa misturado com o receio – Quem eram aquelas pessoas? – indagava no meu interior, vendo suas vestes simples e sua aparência.

Olharia para Drake vendo se estava tão surpreso quanto eu estava – Quem são vocês? – perguntaria firme e usando toda minha imponência que a situação permitia, ainda atento a fera ferida ao meu lado – Estão com King Kong? – Seria a segunda pergunta feita após escutar a explicação de quem eram, ouviria a explicação enquanto ouvia a chuva caindo em minhas costas e a dor que inundava meu corpo, mas manteria firme, não deixando transparecer os ferimentos que havia recebido – Sou capitão dos Piratas Blaze, Kaleb – me apresentaria, retribuindo a apresentação do seleto grupo – Eu não entendo a situação que estão metidos, mas não sou um herói que ajuda os inocentes – embainharia a espada real, estufando o peito e gesticulando com as mãos, tentaria explicar – Sou o escolhido desses mares, irei trazer uma nova era, se querem se filiar ao meu nome, que seja, mas o que ganharei em troca? – Ainda atento a dupla em minhas costas, em meio a tantas pessoas, não iria baixar a guarda.

Ouviria tudo que eles tinham a dizer, sempre carrancudo e com a feição seria e fechada, os braços cruzados rente ao peito, por fim, quanto terminassem de falar o que queria, viraria minha atenção para o gorila, caso este não tenha explicado a frase de antes – Você é King Kong, o pirata com 25 milhões de recompensa? – recebendo a resposta, sendo positiva ou negativa, retrucaria – Quem é Kong então? – havia mais perguntas a serem feitas, mas não iria usar todas as cartas que possuía, queria entender tudo que pudesse sobre aquelas pessoas. Por fim, quando ouvisse o necessário, respiraria fundo, tentando não transparecer a dor que sentia – Aqueles encapuzados que apareceram no meu barco, sabem do que se trata? – ao perguntar, sentia um frio na espinha por ter deixado aqueles dois cuidando do barco, tomara que não tenha acontecido nada.

Se eles pedissem para segui-los, ou caminharem até o farol, os seguiria desconfiado, a mão sempre na espada e com Drake em minhas costas.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 134
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptyQua 05 Jun 2019, 19:01


Narração
Chovendo
Localização: Farol
Noite

Kay
Mesmo com a vitória em mãos Kay não podia relaxar. Estava machucado e seus inimigos agora possuíam um número muito maior do que o anterior. Respondendo seu companheiro analisava e se surpreendia quando todos ali se ajoelhavam perante a ele.

Olhando de relance seu navegador percebeu que este estava tanto quanto, senão mais surpreso do que ele. Voltando suas atenções para os oito perguntou quem eles eram. O primeiro homem começou a soltar os famosos sons que uma pessoa faz quando está pensando no que falar: "éé.... hãããã...", demorando um pouco para responder. - Somos... recrutadores. - Respondeu ele meio incerto. E com isso Blaze perguntou se estavam com King Kong.- Estávamos recrutando ele. - Respondeu o homem sério ainda. - Ele se auto-proclamou King Kong. Descobrimos que ele veio da mesma ilha que Kong, nosso líder. E além disso tudo, a cereja do bolo, possuía uma recompensa alta por sua cabeça para alguém que veio dos blues. Imaginávamos que ele poderia resolver nossos problemas. - Respondeu o homem explicando os termos que tornaram aquele recrutamento lógico para eles.

Ao ouvir aquilo, King Kong recomeçou a se lamentar olhando para suas duas mãos. - Sempre falaram que ele era forte e benevolente. Eu passei minha vida ouvindo elogios aquele maldito e decidi assumir seu nome como alguém ainda mais grandioso. - Falou o gorila nervoso com ele mesmo por ter perdido.

Ainda estava longe de entender tudo que se passava ali. Para entender melhor a condição que estavam ali decidiu informar algumas coisas e finalizar com uma pergunta. A chuva impedia ele de ouvir, mas percebia que o homem ajoelhado havia engolido em seco a parte de "não sou um herói". Talvez esta tenha sido a impressão que ficara já que Kay havia salvado Jack de King Kong.

- Bem... não é como se possuíssemos algo realmente para te dar em troca. - Informou o homem meio desconcertado. - O que você deseja? - Perguntou. Mas Kay não chegou a responder já que Mari interrompeu aquela conversa. - Que tal conversarmos lá dentro? - Falou ela do lado de Jack apontando para o farol.

Kay ainda não tinha todas as respostas, mas sabia que havia derrotado um pirata realmente de vinte e cinco milhões de recompensas. Não sabia de Kong ainda e os homens não pareciam querer contar muito sem ter alguma noção de Kay ser confiável ou não. Era algo no mínimo grande se já haviam recrutado alguém com vinte e cinco milhões de berries de recompensa.

Assim, enquanto observava o povo começando a andar, lembrou-se dos mascarados e perguntou destes. - Eles apareceram por aqui também. Deve ser obra de uma akuma no mi. - Respondeu Jack. O homem estava atento a Kay igual Blaze estava atento a ele.


Ferimentos:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
West

Créditos : 38
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySex 07 Jun 2019, 00:52

Blaze IV: O Voo da Águia


Tudo estava muito confuso – Então tem outro Kong? – pensava enquanto olhava confuso para aquelas pessoas, de onde ele vieram e para onde eles estavam indo? Uma surpresa atrás da outra. Conforme minhas perguntas eram respondidas, menos eu parecia entender sobre o grupo e como estavam interligados com o macaco a minha frente. Enquanto falavam, havia colocado a mão sobre o local do meu corpo onde estava dolorido, tentando entender o ferimento, como havia suspeitado, algumas costelas estavam fraturadas, sai apenas do transe quando a pergunta que queria escutar era dita – O que eu realmente preciso? – queria algo que realmente me ajudasse a subir um degrau na caminhada até o topo, dinheiro, subordinados – Eu que... – Quando as palavras começavam a sair, a menina ruiva saia das sombras e chamava para irmos para o Farol.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fechando a face e revirando os olhos enquanto aquele menina chata e desagradável puxava seu amado pelos braços, olhava para meu subordinado – Não abaixe a guarda – respirando fundo seguia o grupo rumo a instalação onde ilumina os desavisados que chegavam. Quando passei por Jack e este dizia que os encapuzados podiam ser obra de uma Akuma no Mi, apenas soltei o ar com mais força e virei o rosto, ignorando o sujeito, seguindo para o local, sempre segurando no cabo da espada que me restava – Quero ver esse macaco andar – dava uma ultima olhada no pirata derrotado aos meus pés, virando as costas, deixava o animal com seus problemas, tinha certeza que havia feito ferimentos suficientes para que ele não consiga andar corretamente.

Quando chegássemos no local, tiraria o capuz, já passando a mão sobre o cabelo. Primeiro observaria o local, desconfiado e atento para não cair numa armadilha que poderia muito bem ter sido criada por Jack, por isso, jamais ficaria de costas para o sujeito – Fique na porta, qualquer coisa sabe o que fazer – falaria isso me aproximando do meu companheiro, não importaria de outros escutarem, seria até bom que escutassem que não estava ali completamente exposto.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
...Escoraria na parede

Escoraria na parede, protegendo minha retaguarda, enquanto cruzaria os braços – Então, me expliquem do começo, estão recrutando pessoas por qual motivo? –  olharia para aquele que parecia ser o líder do grupo, franzindo levemente minhas sobrancelhas, não piscaria nesse momento, usaria minha intimação para esclarecer as coisas – Se eu sentir que estão me escondendo algo – sacaria a espada, colocando-a com a ponta no chão, deixando-a escorada na parece, próxima a minha coxa – As coisas não irão terminar bem – deixando o rosto sem qualquer expressão, apenas escutaria a história que teriam para contar com atenção.

Pelo contexto, entendia que estavam procurando por pessoas para derrotar um sujeito com nome Kong em alguma ilha, agora restava entender as entrelinhas, e quando o desafio ficasse claro, respiraria fundo e olharia para a pessoa – Não dou a mínima para os seus problemas, não tenho compaixão alguma com sua causa – falaria a verdade, aquelas pessoas não significavam nada para mim, do que uma oportunidade – Estou no começo da minha subida até o topo, por isso preciso de algumas coisas para aumentar minha força - descruzando os braços, ficaria ereto, com toda minha imponência - Quero dinheiro e tudo aquilo que eu saquear desse Kong, será meu – se me perguntassem o valor da quantia, não vacilaria – 20 Milhões de berries, pode ser em armas, ouro, barcos, não importa – dando uma rápida olhada para Drake, lembraria da minha promessa – E toda bebida que couber no meu barco – ouviria os burburinhos e as lamentações que viriam – Eu sou um pirata, se querem justiça procurem a Marinha, eu quero um desafio, mas não farei isso para ajudar inúteis – pegaria no cabo da espada – Ficarei no meu barco até amanhecer, vou procurar por um local que venda a bussola para nos tirar daqui – começaria a sair do local, caso o grupo não dissesse mais nada, mas se falassem algo, esperaria para ouvir a contraproposta, e se algo me interessasse, sentaria novamente.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 134
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySex 07 Jun 2019, 03:10


Narração
Chovendo
Localização: Farol
Noite

Kay
O jovem havia se perdido ainda mais naquela confusão de respostas. E quando percebeu, havia caído em uma pequena pergunta que não chegou a ser respondida. Dirigiu-se assim para o farol com Drake e os outros, que simplesmente abandonavam Kong sem se preocuparem.

Quando chegaram na construção, viram tudo revirado. Diversas bússolas diferenciadas no chão que rodavam loucamente. - Bem melhor sem chuva. - Ouviu a menina comentando enquanto sentava no chão mesmo do local. Kay avisava Drake sobre como agir e o homem sorria com a ordem. Achando que a situação poderia ficar interessante. Viu seus possíveis "aliados" temendo um pouco conversar com ele.

Fazendo a primeira pergunta, viu a mulher encostando no homem que Blaze julgava ser o líder ali, ela parecia preocupada com o que contariam. O homem sorriu de forma meio boba para ela, mas virou-se sério para Kay. - Precisamos de força para criar uma revolta nunca antes vista em uma ilha da Grand Line. Nosso líder Kong sabe que precisa de toda a ajuda possível e por isso mandou a gente e diversos outros por aí recrutando pessoas para sua causa. - Percebera que o homem havia falado rápido e escondido o motivo da revolta, talvez achasse que não importasse para Kay, já que este falava que não era um herói.

E até mesmo reafirmava isso, falando que ficaria com tudo que pudesse saquear do tal Kong. - Err... acho que o senhor não entendeu. Kong era nosso líder. - Começou a explicar o homem. Mas Jack que continuou. - Pensaram que King Kong era um fã dele graças ao nome que havia se dado e ajudaria na causa. - Falou o menino olhando seriamente para Kay. Temendo que este atacasse ao ouvir coisas que não gostaria. - Tanto que por isso torceram por ele. Mas como você ouviu da boca de King Kong, ele odeia Kong. Eu havia descoberto isso. Por causa disto ele enlouqueceu e começamos a brigar. - Respondeu de maneira clara para Kay que ficaria contra ele se ele tentasse atacar Kong. - Ele esperava usá-los como transporte para chegar até Kong. - Terminando a explicação de Jack, Kay nem pode falar nada antes de ouvir mais. - Mas se é isso que você quer. O homem que queremos derrubar é muito rico. - Falou o homem apressado retomando o ponto da conversa que tinha ficado para trás. - Ele é dono de uma das maiores empresas da Grand Line. Ela é grande como uma ilha. É este maldito que queremos derrubar. - E então ouviu a voz da mulher que havia olhado para o homem anteriormente. - Se é um desafio que você quer. Um dos homens que precisamos derrotar está ligado a um shichibukai. - Quando ela terminou de falar isso, todos seus aliados ficaram apreensivos, como se ela tivesse falado mais do que deveria. - Ele é ridiculamente forte. Nós já temos sorte dele não estar na ilha que precisamos ir. Mas se conseguir fazer a revolta com sucesso. Não só teremos derrotado um de seus homens, como teremos provocado a ira dele com certeza. - Explicou ela. Algo no tom de voz de Kay deve ter feito ela perceber que assim seria uma boa forma de convencê-lo, ela de com medo de contar acabou sendo a melhor fonte de informação.


Ferimentos:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
West

Créditos : 38
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySex 07 Jun 2019, 15:47

Blaze IV: O Voo da Águia


A conversa havia tomado um rumo diferente do que imaginei, de forma positiva me colocava a pensar nas próximas palavras, abaixando a cabeça, olhava para as bussolas, estranhas e com um ponteiro giratorio, com os braços cruzados evitada olhar para o grupo, eles estariam esperando por algo que eu não poderia lhes proporcionar – O nome ... – começaria a andar, pegando uma das bussolas, observava como as agulhas giravam, não entendia nada por isso, jogava a mesma para Drake, como navegador ele deve entender aquilo – Qual o nome do Shichibukai? – viraria levemente meu rosto, de modo que meu olho vermelho ficasse em evidencia do modo como viam – Não precisam se conter, não vou me intimidar, esse e o tipo de desafio que procuro – dava uma rápida olhada para Jack – Eu já queria mesmo arrumar confusão com os peixes grandes – escoraria novamente na parede, próxima a minha espada, pegando-a e girando levemente pelo ar, cortando-a conforme balançava, e quando escutasse quem seria o alvo, daria um sorriso mostrando levemente meus dentes brancos – Entendo, minhas condições são as mesmas, 20 milhões, todo o saque que conseguir pegar do alvo, e barris de rum, ou nada feito – falaria sério e orgulhoso, não vacilaria em nenhum momento.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Esperaria pela decisão do grupo, mas deixaria bem claro o que queria – Eu não vou servir Kong ou coisa parecida, farei aquilo que desejar do meu jeito, não ligo pra causa da revolta ou nada parecido, vou para derrotar o subordinado do Shichibukai e elevar minha fama – embainharia minha espada, ajeitando minha capa – Se precisar matar, matarei quem eu quiser, não vou pra ser herói, se eu saquear o lugar, quero o saque todo para mim, entendido? – Deixaria tudo bem claro, não que dinheiro me fosse importante, mas para montar uma frota precisaria de muito mais do que uns trocados, armas, homens e poder de fogo custam caro, e essa oportunidade caia como uma luva.

Deixaria o grupo decidir o que fazer, se não aceitassem minhas condições, pegaria meu barco e seguiria para outro lugar, não havia me engajado com nada. Se tivessem concordado com tudo, era hora de colocarmos as barbas de molho – Então está feito – começaria a caminhar, parando perto de Drake – Conseguiu entender esse negócio? – arquearia uma das sobrancelhas, vendo as agulhas girando. De todo jeito, viraria para o grupo – Estarei no meu barco, se quiserem, posso levar vocês até a ilha – falaria isso apenas se aceitassem as condições que coloquei, caso contrário apenas daria as costas puxando Drake – Hora de irmos – e sairia do local, esperando alguns metros fora da estrutura – Ainda preciso resolver algumas coisas com aquele moleque, se você não importar – daria um sorriso tímido e cruzaria os braços.

Doravante, se aceitassem tudo que falei e fossem me seguir até o barco, não falaria mais nada pelo caminho, passando pelo gorila sem sequer desviar meu olhar para aquele inútil. Com a chuva assolando minha cabeça, chegaria até o barco, onde avisaria para Touha a situação – Vou derrotar um sujeito, numa ilha distante, se quiser sair do barco e procurar outro caminho, agora é a hora – depois verificaria o resto do povo subindo, até chegar em Jack, caso este ainda estivesse comigo – Você não – e daria uma bica no sujeito, se fosse possível.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 134
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySex 07 Jun 2019, 17:37


Narração
Chovendo
Localização: Farol
Noite

Kay
Percebendo que havia entendido a situação errada, Kay se atentava para a bússola no chão e se agachando pegava uma e jogava para Drake.

Quantidade aleatória (1,7) :
3

Enquanto o navegador pegava a bússola e começava a analisar a mesma, Kay perguntava então o nome do shichibukai. A jovem engoliu em seco, pensando se havia cometido algum erro ou não contando aquilo para aquele jovem a sua frente. - Giovenzio. - Respondeu ela com um pouco de temor em sua voz. Apesar do medo dela, o nome não significava muito para Blaze, pois era um novo nome para o repertório de Shichibukai.

Independente daquilo ele continuava com suas condições. - É fácil conseguir isso naquela ilha. - Respondia o homem se referindo aos milhões de berries e a bebida. Era difícil falar do saque por si só, dependeria muito da situação, mas eles não pareciam tão preocupados com aquilo. - Mas entenda, independente de seguir ordens ou não, só te pagaremos se você realmente ajudar a resolver nosso problema. - Falava o homem, querendo deixar claro para Kay, que independente dele ser um herói ou não, sem ajudar não receberia recompensa. Algo que poderiam chamar de justo. - E vocês ficam aí falando da ilha. Mas qual é a maldita ilha? Querem que nós caíamos lá por milagre? - Perguntava o navegador em tom bem agressivo para todos ali. Afinal, levá-los lá era o serviço dele. O líder ali olhava para seus companheiros buscando aprovação, como se tivessem decidindo se Kay realmente havia sido escolhido para ajudar. E quando a conseguiu, virou-se para os dois e respondeu. - Nosso destino é Dino Club.

O problema de saber o nome da ilha é que isso simplesmente não ajudava em bosta nenhuma. Mas, mesmo assim, pareciam que tinham todos os termos resolvidos, e Kay já estava de partida, perguntando para seu navegador se ele entendera aquela bussola. - Os log pose's não estão funcionando ultimamente, alguns teorizam que Karthus abandonou o local para resolver isso. Por isso acho bom que Pratt e Doris vão com vocês. - Um homem e uma mulher davam alguns passos para frente. - Nos encontramos lá. Que tal? - Com essa despedida temporária Kay, Drake, Pratt e Doris partiam do farol, com uma última fala de Jack. - Cuidado quando passar perto de King Kong. Não se sabe o que aquele cara pode fazer para ir atrás de Kong. - Mas após se afastarem um pouco, Kay comentava sobre ainda ter problemas para resolver com Jack.

Partiam assim na direção de seu navio novamente. Um novo objetivo em mente e dois novos "aliados" com ele. Dependia totalmente de Kay se partiriam diretamente ou ficariam por ali mais um tempo, só era claro como nunca que a chuva ia piorando ainda mais enquanto andavam.


Ferimentos:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
West

Créditos : 38
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySab 08 Jun 2019, 01:17

Blaze IV: O Voo da Águia


Então iria cutucar a ferida de um tal de Giovenzio, um nome novo na minha lista, dos Shichibukais, conhecia o nome de 4 agora: Kedrah Khan, Vespa, Wargrave e Giovenzio. Piratas que possuíam grande influência pelos mares a ponto de terem suas recompensa travadas, podiam navegar sem se preocupar com a Marinha, mas em troca teriam que responder quando chamados. A ilha pouco me importava, creio que Drake também não a conhecia – Dino Club – matutava enquanto escutava o resto do que era dito, dois sujeitos iriam comigo até essa tal ilha aparentemente – Pode ser – falaria rapidamente, olhando para as duas pessoas que se apresentavam, um homem e uma mulher, não aparentavam grande coisa, mas como tinha experiências anteriores, não julgaria pela aparência.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
... olhando friamente para o garoto por sobre meu ombro

Com tudo organizado, uma breve aliança estava feita, já queria derrubar um desses figurões e a chance aparecia como um pedido feito a uma estrela, agora não desperdiçaria. Pegando minha espada, caminharia para fora do Farol, quando escutava um alerta de Jack, nesse momento pararia meus passos, olhando friamente para o garoto por sobre meu ombro– Cala a boca – diria friamente, deixando minha postura ereta e os punhos fechados, não iria segurar muito mais a vontade de bater naquele sujeito, agora tinha planos maiores, mas outra olhada ou qualquer palavra dirigida a mim de forma desrespeitosa, iria sacar minha espada e trazer o terror para sua vida.

Quando saímos do local, a chuva ainda caia la fora, de modo que coloquei o capuz e encolhi levemente os ombros. Caminharia com uma certa pressa, deixar a escuna nos cuidados daqueles caçadores era um risco, e ainda tinha os encapuzados, por mais que não gostasse de Jack, sua fala podia ser realmente verdadeira, podia ser o poder das frutas dos diabos. Frutos esses que eram lendas em livros, citados em rituais como o poder dado pelo demônio para o mundo dos vivos, um dia quem sabe seja abençoado com uma dessas.

Caminhando na frente do grupo, já esperava passar pelo gorila – O que será dele? – Me questionava, não que me importasse, o derrotei de forma limpa, talvez tirar sua vida para um sacrifício maior, Susano’o poderia estar insatisfeito por não ter pego sua recompensa, o demônio sumiu logo após o combate e sua presença era nula em meu corpo nesse momento. Se visse o animal, prestaria atenção se ainda respirava, os ferimentos não haviam sido graves para esse ponto, mas uma coisa era certa, ele jamais usaria o olho direito novamente – Qual seu verdadeiro nome? – questionaria tirando meu capuz, deixaria a fera ver meu rosto e meu olho amaldiçoado, olharia bem na cara da criatura, usando minha intimidação, não vacilaria ou piscaria, por fim, queria apenas entender se valia ou não a pena mata-lo – Melhor guardar as forças para Dino – por isso, daria as costas para o animal, já havia deixado uma cicatriz eterna, ele lembraria de mim para todo o sempre.

Descendo a encosta, prestaria atenção na escuna, vendo-a ali, bela e gloriosa, daria um leve sorriso e continuaria seguindo a trilha que já havia passado. Quando chegasse na escuna, primeiramente verificaria se ainda havia mascarados pelo convés, daria outra estocada, conferindo se estava como antes. Por fim, entraria na sala maior, onde ficava a cozinha, esperaria ver a dupla de caçadores - Aconteceu algo? – falaria enquanto tirava a capa negra e vermelha – Irei navegar até Dino Club, onde irei enfrentar subordinados do Shichibukai Giovenzio – Diria de forma descontraída e calma, enquanto olhava para trás, buscando os dois novatos – Eles irão nos levar, então se quiserem sair do barco e seguir outro caminho, fiquem a vontade – procuraria me sentar em algum lugar – Caso contrário, irão descer em Dino Club e seguir suas vidas – levantaria a camisa, vendo os hematomas do combate, fazendo uma leve careta ao tocar nas costelas feridas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Se Touha e Simon quisessem seguir até Dino e descer lá, não faria questão – Ajudem com as velas e essas coisas, iremos partir de imediato – procuraria pela comida na despensa, pegando uma fruta de preferência, depois olharia para os dois novatos – Alguns de vocês são médicos? – sendo negativa, daria de ombros e ignoraria todo o resto, mas tendo um médico, mostraria os hematomas – Estou com algumas costelas trincadas, conseguem dar um jeito? – depois seguiria o que fosse ordenado de bom grado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Depois dessas primeiras medidas, iria até os dormitórios, colocaria minhas roupas sobre uma das camas, estando ou não com os ferimentos tratados, sairia lá fora, iria até o convés, onde esperaria encontrar todos – Vamos revezar a vigília, eu faço a primeira – olharia para o céu, vendo a chuva cair sobre meu rosto, lavando a sujeito que ainda estaria pela queda e o sangue – Depois chamarei alguém – assim sendo, me colocaria na parte de frente da Águia, olhando atento para a escuridão.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 134
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySeg 10 Jun 2019, 02:36


Narração
Chovendo
Localização: Farol
Noite

Kay
O jovem concordava com tudo que foi discutido. Saía do local com muitas informações novas. Poderia formar seu nome no mundo se tudo ocorresse bem. Mandando Jack calar a boca, e recolocando sua capa para proteger o pouco que podia suas roupas, saiu do farol em direção a seu navio.

O jovem caminhava com pressa na chuva que ia caindo, sentia a dor nas costelas ainda, mas nada podia fazer até chegar no navio e quem sabe pedir por seus colegas para ser tratado. Quem sabe se tratar no farol não fosse a melhor ideia? A pressa por algum motivo andava junto de Kay.

No caminho lembrava e pensava em King Kong, podendo se encontrar com ele. O que simplesmente não aconteceu. Quando chegou na região que o macaco deveria estar, percebeu que havia até uma pocinha de sangue ali que já estava muito diluída graças a chuva, a direção que ele andara então? Impossível determinar. Será que deveria tê-lo sacrificado para Susano'o?

Com essa dúvida em mente seguiu para o navio. Onde a primeira coisa que fez foi verificar a existência de mascarados, mas percebeu que haviam desaparecido. Uma boa notícia provavelmente. Indicando para que todos descessem para o interior do navio, ficando mais confortável desta forma, perguntou sobre a situação para os dois que ficaram de guarda. - Além do desaparecimento dos mascarados, só chuva. - Informou Simon, sentado, com a expressão de entediado indo para o cansado, provavelmente ficar sentado olhando para nada além da escuridão não era das mais emocionantes tarefas. E já com a capa molhada retirada informou para onde iria. - E o que tem de bom lá? - Perguntou para Kay em resposta, mas quem respondeu foi um dos dois novatos com ele. - Um cassino gigantesco. Provavelmente o maior da Paradise. - Os olhos do velho quase se transformaram em Berries ao ouvir aquilo, feliz com a informação de que poderia ganhar uma bolada com piratas naquele lugar. - Acho que é um ótimo destino então. - Informou o avô, decidindo por ele e seu neto, que deu de ombros, confiando que Touha teria feito a escolha correta.

Acabada aquela primeira interação inicial, Kay virou-se para os dois que vieram com ele e perguntou se algum era médico. Com a expressão perfeita de poker face, acabou ouvindo a resposta. - Desculpe, mas nós dois somos caçadores. - Com a negativa, o jovem não teve muita coisa para fazer além de indicar que partiriam imediatamente, o jovem foi até o quarto e guardou as roupas que possuía.

Indo para o convés sentiu que o navio começava a se mover novamente, aos poucos ganhando velocidade. O balançar do mar não ajudava muito com suas costelas machucadas, mas pelo menos os hematomas que tivera com o gorila não incomodavam mais. Chegando ao convés, até iria indicar que cuidaria da primeira vigília, mas o que encontrava era Drake berrando algumas ordens e todos ali trabalhando cuidando das velas e das cordas. O mar ia ficando mais furioso a cada metro que se distanciavam da costa.





Play nos 2 vídeos ao mesmo tempo deste post até o post que eu falar que a tempestade acabou. De preferência no volume 100 com um bom fone de ouvido.

Só de ficar em pé no convés Kay já sentiria suas costelas reclamando da dor, as ondas iam ficando maiores e maiores, e aos poucos em sua vigília percebia algo importante vindo a bombordo. Um navio pirata, com uma bandeira no mínimo curiosa, um grande gorila em cima de um grande prédio e uma mulher em sua mão. Não precisava pensar muito para perceber que aquele era King Kong, seja lá porque o mesmo possuía aquela bandeira.


Ferimentos:
 

Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
West

Créditos : 38
Warn : Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 EmptySeg 10 Jun 2019, 17:00

Blaze IV: O Voo da Águia


Sentia o barco começando a se mover sobre as aguas da Grand Line, o barulho da chuva e os trovões davam um preludio do que seria a nossa viagem, como leigo, não imaginava como seria navegar nessas condições, havia navegado poucas vezes, era um marinheiro de primeira viagem, um jovem lobo em busca de aventuras. Deixando minha bolsa na cama, ajeitava minha capa negra e vermelha, colocando o capuz, já se precavendo da chuva que estava caindo, a ideia era fazer o primeiro turno é ir descansar. Caminhando mais lentamente possível, como se atrasasse o inevitável, abriria a porta já sentindo a ventania passando pelas minhas orelhas e a chuva banhando meu rosto.

Seria uma longa viagem pelo visto, quando abri os olhos e prestei mais atenção no convés, via Drake dando ordens e uma movimentação para cumpri-las, de início cocei a cabeça vendo que não queria fazer aquele serviço, mas, não havia outro modo, entrando no convés sentia a chuva forte lambendo o convés e o balanço mais forte da Águia – Caramba – tomando cuidado para não escorregar, caminhava pelo barco olhando para o céu e vendo os relâmpagos caindo como castigos dos deuses sobre nossas cabeças.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
...conseguia visualizar um barco

O balançar do barco fazia as dores voltarem como leve pontadas no meu amago, incomodavam, mas era suportável, por enquanto. Enquanto o pessoal trabalhava, olhava ao redor, vendo a luz do farol ficando para trás, provavelmente nunca mais veria ela novamente, esticando a mão, segurava na borda do navio, olhando para as nuvens que brilhavam a cada relâmpago e de repente, da escuridão algo vinha, semicerrando os olhos, conseguia visualizar um barco, suas bandeiras negras ostentavam um símbolo pirata – Não é possível – não esconderia a surpresa em meu rosto, abrindo um pouco mais os olhos que o normal. A bandeira era um gorila segurando uma figura, so podia ser o Falso Kong – Se quer vingança, te darei vingança – Sorrindo como uma criança prestes a ir para uma loja de brinquedos, esconderia a felicidade no interior rapidamente, voltando para os deveres que me incumbiam.

Me virando para Drake, apontaria para o rumo – Barco inimigo – Se o jovem não adivinhasse quem seria, daria outro alerta – Deve ser o Kong – caminharia pela beirada, analisando ainda o barco – Achq que consegue ficar ao lado do barco? – Sendo positiva a resposta, ou negativa, iria responder do mesmo jeito – Vou mata-lo para não me incomodar mais – sem me importar do resto da tripulação escutar, sendo caçadores ou não, estavam sobre minha bandeira, teriam que jogar pelas minhas regras.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
...Falaria rapidamente, olhando nos olhos do velho

Sem me importar agora com chuva, balanço do barco ou coisa parecida, meu foco estava num alvo, e minha intenção também, avisaria para os novatos – Ajudem Drake no que precisar, eu vou dar conta do inimigo – Não eram palavras para acalmar, e sim para alertar, não queria que eles fizessem algo estupido. Procurando por Touha, falaria rapidamente, olhando nos olhos do velho – É um barco pirata, eu briguei com um gorila no Farol, acho que o bando é dele – respiraria rapidamente, tomando folego – Sua cabeça está a prêmio – esperaria um momento, para que eles entendessem a situação – Eu vou matar o Gorila, se houver outros tripulantes com ele, defendam meu barco, se tudo der certo, dividiremos a recompensa dele pela metade – Não iria falar a quantia que valia, a ganancia deles poderia ser prejudicial, deixaria essa informação para depois.

Os dois concordando em ajudar, tinha pelo menos um plano, eles cuidariam do barco, Drake cuidaria de não deixar a gente afundar, e eu iria para a ofensiva, não fazia ideia se era bom ou ruim, mas não importava, eu sou o escolhido, nada ira ficar no meu caminho, nessa vida ou na outra – Drake, cuide da rota, o resto deixa comigo – alertaria novamente o espadachim, sua fome de sangue teria que esperar, quem sabe tenha um bom rum no barco inimigo, um saque seria de grande ajuda, já que tinha em mente expandir e melhorar o Águia Negra, além de comprar novos equipamentos, lutar com uma espada não era minha forma favorita de agir.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Assim sendo, esperaria para ver como iria agir, o oceano era traiçoeiro – Escolha errada Kong, escolha errada – repetiria em minha mente essas palavras, fechando os punhos e focando no barco que estaria se aproximando, como um lobo fita sua presa, olharia para aqueles sujeitos da mesma forma, iria mata-los de uma forma lenta e dolorosa, por dentro, uma chama ardia fervorosamente, mas por fora, estaria com o rosto fechado, os dentes rangiam de tanta força que estava fazendo, a face tão rígida que a ponta das sobrancelhas quase se tocavam.

Se por acaso, eles começassem a atirar, esconderia atrás de algo para não ser atingido diretamente, sabia que não havia canhões, então uma batalha marítima era uma escolha que não estaria no meu cardápio, precisava entrar em conflito direto, em um dos barcos. Conforme ficasse mais próximo, usaria minha visão aguçada para ver quantas pessoas havia no barco inimigo, e claro, verificar se era mesmo Kong o capitão, semicerrando os olhos e colocando a mão perto da sobrancelha, impediria da chuva atrapalhar minha visão.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
Pensamentos
Fala


Histórico:
 
Feitos na Aventura:
 
Objetivos na Aventura!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Blaze IV: O Voo da Águia   Blaze IV: O Voo da Águia - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Blaze IV: O Voo da Águia
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: