One Piece RPG
Partindo pra briga! A primeira caçada! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:09

» A inconsistência do Mágico
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 16:34

» Mep-Ruriel
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:28

» [Mini-Ruriel]
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:24

» O Regresso do Anjo Torto
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor DanJo Hoje à(s) 15:18

» Meu nome é Mike Brigss
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:38

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 14:05

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:46

» Xeque - Mate - Parte 1
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor TheJoker Hoje à(s) 13:31

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Furry Hoje à(s) 11:20

» [M.E.P] Joe Blow
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:56

» [Mini-Aventura] Joe Blow
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:55

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor gmasterX Hoje à(s) 09:54

» [M.E.P] Veruir
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45

» Sidney Thompson
Partindo pra briga! A primeira caçada! Emptypor Zed Hoje à(s) 01:19



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Partindo pra briga! A primeira caçada!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyQua 08 Maio 2019, 13:07

Partindo pra briga! A primeira caçada!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kirihara Tetsuya. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyQua 08 Maio 2019, 21:10


Depois de ter pego uma carona com um pequeno barco de pescadores, finalmente havia chegado em Torino Kingdon, a viagem havia sido longa e por conta disso o meu humor não estava dos melhores, não que isso seja incomum. Quando finalmente saí daquele barco, a primeira coisa que eu fiz, o que eu precisava fazer, foi me esticar bem, estalando ossos que eu até esqueci que existiam. - Enfim terra firme! Não aguentava mais aqueles idiotas falando de peixe... - resmunguei enquanto fazia aquele pequeno aquecimento. Eu vim para Torino Kingdon com o objetivo de me tornar um caçador, e por não conhecer muito sobre mapas e os locais, eu não fazia ideia de como era essa ilha, então durante a viagem de barco fiquei tentando imaginar como seria e de certa forma criei um tipo de expectativa, coisa que definitivamente não era para ter feito, porque ao ver a paisagem de onde eu estava ( na praia ), o desgosto bateu forte em meu interior, fazendo escorrer uma pequena gota de decepção da minha testa. - Mas que porcaria de ilha é essa?! Existe vida aqui?! - a minha indignação era nítida, tanto que eu estava resmungando e falando sozinho.

De qualquer forma não adiantava eu ficar ali parado resmungando sem fazer nada. A primeira coisa que eu tinha que fazer era encontrar uma espada, da ultima vez que eu conferi os meus trocados, ainda me restavam 50.000 e isso era mais do que o suficiente para comprar uma espada. - " Ok, vamos ver o que essa decepção de ilha tem a oferecer... " - respirei fundo e comecei a caminhar. Usando o meu faro aguçado eu tentaria sentir o cheiro de qualquer coisa que fosse relevante, como por exemplo comida cozinhando, ou até mesmo cheiro de pessoas, e uma vez que tivesse conseguido detectar um cheiro interessante, eu iria seguir o caminho cuidadosamente. Desde criança eu vivia em floresta, devido ao fato de não ter amigos, eu basicamente me criei nesse meio, lidando com animais selvagens e armadilhas, por isso eu sabia exatamente o que esperar. Durante toda a minha caminhada eu estaria com minha audição aguçada bem atento a qualquer tipo de barulho estranho, assim como o cheiro, eu saberia se eu estivesse me aproximando de qualquer coisa, assim como o contrário, algo vindo até mim.  Se por acaso alguma coisa acontecesse, a minha primeira reação seria dar cambalhotas para trás até chegar em uma árvore, onde eu subiria e tentaria me ocultar, pulando de galho em galho.

Se nada disso acontecesse e eu conseguisse seguir o meu caminho e encontrar algum tipo de vilarejo, a primeira coisa que eu faria era buscar por algum tipo de loja ou cabana que vendesse espadas, afinal eu não poderia caçar nada sem uma arma. Se eu tivesse encontrado pessoas naquela ilha, eu sabia exatamente o que esperar, e por isso a todo momento estaria caminhando com a cara fechada, claramente mal humorado. Uma vez que eu tivesse encontrado algum tipo de loja de armas, me aproximaria e adentraria cuidadosamente e a primeira coisa que faria era olhar quantas pessoas haviam ali e quais seriam as minhas possíveis rota de fuga, se fosse necessário. Em seguida se tudo estivesse indo bem, me aproximaria do balcão e falaria com a pessoa responsável. - Eu quero uma espada, pode ser qualquer uma, só preciso de uma lâmina. - seria curto e grosso ao mesmo tempo que colocaria o dinheiro do balcão, mas com a mão fechada, só liberaria o dinheiro depois de ter o que pedi.








Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Bruno XVIII
Membro
Membro
Paulo Bruno XVIII

Créditos : Zero
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 9010
Data de inscrição : 02/04/2019
Idade : 19
Localização : Organ Island

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyQui 09 Maio 2019, 22:41


Partindo pra briga! A primeira caçada!


O dia particularmente estava agradável, poucas nuvens estavam expostas no céu e elas em especial não aparentavam serem futuras causadoras de chuva, o clima estava agradável sem nenhuma particularidade, quem sabe fosse um belo dia para Kirihara Tetsuya só ficar pela praia cujo ele havia recém chegado aproveitando o sol e a maresia que o mundo tinha a lhe oferecer, mas aparentemente não era isso que ele estava buscando no momento.

Kirihara Tetsuya é um mink do tipo cachorro com um passado conturbado devido a fortes preconceitos por parte dos humanos que viviam na mesma vila que ele desde sua infância, não só pelo fato de ter nascido hibrido, mas também devido ao seu pai ter sido o motivo de um ataque pirata a ilha na qual nasceu cujo gerou desgraças para o povo que lá viviam, assim como Kirihara seu pai também sofreu preconceito pelo fato de ser uma miscigenação de raças.

Seu objetivo em Torino Kingdom era primeiramente ir atrás de uma loja de espadas onde pudesse comprar uma, consigo o mink levava 50.000 berries que ironicamente era o preço que normalmente era atribuído para essas laminas compridas. Sua atual posição era em uma das praias encontradas na ilha, por um primeiro olhar a única coisa além da areia e do mar que podia ali ser visto, era uma vasta flora densa que compunha 80% do espaço da ilha.

Utilizando de seu faro avantajado, o mink começava após um breve alongamento tentar rastrear por meio do olfato vestígios de algum ser humano, ou talvez até algum outro hibrido, que por ali estivessem. Não demoraria para Kirihara sentir e seguir um odor que provinha da densa selva a sua frente, ao centro daquela ilha uma enorme arvore se encontrava negando com que não fosse vista, talvez o cheiro fosse provindo das proximidades dela.

Seguindo o cheiro que aparentava ser de algum tipo de carne, o jovem andava atentamente abusando de seus outros sentidos que também eram avantajados para se prevenir de quaisquer ataques que pudesse receber, barulhos como os de pássaros eram nítidos no ambiente desde sua chegada, o gorjear delas por mais bonito que fossem causavam certo desconfortos no hibrido de homem e cão devido ao fato de estar centrado em não ser pego desprevenido, sua audição avantajada lhe causava espécies de sustos.

Para sua sorte, o espadachim canino não havia se metido em nenhuma situação hostil no caminho da origem do cheiro que buscava, a origem do o que gerava tal odor que podia ser sentido de longe pelo mink, se tratava de um homem simplório que calmamente girava uma perna de javali cravada em uma espada fina segurada por ele muito similar a um espeto de churrasco, a fogueira era composta por algumas madeiras secas rodeadas de pedras claras que limitavam o espaço do fogo e das brasas.

O Kirihara  aparentemente não estava preocupado em esconder seus passos, sua aproximação fora ouvido pelo homem que estava a assar um pedaço de carne – Quem está aí?! – Assustado ele questionava em tom de voz alto. Após conseguir ver o homem-cão se aproximando, imediatamente ainda com a espada com uma carne de javali espetada, se levantou olhando extremamente assustado para o mink que se aproximava do acampamento que o homem estava.

O fato de a aparência do jovem ser inumana, havia então assustado o homem, na visão de terceiros  o que vinha na direção dele era um homem com orelhas de cachorro e pelo prateado por todo seu corpo, quem visse algo assim pela primeira vez se assustaria imediatamente com certeza – Para trás besta! – Gritava o homem que estava agora a sua frente – Eu sou um mercante de espadas, tenho várias comigo, e pode ter certeza que eu sei usa-las! – Nitidamente assustado o homem de aproximados 30 anos falava meio tremulo enquanto sacava mais uma espada que estava posteriormente em uma sacola com outras iguais.

O homem tinha cabelos loiros e trajava um quimono verde com um sobretudo preto, em sua cabeça um chapéu com listras brancas e verdes osciladas entre si, ele realmente era um mercante de espadas já que portava muito mais espadas junto a ele, dava para ver que ele não era nativo daquela ilha, talvez se o jovem falasse algo e explicasse que ele era um hibrido de homem e cão e estava em busca de uma espada, o homem mudasse seu comportamento para lucrar em cima disso, mas isso dependeria apenas de Kirihara, seu rancor por humanos poderia se esvair no momento em que ele foi chamado de besta, por exemplo, dificultando uma procedência amigável, essa escolha estava apenas nas mãos do humanoide, o que ele fará?



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptySex 10 Maio 2019, 15:30


Depois de estabelecer um objetivo a curto prazo eu imediatamente comecei a caminhar, porém uma coisa me chamou atenção antes de adentrar na floresta. De longe eu conseguia ver algum tipo de árvore colossal. - Mas o que é isso!? - disse com o tom de voz baixo como se estivese falando comigo mesmo, meus olhos estavam levemente arregalados, aquela era a maior coisa que eu havia visto na vida. Mas com aquela grande vista vinha algo ainda mais curioso, quando eu me aproximei um pouco mais da selva, consegui sentir um cheiro que definitivamente me agradava bastante. -  " Hummmm... CARNE! " - foi a primeira coisa que pensei depois de associar aquele cheiro e imediatamente a minha boca salivou fazendo com que consequentemente eu engolisse uma certa quantidade de saliva. Eu já tinha por onde começar, iria seguir aquele cheiro e ver até onde me levaria, e foi exatamente o que eu fiz.

Enquanto caminhava pela selva, claro que eu não ficaria por ai com a guarda baixa, e a minha audição aguçada era a minha ferramenta mais poderosa nesse quesito, porém, nem tudo são flores. Por eu ter um certo conhecimento de selvas, estar dentro de uma me fez ficar com a atenção redobrada, e isso foi justamente o que mais me prejudicou porque naquela ilha o que mais tinha eram pássaros, e eles ficavam passeando na selva. - Porcaria de ave! Sai daqui!! - dizia sempre que tomava um susto e logo em seguida tentava chutar a criatura, mas sem sucesso. O tempo foi passando e o cheiro daquela deliciosa carne foi ficando cada vez mais forte, até que de longe eu finalmente conseguia avistar algum tipo de fogueira. - " Eu sabia, era alguém cozinhando... pelo menos o cheiro ta bom, vai que eu consigo um pedaço... " - pensei enquanto continuei me acercando. Em algum momento eu devo ter pisado em um galho ou ter feito algum tipo de barulho, não que eu estivesse me esforçando para não fazer, porém a reação daquele humano foi um  tanto... esperada. O medo tomou conta daquela pobre alma que logo fez o que os humanos fazem quando se encontram em uma situação hostil: merda. Ele automaticamente entrou na defensiva e começou a fazer ameaças, e isso tudo porque apenas me viu.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Você por acaso é idiota?! - disse de forma grosseira e impaciente. - Ou você acha que eu sou idiota?! Porque se eu quisesse mesmo te fazer alguma coisa, acredite, eu teria feito e você sequer ia saber de onde veio porque eu senti o seu cheiro imundo a quilômetros de distância! Seria muito fácil fazer alguma coisa com você, olhe para o seu estado, CARA, você ta tremendo! - eu até poderia ser um pouco mais sutil, porém o meu excesso de sinceridade me fazia dizer coisas que eu poderia ter dito de outra forma, mas também não que eu me importasse com os sentimentos dele, afinal foi ele que começou. Em seguida eu levei meu dedo indicador e o do meio até minha testa e a massageei levemente e logo voltava a olhar nos olhos daquele homem sem desviar por um momento sequer. - Escute aqui, existe um motivo de eu ter vindo até aqui, e se você parar de ser um covarde patético, eu posso dizer o que eu vim fazer! - em seguida respirei fundo antes de começar a falar. - Eu vim aqui porque estava procurando algum lugar onde eu pudesse comprar uma espada, é tudo o que eu quero, uma espada! - dizia enquanto tirava do meu bolso os berries. - E aí?! Você vai querer lucrar com o seu trabalho ou vai dificultar as coisas? - finalizei o olhando nos olhos como antes e o dinheiro em mãos. Se ele concordasse, eu daria o dinheiro que custasse a espada, e a pegaria. Se por acaso em algum momento ele tentasse alguma coisa estúpida, tentaria me esquivar e me afastar aos poucos usando minhas habilidades acrobáticas para dar cambalhotas para trás e assim me ocultar na selva, mas se tivesse ocorrido tudo bem, eu apenas pegaria a espada e a amarraria do lado esquerdo da minha cintura.








Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Bruno XVIII
Membro
Membro
Paulo Bruno XVIII

Créditos : Zero
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 9010
Data de inscrição : 02/04/2019
Idade : 19
Localização : Organ Island

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptySex 10 Maio 2019, 21:11


Partindo pra briga! A primeira caçada!


Reflexivo do que fora dito pelo mink, o homem que antes demonstrava medo começava a despertar seu interesse econômico – Aaah! Por que não disse logo!? Eu tenho um monte delas e com certeza qualquer uma delas será de seu agrado. – Falou o mercante enaltecendo as qualidades de suas lâminas que estavam dentro da sacada próxima – Eu vim para aqui exatamente para vender minhas ótimas espadas, por 50.000 berries ela é toda sua! – Falava o homem enquanto estendia seu braço que estava com a espada que foi sacada antes em prol de sua defesa.

A troca então foi realizada, o homem-cão estava agora com a sua nova espada amarrada em sua cintura e o mercante com seus 50.000 berries que eram imediatamente guardados em um pequeno saco que estava debaixo de seus sobretudo com todo seu dinheiro – Foi um prazer fazer negócio com você. - Falava o vendedor de espadas enquanto se aproximava da fogueira para retornar à assar seu pedaço de carne que ainda portava – Você me parece ser novo na ilha assim como eu, o povo daqui vive próximo a árvore do centro da ilha, fica naquela direção. – Com sua mão livre o homem apontava para o norte sem tirar seus olhos da carne, pois ele realmente estava com fome.

– Me chamo Kirin, caso faça amigos pela ilha que desejem comprar uma espada, mandem virem aqui, pelo tanto de carne que consegui vou ficar muito tempo aqui haha – O homem que havia agora se apresentado, de forma gananciosa falava para o Kirihara que nesse momento já estava armado. Alguns risadas vinham daquela direção que o mercante tinha apontado, porém o barulho era escutado apenas pelo humanoide que possui audição avantajada, parecia em primeira mão uma espécie de festa, algum grupo da ilha deveria estar comemorando alguma coisa que não estava no conhecimento do espadachim, mas antes que pudesse deduzir as gargalhadas se tornavam gritos de desespero de um segundo para o outro – O que está acontecendo? – Kirin demonstrando preocupação olhava agora em direção ao som, o que o mink faria agora? Seguiria em direção ao som buscando explicações ou ignoraria e seguiria em busca do vilarejo?



obs.::
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptySab 11 Maio 2019, 22:54


Depois de eu ter sido um pouco duro com ele, o homem finalmente deixou aquele comportamento doplorável de lado e como se tivesse dupla personalidade começou a tagarelar sem parar, mas eu não estava muito interessado, apesar de manter os olhos nele, a minha expressão era de total desinteresse. - O que diabos esse cara tanto fala? Porque ele não cala a boca logo e me da minha espada? " - era a única coisa que passava pela minha cabeça naquele momento, eu não tinha culpa, quando eu não me interesso muito por uma coisa, eu simplesmente não consigo me concentrar nela. Depois de finalmente Kirin se calar e me da a espada, um certo brilho tomou conta do meu olhar e eu não pude deixar de sorrir depois de finalmente conseguir minha espada, devo adimitir que eu senti falta de manejar uma. - Finalmente... - disse com o tom de voz baixo e ansioso, mas logo o meu semblante voltou a ficar sério e até mesmo ligeiramente chateado. - Mas que coisinha cara isso aqui, não?! Sorte sua que eu realmente preciso de uma espada. Um caçador não pode caçar sem sua arma. - disse enquanto entregava o dinheiro na mão dele com um certo desgosto. Depois de finalmente estar armado, só me restava uma coisa a fazer: caçar.

Eu amarrei minha espada do lado direito da cintura e levei minha destra até o cabo, como se estivesse praticando e verificando se conseguiria saca-la sem problema, o que de fato não havia nenhum. Enquanto eu me preparava, mais uma vez aquele cara começou a falar, a princípio eu até me interessei porque ele falava exatamente uma coisa que eu estava muito interessado, que era onde estava o povo que vive na ilha, eu olhei em direção onde ele apontava e com minha audição privilegiada consegui escutar algum tipo de festa, aparentemente todos estavam se divertindo. - " Esses humanos... Sempre procuram qualquer desculpa para festejar! O pior é que se eu chegar no meio de uma festa, provavelmente deve ter um monte de gente bêbada farreando, não vou conseguir nenhum tipo de informação útil agora, maldição! " - fiquei pensando enquanto continuava olhando naquela direção, e com isso tomei a decisão de não ir lá. Eu tinha certeza que não haviam somete aquelas pessoas na ilha, a julgar pela aparência do lugar, provavelmente haveriam algum tipo de tribos, então eu simplesmente decidi ir procurar outros vilarejos, porém antes que eu pudesse fazer qualquer coisa, notava que daquele mesmo lugar que eu escutava barulhos de festa, agora eram de gritos desesperados. Meu coração bateu um pouco mais rápido e a minha expressão era muito mais séria e centrada, eu olhei novamente naquela direção. - " Está acontecendo alguma coisa... " - foi o que eu pensei de imediato.

Eu sei que sou grosso e mal humorado, mas apesar de falar muita coisa inapropriada, lá no fundo eu me preocupava com os outros, afinal a minha mãe era humana e eu nutria um grande carinho por ela, embora eu odiasse adimitir, eu me preocupava com as pessoas quando eu via que era uma situação de perigo, e embora eu realmente não quisesse fazer nada, tinha horas que simplesmente não dava. - Maldição! Não tenho tempo pra você, adeus! - disse para Kirin e sai correndo na direção do barulho sem ao menos me apresentar, não que eu me importasse com esse tipo de detalhe. Eu fui correndo na direção dos barulhos ao mesmo tempo que tentava farejar alguma coisa diferente, como pólvora ou algo do gênero, quando eu notasse que estava me aproximando do local eu imediatamente iria assumir uma forma mais furtiva, utilizando de minhas habilidades de furtividade eu iria me aproximar lentamente e com muito cuidado observando tudo em minha volta pronto para realizar uma manobra evasiva com um bloqueio sacando rápido a minha katana. Eu iria me aproximar o máximo que desse pelas árvores e arbustos tentando manter a minha presença oculta sempre. Primeiramente eu procuraria observar a situação com calma, tentaria notar se era realmente uma situação de risco, e se fosse, procuraria contar quantos eram, quantos estavam armados com armas de foto e armas brancas, e o mais importante, procuraria notar quem era o líder. Essa seria a minha estratégia inicial, só iria agir depois de ter analisado toda a situação para assim pensar em algum plano. Se em algum momento eu fosse atacado, rapidamente sacaria a minha katana para bloquear o ataque ou até mesmo "os ataques" ao mesmo tempo que daria saltos longos para trás, tentando me manter o mais afastado possível do ou dos agressores, antes de realizar movimentos ofensivos eu queria saber a situação em que eu me encontrava.








Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Bruno XVIII
Membro
Membro
Paulo Bruno XVIII

Créditos : Zero
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 9010
Data de inscrição : 02/04/2019
Idade : 19
Localização : Organ Island

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptySeg 13 Maio 2019, 13:44


Partindo pra briga! A primeira caçada!


Kirihara não tinha tempo a perder, dessa vez o guerreiro que aparentava não possuir emoções se cedeu para a situação em que estava inserido, se tratavam de gritos que vinham da direção em que Kirin havia apontado dizendo ser onde o povo estava, o que tornava essa situação um pouco mais preocupante do que seria se viesse de outra direção. Imediatamente o espadachim seguia em direção a os gritos escutados para descobrir o que era, devido ao seu faro aguçado o homem-cão conseguia em certo ponto do percurso detectar um cheiro podre, algo ou alguém estava fedendo em um nível altíssimo.

Chegando próximo ao local da origem dos gritos, Kirihara priorizva agora manter-se escondido para evitar ser pego caso a situação estivesse feia, que no caso realmente estava, o mink se encontrava atrás de alguns arbustos em um posição onde seria difícil ser visto, era um ótimo esconderijo mesmo havendo outros melhores, o jovem conseguia em cerca de 15 metros de distancia ver um possível bando pirata que estavam a rir no momento de sua chegada, devido ao timbre de suas vozes o humanoide conseguia reconhecer que eram as mesmas risadas que ele tinha escutado quando estava junto de Kirin.

Um pouco mais longe, um homem estava extremamente machucado, ele estava se esvaindo em sangue e tinha diversas partes roxas em seu corpo, um dos motivos de ele ainda conseguir estar em pé era por causa de uma mulher que estava o segurando demonstrando estar com muito medo e repúdio daqueles homens – Acaba com ele Capitão! – um dos homens que estavam presente no local falava em tom alto tendo sua frase terminada com risos acompanhado dos outros, isso era a comprovação que a alegria do bando era devido ao homem estar mal – Mas essa mariquinha já desistiu? – Um homem de aproximados 2 metros sem cabelo algum em seu corpo com uma nítida braçadeira tendo uma caveira desenhado, confirmando que se tratavam de piratas, falava em tom de deboche para o homem que estava machucado.

– Deixem ele em paz seu idiotas! – Quase chorando a mulher tentava parar a situação – Você deixa sua mulher resolver suas brigas? – O Capitão do bando dizia gerando mais risadas de seus homem que estavam presentes no local – Fique fora disso Elizabeth... – Cochichava o homem machucado para a mulher que o segurava – Eu quero que você procure ajuda com os caçadores de recompensa... quando eles souberem que há um homem com uma recompensa tão alta pela cabeça eles não iram... – Aproveitando as risadas, o homem cochichou para a mulher que o segurava, devido a sua audição avantajada o mink conseguia escutar um pouco do que ele falava, as risadas e deboche dos piratas dificultava a compreensão completa do que fora dito.

O Capitão pirata após isso realizou um empurrão nos dois levando-os direto ao chão, caindo um pouco longe um do outro, imediatamente ele seguiu em direção ao homem machucado levantando-o pelo pescoço – Você vem com a gente – Era dito junto a um sorriso pelo pirata que seguia de forma brutal arrastando o homem quase morto ainda pelo pescoço em direção contraria a grande arvore da ilha, deixando claro q ele estava indo em direção ao litoral – Soltem eles seus monstros! – Elizabeth falava tentando levantar – Nós não vamos mata-lo.. Ainda – O último da fila que se formava de piratas dizia apontado uma arma para a cara da mulher que caia novamente antes de se levantar completamente.

Os piratas saíam de cena deixando apenas a mulher sozinha que desesperadamente começava a chorar, Elizabeth é uma bela moça de cabelos curtos e ruivos que trajava um vestido longo branco que agora estava bastante sujo devido as suas duas quedas, ela estava de pés descalços sem motivo aparente, não demonstrava saber lutar nem ter qualquer conhecimento sobre combate, os seu choro havia sido provocado pelo susto de estar frente a frente com uma arma que poderia mata-la naquele mesmo segundo, o susto fez com que ela ficasse esse curto tempo chorando de joelhos ao chão, Kirihara ainda estava nos arbustos devido a tudo isso ter acontecido em um curto tempo e pelo enorme número de piratas que era impossível ser contado já que alguns não estavam na visão dele, o que ele fará a respeito da situação?




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyTer 14 Maio 2019, 15:40


Depois de entrar em estado de alerta eu tomei uma decisão, uma que eu não costumo tomar normalmente, porém naquele momento de adrenalina eu não tive cabeça para pensar bem se valeria a pena ou não, afinal eu nunca fui de arriscar a minha vida pra salvar a de humanos, não sem conhece-los. Enquanto corria, pouco a pouco sentia que estava me aproximando e não demorou muito até eu sentir o cheiro de algumas pessoas, porém um desses cheiros era simplesmente insuportável e a minha primeira reação depois de sentir aquele odor foi de levar o meu antebraço imediatamente até meu rosto, cobrindo o meu nariz e parte da minha boca. - " Mas que cheiro é esse? Parece que tem algo se decompondo! " - pensei enquanto continuei correndo tentando amenizar um pouco aquele cheiro horrível. Não demorou muito até eu finalmente me aproximar do local e como o planejado, ocultei minha presença e me acerquei o máximo possível sem ser notado.

No começo eu não entendi bem o que estava acontecendo, afinal aquilo era ou não uma festa? Depois de mais alguns segundos assistindo a cena, fui começando a entender pouco a pouco, embora não fizesse muito sentido aquela cena. - "  Não tem sentido, porque esses miseráveis estão agredindo aquele homem? A julgar o jeito que agem eles são no mínimo bandidos ou piratas, mas porque estão insistindo naquele homem? " - quanto mais eu pensava e assistia, mais confuso ficava. Por mais que eu quisesse fazer alguma coisa, eu não podia simplesmente dar a cara e peitar todos aqueles homens, eu tinha que pensar em alguma coisa rápido, mas nada passava pela minha cabeça. Não me restou muito o que fazer a não ser ficar observando tudo e esperar uma brecha. - " Se acham muito durões quando estão em vantagem batendo em alguém que mal pode se defender... Covardes! " - continuava pensando enquanto rosnava levemente, aquela situação estava me deixando aborrecido, porque ao mesmo tempo que eu queria fazer algo, eu simplesmente não podia. Apesar de estar me aborrecendo, o meu rosno não era tão alto por dois motivos, o primeiro era que o meu nível de stress não estava alto, eu apenas estava incomodado com aquela sensação de impotência, e o segundo, eu tentava controlar o som o rosno, mesmo que fosse um pouco.

Eu ainda não tinha entendido bem o que aqueles piratas queriam, eu só tinha certeza de duas coisas depois de tudo que eu estava vendo e ouvindo: aquele capitão pirata devia ser forte e com uma boa recompensa pela sua cabeça e aquele homem que estava ensanguentado tem alguma coisa que os piratas querem. Depois que os piratas sequestraram o homem e deixaram a mulher ali chorando, eu esperei todos os piratas irem embora olhando fixamente e atentamente a direção que estavam tomando, e quando tudo tivesse seguro, eu sairia do arbusto e me aproximaria lentamente da mulher. Eu confesso que não sou o maior fã de humanos, mas ver uma mulher ajoelhada chorando desesperadamente me deixou com um pouco de pena, afinal eu tive uma mãe que sofreu muito. A minha real vontade era de seguir aqueles canalhas, mas não sei o que aconteceu comigo... Naquele momento eu simplesmente me aproximei da mulher. - Ei, você. O que aconteceu aqui? Quem eram aqueles homens e porque levaram seu marido? Porque vocês estavam sozinhos? Responde. - falei de forma normal, como se estivesse indiferente com a situação. Eu estava de certa forma preocupado, e essa foi a forma mais sutil e educada que eu consegui falar. Se ela perguntasse meu nome ou algo do gênero, eu continuaria com a mesma postura séria e um tanto hostil, como se só quisesse informações mesmo, e na verdade era o que eu queria. - Eu sou apenas alguém que vai dar uma surra nesses piratas de merda, então preciso que colabore. - responderia a ela e continuaria esperando sua resposta. Durante todo o momento de conversação, eu sempre me manteria alerta a tudo, principalmente usando minha audição aguçada juntamente com o meu olfato para sentir algum cheiro "conhecido" desses piratas ou o que fosse. Se por acaso notasse que estavam se aproximando, eu pegaria a mulher pelo pulso e sairia correndo. - Tem alguém vindo, não é seguro! - diria a ela enquanto corresse.








Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Bruno XVIII
Membro
Membro
Paulo Bruno XVIII

Créditos : Zero
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 9010
Data de inscrição : 02/04/2019
Idade : 19
Localização : Organ Island

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyTer 14 Maio 2019, 20:39


Partindo pra briga! A primeira caçada!


– Aquele era o Kaio, o Anarquista – A jovem lentamente ia enxugando suas lágrimas enquanto tentava se levantar sozinha, aparentemente ela não apresentava nenhum corte ou machucado muito sério, mas apenas um especialista poderia dar certeza acerca de sua saúde – Me chamo Elizabeth, obrigado pela preocupação comigo mas aquele homem é muito forte para combater sozinho além de ter muitos homens a disposição... – Elizabeth com seu calmo timbre de voz falava para o mink que buscava ajudá-la.

Um desânimo era nítido pela feição da jovem, ela estava realmente preocupada com o que viria a acontecer com aquele homem mas sabia que ajudá-lo era quase impossível, em especial ela não tinha conhecimento algum sobre combates, nessa missão ela não poderia fazer nada além de apanhar ou assistir de longe a morte aquele homem, as esperanças lentamente iriam sumindo até que de repente ela de forma espontânea mudava sua expressão.

– Estou realmente agradecida, por disponibilizar sua ajuda e de ter fé que é capaz, mas somente uma pessoa conseguirá ajudar... Eu tenho q ir agora, adeus – Seu tom de voz ao término de sua frase demonstrava pressa pelo fato de ter sido dito rápido, podendo assim, concluir que sua esperança retornava novamente e que ela iria agora atrás de um benfeitor. Kirihara agora tinha a informação acerca do nome daquele pirata, talvez isso ajudasse a se preparar melhor caso resolvesse ir atrás dele.

A jovem agora em pé após se despedir do humanoide seguia em direção a grande árvore, possivelmente esse homem de quem ela havia falado fosse um morador local, mas antes que se afastasse, ela havia gemido de dor ainda ao lado do homem-cão e ido diretamente de encontro ao chão, de sua boca um pouco de sangue jorrava antes mesmo de sua queda, ela estava doente pelo que parecia.

A jovem aparentava possuir entre 50 a 60 quilos, sua altura não era das maiores, Kirihara não poderia ter certeza do por que de sua queda, ele não havia assistido a luta por completo para ter certeza se tinham encostado algum dedo nela. Elizabeth se encontrava caída a esquerda do mink e estava inconsciente, dependeria então apenas dele se prestaria ajuda para Elizabeth levando a algum médico ou tentando por si só ajudá-la, talvez a vida dela dependesse disso.






____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : Partindo pra briga! A primeira caçada! 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! EmptyQua 15 Maio 2019, 21:24


Quando eu tive a certeza de que aqueles piratas nojentos haviam ido embora, não pensei duas vezes antes de sair do arbusto e me aproximar da mulher cuidadosamente afim de conseguir algumas informações, eu sei que eu não sou a pessoa mais sensível do mundo ou o mais educado, mas naquela hora eu tentei ser tudo isso e mais um pouco, porque ser grosseiro com uma pessoa que passou pelo o que ela havia passado era algo cruel demais até mesmo para os meus padrões de hostilidade. Aparentemente a minha abordagem fez algum efeito, porque eu fui conseguindo informações pouco a pouco, porém uma coisa me incomodou enquanto aquela mulher falava, ela de certa forma estava me diminuindo, dizendo que eu não tinha chances sem sequer me conhecer ou me ver lutar, ela simplesmente me julgou pela aparência. Depois que ela me julgou, eu simplesmente parei de prestar atenção no que ela falava, pois só passava uma coisa pela minha cabeça naquele momento. - " Quem ela pensa que é?! Ela não pode simplesmente falar essas merdas sem esperar que eu responda! " - e foi exatamente o que eu fiz, antes mesmo de esperar ela terminar de falar, eu respondi. - Escuta aqui! - disse de forma grosseira e impaciente junto com uma expressão hostil. - Eu não sei quem você pensa que é ou acha que eu sou! Mas você não pode simplesmente me julgar pela aparência e dizer que eu não sou capaz sem nem me conhecer ou ver minhas habilidades! Não é porque o fraco do seu marido tomou uma surra, que significa que ninguém pode derrotar aqueles idiotas. - dei uma pequena pausa, pois realmente estava aborrecido com a maneira que ela falou, isso resultou em um leve rosno enquanto a encarava nos olhos. - E só pra você saber, eu não estou preocupado contigo ou com aquele fracote, simplesmente eu estava procurando um pirata para caçar e vocês estavam entre mim e ele, o que será de vocês não me interessa! - finalizei o que eu queria dizer a ela e em seguida dei as costas.

Ok, eu poderia ter reagido de outra forma e dizer o que eu disse de maneira menos agressiva, mas essas coisas eu não consigo evitar, minha sinceridade excessiva somado com meu gênio forte é uma combinação bem perigosa pra esse tipo de situação. Eu sabia o caminho que os piratas haviam tomado e logo comecei minha corrida até lá, porém antes que eu pudesse me afastar muito eu senti um cheiro bem conhecido: sangue. No momento em que farejei isso e notei que estava bem próximo de mim, meus olhos arregalaram e eu imediatamente olhei para trás, vendo que a mulher estava caída no chão e havia  sangue. - Maldição! - eu disse quase como um reflexo, naquela hora eu poderia ter ignorado e seguido meu caminho, principalmente depois das coisas que ela havia dito, porém, naquele momento parecia que meu corpo havia se mexido sozinho e eu imediatamente voltei atrás, indo em direção a ela, segurando sua cabeça com cuidado com uma das mãos. - Ei!! O que houve?! Eii!! - tentei fazer algum tipo de contato, mas sem sucesso, aparentemente ela estava desmaiada.

- Mas que droga! O que eu faço?! - disse com a expressão um tanto preocupada enquanto olhava eo meu redor, buscando algum tipo de vida humana ou algo do gênero, se não tivesse sucesso, eu iria a carregar nos braços, fecharia os olhos para me concentrar em meus outros sentidos e tentar farejar humanos ou ouvir alguma coisa que pudesse me levar a uma aldeia, mas logo me veio a mente uma coisa que o Kirin disse. Desde pequeno eu sempre tive um intelecto um pouco avantajado, alguns até me chamariam de gênio, mas isso não importa agora, eu sempre fui muito bom em aprender coisas com extrema facilidade, memorizar e resolver diversos tipos de padrões. - " Aquele covardão me disse que o povo da ilha vive perto da grande árvore... " - pensei enquanto desviei o olhar para a árvore. Se eu não encontrasse ninguém nesse local que eu estivesse, teria um novo destino: ir até a grande árvore. Com a mulher nos braços eu iria correr o mais rápido que eu conseguisse tomando cuidado para não tropeçar ou nada do gênero, se durante a corrida eu me cansasse por estar com muito peso, pararia alguns segundos e me encostaria em uma das árvores para descansar um pouco e recuperar o fôlego, mas não demoraria muito porque aquela mulher precisava de ajuda e eu iria tentar chegar na árvore o mais rápido possível. Uma vez que eu chegasse no local, não faria o mínimo esforço para ser discreto, assim que eu visse sinal de vida, chegaria correndo e gritando. - Médico!! Eu preciso de um médico, essa mulher está morrendo! - diria de forma bem alta sem me importar com as consequências, se encontrasse pessoas dispostas a ajudar, eu não pensaria duas vezes em segui-las para ajudar aquela mulher. Mas se ao invés de encontrar pessoas dispostas a ajudar, encontrasse pessoas hostis, eu iria parar, deixar a mulher no chão cuidadosamente e diria bem preocupado. - Eu não ligo para o que vocês pensam de mim ou se eu sou bem vindo ou não. Mas não deixem ela morrer por causa disso! - diria e me afastaria do corpo, saindo de perto do vilarejo e me escondendo entre as árvores.








Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty
MensagemAssunto: Re: Partindo pra briga! A primeira caçada!   Partindo pra briga! A primeira caçada! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Partindo pra briga! A primeira caçada!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 6Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Torino Kingdom-
Ir para: