One Piece RPG
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 13:57

» Um Destino em Comum
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 13:26

» Supernova
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Shroud Hoje à(s) 13:09

» [Kit] Broly - DragonBall Super
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Teo Hoje à(s) 12:59

» Meu nome é Mike Brigss
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Shiro Hoje à(s) 11:42

» Phill Magestic
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:33

» The One Above All - Ato 2
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 00:49

» Primum non nocere
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 00:18

» Tidus Belmont
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 23:48

» Cap.1 Deuses entre nós
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 22:52

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:25

» Cap. 2 - The Enemy Within
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor King Ontem à(s) 22:19

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:56

» Enuma Elish
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:50

» BOOH!
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 21:34

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Pippos Ontem à(s) 21:31

» [Kit] Kat
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor gmasterX Ontem à(s) 21:13

» [LB] O Florescer de Utopia III
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:16

» Seijuro Tensei
IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:08



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 IV - A Tout Le Monde (Act.2)

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyQui 02 Maio 2019, 02:56

Relembrando a primeira mensagem :

IV - A Tout Le Monde (Act.2)

Aqui ocorrerá a aventura do(a) caçadora de recompensas Sophia Aldebaran Rockfeller. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário


Data de inscrição : 27/05/2018

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyTer 04 Jun 2019, 10:45


Passo 5: Ruuuun

O treinamento era o de sempre, apesar do velho parecer um pouco mais doido, o tempo passou e finalmente tinha terminado o treino e o velho queria me dar uma roupa de gari? Algo assim? Sei lá… Mas não ele trazia umas coisas pra por nos braços, bem legais, não eram as mais funcionais, mas ao menos eram bonitas. Eu aceitaria aquilo e colocaria os dois, equipando o bracelete no braço esquerdo.

Olharia pra ele com um rosto pensativo e então falaria. -É… Até que ficou legal, mas prra, isso são os dentes de alguma coisa que vocês mataram? Tipo, não é por nada não, mas o bicho tinha uns dentes esquisitões viu.- Diria olhando pro meu pulso naquela hora enquanto escutava o que ele falava, comer coisas… Eram mais de meia noite mas assim, eu tava com fome..,

Sempre me disseram, que comer muito tarde faz mal e bla bla bla, que eu não devia fazer isso ou teria indigestão. Só digo que foda-se, to como fome, a casa da Kath é longe e vou ter que caminhar até lá ainda, então né… Hora de bater um rango mesmo, que é pra ficar fortinha rapaz. -Beleza, eu aceito sim, pode mandar pra cá que eu passo pra dentro na hora. To com fome ainda, comi pouquinho hoje né.- Diria já caminhando pra perto das outras duas e me sentando na mesa.

Chegava perto de Kath e Alexis falando. -é isso mesmo, hora da gente matar a fome mais uma vez, to morta de fome já.- diria com um leve sorrisinho de canto. Enquanto me escoraria na cadeira bem de boa, deixando ela ir pra trás e voltar pra frente, aquela brincadeira que dizem que pode te fazer cair. Sim, de ficar com a cadeira pensa só sobre dois pés.

Quando a comida chegasse eu voltaria para o modo normal, então não esperaria começaria a passar pra dentro o que quer que fosse, era hora sagrada, hora da alimentação, hora de encher o bucho e ser feliz por uns 10 minutos seguidos de comilança. Era bom só de imaginar o tanto de coisa que eu podia comer em pouco tempo, você provavelmente se impressionaria.

A hora sagrada das refeições me deixava contente, o olhar mais vivo, e uma sensação de ânimo, de… sabe, poder conseguir todas as coisas que se quer, faz querer ser melhor até me deixar com sono no final é claro… Depois disso é tudo um porre e eu fico com fome denovo...

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyTer 04 Jun 2019, 19:08

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Banquete




Kamui acabou rindo quando Sophia havia falado sobre as presas do bicho, ele então arregassava um pouco as mangas, mostrando que no ombro dele havia uma marca que encaixava perfeitamente com o formato dos dentes do bracelete.

- As cicatrizes não são muito melhores haha, mas o bicho era estranho mesmo, tinha braços e pernas longas, parecia até um lobisomem, acredita que o bicho até falava? Pensando bem… Talvez fosse um lobisomem…. Mesmo não se transformando de volta, enfim,, época de jovem é pra enfrentar esses bichos malucos, quebrar dentes de piratas e esse tipo de coisa né? Hehe.

Comentou ele indo em direção a pia, para lavar as mãos. Ainda que tivesse ido esperar junto as duas, seria possível o ver trabalhando na cozinha. Por falar nas duas, nesse meio tempo era possível ver uma com o indicador na boca da outra, como se estivessem forçando a parte de dentro da boca da outra a esticar, acabaram dormindo em meio a uma “ lutinha” de forma que era até bonitinho de se ver. Ambas despertaram ao ouvirem os passos e era possível ver que ambas depois de tirarem os dedos da boca da outra faziam um movimento com a língua, como se estivessem limpando os dentes, era possível ver mesmo que de boca fechada.

Na cozinha, o senhor cortava em fatias pequenas um peixe que tinha um brilho tão bonito mas tão bonito que parecia até iluminado.Ele então falava enquanto preparava.
- Eu estava guardando para um ocasião especial, este é o salmão arco-iris, é um presente de um dos meus amigos ainda na marinha, que com certa frequência me trás uns ingredientes caros da Grand Line e da pra fazer uns pratos mais legais.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ele continuou a cortar ao mesmo tempo que era possível vê-lo fazer vários outros processos, como se fosse fazer comida para um batalhão inteiro, ele pouco tempo depois teria entregado a elas a primeira leva de pratos, contendo o salmão especial, para que pudessem provar e olha, o prato era bem bonito, o cheiro então? Pensa no cheiro daquela coisa que tu mais gosta, dobra o quanto isso cheiraria bem e você teria o resultado. Assim como Sophia, Alexis e Cat não demoraram para atacar e já na primeira mordida, era possível que ambas mostrassem quase em sincronia uma quantidade de lágrimas a sair dos olhos, por gostarem muito do sabor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Iswu ta tão bwom!

Comentou Alexis com a boca cheia, e mais e mais pratos chegariam, até que todas estivessem satisfeitas e só então o senhor se sentaria e comeria o próprio prato, sendo um daqueles que serviu a elas anteriormente. Obviamente, havia a acesso deles na geladeira vários tipos de bebida ao qual poderiam pegar para que pudessem acompanhar a refeição, inclusive um tipo de bebida não muito comum com gases, que gerava uma sensação engraçada na boca. Ao fim todos que a acompanhavam estavam bem empanturrados e com uma cara até de triste, de tanto comerem, era de fato uma refeição caprichada como ele havia prometido.


Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyDom 09 Jun 2019, 19:40


Passo 6: Food

O velho me contou sobre histórias de pescador antes de eu me sentar a mesa, apenas daria de ombros naquele momento, e finalmente sentaria à mesa como todo mundo, a comida que ele trazia era boa, e mais forte que a anterior o que já melhorava em muito a sensação de comer algo ali. Afinal o melhor de comer é saber que tem mais por vir. Nada melhor que essas sensação de poder saciar a fome.

Eu passaria tudo pra dentro o mais rápido que conseguisse, até que eu não tivesse mais nada a vista pra comer e depois me recostaria mais na cadeira, alisando a barriga, eu não tava prestando atenção em mais nada além da sensação deliciosa de matar a fome ali. Depois de tudo eu me levantaria da cadeira e falaria com o velho .- Ooook Obrigada, eu simplesmente precisava encher a barriga agora pra me tranquilizar.- Olharia pra as outras duas e bocenjando diria. -Eu acho que é hora de ir pra casa… Vai ser melhor assim...- E então começaria a carregar alexis, jogando ela por cima do meu umbro.

Olharia pra o velho enquanto iria para a porta, abrindo ela quando chegasse. -Bom, vamos indo lá, valeu por tudo, depois eu passo aí qualquer dia desses.- Falava já saindo de lá carregando Alexis e esperando que Kath estivesse vindo junto. Estava cansada mas o caminho seria algo que dava pra aguentar.

Assim que chegasse eu ia emburacar no lugar, e simplesmente caminhar pra cama, deitando Alexis lá, e tirando a minha jaqueta, calças e camiseta eu deitaria em seguida, apenas chutando as botas pra longe usando os pés. E com o dedão do pé e o dedo do lado, eu tiraria as meias. Depois disso viraria pra um lado e já começaria a tirar um cochilo.

De certo eu dormiria quase de imediato visto o cansaço que estava, era bem tarde e não só isso passei o dia estudando sobre forja e essas coisas, não era como se eu não já estivesse extremamente cansada e com vontade de dormir a um tempo. Comer só melhorou isso tudo, um aspecto especial do dia inclusive foi esse. Agora era só esperar que tudo desse certo.

Sem mais preocupações tentaria apenas relaxar o resto da noite. Quando eu acordasse, esperando que fosse o outro dia, levantaria me espreguiçando, e já indo pra cozinha. Dizendo bom dia enquanto levantava. -Boooom Diiia- Falava com os dois braços pro alto me esticando enquanto seguia de bom humor.

Quando chegasse na cozinha ia avaliar os ingredientes que eu tinha antes de preparar nosso café da manhã, abriria a geladeira dela e depois o armário, assim como minha sacola de compras pra ver tudo que eu tinha a mão, já que lembrava das coisas que comprei, mas pra um café da manhã talvez mais coisas fossem úteis.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySeg 10 Jun 2019, 15:28

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Uma nova manhã.




Apesar de talvez Kamui empolgar-se demais com suas histórias, todo o ambiente era muito confortável, havia comida, boa companhia e até mesmo histórias que a ela talvez servisse muito mais como pano de fundo do que realmente poderia lhe ser interessante, de todo modo ainda havia ganhado mais do que conhecimento e um estomago cheio ali, havia ganhado memórias que talvez fossem muito boas para se guardar. Após comerem bem e graças ao dia cansativo em que tiveram até então, era justo que quisessem dormir.

Kamui em relação a resposta da jovem, conseguiu apenas sorrir, era notável que havia um certo orgulho em seu sorriso de alguém que estava feliz por ver alguém que aprendeu tanto com ele sair pela porta, era um sentimento ao qual talvez pelo modo como foi criada não fosse familiar, mas era algo bem puro e que talvez fizesse uma boa diferença, antes que as três saíssem, acabou pensando alto.

- Eu espero que sim mas, se eu não a ver novamente, sei que vai estar bem, é uma boa menina.

Ele comentou em uma voz mais emocionada, talvez ai idade o tivesse feito mais sensível as emoções ou talvez algo na garota o tivesse lembrado mais de sua filha, ao qual ele parecia sentir muita saudade, se em algum momento virassem para trás, poderiam ver ele dirigindo-se para a mesma cadeira, pegando a mesma revista mas, desta vez era possível ver, que por entre as páginas havia um jornal, com as noticias, era um detalhe muito pequeno e que talvez passasse despercebido, mas era possível ver um lado mais humano daquele que havia sido seu mentor.

Tivesse ela visto isso ou não, não levariam muito tempo até que pudessem chegar a casa de Cat a porta ainda estava precisando de alguns reparos mas, ainda fechava bem a entrada e como um próprio Lizardman, Sophia havia feito daquela a sua casa também, mesmo que fosse apenas convidada, colocou-se bem a vontade para tirar as roupas desconfortáveis do corpo e assim começar a dormir, Cat teria o cuidado de tirar as roupas também, apenas as que fossem mais sociais, vestindo um pijama antes de juntar-se a caçadora na camona enorme que havia lá, Alexis? Bem, na mesma posição que ela caiu, seria a que ela teria ficado até a parte da manhã.

As horas de sono seguiram tranquilas de modo que Sophia poderia sentir que seu corpo recuperava-se bem da fadiga do dia anterior, física e mental. Quando acordou, poderia ver ao seu lado as duas garotas, de seus próprios jeitos de dormir, poderia ser até engraçado pensar em como Alexis havia sobrevivido já que deitou de bruços com a cara no colchão de modo que era um milagre que tivesse conseguido respirar. Cat por outro lado, dormia meio de lado em uma posição que lembraria de um gato fofo.

Ambas teriam respondido em ritmos diferentes o bom dia, ainda que fosse claro que demorariam muito mais que ela para levantar-se da cama, era a oportunidade perfeita para fazer o café da manhã. Na cozinha de Cat ao abrir a geladeira, poderia encontrar bastante opção, haviam alguns ovos na porta da geladeira de dois tipos, um com a casca branca e outro com a casca mais voltada ao tom marrom. Haviam frutas e legumes variados, um bom pedaço de bacon ao qual poderia usar para fazer fatias ou tiras, alguns tipos de queijo, manteiga em barra, leite, algumas cervejas da mesma marca que tinha bebido anteriormente, água e um suco em uma jarra que certamente era de melancia, pela cor e cheiro. No freezer haveriam alguns tipos de carne e peixe diferentes, que também eram uma opção.

No armário, haveria pão, alguns tipos de biscoito, fermento especiarias diversas e alguns tipos de cereais, grãos de café entre outras coisas. Tudo bem organizadinho, dando a ela diversas opções sobre o que ela poderia fazer ali, tendo uma extrema liberdade. A cozinha tinha tudo que ela precisava para preparar qualquer uma das coisas que ela havia visto ali, ou que ela mesma trazia em sua sacola. Não levaria muito tempo até que Cat e Alexis estivessem mais despertas, então a depender de como Sophia agisse, poderia tanto as surpreender com um café na cama, se fosse o seu desejo, como também poderia esperar que elas se juntassem a mesa.


Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyTer 11 Jun 2019, 18:39


Passo 7: Breakfast


Depois da levantada chegar na cozinha era uma boa, se bem que eu deveria ter colocado minhas meias… Sim, andar de pé descalço não é uma boa, então, antes de eu começar a cozinhar eu ia voltar rapidamente no quarto e colocar as meias, além disso eu pegaria a camiseta, mas não pra vestir, ela era pra cabeça… Amarraria a camiseta na minha cabeça, e colocaria o avental. seria uma cena engraçada de se ver talvez, avental, camisa na cabeça, meias, e roupas íntimas… É talvez um tanto estranha agora que parei pra pensar…

Sinceramente, foda-se, o que importa é o espírito matinal, e claro, a faixa na cabeça, ela é o ponto sobrenatural aqui. Eu nesse momento já tinha ideia de 3 lanches diferentes na minha cabeça, eu tanto podia fazer um pequeno sanduíche de ovos com bacon, como podia fazer ovos estrelados com bacon. Eram duas opções válidas pra um café da manhã, mas fosse como fosse, era hora de cozinhar, lavaria primeiros as mãos, e então era hora dos preparativos.

Começaria cortando o bacon em tiras fininhas que ficassem em uma proporção boa, e para isso, eu mediria elas comparadas ao tamanho do pão, era algo simples, deixaria elas do tamanho que cada camada pudesse comportar 4 fatias de bacon que fossem de ponta a ponta do pão. Cortaria o suficiente para ao menos 10 sanduíches, afinal era bom ter muita comida pra que pudéssemos desfrutar do melhor.

Quando eu terminasse de cortar os pedaços de bacon eu partiria então para os grãos de café a intenção era pegar o moedor e moer eles precisamente, passaria eles 3 vezes no moedor, girando a manivela o mais rápido que eu pudesse, parar triturar perfeitamente tudo, queria os grãos bem moídos, perfeitamente fininhos. Assim que eu terminasse de moer os grãos colocaria água numa chaleira ou coisa parecida colocando para ferver.

Enquanto isso eu agora pegaria uma frigideira, cronometrando mentalmente o tempo da água ferver, aproveitando de minha noção temporal para cozinhar. Untaria a frigideira com um pouco de óleo para que o bacon não grudasse e então colocava todas as tiras nela, tinha feito em média 80 tiras fininhas de bacon que agora iriam fritar aos poucos na frigideira. Enquanto isso já me prepararia, assim que a água fervesse jogaria o pó de café que fora moído no coador, enquanto colocaria ele sobre outra vasilha que deveria portar o café.

Pegaria então a “Chaleira” ou vasilha que tivesse colocado a água, que agora eu usaria para aos poucos ir movendo em cima do café para que o líquido fosse absorvendo o sabor e entrando na jarra, enquanto eu lentamente iria movendo e derramando a água que deveria absorver um pouco e molhar o pó em circunstâncias normais, passando então para o recipiente final.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Faria isso é claro, sem perder os olhos nas tiras de bacon que logo precisariam ser viradas de lado, e quando fosse necessário o faria. quando ele estivesse no ponto então sabia que era a hora, finalmente quando os dois lados fritassem, pararia, desligando o fogo e então pegando um pouco do óleo que estaria com o bacon para passar para a outra frigideira.

Usaria margarina para untar ela antes de tudo, mas deixaria bem pouquinho do óleo com sabor do bacon no fundo para que fosse para os ovos, começaria a fritar eles. Faria 2 a 2 ovos estrelados, até que completassem 10 ovos e quando tivesse essa marca era hora de preparar os sanduíches. Eles funcionariam da seguinte forma, uma camada embaixo no pão de bacon, o ovo estrelado no meio e uma segunda camada por cima, onde ele seria fechado.

Quando todos os 10 estivessem fechados daria um leve sorriso, pegaria então a bandeja que tinha usado anteriormente para os ramens colocando agora todos os sanduíches, junto deles colocaria também um potinho com açúcar, outro com sal, 3 xícaras pra que pudéssemos por café e na outra mão levaria a jarra. Eu não ia inventar essas coisas de café na cama, até por que vai que a gente quebra tudo nisso… Então colocaria sobre a mesa tudo. Depois disso iria avisar a elas no quarto.

Adentraria no local tranquila e olharia pra as duas dizendo. -Tudo bem moças, o café está completo, eu fiz algumas coisas pra começarmos bem o dia certo?- Diria voltando já para a mesa e me sentando, pegando o primeiro sanduíche, enchendo uma das xícaras com café e colocando duas pequenas colheres de açúcar e mexendo. Assim começando a comer, ainda com calma por ser o primeiro e ser de manhã.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptyQua 12 Jun 2019, 01:22

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Caminhos variados.




Aproveitando de tudo que tinha a sua disposição, Sophia usou até mesmo de sua arma secreta, a bandana na cabeça, capaz de conferir poderes dos deuses culinários até aos mais infiéis mortais, quem dirá para a própria juíza que coordena o equilíbrio? Sim, Sim, estamos falando de coisas boas, de outro nível. Enquanto começou a fazer seus pratos um cheiro bom logo começou a espalhar pela própria cozinha e então pelos corredores, cada um de seus processos havia sido feito com cuidado e dedicação e o resultado? Não poderia ser diferente, de certo seria incrível.

Sophia poderia ouvir alguns passos leves, que ela poderia reconhecer como os de Alexis, era possível a ver fazer um movimento engraçadinho com o nariz, enquanto era guiada quase exclusivamente por ele, a primeira visão que tinha dela inclusive ela dela quase na ponta dos pés de olhos quase totalment fechados ainda e atrás dela, um tempinho depois teria vindo Catherine, que agora vestia-se com o seu uniforme da marinha, parecia bem animada, tinha um sorriso radiante em seu sorriso, assim como Alexis também mostraria o seu, quando esfregasse os olhos e pudesse ver toda aquela comida.

- Nossa, você fez bastante, tudo parece tão bonito e cheira tão bem! Começar bem? Se eu pudesse começar todo dia assim, estaria no céu ahahahahah

Comentou a rosada em um tom bem humorado. Cat se colocou inicialmente mais reservada, mesmo que estivesse tão animada quanto, onde ela procurou uma das xicaras de café e com ambas as mãos teria envolvido o recepiente, tomando um grande gole do café, enquanto fechou seus olhos, parecia até mesmo ser transportada para um novo mundo, dado o tempo que levou para apreciar o café, o silêncio se fez por um tempo até que ela pudesse repousar sobre a mesa o seu café, seus olhos tinham um brilho bem bonito onde ela dava um longo suspiro.

- Esse café, foi como se os próprios deuses do café tivessem descido a terra para fazer… Sério, isso tá bom demais. Você pode fazer um pouco mais pra eu por na garrafinha térmica? Hoje não tenho como escapar muito de fazer um pouco do serviço mais chato organizando papelada, se quiser manter a casa, se você quiser inclusive posso ver se tem alguma informação sobre alguém que você se interesse, apesar que tem o navio né? Vocês devem estar querendo bastante ver como ele esta.

Sugeriu ela enquanto começou a comer, era possível ver que ela começava a até lacrimejar de tanto que estava gostando, Alexis que estava comendo até então, parou por um momento para comentar.

- É mesmo! O navio, a gente podia passar por lá né?

Comentou ela bem animada, enquanto continuou a comer, parecia que o dia agora oferecia vários caminhos para que Sophia pudesse tomar. Levariam ainda um tempo aproveitando a refeição, se quisesse poderiam ficar lá conversando por mais um tempo, Cat tinha seu destino eventual o QG, Enquanto Alexis sugeriu que fossem dar uma olhada nas novas instalações, mas no fim tudo dependeria da decisão de nossa caçadora preferida.


Histórico:
 
[/quote]

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySex 14 Jun 2019, 17:45


Passo 8: Food

As duas pareciam ter gostado do que estava acontecendo, ao menos demonstravam com ações e poucas palavras isso. Ou eram boas atrizes ou a comida tinha ficado boa e o que aprendi de culinária foi realmente útil, não que eu fosse de fato uma cozinheira de mão cheia, mas eu entendia um pouco das coisas agora.

Mas modéstia a parte cê sabe né? Eu arrasei, foi um negócio que ficou marcado na mente de todo mundo pensava naquela hora enchendo a boca com o pão e mastigando o pão inteiro, que provavelmente passaria uma aparência de inchaço, sendo grande demais dentro da boca. Mastigaria feliz pela reação delas, com um olhar claramente vitorioso, até que minha mente voltaria para a realidade quando falassem do barco e sobre sair e essas coisas.

Olharia então ainda retomando minha atenção já que eu estava claramente viajando na batatinha e pensando em coisas aleatórias, e então diria. -É sim, podemos ir ver o barco se quiser, acho que talvez esteja pronto hoje. Sobre os procurados, acho que não, eu tenho o cartaz de uma que devo perseguir por amanhã, digamos que o fato do barco estar ainda sendo reestruturado de certa forma me prende a não caçar ela ainda.- Sim, talvez ela não entendesse isso que disse agora, mas uma coisa que aprendi é que piratas não são honrados, eles não ligam para os combates e vão fazer de tudo pra viver.

E eu tive que aprender a ser assim também, aprender que sobreviver e lutar amanhã é mais importante que uma luta, mas… Que se você deixou alguém vivo e solto por aí, ele é perigoso, além do mais, minha experiência com Minin mostrou exatamente como os procurados se portam, uma fuga de barco? Tenho que sempre ter algo a mão pra evitar isso. Estaria ali com o olhar perdido e a mão no queixo depois de dizer aquilo, pensando exatamente sobre isso. Diego cometeu um único erro, e isso levou ele a cair na fronte de batalha, quando ele nem sequer estava lutando, isso também mostra que não existem armas mais confiáveis que nossos punhos.

Armas são legais, mas elas são um adicional, a partir do ponto que dependemos completamente delas, o final pode ser como esse… Há… era algo triste mas ao mesmo tempo uma lição importante. Se ela em algum momento me perguntasse por que o barco me prendia de certo modo explicaria. -Eu odeio negócios inacabados, se eu começo uma caçada, eu vou terminar ela, mesmo que eu precise ir atrás dele por todo lugar. Negócios desse tipo, acabam literalmente com a vida das pessoas, e não quero ver isso acontecendo, ainda mais com a violência tão grande como está por aqui.- Eu sei que esses não eram todos os detalhes, mas imaginava que ela participando da nossa perseguição de barco entenderia melhor que ninguém essas palavras.

No fim eu quase tinha me esquecido de falar o mais importante que era de que íamos ter de usar a casa dela por mais um tempo e ficaria por ali até mais tarde um pouco. -Então, quase não falei, eu pretendo quando você sair me manter mais um tempo aqui, vou ver se faço uns planos com a Alexis então eu tenho bastante coisas pra fazer por aqui.- Comentava enquanto coçaria a cabeça, mais especificamente com a mão na nuca, eu sabia que provavelmente eu tinha que trabalhar pra planejar melhor algumas coisas com Alexis, e queria treinar ela em alguns movimentos diferentes e ensinar códigos pra ela. Pois assim poderíamos nos comunicar em combate sem que eu precisasse criar muitas coisas, além do mais era algo que poderia influenciar muitas decisões durante eles, seriam coisas simples como “Dawamu” para sei lá… Chute no saco… Você entendeu, a intenção é essa… NÃO PORRA, NÃO CHUTAR O SACO DE ALGUÉM!!! NÃO TÔ PLANEJANDO ISSO!!! Ta bom eu tava… Mas outros códigos também!!! Não me julgue, você criou um cara com cauda furadeira… Pensaria ali ficando meio amuada.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySex 14 Jun 2019, 18:18

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Escolhas.




 Era um evento único, ver que Sophia era capaz de sentir-se ali satisfeita e confiante de suas próprias habilidades, não havia sido fácil aprender mas, certamente os resultados eram satisfatórios e ela sentiu que com a prática seus pratos se tornavam cada vez melhores, não seria difícil que ela acabasse pensando também que o mesmo pudesse se aplicar em outras áreas, na verdade seria muito bom se isso acabasse acontecendo. Diante dos caminhos que se abriram e ela, parecia aberta para a possibilidade de ir ver como estava o barco mas, ainda tinha um papel que como caçadora era seu compromisso fazer.

Alexis diante da frase da branca, havia ficado animada em ir ver como estaria o navio, de certo modo era um caminho que faria com que se separassem por alguns momentos do dia, já que Cat teria de cumprir seus próprios deveres com a farda, era notável que por um momento ela fechou os olhos e respirou fundo, talvez ela esperasse um convite ou talvez só imaginasse o trabalho que tinha pela frente, ainda era um pouco difícil para a ler por completo. Por fim, a meia mink acabaria dizendo:

- Bom, eu fico feliz na verdade de ver sua determinação, deixar algo pela metade não é legal, mesmo.

Ela teria dito, agora voltando a abrir os olhos, com um sorriso no rosto, Sophia havia se lembrado de seu passado e isso poderia reacender com mais intensidade a sua certeza e a sua determinação para que pudesse dar os próximos passos, e com isso havia mais uma coisa que ela deveria dizer, a marinheira parou e a ouviu, prestando bastante atenção no que Sophia havia de dizer e até mesmo pedir, já que era bem confortável ter aquele teto sobre suas cabeças e era bem conveniente. Ela então teria levantado a palma da mão, de modo que desse a entender que era um convite pra que ela pudesse também estender a sua, porque ela queria mostrar-lhe um lugar. A pequena esperaria e assim que houvesse algum sinal positivo da caçadora, ela teria com leveza a guiado até o porta-chaves de sua casa.

- Esta é minha chave reserva, você é bem vinda na minha casa por quanto tempo quiser na verdade.. As duas são eu.. Bem, eu vou estar pela parte do dia trabalhando, talvez o período da tarde também, se em algum momento vocês quiserem passar por lá, seja pra pegar mais informações ou quem sabe… Alegrar mais o dia de alguém, seria bem legal! De todo modo, só fechem a porta se vocês forem sair , certo?

Ela teria dito agora deixando Sophia e Alexis mais a vontade, enquanto ela chegou até perto da entrada, ajustou os próprios sapatos do uniforme e abriu a porta, ela teria virado por um momento fazendo um sinal de “ até logo, com um sorriso grande mas que não mostrava dentes, ela fechou a porta ao sair, o que fazia com que nem Sophia ou Alexis pudessem ver o seu rumo.

Alexis que estava até meio quieta durante esse tempo, acabaria comentando, havia um certo ânimo em seu modo de agir, talvez fosse a comida, o fato de estarem sozinhas ou até mesmo que sua ideia tivesse parecido agradável, a conhecendo, Sophia poderia apontar para cada uma das opções e nenhuma estaria errada.

- Então, o que vamos fazer? Você disse que seria legal dar uma olhada para ver o barco mas, antes de tudo, você falou sobre uma procurada, é um dos cartazes que você pegou, certo? Eu posso ver?

Ela comentou com certo entusiasmo e teria estendido a mão para pegar, caso Sophia a tivesse dado o cartaz, onde ela parou, colocou a mão no queixo de forma pensativa e disse:

- A gente tem mais informações além do cartaz? Acho que da pra dizer que ela provavelmente deve gostar de ir pra lugares com jogos de carta ou algo do tipo, mas eu não conheço nenhum lugar assim na cidade… Talvez a gente devia ter perguntado pra Cat antes de ela ir ou… Só podemos descobrir por conta.

Acabou ali pensando um pouco alto, quando empolgou-se, tinha ali a liberdade para seguir qualquer caminho, se ela pedisse o cartaz de volta, supondo que o entregou em algum momento, ela o teria sem problemas, Alexis parecia querer ir para a rota que parecesse mais divertida para as duas, deixando que Senshi decidisse o caminho.


Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySab 15 Jun 2019, 02:38


Passo 9: Training

Ela aparentemente desejava me mostrar a chave, me fazendo um sinal que eu não entendi de começo, ficaria de início parada olhando pra mão dela, era algo que me fazia pensar que ela queria que eu batesse lá. Eu levantaria e bateria na mão dela com minha mão aberta também falando. -HIGH FIVE!! Adoro isso- Diria animada com a ideia, eu já tinha visto pessoas fazendo mas, nunca tinha tido um desses, é bem legal. Só depois que entendesse iria com ela agora com uma certa cara de “Há bom, tendi” e veria as chaves escutando o que ela tivesse pra me explicar.

Quando ela terminasse de falar eu só agradeceria enquanto acenava positivamente com a cabeça. -Obrigada, eu vou fechar sim se eu for sair pode deixar. A gente não deve quebrar nada, eu acho… Há e deixa eu preparar teu café rapidinho antes de você sair.- Diria dando uma rápida corrida na cozinha, eu repetiria o processo que fiz antes usando as mesmas condições de água fervendo e moendo os grãos, só com um pouco mais de pressa antes. Depois de feito colocaria na garrafa térmica antes de entregar.

Correria o mais rápido que desse e entregaria pra ela, falando apenas o básico. -Bom, trabalho, tá aqui o café que me pediu, esse ficou mais nas coxas mesmo, mas dá pra tomar.- Diria logo já me virando e voltando a me sentar na cadeira onde estava antes, e então me voltaria para Alexis. Deixaria que ela começasse a conversa, pois eu não tinha pressa, além do mais ela quem devia estar mais animada em ver o barco, eu claramente vou ficar feliz com o barco mas bem… Sabemos que tudo vai ficar bem né? Pera…

Você não faria isso faria? AQUELES CONFIÁVEIS ESTRANHOS TENTANDO EXTRAIR MEU DINHEIRO, E EU DEIXAR O BARCO COM ELES… SEU JOGO É DE ME FODER NÉ? ELES PODEM TER LEVADO MEU BARCO!!!! HÁ NÃO… Você não faria isso né? Diz que não… SEU ANIMAL DE TETA, SEI QUE TA SORRINDO AGORA, BALANÇANDO ESSA CABEÇA POSITIVAMENTE, ESCORADO NA SUA CADEIRA COM UM OLHAR IRÔNICO PENSANDO “HAHA, acabei com ela de novo” seu safado do caralho… Bom… Se eles fizeram isso, eu sair agora não ia fazer tanta diferença.

Eles já estariam acabando de vender os pedaços restantes do barco, agora só descobrir pra onde eles foram e gastar mais TRÊS MILHÕES COM OUTRO BARCO. OH GOD além de tudo você quer me deixar pobre? É isso? Quer me ver sem chinelos pedindo moedas e quebrando mandíbulas, grávida? É ISSO? É ISSO? OH GOD, por que só comigo isso tudo… É isso que dar ter fé na humanidade… Estaria eu com uma cara emburrada franzindo as sobrancelhas, com o punho fechado cheio de ódio nesse momento, querendo demolir tudo pela frente. Só acordaria quando a voz de Alexis fosse ouvida.

Quando ela dissesse algo aí sim eu iria para a realidade dura e sofrida dessa vida… Não que meus pensamentos fossem melhores… Ambos são bem complicados… Mas quando ela falasse prestaria atenção. -Há, sim, eu tenho o cartaz sim, ele é esse aqui- Diria pegando ele da mochila, já que eu não tinha nem bolsos por hora… Então entregaria para ela o cartaz continuando a falar. -É essa mulher aí, bem diferente, por que será que boa parte das procuradas são moças bonitonas assim? Hmm, deve ser pela emoção talvez, ou só vontade de levar uns tapas...- Acabaria falando a última frase em voz alta, mesmo que ela devesse ter ido pra meus pensamentos apenas… Acontece…

Mas então voltaria para o foco de explicação de o que exatamente eu tinha planos para poder encontrar a mulher e fazer com que tudo fosse interessante e menos complicado que da última. -Ela falou algo sobre ela, sobre ser famosa por aplicar golpes em pessoas, e ser muito influente e inteligente. Essa pessoa pode ser de difícil acesso.- diria de modo simples enquanto pegaria agora na mochila o caderninho e o lápis, começando a explicar enquanto me preparava pra caso táticas fossem ser abordadas poder fazer representações das mesmas.

Continuaria naquela hora falando sobre ela enquanto pegaria de volta o cartaz comentando o que acreditava ser mais útil. -Bem, sobre meus planos, acredito que por hora nós podíamos simplesmente começar a ir nesse tipo de zona mais diferente… Zonas de jogos ilegais, ou cassinos assim, e começar a procurar por lá, nisso descobrir mais detalhes sobre pessoas, perguntar a civis simples nunca ajuda muito.- Falaria coçando o queixo, e isso foi recorrente, usei essa tática com o Catatatu e eu achei ele mais por sorte que realmente por ter respostas sobre ele.

Além disso tem outras coisas que se devia pontuar para formar a ideia. -Acredito que acharmos respostas nesse meio seria o mais interessante pra nós, visto que talvez sejam lugares mais frequentados por ela, claro que devemos tomar cuidado, até por que se formos muito incisivas, isso pode gerar suspeitas nela em si, já que ela pode ter contatos nessas zonas. Eu não sou a discrição em pessoa, mas o ideal é não insistirmos em um lugar só, perguntamos, se não soubermos nada, vamos a outro, se necessário as notinhas verdes ajudam a informação, podemos dar uma graninha pra ter informações.- Era chato ter de gastar com isso, mas penso nisso como um investimento em certo ponto.

E por fim, era hora de questionar ela, ver se ela tinha ideias, ou algo a pontuar, antes de falar com ela sobre o treinamento, e sobre o que eu queria fazer agora de manhã antes de sairmos. -Então o que acha? Daria para fazer muitas coisa, mas acho que esse é um começo.- diria com olhar sério, um pouco longe do mais habitual.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySab 15 Jun 2019, 13:02

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Alição.




A reação expontanea pela parte de Sophia era bem engraçada, até mesmo fofa de certo modo pela inocência, como não esperou que aquilo acontecesse era notável que havia uma expressão de susto em seu rosto, que logo tornou-se um sorriso que deixava ambos os caninos amostra, havia um pequeno rubor em sua face, por ter se assustado com algo do tipo, estava com tantas coisas na cabeça, que sequer havia lembrado do café, mas ficou quando houve ao comentário.

Ela ficaria parada no lugar onde estava e seu olhar acompanharia a movimentação da caçadora, a fitando sem muita discrição, com certa malicia no olhar, algo que era um pouco inevitável de sua parte, por mais que talvez tudo aquilo fosse muito mais curiosidade, já que como ela havia dito a caçadora antes, nunca havia tido experiências mais “calientes”.

Quando ela retornou com o café na garrafa térmica, teria enfim agradecido apropriadamente.

- Obrigada, mesmo. Estava com tanta pressa que havia até esquecido que te pedi isso.

Ela dizia em um tom bem bonitinho, onde acabou batendo levemente uma das mãos contra a própria cabeça enquanto acabou deixando parte de sua língua sair pra fora, como se dissesse com esse gesto “ como eu fui bobinha” ou algo do tipo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ela então se despediria acenando e enfim partiria, desta vez muito mais feliz, tinha o café da juiza, porque não estaria feliz? Eu ficaria. Seguindo até mais próxima de Alexis a mente de nossa protagonista ainda traumatizada pelos eventos que envolviam dois elementos perigosos em uma mesma mistura, quem deixou um animal de teta e um macaco com ferro no rabo na mesma sala, certamente não pensou nas consequências que tal ato profano poderia gerar, isso mesmo que você pensou, um cara chamado Catatatu.

Quando Alexis no entanto começou a falar, desamarrou a tromba e mostrou-se interessada no que a rosada tinha a dizer. Então, quando com o cartaz estava em suas mãos, ela teria dado bastante risada, fazendo um comentário sobre.

- Acho que todo mundo no fim, procura levar uns tapas. Claro, no lugar e hora certo , não precisam virar piratas pra isso ahhaaha, podemos ver um bom exemplo, eu!

Naquele momento como se flertasse e fizesse piada ao mesmo tempo ela até mesmo teria virado e deixado não só super vulnerável, como na posição perfeita para um bom tapa, se ela acabasse levando em algum momento se sua “ vulnerabilidade”, acabaria soltando um barulho fino e sorriria, de um jeito engraçado.


Voltaria então a prestar atenção sériamente no que Sophia havia de dizer, deixando a disposição dela que pegasse o cartaz de volta quando quisesse. Acabando comentando.

- É, diferente do macaco do rabo de ferro, ela não deve ser tão fácil de acessar, teriamos de dar muita sorte, só pra encontrar alguma pista… Mas, a gente acha e ela ganha os tapas na bunda que tanto procurou.

Ela acabou se pegando rindo novamente de maneira engraçada. Provavelmente porque imaginou que a ideia seria beeem legal mesmo, já que er auma moça bonitona. Ela então tomou um ar, recuperando o folego e limpando a baba e olharia para Sophia, com um olhar mais sério, de seu próprio jeito.

- Eu acho que é um bom começo eu acho que sei exatamente por onde devemos procurar. Quando você tava aprendendo, Cat havia contado uma história sobre a região onde haviam capturado um cara com nome engraçado, que também era conhecido por jogos ilegais e golpes… O nome dele era… Larissão, algo assim. Ou era Alição? Era um nome engraçado de todo modo, a região que ela descreveu, acho que podemos começar por lá. Talvez só passar pelo lugar e ouvindo as conversas certas, podemos ter uma pista.

Ela comentou animada para que proseguissem com o plano, esperava que realmente tivesse algo como um cassino ou algo do tipo, seria divertido estar em um ambiente do tipo e ver como Sophia agiria para se misturar no meio daqueles que lá estariam.



Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 EmptySab 15 Jun 2019, 21:43


Passo 10: Slap Time

As coisas tinha dado certo com Kath, e isso por si só era bom, a gente já tinha usado aquilo ali por tempos, a casa dela em geral era bem útil, mas não era o ponto aqui. Alexis tinha começado a olhar os cartazes e comentar sobre o assunto, mas principalmente… Ela resolveu me provocar… Sim, ela acabava de cometer um erro… Ou talvez um acerto? Depende do ponto de vista.

Mas de uma coisa eu tinha certeza, ela ia lembrar disso, por que os 5 dedos vão ficar rentes marcadinhos ali, ia levantar a mão pra cima com um olhar cheio de maldade desceria a mão com força diretamente em uma das nádegas de Alexis, na intenção de deixar a marca mesmo. Eu ia nessa hora dar um sorrisinho maligno enquanto esperaria ela continuar falando.

Assim que ela terminasse diria então pra ela. -Certo guarde essa informação do Larissão, que a gente amanhã vai atrás disso primeiro. Mas hoje… Meus planos são outros haha-diria me levantando e pegando Alexis pelo meio da cintura, levantando ela e deitando ela no meu colo… Pois é… Agora ela vai aguentar rapaz, provocar tem suas consequências.

Ia passar a mão por cima dos dois lados pra sentir ali o volume, e a maciez ainda com olhar malicioso. -Meus planos ficaram, um tanto diferentes agora, a gente procura o todas essas coisas amanhã, hoje a gente vai trabalhar com necessidades haha você disse que precisava, tá aí...- Nisso eu daria um segundo tapa mirando no mesmo lugar pra já aumentar a chance de marcar ali o local.

Nisso eu puxaria o shortinho dela removendo ele, que é pra deixar a pele bem a mostra, o contato da mão na pele é sem igual, e agora ia dar mais um tapa, e depois desse ia dando mais uma sequencia de tapas mais leves, com bem menos força que os primeiros, só pela maldade mesmo. -Viu só, aqui a gente trabalha com a felicidade, realizando desejos, você pediu e olha só como chegou, veio a um cavalo alado rapaz hahaha- diria falando com Alexis, provocativamente, ia tirar ali se ainda restasse algum pano nessa zona e começaria a descer a mão pelas coxas dela.

Depois iria até a flor da pequena, mas só superficialmente, só passando de leve a mão pra sentir nos dedos e pra provocar ela também naquela hora, era um momento livre que podia ser algo cada vez mais raro, quanto mais avançarmos, menos momentos como esse estariam à nossa disposição e liberdade. Eu queria mais ver a reação dela nesses momentos… Talvez ela tivesse mesmo era esperando por isso já desde sempre haha, bem provável que sim.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: IV - A Tout Le Monde (Act.2)   IV - A Tout Le Monde (Act.2) - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
IV - A Tout Le Monde (Act.2)
Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: