One Piece RPG
Um caçador se ergue! Cuidado piratas XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Far Hoje à(s) 22:00

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 21:37

» Livro Um: Graduação
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 21:12

» [Kit] Silver Ash
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor rafaeliscorrelis Hoje à(s) 20:53

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Blum Hoje à(s) 20:48

» Seagull Newspaper - A alegria floresce em Parthenon.
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 20:39

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Pippos Hoje à(s) 20:09

» [mep] Luna
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor lunabrag Hoje à(s) 19:46

» [mini-luna] Afiando
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor lunabrag Hoje à(s) 19:44

» Tony Redstorm
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Dante Hoje à(s) 18:26

» Ep 1: O médico e o marinheiro
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Rangi Hoje à(s) 18:22

» 2° Versículo - Return in Peace!
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor ADM.Kiodo Hoje à(s) 17:59

» Sonny Delahunt
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Shogo Hoje à(s) 17:31

» [FICHA]Zeus
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 17:02

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:18

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Kyo Hoje à(s) 16:00

» Lilith BlackWater
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Skÿller Hoje à(s) 15:50

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:04

» Ato III: Not Fast but Furious
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor Yamazaki Raizo Hoje à(s) 14:36

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Um caçador se ergue! Cuidado piratas Emptypor DarkWoodsKeeper Hoje à(s) 12:16



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Um caçador se ergue! Cuidado piratas

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptyDom 21 Abr 2019, 13:06

Um caçador se ergue! Cuidado piratas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Salazar Reis Wegis. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 15
Localização : Pergunte ao narrador.

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptySex 26 Abr 2019, 23:41

Após anos fora da vila, Salazar retorna mais feliz que nunca, afinal, isso é um recomeço para ele, a chance dele obter uma nova vida de uma forma mais licita. Salazar sentia o ar fresco da vila a qual ele já tinha esquecido de como era enquanto ficaria sentado no chão. "Hoje é um grande dia, pois é hoje que marca o inicio de minha nova vida. Bem, o que será que eu começo fazendo?" se perguntava Salazar enquanto colocava a sua mão esquerda no seu queixo "Já sei, irei ser um caçador de recompensas, afinal, são eles que livram o mundo dos bandidos, e ao mesmo tempo ele não precisa obedecer totalmente a marinha ou o governo mundial. Ok, já decidi o que irei ser, mas, como eu poderia começar a me tornar um? Eu acho que eu preciso comprar uma luva, ou algo do tipo para utilizar como uma arma corpo a corpo, então eu tenho que procurar uma loja, provavelmente deve ter alguma loja nova no centro da vila ou aos seus redores." após pensar, Salazar se levantaria do local onde se encontra e esticaria a coluna para despreguiçar, logo ele começaria a se mover em direção ao centro da vila onde ele pensava haver uma loja.

Após chegar ao centro da vila, ele começaria a procurar por ela alguma loja que vendesse armas corpo a corpo de boxeador, se ele não encontrasse, ele procuraria por toda a vila, indo de um local para o outro até encontrar uma, independente de como ele acharia alguma loja de boxe, ele entraria na mesma e então se viraria para o(a) atendente e falaria enquanto tiraria do bolso 30.000 berries -Com licença senhor(a)! Você teria alguma manopla que custe no máximo 30.000 berries?, após o atendente mostrar as armas que tinha, Salazar pegaria a de melhor custo beneficio e então o pagaria e sairia de lá. Após sair, Salazar começaria a procurar uma loja de mascaras do mesmo jeito que ele procurou a loja de armas, e quando ele achasse uma ele entraria nela e perguntaria para o atendente se ele teria alguma mascara que esconderia o rosto dele por inteiro e que custasse no máximo 20.000 berries, afinal ele não queria que as pessoas da vila o reconhecessem como olhos de cobra, caso ele não tivessem, Salazar agradeceria e sairia de lá a procura de uma outra loja, e quando encontrasse, faria a mesma coisa que ele haveria feito na outra loja, independentemente de como Salazar encontraria a mascara, ele pegaria a que ele mais gostasse e sairia de lá.

De mascara e arma nova, Salazar se sentiria aliviado por já ter comprado o essencial, porém o peso no bolso o preocuparia, "Eu acho que agora seria a melhor hora para eu procurar por algum dinheiro através dos procurados." pensaria Salazar enquanto mantinha a sua mão em sua cabeça. Salazar logo iria a procura de uma taverna do mesmo jeito que ele haveria procurado as outras lojas, e após encontrar uma, Salazar se sentaria em algum banco em frente ao taberneiro e o perguntaria -Ola, senhor(a)! Você teria alguns cartazes de recompensas para me entregar? e então esperaria pela resposta dele.
Off:
 

Mascaras:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Civil
Civil
gmasterX

Créditos : 11
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 21
Localização : Na minha casa,ué

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptySab 27 Abr 2019, 20:53

Narração



Um clima úmido assombrava toda a ilha e os céus eram dominados pelas curvas cinzentas das tristonhas nuvens. Gotículas de água cobriam as vidraças e janelas das casas, e uma leve camada de água cobria o solo, aguardando o processo de evaporação. A população ainda parecia um pouco tímida, de onde Salazar estava só era possível ver um grupo de idosos e um casal passeando por uma rua residencial constituída por casas de quase o mesmo tamanho e cores externas que não se destacam muito, como verde musgo, marrom e bege. O casal apaixonado segurava uma capa de chuva ainda úmida e uma senhora de uns 60 anos de idade no meio do grupo de idosos carregava um guarda chuva, pendurado no mesmo braço que ela levava a sua bengala. Eles caminhavam lentamente enquanto as pessoas esporadicamente espiavam por suas janelas e portas, com certa curiosidade.

Salazar caminhava por aquele corredor de construções, contemplando o inicio de sua jornada, e após decidir se tornar um Caçador de recompensa, ele lembrou que precisaria de armamento, já que os procurados não iam se entregar de bom grado. Após curta caminhada por aquela mesma rua, o rapaz pode ver um estabelecimento que se destacava de maneira peculiar. No meio daquela rua deserta e tristonha, aquele lugar emitia luzes coloridas e uma música que parecia invadir a alma.

O rapaz se aproximou do local e caminhou loja adentro apenas para ser cumprimentado com cores mais fortes e música ainda mais alta.




– OLÁ E SEJA BEM VINDO AO FERNADIS FERNANDOS QUALITY WEANPONRY SHOP, MAIS CONHECIDO COMO F&F O MELHOR SHOPPING DE ARMAS DE CENTAUREA. – Um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] com um pompadour preto bem chamativo e uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] saltou de repente em frente a Salazar. Ele dançava esporadicamente e periodicamente, como quem tivesse algum tipo de tique esquisito. – Trabalhamos com armas de curta, média e longa distancia, planos de saúde, falsificação e acompanhantes Vips, mas você não me parece o tipo de cliente que nos normalmente temos, então creio que veio aqui pelas armas. – Ele de repente interrompeu sua dança, se inclinou com sua mão no queixo e observou bem o rosto do rapaz. – Hmmmmmm, acho que lhe conheço de algum lugar... Você é parente da Miranda? A Miranda de cabelo rosa? Bah, depois eu me lembro. Mas enfim, o que você queria mesmo? Ah sim! UMA MANOPLA! Nós temos essa magnífica manopla na promoção! – Ele saltou para trás do balcão e sacou uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] que emitia um brilho incomum e uma sensação de poder. – Essa ta na promoção, apenas dez... – Ele deu uma pausa dramática e olhou a etiqueta. – Dez trizilhões de berries! – Ele exclamou esticando os braços pro alto – Esse numero existe..? – Ele sussurrou para si mesmo. – Bom, se estiver com o dinheiro contado,ao invés de levar essa, você pode levar o par de manoplas vagabundas ™. O preço é... Olha só! Exatamente 30.000 berries! Além disso, você deverá responder AO QUIZ DO FERNANDIS FERNANDO SHOPS!

De repente, ele saltou do lado de Salazar, sacando um den den mushi, e de repente havia um telão na parede da esquerda, um pouco distante dos dois. – Sabe, nós prezamos pelos nossos clientes, então, para que ninguém lá fora e nem nós mesmos acabemos tapeando um de nossos queridos e amados patrocinadores, nós criamos esse Quiz para compartilhar um pouco do nosso conhecimento sobre armas com vocês. E LÁ VAI A PRIMEIRA PERGUNTA! – Após o grito do rapaz, um homem extremamente musculoso surgiu, vestindo apenas uma tanguinha branca e uma mascara simples com um smile desenhado e algo que parecia simular o Pompadour do atendente. Esse homem se aproximou do atendente e começou a cochichar em seu ouvido. – Como assim “Não temos mais o FERNANDIS FERNANDO SHOPS QUIZ? – O homem voltou a cochichar, e o sorriso do atendente se transformou em uma carranca. – “Não temos mais fundos pra isso?”E o que isso tem haver?! Essa era a melhor parte do meu trabalho! Tanto faz que a gente estava perdendo dinheiro! Quer saber? Tudo bem. Não vou me estressar com isso. – O atendente guardou o den den mushi e saltou novamente para trás do balcão, agarrando as manoplas vagabundas ™ e entregando-as para o rapaz dos olhos de serpente. O mesmo entregou uma sacola com a quantia combinada, que o atendente escorregou lentamente para dentro de sua roupa. – Foi um prazer fazer negócios com você. Tenha um bom dia.

Ao conseguir o que queria e ouvir aquela frase, Salazar se retirou para partir em busca de uma loja de mascaras. Porém, antes mesmo de iniciar sua caminhada, o jovem pode notar que havia uma loja de mascaras convenientemente localizada bem em frente à loja de armas. A principio ela não parecia ser tão extravagante como a outra, mas assim que ele botou um dos pés para dentro do recinto, o mesmo atendente de antes saltou e o cumprimentou, porém desta vez ele vestia o mesmo outfit numa coloração rosa




– OLA PREZADO CLIENTE E SEJA BEM VINDO A FERNANDIS FERNANDIS FERNANDO QUALITY MASQUE DE MASK SHOP, MAIS CONHECIDO COMO O FF&F O MELHOR SHOPPING DE MASCARAS DE CENTAU- Ah... É você... Que tipo de mascara vai querer? Uma muito chamativa, uma extremamente chamativa ou uma que vai queimar as almas e os olhos de todos ao redor? Não precisa responder, eu sei exatamente do que precisa! – Ele se virou e fuçou o que parecia ser um baú. Naquele momento Salazar pode observar melhor o local onde estava. O local era pequeno e em todas as paredes tinham mascaras coloridas que pareciam ser extremamente festivas. Atrás do balcão, uma mascara teatral sorridente tomava conta de quase toda a parede.

Depois de mexer um bom tempo dentro do baú, o atendente virou-se para Salazar e jogou três mascaras em cima do balcão de vidro. Uma mascara de Mardi Gras com bastante adereços, umas mascara de uma gata bem cartunesca, com um lacinho rosa bem pequeno no extremo e uma mascara mais comum. Assim que o rapaz agarrou a mais simples, as outras duas desapareceram em meio a uma fumaça que parecia ser mística. – Boa escolha. – Ele sorriu de forma que parecia brevemente maligna, agarrando os últimos tostões do rapaz. – Como sempre, é um prazer fazer negócios com você. – Ele deslizou, assim como na ultima vez, a sacola com o dinheiro para dentro de sua roupa, lentamente. Observando Salazar se retirar da sala.

Após mais uma caminhada em busca de uma taverna, Salazar se deparou com um lugar que parecia estar caindo aos pedaços. Em uma das mesas, havia um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e a cara plantada na mesa, segurando um caneco gigantesco com o fundo sujo de cerveja. Em frente ao balcão havia outro homem, vestindo o que pareciam ser [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e uma longa barba cinzenta. Além desses detalhes, havia alguma coisa estranha sobre o seu rosto, mas não importava o quanto Salazar raciocinasse, não ficava claro o motivo de tal desconfiança.

O garoto se aproximou do balcão e requisitou um cartaz de recompensa para um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] que parecia tomar conta do local. O mink se levantou de sua cadeirinha e jogou [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] na frente do menino. O pode se sentou novamente e começou a murmurar.

–Pretende virar caçador? – O mink deu uma longa pausa enquanto mastigava algo. – Sabe que você vai ter que se virar pra entregar o procurado, né? – Ele deu outra longa pausa e continuou mastigando. – Sabe... A ilha é dominada por revolucionários... E eles não gostam muito do pessoal do governo... – Ele encarou Salazar, mastigando por um bom tempo. – No fim tu vai ter que ir atrás deles em outra ilha...

De repente o aventureiro barbudo ergueu o braço esquerdo. – Deixe o rapaz, velhote. Se precisássemos de conselhos, nós teríamos pedido. – Ele abaixou o braço e se inclinou, apoiando os cotovelos sobre o balcão. – Que tal nos servir? Eu vou querer um copo gelado de leite... E você?- Ele encarou Salazar. – Não não não, nem adianta recusar, estou bem feliz hoje e preciso de um brinde e alguém para beber comigo. – O velho bode se aproximou lentamente, balançando suas pequenas pernas, com o copo de vidro cheio de leite e o entregou para o aventureiro. O bode parou e cruzou os braços, olhando o rapaz e aguardando sua resposta.

Histórico do Sal:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 


Última edição por gmasterX em Ter 21 Maio 2019, 15:50, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 15
Localização : Pergunte ao narrador.

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptyDom 28 Abr 2019, 12:10

Após uma pequena caminhada, Salazar encontrava uma loja que chamava muita atenção ali na rua graças a sua música alta e cores fortes. Entrando nela, Salazar se depara com um homem muito animado, provavelmente o dono da loja. Antes de Salazar conseguir dizer qualquer coisa, o homem para a dança e se inclina na frente de Salazar enquanto pergunta se Salazar é parente de uma Miranda, vendo esta situação, Salazar para de prestar atenção por um momento no homem e pensa "Que homem mais estranho, ele dança todo animado e do nada fica sério, e me pergunta sobre uma mulher que eu nem conheço, bem, eu acho que se eu quiser comprar algo, terei que ficar calado e esperar ele me perguntar o que eu quero." Salazar logo volta a prestar atenção no homem e percebe que o mesmo está o mostrando uma manopla, "Finalmente poderei comprar aquela manopla, espero que ela custe barato." pensa novamente Salazar enquanto espera o homem falar o preço da manopla. - 10 Trizilhões de Berries!!? Você só pode estar de brincadeira quando diz que isso está de promoção. diz Salazar com uma expressão de surpreso, porem o homem logo troca de manopla e mostra uma com o preço de 30.000 Berries, mas antes Salazar terá que responder um quiz. - Ok, se é só isso que eu preciso fazer para eu ganhar a manopla eu estarei de acordo, pode mandar a pergunta! diz Salazar esfregando as palmas das mãos uma na outra,  mas antes de o homem mandar qualquer pergunta, ele é logo interrompido por um homem que diz que não da mais para fazer o quiz por falta de verba, porem mesmo assim Salazar consegue finalizar a sua compra e sai daquela loja em rumo de outra só que de mascaras.

Pela surpresa do garoto, ele encontra a loja da qual ele procura logo a sua frente, "Mais que bizarro, e por mais incrível que pareça, eu nunca tinha visto estas duas lojas aqui, devem ser novas. Bem, eu acho que é melhor eu ignorar este fato e entrar nela." pensava Salazar com curiosidade. Entrando na loja, o garoto encontrava novamente o mesmo atendente de antes, porem com uma roupa de coloração rosa. O homem logo reconhece Salazar e o pergunta qual tipo de mascara ele vai querer comprar, mas antes de ele terminar a frase o atendente diz que já sabe o que o Olhos de Serpente estava procurando e o mostra três mascaras, duas chamativas e uma simples, logo Salazar escolhe a mais simples e o paga 20.000 berries.

Indo rumo a procura de uma taverna, Salazar encontra uma taberna decadente, entrando dentro dela, Salazar logo pode observar o que tem lá dentro. O garoto logo segue em direção ao mink que estava atrás do balcão e pede algum cartaz, o mink logo entrega-o um cartaz de um homem ruivo cujo o nome é Rubinho Bigode Fino "Não teria um nome melhor para colocar aqui?" pensaria Salazar, e logo em seguida o mink o pergunta se ele quer ser um caçador de recompensas e o fala mais outra coisa, Salazar se vira para ele e o responde as duas perguntas - Primeiramente, eu tenho interesse em me tornar um caçador de recompensas graças a alguns motivos pessoais. E respondendo as outras perguntas, eu estou preparado para isso, ao menos eu acho.. Um homem que estava ao lado se vira para o mink bode e o diz – Deixe o rapaz, velhote. Se precisássemos de conselhos, nós teríamos pedido. Que tal nos servir? Eu vou querer um copo gelado de leite... E você?- Salazar logo nega a bebida, porem o homem continua insistindo, o garoto após muita insistência  do homem aceita a bebida e diz - Ok, eu vou querer o mesmo que você.. Após chegar o pedido, Salazar beberia o leite de pouco a pouco e então perguntaria para o mink - Você teria alguma informação sobre ele? Por exemplo o ultimo local em que ele foi visto, algum conhecido dele, qualquer coisa que seja útil na minha procura por ele. em seguida, Salazar se viraria para o homem e perguntaria para ele - Você é caçador de recompensas? Se sim, que tal se juntar a mim na minha aventura? independente do homem aceitar ou não, Salazar agradeceria o homem pela bebida e então sairia da taverna com ou sem o homem, e seguiria em busca de informações, primeiramente iria até o homem de cabelos e barba grisalhos para perguntar a ele se ele teria qualquer informação sobre o homem que estaria no cartaz de recompensa.

Após juntar quaisquer informações, Salazar colocaria a sua mascara e as suas manoplas e então seguiria rumo ao local em que teria nas informações que algum dos homens havia passado para ele. Chegando no local, Salazar falaria com o homem que estava junto dele (caso ele tenha aceitado se juntar a Salazar) - Qualquer informação que você encontrar me informe, e caso você veja alguma pessoa suspeita por aqui, me avise para nós nos prepararmos para lutar, ok? Ah, e qual é o seu nome? O meu é Salazar. e então começaria a procura por informações.
Off:
 

Mascara:
 

Manopla:
 


Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Civil
Civil
gmasterX

Créditos : 11
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 21
Localização : Na minha casa,ué

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptySeg 29 Abr 2019, 22:15

Narração



Ventos frios invadiam a pequena e humilde taverna do mink bode. O homem com a longa barba contraia de forma bizarra o seu rosto que estava coberto por pelos cinzas. Não ser sabia ao certo o que estava fazendo, mas o seu olhar dava a entender que estava sorrindo. O barman de prontidão sacou um segundo copo de vidro, que misteriosamente já estava cheio de leite. O aventureiro segurou seu copo por cima, ao invés de envolver-lo com sua mão como a maioria das pessoas normalmente faz e o levou de encontro ao copo de Salazar, brindando. – Pela nossa saúde. – O barbudo virou todo o conteúdo do copo em sua boca e em algumas poucas goladas, botou pra dentro todo o leite, como quem estivesse bebendo para se embriagar. Salazar por sua vez foi aproveitando e degustando o seu copo de leite, porém algo estranho ocorrera. Por um momento o jovem podia jurar ter sentido um leve gosto amargo ativar suas papilas gustativas. Ele começou a questionar o homem sobre o possível paradeiro ou qualquer informação que pudesse levar-lo ao seu alvo, o que o homem respondeu com um breve silencio. – Sinto muito, garoto. Eu não sei de nada que possa lhe ajudar, mas é de se esperar, já que você está indo atrás de um procurado. Ele não seria um procurado se não soubesse se esconder bem, né? – Ele colocou o seu copo de volta no balcão. O mink bode por sua vez o colocou o copo debaixo do balcão e como em um passe de mágica, o tirou de lá, poucos segundos depois, cheio. Ele deixou o copo em frente ao homem e voltou para sua cadeirinha.

O homem agarrou o copo, e um pouco pensativo, encarou o rapaz. – Além disso, ele vale uma boa grana. Se tivesse informações sobre ele, você contaria e deixaria essa bolada escapar? – Sem ouvir a resposta, o homem voltou a olhar pra frente – Foi o que pensei. – E deu uma golada em seu leite. Salazar então começou a questionar sobre a profissão do homem e se ele gostaria de se juntar a ele, mas o homem riu, como se o garoto tivesse contado uma boa piada. – Eu apenas caço tesouros, rapaz... E mesmo que eu queira muito te ajudar, o meu velho corpo está muito longe dos seus dias de gloria, acabaria apenas lhe atrapalhando... – Ele voltou a beber o leite, dessa vez com um olhar um pouco melancólico. – Mas divirta-se em sua caçada.

Ao ouvir aquilo, o garoto de olhos de cobra sabia que estava na hora de ir e por isso correu para a rua. Ele saiu em busca de informações sobre Rubinho, porém, algo de estranho ocorreu. A imagem da rua em frente ao bar ficara congelada em sua retina por alguns segundos. Não importava o movimento que fizesse ou se podia ouvir pessoas diferentes se aproximando, aquela mesma imagem continuava lá, parada como se fosse um quadro. Subitamente, uma dor aguda atingiu seu queixo e uma força parecia jogar-lo para cima. O rapaz sentiu os seus pés saírem do chão e após alguns segundos sentindo um bom vento gelado atingir sua pele de baixo para cima, o rapaz pode sentir suas costas e a parte de trás de sua cabeça se impactando contra o duro e molhado chão. Após a queda, a imagem congelada em sua vista se desfez, e tudo que ele pode ver era uma visão embaçada do céu, ainda nublado, deixando escapar alguns poucos raios de sol.




Enquanto estava atordoado no chão, dois homens altos que tiveram seus rostos convenientemente cobertos pela luz do sol se aproximaram. Minutos depois, um terceiro homem, que parecia ser homem do bar com quem Salazar havia dividido um copo de leite, se aproximou e se agachou perto do rapaz. O homem puxou a sua barba e seu chapéu, como se fosse uma boneca se desmontando, e por fim, levou sua mão seu pescoço e agarrou o que parecia ser uma espécie de borracha usava sobre a pele. Ele se aproximou mais e daí Salazar pode ver com clareza que o homem que estava em sua frente era ninguém mais e ninguém menos que o seu procurado, Rubinho bigode fino. O pegou o cartaz que estava com o menino e o encarou por um bom momento. – Ah... Rapaz... Você é bem franzino, mas pode ser um ótimo rival... Então aqui vai uma dica: Sempre conheça sua presa, ou você acaba se tornando ela. – Ele olhou o menino de olhos estranhos por um momento. – Sabe, você pode estar se perguntando como é possível eu ter lhe encontrado aqui, de todos os lugares. A minha resposta é... Pura sorte... No seu caso azar. Eu sempre vigio um dos meus cartazes para me livrar de incômodos o mais cedo o possível. Bom, é uma pena, mas nos despedimos aqui, até a próxima. – O homem acenou com sua mão direita, e de repente, um dos dois homens altos agarrou Salazar e desferiu dois socos contra o queixo do rapaz que consequentemente apagou.

Após um bom tempo, o rapaz acordou jogado na margem de um rio, com suas roupas completamente ensopadas, ainda encarando o céu. O céu cinza agora se mostrava azul, e as nuvens que tomavam conta pareciam estar em menor numero. Ao seu redor, Salazar podia ver um verde que dominava a paisagem, e uma grande arvore com uma abertura bem na sua frente. Perto do rapaz, o menino conseguia ouvir o som de alguém bebendo um liquido direto da garrafa com uma extrema sede. Se Salazar observasse a fonte do som, ele veria [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] segurando uma cabaça de argila que pingava um liquido transparente e o seu cartaz, observando a parte de trás que agora tinha uns rabiscos.

–Ih rapaiz! Mais que surra tu tomou! Isso tudo por carsa desse mapa aqui? Ou foi por carsa du homi da foto? – Ele começou a rir de forma consideravelmente histérica, como se ele mesmo tivesse contado uma piada. – Perrdão... Se quiser se sentir melhor, toma ai. – O homem rolou a cabaça pra perto de Salazar. Ele parecia embriagado, mas a cabaça em si não tinha cheiro de nada.

Histórico do Sal:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 


Última edição por gmasterX em Ter 30 Abr 2019, 22:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 15
Localização : Pergunte ao narrador.

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptyTer 30 Abr 2019, 13:38

Após ter o seu pedido negado pelo homem, Salazar se retira da taverna indo em direção a procura de informações, porem, Salazar logo percebe algo estranho, não importava para qual lado ele olhava, uma mesma imagem ficava fixada em frente aos seus olhos, desprevenido, Salazar é pego de surpresa por um gancho que acerta o seu queixo e o faz cair no chão logo após ser arremessado pelos ares. Graças a batida forte que Salazar levou no queixo, o garoto começa a ficar tonto e apenas passa a ouvir o barulho de passos vindo em direção a ele que parecia ser duas pessoas pesadas. Levantando lentamente o seu tronco, Salazar vê dois homens fortes e musculosos vindo em sua direção, e alguns minutos depois aparece o homem com quem Salazar havia divido um copo de leite, o homem logo começa a tirar o que parecia ser uma mascara de borracha sobre o teu rosto, e então se revela ser o Rubinho Bigode Fino, o rapaz que Salazar estava atrás.

– Ah... Rapaz... Você é bem franzino, mas pode ser um ótimo rival... Então aqui vai uma dica: Sempre conheça sua presa, ou você acaba se tornando ela. Sabe, você pode estar se perguntando como é possível eu ter lhe encontrado aqui, de todos os lugares. A minha resposta é... Pura sorte... No seu caso azar. Eu sempre vigio um dos meus cartazes para me livrar de incômodos o mais cedo o possível. Bom, é uma pena, mas nos despedimos aqui, até a próxima. diz o Rubinho enquanto acena para o garoto que logo é deixado nocauteado pelos dois homens que estavam acompanhando Rubinhos. Salazar acordava nas margens de um rio, - Perai! Onde é que eu estou?!! Calma, Salazar, raciocine, após você sair da taverna você se deparou com o Rubinhos que na verdade era aquele homem com quem você havia tomado um copo de leite, ele e mais dois caras te nocautearam e você acordou aqui. - Pensava Salazar enquanto se levantava calmamente com as mão direita na cabeça, - Ai, ai, pelo jeito terei que começar a procurar por informações por a- antes que pudesse completar a sua frase, Salazar escutava o som de alguém bebendo água, olhando para a origem de onde vinha o barulho, o garoto vê um homem com uma cabaça bebendo um liquido enquanto segurava o seu cartaz.

–Ih rapaiz! Mais que surra tu tomou! Isso tudo por carsa desse mapa aqui? Ou foi por carsa du homi da foto? o homem logo começou a rir de forma histérica – Perrdão... Se quiser se sentir melhor, toma ai. o homem logo rolou a sua cabaça para perto de Salazar. "Esse homem parece estar embriagado, mas eu não acho que deva ter algum álcool, afinal, eu não estou sentindo cheiro de nada nessa cabaça, e também não acho que tenha veneno, pois se ele quisesse ter me matado, ele poderia ter feito isso enquanto eu estava apagado" - Obrigado, senhor! Mas infelizmente não poderei aceitar isso, pois acabou de acontecer várias coisas e não quero perder tempo bebendo água. Mas, caso o senhor queira me ajudar em algo, ficaria muito agradecido se você tivesse alguma informação para me ajudar sobre esse procurado- diria Salazar enquanto colocava a sua mascara e a sua manopla em suas mãos "Mas espera um pouco aí Salazar! Como você pretende encarar Rubinho e seus guardas costas tonto? Parando para pensar, acho melhor conversar um pouco mais com esse bêbado e ver se ele tem algo para tratar a minha dor de cabeça e a minha tontura." pensaria Salazar enquanto se viraria para o homem e diria - Ehhh, Senhor! Me desculpe te incomodar novamente, mas, você teria algo para combater a minha tontura e dor de cabeça? E aliás, me diga um pouco mais sobre você- "Não acho que ele iria conseguir criar uma história do zero rápido, se ele realmente não for uma pessoa infiltrada, ele poderá me dizer um pouco sobre ele normalmente." então, Salazar esperaria o que o homem tem a dizer sobre ele e se ele teria algum remédio para o entregar.
Off:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Civil
Civil
gmasterX

Créditos : 11
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 21
Localização : Na minha casa,ué

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptyQua 01 Maio 2019, 21:09

Narração



As correntes águas do rio a frente de Salazar refletiam um brilho ciano que parecia tão puro quanto à área ao redor. Uma grossa camada de folhas, ainda verdes, cobria o solo de todo aquele terreno de forma que parecia um pouco artificial. Só que juntar tantas folhas parece um trabalho extremamente imprático e chato para alguém em sã consciência fazer, então seria aquilo obra da natureza ou algo sobrenatural? Por enquanto esse seria um mistério a ser respondido mais tarde, já que Salazar tinha outras duvidas.

  O rapaz começou a questionar seu paradeiro e o que ocorrera antes de ter sido jogado no meio da floresta. Questões que ninguém poderia responder no momento, é claro. Ou era o que o rapaz achava, já que ao observar seus arredores, um homem parecia ouvir os seus prantos. Inicialmente, Salazar não parecia se importar muito com a presença daquele senhor, já que discutia consigo mesmo sem se preocupar em parece paranóico. O homem se inclinou e apoiou seu queixo sobre sua mão, exibiu um sorriso bem bobo e observou passivamente Salazar responder-lo.  Ao ouvir a recusa do rapaz, ele riu de forma histérica, bem como antes, e ao fim de sua gargalhada, ele gentilmente passou o dedo indicador esquerdo sob o respectivo olho, limpando uma singela lagrima.

– Cê não tem tempo pra água, mas tem tempo pra tomar um sacode pru homem da foto? – O homem questionou, mas Salazar não parecia ligar muito, pois ele seguia discutindo consigo mesmo. Ao ouvir a conclusão do olhos de cobra, o homem cruzou os braços e acenou com a cabeça.  Enquanto o rapaz notava que não poderia simplesmente partir a todo vapor pra cima do Rubinho, o homem o encarava com um olhar bem curioso, até que Salazar pediu por algo que pudesse ajudar com sua condição. O homem levantou sua franja com os três dedos da mão esquerda, revelando um de seus olhos remelentos e abriu sua boca em um sorriso, revelando os poucos dentes da boca que haviam lhe sobrado. Ele sacou uma segunda cabaça e jogou na direção do menino. Ele o homem ouviu a pergunta de Salazar e arregalou bem os olhos, sacando uma terceira cabaça da sua bolsa.

– A um minuto atrás tu tava quase voando pra fora daqui, e agora tu quer saber a minha biografia? Hihi! Tu é birutinha, muleque! – Ele ergue a garrafa e virou o conteúdo em sua boca, se lambuzando com aquele liquido transparente, por longos minutos que escorria por seus lábios por longos minutos, molhando toda a sua roupa. O homem deu uma pausa para respirar e continuou. – Sinto lhe informar, mas eu não me alembro muito bem. – Ele deixou a cabaça que segurava de lado e tirou seu chapeuzinho, que cobria seu cocuruto, e revelou uma cicatriz que mais parecia uma rachadura. A pele em volta estava extremamente vermelha, parecia ser algo bem sério. – A única coisa qui me alembro é que eu acordei aqui depois de alguém tentar abrir minha cachola. Daí eu acabei me virando e passando uns poucos bocados no meio desse lugar. A mata entre o lago e essa área é muito densa pra tu chegar té aqui a pé. Então só dá pra chegar aqui se tu pegar esse rio que é conectado ao lago. Desde então só pareceram duas pessoas. Tu e JP. Só que o coitado não fala, e nem escreve. Eu achava que ele era só burro, mas ele é bem isperto, já que fez uma engenhoca pra captar e filtra água da chuva e uma maneira de manter ela geladinha. – Ele voltou a virar a cabaça em sua boca.

O homem parou e olhou para Salazar com um olhar meio vesgo após uns cinco minutos ingerindo aquele liquido. – Rapaz, o que tu pretende fazer assim que tu achar o feioso da foto? – Ele se levantou, cruzando suas mãos em suas costas e olhando o rapaz de cima para baixo.

Histórico do Sal:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 15
Localização : Pergunte ao narrador.

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptyQui 02 Maio 2019, 11:31

Após Salazar questionar o homem sobre a sua história, o velhinho que vivia carregando cabaças por aí virou para Salazar e começou a contar a sua história – A única coisa qui me alembro é que eu acordei aqui depois de alguém tentar abrir minha cachola. Daí eu acabei me virando e passando uns poucos bocados no meio desse lugar. A mata entre o lago e essa área é muito densa pra tu chegar té aqui a pé. Então só dá pra chegar aqui se tu pegar esse rio que é conectado ao lago. Desde então só pareceram duas pessoas. Tu e JP. Só que o coitado não fala, e nem escreve. Eu achava que ele era só burro, mas ele é bem isperto, já que fez uma engenhoca pra captar e filtra água da chuva e uma maneira de manter ela geladinha. – falou o velhinho bem sério, porem, logo quando terminou virou a cabaça e voltou a beber o liquido transparente. - Você não se cansa de beber não, velhinho? Mas mesmo assim, obrigado por me responder - "Bem, eu acho muito improvável esse velhinho ser alguém enviado pelo Rubinho. Pelo jeito terei que descobrir mais algumas coisas antes de ir atrás de Rubinho." pensaria Salazar com um olhar sério fixado na areia.

Logo Salazar foi interrompido pelo velho que após alguns minutos bebendo parou e perguntou a Salazar o que ele fara assim que achar o rapaz da foto, - Boa pergunta, velhinho. Caso eu o encontre, começarei a segui-lo furtivamente até que ele se separe dos seus 'guardas costas', afinal, eu já tomei uma surra deles uma vez e não quero correr esse risco novamente, se bem que levando em consideração a sua recompensa, ele dificilmente dará alguma brecha para alguém o ataca-lo, então provavelmente eu terei que arranjar alguém para me ajudar, para que assim eu possa lutar contra Rubinho enquanto os seus 'guardas costas' são distraídos por quem quer que me ajude. Então, quando começar a luta, tentarei me conter e segurar energia para que eu possua alguma vantagem, e usando a minha visão, esperarei que ele abra alguma brecha, e quando ele abrir, desferirei um golpe usando quase o máximo de força que conseguir para assim derruba-lo na mesma hora que o soco acerta-lo, após isso levarei o corpo dele inconsciente para a marinha e me tornarei um caçador de recompensas. - diria Salazar que em seguida começaria a respirar o máximo de ar que conseguir para assim respirar o seu folego - Bem, basicamente é isso que eu farei, velhinho, mas caso eu não consiga fazer algo desse tipo, eu simplesmente improvisarei rezando para dar certo. -.

Salazar logo se levantaria do lugar onde estivesse e faria a seguinte pergunta para o velhinho - Bem, velhinho! Você não me ajudou muito, mas mesmo assim obrigado, ah, e gostaria de saber se você tem algum mapa que possa me entregar para fugir daqui, afinal, se você não tem um mapa, como é que o JP escapou daqui sem se perder? - e esperaria pela sua resposta, e caso recebesse um mapa, iria adentrar a floresta rumo a vila, mas caso recebesse um não, Salazar se sentaria ali na areia e perguntaria para o velho - Então, já que você não tem um mapa, como é que você conseguiu se alimentar até agora sem nenhuma loja? E, qual seria o teu nome? - e esperaria atenciosamente pela resposta.
Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Civil
Civil
gmasterX

Créditos : 11
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 21
Localização : Na minha casa,ué

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptySab 04 Maio 2019, 20:05

Narração



A conversa fluía entre Salazar e o senhor. O jovem desconfiava do homem, já que sofreu um ataque de onde menos esperava, mas o homem por sua vez não parecia tão ameaçador e deixava a sua guarda bem aberta perto do garoto. Enquanto conversavam, o homem consumiu todo o conteúdo da terceira cabaça e sacou uma quarta, com uma expressão bem clara de quem sentia uma sede insaciável. Observando aquilo, Salazar perguntou se o homem nunca se cansava de beber tanto, o que fez o velinho soltar mais uma de suas risadas histéricas. – E para de bebê algo tão bom que nem água? É o vicio mais sardável que já tive. – Ele prosseguia virando a á quarta garrafa em sua boca, bebendo ferozmente.

Salazar prosseguiu contando o seu plano simples, porém sensato, de esperar Rubinho se separar de seus guarda-costas e atacar assim que possível. Assim que ouviu aquilo, o homem se mostrou bastante curioso sobre algo, ignorando os detalhes extras que Salazar havia passado. Ao fim da conversa, Salazar questionou o homem sobre formas de sair daquele local, já que o homem comentou sobre um visitante anterior, e ninguém mais além deles podia ser visto. Ao ouvir a conclusão de Salazar, o homem riu mais uma vez, de forma ainda mais histérica, rolando pelo chão e com os olhos lacrimejando de tanto rir. – Que doidera é essa rapa? JP não foi embora não, doido. Ele ta ali dentro, comendo batata ou sei lá o que. – Ele apontou para arvore com a grande fenda. No momento que o velho comentou sobre a arvore, o rapaz pode escutar o som de uma harpa, vindo do gigantesco e folhoso pilar de madeira. – Tu pode i lá dentro tenta fala com ele, mas ele não é muito fã de gente. – Ele se colocou a pensar mais uma vez, segurando o seu queixo e fazendo um biquinho de forma bem caricata.

– Sobre o plano de mais cedo, o que tu vai fazer se o moço da foto te pega com a boca na botija? Tu vai voltar boiando pra cá mais quebrado que antes e daí vai tentar mais uma vez? Nananinanão! Tu só vai falar com o JP pra sair daqui se passar por mim. – O velho tomou uma instancia bem peculiar, dobrando os joelhos, colocando o braço esquerdo dobrado em suas costas e esticando o braço direito em direção ao rapaz. – Vem sem medo! – Ele parecia sério, mas não conseguia ficar de pé direito, visto que enquanto aguardava, ele lentamente perdia seu equilíbrio.

Histórico do Sal:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : Um caçador se ergue! Cuidado piratas 5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Idade : 15
Localização : Pergunte ao narrador.

Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas EmptySeg 06 Maio 2019, 20:19

Enquanto conversavam, Salazar acaba por descobrir que o homem que poderá ajuda-lo, estava o tempo inteiro dentro da fenda de uma arvora "Que local mais estranho para se esconder, mas isso não importa, ainda estou precisando da ajuda dele, talvez ele saiba como sair daqui." pensaria Salazar enquanto o mesmo olharia estranhamente para JP. Passando um tempo, o velhinho com quem conversara com Salazar o chama para uma batalha, pois só se Salazar ganhar ele poderá conversar com JP. - Bem, a sua proposta é bastante tentadora, apesar de eu achar que você não está batendo bem na cabeça por causa da bebida, afinal eu não vejo motivo para lutarmos um contra o outro, mas mesmo assim eu aceitarei o seu convite. - falaria Salazar enquanto o mesmo colocaria as suas manoplas em ambas as mãos prestando atenção no velhinho, pois se Salazar ser pego desprevenido poderá ter uma grande chance de perder recebendo o primeiro ataque.

Após começar a batalha, Salazar logo começaria a entrar em sua posição de ataque enquanto esperaria pelo ataque do velhinho. Calmamente, Salazar esperaria ansiosamente pelo ataque do senhor, pois só vendo o ataque o garoto poderia descobrir o estilo de combate do velho, o que poderia ajuda-lo muito na batalha, porque assim Salazar teria uma grande vantagem sobre o homem, criando contra ataques mais efetivos baseado no EDC do homem. Quando o velhinho começasse o ataque Salazar esperaria o velhinho tentar o ataca-lo para ele esquivar do homem e aplica-lo um contra ataque, caso o homem tentasse atacar utilizando um movimento horizontal Salazar utilizaria a areia que tem abaixo dele para deslizar rapidamente por baixo do ataque do homem, se fosse um golpe vertical Salazar esquivaria para o lado esquerdo do homem e pularia rapidamente para trás do homem, mas se for um golpe concentrado na ponta da arma ou um golpe reto na direção do tronco Salazar se defenderia utilizando as suas manoplas como 'escudo'; caso Salazar se esquivasse ou derrapasse por baixo do golpe, Salazar se agacharia e jogaria terra nos olhos do homem e então aproveitaria a dificuldade que o homem teria de enxergar para ataca-lo com uma joelhada lateral no tronco e então o atacaria logo em seguida com um gancho de direita no queixo com o objetivo de tontear o oponente, mas se Salazar tivesse bloqueado o golpe do homem com a manopla, Salazar aproveitaria que as suas pernas estariam livres e então o atacaria com um chute nas partes intimas e o empurraria com um chute concentrado no tronco.
Posição:
 

Off:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty
MensagemAssunto: Re: Um caçador se ergue! Cuidado piratas   Um caçador se ergue! Cuidado piratas Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um caçador se ergue! Cuidado piratas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Centaurea Island-
Ir para: