One Piece RPG
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Hey Ya!
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» Sophia Aldebaran Rockfeller
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 00:12

» Hitsujino Ukigumo Morone Antropfiev Nibelumgo Oam-oam
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 00:07

» Laith Kinder, a Serpente Vermelha
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:08

» A Ascensão da Justiça!
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 21:29

» The Hero Rises!
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:32

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 19:02

» A primeira conquista
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Misterioso Ontem à(s) 18:35

» Azura V. Pendragon
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 18:29

» Nova Ficha - Regina "Gina" Drake
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 17:33

» Regina Drake
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 17:31

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Oni Ontem à(s) 13:44

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 06:47

» Que tal um truque de mágica?
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 03:17

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor maximo12 Ontem à(s) 00:00

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Licia Sex 27 Nov 2020, 23:32

» Seasons: Road to New World
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Volker Sex 27 Nov 2020, 22:37

» Vol 1 - The Soul's Desires
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor Arthur Infamus Sex 27 Nov 2020, 22:08

» VIII - The Unforgiven
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Sex 27 Nov 2020, 22:00

» The One Above All - Ato 2
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Emptypor CrowKuro Sex 27 Nov 2020, 20:53



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQua 27 Fev 2019, 18:30

Relembrando a primeira mensagem :

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente Sakuma Teo. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas


Data de inscrição : 09/10/2012

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyTer 14 Maio 2019, 17:50



Conversa



Através de uma sequência rápida de pensamentos, conseguia fazer uma decisão que nos colocaria talvez mais perto de atingir os objetivos da missão. Nós conseguíamos entrar na casa do homem, e sentando, começaria a segunda parte do meu plano. Ele começava um breve monologo sobre o homem cego que nos trouxe até aqui, eu observava atentamente suas expressões durante suas palavras, ao mesmo tempo em que sua história causava uma óbvia sensação de empatia, sua expressão ao falar sobre a marinha deixava claro que eu não deveria revelar minha verdadeira identidade. Ele continuava proferindo algumas palavras sobre o entorpecente e o que ele causava nos indivíduos, terminando com uma pergunta dirigida a mim, sobre o motivo de querer conhecer o responsável sobre a droga.

Eu já tinha pensado em alguns casos de resposta, e sobre um “plano de fundo” sobre o “Doutor Teo”, esse era o momento de colocar isso em prática. Olhando brevemente para baixo e após isso olhando diretamente para o homem, diria: –Sim e Não. Veja bem, trabalhamos para a associação de médicos do West Blue, e um dos nossos projetos é para tratamentos de pessoas com vícios, e como tivemos conhecimento de que esta droga sendo altamente comerciada aqui em Ilusia, concluímos que seria interessante achar alguém que conhecesse a respeito do entorpecente, ou ao menos conseguir alguma quantia para estudar a droga em laboratório, entende? – Daria uma pausa para checar a reação do homem as minhas palavras, e então usaria o método da empatia – Não sei se o senhor tem algum conhecimento sobre a droga, ou se conhece quem a produz, e infelizmente não conseguimos informação alguma a respeito disso, pois aparentemente o processo do tráfico é feito em extremo sigilo e furtivamente. Também sei que é difícil achar vontade em compartilhar informações com alguém que quer inibir o lucro que tal entorpecente concede, mas entenda que nossa pesquisa não ira diretamente afetar a venda do produto, só dar a oportunidade às pessoas que não querem mais consumi-lo de se afastar do vício. E é exatamente por isso que estamos aqui, sei que é uma decisão um pouco descuidada, mas talvez fosse a mais efetiva, senhor... –Daria uma pausa, simulando uma expressão de dúvida. Era uma pausa para que o homem falasse o próprio nome. Sabendo que Clayton indicou esta pessoa como sendo “O Apostador”, as minhas intenções eram tirar o máximo de informações possíveis diretamente da fonte.

Esperaria a resposta do homem. Meu plano de um modo geral era convencer que estávamos aqui, não como agentes, mas como interessados na produção da droga e assim, poderíamos distrair o homem e pegar o máximo de informações possíveis no tempo certo.
Spoiler:
 

POST: 10 PAGINAS: 02 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptySab 18 Maio 2019, 03:58



Juventude, Força e Futuro

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Tal como Teo analisava seu oponente, o homem que Clayton havia indicado parecia analisá-lo de volta, enquanto Lizandra por sua vez comprava uma postura mais quieta e observadora do que falastrona. Mas ela percebia a mentira que exalava dos lábios de Teo, e justamente por isso hesitava em falar, temendo deixar pontas soltas. - Associação de Médicos... Droga altamente comerciada? Faz sentido. - Ele colocava a mão no queixo e começava a encarar o teto, como se estivesse pensando em algo ou com alguma dúvida. - Eu vejo que vocês dois são pessoas gentis com boas motivações. Querem ajudar o povo, e admiro isso. - Ele se levantava do sofá, dando as costas e olhando para a janela por alguns segundos. - Mas já pararam para pensar que talvez a droga seja uma ajuda, e que todos eles estão felizes com isso? - Ele cruzava os braços e olhava por sobre os ombros com uma expressão neutra - Eu vou ajudar vocês. - Então virou-se por completo, enquanto massageava uma mão com a outra com os braços quase cruzados e um sorriso gentil no rosto. Ou ao menos era o que parecia, até revelar palavras por detrás dele - Darei aos dois duas escolhas, e então decidirão o que fazer. Suas palavras são belas, mas o gosto de veneno pode passar despercebido se misturado com vinho. - Seu sorriso se abriu ainda mais mostrando os dentes agora - E como um bom adorador de vinho e veneno, consigo sentir o cheiro da fatalidade exalando de suas palavras. -

Seu sorriso se fechou de novo e lentamente virou uma expressão neutra e fria como de padrão - Meu povo está bem e não precisamos da sua nobreza. Portanto, vocês podem decidir agora se vão tentar fugir ou lutar, ou, se vão usar a cabeça... E ouvir a proposta que tenho a lhes oferecer. - Se atirou no sofá de novo relaxando o corpo totalmente - Sejamos sinceros, vocês só tem essas duas opções, e a primeira é bem irracional considerando que a casa está cercada por moradores de bem que não querem ser incomodados e blá blá blá. Vocês sabem aonde quero chegar. - A ruiva ficou confusa e surpreendida por alguns segundos, olhando para Teo procurando seu norte pois não sabia o que fazer. - Esse cara... Ele é... Olha senhor, de onde você inventou tudo isso? Nós só somos médicos, como ele disse e - O falastrão interrompia a garota com uma grande e poderosa risada, em fato, ela era forçada apenas com o propósito de interrupção. - Parem, mentir só vai tornar as coisas mais entediantes. Ahhh - Bocejou aguardando uma resposta.




____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptySab 18 Maio 2019, 17:31



Conversa²



Quando o homem terminava seu dialogo sobre vinhos. Eu percebia que um raio não cairia duas vezes no mesmo lugar... No caso na mesma pessoa. “Funcionou na minha primeira missão, acreditei que funcionaria aqui também... Casos diferentes, e pessoas diferentes... Talvez eu precise aprimorar minha habilidade de persuasão”. Enquanto aquele senhor apresentava suas falas sobre a conclusão de “nós ter pego mentindo”, eu olharia novamente para certa janela onde o individuo estava a nos olhar, para confirmar se o mesmo continuava lá ou não, e após isso, verificaria o corpo e as roupas do homem, analisando a fim de encontrar alguma arma ou algo que pudesse ser usado como tal. Encontrando ou não, relaxaria meu corpo, e cruzaria meus braços, colocando minha mão sobre o meu queixo, pensando sobre essa situação: “Bom, eu não quero engajar uma luta, e não quero fazer dessa missão um banho de sangue, e até aqui, ele realmente não fez nada que possa ser considerado verdadeiramente malvado. Então o mínimo que eu posso fazer agora é escutar o que ele tem a dizer...”. Era minha conclusão sobre a situação, eu não tinha aceitado nada, só estava me levando ao final mais pacifista possível.

Assumindo um semblante mais sério, respirava fundo, e então diria: –Digo novamente ao senhor o que disse quando estávamos lá fora, não estamos aqui para ferir ninguém, portanto, prossiga com tal “proposta” senhor... – Nesse momento, estaria focado em suas palavras. Tentaria procurar em sua expressão facial, indícios de incerteza, medo, ou mentira, pois estes eram emanados por unidades de ação muito parecidas. E também tomaria cuidado com algum tipo de ataque surpresa, puxando Lizandra, e com ela, indo ao chão, caso visse que seria necessário.
Spoiler:
 

POST: 11 PAGINAS: 03 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQua 22 Maio 2019, 00:12



Juventude, Força e Futuro

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Em suma, o diálogo chegava ao seu fim com o ultimato do homem depois de todos se confortarem após um tempo de conversa - Sou um homem justo, portanto, visei o benefício mútuo. - Ele se levantou e bateu as palmas uma na outra, segurando-as ao fim do movimento - Existe um homem distribuindo drogas na região, ele tem causado problemas a mim e ao meu povo. Entreguem ele nesse relatório. - O meliante dava uma carta para Lizandra que estava mais próxima dele, ainda que ela não tivesse aberto escutando atentamente - Assim, vocês botam um criminoso na prisão e tiram ervas daninhas do meu quintal também. Tudo isso numa cajadada só... Mas - Hesitou deixando isso bem claro em sua voz - Eu preciso de uma garantia, e um de vocês terá que ficar. Pelo menos até o outro voltar confirmando o relatório feito. - Então abriu seus braços como se tivesse soltado um grande peso das costas, suspirou, e findou - Nós saberemos se não tiverem entregado o relatório como eu pedi. Nada de gracinhas, mas podem decidir entre si quem irá ficar e quem vai - Esperou mais alguns segundos e indagou lançando seu olhar aos dois - E então, aceitam? -  

O Homem na janela não tinha arma alguma, ou ao menos não dava para ver já que suas mãos estavam abaixo da janela. Ele permanecia lá, só olhando por detrás da cortina como se ninguém estivesse percebendo sua presença.



OFF:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptySab 25 Maio 2019, 13:26



Relatório



Quando o homem terminava, éramos postos diante de uma decisão que poderia mudar o rumo da missão completamente. Minha primeira decisão seria pedir a carta para Lizandra, estendendo minha mão mais próxima a ela e dizendo: –Permita-me? – Em um tom bem baixo, mas educado. Leria então o conteúdo da carta, prestando atenção nos nomes, detalhes e qualquer coisa que fosse pertinente. “As minhas suspeitas cada vez mais se confirmam verdadeiras. Não é possível que esse homem não seja quem estamos procurando, ninguém mais deixaria um “relatório” pronto para ser entregue a alguém, se não a mente por trás do crime... Acho que sei o que devo fazer” Depois de ler, viraria para Lizandra e diria: – Sei que parece ser descortês de minha parte te deixar aqui, mas preciso que a senhorita confie em mim. – Eu diria, enquanto mostraria um olhar confiante. Depois disso, me levantaria, guardando o papel nos dado em minha bolsa, e então me dirigindo para o homem, diria em um tom levemente agressivo, mas com um olhar seco, na tentativa de fazer uma ameaça “passiva”: -Eu irei, mas permita-me deixar algo nítido. Se alguma casualidade acontecer com ela... –Nesse momento olharia para o homem na tentativa de [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] –Esse vai ser o ultimo erro que o senhor irá cometer, faço-me claro? – Ignoraria qualquer resposta do homem. E então, com uma leve reverência a Lizandra, partiria do local, andando. Quando chegasse à primeira esquina, começaria a correr, o máximo que eu pudesse em direção ao QG. Pelo jeito que o homem estava dizendo, era provável que eu seria seguido, e perder tempo em despistar quem é que fosse não seria uma boa escolha.

Usaria meus reflexos para desviar das pessoas e objetos na rua, e com algumas passadas desviaria para os lados, correndo diagonalmente ou pulando caso fosse necessário. Chegando ao QG, logo na parte da recepção eu diria, tentando recuperar o meu fôlego caso fosse necessário antes de falar: – Preciso reportar ao senhor Aaron... É urgente! Onde ele está? –Se conseguisse a resposta correria diretamente para o local que ele estava, caso não conseguisse, começaria a procurar por ele começando pelo ultimo lugar que o vi no QG. Se conseguisse encontrar ele, em alguma sala, imediatamente começaria – Senhor desculpe a súbita interrupção... – Tomaria um tempo para recuperar o fôlego novamente e então continuaria – Vim reportar sobre a missão do tráfico de drogas na ilha... – Pegaria a ficha que tinha sido nos dada no começo de nossa missão na recepção, e então entregaria para o homem – Nossa missão era descobrir como conseguiam vender as drogas sem ser descobertos; Descobrir quem era o próximo capanga a vender os entorpecentes; E encontrar o esconderijo do chefe por detrás disto tudo, e então reportar. Nós não só descobrimos todas essas informações, como encontramos o homem responsável pela droga. Ele nos pediu para entregar esse relatório que contem a localização do próximo traficante... – Pegaria a carta da bolsa e entregaria a ele –...E ficou com a Agente Lizandra como refém, enquanto eu não volto para garantir que eu o faria. Eu tenho a localização do homem e posso mostra-la no mapa. Como proceder a partir de agora? – Terminaria meu longo relatório enquanto olhava diretamente para o homem, esperando sua decisão. De qualquer forma o tempo sem Lizandra estaria me torturando, por isso queria voltar a mansão independente da resposta do homem o mais rápido possível.
Spoiler:
 
Ao Narrador:
 

POST: 12 PAGINAS: 03 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQui 30 Maio 2019, 17:28



Juventude, Força e Futuro

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




A agente não parecia gostar nem um pouco da ideia do dito nobre que visitavam. Embora ele sorrisse, ambos os convidados não o faziam em contraposta. Teo abria o bilhete após receber de sua companheira que assentiu com a cabeça.

Relatório de Crimes escreveu:


Nome: James C. Helius
Altura: 1,75
Caucasiano, possuí uma cicatriz de corte na bochecha direita e anda manco.
Crimes: O Homem tem um histórico de crimes envolvendo roubo e tráfico de drogas ao longo de vários e consecutivos anos. Fora preso duas vezes, mas nas duas teve sucesso em fuga trocando por fim sua identidade. Em fato, é o mesmo criminoso que atendia pelos nomes Chris L. e Carlos Lazo.
O marginal mora próximo ao bairro pobre da cidade na casa de numeração 599

Após ler houve uma clara tentativa de intimidação para com o ilustre anfitrião, fazendo-o recuar um passo para trás e abrir os braços, fingindo se render - Owah, relaxa. Nada vai acontecer... Se você fizer o que eu disse. - Seu sorriso permaneceu, e Lizandra claramente estava relutante em ficar ali. - É melhor você voltar o mais rápido possível, Teo. - Ela socou seu ombro levemente dando por claro o aviso e por fim o agente foi-se.

Seus passos estavam cansados apesar de acelerados. Ele corria, temendo não ser apressado o suficiente. Desviava do tanto de pessoas brancas, negras ou amarelas que tinham no caminho, todas de roupas surradas e olheiras nos olhos. Todas elas o encaravam como se fosse uma espécie de forasteiro de outro mundo. Chegou ao QG perguntando por seu superior, recebeu a resposta clara de que ele estaria em seu escritório no segundo andar, então foi para onde encaminhou-se. Correu e subindo as escadas viu uma porta de vidro com o nome do Agente na frente, deixando claro que era ali. Quando abriu a porta, viu o rosto frio e ranzinza daquele homem lançando-lhe o olhar.

Ofegante transbordou o nervosismo em sua voz e explicou a situação. Aeron permaneceu inerte com o mesmo olhar - Então você está me dizendo que ele capturou um de vocês, e os dois fizeram exatamente o que ele pediu? Isso é... Algum tipo de brincadeira? - O homem franzia a testa e estendia a mão - Me dê isso aqui. - Ele tomava a carta e começava a ler. - Isso é verdade? Esses nomes todos passaram pela prisão de fato. Se for o mesmo homem, nós podemos pegar os dois traficantes numa cajadada só. - Arregaçou as mangas e voltou a encarar Teo - Mostre-me no mapa onde a Agente Lizandra está com esse homem. Iremos traçar uma rota de resgate e captura. - Colocou o indicador sobre o queixo e indagou - Agora... Antes de tudo, você foi seguido? - Esperaria a resposta, para então completar - Bem, sua nova missão é resgatar a parceira que deixou para trás. Você vai ter que voltar lá sozinho e servir de distração. Não podemos perder um dos nossos de graça assim. Os outros agentes e marinheiros tomarão a rota que eu ordernar. Por fim... - Suspirou uma última vez e olhou-o nos olhos - Tem algo mais a dizer? -


____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQui 30 Maio 2019, 19:06



Retorno



Quando Aaron começava a falar e pegava a carta de minha mão, o sentimento que tive ao acordar na cama de hospital voltava a tona. O sentimento de me odiar, o sentimento de não conseguir fazer nada direito sem ter eu ou outras pessoas feridas no processo. O sentimento de não ser forte o suficiente para proteger aqueles que estavam ao meu lado. “Porque eu não o ataquei quando tive a chance... Porque eu não me ofereci pra ficar no lugar de Lizandra... Por que eu sou tão fraco... Maldição... MALDIÇÃO...!”. Eu tentava me segurar, quando os sentimentos de raiva e culpa subiam para minha cabeça. Eu queria ser forte, mas eu não conseguia achar um jeito de não por Lizandra em perigo, e apenas pensar nela se machucando por causa das minhas ações me deixava desesperado. Eu queria ser inteligente, mas no pavor, eu tomava uma decisão que me fazia se arrepender dela minutos depois. Parecia que eu estava fadado ao fracasso, e o que eu podia fazer agora era seguir as ordens do meu superior, enquanto olhava para baixo e tentava reprimir esse sentimento para não mostra-lo ao meu chefe.

Quando este voltava a falar comigo, eu tinha uma leve faísca de esperança de que tudo ficaria bem. Assim eu esperava, e como pedido pelo homem, eu mostrava a ele onde a moça estaria no mapa. Logo em seguida ele perguntava se eu tinha sido seguido, e eu diria provavelmente com a voz um pouco trêmula: - Senhor, eu corri tão rápido para mostra-lhe o relatório que mal achei tempo de verificar... Peço Desculpas... – Era o que eu conseguiria falar, ainda um pouco cabisbaixo. O homem me dava novas ordens, e essa era a chance de me redimir – Entendido! – Falaria tentando me recompor. Quando o homem me perguntava se tinha algo mais a dizer eu diria – O homem usa as pessoas daquele bairro para lutarem em seu favor, então peça aos homens para tomarem cuidado ao se aproximarem do local.

Nesse momento, não haveria nada mais a dizer. E se fosse dispensado, correria em velocidade para a casa do Apostador. Tomando cuidado com as escadas, sairia do QG, e parando em frente ao mesmo, procuraria por qualquer pessoa suspeita no meu raio de visão, antes de correr em velocidade de volta para o local de onde tinha saído. No meu estômago, eu sentia como se algo estivesse me comendo por dentro, e era uma sensação que eu queria aliviar o mais rápido possível. Eu precisava correr, eu precisava chegar logo onde Lizandra estava, e meu fôlego me dava uma sensação maior de desespero. E correria tentando ignorar todos os sentimentos ruins que me assolavam, e tentando novamente desviar de quem quer que fosse, até conseguir chegar novamente onde estava. Talvez na volta, propositalmente tentariam causar-me algum dano, portanto, ficaria atento para dar fintas, ou desviar de qualquer maneira a ataques feitos a minha pessoa. Chegando até a casa do homem, eu correria até onde Lizandra estava, e se ela estivesse bem, eu correria para abraça-la, e envolveria a mesma forte em meus braços. Se ela estivesse bem eu apenas fechava meus olhos e os sentiria lacrimejando, provavelmente pela felicidade de vê-la bem. Caso alguma coisa estivesse acontecido com ela, talvez em posição de refém, ou exposta a qualquer tipo de perigo, pegaria na hora o meu chicote para usa-lo ao meu favor, não sabendo exatamente o que faria nesse caso.
Spoiler:
 

POST: 13 PAGINAS: 03 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQui 30 Maio 2019, 21:21



Juventude, Força e Futuro

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




O sentimento de culpa tomava por completo o ser do agente caolho, seu espírito estava quebrado por um instante.

Mas ele não podia parar ali.

Não agora e não com sua parceira correndo qualquer risco de vida. O superior do chicoteador rosnava de novo, atirando mais e mais reclamações - Meu deus. Teria sido melhor se você fosse o refém - Ele dizia seco sem qualquer tipo de eufemismo. Estendeu a mão e terminou - Vá logo e saia da minha frente, vou tentar resolver essa cagada sua - Não precisou ser dito muito mais que isso para o Caolho começar a correr até sua companheira.

O caminho era o mesmo, não havia erro, mas talvez os obstáculos fossem outros. Estava certo em seu coração que havia cometido um erro, mas diferente do que pensava, nenhum dos moradores ou marginal havia lhe interrompido no seu caminho até a casa. Até sua amiga.

O Agente abriu a porta na urgência e logo viu algo que não queria ter visto. O homem de terno estava sozinho, de mãos atadas e ninguém mais estava ali. Ninguém além deles dois. - Acabou, Sakuma Teo. Eu te disse que não era pra fazer nenhuma gracinha. - O choque de perceber que aquele homem sabia até mesmo seu nome lhe dava um sentimento de insegurança. Seu coração batia mais forte, e ele continuava - Você acabou com o meu negócio, mas eu te prometi que haveriam consequências. - Abriu um sorriso malicioso mais e mais, e começou a gargalhar - Os lucros de uma agente do governo como escrava são exorbitantes. Meu chefe não vai se importar com a perda do cartel. - Ele começou a se alongar e tirou a parte de cima do terno, levantando os punhos - Com o dinheiro vai ser fácil abrir outra sede e eu, posso ficar preso por um dia ou dois, mas logo ele dará um jeito de me tirar de lá. Isso não sem antes eu te dar uma surra, é claro. Magnífico, não? HAHAHAHA -


____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptySeg 03 Jun 2019, 17:14



Chicoteando



Um branco... Era como eu podia descrever minha mente naquele momento... O que sentir? O que fazer? Era impossível que ele fosse tão rápido em receber a informação do que aconteceu tão rápido. E como tão rápido levou Lizandra para outro lugar? Ele tinha alguma conexão com Aaron? Ele estava tentando me testar? Analisaria o local em busca de alguma pista, ou algo que me levasse para onde Lizandra estava, e Ignorando tudo o que o homem falava eu dizia –Do que você está falando? Eu fiz o que você pediu! Onde ela está?! – Falaria sério, escondendo em minha face qualquer sinal de mentira, com um rosto nervoso.  De qualquer forma, se eu ainda não recebesse a localização de Lizandra, aos poucos eu me decidia. “Parece que não há outro jeito... Eu não vou deixar esse homem levar aquela mulher de mim...” Eu poderia me enfurecer, eu poderia ir pra cima dele completamente bêbado de raiva... Mas eu sabia exatamente o que eu estava sentindo, eu sabia como fazer parar, e sabia que deveria deixar meus sentimentos de lado e fazer o que tinha que ser feito. Se ele queria uma luta, ele teria uma. Mas eu não o mataria, existiam destinos piores que a morte.

Eu fecharia meus olhos, respiraria fundo, liberando todo o stress que aquela situação toda estava me fazendo sentir, talvez ela não estivesse muito longe daqui a essa altura, por isso faria aquele homem me dizer onde ela estava. Abriria os olhos e diria carregando desprezo em minha face e em meu tom de voz: – Vou perguntar mais uma vez. Onde ela está? – Dizendo isso somente se não obtivesse nenhuma resposta do homem na primeira vez.

Caso ele partisse pra cima de mim durante minha pergunta ou depois dela, apenas ficaria parado enquanto ele vinha em minha direção, com meu chicote em mãos, e começaria a gira-lo, para fazê-lo ganhar impulso enquanto estivesse esperando o homem se aproximar. Primeiramente analisaria sua instância, e seu comportamento perante uma “batalha”, verificaria primeiramente se ele estava usando alguma arma, como faca ou arma de fogo, e se não, analisaria sua instância quando próximo para que eu soubesse se usava as mãos ou os pés em combate, para que assim, minhas esquivas se adaptassem a seu estilo de luta.

Caso ele usasse armas de curto alcance, ou o corpo, significaria que o primeiro ataque era meu, já que minha arma tinha alcance o suficiente para acerta-lo antes dele se aproximar o suficiente para encaixar um golpe, então quando ele estivesse próximo o suficiente, daria alguns passos pra frente aproveitando do impulso do corpo para fazer um ataque em velocidade, e chicotearia lateralmente em direção a seu rosto, seguindo de um giro mais forte no chicote e uma leve inclinada, para que o couro se enrolasse na perna do meu oponente e então puxaria, fazendo-o cair, e por ultimo, já no chão, eu chicotearia sua têmpora, afim de desacorda-lo por tempo o suficiente para que pudesse algema-lo com as algemas em minha bolsa, e assim eu faria se o golpe acertasse.

Caso ele desviasse de meu primeiro ataque (A chicoteada lateral em seu rosto), usaria o momentum do chicote para dar um “salto” com rápidos passos para o lado esquerdo a fim de desviar de qualquer golpe que ele projetasse por consequência de meu err , chicotearia diagonalmente em direção ao seu torso, mais precisamente em direção ao seu peito, para que isso parasse qualquer investida que viesse a tentar. E avançando sobre ele, chicotearia mais uma vez na lateral do seu rosto. Com o objetivo de fazê-lo cair, e então, usaria a algema que estava em minha bolsa para prende-lo.

Se sua arma fosse alguma a distância, primeiro correria e procuraria uma cobertura assim que percebesse isso, afim de não receber tiros ou ataques distantes. E tentaria manter rápido contato visual, somente para saber sua posição. Após alguns momentos correria em sua direção com uma curva em “C” afim de não ser acertado, usando o meu chicote assim que fosse possível para desarma-lo, e começar uma sequência de chicoteadas em direção ao seu pescoço, terminando com uma ultima em sua panturrilha a fim de derruba-lo. Se em qualquer momento do combate ele usasse algum ataque surpresa, rapidamente me agacharia ou saltaria para trás com o intuito de evitar seu golpe, e contra-atacaria com uma chicotada mirando seu torço.
Spoiler:
 

POST: 14 PAGINAS: 03 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptyQua 05 Jun 2019, 20:15



Juventude, Força e Futuro

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Como já era esperado, o homem se recusava a entregar o ouro para o agente, respondendo suas perguntas somente com um sorriso seguido de “Uuhh” ironizando medo - Caramba… O Doutor Teo está bravo hihahaha cuidado - Levantou as mãos para cima sorrindo enquanto esperava o chicoteador tomar seus primeiros passos naquele torturante caminho - Você não vai receber a resposta que está buscando, desista. - Fechou seus punhos de novo convicto de que iria lutar. Os antebraços subiram, rentes ao peitoral e os punhos na altura da face. Evidentemente aquela instância consistia em alguém que lutava com as mãos nuas.

Percebendo a vantagem de alcance, o agente optou por iniciar aquele conflito arremessando o couro contra a face do inimigo, que com os braços altos conseguiu defletir em parte, mas ainda assim, recebeu um corte superficial na maçã do rosto. Seu rosto fez uma demonstração mais do que clara de dor e ele rosnou. Antes que pudesse reagir sua perna era enlaçada pelo couro levando-o ao chão, e ele, uma vez mais sentiu o impacto. Quando Teo tentou dar o golpe final, seu chicote desceu numa velocidade assustadora e pareceu decidir o fim do combate. Mas não. Isso era o que pensava até ver a mão do homem segurando a corda enquanto seu terno se rasgava e um grande arranhão era criado. Enroscando seu braço na corda, do chão mesmo ele puxou o Agente até si e aproximando-o o suficiente inclinou seu tronco para frente acertando um uppercut no queixo do caolho. Como uma bola de plástico ele quicou para trás com a força, caindo de cabeça no chão com a visão turva e os sentidos confusos, prestes a apagar.

Mas ele não apagou. E agora, ambos estavam no chão. - HA! Essa doeu mais em mim do que em você. Espero que tenha mais gás sobrando aí garoto, não me diverti o suficiente ainda. -





____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Teo

Créditos : 7
Warn : Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 09/10/2012
Idade : 21
Localização : Ilusia Kingdom

Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 EmptySab 08 Jun 2019, 16:52



Chicoteando



Já era a segunda vez que isso tinha acontecido. Alguém puxava meu chicote e usava-o contra mim. “Terei que pensar em alguma coisa pra impedir isso... Lutar com o chicote em chamas talvez...?” Eu pensava enquanto estava no chão, dolorido. Rapidamente tentaria me levantar, e passar a mão livre sobre a parte do impacto na cabeça. Dá ultima vez que isso aconteceu, eu tinha pessoas ao meu lado para me ajudar, dessa vez, estava sozinho, então tinha que ser forte, eu PRECISAVA ser forte, pelo bem de Lizandra.

Tentaria manter o contato visual no homem enquanto levantava,e até que a dor do impacto ficasse um pouco melhor, e não faria nenhum movimento ofensivo enquanto isso. Quando ficasse melhor, ou até que o homem fosse em minha direção com o intuito de me atacar, correria em sua direção, e prestaria minha atenção no movimento dos seus braços, e onde seus olhos estavam mirando. Pois seguiria uma outra estratégia dessa vez.

Assim que no meu avanço ou no dele estivéssemos bem próximos, focaria meu poder de esquiva para a direção contrária de onde um possível golpe viria, e me esquivaria jogando o meu corpo pra baixo e para este lado contrário onde quer que seu golpe estivesse sendo mirado. E assim me esquivando com sucesso do seu golpe, me moveria para detrás dele, rapidamente chicoteando as suas costas no processo. Se acertasse, continuaria uma sequência de chicotadas em suas costas, variando entre a região das escápulas e a lombar. Se percebesse que ele tinha a intenção de pegar o chicote novamente através de seus movimentos, rapidamente colocaria dois dedos próximos a base do cabo de couro, para que o mesmo [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] da que iria, indo pra cima ou pra baixo dependendo da parte que fosse mais vulnerável, e o impedisse de fazer a mesma coisa duas vezes.

Caso abaixar não fosse o suficiente, daria um rápido salto para o lado, e começaria a chicotear em direção ao seu peito (Caso o mesmo estivesse de frente pra mim). Também consideraria que talvez ele fosse rápido naquela situação tão próxima, ou que usasse truques sujos. Se este fosse o caso, daria um salto para trás, e com o impulso do salto chicotearia em direção a sua cabeça, colocando o dedo no chicote para direciona-lo mais para baixo, se visse que ele estava atento a isso. Meu objetivo era conseguir encaixar uma chicotada, no lugar que fosse, e conseguir uma rápida sequência, para machuca-lo o máximo que pudesse.

Spoiler:
 

POST: 15 PAGINAS: 03 ILHA: Ilusia Kingdom LOCAL: Casa de Alguém(?)

Coded By [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]Lilah!
[/justify]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Dialogo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro   Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Teo & Lizandra • Juventude, Força e Futuro
Voltar ao Topo 
Página 3 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Ilusia Kingdom-
Ir para: