One Piece RPG
Prólogo: A primeira rebatida XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Unbreakable
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Ainz Hoje à(s) 15:32

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 14:42

» O Legado Bitencourt Act I
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 14:08

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Shroud Hoje à(s) 14:01

» Procura-se piratas no East Blue
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Ainz Hoje à(s) 13:58

» Miyuki Morningstar
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 12:58

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Faktor Hoje à(s) 11:13

» Construindo o Começo
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Ainz Hoje à(s) 9:24

» [FP] Kozuki Orochi
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Akagami Hoje à(s) 9:24

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 3:00

» mini-aventura
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 2:01

» Bastardos Inglórios
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Kenway Hoje à(s) 1:06

» Nox I - Loucura
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Catuios Ontem à(s) 23:31

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:08

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Sakaki Ontem à(s) 21:34

» [ficha] Hinata Bijin
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Bijin Ontem à(s) 20:39

» Apenas UMA Aventura
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Van Ontem à(s) 20:35

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor Wesker Ontem à(s) 20:07

» Buki Bijin
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 19:02

» Arthas Mandrake
Prólogo: A primeira rebatida Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 18:58



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Prólogo: A primeira rebatida

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySeg 4 Fev - 15:09

Prólogo: A primeira rebatida

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Thorv Maddux. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thorv
Civil
Civil
Thorv

Créditos : 2
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2012
Idade : 75

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySeg 4 Fev - 18:37



Thorv Maddux



O início do garoto do Beisebol

Legado. Isso era o que parecia motivar o protagonista de nossa aventura, Thorv Maddux, após a ocorrência de um terrível e marcante acontecimento em sua vida: a perda do pai.

Ainda sem rumo ou direção o adolescente só conseguia pensar em uma coisa: Beisebol. A herança que recebera de seu falecido velho e que agora parecia ser o que guiaria suas ações em vida. No entanto, em meio aos perigos que lhe aguardavam na Grand Line e no Novo Mundo, apenas o gosto por algo não o faria sobreviver. Habilidades em batalha também eram requisitadas e armas estavam incluso nisso para garantir a chance do jovem vencer eventuais combates, e era nisso que Thorv pensava no momento.

"Fiquei realmente sem chão com a morte de meu pai! Parecia que não tinha motivos para viver porque, além do velho, a casa e todos os nossos bens haviam sido destruídos.... por sorte encontrei o bastão e a luva que ele tanto prezava, embora queimados, num dos destroços! Ainda não sei que rumo tomar ou o que fazer, mas acredito que tornar o beisebol famoso possa vir a ser um grande feito! Algo de que tanto eu quanto meu pai se orgulharia! Mas como eu faria isso?"

E refletindo ele caminhava pelas ruas de sua ilha natal, Conomi Island.

"Não sei se consigo sobreviver apenas com o esporte.. não sei em como posso tornar o que gosto e o que meu pai deixou famoso! Mas... talvez... talvez eu possa usá-los em combates, talvez eu possa focar em me tornar famoso com o uso do beisebol nas lutas e assim tornarei o esporte famoso! Mas antes eu preciso de equipamentos e o dinheiro que tenho só é o suficiente para comprar um bastão...". Assim ideias surgiam conforme a caminhada se desenrolava. Sem saber o rumo que tomava Maddux só tinha a certeza de que em breve ele estaria nas plantações de laranja.

"Será possível eu conseguir algo apostando em minhas habilidades no beisebol? Eu poderia até mesmo fazer jogos de rua em que a galera apostaria em quem venceria um duelo de rebatedor contra arremessador e eu poderia jogar nas duas posições... confio nas minhas habilidades! Meu pai dizia que eu era um prodígio, só não comecei a jogar profissionalmente porque não tinha idade para isso....", e já começando a pensar no que poderia fazer, ele optava por começar a procurar alguém que pudesse negociar um bastão.

Finalmente Thorv Maddux começaria sua nova vida visando alcançar a fama.

Sendo assim, ele observaria as pessoas e o cenário ao seu redor para que pudesse encontrar uma loja de armas para gastar a pequena quantia que tinha em um bastão ou algo similar, como uma clava.

Olá, sou Thorv Maddux, o garoto do Beisebol! Sabe onde posso comprar um bastão?, diria o jovem para que pudesse se direcionar com as respostas obtidas, mas sempre mantendo o olhar fixo nos olhos da pessoa para que pudesse manifestar o grande desejo que possuía por tal equipamento, juntamente com um sorriso que pudesse exibir todos os seus afiados dentes caninos.

Gostaria de comprar um bastão ou uma clava! Possuo 50.000 berries!, diria para o vendedor, já pegando o item, quando entrasse na loja e começando a executar swings de rebatida para demonstrar todo seu interesse.Não é dos melhores, mas é o que tenho dinheiro para comprar! Hoooriaaaaaaaa !! Horiaaaaaaa!!, gritaria enquanto continuaria a fazer swings.

Caso conseguisse obter o item, perguntaria ao vendedor antes de sair da loja:

Senhor, sabe qual o jeito mais fácil e rápido de eu me tornar famoso? Sei que essa ilha é conhecida pelo grande número de revolucionários, mas fazer parte de um exército não torna a pessoa apenas mais um??, e assim aguardaria pela resposta.

Objetivos:
 

____________________________________________________

Legenda

-Fala''Pensamento''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
LVL 2: [ ] Furtividade + Estratégia
LVL 3: [ ] Anatomia Humana + Ilusionismo



Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Pirata
Pirata
Kenshin Himura

Créditos : 6
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 23

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySex 8 Fev - 0:59


O Sol brilhava bem forte em Conomi Island, uma ilha com uma grande área florestal que era bem nítida a vista do mink ao redor da cidade, no momento o local estava bem silencioso e misterioso. Thorvestava acostumado com toda a calmaria da ilha, as pessoas olham mais aparentemente com uma cara um pouco estranha. No local só era possível ouvir o barulho dos calçados se arrastando pela areia. Aos poucos nota barulho de carroças que estavam repletas de mercadorias, de sua maioria laranjas. Um senhorzinho sentado na carroça guiando o cavalo olhava para o mink acenando com seu chapéu de palha falando. – Dia senhor! A carroça passava indo mais dentro da cidade.

Era manha e as pessoas estavam acabando de acordar, algumas andando pelas vielas da cidade rumo aos seus trabalhos, alguns mercadores passando como aquele bondoso velho, a final era Domingo dia de fera na cidade, o dia aonde o simples povo de Conomi poderia fazer alguns trocados. Thorv andava pelas ruas tranquilamente via um grupo de crianças jogando bola, o mesmo ia em direção a eles e interrompia a jogatina das crianças perguntando aonde ele poderia comprar um bastão.

- Coé tio, oce ta atrapalhando nois a jogar! O garoto pegava a bola que via em sua direção olhava para a cara do Mink voltando falar. – Oce pode conseguir um pedaço de pau numa loja de marcenaria ou numa de armas igual aquela ali! O garoto apontava para uma loja no final da rua, Maddux agradecia ao garoto que em seguida como se não tivesse escutado voltava a brincar.

O mink raposa seguia rumo a loja, não demorava muito ele adentrava ao local, ao olhar ao redor o mesmo via que era uma loja de armas comuns uma balconista estava limpando o balcão quando ao raposa entrava ao olhar para a porta a garota dava um sorriso para o mesmo e falava. – Oque posso ajudar senhor? Logo Maddux fazia o pedido a garota olhava as paredes em busca do que o cliente tinha pedido, mais ao canto a direita uma clava de madeira pendurada, a garota soltava um sorriso e ia em sua direção agarrando-a e a entregando ao cliente.

Em seguida Thorv pagava pelo seu novo brinquedo a garota, e sem ligar pelo que a mesma iria achar, perguntava sobre uma maneira de se tornar famoso, e soltava sem medo falando que a ilha era lotada de revolucionários, a menina que estava com um rosto sorridente, rapidamente “fechava” a cara. – Senhor sobre a estadia de nossos salvadores mesmo sabido por todos na ilha, não e muito bom ficar espalhando assim! Inimigos estão por toda parte. Ela dava uma pausa indo até a janela e observando. – O mundo mudou senhor, mas se quer ser famoso, se torne um pirata sujo igual aquele que dominou nossa ilha tempos atrás, ou lute bravamente pela causa certa, a marinha e o governo nos abandonaram, apenas o senhor Grambos abraçou nossa causa por isso e tão amado por aqui. A garota voltava para atrás do balcão. – Não posso dar a localização exata do senhor grambos mas tente os bares rs! Me falaram que ele adora uma bebida, talvez o exercito te torne tão famosos como deseja! Assim a garota voltava a limpar o balcão.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Thorv
Civil
Civil
Thorv

Créditos : 2
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2012
Idade : 75

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySex 8 Fev - 2:32



Thorv Maddux



O primeiro 'bastão'

O fato do jovem Maddux ser distraído fazia com que o aconchego e a pacificidade daquele belo dia passassem despercebidas. No entanto, isso não fazia com que o jovem ignorasse por completo o que acontecia ao seu redor, mas apenas com que ele não se importasse tanto.

"Para me tornar conhecido eu preciso fazer com que as pessoas se tornem cientes de quem eu sou!" , e pensando consigo ele via um senhor numa carroça cumprimentá-lo e retribuia o gesto com um aceno de braço seguido por um sorriso.

Continuando sua caminhada ele se deparava com crianças e após obter respostas a respeito do local em que poderia comprar algo parecido com um bastão tratava de agradecê-las, mas vendo que as mesmas se divertiam jogando bola, Thorv acrescentava.

Valeu pimpolhos! Beisebol é muito mais divertido que isso aí que estão fazendo! Fica a dica! ,e então finalmente chegava à loja.

A interação com o vendedor e sua assistente mirim ocorriam de forma rápida e após realizar sua transação, os comentários feitos por Maddux eram timidamente repreendidos. Estava claro que a distração do garoto em breve poderia ser um prelúdio de problemas, mas fazer o quê? Ele não tinha como mudar isso, e essa característica claramente fazia com que ele se passasse muitas vezes por ingênuo.

Hmmm... no bar! Entendi... o senhor Grambos é bem respeitado na ilha! Eu quero me tornar muito famoso pelas minhas habilidades... talvez eu possa aprender algo com ele! Já sei! Está decidido! Vou conhecer o senhor Grambos!, e ignorando os presentes na loja por alguns instantes, Thorv finalmente decidia qual seria seu próximo passo.

Porém, antes que saísse do local, pediria por direções sobre o bar mais próximo para que então deixasse a loja.

Chegando no bar, Maddux se dirigiria diretamente ao barista e diria.

Olá! Sou Thorv Maddux! Quero me tornar conhecido pelo mundo todo, assim como Grambos! Sabe onde posso encontrá-lo? Queria pegar dicas! Adoro beisebol!!, e assim retiraria a clava da cintura e começaria a fazer swings, mas tomando cuidado para que não acertasse ninguém ou nada além do vento, optando por parar de se movimentar, guardando a arma na cintura caso seu gesto ameaçasse a ocorrÊncia de tal evento. No entanto, deixaria sua cauda a balançar, de modo que sua ansiedade não pudesse ser omitida tampouco contida.

Historico:
 

____________________________________________________

Legenda

-Fala''Pensamento''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
LVL 2: [ ] Furtividade + Estratégia
LVL 3: [ ] Anatomia Humana + Ilusionismo



Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Pirata
Pirata
Kenshin Himura

Créditos : 6
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 23

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySex 8 Fev - 6:24


Maddux enfim comprava seu novo equipamento, e com uma sede de fama e gloria questionava a vendedora de como poderia fazer isso na ilha, repreendido por suas afirmações um tanto narcisistas, a garota o informava que o mesmo poderia seguir uma bela carreira no exercito revolucionário, ate mesmo indicava para o Mink aonde poderia encontrar o líder revolucionário da ilha.

E assim com um novo objetivo em mente Thorv saia da loja indo em direção ao bar mais próximo, aquela altura a cidade já estava mais movimentada, mais carroças passando para um lado e para o outro, vendedores das mais diversas frutas, mas algo nítido era a quantidade de vendedores de laranja, chegava surpreender qualquer forasteiro. Andando pelas ruas da cidade o jovem Mink via o pequeno grupo de crianças ainda brincando de bola felizes e despreocupados.

Mais a frente se encontrava um dos muitos bares que tinham na ilha, já aberto logo pela manhã, a final dia de feira para muita gente e o sinônimo para dia de bebedeira. Maddux se aproximava do prédio já escutando barulho do povo bebendo todos animados e despreocupados, não parecia a ilha que tempos atrás vivia uma ditadura controlada por piratas.

Logo o jovem mink entrava no estabelecimento, aonde o mesmo podia ver varias pessoas com grandes canecos na mão fazendeiros, comerciantes dentre outros. – Mais uma semana que se passa graça ao sinhor Grambus! Thorv escutava um dos caipiras brindando com seus colegas. O Mink se aproximava do balcão do estabelecimento aonde o barman era um homem musculoso com um bigode bem estiloso, limpava um copo com um pedaço de pano branco. – Oque posso ajudar? Dizia o homem com uma voz grossa.

Logo Maddux falava para que estava ali, por um instante o barman parava de limpar o copo e dava um belo sorriso para o jovem mink. – HÁ HÁ HÁ, garoto está bem empolgado não? Infelizmente isso é uma informação que não posso te dar! Ele colocava o copo em cima do balcão olhando diretamente nos olhos do Mink. – Quem me garante que você quer apenas dicas com o nosso salvador! As pessoas que estavam mais perto do balcão pararam de festejar e começaram a prestar atenção na conversa, dentre os foliões uma mulher com uma beleza bruta sentada de forma bastante deselegante batia a caneca com tudo na mesa chamando a atenção para ela.

- Então você quer encontrar o velho! A garota se levantava indo em direção ao garoto analisando o mesmo dos pés a cabeça. – Procurar a maior autoridade na ilha apenas para receber “dicas” de um jogo e meio suspeito não acha? A garota se aproximava mais um pouco, era mais ou menos da altura do mink, o barman ficava um pouco apreensivo com a investida da garota.

- Senhora M-19 por favor, eu resolvo o assunto com o garoto não precisa se intrometer! A garota não dava ouvidos ao barman, estendia o dedo indicador para que o mesmo parasse de falar.

- Seguinte o jogador. Se quer encontrar o velhote primeiro vai ter que ganhar de mim num amistoso, uma pequena luta amigável! Quando ela fala isso as pessoas em volta que estavam assistindo a discussão começam a gritar e ficar empolgados, thorv escuta um deles falando que M-19 daria uma surra nele.

- Relaxa Gilson, não vou brigar dentro do seu bar! Ela dava uma pausa pegando seu casaco que estava em cima da cadeira aonde a mesma estava sentada voltando a falar. – Vamos estou te esperando lá fora, se vencer te levo pro velhote! Se perder, depois vejo oque posso tirar de você! a mesma dava um pequeno sorriso indo para o lado de fora do bar seguida de vários outros foliões ansiosos para ver a luta.
M-19:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Thorv
Civil
Civil
Thorv

Créditos : 2
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2012
Idade : 75

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySex 8 Fev - 15:02



Thorv Maddux



Thorv vs M-19

O caminho para o bar fora tranquilo, no entanto, o foco do rapaz o impedia de perceber os detalhes que o cercava. Embora muitas frutas estivessem sendo vendidas, a falta de faro impedia que sua atenção fosse tomada. De fato em algumas situações tal desvantagem poderia vir a ser algo bom, uma vez que dificultaria a atuação de sua distração, o mantendo focado, mas nem sempre ele poderia contar com tal sorte.

Adentrando o recinto, o mink raposa procurava pelo barista e no trajeto de seu olhar notava a presença de muitas pessoas. E interagindo com o dito cujo tinha seu pedido negado.

Moro nessa ilha desde pequeno.. se eu tivesse problemas com revolucionários, meu pai já teria deixado esse lugar há muito tempo!, diria, deixando uma tímida lágrima escorrer pelo seu olho direito ao se lembrar do evento que lhe deixara órfão.

De repente uma moça de aparência singular, se levantava e se aproximava de Thorv. Mas antes mesmo que pudesse reparar e perder alguns segundos em admirá-la, ele tinha toda sua atenção voltada para sua fala ao ouvir a menção de encontrar o velho.

Não acho suspeito! Ele é famoso, quero ficar famoso também!

O barman tentava intervir, mas rapidamente era repreendido pela garota que agora tinha seu nome revelado, se é que aquilo poderia ser considerado nome.

"M-19? Que raios de nome é esse? Será que é de Moça de 19 anos? Bem.. não importa! O que interessa é que ela sabe como encontrar o Grambos!", e tento os pensamentos interrompidos pelo convite a uma luta, Thorv via naquilo uma oportunidade de mostrar suas habilidades em combate. Mas então começava a se questionar sobre a veracidade de sua recompensa, caso vencesse.

O que me garante que cumprirá com o prometido?, diria à moça. No entanto, antes que saísse do bar, pegaria para si um caneca contendo bebida.

"Uma vitória é uma vitória, mesmo que na visão de alguns possa parecer feia! Só tenho que continuar a vencer e irei prosperar! Essa moça é conhecida pela galera do bar... deve ser famosa... e estava bebendo.. talvez esteja bêbada!"

Não pegarei leve porque é mulher ou porque é bonita!, e dizendo isso ele estaria com a clava em uma mão e a caneca na outra.

Abrindo a boca ele exibira seus dentes afiados e deixando o boné no chão deixaria à mostra suas orelhas. Seu olhar mudaria drasticamente, portando agora maior determinação e até mesmo excitação pela situação em que se encontrava. O que sentia parecia ser similar às sensações tidas no pré-jogo, quando calafrios percorriam todo seu corpo, frutos da ansiedade e da adrenalina.


Finalmente ele agiria, iniciando o combate. Jogando a caneca para cima, de modo que não deixasse escorrer nenhum líquido dela graças à sua habilidade com malabarismo proveniente dos conhecimentos de acrobacia, Thorv procuraria rebatê-la na direção de M-19 ao segurar a clava com ambas as mãos. Flexionando levemente os joelhos ele traria a arma de trás da cabeça para frente, num giro que fizesse proveito de todo seu tronco e ombro.

Sua expectativa era a de que o líquido derramasse no meio do caminho, dificultando a visão da adversária, mesmo que num breve momento.

Faria então uso de sua aceleração para se aproximar da mesma e para que não perdesse o momento de sua ofensiva, tentaria atingí-la na barriga, de modo que a beleza do rosto pudesse ser preservada. Idenpendente de acertar ou errar, a menos que a deixasse impossibilitada de continuar a lutar, Thorv recuaria um passo para que pudesse avançar e dar seu último golpe na forma de uma estocada frontal na região abdominal da moça. Recuando três passos depois.

Durante seu ataque, se lhe fossem desferidos golpes na altura dos joelhos, ou inferiores, o jovem procuraria recuar com saltos para continuar com a ofensiva em seguida. Já na altura acima dos ombros, porp meio da flexão de seus joelhos, para continuar com a ofensiva em seguida. Na altura entre ombros e joelhos, o jovem procuraria colocar a clava à frente do corpo, a segurando com ambas as mãos de modo que pudesse utilizá-la como forma de bloqueio. E então continuaria com as ofensivas.

Caso o jovem fosse derrotado, colocaria uma das mãos na cabeça, para esconder a frustração, e então diria:

Pode pegar o que quiser! Hahahaha Só me sobraram 30 mil berries! Perdi tudo no incêndio de minha casa, inclusive meu pai! Só quero honrar as memórias do meu velho!

No entanto, caso saísse vitorioso, diria, estendendo a mão para a moça.

Onde posso encontrar o Grambos? Posso levá-la até algum hospital e pagar as despesas... tenho pouco.. sobrou pouca coisa depois do incêndio em minha casa! Fui salvo por meu pai e agora quero honrar suas memórias! Sou determinado o suficiente para não recuar em hipótese alguma!

Historico:
 

____________________________________________________

Legenda

-Fala''Pensamento''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
LVL 2: [ ] Furtividade + Estratégia
LVL 3: [ ] Anatomia Humana + Ilusionismo



Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Pirata
Pirata
Kenshin Himura

Créditos : 6
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 23

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySab 9 Fev - 4:06


Thorv chegava ao bar, mas encontrava uma pessoa um tanto interessante, não era quem ele procurava, mas pelo visto era adorada pelas pessoas ali no local, serviria de primeiro degrau rumo a fama do jovem mink. Assim que ela fazia a proposta de combate, Maddux questionava se a garota iria cumprir com a promessa, ela sorria rapidamente e antes mesmo de responder um dos foliões perto gritava. – Essa é a grande M-19 pode ter certeza que ela cumprira com suas promessas! A garota gargalhava com tudo aquilo dava de ombros como se a resposta do homem já fosse a sua resposta.

Assim ambos iam para o lado de fora do estabelecimento, boa parte das pessoas que estavam lá dentro iam para o lado de fora para poder ver a luta entre os dois, muita gente gritava e torcia para a M-19 e ninguém torcia para o desconhecido Maddux. A garota se alongava pronta para poder batalhar quando Thorv desferia algumas palavras antes da batalha.

- Digo o mesmo raposinha! Um sorriso maldoso podia ser visto no rosto da garota que estava pronta para partir para cima.

E assim se dava inicio a luta THorv fazia um movimento um tano inesperado com a caneca que tinha pego no bar arremessava a mesma perfeitamente para cima deixando nem um pingo de cerveja cair, em seguida movimentava em uma rebatida perfeita visando acertar M-19 que aquela altura já estava correndo em sua direção, o em um movimento rápido a garota conseguia desviar rapidamente do copo aonde apenas o liquido caia em cima do seu cabelo.

A garota aproximava bem perto de Maddux aonde tentava desferir um chute com a perna esquerda que era bloqueado pelo Mink, as pessoas vibravam com a luta, nunca alguém tinha bloqueado com êxito um golpe da M-19, com um olhar mais serio no momento aproveitando que estava perto o suficiente, a garota desferia um gancho de direito no queixo do mink fazendo o mesmo cair para trás.

As pessoas gritavam mais fervorosamente, Thorv se levantava nomeante para continuar a luta, M-19 um tanto surpresa com a resistência do garoto partia para cima pronta para tentar finaliza, mas quando ia desferir um golpe em cheio na cabeça de Mddux, uma bela mulher de cabelos rubros aparecia em meio aos dois segurava o braço de M-19 fazendo com que as pessoas em volta ficassem quietas, a surpresa no rosto de M-19 era bastante nítida.

- Já chega de brincar garota! Uma voz bastante firme saia da mulher que impedia a finalização de thorv. A mesma olhava para o jovem Mink soltando um sorriso amigável. – Desculpa pela imprudência de minha irmã, as vezes ela fica um pouco impulsiva quando bebe! A mulher se voltava para a garota com um olhar de repreensão que dava calafrios em qualquer um que visse.

- Vamos o chefe está esperando temos trabalho a fazer! A mulher apontava para longe aonde podia se ver um homem sentado em um cavalo as pessoas ao redor estavam maravilhados corriam em sua direção se tratava do herói do povo Grambos.

- Obrigado senhora M-1! Dizia o barman que estava a porta do bar vendo tudo. A mulher sorria para o homem falando. – Eu que agradeço, não exite em me ligar quando minha irmã tiver causando problema! Assim a mulher agarrava o braço da M-19 a escoltando para onde estava Grambos. E assim seu objetivo estava logo a sua frente o homem que podia dar dicas de como ser famoso, ainda com a cabeça doendo, restava Thorv ir atrás do homem.
M-1:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Thorv
Civil
Civil
Thorv

Créditos : 2
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2012
Idade : 75

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptySab 9 Fev - 16:18



Thorv Maddux



A derrota e.. Grambos?

A confiança depositada nas habilidades de M-19 eram muito claramente exibidas pelos cidadãos ali presentes. Talvez isso  fosse o prelúdio de que a situação ficaria feia para o jovem do beisebol.

Não demorava para que o combate iniciasse e não tardava para que chegasse a um final. Embora a iniciativa de Thorv funcionasse, sua rebatida de caneca apenas fazia com que a bebida derramasse no cabelo da bela adversária. As ofensivas seguintes nem ao menos podiam ser completadas uma vez que Maddux era forçado a se defender com a clava, caindo em seguida ao receber um gancho em cheio no queixo.

Perplexo. Esse era o estado em que o mink ficava ao ter sua luta interrompida. Mas não pela repentina aparição de uma nova bela mulher, mas sim pelo fato de que ele nada pudera fazer para vencer sua oponente, estando muito longe da esperada vitória. Para alguém acostumado a se destacar no esporte, o jovem finalmente percebia a diferença entre ele e uma batalha real.

"Mas... não pude fazer nada... minha pretensão está muito alta em querer me tornar famoso com apenas isso! Eu... não sei o que fazer!", e extremamente desapontado ele obtinha uma nova informação. Informação essa que lhe tirava de seu transe de distração com a batalha e fazia com que o jovem sentisse a cabeça pesar e com que ele cambaleasse um pouco para se manter de pé após ser golpeado.

Então.. se ela é M-19.. e você M-1... significa que existem pelo menos 18 pessoas mais fortes que ela? E.. eu não fui capaz de derro..., e antes que terminasse de falar, à sua frente ele se via deparado com um homem de aura diferente, e pelo que ouvira de seu pai por todo o tempo que morara na ilha, as descrições batiam com às de Grambos.

"Do jeito que estou agora.. não conseguirei nada! O pouco que vi de quem anda com Grambos.. já me deixou admirado! Se estar com ele significa ficar forte.. assim o farei!", e não perdendo tempo o jovem trataria de se ajoelhar, largando à clava ao seu lado para curvar todo seu tronco na direção de Grambos e começar a dizer.

Senhor Grambos, me chamo Thorv Maddux! Perdi tudo quando minha casa explodiu, só não perdi minha vida porque meu pai a salvou em troca da própria! Estou em dívida com meu velho! Quero tornar o beisebol que ele tanto ama famoso! Você é respeitado por todos na ilha.. desde que eu era criança! Com apenas um encontro com a M-19 eu percebi quão arrogante fui em pensar que seria capaz de desafiá-lo! Acredito no destino! Quero aprender com você! Por favor, me aceite como seu pupilo!!
A única coisa que posso prometer é fidelidade.. porque não tenho nada mais a oferecer por enquanto.. tampouco minhas habilidades parecem ser úteis no estado atual em que me encontro!


E permanecendo nessa posição ele aguardaria por alguma reação por parte de Grambos, de M-1 ou de M-19. Apenas sua cauda ficaria a balançar enquanto falava.

Historico:
 

____________________________________________________

Legenda

-Fala''Pensamento''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
LVL 2: [ ] Furtividade + Estratégia
LVL 3: [ ] Anatomia Humana + Ilusionismo



Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Pirata
Pirata
Kenshin Himura

Créditos : 6
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 23

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptyDom 10 Fev - 6:09


A luta na frente era interrompida por uma nova mulher, muito mais forte e mais bela que a M-19, Thorv com aquilo tomava um choque de realidade com tudo que aconteceu, ele não era tão “especial” quanto achava, estava diante de duas garotas muito habilidosas. Fora a presença glorificante que o chefe delas apresentava, que estava chamando toda atenção e amor das pessoas da cidade.

M-1 escutava o jovem Mink comentando sobre suas forças ela dava um breve sorriso. – Isso se deve a anos de treinamento garoto! Assim ela dava as costas e ia em direção a Grambos que estava sorrindo e acenando para as pessoas na cidade, Maddux via que ele estava longe de chegar à altura de Grambos em adoração.

Com isso em mente, o jovem raposa seguia em direção ao poderoso homem, cortando as pessoas que sorriam e tentavam apertar a mão do líder revolucionários. Os gritos eram constantes a euforia, o homem era uma verdadeira celebridade para aquelas pessoas. M-1 e M-19 viam que o jovem Mink se aproximava, a loira com a cara emburrada pois sua diversão tinha sido cortada fingia que não via o Mink enquanto a ruiva dava um sorriso.

Grambos olhava diretamente para thorv escutando tudo que o jovem mink tinha dizer, o mesmo dava um sorriso confiante para o garoto e começava a falar. – Garoto sua ambição e nítida em seus olhos, ser um revolucionário não é apenas ser famoso, e sim ter a vontade de lutar pela causa certa! Ele dava uma pequena pausa retirando uma pequena garrafa metálica de whisky, o mesmo dava uns goles enquanto as meninas afastavam a população. – Não somos de recusar novos recrutas, creio que seu objetivo seja narcisista, mas logo encontrará um motivo real para ser grande! Ele olhava para M-19 como se aquelas palavras também servissem para a mesma.

- Bom, Venha conosco pode se juntar ao exército, deixarei você sobre os comandos da M-1! A ruiva dava um sorriso simpático para o Mink então todos se viravam, Grambos faziam um sinal para que Thorv o seguisse, e assim o jovem mink o fazia.

Após um tempo andando pela cidade com todos os civis ascendendo para o líder revolucionário, chegava em uma casa razoavelmente grande, aonde tinha dois homens a porta, aonde Grambos passava ambos batiam continência para o líder. Dentro da casa uma movimentação de pessoas era constante, algumas pessoas viam imediatamente até o líder pedindo para que o mesmo assinasse alguns documentos, o mesmo o fazia seguindo as escadas indo para sua sala.

Dentro da sala era um lugar comum, não tinha nada muito chique, apenas uma mesa e uma cadeira de madeira, alguns papeis espalhados pela mesa, as estantes cheias de livros por toda sala. – Bom temos um pequeno problema para resolver! O homem começava a dizer pegando um cachimbo acendendo o mesmo. – Recebemos informações que um pequeno grupo de marinheiros fora visto se aproximando no lado norte da ilha! O homem soltava algumas bolas de fumaça. – Essa ilha fora abandonada pelos cães do governo, não podemos permitir que andem assim como se esse território fosse dele! O rosto sério no líder revolucionário podia ser visto por todos.

- Investiguem e os expulsem, já basta as perdas que tivemos com a traição daquele prefeito idiota! Não quero mais problemas na ilha. O mesmo se levantava um instante e ia em direção a janela. – Além que isso seria uma boa para nosso novo irmão ver como trabalhamos! Ele se virava com um sorriso confiante. – M-1 você é a líder da missão mantenha nosso garoto vivo, M-19 iram com vocês. Dispensados! Assim o mesmo voltava sentar em sua cadeira analisando mais alguns papeis.

Logo os três saiam da sala do líder, M-1 confiante e um tanto segura de si passava as instruções para os dois protegidos na missão, M-19 não parecia estar muito contente com a situação. – Muito bem, temos que resolver isso o quanto antes! Irei atrás dos meus equipamentos encontro vocês do lado de fora da base em dez minutos!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Thorv
Civil
Civil
Thorv

Créditos : 2
Warn : Prólogo: A primeira rebatida 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2012
Idade : 75

Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida EmptyDom 10 Fev - 23:34



Thorv Maddux



Alistamento

Por incrível que pareça, o senhor Grambos dava ouvidos a um reles mortal como Thorv e tal atitude apenas concretizava a expectativa que o jovem tinha em relação à ele. "Ele é respeitado por todos.. e ainda é humilde! Tenho que aprender com ele!". No entanto, aou ouvir seu objetivo sendo classificado como narcisista, ele não ficava nada cabisbaixo, pelo contrário, tal comentário impedia que o jovem passasse a adorar Grambos. "Tudo bem que você é famoso! Mas quero fazer isso pelo meu pai! E isso não vem ao seu caso! Narcisista é o c..."

E antes que pudesse continuar com seu monólogo um convite lhe era oferecido, o de se alistar, e prontamente ele respondia.

Thorv Maddux se alistando, senhor! Mink raposa, 17 anos, 1,74m, 64 kg, nascido e criado em Conomi!

Assim ele sabia que ficaria a cargo da então M-1 para cumprir alguma missão, que prontamente se revelava como sendo a expulsão de marinheiros que há pouco se aproximavam de Conomi. Essa seria uma ótima oportunidade do jovem dar início a seu treinamento e quem sabe conquistar a confiança de Grambos para que mais ele aprendesse com ele.

"Nos jogos de beisebol nós sempre fazíamos apostas entre os membros do time para conseguir alguma vantagem! Lembro de ter feito o Bob prometer me apresentar a irmã dele caso eu fizesse um home run! Hahahaha! Tenho que usar esse artifício com o Grambos.. não quero ficar treinando apenas com a M-1! Quem é famoso é ele!", e refletindo ele optava por expressar sua vontade mais uma vez.

Senhor Grambos! Caso eu me destaque na missão.. posso virar seu pupilo? Sei que você é conhecido pelas suas habilidades com explosivos! Só peço por um tempo com você para conversar e obter um pouco de sua sabedoria!, e mais uma vez inclinaria o tronco para frente, abaixando a cabeça em tom de respeito para que após a resposta saísse junto de M-1 e M-19.




Fora da sala do líder ele escutava M-1 afirmar que iria buscar seus pertences e assim ele optava por tentar conversar com M-19.

Por que se chama M-19? Quero surpreender o Grambos! Não consigo bolar muitas estratégias.. mas tenho uma ótima visão... Me use como achar melhor! Sou determinado com o que coloco na cabeça e no momento só quero dar meu melhor nessa missão para que Grambos me reconheça! Assim como você.. já que não iniciei muito bem contigo... me desculpe!, e assim ele seguiria M-19 caso ela resolvesse sair da base para ir de encontro a M-1.

Historico:
 

____________________________________________________

Legenda

-Fala''Pensamento''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
LVL 2: [ ] Furtividade + Estratégia
LVL 3: [ ] Anatomia Humana + Ilusionismo



Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Prólogo: A primeira rebatida Empty
MensagemAssunto: Re: Prólogo: A primeira rebatida   Prólogo: A primeira rebatida Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Prólogo: A primeira rebatida
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: