One Piece RPG
Fulfilling Your Promises - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» BOOH!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Vincent Hoje à(s) 22:56

» VIII - The Unforgiven
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:48

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Revescream Hoje à(s) 22:33

» Vol 1 - The Soul's Desires
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 22:06

» O Samurai
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor K1NG Hoje à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Oni Hoje à(s) 21:28

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 20:39

» Cap.1 Deuses entre nós
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Tensei Hoje à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Adrian/Vampiro Hoje à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor K1NG Hoje à(s) 16:27

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:56

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 15:02

» The Hero Rises!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Achiles Hoje à(s) 14:36

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor xRaja Hoje à(s) 14:35

» Meu nome é Mike Brigss
Fulfilling Your Promises - Página 6 Emptypor Shiro Hoje à(s) 13:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Fulfilling Your Promises

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptyTer 04 Dez 2018, 16:45

Relembrando a primeira mensagem :

Fulfilling Your Promises

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Ishida Kurai. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Raiden Fuji
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 17/09/2017

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptySab 27 Jul 2019, 14:29

Ishida Kurai
Com minha estratégia sendo aceita por Sayuri, demos início à escolta de Lillie, e no fim o plano que tinha feito fora de certa forma eficiente, já que como eu pensava, haviam muitas pessoas andando na rua, o que se tornava praticamente impossível de se escutar qualquer coisa que pudesse soar como uma ameaça, entretanto neste momento pude me aproveitar da minha altura anormal, afinal, com a mesma, meus olhos estavam muito acima dos transeuntes, o que me facilitava e muito em poder observar o cenário a minha volta, e logo fui recompensado ao ver um homem andar em direção às duas garotas. Entretanto ao abordá-lo percebi que fui um pouco precipitado, afinal o homem só estava dirigindo-se a uma loja de peças, a abordagem desmedida poderia deixar-me um pouco constrangido, entretanto esse não era o momento certo de agir desta forma, sendo assim, eu somente daria passagem ao homem, enquanto continuaria observando-o por todo o caminho até a loja que dizia dirigir-se, afinal nunca se sabia, era melhor me precaver do que pagar por isso num momento que fosse tarde demais. Pouco depois do incidente com o homem, a loira passou ao meu lado com Sayuri, onde aproveitou-se para fazer uma piada de mim com a situação, o que me faria bufar audivelmente, e em seguida poria ambas as mãos em algum bolso disponível no uniforme da Marinha e voltaria a caminhar atrás das duas. - Essas crianças estão ficando muito abusadas. A sorte dessa pirralha é que é minha missão protegê-la. – Pensaria com uma veia saltando à testa, por conta do atrevimento de Lillie.

Por sorte não houve nenhum outro imprevisto durante o restante do caminho, este que eu passara sem falar nada, afinal ainda estava atento à outra abordagem, e com toda certeza preferia passar algum tipo de vergonha, como ocorrera antes, do que correr o risco de deixar a pessoa à qual fazia escolta ser ferida por falta de cuidados. Ao chegarmos ao porto, onde de fato começaria a missão, algumas atividades pareciam estar a toda, como os tripulantes, que carregavam coisas para dentro do navio, não tinha certeza do que era, e também não estava interessado em saber, e precisava achar o sargento que comandaria a escolta até Illusia Kingdom. O sargento em questão, era um homem que tinha uma altura que de fato chamava atenção para sua pessoa, tinha cabelos loiros bem curtos e em especial, sua face mostrava uma irritação grande, o que fazia-me remeter-me ao mau humor que sentia diariamente. - Parece que eu encontrei um semelhante. – Pensaria pouco antes de seguir em direção ao mesmo.

A reação que o homem teve ao nos ver fez com que algo em meu interior se remexesse, eu já esperava que o sargento pudesse me receber da mesma forma que fora com Magnus, entretanto, a arrogância que estava presente na voz do Sargento, fez com que algo se agitasse em meu interior, de uma forma que eu nunca tinha sentido antes. Sendo assim, mantive-me quieto durante o tempo em que o irritante marinheiro esteve falando, inclusive quando me parou antes que eu subisse no navio para chamar minha atenção, com coisas que em minha opinião não faziam o menor sentido, e antes que o mesmo deixasse meu lado para ir atrás de outro tripulante, diria em voz alta, na intenção de que o mesmo escutasse minhas palavras. - É bom tratar os outros com respeito, bastardo. Não sou nenhum dos teus escravos não, você pode ser meu superior nessa missão, e apenas por enquanto, mas entenda que eu não vou obedecer suas ordens cegamente, seu babaca.

Após dizer as palavras que estavam presas em minha garganta desde que ouvi suas palavras arrogantes, eu subiria no navio da Marinha, como se nada houvesse acontecido, e para mim não havia mesmo, afinal vermes como esse não merecem minha atenção, já que nós deveríamos nos unir para acabar com a ameaça dos piratas, e não brigar por coisas ridículas. Assim que estivesse no convés do navio, olharia ao redor, procurando identificar pontos importantes na estrutura da embarcação, onde pudesse utilizar para ganhar vantagem em uma possível batalha durante a viagem marítima. Depois que observasse o navio, procuraria por Sayuri e Lillie, e caminharia até ambas, com calma, afinal não havia porquê me desesperar naquela situação, mesmo que tivesse respondido o Sargento responsável pela missão, afinal jamais aceitaria que o mesmo ousasse ser arrogante comigo por motivos tão banais, depois que alcançasse as duas garotas, me aproximaria de Sayuri, e sussurraria em seu ouvido.

- É melhor sermos muito cuidadosos nessa missão, estou com uma mal pressentimento. – As palavras não eram mentiras no todo, afinal não tinha um sentimento bom depois de ter ouvido e visto a forma que o Sargento agia e, embora não pudesse realizar nenhuma ação contra o mesmo, não deveria deixar de me atentar a seus movimentos. Depois de dar meu aviso à Sayuri, voltaria para o centro do convés, onde me manteria em pé, com os olhos voltados para frente, esperando que o Sargento viesse a sua posição e desse as próximas ordens.

Legendas:
Kurai
Pensamentos Kurai
Mira
Sayuri

Histórico do Kurai:
 

Objetivos:
 

NPC Acompanhante:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptySeg 29 Jul 2019, 23:50

#02

Claramente os homens não entendiam muito bem e o simples soldado começava a discutir levemente com o sargento, chegando até mesmo a agredi-lo verbalmente chamando-o de "babaca". O Sargento claramente não gostava da atitude do mero novato e o mesmo apenas lhe dizia poucas palavras. - Pagará o que diz em breve. - O homem tinha um olhar bem sério e pouco tempo depois a embarcação estava pronta para começar o seu trajeto, assim tendo como destino Illusia Kingdom.

Todos os tripulantes faziam o seu trabalho de forma organizada, davam ordens e recebiam também e a viagem estava tranquila até aquele momento. Sayuri compartilhava do mesmo pressentimento que o alto e apenas completava o que ele dizia. - Também estou achando estranho.- Pouco tempo depois, um dos marinheiros que observava o mar alertava alguma coisa se aproximado a bombordo. - Há uma sombra escura no mar! - Gritava o homem e pouco tempo depois o barco sacudia como se tivesse acertado alguma coisa.

- Rei Do Mar! - Gritava outro dos marinheiros e os homens preparavam os seus canhões para tentar atingir, em meio a toda essa correria e tremores, Sayuri e Lillie acabavam por escorregar pelo convés após o barco ter uma angulação que fazia até mesmo Ishida escorregar até a amurada, pouco tempo depois podia ouvir a criança gritar segurando-se firmemente na mão de Sayuri que escorregava levemente para fora do barco. - Bravo-chan! - Ela esperava conseguir a ajuda de Kurai que conseguia manter-se equilibrado. Não haviam outros soldados por ali e o Sargento cuidava de arpões para tentar atacar o grande peixe maritmo.


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptyQua 07 Ago 2019, 19:52

Ishida Kurai
A viagem e a missão parecia estar fadada ao fracasso, ou ao menos assim o era em minha mente, para começar, tinha esse maldito sargento que achava ser o maioral, mandando e desmandando, agindo como um verdadeiro babaca, e ainda querendo me intimidar e dizer que não gostava de novatos, um caralho que ia deixar que um verme desses me intimidasse, que se foda o fato de que tínhamos de nos unir contra os piratas. Depois disso tinha subido ao barco e conversado com Sayuri, que assim como eu, não parecia se sentir bem ao ver o ambiente do barco, tudo parecia muito diferente do que deveria ser, e assim ficamos ambos com uma guarda levantada, afinal era melhor esperar pelo que viesse, ao menos assim não seríamos surpreendido pelo que viesse, fossem ameaças externas ou internas.

Não muito depois do barco zarpar, um dos marinheiros a bordo viu que algo não estava certo a bombordo, eu não sabia o que era, mas como já estava alerta, era de se deduzir que eu não estaria surpreendido com a notícia, por ter noção de que teríamos problemas em breve. Embora não esperasse que o navio da Marinha fosse balançar de forma tão violenta, consegui, com certo esforço, manter o equilíbrio, o que era um bom feito par o momento. - O que diabos será que causou todo esse tremor. Isso não é normal. – Pensaria, e neste momento me poria em posição de luta, os dois braços à frente da face, com os ombros levemente inclinados, e a perna esquerda ligeiramente à frente da direita, à espera de que o adversário se mostrasse.

Embora eu tivesse feito o melhor que pudesse para me preparar para aquele momento, era inevitável que a surpresa aparecesse, já que, nem em meus mais loucos e bizarros sonhos esperaria que um fucking Rei do Mar pudesse aparecer justo em minha primeira viagem para fora de Las Camp. Longe de mim, os marinheiros tentavam partir para a ação contra o maldito peixe, enquanto que, Sayuri e Lillie acabaram por escorregar para fora do navio, até mesmo eu escorreguei um pouco, devido à angulação do navio no momento, a loira segurava na mão da morena, que também rumava para fora da embarcação, e a pequena, tentou chamar minha atenção com palavras, em uma ação que me parecia desesperada. - Essa é uma situação complicada, normalmente eu sairia correndo na direção do adversário. Mas aqui tem outras coisas em jogo. O que devo fazer? – Pensaria, enquanto fechava ambos os punhos, em dúvida de como deveria prosseguir.

Alguns segundos se passariam antes que algo viesse à minha mente e que me daria a resposta que precisava para enfim agir. “A protejam, por favor. Ela é minha melhor aluna…” às palavras sussurradas à minha mente lembrar-me-iam sobre o que, de fato, era minha missão, sendo esta no caso evitar que qualquer infortúnio ocorresse à Lillie. Após ter tomado a decisão que acreditava ser a correta, me poria em movimento, com minhas longas pernas, acreditava que logo alcançaria as duas garotas, e assim que o fizesse, agarraria a mão de Sayuri, com toda a força que tivesse. Se conseguisse nesse momento frear ambas sem mais problemas, utilizaria minha força principal, no caso as pernas, para ir recuando até o local onde estávamos antes do tremor, e assim pô-las de pé novamente. Mas caso somente agarrar a mão da morena não fosse o suficiente para impedir que elas ocasionalmente fossem lançar ao mar, eu procuraria por algum objeto fixo, onde eu pudesse pôr ao menos um dos pés como apoio, o ideal seriam as duas, mas com uma só era suficiente, e utilizando o apoio como base, utilizaria toda a força que tivesse disponível em minhas pernas, que por si só, tinham mais força do que meus braços, e após brecar completamente o movimento de ambas, eu recuaria até o ponto onde estávamos anteriormente para que pudesse levantá-las.

Depois de ajudar ambas, eu olharia para a pequena loira, isso não era de meu costume, mas a garotinha era minha prioridade no momento, então poria a mão direita sobre a cabeça da mesma e perguntar-lhe-ia. - Você está bem? – Estava genuinamente preocupado com o estado da garota, afinal se era para protegê-la, que o fizesse direito. Depois de constatar o estado de Lillie, voltaria meu olhar para o monstro que atrapalhara nossa viagem “tranquila”, precisava saber qual era o estado do animal, se tinha sido derrotado ou não, e caso ainda estivesse vivo, o quão ferido estava, já que, no momento a loira estava a salvo, então eu tinha de ir ajudar a matar esse maldito Rei do Mar. Se o maldito peixe já tivesse sido aniquilado, eu me manteria ao lado da minha “cliente” e de Sayuri, e esperaria pela chegada do Sargento irritante, e eu tinha certeza de que o mesmo viria, ainda mais depois de eu ter o provocado mais cedo. - Quero só ver a merda que esse cara vai falar agora. – Resmungaria em voz baixa, enquanto esperava pela possível chegada do Sargento. No caso do demônio do mar não ter sido derrotado ainda, virar-me-ia de frente para as duas garotas e dir-lhes-ia. - Segurem firme em algum lugar, eu vou lá pra enfrentar esse bicho, então fiquem preparadas pro caso do navio balançar de novo. – Dito isso, eu caminharia rapidamente na direção onde os marinheiros enfrentavam o Rei do Mar. - Essa criatura é colossal, como que eu vou acertar esse bicho? – Pensaria durante a caminhada, tentando encontrar uma forma de encerrar esse combate o mais rápido que conseguisse.

Assim que chegasse ao local, mas ainda me manteria um pouco afastado, procuraria ver se havia um padrão nos movimentos do peixe colossal, tais como movimentos com o rabo, ou se ele se movia para mordiscar os tripulantes do barco, e o principal, com que frequência o mesmo fazia esses movimentos, afinal, se não prestasse atenção nisso, eu me tornaria uma das vítimas do mesmo facilmente. Depois que fizesse uma análise, avançaria levemente contido, pois não queria me afobar e por tudo a perder. Se durante a corrida ou após eu chegar ao local exato onde o combate ocorria, um movimento com a cauda ou algo semelhante fosse direcionado a mim em um movimento horizontal, independente da direção, eu não tinha outra escolha se não saltar, já que o tamanho do corpo do peixe me impedia de ir para frente ou para trás, e por isso o ar era a única opção, entretanto não faria um simples salto, primeiro eu me agacharia e esperaria até que a cauda estivesse a uma distância de três metros de mim antes de saltar, assim poderia aumentar a altura final. Se no lugar disso, fosse uma estocada com a cauda, ou então o peixarão avançasse com sua boca na direção do barco, eu correria para um dos lados, o que houvesse mais espaço para me mover, por uma distância relativamente curta, e em seguida saltaria em posição de peixinho, para galgar uma maior distância ao fim do salto, já que se a distância que eu me afastasse do ataque fosse insuficiente, seria decretada o fim da minha vida.

Atacar o Demônio Marinho, era algo complicado para mim, afinal não tinha como eu o fazer de uma distância tão longa, visto que não tinha experiência alguma com armas com esse tipo de alcance, na verdade com nenhuma arma, só sabia lutar com meu corpo e nada mais, então, para burlar isso eu montei uma estratégia em minha mente, que precisaria de certos requisitos para funcionar, e enquanto estes não se cumpriam, eu me focava apenas em evadir os golpes mortais do Rei do Mar, até que meu ataque pudesse se concretizar. Para que este ocorresse, o peixe colossal deveria aproximar sua face do barco, mas em vez de atacá-lo, o ser manteria sua face imóvel por tempo suficiente para que eu pusesse minha estratégia em prática, que era avançar correndo até a borda do navio, e saltar com a maior força que pudesse, e assim alcançar altura suficiente, para acertar o enorme olho da criatura, e para potencializar a força do chute, eu giraria o corpo para a direita quatro vezes, encerrando o giro faltando alguns graus para o giro final, com a perna direita para trás, e ao parar o movimento, moveria a perna com o máximo de força que pudesse transferir com a perna na direção da pupila do enorme Demônio. Após acertá-lo, relaxaria o corpo para que caísse mais rapidamente, ignorando completamente o fato de que poderia ter ferimentos nada agradáveis ao aterrissar no convés.

Se acabasse por aterrissar na água do mar, tentaria cair de pé, para diminuir o impacto da queda, e assim que o fizesse, nadaria na direção do barco o mais rápido possível, e quando o alcançasse, gritaria o mais alto que conseguisse no momento. - Estou no mar, alguém jogue uma corda pra eu subir! – E após o grito esperaria pela aparição de uma corda, para que eu pudesse me erguer para o convés. E caso ninguém jogasse a corda, eu continuaria gritando até que uma corda aparecesse e eu pudesse subir no barco da Marinha. - Jogue logo essa corda! Eu preciso subir no barco, seus malditos. – Após subir na embarcação, eu procuraria e ver os resultados de meu ataque kamikaze.

Legendas:
Kurai
Pensamentos Kurai
Mira
Sayuri

Histórico do Kurai:
 

Objetivos:
 

NPC Acompanhante:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptySab 10 Ago 2019, 11:16

#02

O marinheiro ficava um pouco dividido quanto a lutar contra o monstro marítimo e salvar as garotas e após algumas lembranças tomava a sua iniciativa em rumo até a pequena. Usando suas longas pernas também aproveitava de uma destreza para alcançar as duas garotas, ele se pendurava na armadura usando das pernas para conseguir o apoio necessário e puxar as garotas para dentro do barco mais uma vez. Ambas estavam salvas e em pouco tempo o barco novamente tremia, desta vez, elas estavam mais espertas e se seguravam na borda para não saírem escorregando novamente. - Temos que resolver esse problema logo! - Gritava Sayuri prevendo que o barco não duraria mais tempo se não matassem o rei do mar logo.

Ishida preocupava-se com a pequena o que lhe gerava uma certa surpresa, passando a mão em sua cabeça e perguntando se ela estava bem, a garota só estava assustada e assentia um "Sim" com a cabeça. O rei do mar soltava um grande rugido como se algum ataque tivesse lhe ferido absurdamente e logo desaparecia da visão de todos, os marinheiros suspiravam em alívio e assim como Kurai havia previsto, o sargento se aproximava. - Você trás um azar do caralho, hein meu!

A viagem parecia ser bem mais curta do que imaginariam e pouco tempo depois um dos marinheiros gritava - Terra a vista! - Mostrando-se muito próximo do que parecia ser Illusia, era um porto mal trabalhado e não parecia ser literalmente um região portuária muito utilizada. Os sargentos ancoravam o barco e começavam a desembarcar a carga. Sayuri olhava para o seu companheiro. - Vamos, devemos levar Lillie. - Esperando uma resposta do homem.


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptyDom 11 Ago 2019, 16:06

Ishida Kurai

Depois de finalmente ter-me decidido como prosseguiria, salvar tanto Sayuri quanto Lillie não fora algo muito complicado, por sorte, afinal, ambas já estavam para cair no oceano, e ai seria muito mais complicado de trazê-las de volta à embarcação. Depois de eu ter as trazido para o convés, a morena foi a primeira a se pronunciar, dizendo o que eu tinha em mente, que deveríamos acabar de ver com a fonte dos problemas, que era um enorme peixe, que tinha surgido subitamente para nos atacar, tanto o fora, que o barco mais uma vez tinha sido alvo de um tremor, mas por sorte as duas à minha frente conseguiram se equilibrar, evitando de eu ter de salvá-las novamente. Minha ação de preocupação com o estado da pequena loira trouxe algumas reações de surpresa por parte das mesmas, o que me faria rolar os olhos, afinal por mais mau humorado que eu fosse, não poderia deixar de me preocupar com alguém que eu deveria proteger, além de que, a mesma era apenas uma criança, a meus olhos pelo menos. – Mas quanto drama. Da próxima vez não pergunto. – Comentaria, levemente emburrado.


Depois da pequena loira confirmar que estava bem, apesar do susto, era hora de ir para cima do maldito peixe, mas antes que eu pudesse fazê-lo, o Demônio Marinho soltou um rugido dolorido e sumiu de vez da visão de todos, o que era um alívio, mas este não durou muito, afinal pouco depois o sargento vinha em minha direção. Eu sabia que isso viria a acontecer, mas não me impedia de resmungar e ficar irritado com a situação. – Esse maldito! Quem ele acha que é?! – Pensaria irritado, apertando os punhos, na tentativa de controlar minha irritação, mas infelizmente não seria o suficiente. – Merda! Eu não devia fazer isso, mas não dá mais, eu não consigo me segurar. – Pensaria, meio irritado e meio exasperado, afinal a atitude que eu viria a tomar não era a mais correta, mas eu não conseguia mais manter-me calmo diante das palavras e atitudes desse sargento de merda. Então começaria a caminhar de cabeça baixa, o cenho franzido e os punhos tão rígidos que até mesmo poderiam sangrar levemente. - Escuta aqui seu maldito! Não pense que só porque é meu superior que pode sair falando o que quiser para mim. – Rosnaria, e bateria o dedo indicador em seu peito, nesse momento, deixaria a ira tomar conta de minhas ações. – E daí que você é um sargento! Eu não dou a mínima! Se continuar com essa atitude arrogante, é VOCÊ que vai ter um problema comigo! – Berraria ao fim, e depois disso, desviaria do mesmo, e procuraria por um canto da embarcação onde eu pudesse sentar-me, afastado dos outros tripulantes, só não me afastaria caso Sayuri ou Lillie viessem em minha direção.

Felizmente a viagem não fora muito longa após o desaparecimento do Rei do Mar, o que para mim era um alívio imenso, afinal, com certeza, mais discussões aconteceriam entre eu e o sargento se ficássemos ainda mais tempo juntos no mesmo lugar, o alívio era tanto ao escutar o marinheiro gritando “terra à vista” que até mesmo um pequeno sorriso abrir-se-ia em minha face rígida. Depois de ancorar, Sayuri disse para irmos na frente, afinal nossa missão era única e exclusivamente escoltar Lillie, mas como eu não conhecia nada dessa nova terra, e não queria andar a esmo e acabar perdido como um idiota, virar-me-ia para a pequena e perguntaria à mesma. – Você sabe o caminho até onde devemos te escoltar? Poucas informações foram passadas para nós. – Caso a mesma não soubesse o caminho que deveríamos seguir, eu voltaria a questioná-la. –  Sabe pelo menos o lugar para onde devemos levar você? – Essa resposta esperava que ao menos ela tivesse, pois a Diretora Nie não disse onde exatamente deveríamos deixar Lillie, somente para a levarmos para Illusia, e cá estamos.

Se a loira soubesse o caminho por onde deveria seguir, eu assentiria antes de dizer com convicção. –  Certo, então vamos lá! – Diria levemente animado antes de desembarcar no porto de Illusia. Se porventura Lillie não soubesse o caminho a seguir mas soubesse pelo menos o local para onde deveríamos levá-la, procuraria por pessoas no próprio porto a quem pudesse perguntar sobre que caminho poderia tomar para chegar até o mesmo, pois não queria ter mais nenhum contato se possível com a tripulação com quem eu navegara. Se essa pessoa também não soubesse informar, eu perguntaria à outra pessoa sobre o caminho, ou se não houvesse ninguém no porto, eu olharia em volta, na tentativa de identificar locais onde pudesse ter um mínimo de transeuntes, e caminharia até lá, com uma certa pressa, pois queria finalizar de uma vez aquela missão, e quando chegasse perguntaria por um caminho até o local onde almejava chegar. Quando um caminho fosse indicado a mim, fosse por Lillie ou algum estranho da ilha, eu começaria a caminhar em direção ao ponto onde deveria deixar a loira entregue, a caminha seria feita de forma mais lenta, ao menos por mim, pois queria poder observar bem a estrutura local da ilha que me era desconhecida até então, e as possíveis paisagens. Enquanto procurava observar o cenário local, não deixaria de observar as pessoas que caminhavam perto de nós, afinal era uma ilha que nada conhecia, e por isso deveria tomar cuidado para não ser pego de surpresa por algum criminoso que tivesse más intenções com a pequena loira. Como não queria passar pelo mesmo constrangimento que ocorrera ainda em Las Camp, evitaria me mover por uma pessoa que estivesse andando em nossa direção, já que, dessa vez caminharia ao lado de Sayuri e Lillie, pensava que minha figura pudesse afastar possíveis aproveitadores que avançariam ao ver duas garotas caminharem sozinhas.

Quando chegássemos ao local onde deveríamos deixar a pequena loira, eu abriria um pequeno sorriso, afinal com isso minha segunda missão pela Marinha estava concluída, e sem muitos problemas. - Deixamos você aqui então, Lillie. – Diria para a mesma. –  Boa sorte, seja lá o que for fazer aqui. – Depois das palavras, abaixar-me-ia e passaria a mão sobre sua cabeça, em seguida daria as costas para a mesma e caminharia por alguns metros, e viraria para Sayuri. – Bom, nossa missão foi encerrada, por onde deveríamos seguir? – Perguntaria para a morena, em dúvida do que fazer em seguida.

Legendas:
Kurai
Pensamentos Kurai
Mira
Sayuri

Histórico do Kurai:
 

Objetivos:
 

NPC Acompanhante:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Fulfilling Your Promises - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 EmptyTer 13 Ago 2019, 13:40

#05

O sargento ficava surpreendido com a atitude do simples marinheiro, o homem ficava vermelho de raiva e uma veia pulsava em sua testa, embora ele tivesse toda aquela atitude, ele olhava para o lado para ver o que seus tripulantes achavam daquela atitude. O folgado por fim afastava Ishida com um empurrão, caminhando para continuar dar ordens aos seus tripulantes, ele ficava quieto por ora, mas era imprescindível que ele estava preparando alguma coisa para se vingar de Kurai.

- Me disseram para falar com um tal de Ginkaku, ele era alguém importante dentro do quartel que deve ser aquele ali. - A garota falava com um tom e estava com uma cara de "Sério que você não está vendo o enorme negócio a sua frente?!" E apontava usando o dedo indicador para um grande quartel, os muros eram altos por volta de cinco metros de altura e era todo em torno de uma grande construção parecendo um castelo de areia em tamanho real, com bandeiras da marinha e do governo nas torres e uma grande varanda onde um homem de terno, cabelo negro e fumando um charuto observava o porto.

Não haviam pessoas suspeitas por ali já que todos eram marinheiro, o quartel de Ilusia parecia muito mais rico em detalhes do que em Las Camp, com quadros com molduras de ouro, mostrando batalhas em alto mar, uma enorme bancada de recepcionistas que cuidavam dos mais variados assuntos com o que pareciam ser cidadãos e também marihneiro mercantes. Era possível ver homens de ternos caros e marinheiros com joias mais ricas, armas com mais qualidade, lâminas, detalhes que mostravam ser de maior valor. A pequena parecia saber por onde seguir, talvez ela já tivesse visitado aquele lugar, mas hora ou outra ela cumprimentava alguns dos marinheiros, sorrindo e os mesmos pareciam ser bem agradáveis ao olhar para a filha da diretora. No final, eles chegavam em uma sala com uma placa na porta azul e branco escrito: "Tenente Comandante Ginkaku". Sayuri dava três toques na porta e alguém do lado de dentro dava permissão para que entrassem.

A sala tinha vários troféus de piratas capturados, eram armas de fogo, espadas e até alguns troféus de maratonas espalhadas, havia um enorme quadro com a figura do tenente. O homem tinha um corpo um tanto esguio e seu cabelo era de um tom claro de azul com um penteado curto, seu rosto era calmo e ele fumava um cigarro. Em sua mesa haviam vários arquivos e também um cinzeiro do qual ele batia as cinzas do que estava fumando. - Lilith! É você mesmo?! Como cresceu! - O homem reconhecia a criança que pulava de felicidade ao ecnontrá-lo, após um longo abraço, ele se virava para os marinheiros. - Vocês devem serem os responsáveis por ela, poderia me dizer o nome de vocês? - Ele perguntava com uma calma, enquanto sorria para a garota. - Me chamo Sayuri e este é Ishida.

O tenente fazia uma anotação em um dos documentos na mesa com uma caneta esferográfica e então olhava mais sério para eles, enquanto que a garota descia de seu colo e repousava em uma das poltronas da sala. - Façam o relatório da missão. - E Sayuri esperava que Kurai começasse.


Considerações:
 

Thankz [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Fulfilling Your Promises   Fulfilling Your Promises - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Fulfilling Your Promises
Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: