One Piece RPG
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] Likes: Ghouls
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:25

» [Mini-Likes: Ghouls] Teoria Humoral
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:21

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Sting L3 Hoje à(s) 20:20

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor jaum11 Hoje à(s) 20:01

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 19:34

» Ficha~Pierce~
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 19:04

» [Ficha] Violet
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Violet
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Buki Bijin
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Bijin Hoje à(s) 18:43

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Lind Hoje à(s) 18:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 18:00

» Takamoto Lisandro
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 16:34

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Kyoki Hoje à(s) 16:30

» [Ficha] Hakuho
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Van Hoje à(s) 13:42

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Ficha] Song Jun Wang
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-Kurokami] Alvorada

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Rimuru
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 20/03/2018

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptyDom 16 Dez 2018, 08:11


Alguns preparos se faziam necessários para uma missão tão centralizada quanto essa e diante de inúmeros anos de experiência Kurokami não estava longe de perceber essa necessidade procurando saber mais e mais antes de se jogar de cabeça em um perigo questionável demonstrando ser ainda mais inteligente que a dupla vinha a crer, fazendo os trocarem subitamente olhares de receio e cutucarem previamente uns aos outros sinalizando os níveis superiores, tendo um diálogo inteiramente a base de gestos e sinalizações próprias que eram novidade para o jovem rapaz que a nada compreendia é apenas esperava pelo resultado eminente.Não demorou muito e como se já tivesse feito isso inúmeras vezes a garota pulava por cima do balcão indo para o outro lado e remexia uma das gavetas procurando um objeto específico se revelando como uma chave repleta de acessórios e chaveiros, antes de retornar ela analisava o estoque de bebidas e puxava umas duas garrafas de Rum depositando embaixo do braço e abria uma terceira garrafa de hidromel revirando o conteúdo enquanto direcionava se para a escada rumo ao andar de cima:

-Pois bem,acabamos de adquirir um quarto exclusivamente para isso, me acompanhe temos muito com o que discutir.Seus bolsos eram revirados e em um ou dois movimentos algumas moedas eram levemente depositadas sobre a madeira,o som ecoava pelo estabelecimento criando pequenos olhares de ganância mas ninguém era ousado o suficiente para furtar o pagamento do barman a que tanto admiravam e temiam. Sem nada a perder além da própria vida Kurokami seguia o homem degraus acima em pequenos e curtos passos, diferente do piso inferior o novo andar era exclusivo para dormitórios havendo apenas um pequeno corretor com inúmeros quartos de numerações diferentes sobre a porta e apenas uma delas aberta onde o musculoso adentrava depositando alguns de seus pertences sobre o chão para aliviar o peso e sentar se na beirada da cama onde a garota residia com ambas as garrafas vazias ao seu lado:

-Rapazes de fato são muito lentos, vamos Kurokami se sinta em casa pois temos um longo assunto pela frente, aliás meu nome e Roxy e o grandão ali como já deve saber se chama Clark.

Sua compostura mudava e logo ela se sentava, ajeitando os cabelos e buscando alguns papéis na gaveta ao lado despejando ao redor do colchão entre eles mapas da ilha,fotos do hotel e de inúmeras pessoas com seus nome escritos na beirada e costas da fotografia, havia também um pequeno caderninho e inúmeros sacos de conteúdo desconhecido, a garota ajeitava tudo com tremenda precisão como se quisesse criar uma maquete em tempo real do presente momento:

-Vejo que anda fazendo a lição de casa, o velho Asta não desapontou em questão de qualidade, vejamos por onde posso começar.Suas mãos passavam suavemente pelo queixo refletindo até que estalava os dedos apontando para Kuro e logo então para o mapa. O hotel não fica muito longe daqui, fica apenas a duas quadras virando a esquina, para manter o maior sigilo possível, existem apenas três guardas ao lado de fora protegendo o lugar com seus olhos e ouvidos prontos para comunicar seus superiores a qualquer adversidade efetuando uma troca de turno sempre que passado oito horas permitindo que os seguranças descansem.Seus olhos piscavam em frações de segundo apanhando a foto do alvo e arremessado para que o garoto pudesse ver. Scott nunca saiu de lá, desde que abordará na ilha,todas as suas táticas e ações foram realizadas dentro do edifício, ele é um homem perigoso você deve tomar cuidado,luta tanto com a espada em sua bainha assim como um revólver escondido em suas vestes para atingir os desatentos.Ela se levantava e ia saltitando até o guarda roupa, não se sabia se aquilo era comum dá indivíduo ou apenas um efeito passageiro do álcool, em súbitas batidas contra a porta a mesma abria fazendo com que três corpos desabassem ao chão.Esses são os seguranças da próxima vigília, então não temos que se preocupar com eles e então qual o seu plano?

A pergunta pairava no ar mas antes mesmo que pudesse responder um som familiar ecoava pelos seus ouvidos claro como a manhã, o disparo era repentino e a bala se alojava dentro da cabeça de Clark que desabava sem resistência contra o chão.Aplausos ecoavam pelas paredes conforme o responsável batia as palmas umas contra as outras revelando se para todos com seus ótimos trajes de roupas nobre e perfeitamente moldadas  e um chapéu fedora sobre sua cabeça seu corpo era corcunda como a de um urubu e seu sorriso se dava de um canto ao outro da boca  acompanhado de outros dois capangas:

-Bravo,bravo simplesmente espetacular não tinha dúvidas de que iriam vir atrás de mim depois de todo esse tempo, aliás estava mais do que esperando por esse momento. Seu rosto virava da esquerda para a direita como negação movendo o indicador de um lado para o outro com a mesma intenção.

-Mas me fizeram esperar demais,eu estava ficando impaciente, sabe eu nunca me preocupei em ser a caça mas existem dias que a presa tem de se tornar o caçador. Dessa maneira com um pequeno incentivo eu posso fazer as coisas andarem mais depressa.Suas botas moribundas pisavam contra o corpo de Clark fazendo o líquido vermelho sair com mais intensidade, lágrimas saiam dos olhos de Roxy e embora parecesse querer ceder às emoções ela se mantinha firme e quieta segurando a arma com determinação.O revólver de Scott apontava em sua direção mas seus olhos famintos fitavam Kuro com um interesse diferente:

-Vejam se não é carne nova no cardápio meus senhores, diga me bom rapaz quão o seu nome? Absoluta certeza que deve ser encantador.Mas como não sei a seu respeito irei te chamar de recruta até então.Escute recruta, nesse mundo somos obrigados e fazer escolhas, decisões importantes para nossas realizações e como sou piedoso irei lhe oferecer uma oportunidade. Sua gargalhada ecoava em estrondo deixando sua guarda aberta por alguns instantes.Roxy retirava uma faca escondida da parte de trás da calça e arremessava em sua direção,mas um dos guardas se colocava a frente levando a investida diretamente em seu coração.Scott atirava na cabeça do próprio parceiro que o salvara e jogava seu corpo para o lado tombando sem pestanejar sobre o chão:

-Você não faz parte dessa realidade recruta, pode abandoná-la se quiser, basta me fazer um pequeno favor e eu o deixarei ir. Mate a garota e garanta sua vida,simples assim.
Dicas e Orientações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Knabstrupper
Membro
Membro
Knabstrupper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 26/11/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptyQua 19 Dez 2018, 12:07

Tentaria me manter calmo naquela situação, pois sabia, por experiência, que de nada adiantaria me desesperar no momento, na verdade, aumentaria as minhas chances de sair dali em um saco. Olharia para Roxy, tentando acalmá-la com meu olhar, ao mesmo tempo que tentava esconder a minha própria tensão. Daria uma boa olhada em todo o ambiente, tentando perceber objetos e possíveis armas ou armadilhas improvisadas que poderia usar naquela situação.

"Merda! Eu preciso jogar o jogo dele agora..." -Colocaria as duas mãos para trás, como em ato de calma e controle da situação, tomando cuidado para o inimigo não ver meus dedos, mas Roxy sim.

-Muito bem... - Cruzava os dedos indicador e anelar da mão direita, demonstrando para Roxy minha má fé com os alvos. Enquanto falava, iria me aproximando de Roxy. - mas você achamesmo que vou trair meus contratantes só porque você fez uma entrada bonita? - Falaria devagar, enquanto me aproximaria mais de Roxy. - Bom... você acertou! NÃO SE ATREVA A REAGIR! - Neste momento, tentaria, em um movimento rápido, sacar a espada e agarrar Roxy, prendendo seus braços e seu corpo com o meu braço esquerdo enquanto colocava a espada em seu pescoço. Caso ela tentasse resistir ou reagir, chutaria a parte de trás do seu joelho, para ela se abaixar, ficando mais vulnerável e tentaria fazer novamente. Tentaria ficar escondido por alguns segundos atrás de seu pescoço, fingindo estar lutando contra a garota. - Calma, Roxy. Vamos sair dessa. Se prepare, quando estivermos perto, eu ataco esse idiota e você acerta o capanga. Vou empurrar você pra cima dele, esteja preparada. - Dessa vez sussurraria baixo, porém claro, no pé do ouvido da garota, e rápido, enquanto terminada de "brigar" com ela e ia andando na direção dos inimigos. - Estou sujanto meu nome de caçador e meu contrato aqui, então espero uma boa recompensa... - Tentaria me aproximar ao máximo deles, caso conseguisse ficar perto o suficiente para o alcance da espada, pararia ali. Caso eles recuassem, permaneceria avançando. Caso reagissem, jogaria Roxy para o lado e saltaria para o outro. - Ela é sua. Sinto muito, princesa. - Daria um riso contido e maligno para o atirador, ao mesmo tempo tentando me enturmar e parecer mais crível, bem como exalando um pouco do meu ódio e antecipação pelo que estava prestes a acontecer.

Em um único movimento rápido, me utilizaria do elemento surpresa e da proximidade com os inimigos para girar a espada para seu fio, caso ela não tenha dois gumes e desferiria um golpe direto, da esquerda para a direita, na direção do pescoço do atirador, tentando terminar sua vida ali mesmo, após isso, com um braço e uma espada a menos na frente de Roxy, a lançaria na direção do capanga restante, esperando que ela o finalizasse sem muita dificuldade. Caso o atirador recuasse, tentaria manobrar meu golpe para acertar o capanga ao invés, enquanto empurraria Roxy, lhe dando impulso, na direção do assassino de Clark, aproveitando a brecha da esquiva do mesmo. Tentaria me esquivar ou usar algum objeto próximo de mim para defender caso notasse que algum deles atiraria em mim a qualquer momento. Se em algum momento notasse que o plano não estava dando certo, tentaria continuar calmo, caso ainda pudesse (não tivesse iniciado a luta), permaneceria calado, pensando. Caso não pudesse se manter fora de combate e este já tivesse sido iniciado, entraria em posição e batalha e tomaria uma instância defensiva, estudando os oponentes.

OFF: Desculpa o atraso, acabei tendo mais problemas durante os últimos dias. Desculpa se o post tiver meio cru também, é que ainda não sei quão longa pode ser uma luta no fórum, tentei terminar logo ao mesmo tempo que tentei dar material pra próximos posts.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 12
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptySab 22 Dez 2018, 18:59


Dizem que palavras determinam o caráter de um homem, mais em algumas exceções suas ações são incoerentes com seus dizeres e suas verdadeiras intenções são verdadeiramente expostas, tal fenômeno raro e decorrente estava nesse exato momento a se desenrolar em um ambiente nada convencional apenas um humilde quarto de um estabelecimento moderado envolto de acontecimentos inesperados, a morte residia sobre seu piso e a luxúria emanava do próprio mal, companheiros viam seus vínculos recém formados desfeitos ao ritmo estonteante de letras de profunda traição e amargura. Aquele que se pronunciava era nada mais nada menos do que o protagonista de sua própria história e o ouvinte a garota que confiara nele cegamente, seu corpo se debatia mais a pegada do garoto era forte, sua arma pairava a pequenos centímetros de distância de sua pele, prontos para degolar sua garganta e rolar sua cabeça corpo afora, indignada e sem saber como reagir sua única escolha era desabafar o lamento de seu âmago coração:

-Bastardo, ingrato, porco lamacento como ousa fazer isso depois de todo esse tempo, acreditei em ti, mais depois de ver alguém morrendo diante de seus olhos decide fugir com o rabo entre as pernas para se salvar.Eu juro seu verme, se eu escapar dessa com vida eu jamais deixarei que descanse em paz.

Sua fúria era tremenda e exalava pelas paredes Scott parecia cada vez mais interessado e dançava ao ritmo de sua desaprovação como se a tonalidade de voz da pequena Roxy fosse música para seus ouvidos:

-Magnífico, Sensacional! Vejam se não é um espetáculo sem igual, fico lisonjeado por ser o convidado VIP dessa incrível obra sem igual, venha garoto aproxime se de mim, quero trocar uma palavrinhas com a delinquente antes de selarem seu caixão.

Suas mãos se mantinham firmes uma encostada sobre a outra remexendo as de inquietação hora ou outra para demonstrar sua impaciência,Kuro fazia sua amiga caminhar a força para perto dele enquanto rebeldemente de todas as maneiras ela tentava o golpear,chutar e cabecear com determinação a mostra.Algo que só fizera suas pupilas dilatam com a revelação conforme as explicações eram cochichadas de maneira discreta em seus tímpanos, seja por ter entendido a mensagem,duvidado dela ou até mesmo querendo manter os disfarces em ordem, suas atitudes não mudaram nem um pouco e sua língua como uma víbora exalava veneno:

-Acha mesmo que tentar me consolar é o suficiente? Acha mesmo que cairei na sua sedução facilmente? Se engana tolo prefiro me deitar no berço da ceifadora a me deixar ser consumida pela esperança inexistente.

Se aproximando de Scott seus braços se estendiam abrindo seu tórax de maneira exposta como se estivesse prestes a realizar um abraço,apenas agraciando se com a presença de sua perseguidora desenfreada, sua palma fazia menção de se aproximar de seu rosto,mas antes mesmo que isso pudesse se tornar realidade Kuro a afastava em direção do capanga de Scott que recebia um corte diagonal em seu abdômen em seguida de uma perfuração sobreposta em seus pulmões, sua boca se abria ecoando sangue para fora, desatentos como eles são eles nem se deram conta de que em situação alguma ela havia sido desarmada. Por outro lado olhos famintos como aquele já presenciaram inúmeras cenas semelhantes e em pequenos passo para trás o alvo principal de todos evitava o desfecho imediato sacando seu revólver e disparado com um sorriso despachante exibindo em breves murmúrios os sons de bang bang em seus lábios, a trajetória da bala era certeira e o aspirante a caçador se prevenia dela, o objeto próximo era utilizado como escudo e embora seja um mero livro sua capa era grossa e resistente impedindo que atravessasse suas páginas:

-Parece,que alguém conseguiu me tirar dos nervos.
Dicas e Orientações:
 

____________________________________________________

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Tumblr11[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Transp10
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Teamfa10


[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Lxqhd10

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 LeSHb1g


Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Knabstrupper
Membro
Membro
Knabstrupper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 26/11/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptySab 22 Dez 2018, 22:09

"Merda, esse desgraçado é liso!"
Em poucos segundos, talvez frações de segundo, vasculharia novamente a sala com os olhos, olhando para Roxy, suas proximidades, o homem morto e novamente o quarto, depois olharia de volta para o meu inimigo, meus olhos, não tão famintos quanto os dele, o fitavam, rapidamente se moveriam com meu próximo ataque. Lançaria o livro que havia acabado de salvar minha vida na direção do meu oponente, com a mão esquerda, tentando distraí-lo e tomando logo impulso para a próxima investida. O objetivo do livro era simplesmente criar uma distração, claro que se acertasse seria melhor, mas não necessário. -ROXY! - Gritaria para a garota, mas sem olhar para a mesma, tentando engajá-la em seu plano de alguma forma, deixando a maneira para qual a mesma iria interferir para a sua própria imaginação. Tentaria então, após o lance do livro, aproveitar essa abertura para correr na direção do inimigo, virando a lâmina da espada, abaixando um pouco meu corpo ao chegar perto do mesmo e tentando então cortar seu braço que segura a pistola, de baixo para cima, já que este provavelmente estaria exposto, esticado para frente, pronto para retirar minha vida. Tentaria fazer o mais rápido possível pois sabia que isso era um movimento de kenjutsu puro, de coloca sua cabeça na frente da espada segundos antes dela atingir, depois, no mesmo movimento, esquivar e matar seu inimigo. Caso ele tentasse atirar novamente faria o meu melhor para movimentar meu corpo de forma que ele não atingisse algum órgão vital, já que àquela distância eu provavelmente não conseguiria esquivar de jeito nenhum. Caso acertasse, passaria por ele cortando seu braço, pararia atrás do mesmo e depois desferiria um golpe em suas costas, na diagonal, de cima para baixo, da direita para a esquerda, o mais profundo que meu braço e força permitissem. Caso ele tentasse esquivar, procuraria acertar outro membro importante e que julgasse mais fácil de acertar, uma perna, talvez, ou até mesmo o seu abdome. De qualquer forma, buscaria tensionar os meus músculos ao máximo para aumentar o poder do corte. Caso ele sacasse a espada para bloquear meu ataque, tentaria simplesmente forçar a lâmina contra a outra, esperando que a aceleração da pequena corrida se torne força e consiga atravessar a guarda de um espadachim que está utilizando apenas uma mão (já que a outra estaria segurando a pistola). Porém, no caso de perceber que não conseguiria e que as forças estavam empatadas ou favoráveis para o lado oposto, usaria a parada no movimento para, com meu joelho esquerdo, chutar o estômago do meu oponente, o fazendo arquejar, assim passando por sua guarda e cortando seu pescoço. Caso ele reagisse com suas próprias mãos (tentando dar um soco, por exemplo), cortaria a mão que estivesse atacando, caso fosse um dos pés, tentaria defender chutando a parte interna da cocha acima dos joelhos da perna que estaria na minha direção, possivelmente desequilibrando completamente o adversário. Também esperaria que Roxy o ajudasse em algum momento, mas não contaria com isso, afinal de contas, ela já tinha feito a parte dela no combinado. Caso tudo funcionasse, pararia ao lado dele, o olhando de cima, com a lâmina da espada encostada no mesmo para evitar qualquer possível reação.
-Não que eu me importe, mas... você é melhor pra mim vivo, então espero que esteja. -Diria, ofegante.
No caso de todo o plano de jogar o livro e avançar for por água abaixo, seja por qual for o motivo, me manteria na defensiva, recuando um pouco e utilizando a lâmina da espada como último recurso para me defender de tiros sempre que a esquiva para os lados naquele ambiente confinado não fosse possível, também faria uso de outros objetos, viraria camas com chutes ou me esconderia atrás de móveis, o que considerasse mais eficiente no momento. Permaneceria, nesse caos, observando ao meu redor enquanto recuado, tentando procurar por alguma coisa, qualquer coisa, que pudesse lhe ajudar o jogo e esperando uma uma oportunidade para agir, caso Roxy tomasse alguma atitude desesperada.

____________________________________________________

Narração
Fala
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 12
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptySex 28 Dez 2018, 20:03


Scott parecia intrigado quase frustrado como se seu corpo houvesse sido consumido pela insanidade compulsiva, exercendo gestos epilépticos com uma encarada obscena na direção de Kuro com ambas as pupilas vibradas.Seus olhos pareciam clamar pelo sangue e seus passos se aproximando pareciam dizer cada vez mais essa necessidade desnecessária pelo vermelho, se não fosse pelo rápido raciocínio ou iniciativa do jovem sua morte parecia não ser uma opção inevitável, o livro arremessado com a intenção inicial de distrair servirá seu propósito mas não com tanta maestria como se era de se esperar.Com um movimento suave habituado a todo esse clima e sem nem ao menos uma pausa de excitação “olhos famintos” retirava sua lâmina da bainha e direcionando o metal em um corte de cima para baixo cortava as folhas e a capa robusta do objeto ao mesmo tempo que aparava a espada de Kurokami gargalhando sem dó nem piedade enquanto o choque de ambos retinia equivalente se a pressão de forças de um para outro:

-Se o carneiro optou por pular a cerca para me deixar com sono, ao menos fizesse um trabalho decente.Vejo que tem certa maestria, mais como reagiria com a guarda aberta.

Mantendo a disputa de poderes, a bainha era puxada com sua outra mão sendo utilizada para uma finalidade diferente a de conservar seu material, empurrando Kuro para trás com uma estocada firme em seu estômago, aproveitando se da negligência de seu oponente, Scott usava esse tempo para empurrar sua mão predominante para o lado abrindo uma brecha direta para seu tórax enquanto gargalhava entusiasmado:

-Últimas palavras antes de cair em eterno descanso? Com ambas as mãos ele segurava o cabo e desferia um corte mortal em diagonal com a intenção de atravessar desde o ombro do canto superior esquerdo ao quadril do inferior direito sendo impedido por uma dor latente vinda de sua orelha, ou melhor onde antes havia uma. Roxy segurava as mãos de seu parceiro Clark e entrelaçado entre elas havia uma pistola responsável pelo disparo. Não havia dúvidas de que as intenções eram mortais, só que a ausência de pontaria fizera a errar por frações minúsculas de espaço, Scott pulava para trás largando a espada de sua mão esquerda cobrindo o ferimento e readquirindo o revólver na direita disparando na direção dela.Kuro no entanto interceptava o disparo com seu próprio corpo, sendo atingido no abdômen e mantendo se em uma corrida firme e compulsória com um único objetivo.Como se a lâmina e ele fossem um único ser seus movimentos se simulavam  muito a uma dança decepando o braço do inimigo e deixando o com diversos cortes e banhado pelo próprio líquido em suas costas.Incapaz de se mexer além da conta ou até mesmo se manter, seus joelhos eram tencionados e logo desabava no chão sendo imobilizado.Tão pouco as palavras saiam do candidato a caçador, Roxy apunhalava o responsável pela morte de seu parceiro diretamente no peito:

-Parece que até mesmo em meu leito consigo quebrar as pessoas. Sorria Scott como se concluído suas necessidades em vida partindo com satisfação.

Roxy limpava uma última lágrima que escorria ao canto de seu rosto e ia até Clark depositando o sobre a cama com cuidado, algumas palavras desconhecidas eram sussurradas em seu ouvido e em um atento final,seus pertences eram retirados do seu bolso e jogados na direção de Kuro.Era um saco de Berries, uma quantia extremamente generosa por sinal.Sem esconder sua tristeza mas ainda sendo capaz de exposar um sorriso com elegância moderada manifestava sua satisfação:

-Obrigado pelo seu serviço, o velhote fez uma ótima recomendação, se quiser pode pegar qualquer pertence que eles possuem que seja a seu agrado, mas gostaria de ficar a sós por um tempo,depois disso eu retomo o trabalho de entregar o defunto as autoridades necessárias.
Dicas e Orientações:
 

~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião:

____________________________________________________

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Tumblr11[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Transp10
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Teamfa10


[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Lxqhd10

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 LeSHb1g


Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Knabstrupper
Membro
Membro
Knabstrupper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 26/11/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptySex 04 Jan 2019, 20:26

Ainda trêmulo e com o coração pulsante, tentaria recompor a minha calma novamente, tentando me levantar, mesmo com a dor que estava sentindo.
-Obrigado e... claro, Roxy... eu vou te deixar sozinha com ele. Se precisar de mim outra vez, fale com Asta ou um dos antigos membros do bar saberá onde me encontrar.
Descansaria minha mão em um dos ombros de Roxy, enquanto falaria as minhas últimas palavras à ela. Sairia do lugar, sem coletar nenhum troféu, já que imaginava que aquela não seria o melhor momento para isso. Quase ao chegar na porta, pararia, me viraria para Roxy novamente e perguntaria:
-A propósito, é uma boa espada.
Desafivelaria a espada e a colocaria em pé ao lado da porta, indo na direção da saída, meu destino, ainda incerto, mas a emoção e adrenalina ainda pulsavam, e eu sabia, naquele momento, que a vida de caçador de recompensas era, de fato, pra mim.
Citação :
Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião: Tive uma excelente experiência inicial com o game graças ao Rimuru! Não é atoa que recebeu o badge de Orientador do Ano, pois tem uma ótima narração (às vezes soando até lírico, como um bardo), a história, apesar de simples e curta, foi empolgante e escalou na medida certa. Se puder ser tão ousado e dar um conselho, diria que seria positivo dar algumas oportunidades (explicita ou implicitamente) para os jogadores aproveitarem (por exemplo, um tapete abaixo do inimigo, uma perna de mesa quebrada que pode virar arma, uma cadeira que pode ser empurrada, algum aspecto do inimigo que possa ser aproveitado), acredito que ele deve ter feito isso uma vez ou outra e eu só tenha sido muito estúpido pra não notar, então se for o caso, só ignore xD. Basicamente, descrição dos ambientes é sempre muito bom pra ajudar na imersão e probabilidades, além de ser uma boa forma de medir a capacidade do jogador de sobreviver nesse mundo, o que acredito ser um dos critérios subjetivos de uma mini-aventura bem sucedida, então também deixo como sugestão construtiva. Tivemos algumas situações em relação à constância de postagem, entrei em contato com ele, que foi muito receptivo e educado, admito que passei a gostar do Rimuru, é uma pessoa bastante carismática e sempre me parece animado nas respostas. Sempre que precisei, durante a mini, ele ajudou, me deu dicas e eu tentei segui-las da melhor forma possível. Não foi minha primeira experiência com RPG nesse formato, mas o OPRG é bem complexo em seus sistemas e acredito que tenha entendido melhor a estrutura do game depois dessa etapa. Agradeço ao Rimuru e fico feliz dele ter sido meu orientador, acredito que vai ser um bom mentor pra mim enquanto vou aprendendo mais sobre o fórum.

____________________________________________________

Narração
Fala
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rimuru
Orientador
Orientador
Rimuru

Créditos : 12
Warn : [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 10010
Data de inscrição : 20/03/2018
Idade : 21

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 EmptySex 04 Jan 2019, 20:51

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
-

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Tumblr11[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Transp10
[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Teamfa10


[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Lxqhd10

[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 LeSHb1g


Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Kurokami] Alvorada   [MINI-Kurokami] Alvorada - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Kurokami] Alvorada
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: